Você está na página 1de 4

HP dv6000 não liga mais - o que fazer?

Published Tuesday, February 10, 2009 by César Souza in Guides, Hardware, Português

De uma hora pra outra, seu notebook não ligou mais. Talvez ele já estivesse estranho, com o

wireless deixando de funcionar. Algumas travadas, tela embaralhada; e algum tempo depois, veja

só! Você tenta ligar, as luzes acendem por um tempo, se apagam, e o computador não liga.

Pois é, este é um problema bem conhecido, e de fato, quase todos modelos de notebook da HP

que combinam processador AMD e chipset NVIDIA podem (ou irão) apresentá-lo.

A HP identificou um problema de hardware com alguns notebooks HP Pavilion séries

dv2000/dv6000 e Compaq Presario séries V3000/V6000 e também lançou um novo BIOS para

esses notebooks: versão F.39 para dv2000/dv6000 e versão F.3D para dv6000/V6000.

Conheci o problema depois que dv6109us da minha namorada parou com os mesmos sintomas.

Segundo a etiqueta da HP na parte inferior do case, o modelo é o dv6109us, número de produto

RN910UA#ABA que é no entanto referido no site da HP como dv6109om por alguma razão que

desconheço. Possui um processador Turion 64 e um chipset de video (compartilhado) NVIDIA Go

6150.

Sobre o problema

No entanto, nos informamos melhor sobre este problema entre os HPs com processadores AMD e

chipsets NVIDIA um tanto tarde, somente após o primeiro susto. Após um ano e meio de

funcionamento, o notebook reiniciou umas duas vezes, e num instante apresentou a tela

embaralhada. Depois disso, não ligou mais. O máximo que fazia era acender algumas luzinhas

azuis para então morrer de novo, sem mostrar nada na tela.

O problema? O superaquecimento do chipset NVIDIA faz com que algumas de suas soldas

trinquem e alguns pinos do chip se desconectem da placa mãe. Por sorte, na maioria dos casos

não chega a danificar nenhum circuito.


Após uma breve procura na internet, vimos que não estávamos sozinhos: o problema da

combinação HP+AMD+NVIDIA estava diretamente relacionada aos chips nvidia e afetava uma

variedade de modelos de notebooks não somente da HP como da Dell, e estaria atingindo até

mesmo desktops.

A HP lançou uma atualização de BIOS que tenta amenizar o problema, mas bem, se esta foi uma

falha de projeto, não existirá software que o elimine completamente e certamente todos os

modelos afetados estão fadados a falhar mais cedo ou mais tarde. É triste, mas é verdade. Além

do mais, a solução encontrada pela HP para aliviar o problema não passa de uma gambiarra. É

que notebooks desligam suas ventoinhas para economizar energia, e são muito bons no

gerenciamento que fazem. As vezes operam com seus fans completamente desligados, e mesmo

assim, ficam bem longe de queimar.

Mas para remediar o problema da NVIDIA, do qual a HP certamente não é a culpada, a HP fez a

única coisa que estava a seu alcance: manter a ventoinha do processador ligada o tempo todo.

Ótimo para os processadores, péssimo para sua bateria. Isso quer dizer que, se antes você achava

que sua bateria durava pouco, acostume-se, pois agora ela vai durar muito menos. Mas pelo

menos o computador vai funcionar um pouco mais :)

Sobre a extensão da garantia

Ao descobrir o problema, a HP extendeu a garantia destes produtos automaticamente em 2 anos e

efetuou uma espécie de “recall” dos modelos atingidos. Infelizmente, no nosso caso não éramos

elegíveis para o reparo gratuito pois a garantia HP se refere apenas ao país de origem, e nosso

notebook era importado. Vale a pena ler o anuncio oficial da HP sobre a extensão da garantia e

ligar no call center da HP do Brasil em 0800-709-7751 para mais informações se estiver na

dúvida.

