Você está na página 1de 18

MIG 500C 220V 3PH

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
VISTA FRONTAL

Pos. Cod. Descrição


1 5885 DISPLAY DE CORRENTE

2 5885 DISPLAY DE TENSÃO

3 873 POTENCIÔMETRO DE CORRENTE – 4,7K

4 873 POTENCIÔMETRO DE TENSÃO – 4,7K

5 5900 CONECTOR FÊMEA 13mm - POSITIVO

6 5290 CONECTOR MACHO 6 PINOS - MÁQUINA

6 3054 CONECTOR FÊMEA 6 PINOS - CABO

7 5584 CONECTOR FÊMEA 13mm - NEGATIVO

8 3623 POTENCIÔMETRO DE INDUTÂNCIA - 33K

9 1204 CHAVE 3 PINOS - 64A - 250V

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
VISTA TRASEIRA

Pos. Cod. Descrição

10 3043 DISJUNTOR 63 A

11 6488 GRADE DE PROTEÇÃO DO VENTILADOR

12 6123 VENTILADOR 210x210x80mm 220V

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
VISTA LATERAL ESQUERDA

Pos. Cod. Descrição

13 2964 PLACA HH-175-A1(01)

14 5622 DIODO DE SAÍDA DH2F100N4SE

15 6126 TRANSFORMADOR PRINCIPAL PEQUENO

16 5298 BOBINA DE INDUTÂNCIA

17 6127 TRANSFORMADOR PRINCIPAL GRANDE

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
VISTA LATERAL DIREITA

Pos. Cod. Descrição

18 6124 SENSOR DE CORRENTE SHUNT 500A 75mV

19 3955 PLACA HH-82-A2(01)

20 6125 CAPACITOR 800VDC 20µF ± 5%

21 3437 MÓDULO IGBT INFENEON BSM200GB60DLC

22 2382 PONTE RETIFICADORA TRIFÁSICA MDS 100-14

23 3964 PLACA HH-57-A0(01)

24 6048 CAPACITOR MFD-DA01-2000VDC

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
VISTA SUPERIOR

Pos. Cod. Descrição


TRANSFORMADOR AUXILIAR
Entrada: 0V-220V-380V
25 6128 Saída: 36V/3,0A – 28V/2,5A
27V/0,5A – 22V/0,6A
9V/0,5A – 22V/0,5A
26 5688 PLACA DE CONTROLE HK-114-T4(02)

27 5696 PLACA DRIVE HK-103-T1(11)

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
CABEÇOTE

Pos. Cod. Descrição

28 5762 POTENCIÔMETRO DE AJUSTE DE CORRENTE 4,7K

29 5762 POTENCIÔMETRO DE AJUSTE DE TENSÃO 4,7K

30 6297 KIT EURO CONECTOR

31 6003 MOTOR DO ARAME 24V

32 5290 CONECTOR MACHO 6 PINOS - MÁQUINA

33 5251 PLASTIC CASE - PROTEÇÃO DO ROLO DE ARAME

33A 109 MIOLO FREIADOR FIXAÇÃO 3 PARAFUSOS


CONECTOR FÊMEA 6 PINOS - CABO DE
34 3054
COMANDO
35 2155 VÁLVULA DO GÁS 24VDC

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
MECANISMO DE AVANÇO DO ARAME

Pos. Cod. Descrição

36 5300 BRAÇO DE PRESSÃO ESQUERDO


PARAFUSO DE FIXAÇÃO DO EIXO DA
37 5307
ENGRENAGEM SUPERIOR
38 5303 ENGRENAGEM SUPERIOR

39 5304 EIXO DA ENGRENAGEM SUPERIOR

40 6005 BOTÃO AVANÇO MANUAL DO ARAME

41 5305 BRAÇO DE PRESSÃO DIREITO

42 5299 DISPOSITIVO DE PRESSÃO

43 2470 ROLDANA LISA SUPERIOR

44 5310 GUIA DE ENTRADA DO ARAME


ROLDANA INFERIOR 37x19x12 - 0,8/1,0mm
45 2258
CANAL V

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
46 5316 PARAFUSO DE FIXAÇÃO DA ROLDANA

