Você está na página 1de 146

CADERNO DE ORIENTAÇÕES

DIDÁTICAS DO PROFESSOR 1
Caro(a) professor(a),
Sua participação no Projeto Luz do Saber é de extrema importância
para possibilitar aos alunos da nossa rede municipal de ensino, em processo
de alfabetização, o bom desenvolvimento da aquisição das aprendizagens de
leitura e de escrita e da inserção digital.

O material do professor está organizado em:

Orientações didáticas do professor (o que é o projeto Luz do Saber,


rotina, embasamento teórico);

Proposta de avaliação;

Sugestão de atividades práticas para serem vivenciadas no momento coletivo;

Organização dos conteúdos/descritores trabalhados por atividade;

Descritores trabalhados no 1º e no 2° ano do Ensino Fundamental.

Conte conosco nas formações, nos estudos, nos acompanhamentos e


nas reflexões sobre uma prática pedagógica mais fundamentada e possível de
ser aplicada em sala de aula.

“É o professor quem realiza o papel de criar as condições de aprendizagem,


por meio de práticas pedagógicas planejadas intencionalmente, isto é, da organização
do trabalho educativo, para que seus alunos possam se apropriar dos conhecimentos
e práticas necessários para sua inserção no mundo da cultura escrita”. ¹

Juntos, alcançaremos a nossa meta tão desejada: alfabetizar e letrar todos os alunos!

Equipe Pedagógica do Projeto Luz do Saber Infantil

¹ FARIAS, Sandra Alves e BORTOLANZA, Ana Maria Esteves. Concepção de mediação: o papel do professor e da linguagem in Revista
Profissão Docente Online. Disponível em: http://www.revistas.uniube.br/index.php/rpd/article/view/626/713 acesso em: 21/01/2015.
APRESENTAÇÃO
O Software Luz do Saber Infantil é um recurso didático pedagógico
que tem como objetivo principal auxiliar a alfabetização das crianças a partir
de estratégias pedagógicas que favorecem o desenvolvimento da leitura e da
escrita, assim como, a inserção das crianças na cultura digital.

A proposta metodológica é fundamentada na abordagem freireana,


que possibilita ao aluno o desenvolvimento da leitura e da escrita a partir das
palavras geradoras. É por meio das palavras que os sujeitos estabelecem uma
relação dialógica, suscitando a reflexão crítica e a compreensão do mundo,
evidenciando uma aquisição das linguagens oral e escrita contextualizadas.

O papel do professor é de extrema importância para a garantia da


facilitação do processo de ensino aprendizagem, ao direcionar atividades
alfabetizadoras que promovam intervenções efetivas.

Destacam-se as contribuições de Emília Ferreiro, pois se faz necessário


que o professor alfabetizador garanta o processo contínuo avaliativo, o
acompanhamento das hipóteses de escrita das crianças, bem como planeje
ações pedagógicas de acordo com as necessidades reais do grupo para favorecer
situações reais de aprendizagem.
Proposta de Formação Luz do Saber Infantil
A proposta de Formação continuada Luz do Saber baseia-se numa proposta crítico-
reflexiva que busca fazer com que os educadores repensem suas práticas pedagógicas e o seu
papel diante dos desafios e necessidades pertinentes ao processo de aquisição da leitura e da
escrita de seus alunos.

É importante “compreender que um processo formativo não pode ter a


pretensão de ser algo que vai, da noite para o dia, como um remédio ou uma
receita, vencer todos os males da educação.” p.20
Inicialmente apresentamos o projeto Luz do Saber, seus fundamentos e estrutura de
trabalho. Ao longo do ano são realizados nove encontros, nos quais são abordados temas que
atendem às necessidades alfabetizadoras dos alunos (v. quadro abaixo).
Dentro do espaço de formação são propostas atividades que possibilitam ao educador
construir e consolidar, ao longo do processo, competências e habilidades básicas relacionadas
diretamente aos momentos de planejar, intervir, e avaliar. Assim, fortalecidos e mais conscientes
de sua prática, educadores sentem-se mais seguros e promovedores dos avanços em sala de
aula.
“Sabemos que um processo formativo não ocorre de forma linear e simples. Ele se dá
também no sentido inverso, com conflitos, desequilíbrios e mudanças de concepções. Nesse
sentido, pensar uma formação de professores é desenvolver ações e emoções que possam
promover o desejo, o entusiasmo, a solidariedade e o conhecimento. É tatear em um terreno -
do fazer/saber docente - que queremos mudar e melhorar, sempre e mais.” p.20

Brasil. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional.

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: formação de professores no Pacto Nacional
pela Alfabetização na Idade Certa/Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica,
Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. - Brasília: MEC, SEB, 2012. p.39

4
PROPOSTA DE AVALIAÇÃO
  Ao definir a avaliação, Luckesi (2005) afirma ser um ato amoroso porque é acolhedor,
integrativo e inclusivo, em que o professor escolhe uma situação e lhe dá qualidade e suporte
necessários para que os entendimentos e mudanças sejam compreendidos como um ato
diagnóstico que permite saber quem está precisando de ajuda, para que o professor possa criar
condições de aprendizado para incluir o aluno na construção do conhecimento, relacionando
suas experiências de vida com as diversas aulas e, assim, oferecer-lhe condições de aprender o
que ainda não sabe.
Defino a avaliação da aprendizagem como um ato amoroso, no sentido de que a avaliação, por
si, é um ato acolhedor, integrativo, inclusivo. Para compreender isso, importa distinguir avaliação
de julgamento. O julgamento é um ato que distingue o certo do errado, incluindo o primeiro e
excluindo o segundo. (LUCKESI, 2005, p.172)
A avaliação permite julgar e classificar, mas essa não é a sua função verdadeira, mas sim
a de diagnosticar para saber o que o aluno aprende, para tomar decisões de como melhorar o
ensino, modificando a prática, para que o aluno alcance os resultados esperados.

5
PROPOSTA DE AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO DE ESCRITA
1. Selecione quatro palavras do mesmo grupo semântico. Ex: FUTEBOL (campeonato,
esporte, campo, gol) - Observe que as palavras estão organizadas em ordem decrescente
de sílabas.

2. Elabore uma frase com estrutura sintática simples com uma das palavras escolhidas. Ex:
A prática de esporte faz bem à saúde.

3. Chame a criança individualmente e informe que será iniciada uma atividade. Entregue
a avaliação e solicite que escreva o seu nome espontaneamente. Obs: Durante todo
o processo avaliativo da escrita se faz necessário oportunizar a criança escrever
espontaneamente (sem modelo), para avaliar as suas hipóteses, ou seja, o que ela já
sabe sobre a escrita e o que ela precisa aprender para ser uma produtora proficiente de
textos.

4. Inicie o ditado das quatro palavras. A leitura das palavras deve ser com entonação e
fluência. Dite a primeira palavra, à medida que a criança for escrevendo procure não
interferir, observando como ela constrói a própria escrita. Dê continuidade à leitura das
demais palavras. Em seguida realize a leitura da frase (ver anexo).

5. Ao finalizar a avaliação, solicite a leitura apontada (palavras e frase) observando o


direcionamento da escrita e em seguida, a leitura da produção escrita.

6. Quando o aluno entregar o teste faça suas anotações na própria avaliação, assinalando
como e onde foi verificado cada atitude da criança, isto facilita o diagnóstico e a
compreensão das hipóteses de escrita.

7. Finalize a atividade com a proposta de produção textual.

8. A avaliação deverá ser aplicada bimestralmente. Para cada avaliação, há variação do


repertório do campo semântico.

6
PROPOSTA DE AVALIAÇÃO
MODELO 1: Campo semântico - FUTEBOL . Palavras (campeonato, esporte, campo, gol)
Frase: O esporte faz bem a saúde.

MODELO 2: Campo semântico - ANIMAIS. Palavras (elefante, cavalo, vaca, cão) Frase: O
elefante vive na floresta.

MODELO 3: Campo semântico - MATERIAL ESCOLAR. Palavras (apontador, caderno, livro,


giz) Frase: Aprendo a ler e a escrever com o meu caderno.

MODELO 4: Campo semântico - BRINQUEDOS. Palavras (bicicleta, boneca, pipa, pá)


Frase: Eu gosto de soltar pipa com os meus amigos.

MODELO 5: Campo semântico - FAMÍLIA. Palavras (afilhado, padrinho, avô, mãe) Frase:
O amor de mãe é incondicional.

7
MODELO 1 DE AVALIAÇÃO DE ESCRITA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
1. ESCREVA O SEU NOME COMPLETO DO JEITO QUE VOCÊ SABE ESCREVER.

________________________________________________________

2. ESCREVA AS PALAVRAS DITADAS:

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

3. ESCREVA A FRASE DITADA:

________________________________________________________

4. OBSERVE A FIGURA E ESCREVA LIVREMENTE O QUE ELA REPRESENTA.

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

8
MODELO 2 DE AVALIAÇÃO DE ESCRITA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
1. ESCREVA O SEU NOME COMPLETO DO JEITO QUE VOCÊ SABE ESCREVER.

________________________________________________________

2. ESCREVA AS PALAVRAS DITADAS:

_______________________________________________________

_______________________________________________________

_______________________________________________________

3. ESCREVA A FRASE DITADA:

_______________________________________________________

4. OBSERVE A FIGURA E ESCREVA LIVREMENTE O QUE ELA REPRESENTA.

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

9
MODELO 3 DE AVALIAÇÃO DE ESCRITA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
1. ESCREVA O SEU NOME COMPLETO DO JEITO QUE VOCÊ SABE ESCREVER.

________________________________________________________

2. ESCREVA AS PALAVRAS DITADAS:

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

3. ESCREVA A FRASE DITADA:

________________________________________________________

4. OBSERVE A FIGURA E ESCREVA LIVREMENTE O QUE ELA REPRESENTA.

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

10
MODELO 4 DE AVALIAÇÃO DE ESCRITA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
1. ESCREVA O SEU NOME COMPLETO DO JEITO QUE VOCÊ SABE ESCREVER.

________________________________________________________

2. ESCREVA AS PALAVRAS DITADAS:

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

3. ESCREVA A FRASE DITADA:

________________________________________________________

4. OBSERVE A FIGURA E ESCREVA LIVREMENTE O QUE ELA REPRESENTA.

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

11
MODELO 5 DE AVALIAÇÃO DE ESCRITA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
1. ESCREVA O SEU NOME COMPLETO DO JEITO QUE VOCÊ SABE ESCREVER.

________________________________________________________

2. ESCREVA AS PALAVRAS DITADAS:

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

3. ESCREVA A FRASE DITADA:

________________________________________________________

4. OBSERVE A FIGURA E ESCREVA LIVREMENTE O QUE ELA REPRESENTA.

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________

12
PROPOSTA DE AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO DE LEITURA
1. Inicie a avaliação apresentando um texto para a criança. A cada bimestre, escolha
apenas um texto entre as opções 1, 2 ou 3. Exemplo: Modelo 1, opção 2 (Futebol de
salão). Pergunte o que representa esse material, explorando de forma geral o texto e as
imagens. Deixe a criança à vontade para iniciar a leitura.

2. Após a leitura faça perguntas de cunho literal e não-literal, solicitando que ela localize
as informações no texto para as perguntas literais. A aplicação dessa estratégia é’
indispensável, pois assim poderemos avaliar com consistência o nível de compreensão
dos alunos, bem como a fluência. Se a criança ler o texto, não há necessidade de continuar
a avaliação de leitura.

3. Caso a criança não consiga ler o texto, continue a avaliação apresentando uma frase.
Faça o mesmo procedimento, explorando a leitura da frase e em seguida realize
questionamentos sobre as informações da frase.

4. Continue o teste se a criança não conseguir realizar a leitura da frase. Em seguida,


apresente um repertório com o mínimo de 10 palavras selecionando-as entre sílabas
canônicas (simples) e não-canônicas (complexas).

5. Para as crianças que não leram as palavras apresentam-se as sílabas móveis (simples e
complexas) para as crianças que não adquiriram a habilidade anterior, apresenta-se o
alfabeto móvel.

13
MODELO 1 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
LEITURA DE TEXTO

OPÇÃO 01:

FUTEBOL
O MENINO MALUQUINHO JOGAVA FUTEBOL.
E TODA A TURMA FICAVA ESPERANDO ELE CHEGAR
PARA COMEÇAR O JOGO.
É QUE O TIME ERA CHEIO DE CRAQUES E NINGUÉM
QUERIA FICAR NO GOL.
SÓ O MENINO MALUQUINHO QUE DIZIA SEMPRE:
- DEIXA COMIGO!
E IA RINDO PARA O GOL PARA O JOGO COMEÇAR.
E O MENINO MALUQUINHO
VOAVA NA BOLA
E CAÍA DE LADO 
E CAÍA DE FRENTE
E CAÍA DE PERNAS PARA O AR
E CAÍA DE BUNDA NO CHÃO
E DANÇAVA NO ESPAÇO
COM AS BOLAS NAS MÃOS.
E A TORCIDA RIA E GOSTAVA DE VER A ALEGRIA DAQUELE GOLEIRO.
E TODOS DIZIAM:
- QUE MENINO MALUQUINHO!
 
ZIRALDO (O Menino Maluquinho)

OPÇÃO 02:

FUTEBOL DE BOTÃO
O FUTEBOL DE BOTÃO, TAMBÉM CONHECIDO COMO
FUTEBOL DE MESA, É UM JOGO SIMULADO DE
FUTEBOL PRATICADO COM BOTÕES APROPRIADOS, QUE
REPRESENTAM OS JOGADORES E SÃO MOVIDOS COM
AUXÍLIO DE UMA PALHETA.

14
MODELO 1 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
OPÇÃO 03:

COMENTANDO O JOGO DE FUTEBOL


A PARTIDA DE FUTEBOL FOI MUITO LEGAL. NO OUTRO JOGO NÓS
GANHAMOS, MAS AGORA A TURMA DO 2º B GANHOU PORQUE
O PEDRO ESTAVA CANSADO. QUANDO ELE FOI BEBER ÁGUA A
OUTRA TURMA FEZ UNS GOLS E COMPLETARAM CINCO GOLS. E
FOI ASSIM QUE ELES GANHARAM.
O JUIZ ERA O MARCELO E O 2º B GANHOU DO 2º A DE 5 A 3.
JOÃO VÍTOR - 2º ANO A

LEITURA DE FRASES

O MENINO MALUQUINHO É UM BOM GOLEIRO.

LUCAS GOSTA DE JOGAR BOLA COM OS AMIGOS.

MARCELO MORA PRÓXIMO À ESCOLA.

NEYMAR JÚNIOR É UM BOM JOGADOR DE FUTEBOL.

O FUTEBOL É O ESPORTE FAVORITO DOS MENINOS.

LEITURA DE PALAVRAS
GOL MENINOS JOGO PEDRO
MESA FUTEBOL GOLEIRO JOGADORES
JUIZ TRAVE ALEGRIA BOLA
MALUQUINHO BOTÃO CHÃO AR

15
MODELO 2 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
OPÇÃO 01:

CADÊ O TOUCINHO QUE ESTAVA AQUI?

CADÊ O TOUCINHO QUE ESTAVA AQUI?


