Você está na página 1de 7

DIREITOS HUMANOS

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS


Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

DIREITOS HUMANOS

III) Declaração Universal dos Direitos Humanos – Histórico e características

Histórico

Com o fim da Segunda Guerra Mundial e a instalação da ONU, em 1945,


verificou-se que não havia, no âmbito internacional, uma declaração acerca dos
Direitos Humanos. Havia, unicamente, documentos internos dos Estados que
indicavam a proteção dos Direitos Humanos.
Assim, findada a guerra, “líderes mundiais decidiram complementar a pro-
messa da comunidade internacional de nunca mais permitir atrocidades como as
que haviam sido vistas na guerra”.
Para tanto, eles “elaboraram um guia para garantir os direitos de todas as
pessoas e em todos os lugares do globo”.
Esse guia foi apresentado na primeira Assembleia Geral da ONU em 1946 e
repassado à Comissão de Direitos Humanos para que fosse usado na prepara-
ção de uma declaração internacional de direitos.
Posteriormente, na primeira sessão da Comissão de Direitos Humanos, em
1947, seus membros foram autorizados a elaborar o que foi chamado de esboço
preliminar da Declaração Internacional dos Direitos Humanos.
Um comitê formado por membros de oito países recebeu esse esboço preli-
minar, reunindo-se pela primeira vez em 1947 para tratar do assunto.
O comitê foi presidido por Eleanor Roosevelt, viúva do presidente americano
Franklin D. Roosevelt.
Decorreu, desse comitê, o texto da Declaração Universal dos Direitos Huma-
nos.
Posteriormente, os países-membros da ONU, reunidos em Assembleia Geral,
adotaram e proclamaram, mediante a Resolução 217 A (III), em 10 de dezembro
de 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos.
ANOTAÇÕES

1
www.grancursosonline.com.br
DIREITOS HUMANOS
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Características da Declaração

Trata-se de uma declaração que contém 30 artigos. É precedida de um pre-


âmbulo, o qual é composto por 7 considerandos. Nela, assegura-se, dentre
outros, o princípio da indivisibilidade dos Direitos Humanos.
Reconhecer o princípio da indivisibilidade é reconhecer que cada direito
humano está intrinsecamente ligado aos outros.
O documento é a base da luta universal contra a opressão e a discriminação,
defende a igualdade e a dignidade das pessoas e reconhece que os direitos
humanos e as liberdades fundamentais devem ser aplicados a cada cidadão do
planeta.
Na Declaração, mencionaram-se Direitos Humanos de 1ª e 2ª geração.
Entenda, portanto, que não foram especificados direitos de 3ª geração.
Apenas se fez menção aos direitos de solidariedade no artigo 1º da Declara-
ção.

Atenção!
Não se trata de um tratado/convenção/acordo/pacto, mas sim de uma
DECLARAÇÃO/RECOMENDAÇÃO/RESOLUÇÃO da ONU.
Entenda que essa resolução, diferentemente de um tratado, não gera
obrigações para os Estados. Não há nenhum meio de eficácia prevendo
punições para quem não obedecer a ela.
Trata-se de um instrumento meramente de orientação aos Estados.

Pactos de Nova Iorque

Posteriormente, em 1966, a Comissão dos Direitos Humanos da ONU elabo-


rou dois pactos e um protocolo facultativo sobre os Direitos Humanos. Diferente-
mente da Declaração, os pactos e o protocolo geram obrigações aos países que
os assinarem.
ANOTAÇÕES

2
www.grancursosonline.com.br
DIREITOS HUMANOS
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Esses pactos ficaram conhecidos como Pactos de Nova Iorque (local onde
foram assinados).
Eles entraram em vigor internacionalmente somente em 1976.

–– Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos;


–– Pacto Internacional sobre os Direitos Econômicos, Sociais e Culturais;
–– Protocolo Facultativo referente ao Pacto sobre os Direitos Civis e Políti-
cos.

Outros tratados de Direitos Humanos

Após esses pactos, outros importantes tratados de direitos humanos foram


sendo elaborados no âmbito internacional, como, por exemplo:
• Convenção Internacional sobre a Eliminação de Todas as Formas de Dis-
criminação Racial, de 1966;
• Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação
contra a Mulher, de 1979;
• Convenção contra a Tortura e Outras Penas ou Tratamentos Cruéis, Desu-
manos ou Degradantes, de 1984;
• Convenção sobre os Direitos da Criança, de 1989;
• Convenção Internacional sobre a Proteção dos Direitos de Todos os Traba-
lhadores Migrantes e dos Membros das Suas Famílias;
• Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e
seu Protocolo Facultativo, de 2007.

QUESTÕES DE CONCURSO

1. (DELEGADO DE POLÍCIA/2003/SP) Resolução proclamada pela Assem-


bleia Geral da ONU que contém trinta artigos, precedidos de um Preâmbulo,
com sete considerandos, na qual se assegura o princípio da indivisibilidade
dos direitos humanos. O texto acima se refere à:
ANOTAÇÕES

3
www.grancursosonline.com.br
DIREITOS HUMANOS
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

a. Carta das Nações Unidas.


b. Declaração Universal dos Direitos Humanos.
c. Declaração Americana dos Direitos Humanos.
d. Declaração dos direitos do Homem e do Cidadão.

