Você está na página 1de 26

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

D E PA R TA M E N T O D E E N G E N H A R I A C I V I L

Torção
PROFº. M.SC. JULIO CESAR TAVARES DE LUCENA
DISCIPLINA: RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS II
OBJETIVOS

•Compreender o que é a deformação por torção;

•Compreender os esforços que surgem devido a torção;

•Determinar a distribuição de tensões e o ângulo de torção;


ESTUDO ANTERIOR
Carregamentos e deformações axiais:

𝑁(𝑥) 𝑃𝐿
𝛿= =
𝐸 ∙ 𝐴(𝑥) 𝐸𝐴

𝛿𝑇 = 𝛼 ∆𝑡 𝐿
DEFORMAÇÃO POR TORÇÃO
DEFORMAÇÃO POR TORÇÃO
DEFORMAÇÃO POR TORÇÃO
DEFORMAÇÃO POR TORÇÃO
Na Engenharia Civil:
DEFORMAÇÃO POR TORÇÃO
Hipóteses
As tensões tangenciais distribuem-se
linearmente ao longo do raio da seção da
barra;

As seções planas permanecem planas


após a deformação;

As tensões tangenciais independem


de x.
DEFORMAÇÃO POR TORÇÃO

ϕ(x) é denominado ângulo


de torção

ϕ(x): varia com a distância


do engastamento
DEFORMAÇÃO POR TORÇÃO
A deformação angular (distorção) máxima
ocorre na superfície da barra e pode ser
equacionada da seguinte forma:

𝑑𝑠
𝛾𝑚á𝑥 =
𝑑𝑥

𝑅 𝑑ϕ
𝛾𝑚á𝑥 =
𝑑𝑥
Para um ponto da seção distante r do centro,
a deformação angular pode ser definida
como:
𝑟 𝑑ϕ
𝛾=
𝑑𝑥
FORMULA DA TORÇÃO
Quando um torque externo é aplicado a um eixo, ele 𝜏: Tensão de cisalhamento
cria um torque internos correspondente no interior G: Módulo de elasticidade
do eixo. transversal
• Pela Lei de Hooke, para material elástico linear:
𝜎 = 𝐸𝜀 O valor de 𝜏 cresce com o
• Para a torção: raio... 𝜏 = 0 se r = 0
𝜏 = 𝐺𝛾
• Logo:
𝑟 𝑑ϕ
𝜏=𝐺∙ → 𝜏 =𝐺∙𝑟∙𝛽
𝑑𝑥
FORMULA DA TORÇÃO
SEÇÃO TRANSVERSAL CIRCULAR CHEIA
Determinação da tensão de cisalhamento:
SEÇÃO TRANSVERSAL CIRCULAR CHEIA
DETERMINAÇÃO DO DESLOCAMENTO (ROTAÇÃO)
DETERMINAÇÃO DO DESLOCAMENTO (ROTAÇÃO)
SEÇÃO TRANVERSAL CIRCULAR VAZADA
(PAREDE GROSSA)
EXEMPLOS
Determine os valores máximos da tensão e do giro. Verifique se existe alguma seção, além do
engaste, com giro nulo. Caso exista determine sua posição.
FORMULÁRIO
Tensão de cisalhamento máxima Ângulo de torção (giro):

Momento polar de inércia – Momento polar de inércia – seção


seção circular cheia circular vazada (parede grossa)
DIAGRAMA DE MOMENTO TORSOR
TENSÃO DE CISALHAMENTO MÁXIMA
DETERMINAÇÃO DOS DESLOCAMENTOS
(ROTAÇÕES)
DETERMINAÇÃO DOS DESLOCAMENTOS
(ROTAÇÕES)