Você está na página 1de 11

PRÓ-REITORIA

06/11/2014
DE GRADUAÇÃO

PLANO DE ENSINO 2017.1 IHM 141-20 – Historia Moderna I


Componente Curricular da Unidade
CURSO: História Créditos Carga Horária
Curricular (Disciplina)
Formação:Licenciatura Teoria 4 80h
Modalidade do Curso: PRESENCIAL Prática - -
Currículo: 113 TDE - 80h
Turno: Noite Prática no Campo Profissional - -
Turma:IHM 141-20 Total 2 80h

UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA):


Código:IHM 141-20
Nome: IHM 141-20 – Historia Moderna I
Modalidade da Unidade Curricular (Disciplina): Presencial
Professor da Unidade Curricular (Disciplina):
Bruno Marconi da Costa

Página 1 de 11
EMENTA

A crise do Século XIV, Renascimento, Reforma e Contra-Reforma Religiosa, O horizonte teórico do Absolutismo, O Estado Absolutista, A crise do século XVII, Revolução Científica do século XVII, Arte e cultura na
Europa do século XVII - Barroco.

OBJETIVOS DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA)


Num Objetivos Gerais Num Objetivos Específicos

Compreender a importância da desagregação do feudalismo para Compreender os elementos relativos à transição da Idade Média para
ODG1
uma nova concepção de vida material, social, espiritual, artística e ODE1 a Idade Moderna, identificando as várias tradições civilizatórias em
política
seus contextos sociais, políticos, econômicos e culturais.

Refletir e problematizar o contexto da História moderna nos séculos


XV ao XVII, a partir da historiografia sobre o período e as Analisar o Renascimento na Europa do século XVI, discutindo as
ODG2 ODE2
transformações sociais políticas, econômicas, religiosas e culturais respectivas transformações na sociedade, cultura, política e religião.
da Europa na Idade Moderna.

COMPETÊNCIAS DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA) CONTEÚDO PROGRAMÁTICO


Num Competência da Unidade Curricular (Disciplina) Num Unidade de Aprendizagem (Aula) ( tema/tópico/conteúdo)
Compreender os elementos relativos à transição da Idade Média
CD1 para a Idade Moderna, identificando as várias tradições civilizatórias
em seus contextos sociais, políticos, econômicos e culturais.

Analisar o Renascimento na Europa do século XVI, discutindo as


CD2 respectivas transformações na sociedade, cultura, política e religião. U1 A crise do século XIV.

CD3 Identificar a historiografia sobre o absolutismo monárquico, U2 O Renascimento - Trecento


compreendendo o seu horizonte teórico, político, econômico e

Página 2 de 11
cultural.

Problematizar e discutir a o pensamento humanista e as


CD4 transformações do período renascentista nos séculos XIV, XV e XVI. U3 O Renascimento - características básicas

Analisar e interpretar a revolução científica e a arte e cultura da


CD5 Europa no referido período renascentista U4 O Renascimento - aspectos culturais e artísticos

U5 A Reforma cristã - debates historiográficos


A Reforma cristã e contra-reforma - aspectos da
U6
renovação da Igreja no século XVI
U7 O Horizonte Teórico do Absolutismo - Maquiavel
U8 O Horizonte Teórico do Absolutismo - Hobbes
U9 O Estado Absolutista - características gerais
U10 A Sociedade de Corte
U11 A Crise do Século XVII
U12 A Revolução Científica do século XVII
U13 Barroco - Aspectos gerais

METODOLOGIA DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA)

Página 3 de 11
A concepção de aprendizagem significativa na UNIGRANRIO, a pareceres significada em um contexto que leva em consideração também outros fatores, a origem sociocultural de
nossos ingressantes, a responsabilidade social da Universidade e a decisão de integrar estratégias que garantam uma aprendizagem baseada na prática profissional, ou seja, a metodologia
de ensino da UNIGRANRIO tem como fundamento o desenvolvimento da autonomia e da habilidade de identificar, descrever e solucionar problemas da prática profissional, visto a
importância da formação dos alunos se ancorar em necessidades reais que os levem à busca contínua por respostas às mais variadas perguntas. Dessa forma, as aulas são dialógicas,
centradas na interação entre professores e alunos e na construção do conhecimento, com foco no processo de aprendizagem do aluno.

Afirmado este processo educativo no qual o estudante é o protagonista central, corresponsável pelo seu percurso formativo, e o professor apresenta-se como um facilitador do processo
de aprendizagem, a UNIGRANRIO optou por utilizar as Metodologias Ativas como uma das principais estratégias pedagógicas.

