Você está na página 1de 2

1- O que consiste e qual a importância da homeostase ou homeostasia

corporal? De que forma o equilíbrio homeostático é mantido? Explique.

2- Explique os mecanismos de retroalimentação positiva e negativa.


Porque o mecanismo de retroalimentação negativo ocorre com mais
frequência do que o mecanismo de retroalimentação positivo?
3- O líquido intracelular apresenta constituição diferente do líquido
extracelular. Desenhe uma célula e identifique as concentrações (maior
ou menor) de Na+ , K+ , Ca+ e Cl dentro e fora da mesma e indique a
diferença do potencial elétrico através da membrana, quando a célula
está em repouso. Qual a importância da manutenção dessas diferenças
para a fisiologia celular?
4- Quais fatores determinam o Potencial de membrana em repouso
(PMrepouso)? Qual íon contribui mais para este potencial e porquê?
Como as equações de Nernst e de Goldman auxiliam no cálculo do
PMrepouso?
5- Porque as membranas são mais permeáveis a moléculas não polares,
do que à maioria das moléculas polares e ionizadas? Explique como as
células são capazes de realizar o transporte de substâncias polares e
ionizadas.
6- Quais fatores determinam em qual direção a difusão através
membrana, das seguintes substâncias, irá ocorrer?
a) água
b) íons
c) glicose
7- Quais são as diferenças entre transporte ativo primário e secundário?
Qual a inter-relação entre estes dois tipos de transporte?
8- Descreva simporte (transporte) e antiporte (contratransporte).
9- Um pesquisador inibiu a síntese de ATP em uma célula, algum tempo
depois ele verificou a diminuição, e por fim, a interrupção do transporte
ativo secundário. Como você explicaria isso?
10- As células corporais, quando em repouso, apresentam a face interna da
membrana carregada negativamente em relação à face extracelular
(carregada positivamente), e, portanto, a membrana de uma célula em
repouso está polarizada. As células nervosas e musculares utilizam
alterações dessa polarização para transmitir informações (impulsos
elétricos) ao longo de suas membranas. Descreva os eventos que
ocorrem do momento em que um estímulo atinge a membrana de um
neurônio gerando o POTENCIAL GRADUADO até atingir intensidade
suficiente (limiar) para desencadear um POTENCIAL DE AÇÃO (fases)
até seu retorno ao repouso. OBS. Inclua a descrição dos canais de Na+
e de K+ dependentes de voltagem. Após, faça uma tabela elencando
as diferenças entre o potencial graduado e o potencial de ação.
11- Explique as seguintes características do potencial de ação: limiar e
período refratário relativo e absoluto.
12- Descreva a propagação do potencial de ação em neurônios. Se o
axônio contiver bainha de mielina, a velocidade de transmissão será
aumentada ou reduzida? Explique.
13- As células podem se comunicar com outras células através das
sinapses. As sinapses podem ser químicas e elétricas e são as formas de
sinalização utilizada pelos neurônios. Descreva detalhadamente a
fisiologia dessas formas de transmissão de informação (componentes
envolvidos e mecanismo de transmissão) e cite as diferenças funcionais
entre as sinapses químicas e elétricas que expliquem o porquê da
existência desses dois tipos de sinalização e não apenas de um.
14- Compare os mecanismos que levam o elemento pós-sináptico às
condições despolarizantes e hiperpolarizantes e explique qual o
significado funcional dessas condições para a célula. Um neurônio está
realizando várias sinapses, sendo algumas excitatórias e outras
inibitórias. Responda e explique porque, em cada situação abaixo
relacionada, se será produzido ou não potencial de ação no neurônio
pós-sináptico em questão:
a) Quatorze neurônios fazem sinapse com um neurônio pós-sináptico.
Destes, onze neurônios fazem sinapses excitatórias com potenciais de 2
mV cada, e os outros três fazem sinapses inibitórias com potenciais de 3
mV cada. O limiar de despolarização da célula pós-sináptica é de -60
mV.
b) Quinze neurônios fazem sinapse com um neurônio pós-sináptico.
Destes, quatorze neurônios fazem sinapses excitatórias com potenciais
de 2 mV cada e um neurônio faz sinapse inibitória com potencial de 10
mV. O limiar de despolarização da célula pós-sináptica é de -50 mV.
c) Quinze neurônios fazem sinapse em um neurônio pós-sináptico. Na
zona de estímulo, doze neurônios fazem sinapses excitatórias com
potenciais de 2 mV cada e os outros três fazem sinapses inibitórias com
potenciais de 3 mV cada. O limiar de despolarização da célula pós-
sináptica é de -50 mV.
15- Explique a seguinte afirmação: A hipercalemia (elevada concentração
plasmática ou extracelular de K + ) pode ser observada na insuficiência
renal aguda. Um aumento de K+ no meio extracelular irá alterar o
potencial de membrana em repouso das células, tornando o limiar dos
neurônios mais próximo do zero (0).

16- Tendo em vista as etapas de um Potencial de Ação, explique porque


como um fármaco que bloqueia canais de Na+ é capaz de alterar a
atividade celular.
Os canais de Na+ são os que possibilitam a entrada de sódio nas
células, se a entrada dos canais são bloqueadas, consequentemente a
entrada de sódio nas células é prejudicado e com o bloqueio da
entrada de sódio não se tem a ativação e a despolarização celular, só
ocorre a despolarização celular quando os canais de Na+ estão
abertos.

Você também pode gostar