Você está na página 1de 2

01 - A Norma Brasileira de Contabilidade NBC TG 01 (Redução ao Valor Recuperável de Ativos) e suas

alterações posteriores visam determinar os procedimentos para assegurar que os ativos não estejam
registrados contabilmente por um valor superior àquele passível de ser recuperado no tempo por
uso nas operações da entidade ou em sua eventual venda. Em função do exposto, considere um ativo
imobilizado de uma sociedade empresária que, em 31 de dezembro de 2014, apresentou um valor
original de aquisição de $ 50.000 e depreciação acumulada até essa data de $ 10.000, e para o qual
foi determinado $ 30.000 como seu valor justo líquido das despesas estimadas com sua venda, e $
26.000 como o valor presente do fluxo futuro de caixa gerado pelo uso desse ativo imobil izado. Com
base nessas informações, o ajuste a valor recuperável é de?

02 - A Cia. Alvorecer, ao analisar um determinado ativo, identifica as seguintes características:

A perda por redução ao valor recuperável é, em R$,

03 - Um dos itens do Ativo Imobilizado da Cia. Tribeta é um imóvel, com valor contábil líquido de R$ 4
milhões, com 50% de depreciação incorrida. Em decorrência de ocupações irregulares na região onde se
situa o imóvel, a entidade tem indícios de que o valor do imóvel não seja totalmente recuperável. A Cia.
Tribeta estimou que o uso do ativo vai gerar um fluxo de caixa líquido de R$ 3,8 mihões. Em pesquisa
conduzida com especialistas imobiliários, a entidade conseguiria vender o imóvel por R$ 4 milhões, com
custos estimados de 10%.

Caso a Cia. Tribeta apurasse perda decorrente da situação apresentada no texto I, o lançamento contábil
para reconhecimento da perda seria?

04 - Uma Sociedade Empresária apresentava em seu Balanço Patrimonial de 31.12.2016, diante da


presença de indicativo de perda para um determinado ativo imobilizado – mas antes da realização
do Teste de Redução ao Valor Recuperável –, um imobilizado registrado pelo valor contábil de
R$20.000.000,00, o qual era composto pelos seguintes valores:
✓ Custo de Aquisição: R$24.000.000,00.
✓ Depreciação Acumulada: R$4.000.000,00.
Após realizar o Teste de Redução ao Valor Recuperável para este ativo imobilizado, a Sociedade
Empresária obteve as seguintes informações:
✓ Valor em uso do imobilizado: R$21.000.000,00.
✓ Valor justo líquido das despesas de venda do imobilizado: R$19.000.000,00.
Considerando-se apenas as informações apresentadas e o que dispõe a NBC TG 01 (R3) – REDUÇÃO
AO VALOR RECUPERÁVEL DE ATIVOS, para a correta evidenciação dos fatos apresentados nas
Demonstrações Contábeis do ano de 2016, a Sociedade Empresária deve adotar qual procedimento?

05 - A entidade deve avaliar, ao fim de cada período de reporte, se há alguma indicação de que um ativo
possa ter sofrido desvalorização. No que tange ao ajuste para perdas por desvalorização de ativos, avalie
os eventos a seguir:

 Um incêndio destrói o estoque de uma papelaria, acarretando uma perda de R$ 10.000.000,00.


 Uma enchente destrói as máquinas de uma indústria, acarretando uma perda de R$
100.000.000,00.
 Um meteoro destrói os veículos à venda em uma concessionária, acarretando uma perda de R$
90.000.000,00.

O(s) evento(s) passível(is) de redução ao valor recuperável de ativos é (são): (justifique!)

a) I e II

b) I, II e III

c) II e III

d) II

e) III

06 - Uma empresa industrial possui um Ativo Imobilizado cujo custo histórico é igual a R$50.000,00 e cuja
depreciação acumulada equivale a R$12.000,00. A empresa apurou, para esse ativo, um valor justo líquido
de despesas de venda de R$10.000,00 e um valor em uso de R$20.000,00.

Com base nos dados informados, considerando a NBC TG 01 – Redução ao Valor Recuperável de Ativos –
, o valor a ser registrado como perda por desvalorização do Ativo Imobilizado será de?

07 - O Valor Recuperável de um determinado ativo é o

a)menor entre o seu valor de reposição e o seu custo histórico.

b)menor entre o seu valor justo líquido das despesas de venda e o seu custo histórico.

c)menor entre o seu valor realizável líquido e o seu valor contábil.

d)maior entre o seu valor justo líquido das despesas de venda e o seu valor em uso.

e)maior entre o seu valor em uso e o seu valor contábil líquido.

08 - A Cia. Industrial possuía, em 31/12/2016, um ativo intangível com vida útil indefinida. Os valores
evidenciados para este ativo, nesta data, são apresentados a seguir:

Custo de aquisição ............................................................................................. R$ 800.000,00

(−) Ajuste por “impairment” (calculada em 2015) .............................................. (R$ 300.000,00)

(=) Valor contábil do ativo ................................................................................... R$ 500.000,00

Ao realizar o teste de redução ao valor recuperável de ativos (teste de “impairment”), a Cia. obteve as
seguintes informações a respeito desse ativo em 31/12/2016:

Valor em uso ....................................................................................................... R$ 650.000,00

Valor justo líquido das despesas de venda ......................................................... R$ 550.000,00

O valor contábil apresentado no Balanço Patrimonial de 31/12/2016 para este ativo foi, em reais,