Você está na página 1de 4

1

1. Título do projeto de pesquisa do pesquisador-proponente:


Cidade contemporânea e dinâmica territorial: configuração do espaço urbano nas
publicações de Rem Koolhaas

2. Nome do pesquisador-proponente:
Sandra Catharinne Pantaleão Resende

3. Identificação do Aluno:
Ana Paula Mendes Alcanfôr Nascimento Magalhães

4. Título do Plano de Trabalho:


Globalização, sociedade técnico-informacional e consumo: o shopping como
estrutura urbana;

5. Introdução
A presente pesquisa pretende compreender o espaço do shopping center como
estrutura urbana, a partir do estudo das relações de consumo no contexto da sociedade
globalizada, na arquitetura e no urbanismo contemporâneos.
O shopping center, considerado "templo do consumo", é um microcosmo da
sociedade de consumo onde todas as relações são baseadas nos valores da mercadoria,
e onde o ato de consumir se torna sinônimo de lazer e entretenimento (JUNIOR;
SANTOS, 2009). Como fenômeno urbano, representa o mais atual espaço comercial,
onde as atividades de compra e venda, lazer, entretenimento e convivência se confundem
desde a piazza romana (VARGAS, 2000).
Robert Venturi (et. al., 2003), a partir de análises e observações sobre a cidade de
Las Vegas, classifica como 'galpão decorado' determinado tipo de arquitetura presente na
cidade, e que desponta como tipologia arquitetônica majoritariamente em edifícios
voltados para o lazer. O autor observa que, na sociedade de consumo norte-americana, a
arquitetura serve a cidade como simbolismo, como signo informacional e como marca.
Portanto, os letreiros em neon atualizam a função social de arquitetura, em um contexto
onde a marca é mais importante que o produto, e a fachada é mais importante que o
edifício. Essa arquitetura, produzida pela sociedade de consumo ou 'sociedade do
espetáculo' "onde a mercadoria se contempla a si mesma num mundo que ela criou"
(DEBORD, 2003, p. 38) reforça as relações de poder e o caráter segregacionista dos
espaços urbanos contemporâneos (PANTALEÃO; RESENDE, 2013).
2

Dessa forma, os shoppings centers, representam a expressão máxima do galpão


decorado, que serve mais como suporte para os letreiros, outdoors e anúncios do que
como obra arquitetônica. (VENTURI, 2003). Ao mesmo tempo, em seu interior recria-se
uma "ilha da fantasia" (PINTAUDI, 1992 apud JUNIOR; SANTOS, 2009, p. 25), onde
todas as condicionantes são artificialmente controladas e reproduzidas para garantir um
conforto ilusório ideal para o consumo.

6. Objetivos
 Compreender como o espaço do shopping center se configura como estrutura
urbana na cidade contemporânea
 Estudar as relações entre a sociedade de consumo e a configuração espacial das
cidades contemporâneas
 Compreender como shopping se configura como espaço urbano a partir da análise
das publicações do arquiteto Rem Koolhaas

7. Metodologia
Serão utilizados textos, livros, mapas e gráficos, como fonte de pesquisa, em
formato digital ou impresso, produzidos pelos autores citados e presentes em bibliografia
complementar.

8. Resultados Esperados
Espera-se estudar as implicações da sociedade de consumo globalizada e
informatizada com o espaço urbano, e como as relações de consumo determinam as
configurações espaciais. A partir do estudo dessas relações com as configurações do
espaço propostas pelo arquiteto Rem Koolhaas em suas publicações, buscar-se-á
compreender as dinâmicas territoriais da cidade contemporânea.
3

9. Cronograma
2016 2017 2018
Atividades 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 2 2 2 2 2
1 2 3 4 5 6 7 8 9
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 1 2 3 4
º º º ° º ° ° º º
º ° º º º º º º º º º º º º º
Fundamentação teórica e
definição dos procedimentos
1.
para análise das publicações
selecionadas
Levantamento de dados:
2.
leitura dos textos em análise
Levantamento de dados:
listagem dos termos e
3.
elementos a ser analisados e
sistematização dos dados
Desenvolvimento peças
gráficas e textos; elaboração
4.
de diagramas e informações
visuais
Elaboração de mapas,
gráficos e diálogos entre os
5. arquitetos contemporâneos;
cartografia da cidade
contemporânea
Sistematização do debate
6. acadêmico em arquitetura e
urbanismo acerca da cidade
Elaboração de resultados
parciais: participação em
7.
eventos e desenvolvimento de
artigos
Elaboração dos resultados
finais: relatório final da
8.
pesquisa e publicação em
periódicos especializados
Apresentação, no seminário
de Iniciação cientifica dos
9. resultados da pesquisa
através de sínteses gráficas,
diagramas e imagens.
4

10. Referências Bibliográficas

DEBORD, Guy. A Sociedade do Espetáculo. Projeto Periferia, 2003.

JUNIOR, Atílio M.; SANTOS, Regina Célia B. dos. O Espaço Social do Shopping Center:
Uma Análise do Shopping Parque Dom Pedro em Campinas - SP. OBSERVATORIUM:
Revista Eletrônica de Geografia, v.1, n.3, p.22-37, dez. 2009.

PANTALEÃO, Sandra C.; RESENDE, Victor Hugo M. e. Obsolescência urbana: áreas


latentes para a reconfiguração dos espaços públicos contemporâneos. X ENANPEGE,
2013.

VARGAS, Heliana C. Comércio e cidade: uma relação de origem. São Paulo: Estadão,
2000.

VENTURI, Robert; BROWN, Denise Scott; IZENOUR, Steven. Aprendendo com Las
Vegas. Coleção Face Norte, volume 03. São Paulo, Cosac Naify, 2003.

Interesses relacionados