Você está na página 1de 7

Grupo III

1. DEFINIÇÕES
1.1 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

É o conjunto de medidas necessárias à antecipação, reconhecimento,


avaliação e controle dos riscos ambientais inerentes à atividade produtiva,
constituindo suporte à prevenção de doenças ocupacionais, acidentes do
trabalho, preservação do meio ambiente e dos recursos naturais.

1.2– Riscos Ambientais

Segundo a NR-09 são considerados riscos ambientais os agentes


físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes, existentes no
ambiente de trabalho que, em função de sua natureza, concentração ou
intensidade e tempo de exposição são capazes de causar danos à saúde e a
integridade física do trabalhador.
1.2.1– Agentes Físicos

As diversas formas de energia capaz de se propagar nos ambientes


a que possam estar expostos os trabalhadores, podendo causar danos à
saúde ou à integridade física dos mesmos, tais como: ruído, vibrações,
pressões anormais, temperatura extremas, radiações ionizantes, radiações
não-ionizantes, infra-som e ultra-som, etc.

1.2.2– Agentes Químicos

São substâncias, compostos ou produtos, de origem orgânica ou


mineral, naturais ou artificiais, geradas e dispersas nos ambientes pelas mais
variadas fontes, que possam penetrar no organismo pela via respiratória em
forma de poeira, fumos, neblinas, névoas, gases ou vapores, ou que, pela
natureza da atividade de exposição, possam ter contato ou ser absorvidos
pelo organismo ou por ingestão.
1.2.3– Agentes Biológicos

São todos os vírus, bactérias, protozoários, fungos, parasitas ou


bacilos, que podem penetrar no organismo dos trabalhadores, por meio do
aparelho respiratório, contato com a pele, trato digestivo ou outros meios
inerentes ao processo de trabalho, atividade produtiva ou prestação de
serviços e que podem causar danos a saúde dos trabalhadores
2.0 siderugica/termelétrica
Função 1: Auxiliar Metalúrgico
Setor: Solda
Ambiente de trabalho: Produção
Hora de trabalho: 8 h diária
Jornada de Trabalho : 40h/semana
Descrição da atividade profissional : Efetuar dobras e cortes em chapas e etc.
Utilizando equipamentos variados

Identificação dos risco e agentes:

 Físico: Ruído / Exposição : Permanente / Meios de propagação : Auditiva


 Fonte proveniente do processo de trabalho com máquinas e equipamentos
 Avaliação NR15 LT= 85dB(A) Os tempos de exposição aos níveis de ruído
não devem exceder os limites de tolerância. Valor Medido: 90 dB(A) / 8 h
 Medidas de controle: Prevenção da exposição do trabalhador: Utilizar
equipamentos de proteção individual (EPI) para evitar o contato direto com o
ruído. Realização com mais frequência do teste audiometria . Diminuir a
exposição do trabalhador ao ruído de acordo a NBR de 8h para 4 horas/diária
.
 EPI: Protetor auricular tipo concha adequado para aquele tipo de serviço.

 Químico: Hidrocarboneto / Exposição : Intermitente / Meios de propagação:


contato ; cutânea
 Fonte proveniente do processo de manuseio de peças e componentes
metálicos
 Avaliação NR 15 ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES Contato
diretamente com hidrocarbonetos Obs: manipulação de óleos e graxas sem
as devidas proteções EPI / insalubridade de grau máximo
 Medidas de Controle: Prevenção da exposição do trabalhador: Utilizar
equipamentos de proteção individual (EPI) para evitar o contato direto com o
produto. - Prevenção de incêndio e explosão: A embalagem vazia não deve ser
soldada, aquecida ou perfurada, sob o risco de haver explosão. O uso de
pressão para esvaziar o tambor também poderá resultar em explosão.
treinamento para correto uso do EPI
 EPI: Óculos herméticos para produtos químicos. Nas operações onde possam
ocorrer projeções ou respingos, recomenda-se o uso de óculos de segurança
ou protetor facial. Proteção da pele utiliza se Macacão de algodão, e se
necessário avental impermeável (PVC, polietileno ou neoprene).
 Biológico: Microrganismos / Exposição: Eventual/ Meios de propagação:
Cutânea e via área
 Não constatado