47 5318 ENGRENAGEM INFERIOR

48 5304 EIXO DA ENGRENAGEM INFERIOR

49 5314 ENGRENAGEM MOTORA


PARAFUSO DE FIXAÇÃO DA ENGRENAGEM
50 5313
MOTORA
51 5311 PARAFUSO DE FIXAÇÃO DA GUIA CENTRAL

52 5312 GUIA CENTRAL

53 247 TUBO CAPILAR

54 6004 MECANISMO AVANÇO DO ARAME - PELADO

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

MIG 500C 220V 3PH MIG MMA

Tensão da rede 220V ~ 10% 220V ~ 10%

Tensão de saída a vazio 75V 75V

Corrente primária I
64,7A 66,4A
máxima
Corrente primária I
50,1A 51,4A
referência

Faixa de tensão/corrente 60A/17V – 500A/39V 60A/22,4V – 500A/40V

60% do fator de trabalho 500A / 39V 500A / 40V


100% do fator de
387A / 33,4V 387A / 35,5V
trabalho
Fator de potência 0.93 0.93

Classe de proteção IP21S IP21S

Potência máxima 24,7KVA 25,3KVA

Potência de referência 19,1KVA 19,6KVA

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
CONEXÃO DA ALIMENTAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA E
FIO DE TERRA

Nunca faça a conexão do fio de terra aos tubos de ferro e vigas


de aço das construções, pois não são fios de terra confiáveis.
Configure uma caixa de distribuição de energia para cada
ATENÇÃO máquina de solda.

 A conexão deve ser realizada somente por eletricistas qualificados.


 Não instale duas máquinas de solda na mesma caixa de interruptores.

LIGAÇÃO DO CONECTOR DE 6 PINOS DO CABO DE


COMANDO

CONEXÃO DO CABO

É proibido conectar e desconectar qualquer cabo durante a


operação, para não colocar as pessoas em perigo e causar danos
ATENÇÃO graves ao equipamento.

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
Ao conectar os cabos preste atenção ao seguinte:
O comprimento e o diâmetro (área da seção transversal) do cabo devem ser
selecionados adequadamente; caso contrário o desempenho da soldagem será
reduzido devido à queda de tensão no cabo.

Inspeção Regular

O toque em qualquer parte elétrica viva poderá causar


choque elétrico fatal ou queimaduras graves.
Certifique-se de seguir as instruções abaixo para evitar
acidentes pessoais como choque elétrico e
PERIGO queimaduras:
 A resolução de problemas deve ser realizada por uma equipe com
profissionais e qualificados.
 Antes da operação, certifique-se de desligar a alimentação de energia
elétrica deste produto, caixa de distribuição (equipamento do usuário),
dispositivos relacionados (dispositivos externos conectados ao borne de
entrada).
 Devido à descarga do capacitor, certifique-se de não operar até a fonte de
alimentação da máquina de solda ser desligada por pelo menos 5 minutos.

Siga as instruções abaixo para evitar que o semicondutor e a


placa PCB sejam danificados pela estática.
ATENÇÃO
 É necessário realizar a inspeção regular para manter o desempenho deste
produto por longo tempo.
 Certifique-se de realizar cuidadosamente a inspeção regular, inclusive a
inspeção e limpeza interna.
 Geralmente a inspeção regular deve ser realizada a cada 6 meses.
(Entretanto, deve ser realizada a cada 3 meses se existir muita sujeira e
fumaça no local).

Além da inspeção dos itens abaixo, o usuário poderá acrescentar mais itens de
acordo com sua situação.

 Remova a poeira interna


Retire a tampa, remova a sujeira ou materiais estranhos que podem voar. Utilize
ar comprimido desumidificado (ar seco) para soprar a sujeira interna acumulada.

 Inspeção de rotina
Retire a tampa e certifique-se de prestar atenção na verificação dos seguintes
itens e nos itens que não são de rotina.
Verifique se há odor estranho, desbotamento ou traços de danos por
aquecimento e se os pontos de conexão estão soltos.

 Inspeção dos cabos

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
Verifique principalmente os itens que não são de rotina (fixação suplementar,
etc.) como cabo de terra, cabos, etc.
PONTOS DE MEDIÇÃO COM MULTÍMETRO

Medir tensão de saída a vazio com multímetro.

