Você está na página 1de 23

BOBÃO QUE NÃO PEGA MULHER

(Comigo é tiro, porrada e bomba -Dark Side)

Porque você não tem uma namorada, é rejeitado constantemente, leva toco, toma bolo e não pega
ninguém?

Leia tudo e se você se identificar... já sabe:

CRIE VERGONHA NA CARA!


A primeira hipótese é que talvez não seja 100% culpa sua:

Talvez o seu sorriso, o seu olhar, a sua rizada, a sua voz e até mesmo o seu perfume dispare alguma
ancora inconsciente na mulher e a lembre de alguém que bateu nela no passado, que talvez tenha
abusado dela ou a ferido fortemente. Você é uma boa pessoa, mas infelizmente pelo histórico dela, você
desperta emoções muito desagradáveis ao ponto dela sentir medo, nojo e desprezo por você, sem nem
mesmo a coitada saber porque.
Simplesmente você não se encaixa no mapa de atração sexual dela e ponto. Não existe química, talvez
você seja realmente muito feio e indesejado aos olhos dela, pode que ela lhe enxergue como uma
aberração de outro planeta de tão monstruoso que parece para ela, você pode ser considerado muito
novo ou muito velho, careca ou cabeludo, magricelo ou barrigudo e pra ela o conjunto do seu biotipo,
sua genética não representa força masculina o suficiente para a deixar excitada sexualmente por você.
Por mais que você domine técnicas e seja habilidoso, com ela nunca passaria de um amigo, como muito.

O problema pode estar com ela. Ela pode ser muito desequilibrada emocional, sexual e socialmente ao
ponto de não estar aberta a ter um relacionamento saudável mínimo com ninguém, ela pode ser auto-
destrutiva, venenosa, anti-social e castradora de homens. Ela pode estar até passando por uma fase
depressiva terrível, uma doença física séria, pode estar com o foco nos estudos/trabalho nessa altura da
vida, faleceu um ente querido, acabou de perder o emprego, está em vias de ser despejada do
apartamento e sua cabeça não tem espaço para mais nada, pode estar apaixonada por outro homem,
pode ser lésbica e a lista vai ao infinito....porque o negócio é com ela mesma e não com você. Não é
culpa sua.

Todas as outras hipóteses a seguir, desconfio que é culpa sua.

Você possui uma energia negra...uma auto-estima desgraçada de fudida, uma víbe de banana perdedor,
passa a imagem de um chorão, vítima, desiludido da vida, um "sem sonhos", possui forte complexo de
culpa repressiva em relação a sexo, sente-se inferior a qualquer pessoa, nasceu para ser pau mandado e
o jeito que você caminha, a maneira com que fala e até a expressão do seu rosto é de um cara triste e
depressivo, o típico perfil de homem bonzinho assexuado. Você é misógeno e frustrado sexualmente,
sempre pronto para odiar e contar piada depreciativas sobre mulheres. Sabe aquele cara que só se
queixa, que só reclama, a pessoa mais triste do mundo, que só guarda rancor e sempre tem uma notícia
ruim para contar? É você.

Você é relaxado com sua higiene, não escovas os dentes (inclusive tem os dentes amarelados e faltando
alguns), seu hálito é de carniça pura (e você é o último a saber), tem pelos nas orelhas e saindo
chumaços de dentro do nariz, suas unhas vivem compridas e sujas, sua roupa é ridícula, velha, rota e
ultrapassada, seus sapatos são sujos, velhos, furados e surrados e você só tem um par. Você é um ser
humano que não sabe o que é ter estilo e identidade visual. Imagine suas cuecas e meias como devem
ser.

Você é mau educado, mau humorado, trata mal o garçom e quando se alimenta parece um homem das
cavernas grosseiro e quando ri parece um porco guinchando e roncando. As mulheres não gostam disso.

Você tem mau hálito

Você tem chulé

Você tem mau cheiro das axilas

Você tem sudorese


Você tem alergia de pele

Você não troca de cueca

Puta que pariu.

Você é pobre, fodido e sem moral social. Mora com a família, não consegue se manter sozinho e ganha
teto, comida e roupa lavada. E fica no espelho repetindo que é alfa, talvez esteja até desempregado ou
talvez trabalhe num serviço de merda que te paga mal pra caralho. Mesmo que todas as atrizes dos
filmes pornôs que você já assistiu e se masturbou quisessem fazer sexo cada uma com você, uma vez
por noite durante o ano inteiro na sua casa, você não poderia porque seus pais te expulsariam de casa,
só pra ter ideia do nível hard de seu fracasso como homem.

Você não tem expectativa nenhuma de ir bem arrumado, com dinheiro no bolso, pegar seu carro e ir até
um bar decente e levar uma mulher bacana para jantar em um restaurante legal e depois irem para o
motel ou seu apartamento, porque isso não existe em sua realidade, você não tem nada disso, nem a
expectativa. Sua logística é zero igual a de um adolescente que vai para a matinê na esperança de beijar
alguma garota, não vai passar disso, isso se tiver sorte.

Se alguma mulher cogita-se namorar com você, quando fosse te encontrar ela teria que se sujeitar faça
frio ou calor, de dia ou de madrugada a andar de busão, teria que comer na lanchonete fora do
shopping porque é mais barato ou fazer lanche no hot-dog da esquina, como você é mesquinho e pão
duro a miséria existencial que tem dentro da sua alma reflete a que tem dentro da sua geladeira, a qual
não dá para alimentar uma pessoa quanto mais duas, sem contar com o cheiro de mofo e a bagunça no
seu apartamento, ela teria que se contentar em ir caminhar na praça, assistir futebol de várzea ou andar
no seu "carro de pobre" que é sua bicicleta ou assistir televisão na sua casa e ela receberia como última
oferta... sexo de baixa qualidade, com o constrangimento de seus pais ouvindo no quarto ao lado. A
perspectiva dela em relação a um homem de sucesso estaria limitada a você, a isso, e ela se sentiria uma
fracassada com o tempo, por estar com um homem assim.

Ela não suportaria ter que viver o estilo de vida chato que você vive, essa rotina repetitiva de ir de casa
pro trabalho de merda e do trabalho de merda pra casa, um homem que vaga pelas ruas e bancos da
praça, sem compromisso com nada de importante no passado, presente ou futuro, as amigas dela não
gostariam de você, sua rede de amizades, caso por milagre tenha amigos é apenas de pessoas sem valor
social nenhum e de grande incompatibilidade com ela, a família dela faz pressão em cima dela porque
nunca apoiariam esse romance bobo, por considerações obvias econômica e de status social.

