Você está na página 1de 18

A EVOLUÇA O DOS MODELOS ATO MICOS

1. (Fuvest-SP) Thomson determinou, pela primeira vez, a relação entre a massa e a

carga do elétron, o que pode ser considerado como a descoberta do elétron. É reconhecida como uma contribuição de Thomson ao modelo atômico,

a)

o átomo ser indivisível.

b)

a existência de partículas subatômicas.

c)

os elétrons ocuparem níveis discretos de energia.

d)

os elétrons girarem em órbitas circulares ao redor do núcleo.

e)

o átomo possuir um núcleo com carga positiva e uma eletrosfera.

2.

(UCB-DF) Rutherford, ao fazer incidir partículas radioativas em lâmina metálica de

ouro, observou que a maioria das partículas atravessava a lâmina, algumas desviavam e poucas refletiam. Identifique, dentre as afirmações a seguir, aquela que não reflete

as conclusões de Rutherford sobre o átomo.

a)

Os átomos são esferas maciças e indestrutíveis.

b)

No átomo há grandes espaços vazios.

c)

No centro do átomo existe um núcleo pequeno e denso.

d)

O núcleo do átomo tem carga positiva.

e)

Os elétrons giram ao redor do núcleo para equilibrar a carga positiva.

3.

(Osec-SP) Eletrosfera é a região do átomo que:

a)

concentra praticamente toda a massa do átomo.

b)

contém as partículas de carga elétrica positiva.

c)

possui partículas sem carga elétrica.

d)

permanece inalterada na formação dos íons.

e)

tem volume praticamente igual ao volume do átomo.

4.

(Univali-SC) Leia o texto a seguir:

“Há 100 anos, a ciência dividiu o que era então considerado indivisível. Ao anunciar, em 1897, a descoberta de uma nova partícula que habita o interior do átomo, o elétron, o físico inglês Joseph John Thomson mudou dois mil anos da história que começou quando filósofos gregos propuseram que a matéria seria formada por diminutas porções indivisíveis, uniformes, duras, sólidas e eternas. Cada um desses corpúsculos foi denominado átomo, o que, em grego, quer dizer “não divisível”. A

descoberta do elétron inaugurou a era das partículas elementares e foi o primeiro passo do que seria no século seguinte uma viagem fantástica ao microuniverso da matéria”.

Ciência Hoje, vol. 22, n. 131, 1997.

A respeito das ideias contidas no texto, está correta a alternativa:

a) A partir da descoberta dos elétrons, foi possível determinar as massas dos átomos.

b) Faz cem anos que se descobriu que os átomos não são os menores constituintes da

matéria.

c) Os elétrons são diminutas porções indivisíveis, uniformes, duros, sólidos, eternos e são considerados as partículas fundamentais da matéria.

d) Os átomos, apesar de serem indivisíveis, são constituídos por elétrons, prótons e nêutrons.

e) Com a descoberta do elétron, com carga negativa, pôde-se concluir que deveriam

existir outras partículas, os nêutrons, para justificar a neutralidade elétrica do átomo. 5. (UFMG) Na experiência de espalhamento de partículas alfa, conhecida como “experiência de Rutherford”, um feixe de partículas alfa foi dirigido contra uma lâmina

finíssima de ouro, e os experimentadores (Geiger e Marsden) observaram que um grande número dessas partículas atravessava a lâmina sem sofrer desvios, mas que um pequeno número sofria desvios muito acentuados. Esse resultado levou Rutherford a modificar o modelo atômico de Thomson, propondo a existência de um núcleo de carga positiva, de tamanho reduzido e com, praticamente, toda a massa do átomo.

