Você está na página 1de 28

GUIA DE REFERÊNCIA RÁPIDA

GARMIN GNS 430 / 430A


Este manual reflete a operação principal do software do GNS 430. Algumas diferenças na operação Podem ser ob-
servadas algumas diferenças na operação ao comparar as informações neste manual com versões de software an-
teriores ou posteriores.

As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. A Garmin se reserva no
direito de alterar, melhorar os seus produtos ou fazer mudanças no conteúdo sem obrigação de notificar qualquer
pessoa ou organização de tais mudanças ou melhorias.

ATENÇÃO: A altitude calculada pelo GNS 430 é a altitude geométrica acima do nível médio do mar e pode variar
significativamente com a dos altímetros dos aviões.

AVISO: O banco de dados da Jeppesen incorporada no GNS 430 deve ser atualizado regularmente a fim de assegu-
rar que as informações estejam sempre atualizadas. Novas informações são lançadas a cada 28 dias. Um pacote
básico de informações do banco de dados está incluído no equipamento GNS 430. Pilotos que usam informações
desatualizadas do banco de dados, o fazem por sua conta e risco!

AVISO IMPORTANTE: A função VNAV é para ser usado apenas para fins consultivos. As mensagens do VNAV ou a
velocidade vertical necessária não deve ser usada para a separação de obstáculos no solo, conforme as regras de
tráfego aéreo em vigor. Informações desse tipo são de inteira responsabilidade exclusiva dos pilotos.
***** DESCRIÇÃO DO MODELO *****
Este guia aborda todo o funcionamento do GNS 430 e 430A. Em geral, todos os modelos serão
designados como 400W Series, excet o quando exist irem diferenças físicas ou operacionais. As uni-
dades desta série têm largura de 6,25 polegadas e 4,60 polegadas de altura. A tela é tipo LCD colo-
rida com 320 x 234 pixels. As unidades incluem dois cartões de dados e são removíveis. O cartão do
lado direit o cont ém os dados de aviação e o segundo cart ão, o da esquerda, contêm os dados de
terreno, ambos com dados da Jeppesen.
GPS 430
O GPS 430 é uma unidade navegacional de posicionamento global por satélites com certifica-
ção de precisão de vôo em rota e em terminal, de vôo de aproximação e pouso de não-precisão.
O GPS 430 pode, simultaneamente, abordar informações de tempo e de dados de tráfego aé-
reo em relação à sua posição. Vit al aos aviadores ela informa numa t ela colorida um mapa em mo-
viment o cont ínuo. Graças a uma tela LCD com cores e cont rast es, a informação pode ser lida facil-
ment e de diversos ângulos de visão, mesmo sob luz solar diret a. Seus mapas coloridos possuem da-
dos que mostram as cidades, rodovias, ferrovias, rios, lagos, cost as e um banco de dados completo
de informações aeronáuticas.
O banco de dados da Jeppesen sempre deverá ser atualizado pelo cart ão de dados e contém
todos os aeroportos, VOR, NDB’ s, interseções, fixos, cartas SID, IAC e STAR. Os obstáculos de terre-
no e sua base de dados fornecem um auxílio à navegação para aj udá-lo a t rabalhar com cart as de
navegação aprovadas e atualizadas.
A unidade GNS 430 usa uma série de diferentes bancos de dados. Em alguns modelos as in-
formações do banco de dados podem ser incompat íveis ent re si. A unidade GNS 430 sempre deverá
usar um banco de dados habilitado para WAAS.
Os pilot os irão desfrut ar do GPS 430 como se fosse uma unidade de MFD (Multi Funct ion Dis-
play), especialment e quando combinada com o t ráfego aéreo, det ecção de raios e outras unidades
de dados de tempo, tais como:

Ryan TCAD;
TIS da Garmin GTX 330;
Transponder Modo S;
L3 SKYWATCH ™;
STORMSCOPE WX 500.
Com a det ecção de falhas e de exclusão (FDE), o programa de previsão incluído no CD de
t reinamento do GPS 430 pode ser utilizado para cálculo operacional de rotas oceânicas ou remot as.
Com informações sobre tempo em gráficos e textos, o GPS 430 se conecta ao satélite através de um
receptor datalink para obter suas atualizações.
GNS 430 e GNS 430A
O GNS 430 e o 430A incluem todas as características da série 400W, e incluindo também uma
certificação IFR de comunicação e t ransceptor VHF, certificação IFR/VOR e de localizador e certifi-
cação de receptor de Glideslope. Esta unidade múltipla opera em duas categorias de transceptores,
uma com 10-wat t (GNS 430) e outra com 16-wat t (GNS 430A). As referências ao GNS 430 também
são extensivas ao GNS 430A.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 2


***** TECLAS E BOTÕES *****
LADO ESQUERDO LADO DIREITO

Os bot ões do lado esquerdo permit em a sint onia Os bot ões do lado direit o t êm a capacidade de
da freqüência desej ada na COM/ NAV e a mu- manipular as configurações mais import ant es da
dança da freqüência entre ativa e em espera. unidade.

BOTÕES INFERIORES

Os botões da parte inferior são controles de funções e comandos da navegação propriamente dito.

FUNÇÕES DOS BOTÕES DO LADO ESQUERDO


Bot ão de cont role para ligar e desligar a unidade. Também funciona como volume de
áudio. Pressione moment aneament e para desat ivar ou at ivar o cont role aut omát ico
de varredura de freqüência. Gire à direita para ligar o aparelho.
Bot ão de cont role de volume de áudio do VOR ou a freqüência do LLZ. Pressione mo-
ment aneament e para at ivar/ desat ivar o t om de “ Ident ” . Também cont rola a int ensi-
dade de luminosidade e brilho da tela do LCD.
“ Bot ão grande da esquerda” - Usado para a sintonia de freqüência de rádio, em me-
gahertz (MHz), mas a alt eração só acont ece quando o cursor est iver na “ freqüência
em espera”, t ant o no t ranscept or de comunicações (COM) quant o no receptor
VOR/LLZ, o que estiver selecionado e ajustado pelo cursor.
“ Bot ão pequeno da esquerda” - Usado para a sint onia de freqüência de rádio, em qui-
lohert z (kHz). Também usado para alt erar ent re o t ranscept or COM e o receptor
VOR/LLZ, mas essa alt eração só acont ece entre os cursores “ em espera”. Pressione
este bot ão moment aneament e para alt ernar entre o cursor “em espera” do t ranscep-
tor de comunicação COM e o campo de freqüência VLOC.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 3


Botão usado para alt ernar ent re as freqüências entre at ivo e em espera. Mantenha
pressionado por uns segundos para selecionar o canal de emergência (121,500 MHz).

Botão usado para alt ernar ent re as freqüências entre at ivo e em espera VLOC (ou se-
ja, tornar a freqüência selecionada de espera em ativa).