Nesta disciplina serão utilizadas as seguintes estratégias de aprendizagem:

Oficina de leitura escrita; análise de documentação, debates em sala de aula

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA)


CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Na primeira avaliação (A1), as notas de aproveitamento correspondem a média ponderada da nota da prova mais a nota do(s) demais instrumento(s) aplicado(s).
Na segunda avaliação (A2), será creditado peso as avaliações (integrada + da disciplina) e será obtida a média ponderada, obrigatoriamente.

As avaliações serão sempre no modelo ENADE (questões que obriguem a reflexão do aluno).

É considerado aprovado o aluno com média mínima de 7.0 (sete) nas duas avaliações do desempenho acadêmico, sendo a Média Final (MF) do semestre assim calculada:

Ao aluno que não obtém média final (MF) para aprovação é permitido submeter-se a uma Avaliação Suplementar (AS), sendo considerado aprovado aquele que alcançar média igual ou
superior a 6.0 (seis). Na eventualidade da AS, o Resultado Final (RF) corresponde à média aritmética dos pontos obtidos na MF e na AS, sendo assim calculado:

De acordo com o Regimento, é concedida segunda chamada somente para a Avaliação Suplementar, desde que haja motivo justo instruindo requerimento a ser apresentado dentro de
quarenta e oito horas após a realização da primeira chamada, cabendo a decisão ao Diretor da Unidade Acadêmica a que se vincula a Disciplina ou a quem for por ele indicado para tal.

SERÁ FEITO O SOMATÓRIO DA MÉDIA FINAL MAIS A NOTA DA AVALIAÇÃO SUPLEMENTAR DIVIDIDO POR 2. PARA SER APROVADO O ALUNO DEVERÁ ATINGIR MÉDIA > ou =
6,0

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO

Página 4 de 11
 A composição da média será da seguinte forma:
a) AV1 (média ponderada) – fichamentos (3,0) + prova (7,0)
b) AV2 (média ponderada) – fichamentos (10,0 com peso 3) + prova (10,0 com peso 6) + Prova Integrada (10,0 com peso 1).
c) AVS – PROVA TEÓRICA DISSERTATIVA QUE ABORDARÁ TODOS OS TEXTOS ESTUDADOS NA DISCIPLINA (10,0 pontos).

A1= Nota 1º instrumento x(2) + Nota 2º instrumento x(3)

A 2 = Nota 1º instrumento x (3) + Nota 2º instrumento x(6) + Nota Prova Integrada x(1)

10

BIBLIOGRAFIA DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA)


Básica

1 BURCKHARDT, Jacob. A cultura do Renascimento na Itália: um ensaio, tradução Sérgio Tellaroli, São Paulo, Companhia das Letras, 2009.

2 BURKE, Peter. Cultura popular na Idade Moderna. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

3 HILL, Christopher. O século das revoluções. São Paulo: UNESP, 2012.

Complementar
1 ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista, tradução João R. Martins Filho, 2ª reimpressão da 3ª edição de 1994, São Paulo, Brasiliense,

Página 5 de 11
2004.

2 ARIÈS, Philippe et CHARTIER, Roger.História da vida privada. Do Renascimento ao século das luzes. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

3 BAKHTIN, Mikhail. A Cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 2002.

BRAUDEL, Fernand. Civilização material, economia e capitalismo. Séculos XV-XVIII, tradução Telma Costa, 3ª tiragem, 3 vols., São Paulo, Martins
4 Fontes, 2005

5 ELIAS, Norbert. A sociedade de corte. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

Periódicos

1 Estudos Históricos (Portal CAPES) (1988-2014) Acesso: www.unigranrio.br

Estudos Históricos (Rio de Janeiro) (SCIELO) (1998-2014) Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0103-


2 2186&lng=pt&nrm=iso>

3 História da Historiografia (Portal CAPES) (1988-2014) Acesso: www.unigranrio.br

4 História Oral (Portal CAPES) (1998-2014) Acesso: www.unigranrio.br

História, Ciências, Saúde-Manguinhos (SCIELO) (1994-2015) Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0104-


5 5970&lng=pt&nrm=iso>

6 História, Questões & Debates (Portal CAPES) (2001-2014) Acesso: www.unigranrio.br

7 History (EBSCO) (1990-2015) Acesso: www.unigranrio.br

Revista Brasileira de História (SCIELO) (1997-2014) Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0102-


