Você está na página 1de 10

COMO A COBLI PODE ME AJUDAR

Redução de
consumo de
combustível
Um guia prático com o passo a passo de como
reduzir os gastos de combustível na sua frota

1
INTRODUÇÃO

Estou perdendo dinheiro


com combustível?
A gestão de combustível é uma das partes mais difíceis e mais
importantes do trabalho de um gestor de frotas. O composto
chega a representar mais de 50% do gasto mensal de uma
frota e um gestor nem sempre consegue enxergar como pode
reduzir esse custo. Apesar disso, o que muita gente não sabe
é que o processo para gerar ganhos notáveis para a operação
pode ser muito simples, quando se tem à disposição um sistema
adequado de gestão de combustível.

Por que o sistema é importante?


Um bom sistema irá lhe fornecer as informações sobre o que está
acontecendo nas ruas para saber exatamente onde você deve
agir. Na imagem abaixo você pode ver um fluxo de melhoria.

Encontrar
Definir Aplicar novos Medir as
espaço para
estado atual processos melhorias
melhorias

Neste guia, iremos abordar como encontrar os principais


desperdícios na sua empresa e como você pode economizar
combustível, ou seja, estamos focando na segunda etapa do
fluxo de melhorias.

2
IDENTIFICAR PARA RESOLVER

Encontrando espaços para


melhoria
Priorizamos os ganhos na sua operação. Por isso, para te
explicar um pouco melhor sobre como encontrar espaços
para melhorias, separamos os 5 maiores desperdícios de
combustível que geralmente acontecem em uma frota.

1 Excesso de velocidade
CONSUMO DE COMBUSTÍVEL (KM/L)

Estudo realizado pela Cobli

Supondo, de acordo com o gráfico acima, que uma frota


de caminhões que dirige, em média, à 110 km/h, reduza a
velocidade média para 90 km/h. Isso significaria uma redução
mensal de 15.9% do custo total com combustível. Supondo que
você tenha 10 veículos e abasteça, semanalmente, R$ 1.000
por carro, isso significaria uma economia mensal de R$ 6.360
e anual de mais de R$ 82.000.

Essa economia vem da física que os veículos encontram pelas


ruas. Em altas velocidades, a potência necessária para vencer
o atrito do veículo com o ar e dos pneus com o asfalto das ruas
aumenta, e por isso, os carros precisam gastar mais combustível
para sustentar essas altas velocidades.

Importante Lembrar:
A velocidade é um dos maiores fatores responsáveis pelo alto
consumo de combustível. Com um sistema adequado de gestão de
combustível você pode acompanhar quais motoristas estão exagerando
e ultrapassando o limite de velocidades nas vias, e assim, reduzir o
consumo rapidamente.

3
2 Acelerações agressivas

Acelerações agressivas são provavelmente o gasto de


combustível mais supérfluo de uma frota. Os motoristas
estressados no trânsito costumam acelerar rapidamente,
somente para parar mais cedo no próximo farol ou no trânsito.

Um parceiro da Cobli, com cerca de 2.000 veículos, encontrou


uma economia de quase 4 milhões de reais por ano, apenas
reduzindo para 10% a ocorrência dessas “arrancadas”. Lá,
vimos que havia cerca de 40% dos motoristas dirigindo mal,
responsáveis pelo gasto de 60% de combustível da frota, ou
seja, 50% mais do que deviam.

Com acompanhamento semanal e métricas claras, foi fácil


reduzir essa recorrência. Aqui há facilmente mais um ganho de
5% do total de combustível da sua frota.

Importante Lembrar:
Arrancadas na cidade aumentam o risco de acidentes e, na prática,
não fazem ninguém chegar mais cedo. É fácil mensurar acelerações
desnecessárias, ver quem está fazendo muitas e em qual lugar.
Em geral, há um ganho de mais 5% no combustível aqui.
Não esqueça também que fluidez é a maior amiga do consumo baixo, se
os motoristas frearem menos, vão acelerar menos e, consequentemente,
vão gastar menos combustível.

4
3 Planejamento de serviços e entregas
não otimizado

Otimização de rotas, para muitas empresas, é mais uma arte


do que uma ciência. A imagem abaixo ilustra uma situação
comum de se ver quando visitamos centrais de frotas pelo
Brasil: Muitas vezes, gestores de frota acabam criando suas
rotas de serviços e entregas a mão em mapas físicos, tentando
otimizar suas operações.

Imagem cedida por cliente Cobli

Por que é tão difícil definir boas rotas manualmente?

Simplesmente porque há muitas opções para o cérebro


humano processar. Um planejamento simples para 3 carros
com 15 paradas cada, já possui milhões de possibilidades.
Esse planejamento cheio de possibilidades é demais para uma
pessoa, mas bem simples para um computador. Por exemplo,
em cerca de 5 segundos, o sistema da Cobli consegue definir
a melhor rota para a situação acima e economizar, em média,
20% dos kms viajados frente ao planejamento manual.