Função 2: Auxiliar Metalúrgico


Setor: Pintura
Ambiente de trabalho: Produção
Hora de trabalho: 8 h diária
Jornada de Trabalho: 40h/semana
Descrição da atividade profissional O Funcionário tem a função de efetuar a
preparação para pintura dos componentes produzidos (pistola pneumática e
acabamento com lixadeira)

Identificação dos risco e agentes:

 Físico: Ruído / Exposição : Permanente / Meios de propagação : Auditiva


 Fonte proveniente do processo de trabalho com máquinas e equipamentos
 Avaliação NR15 LT= 85dB(A) Os tempos de exposição aos níveis de ruído
não devem exceder os limites de tolerância. Valor Medido: 94.73 dB(A) / 8 h
 Medidas de controle: Prevenção da exposição do trabalhador: Utilizar
equipamentos de proteção individual (EPI) para evitar o contato direto com o
ruído. Realização com mais frequência do teste audiometria . Diminuir a
exposição do trabalhador ao ruído de acordo a NBR de 8h para 4 horas/diária.
treinamento para correto uso do EPI.
 EPI: Protetor auricular tipo concha adequado para aquele tipo de serviço.

 Químico Hidrocarboneto(tintas e solventes) – Poeiras e partículas metálicas /


Exposição : Intermitente / Meios de propagação: contato ; cutânea – Aérea
Fonte proveniente do processo de manuseio de peças e componentes
metálicos

 Avaliação anexo 13 da NR 15 ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES


Contato diretamente com hidrocarbonetos Obs: manipulação tintas e
solventes sem as devidas proteções EPI / insalubridade de grau médio
 Medidas de Controle: Prevenção da exposição do trabalhador: Utilizar
equipamentos de proteção individual (EPI) para evitar o contato direto com o
produto. treinamento para correto uso do EPI
 EPI: Calçado de segurança com biqueira de aço, avental de raspa de couro,
luvas de borracha ,calça e jaleco de brim, óculos de proteção contra partículas,
respirador de ar descartável, mascara semi facial para vapores orgânicos,
 Biológico: Microrganismos / Exposição: Eventual/ Meios de propagação:
Cutânea e via área
 Não constatado

Possíveis danos à saúde

Ruído:

 Deficiência auditiva
 Hipertensão
 Stress
 Doenças isquémicas do coração
 Desempenho no trabalho/escola;
 Irritação e perturbação do sono

Hidrocarboneto:
 GRAXA/ OLEO LUBRIFICANTE: Sob condições normais de uso não deve apresentar
riscos significativos à saúde. Contato prolongado e repetido com a pele pode causar
dermatite. Quando inalados podem causar irritação das vias respiratórias superiores

 Tintas e Solventes: Os efeitos dos solventes vão desde uma estimulação inicial
seguindo-se uma depressão, podendo também aparecer processos
alucinatórios, quando inalados cronicamente, podem levar a lesões da medula
óssea, dos rins, do fígado e dos nervos periféricos que controlam os nossos
músculos

Poeira

 Aerodispersoides não fibrogenico : Ação irritativa sobre o sistema respiratório, e


sua partículas servem como veículos para diversos agentes tais como fungos,
irritantes físicos e outros, porém sem apresentar ação fibrótica e sem ocasionar
dano residual ou irreversível sobre o sistema respiratório eventual
desencadeamento de patologia subjacente como asma brônquica ou outras

 Fumo metálico : Febre dos fumos metálicos, Os sintomas geralmente ocorrem


dentro de 4 horas de exposição e incluem calafrios,febre, sede, dor muscular,
dores no peito, tosse, fadiga, náusea e gosto metálico na boca. Sinusite irritantes
no olhos, nariz, eito e trato respiratório, causando tosse etc