FUNÇÕES DOS BOTÕES DO LADO DIREITO


RNG - Permit e selecionar a escala de zoom desej ada no mapa. Pressione a set a
para a esquerda para diminuir o zoom na t ela do LCD ou a set a para a direit a Para
aumentar o zoom na tela do LCD.
DIRECT-TO - Permit e inserir um fixo de dest ino (aeroport o, VOR, fixo ou qualquer ou-
tro) e estabelecer curso e distância voando direto para ele.
MENU - Permite ver as funções adicionais e/ou os ajustes das mudanças que se rela-
cionam com a página exibida no momento. Também ativa uma perna específica em um
plano de vôo ativo.
CLEAR - Usado para apagar informações ou cancelar uma ent rada. Mant enha esse bo-
t ão pressionado por alguns segundos para exibir imediat ament e a página padrão de
navegação (NAV), independente da página exibida no momento.
ENT - Usado para aprovar uma operação ou concluir uma ent rada de dados. Também é
usada para confirmar a informação do banco de dados durante a inicialização do GPS.
“ Bot ão grande da direit a” - Usado para selecionar ent re as várias funções nas páginas:
NAV, WPT, AUX ou NRST. Com o cursor na t ela at iva, esse bot ão permit e mover o cur-
sor sobre a página.
“ Bot ão pequeno da direit a” - Usado para selecionar ent re as várias páginas dent ro de
um dos grupos list ados. Pressione esse bot ão moment aneament e para exibir o cursor
na t ela do LCD. O cursor permit e-lhe int roduzir dados e/ ou fazer uma seleção a partir
da lista de opções de uma determinada função.

FUNÇÕES DOS BOTÕES DA PARTE INFERIOR


O bot ão indicador de desvio de curso (CDI) é ut ilizado para alt ernar a navegação (GPS
ou VLOC) e fornecer indicação de navegação ao HSI ou CDI (externo).
OBS – É usado para selecionar o seqüenciamento manual ou aut omát ico de fixos. O
“Modo OBS” (OBS at ivo) mantém o fixo de "dest ino at ual” como referência única,
mesmo depois que o fixo seja ult rapassado, ele impede o seqüenciamento para o pró-
ximo fixo. Se o botão OBS for pressionado novamente, apagando o OBS (verde), a ope-
ração de seqüenciamento aut omát ico de fixos será reat ivado. O “ Modo SUSP” (SUSP
branco) mant ém o seqüenciamento manual. Sempre que o OBS est iver at ivo, você
pode definir o curso desejado da página do GPS ou do HSI ou CDI.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 4


O botão MSG é utilizado para ver mensagens, avisos importantes e requisitados.

O botão FPL permite criar, editar, ativar ou inverter um plano de vôo criado. Também
ativar as saídas e aproximações por inst rument o. Outros recursos no planejamento de
vôo, também são disponibilizados a partir desse botão.
O botão PROC seleciona os procedimentos STAR, SID e IAC de acordo com seu plano de
vôo. Ao ut ilizar um plano de vôo, os procediment os disponíveis para o aeroport o de
part ida e de chegada serão oferecidos aut omat icament e. Caso cont rário, você pode
escolher outro aeroporto desejado após um procedimento realizado.

Obs 1.: Um cuidado muit o grande deve-se t er quando for fazer uso do bot ão OBS, pois se ele for
acionado no meio de uma navegação, com plano de vôo feit o previament e, o mesmo desabilit ará
esta navegação temporariamente em curso e ficará at relado ao fixo at ivo de dest ino, mant endo-o
como única referência da navegação.

Obs 2.: Se você est iver usando uma aproximação GPS ou uma aproximação de não-precisão aprova-
da para GPS e queira usá-lo como “ inst rument o primário de aproximação” , lembre-se de que o bo-
tão NAV/ GPS do painel de inst rument os do cont role do pilot o aut omát ico deve est ar na posição
GPS. Se, porém, você for fazer a “ aproximação usando dados do NAV 1” (uma aproximação ILS, por
exemplo), então se certifique de que o interruptor NAV/GPS do piloto automático esteja seleciona-
do para a posição NAV. Nest e caso, você poderá acompanhar uma aproximação por inst rument os
pelo GPS apenas para efeito de posicionamento e informações de vôo.

Obs 3.: Diferent ement e do GPS Garmin 530W, a função VNAV (navegação vert ical) nessa unidade
não est á present e na part e inferior (bot ão VNAV) da unidade mas exist e est a função present e na
última função do NAV, como na imagem abaixo.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 5


***** LIGANDO A UNIDADE GNS430 *****
1. Com o bot ão ligue a unidade girando no sent ido horário, e cont inuando nesse mesmo sent ido
ajuste o volume desejado no rádio VHF.
2. A página inicial da versão do banco de dados aparece momentaneamente, na figura 1. Para pas-
sar ao passo seguinte, deve-se pressionar o botão ENT para comandar a função OK.
3. Na figura 2, a unidade inicia um t est e automático para assegurar seu funcionament o. Pode ha-
ver mais t est es aut omát icos na t ela, mas vai depender dos equipament os opcionais inst alados
em sua aeronave. Depois de verificar seu funcionament o adequado, gire o bot ão grande da di-
reit a para selecionar uma das seguint es funções "Set Full Fuel?", "Go To Checklist" ou "OK?".
Aqui você poderá t er a necessidade de confirmar os dados referent es ao abast eciment o de seu
avião (cálculos e previsões) e, caso necessit e, poderá criar seu próprio checklist . Para passar ao
passo seguinte, deve-se novamente pressionar o botão ENT para comandar a função OK.
OBS.: O painel do teste automático permit e verificar se a unidade est á se comunicando corre-
t ament e com o painel de inst rument os. Compare as indicações na t ela com as informações des-
critas nos instrumentos ligados tais como o CDI, o HSI, o RMI e/ou os instrumentos externo.
4. Na figura 3 aparece a página de recepção de sat élit es (st at us de satélite). Quando o recept or
GPS adquirir uma quant idade suficient e de números de sat élit es, ele det erminará uma posição
geográfica. A página MAP aut omat icament e exibirá sua posição geográfica em informações de
latitude e longitude. Novamente pressione a tecla ENT para comandar a função OK.
OBS.: Outras páginas podem existir em função da instalação de equipamentos opcionais.
5. A figura 4 é a apresent ação est abilizada do GPS. Dependendo do local onde a aeronave se en-
contra será apresentada os dados atualizados para essa posição, tanto em voo como em solo.

Seqüenciamento de telas ao ligar o GPS

1 2

3 4

Obs.: Nunca se esqueça de rever sempre o últ imo passo, de número 4 (acima), pois o GPS 430 aj u-
da e lhe informa quando, por vent ura, acont eça uma possível escassez de combust ível durante o
vôo, bem como a autonomia necessária para determinado planejament o de vôo.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 6


***** VISORES, CURSORES E ENTRADA DE DADOS *****
Aparência das Janelas
A t ela é dividida em cinco j anelas (na área do visor do LCD). Essas cinco visões são descrit as
e mostradas na imagem abaixo:

Cada j anela de informação é referida como uma "página única". Essas páginas são, normal-
ment e, selecionadas ou alt eradas at ravés dos bot ões do lado direit o com o cursor ausent e (ou não)
da janela do GPS.

Janela do transceptor de comunicações (COM) e das freqüências dos receptores VOR/LLZ


JANELA 1
(VLOC).

JANELA 2 Janela anunciadora das fases do voo (Terrain, integridade e informações do GPS).

Janela principal do GPS, onde se encont ra as diversas informações de navegações,


JANELA 3
fixos e configurações das páginas.

Janela de informações relativas à parte de navegação, proa, rumo, distância, veloci-


JANELA 4
dade no solo, etc.