Qual é a alternativa que apresenta o resultado que era previsto para o experimento de acordo com o modelo de Thomson?

a) A maioria das partículas atravessaria a lâmina de ouro sem sofrer desvios e um pequeno número sofreria desvios muito pequenos.

b) A maioria das partículas sofreria grandes desvios ao atravessar a lâmina.

c) A totalidade das partículas atravessaria a lâmina de ouro sem sofrer nenhum desvio.

d)

A totalidade das partículas ricochetearia ao se chocar contra a lâmina de ouro, sem conseguir atravessá-la.

6. (UFPE) Isótopos radioativos são empregados no diagnóstico e tratamento de

inúmeras doenças. Qual é a principal propriedade que caracteriza um elemento químico?

a)

número de massa

b)

número de prótons

c)

número de nêutrons

d)

energia de ionização

e)

diferença entre o número de prótons e de nêutrons

7.

(Unifor-CE) Dentre as espécies químicas:

7. (Unifor-CE) Dentre as espécies químicas: as que representam átomos cujos núcleos possuem 6

as que representam átomos cujos núcleos possuem 6 nêutrons são:

a)

b)

c)

d)

e)

8.

número de massa são, respectivamente:

a)

b)

c)

9. (UFG-GO) O número de prótons, nêutrons e elétrons representados por

respectivamente:

e

e

e

e

e

(UFMA) Em um átomo com 22 elétrons e 26 nêutrons, seu número atômico e

22 e 26 26 e 48

26 e 22

d) 48 e 22

e) 22 e 48

é,

a)

56, 82 e 56

d) 82, 138 e 56

b)

56, 82 e 54

e) 82, 194 e 56

c)

56, 82 e 58

10.

(UFPE) Isótopos radioativos de iodo são utilizados no diagnóstico e tratamento de

problemas da tireóide, e são, em geral, ministrados na forma de sais de iodeto. O

número

respectivamente:

de prótons, nêutrons

e elétrons

no

isótopo

131 do

iodeto

I

são,

a)

53, 78 e 52

b)

53, 78 e 54

c)

53, 131 e 53

d)

131, 53 e 131

e)

52, 78 e 53

11.

(FGV-SP) Um certo íon negativo, X3-, tem carga negativa -3, sendo seu número

total de elétrons 36 e seu número de massa 75. Podemos dizer que seu número atômico e número de nêutrons são, respectivamente:

a)

36 e 39

b)

36 e 42

c)

33 e 42

d)

33 e 39

e)

36 e 75

12.

(UFSM-RS) Analise as seguintes afirmativas:

I.

Isótopos são átomos de um mesmo elemento que possuem mesmo número atômico e diferente número de massa.

II.

O número atômico de um elemento corresponde ao número de prótons no núcleo de um átomo.

III.

O número de massa corresponde à soma do número de prótons e do número de elétrons de um elemento.

Está(ão) correta(s):

a)

b)

c)

d) apenas I e II.

e)

13.

apenas II.

apenas I.

apenas III.

apenas II e III.

(UFPA) Os isótopos do hidrogênio receberam os nomes de prótio ( ), deutério

( ) e trítio ( ). Nesses átomos os números de nêutrons são, respectivamente, iguais a:

a)

0, 1

e 2

b) 1, 1

e 1

c) 1, 1

e 2

d) 1, 2

e 3

e) 2, 3

e 4

14. (PUC-MG) Considere os seguintes dados:

e) 2, 3 e 4 14. (PUC-MG) Considere os seguintes dados: Os átomos I e II:

Os átomos I e II:

a)

são isótopos.

b)

são do mesmo elemento.

c)

são isóbaros.

d)

são isótonos.

e)

têm o mesmo número atômico.

15.

Um átomo possui 19 prótons, 20 nêutrons e 19 elétrons.

Qual dos seguintes átomos é seu isótono?

a)

b)

c)

d)

e)

16. (Mackenzie-SP) O número de prótons, de elétrons e de nêutrons do átomo

respectivamente:

a)

17, 17, 18

b)

35, 17, 18

c)

17, 18, 18

d)

17, 35, 35

Cl

é,

17.