Procurando uma "assistência"

Na primeira vez, decidimos procurar uma assistência especializada que fazia este tipo reparo pois

não queríamos arriscar perder de uma vez o que ainda tinha conserto. O "técnico" (na verdade

deveria ser apenas um atendente muito mal informado, mas vamos lá) nos disse que poderia

tentar reparar o componente mas que não havia garantia nenhuma do serviço, pois este era

reincidente. Até ai tudo bem. Perguntei se ele poderia atualizar a BIOS para tentar solucionar de

vez o problema mas, pelo jeito, o rapaz não sabia do que eu estava falando, já que disse que "não

seria possível" e firmou-se em dizer que se eu "perdesse a senha da BIOS o computador não

ligaria mais" (?). Ou o cara não queria correr o risco de fazer besteira, ou realmente queria que o

problema aparecesse de novo para eu pagar novamente pelo serviço. Bom, deixei lá assim

mesmo.
Alguns dias depois, o computador voltou. E funcionando! Por cerca de umas 2h o note realmente

funcionou, até apagar de novo e voltar com o mesmo problema.

Bom, não adianta, é como diz o ditado: Se quer algo bem feito, então faça você mesmo!

HP dv6000 não liga mais – o que fazer? (parte VI)


Published Tuesday, February 10, 2009 by César Souza in Guides, Hardware, Notebook, Português

Parte VI: Feedback!

Como imaginei, alguns leitores resolveram arriscar e tentar seguir o mesmo procedimento que

nós. Parabéns aos que conseguiram recuperar seus aparelhos! No entanto, gostaria que

prestassem muita atenção às temperaturas que seus chipsets e processadores estão trabalhando

para verificar se o trabalho foi realmente realizado corretamente. É imprescindível também que

todos atualizem suas BIOS uma vez que o sistema volte a funcionar, se não em pouco tempo

todo trabalho realizado poderá ser perdido novamente!

Aos que não conseguiram, bom, devo ressaltar que nem todos notebooks são recuperáveis com

este método. Se a solda trincou de uma maneira que uma das “balls” da ball grid array se soltou,

o chip deverá ser removido e sua solda refeita, o que só pode ser feito numa estação de ressolda

profissional como essa aqui.

Estação de ressolda profissional

Mas se você estiver se sentindo esperançoso, ainda há alguns outros procedimentos que valem a

pena tentar para verificar se a trabalheira não foi em vão e você, finalmente, conseguir recuperar

seu notebook.
Caso o notebook esteja da mesma forma ou se ele passou a emitir sinais sonoros (um
beep longo e dois curtos), mas mesmo assim nada aparece na tela:

O primeiro procedimento a ser testado consiste em tentar retirar toda energia acumulada no

aparelho. Retire a bateria do notebook, desplugue o cabo de alimentação, e, com o notebook

totalmente sem energia, segure o botão power por cerca de 60 segundos. Ligue apenas o cabo de

força e tente ligar normalmente.

O segundo consiste em repetir a ressolda com o soprador térmico. Talvez você não tenha aplicado

calor suficiente da primeira vez e a solda não ficou bem feita. Preste atenção ao estágio de pré-

aquecimento e espalhe bem o calor por toda a placa.

O terceiro também consiste em repetir a ressolda com o soprador termico. Porém desta vez, ao

invés de concentrar o calor no chipset de vídeo, concentre no chipset nForce, que fica do lado do

WiFi e está geralmente protegido por um plástico preto adesivo (que deve ser retirado,

obviamente, antes de começar o refluxo da solda). O chipset nForce é responsável por coordenar

a placa mãe e também pode se aquecer demais. Acredito que a falha no WiFi esteja mais

relacionada com este circuito, já que estão tão próximos, porém é quase um chute. De novo, se

quiser arriscar tente por sua conta e risco.

Caso o notebook ligue e entre no Windows, mas o Wireless ainda não funciona:

Se você conseguiu fazer o notebook ligar, mas o Windows ainda não reconhece o Wireless (e nem

a luzinha azul do painel do notebook acende mesmo quando há redes sem fio presentes), tente

primeiro resetar a BIOS. Aproveite e veja se a bateria da BIOS não está descarregada, como foi o

nosso caso. Se mesmo assim não resolver, formate e reinstale o Windows (você fez aqueles discos

de recuperação da HP, certo?)

Com o tempo, novas informações serão adicionadas aqui. Boa sorte!