Você está na página 1de 19

Leninha Maia

Olá! Sou Leninha Maia. Tenho muitos sonhos e espero compartilhar com você
alguns deles neste espaço.

TREINAMENTO DEPARTAMENTO
INFANTIL
setembro 03, 2011

Treinamento de Educação Cristã


Missionária Leninha Maia
Educadora Cristã

O que é vocação?
“O lugar para onde Deus chama é o local onde sua alegria mais profunda e a
maior necessidade do mundo se encontram!” Frederick Buechner

A vocação do cristão torna-se um paralelo com a pergunta “Por que você


existe?” Teologicamente, a resposta é: “seu propósito em viver é glorificar e
servir a Deus por meio do serviço à humanidade.”
Somos usados por Deus de modo particular. Tudo que passamos na vida,
todas as experiências que tivemos, todos os problemas que já enfrentamos,
todas as rejeições que já sentimos como seres humanos, toda celebração que já
compartilhamos, toda vitória que já provamos, tudo aconteceu para que
tornássemos o que somos agora. Para que Deus utilize as nossas vidas de uma
forma muito especial.
VOCAÇÃO # OCUPAÇÃO
OCUPAÇÃO – Aquilo que ocupa o nosso tempo.
VOCAÇÃO – É aquilo para o que fomos chamados.

“Uma pessoa não pode descobrir sua chamada a não ser dentro do
contexto do cuidado e da alimentação do seu relacionamento com Jesus Cristo.
É essa formação espiritual que sustenta a pessoa enquanto ela vive e realiza
sua chamada, porque, se você for bem-sucedido em realizá-la, enfrentará
resistência espiritual” Robert C. Linthicum

 Habilidades Naturais e Talentos - investidos em nós por Deus quando no nosso


nascimento, e, às vezes, provocados por disciplina e prática.

 Dons dos cristãos – Gálatas 5.22,23

 Dons Espirituais Específicos – 1 Cor. 12.27-30 Que não podem ser acessados, a
menos que estejamos em um relacionamento dinâmico com Jesus Cristo e
cheios do Espírito Santo.

A vocação para o ensino faz a diferença.

Atividade:

1. Pare 30 segundos e pense em dois professores na área secular que


marcaram a sua vida.
2. Pense agora em um professor da EBD.

O que você acha que fez a diferença?

Visão dos verdadeiros líderes da EBD


1) A Bíblia é a Palavra de Deus, viva e eficaz para mudar vidas.
2) Trabalhamos com pessoas (alunos e professores), elas são mais importantes
do que os métodos, a disciplina, etc.
3) Somos servos, chamados por Deus para servir através da EBD
4) No domingo, estaremos presentes na EBD. Só faltaremos se estivermos
doentes ou tivermos absoluta necessidade!
5) Zelo e amor. Evitaremos assumir outros compromissos que atrapalhem este
ministério. Dedicaremos tempo a este ministério
6) Nosso exemplo é muito importante.
7) Qualquer mérito pelo serviço bem realizado é de Cristo.

Professores Criativos:

1. Ensinamos com criatividade como reflexo a imagem de Deus em nós.

Temos a capacidade dada por Deus de criar para glória Dele. A criatividade
permite que vejamos relacionamentos novos, inventemos o que não existia e
imaginemos soluções novas para ver os problemas.

2. Ensinamos com criatividade conforme o modelo dos grandes


comunicadores da Palavra de Deus.

3. Ensinamos com criatividade conforme o modelo de Jesus.

4. Ensinamos com criatividade por causa da realidade de vida dos nossos


alunos.

5. Ensinamos com criatividade para acelerar o processo de aprendizagem.


6. Apresentamos um tipo de atividade que não constitua nenhuma ameaça,
de modo a primeiro estabelecer entre nós confiança e relacionamento.

Os 10 mandamentos de criatividade pa ra o Educador Cristão:


1- Dependa do Espírito Santo
2- Use métodos apropriados ao conteúdo da lição.
3- Prepare bem a aula.
4- Desenvolva as idéias com entusiasmo.
5- Tenha coragem para experimentar idéias novas.
6- Seja sensível às necessidades, tradições e expectativa da classe.
7- Adapte as idéias conforme a sua realidade de ensino.
8- Varie as idéias de aula em aula.
9- Use um plano de aula.
10- Avalie bem a aula e os métodos depois da lição.