Importante Lembrar:
É impossível para uma pessoa avaliar todas as possibilidades de
rotas, enquanto é algo muito fácil para um computador. Economize
esse tempo do seu dia e gaste menos 20-25% dos kms, dê mais
previsibilidade para seus clientes e ganhe tempo no planejamento e
na rua.

5
Paradas fora da rota

Esse é um tópico mais difícil porque é uma fraude contra


a empresa e contra todos que trabalham lá. Essa falta de
profissionalismo e ética faz com a empresa gaste tempo e
dinheiro desnecessários, o que faz falta sempre, especialmente
em momentos mais difíceis.

A Associação Automotiva Americana (AAA) nos Estados


Unidos, estima que 7% dos kms são dirigidos fora da rota. A
maioria dos motoristas faz seu trabalho da forma correta mas
todos já vimos exemplos de motoristas indo buscar os filhos,
visitar as esposas, indo ao supermercado, isso sem mencionar
paradas em pontos de bares e encontros pessoais, também
mais comuns do que gostaríamos.

Importante Lembrar:
É muito fácil acompanhar paradas fora do previsto no sistema da
Cobli. Lá você consegue ver diariamente paradas não planejadas ou,
de forma agrupada, quais são as mais comuns. Um ganho fácil de
tempo, combustível e paz de espírito para quem cuida das frotas.

6
4 Tempo Ocioso do Motor

Definimos tempo ocioso do motor quando o carro fica parado por


mais de 5 minutos com o motor ligado. Deve-se desconsiderar
quando um carro está parado no trânsito e avaliar casos em
que os carros ficaram ligados realmente em situação estranha.

Os motivos mais comuns para isso são: ar condicionado e


rádio. A razão mais comum é conforto. Obviamente, todos
os funcionários precisam ter um certo nível de conforto para
executar bem seu trabalho, mas é importante que a empresa
tenha alinhada uma boa política e consiga acompanhar
corretamente.

Importante Lembrar:
Uma hora de um carro leve parado e ligado com ar condicionado gasta,
em média, 1,5 l de combustível. Obviamente a eficiência aqui é 0 km/l Por
isso é importante reduzir esse desperdício. No sistema Cobli, basta ver
quais as ocorrências principais de tempo ocioso do motor e ver se estão
adequadas com a política de frota.

7
5 Fraude ou roubo de combustível

Muito mais do que um problema de performance é, também,


um problema ético e moral . O que ocorre é que o motorista usa
o dinheiro da empresa para abastecer um veículo próprio ou
faz acordos com postos de combustível para receber parte do
valor em dinheiro ou produtos da conveniência.

Um caso similar a este foi identificado por um gestor de frota


de uma empresa parceira da Cobli. Nosso sistema fornece uma
estimativa de quantos reais, aproximadamente, o motorista
deveria ter gastado na viagem e também qual deveria ter sido
o consumo de combustível (km/l). Comparando os dados
do software da Cobli e o consumo e gasto que o motorista
efetivamente teve, o gestor foi capaz de identificar o roubo
e atuar no caso. Vemos a solução da Cobli andando lado a
lado com gestores e responsáveis por frotas, auxiliando-os em
casos onde faltam informações.

Esse é um problema muito importante, pois quem faz isso em


geral, está atuando erroneamente em outras áreas, e não é
perfil que você deseja carregando o nome da empresa.

Importante lembrar!
O roubo de combustível é facilmente percebido por uma eficiência de
combustível muito abaixo dos pares. Se você tem 9 Celtas fazendo
10km/l e um fazendo 5km/l em condições semelhantes sem nenhum
motivo evidente, vale a pena olhar mais de perto.

Autor
Rodrigo Mourad
Sócio da Cobli
rodrigo@cobli.co

8
SOBRE A COBLI

O sistema certo para frotas


que chegam na hora
A Cobli é uma startup especializada em melhorar a gestão de
frotas e oferece um sistema capaz de transformar, em tempo
real, todos os dados dos seus carros em informações úteis
para a sua frota. Por meio de inteligência artificial, a empresa
acompanha a frota e entrega relatórios detalhados e práticos
que avaliam a logística. O sistema possibilita rastrear os veículos,
planejar rotas otimizadas, acompanhar o modo de condução
dos motoristas e fazer a gestão de combustível. Com mais
de um bilhão de quilômetros monitorados e presente em 27
estados brasileiros, a Cobli consegue gerar uma economia de
30% em quilômetros rodados, 25% em tempo e 20% em gastos
com combustível, acidentes, multas e manutenção.

Somos a primeira empresa da América Latina a conquistar


o prêmio Harvard New Venture, da Universidade de Harvard
(2016). Vencemos, por dois anos consecutivos (2015-2016),
o prêmio de Inovação em telecomunicações concedido pela
Telesíntese, com um júri composto por representantes do
BNDES, Anatel e Governo do Estado de São Paulo.

Conheça a Cobli e saiba mais sobre como nossos nerds podem


te ajudar!

Quer discutir mais profundamente como implementar esse


tipo de sistema? Entre em contato comigo: rodrigo@cobli.co

9
www.cobli.co

(11) 4933-7776
falecom@cobli.co

10

Interesses relacionados