Você está na página 1de 5

Educação Física - Licenciatura

Disciplina: Medidas e Avaliação em Educação Física


Prof.(a): Mário Carlos Welin Balvedi
Aula: 01
Semestre: 6º e 7o

AULA PRÁTICA

Orientações:
Caro Tutor,
Vocês estão iniciando as aulas práticas da disciplina de Medidas e Avaliação
em Educação Física. É muito importante que participem ativamente de todas
as atividades para sentirem o que os alunos de vocês podem sentir no decorrer
de cada atividade proposta, dificuldades e facilidades, para isso é essencial
que a cada atividade possam discutir sobre a execução da mesma e avaliarem
erros e acertos.
A aula será realizada em sala, organizem o local de modo a otimizar seu tempo
e tornar as atividades mais produtivas.

Abaixo segue o plano de aula para você organizar a aula:

a) Conteúdo: Coleta de dados em Medidas de Massa Corporal, Estatura,


Altura Troncocefálica, Comprimentos, Diâmetros Ósseos, Circunferências,
Dobras Cutâneas e Demarcação de pontos anatômicos.

b) Objetivo Específico: Realizar atividades que possibilitem a


vivência/aprendizagem dos procedimentos e aplicação para coleta de dados
em Avaliação Física. Aplicação de medidas de Massa Corporal, Estatura,
Altura Troncocefálica, Comprimentos, Diâmetros Ósseos, Circunferências,
Dobras Cutâneas e Demarcação de pontos anatômicos.

c) Procedimentos Metodológicos:

Atividade 1: Massa corporal

Separe os alunos em pequenos grupos para reallizem as medidas uns nos


outros, porporcionando a troca de grupos e seguindo o procedimento
corretamente.

Procedimento: 1) o avaliado deve estar descalço e com o mínimo de roupas


possível. Durante todo o procedimento, o avaliado deve evitar inspirações ou
expirações profundas; 2) posicione o avaliado em pé e de costas para a escala
de medida da balança, com os pés afastados de modo que a plataforma da
balança fique entre eles; 3) realizado o passo 2, o avaliado deverá subir à
Educação Física - Licenciatura

balança, colocando cuidadosamente um pé de cada vez próximo ao centro


plataforma, com afastamento lateral na largura dos quadris e com o peso
distribuído igualmente em ambos os pés; 4) ao estabelecer a posição 3,
solicite que o avaliado mantenha o olhar no plano horizontal, em um ponto fixo,
a fim de evitar oscilações do centro de massa. 5) verificada a posição correta e
ausência de oscilações, faça a leitura da medida.

Atividade 2: Estatura

Separe os alunos em pequenos grupos para reallizem as medidas uns nos


outros, porporcionando a troca de grupos e seguindo o procedimento
corretamente.

Procedimento: 1) o avaliado deve estar na posição ortostática; 2) o avaliado


deve unir os pés, com o ponto pternial em contato com o plano do
estadiômetro; 3) o peso corporal do avaliado deve estar dividido uniformemente
entre os pés, a cabeça orientada no plano Frankfurt paralelo ao solo; 4) a
porção posterior da cintura pélvica, da cintura escapular e região occipital deve
estar em contato com a escala de medida do estadiômetro; 5) em posição, a
leitura da medida deve ser realizada em apneia após a realização da inspiração
máxima.

Atividade 3: Teste – Altura Troncocefálica

Separe os alunos em pequenos grupos para reallizem as medidas uns nos


outros, porporcionando a troca de grupos e seguindo o procedimento
corretamente. Efetue os ajustes do estadiômetro para realizar essa medida.

Procedimento: 1) o avaliado deve estar sentado em uma superfície plana,


quadril e os joelhos com angulação de 90º; 2) solicite e verifique se o avaliado
encontra-se na posição ereta e com a cabeça orientada no plano de Frankfurt,
com as mãos apoiadas sobre as coxas, com a porção posterior da cintura
pélvica, cintura escapular e região occipital em contato com a escada de
medida; 3) a medida deverá ser realizada em apneia após uma inspiração
máxima.

Atividade 4: Comprimentos

Separe os alunos em pequenos grupos para reallizem as medidas uns nos


outros, porporcionando a troca de grupos e seguindo o procedimento
corretamente.

Porcedimento: O procedimento da medida basicamente consiste em


identificar os pontos anatômicos de interesse, posicionar a ponta das hastes do
instrumento de medida sobre o ponto demarcado e realizar a leitura. A seguir,
estão relatados os principais segmentos de comprimento utilizados em
educação física:
Educação Física - Licenciatura

- Comprimento do Braço: É definida pela distância entre os pontos


anatômicos Acromial e Radial;
- Comprimento do Antebraço: É definida pela distância entre os pontos
anatômicos Radial e Estiloidal;
- Comprimento do Membro Inferior: É definida pela distância entre os pontos
anatômicos Trocantérico e Maleolar. Dica: Alguns movimentos de flexão e
extensão da coxa facilitam a localização trocânter;
- Comprimento da Coxa: É definida pela distância entre os pontos anatômicos
Trocantérico e Tibial;
- Comprimento da Perna: É definida pela distância entre os pontos
anatômicos Tibial e Maleolar.

Atividade 5: Diâmetros Ósseos

Separe os alunos em pequenos grupos para reallizem as medidas uns nos


outros, porporcionando a troca de grupos e seguindo o procedimento
corretamente.