Total descalibragem em interações, você é assustador com uma aparência de maníaco sexual, um cara
esquisito que fica incomodado, nervoso e com comportamento estranho quando tem mulheres por
perto, isso quando você não passa de um brinquedo submisso nas mãos dos familiares ou quaisquer
homens ou mulheres que interajam com você, demonstrando forte inexperiência sexual e social, se
excedendo em elogios, presentes e declarações de amor sem nem mesmo conhecer a mulher direito.
Sem noção nenhuma em como direcionar uma interação ou como iniciar uma de maneira assertiva,
buscador de aprovação obsessivo, em última instancia demonstra esforço excessivo e quer que a mulher
fique com você por dó, isso quando você não está falando merdas inapropriadas, assuntos
inconvenientes, gargalhadas fora de hora, comentários ferinos e humor negro. Um mal observador dos
sentimentos da mulher, mal ouvinte e tagarela em excesso ou frio e super calado com cara de limão
azedo. Não sabe avançar para o desfecho de um beijo quando é o momento, não tem noção e nem
coragem em como tocar uma mulher, como se isolar com ela a sós e acaba por colocar a si mesmo na
zona de amizade, fazendo mais uma vez papel de idiota.

Você é mestre em dar primeiras impressões extremamente negativas por ser antipático, inseguro, mal
arrumado, bobo socialmente, sem pré-seleção social ou sexual nenhuma e por oferecer demonstração
de estar falido sem dinheiro.

Ou encarna o papel pastelão de homem perfeito super fodão James Bond, que estufa o peito, tranca a
respiração e fala com voz superficial grave de cantor de ópera (por 15 minutos en quanto suas cordas
vocais aguentam) ou a simulação de macaco dançarino, palhaço bobo da corte e se esforça demais para
agradar a mulher fazendo mágicas, contando mentiras mirabolantes, se gabando sem necessidade. Não
oferece espaço para a mulher se expressar e investir na interação, não deixa ela respirar. São tão
ingênuos que não aprendem nunca que números de telefone conseguidos superficialmente, nunca
resultarão em nada sólido mais tarde.

Tem também aqueles que são efeminados, tem linguagem corporal desmunhecada, voz estridente e
esperam que a mulher seja o homem, que ela o aborde, que ela direcione a interação, que ela pague a
bebida, que ela arque com a tensão de interagir com um desconhecido e que por fim que ela o leve para
a cama na casa dela. Esses caras medrosos, sem confiança são os piores de todos, os mais covardes, os
mais bunda-moles. Esses, se levam uma já esperada pequena resistência inicial da mulher, prontamente
desistem no ato porque consideram doloroso ficar e lutar com bom humor, o medo da rejeição está
estampado em suas faces e se sentem pequenos, frágeis e vulneráveis e se o toco for enfático, vão
embora pra casa chorar e amaldiçoar as mulheres.

As mulheres adoram rejeitar homens por puro prazer, por pura vaidade porque elas se veem como o
objeto de prazer. Se você é um Homem de valor aos olhos delas, elas terão um certo cuidado para não
te descartarem tão rapidamente, se você é o Homem com as características citadas no texto acima,
lamento por você.

Ele é extremamente pessimista e depressivo, vive afirmando que na cidade dele ou no país ou na
faculdade dele ou no trabalho dele as mulheres são metidas, inalcançáveis e muito mais difíceis do que
em outros locais do Brasil e do mundo e se ao menos ele mora-se em outro ponto geográfico do planeta
as coisas seriam mais fáceis para ele ou pelo menos se ele fosse rico e bonito dae sim ele teria alguma
"chance" onde mora.
Se esse cara fosse um índio ele afirmaria que na aldeia dele as coisas não são fáceis e estaria pensando
seriamente em ir morar no meio dos brancos. Está cego e pronto para matar ou morrer em defesa de
suas crenças limitantes fortemente arraigadas dentro dele e não consegue enxergar que a realidade
imediata em que ele vive é causada por ele e não apenas pelas forças exteriores e assim ele busca toda
mínima evidência que possa abalizar sua crença destrutiva para continuar na mesma de sempre. Tá
viciado no fracasso o coitado.

Quando confrontado como é possível que outros homens tenham sucesso onde ele apenas possui
fracasso e ausência de resultados, ele rapidamente apela para os pensamentos comuns pregados pela
mídia, religião e cultura de que é porque os outros homens são muito mais bonitos, jovens, ricos ou
famosos do que ele. Pronto, ele tem uma resposta em piloto automático e sob medida onde existirão
outros milhões de fracassados dispostos em concordarem com ele. As ovelhas se identificam e ele se
sentirá validado por seus iguais.

Esse homem é medroso com as mulheres e sofre verdadeiro pavor em ser rejeitado, sua auto-estima é
frágil e sua ansiedade de aproximação é gigante e ele não pode sequer cogitar a possibilidade de levar
um fora e isso se agrava se tiverem expectadores por perto que poderiam zombar dele mais tarde, ele
pode bancar o machão com a família e até mesmo enfrentar a polícia ou um bandido se for preciso mas
ser gentil e assertivo com uma mulher desconhecida e colocar as cartas na mesa de que a quer conhecer
romântica e sexualmente isso ele não pode fazer. Não possui bolas para tal.

Esse homem é um auto-sabotador profissional. É um expert em desculpas na ponta da língua do porque


é um "bosta" na vida real e não consegue sequer abordar ou beijar uma mulher e quanto mais ter sexo,
mesmo que uma aventura de uma noite com uma mulher mediana ou de aparência "aceitável". Ele
mesmo é muito orgulhoso e não se trata como um fracassado perante os outros, se apresenta mais
como uma vítima, um injustiçado, um incompreendido e as mulheres são as vilãs, as piranhas, as
malvadas. (Misogeno em potencial detectad)

Esse cara é aquele que se você sair com ele, espere muito papo dele ensinando técnicas de sedução, te
dando dicas uma atrás da outra e citando livros e gurus de Pua sem parar... MAS você dificilmente o
verá em ação na balada/shopping/calçadão da praia porque NUNCA tem mulheres tops, NUNCA tem
mulheres a altura dele e por isso ele não aborda. Pronto, ele tem uma ótima desculpa do porque no
meio de 50, 100 ou 500 pessoas ele não precisa mover a bunda da cadeira pois é que não tem nenhuma
capa de revista pra ele abordar. Coitado, suas inseguridades fedem longe.

