Você está na página 1de 4

08/04/2018 Zappers e outros Gizmos

http://www.royalrife.com/zappers.html

Zappers e outros Gizmos 2-2002

Esta é uma tentativa de descrever alguns dos equipamentos bioeletrônicos disponíveis e


sugerir razões pelas quais mais de um tipo pode ser útil. Estes não são necessariamente
apresentados por ordem de invenção. Eu construí, usei, possuí ou desmontei quase todos
esses dispositivos.

O raio violeta. Esta é uma pequena bobina de Tesla que alimenta tubos de plasma de
várias formas. Bons resultados foram relatados. Atualmente, alguns estão construindo
estes com capacidade de frequência variável. Detalhes de construção estão em
http://www.royalrife.com/violetray.html. Eu construí um desses usando o circuito 555 e o
transistor de um EMEM2.

O dispositivo de raio de feixe Rife. Rife alimentou várias frequências nos eletrodos de
tubos de phanotron de vidro preenchidos com gás para formar um plasma ionizado. Isso
foi muito eficaz contra os vírus do carcinoma e do sarcoma e outros patógenos. Também
estimulou vários tecidos a se regenerarem - dissolver a catarata e assim por diante. É
relatado que ele alimentou 500 watts de energia no tubo, que foi colocado a poucos
centímetros da pessoa a ser tratada. Isso foi um pouco mais agressivo do que a prática
atual de usar uma unidade de 100 watts a vários metros do paciente. As frequências de
Rife variaram de 160.000 a 12.830.000 Hz e muitas delas estavam na mesma faixa das
pesquisadas pela Dra. Hulda Clark.

Entre em contato com os dispositivos de bloco. Não é certo quem começou a usar
frequências de áudio e as aplicou à pele por meio de eletrodos de contato. Tais
dispositivos de pad são freqüentemente chamados de "máquinas Rife", mas "Crane" pode
ser mais preciso. Muito já foi dito sobre a eficácia de tais dispositivos, muitos deles
negativos. Por outro lado, tenho visto essas unidades destruírem doenças como herpes
rapidamente, e cuidar da mononucleose em um tratamento, de modo que uma criança
muito doente esteja bem na manhã seguinte e pronta para a escola. Tenho certeza de que
muitas outras histórias poderiam ser contadas. O BK-4011 ou 4040 pode ser facilmente
convertido em dispositivos do tipo Guindaste por menos de US $ 500. Infelizmente,
muitas empresas que vendem unidades Crane fazem declarações exageradas e imprecisas
sobre elas. Alguns até anunciam dispositivos de contatos como "Original Rife
Machines". Alguns desses dispositivos não permitem a definição de freqüências, mas
usam códigos de canal. Eles contêm apenas um número limitado de canais de frequência
e o usuário não pode adicionar novos.

Intensificador de Dan. Querendo observar as auras, Dan (não o mesmo Dan que
construiu os primeiros dispositivos EMEM) pegou um transformador de sinal de néon de
12000 volts, duas folhas de vidro, uma folha de alumínio, uma pequena folha de cobre e
uma lâmpada de néon. Potenciador A unidade foi encontrada para ter efeitos biológicos
por acidente. Centenas destas unidades foram construídas, e numerosas "remissões
espontâneas" de muitas condições, incluindo câncer, foram relatadas. Os tempos de
execução usados por aqueles que se recuperaram do câncer tendem a ficar no intervalo
de quatro horas por dia. Uma teoria é que o Enhancer coloca uma enorme variedade de
freqüências, e que a pessoa que está usando está recebendo pequenas doses daquelas que
elas precisam. Demora muito tempo, então absorva o suficiente das freqüências
desejadas. Diz-se também que o dispositivo aumenta a voltagem através das membranas
celulares, também muito desejável. Uma vantagem desta unidade é que ela pode ser
eficaz contra condições em que as freqüências ainda não são conhecidas. O Enhancer me
custou cerca de US $ 200 para construir, e o teste foi uma experiência muito interessante.

A unidade "Doug". "Doug" ouvira dizer que Rife havia matado patógenos usando várias
frequências. Então, "Doug" alimentou as freqüências em uma pequena bobina em seu
estágio de microscópio e descobriu as frequências da doença de Lyme. Ele então os
http://www.royalrife.com/zappers.html 1/4
08/04/2018 Zappers e outros Gizmos

alimentou em um amplificador de áudio de 2000 watts e executou a saída disso em uma


grande combinação de capacitores e bobinas. Usando essa configuração, ele se curou.
Vários outros usaram o dispositivo para curas de câncer de mama bem sucedidas. Eles
relataram que podiam sentir algo acontecendo nos tumores em 2128 Hz. Informações
sobre construção estão disponíveis em http://healthalternative.freeyellow.com.