(UFV-MG) Observe a tabela abaixo:

17. (UFV-MG) Observe a tabela abaixo: Os valores corretos de A, B, C, D e E

Os valores corretos de A, B, C, D e E são, respectivamente:

a)

13, 14, 15, 16, 31

b)

14, 14, 13, 16, 30

c)

12, 12, 15, 30, 31

d)

13, 13, 14, 15, 31

e)

15, 15, 12, 30, 31

18.

(UCDB-MS) O isótopo mais abundante do alumínio é o

. Os números de

prótons, nêutrons e elétrons do íon deste isótopo são, respectivamente:

a)

13, 14 e 10

b)

13, 14 e 13

c)

10, 14 e 13

d)

16, 14 e 10

e)

10, 40 e 10

19.

(Mackenzie-SP) O íon X 3- tem 36 elétrons e 42 nêutrons. O átomo neutro X

apresenta número atômico e número de massa, respectivamente:

a)

42 e 78

b)

30 e 72

c)

36 e 75

d)

36 e 78

e)

33 e 75

20. (UFSM-RS) Observe as colunas:

20. (UFSM-RS) Observe as colunas: A associação correta entre as colunas é: a) 1c – 2d

A associação correta entre as colunas é:

a)

1c – 2d – 3a – 4b – 5e

b)

1f – 2c – 3b – 4a – 5d

c)

1c – 2e – 3b – 4d – 5f

d)

1b – 2d – 3f – 4c – 5a

e)

1d – 2a – 3c – 4b – 5f

21.

(UFF-RJ) A tabela seguinte fornece o número de prótons e o número de nêutrons

existentes no núcleo de vários átomos.

de nêutrons existentes no núcleo de vários átomos. Considerando os dados da tabela, o átomo isótopo

Considerando os dados da tabela, o átomo isótopo de a e o átomo que tem o mesmo número de massa do átomo a são, respectivamente:

a)

b)

c)

d)

e)

d e b c e d b e c

e d

c e b

b

22. (PUC-MG) Observe as duas colunas abaixo:

1. Dalton

2. Rutherford

3. Niels Bohr

4. J. J. Thomson

A. Descoberta do núcleo e seu tamanho relativo.

B. Átomos esféricos, maciços, indivisíveis.

C. Modelo semelhante a um “pudim de passas” com cargas positivas e negativas em igual número.

D. Os elétrons giram em torno do núcleo em determinadas órbitas.

Qual das sequências traz a relação correta entre os no-mes dos cientistas e os modelos atômicos?

a)

1A — 2B — 4C — 3D

b)

1A — 4B — 3C — 2D

c)

2A — 1B — 4C — 3D

d)

3A — 4B — 2C — 1D

e)

4A — 1B — 2C — 3D

Fogos de artifício utilizam sais de diferentes íons metálicos

explosivo. Quando incendiados, emitem diferentes

colorações. Por exemplo: sais de sódio emitem cor amarela, de bário, cor verde e de cobre, cor azul. Essas cores são produzidas quando os elétrons excitados dos íons

metálicos retornam para níveis de menor energia. O modelo atômico mais adequado para explicar esse fenômeno é o modelo de:

23. (FMTM-MG)

misturados com um

material

a)

Rutherford

b)

Rutherford-Bohr

c)

Thomson

d)

Dalton

e)

Millikan

24. (UFV-MG) O sal de cozinha (NaCl) emite luz de coloração amarela quando

colocado numa chama. Baseando-se na teoria atômica, é correto afirmar que:

a)

os elétrons do cátion Na + , ao receberem energia da chama, saltam de uma camada mais externa para uma mais interna, emitindo luz amarela.

b)

a luz amarela emitida nada tem a ver com o sal de cozinha, pois ele não é amarelo.

c)

a emissão da luz amarela se deve a átomos de oxigênio.

d)

os elétrons do cátion Na + , ao receberem energia da chama, saltam de uma camada mais interna para uma mais externa e, ao perderem a energia ganha, emitem-na sob a forma de luz amarela.

e)

qualquer outro sal também produziria a mesma coloração.

