Você está na página 1de 4

SENHORES,

GOSTARIA DE COMEÇAR COM UM PEQUENO HISTÓRICO DA MINHA VIDA


NO RADIOAMADORISMO:

Comecei em 1994 como Radiocidadão (PX), que foi o alicerce para chegar ao
radioamadorismo, e em pouco tempo foi chamado para ser o Vice-Presidente do
Grupo COBRASE de Radiocidadão em Aracaju, e logo em seguida um convite para
assumir a presidência do PX CLUBE DE ARACAJU onde desempenhei com
orgulho os trabalhos naquela entidade.

Estudei para ser radioamador, nesta época as provas em Aracaju estavam


suspensas, viajei com outros amigos para Salvador/BA (640 km) onde não obtive
sucesso nos exames para radioamador, mas não desistir, voltei a estudar e logo
outra viagem para a cidade de Senhor do Bonfim/BA (840 km), voltando de lá
muito alegre igual a um “pinto no lixo” já desta vez com resultados positivos e
com o meu primeiro indicativo PU6GIP. Mas não fiquei conformado, eu queria
mesmo era chegar ao topo do radioamadorismo, e logo aprendi o CW e
radioeletricidade sendo promovido pra classe “B” como o indicativo de PP6PP, e
um ano após como já era esperado eu já estava na classe “A”.

Então me filiei a LABRE/SE na gestão do ex-presidente saudoso PP6AR PÁDUA,


que com muito orgulho fui recepcionado naquela entidade. Logo após a gestão de
Pádua quem assumiu a direção da LABRE/SE foi o saudoso PP6FM Dantas, que
observando o meu comportamento e a minha dedicação ao radioamadorismo me
convidou para fundar e ser diretor da ESCOLA SERGIPANA DE RADIOAMADOR
“JOÃO CORINTO MENDONÇA”, e desde esta época presto serviço voluntário ao
radioamadorismo. Também fui convidado para ser membro do mais conceituado
grupo de radioamadores que existia aqui naquela época “GRUPO DE VHF DE
SERGIPE”, o único grupo detentor de duas repetidoras um AUTO-PATCH
(fazíamos ligações telefônicas do nosso HT, quando nunca se imaginava em um
dia existir o telefone celular).
A minha trilha continua no radioamadorismo, já com a nova mentalidade das
pessoas findou o meu grande amigo PP6HG Hélio assumindo a direção da
LABRE/SE onde hoje ao seu lado eu desempenho o papel de vice-diretor desta
entidade e conseguimos quebrar o tabú abrindo totalmente as portas da
LABRE/SE para os PXs. Comecei a me interessar mais pelo hobby, investindo em
antenas, fontes, acoplador, microfones e transceptores, explorando outras
modalidades digitais, SSTV, RTTY, PSK31, etc., fazendo concursos, contestes
como: Farroupilha, Concurso Verde e Amarelo, Manchester Mineira, Semana das
Comunicações, Final de Semana dos Faróis Sul Americano, expedições e
demonstrações radioamadoristicas e muitos outros, resgatando antigos
radioamadores sergipanos que estavam fora da faixa, descobrindo e divulgado
muitos softwares para radioamadores, como Echolink, Multipsk, CQ 100, etc....
Com a descoberta do Echolink em 2003 eu fiquei muito empolgado, com a
oportunidade de realizar contatos com o Brasil e o mundo através do VHF local,
então resolvi manter uma estação de Echolink no ar em ARACAJU, para servir aos
radioamadores da minha cidade.
Foi através de Echolink que o radioamadorismo sergipano ficou mais conhecido
nacional e Internacionalmente, onde eu e mais outros três radioamadores
brasileiros criamos a “SALA BRASILEIRA” que hoje hospeda e movimenta vários
links no Brasil e no mundo. Criei em 24 de Janeiro de 2005 a “RODADA
INTERBRASILEIRA” que é uma rodada diferenciada entre todas as rodadas do
radioamadorismo por conta do diferencial que eu adotei naquela rodada, “UM
TEMA EM PAUTA”, e através desta rodada os radioamadores sergipanos tiveram
a oportunidade de sair de Sergipe para encontros bem distantes daqui do nosso
estado: ex: São Paulo, Bragança Paulista, Indaiatuba, Quaraí, Brasília, Caldas
Novas, Niterói, etc. Adquirimos muito mais experiências e entre elas foi trazer
para Aracaju a “RODADA BOM DIA, BOA TARDE e BOA NOITE SERGIPE”.

