Você está na página 1de 4

Ficha de avaliação formativa – Português - 8º ano

Nome : ________________________________________ Turma:____ Nº:_____ Data: ___/___/2018


Classif. _______% Prof._______________________ Enc. Educação ___________________________

Objetivos: A. Identificar e distinguir as categorias do texto narrativo. [50 pontos]


B. Aplicar os conhecimentos adquiridos à análise textual. [50 pontos]

A. Nos itens deste grupo, irás responder, de acordo com o estudo que fizeste sobre o Texto Narrativo, identificando os
conceitos relativos aos Modos de Representação do Discurso e às Categorias da Narrativa.

1. Relembra os modos de representação do discurso e completa os itens seguintes. [4x2 pontos]

a) ___________________ é a expressão do pensamento de uma personagem ou, por vezes, da sua fala
consigo própria.
b) À troca de falas entre as personagens dá-se a designação de ______________________.
c) ___________________ é a caracterização de objetos, ambientes, pessoas ou personagens.
d) No texto narrativo, ao relato de ações ou acontecimentos reais ou imaginários que propiciam o avanço da
ação dá-se o nome de____________________.

2. As afirmações seguintes referem-se ao Narrador. Indica se são verdadeiras (V) ou falsas (F), sublinhando, nas
falsas, o que estiver incorreto. [6x1 ponto]
a)  Narrador é a entidade que observa os acontecimentos.
b)  O Narrador heterodiegético não participa na ação que relata.
c)  O narrador que participa na ação como personagem principal é homodiegético.
d)  O narrador que relata os acontecimentos com imparcialidade é um narrador subjetivo
e)  Quanto ao ponto de vista, o narrador pode ser subjetivo ou objetivo.
f)  O narrador pode dirigir-se, de forma implícita ou explícita, a um narratário.

3. Tendo em conta as características da Ação, completa o seguinte texto lacunar: [10x1 ponto]

Designa-se por ação um conjunto de eventos que apresentam uma introdução ou _______________
___________________, um desenvolvimento, constituído por _______________________ que conduzem a um
_____________________.
Quanto ao relevo, a ação pode classificar-se como ____________________, sendo esta constituída pelos
acontecimentos de menor importância, e como ______________________, quando se centra nos acontecimentos
mais relevantes e se relaciona com o protagonista da ação.
Quanto à delimitação da ação, esta pode ser _______________, se o final do texto narrativo permite
desenvolvimentos, ou _______________, se nos der a conhecer o desenlace e o destino das personagens.
A organização da ação no texto narrativo realiza-se:
- em sequências ordenadas temporalmente, articuladas pelo processo de ______________________;
- através da narração intercalada de duas ou mais ações, pelo processo de _____________________;
- pela inserção de sequências que constituem uma ação secundária dentro da ação principal, processo a que se
dá o nome de __________________.

Ficha Formativa PORT8


4. Completa os espaços do quadro que se apresenta a seguir, atendendo às informações que te são dadas sobre a
classificação das personagens e os seus modos de caracterização. [6x1 pontos]

Personagem ______________________ Elemento caracterizador do espaço social mas


irrelevante na ação.
Personagem ______________________ Personagem que interage com o protagonista,
Quanto ao
desempenhando um papel de menor relevância.
Relevo
Personagem ______________________ Personagem que desempenha o papel central na
ação.

Personagem ______________________ Representa um grupo social ou profissional.


Personagem ______________________ Tem comportamentos imprevisíveis, revelando
Quanto à
densidade psicológica.
Composição
Personagem ______________________ Age da mesma maneira ao longo da ação, o seu
comportamento não apresenta evolução.

5. Em relação aos processos de caracterização das personagens, assinala a opção que, em cada item,
completa de forma adequada cada afirmação: [3x2 pontos]
5.1. Quando as características de uma personagem são fornecidas por si própria, trata-se de:
A. Caracterização indireta;
B. Autocaracterização;
C. Heterocaracterização.

5.2. Quando se fala de heterocaracterização, estamos a referir-nos à caracterização feita


A. Apenas pelo narrador;
B. Pela própria personagem e pelo narrador;
C. Pelo narrador e pelas outras personagens.

5.3. A caracterização indireta ocorre quando:


A. Quando o leitor deduz as características de uma personagem a partir das suas atitudes;
B. Quando o narrador caracteriza a personagem;
C. Quando a personagem é caracterizada pelas suas congéneres.

6. Atenta na categoria narrativa que é o Espaço e completa as afirmações: [4x2 pontos]


a) Espaço é o _________________ onde ocorre a ação;
b) Ao local geográfico onde a ação se realiza, damos o nome de espaço _____________________.
c) O meio social ou o ambiente da ação designa-se por espaço ___________________.
d) O espaço que evidencia as reflexões, pensamentos ou sentimentos das personagens tem o nome de
espaço ___________________.

7. Assinala com Verdadeiro (V) ou Falso (F) as afirmações relativas ao Tempo: [6x1 ponto]
a) Quando o narrador omite acontecimentos, "saltando" na ação, falamos de elipse.
b) Quando o narrador conta uma série de acontecimentos de forma muito resumida, falamos de prolepse.
c) A analepse é um processo narrativo que exige um recuo no tempo.
d) Falamos de tempo cronológico quando nos referimos às informações históricas que enquadram a ação.
e) O tempo do discurso é a ordem pela qual as ações são narradas.
f) A prolepse e o sumário são processos que dizem respeito ao tempo histórico.