Caso você vá ao banheiro ou comprar uma bebida ele vai te perguntar quando você voltar se você viu a
super modelo que ele abordou em sua ausência e pegou o número de telefone e quando você dizer que
não, ele vai te repreender na maior cara de pau e dizer:

-"Pois é, comigo se você não ficar atento vai perder os melhores momentos. Se encontramos outra
deusa por aqui vou "closar" ela para você ver."

Muitos homens quando mais velhos, se vestem como garotões de boné e tiram fotos mostrando o dedo
do meio para passar uma imagem rebelde mas apenas estão queimando a cara demonstrando que não
possuem classe nenhuma. Outros iniciantes no Pu usam chapeuzinhos e frases no facebook como "Sou o
prêmio".

Muitos homens fracassados com as mulheres as atacam de interesseiras/pistoleiras que querem apenas
sua grana e geralmente esse tipo de homem é que aquele que tem um trabalho de merda, ganha pouco,
não tem carro e nem casa própria, nunca viajou para o exterior, anda na pindaíba e ainda mora com os
pais. É fácil jogar toda sua frustração financeira e sexual nas mulheres e POR ISSO que ele não estuda e
não procura evoluir profissionalmente pois os outros só querem "se aproveitar dele..."

Esse cara por ser depressivo geralmente também é relaxado, vive com as unhas compridas e sujas, tem
os dentes cariados, amarelados e um bafo de onça desgraçado, os olhos cheios de ramela, fedor de
sovaco, o cabelo com caspa e fora de corte, usa roupas velhas e rotas geralmente manchadas, roupas
que não prestam nem para dormir ele usa para passear, anda com sapatos da sola furada, meia rasgada
e um chulé insuportável, o coitado parece um mendigo ou cadáver ambulante e "não sabe" porque não
pega mulher. Não estou nem me referindo a mal gosto no estilo, estou falando sobre "relaxamento"
mesmo, na cara dura.

O cara é um vegetal, seu "nick name" é ALFACE.

Repare que no shopping alguns caras no banheiro masculino saem sem lavar as mãos e se o cara que
acabou de passar a mão na bunda ou no pau não tem coragem de lavar a mão, coitado de você quando
for convidado para almoçar na casa dele e ele for o cozinheiro. Higiene desse filho da puta é ZERO.

Mulher percebe tudo isso fácil, fácil e não vai querer um porco desses pondo as mãos no corpinho dela.
Muito menos encostando aquela boca cheia de dentes podres na boquinha delicada e limpa dela.

Geralmente os famosos caras "não pega ninguém" tem a linguagem corporal de vítima, andam
encurvados, são esquisitos, possuem expressão facial de coitado ou é mau encarado para esconder suas
inseguranças. Sofreu tanto bullyng na vida e foi tão mau tratado como saco de pancadas que sua revolta
interior se expressa em sua aparência, são rápidos em fazer piadas sem graça da cara dos outros, falam
besteiras sexuais de qualquer mulher que passe por perto, chamam os amigos de "viados" e "pau no cu"
e são extremamento desagradáveis que nem a família o suporta. Alguns poucos interesseiros o toleram
caso possam usufruir de algum lanche, bebida ou favor que esse anti-sedutor possa oferecer.

Quando não são rudemente agressivos e desagradáveis, eles... os "pega ninguém", são também
"bananas efeminados", homens assexuados que parecem não possuir pênis e sexualizar as interações e
portanto não estimulam reações de atração sexual nas mulheres. São colocados na categoria de amigos
e sofrem por "não entenderem" o porque.

*A comunidade de PU está repleta de homossexuais que por pressão da família e da sociedade acabam
encontrando a comunidade para ver se conseguem resolver seus problemas ou pelo menos conseguir
uma namorada de fachada, outra parcela em 90% como mínimo é de pessoas problemáticas psicológica
e emocionalmente que não conseguem tomar o controle de suas vidas emocionais e sexuais. Por isso
tantos virgens e pessoas inexperientes dando conselhos online e alguns até ganhando dinheiro com isso,
tem alguns membros que possuem em poucos meses a cota de mais de 1.000 mensagens em um único
fórum.

Vida off line ZERO.

O homem típico que não pega mulher também tem o perfil de morar com os pais, eles dão casa,
comida, roupa lavada e isso quando o bebê chorão não ganha também internet, celular e outras
mordomias. Depois ele vai nos fóruns contar o quanto é macho alfa...rsrsrs! Ele não consegue
proporcionar a si mesmo proteção e assistência e por isso não consegue projetar inconscientemente
para as mulheres que seria capaz de fazer o mesmo por elas. Uma mulher não quer um homem que
apenas seja capaz de enfiar o pinto nela e fugir como um covarde, ela quer alguém mais forte e
poderoso do que ela, caso seja preciso a proteger emocional, física e economicamente.

Dentre as crenças limitantes de um fracassado com as mulheres e que interferem na vida prática e nos
resultados dele, algumas das principais são:

-Sou feio ou sou feio perto desses caras bonitões aqui do local e por isso nem vou tentar nada com as
mulheres que realmente me interessam porque elas vão preferir eles. Não me sinto merecedor me
comparando com meus amigos ou desconhecidos, prefiro deixar que eles resolvam isso, beleza define
tudo com mulheres.

-Sou pobre e não tenho dinheiro e caso eu conseguisse pegar uma Top dessas não teria como pagar uma
boa bebida/lanche/motel e ela iria também com o tempo acabar descobrindo onde eu moro, onde
trabalho, ia acabar conhecendo minha família e amigos e eu iria passar muita vergonha, então melhor
nem abordar ela.

-Sou muito velho para essas mulheres jovens e ainda que elas me quisessem (O que imagino desde já é
que não gostem de homens mais velhos) assim mesmo imagina só a vergonha que eu passaria do
julgamento da sociedade ou da minha família e não suportaria as possíveis críticas que iriam fazer a
mim.

-Abordar uma mulher com interessante romântico e sexual é a coisa mais feia do mundo, deus me livre
da própria mulher, da minha família ou do pessoal da igreja/trabalho sequer desconfiarem que eu sinto
desejos sexuais. Isso é coisa de pervertidos e tarados, sexo é um pecado tremendo, é sujo e maldito ter
esses pensamentos e vontades.

Mulheres não gostam de sexo e não pensam nessas coisas.

-Nem vou abordar porque ela provavelmente tem namorado ou pai perigoso e é melhor eu nem tentar
nada, melhor do que me meter em encrenca e acabar levando um tiro ou uma surra.