ENTUSIASMO: para enxergar o potencial dos alunos e professores da EBD


AMOR: para preencher nossa insuficiência e nos animar sempre
PERDÃO: para oferecer, quando nem sempre tudo dá certo
FÉ: para crer no poder do Espírito Santo, agindo através da EBD
HUMILDADE: para mudar e aprender, ouvir sugestões e partilhar
desafios.

Capacitação para professores

A finalidade é tripla:

 Salvação (assumindo o compromisso com Jesus Salvador)


 Crescimento (andando no caminho de Deus)
 Serviço (ser útil ao Reino dos Céus)

Característica do Professor:
O Professor deve ser convicto de sua salvação.
Entre suas característica podemos destacar:

 Dedicação (estudar a bíblia, estudar e depender do Espírito Santo);


 Chamado por Deus
 Amor e Compreensão
 Visão (acreditar no projeto de Deus na vida do aluno))
 Responsabilidade (pontualidade, organização, tempo para preparar as
aula)
 Vida Cristocêntrica (você é um espelho)
 Vida de oração
 Persistência
 Defina os objetivos e espere resultados
 Atualizado
 Boa apresentação
 Disposição
 Interesse pelos alunos (procurar conhecê-los)

Liderança na EBD

Liderança é o processo de conduzir um grupo de pessoas a um objetivo comum.


Líder é aquele que recebe tal responsabilidade, assumindo o compromisso de
levar o grupo àquele objetivo.
Portanto, liderar exige conhecimentos, técnicas e aprendizado contínuo no
trato de pessoas.
Não confunda administrar coisas com liderar pessoas!
Liderar não é administrar templos, finanças, organizações. Você pode ser um
ótimo administrador das finanças da sua igreja, por exemplo, e não ter nenhuma
liderança nesta área.

Estilos de Liderança
1. Autocrática: decide tudo sozinho. Não dá espaço para novos líderes.
Exigente. Foco nos "resultados" e não nas pessoas.
2. Democrática: não decide nada, deixa tudo para que os liderados decidam.
Foco nas pessoas e não no objetivo.
3. Volúvel: vai de acordo com a "onda". Muda o objetivo de acordo com "as
novidades".
4. Detalhista: perde-se em detalhes e perfeccionismos. Preocupa-se mais com
os métodos que o objetivo.
5. Responsável: assume a responsabilidade da liderança, motivando o grupo a
atingir o objetivo. Trabalha com foco nas pessoas sem perder de vista o
objetivo.

Técnicas do bom líder:


1. COMUNICAR: informar de maneira clara, direta e simples. Transmitir a
visão da
necessidade de conseguir o objetivo.
2. DELEGAR: acionar os recursos dos seus
liderados ("dons") na direção do objetivo. Fazer com que 1+1 seja igual a
3, e não 2. Organizar tarefas e funções. Formar equipes.
3. INOVAR: aceitar mudanças e novas idéias. A única coisa que o bom
líder não cede é quanto ao objetivo. No caso do líder cristão, não cede
quanto á doutrina bíblica.
4. MOTIVAR: incentivar novas lideranças. Elogiar. Estimular a
participação dos liderados nos processos que levam ao objetivo final. Ser
exemplo de conduta.
5. PLANEJAR: ter uma visão de longo prazo, definindo prioridades.
Treinar as lideranças. Adotar metodologias compatíveis com os
objetivos.

AS 10 BEM AVENTURANÇAS DE UM LÍDER


1. Bem aventurado o líder que não busca posições elevadas, mas que foi
convocado ao serviço pela sua habilidade e disposição de servir.
2. Bem aventurado o líder que sabe para onde está indo e como chegar lá.
3. Bem aventurado o líder que não fica desencorajado e que não apresenta
alegações para isto.
4. Bem aventurado o líder que sabe liderar sem ser ditador. Os verdadeiros
líderes são humildes.
5. Bem aventurado o líder que busca o melhor para os seus liderados.
6. Bem aventurado o líder que lidera conforme o bem da maioria e não segundo
a gratificação pessoal de suas próprias idéias.
7. Bem aventurado o líder que desenvolve líderes ao liderar.
8. Bem aventurado o líder que marcha com o grupo, interpretando
corretamente os sinais do caminho que conduzem ao sucesso.
9. Bem aventurado o líder que tem a sua cabeça nas nuvens, mas os seus pés na
terra.
10. Bem aventurado o líder que considera a liderança como uma oportunidade de
servir.

