Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

DEPARTAMENTO DE AGROTECNOLOGIA E CIÊNCIAS SOCIAIS

Disciplina: Química Geral Código: 1200431


co
Professor: F Klebson, Humberto Neves e Zilvam Melo Período 2009.2

Lista de exercícios - Termodinâmica


1. Uma amostra de gás em um cilindro consome 524 kJ de calor. Ao mesmo tempo, um pistão
comprime o gás e realiza 340 kJ de trabalho. Qual é a variação de energia Interna do gás
durante o processo?

2. A energia interna de um sistema aumentou 982 J quando ele absorveu 492 J de calor.

a) O trabalho foi realizado contra ou a favor do sistema ?

b) Quanto trabalho foi realizado?

3. Um gás em um cilindro foi colocado em um aquecedor e ganhou 5500 kJ de calor. Se o volume


do cilindro aumentou de 345 ml para 1846 ml contra uma pressão atmosférica de 750 torr
durante o processo, qual é a variação de energia interna do gás no cilindro ?

4. Diga se cada uma das declarações seguintes sobre um processo diatérmico em um sistema
fechado é sempre verdadeira, sempre falsa, ou verdadeira sob certas condições (especifique as
condições)

a) ∆U = 0;

b) q = 0;

c) q é negativo;

d) ∆U = q;

e) ∆U = w

5. Calcule o calor que deve ser fornecido a uma chaleira de cobre de massa 500 g, que contém 750
g de água, para aumentar sua temperatura de 23ºC até o ponto de ebulição de água 100ºC.

6. Calcule o trabalho em cada um dos seguintes processos, começando com uma amostra de gás
em um sistema com pistão com T = 305 K, P = 1,79 atm e V = 4,29 L.

a) Expansão irreversível contra a pressão externa constante de 1 atm, até o volume final 6,52 L

b) Expansão reversível isotérmica até o volume final 6,52 L.

7. Calcule ∆U e Qv para uma transformação de 1 mol de hélio, a volume constante, de 25°C para
45°C; Cv = 3/2.R.

Qv = ∆U = 250J/mol

1
8. Em uma certa reação, em pressão constante, ∆H = - 15 kJ, e 22 kJ de trabalho de expansão foi
realizado pelo sistema. Qual é o valor de ∆U no processo.

9. A combustão completa do ácido acético, HC2H3O2(l), para formar H2O(L) e CO2(g) à pressão
constante Libera 871,1 kJ de calor por mol de HC2H3O2.

a) Escreva uma equação termoquímica balanceada para essa reação;

b) Desenhe um diagrama de entalpia para a reação.

10. Considere a seguinte reação:

2Mg(s) + O2(g) → 2MgO(s) ∆H = -1.204kJ


a) A reação é endotérmica ou exotérmica?
b) Calcule quantidade de calor transferida quando 2,4g de Mg(s) reagem a pressão constante;
c) Quantos gramas de óxido de magnésio são produzidos durante uma variação de entalpia de
96,0 kJ?
d) Quantos quilojoules de calor são absorvidos quando 7,50g de MgO(s) se decompõem em
Mg(s) e O2(g) a pressão constante?

11. Quando as soluções contendo íons prata e íons cloreto são misturadas, precipita cloreto de prata:

Ag+(aq) + Cl-(aq) → AgCl(s) ∆H = -65,5kJ


a) Calcule o ∆H para a formação de 0,540 mol de AgCl por essa reação reação;
b) Calcule o ∆H para a formação de 1,66g de AgCl;
c) Calcule o ∆H quando 0,188 mmol de AgCl se dissolve em água.

12. O calor específico do cobre metálico é 0,385 J/g.K. Quantos Joules de calor são necessários
para aumentar a temperatura de um bloco de 1,42 kg de cobre de 25 para 88,5°C?

13. Quando uma amostra de 9,55g de NaOH se dissolve em 100g de água em um calorímetro de
copo de isopor, a temperatura aumenta de 23,6 para 47,4°C. Calcule o ∆H (em kJ/mol de
NaOH) para o processo de dissolução. Suponha que o calo específico da solução seja o mesmo
da água pura.

2
14. Uma amostra de 2,200 g de quinona (C6H4O2) é queimada em uma bomba calorimétrica cuja
capacidade calorífica é 7,854kJ/°C. A temperatura do calorímetro aumenta de 23,44 para
30,57°C. Qual é o calor de combustão por grama de quinona? E por mol de quinona?

15. Dadas as seguintes equações:

P4(s) + 3O2(g) → P4O6(s) ∆H = -1.640,1kJ

P4(s) + 5O2(g) → P4O10(s) ∆H = -2.940,1kJ

Calcule a variação de entalpia para a reação:

P4O6(s) + 2O2(g) → P4O10(s) ∆H = ? kJ

16. A partir das entalpias de reação:

H2(g) + F2(g) → 2HF(g) ∆H = - 537 KJ


C(s) + 2F2(g) → CF4(g) ∆H = - 680 KJ
2C(s) + 2H2(g) → C2H4(g) ∆H = + 52,3 KJ

Calcule o ∆H para a reação do etileno com F2:

C2H4 (g) + 6F2(g) → 2CF4(g) + 4HF(g)

17. Usando valores tabelados, calcule a variação de entalpia padrão para cada uma das seguintes
reações?

a) 2SO2(g) + O2(g) → 2SO3(g)


b) Mg(OH)2(s) → MgO(s) + H2O(l)
c) 4FeO(s) + O2(g) → 2Fe2O3(s)
d) SiCl4(l) + 2 H2O(l) → SiO2(s) + 4HCl(g)

18. A combustão completa de 1 mol de acetona libera 1.790 KJ: C3H6O(l) + 4O2(g) → 3CO2(g) +
3H2O(l). Usando essa informação e dados tabelados, calcule a entalpia de formação da acetona.

19. Uma casa foi projetada para ter características de energia solar inerte. A alvenaria é para ser
incorporada ao interior da casa para agir como um absorvente de calor. Cada tijolo pesa
aproximadamente 1,8 kg. O calor específico do tijolo é 0,85 J/g.K. Quantos milheiros de tijolos
devem ser comprados para serem incorporados ao interior da casa para fornecer a mesma
capacidade calorífica que 1,7 x 103 gal de água?

3
20. O ponto de ebulição normal do metanol é 64,7ºC, e sua entalpia molar de vaporização é 71,8
KJ/mol. (a) Quando CH3OH(l) ferve em seu ponto de ebulição normal, sua entropia aumenta ou
diminui? (b) Calcule o valor de ∆S quando 1 mol de CH3OH(l) for vaporizado a 64,7ºC.

21. Dois estágios sucessivos de preparação industrial do ácido sulfúrico são a combustão do enxofre
e a oxidação do dióxido de enxofre a trióxido de enxofre. A partir das entalpias padrão de
reação

S(s) + O2(g)  SO2(g) ∆H = -296,83 kJ

2S(s) + 3O2(g)  2SO3(g) ∆H = -791,44 kJ

22. Calcule a entalpia de reação da oxidação do dióxido de enxofre a trióxido de enxofre na reação

2SO2(g) + O2(g)  2SO3(g)

23. Calcule a entalpia de reação da síntese do gás cloreto de hidrogênio H2(g) + Cl2(g)  2HCl(g) a
partir das seguintes informações:

NH3(g) + HCl(g)  NH4Cl(s) ∆H = -176,0 kJ

N2(g) + 3H2(g)  2NH3(g) ∆H = -92,22 kJ

N2(g) + 4H2(g) + Cl2(g)  2NH4Cl(s) ∆H = -628,86 kJ

Você também pode gostar