-Ela vai pensar que eu sou um tarado ou um fracassado se eu abordar ela e vai me dar o fora do ano,
melhor nem passar por esse constrangimento e acabar tendo que ir embora da festa morto de
vergonha.
-Me deu um branco total por ansiedade, não sei o que dizer e é melhor não fazer nada do que passar
constrangimento em público e ela dar rizada da minha cara junto com as outras pessoas do local.

-Sou muito chato e ela vai se aborrecer se eu a abordar, também não encontro uma oportunidade de
iniciar conversa porque ela não se move de perto do seu grupo, melhor eu ficar aqui mesmo de boa.

-Ela não vai me ouvir porque a música está muito alta, não tenho wing para ocupar o pessoal que está
com ela e o local é muito pequeno e isso vai fazer eu perder valor no Pub. Melhor não fazer nada.

-Creio que esse não é o momento apropriado e ainda por cima eu não estou no "state". Melhor deixar
para mais tarde quando surgir alguma oportunidade, por enquanto vou no banheiro e depois comprar
uma bebida.

-Tem muita gente olhando aqui, o local é pequeno e eu estou com preguiça e não quero me esforçar,
melhor ser natural e não fazer nada, se rolar rolou.

-Não posso abandonar meus amigos, além do mais tem gente bloqueando a passagem e ela parece
muito concentrada na conversação, não quero ir lá e ser invasivo. Depois em outro momento se tiver
chance, faço alguma coisa que me venha na cabeça.

-Não sei onde levar ela para isolar pra fazer conforto e tentar o beijo caso ela me de moral, de toda
forma de momento não sinto que tenho algo diferente ou especial para oferecer a ela que me
desmarque dos outros homens do local. Melhor deixar para lá.

-Depois que eu ler todos os artigos do fórum, baixar todos os ebooks e fazer anotações e também
assistir o máximo de DVDs e videos legendados, dentro de uns 4 ou 6 meses eu me sentirei confiante e
seguro em começar minha jornada no Pu porque terei dominado muitas técnicas além de ter muito
conhecimento teórico sobre sedução. Antes disso é suicídio total conversar com mulheres
desconhecidas.

-Quando aprender a dançar, quando comprar um carro, quando passar no vestibular, quando fizer
clareamento dental, quando comprar roupas novas e cortar o cabelo, após 6 meses de academia e dieta,
dae estarei finalmente autorizado a conhecer mulheres, antes disso NÃO.

-A melhor opção é ir em muitos Pubs, baladas, shoppings e festas e apenas observar e depois anotar,
não fazer nada para não ter perigo de ser rejeitado ou cometer erros, apenas comprar minha bebida e
OBSERVAR para aprender como os naturais fazem e como o flerte ocorre, após vários meses sem fazer
nenhuma tentativa dae sim baseado em tudo o que observei poderei entrar em ação aos pouquinhos
minimizando possíveis tocos e rejeições.

O homem que zera na noite, no dia ou a sua vida inteira é o homem que em maior ou menor medida
tem as crenças e comportamento descritos acima, caso você queira compartilhar mais alguns por
gentileza comente abaixo. É importante identificar o que prejudica para que isso seja eliminado.

O que vale é minar essas posturas prejudiciais e trocar por comportamentos e crenças assertivas.
A psicologia cognitiva comportamental chama de "DISTORÇÕES COGNITIVAS":

As distorções cognitivas são normalmente formas automáticas e impulsivas de pensar e


consequentemente agir que nos impedem em nos relacionar de uma forma saudável com as pessoas
que nos sentimos atraídos, de modo que esses bloqueios são considerados limitantes e até mesmo
inibidores de respostas, improvisação e comportamentos desejáveis .

Distorções - cognitivas- na psicologia da sedução.

Quer dizer que se um comportamento que nós adotamos é ineficiente em uma determinada situação
(não funciona) pode ser que estamos processando mal os estímulos, nossos pensamentos podem estar
equivocados e nos gere sentimentos e sensações desagradáveis que estamos provocando em nós
mesmos. Vamos agir impulsivamente com base nesses sentimentos e pensamentos destrutivos e é
quando botamos tudo a perder.

Quero dizer, se você quiser mudar o seu comportamento e parar de se sentir mal emocional e
fisiologicamente, pode ser que a culpa está na sua maneira de pensar (por causa das suas crenças) e isso
está fazendo você infeliz e te leva a se comportar de maneiras que não representa verdadeiramente o
ser humano especial que você é. Mas isso pode ser corrigido.

Existem vários tipos de distorções cognitivas que você deve aprender a identificar e diferenciar uma do
outra e que, normalmente, ocorre inconscientemente. No entanto, se você for capaz de perceber essas
auto-sabotagens em tempo real, você as pode desmontar a engrenagens e as eliminar a tempo.

Aqui está uma lista com exemplos práticos:

Erros típicos na hora da paquera/sedução:

# PERSONALIZAÇÃO:

Tendência de se relacionar algo do ambiente/comportamental dos outros, com nós mesmos. "As
mulheres não falam comigo porque eu tenho algo de errado."

# ETIQUETAS GLOBAIS:

Extrair um ou dois traços de personalidade e marcar em outra pessoa ( ou você mesmo) . "Todas as
mulheres são vagabundas. "

*Auto-etiqueta negativa: " Sou um fracassado com as mulheres"


# COISIFICAÇÃO:

Tratar consciente ou inconscientemente uma pessoa como uma coisa ou objeto, que , portanto, você
acha que pode manipular à vontade.

"As mulheres devem se comportar sempre como eu quero e fazer tudo o que eu mando, se não eu sou
um fracassado"

# NEGAÇÃO:

É a tendência de negar os nossos problemas, falhas ou erros.

"Eu não me importo , pra mim tanto faz."

# CEGUEIRA DE CONFIRMAÇÃO:

Eles percebem detalhes mínimos e aleatórios no comportamento das mulheres para "encaixar " com
suas idéias preconcebidas.

"Está vendo? Tornou-se séria. Isso confirma a minha teoria de que eu estou incomodando."

# SUPER GENERALIZAÇÃO:

É a tendência a acreditar que se algo aconteceu uma vez , isso vai acontecer muito mais vezes .

Se eu estive nervoso uma vez, é porque " eu sempre estou nervoso "

se eu falhei em um teste , é porque " nunca vou ser aprovado em um teste"

se eu sofri no amor é porque "ninguém nunca vai me amar .

"O que aconteceu comigo no passado "vai sempre se repetir no futuro."