LIDERANÇA - UM DESAFIO AO SERVIÇO

A verdadeira liderança não pode ser concedida, nomeada ou atribuída. Deve ser
conquistada. O líder tem que inspirar a confiança e merecer o respeito de seus
liderados.

COMO MELHORAR NOSSOS RELACIONAMENTOS


1. Cumprimente as pessoas. Nada há tão agradável e animado, quanto uma
palavra de saudação. particularmente hoje em dia quando precisamos mais de
"sorrisos amáveis"
2. Sorria para as pessoas. Acionamos 72 músculos para franzir a testa e
somente 14 para sorrir.
3. Chame as pessoas pelo nome. A música mais suave para muitos ainda é ouvir
seu próprio nome.
4. Seja amigo prestativo. Se você quiser ter amigos, seja amigo.
5. Seja cordial. Fale e haja com toda sinceridade.
6. Interesse-se sinceramente pelos outros.
7. Seja generoso ao elogiar, cauteloso ao criticar. Os lideres elogiam, sabem
encorajar, dar confiança e elevar os outros.
8. Considere os sentimentos dos outros. Existem três lados numa controvérsia:.
o seu, o da outra pessoa, e o lado de quem está certo.
9. Ouça, aprenda e saiba reconhecer o valor dos outros.
10. Preste favores, sem esperar nada em troca.
11. Ao dizer "não", o faça com delicadeza,
12. Nunca devolva um ataque verbal. Nessas horas, é melhor ficar calado do que
dizer bobagens e alterar os ânimos. Veja Pv 10.18-20, 15.1
13. Não se meta onde não é chamado: 2 Ts 3.11
14. Jamais passe comentários negativos.
Algumas recomendações para se evitar os ruídos na comunicação:
 Planeje cuidadosamente sua comunicação. Evite falar demais. Seja objetivo.
 Antes da comunicação decida qual o melhor meio
 Quando oralmente, fale de maneira clara e pausadamente.
 Evite comunicar-se sob estado de tensão; você poderá dizer muita coisa e
depois se arrepende.
 Use a mesma linguagem do receptor
 Fale um assunto de cada vez. Não misture os assuntos
 Verifique se foi compreendido através de perguntas dirigidas ao grupo
 Ouça o que os outros têm a dizer.
 Falar com Amor: Que prazer é ouvir algumas pessoas falar ! O rosto delas
parece radiar o gozo, a paz e o amor do Senhor. É fácil prestar atenção àquilo
que dizem. Sentimos o amor de Deus quando falam. Como têm uma atitude
simpática e não de condenação ou superioridade! Sigamos o exemplo destes, e
não o exemplo negativo de alguns que falam sem manifestar o amor e compaixão
do nosso Mestre.
 Falar no Poder do Espírito: O apóstolo Paulo assim escreveu em I
Coríntios 2:4,5 : "A minha linguagem e a minha pregação não consistiram em
palavras persuasivas de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de
poder; para que a vossa fé não se apoiasse na sabedoria dos homens, mas no
poder de Deus."
O QUE É INOVAÇÃO?
É o ato de inovar, introduzir novidades, produzir algo novo, encontrar novo
processo, renovar.
Lembre-se: a única coisa que não muda é a Palavra de Deus! (Lc 21.33 e Hb
13.8).
PERIGO!
Um dos maiores perigos da EBD é a rotina. Muitos cristãos julgam "frieza
espiritual" quando os alunos mostram-se desinteressados, especialmente os
adolescentes. Mas o que tem sido feito para inovar na EBD?