Janela ut ilizada para as fases do voo, funções e aos anunciadores de int egridade do
JANELA 5
GPS.

Cursores
Há dois cursores: um “cursor em espera” e um “cursor principal”. O cursor em espera é utili-
zado para mudar as freqüências das j anelas COM ou VLOC. Pressionar o bot ão cent ral da esquerda
para move o cursor em espera entre as janelas COM e VLOC. Para definir uma nova freqüência, pri-
meiro você deve digit ar a freqüência na área do cursor em espera, depois mudar para a área do
cursor principal at ravés do bot ão de seleção COM ou VLOC. Sempre alt ere a freqüência girando os
botões grande e pequeno da esquerda.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 7


Alterando o Cursor em Espera

Para alterar o cursor, pressione momentaneamente o botão pequeno da esquerda.

Seletores de Freqüências

Se o cursor de aj ust e não est iver na j anela desej ada (COM ou VLOC), pres-
1 sione o bot ão pequeno moment aneament e para mudar o dest aque ent re a
j anela COM e a j anela VLOC. Aj ust ar a freqüência com o bot ão grande e pe-
queno vai afetar a freqüência em espera.

Gire o bot ão grande da esquerda para selecionar o valor da freqüência dese-


2 jada (valores em MHz).
Por exemplo: o "117" é parte da freqüência "117,70".

Gire o bot ão pequeno da esquerda para selecionar o valor da freqüência de-


3 sejada (valores em kHz).
Por exemplo: o ",70" é parte da freqüência "117,70".

4 Para at ivar a freqüência selecionada, pressione o bot ão COM para comunica-


ção ou o botão VLOC para freqüências VOR/LLZ.

Sintonizar e ativar rapidamente a Freqüência de Emergência 121.500 MHz

No GNS 430, pressione o botão pequeno da esquerda (“C” nº 4 acima) durante 05 segundos.
A freqüência de emergência aparecerá no cursor em espera da j anela COM. Depois é só alt ernar a
freqüência através do botão específico.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 8


Entrada de Dados
Os dados são inseridos na j anela do GPS ut ilizando os bot ões da direit a, o grande e o peque-
no. O bot ão grande é usado para mover o cursor ent re os campos da j anela principal do GPS (no
visor LCD). O botão pequeno é usado para selecionar caracteres individuais na posição do cursor em
destaque. Os caracteres estão seqüenciados em ordem alfabética e numérica.

Por exemplo: para alt erar a let ra "T" na ilust ração abaixo para uma let ra diferent e, gire o botão
pequeno da direita.

Status da Página de Satélite

Nos modelos de GPS com serviço WAAS, a página de st at us de sat élit e foi redesenhada para
fornecer informações WAAS GPS.
A página de status de satélite fornece uma referência visual das funções do recept or GPS e
inclui a cobert ura atual de sat élit e, o est ado do recept or GPS, a precisão de posição, a exibição da
posição at ual (em lat it ude e longit ude) e a altitude. A página de st at us t ambém exibe à hora atual
UTC (no cent ro inferior da página). O campo de alt it ude (ALT) é de fácil configuração para selecio-
nar suas próprias preferências e necessidades de navegação.

AQUISIÇÃO DO SINAL DE SATÉLITE SINAL RECEBIDO E COM NAVEGAÇÃO 3D

O st at us da página de satélit e é út il e sua visualização é fundament al ao monit orament o de


sinais devido a níveis de cobertura pobres de satélite ou problemas de instalação. Você deve visitar
est a página ocasionalment e para monit orar o desempenho do recept or GPS e est abelecer um pa-
drão normal de funcionament o do sist ema. Se houver algum problema em uma dat a post erior, vai
ser útil ter uma base estabelecida para comparação.

Obs.: Nunca dependa exclusivament e da MSA como medida absolut a e segura de uma informação
de alt itude. Consulte os gráficos atuais e NOTAM’ s para sua área.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 9


***** NAVEGANDO ENTRE SUBGRUPOS E PÁGINAS *****
As informações nas t elas do GPS 430 é apresent ada em forma de páginas, e só se pode ser
visto uma página por vez. Ent ret ant o, as páginas est ão organizadas em vários format os diferentes
ent re si. Cada página t em um número de format os, dist ribuídos em subgrupos. Existem quatro pá-
ginas: NAV, WPT, AUX e NRST.

A Seleção de qualquer página é realizada ut ilizando os bot ões grande e pequeno do lado di-
reit o. Quando o cursor na j anela do GPS est iver desligado, o bot ão grande de direit a seleciona o
grupo de páginas: NAV, WPT, AUX ou NRST. O botão pequeno da direita seleciona a página deseja-
da dent ro de um grupo. Para selecionar rapidament e o padrão “ NAV Page” , pressione e segure a
tecla CLR

O grupo NAV (Navigation – Navegação) inclui: O grupo AUX (Auxílios) inclui:


Default NAV / MAP Flight Planning
Terrain Utility
Departure Setup 1
Track Flagged Setup 2
Satellite Status
Vertical Navigation O grupo NRST (Nearest, mais próximos) inclui:
Obs.: Cinco ou mais páginas desse grupo poderão Nearest Airport
estar disponíveis quando a unidade inclui a informa- Nearest Intersection
ção de tráfego e/ou informação meteorológica. Nearest NDB
O grupo WPT (Waypoints - Fixos) inclui: Nearest VOR
Nearest User
Facility & City Name
Nearest ARTCC
Airport Runway
Nearest FSS
Airport Frequency
Nearest Airspace
Airport Approach
Airport Arrival Existem também mais duas páginas únicas que
Airport Departure podem ser acionadas com botões específicos:
Intersection
NDBs Active Flight Plan Botão FPL
VOR Procedures Botão PROC
USR Waypoint

Assim, dent ro de uma mesma cat egoria (ou grupo), t em-se uma divisão ent re várias páginas
referentes àquele grupo.

FACILIDADE PARA RECONHECER OS SUBGRUPOS DAS PÁGINAS

PÁGINA NAV – 6 FUNÇÕES PÁGINA WPT – 10 FUNÇÕES

PÁGINA AUX – 4 FUNÇÕES PÁGINA NRST – 8 FUNÇÕES

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 10


1 - Grupo NAV – Página Padrão NAV / Anunciadores (detalhado)

Os seguint es símbolos são usados (diret ament e acima do CDI) para ret rat ar a perna at iva de
um plano de vôo “ DIRECT-TO” :

Nota: O GPS sempre navega em direção a um fixo, a menos que você pressione no bot ão OBS para
impedir o seqüenciamento aut omát ico de fixos ou que você t enha ult rapassado o últ imo fixo do
planejamento de vôo.
1.1 - Para exibir rapidamente o padrão NAV Page:
A part ir de qualquer página que o GPS est ej a, pressione o bot ão CLR por um t empo aproxi-
mado de 02 segundos. Aparecerá imediatamente a página padrão NAV no visor do LCD.
1.2 - Botões Anunciadores de Mensagens:

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 11


1.3 – Significado de Alguns Termos Importantes (os mais usados)