25.

(UFRGS-RS) Uma moda atual entre as crianças é colecionar figurinhas que brilham

no escuro. Essas figuras apresentam em sua constituição a substância sulfeto de zinco. O fenômeno ocorre porque alguns elétrons que compõem os átomos dessa substância

absorvem energia luminosa e saltam para níveis de energia mais externos. No escuro, esses elétrons retornam aos seus níveis de origem, liberando energia luminosa e fazendo a figurinha brilhar. Essa característica pode ser explicada considerando o modelo atômico proposto por:

a)

Dalton.

b)

Lavoisier.

c)

Bohr.

d)

Thomson.

e)

Rutherford.

26.

(UFRGS-RS) O conhecimento sobre estrutura atômica evoluiu à medida que

determinados fatos experimentais eram observados,

proposição de modelos atômicos com características que os explicassem.

gerando

a

necessidade

de

eram observados, proposição de modelos atômicos com características que os explicassem. gerando a necessidade de
A associação correta entre o fato observado e o modelo atômico proposto, a partir deste

A associação correta entre o fato observado e o modelo atômico proposto, a partir deste subsídio, é:

a)

I - 3; II - 1; III - 2; IV – 4

b)

I - 4; II - 2; III - 1; IV - 3

c)

I - 1; II - 2; III - 4; IV - 3

d)

I - 1; II - 3; III - 4; IV - 2

e)

I - 3; II - 1; III - 4; IV – 2

27.

(UGF-RJ) O físico dinamarquês Niels Bohr (1885-1962) enunciou, em 1913, um

modelo atômico que relacionou a quantidade de energia dos elétrons com sua localização na eletrosfera.

Em relação à energia associada às transições eletrônicas, um elétron, ao absorver energia, pode sofrer a seguinte transição:

a)

da órbita N para a órbita M.

b)

da órbita P para a órbita O.

c)

da órbita L para a órbita K.

d)

da órbita O para a órbita P.

e)

da órbita M para a órbita L.

28.

(PUC-RS) Quando se salpica um pouco de cloreto de sódio ou bórax diretamente

nas chamas de uma lareira, obtêm-se chamas coloridas. Isso acontece porque nos

átomos dessas substâncias os elétrons excitados:

a)

absorvem energia sob forma de luz, neutralizando a carga nuclear e ficando eletricamente neutros.

b)

retornam a níveis energéticos inferiores, devolvendo energia absorvida sob forma

de luz.

c)

recebem um quantum de energia e distribuem-se ao redor do núcleo em órbitas mais internas.

d)

emitem energia sob forma de luz e são promovidos para órbitas mais externas.

e)

saltam para níveis energéticos superiores, superando a carga nuclear e originando um ânion.

29.

(UFPI) O sulfeto de zinco (ZnS) tem a propriedade denominada fosforescência,

capaz de emitir um brilho amarelo-esverdeado depois de exposto à luz. Analise as afirmativas abaixo, todas relativas ao ZnS, e indique a opção correta:

a)

salto de núcleos provoca fosforescência.

b)

salto de nêutrons provoca fosforescência.

c)

salto de elétrons provoca fosforescência.

d)

elétrons que absorvem fótons aproximam-se do núcleo.

e)

ao apagar a luz, os elétrons adquirem maior conteúdo energético.

30.

(Fatec-SP) Considere as afirmações abaixo.

I.

em um subnível d há 7 orbitais;

II.

em um subnível p há 3 orbitais;

III.

em um orbital s cabem 2 elétrons;

IV.em um orbital p cabem 6 elétrons.

Quanto a tais afirmações:

a)

apenas a II é correta.

 

b)

apenas a I e a II são corretas.