O GATO COMEU
CADÊ O GATO? FOI PARA O MATO
CADÊ O MATO? O FOGO QUEIMOU
CADÊ O FOGO? A ÁGUA APAGOU
CADÊ A ÁGUA? O BOI BEBEU
CADÊ O BOI? AMASSANDO O TRIGO
CADÊ O TRIGO? A GALINHA ESPALHOU
CADÊ A GALINHA? BOTANDO O OVO
CADÊ O OVO? O PADRE COMEU
CADÊ O PADRE? ESTÁ NA IGREJA
COMO É QUE SE VAI À IGREJA?
POR AQUI, POR AQUI, POR AQUI.

TEXTO DE TRADIÇÃO ORAL

OPÇÃO 02:

BERNARDO,

EU NÃO PODEREI IR À SUA CASA NO SÁBADO


PORQUE EU VOU PASSEAR NO ZOOLÓGICO
COM MEUS PRIMOS. NÓS VAMOS NOS DIVERTIR
BASTANTE E CONHECER MUITOS ANIMAIS. QUER IR
COM A GENTE?

UM ABRAÇO DO AMIGO MARCOS.


20/01/2015

16
MODELO 2 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
OPÇÃO 03:

A POMBA E A FORMIGA
A FORMIGA, AO SE APROXIMAR DO RIACHO PARA BEBER
ÁGUA, ESCORREGOU E CAIU DENTRO DÁGUA E FOI SALVA POR
UMA POMBINHA QUE POR ALI ESTAVA.
NOUTRA OCASIÃO, A FORMIGA VIU UM CAÇADOR QUE
APONTAVA A ESPINGARDA PARA MATAR A POMBA, E
PICANDO-O, SALVOU A POMBA.
MORAL: “AMOR COM AMOR SE PAGA.”

LEITURA DE FRASES

A FORMIGA SALVOU A VIDA DA POMBA.

AS CRIANÇAS GOSTAM MUITO DOS ANIMAIS.

A POMBINHA FUGIU DO CAÇADOR.

O BOI BEBE ÁGUA NO RIACHO.

MARCOS GOSTA DE PASSEAR NO ZOOLÓGICO.

LEITURA DE PALAVRAS

GALINHA RIACHO ZOOLÓGICO IGREJA


AMOR BOI SÁBADO ABRAÇO
FORMIGA ÁGUA TOUCINHO POMBINHA
TRIGO CAÇADOR PRIMOS OVO

17
MODELO 3 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
LEITURA DE TEXTO

OPÇÃO 01:

O CADERNO E A CANETA
O CADERNO E A CANETA VIVIAM NO MESMO LUGAR, MAS
NÃO SE FALAVAM.
UM DIA, O CADERNO PERGUNTOU PARA A CANETA:
-EI! VOCÊ QUER SER MINHA AMIGA?
A CANETA OLHOU PARA ELE E FALOU:
-EU NÃO!
E ELE PERGUNTOU:
-POR QUE NÃO?
-PORQUE VOCÊ VAI GASTAR A MINHA TINTA!
E ELE RETRUCOU:
-EU GASTO A SUA TINTA, MAS, EM TROCA, EU LHE DOU AS MINHAS FOLHAS PAUTADAS!
A CANETA PENSOU UM POUCO E PERGUNTOU:
-AS PAUTAS SÃO COLORIDAS?
ELE RESPONDEU:
-TAMBÉM!
-ENTÃO, ESTÁ BEM, EU QUERO!
E O CADERNO ABRAÇOU A CANETA E, DESDE ENTÃO, UM NÃO VIVE SEM O OUTRO.

OPÇÃO 02:

MATERIAL ESCOLAR
LÁPIS REVISTA
CADERNO COMPUTADOR
APONTADOR LÁPIS DE CERA
RÉGUA TINTA
MOCHILA PINCEL
PASTA CANETA
TESOURA LÁPIS DE COR
COLA ESTOJO
LIVRO LANCHEIRA

18
MODELO 3 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
OPÇÃO 03:

NOSSOS COMBINADOS
O QUE É BACANA O QUE NÃO É BOM

1. PRESTAR ATENÇÃO NA AULA 1. JOGAR LIXO NO CHÃO


2. AJUDAR OS AMIGOS 2. BRIGAR COM OS COLEGAS
3. ESTUDAR 3. DIZER PALAVRÃO
4. FAZER AS TAREFAS COM CAPRICHO E ATENÇÃO 4. DESOBEDECER
5. OUVIR QUEM ESTÁ FALANDO 5. FAZER FOFOCA
6. RESPEITAR AMIGOS E FUNCIONÁRIOS DA ESCOLA 6. BAGUNÇAR A SALA
7. USAR AS PALAVRINHAS MÁGICAS 7. FALAR AO MESMO TEMPO
8. LEVANTAR O DEDO QUANDO QUISER FALAR 8. BATER NOS COLEGAS

LEITURA DE FRASES

O CADERNO ABRAÇOU A CANETA E, DESDE ENTÃO, UM NÃO VIVE SEM O OUTRO.

EU APRENDO A LER E A ESCREVER COM MEUS LIVROS E CADERNOS.

É MUITO BOM TER AMIGOS NA ESCOLA.

MAMÃE COMPROU MINHA MOCHILA PARA GUARDAR MEU MATERIAL ESCOLAR.

O COMBINADO DA SALA É ESTUDAR E AJUDAR OS AMIGOS.

LEITURA DE PALAVRAS
MÁGICAS FOLHAS APONTADOR TESOURA
COLORIDAS ESCOLA COLEGAS MOCHILA
AMIGOS DIA PALAVRINHAS CADERNO
COMPUTADOR FOFOCA LUGAR LIXO

19
MODELO 4 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL

LEITURA DE TEXTO
OPÇÃO 01:

CONVITE
POESIA
É BRINCAR COM PALAVRAS
COMO SE BRINCA
COM BOLA, PAPAGAIO, PIÃO.

SÓ QUE BOLA, PAPAGAIO, PIÃO


DE TANTO BRINCAR SE GASTAM.
AS PALAVRAS NÃO:
QUANTO MAIS SE BRINCA COM ELAS
MAIS NOVAS FICAM.

COMO A ÁGUA DO RIO


QUE É ÁGUA SEMPRE NOVA.
COMO CADA DIA
QUE É SEMPRE UM NOVO DIA.
VAMOS BRINCAR DE POESIA?
JOSÉ PAULO PAES

OPÇÃO 02:

MINHA PIPA
TENHO UMA PIPA COLORIDA
PRESA A UM TUBO DE LINHA
QUANDO O VENTO COMEÇA
VEJO MINHA PIPA NO CÉU, SOZINHA.
PAPAI ME FALOU ALGO SÉRIO
QUE NÃO POSSO SOLTAR PIPA
EM RUAS COM FIOS ELÉTRICOS
ISSO MUITO O PREOCUPA.
ENTÃO PROCURO UM LUGAR
ONDE A MINHA PIPA POSSA VOAR
E A NINGUÉM MACHUCAR

20
MODELO 4 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
CADA VEZ MAIS ALTO VÊ-LA CHEGAR.
ROSÂNGELA TRAJANO
OPÇÃO 03:

PULAR CORDA
1. PODE BRINCAR VÁRIAS PESSOAS;
2. DUAS PESSOAS SEGURAM AS PONTAS DA CORDA E
BATEM PARA QUE A OUTRA PULE;
3. PODE RECITAR VERSINHOS COMO:
“UM HOMEM BATEU EM MINHA PORTA E EU
ABRI. SENHORAS E SENHORES: PÕE A MÃO NO
CHÃO! SENHORAS E SENHORES: PULE NUM PÉ SÓ!
SENHORAS E SENHORES DÊ UMA RODADINHA
E VÁ PRO OLHO DA RUA!”
4. GANHA QUEM CONSEGUIR PULAR MAIS VEZES COM OS PÉS JUNTOS SEM ERRAR E SEM PISAR NA CORDA.

LEITURA DE FRASES
AS CRIANÇAS GOSTAM DE BRINCAR DE PULA-CORDA.

MARINA PULA CORDA COM SUAS AMIGAS.

ANA MARIA GOSTA DE LER E ESCREVER POESIAS.

A BOLA BATEU NA JANELA E QUEBROU O VIDRO DO VIZINHO.

O PIÃO É UM BRINQUEDO QUE TEVE SUA ORIGEM NA CIVILIZAÇÃO ROMANA.

LEITURA DE PALAVRAS

POESIA VENTO PIÃO OLHO


VIDRO LINHA SENHORA VIZINHO

21
MODELO 5 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL

BRINQUEDOS PORTA CÉU PAPAGAIO


CORDA PIPA PALAVRA RUA
LEITURA DE TEXTO

OPÇÃO 01:

CASA ENCANTADA
VENDE-SE UMA CASA ENCANTADA
NO TOPO DA MAIS ALTA MONTANHA.
TEM DOIS AMPLOS SALÕES
ONDE VOCÊ PODERÁ OFERECER BANQUETES
PARA DUENDES E ANÕES
QUE MORAM NA FLORESTA AO LADO.
TEM JARDINEIRAS NAS JANELAS,
ONDE CONVÉM PLANTAR MARGARIDAS.
TEM QUARTOS DE TODAS AS CORES
QUE AUMENTAM OU DIMINUEM
DE ACORDO COM O SEU TAMANHO
E NA GARAGEM HÁ VAGAS
PARA TODOS OS SEUS SONHOS.

(ROSEANA MURRAY)

OPÇÃO 02:

A MAMÃE ESTÁ SENTADA NA PORTA DE CASA, CONVERSANDO


COM AS AMIGAS. AÍ, PASSA O FILHINHO NA BICICLETA, A TODA
VELOCIDADE, E GRITA, COM AS PERNAS ABERTAS:
- OLHA, MAMÃE, SEM AS PERNAS!
DEPOIS DE UM TEMPINHO, OLHA ELE DE NOVO
PASSANDO NA BICICLETA:
- OLHA, MAMÃE, SEM AS PERNAS!
MAIS UM POUCO, VOLTA A PASSAR, TODO ALEGRE:
- OLHA, MAMÃE, SEM AS PERNAS E SEM AS MÃOS!
MAIS UM TEMPINHO E LÁ VEM ELE, DE NOVO:

22
MODELO 5 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL
- OLHA, MAMÃE, SEM OS DENTES!

OPÇÃO 03:

FORTALEZA, 13 DE MARÇO DE 2015.

AMIGO RAFAEL,

COMO VAI? ESTOU COM SAUDADES!


ENTREI DE FÉRIAS E GOSTARIA MUITO QUE VOCÊ VIESSE ME VISITAR. ASSIM, PODEREMOS BRINCAR
COM OS BRINQUEDOS NOVOS QUE GANHEI DO PAPAI. TAMBÉM VAMOS PASSEAR NO SHOPPING,
ASSISTIR FILMES E JOGAR BOLA NO CAMPINHO.
AH! PAPAI DISSE QUE PODEREMOS IR À PRAIA. VOCÊ VAI ADORAR!
OUTRA NOVIDADE SÃO OS FILHOTINHOS DA MEL, QUE NASCERAM NA SEMANA PASSADA. SE
QUISER, PODERÁ ESCOLHER UM CACHORRINHO PARA CUIDAR.
ESPERO SUA VISITA EM BREVE. VAMOS NOS DIVERTIR MUITO.

ABRAÇOS,

LUCAS.

A CASA ENCANTADA FICA NO TOPO DA MAIS ALTA MONTANHA.


LEITURA DE FRASES
RAFAEL É O MELHOR AMIGO DO LUCAS.

O MENINO JÁ SABE ANDAR DE BICICLETA.

OS FILHOTES DA MEL NASCERAM NA SEMANA PASSADA.

NAS FÉRIAS VISITEI A CASA DOS MEUS AVÓS.

LEITURA DE PALAVRAS

CASA FAMÍLIA MEL BICICLETA

23
METODOLOGIA E ROTINA

MAMÃE PRAIA MONTANHAS FÉRIAS


RAFAEL FILHOTINHOS BOLA DENTES
ANÕES MARGARIDAS PAPAI MÃOS

A rotina é um dos aspectos principais para o desenvolvimento da autonomia da


criança, já que os torna mais seguros de si e propicia um espaço saudável para o crescimento
de uma sólida autoestima. 
Estabelecer prazos e horários traz tranquilidade e confiança para as crianças, fazendo
com que elas não se sintam tão ansiosas.
Ter uma rotina pré-estabelecida também os ajuda a aprender a dividir melhor o seu
tempo e a desenvolver um maior senso de organização.

A rotina do Projeto está baseada em 5 momentos:

1. ACOLHIDA

2. MOMENTO COLETIVO (VER SUGESTÃO DAS ATIVIDADES)

3. ATIVIDADE CADERNO DO ALUNO

4. CORREÇÃO DA ATIVIDADE

5. ATIVIDADE DO SOFTWARE LUZ DO SABER INFANTIL

24
MODELO 5 DE AVALIAÇÃO DE LEITURA
- PROJETO LUZ DO SABER INFANTIL

25
ATIVIDADE 1 Dia

MOMENTO COLETIVO
Professor (a), receba os alunos com animação e informe-os que hoje irão conhecer um
texto muito legal. Escreva na lousa o título O nome da gente, leia em voz alta e em seguida
pergunte às crianças o que acham que vai tratar o texto. Fique atento às hipóteses dos alunos
para confirmá-las ou não no final da leitura. Confeccione com antecedência um cartaz com o
texto abaixo. Exponha o texto na lousa e faça uma leitura para a turma seguindo o modelo de
leitura fluente (leitura com entonação, clareza e expressividade).

Após a leitura, realize as seguintes perguntas aos alunos:


- O que acharam do texto? Gostaram?
- O que entenderam do texto?
- É possível alguém escolher o próprio nome?
- Alguém tem vontade de mudar o nome? Qual seria?
- Onde está localizado o título do texto? (Neste momento indique uma criança para
apontar no texto que está fixado na lousa)
- E o autor, como se chama? Onde está localizado no texto?

Professor (a), finalize esta atividade entregando para cada criança ¼ de folha ofício e
canetinhas para confecção de um crachá. Solicite que cada uma escreva seu nome em tamanho
legível. Após a escrita convide os alunos a apresentarem em voz alta seu nome para a turma.
Obs: Guarde os crachás das crianças para trabalhos posteriores.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 1

26
Dia ATIVIDADE 2
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), lembre às crianças da atividade dos crachás realizada anteriormente.
Apresente o crachá com o seu nome e convide a turma para ler o que está escrito. Fale mais uma
vez da importância e o direito de cada criança ter uma identificação, no caso o nome próprio.
Utilizando ainda o seu crachá pergunte às crianças:

Quantas sílabas tem o nome do professor (a)?


Qual a letra inicial?
Qual a sílaba final?
Quais as vogais? E consoantes?

Disponibilize os crachás dos alunos confeccionados na aula anterior e embaralhe-os para


que cada criança pegue o nome de um colega. Espalhe os crachás no centro da sala e com os
alunos em círculo cante o trecho da música “o sapo não lava o pé, não lava porque não quer, ele
mora lá na lagoa não lava o pé porque não quer. Mas que chulé!” Quando parar dê os seguintes
comandos para os alunos:

- Escolha um crachá e leia em voz alta o nome que você pegou. (observe se alguma
criança pegou o próprio nome, caso isso aconteça faça a intervenção necessária pedindo
para que ela leia. Caso não reconheça peça que localize seu nome a partir da letra inicial.)
- Cante mais uma vez o refrão e quando parar...
- Circule as sílabas do nome
- Cante mais uma vez o refrão e quando parar...
- Troque o crachá com um colega e leia o novo nome
- Cante mais uma vez o refrão e quando parar...
- Pinte a letra inicial do nome
- Cante mais uma vez o refrão e quando parar...
- Marque um x na letra final.
Obs: Informe aos alunos que enquanto estiverem cantando podem sair do lugar, bem animados, e quando
a música parar deverão voltar para a roda, sempre com lápis na mão para realizarem os comandos.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 2

27
ATIVIDADE 3 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a) utilize o texto O nome da gente e faça a leitura junto com a turma. Fique
atento à pontuação, entonação e expressividade.

