Você está na página 1de 6

Lista de Exercícios UeceVest

Cinemática – DATA: 17-03-18


MU e MUV, Movimento Curvilíneo
1. (FMABC/2012) Duas esferas de dimensões desprezíveis dirigem-se uma
ao encontro da outra, executando movimentos retilíneos e uniformes (veja
a figura). As esferas possuem velocidades cujos módulos valem 4m/s e
7m/s. A distância entre elas nos 4 segundos que antecedem a colisão é
de:

a) 50
b) 44
c) 28
d) 16
e) 12

2. (FATEC SP/2012) Isabela combinou de se encontrar com seu primo


Mateo no ponto de ônibus. Ela mora a 1 km do ponto, e ele a 2,5 km do
mesmo ponto de ônibus, conforme figura a seguir:

Mateo ligou para Isabela e a avisou que sairia de casa às 12h 40min.
Para chegar ao local marcado no mesmo horário que seu primo, Isabela
deve sair de sua casa aproximadamente às:
Considere que ambos caminhem com a mesma velocidade em módulo
de 3,6km/h.
a) 13 h 00 min.
b) 13 h 05 min.
c) 13 h 10 min.
d) 13 h 15 min.
e) 13 h 25 min.

3. (FEPECS DF/2011) Uma abelha comum voa a uma velocidade de


aproximadamente v1 = 25,0 Km/h quando parte para coletar néctar, e a v2
= 15,0 km/h quando volta para a colmeia, carregada de néctar. Suponha
que uma abelha nessas condições parte da colmeia voando em linha reta
até uma flor, que se encontra a uma distância D, gasta 2 minutos na flor,
e volta para a colmeia, também em linha reta. Sabendo-se que o tempo
total que a abelha gastou indo até a flor, coletando néctar e voltando para
a colmeia, foi de 34 minutos, então a distância D é, em Km, igual a:

a) 1;
b) 2;
c) 3;
d) 4;
e) 5;
4. (FGV/2012) Um paraquedista salta de uma altura de 325 m. Durante os
primeiros 5,0 s, ele cai em queda livre, praticamente sem interferência do
ar; em seguida, ele abre o paraquedas e seu movimento passa a ser
uniforme, após brusca diminuição de velocidade, como indica o gráfico da
velocidade, em função do tempo.
Considere o movimento de queda
vertical e retilíneo e a aceleração
da gravidade de 10 m ⁄s2. O tempo
total de movimento, até a chegada
do paraquedista ao solo, será de
a) 20,0 s.
b) 25,0 s.
c) 28,0 s.
d) 30,0 s.
e) 35,0 s.

5. (UNEMAT MT/2012) Num acidente, o velocímetro de uma motocicleta


registrava a velocidade de 72 km/h no instante anterior à colisão. Supondo
que o piloto estava à mesma velocidade que a moto no instante do
acidente, isso seria equivalente à queda livre em um prédio. Se a distância
entre um piso e outro é 2,5m, de qual andar o piloto teria de cair para
alcançar tal velocidade? (Adote a aceleração da gravidade como 10m/s2)
a) 20º andar
b) 18º andar
c) 16º andar
d) 10º andar
e) 08º andar

6. (UEL PR/2011) No circuito automobilístico de Spa Francorchamps, na


Bélgica, um carro de Fórmula 1 sai da curva Raidillion e, depois de uma
longa reta, chega à curva Les Combes.

Figura: Circuito automobilístico de Spa Francorchamps


A telemetria da velocidade versus tempo do carro foi registrada e é apresentada
no gráfico a seguir.
Qual das alternativas a seguir contém o gráfico que melhor representa a
aceleração do carro de F-1 em função deste mesmo intervalo de tempo?

a. d.

b. e.

c.
TEXTO:
Três bolas – X, Y e Z – são lançadas da borda de uma mesa, com velocidades
iniciais paralelas ao solo e mesma direção e sentido.
A tabela abaixo mostra as magnitudes das massas e das velocidades iniciais
das bolas.