 

c)

apenas a II e a III são corretas.

d)

apenas a II, a III e a IV são corretas.

 

e)

todas são corretas.

 

31.

(UFSM-RS)

Em

relação

à

configuração

eletrônica

nos níveis

e subníveis dos

átomos, analise as seguintes afirmativas:

I. Quanto maior a distância de um elétron do núcleo, maior será a sua energia total.

II. A terceira e quarta camadas admitem, no máximo, 32 elétrons.

III. A primeira camada é a menos energética e pode ter, no máximo, 8 elétrons.

Está(ão) correta(s):

a)

I apenas

b)

II apenas

c)

III apenas

d)

I e II apenas

e)

II e III apenas

32.

(UFAC) Um elétron localiza-se na camada “2” e subnível “p” quando apresenta os

seguintes valores de números quânticos:

a)

n = 4 e l = 0

b)

n = 2 e l = 1

c)

n

= 2 e l = 2

d)

n

= 3 e l = 1

e)

n = 2 e l = 0

33.

(Cesgranrio-RJ) Qual é a opção que contraria a regra de Hund?

a)

b)

c)

d)

e)

é a opção que contraria a regra de Hund? a) b) c) d) e) 34. (FEP-PA)

34.

(FEP-PA) Colocar em ordem crescente de energia os subníveis eletrônicos:

 
 

a)

4d < 4f < 5p < 6s

b)

4f < 4d < 5p < 6s

c)

4d < 5p < 6s < 4f

d)

5p < 6s < 4f < 4d

e)

6s < 5p < 4d < 4f

35.

(FEI-SP) O número máximo de elétrons com spin

no subnível d é:

 

a)

2

c) 8

e) 5

b)

10

d) 7

36. (Fesp-PE) O último elétron distribuído de um átomo de um determinado elemento

químico tem a ele associados os seguintes números quânticos: 4, 0, 0 e + . É correto

afirmar que:

a)

O átomo tem os seus elétrons distribuídos em três camadas de energias.

b)

O átomo tem dez elétrons distribuídos em orbitais do tipo p.

c)

O último elétron distribuído desse átomo encontra-se em um orbital do tipo s.

d)

O número total de elétrons desse átomo é igual a 16.

e)

O valor numérico do número quântico secundário associado ao penúltimo elétron desse átomo é igual a 2.

37.

(FEP-P A) Um elétron se encontra num subnível d de um determinado átomo. Qual

o número quântico magnético impossível para esse elétron?

a)

0

c) +1

e) +3

b)

-1

d) +2

38.

(UESPI) Dado o átomo 17 X o conjunto dos quatro números quânticos para o 11º

elétron do subnível p é:

a)

3, 1, 0 e -1/2

d) 3, 2, 0 e -1/2

b)

3, 1, 0 e ±1/2

e) 3, 2, 0 e +1/2

c)

3, 1, 0 e +1/2

39.

(Unirio-RJ) “Os implantes dentários estão mais seguros no Brasil e já atendem às

no

processo de confecção dos parafusos e pinos de titânio que compõem as próteses. Feitas com ligas de titânio, essas próteses são usadas para fixar coroas dentárias, aparelhos ortodônticos e dentaduras nos ossos da mandíbula e do maxilar”. Jornal do

Brasil, outubro, 1996.

normas internacionais de qualidade.

O grande salto de qualidade aconteceu

Considerando que o número atômico do titânio é 22, sua configuração eletrônica será:

a)

1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 3

b)

1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 5

c)

1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2

d)

1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 2

40. (Unifor-CE) O átomo de um elemento químico tem 14 elétrons no 3º nível

energético (n = 3). O número atômico desse elemento é:

a) 14

c)

24

e)

36

b) 16

d) 26

41. (FEI-SP) A configuração eletrônica de um átomo neutro no estado fundamental é

1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 5 . O número de orbitais vazios remanescentes no nível principal M é:

a)

0

c)

5

e)

10

b)

1

d) 6

42.