2. (DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL - 2000/SP) Tecnicamente a Declaração


Universal dos Direitos do Homem (1948) constitui:
a. um acordo internacional.
b. uma recomendação.
c. um tratado internacional.
d. um pacto.

Comentário
A Declaração Universal dos Direitos Humanos também é chamada de
Declaração Universal dos Direitos do Homem ou da Pessoa Humana. Ela não
é um acordo, um tratado ou um pacto porque estes geram obrigações.

(DPU/CESPE/2010) Com relação à proteção internacional dos direitos


humanos, julgue os itens a seguir:
3. A Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, apesar de ter natu-
reza de resolução, não apresenta instrumentos ou órgãos próprios destina-
dos a tornar compulsória sua aplicação.

4. Os direitos humanos são indivisíveis, como expresso na Declaração Univer-


sal dos Direitos Humanos, a qual englobou os direitos civis, políticos, econô-
micos, sociais e culturais.

5. De acordo com a Corte Internacional de Justiça, as disposições da Decla-


ração Universal dos Direitos Humanos, de caráter costumeiro, estabelecem
obrigações erga omnes.
ANOTAÇÕES

4
www.grancursosonline.com.br
DIREITOS HUMANOS
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Comentário
As disposições da Declaração não possuem caráter costumeiro e não
estabelecem obrigações.

6. (Delegado/SP/1999) Qual a natureza jurídica da Declaração Universal dos


Direitos Humanos de 1948?
a. Convenção Internacional.
b. Pacto das Nações Unidas.
c. Resolução da Assembleia Geral da ONU.
d. Tratado internacional.

7. (MPT/17º Concurso) A Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948,


que surgiu após a Segunda Guerra Mundial, acentua a tendência à univer-
salização dos direitos humanos. Seu cerne está no direito à vida digna e ela
não se limitou a declarar direitos civis, mas também direitos econômicos e
sociais.

8. O fato de a Declaração Universal dos Direitos Humanos ter sido oficialmente


adotada pelos países que integram a Organização das Nações Unidas ex-
plica a inexistência de atrocidades e genocídios no mundo contemporâneo,
diferentemente do que ocorria no passado, como, por exemplo, durante o
nazismo.

Comentário
Em primeiro lugar, a Declaração não gera obrigação; portanto, não tem como
exigir que um país a cumpra. Em segundo lugar, há atrocidades no mundo
contemporâneo.
ANOTAÇÕES

5
www.grancursosonline.com.br
DIREITOS HUMANOS
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

9. A Assembleia Geral das Nações Unidas, em 10/12/1948, aprovou a Declara-


ção de Filadélfia.

Comentário
Foi aprovada, nessa data, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, não
a Declaração de Filadélfia.

10. (Agente Penitenciário – SEAP/PR/2007) A Declaração Universal dos Direitos


do Homem foi proclamada em que data e por qual Organismo Internacional?
a. Em 01/12/1948, pela Organização Tratado do Atlântico Norte/OTAN.
b. Em 15/12/1946, pelo Grupo dos Sete Países mais Industrializados do Mun-
do mais a Rússia-G8.
c. Em 20/12/1946, pelo Banco Mundial.
d. Em 10/12/1948, pela Organização das Nações Unidas/ONU.
e. Em 01/12/1946, pela Organização dos Estados Americanos/OEA.

11. (MPE/BA/Assistente Administrativo/2011) Considerando os termos da Decla-


ração Universal dos Direitos Humanos, é correto afirmar que:
a. a Declaração Universal dos Direitos Humanos é o único documento reco-
nhecido internacionalmente para regular a proteção aos direitos humanos.
b. a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi elaborada num ambiente
geopolítico dominado por uma só potência hegemônica.
c. a Declaração Universal dos Direitos Humanos possui força jurídica obriga-
tória e vinculante para todos os países do mundo.
d. a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi proclamada pela Assem-
bleia Geral das Nações Unidas.
e. a Declaração Universal dos Direitos Humanos permaneceu com seu texto
original inalterado até o ano de 2010.

Comentário
O texto da Declaração Universal dos Direitos Humanos nunca foi alterado.
ANOTAÇÕES

6
www.grancursosonline.com.br
DIREITOS HUMANOS
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Os Direitos Humanos são um conjunto de direitos inerentes à pessoa humana


e que concedem que ela conviva na comunidade em igualdade com os demais
e que possa exercer seus direitos no que tange à sua capacidade biológica, psi-
cológica, política e assim por diante.
A Declaração Universal dos Direitos Humanos é universal porque se aplica a
todos, em qualquer lugar no mundo, mas não tem força vinculante, não é obri-
gatória.

GABARITO

1. b
2. b
3. C
4. C
5. E
6. c
7. C
8. E
9. E
10. d
11. d

Este material foi elaborado pela equipe pedagógica do Gran Cursos Online, de acordo com a
aula preparada e ministrada pelo professor Luciano Monti Favaro.
ANOTAÇÕES

7
www.grancursosonline.com.br

Você também pode gostar