A unidade EMEM. Como os amplificadores de 2000 watts que o "Doug" usou não são
mais construídos, Dan Tracy construiu um dispositivo usando uma bobina menor com
um núcleo de ferrite e um amplificador menor. Os resultados foram bons. Um
pesquisador de Seattle relata que os cânceres de mama costumam ficar quentes quando
expostos ao dispositivo. Alguns tumores desapareceram em apenas duas semanas.

O dispositivo "Ray". As unidades do tipo guindaste geralmente têm um controle de saída


que controla a tensão de saída e, portanto, a corrente. "Ray" desenvolveu um dispositivo
que elimina 200 volts a uma corrente constante de cerca de 1 miliampere. Baixas
correntes são usadas, de modo que há menos sensação do que quando outros dispositivos
do tipo pad são usados. Uma mulher com câncer de mama tomou emprestada a unidade e
colocou um eletrodo de cada lado do seio afetado. Em apenas uma semana de
tratamentos, o tumor encolheu até o ponto em que a mastectomia foi cancelada. Este
dispositivo foi mais tarde com sucesso com um caso de câncer de próstata. Um homem
que usou o dispositivo Ray relata 7 recuperações consecutivas de câncer e recuperações
de tudo o que foi usado, exceto para um caso de diabetes. O dispositivo Ray é de estado
sólido, mas há planos para uma versão de tubo de vácuo deste dispositivo em
http://www.royalrife.com/tubeunit.html. A versão do tubo de vácuo também foi usada
com sucesso para o câncer.

O estimulador zapper / planta Beck / limpador de sangue. Em determinado momento, o


dr. Bob Beck (que inventou o estroboscópio da câmera) pesava 285 libras, estava
confinado a uma cadeira de rodas, tinha pressão alta muito alta, tinha açúcar no sangue
muito alto e havia perdido a maior parte do cabelo. Ele já havia escrito artigos sobre
equipamentos do tipo Rife-Crane. Em 1991, ele ouviu falar sobre o Dr. Stephen Kaali e
outros no Albert Einstein College e sua cura anunciada e patenteada para a AIDS. Eles
descobriram que meros 50 a 100 microamperes de eletricidade a 60 Hz livrariam o
sangue da AIDS. De acordo com as patentes, também livrará o sangue de quaisquer
outros patógenos presentes. Beck decidiu que não era necessário remover o sangue do
corpo conforme as patentes. Ele aplicaria apenas 4 Hz (a CA é usada para evitar a
eletrólise) a um pequeno eletrodo em cada um dos dois pontos de pulso e limparia o
sangue do corpo. Ele escolheu os pontos de pulsação no interior do tornozelo logo abaixo
e atrás do osso do tornozelo. (Atualmente, usamos as artérias radial e ulnar no mesmo
punho). Para testar os efeitos negativos, ele passou quatro horas por dia durante um mês
com um eletrodo em cada tornozelo. Ele também usou seu pulsador magnético (veja
abaixo) em si mesmo. Depois de um mês, ele começou a perder peso sem esforço. Sua
pressão arterial e açúcar no sangue normalizaram. Seu cabelo cresceu de volta. Quando
visitei com ele em março de 1996, ele pesava 180 quilos e não estava usando uma
cadeira de rodas. Esta unidade eliminará muitas (possivelmente todas) infecções no
sangue, e nenhuma frequência precisa ser conhecida.

O gerador de impulsos magnéticos Beck. O limpador de sangue Beck apenas limpa o que
está no sangue que passa pelos eletrodos. Não atinge a linfa (que pode ter pouca ou
nenhuma circulação) ou patógenos que possam estar lá. Então Beck colocou uma bobina
de 2,5m em série com o flash do flash da câmera. Quando o botão de teste é pressionado,
um poderoso pulso magnético é produzido. Isso produz uma pequena corrente em
qualquer tecido próximo, lidando com patógenos residentes lá. Não é apenas um
limpador de linfa; Ele se sai muito bem em infecções localizadas, como cáqui ou bolsos
sob os dentes. Nenhuma freqüência precisa ser conhecida. Ele também solta os músculos
tensos para que os ajustes quiropráticos sejam muito mais fáceis. O flash Vivitar 1900
tem sido usado como base de milhares desses dispositivos. As bobinas vêm da MCM
Electronics. Outra variedade que eu chamo de super thumpy, usa a mesma bobina, e a
http://www.royalrife.com/zappers.html 2/4
08/04/2018 Zappers e outros Gizmos

