Você está na página 1de 83

Motores de Combustão Interna

Pacto Pedagógico
Vamos Evitar
Avaliações

AVALIAÇÃO
2 provas de 33,00 pts e 1 prova de 34,00 pts

Prova Suplementar - Somente para quem


perdeu 1 prova – matéria toda
Relevância - Econômica
35% - A cada R$ 100 apenas
R$ 35 são convertidos em
propulsão.
No Brasil em 2014 (ANP)

44,3 mil m3 de gasolina

11,7 mil m3 de etanol


Relevância - Ambiental
1 bilhão de veículos hoje
1,3 bilhão em 2030
2 bilhões em 2050

70 % das emissões globais


de CO
19 % das emissões globais
de CO2
Solução: desenvolvimento de tecnologia

Chevette 80 Corsa 2000 GOLF TSI 2016


Cilindrada 1.4 1.4 1.4
Potencia (cv) 69 105 140
Taxa de compressão 7,3:1 12,4:1 10,5:1 (turbo)
Consumo urbano 9,5 km/l 9,0 km/l 11,0 km/l
Definições Básicas

• Motor: máquina que transforma uma forma


de energia em outra.
• Máquina Térmica: motor que transforma
energia térmica em energia mecânica
• Motor de Combustão Externa – MCE
• Motor de Combustão Interna - MCI
Definições Básicas

• Motor: máquina que transforma uma forma


de energia em outra.
• Máquina Térmica: motor que transforma
energia térmica em energia mecânica
• Motor de Combustão Externa – MCE
• Motor de Combustão Interna - MCI
MCI vs MCE
Motor de Combustão Externa
Motor de Combustão Interna
MCI - Alternativo
MCI - Rotativo
Motor Wankel
Spark Ingition Engine/Otto Engine
Rodar aplicativo Otto
Ordem de Ignição

A ordem de ignição (firing order) determina a sequência na


qual ocorrerá a ignição dos cilindros.
Ordem de Ignição
4 Cilindros – Ordem de Ignição 1342
Ângulo do
Virabrequim CILINDROS
1 2 3 4
0 Trabalho Exaustão Compressão Admissão
180 Exaustão Admissão Trabalho Compressão
360 Admissão Compressão Exaustão Trabalho
540 Compressão Trabalho Admissão Exaustão
720/0 Idem 0 Idem 0 Idem 0 Idem 0