(FEI-SP) Qual é a distribuição eletrônica, em subníveis, para o cátion Ca 2+ ?

(Dado: nº atômico do cálcio = 20).

a) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 b) 1s 2 2s 2 3s 2 3p 6 3d 2

c) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6

d) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 2

e) 1s 2 2s 2 3s 2 3p 4 4s 2

43. (ITE Bauru-SP) Sabendo que o número atômico do ferro é 26, responda: na

configuração eletrônica do íon Fe 3+ , o último subnível ocupado e o número de elétrons desse íon são respectivamente:

a) 3d, com 6 elétrons

b)

c) 3d, com 3 elétrons

d) 4s, com 2 elétrons

3d, com 5 elétrons

44.

a) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 6 b) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 6 5s 2 4d 10 5p 6 6s 2 c) K = 2 L = 8 M = 16

(Cesgranrio-RJ) A distribuição eletrônica correta do átomo , em camadas, é:

d)

K = 2 L = 8 M = 14 N = 2

e)

K = 2 L = 8 M = 18 N = 18 O = 8 P = 2

45.

(UFAC) Um átomo que possui, no último nível, um elétron desemparelhado com

os seguintes números quânticos: n = 5; l = 0; m = 0; s = - 1/2, tem número atômico

igual a:

a) 31

b) 37

c)

41

d) 47

e) 51

46. (Unip-SP) Quantos elétrons não-emparelhados existem no átomo de manganês

(número atômico = 25), no estado fundamental?

a)

6

b)

2

c)

3

d)

5

e)

1

47.

(FEI-SP) Sendo o subnível 4s 1 (com um elétron) o mais energético de um átomo,

podemos afirmar que:

I.

o número total de elétrons deste átomo é igual a 19;

II.

este átomo apresenta 4 camadas eletrônicas;

III.

sua configuração eletrônica é: 1s 2 ;2s 2 ; 2p 6 ; 3s 2 ; 3p 6 ; 3d 10 ; 4s 1

a)

Apenas a afirmação I é correta.

b)

Apenas a afirmação II é correta.

c)

Apenas a afirmação III é correta.

d)

As afirmações I e II são corretas.

e)

As afirmações I e III são corretas.

48.

(UnB-DF) São dados os seguintes números quânticos para os elétrons de maior

energia de um átomo no estado

representação correta para o seu subnível será:

fundamental: n

=

3;

l

=

1;

m l

=

-1;

m s = +1/2.

A

a)

a)

b)

b)

c)

c)

d)

d)

e)

e)

49.

(UFRGS-RS) O íon monoatômico A 2- apresenta a configuração eletrônica 3s 2 3p 6

para o último nível. O número atômico do elemento A é:

a)

b)

8

10

c)

d)

14

16

e) 18

50. (Unigranrio-RJ) O átomo de magnésio tem número atômico 12 e número de massa

24. Qual é a alternativa correta relativa ao Mg que perdeu 2 elétrons?

a)

Tem 12 elétrons.

b)

Tem 10 nêutrons.

c)

Tem 10 prótons.

d)

Tem configuração eletrônica 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 .

e)

Tem configuração idêntica à do Na (Z = 11) que perdeu 1 elétron.

51.

(UGF-RJ) Leia o texto:

No fim da década de 70, um acidente na empresa Paraibuna de Metais resultou no despejo de mercúrio e cádmio no Rio Paraibuna. Campos, a cidade mais afetada, teve seu abastecimento de água suspenso por 72 horas.

O Globo, 1 abril 2003.

Os íons dos metais citados são facilmente dissolvidos na água. O número de camadas utilizadas na distribuição eletrônica do cátion bivalente do cádmio é: (Dado: número atômico do cádmio = 48).

a)

4

c) 6

e) 10

b)

5

d) 9

52.