pequena estroboscópica da Radio Shack. Notas de construção estão em


http://www.royalrife.com/superthumpy.html. E em
http://www.royalrife.com/haining.html estão planos para uma versão muito mais
poderosa projetada por Bob Haining. A versão de Haining usa tensões ainda mais altas
que o super-thumpy e a construção não deve ser tentada por aqueles que não estão
familiarizados com os procedimentos de segurança. Sota faz uma boa versão. A versão
de Haining usa tensões ainda mais altas que o super-thumpy e a construção não deve ser
tentada por aqueles que não estão familiarizados com os procedimentos de segurança.
Sota faz uma boa versão. A versão de Haining usa tensões ainda mais altas que o super-
thumpy e a construção não deve ser tentada por aqueles que não estão familiarizados
com os procedimentos de segurança. Sota faz uma boa versão.

O Clark zapper. A Dra. Hulda Clark usou um gerador de frequência para lidar com vários
patógenos. Em um ponto, ela pediu a seu filho Geoffrey para construir um pequeno
gerador de frequência a bateria. O dispositivo que ele construiu produziu uma DC
pulsada - apenas a metade positiva da onda completa. O Dr. Clark descobriu que mataria
vários agentes patogênicos mesmo quando não estivesse definido para sua frequência.
Assim nasceu o "zapper". Essas pequenas unidades caseiras podem destruir muitos
parasitas, bactérias e vírus diferentes usando apenas uma freqüência de 30.000-40.000
Hz a 3-5 volts. Um verdadeiro economizador de tempo. Muitos de nós tiveram bons
resultados com essas unidades. A onda de saída não permanece quadrada quando os
contatos são aplicados à pele. O Dr. Gary Gear conseguiu manter a onda quadrada
reduzindo a saída para menos de 2 volts.

O Super Zap. Houve três áreas em que o Clark zapper foi criticado. A primeira área tem
sido a saída baixa. O segundo tem sido a frequência de 30.000 Hz. Nessa frequência, há
algum efeito na pele, de modo que a corrente tende a percorrer a pele e a parte externa
dos órgãos internos. Além disso, a saída do zapper não é uma onda quadrada quando a
unidade está conectada à pele. Os cantos da onda tornam-se muito redondos. Para lidar
com todos esses problemas, o Super Zap foi desenvolvido. A tensão de saída foi
aumentada e freqüências mais baixas, como 727 Hz ou 2128 Hz, foram usadas. Outras
frequências poderiam ser selecionadas se algum problema de saúde (como a doença de
Lyme) fosse a principal preocupação. Um capacitor de tântalo é usado em paralelo com o
resistor de saída para manter o quadrado da onda. (Obrigado ao Dr. Bill Biagioli por isso.
) O comprimento do impulso foi aumentado para 75%. Como o Clark Zapper, o Super
Zap é mais eficaz na sua frequência selecionada, mas também mata uma grande
variedade de outros patógenos ao mesmo tempo. Nenhuma freqüência precisa ser
descoberta para usá-lo. Em http://www.royalrife.com/zapper727.html são detalhes de
construção para esses zappers. Bruce Stenulson produz zappers de frequência variável de
qualidade.

O dispositivo Rife-Bare. Esta é uma redescoberta, em grau considerável, da tecnologia


Rife "beam ray". Ele usa um gerador de frequência, rádio CB, amplificador linear,
sintonizador de antena e tubo de plasma. É o dispositivo de tratamento favorito de
muitos. Agradecemos imensamente o fato de o Dr. Bare estar disposto a compartilhar
suas descobertas com o mundo. Tanto hoje em dia é "proprietário".

O dispositivo Wade. Gary Wade experimentou a aplicação de frequências de áudio ao


corpo com uma placa piezoelétrica vibrante. Alguns bons sucessos foram relatados.

O BioTec 2000. Trata-se de um dispositivo do tipo Rife / Bare que utiliza um


transportador de 86.000 Hz e dois pequenos tubos de vidro que são mantidos nas mãos
ou colocados no corpo. Estou ouvindo bons relatórios sobre essas unidades.