# MAXIMIZAÇÃO:

Dar demasiada importância a alguma coisa.

"Ela não sorriu quando eu a abordei e isso é terrível "


e MINIMIZAÇÃO: Tirar a importância das coisas.

"Estou fedendo sovaco e com mau hálito mas isso não faz diferença"

# PENSAMENTO ABSOLUTISTA (radical) polarizado ou dicotômico:

É tudo ou nada ( branco ou preto, oito ou oitenta) .

A pessoa não leva em conta os detalhes ou nuances que compõem a linha intermediária das coisas e o
equilíbrio. Enxergam apenas o todo, sem as partes .

" Ou pego essa mulher hoje à noite ou eu vou ser um merda para sempre. "

*Pode ser combinado com delírios de leitura da mente da outras pessoas e ter interpretações
dicotômicas dando mais valor para o que outros teoricamente podem pensar dela do que ela mesma
pensa.

"Se eu não pegar muita mulher meus familiares e amigos vão pensar que eu sou gay."

# AUTO-VALORIZAÇÃO EXTERNA EXTREMISTA:

" Se os outros me verem pegando mulher pensarão que eu sou foda."

"Se nunca me verem com mulher os outros pensarão que sou gay ou sou um bosta."

# DESVALORIZAR TODAS AS EVIDENCIAS/RESULTADOS POSITIVOS:

É concentrar a atenção apenas nos aspectos negativos de tudo e minimizar todos os pormenores
positivos das interações. Geralmente acompanham o pessimismo e é seguido também por catastrofismo
.

" Bem, as mulheres até se divertem comigo e demonstram que gostam de mim, mas não é o suficiente,
isso não representa nada."

# DEVERES IMPERATIVOS:

Auto impostos ou imposto ao outros. Eles são considerados como uma obrigação inevitável , sem base
lógica .

"Sou obrigado a pegar aquela mulher."


# LEITURA DE PENSAMENTOS:

Os pensamentos são projetados da própria cabeça e são geralmente interpretados de maneira


negativa."

"Essa mulher está percebendo que eu estou nervoso porque estou a fim dela, isso é ruim, e me deixa
ainda mais nervoso."

# RODA DA FORTUNA:

"Eu vou sair feito um louco e abordar todas as mulheres, vai que eu tenho SORTE."

# CONCLUSÃO PRECIPITADA:

Consiste em inferir coisas fora do contexto muito a meu favor, como contra mim.

"Ela não sorri para mim porque com certeza não gosta de mim."

"Ela está beijando na boca do namorado/marido dela só para fazer ciúmes para mim. Isso é um convite
pra eu abordar ela na cara do corno.

# DESCONTEXTUALIZAÇÃO:

Fazer recortes das coisas fora de contexto e usá-los em um contexto que não é seu.

"Ela está nervosa/agitada/ansiosa porque ela está menstruada."

# LOCUS DE CONTROLE EXTERNO:

Tendência a pensar que você não possui capacidade de controlar/interferir em nada na sua vida e nem
modificar sua situação porque tudo está limitado por forças externas e estranhas. Pragas, maldições,
macumba, destino.

"Pena que eu tenho muito azar mesmo."

# LOCUS DE CONTROLE INTERNO:


Tem um componente de egocentrismo. Tendência a pensar que TUDO que acontece é
apenas/exclusivamente por causa de mim mesmo.

"Tudo o que acontece comigo, é minha culpa."

# PENSAMENTOS NARCISISTAS:

Possui um componente de Egocentrismo onde o "Eu" aparece sobre-dimensionado. Auto-conceito


doentio de que se é superior a todos.

"Eu sou macho alfa , não tenho que respeitar ninguém, os homens são todos uns otários e as mulheres
são todas umas desmioladas que vão cair aos meus pés."

# NECESSIDADE DE CONTROLE:

É a percepção auto-imposta de ter de controlar , gerenciar , promover ou ter o controle do que acontece
na interação. Geralmente causa desequilíbrio emocional se tudo não acontece como o esperado na
expectativa inicial ( irreal ) .

" Olhem todos para mim, riam apenas das minhas piadas, deem atenção apenas para mim."

# INSEGURIDADE:

Baixo auto- conceito.

"Eu não valho nada."

"Eu não posso, eu não consigo, eu não sou capaz."

# DEPENDÊNCIA EMOCIONAL:

Precisa de ter o apoio de um grupo ou pessoa para se sentir seguro.

"Se eu for com meus amigos na balada, vou chegar na mulherada."

"Se for para ir sozinho na festa, prefiro ficar em casa assistindo o Faustão."

# EXCESSO DE EMPATIA:
Fardo auto-imposto de ser uma "ferramenta" de conforto e prazer para os outros acima do seu próprio
bem estar. Trata-se de auto-objetificação e minimizando suas próprias necessidades

" O meu dever na vida é fazer com que as mulheres sintam muito prazer, nem que tenha que sacrificar
sempre o meu prazer em favor delas."

# HEDONISMO:

Busca obsessiva e egoísta apenas do próprio prazer e diversão criando um mundo da fantasia e irreal
onde não exista nenhum desconforto, rejeição, aborrecimentos e nem esforço e trabalho. É uma fuga da
realidade na terra do nunca..

"Tudo o que importa é o meu próprio prazer e se divertir , os outros e todo o o resto não importa."

"Ninguém deve aprender sedução, receitas culinárias maravilhosas ou como ganhar muito dinheiro,
apenas eu."

# ABSTRAÇÃO SELETIVA( filtro mental):

A pessoa se foca em algo considerado negativo de alguém, de todos, da circunstância e exclui todo o
resto positivo.

"Não converso/cumprimento/sorrio/sou educado com pessoas que não me atraem . Nem olho para
quem não é bonito."

# INFERÊNCIA ARBITRÁRIA:

Tirar uma conclusão de um único estímulo fora de contexto e não diretamente relacionado com a
situação com base em um critério arbitrário.

"Nem vou conversar com essas pessoas do PUB/Balada porque não gostam de mim, tenho essa
sensação."

# PESSIMISMO:

Pensamento de oposição generalizada.

"Tudo dá errado na minha vida."

"Nem vou tentar, porque sei que não vai dar certo."
# CATASTROFISMO:

É a tendência a perceber ou esperar catástrofes sem motivos razoáveis .

"Não há nada pior na face da terra, do que o que a situação que eu vivo atualmente."