7. (UERJ/2012) As relações entre os respectivos tempos de queda tx, ty e tz


das bolas X, Y e Z estão apresentadas em:
a) tx < ty < tz
b) ty < tz < tx
c) tz < ty < tx
d) ty = tx = tz

8. Questão 02 - (UERJ/2012) As relações entre os respectivos alcances


horizontais Ax, Ay e Az das bolas X, Y e Z, com relação à borda da mesa,
estão apresentadas em:
a) Ax < Ay < Az
b) Ay = Ax = Az
c) Az < Ay < Ax
d) Ay < Az < Ax
9. (FUVEST SP/2011) Uma menina, segurando uma bola de tênis, corre com
velocidade constante, de módulo igual a 10,8 km/h, em trajetória retilínea,
numa quadra plana e horizontal. Num certo instante, a menina, com o
braço esticado horizontalmente ao lado do corpo, sem alterar o seu estado
de movimento, solta a bola, que leva 0,5 s para atingir o solo. As
distâncias sm e sb percorridas, respectivamente, pela menina e pela bola,
na direção horizontal, entre o instante em que a menina soltou a bola (t=
0 s) e o instante t = 0,5 s, valem:
NOTE E ADOTE
Desconsiderar efeitos dissipativos.
a) sm = 1,25 m e sb = 0 m.
b) sm = 1,25 m e sb = 1,50 m.
c) sm = 1,50 m e sb = 0 m.
d) sm = 1,50 m e sb = 1,25 m.
e) sm = 1,50 m e sb = 1,50 m.

10. (PUC RJ/2011) Um objeto é lançado horizontalmente de um penhasco


vertical, com uma velocidade inicial vhorizontal = 10 m/s. Ao atingir o solo, o
objeto toca um ponto situado a 20 m da base do penhasco. Indique a
altura H (em metros) do penhasco considerando que a aceleração da
gravidade é g = 10 m/s2 e desprezando a resistência do ar.
a) H = 20.
b) H = 40.
c) H = 60.
d) H = 80.
e) H = 100.
11. Um atirador dispara um revólver formando um ângulo de 37º com a
horizontal, em uma região plana, a uma altura de 2 m do solo. O projétil
atinge o solo a 88,8 m do ponto de lançamento. Qual é a velocidade com
que o projétil deixou o revólver?
Dados: cos 37º = 0,8 sen 37º = 0,6
Obs: sen2θ = 2.senθ.cosθ
a) 10 m/s
b) 20 m/s
c) 30 m/s
d) 40 m/s
e) 50 m/s

12. Sobre um projétil lançado obliquamente para cima, desprezando a força


de resistência aerodinâmica, assinale o que for correto.
01) Os componentes vertical e horizontal da velocidade do projétil permanecem
constantes.
02) Quando o projétil alcança a altura máxima, sua velocidade é nula.
04) A distância percorrida horizontalmente pelo projétil é diretamente
proporcional ao dobro do tempo que ele leva para atingir a altura máxima do
lançamento.
08) As acelerações dos movimentos de subida e de descida do projétil são iguais
em módulo, porém de sentidos contrários.
16) O tempo de permanência do projétil no ar é diretamente proporcional à
velocidade de lançamento e inversamente proporcional à aceleração da
gravidade.

FFVFV – Soma: 20

13. Um projétil é lançado do solo numa direção que forma um ângulo θ com
a horizontal. Sabe-se que ele atinge uma altura máxima de 15 m e que
sua velocidade no ponto de altura máxima é 10 m/s. Determine a sua
velocidade inicial e o ângulo θ de lançamento. R – 20 m/s e 60º

14. (FUVEST) Um consórcio internacional, que reúne dezenas de países, milhares


de cientistas e emprega bilhões de dólares, é responsável pelo Large Hadrons
Colider (LHC), um túnel circular subterrâneo, de alto vácuo, com 27 Km de
extensão, no qual eletromagnetos aceleram partículas , como prótons e
antiprótons, até que alcancem 11.000 voltas por segundo para, então, colidirem
entre si. As experiências realizadas no LHC investigaram componentes
elementares da matéria e reproduzem condições de energia que teriam existido
por ocasião do Big Bang.
a) Calcule o módulo da velocidade do próton, em km/s, relativamente ao solo, no
instante da colisão. R – 2,97x105 Km/s
b) Calcule o percentual dessa velocidade em relação ao módulo da velocidade da luz,
considerando, para esse cálculo, igual a 3,00x105 Km/s. R – 99%
15. (Vunesp-SP) O comprimento da banda de rodagem (circunferência externa) do
pneu de uma bicicleta é de aproximadamente 2,0 m.
a) Determine o número N de voltas (rotações) dadas pela roda da bicicleta, quando o
ciclista percorre uma distância de 6,0 km. R – 3x10³ voltas
b) Supondo-se que esta distância tenha sido percorrida com velocidade escalar
constante de 18 km/h, determine, em hertz, a frequência de rotação da roda durante
o percurso. R – 2,5hz