(VUNESP) O elemento químico B possui 20 nêutrons, é isótopo do elemento

químico A, que possui 18 prótons, e isóbaro do elemento químico C, que tem 16

nêutrons. Com base nessas informações, pode-se afirmar que os elementos químicos A, B e C apresentam, respectivamente, números atômicos iguais a:

a)

16, 16 e 20

b)

16, 18 e 20

c)

16, 20 e 21

d)

18, 16 e 22

e)

18, 18 e 22

53.

(FEI-SP) São dadas as seguintes informações relativas aos átomos X, Y e Z:

I.

X é isóbaro de Y e isótono de Z.

II.

Y tem número atômico 56, número de massa 137 e é isótopo de Z.

O número atômico de X é:

a) 53

b) 54

c) 55

d) 56

e) 57

54.

(UFPE) A água contendo isótopos 2 H é denominada “água pesada”, porque a

molécula

2 H é denominada “água pesada”, porque a molécula quando comparada com a molécula possui: a)

quando comparada com a molécula

porque a molécula quando comparada com a molécula possui: a) maior número de nêutrons. b) maior

possui:

a)

maior número de nêutrons.

b)

maior número de prótons.

c)

maior número de elétrons.

d)

menor número de elétrons.

e)

menor número de prótons.

55.

(Mackenzie-SP) Se o isótopo do chumbo que apresenta número de massa 210

forma íons Pb 2+ e Pb 4+ , que possuem respectivamente 80 e 78 elétrons, então o

número de nêutrons desse átomo neutro é:

a)

138

b)

130

c)

132

d)

128

e)

158

56.

(UFCE) Considere três átomos: A, B e C. Os átomos A e C são isótopos; os átomos B

e C são isóbaros e os átomos A e B são isótonos. Sabendo que o átomo A tem vinte prótons e número de massa 41, e que o átomo C tem 22 nêutrons, os números

quânticos do elétron mais energético do átomo B são:

a)

n = 3; l = 0; m l = 2; s = -1/2

b)

n = 3; l = 2; m l = 0; s = -1/2

c)

n = 3; l = 2; m l = -2; s = -1/2

d)

n = 3; l = 2; m l = -1; s = +1/2

57.

(UMC-SP) Um átomo neutro de nitrogênio ao ganhar 3 elétrons adquire a

configuração eletrônica 1s 2 2s 2 2p 6 . Este íon pode ser representado por:

a) 7 N 3+

b) 4 N 3-

c)

10 N 3+

d) 7 N 3-

e)

10 N 3-

58. (UFAC) Considere os seguintes elementos e seus respectivos números atômicos:

I. K (Z = 19)

II. Fe (Z = 26)

III. Mg (Z = 12)

IV.N (Z = 7)

V. Cr (Z = 24)

Dentre eles, apresentam elétrons no subnível d:

a)

I e II

b)

III, IV e V

c)

I, III e V

d)

somente a II

e)

II e V

59.

(UFPB) Um átomo X, de número de massa igual a 63 e número de nêutrons igual a

36, é isótono de um átomo Y, de número de massa 64 e isóbaro de um átomo Z que

possui 34 nêutrons. Em relação a esses átomos, é correto afirmar que as configurações de X +2 , Y +2 e Z +2 são, respectivamente,

a)

[Ar] 4s 1 3d 8 ; [Ar] 4s 2 3d 5 e [Ar] 4s 2 3d 6

b)

[Ar] 4s 2 3d 5 ; [Ar] 4s 2 3d 6 e [Ar] 4s 2 3d 7

c)

[Ar] 3d 5 4s 2 ; [Ar] 3d 6 4s 2 e [Ar] 3d 9 4s 0

d)

[Ar] 3d 7 ; [Ar] 3d 8 e [Ar] 3d 9

e)

[Ar] 4s 2 3d 5 ; [Ar] 4s 2 3d 6 e [Ar] 4s 1 3d 8