# OTIMISMO ILUSÓRIO:

Contrário do catastrofismo. Gera gigantescas expectativas na própria pessoa e consequentemente


extremas frustrações posteriores se não forem cumpridas .

"Hoje à noite vou levar 3 minas pra casa fazer um tree-some e também vou ganhar um boquete no
banheiro da balada."

# CONFIANÇA ILUSÓRIA:

Faz você subestimar os desafios, as pessoas e as circunstancias .

"Vou amogar/zoar o chefe do tráfico e tomar sua namorada na cara dele e na frente dos leões de
chácara dele, eu sou foda."

# PERFECCIONISMO E SUPER AUTO-EXIGÊNCIA:

São crenças rígidas e inflexíveis sobre como a própria pessoa, os outros e o mundo devem ser.

Por exemplo: "Eu tenho que fazer tudo perfeitinho para merecer a aprovação e o afeto dos outros."

"Eu não posso cometer erros."

"Eu tenho que agradar a todos."

"Outros devem sempre falar e agir bem comigo."

"Tenho que ser um amigo, amante, marido , profissional, estudante perfeito."

Podem ser:

Requisitos intrínsecos a si mesmo ( auto-imposto ). Se converte em auto-críticas que abafam


comportamentos úteis na vida.
"Eu tenho que ser o melhor sedutor do mundo/fórum/Brasil. "

Requisitos extrínseco que ele pensa/sente que os outros exigem dele.

"Se eu não pegar um monte de gostosas, o pessoal vai me considerar um fracassado."

# ANTECIPAÇÃO:

É ter pensamentos estilo "previsão do futuro" e ansiedades sobre situações hipotéticas que ainda não
ocorreram, geralmente com desfechos terríveis ou negativos .

"O pessoal vai rir de mim."

"Se eu iniciar uma conversa com uma mulher os outros e inclusive ela, vão pensar que eu sou um
bandido/tarado/maníaco."

# FALTA DE EMPATIA:

Incapacidade para se colocar no lugar da outra pessoa.

"As mulheres são todas iguais."

"Uma vez uma mulher igualzinho essa riu da minha cara, essa vai fazer o mesmo."

# PENSAMENTO/SENTIMENTO REATIVO:

Consiste em tomar uma rejeição como algo pessoal e com tanta raiva e mostrando ódio, raiva ou
vingança para o outro.

"Se elas não me querem, são elas quem perdem. Pois que vão para o inferno."

# MISOGINIA:

Ele odeia mulheres. Se sente inseguro e rejeitado em relação a elas.

"Todas as mulheres são putas, só servem pra gente comer e jogar fora."

"Todas as mulheres são umas interesseiras e desgraçadas, devem sofrer, apanhar e serem abusadas."
# MACHISMO:

Crença irracional de que as mulheres são inferiores aos homens em um ou mais aspectos ou até mesmo
em tudo. Ela pode ser causada pela ignorância , da educação ou do pensamento subdesenvolvido . Pode
causar muitas risadas ou rejeição total da mulher que vê -lo , obviamente. Pode ser consciente ou
inconsciente , ou derivado de uma própria insegurança ou baixa auto-estima. É um agravante que está
na base do abuso , tanto psicológico como físico.

" O homem é superior à mulher e ela deve obedecer e fazer o que o homem ordena, ou ser castigada
para ser educada"

# RACIONALIZAÇÃO EMOCIONAL:

Consiste em fazer inferências baseadas em nossas emoções. Neste caso, as emoções dominam o nosso
pensamento e nós somos fantoches à sua mercê . Se a emoção é caótica o pesamento também é
confuso. O comportamento se manifesta de maneira inapropriada e estranho, sem justificativa lógica.

" Todas essas pessoas desse local me dão más sensações. Vou embora."

EXERCÍCIO:

Procure DESAFIAR nas frases abaixo esses pensamentos distorcidos e reformulá-los de uma forma mais
racional, positiva e útil.

-É uma necessidade extrema ser amado ou aprovado por todos.

-Para ser uma pessoa especial para mim e para os outros, eu tenho que realizar tudo o que eu me
proponho.

-As pessoas que não fazem o que eu quero e discordam de mim, são desprezíveis, inferiores e devem ser
castigadas.

-É terrível ou catastrófico que tudo não ocorra perfeito quando eu faço algo.

-Toda a miséria humana e desconforto são causados pelo destino ou deus ou feitiçaria ou pela má sorte
e não há nada que possamos fazer.

-Jamais e nunca devo me levar pela inspiração do momento e sim estar constantemente pensando e
racionalizando as conseqüências de tudo para antecipar possíveis resultados e estar sempre alerta
porque em tudo á um grande perigo. Nunca devo dar um passo para nada na vida sem antes pensar e
pensar e pensar e levar em conta todas as probabilidades da vida, de como aquilo pode acabar. Ousadia
jamais.
-É mais fácil evitar as dificuldades da vida, fugir para a zona de conforto do que enfrentar o que tem de
ser enfrentado.

-Eu preciso sempre andar com alguém mais forte/inteligente/poderoso do que eu, para essa pessoa me
passar segurança e motivação.

-Devemos sempre sacrificar nosso tempo e nos doar totalmente de maneira física, emocional e
econômica até o esgotamento, para ajudar os outros, mesmo quando eles são vampiros energéticos que
nos fazem sentir culpados quando não queremos ser suas vítimas.

-Há uma solução perfeita para cada problema e se você não pode achar essa solução perfeita, tudo será
terrível e catastrófico.

A parte triste quando você entra para a comunidade de sedução é que possivelmente a sua vida sexual e
emocional está toda de ponta cabeça, tudo errado, tudo desconectado. Você pelo menos teve a
coragem de enfrentar a si mesmo no espelho e aceitar honestamente (Mesmo que não reconheça isso
diante dos outros) que é um fracasso no quesito namoro e mulheres.

Buscou livros, conselhos, pesquisou e acabou chegando aqui. Cada um sabe sua história.

Talvez você seja um jovem excluído no colégio, o menino virgem e educado da família, o bobão que leva
cascudos psicológicos (ou literal) de qualquer um, o trintão ou quarentão que ainda mora com os pais.
Talvez sinta vergonha da casa em que mora, das pessoas que fazem parte da sua realidade, das roupas
que usa, do corpo e rosto que tem, de andar a pé ou de busão, da profissão, da idade, da pobreza
financeira ou cultural, do seu passado e até mesmo dos apelidos maldosos que colocaram em você.