BRG Prôa Ideal Para Manter a Rota GS Velocidade em Relação ao Solo

CTS Curso Ideal Para Ser Mantido MSA Altitude Mínima de Segurança

DIS Distância para o Waypoint TKE Ângulo do Erro da Rota

DTK Rota Desejada TRK Rumo em Relação ao Solo

ESA Altitude de Segurança na Rota VSR Velocidade Vertical Requerida

ETA Tempo Estimado de Pouso WPT Waypoint Ativo

ETE Tempo Estimado em Rota XTK Erro Transversal no Rumo

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 12


1.4 - Para selecionar outro item de dados para qualquer campo de dados
1. Com a página padrão em modo NAV pressione o botão MENU para exibir o menu de opções.
2. Gire o botão grande da direita para pôr em destaque a
opção "Change Fields?” . Pessione o botão ENT para
selecionar esta opção.
3. Pressione o bot ão central da direita para pôr em rele-
vância os dados do campo que deseja alterar.
4. Gire o bot ão pequeno da direita para most rar uma lis-
t a de it ens de dados disponíveis. Cont inue girando o
botão para selecionar o item desejado na lista.
5. Pressione o botão ENT para selecionar o item desejado
e ret orne à página padrão pressionando o bot ão NAV.
Se desej ar sair sem nenhuma alt eração dos dados, cli-
que no botão CLR (por 2 segundos).
6. Pressione o botão pequeno da direita para remover o cursor da página.

Glossário da Página Padrão - NAV


BRG (direção): É a orientação da bússola, onde a
mesma aponta da posição atual até um fixo de desti- HDG (rumo): É a direção para onde o nariz da aero-
no. nave está apontado, com base nas indicações da bús-
sola magnética ou de um giroscópio direcional corre-
CTS (curso a ser seguido): É a direção recomendada tamente aferido.
para reduzir o erro no curso ou permanecer em um
determinado curso. Fornece o rumo mais eficiente TKE (erro do ângulo de percurso): É a diferença an-
para retornar ao curso desejado e continuar o vôo. gular entre o percurso desejado e o percurso atual.
Para reduzir o erro desse ângulo à zero use a seguin-
CUM (distância cumulativa): É o total de pernas de te regra: se o TKE exibido for um número negativo,
um plano de vôo. gire para a esquerda; se for um número positivo, gire
para a direita.
DIS (distância): É a distância da posição atual até o
próximo fixo (de destino). TRK (percurso): É a direção de vôo do avião em rela-
ção a uma posição no solo. Também chamado de
DTK (percurso desejado): É o curso desejado entre os "percurso no solo".
fixos de origem e destino (ativo).
VSR (velocidade vertical necessária): É a velocidade
ETA (tempo de chegada no estimado): É a hora esti- vertical necessária para descer ou subir da posição e
mada em que você atingirá o fixo de destino final, altitude atuais até atingir a altitude do próximo fixo
baseado na GS atual. ou da pista de destino, com base na velocidade em
relação ao solo.
ETE (tempo estimado em rota): É o tempo necessário
para percorrer a distância entre a posição atual e o XTK (erro de percurso cruzado): É a distância em que
fixo de destino, baseado na GS. o avião está do curso desejado em qualquer direção,
esquerda ou direita.
GS (velocidade no solo): É a velocidade momentânea
em que o avião está voando em relação a uma posi-
ção no solo.

2 - Grupo NAV – Página MAP (detalhado)


O modo MAP exibe a posição at ual de uma navegação (um símbolo de avião no cent ro da t e-
la), j unt ament e com as informações dos aeroportos mais próximos, os auxílios de navegação, os
limit es do espaço aéreo, lagos e lit orais. Enquant o a página padrão NAV é orient ada com base no
percurso atual do GPS, a página MAP é orientada em relação ao norte verdadeiro.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 13


A página MAP oferece até 20 configurações na escala de ZOOM, variando de 500 pés a 500
milhas náut icas. Assim como na página padrão NAV, o GPS poderá indicar no lado inferior da es-
querda da tela a escala do zoom usada no momento.

Os seguint es símbolos são usados para descrever os vários aeroport os e auxílios à navegação
da opção do “Campo de Visão” no modo MAP:

2.1 - Para selecionar uma escala da página MAP:


1. Pressione a seta superior do botão RNG para diminuir o zoom do mapa.
2. Pressione a seta inferior do botão RNG para aumentar o zoom do mapa.
2.2 - Apresentação Rápida do Mapa
A série 400W suporta quatro níveis de apresentações no modo MAP (apresentações próprias).
1. Pressione o bot ão CLR moment aneament e para alt erar as apresentações. O nível da apresent a-
ção vai aparecer do lado esquerdo da escala do mapa.
2. Pressione o botão CLR, conforme necessário para selecionar o detalhe no formato desejado.
2.3 - Para Informar Dados na Lateral Direita da Página Mapa
1. Com a página em modo MAP, pressione o botão MENU para exibir o menu de opções.
2. Gire o bot ão grande da direita para nas opções em dest aque e selecione o campo "Dat a Fields
On?”, em seguida pressione o botão ENT.
Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 14
3. Para ret ornar a uma complet a visualização do mapa na t ela, siga os passos 1 e 2, mas selecione
o campo "Data Fields Off?".
2.4 - Para selecionar informações diferentes no campo MAP
1. Com a página em modo MAP, pressione o botão MENU para exibir o menu de opções.
2. Gire o botão grande da direita para destacar a opção "Change Fields?” e pressione o botão ENT.
3. Novament e, gire o bot ão gran-
de da direita para mudar os
dados com cert a relevância. Os
dados padrões e selecionáveis
são:
DKT.
DIS.
GS.
ETE.

4. Gire o bot ão pequeno da direita para que sej a exibida uma list a de it ens de dados disponíveis.
Continue girando o bot ão grande da direit a para selecionar o it em dos dados desej ados até que
apareça a modificação desejada.
5. Pressione o bot ão ENT para selecionar o t ipo de informação desejado, após retorne à página no
modo MAP.
6. Pressione o botão pequeno da direita para remover o cursor da página.
3 - Grupo NAV – Páginas NAVCOM e TERRAIN (detalhado)
3.1 – Página NAVCOM
A página NAVCOM fornece uma list a completa de informações de auxílios a comunicações do
aeroporto de partida, as freqüências de navegação, a rota a ser voada e o aeroporto de chegada.

3.1.1 - Para selecionar uma freqüência da lista na partida, em Rota ou Aeroporto de Chegada
1. Pressione o botão central da direita para ativar o cursor.
2. Gire o bot ão grande da direita para colocar o cursor sobre o campo ident ificador do aeroport o
(linha superior da página).
Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 15
3. Gire o botão pequeno da direita para selecionar o aeroporto desejado e pressione no botão ENT.

3.1.2 - Para percorrer a lista de freqüências


1. Ative o cursor, se já não estiver ativo, pressionando o botão central da direita.
2. Gire o bot ão grande da direita para mover o cursor at ravés da list a de freqüências. Se houver
mais freqüências na lista do que pode ser exibido na tela, uma barra de rolagem (no lado direito
da tela) irá indicar qual parte da lista está sendo exibido atualmente.

3.1.3 - Ajuste automático de Freqüência na Página NAVCOM


1. No GNS 430 dest aque a freqüência desej ada deslocando o cursor at ravés da list a de freqüências,
como descrito no procedimento anterior.
2. Coloque a freqüência na área de espera da j anela COM ou VLOC. Selecione a freqüência desej a-
da e pressione o botão ENT.