8 0188&lng=pt&nrm=iso>

9
Revista de História (Portal CAPES) (1950-2014) Acesso: www.unigranrio.br

Página 6 de 11
10 Revista de Humanidades (Portal CAPES) (2010-2015) Acesso: www.unigranrio.br
11 Revista Estudos Políticos (Portal CAPES) (2010-2013) Acesso: www.unigranrio.br

12

13 Tempo (SCIELO) (2005-2014) Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&lng=pt&pid=1413-7704>

14 Tempo e Argumento (Portal CAPES) (2009-2014) Acesso: www.unigranrio.br

15
Varia Historia (SCIELO) (2005-2015) Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0104-8775&lng=pt&nrm=iso>

TDE -
Trabalho Recuperação
UNIDADE DE APRENDIZAGEM (AULA) Carga Horária
Discente da Aprendi-
Data Efetivo zagem
Prática
no Descrição das
Num da Num do Avaliação da Descrição das
Tema/tópico/conteúdo) Objetivos Metodologia Teoria Prática TDE Campo Total atividades
Unidade Objetivo Aprendizagem atividades
Profis-
sional
Compreender os elementos
relativos à transição da Idade
Analise da Aula expositiva.
22/02
U1
A crise do século OU1
Média para a Idade Moderna,
identificando as várias tradições
Aula
Expositiva/Dialogada
participação do
2:00 1:20 3:00
XIV. civilizatórias em seus contextos com uso de ppt
aluno em sala de
aula.
sociais, políticos, econômicos e
culturais. --
Leitura do 3:00
Compreender as características Analise da
01/03
U2
O Renascimento - OU2
do pensamento humanista da
Debate sobre Boccaccio.
participação do
primeiro
capítulo de 2:00 1:20
Trecento transição da Idade Média para a
Idade Moderna
aluno em sala de
aula.
Boccaccio -
Decamerão. --
O Renascimento - Analise da Leitura de 3:00 --
08/03 Compreender as principais participação do Sevcenko -
U3 características OU3
características do Renascimento.
Aula Dialogada
aluno em sala de Renascimento
2:00 1:20

básicas aula.
15/03 U4
O Renascimento - OU4 Compreender a retomada aos
padrões da antiguidade por
Debate do texto +
análise de quadros
Analise da
participação do
Leitura de Jean
Delumeau e
2:00 1:20 3:00 --

aspectos culturais parte dos artistas renascentistas aluno em sala de análise de


aula. quadros
e artísticos medievais e

Página 7 de 11
renascentistas
Leitura do artigo 3:00 --
A Reforma cristã - Compreender os debates
Analise da
sobre debates
22/03 Aula participação do
U5 debates OU5 historiográficos sobre as
Expositiva/Dialogada aluno em sala de
historiográficos 2:00 1:20
reformas religiosas do século XVI das reformas
historiográficos aula.
religiosas
3:00 Leitura e
A Reforma cristã e fichamento
contra-reforma - Analisar as estruturas sociais,
Análise da
dos capítulos
do livro da
05/04
U6
aspectos da OU6
econômicas e políticas da
Europa que compuseram o Debate de texto
participação do
Leitura do
capítulo de Jean 2:00 1:20 bibliografia da
renovação da cenário das reformas e contra-
aluno em sala de
aula
Delumeau disciplina para
reforma cristãs
Igreja no século posterior
discussão em
XVI sala
12/04 AVALIAÇÃO

O Horizonte Identificar as principais


características da mudança de Analise da
3:00 --

19/04
U7
Teórico do OU7
paradigma político instaurado Aula expositiva e debate participação do
Leitura de O
Príncipe de 2:00 1:00
Absolutismo - por Nicolau Maquiavel no
contexto do surgimento dos
sobre o texto aluno em sala de
aula.
Maquiavel
Maquiavel primeiros Estados absolutistas.