Você já foi humilhado por muitas pessoas e em diferentes situações, já contaram muita piada da sua
cara e te fizeram sentir que você era uma pessoa de pouca importância, submissa e não merecedora das
boas coisas da vida e muito menos de mulheres bonitas e especiais. Inclusive já te deixaram
constrangido na frente de mulheres para te fazer passar vergonha. E você sofreu.

Você tem o coração magoado, a alma ferida e muita tristeza escondida por trás do seu sorriso ou da sua
cara de malvado. Você já chorou em segredo. E sabe disso.

Você também era apaixonado pela menina mais bonita da sala e por não ser um dos meninos populares
era considerado mais um dos caras esquisitos do colégio que certamente tinha algum amigo esquisito
que te aceitava, considerado um pária tanto pelos garotos mais famosos quanto por ela. Isso doeu e
você não sabia o que fazer para modificar aquilo. Na verdade, você rezava a noite para deus te ajudar,
mas talvez ele não tenha te ajudado.

Atualmente talvez você tenha mudado algumas coisas a nível mais superficial na sua vida procurando
melhorar a sua situação. Mas quando se aproxima o natal, as festas de final de ano ou o dia dos
namorados, é sempre a mesma coisa, você sempre sozinho...solitário...apenas um corpo que vaga pelas
ruas, que vai do trabalho para casa e passa os sábados a noite assistindo filmes ou acordado na frente
do computador, as vezes esconde sua solidão sendo "brigão" ou "machão" e outras sai por ae com um
monte de amigos homens vivendo falsas alegrias...

Mais um dia se passou, mais um punhado de areia escorreu pela ampulheta do tempo e seu passado
volta lhe atormentar a noite quando bota a cabeça no travesseiro e sua consciência lhe interroga o que
foi que adiantou você se passar por "guru da sedução" nos fóruns, o que foi que adiantou você fingir no
trabalho que é um garanhão com supostas amantes, o que foi que adiantou mentir para sua família a
respeito de suas supostas "lindas namoradas". Uma mentira para enganar a sua própria solidão, mas seu
travesseiro sabe a verdade.

Na verdade sua família também não quer encarar o fato de que influenciaram fortemente na sua baixa
auto-estima, na sua castração psicológica, na sua repreensão por eles e pela religião de que sexo e
namoro era "pecado" e "feio". E hoje do nada ele te cobram onde está sua namorada ou sua esposa.
Que incongruência.

Devem se perguntar em silêncio como será que você aplaca seus desejos sexuais, será que com
prostitutas? Será que é um masturbador crônico?

Pois afinal eles nunca te viram com mulher.

O medo, a confusão mental, a falta de ação na vida real, a inexperiência com as mulheres lhe tornam um
tanto quanto paranoico e obcecado por sedução, por "Pua". É como uma pessoa sedenta no deserto, é
como um faminto na Africa, é como um ferido na guerra. Você acredita que por ficar lendo todos os
livros de sedução do mundo, por ficar 24:00 Hrs online no fórum, por assistir todos os DVDS e implorar
por mais videos legendados...por tudo isso a sua vida vai mudar, mas ela não muda. Você fica agarrado a
esse galho da árvore porque ele representa psicologicamente algo que lhe aproxima daquilo que você é
mais carente:

O carinho de uma mulher ou de várias, seu abraço caloroso, seu beijo apaixonado, seu sexo entregue
selvagemente a você. Sua validação como Homem, e como Homem sexual.

Coisas simples como receber um telefonema dela em um domingo solitário ou uma mensagem de texto
inesperado em algum dia da semana antes de você dormir, até mesmo passear no shopping, caminhar
por um parque, ou ir no cinema seria uma aventura... desde que estive-se com alguém que você gosta e
que gosta de você.

Nada disso você tem, e por isso mesmo é sobre isso o que a sua mente pensa dia e noite e é sobre o que
você mais fala e encontra outros para falar a respeito tanto pessoalmente quanto online. Quanto mais
te faz falta a presença feminina em sua vida menos você pensa em viajar, em estudar, em progredir no
trabalho, em conquistar outros progressos, em viver novas aventuras...

Por isso que os fóruns estão inundados de relatórios de campo mentirosos e impossíveis, porque tudo
aquilo que a pessoa sonha em realizar na prática ela escreve no relato como uma fantasia verdadeira
que ajuda ela a sonhar acordada com tais façanhas, e quando um monte de caras ingênuos vão lá
aplaudir, o autor do relato se sente importante momentaneamente e isso o leva a mentir mais no futuro
para experimentar novas sensações de realização. Mesmo que seja uma ficção.

Se alguém insinuar levemente que você não pega mulher, rapidamente você o desafiará para um duelo
em "campo" para mostrar o tanto que é "sedutor" mas essa sua preocupação em demonstrar ou provar
algo... por si só já fala muito dos seus prejuízos psicológicos e traumas pessoais. Aqui se comprova seu
desespero existencial e sexual.

Se sente travado nesse problema e fica bloqueado nessa altura da estrada e não sai do lugar nem nisso e
nem em mais nada. Alguns realmente não querem nem pensar no assunto e mergulham cegamente no
trabalho, ou em livros, ou em estudos, ou na pornografia, ou virão glutões gulosos e obesos. Cada um
busca sua fuga.

A depressão também é uma fuga. É como você tirar o pino de uma granada e ficar chocando contra o
seu crânio e esperar que o problema se resolva.

Como seu lado emocional está arrasado e você não tem experiência o suficiente, acaba por não ter
coragem em abordar mulheres para as conhecer ou faz algumas fracas tentativas para desistir em
seguida por um bom tempo. Teme desesperadamente ser rejeitado e a dor que isso traria a você e não
saberia lidar por ter que aceitar que a mulher que você quis, não te quis também. Os mais fracos da
cabeça correm o risco de pensar até em suicídio ou virar um assassino em série como tem muito nos
Estado Unidos, felizmente a maioria dos fracassados com as mulheres apesar de serem auto-destrutivos
lentamente, não possuem tanta loucura assim.

Você é inseguro para iniciar uma conversa, sobre qual assuntos conversar, sobre se sua aparência está
legal, é inseguro a respeito de outros homens que possam representar concorrência, sobre o momento
do beijo, sobre o momento do SEXO, sobre em como lidar com a possibilidade de tudo virar um namoro
e caso o milagre de engatar um namoro se torna-se realidade o tormento de você sentir ciúmes seriam
algo que te tirariam a paz de espírito. Não sabe como se comportar, fica incomodado com a possível
reação de seus amigos, familiares e até mesmo desconhecidos....