3.2 - Página TERRAIN


Para exibir a página TERRAIN, vá para a página NAV e gire o bot ão pequeno da direita at é a
página TERRAIN ser exibida.
2º item da página NAV

A página exibe as informações de terreno, pista(s) de pouso(s) com altitude MSL. As altitudes
são most radas com increment os de 20 em 20 pés ou em increment os de 10 em 10 met ros, depen-
dendo da configuração. A let ra "G", à direit a da t ela de alt it ude MSL aparece para lembrar que a
informação de altitude é derivada do GPS.
Para unidades com TAWS, refira-se ao modelo da série 400W, providos de visores opcionais
(P/N 190-00356-30).
3.2.1 - Para inibir a informação TERRAIN

1. Vá para a página TERRAIN e pressione o bot ão MENU. A função "Inhibit Terrain?" j á aparecerá
selecionada por padrão.

2. Pressione o botão ENT. O sist ema TERRAIN será inibido. O anúncio sempre será exibi-
do quando o anunciador TERRAIN estiver inibido.

Cor e Simbologia do TERRAIN

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 16


***** INFORMAÇÕES DE AEROPORTOS *****
Visualizando informações de Aeroportos
1. De uma página qualquer pressione e mant enha pressionado o bot ão CLR (cerca de 2 segundos)
para exibir a página padrão NAV (ignore est a et apa se j á est iver qualquer uma das páginas prin-
cipais do GPS).
2. Gire o bot ão grande da direita para selecionar a página WPT. Aparecerá a função WPT na part e
inferior direito da tela do LCD.
3. Gire o bot ão pequeno da direit a at é a subpágina APT (1ª página do WPT). Aparecerão ent ão as
seis principais informações do aeroporto onde seu avião está:
O código ICAO do aeroport o e sua nat ureza de operação
(Pública ou Privada);
Suas facilidades, cidade e região;
A informação das cabeceiras de pista;
Comprimento e largura da pista de pouso;
A freqüência VHF em uso no aeroporto;
As informações complementares.
4. Pressione o botão central da direita para ativar o cursor.
5. Use o botão grande e pequeno da direita para entrar com o código ICAO do aeroporto desejado.
6. Uma vez inserido o código ICAO, pressione o bot ão ENT para aceit ar o ICAO selecionado. As in-
formações do aeroporto em questão irão aparecer na tela.
7. Para ver qualquer out ra página de informação de aeroport o, pressione o bot ão pequeno da di-
reita. Para remover o cursor, novament e pressione o bot ão cent ral da direit a, em seguida, gire
o botão pequeno da direita para selecionar outra página desejada.
Visualizar facilidades e informações do aeroportos por Nome ou Cidade
1. Selecione o aeroporto na página WPT.
2. Pressione o botão central da direita para ativar o cursor na tela.
3. Gire o bot ão grande da direita para pôr em destaque o nome do aeroport o, sua cidade ou país
de sua localização.
4. Use os bot ões grande e pequeno da direita para introduzir
o código ICAO do aeroport o, o nome da cidade ou o nome
do país desejado. Após o início da inserção dos dados, a
função “ Spell'N'Find” irá t ent ar localizar o nome do aero-
port o desej ado, baseado nas informações do banco de
dados interno.
5. Uma vez que um nome est ej a inserido, pressione o bot ão
ENT para aceit ar o aeroport o selecionado. A informação
do aeroporto irá aparecer na página.
6. Para ver qualquer out ra página de informação de aeroport o, pressione o bot ão central da direi-
t a para remover o cursor, em seguida, gire o botão pequeno da direita para selecionar outra pá-
gina desejada.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 17


Auto seleção de uma freqüência a partir de uma lista de freqüências

O GNS 430 possui um recurso aut omát ico de aj ust e que permit e selecionar rapidament e qual-
quer freqüência contida no banco de dados e exibir est a nova freqüência na página de “freqüência
em espera” com um mínimo de t oques nos bot ões. Qualquer das freqüências list adas na página de
freqüências de aeroporto pode ser transferida para a área de espera da janela COM ou VLOC. O GPS
430 nos permite visualizar uma lista de freqüência e percorrê-la girando o botão grande da direita.

1. Selecione a página de freqüência de aeroporto na página WPT.


2. Pressione o bot ão central da direita para pôr em dest aque
o cursor em APT. Navegue com o bot ão pequeno da direit a
até o campo ident ificador do aeroport o ou use os bot ões
grande e pequeno da direita para inserir o código ICAO do
aeroport o desej ado. Pressione o bot ão ENT quando encon-
trar o aeroporto desejado.
3. Gire o bot ão grande da direita para pôr em dest aque a fre-
qüência desejada.
4. Pressione o bot ão ENT para deslocar esta freqüência para a
área em espera da janela COM ou VLOC.
5. Para at ivar a freqüência selecionada, pressione os botões VLOC ou COM ou o bot ão cent ral da
esquerda, da forma que lhe for mais conveniente.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 18


