Você está na página 1de 8

Tipos de arranque para

motores trifásicos de rotor


em curto-circuito

J. Tomaz

Tipos de arranque para motores


de rotor em curto-circuito

1/ Arranque direto
2/ Arranque estrela-triângulo
3/ Arranque por resistências estatóricas
4/ Arranque por autotransformador

2
Arranque direto

Arranque direto

Motor ligado diretamente à rede sem


nenhum dispositivo de arranque.

I arranque > 3 a 7 vezes que I nominal.

Binário de arranque o dobro do binário


nominal.

4
Arranque direto

VANTAGENS:
Simplicidade
Binário de arranque muito enérgico

INCONVENIENTES:
Corrente de arranque muito elevada

Arranque direto
APLICAÇÕES:
Motores de pequena potência
Máquinas que não necessitam de um progressivo
aumento de velocidade
PRECAUÇÕES:
A elevada I arranque pode provocar uma
importante queda de tensão. Que deve limitar-se
a 5%.
Os sistemas de proteção contra curto-circuitos,
sobrecargas etc. devem suportar a I arranque. 6
Arranque estrela-triângulo

Arranque estrela-triângulo

Quando o motor está projetado para


funcionar normalmente em triângulo.
A I arranque é apenas de 2 a 3 vezes o
valor da I nominal.
VANTAGENS:
I arranque reduzida a 1/3 do seu valor no
arranque direto.

8
Arranque estrela-triângulo

INCONVENIENTES:
Binário de arranque reduzido a 1/3
relativamente ao arranque direto.
Correntes transitórias no momento da
passagem de estrela para triângulo.

Arranque estrela-triângulo

APLICAÇÕES:
Limitado a máquinas que arrancam em vazio:
Máquinas ferramenta
Compressores centrífugos
Máquinas para trabalhar madeira
Máquinas agrícolas
PRECAUÇÕES:
Os enrolamentos devem precaver-se para ligação
em triângulo. Bobinados para: 230/400V. 10
Arranque por resist. estatóricas

11

Arranque por resist. estatóricas


Intercala durante o período de arranque,
uma resistência em série entre a linha e o
estator do motor para limitar o valor da
corrente de arranque a um valor
previamente fixado.
A resistência é retirada, manual ou
automaticamente.
Reduz o binário no arranque.

12
Arranque por resist. estatóricas
VANTAGENS:
Possibilidade de escolher o binário de arranque.
Possibilidade de escolher o nº de escalões.

INCONVENIENTES:
A corrente de arranque só diminui
proporcionalmente à raiz quadrada do binário do
motor.
O consumo de energia ativa durante o período de
arranque.
13

Arranque por autotransformador

14
Arranque por autotransformador

Consiste em aplicar uma tensão reduzida


através de um autotransformador e
aumentar progressivamente até atingir o
valor nominal.

VANTAGENS:
Possibilidade de escolher o valor binário de
arranque. Redução na mesma proporção do
binário e da corrente de arranque. 15

Arranque por autotransformador


INCONVENIENTES:
Excessivamente caro para potências inferiores a
100 kW.
APLICAÇÕES:
Nos casos em que deve limitar-se o pico de
corrente de arranque, mantendo um binário de
arranque aceitável.
Ventiladores
Bombas
Compressores rotativos e de pistões. 16