Você está na página 1de 9

WIMAX

Este tutorial tem por objetivo introduzir o tema WIMAX, para aplicação nas Redes Broadband
Metropolitanas Wireless - WMAN, utilizando as especificações do padrão IEEE 802.16.

Autor: Edson Rodrigues Duffles Teixeira

Engenheiro, Diretor da ESATH Consultoria.

Mais de 30 anos de experiência no mercado de telecomunicações, tendo atuado como diretor de


empresas como Telemig, Telemont, SET, BATIK, Lucent e Andrade Gutierrez. Atualmente
trabalha para a AGTelecom.

www.teleco.com.br 1
WIMAX: Introdução

Ainda pouco conhecido no Mercado, o padrão wireless 802.16 está a caminho de revolucionar a
indústria de acesso de Broadband Wireless. O padrão 802.16 é também conhecido como a
interface aérea da IEEE para Wireless MAN, isto é, da rede metropolitana sem fios. Esta
tecnologia está sendo especificada pelo grupo do IEEE que trata de acessos de banda larga para
última milha em áreas metropolitanas, com padrões de desempenho equivalentes aos dos
tradicionais meios tais como DSL, Cable modem ou E1/T1.

A figura abaixo apresenta o posicionamento de cada um dos padrões de acesso wireless,


mostrando do lado esquerdo o padrão IEEE e do lado direito o padrão ETSI equivalente.

Fonte: Intel

Originalmente, o padrão 802.16, que foi ratificado em Dezembro de 2001, estava focando
basicamente as faixas de freqüências situadas entre 10GHz e 66GHz considerando sempre
aplicações com linha de visada.

A versão 802.16a, que foi concluída em 2003, passou a focar as aplicações sem linha de visada,
dentro das faixas de freqüência entre 2GHZ e 11GHZ, considerando também os aspectos de
interoperabilidade. A figura que se segue, apresenta a evolução das especificações do IEEE para a
Wireless MAN .

IEEE 802.16 IEEE 802.16c IEEE 802.16a IEEE 802.16d IEEE 802.16e
Dezembro de Dezembro de 2002 Janeiro de 2003 1o Trimestre de 2004 4o Trimestre de 2004
2001 WIMAX
10-66 GHz Interoperabilidade 2-11 GHZ Modificações na Mobilidade
Linha de visada Sem linha de 802.16a e Nomândica
Até 34 Mbps visada interoperabilidade 802.11/16
(canalização de Até 75Mbps
28 MHz) (canalização de
20 MHz)

www.teleco.com.br 2
WIMAX: WIMAX Fórum

O WIMAX Fórum (Worldwide Interoperability for Microwave Access) www.wimaxforum.org é


uma organização sem fins lucrativos, formada por empresas fabricantes de equipamentos e de
componentes, e tem por objetivo promover em larga escala a utilização de redes ponto multipon to,
operando em freqüências entre 2GHz e 11GHz, alavancando a padronização IEEE 802.16 e
garantindo a compatibilidade e interoperabilidade dos equipamentos que adotarem este padrão. O
WIMAX Fórum é o equivalente, ao Wi-Fi Alliance, responsável pelo grande desenvolvimento e
sucesso do Wi-Fi em todo o mundo .

O WIMAX é constituído pelas indústrias líderes do setor, que estão comprometidas com as
interfaces abertas e com a interoperabilidade entre os diversos produtos utilizados no Acesso
Broadband Wireless:

O WIMAX pretende motivar um mercado de Acesso Broadband mais competitivo, através


de um conjunto mínimo de especificações de performance da interface aérea entre os
produtos dos diversos fabricantes, certificando os produtos que atendem a estas
especificações.

• Para os operadores de rede, esta interoperabilidade entre equipamentos significa a não


dependência de um fornecedor para o desenvolvimento de sua rede.
• Para os fabricantes de equipamentos significa menos tipos diferentes de produtos a
desenvolver e a produzir.
• Para os Fabricantes de componentes, significa uma escala de produção muito maior.
• Para o usuário final significa acessos Broadband mais velozes e mais baratos.

Participantes:

Os participantes atuais do WIMAX Fórum estão relacionados a seguir:

Advantech AMT l AirXstream l Analog Devices l Arris l AT&T l Axxcelera


Broadband Wireless l Bandai Wireless l BeamReach Networks l Comtech
AHA l Covad l CTS Communications Components l Cushcraft Corporation l Daintree
Networks Inc. l Elcotez l Engim l Filtronics l First Avenue Networks l Gradiente
Electronica S.A. l Inphi Corporation l Intracom l K&L Microwave l KarlNet l L3
PrimeWave l Micom Labs l MTI l M-Web l NextWave Telecom l NextNet
Wirelss l Nozema l Orthogon Systems l Pronto
Networks l PCCW l picoChip l Radwin l Remec l SGS l Siemens Mobile l Unwired
Australia l Vcom l Vyyo l ZTE Corporation

www.teleco.com.br 3
WIMAX: Aplicações

O WIMAX irá facilitar o desenvolvimento de uma série de aplicações de Wireless Broadband,


conforme a figura que se segue .

Fonte: WIMAX Forum

Estas aplicações são possíveis pelas seguintes características do WIMAX:

• Fornecimento de link de dados de NxE1 (com garantia de banda).