OBJETIVOS DA INOVAÇÃO NA EBD


é Explorar participação dos alunos
é Valorizar novas idéias
é Atrair novas pessoas
é Aumentar a qualidade de ensino
é Aumentar a absorção do conteúdo das lições pelos alunos

MÉTODOS PARA OBTER IDÉIAS INOVADORAS


1) "Explosão de Idéias"
2) Visitas a outras EBD ou igrejas, escolas, etc.
3) Leitura de livros sobre ensino, EBD, educação, dinâmica de grupos, etc.
4) Caixa de sugestões
5) Consultas ao Conselho da Igreja e demais obreiros

Orientações para o plano de aula

 Objetivos – O objetivo é a transformação da vida do aluno. Visa a modificação


de comportamentos, idéias e tudo baseado em princípios bíblicos.
Na medida do possível, os objetivos devem ser:
o Breves
o Mensuráveis.
o Específicos
o Alcançáveis
o Práticos

 Material necessário: o professor deve preparar e ter em suas mão todo o


material de apoio que precisará.
 Recepção – é muito importante preparar o primeiro contato que o aluno terá com
o professor. Destacando neste momento a importância do aluno.
 Explicação – A transmissão precisa ser clara e objetiva, ou seja, sem rodeios.
Anote os métodos didáticos que pretende usar, e quanto tempo cada estratégia
vai precisar.
 Conteúdo – Ligar a realidade do aluno, trazendo e valorizando as experiências de
cada um.
 Revisão - Tirar as dúvidas, interagindo com os alunos sobre o aprendizado.
 Aplicação – Desafiar os alunos a viverem de acordo com a Palavra de Deus.

Momento de Crescimento: Professores e Equipe


Momento reservado à Coordenação, professores e equipe para espaço
pedagógico, reuniões administrativas e para ministração de princípios bíblicos e
ético-cristão, visando aperfeiçoamento da equipe.

Momento Pedagógico Geral dos Professores

Encontro trimestral da Coordenadoria como os professores a fim de:


 Acompanhar, supervisionar e orientar o professor, no exercício das atividades
com os alunos, tais como: Planos de aulas, Assistência ao aluno, etc...
 Promover a integração e o crescimento espiritual do grupo. Ministrar princípios
bíblicos para o professor em seu ministério com os alunos.
 Resolver questões gerais.

Capacitação de Liderança Cristã


- treinamentos específicos para professoras da área de Escola Dominical.

Momento Devocionais
 Grupos de intercessão pelas vidas dos alunos, professores, e equipe.
 Devocional nos lares

Assistência e Aconselhamento

 Atendimento especial ao aluno


 Atendimento aos professores e equipe
 Atendimento aos pais (caso seja classe de crianças)

EXEMPLO DE PLANEJAMENTO ANUAL DA EBD


(Este é apenas um exemplo. Não o copie. Utilize seu próprio planejamento!)
PERÍODO ou DATAS ATIVIDADES
- Reunião Trimestral dos Professores
- Curso de reciclagem dos Professores
- Visita a outra EBD
- Reunião Trimestral dos Professores
- Gincana Bíblica
- Campanha "Adote um livro"
- Reunião Trimestral dos Professores
- Retiro dos professores
- Semana da Leitura - Livro de Neemias
- Campanha de Recursos para a EBD
- Reunião Trimestral dos Professores
- Dia Especial para os professores
- Planejamento para o ano
- Eleição dos Alunos Destaques
- Atividades de Natal e Encerramento
- Jantar de Confraternização dos Professores