Ou seja:

Se você não pegar mulher você perdeu, mas caso pegue...perdeu também. Que loucura.

Talvez você pensa-se no passado que se muda-se de cidade, de colégio, de bairro, de trabalho e até de
amizades as coisas melhorassem para você e deus teria piedade da sua fraca e miserável alma e ainda
de lambuja lhe arruma-se uma namorada especial ou muita bagagem de vida com uma história pessoal
repleta de aventuras com as mais diferentes mulheres. Talvez você até "se" mudou, mas o grande
problema foi que quem não mudou foi você...

E como diz na música do cazuza:


"Eu vejo o presente repetir o passado"

O nosso espírito e personalidade sempre viaja conosco independente de local geográfico e quando
mantemos crenças limitantes e reproduzimos padrões comportamentais nós mesmos ou a sociedade, os
estímulos provocam as reações e resultados semelhantes se reproduzem.

(é uma lei universal...)

Se você ler livros com o título "Como lidar com pessoas difíceis" você vai ver ali o perfil exato dos
verdadeiros anti-sedutores, pessoas ranzinzas, reclamonas, bizarras, esquisitas, pessoas brigonas,
pessoas "vítimas da vida" ou "coitadinhos de mim". Tudo o que cria repulsa nos outros está muito bem
explanado nesses modelos de livros que falam sobre a personalidade de pessoas que todo mundo quer
ficar longe e representa a realidade da maioria dos integrantes da comunidade de sedução ou de
"fracassados com as mulheres" que andam em formato zumbi por ai...

O dia a dia, a semana, o mês e o ano de um "fracassado com as mulheres" é muito chato, monótono e
repetitivo...

Geralmente se resume durante a semana em trabalho, curso/estudo noturno e internet em casa. Nos
finais de semana alguma lanchonete ou shopping popular, quando muito. O dia a dia é muito massante,
sem tempo, sem perspectivas e sem grana para nada.

É uma miséria espiritual e financeira total.

Nem ele gosta da vida que leva, ele nutre rancor e quer culpar as mulheres "gatas Top" que são
assediadas por Homens poderosos e bem cuidados e bem vestidos, inteligentes e com bom humor que
as podem levar para viajar, passear, em restaurantes exóticos, apresentar novidades, viver aventuras e
experiências maravilhosas porque elas não querem andar de busão ou na garupa da bicicleta monareta
do "fracassado", eles que andam vestidos como coitados que a qualquer momento podem ser
confundidos com um pedinte na rua, eles que o máximo que podem oferecer a uma mulher é levar ela
no banquinho da praça todos os dias para ficarem namorando ali porque como o cara mora com os pais
a moça se sente constrangida em ir na casa dele e muito menos ir para o quarto dele com todo mundo
em casa, ele também o máximo que pode fazer é economizar uns trocados para levar ela no cachorro-
quente da esquina no sábado e no churrasquinho com futebol de várzea no domingo.

Todo mundo é livre para fazer suas escolhas e as mulheres fazem as delas, a médio e longo prazo talvez
nenhum deles seria feliz vivendo nessas condições, situação precária e estilo de vida do "fracassado".

A mulher não quer ser sua aventura, ela quer embarcar em seu trem e viver a aventura que existe na
sua vida.

O "fracassado" quando está na balada procura não chamar muito a atenção, se sente um pouco seguro
com sua bebida na mão e vai várias vezes ao banheiro para aliviar um pouco a tensão, prefere ficar
encostado no balcão, em algum canto escuro ou próximo do banheiro das mulheres, quebrando o
pescoço para lá e para cá só de olho em cada uma que passa, o local inteiro percebe isso menos ele,
encolhendo a barriga, trancando a respiração, fazendo cara de fodão e com linguagem corporal "alfa". A
postura superficial e o comportamento é beta total.

Algumas vezes para se acalmar ele inventa assuntos que levam duas horas para terminar de contar para
seu amigo para que nesse período não ter a obrigação de abordar alguém.

Reza em pensamentos para pelo amor de deus alguma mulher "pegável" esbarrar nele e puxar uma
conversa ou dar moral pra ele já que a ansiedade de aproximação o paralisa por completo e o consome
ao ponto de tremedeira nas pernas, suadeira e coração disparado sem contar o branco de não saber o
que dizer ou o pavoroso medo da rejeição que não o deixa agir, ou quando muito após ele ter tomado
bastante álcool ele se sente um pouco menos intimidado pela energia do local e arrisca algumas fracas
aproximações ou errando na calibragem por chegar muito agressivo e levar um toco direto ou por ser
tão inseguro na abordagem ao ponto de ser completamente ignorado e isso o desencoraja a realizar
novas tentativas pelo resto da noite. Perdeu a noite, qualquer hora em que ir embora está bom, alguns
ficam até o amanhecer do dia esperando que até mesmo as mais "fins de festa" derem alguma moral
pra eles e se eles criam coragem em chegar nelas, até elas sentem prazer em os cortar.

Qualquer tipo de ação dele é próximo de zero e ações assertivas abaixo de zero negativo. Mais tarde ele
estará fazendo justiça com as próprias mãos quando chegar em casa.

Ou ele continua um bunda bole, covarde e chorão ou vira Homem e enfrenta a vida como deve ser.

-Dark Side

-------------

***Algo importante nós já fizemos... que é identificar os padrões de crenças


destrutivas e o comportamento cotidiano de um homem "fracassado com as
mulheres" , estando consciente disso é possível pouco a pouco interromper o
piloto-automático inconsciente de erros repetitivos, ir eliminando crenças
limitantes e comportamentos destrutivos e começar a substituir por uma maneira
transformadora a partir de hoje e dentro de dias, semanas e meses estar próximo
de zerar tudo isso, avançando para um nível útil e potencializador.

Esses textos baldes de água fria e tapa na cara servem para 'Descortinar o
inconsciente" , a pessoa estava prisioneira de um comportamento cego destrutivo
completamente inserida na incompetência inconsciente, (ela estava fudida e não
sabia que estava... e nem sabia o que fazia de errado) e quando é colocado as
cartas na mesa esclarecendo os erros, essa carga de informações deixa de ser
subliminar e apenas respostas automáticas do inconsciente... para virem a luz.... e
agora a pessoa ciente de seu comportamento e lembrando que está dentro de
um padrão repetitivo, ela tem a opção de fazer escolhas.

Pela fuga da dor e do sofrimento é possível ela se afastar desse condicionamento


operante negativo.

É um tratamento de choque para quando outros recursos não funcionaram