6 Cilindros – 153624

8 Cilindros - 15426378
Deslocamento Volumétrico

PMS/TDC
Curso (S)
PMI/BDC

𝐷2
𝑉𝑑 = 𝜋 ×𝑆 × # 𝑑𝑒 𝑐𝑖𝑙𝑖𝑛𝑑𝑟𝑜𝑠
4
Razão Volumétrica de Compressão
VCC

PMS/TDC
Vd Curso (S)
PMI/BDC

𝑉𝑜𝑙.𝑚á𝑥 𝑉𝑑 +𝑉𝑐𝑐
𝑟𝑐 = =
𝑉𝑜𝑙.𝑚í𝑛 𝑉𝑐𝑐
Motor de 2 tempos
Motor 2 tempos
Vantagens e Desvantagens do 2T
• Menor complexidade mecânica → menor
número de peças → menor peso → menor
custo.
• Maior potência específica
• Maior consumo específico de combustível
• Maiores níveis de emissões
• Maior nível de ruído
• Pode funcionar em qualquer posição
Ignição por Compressão
Principais Componentes
Pistão
Anéis de Segmento
Anéis de Segmento
• Vedar a câmara de combustão evitando perda de
pressão para o carter;
• Refrigeração do pistão;
• Reduzir as perdas por atrito;
• Lubrificação;
• 1º anel – Vedar a pressão da camara de combustão
• 2º anel – auxiliar a vedação e formar uma fina
camada de óleo
• 3º anel – raspar o excesso de óleo provocando seu
retorno ao carter
Anéis de Segmento
Virabrequim
Volante do motor
• Armazenar energia
cinética.
• Transmitir rotação para
caixa de marchas.
• Em conjunto com o motor
de arranque, realizar a
partida do motor.
• Aperto deve obedecer a
uma sequencia e a um
torque especificado
Bloco do motor
Bloco do motor
• Constituir a cilindrada do motor
• Fixar/alojar os componentes do motor
– Virabrequim, cabeçote, motor de arranque, etc.
• Alojar as galerias de refrigeração
• Ferro fundido / Alumínio
Em linha
V – cilindros opostos
Boxer – cilindros opostos
Radial
W – bugatti Veyron
Cabeçote de Fluxo Cruzado
• Admissão e escape ocorrem em lados opostos
• Maior área disponível para as janelas de
admissão e descarga;
• Menor troca de calor entre os coletores de
admissão e descarga → melhora de
rendimento volumétrico do motor;
• “cross flow”
# de válvulas
# de válvulas
Válvula
Comando de Válvulas
ohc – overhead camshaft
sohc – single overhead camshaft
Dohc – double overhead camshaft
OHV – over head valve
Comando / Tucho / Mola
Tucho Mecânico / Hidráulico
Tucho Mecânico / Hidráulico
Tucho Mecânico / Hidráulico
Vela de ignição
Vela de ignição
O grau térmico de uma vela é identificado por um
número, que indica a capacidade da vela em dissipar
calor, portanto quanto maior o grau térmico da vela,
maior será sua capacidade de dissipar calor. Assim as
velas frias tem grau térmico elevado, enquanto as velas
quentes grau térmico reduzido.
Vela de ignição
Cabeçote com
Fluxo Cruzado
“Cross Flow”
Coletor de Admissão
Coletor de Descarga
Exibir animação do funcionamento de
um motor de 4 tempos
SISTEMA DE ARREFECIMENTO
Video Sistema de arrefecimento
Motor refrigerado a AR
Sistema de Lubrificação
Sistema de Lubrificação
Introdução a Combustão
Introdução
• Combustão: fenômenos físico-químicos
caracterizados por reações de oxidação, onde
são liberadas grandes quantidades de energia
sob a forma de calor
• A combustão ocorre em um meio gasoso
compressível
• Fonte de energia mecânica convertida atraves de
máquinas térmicas (motores e turbinas)
• A combsutão envolve sempre um combustível e
um oxidante
C2 H 5OH  3O2  2CO2  3H 2 O

Estequiometria da Combustão
Gasolina (E0)

C8 H15  11,75O2  8CO2  7,5H 2O

C8 H15  11,75O2  44,18N 2  8CO2  7,5H 2O  44,18N 2

A / Fgas 
ma

N ar  M ar

55,9329 kg
 14,6 ar
mc N gas  M gas 1111 kg gas
Razão A/F
Combustível: A/F(s) [kg/kg]:

Gasolina Pura (E0) 14,7:1

Etanol (E100) 9,0:1

Gasolina Comum (E22) 13,2:1

Diesel 15,2:1

Metanol 6,4:1

Metano (CH4) 17,2:1

Propano (C3H8) 15,6:1

Butano (C4H10) 15,4:1

Hidrogênio 34,0:1
Propriedades dos Combustíveis

Poder Calorífico Inferior (LHV)


Combustível (fase) Fórmula Massa Entalpia de Entalpia de Poder calorífico Poder calorífico

molar, Densidade, ¹ kg/l vaporização, ² J/kg superior, ³ kJ/kg inferior, ³ kJ/kg

kg/kmol

Hidrogênio (g) H2 2,016 — — 141.800 120.000

Monóxido de carbono (g) CO 28,013 — — 10.100 10.100

Metano (g) CH4 16,043 — 509 55.530 50.050

Metanol (l) CH4O 32,042 0,790 1168 22.660 19.920

Etanol (l) C2H6O 46,069 0,790 919 29.670 26.810

Octano (l) C8H18 114,231 0,703 363 47.890 44.430


CnH1,87n
Gasolina (l) 100-110 0,72-0,78 350 47.300 44.000
CnH1,87n
Diesel 170 0,78-0,84 270 46.100 43.200
CnH3,8nN0,1n
Gás natural (g) 18 — — 50.000 45.000
Fator λ
𝐴
𝐹 𝑟
𝜆=
𝐴
𝐹 𝑠

• λ >1 mistura pobre


• λ =1 mistura
estequiométrica
• λ <1 mistura rica
Port Fuel Injection/PFI
Injeção Indireta
Port Fuel Injection/PFI
Injeção Indireta
Injeção Direta – DI/GDI
Carga homogênea vs estratificada

Estratificada Homogênea
Tipos/Classificação