Em seguida selecione a seguinte estrofe: (se possível escreva numa cartolina)

Por que é que eu me chamo isso e não me chamo aquilo?

Por que é que o jacaré não se chama crocodilo?

Explicando às crianças que este trecho é chamado estrofe, aproveite para perguntar
quantos aparecem e formam o texto que trabalhado e em seguida faça a leitura da estrofe
selecionada, realizando os seguintes questionamentos:

- Quais os nomes dos animais que aparecem na estrofe?


- Escreva na lousa a palavra JACARÉ pergunte quantas sílabas tem, qual é a letra inicial e final.

Faça o mesmo com a palavra CROCODILO.

Pergunte às crianças qual das duas palavras tem a maior quantidade de sílabas, quais
as semelhanças e diferenças entre as duas (por ex: SEMELHANÇA: as letras R e C aparecem nas
duas palavras, DIFERENÇA: as palavras iniciam e terminam com letras diferentes, as vogais são
diferentes, quantidade de letras e sílabas, etc).
Elaborar junto com a turma uma lista de palavras que rimam com JACARÉ.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 3

28
Dia ATIVIDADE 4
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), retome a atividade anterior e pergunte quem fez a pesquisa e o que
descobriram dos seus nomes. Motive as crianças a participar deste momento. Aproveite e
organize os alunos em grupos e convide-os para participar do Jogo das rimas. Entregue para
cada grupo uma folha de papel ofício e explique que nesta folha escreverão as palavras que
rimarem com a palavra que você vai ditar. Peça que escolham um escriba (o aluno que ficará
responsável pelo registro).

Comece dando um exemplo: diga a palavra GENTE e pergunte à turma: gente rima com?
pente, dente, mente. Continue apresentando outras palavras do texto tais como: jacaré, meu,
padrinho e vovô. O desafio é que os grupos escrevam o maior número de rimas.
Observe como as crianças estão interagindo e incentive-as a conversarem entre si quando
houver dúvida quanto às palavras que rimam. No final, peça para os grupos socializarem as
rimas. Não se esqueça de contabilizar quem conseguiu a maior quantidade de rimas de cada
palavra ditada.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 4

29
ATIVIDADE 5 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), pergunte à turma quem já brincou da brincadeira Stop ou adedonha, caso
não conheçam explique que a regra principal é dizer uma letra e a partir desta escrever numa
folha de papel as palavras, seguindo as categorias. Veja o modelo: a letra é P:
NOME DE ANIMAL: pato
NOME DE FRUTA: pera NOME DE LUGAR: Paraíba
NOME DE PESSOA: Paula
NOME DE ARTISTA: Paulinho da Viola
Peça que as crianças se organizem em duplas (agrupe-as por níveis próximos de escrita e
leitura). Entregue para cada dupla uma folha de papel com as mesmas categorias acima citadas.
Quem dirá a letra será o (a) professor (a). Faça de quatro a cinco rodadas, variando as
letras e também o escriba, ou seja, numa rodada um escreve, o outro colabora e vice-versa.
Lembre-se que a cada rodada as duplas socializam suas respostas. Combine que cada resposta
correta repetida vale 5 pontos e respostas corretas, diferentes, 10 pontos. Finalize a brincadeira
pedindo que as crianças contabilizem suas respostas apresentando o total. Não se esqueça de
parabenizá-las pela participação!
Após o jogo peça que os alunos circulem os nomes próprios (de pessoas e lugares).

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 5

30
Dia ATIVIDADE 6
MOMENTO COLETIVO
Professor (a) leve para a sala de aula o dicionário e apresente-o para a turma. Pergunte
quem já o utilizou, o que encontramos nele, para que serve, em que situações podemos utilizá-
lo e como as palavras se organizam em cada página. Organize os alunos em duplas ou trios e
entregue-os um dicionário para ser manuseado. Exemplifique a localização de palavras para
que eles observem em que ordem elas podem ser encontradas. Peça que procurem no dicionário
duas palavras do texto ou que conheceram nesta semana, cujo significado desejam encontrar.
Após encontrar, solicite que alguns alunos apresentem a palavra e o significado. Durante a
atividade esclareça dúvidas, observando como eles cooperam e resolvem os conflitos cognitivos.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 6

31
ATIVIDADE 7 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), comece a aula conversando com a turma sobre os artistas preferidos ou
pessoas que admiram, como professor, mãe, pai, tios. Escreva na lousa uma lista com os nomes
destas pessoas famosas que a turma citou. Pergunte o que sabem da história deles, por exemplo,
se for um cantor, que música fez mais sucesso, onde nasceu, e um fato marcante da sua história, etc.

Diga para a turma que existe um tipo de texto chamado Biografia que é a história escrita
da vida de uma determinada pessoa.
Explique que para construir uma biografia precisamos de informações sobre a pessoa.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 7

Após a atividade convide os alunos para apresentarem as informações sobre os colegas.


Você pode fazer uma das perguntas da lista para cada dupla, assim todos participam e conhecem
um pouco dos colegas.

32
Dia ATIVIDADE 8
MOMENTO COLETIVO
Como conversamos na aula anterior, Biografia é o relato sobre a vida de uma pessoa.
Conhecemos a biografia de escritores, artistas, poetas, políticos, ou seja, de pessoas que se
destacaram em qualquer atividade. Para produzir uma biografia alguns dados importantes devem
ser registrados: nome completo, data e local de nascimento, onde nasceu e fatos importantes em
qualquer fase da vida.

Agora vamos conhecer a biografia de um personagem divertido e que muitas crianças e


até adultos se divertem com suas trapalhadas? Quem tenta descobrir?
Quando descobrirem que é o Chaves, faça um levantamento das características físicas e
psicológicas desse personagem. Faça o registro na lousa.
O texto abaixo será lido pelo (a) professor (a) e em seguida a leitura será coletiva. Não
se esqueça de comparar as informações dos alunos com o texto Biografia.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 8

33
ATIVIDADE 9 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a) reproduza o texto da Biografia de Chaves no papel madeira e recorte-o
dividindo em quatro parágrafos. Organize a turma em quatro grupos mais uma vez e convide
os alunos para lerem o texto na sequência como aparece na íntegra. Faça a seguinte divisão:
GRUPO 1 – 1º PARÁGRAFO, GRUPO 2 – 2º PARÁGRAFO, GRUPO 3 - 3º PARÁGRAFO – GRUPO
4 – 4º PARÁGRAFO. Após a leitura solicite que o grupo localize, circule, e em seguida leia os
nomes que aparecem no seu parágrafo.
Para finalizar solicite que cada grupo conte a história do personagem Chaves.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 9

Professor (a), após a construção da biografia dos alunos convide-os a socializarem


os textos produzidos em sala de aula. Finalize este momento perguntando aos alunos: como
vocês se sentiram falando sobre seu colega? Qual biografia vocês mais gostaram? Que outras
biografias vocês conhecem? O que aprendemos hoje?

34
Dia ATIVIDADE 10
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), escreva algumas dicas em tarjetas e coloque-as numa caixinha. Convide
a turma para brincar de Descobrindo e Escrevendo! Organize as crianças em quatro grupos. É
importante distribuir folhas de ofício e lápis com antecedência. Cada grupo por vez tira uma
dica da caixa e a lê para os demais, que deverão conversar e escrever as respostas numa folha.
Após o registro das respostas todos os grupos socializarão para saber quem acertou e também
para conferir se a palavra confirma as dicas dadas pelo professor. Combine também com a turma
que para o bom andamento da atividade os alunos não poderão ver a escrita dos outros grupos
antes do comando do professor.

PERGUNTAS QUE DEVERÃO ESTAR NA CAIXA:


- Seu nome começa com C e termina com S. É um personagem famoso. Resposta: CHAVES
- É morador da vila e sempre acaba irritando o Chaves. Seu nome tem 10 letras. Resposta: SEU MADRUGA.
- É um garoto bochechudo e muito mimado pela sua mãe. O seu nome tem duas sílabas. Resposta: QUICO
- É o dono da vila e no seu nome aparece RR. Resposta: Seu Barriga
- É mãe do Quico e dentro do seu nome aparece uma palavra com uma sílaba. Resposta: Dona
Florinda (palavra que aparece dentro do seu nome FLOR)
- É apaixonada pelo Chaves e o seu nome tem três sílabas. Resposta: Chiquinha

Finalize a atividade escrevendo todas as palavras na lousa conferindo-as junto com os alunos.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 10

35
ATIVIDADE 11 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide os alunos para brincarem do Concurso de Adivinhações. Pergunte
quem sabe dizer alguma para a turma tentar adivinhar. Se não souberem, você pode desafiá-los
a responderem as adivinhas sugeridas abaixo.

O QUE É, O QUE É?
Que atravessa todas as portas sem nunca entrar nem por elas sair? RESP: FECHADURA
O que será, que será, que sendo preto ou branco, de noite é sempre pardo, escaldado, tem medo
de água fria e dizem ter mais de oito vidas? RESP: GATO
O que será, que será, que é feito de vidro e mostra tudo o que vê? RESP: ESPELHO
Com dentes deste tamanho, não sei por que vou à mesa: todo bocado que apanho, tomam de
mim com certeza. RESP: GARFO
Um personagem divertido. Moro em um barril. Tenho sardas no rosto. Comer sanduiche de
presunto é o que eu mais gosto. RESP: CHAVES
Sou um personagem famoso. Magro e alto eu sou. Quando me irritam jogo meu chapéu no chão
e fico muito furioso. RESP: SEU MADRUGA
Professor (a), convide as crianças para continuarem brincando de Adivinha. Entregue meia folha
de papel ofício para cada aluno construir seu cartão e escreva na lousa o seguinte modelo:

Minhas características físicas Minhas características psicológicas

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 11



Os alunos deverão registrar essas informações sem escrever o nome e sem
compartilhá-las com os colegas. O (a) professor (a) recebe todos os cartões da turma, embaralha-
os e os redistribui aleatoriamente aos alunos. Cada aluno deverá ler para a turma o cartão
recebido e tentar adivinhar, a partir das características, quem é o colega descrito.

36
Dia ATIVIDADE 12
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), avise às crianças que hoje brincarão de Bingo dos nomes. Entregue a cada
uma delas meia folha de papel e peça que façam 12 quadradinhos e escrevam as letras que
desejarem, transformando o papel numa cartela de bingo. É importante lembrar que as letras
não podem se repetir. Escreva o nome das crianças em filipetas e coloque todas dentro de uma
caixinha ou saquinho decorado. Sorteie um nome por vez anunciando para as crianças de forma
que elas marquem com um (X) a letra que for a inicial do nome.

Obs: Selecione os nomes dos alunos com iniciais diferentes e leia com fluência cada nome.

A H J
K G O
P Q F
E C L

Quem conseguir marcar todas as letras da cartela será o vencedor. Não se esqueça
de conferir os nomes das brincadeiras observando as iniciais que foram marcadas na cartela
vencedora. Com a ajuda dos alunos escreva na lousa os nomes e parabenize o vencedor do
bingo.
Sugestão: se possível, providencie um brinde para a criança vencedora (ex: lápis, caneta,
chocolate)
Dos nomes escritos na lousa escolha um para observar a letra inicial, final e as demais
letras. Escreva o nome na lousa em forma de acróstico. Explique o que é um acróstico a partir do
exemplo abaixo.
Boa pessoa e
Especial amigo APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 12
Traz sempre
Otimismo!

37
ATIVIDADE 13 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), converse com as crianças sobre os documentos que elas têm em casa, como
Certidão de Nascimento e Cartão de Vacinação. Explique que os documentos são importantes,
pois servem para identificar as pessoas.
Apresente uma Carteira de Identidade a elas, e peça que observem os detalhes e vejam
as informações que aparecem nela. Passe o documento para a turma conhecer e observar todos
os itens.
A Carteira de Identidade é um documento que devemos ter e é o mais importante de
todos. Nela são registrados o nosso nome, a data de nascimento, os nomes dos nossos pais, a
cidade e o estado em que nascemos. Hoje vamos construir algo parecido chamado Bilhete de
Identidade.
Após a apresentação da Carteira de Identidade, liste na lousa, com a ajuda das crianças,
todos os itens que aparecem no documento. Realize os seguintes questionamentos:
- Para que serve este documento?
- Quem pode ter uma Carteira de Identidade? A partir de qual idade?
- Onde podemos utilizar este documento?
- Por que é necessário ter a foto e a assinatura?

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 13

38
Dia ATIVIDADE 14
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), espalhe as tarjetas pela sala e peça que leiam as palavras que estão ao
redor e realizem os seguinte comandos:
- Identifique os nomes próprios;
- Identifique os nomes que começam com vogal;
- Identifique os nomes que tenham a mesma quantidade de sílabas;
- Identifique os nomes com a mesma letra inicial;
- Identifique palavras que têm menos letras;
- Identifique palavras com duas, três e quatro sílabas.
À medida que as crianças forem localizando e apontando as palavras, oriente o grupo de
maneira que todos possam participar.
As palavras das tarjetas
CARLOS, FERNANDA, JOÃO, GUSTAVO, ANA, FORTALEZA, OTÁVIO, RITA, BATURITÉ, CACHORRO,
GATO, AMARELO, VERDE, AZUL, LUCIANA, RECIFE, ROSA, SOBRAL, ICÓ, PÁSSARO, LILÁS,
SALVADOR,

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 14

Após a realização da atividade peça para as crianças socializarem suas respostas

39
ATIVIDADE 15 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), reproduza a canção “Gente tem sobrenome” e em seguida cante-a e
leia-a com bastante entusiasmo com os seus alunos. Realize em seguida as perguntas de
compreensão.
Qual o título da canção?
Qual o compositor?
Quantos versos tem a canção?
Em sua opinião, por que as coisas não têm sobrenome?
Após a leitura, solicite que os alunos localizem os nomes e os escreva na lousa separando-
os em três grupos: nome, sobrenome e apelido. Enfatize a diferença entre nome, sobrenome e apelido.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 15

40
Dia ATIVIDADE 16
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), espalhe pela sala tarjetas onde estarão escritas nomes ou sobrenomes
citados no texto. Peça para as crianças andarem pela sala e realizarem a leitura das tarjetas que
estão fixadas nas paredes ou na lousa. Um aluno por vez escolherá uma tarjeta. Pergunte às
crianças o que está escrito na tarjeta, se é um nome ou sobrenome e solicite que formem seus
pares observando como eles estão combinados no texto. As crianças que escolherem nome sem
sobrenome ou apelidos deverão formar um grupo especial. Para finalizar esta atividade leia
junto com eles cada tarjeta.