Ficha Formativa PORT8


B. Responde aos itens apresentados a seguir, aplicando os conceitos que relembraste no grupo A.

1. Lê o excerto seguinte e responde às questões: [6x4 pontos]

Desço a rua, entro no metropolitano, estendo à menina muda as moedas necessárias,


aceito o retangulozinho que ela me fornece em troca, desço a escada, espero, paciente,
que se aproxime o olho mágico da carruagem subterrânea. Ela chega, para, parte. Lá
dentro, o silêncio do mar encapelado, isto é, o de toda aquela ferragem barulhenta, som
de não dizer nada. Na minha paragem saio, subo as escadas do formigueiro ou do túnel
de toupeiras por onde andei. E sigo pela rua fora […]”.

Maria Judite de Carvalho, “História sem palavras” in Este Tempo. Lisboa: Caminho, 1991

1.1. Identifica as personagens presentes no excerto.

____________________________________________________________________________
1.2. Classifica, quanto ao relevo, as personagens que indicaste.

____________________________________________________________________________
1.3. Como classificas o narrador do texto quanto à presença?

____________________________________________________________________________
1.4. Indica o espaço em que se desenrola a ação.

____________________________________________________________________________
1.5. Indica o modo de representação do discurso que predomina neste excerto.

____________________________________________________________________________
1.6. Que processo de caracterização está presente em “estendo à menina muda as moedas”?

____________________________________________________________________________
1.7. Quanto à delimitação da ação, como a classificas?

____________________________________________________________________________

2. Considera agora o seguinte texto:

Quando eu era pequena, passava às vezes pela praia um velho louco e vagabundo a quem chamavam o
Búzio.
O Búzio era como um monumento manuelino: tudo nele lembrava coisas marítimas. A sua barba branca e
ondulada era igual a uma onda de espuma. As grossas veias azuis das suas pernas eram iguais a cabos de navio.
5 O seu corpo parecia um mastro e o seu andar era baloiçado como o andar dum marinheiro ou dum barco. Os seus
olhos, como o próprio mar, ora eram azuis, ora cinzentos, ora verdes, e às vezes mesmo os vi roxos. E trazia
sempre na mão direita duas conchas. Eram daquelas conchas brancas e grossas com círculos acastanhados, semi-
redondas e semitriangulares, que têm no vértice da parte triangular um buraco.
O Búzio passava um fio através dos buracos, atando assim as duas conchas uma à outra, de maneira a formar
10 com elas umas castanholas. E era com essas castanholas que ele marcava o ritmo dos seus longos discursos
cadenciados, solitários e misteriosos como poemas.
O Búzio aparecia ao longe. Via-se crescer dos confins dos areais e das estradas. Primeiro julgava-se que fosse
uma árvore ou um penedo distante. Mas quando se aproximava via-se que era o Búzio. Na mão esquerda trazia
um grande pau que lhe servia de bordão e era seu apoio nas longas caminhadas e sua defesa contra os cães

Ficha Formativa PORT8


15 raivosos das quintas. A este pau estava atado um saco de pano, dentro do qual ele guardava os bocados do pão
que lhe davam e os tostões. O saco era de chita remendada e tão desbotada que quase se tornara branca.
O Búzio chegava de dia, rodeado de luz e de vento, e dois passos à sua frente vinha o seu cão, que era velho,
esbranquiçado e sujo, com o pêlo grosso, encaracolado e comprido e o focinho preto. E pelas ruas fora vinha o
Búzio com o sol na cara e as sombras trémulas das folhas dos plátanos nas mãos. Parava em frente duma porta e
20 entoava a sua longa melopeia ritmada pelo tocar das suas castanholas de conchas. Abria-se a porta e aparecia
uma criada de avental branco que lhe estendia um pedaço de pão e dizia:
- Vai-te embora, Búzio.

Sophia de Mello Breyner Andresen, "Homero", in Contos Exemplares

1. Assinala com X a opção que completa de forma adequada as afirmações: [4x4 pontos]
1.1. A narradora conta no presente
a) uma história do passado, recorrendo à analepse.
b) uma história do presente
c) uma história do futuro, recorrendo à prolepse.

1.2. A descrição do Búzio feita no segundo parágrafo é um exemplo de


a) autocaracterização
b) heterocaracterização
c) caracterização indireta

1.3. Podemos classificar o narrador como


a)  Autodiegético
b)  Homodiegético
c)  Heterodigético

1.4. O modo de representação do discurso predominante no texto é


a)  o diálogo
b)  a narração
c)  a descrição

2. Responde aos itens seguintes, transcrevendo marcas textuais que comprovem as afirmações: [5x2 pontos]
2.1. Tudo no Búzio lembrava o mar à narradora.

_________________________________________________________________________________________
2.2. A personagem central do texto pertence às memórias da narradora.

_________________________________________________________________________________________
2.3. O Búzio era tolerado, mas mantinham-no à distância.

_________________________________________________________________________________________
2.4. O Búzio era acompanhado pelo seu fiel amigo.

_________________________________________________________________________________________
2.5. O Búzio não tinha hábito de andar de noite, surgia em pleno dia.

_________________________________________________________________________________________

Ficha Formativa PORT8