• Fornecimento de link de dados de fração de E1 (com garantia de banda).
• Fornecimento de link de dados em um padrão equivalente ao ADSL /Cable Modem.
• Portabilidade, isto é, o usuário pode transportar sua CPE (customer premise equipment) e
utilizar o serviço em local diferente do usual.
• Instalação da CPE no modo plug and play.
• Cobertura sem linha de visada.

www.teleco.com.br 4
WIMAX: Características Técnicas

Modulação

O WIMAX apresenta três modos de operação,todos os três PHY, quais sejam: single carrier,
OFDM 256, ou OFDMA 2K. O modo mais comumente utilizado é o OFDM 256 .

Throughput

Com o esquema de modulação robusto, o WIMAX entrega elevadas taxas de throughput com
longo alcance e uma grande eficiência espectral e que é também tolerante às reflexões de sinais. A
velocidade de transmissão dos dados varia entre 1 Mbps e 75 Mbps, dependendo das condições de
propagação, sendo que raio típico de uma célula WIMAX é de 6 Km a 9 Km.

Uma modulação dinâmica adaptativa permite que uma estação radio base negocie o throughput e o
alcance do sinal. Por exemplo, se a estação radio base não pode estabelecer um link robusto com
um assinante localizado a uma grande distância, utilizando o esquema de modulação de maior
ordem, 64 QAM (Quadrature Amplitude Modulation), a modulação é reduzida para 16 QAM ou
QPSK (Quadrature Phase Shift Keying), o que reduz o throughput , porém aumenta o alcance do
sinal.

Escalabilidade

Para acomodar com facilidade o planejamento da célula WIMAX, tanto nas faixas licenciadas
quanto nas não licenciadas, o 802.16a/d suporta diversas larguras de banda. Por exemplo, se um
operador tem disponível 20 MHz de espectro, ele pode dividi-lo em dois setores de 10 MHz ou 4
setores de 5 MHz cada.

O operador pode crescer a quantidade de usuários mantendo um bom alcance do sinal e um bom
throughput .

O operador pode reusar o mesmo espectro em dois ou mais setores, criando uma isolação entre as
antenas da estação radio base.

Cobertura

O padrão 802.16 também suporta tecnologias que permitem a expansão de cobertura, incluindo as
tecnologias de "smart antenna" assim como as tecnologias mesh.

Qualidade de Serviço

O padrão 802.16 apresenta qualidade de serviço que permite a transmissão de voz e vídeo, que
requerem redes de baixa latência.

www.teleco.com.br 5
O MAC (Media Access Control) do 802.16 provê níveis de serviço "Premium" para clientes
corporativos, assim como um alto volume de serviços em um padrão equivalente aos serviços hoje
oferecidos pelos serviços de ADSL e de Cable Modem, tudo dentro da mesma estação radio base.

Segurança

Características de privacidade e criptografia estão previstos no padrão 802.16 permitindo


transmissões seguras incluindo os procedimentos de autenticação.

www.teleco.com.br 6
WIMAX: Espectro Previsto

Oficialmente o padrão 802.16a/d está sendo estabelecido para faixa de freqüências entre 2GHz e
11 GHz, porém existe interesse de utilizá-lo também em bandas inferiores a 2GHz. Abaixo são
relacionadas algumas das bandas, conforme definido pelo FCC dos Estados Unidos, que poderão
ser utilizadas pelo padrão 802.16a/d.

UHF 0,75 - 0,8 GHZ -


Banda não licenciada, para utilização em aplicações
ISM 0,9 - 0,93 GHZ
industriais, científicas e médicas
Banda não licenciada para utilização em serviços de
UPCS 1,91 - 1,93 GHZ
comunicação pessoal
WCS 2,3 GHZ Wireless Communications Service
Banda não licenciada, para utilização em aplicações
ISM 2,4 - 2,48 GHZ
industriais, científicas e médicas
MMDS 2,5 - 2,7 GHZ Multi-Channel Multipoint Distribution Service
3,4 - 3,7 GHZ Banda licenciada na Europa, América Latina e Asia
Internacional
4,8 - 5,0 GHZ Banda licenciada no Japão
5,15 - 5,35; 5,725 - Banda não licenciada, para uso do serviço nacional de
UNII
5,85 GHZ informação de infra-estrutura
Novo 5,470 - 5,725 GHZ -
Espectro

www.teleco.com.br 7
WIMAX: Referências

Este tutorial apresentou o WIMAX, para aplicação nas Redes Broadband Metropoltanas Wireless-
WMAN, utilizando as especificações do padrão IEEE 802.16.

Referências

• IEEE 802.16 and WiMAX - Intel


• WIMAX Fórum web page
• 802.16 and 802.11: The right technology in the right place - Jeff Orr - Proxim
• 802.16: Broadband Wireless Access: The Next Big thing in Wireless - Hassan Yaghoobi -
Intel

www.teleco.com.br 8
WIMAX: Referências
WIMAX: Teste seu Entendimento

) Qual a série de especificações do IEEE que define o WIMAX:

802.11

802.16

802.20

802.15

2) Assinale a alternativa correta:

O WIMAX fornece throughput de 75Mbps independente da condição de propagação do link

O alcance do sinal de uma radio base do WIMAX é sempre de 9Km

O WIMAX utiliza sempre o esquema de modulação 64QAM


O WIMAX negocia o esquema de modulação de forma a conseguir atender aos usuários
com a melhor taxa de transmissão possível

3) O WIMAX Fórum objetiva (assinale a alternativa incorreta):

Garantir a interoperabilidade entre os diversos equipamentos 802.16a/d

Buscar a redução de custos pelo aumento de escala de produção dos componentes

Padronizar totalmente os equipamentos de Acesso Broadband Wireless


Promover a utilização cada vez maior de acessos broadband, através da redução do custo
dos serviços

www.teleco.com.br 9