Você está na página 1de 5

Canjiquinha cremosa com queijo meia-cura (Foto: Editora Panelinha)

Ingredientes

 1 1/2 xícara (chá) de canjiquinha de milho (ou quirera)


 1,5 llitro de água
 1 dente de alho
 1 colher (sopa) de azeite
 1 colher (chá) de sal
 1/2 xícara (chá) de queijo meia-cura ralado fino (cerca de 120g)
 1/2 colher (sopa) de manteiga gelada

Modo de preparo

1. Descasque e pique fino o alho.

2. Leve ao fogo médio uma panela de pressão, sem a tampa.

3. Quando aquecer, regue com o azeite e junte o alho.

4. Mexa por cerca de 1 minuto, apenas para perfumar - cuidado para não deixar o alho
queimar, isso vai amargar a receita.
5. Acrescente a água, junte a canjiquinha e tempere com o sal. Misture bem.

6. Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo médio.

7. Assim que começar a sair vapor pela válvula, abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais 20
minutos.

8. Desligue o fogo e, quando toda a pressão tiver saído e a panela parar de apitar, abra a tampa
(você pode colocar um garfo sob a válvula para acelerar o processo, mas isso encurta o
tempo de vida da panela).

9. Junte o queijo e a manteiga gelada.

10. Misture bem com uma espátula até a manteiga derreter.

11. Transfira para uma tigela e sirva imediatamente.


Ingredientes

 2 peças de costela de porco (cerca de 600g cada)


 1 cebola
 2 dentes de alho
 1 lata de tomate italiano pelado em pedaços (com o líquido)
 2 xícaras (chá) de vinho tinto
 2 xícaras (chá) de água (ou caldo caseiro de legumes ou de galinha)
 Casca e caldo de 1 limão-siciliano
 1 folha de louro
 2 ramos de tomilho
 1 colher (chá) de páprica defumada
 1/2 colher (chá) de pimenta calabresa seca
 1/2 colher (chá) de sementes de erva-doce
 1 colher (sopa) de óleo
 1/2 colher (sopa) de sal

Modo de preparo

1. Numa tábua, corte as costelas em ripas - procure posicionar a faca bem no meio, entre os
ossos, para que todas as costelinhas fiquem com carne dos dois lados.

2. Transfira para uma tigela e deixe em temperatura ambiente enquanto prepara os outros
ingredientes.

3. Descasque e pique fino a cebola e os dentes de alho.

4. Lave e seque o talos de tomilho e o limão-siciliano.

5. Com um descascador de legumes, retire a casca do limão e reserve a polpa.

6. Se preferir, descasque com uma faquinha de legumes bem afiada, cuidando para não cortar
a parte branca, que amarga a receita.

7. Leve ao fogo médio uma panela grande (nós usamos uma caçarola de 24 cm de diâmetro
com fundo triplo).

8. De um lado, posicione a tigela com as costelinhas e, do outro, uma travessa.

9. Quando a panela aquecer, regue com 1 colher (sopa) de óleo e doure cerca de 4 costelinhas
por 3 minutos - coloque o lado convexo para baixo. Vire e deixe dourar o outro lado por
mais 2 minutos. Transfira para a travessa. As demais levam 2 minutos de cada lado. Resista
à tentação de colocar todas ao mesmo tempo! Em vez de dourar, elas vão soltar o próprio
líquido e cozinhar no vapor.

10. Depois de dourar as costelinhas, mantenha a panela em fogo médio e junte a cebola - a
gordura da carne é suficiente para refogar a cebola.
11. Mexa por 3 minutos, raspando bem o fundo da panela - esses queimadinhos da carne são
essenciais para o molho.

12. Quando a cebola dourar, junte o alho, a folha de louro e mexa por 1 minuto para perfumar.

13. Tempere com o sal, a páprica defumada, a pimenta calabresa seca e a erva-doce. Misture
bem.

14. Acrescente o tomate pelado (com o líquido) e misture por 1 minuto, raspando bem o fundo
da panela. Regue com o vinho tinto, junte a água e aumente o fogo.

15. Assim que começar a ferver, volte as costelinhas para a panela.

16. Debulhe as folhas de tomilho e misture; junte também a casca de limão.

17. Diminua o fogo para baixo e deixe cozinhar por 40 minutos com a tampa entreaberta.

18. Em seguida, retire a tampa e deixe cozinhar por mais10 minutos, até que a ponta dos
ossinhos das costelas apareçam e o molho fique encorpado. Regue com o caldo de limão,
misture bem e sirva a seguir.

19. Para deixar a costelinha ainda mais saborosa deixe a carne marinando no vinho com o
tomilho e a casca de limão na noite anterior. Antes de dourar as costelinhas, escorra bem e
reserve o líquido para o cozimento.