Procedimento: O procedimento de medida dos diâmetros ósseos segue as


mesmas recomendações referente ao procedimento de medida dos
comprimentos. O protocolo consiste em: 1) identificar as proeminências ósseas
de interesse; 2) posicionar a ponta das hastes do instrumento de medida sobre
o ponto demarcado e realizar a leitura. Atenção: Deve-se aplicar pressão
suficiente para que a medida não sofra interferência dos tecidos não-ósseos
que revestem a região do segmento medido. Dica: Para facilitar a identificação
e demarcação dos pontos anatômico, o avaliado deve estar com o mínimo de
roupa possível.

Atividade 6: Circunferências

Separe os alunos em pequenos grupos para reallizem as medidas uns nos


outros, porporcionando a troca de grupos e seguindo o procedimento
corretamente.

Procedimento:
1) inicialmente, localizar e demarcar o local correspondente à medida; 2)
circundar a fita ao redor do segmento a ser medido, cruzando a escala de
medida em seu ponto zero. Importante: O procedimento de coleta da medida é
de baixa complexidade. Entretanto, o avaliador deve certificar-se de que a fita
se encontra perfeitamente ao eixo horizontal. Atenção: Para o uso de fitas
métricas sem o dispositivo de controle de pressão, o avaliador deve certificar-
se de que a pressão aplicada é suficiente para o total contato da fita com a pele
sem a compressão e deformação da mesma.

Regiões:
Pescoço
Tórax
Educação Física - Licenciatura

Braço
Antebraço
Cintura
Abdômen
Quadril
Coxa
Panturrilha

Atividade 7: Demarcação dos pontos anatômicos para dobras cutêneas

Separe os alunos em pequenos grupos para reallizem a demarcação uns nos


outros, porporcionando a troca de grupos e seguindo o procedimento
corretamente.

Procedimento:
Subescapular: É uma medida oblíqua, realizada no ângulo inferior da
escápula, seguindo a direção dos arcos costais.
Axilar média: Está situada no ponto de encontro entre a linha axilar
média e uma linha transversa na altura do processo xifóide do esterno. A
medida é realizada de forma obliquamente segundo Petroski (1995), e
transversal segundo Jackson & Pollock (1978). Para facilitar o procedimento, o
braço do avaliado deve ser posicionado para trás.
Supra-ilíaca: É uma medida oblíqua realizada no ponto médio entre o
último arco costal e a crista ilíaca, sobre a linha axilar média. Igualmente a
medida axilar média, o braço do avaliado deve ser posicionado para trás.
Abdominal: É realizada verticalmente, a dois centímetros à direita da
cicatriz umbilical. Pelo protocolo proposto por Lohman et al. (1988) esta medida
deve ser realizada transversalmente.
Tríceps: É uma medida longitudinal, realizada na face posterior do
braço, no ponto médio entre a distância da borda súperolateral do acrômio e do
olecrano.
Bíceps (Bicipital): É uma medida longitudinal, realizada na sua face
anterior, do braço, no ponto correspondente a maior circunferência aparente do
bíceps.
Coxa: É uma medida longitudinal, realizada a um terço da distância
entre o ligamento inguinal e a borda superior da patela (Guedes, 1985); ou na
metade dessa distância (Jackson & Pollock, 1978). Dica: Para facilitar a
obtenção da medida o avaliado deverá deslocar o membro inferior direito à
frente, com uma semi-flexão do joelho e manter o peso do corpo no membro
inferior esquerdo.
Panturrilha Medial: É uma medida longitudinal, realizada no ponto de
maior circunferência aparente da perna. Para a realização da medida, o
avaliado deve estar sentado, com uma flexão de 90º do joelho, o tornozelo em
posição anatômica e sem apoio para o pé.

Atividade 8: Coleta de Dobras Cutâneas


Educação Física - Licenciatura

Separe os alunos em pequenos grupos para reallizem a demarcação uns nos


outros, porporcionando a troca de grupos e seguindo o procedimento
corretamente.
Procedimento: 1) primeiramente, a definição da dobra cutânea deve ser
realizada com os dedos polegar e indicador da mão esquerda, posicionados
cerca de 1 cm acima da demarcação do ponto anatômico desejado; 2) a seguir,
destaque dos tecidos da pele e subcutâneos devem ser realizados mediante
suave elevação da camada dupla de tecidos pelo pinçamento do polegar e
indicador. Importante: No momento do destaque da prega, a musculatura do
avaliado deve estar mais relaxada possível; 3) sem desprender a dobra
cutânea destacada, o avaliador deve ajustar as bordas do compasso, com
profundidade idêntica à que se encontra o dedo polegar, no exato ponto
anatômico previamente demarcado e 4) a leitura deve ser realizada de 2 a 3
segundos após o ajuste visando a estabilização da pressão das molas do
compasso. Atenção: Todas as medidas devem ser realizadas no hemicorpo
direito do avaliado.
Realizar as medidas nos pontos demarcados.

d) Recursos de ensino: Balança, Estadiômetro, Fita antropométrica,


Paquímetro, Caneta dermográfica, Adipômetro

e) Avaliação: Formativa – por meio da participação ativa nas atividades,


discutindo as regras, questionando e sugerindo novas possibilidades.

Observações:
Caro tutor:
Por favor, anote suas impressões sobre as atividades (como se deu a
organização e realização, entre outras informações que achar interessante),
dúvidas que surgiram no decorrer da aula, e envie pelo fórum para trocarmos
experiências.

Tenha um ótimo trabalho!

Prof. Me. Mário Carlos Welin Balvedi