APÓS ESTE MOMENTO REALIZAR A ATIVIDADE 16

41
ATIVIDADE 17 Dia
MOMENTO COLETIVO
Convide a turma para brincar de pega-pega das sílabas. Distribua para cada criança uma
tarjeta com sílabas que formam nomes. Reproduza as seguintes sílabas:
VE, LO, SO, MA, GUI, LA, A, DO, BE, LÉM, FA, RE, NA, TO, BAR, RO, ZI, CO, BRA, SI, LEI, RO, CAR, LI,
TOS, PE, LÉ, CA, E, TA, NO. Peça para formar nomes e, em seguida, utilizando as sílabas inicial e final
dos nomes, peça que observem se é possível formar outros nomes a partir da junção destas sílabas.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 17

42
Dia ATIVIDADE 18
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide a turma para ler mais uma vez o texto “Gente tem sobrenome”
e onde estiver escrito um nome próprio todos devem aumentar o volume da voz. A leitura
será feita alternando meninos e meninas. (Ex: uma estrofe as meninas leem na outra serão os
meninos.)
Proponha para a turma o jogo Coelho na toca. Ela deverá ser dividida em grupos de três,
sendo que um aluno deve sobrar. Em trio, devem se agrupar assim: dois formam uma toca – ou
uma casinha - dando as duas mãos, e o terceiro, que é o coelho, entra na toca. Ao som de uma
música dançarão pela sala. Quando a música parar, você anuncia: Coelho na toca!
O conjunto será formado por vários coelhos em suas tocas e um coelho sozinho, que
deverá andar e procurar um lugar para morar. Quando o coelho solitário gritar: “Coelho na
toca!”, todos os outros deverão sair e procurar uma nova toca. O coelho solitário deve ficar
atento e buscar uma toca também. Assim, no final de cada rodada, outro coelho irá sobrar e
a brincadeira poderá recomeçar. Depois de algumas rodadas, coelhos e tocas trocam de papel,
para que todos possam brincar.
Releia junto com os alunos a canção “Gente tem sobrenome” com entonação, empolgação
e fluência. Explique as regras do jogo Coelho na toca e deixe claro que cada vez que o aluno ficar
sem toca responderá a um desafio. Sugestões de comandos:

1. É um brinquedo, inicia com a letra B e tem 3 sílabas

2. É um doce, tem 2 sílabas e rima com jardim

3. Tem 4 letras, 2 sílabas, é uma flor

4. É um brinquedo, rima com cartola e tem 2 sílabas

5. Localize na 3ª estrofe a palavra que rima com a palavra cacau, inicia com a
letra M e tem 2 sílabas

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 18

43
ATIVIDADE 19 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), construa com as crianças uma caixa-correio que ficará permanentemente na
sala de aula. Deixe claro para o grupo o objetivo da atividade informando que constantemente
irão produzir cartas para os colegas ou para quem desejarem. Não se esqueça de depositar
na caixa a carta sugerida nesta atividade. Converse sobre a função social da carta: meio de
comunicação escrito que utilizamos para mandar notícias, contar novidades para pessoas que
estão distantes.
Sugestão: Quando a caixa-correio estiver pronta, você falará para os alunos que achou uma carta.
Faça a leitura da carta para os alunos e após a leitura, proponha os seguintes
questionamentos:

- Em que cidade o menino estava quando escreveu a carta?

- Quem é o remetente?

- Qual o assunto principal da carta?

- Para quem foi escrita?

- Como o menino se despede do seu amigo?

- Na sua opinião, qual a faixa etária do Lucas? Por quê?

- Qual a parte da carta que você achou mais interessante?

- O que você gostaria de fazer nas próximas férias?

Lembre aos alunos que as cartas produzidas precisam ser enviadas ao seu destinatário.
Pergunte aos alunos o que é necessário para enviar a carta (o objetivo é que eles sugiram a
necessidade de um envelope, caso isso não aconteça, você precisará citá-lo). Leve para a sala
de aula envelopes comuns que são utilizados para enviar cartas pelos correios, apresente-os
para a turma e peça que observem todos os detalhes e os campos a serem preenchidos. Neste
momento é importante explicar o significado de termos como remetente, destinatário, etc.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 19

44
Dia ATIVIDADE 20
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), leve para a sala de aula a caixa-correio e faça a retomada da atividade
anterior. Pergunte se gostaram da experiência de escrever a carta e avise para a turma que agora
terão o desafio de escrever uma carta coletiva, cujo escriba será o(a) professor(a). Explique que
escolherão por votação o destinatário da carta. Registre na lousa as seguintes opções:
1. PRESIDENTE DA REPÚBLICA
2. DIRETOR(A) DA ESCOLA
3. PREFEITO DA CIDADE
Após a votação defina juntamente com o grupo o motivo pelo qual escreverão a carta.
Relembre os aspectos importantes que precisam aparecer na carta. Com a ajuda das
crianças faça o registro na lousa do texto que será elaborado. Após a escrita, faça a análise dos
itens sugeridos para avaliação da carta.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 20

45
ATIVIDADE 21 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide os alunos para participarem da brincadeira do telefone sem fio.
Pergunte se eles conhecem a brincadeira, como funciona, quais são as regras, etc.
Peça para ficarem de pé num grande círculo e diga ao ouvido do primeiro aluno a seguinte
frase: “QUEM NÃO SE COMUNICA, SE COMPLICA!”
Oriente que a mensagem deverá ser transmitida para os demais colegas. Ao chegar ao
último aluno o (a) professor (a) perguntará qual foi a frase que ele ouviu. Anuncie para a turma
qual a frase trabalhada na brincadeira e escreva na lousa para comprovar a resposta.

Realize os seguintes questionamentos:


O que esta frase significa?
Quantas palavras encontramos nesta frase? (peça para um aluno circular cada palavra da frase)
Qual a primeira palavra da frase? (indique um aluno para marcar um x na palavra)
Qual a última palavra da frase? (sublinhe a palavra)
Existe alguma palavra que se repete?
Qual a maior palavra?
Quais as sílabas que formam essa palavra?
Podemos formar outras palavras a partir destas sílabas? Quais?
Qual a menor palavra da frase? Por quê?

Finalize esta atividade lendo a frase com os alunos e solicite que batam palmas a cada
palavra lida por eles.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 21

46
Dia ATIVIDADE 22
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), converse brevemente com a turma sobre a importância da comunicação e dos
textos que usamos no dia a dia com essa finalidade (ex: carta, bilhete, torpedo, etc) apresente
para eles o texto abaixo:
Após a leitura, discuta com os seus colegas os seguintes questionamentos:
- Você sabe qual a diferença entre os gêneros e-mail e carta?
- Você já enviou ou recebeu algum e-mail?
- Que tipos de assuntos podemos tratar no e-mail?
- Quem é o remetente do e-mail?
- Na sua opinião, por que Manuela foi embora da casa de Raiane e de Joana apenas às 19h, já
que elas brincaram até às 16h?
- Como foi o passeio de Manuela para a praia?
- Circule no texto todos os nomes próprios e em seguida leia-os.
- O que você achou das férias de Manuela? Você faria algo diferente nas férias?
Professor (a), leia as seguintes palavras para a turma:
FÉRIAS – CAMILA – DOMINGO – BÚZIOS – RAIANE – BRINCAMOS – POSTE – JULHO – CEDO – LAURA –
ÓTIMAS – PRAIA – DESCANSAR – FUNDÃO – ONDA – ALICE – MANUELA – SÁBADO – JOANA
Obs: durante a realização da atividade fique atento quanto à interação das crianças.
Tenha o cuidado na formação das duplas para que não fiquem juntos pares com níveis de leitura
tão distantes, o que pode desfavorecer a construção do aprendizado e a troca de conhecimentos
neste tipo de atividade.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 22

47
ATIVIDADE 23 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), organize as crianças em cinco grupos, conforme a quantidade de trechos
do e-mail abaixo: cada trecho deve ser escrito em papel madeira para facilitar a leitura e alcance
dos objetivos. Distribua aleatoriamente para cada grupo um trecho do e-mail e convide-os a
realizar a leitura.
Peça às crianças que pintem o espaçamento entre as palavras da frase e conte a
quantidade de palavras. É importante registrar este número.
Em seguida explique que elas precisam descobrir a ordem correta dos fatos que
foram relatados. À medida que elas forem ordenando o texto vá fixando-o na lousa. Peça que
argumentem justificando o porquê daquele trecho vir antes ou depois de outro. Para finalizar,
peça que leiam o texto ordenado. Não se esqueça de parabenizar os grupos pela colaboração.

Em 08 de julho de 2013 14:40, Manuela escreveu:


Camila,
Minhas férias foram ótimas! Terça-feira fui para a casa da Raiane e Joana,
e acabei dormindo lá.
No dia seguinte quarta, brincamos muito, mas às 16 horas o transformador
do poste estourou! Fui embora de lá às 19 horas.
Na segunda-feira da segunda semana de férias fui para Búzios. Quando
chegamos lá, fomos direto para a casa da minha tia Alice. Depois fomos a praia
junto com minha prima de 1 ano.
No dia seguinte terça- feira acordamos cedo e fomos para a praia! FOI
MUITO SHOW! Nós fomos lá no fundão. Lá tinha cada onda maneira.
Quinta-feira fiquei em casa brincando com meu irmão!!
Sábado fui para a casa da Laura. Domingo aproveitei para descansar!
Beijos e abraços,
Manuela

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 23

48
Dia ATIVIDADE 24
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), inicie a aula convidando todos os participantes para ficarem de pé no círculo.
Diga que participarão de um jogo. Comece conversando com todos sobre as regras: o primeiro
deverá iniciar quando você falar uma letra do alfabeto (por exemplo: “A”) este deverá dizer: Meu
nome é...Anita. O nome do meu irmão é Adriano. Nós viemos de Alagoas e vendemos abacaxi.
À medida que os alunos forem falando registre as palavras no quadro. Ao finalizar a atividade,
faça a leitura coletiva de todas as palavras e, se for necessário, faça as possíveis intervenções.
Para cada participante diferencie a letra inicial, mostrando ao grupo, com o alfabeto móvel, que
letra será trabalhada.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 24

49
ATIVIDADE 25 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), prepare antecipadamente um cartaz com o texto (bilhete) abaixo e
exponha-o no quadro.

Bia,
Precisei sair mais cedo para a aula de balé. A mamãe já deixou o lanche
pronto pra você. Não esquece de deixar tudo limpo e organizado. Senão
você já sabe né?
Beijos,
Amanda

Solicite que todos realizem a leitura do texto em voz alta.


Confeccione um dado grande ou, se tiver na escola, solicite o empréstimo do mesmo.
Realize os questionamentos seguintes conforme a quantidade que aparecer no dado quando a
criança jogar.
1 - Que texto é esse?
2 - Qual a finalidade (para que serve) esse texto?
3 - Quem escreveu e para quem foi escrito esse texto?
4 - Por que Bia precisou sair mais cedo?
5 - A mãe de Amanda estava em casa? Por que podemos afirmar isso?
6 - Na sua opinião, o que pode acontecer se Bia não deixar tudo limpo e organizado?
*Caso a quantidade no dado se repita não tem problema fazer a pergunta novamente.
Depois desse momento, pergunte quem gostou de conhecer um bilhete, quem já escreveu
ou recebeu um bilhete. Prepare com antecedência os nomes dos alunos, enrole e coloque-os
numa caixinha para realização de um sorteio. Cada aluno vai tirar da caixinha um nome e vai
escrever um bilhete para o colega. Entregue ¼ de folha de papel para cada criança e explique
que nesta aula todos terão a oportunidade de escrever e receber bilhetes. Após escrito o bilhete
solicite aos alunos depositá-lo na caixa-correio da sala (a mesma utilizada na atividade da
carta). Faça a entrega dos bilhetes aos seus destinatários e quem desejar pode socializar o
bilhete que recebeu.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 25

50
Dia ATIVIDADE 26
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), retome o texto do bilhete, leia-o com a turma, convidando-a para brincar
de pega-pega das sílabas. Entregue para cada criança uma tarjeta com uma sílaba que deverá
ser fixada na blusa.
Sílabas que precisam ser confeccionadas: BI – LHE – TE – BA – LÉ – CE – DO –
LAN – CHE– PRON – TO – DEI – XOU – VO – CÊ – SA – BE – LIM – PO - A – MAN – DA
*Lembre-se que será uma sílaba por criança. Caso o número de alunos seja menor que a
quantidade de palavras/sílabas sugeridas é só retirar alguma palavra.
Providencie com antecedência um aparelho de som e CD infantil. Coloque uma música
para tocar e depois de alguns segundos pare a música e dê os seguintes comandos:
Forme o nome do gênero (texto) que trabalhamos na aula anterior (bilhete)
Forme palavras com duas sílabas (balé, cedo, aula, lanche, pronto, deixou, você, sabe)
Forme o nome da pessoa que escreveu o bilhete (Amanda)
Forme uma frase com uma das palavras construídas por você.
Depois de cada comando dito pelo (a) professor (a) a música volta a tocar utilizando-se
a mesma estratégia.
Obs: todas as palavras trabalhadas nesta atividade estão localizadas no texto do bilhete.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 26

51
ATIVIDADE 27 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide a turma para ouvir uma bela história. Peça para sentarem no chão,
em círculo.
Escolha um dos livros da Coleção PAIC Prosa e Poesia que a escola disponibiliza. Realize
a predição a partir do título fazendo os seguintes questionamentos e/ou comandos:
- O que encontramos na capa do livro?
- Vamos ler o título desse livro?
- As imagens têm alguma relação com o título que acabamos de ler?
- O que vocês acham que essa história vai nos apresentar?
Leia a história com entonação e expressividade, envolvendo e motivando as crianças
nesta atividade.
Realize questionamentos literais e não-literais sobre o texto para observar o nível de
compreensão das crianças.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 27

52
Dia ATIVIDADE 28
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide os alunos para escutarem uma fábula. Pergunte quem já ouviu ou
leu uma fábula, quem sabe o que é uma fábula e, em seguida, peça para ficarem bem atentos
durante a leitura feita por você.
Após a leitura realize os seguintes questionamentos:
- Você gostou do texto?
- O que você entende pela moral da fábula: “O amor constrói, a violência arruína”?
- Qual foi o acordo que o vento e o sol fizeram?
- Afinal, quem se tornou o mais forte na história?
- Você gostou do fim da história? Se você pudesse mudá-la como seria o final?

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 28

53
ATIVIDADE 29 Dia
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), selecione objetos diversos (uso pessoal e escolar) e coloque dentro de
uma caixa ou sacola decorada. Convide os alunos para participarem de um momento muito
divertido que será o “criando uma história maluca”. Organize-os numa grande roda e explique
que a sacola ou caixa vai passar por cada aluno e o desafio é criar uma história a partir do
objeto que forem pegando. Oriente que quem continua a história precisa ficar atento ao início,
meio e fim, e as ideias precisam ter sentido. Gerencie bem o tempo para que a atividade não se
estenda muito, prejudicando a concentração e o envolvimento da turma. Convide a turma para
ajudar você no registro da história. Enquanto eles relembram e ditam as informações, realize
as intervenções necessárias quanto à coerência e à coesão textual. Escreva na lousa o texto
que eles construíram. Pergunte qual a maior frase da história e solicite a um aluno que possa
identificá-la no quadro. Parabenize a turma pela produção coletiva.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 29

54
Dia ATIVIDADE 30
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), prepare com antecedência as imagens ou os nomes dos personagens do
Sítio do Pica Pau Amarelo e espalhe-os pela sala. Ao chegar à sala peça que observem as imagens/
palavras e pergunte o que sabem sobre os personagens, qual o nome e as características. É
importante informar acerca dos personagens, assim ampliando o conhecimento da turma. Após
esta predição, pergunte às crianças quem gosta de cantar e quem gosta de ouvir música. Informe
que você trouxe uma canção para ouvirem e cantarem bem animados. Dê as seguintes dicas
para eles descobrirem qual é a canção:
É uma canção que acompanha uma turma muito conhecida formada por personagens
diferentes e engraçados e que as crianças gostam muito.
Caso não descubram, revele o nome e coloque para tocar ou cante com a turma a canção
abaixo. Em seguida faça a leitura coletiva do texto.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 30

55
56
ATIVIDADE 1
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), converse com a turma sobre as brincadeiras preferidas dos alunos. Diga
que você vai apresentar um texto sobre algo que eles adoram usar para brincar. Pergunte se eles
conseguem descobrir, em seguida faça os seguintes questionamentos:
Quem tem ou já brincou com a bola?
Quais jogos ou esportes são possíveis com a bola?
Quais canções conhecemos que fala sobre bola?
Convide as crianças para cantarem de forma bem animada a canção e em seguida realize
a leitura fluente do texto. Após apresentar o texto pergunte às crianças:
- Qual o assunto da canção?
- Qual o título?
- Quantas estrofes possui?