***** NAVEGAÇÃO DIRECT-TO *****
Para selecionar um destino a partir do botão DIRECT-TO
1. Pressione o botão . A página aparecerá, com o campo ident ificador de
fixo em destaque e o cursor piscando.
2. Use os botões grande e pequeno da direita para entrar com o código ICAO do fixo desejado.
3. Pressione o bot ão ENT para confirmar o fixo selecionado. Pressione novament e o bot ão ENT pa-
ra ativar a função “ Direct-To”.
Para selecionar um destino DIRECT-TO na Página de Mapa
1. Selecione a página MAP a partir da página principal.
2. Pressione o botão pequeno da direita para ver no visor um ponto do planejamento.
3. Gire os botões grande da direita para colocar o cursor deslizante no local de destino desejado.
4. Se o pont eiro do planej ament o for colocado em um aeroport o j á exist ent e ou auxílio à navega-
ção de um fixo, o nome do fixo será realçado. Pressione o botão , em seguida, pressione o
botão ENT (2 vezes) para navegar em destino a este fixo.
5. Se o pont eiro do planej ament o for colocado em um local abert o, pressione o bot ão , em se-
guida, pressione o bot ão ENT (2 vezes) para criar um novo fixo no local do pont eiro, e navegar
até ele.
Para selecionar um destino pelo DIRECT-TO e escolher pelo nome ou cidade
1. Pressione o bot ão . A página aparecerá, com o campo ident ificador de
fixo em destaque e o cursor piscando.
2. Gire o bot ão grande da direit a para pôr em dest aque o campo no nome da facilidade (2ª linha)
ou a cidade (3ª linha).
3. Use o bot ão pequeno da direit a para criar o nome da facilidade ou da cidade no campo desej a-
do. Após o início da inserção dos dados, a função “ Spell'N'Find” irá t ent ar localizar o nome do
aeroporto ou facilidade desejado, baseado nas informações do banco de dados interno.
4. Cont inue girando o bot ão pequeno da direit a para percorrer t odas as list as adicionais do banco
de dados at é o nome da facilidade ou cidade aparecer. Você t ambém pode ret ornar para t rás, o
botão pequeno da direita, caso você passe do fixo desejado.
5. Pressione o bot ão ENT para confirmar o fixo selecionado. Pressione novamente o bot ão ENT no-
vamente para ativar a função “Direct-To”.
Para Selecionar um Aeroporto ou um Fixo como Destino
1. Pressione o botão . A página aparecerá,
com o campo identificador do fixo em destaque.
2. Gire o bot ão grande da direita para pôr em destaque o aeropor-
to mais próximo (NRST) ou plano de vôo (campo FPL).
3. Gire o bot ão pequeno da direita para exibir uma pequena j anela
que list a os aeroport os próximos, ou t odos os fixos no plano de
vôo ativo.
4. Continue girando o bot ão pequeno da direita para percorrer a
lista e pôr em destaque o fixo desejado.
5. Pressione o bot ão ENT para confirmar o fixo selecionado. Pres-
sione novamente o botão ENT para ativar a função “Direct-To” .
Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 19
***** AEROPORTOS MAIS PRÓXIMOS *****
Para ver a lista dos aeroportos mais próximos
1. De qualquer página, pressione e mantenha pressionado o botão
CLR (por uns 2 segundos) para selecionar a página padrão NAV.
Você pode pular est e passo se já estiver em qualquer uma das
páginas principais.
2. Gire o bot ão grande da direita para selecionar a página NRST.
"NRST" aparecerá no canto inferior direito da tela.
3. Caso sej a necessário, gire o bot ão pequeno da direita para se-
lecionar, na página NRST o aeroporto mais próximo.
Para percorrer a lista de aeroportos mais próximos
1. Na página NRST, pressione o botão central da direita para ativar o cursor.
2. Gire o botão grande da direita para percorrer a list a. A barra de rolagem ao longo do lado direi-
to da página irá indicar qual parte da lista está sendo exibida.
3. Para remover o cursor (piscando), pressione o botão central da direita.
Para ver informações adicionais para um aeroporto próximo
1. Realce o ident ificador do aeroport o desej ado percorrendo a list a, como descrit o no procedi-
mento acima.
2. Pressione o botão ENT para mostrar o aeroporto Localização Page para o aeroporto selecionado.
3. Para visualizar as páginas adicionais do WPT para o aeroport o selecionado (incluindo a informa-
ção de pista e a página de freqüências) pressione o botão central da direita para remover o cur-
sor. Gire o bot ão direit o pequeno para most rar as páginas adicionais do WPT. Quando t erminar,
pressione novamente o botão central da direita para retornar o cursor na tela.
4. Para volt ar à página NRST (aeroportos mais próximos), selecione a função "Done?" e pressione o
botão ENT (ou pressione o botão CLR).

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 20


***** PLANO DE VÔO *****
Como criar um Plano de Vôo
1. Pressione o bot ão FPL e gire o bot ão pequeno da direit a para
mostrar o “ Flight Plan Catalog” .
2. Pressione o bot ão MENU para exibir as opções do cat álogo de
plano de vôo.
3. Gire o bot ão grande da direit a para navegar no dest aque e sele-
cione “Create New Flight Plan?”. Então pressione o botão ENT.
4. Uma página em branco de plano de vôo vazio será exibida para
iniciar o armazenament o das informações de um novo plano de
vôo. Use os bot ões grandes e pequenos da direita para inserir os
dados do Fixo do local de partida, após pressione o botão ENT.
5. Repit a o passo acima para ent rar com as informações de cada
fixo adicionado à rota do novo plano de vôo. Repit a quantas
vezes for necessário até o término do planejamento.
6. Uma vez que todos os fixos forem inseridos e identificados cor-
retamente, pressione o botão pequeno da direita para retornar
ao “ Flight Plan Cat alog”. Esse plano j á est ará salvo aut omat i-
camente no sistema.
7. Para iniciar o vôo a part ir desse novo plano de vôo criado, se-
lecione a função “Activate Fligh Plan?”, clicando no botão ENT.

Como ativar um Plano de Vôo já criado


1. Pressione o bot ão FPL e gire o bot ão pequeno da direita para
mostrar a opção “Flight Plan Catalog”.
2. Pressione o botão central da direita para ativar o cursor.
3. Gire o bot ão grande da direita para dest acar o plano de vôo de-
sejado. Pressione o bot ão MENU para exibir a opção “ Flight Op-
tions Plan” .
4. Gire o bot ão grande da direita e navegue at é a opção "Activa-
te Flight Plan?" e pressione o botão ENT.

Como Apagar um Planejamento de Vôo


1. Pressione o bot ão FPL. A página “ Act ive Flight Plan” irá apare-
cer.
2. Pressione o botão MENU para ver a opção “Active Flight Plan”.
3. Gire o bot ão grande da direit a para pôr em destaque a opção
"Delete Flight Plan?" e pressione o botão “ENT”.
4. Agora pressione o botão ENT para confirmar a ação.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 21


Como Editar um Plano de Vôo ou Inserir um Fixo no Plano Existente
1. Pressione o botão FPL e gire o botão pequeno da direita para exibir o “ Cathalog Flight Plan” .
2. Pressione o botão central da direita para ativar o cursor.
3. Gire o bot ão grande da direita para dest acar o plano de vôo pret endido e pressione o bot ão
ENT.
4. Para adicionar um fixo no meio de seu plano de vôo (ant eriorment e criado) gire o bot ão grande
da direita navegando at é o pont o onde você desej a adicionar o novo fixo. Se um fixo estiver em
destaque, o novo fixo sempre será colocado à frent e deste fixo. Ut ilize os bot ões grande e pe-
queno da direita para inserir o código ICAO desse novo fixo. Após, pressione o botão ENT.
Como Apagar um Fixo Existente em um Plano de Vôo
1. Selecione o plano de vôo que você desej a apagar o fixo. Desconsidere se j á est iver voando por
ele.
2. Pressione o botão central da direita para ativar o cursor.
3. Gire o bot ão grande da direit a para selecionar o fixo que vo-
cê deseja apagar.
4. Pressione o bot ão CLR. A seguint e mensagem será exibida:
“ Remove Waypoint ” , com uma j anela de confirmação do
nome do fixo seguido das respostas “Yes? or No?”.
5. Coloque em dest aque a respost a “ Yes” e pressione o botão
ENT para confirmar a remoção do fixo.
6. Depois que t odas as alt erações foram feit as, pressione o pequeno bot ão direit o para ret ornar ao
Catálogo plano de vôo.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 22


***** APROXIMAÇÃO *****
Como Selecionar uma Aproximação
Com vist a a escolher um melhor método de aproximação e pouso, você deve primeiro ter um
plano de vôo at ivo e est ar voando nele e t erminando esse vôo em um aeroport o com procedimento
de aproximação por instrumento publicado e válido.

1. Pressione o bot ão PROC para most rar a página de Procedi-


mentos.
2. Gire o bot ão grande da direita para pôr em destaque a fun-
ção "Select Approach?” . Após, pressione o botão ENT.

3. Uma j anela será exibida list ando os procediment os disponí-


veis do aeroport o em quest ão. Gire o bot ão grande da di-
reita para pôr em dest aque o procediment o pret endido,
após, pressione o botão ENT.

4. Uma segunda j anela aparecerá list ando as t ransições dispo-


níveis. Gire o botão grande da direita para dest acar o fixo
desejado na transição, após, pressione o bot ão ENT. A a-
proximação pela opção t ipo “ vetores" pressupõe que você
receberá vet ores para o segment o final no curso de apro-
ximação que proporcionará uma navegação e orientação
em relação ao curso de aproximação final.