IDÉIAS PARA UM PROGRAMA DE MOTIVAÇÃO PARA PROFESSORES


EBD
Não basta apenas criar a motivação, é preciso mantê-la. Motivação não se
obtém com palavras de elogios e não se mantém com as atividades normais e
comuns da igreja. É preciso um PROGRAMA DE MOTIVAÇÃO. Sugere-se os
seguintes recursos:
1. Criação da biblioteca da igreja, sob organização do conselho de professores
da EBD, buscando, entre outros objetivos, facilitar a pesquisa, estimular a
leitura e permitir que óbices financeiros não sejam empecilhos para o
professor ensinar.
2. Congresso anual de professores de EBD: escolhendo-se uma data, de
preferência em outubro (15/10 dia do professor) para reunir, em solenidade
especial, todos os professores, valorizando o ministério dos mesmos e dando
especial destaque aqueles que completaram 1, 5, 10, 15, 20 e 25 anos ou mais de
ministério no ensino.
3. Cursos de reciclagem trimestral: convidando um ou mais palestrantes, para
apresentar tópicos relacionados á EBD. Na ocasião, seriam apresentados
também as estatísticas trimestrais sobre a EBD local. Sugestões de
palestrantes: , professores e líderes de EBD de outras igrejas, autores de
livros, líderes da juventude, etc.
4. Almoço de planejamento mensal: os professores serão reunidos para
elaboração de planos, visando também trocar entre si as experiências e
acontecimentos ocorridos no mês, bem como aconselharem-se mutuamente nos
desafios encontrados.
5. Boletim EBD: a ser redigido pelos próprios professores, divulgando tópicos
da EBD local, idéias criativas e outros assuntos de interesse.
6. Eleição do professor-destaque: a ser realizado anualmente, reconhecendo-se
o mérito por assiduidade, compromisso, pesquisa e outros tópicos. O prêmio
poderia ser uma bolsa de livros, onde determinada verba seria destinada para
que aquele professor adquirisse livros para sua biblioteca particular de
pesquisas e estudos.
7. Culto especial: a ser realizado no final do ano, apresentando-se
individualmente cada professor, com reconsagração dos dons de ensino e
reconhecimento da importância do ministério educacional, perante toda a igreja
reunida em culto festivo.
Exercícios:
a) Das idéias listadas acima, selecione uma que não esteja sendo feita em sua
igreja. Planeje como implantá-la.
b) Crie uma nova idéia para motivação dos professores da EBD.

 SUGESTÕES CRIATIVAS 

 CLASSES DE INTERESSES

As classes de interesses proporcionam ambientes adequados para


determinados fins. Exemplos:

 ESPAÇO DA LEITURA
Ambiente com livros infantis evangélicos, tapetes e travesseiros. O ambiente
deve ficar aconchegante para o aluno. Neste espaço a professora aproveita
para contar histórias e incentivar seus alunos a leitura. As Igrejas que não
tiverem espaço suficiente podem recorrer a biblioteca itinerante.
 ESPAÇO DAS ARTES
Local com mesinhas próprias para as idades dos alunos e bastante variedade de
material escolar como: tinta, massinha, guaches, cola, tesoura, revistas para
recortes, cartolinas, lápis de cor e de cera, etc (tudo de acordo com cada
faixa-etária)
. Providenciar aventais de plásticos para que as crianças não sujem suas roupas.
 ESPAÇO DA MÚSICA , VÍDEO E TEATRO
Com som, televisão, vídeo e um pequeno palco. Proporcionando um ambiente
adequado para ensinar novos cânticos, conhecer músicas infantis evangélicas,
assistir filmes, apresentações de teatro, karaoquê e outros.
 ESPAÇO DA BRINCADEIRA
Jogos, bonecas, panelinhas, bolas e outros. Todos esses espaços podem ser
adaptados conforme a realidade de cada igreja. Se não tiverem um número de
salas suficientes, podem trabalhar com rodízio. O ideal é que uma pessoa bem
criativa fique responsável por este setor que poderia ser criado para facilitar
cada professor.

- FEIRA BÍBLICA
Envolvimento: todos os alunos.
Horário: sábado (manhã e tarde).
Local: igreja, escola pública.
Professores desenvolvem junto à classe determinado tema bíblico ou secular:
drogas, arca de Noé, instrumentos musicais, a criação, etc. O período de
preparação pode ser de um mês.
Envolve: enfeitar a classe, confeccionar roupas adequadas ao tema com TNT
(tecido não tecido), maquetes (material reciclável), lembranças para os
visitantes, balinhas e, conforme o tema, algum alimento. Ex.: Bodas de Caná.
Programação: devocional de abertura, soltura de balões (por ex.), sorteios
durante a feira, encerramento com um culto.
Obs.: Caso a feira seja feita fora das dependências da igreja poderá haver uma
praça de alimentação.

- CAMPEONATO DE PIPAS "GOSPEL"


Envolvimento: infanto-juvenil.
Horário: sábado pela amanhã ou tarde.
Especial cuidado com autorização dos pais e acidentes com fios elétricos.
Distribui-se os participantes em categoria por idade etc., que trarão pipas
confeccionadas por eles próprios com temas bíblicos. A premiação deve seguir
critérios como: tamanho da pipa, beleza, melhor mensagem e a mais criativa.
Servir um lanche no final e caso haja tempo e espaço físico preparar uma
oficina de pipas.
A premiação deve ser feita na escola dominical para haver o "ícone de ligação".
Lembre-se: uma cerimônia de premiação bem preparada é marcante e nem
sempre é dispendiosa.