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 1

57
ATIVIDADE 2
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), prepare com antecedência tarjetas com as seguintes palavras retiradas do texto:
CABEÇADAS – JOGADA – DURO – MURO – GAROTADA – FORA – PELADA – MEIA – AREIA –
SHOW – GOL – BOLA – VER – AGORA – VOCÊ – ROLA – VENCER
Espalhe as tarjetas pelo chão, viradas para baixo, e convide as crianças a formarem
um círculo ao redor das palavras. Fale para a turma que participarão do jogo da memória de
rimas. Cada aluno pega uma tarjeta, faz a leitura em voz alta, e escolhe outra que forme um
par de rimas. Caso a tarjeta escolhida não rime com a primeira palavra, ele a coloca de volta
no lugar de onde a retirou e passa a oportunidade para o próximo aluno. Quando todas as
tarjetas forem retiradas e as rimas combinadas, peça que, em duplas, as crianças identifiquem
as sílabas e no verso da tarjeta escrevam a quantidade de sílabas. Parabenize todas as crianças
pela participação.

APÓS ESTE MOMENTO ,REALIZAR A ATIVIDADE 2

58
ATIVIDADE 3
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide a turma para brincar do jogo Inventando a minha história. Numa
caixinha coloque as palavras utilizadas na atividade anterior: CABEÇADAS – JOGADA – DURO
– MURO – GAROTADA – FORA – PELADA – MEIA – AREIA – SHOW – GOL- BOLA – VER –
AGORA – VOCÊ – ROLA – VENCER. Peça para as crianças se organizarem num círculo e explique
que terão o desafio de participar da construção de uma história que será criada pelo grupo. A
caixinha vai passando, cada criança tira uma palavra e vai dando sequência à história.
Lembre-se de começar a história e orientar as crianças que continuem no desenvolvimento
das ideias. Oriente as quanto aos aspectos de coerência, coesão, começo, meio e fim do texto
construído. Depois que todas as crianças participarem desse momento retomar toda a história
oralmente junto com a turma.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 3

59
ATIVIDADE 4
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide a turma para brincar do jogo da forca.
O aluno tem que acertar qual é a palavra proposta, tendo como dica o número de letras
e o tema ligado à palavra. A cada letra errada, é desenhada uma parte do corpo do enforcado.
O jogo termina ou com o acerto da palavra ou com o término do preenchimento das partes
corpóreas do enforcado. Para começar o jogo se desenha uma base e um risco correspondente
ao lugar de cada letra.
Por exemplo, para a palavra “MERCADO”, se escreve:
MERCADO_______
O jogador que tenta adivinhar a palavra deve ir dizendo as letras que podem existir na
palavra. Cada letra que ele acerta é escrita no espaço correspondente.
MERCADO-M__CA__
Caso a letra não exista nessa palavra, desenha-se uma parte do corpo (iniciando pela
cabeça, tronco, braços…)
O jogo é ganho se a palavra é adivinhada. Caso o jogador não descubra qual a palavra
ele perde.
Para esta atividade utilize as seguintes palavras:

BICICLETA, CARRINHO, PETECA, BAMBOLÊ.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 4

60
ATIVIDADE 5
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), escreva na lousa as duas estrofes, uma de cada lado do quadro. Numa
folha de papel ofício ou cartolina escreva todas as palavras das duas estrofes e recorte cada
uma, inclusive os artigos e preposições. As palavras serão colocadas dentro de um saco.

1. Pergunte às crianças quem já brincou ou conhece a brincadeira Três, três passará.


2. Escolha dois alunos para fazerem o túnel, sendo que cada um ficará posicionado próximo a
uma estrofe. A função do túnel é segurar as crianças da fila quando a música parar.
3. Peça que os demais formem uma fila e comecem a passar entre os dois alunos. Enquanto isso,
todos devem cantar: Três, três passará, derradeiro ficará.
4. Quando chegar no “ficará”, os dois alunos que formam o túnel devem segurar uma das
crianças e pedir que escolha uma das palavras das estrofes que estará dentro de um saco
decorado.
5. Ela escolhe e lê a palavra, permanece com ela, indicando a qual estrofe pertence, e vai para
trás do aluno que está próximo da estrofe em que ela está localizada.
6. Ao localizar a palavra, cada aluno permanece com a tarjeta na mão.
7. Após todos terem participado, os alunos devem formar a estrofe corretamente identificando
a primeira e última palavra.
8. Peça que os dois grupos leiam em voz alta a estrofe que completaram e em seguida explore
as palavras identificando as sílabas que a constituem.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 5

61
ATIVIDADE 6
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), leia em voz alta o texto Boneca de milho e em seguida faça a leitura
coletiva. Organize a turma em grupos de quatro a cinco alunos e explique que participarão de
uma gincana para saber se entenderam bem o texto. As perguntas serão feitas por você e cada
grupo, após conversa entre si, registrará sua reposta em folha de ofício. Será dado um tempo de
três a cinco minutos e o grupo que responder conforme o texto ganhará pontos. Peça aos grupos
para mostrarem a resposta que escreverão no papel. Lembre-se de fazer o registro dos pontos
na lousa. É importante passar entre os grupos para verificar a interação e colaboração entre as
crianças.
Professor(a), realize os seguintes questionamentos:

- De acordo com o texto, o que se esconde por baixo da palha de milho?


- Quem é faceira?
- De que é feito o cabelo da boneca?
- Quantas estrofes tem o texto?
- Qual o título do texto?
- O que significa a palavra viçosa?

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 6

62
ATIVIDADE 7
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), faça a leitura coletiva do texto Boneca de milho e em seguida convide as
crianças para brincarem do jogo A viagem. Peça que formem um círculo. Nesta viagem há uma
regra: você não poderá levar tudo o que deseja. O professor (a) inicia o jogo usando a seguinte
frase: “Eu fui viajar e levei a palavra ... (só podem ser ditas palavras que existem no texto e
que tenham a mesma inicial da palavra dita pelo primeiro participante. O outro participante
não pode repetir a palavra dita pelo colega. O participante que estiver à sua direita diz a mes-
ma frase e a palavra dita pelo professor, porém acrescentando outra palavra. As crianças darão
sequência. Para conferir as palavras ditas, o (a) professor (a) estará com o texto em mãos.
Quando se esgotarem as palavras do texto com a mesma inicial o professor pode sugerir no
ouvido da crianças as iniciais A, E, C, D...para que iniciem outra rodada.

Ex: Eu fui viajar e levei a palavra AMOR....


Eu fui viajar e levei as palavras AMOR E AMARELO

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 7

63
ATIVIDADE 8
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), antecipadamente prepare tarjetas com dicas sobre as palavras e coloque-
as na caixa ou saco.
Convide os alunos a sentarem-se em círculo e espalhe no centro da sala algumas palavras
escritas em tarjetas. Passe a caixa com as dicas ao som de um refrão de canção conhecida pelas
crianças.
Quando a canção parar, a criança que estiver com a caixa retira uma tarjeta que será lida
pelo (a) professor(a).
Após a leitura da tarjeta a criança deve localizar e ler a palavra com as características
solicitadas. Ao final da atividade faça a leitura de todas as palavras trabalhadas com as crianças.

PALAVRAS A SEREM ESCRITAS NAS TARJETAS:


MILHO – BONECA – PERFUME – GRÃO – PALHA – CABELO – VENTO – AMAR – SOLIDÃO
DICAS QUE ESTARÃO NA CAIXA:
- tem uma sílaba e rima com canção. R: GRÃO
- tem duas sílabas e não tem letra que se repete. R: VENTO
- tem cinco letras e duas sílabas. R: MILHO
- começa com R a letra E se repete. R: PERFUME
- tem seis letras e rima com peteca. R: BONECA
- tem duas sílabas e rima com Amália. R: PALHA
- tem 6 letras, sendo três vogais e três consoantes. R: CABELO
- tem duas sílabas e quatro letras. R: AMAR
- rima com estação e tem três sílabas. R: SOLIDÃO

APÓS ESTE MOMENTO REALIZAR A ATIVIDADE 8

64
ATIVIDADE 9
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), forme quatro grupos e entregue a cada um o trecho retirado do texto
Boneca de milho. Cada trecho terá uma palavra sublinhada. Peça que leiam o trecho recebido
e discutam o que significa a palavra sublinhada. Entregue para cada grupo meia folha de ofício
e solicite que reescrevam a frase utilizando uma palavra ou expressão que possa substituir a
palavra sublinhada. Informe que a substituição que será feita precisa ter o mesmo sentido da
palavra que existia no trecho.
Professor(a), depois de substituir a palavra peça que todos os grupos façam a leitura da
estrofe modificada.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 9

65
ATIVIDADE 10
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), prepare com antecedência o cartaz com o texto: Brigadeiro de panela e inicie
a aula perguntando quem gosta de brigadeiro e como fazer um. Registre no quadro as respostas
das crianças. À medida que eles forem falando questione os ingredientes e o modo de fazer e,
para finalizar, peça para observarem que nome podemos dar a esse texto e para quê ele serve.
O objetivo é que eles digam que é uma receita e serve para nos ensinar a fazer algo. Apresente
o texto para a turma e realize uma leitura fluente. Fale para os alunos que o brigadeiro é sem
dúvida um dos doces mais apreciados e práticos de fazer. Faça outros questionamentos sobre o
texto tais como: Que ingredientes precisamos para esta receita, que outros doces ou sobremesas
a turma conhece, etc.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 10

66
ATIVIDADE 11
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), reproduza numa cartolina ou papel madeira o texto Brigadeiro de panela,
conforme o modelo do Caderno do Aluno (Ativ.10). Aas palavras que faltam no texto devem ser
escritas em tarjetas. Apresente o texto para a turma e pergunte o que observam, se tem alguma
coisa diferente. Organize as crianças em duplas e entregue uma tarjeta para cada uma. Peça que
leiam o que está escrito e localizem no texto onde pode ser fixada a palavra. Neste momento,
providencie fita gomada para as crianças fixarem a palavra. Realize as intervenções necessárias
e finalize com a leitura coletiva do texto.
As palavras a serem reproduzidas nas tarjetas são: COLHER, PANELA, RECEITA,
MARGARINA, ALEGRIA, PÓ, BRIGADEIRO, GRANULADO, CHOCOLATE, INGREDIENTES, FOGO,
MÃOS, LEITE.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 11

67
ATIVIDADE 12
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), organize pequenos grupos e entregue para cada um letras móveis. Registre
na lousa as seguintes palavras ou utilize as tarjetas da atividade anterior: GRANULADO,
MARGARINA, FOGO, CHOCOLATE, INGREDIENTES, PANELA, LEITE.
Peça que leiam as palavras e montem-nas com a ajuda do alfabeto móvel. É importante
que enquanto as crianças desenvolvem esta atividade o (a) professor (a) circule pela sala e
realize as intervenções necessárias. Em seguida peça que leiam as palavras e descubram se é
possível formar outras a partir das letras que foram utilizadas. Não se esqueça de pedir que os
grupos socializem suas descobertas.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 12

68
ATIVIDADE 13
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), faça uma retrospectiva do texto Receita que foi trabalhado nas aulas
anteriores. Revise com os alunos a estrutura deste gênero e organizando-os em quatro grupos.
Cada grupo receberá meia folha de papel madeira, canetinhas, tesoura, revistas e uma tarjeta
contendo uma opção de alimentação. As opções são: SALADA, MOUSSE, SANDUÍCHE, SUCO.
Cada grupo conversa sobre a sua opção e em seguida define os ingredientes, o modo de preparo
e se tem alguma imagem que corresponda à receita. Após a produção peça que os grupos
socializem e exponham no mural da sala.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 13

69
ATIVIDADE 14
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), retome os textos A Bola (Atividade 1) e Brigadeiro de Panela trabalhado
na aula anterior. É importante que os dois estejam reproduzidos em cartaz para que você realize
com a turma a leitura fluente e os questionamentos abaixo. Sempre que possível, dê exemplos
concretos fazendo uso dos materiais que ficam expostos na sala. Numa caixinha ou envelope
serão colocados números conforme a quantidade de perguntas abaixo. Solicite que algumas
crianças tirem um número e, conforme o sorteio, será lido uma pergunta e ela pode escolher um
colega ou o grupo para responder.
1. A receita de brigadeiro está escrita como um texto de jornal? Como uma história? Sim ou não? Por quê?
2. Qual é a diferença entre a receita e o texto A bola que trabalhamos no início do módulo Ler?
3. Os textos possuem título? Aponte no cartaz e leia-os.
4. Qual o gênero do texto A Bola?
5. O texto Receita de brigadeiro serve para quê?
6. Há o registro do nome do autor? Circule no cartaz.
7. Em quantas partes é formado o texto Receita de brigadeiro?
8. Em quais textos encontramos palavras que rimam? Dê exemplos.
9. Onde posso encontrar o texto Receita de brigadeiro?
10. Você ouviu ou leu palavras novas? Em qual(is) texto(s)?
11. Apresenta imagens?
12. Qual é a parte do texto que explica como fazer o brigadeiro?
13. Que ingredientes precisamos para fazer o brigadeiro?
14. Qual ingrediente usamos em menor quantidade na receita do brigadeiro?

