Você está na página 1de 25

Interpretações do Brasil

Bacharelado em Ciências e Humanidades – UFABC

Versão 2018

Responsável
Prof. Arilson Favareto

Estágio docência
Ana Claudia Andreotti
A ementa oficial do curso
• Colônia: miscigenação, estigmas e hierarquias sociais em Casa Grande & Senzala: a visão de
Freyre.

• Raízes do Brasil: Sergio Buarque e a herança colonial.

• Caio Prado Jr. e a análise da república burguesa (1889-1930): transição, industrialização e


imperialismo.

• Celso Furtado: a formação econômica do Brasil e a gênese do desenvolvimento das


economias periféricas.

• Florestan Fernandes e a transformação da nação moderna a partir de 1950.

• Abdias do Nascimento: o combate ao racismo e diálogos sobre a questão étnica no Brasil


do ponto de vista da arte e do movimento negro.

• Análise de obras pré-selecionadas e abordagem do contexto histórico no qual os


pensadores atuaram e a influência que suas ideias tiveram sobre os sujeitos políticos
dentro e fora do Estado brasileiro
Objetivos do curso
O objetivo geral da disciplina é introduzir os alunos no campo de
estudos que conformam os chamados “paradigmas da formação do
Brasil”.

A partir disso, o curso visa tornar os alunos aptos a 1) compreender


quais são as principais explicações concorrentes sobre os
determinantes da formação social e econômica brasileira para, a
partir disso, 2) refletir sobre os traços mais marcantes da história de
apropriação e organização do espaço nacional, sobretudo no que isso
implica para a 3) herança histórica que se manifesta na diversidade e
na desigualdade intra-regional e inter-regional do país.

Finalmente, pretende-se analisar a 4) atualidade ou a obsolescência


destes paradigmas na explicação dos principais problemas
contemporâneos para o desenvolvimento do país.
Uma questão organizadora do curso

• Os problemas do desenvolvimento do Brasil do


século XXI ainda podem ser explicados com base
nas suas heranças coloniais e escravistas?

• O que define o “problema brasileiro” hoje?

• Isto é, qual é a validade e a atualidade dos


chamados “paradigmas da formação”?
Um ponto de partida
A controvérsia R. Simonsen X E. Gudin (anos 40)

70 anos de uma controvérsia pioneira

Desenvolvimentismo/Industrialismo impulsionado pelo


Estado como forma de aumentar a renda nacional: a
importância da planificação (Simonsen)
X
Liberalismo/Mercado baseado nas vantagens
comparativas: crítica da razão estatista (Gudin)
Polêmicas
• O papel do Estado

• O comportamento do empresariado e dos agentes


econômicos

• As vantagens comparativas (bens primários?)

• As formas de inserção internacional (commodities?)

• As bases da acumulação e os portadores de um projeto


de nação
Uma hipótese geral
como guia para o curso
• Permanência dos traços marcantes da formação nacional,
mas...

• ... processo de mudanças incrementais nas estruturas sociais

• ...deslizamento nas articulações entre estes traços marcantes


e as possibilidades de inserção na ordem internacional

• Desdobramento analítico e normativo: necessidade de


atualizar/superar os termos em que ocorre o debate público
brasileiro sobre o desenvolvimento há mais de meio século
O programa

• Parte 1: os clássicos do pensamento social brasileiro

• Parte 2: a agenda e os desafios contemporâneos do


desenvolvimento brasileiro

(*) Em Interpretações do Brasil, ênfase na parte 1. A disciplina


Desenvolvimento Econômico e Social no Brasil (obrigatória do
BPT e opção limitada para o BCH, entre outras), ofertada no
começo de cada ano, faz o movimento inverso – parte dos
clássicos para analisar predominantemente os desafios
contemporâneos. São disciplinas complementares.
Apresentação do Programa

Texto de referência (leitura não obrigatória)


A controvérsia do planejamento na economia
brasileira – E. Gudin, R. Simonsen
Semana 1 e 2
Estruturas econômicas
O sentido da colonização e a posição do Brasil na ordem internacional

Formação do Brasil contemporâneo – Caio Prado Jr. (esp. Cap.1)

Economia agrária escravista, o complexo econômico do Nordeste,


deslocamento do eixo de acumulação para o Centro-Sul

Formação econômica do Brasil – C. Furtado (esp. Parte II)


Semanas 3 e 4
Sociabilidade

O “homem cordial”

Raízes do Brasil – S. Buarque de Holanda (esp.


Caps. 1, 4 e 5)
Semanas 3 e 4
Sociabilidade (cont.)
As heranças de uma sociedade agrária, escravocrata e
híbrida para a sociabilidade

Casa grande & Senzala – G. Freyre (esp. Cap. 1)

Transição para o Brasil proto-urbano

Sobrados & Mocambos – G. Freyre (esp. Caps. 1, 2 e 5)


Semana 5
O patrimonialismo na política e na formação do
Estado

Os donos do poder: formação do patronato


político brasileiro – R. Faoro (esp. Caps.12 a 16)
Semanas 6 e 7
Bloqueios econômico-políticos às rupturas
- Dependência e desenvolvimento: a natureza dos bloqueios historicos

Dependência e desenvolvimento na América Latina – F.H. Cardoso e E. Faletto

– Condições de transformação capitalista

A revolução burguesa no Brasil – Florestan Fernandes (esp. Cap. 4 e 7)


Semana 8
A diversidade (e a desigualdade) do Brasil como traço
afirmativo

- O povo e a cultura como singularidades históricas

O povo brasileiro – Darcy Ribeiro (caps...)


Semanas 8

A diversidade (e a desigualdade) do Brasil como


traço afirmativo

O Genocídio do Negro Brasileiro – A.


Nascimento
Semana 9 - Existe uma singularidade brasileira?

Verdade tropical (Caetano Veloso)

Hello Brasil! Notas de um Psicanalista Europeu


Viajando ao Brasil (Contardo Calligaris)

A tolice da inteligência brasileira (Jesse Souza)


18 de Abril

Avaliação 1 – prova individual


Semana 10
Agenda contemporânea: projetos
em disputa

– Ideologias e analises em disputa: o


neoliberalismo

A inserção externa e o desenvolvimento – G. Franco


Semana 11 e 12
Agenda contemporânea: projetos em
disputa

– Novo desenvolvimentismo

A construção política do Brasil – L. C. Bresser Pereira

Os sentidos do lulismo/Cutucando onças com varas curtas


– A. Singer
Semana 12

Análise crítica das narrativas

Síntese final e balanço

Segunda avaliação (prova individual ou grupo)


Aspectos operacionais - textos
• Textos básicos no blog:
http://favaretoufabc.wordpress.com/cursos/

• Textos auxiliares: por conta própria


Aspectos operacionais - avaliação
3 avaliações

– 1 prova individual

– 1 prova/trabalho em grupo

– Notas de leitura semanais no email da disciplina:


ib.ufabc.2018@gmail.com

• Qual a ideia central do texto


• Sua crítica ou discordância quanto a esta ideia
• Dúvidas e questões

• Enviar no email da disciplina até a 2ª. Feira pela manhã de cada semana
• Até 3 “furos” são toleráveis
• Serve como nota de ajuste e subsídio à preparação da aula
• Indicar no “assunto do email” seu nome e nome do autor
Dúvidas, questões, agendamentos
arilson.favareto@ufabc.edu.br
3º. Andar bloco Delta (com agendamento)

Notas de leitura somente no email da disciplina


– ib.ufabc.2018@gmail.com
Próxima aula
• Caio Prado Jr.

• Semana seguinte – Celso Furtado