- SERENATA
Envolvimento: todos os alunos.
Ocasião: Dia das mães, dos pais, do professor, etc.
Reunir um grupo limitado de pessoas munidas de mini-cestas de café da manhã
(confeccionadas pelo próprio grupo), e sair fazendo serenata de louvores nas
casas pré-determinadas e entregando cestas. Com certeza o grupo
homenageado terá uma escola dominical cheia de boas recordações para
contar.

- GINCANA TOTAL
Local: igreja, parque, etc.
Início com devocional, apresentação das regras, pontuação e premiação.
Especificar horário de entrega das tarefas.
Exemplos de tarefas:
1) trouxer a foto mais antiga da igreja ganha "x" pontos
2) a maior quantidade de peças de roupas ou alimentos para doação vale "x"
pontos ou 3) alguém com mais de 70 anos caracterizado de Abraão.
Possíveis prêmios: um almoço para a classe vencedora, um passeio, uma reforma
na sala de aula ou apenas uma lembrança simbólica.

- FEIRA DAS NAÇÕES


Envolvimento: todos.
Horário: sábado das 10h às 16h.
Ocasião: Dia do missionário.
Montar stands das nações.
Cada stand abrigará: comida típica, participantes devidamente paramentados,
informações sobre o país e missionários nele (cartazes e alunos instruídos
anteriormente), lembrancinha típica.
Comece com devocional, sorteie prêmios durante a feira, encerre com um culto.
Boa ocasião para se levantar ofertas específicas.
Lembre-se: toda atividade deve ter o aval de seu pastor e conselho.
Pode-se montar stand de livros e CDs.

- MINI ESCOLA BÍBLICA


Envolvimento: todos.
Horário: um sábado por bimestre (tarde).
Uma tarde de evangelismo infantil, incentivando novas crianças a freqüentar a
escola dominical.
Outros: passeios diversos, teatro, almoços após a escola dominical.
Dentro do horário comum
Concurso de maquetes:
Envolvimento: infanto-juvenil.
Os alunos trarão maquetes com temas bíblicos feitas em casa. Prepare um júri,
um local de exposição e uma bonita cerimônia de premiação.

- CONCURSO DE POESIAS E ACRÓSTICOS


Envolvimento: todos (cuidado com os critérios e categorias de julgamento).

- ENTREVISTA
Entreviste alguém de surpresa sobre algum tema que seja importante para a
igreja naquele momento. Prepare um repórter (poder ser uma criança). Monte
um ambiente de entrevistas, crie o "clima", inclusive com trilha sonora.
Escolha bem o entrevistado para alcançar objetivos.

- CAFÉS DA MANHÃ OU ALMOÇOS


Eventos que necessariamente ligam horários são excelentes para a comunhão.
Pode ser mais simples apenas café e leite com chocolate, por vezes, algumas
bolachas.
Podem homenagear alguém, algum departamento da igreja ou aniversariantes do
mês.
Envolva o maior número de pessoas possível.
Bilhetes para serem entregues na entrada:
Devem conter a pergunta bíblica por fora e o dizer "Só abra se souber a
resposta - seja fiel".

- INTEGRAÇÃO
Pegue uma foto bem antiga ou objeto de uso pessoal ou profissional de um
aluno. Coloque no painel de avisos por um período determinado antes da escola
dominical. Deixe uma caixa ao lado para que sejam depositados os votos. Ao
final, sorteie um e acertado o nome do aluno em questão, dê um pequeno brinde
a quem acertou. Exponha pequena biografia daquele aluno e sua família (procure
usar recursos audiovisuais).

- TEMA: GENTE QUE FAZ A ESCOLA DOMINICAL.


Bandeiras:
Cada classe confeccionará sua bandeira. No encerramento da escola dominical
terá o direito de hastear a sua a classe que obtiver 80% de presença. A classe
que obtiver 100% ganha uma estrela (botão), a que trouxer mais visitantes
outra "condecoração". Depois de um certo período (um mês ou dois), a classe
que teve maior índice de apresentação da bandeira será homenageada. Valorize
a cerimônia de premiação.