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 14

70
ATIVIDADE 15
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), escreva na lousa o nome NEYMAR, peça aos alunos que leiam o que está
escrito e em seguida pergunte se conhecem alguém com esse nome, se é famoso, o que faz, e em
seguida informe que eles vão conhecer pouco da história de vida do jogador futebol chamado
Neymar. Leia o texto com fluência e faça perguntas de compreensão tais como: Qual é o gênero
do texto? Quem é retratado na biografia? O que ele faz? Onde nasceu? Solicite que os alunos
identifiquem no texto palavras desconhecidas e digam o que imaginam que elas significam a
partir de inferências.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 15

71
ATIVIDADE 16
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), retome a leitura coletiva da Biografia de Neymar, em seguida convide a
turma para participar da Gincana Textual. A turma será dividida em dois grandes grupos. Cada
grupo receberá quatro trechos diferentes escritos de forma ampliada. Dentro do trecho estará
a resposta da pergunta que será feita pelo (a) professor (a). Coloque as perguntas numa caixa
ou saquinho. Antes de iniciar a gincana peça que leiam os trechos por grupo. Realize perguntas
de compreensão. À medida que você for lendo, os dois grupos localizam no trecho a resposta
para que as outras crianças do segundo grupo possam conhecê-la. Após a atividade solicite que
os grupos leiam todas os trechos trabalhados nesta atividade e numere-os na ordem em que
aparecem no texto Biografia de Neymar.
Obs: Ao identificar a resposta peça que as crianças a circulem.
GINCANA TEXTUAL
PERGUNTAS A SEREM COLOCADAS NUMA CAIXA OU SAQUINHO
1- NOME DE JOGADOR FAMOSO COM 6 LETRAS
2- QUAL A CIDADE E O ESTADO EM QUE NASCEU NEYMAR?
3- QUANTOS ANOS TINHA NEYMAR QUANDO FOI DESCOBERTO POR OLHEIROS DO SANTOS?
4- PARA QUAL LUGAR NEYMAR VIAJOU QUANDO TINHA 14 ANOS?
5- EM QUE ANO NEYMAR FOI O JOGADOR REVELAÇÃO?
6- EM QUAL TORNEIO NEYMAR FOI CAMPEÃO E ARTILHEIRO COM 11 GOLS?
7- COMO SE CHAMA O FILHO DE NEYMAR?
8- NEYMAR É COMPARADO A QUAL JOGADOR FAMOSO?
Neymar é um jogador de futebol brasileiro
Neymar da Silva Santos Júnior nasceu em Mogi das Cruzes
Já chamava a atenção de especialistas de futebol quando tinha apenas 11 anos
Aos 14 anos viajou para a Espanha para fazer um estágio no Real Madrid
Foi considerado jogador revelação em 2009
No mesmo ano, foi campeão pela Copa do Brasil
No dia 24 maio de 2011, nasceu seu filho David Lucca
Neymar é considerado um dos melhores jogadores da história

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 16

72
ATIVIDADE 17
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), convide as crianças para brincar de caça palavras no texto. Organize
antecipadamente as crianças em duplas, de preferência com níveis de leitura diferentes e
próximos, por exemplo, uma criança leitora de sílabas formando dupla com um leitor de palavras.
Oriente que todos precisam ter em mãos o texto Biografia. Cada palavra que for dita por
você será circulada no texto. As palavras selecionadas são: FUTEBOL, CLUBE, SILVA, SÃO PAULO,
SANTOS, MENINO, TIME, ESPANHA, MERENGUE, REVELAÇÃO, COPA, BRASIL, CAMPEÃO, TAÇA,
CRAQUE, DISCRETO, GRANDE, PELÉ, RONALDO.
Quando finalizar, leia com a turma todas as palavras localizadas no texto na ordem em
que aparecem. Solicite que as crianças escrevam todas as palavras no caderno e separem as
sílabas.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 17

73
ATIVIDADE 18
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), providencie com antecedência perguntas escritas em tarjetas e coloque
-as dentro de uma caixa decorada. Em outra caixa coloque os nomes de todas as crianças da
sala escritos em papeizinhos. Convide a turma para brincar de Entrevistador. Explique que a
entrevista é uma conversa entre duas ou mais pessoas com um fim determinado. Diga que
dentro da caixa há perguntas que serão feitas para a criança que for sorteada. Cada criança
sorteia um nome (será o entrevistado) e uma pergunta que será feita.
Obs: Para ficar mais divertido improvise um microfone para simular a entrevista.
E para que todos participem você pode propor uma segunda rodada. As perguntas
voltam para a caixinha e quem era entrevistador vira entrevistado. É importante que os alunos,
ao fazerem a pergunta, façam o registro das respostas.

As perguntas que estarão na caixa são:


1. QUAL O SEU NOME COMPLETO?
2. COMO SE CHAMAM SEUS PAIS?
3. O QUE VOCÊ MAIS GOSTA DE FAZER?
4. QUAL O SEU FILME PREDILETO?
5. QUAL SUA COMIDA PREFERIDA?
6. O QUE TE DEIXA TRISTE OU CHATEADO (A)?
7. QUAL O SEU MAIOR SONHO?
8. QUE LUGAR VOCÊ DESEJA CONHECER?
9. QUAL PROFISSÃO DESEJA SEGUIR?
10. O QUE MAIS DEIXA VOCÊ FELIZ?

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 18

74
ATIVIDADE 19
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide as crianças para brincarem de Amarelinha das palavras. A amare-
linha é uma das brincadeiras de rua mais tradicionais do Brasil. Para fazer a amarelinha de pa-
lavras utilize folhas de ofício ou faça um desenho com giz no chão da sala, com 10 quadrinhos.
Dentro de cada quadrinho escreva uma palavra do texto Biografia. Se a amarelinha for feita no
chão é importante que as palavras sejam escritas em tarjetas e fixadas em cada quadrinho.
As palavras sugeridas são: NEYMAR, FUTEBOL, CLUBE, MENINO, TIME, CRAQUE, RO-
NALDO, PELÉ, COPA, BRASIL.
Peça que formem uma fila, pois cada criança, na sua vez, brincará conforme a orien-
tação do (a) professor (a). A cada quadrinho que pular a criança deve ler a palavra, caso não
consiga o (a) professor (a) pode ler junto com ela ou indicar um colega para ajudá-la. Diferente
da forma tradicional a criança não precisará de uma pedrinha para marcar as casas. Ela passa
por todas as casas, porém antes de pular é necessário ler as palavras na ordem em que aparecem.
Após a brincadeira, explore as palavras utilizadas na amarelinha, fazendo a análise da
quantidade de sílabas, e a identificação: sílaba inicial, sílaba final, letras, vogais, consoantes.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 19

75
ATIVIDADE 20
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), pergunte se os alunos gostaram da atividade anterior, a amarelinha,
converse sobre as regras desta brincadeira, caso já conheçam, e em seguida leia para a turma o
texto abaixo.
Quem nunca pulou amarelinha?
A brincadeira consiste em pular sobre um desenho riscado com giz no chão. Nesta versão,
exemplificada na figura ao lado, o traçado apresenta quadrados numerados de 1 a 10 e no topo o céu em
formato de meio círculo.
1. Tira-se na sorte quem vai começar. Cada jogador, então, joga uma pedrinha, inicialmente na
casa de número 1, devendo acertá-la dentro da casa.
2. Em seguida pula, em um só pé nas casas isoladas e com os dois nas casas duplas, evitando a
que contém a pedrinha.
3. Chegando ao céu, pisa-se com os dois pés e retorna-se pulando da mesma forma até as casas
2-3, de onde o jogador precisa apanhar a pedrinha do chão, sem perder o equilíbrio, e pular de volta ao
ponto de partida.
4. Não cometendo erros, joga a pedrinha na casa 2 vezes sucessivas, repetindo todo o processo.
5. Se perder o equilíbrio, colocando a mão no chão ou pisando fora dos limites das casas, o
jogador passa a vez para o próximo, retornando a jogar do ponto em que errou ao chegar a sua vez
novamente.
6. Ganha o jogo quem primeiro alcançar o céu.

Após a leitura realize os seguintes questionamentos:


- Qual o título do texto?
- Qual a finalidade do texto?
- Qual o gênero do texto?
- O que pode acontecer se o jogador perder o equilíbrio?
- Nesta versão de amarelinha os números são escritos em que sequência?
- Quem ganha o jogo?
Solicite aos alunos que localizem e circulem no texto as palavras: AMARELINHA,
BRINCADEIRA, JOGADOR e PÉS. Registre estas palavras no quadro e explore a quantidade de
sílabas e letras.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 20

76
ATIVIDADE 21
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), pergunte às crianças quem sabe o que é um Gráfico e se já viram um. Diga
que nesta aula a turma aprenderá a produzir um gráfico a partir dos nomes próprios. Entregue
para cada aluno uma tarjeta em branco e canetinhas e peça que escrevam seu nome (avise que
não precisa colocar o sobrenome). Quando todos finalizarem oriente que será construído na
lousa o gráfico de nomes. Solicite que observem a letra inicial, pois os nomes serão organizados
por este critério.
Organize o gráfico fixando na lousa cada nome e observando a sequência do alfabeto.
Veja o modelo abaixo: GRÁFICO DOS NOMES

AMANDA

ANA BRUNO DANIEL

ANTÔNIA BETINA CARLOS DAMIÃO

A B C D

Após a construção do gráfico leia todos os nomes, identificando a letra inicial que
representa a coluna e em seguida faça os seguintes questionamentos para a turma:
- Para que serve este gráfico?
- Em que coluna se observa a maior quantidade de nomes?
- Em que coluna se observa a menor quantidade de nomes?
- Que letra (s) não teve nome para representá-lo?
Para finalizar este momento entregue uma folha de ofício ou peça que façam no caderno
o gráfico que foi construído na lousa, porém oriente que seja desenhado quadrinhos e em vez de
escrever os nomes eles pintarão cada coluna (com cores diferentes) conforme a quantidade de nomes.
GRÁFICO DOS NOMES
Veja abaixo:

A B C D

APÓS ESTE MOMENTO,


REALIZAR A ATIVIDADE 21
77
ATIVIDADE 22
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), pergunte aos alunos qual a brincadeira que foi realizada em sala
recentemente e quais as brincadeiras preferidas deles. Faça uma lista na lousa com as 12
brincadeiras mais conhecidas e preferidas da turma e convide-a para brincar de Bingo das
Brincadeiras. Peça que das 12 brincadeiras elencadas escolham oito opções e escrevam estes
nomes em meia folha de ofício, de preferência escritas de forma que se respeite o espaçamento
entre elas. Você escreverá todos os nomes das brincadeiras num pedacinho de papel e fará o
sorteio das palavras. Cada palavra dita por você deve ser pintada ou marcada com um X. Não
se esqueça de parabenizar a primeira criança que marcar todas as palavras do bingo, esta será a
vencedora. Confira cada palavra para respaldar o vencedor. Encerre esta atividade com a leitura
de todas as palavras do ditado. Peça à criança ganhadora que crie uma frase com a última
palavra do bingo que foi dita pelo (a) professor(a). Registre na lousa a frase e explore com a
turma a quantidade de palavras da mesma, e pergunte qual a primeira e a última palavra da
frase e finalize marcando o espaçamento entre as palavras.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 22

78
ATIVIDADE 23
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), converse com a turma sobre reciclagem, explicando que é um processo
que visa transformar materiais usados em novos produtos. Entregue para cada criança um balão
com uma palavra dentro e peça que cada uma encha o seu. Escolha uma música e coloque para
tocar por alguns minutos, enquanto isso as crianças se movimentam pela sala de forma bem
animada, sem deixar os balões caírem.
As palavras que serão colocadas em cada balão:

BATERIA LÂMPADA

JORNAL PILHA

ESPONJA EMBALAGENS

PLÁSTICO TAMPA

ISOPOR REVISTA

CRISTAIS RECICLADO

RECICLAGEM

OBS: As palavras podem se repetir conforme a quantidade de alunos. Nos intervalos de


cada comando coloque a música para tocar.
Após uns cinco minutos peça para as crianças estourarem seu balão para descobrir qual
a palavra que está nele, e em seguida dê os seguintes comandos:
1. LEIA A PALAVRA
2. O QUE SIGNIFICA ESTA PALAVRA (FAÇA ESTA PERGUNTA PARA AS PALAVRAS
RECICLADO E RECICLAGEM.) DIGA QUANTAS SÍLABAS TEM A PALAVRA
3. IDENTIFIQUE QUAL A SÍLABA FINAL E INICIAL DE RECICLAGEM
4. LISTE ORALMENTE OUTRAS PALAVRAS QUE PODEM SER FORMADAS A PARTIR DA
SÍLABA RE
5. DIGA UMA PALAVRA QUE RIMA
6. CRIAR UMA FRASE UTILIZANDO ESTA PALAVRA
APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 23

79
ATIVIDADE 24
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), prepare com antecedência um cartaz com a canção Dona árvore, porém,
antes de apresentá-lo à turma faça a predição do texto a partir da seguinte adivinhação que
deverá ser registrada na lousa: “Descubra quem sou eu: Posso ser muito alta como
também posso ser baixinha, em mim você encontra fruto, flores e uma boa
sombrinha.” R: ÁRVORE.
Depois de descobrirem que o texto vai falar sobre árvore, leia com a turma e cante de
forma bem animada a canção, e em seguida pergunte aos alunos quais as partes de uma planta.
Enquanto eles respondem escreva as respostas no quadro. Registre no quadro também a palavra
ÁRVORE. Explore a quantidade de sílabas e letras das palavras que foram escritas.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 24

80
ATIVIDADE 25
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), reproduza num cartaz o texto Dona árvore e em seguida cante com as
crianças. Escreva na lousa a palavra ÁRVORE, em seguida realize os seguintes questionamentos:
- Quantas sílabas tem a palavra árvore? Circule cada sílaba enquanto identifica com as crianças.
- Quantas letras? Aponte cada letra no momento que for nomeando junto com as crianças.
- Anote ao lado da palavra a quantidade de sílabas e letras.
Depois deste primeiro momento cubra com papel palavras do texto que foi reproduzido
no cartaz. As palavras são as seguintes: FOLHAS, FRUTO, ÁRVORE, MUITO, SUBIR, VAMOS,
MACAQUINHO , VOU.
- Divida a turma em dois grandes grupos. Entregue para cada grupo um saquinho com sílabas
móveis para que eles formem as palavras que faltam do texto. À medida que forem formando
eles fixam no texto.
GRUPO 1 – sílabas recortadas das palavras: FOLHAS, MACAQUINHO, SUBIR, FRUTO.
GRUPO 2 – sílabas recortadas das palavras: FRUTO, ÁRVORE, MUITO, VAMOS, VOU.
Depois de fixadas todas as palavras realizar a leitura coletiva do texto. Finalize
perguntando aos alunos se é possível criar outras palavras usando as sílabas móveis utilizadas
nesta atividade. À medida que eles forem descobrindo faça o registro na lousa.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 25

81
ATIVIDADE 26
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), converse com as crianças sobre as árvores frutíferas bem como as frutas
que eles mais gostam; Fale da importância das frutas para uma alimentação saudável e em
seguida entregue a elas uma palavra que estará escrita numa tarjeta. Cada criança fará a leitura
da palavra em voz alta. A vivência continua ao som da música Dona árvore. Todos andarão pela
sala com a sua tarjeta cantando animadamente. Quando a música terminar dê os seguintes
comandos:
Forme grupo com os colegas que tiverem uma palavra com a mesma letra inicial da sua palavra.
Forme grupo com os colegas que tiverem uma palavra com a mesma letra final da sua palavra.
Forme grupo com os colegas que tiverem uma palavra com a mesma quantidade de
sílabas da sua palavra.
Forme grupo com os colegas que tiverem uma palavra com a mesma quantidade de
letras da sua palavra.
Forme uma frase com a palavra que você tem e apresente para os colegas.

Obs. 1: após cada comando os alunos voltam a cantar a canção. (Cantar só a 1ªparte)
Obs. 2: a cada comando o (a) professor (a), com a ajuda das crianças, confere as palavras,
observando se o critério para formação do grupo foi atendido.

AS PALAVRAS DAS TARJETAS SÃO:


CAJU - MANGA - LIMÃO - BANANA - ABACATE - LARANJA - UVA - ABACAXI
- ACEROLA - CAJÁ - FRAMBOESA - GOIABA - JAMBO - MAÇÃ - MORANGO
- PERA - SAPOTI - CARAMBOLA - MARACUJÁ - MELÃO - PÊSSEGO
Obs. a quantidade de palavras deve ser conforme o número de alunos, portanto, o
professor pode acrescentar outras palavras. Após o último comando peça a cada grupo que
escolha o nome de uma fruta e forme uma frase.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 26

82
ATIVIDADE 27
MOMENTO COLETIVO
1. Professor (a), registre no cartaz ou na lousa e leia fluentemente as seguintes frases:

Quem planta flores, planta beleza e perfumes para alguns dias.