Criamos o café da manhã da LABRE/SE, todo 1º sábado de cada mês, criamos


também o Museu da LABRE/SE, editamos semanalmente e enviamos para mais de
400 radioamadores o QTC da LABRE/SE, com a necessidade de levar informações
as pessoas, criamos um site na internet dedicado somente conteúdos para
radioamadores e Radiocidadão, se dedicamos a LABRE/SE todos os sábados,
prestamos solidariedade e atendimento a qualquer radioamador visitante em
nossa cidade, cedendo as instalações da LABRE/SE para seus aposentos,
ajudando na manutenção das repetidoras do estado de Sergipe, em especial a
repetidora de difícil acesso como a que se localiza na serra de Itabaiana. Em todo
este trajeto da minha vida no radioamadorismo eu só plantei amizade, caridade, e
solidariedade, não tenho conhecimento nem registro de nenhum inimigo no Brasil
e no mundo. Bom minha gente, já falei muito, mas isso é só uma pequena parte
da nossa história.

O radioamadorismo sergipano durante todo esse tempo foi como uma verdadeira
família bastante unida, com seus altos e baixos, mas tudo se resolvia entre os
radioamadores e no final todos saiam felizes.

Gostaria de informar a todos que esta semana eu recebi uma notificação da


ANATEL, que foi uma denuncia feita por três radioamadores sergipanos contra
mim, e nesta denuncia eles levaram uma gravação de uma conversa minha em
uma repetidora local e alegaram o seguinte: “O SR. JOSÉ FERNANDO
CARVALHO SANTOS, PREFIXO PP6PP, OPERANDO EM REPETIDORA DE
RADIOAMADOR, COMUNICOU DURANTE SUAS MODULAÇÕES DE FORMA
INADEGUADA E NÃO CONDIZENTE COM OS OBJETIVOS DO SERVIÇO DE
RADIOAMADOR, DESVIRTUANDO A NATUREZA DOS SERVIÇOS CONFORME
VEDA O ART. 3º e o ART. 35º RO REGULAMTE DO SERVIÇO DO
RADIOAMADOR DA RESOLUÇÃO 449”.

Diante de tal denuncia fui á ANATEL para solicitar uma cópia do processo gerado
pela denuncia para fazer a minha defesa, e também solicitei a reprodução da
gravação da denuncia e para a minha surpresa esses três radioamadores são
atuantes aqui nosso radioamadorismo.

Quero deixar bem claro que o conteúdo desta denuncia não me abalou e nem me
incomodou, mas a disposição e a coragens destes três radioamadores sergipanos
em deixar os seus afazeres, a sua família, seu trabalho ou o seu lazer para se
dirigir a aquele órgão sem motivo real, sem motivo consistente, sem necessidade,
e fazer uma denuncia contra mim, foi isso que me deixou desconfortável e
percebi que tudo o que eu contribuir para o radioamadorismo foi de “ladeira a
baixo”, estou muito angustiado, triste e acabei perdendo a paixão e o amor pelo
radioamadorismo.

Pois bem meus amigos, eu pensei muito e achei que já estava na hora de me
separa do radioamadorismo, por conseqüência desta situação, me dirigir ao
escritório da ANATEL em Aracaju e pedir a EXCLUSÃO TOTAL DE TODOS OS MEUS
INDICATIVOS.
São eles:
PP6PP Estação fixa em Aracaju
PP6PP Estação móvel
PP6UHF Estação repetidora Aracaju
PY6PY Estação fixa em Salvador
PX6B0001 Estação fixa radiocidadão.

A Partir de hoje não sou mais detentores destes indicativos relacionados acima,
ou seja, não sou mais radioamador nem radiocidadão, foi muito difícil para eu
tomar esta decisão, muitos amigos me pediram para eu não fazer isso, até a
minha esposa Marineide e meus filhos Victor e Vinícius ficaram muito triste com
esta minha decisão. Mas eu tenho certeza que será bem melhor assim para o
radioamadorismo sergipano. (OBS: Se os indicativos ainda constarem no site da
ANATEL, não e culpa minha, meu pedido de exclusão total foi protocolado terça-
feira dia 13 de abril de 2010).

Já estou levando para o meu amigo PP6HG Hélio a minha carta de pedido de
demissão da vice presidência da LABRE/SE, não irei mais editar os QTCs, não
poderei mais manter a estação de Echolink no ar, e também não faz mas sentido
manter um site para radioamador.

Gostaria que este comunicado fosse lido nas repetidoras, nos QSOs, nos QTCs,
editado nos sites, para quem não tem acesso a internet também ficar a par do
ocorrido, tendo certeza que será uma repercussão Nacional eu peço desculpas a
todos.

Encerro pedindo desculpa a todos os radioamadores que porventura eu tenha


ofendido em algum comunicado, mas lhe confesso que eu sou uma ótima pessoa,
e tenho um grande e bom coração, e aos três radioamadores que mim
denunciaram na ANATEL eu peço perdão a eles se em algum comunicado meu eu
lhe motivei para esta decisão, e confesso que não guardarei mágoa de nenhum
de vocês três.

Aracaju/SE 15 de Abril de 2010


José Fernando Carvalho Santos