5. Gire o bot ão grande da direita para pôr em dest aque a opção "Load?" ou "Activate?". Após, pres-
sione o botão ENT.
Opção “Load?" Irá adicionar o procediment o ao plano de vôo sem usá-lo de imediato em
sua navegação. Isso permit e a você cont inuar a navegar no plano de vôo original, mas man-
t endo o procediment o disponível na página “ Act ive Flight Plan” para at ivação rápida quando
for o momento necessário.
Opção "Activate? "substitui a função "En Route" de seu plano de vôo, seguindo diretamen-
te para a função “Approach”, ou seja, alterna entre o vôo atual para o curso de aproximação
escolhida.

6. Para as aproximações não aprovada por GPS, uma j anela de


aviso será exibida indicando que a orient ação do GPS numa a-
proximação é est rit ament e para o acompanhament o da apro-
ximação, usando o recept or VLOC e CDI ext erno (ou HSI) para
navegação primária. Para confirmar est e lembret e, selecione
"Yes?" e pressione o botão ENT.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 23


Nem t odas as aproximações cont idas no banco de dados da unidade são aprovadas para uso
no GPS. Conforme você seleciona uma aproximação, uma designação " " (à direit a do nome do
procedimento) indica ou não se o procediment o pode ser voado usando o recept or GPS. Alguns pro-
cediment os não t erão essa denominação, o que significa que o recept or GPS pode ser ut ilizado a-
penas para complementar a navegação por orientação, e só. Se o receptor GPS não puder ser usado
para uma orient ação primária, você deve usar o recept or adequado para uma aproximação escolhi-
da (por exemplo, VOR ou ADF). O segmento final do curso de aproximações ILS, por exemplo, deve-
rá ser feit a por meio do aj ust e do recept or VLOC com a freqüência adequada e acoplament o do
receptor VLOC ao CDI externo (ou HSI).
A aproximação escolhida pode ser at ivada ou carregada. Carrega-se uma aproximação adi-
ciona um procediment o ao plano de vôo sem usá-lo de imediato para a navegação por orient ação.
Você poderá cont inuar navegando no plano de vôo original, mas o procediment o só estará disponí-
vel para at ivação rápida, quando for necessário. At ivar a aproximação substitui o vôo "e rota" ou
part e do plano de vôo at ivo, indo diret ament e para o procediment o de "aproximação". At ivando a
aproximação t ambém inicia a transição e o dimensionament o aut omát ico do CDI como a aproxima-
ção.
Em muit os casos, pode ser muito mais fácil e melhor "carregar" a aproximação completa ain-
da a algumas dist âncias, em rot a, do aeroport o de dest ino. Mais t arde, para o caso de vet or final,
utilize os passos selecionando "Act ivat ing an Approach wit h Vect ors-To-Final", o que t orna o curso
de ent rada para o fixo FAF at ivo. Caso cont rário, at ive a aproximação complet a usando a opção
"Activate Approach?".
Como Ativar uma Aproximação
1. Com uma aproximação já selecionada no plano de vôo ativo, pressione o botão PROC para exibir
a Página de Procedimentos.
2. Gire o botão grande da direita para pôr em destaque a opção "Activate Approach?”.
3. Pressione o botão ENT.
Ativando uma Aproximação com Vetor Para Final
A opção "Act ivat e Vect ors-To-Final?" permit e at ivar o seg-
mento final do curso de aproximação. Esta opção pressupõe
que você receberá vet ores para o curso de aproximação
final e orient a-o para int ercept ar o curso final, ant es de
chegar ao FAF.
1. Com uma aproximação carregada no plano de vôo at ivo,
pressione o bot ão PROC para exibir a Página de Proce-
dimentos.
2. Gire o bot ão grande da direita para por em dest aque o
campo "Activate Vectors-To-Final?".
3. Pressione o botão ENT para ativar o Vetor para a Final.
Voando em aproximação
Devido à uma grande variedade de procedimentos de aproximação disponíveis, as medidas específi-
cas exigidas variam de acordo com a aproximação escolhida. Mant enha as seguint es diret rizes em
mente voando enquanto em aproximação para pouso:

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 24


A unidade GNS 430 Serie foi projetado para complement ar a aproximação e melhorar a consci-
ência sit uacional em t odas as fases de uma aproximação. No ent ant o, você sempre deve fazer
uma aproximação da mesma forma como ele aparece no procedimento de aproximação.

Você normalment e você irá selecionar o aeroport o de des-


t ino como o últ imo fixo no plano de vôo at ivo ou quando
usando o botão . Isso garant e que o último fixo seja, au-
tomaticamente, o fixo de escolha baseada na função "Se-
lect Approach?", na página de procedimentos. (Caso contrá-
rio, você deve primeiro escolher o aeroport o, após o pro-
cedimento de aproximação).

No GNS 430, quando uma aproximação for carregada baseada em um localizador (como uma a-
proximação ILS), a freqüência desej ada é aut omat icament e colocada em espera na j anela
VLOC. Para ativar esta freqüência, pressione os botões COM ou VLOC.
No GNS 430, se o receptor VLOC for utilizado para uma aproximação, não se esqueça de desligar
o CDI externo (ou HSI) para o "VLOC" pressionando a tecla CDI. (a mensagem VLOC aparecerá di-
retamente acima da tecla CDI).
No GNS 430, quando uma aproximação estiver em uma aproximação ILS selecionado pelo pontei-
ro do CDI, em "Auto", é previsto a comut ação aut omát ica para "VLOC" para a int ercept ação do
curso de aproximação final. Quando a aproximação ILS est iver ativada (com freqüência at iva na
j anela VLOC), o GNS 430 irá alt ernar aut omat icament e dent ro de 1,2 NM para a esquerda ou di-
reit a do curso de aproximação. Est a opção pode ocorrer em qualquer lugar entre 2 a 15 NM do
FAF. O interruptor corre gradualmente para evitar mudanças bruscas no CDI. Isso não ocorre au-
t omat icament e quando usando o pilot o aut omát ico “ King KAP140/KFC225” , onde a seleção au-
tomática de CDI e ILS não são permitidas.
Como um vôo progride a cada fixo ult rapassado, sempre aparecerá uma mensagem de alert a de
fixo no canto inferior direito da tela (por exemplo, "Next DTK # # # ° in x sec").
Quando você t iver que começar uma mudança de curso (at ravés de uma curva padrão), sempre
aparecerá uma mensagem de alert a de curva padrão no cant o inferior direit o da t ela (por e-
xemplo, "Left to # # # ° in x sec").