Quem planta árvores, planta sombra e frutos por anos, talvez séculos.
Quem planta ideias verdadeiras, planta para a eternidade.

2. Convide os alunos para realizarem a leitura das frases acima, seguindo os seguintes comandos:
Leitura da frase 1: Ler a frase batendo palma para cada palavra lida.
Leitura da frase 2: Ler a frase dando um pulo pra cada palavra lida.
Leitura da frase 3: Ler a frase de mãos dadas com os colegas.
3. Após a realização da leitura faça os seguintes questionamentos com o grupo:
Quantas frases foram lidas?
Qual a maior e a menor frase? Leia-as novamente junto com a turma.
Qual o assunto principal das frases?
O que significa a seguinte expressão: “Quem planta flores, planta beleza e perfumes
para alguns dias”.
Solicite que os alunos façam uma barrinha de espaçamento para cada palavra lida nas
frases. Ao final da leitura de cada frase registre ao lado a quantidade de palavras correspondente
às frases lidas.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 27

83
ATIVIDADE 28
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide os alunos para sentarem em círculo e fale que terão que solucionar
um desafio. Divida-os em três grupos e distribua as frases com as palavras embaralhadas. O
desafio é que cada grupo ordene as frases.
Em seguida, solicite que leiam as frases já ordenadas e compartilhem com o grupo.
Peça para os grupos escolherem uma frase trabalhada para desenhá-la. Após a produção gráfica
finalizada, exponha-a na sala.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 28

84
ATIVIDADE 29
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), pergunte à turma se alguém já brincou de pipa, quem já confeccionou uma,
o que precisamos de material, etc. Registre na lousa a lista dos materiais e dos procedimentos
que forem citando e em seguida realize a leitura fluente do texto instrucional sobre a confecção
da pipa. Peça às crianças que localizem o texto instrucional e observem as características do
texto que ensina a fazer uma pipa. Antes de iniciar a leitura pergunte:
- O que estão vendo?
- Ele é diferente dos outros textos que conhecemos? Por quê?
- Por que ele apresenta as imagens acompanhando a parte escrita?
- Para que servem os números?
- Qual o gênero textual?
- Há no texto palavras novas ou que você não sabe o significado? Quais?
Após os questionamentos convide as crianças a realizarem a leitura fluente do texto. Em
seguida observem as semelhanças e as diferenças entre os registros das crianças que estão na
lousa e o texto apresentado pelo (a) professor (a).

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 29

85
ATIVIDADE 30
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), pergunte às crianças como foi a atividade da pipa, quem conseguiu fazê-
la em casa, se foi fácil ou difícil, etc. Oriente às crianças que as brincadeiras, a exemplo da
pipa, precisam acontecer com segurança e com autorização dos pais ou responsáveis. Escute
as crianças e observe o que pensam e sabem sobre os cuidados que devem ter ao brincar de
pipa. Convide-as para brincar do jogo CERTO OU ERRADO. Organizando-as em quatro grupos,
entregue duas folhas para que escrevam as palavras: CERTO E ERRADO, sendo uma palavra
em cada folha. Explique que você dirá algumas frases e à medida que for falando os grupos
conversam e decidem qual resposta devem escolher. A cada resposta dos grupos, realize as
intervenções com o objetivo de que elaborem argumentos a partir da opção escolhida. Faça
perguntas do tipo: Por que vocês acham que é certa a afirmativa? O que pode acontecer? Por
que o grupo respondeu diferente? Vocês podem dar um exemplo? Por que vocês acham que é errado?

1. Usar cerol nas pipas é perigoso e pode causar acidentes. CERTO OU ERRADO?
2. Ao soltar pipas temos que olhar só para o céu. CERTO OU ERRADO?
3. Não há problemas em se soltar pipa perto de fios e antenas. CERTO OU ERRADO?
4. Não é legal soltar pipas em dias de chuva e relâmpagos. CERTO OU ERRADO?
5. O melhor lugar para soltar pipas é em locais fechados. CERTO OU ERRADO?
6. É perigoso soltar pipa em lajes ou telhados. CERTO OU ERRADO?
7. O texto que estamos trabalhando é uma lista de compras. CERTO OU ERRADO?
8. Esse texto nos ensina a fazer uma pipa. CERTO OU ERRADO?
9. Com a primeira sílaba da palavra PIPA eu posso escrever também pipoca e pato.
CERTO OU ERRADO?
Depois deste momento convide-os a lerem o texto informativo abaixo que deverá ser
reproduzido em cartolina ou papel madeira.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 30

86
ATIVIDADE 31
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), escreva em tarjetas as palavras: CEROL - RELÂMPAGO - ARRAIA -
MOTOCICLETA - RABIOLA e espalhe-as no centro da sala, convidando as crianças a realizarem
a leitura e exploração quanto ao significado das mesmas. Peça às crianças que formem duplas, e
entregue a elas meia folha de ofício para que escolham qual palavra querem escrever. Pergunte
o que compreendem daquela palavra. Neste momento observe se alguma dupla que escolheu a
mesma palavra pensa igual ou diferente quanto à sua compreensão. Distribua dicionários para
as crianças e solicite que pesquisem o significado da palavra que escolheram. Após a pesquisa
convide-as crianças para socializar o significado das palavras. Para finalizar, escreva as palavras
na lousa faltando algumas letras e, junto com a turma, descubra quais letras as completam. Peça
que elejam uma das palavras trabalhadas e produzam uma frase bem criativa e a leiam em voz
alta para ser apreciada pela turma.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 31

87
ATIVIDADE 32
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide as crianças para brincar de trava-línguas. Antes de começar
pergunte quem sabe o que é um trava-línguas e, caso saibam algum, peça para socializá-lo.
Após a socialização convide a turma para brincar do desafio de trava-línguas. Escreva o trava-
línguas 1 e 2 na lousa. Divida a turma em dois grupos (A e B) e siga os seguintes comandos:
- LEITURA FEITA PELOS ALUNOS E PROFESSORA
- GRUPO A LÊ O TRAVA-LÍNGUAS 1
- GRUPO B LÊ O TRAVA-LÍNGUAS 1
- DESAFIAR QUEM LÊ MAIS RÁPIDO
- SEGUE OS MESMOS COMANDOS COM O TRAVA-LÍNGUAS 2 E 3
- SOLICITAR QUE OS ALUNOS DESCUBRAM QUAL É A PALAVRA QUE MAIS SE REPETE NO TEXTO 3
- PEDIR QUE OS ALUNOS CONTEM QUANTOS VERSOS TÊM OS TRÊS TEXTOS
Registre a palavra na lousa e peça aos alunos que construam novas palavras com a
sílaba inicial e final da palavra PATO.
Finalize com a leitura de todas as palavras formadas.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 32

88
ATIVIDADE 33
MOMENTO COLETIVO
1. Exponha na sala o cartaz trava-língua (texto II). Sugestão: você pode construir o cartaz
com letra cursiva e o mesmo texto com letra bastão, pois um dos objetivos dessa atividade é
trabalhar as diferentes formas de grafar a mesma letra.
Se a aranha arranha a rã
Se a rã arranha a aranha
Como a aranha arranha a rã?
2. Trabalhe a leitura do texto com modelo fluente. Proponha ao grupo uma competição.
Divida o grupo entre meninas e meninos. O grupo que realizar mais rápido a leitura ganhará a
competição.
3. Localize com a turma as palavras que rimam no texto e circule-as.
4. Em seguida registre no quadro a palavra: ARANHA. Explore as sílabas, letras.
5. Faça com as crianças uma lista de palavras que rimam com ARANHA. Explore a leitura
de todas as palavras formadas e organize-as em ordem alfabética.

APÓS ESTE MOMENTO REALIZAR A ATIVIDADE 33

89
ATIVIDADE 34
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), prepare com antecedência revistas em quadrinhos para a turma conhecer.
Apresente para a turma as histórias em quadrinhos, deixe folhearem as páginas da revista e em
seguida faça os seguintes questionamentos:
- Quais as características deste gênero?
- Onde podemos encontrá-lo?
- Qual a finalidade deste texto?
- Encontramos apenas texto escrito neste gênero?
- Que outras histórias em quadrinhos vocês conhecem?
Convide as crianças a conhecer a história em quadrinhos Piquenique do barulho que está
no caderno de atividades. Peça que façam uma leitura silenciosa e em seguida leia com eles
dando entonação às falas dos personagens.
Após a leitura realize os seguintes questionamentos:
- Quem é Tio Donald?
- O que ele planejou para os seus sobrinhos?
- Eles gostaram ou não da ideia?
- Ele convenceu os sobrinhos a fazer o passeio? Como?
- A ilha ficava perto ou longe? Por quê?
- E a palavra zarpar, o que significa?

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 34

90
ATIVIDADE 35
MOMENTO COLETIVO
1. Professor (a), leve para a sala uma história em quadrinhos da turma da Mônica. Explore
a capa, a história, os personagens, o título e a estrutura.
2. Explore a personagem Magali. Pergunte ao grupo suas características, o que ela gosta de
comer, quais seus amigos. Registre essas informações na lousa. Leia coletivamente todas
as informações registradas.
3. Peça para o grupo acompanhar as três imagens da atividade no livro. Questione o que
está acontecendo nas imagens.
4. Organize antecipadamente tarjetas com as seguintes frases:
 Magali andava pela rua distraída quando avistou uma garrafa no chão.
 Magali não deu importância ao lixo que estava no chão.
 A personagem quebrou a garrafa de vidro que encontrou na rua.
 Magali coletou a garrafa do chão e levou para casa.
 Para cuidar da nossa natureza, Magali coletou a garrafa que encontrou pela rua
e a jogou no lixo.
 Magali estava passeando com seus colegas quando viu uma garrafa no chão e a
jogou no lixo.
 Magali colabora para a preservação do meio ambiente.
5. Espalhe essas tarjetas no centro da sala. Escolha alguns alunos para ler as frases e
solicite que façam a relação entre a frase lida e as imagens da tirinha da Magali.
6. Ao selecionar as frases a turma deverá escolher uma ou mais que represente cada
momento da tirinha.

APÓS ESTE MOMENTO REALIZAR A ATIVIDADE 35

91
ATIVIDADE 36
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), retome a atividade anterior e liste com os alunos tudo o que precisamos
para construir uma história. Exemplos: personagens, a história precisa ter começo, meio e fim,
o texto precisa está organizado em parágrafos, iniciar com letra maiúscula, etc. Após esse
momento peça que observem as frases criadas e organizem um texto com começo, meio e fim,
a partir das cenas da tirinha. Ao finalizarem a produção peça para que socializem.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 36

92
ATIVIDADE 37
MOMENTO COLETIVO
Leia e cante a música: Imunização racional. Discuta oralmente com os alunos sobre os
questionamentos abaixo:
- O que retrata a música?
- Circule o título da música e converse com os alunos o significado do título da música.
- De acordo com a música, onde encontramos a beleza?
- Identifique as palavras que rimam com beleza
- Peça aos alunos que selecionem as palavras desconhecidas do texto e distribua
dicionários para que, em duplas, eles encontrem os significados.
- Solicite alguns alunos para encontrar no texto para dizerem:
- Uma palavra que começa com F e termina com O.
- Palavras que tem a sílaba final TO.
- Palavras que rimam com bondade.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 37

93
ATIVIDADE 38
MOMENTO COLETIVO
Professor (a) retome a leitura do texto Imunização Racional realize perguntas de
compreensão (assunto do texto, título, autor), em seguida organize a turma em duplas. Entregue
a elas um verso da canção. Peça que cada dupla observe se o verso está escrito normal, conforme
aparece no texto ou se está diferente. Caso esteja faltando palavras, peça que as duplas tentem
descobri-las e as escrevam nas lacunas. Finalize esta atividade com a leitura dos versos e a
ordenação dos mesmos formando, assim, as estrofes.
OS 13 VERSOS A SEREM DISTRIBUÍDOS PARA AS DUPLAS SÃO:

QUE BELEZA É SENTIR A ___________________


TER __________PR’A ONDE VAI
E DE ______ VEM
QUE ___________ É VIR DA PUREZA
E SEM ________DISTINGUIR
O ________E O BEM
QUE BELEZA É ____________SEU NOME
SUA __________________, SEU PASSADO
E SEU ______________________
QUE BELEZA É _____________________
O ___________________________
E VER TUDO________________MAIS CLARO
_____ESCURO

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 38

94
ATIVIDADE 39
MOMENTO COLETIVO
1. Professor (a), escreva na lousa: Sebastião Rodrigues Maia. Fale para a turma que ele é um
artista, cantor e compositor da MPB. Diga que já estudamos uma música de composição
dele. Registre as hipóteses dos alunos na lousa e à medida que eles apresentarem dúvidas
ofereça mais dicas sobre o cantor.
2. Resgate as informações sobre a estrutura do gênero Biografia, bem como as informações
contidas no texto: nome completo, local e data de nascimento, causa e data de falecimento,
vida e obra.
3. Exponha no quadro a biografia do Tim Maia. Faça a leitura apontada e com modelo de
fluência para o grupo. Em seguida explore a leitura coletiva.
4. Divida os alunos em três grupos e informe-os que participarão de um jogo. Ganhará o
grupo que marcar mais pontos.
5. 1ª rodada: Leitura em voz alta
Grupo 1: Leitura do 1º parágrafo.
Grupo 2: Leitura do 2º parágrafo.
Grupo 3: Leitura do 3º parágrafo.
2ª rodada: Perguntas e respostas
Grupo 1: Localize no texto o nome completo do Tim Maia.
Grupo 2: Naturalidade do Tim Maia.
Grupo 3: Quando Tim Maia iniciou suas atividades artísticas?
3ª rodada: Perguntas e respostas
Grupo 1: Qual a vertente musical de Tim Maia?
Grupo 2: Localize no texto a data de nascimento do Tim Maia.
Grupo 3: Localize no texto o nome do sobrinho de Tim Maia.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 39

95
ATIVIDADE 40
MOMENTO COLETIVO
1. Professor (a), faça a leitura das frases com modelo de fluência. Em seguida realize a
leitura coletiva seguindo os seguintes comandos:
1.1 Leitura de rádio das frases
1.2 Leitura cantada
1.3 Leitura dando pulo para cada palavra lida
1.4 Leitura das frases de mãos dadas com os colegas

Que beleza é sentir a natureza.


Que beleza é vir da pureza e sem medo distinguir o mal e o bem.
Que beleza é saber seu nome, sua origem, seu passado e seu futuro.