Tensão de saída da Ponte Retificadora


Medir tensão de saída da ponte
retificadora de entrada em 310V DC.

 Conferir se a fiação do shunt


está trocada.
 Caso aconteça, a máquina
jogará a tensão de saída para
o máximo em MIG e em MMA.

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
Retirar o capacitor de pós gás
(C11).

 Caso o capacitor não for


retirado: Em MIG, quando o
operador retirar o dedo do
gatilho continuará saído gás
por alguns instante.

NOMENCLATURA DE SINAIS

Numeração Sinal Descrição

Este sinal é gerado e controlado pela placa de


Sinal de Disparo controle e enviado para a placa drive.
Sinal 1
dos IGBT’S Este sinal é medido com osciloscópio na placa
de controle.

Este sinal vem da placa de controle, entra 1


sinal na placa drive e saem 4 sinais idênticos
Sinal do drive dos porém com uma corrente para o disparo
Sinal 2
IGBT’S maior.
Este sinal é medido na saída da placa drive.

Este é o sinal de inversão que os IGBT’S


produzem, ou seja, transformando uma
tensão contínua em uma tensão, alternando
Sinal 3 Sinal dos IGBT’S entre positivo e negativo.
(Senóide quadrada).
Este sinal é medido na entrada do
Transformador Principal.

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
PONTOS DE MEDIÇÃO COM OSCILOSCÓPIO
PONTO DE MEDIÇÃO
FORMA DE ONDA
(Osciloscópio)
Placa HK-103-T1
Forma de onda do sinal 1.

Modulo de IGBT
Forma de onda do sinal 2.

PONTO DE MEDIÇÃO FORMA DE ONDA

Modulo de IGBT
Forma de onda do sinal 3.

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
FUNÇÃO DOS TRIMPOTS
PLACA HK-114-T4(02)
 Sem Carga.
W1 - MIG  Calibrar potenciômetro de Corrente do cabeçote.
POTENCIÔMETRO  Medir no Conector A10 - pino3 e no ponto P7 ou no
(A) DO CABEÇOTE ponto P4 e no ponto P7, variando no potenciômetro
de 0,2V a 8V.
 Sem Carga.
W2 - MIG  Calibrar potenciômetro de Tensão do cabeçote.
POTENCIÔMETRO  Medir no Conector A10-pino3 e no ponto P8 ou no
(V) DO CABEÇOTE ponto P4 e no ponto P8, variando no potenciômetro
de 0,2V a 8V. (2,4V a 8V)
 Em carga. (500A)
W3 - MIG  Variar a velocidade do motor do arame.
MOTOR DO  Medir no conector A3, nos pinos 3 e 5.
ARAME  Ajustar a ajustar a máxima em 22V.(23V)
OBS: Ao ajustar a máxima não há necessidade de
ajustar a mínima.
 Em carga. (500A)
 Ajustar a bolinha que sobra de arame próximo ao
W4 - MIG
bico.
 Fechar um curto no ponto S2.
 Ajustar a tensão real em 13V.(14,5V)
W5 - MIG
 Regular a máquina em 16V a vazio, depois em carga
 TENSÃO REAL
(500A) e regular a tensão real para 16V. Deixar a
 COMPARAR tensão nominal e real iguais, comparando com
TENSÃO DE multímetro, medindo nos conectores de saída da
SAIDA COM máquina.
DISPLAY
 Sem carga.
 Ajustar o multímetro na escala de 200mV.
W6
 Medir no Conector A10 - pino 3 em relação com o C.I
NÃO AJUSTAR
U21 – pino 1 e ajustar a até 0V.
 Zerar a corrente do display.
W7 - MIG  Em carga. (500A)
TENSÃO NO  Ajustar a tensão no display quando a máquina está
DISPLAY EM em carga no Máximo e no mínimo.
CARGA  Comparar com o multímetro e display da máquina.
W8 - MIG  Sem carga.
DISPLAY DE  Ajustar a tensão no display, na Mínima 3V e na
TENSÃO Máxima 50V.