Em aproximações baseadas em informações GPS, a unidade aut ônoma e receptora de monit o-


rament o de int egridade de sat élit e (RAIM) vai monit orar as condições dos sinais de satélit e e a-
lertá-lo (anunciador "INTEG") com uma informação no cant o inferior esquerdo da t ela, caso os
limites de proteção não possam ser mantidos. Se isso ocorrer, o receptor GPS não deve ser utili-
zado para a orient ação principal de navegação. Revert er para uma font e alt ernat iva de navega-
ção, como um VOR 430 GNS's / receptor localizador ou selecione o aeroport o de alt ernat iva. A-
proximações LPV, LNAV + V, e L/ VNAV vão fazer uma at ualização para LNAV se a int egridade do
GPS não puderem ser sat isfeit as. Não há necessidade de mudar a orient ação dos equipamentos
de navegação GPS, a menos que o LNAV seja insuficiente ou degradar a integridade adicional.
Dent ro de 31 NM do aeroport o de dest ino, a escala de t ransição do CDI será de 2 NM (modo de
rot a, ou "ENR") a 1 NM (modo t erminal, ou "TERM"). Por out ro lado, ao deixar o aeroport o de
partida, a escala de t ransição do CDI terá entre 1 e 2 NM quando a 30 NM fora. Aproximações
baseadas em GPS vão t er uma segunda t ransição, quando dent ro de 2 NM da correção de apro-

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 25


ximação final e a escala de 1 NM no ângulo de deflexão da escala complet a no modo “ aproach”
(ou "LNAV, L / VNAV, LNAV + V, ou LPV).

A mensagem "Left t o xxx° in x sec" ou "Right t o xxx° in x seg" poderá aparecerá no cant o inferi-
or direit o da t ela para lembrá-lo a iniciar uma curva de procediment o (caso você ainda não t e-
nha iniciado a curva de procediment o). A curva de procediment o será exibida na página padrão
NAV e na página MAP, mas a orientação será através da curva em si, que não será exibida, exce-
to através da indicação de rolamento dos equipamentos dos pilotos automáticos.
Um alerta de ent rada padrão adequado a uma órbit a (por exemplo, "Hold Direct" ou ent rada
direta) sempre será exibida no cant o inferior direit o da t ela. O seqüenciamento de fixos será
automat icament e suspenso (indicado pela mensagem "SUSP", acima do bot ão OBS) com o fixo
em execução. Pressione novament e o bot ão OBS para ret ornar ao seqüenciament o aut omát ico
de fixos. Para um curso reverso, o seqüenciamento do fixo será suspenso pela órbit a padrão a-
penas (depois da qual ele irá retornar ao seqüenciamento automático de fixos).
O CDI irá guiá-lo at ravés de um arco DME. Bast a mant er a agulha cent ralizada e voar ao longo
do arco.
Caso você cruze o ponto de aproximação perdida (MAP), a mensagem "SUSP" aparecerá acima do
botão OBS, indicando que o seqüenciament o aut omát ico de fixos est á suspenso no pont o de a-
proximação perdida, e uma indicação FROM aparecerá no CDI (ou HSI).

1. Após cruzar o pont o de aproximação perdida, pressione o


botão OBS e o próximo pont o da aproximação será automati-
camente oferecido como o fixo de destino.

2. Siga o procediment o de aproximação perdida, conforme pu-


blicado no seu planejamento de aproximação, a fim de espe-
rar pela posição correta e ângulo de descida e pouso.

3. Uma mensagem de alert a no cant o inferior direit o da t ela irá


recomendar o procedimento correto de ent rada padrão em
órbita (ist o é, "Hold direct ", "Hold parallel" ou "Hold tear-
drop"). Quando você for fazer o t ipo de ent rada, um cronô-
met ro aparecerá na página padrão NAV. O t emporizador re-
define aut omat icament e o lado da saída da perna ou quando
você est iver no t ravés do fixo da espera. O t imer redefinirá
novamente a forma de ent rada em órbit a (dent ro de aproxi-
madament e 30° do curso da ent rada). Isso permit e a você
usar o t empo padrão (geralmente 1 minut o) para fazer as
pernas de entrada e saída da órbita.

4. A unidade vai oferecer o curso de orientação apenas para uma entrada em órbita padrão, porém
serão fornecidas orient ações ao longo de um procediment o em t odos os tipos de ent rada em ór-
bit a, at ravés da indicação de rolament o dos equipament os dos pilot os aut omát icos. Ao sair de
uma órbit a padrão, se for necessário refazer a mesma aproximação (ou out ra aproximação),
pressione o bot ão PROC para escolher ent re "Select Approach?" ou "Activate Approach?", Como
descrito anteriormente. (Ou, use o botão para selecionar outro destino).

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 26


ANÚNCIO DESCRIÇÃO

Desempenho com orientação vertical de uma aproximação baseada em um Localizador (LPV) (des-
LPV locamento para um mínimo LPV). Um fundo amarelo indica que o método é seguro para continuar,
mas uma atualização do LNAV pode ocorrer.

LP LP indica o desempenho de um Localizador com qualquer orientação vertical.

L/VNAV Navegação Lateral e Navegação Vertical (aproximação LNAV/VNAV) (mínimos LNAV/VNAV).

Orientação consultiva de navegação vertical de não-precisão GPS – Observe que algumas aproxima-
ções LNAV/ VNAV ainda não estão marcadas no banco de dados como tal, irá aparecer como LNAV +
LNAV + V
V. Se o gráfico mostrar como uma aproximação LNAV/ VNAV, ele poderá ser elevado a mínimos
LNAV/VNAV.

LNAV Navegação de Aproximação Lateral. Voar para os mínimos LNAV.

Aproximação Perdida - Indica que o fornecimento do sistema falta integridade de aproximação no


MAPR CDI na totalidade da escala ± 0,3 NM.

Em Rota – A totalidade da escala do CDI é de 2 NM ou menor que a escala atual do CDI, o que for
ENR menor.

TERM Terminal – A totalidade da escala do CDI é de 1 NM ou menor que a escala atual do CDI, o que for
menor.

DPRT Partida - Indica que o sistema está usando em sua integridade uma aproximação de não precisão.
HAL = 0,3 e a escala da totalidade do CDI é de 0,3 NM.

OCN Oceânico – Escala de totalidade de CDI de 2 NM.

LOW ALT Para aproximação LNAV + V, LNAV / VNAV ou LPV – Anúncio de baixa altitude estimada da aeronave
(Janela inferior a altura final do fixo de aproximação (VPL + 50 metros). Esta anunciação não estará ativa
inferior) quando houver equipamento TAWS ou TERRAIN operacional.

***** O QUE HÁ DE NOVO NA SÉRIE 400W E 500W *****


Os navegadores da série 400W/ 500W com WAAS embut idos, agora oferecem muit as melhori-
as em relação aos modelos ant eriores não WAAS. Os avanços incluem novas antenas WAAS habilit a-
das no GPS e receptores com programas associados. O sist ema da série 400W/ 500W cumprem a
norma “ WAAS TSO C146a” e t ambém incluem uma significativa at ualização de hardware com um
novo processament o muit o mais rápido. O banco de dados de t erreno incluído como uma caract e-
ríst ica normal, agora oferece ainda mais det alhes no mapa. O sist ema WAAS, agora permit e que
você use o aparelho da série 400W/ 500W para sua navegação principal e ut ilizar o GPS com orien-
t ação vert ical para LPV, L / VNAV e LNAV + V Approach. Aproximações de não-precisão são enunci-
adas como aproximações LNAV.

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 27


Em breve: Atualizações do Banco de dados:

Garmin GNS 400 / 430 / 500 / 530


Avidyne EX500 / EX5000
Garmin G1000
ProLine 21

Traduzido por: Fred Mesquita - fredfvm@gmail.com 28