O Photon Sound Beam parece ser um pouco semelhante ao BioTec 2000, exceto que ele
não produz uma gama completa de freqüências. Os promotores do Photon Sound Beam
afirmam que estas frequências não são necessárias. Eu não tenho muita experiência com
isso. Um que testei produziu apenas 727 Hz.

http://www.royalrife.com/zappers.html 3/4
08/04/2018 Zappers e outros Gizmos

O EMEM2. Dan, que projetou o EMEM original tipo bobina, tentou alimentar a saída de
um amplificador de áudio em uma bobina de ignição automotiva, através de uma vela de
ignição e, em seguida, em uma extremidade de um tubo de plasma semelhante aos
usados nos dispositivos Bare. A outra extremidade do tubo de plasma é conectada a um
terra e a uma placa de contato com os pés. É um dispositivo de contato - o tubo (ou uma
pequena placa de metal presa a ele) deve ser tocado para obter melhores resultados. Dan
relata que é mais eficaz contra Lyme e outras condições do que o seu dispositivo de
bobina EMEM. Na versão mais recente, um único transistor substituiu o amplificador de
áudio. Há casos relatados de recuperação de câncer usando este dispositivo. Um
pesquisador de Seattle relata que o EMEM2 usando placas para os dois pés é mais eficaz
para prostatite do que outros dispositivos, incluindo o EMEM3.

O EMEM3. Isso é semelhante ao EMEM2, mas usa um tubo de phanotron de hélio de


alta pressão. É mais conveniente que o EMEM2, pois nenhum contato é feito com o
dispositivo durante o uso. A versão atual é chamada de EMEM3D e usa duas bobinas de
ignição para maior potência. Um homem de Seattle construiu um "quad" com quatro
bobinas e até uma versão de oito bobinas. Esse é o dispositivo radiante mais poderoso
que eu pessoalmente vi. Usuários de EMEM3 e EMEM3D relataram numerosas
remissões espontâneas de cânceres. Um paciente com câncer avançado de próstata e osso
usou um EMEM3 usando apenas 727 Hz. Depois de vários meses, seu médico me ligou
para dizer que a unidade parecia estar fazendo algum bem. Depois de mais alguns meses
(um ano no total), o médico ligou para dizer que o paciente está sem câncer. Um teste de
saliva radiônica mostrou altos níveis de BX, entretanto, a freqüência única não era
adequada para isso. O EMEM3 também funciona bem sem o diferencial de centelha.

O dispositivo Weeks Parker. O Dr. Rife relatou a frequência de 11.780.000 Hz como a


frequência que mata o carcinoma / vírus BX. Weeks A Parker desenvolveu uma unidade
barata de 5 watts para produzir essa frequência. Nenhum áudio é usado. Seu dispositivo
foi usado para acionar o amplificador linear em uma unidade Bare. Uma pessoa com
câncer de próstata usou este dispositivo e eu fui mais tarde capaz de fazer um teste de
saliva radiônica. Os níveis de vírus BX caíram para zero. Informações de construção
estão em http://www.geocities.com/weeks_parker.

Eu também experimentei um B & K-4040 em 11.780.000Hz para BX e 11.430.000 para


BY com bons resultados. Os tempos de tratamento devem ser razoavelmente longos.

O Bioray O Bioray (também chamado de BeamRay) é um computador que produz


freqüências de áudio, um amplificador de áudio e um tubo de plasma. Houve alguns bons
relatórios dos usuários. Um usuário relatou que ela gostou dela quase tão bem quanto o
EMEM3D, então deve ser bom!

O BX-1 Esta unidade coloca 100-120 watts em 11.780.000 e 11.430.000 junto com
outras freqüências de rádio de até 30.000.000 Hz. Tempos de execução têm que ser muito
curtos, na ordem de 30 segundos no início, devido a problemas de die-off. Duas antenas
são usadas em vez de um tubo de plasma. Essas frequências também podem ser
facilmente moduladas com áudio, se desejado. Um tubo de plasma pode ser usado se
desejado. Meus experimentos até agora sugerem que as antenas funcionam mais rápido.
Este parece ser o melhor dispositivo até agora para o câncer.

O F-Scan. Este é um grande avanço. O F-Scan "pinga" o corpo com frequências de 1-


3.000.000 Hz e detecta ressonâncias.

Índice

http://www.royalrife.com/zappers.html 4/4