- TELE-TEATRO
Solicite a um grupo de irmãos que prepare uma peça com um tema da vida
secular e a filme passando para a escola dominical. Pode ser feito em
transparência também. Use locações interessantes.

- IDÉIAS INTER-CLASSES
Fazer um bolo (infantil).
Uma salada de frutas.
Esporadicamente permitir que uma classe faça sua aula em outro lugar (ar livre,
piquenique).
ATIVIDADES INFANTIS

 EBD Infância
 Culto Infantil

Temos a oportunidade de cultuarmos o nosso Deus a todo momento, pois nossa


vida deve ser de um modo geral um culto de glorificação a Deus.
E as nossas crianças não podem deixar de entender a nossa missão como
pessoas que se renderam a Jesus Cristo.

 UCP (União de Crianças Presbiterianas) – treinando liderança / faixa-


etárias
 Pequenos Grupos
 Corais
 Capelania Hospitalar e Domiciliar Infantil

Objetivo Geral – Levar conforto através da Palavra de Deus às crianças


enfermas da Igreja ou crianças indicadas pelos membros da Igreja.
Objetivos Específicos
- Levar a palavra de Deus ao encontro da criança;
- Dar o suporte como Igreja;
- Ajudar a criança a entender sua importância diante de Deus;
- Levar o conforto a sua família.
Metas
- Oração
- Levar histórias bíblicas
- Fantoches
- Músicas

 CANTINHO DO BERÇÁRIO
É um cantinho todo especial para os nenéns. A igreja reconhece como são
importantes as primeiras impressões espirituais na vida dos nenéns.
Tudo isso vai ajudá-los mais tarde a ter suas experiências com Jesus.
Com atividades musicais próprias para esta faixa-etária e incentivo
aos pais a desenvolverem hábitos que ajudem a criança a conhecer a
Jesus como Único e Verdadeiro Salvador.

- Entrega de cd´s de músicas de ninar em canções evangélicas.


- Professores dispostos a ligarem durante a semana para orarem com os pais.
- Presença do pastor aos domingos para abençoar as crianças, desenvolvendo
aproximação do pastor com as famílias.

 Escola Bíblica de Férias

 CONCLUSÃO
Espero que mais do que incentivá-lo a trabalhar com esta faixa-etária,
este treinamento tenha o incentivado a buscar a Jesus Cristo pedindo o seu
poder para efetuar com êxito todas as atividades, pois as palavras e até mesmo
a prática sem a unção de Deus, não vão significar nada. Deus precisa estar
presente, só então enxergaremos a diferença.
Nenhuma estratégia pedagógica ou métodos mirabolantes podem
substituir o que temos de mais importante: a unção de Deus, ou seja, o poder
do Alto que é vital para o ensino e também para nossas vidas. Sem esta unção,
só existe o vão esforço humano.
A transformação de crianças pelo poder de Deus é algo que transcende o
nosso entendimento, fortalece os nossos pés trôpegos e aquece o nosso
coração, porque o trabalho não é nosso, é do próprio Deus.
Se por acaso em algum momento a sua esperança com este ministério
parecer que está chegando ao fim, saiba que até a esperança morta diante de
Jesus ressuscita. Vale a pena continuar!
Bom Trabalho!

do Brasil os objetivos específicos das Sociedades Internas são:oPromover a plena


integração dos membros da Igreja através de treinamento básico na vida cristã e
na dinâmica denominacional, em todos os seus aspectos; oIncentivar o cultivo
sadio das atividades espirituais, evangelísticas, missionárias, culturais, artísticas,
sociais e desportivas; oCooperar com a igreja, como parte integrante dela, em
todas as suas atividades; oServir a Deus e ao próximo; oPromover uma salutar
convivência com todos os outros departamentos e organizações da IPB e também
com denominações evangélicas fraternas. "Traziam-lhe também as crianças,
para que as tocasse; e os discípulos, vendo, os repreendiam. Jesus, porém,
chamando-as para junto de si, ordenou: Deixai vir a mim os pequeninos e
não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo:
Quem não…
LEIA MAIS

Tecnologia do Blogger

Você também pode gostar