O Horizonte Analisar a função do Estado


Analise da
3:00 --

26/04
U8
Teórico do OU8
absolutista de acordo com
Thomas Hobbes no contexto da
Aula Expositiva e debate participação do
Leitura de O
Leviatã de 2:00 1:00
Absolutismo - formação das primeiras teorias
sobre o texto aluno em sala de
aula.
Thomas Hobbes
contratualistas.
Hobbes
3:00 --
O Estado Identificar a historiografia sobre
Analise da
Leitura de
03/05
U9
Absolutista - OU9
o absolutismo monárquico,
compreendendo o seu horizonte
Aula participação do
capítulo do livro
Linhagens do 2:00 1:00
características teórico, político, econômico e
Expositiva/Dialogada aluno em sala de
aula.
Estado
cultural. Absolutista
gerais
Identificar a historiografia sobre 3:00 --
Analise da
10/05 U10 A Sociedade de OU10
o absolutismo monárquico,
compreendendo o seu horizonte
Aula participação do
Leitura de
capítulo de 2:00 1:00
Corte teórico, político, econômico e
Expositiva/Dialogada aluno em sala de
aula.
Norbert Elias
cultural.
Analisar as condições Analise da 3:00 --
17/05
U11
A Crise do Século OU11
econômicas que levaram à crise Aula participação do
Leitura do
capítulo de 2:00 1:00
XVII do Século XVII na Europa
Ocidental
Expositiva/Dialogada aluno em sala de
aula.
Hobsbawm

24/05 U12
A Revolução OU12 Analisar os aspectos da
revolução científica do século
Aula
Expositiva/Dialogada
Analise da
participação do
Leitura do
capítulo de
2:00 1:00 3:00 --

Página 8 de 11
Científica do século XVII
aluno em sala de
Paolo Rossi
XVII aula.

A Revolução Identificar as principais


Analise da Leitura de
3:00 --

07/06
U13
Científica do século OU13
diferenças nas compreensões
filosófico-científicas entre
Aula
Expositiva/Dialogada
participação do passagens de
2:00 1:00
XVII - Descartes e racionalistas e empiristas no com ppt.
aluno em sala de
aula.
Descartes e
Locke
século XVII
Locke
Analise da Leitura de 3:00 --
14/06
U14
Barroco - Aspectos OU14
Compreender as principais
características do Barroco no
Aula participação do capítulo do livro
2:00 1:00
gerais século XVII
Expositiva/Dialogada aluno em sala de
aula.
História Concisa
do Brasil
--
21/06 AVALIAÇÃO 2

COMPETÊNCIAS DA UNIDADE CURRICULAR (DISCIPLINA) A SEREM AVALIADAS


Num Competência Origem Num Unidade de Aprendizagem AVU

U1 Apresentação do programa da unidade curricular


Compreender os elementos relativos à transição da Idade
O Renascimento: horizonte teórico.
Média para a Idade Moderna, identificando as várias U2
tradições civilizatórias em seus contextos sociais,
CD1 U3 A crise do século XIV.
políticos, econômicos e culturais. DCN/ENADE/
BLOOM
U4
Banqueiros e mercadores

O cisma da Igreja do Ocidente e as origens da


U5
Reforma Religiosa.

Analisar o Renascimento na Europa do século XVI, DCN/ENADE/


discutindo as respectivas transformações na sociedade, BLOOM
CD2 U6 Arte e cultura no Trecento
cultura, política e religião.

Página 9 de 11
Portugal: A Revolução de Avis e a centralização do
U7
poder real.
Identificar a historiografia sobre o absolutismo Expansão marítima e conquista da América.
U8
CD3 monárquico, compreendendo o seu horizonte teórico,
DCN/ENADE/
político, econômico e cultural. U9 A guerra dos cem anos e a guerra das duas rosas
BLOOM
U10 As bases teóricas do absolutismo.

Problematizar e discutir a o pensamento humanista e as


CD4 transformações do período renascentista nos séculos XIV, U11 Arte e cultura no Quatrocento.
XV e XVI.

Identificar a historiografia sobre o absolutismo DCN/ENADE/ U12 As bases teóricas do absolutismo.


CD5 BLOOM
monárquico, compreendendo o seu horizonte teórico,
político, econômico e cultural. U13 Absolutismo e Mercantilismo

CD4 Analisar e interpretar a revolução científica e a arte e DCN/ENADE/


cultura da Europa no referido período renascentista BLOOM U14 Arte e cultura no Cinquecento.

Compreender os elementos relativos à transição da Idade


Média para a Idade Moderna, identificando as várias U15 A Reforma religiosa
CD5
tradições civilizatórias em seus contextos sociais,
políticos, econômicos e culturais.

DATAS DAS AVALIAÇÕES


VALOR DATA

Página 10 de 11
AVU- Entrega da monografia ou artigo

Observação: As atividades do TDE se constituem em um dos instrumentos de avaliação na AV1 ou AV2

Observações

Este Plano de Ensino é passível de modificações, mediante comum acordo entre docentes e discentes.

Página 11 de 11