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
W9 - MIG  Sem carga.
DISPLAY DE  Ajustar o display no mínimo em 0A e no Máximo
CORRENTE 500A.
 Em carga.
W10 - MIG  Ajustar a corrente real comparando com um alicate
CORRENTE REAL amperímetro.
 Ajustar a corrente mínima e máxima.
 Em carga. (30A)
W11 - MIG  Regular a máquina em 20V a vazio, depois em carga
INDUTÂNCIA (30A) e regular a tensão real para 21,5V. Medir com
multímetro nos conectores de saída da máquina.

PLACA HK-114-C3(01)

 Sem carga.
W14 - MMA
 Ajustar a corrente no display.
 Em carga.
W15 - MMA  Ajustar a corrente real na mínima em 20A e na
máxima 500A.

DIAGRAMA DOS CIRCUITOS

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
DEFEITOS E SOLUÇÕES
Item Defeito Solução

 Conferir a tensão de entrada da máquina,


1 Máquina não liga. plugue e tomadas.
 Conferir a caixa de ligação atrás da máquina.

 Conferir a tensão de entrada da máquina,


Não liga o ventilador e
2 plugue e tomadas.
o display.
 Conferir a caixa de ligação atrás da máquina.

 Verificar se a ponte retificadora de entrada


O disjuntor se queimou.
3 desarmou e não arma
 Verificar se o modulo de IGBT queimou.
mais.
 Verificar se os diodos de saída estão queimados.

 Conferir a tensão de entrada da máquina,


plugue e tomadas.

Acende o led de  Conferir a caixa de ligação atrás da máquina.


4
temperatura.  Conferir se os IGBTs estão em curto.
 Caso os IGBTs estejam em curto trocar o
módulo de IGBT, placa de controle e drive.

 Verificar se a chave teste do gás está


acionada. (Primeira chave do lado direito no
painel frontal da máquina).
 Desligar a máquina: Se continuar passando
gás a válvula está trancada. Caso apresente
5 Passa gás direto. este defeito trocar a válvula.
 Com a máquina ligada: Sem acionar, medir no
conector da válvula, se obter uma tensão 24V
DC a placa de controle está com problema.
 Verificar se foi retirado o capacitor de pós gás.

 Verificar se a válvula está recebendo a tensão


correta 24V DC.
 Verificar se o regulador de pressão está com
6 Não passa gás. defeito.
 Verificar mangueira do cilindro até a máquina.
 Verificar a mangueira da válvula do gás até o
euro conector.

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200
Varia o display de
tensão ou corrente.
7  Verificar conector ou substituir o Display.
Máquina solda
perfeitamente.

 Conferir a tensão de entrada da máquina,


plugue e tomadas.
 Conferir a caixa de ligação atrás da máquina.
 Passar para MMA e visualizar o display de
tensão, se tem tensão de saída conforme
Não tem tensão de plaqueta fator de trabalho. OBS.: as maquinas
8
saída. mais novas aparecem uma tensão mais alta e
baixa para 19V.
 Se em MMA aparecer tensão de saída, fazer
um avaliação no cabo obra, tocha e conferir se
os conectores estão bem encaixados.
 Conferir se os IGBTs estão em curto.

 Conferir se o cabo de comando está conectado


a máquina.
Não regula tensão e  Verificar se a fiação do shunt está correta.
9
corrente.  Verificar se a chave MIG/MMA está voltada
para MIG.
 Substituir o potenciômetro.

 Substituir a placa de controle e placa drive.


10 Queimaram os IGBTs.  Conferir os sinais antes de alimentar os
módulos de IGBT.

 Conferir se a roldana está com o canal


conforme o diâmetro e tipo de arame.
 Conferir se as roldanas estão limpas sem
graxa e sem óleo.
O arame fica
11
patinando.  Conferir a pressão do dispositivo de pressão.
 Verificar se a guia espiral da tocha está torta.

 Verificar se o miolo freiador não está muito


apertado, ou seja, pesado.

Rua Fernando Souza e Silva (Marginal Via Expressa), 160 - Itoupava Norte – Blumenau/SC
www.hsoldas.com.br | hsoldas@hsoldas.com.br | (47) 3334-8600 . (47) 3334-4200