2. Entregue para cada aluno meia folha de ofício e peça que cada um escolha a frase
que mais gostou e represente-a com um desenho. Ao final da produção peça para as
crianças falarem sobre seus desenhos e exponha-os na sala.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 40

96
ATIVIDADE 41
MOMENTO COLETIVO
Leia e cante com bastante animação a canção: Eco. Converse com seus colegas sobre o significado
do título da canção: Eco.
Convide a turma para brincar de “Cada macaco no seu galho”. Peça que formem duplas, um
será o macaco e outro será o galho. Oriente-os que você irá cantar uma música (se possível deixar escrita
na lousa para que eles possam aprender). Quando a música parar todos os macacos devem trocar de
galho. O macaco que ficar sem galho vai responder a uma pergunta sobre o texto.
Obs: 1- professor (a), mantenha uma criança no centro da sala, assim sempre vai sobrar alguém
para responder as perguntas.
Obs: 2 – oriente que as crianças alternem as posições, ou seja, quem era macaco vira galho e
vice-versa. Assim, aumentam as possibilidades de participação nas perguntas.
Cada macaco no seu galho
Gilberto Gil
Cada macaco no seu galho
Xô xuá.
Eu não me canso de falar
Xô xuá
O meu galho é na Bahia
Xô xuá
O seu é em outro lugar
Xô xuá
Cada macaco no seu galho
Xô xuá
Eu não me canso de falar
Xô xuá
O meu galho é na Bahia

Xô xuá
O seu é em outro lugar

PERGUNTAS SOBRE O TEXTO
Como o autor se sente quando toma sol por muito tempo?
Por que ele fica tonto?
Como fica o eco do eco?
Qual o título da canção?
Quando é que ele se sente um periquito?
Identifique o título do texto 1
Identifique o título do texto 2
Você sabe o que é estrofe?
Qual a quantidade de estrofes dos textos 1 e 2?
Que outra palavra eu posso formar a partir da palavra ECO?
Diga palavras que rimam com ecologia.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 41

97
ATIVIDADE 42
MOMENTO COLETIVO
1. Receba as crianças com um “bom dia” ou “boa tarde” bem caloroso e convide-os para
brincarem de adivinha. O que é o que é? Ele gosta de subir nas árvores, tem rabo, é
brincalhão e gosta de comer banana.
Resposta: MACACO
2. Escreva na lousa a palavra MACACO. Explore as letras e as sílabas e instigue informações
relacionadas a esse animal, registrando-as na lousa.
3. Exponha o cartaz da canção: ECO (Palavra cantada). Explore a leitura coletiva da canção.
Faça o resgate com o grupo explorando a quantidade de versos, estrofes, gênero, título,
composição e assunto principal do texto. Divida a turma em três grupos e lance um
desafio, cada grupo deverá representar a canção através de uma performance (música,
dança, dramatização).
Pergunte ao grupo qual relação podemos fazer entre o MACACO e o sentido do texto ECO.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 42

98
ATIVIDADE 43
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), leia o texto ECO com as crianças usando a seguinte estratégia: organize
cinco grupos cada um deles ficará responsável pela leitura de uma estrofe.
ESTROFE 1 – GRUPO 1
ESTROFE 2 – GRUPO 2
ESTROFE 3 – GRUPO 3
ESTROFE 4 – GRUPO 4
ESTROFE 5 – GRUPO 5
A leitura das estrofes será feita de forma aleatória. Peça que as crianças fiquem bem
atentas. Solicite a leitura nesta ordem: grupo 3 >grupo1 >grupo 5 > grupo 2 > grupo 4. Para
finalizar faça a leitura coletiva do texto na ordem correta das estrofes.
Professor (a), leve para a sala de aula imagens referentes aos quadros das páginas--------
(periquito, sol, ovo, mundo, macaco, pirulito e ovelha). Pergunte aos alunos o que representa
cada imagem. À medida que forem falando, registre na lousa as palavras correspondentes às
imagens e explore letra inicial e final de cada uma.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 43

99
ATIVIDADE 44
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), pergunte às crianças se elas sabem o que é uma charge. Caso não saibam
explique que Charge é uma ilustração humorística que envolve a caricatura de um ou mais
personagens e é feita com o objetivo de satirizar algum acontecimento da atualidade. Peça que
observem esta imagem e realize os seguintes questionamentos.
- Quem é o personagem principal da charge, explorando a quantidade de sílabas e letras
da palavra TARTARUGA.
- Organize a turma em quatro grupos, distribua um alfabeto móvel e peça que formem
palavras a partir das sílabas da palavra TARTARUGA. Cada palavra formada deve ser escrita
numa folha à parte.
- Exemplos de palavras que eles podem formar:
RUGAS, GATO, TÁRTARO, TATU.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 44

100
ATIVIDADE 45
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), peça às crianças que fiquem de pé e formem um círculo. Prepare com
antecedência duas tarjetas com as seguintes palavras CURUPIRA e BOITATÁ. Escolha o refrão
de uma música infantil. SUGESTÃO
Sapo Cururu
Cantigas Populares
Sapo Cururu na beira do rio
Quando o sapo grita, ó Maninha, diz que está com frio
A mulher do sapo, é quem está lá dentro
Fazendo rendinha, ó Maninha, pro seu casamento
Enquanto as crianças cantam as tarjetas vão passando de mão em mão, porém, em
direções diferentes. Quando a canção parar peça às crianças que ficaram com as duas palavras
para realizarem a leitura das tarjetas. Pergunte se conhecem as palavras e após a pergunta
continue com a estratégia. Na próxima parada perguntar o significado das palavras. Nas outras
paradas pode também questionar: qual a letra inicial, final, quantidade de sílabas, etc. Para
finalizar, informe às crianças que o texto que será trabalhado vai falar destes dois personagens
folclóricos. Prepare com antecedência um cartaz com o texto abaixo. Realize a leitura do texto
em voz alta para os alunos. Após a leitura, peça que os alunos identifiquem e circulem no texto
características físicas dos dois personagens.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 45

101
ATIVIDADE 46
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide a turma para realizar a leitura do texto Curupira e Boitatá. Realize
os seguintes questionamentos:
- Quais as características do Curupira e do Boitatá?
- Quem o Curupira vai espantar?
- O que você entendeu do texto?
Coloque numa caixa as advinhas que estão na atividade 46. Convide a turma para
brincar do “passe a caixa”. Cante com muito entusiasmo a canção do sapo cururu. Quando a
canção terminar a criança que receber a caixa tira e lê uma advinha e tenta respondê-la. Se não
conseguir peça auxílio dos colegas.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 46

102
ATIVIDADE 47
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide as crianças para cantarem com muita animação a canção A cuca te
pega, em seguida utilize a estratégia da leitura cumulativa. O (a) professor (a) inicia pelo título,
em seguida outra criança lê junto com ele no primeiro verso, o segundo aluno entra no próximo,
e assim sucessivamente, até que todos da turma participem e finalizem o texto.
Pergunte às crianças:
Quem é a cuca, quais são as suas características.
O que significa a palavra matreira na frase: “A cuca é matreira”

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 47

103
ATIVIDADE 48
MOMENTO COLETIVO
Convide os alunos para fazerem um círculona sala e pergunte-os o que é lenda. Questione
quais lendas eles conhecem e peça que as verbalizem . Registre no quadro os principais
personagens, quais os mais conhecidos e pergunte as características dos mesmos.
Fale ao grupo que será lido um texto sobre um personagem folclórico. Suscite a imaginação
das crianças perguntando qual será o personagem que irão estudar.
Apresente apenas o título do texto: O CAIPORA. Faça questionamentos sobre o
personagem e à medida que os alunos falarem registre as hipóteses na lousa.
Exponha o cartaz do texto: O CAIPORA. Faça a leitura apontada com modelo de fluência
e em seguida convide os alunos para participarem da leitura.
Após a leitura, questione qual o gênero, estrutura, funcionalidade e o assunto principal do texto.
Espalhe no centro da sala palavras do texto: TACAPE, GRANDALHÃO, RONDA, AGRESSOR,
APAVORADO, INTRUSO, DISFARÇADO, DESAJEITADO.
Peça para os alunos escolherem uma palavra, em seguida ler, explorar letras, sílabas. Leve
para sala dicionários e solicite que os alunos consultem o significado das palavras trabalhadas.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 48

104
ATIVIDADE 49
MOMENTO COLETIVO
1. Professor (a), exponha para a turma as frases.
- O Caipora e o Curupira adoram fazer molecagem juntos.
- Eles ajudam a proteger as árvores, os rios e os animais.
- O Caipora faz sua ronda montado num porco-do-mato, levando nas mãos desajeitadas
uma vara ou o seu tacape.
Faça a leitura coletiva com as crianças. Divida a sala em três grupos.
Grupo 1: 1ª rodada: Ler a frase 1; 2ª rodada: Identificar na frase os personagens folclóricos;
3ª rodada: Leitura da frase batendo palmas a cada palavra lida.
Grupo 2: 1ª rodada: Ler a frase 2; 2ª rodada: Identifique na 2ª frase palavras com três
sílabas; 3ª rodada: Leitura da frase batendo palmas a cada palavra lida.
Grupo 3: 1ª rodada: Ler a frase 3; 2ª rodada: Identifique na 2ª frase o personagem que é
citado; 3ª rodada: Leitura da frase batendo palmas a cada palavra lida.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 49

105
ATIVIDADE 50
MOMENTO COLETIVO
1. Professor (a), pergunte aos alunos se eles sabem ou conhecem alguma parlenda. À
medida que os alunos verbalizarem, registre as falas no quadro, em seguida, formalize
o conceito de parlenda: são versos com temática infantil recitados em brincadeiras de
crianças. Possui rima e são populares entre as crianças, além de fazer parte do folclore
brasileiro, pois representa uma tradição cultural do nosso povo.
2. Apresente as parlendas no quadro ou cartaz. Explore a leitura apontada e em seguida
convide os alunos para realizarem a leitura coletiva dos textos. Diversifique a leitura:
Leitura rápida, leitura lenta, leitura cantada.
3. Faça perguntas de cunho literal e não literal, quando possível solicitar que os alunos
localizem essa informação no texto.
Perguntas do Texto 1: Qual dia da semana é retratado no texto? Qual objeto é feito de ouro?
Qual animal é citado no texto? Localizar todas as palavras que rimam no texto.
Perguntas do Texto 2: O que o gato comeu? Quais animais são citados no texto? O texto cita
que a galinha põe ovos, que outros animais também põem ovos? Localizar todas as palavras
que rimam no texto.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 50

106
ATIVIDADE 51
MOMENTO COLETIVO
1. Professor (a), exponha novamente o cartaz dos textos 1 e 2 e cubra com uma tarjeta as
seguintes palavras do texto 1: domingo, cachimbo, touro, valente, gente, fraco, buraco,
mundo.
2. Espalhe tarjetas no centro da sala com as palavras: domingo, cachimbo, touro, valente,
gente, fraco, buraco, mundo.
3. Solicite que as crianças escolham uma tarjeta leiam-na para a turma e encaixe-a no texto
completando a informação com as palavras das tarjetas.
4. Quando os alunos finalizarem, retome a leitura do texto e observem se a palavra escolhida
está adequada no verso.
5. Finalize a atividade explorando as letras de cada palavra, sílabas, maior e menor palavra.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 51

107
ATIVIDADE 52
MOMENTO COLETIVO
1. Escreva no quadro o título do texto: O papagaio especial. Promova uma roda de conversa,
explorando a compreensão acerca do título. Pergunte às crianças quem conhece um
papagaio, o que ele faz, o que um papagaio especial faz, como a história inicia e termina.
À medida que os alunos falarem registre as informações no quadro.
2. Exponha o texto em cartaz e faça a leitura fluente, solicitando que os alunos acompanhem
a leitura. Ao final da leitura explore a estrutura do texto, título, parágrafo, funcionalidade.
Pergunte quais os personagens do texto e peça que os alunos circulem-nos.
3. Pergunte aos alunos quem conhece uma piada. Escolham no grupo a melhor piada e
você, professor (a), será o escriba para registrar as informações na lousa. Ao final, leia
com as crianças observando atentamente a leitura e a compreensão da piada.
4. Faça o mesmo procedimento de exploração do texto 1 com o texto 2.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 52

108
ATIVIDADE 53
MOMENTO COLETIVO
1. Professor (a) exponha novamente os dois textos e desenhe um quadro com o seguinte
modelo:

INFORMAÇÕES DOS TEXTOS: estrutura, ideia principal, personagens, gênero, funcionalidade, título
TEXTO 1 TEXTO 2

- Explore cada informação da tabela coletivamente e registre as informações.


- Espalhe pela sala alfabeto móvel. Divida as crianças em cinco grupos e solicite
que formem as seguintes palavras com o alfabeto móvel:
PAPAGAIO, TESOURO, DESERTO, LOJA, PRAIA.
- Acompanhe atentamente as construções dos grupos
- Cada grupo irá compartilhar as palavras construídas e compará-las com
a escrita do texto.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 53

109
ATIVIDADE 54
MOMENTO COLETIVO
1. Receba os alunos de forma calorosa. Fale que hoje iremos estudar um texto que fala
sobre um animal. Suscite a imaginação das crianças. Dê dicas: é um animal de pequeno
porte, voa, vive na natureza.
2. Faça a leitura do texto, em seguida convide os alunos para ler o texto. Em seguida,
pergunte qual o animal é retratado na poesia?
3. Pergunte quais tipos de pássaros eles conhecem, em seguida registre a palavra CUCO.
4. Questione qual gênero, a estrutura do texto: título, versos, estrofes, de que fala o texto,
como se comporta o personagem principal, ideia principal do texto. Peça para os alunos
enumerar no texto a quantidade de versos da poesia e identificar a autora do texto.
5. Convide os alunos para pesquisarem no dicionário o significado da palavra ócio.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 54

110
ATIVIDADE 55
MOMENTO COLETIVO
Professor(a), espalhe pela sala tarjetas com as seguintes palavras conforme a quantidade
de alunos por turma: MALUCO, MEIA, ASA, TOCA, NEGÓCIO, VIZINHO, JACARÉ, CAVALO,
MACACO, AVESTRUZ, SUCO, PERNAMBUCO, ARRASA, BRASA, SÓCIO, ÓCIO, TEIA, VEIA, FOCA,
CARIOCA, MANDIOCA, MINHOCA, CAMINHO, GOLFINHO, CARINHO, MARINHO, ESPINHO,
MOINHO, SOZINHO.
Cada aluno irá escolher aleatoriamente uma tarjeta. Ao som de uma música eles irão
circular pela sala segurando a tarjeta de modo que os colegas visualizem as palavras. Quando a
música parar, a professora irá falar um comando:
1ª rodada: Ler a palavra da tarjeta para os colegas;
2ª rodada: Formar grupos com a palavra que rima com a sua tarjeta;
3ª rodada: Formar grupos com a mesma letra inicial;
4ª rodada: Formar grupos com a mesma quantidade de sílabas;
5ª rodada: Formar grupos com a mesma quantidade de letras que forma a sua palavra.
Faça um sorteio entre os alunos e selecione uma palavra para o aluno construir uma
frase. Registre a frase na lousa, explore a leitura, espaçamento entre as palavras, letra maiúscula
para iniciar a frase, coesão e coerência, pontuação.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 55

111
ATIVIDADE 56
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), leve para a sala de aula um jornal que circule na cidade e apresente às
crianças realizando alguns questionamentos sobre o mesmo:
- O que vocês estão vendo?
- O que encontramos no jornal?
- Localizem no jornal uma notícia. Dar dicas caso não consigam.
- Por que lemos jornais?
Depois de folhearem e conhecerem o jornal, informe-os que você selecionou uma notícia
jornalística que será lida por você e em seguida pela turma.

Jacaré encontrado no Lago Jacarey


é levado para o Ibama do Ceará
10/04/2013 13h46 - Atualizado em 10/04/2013 13h47
Jacaré é da espécie tinga. Ele será transportado para uma área no Mato Grosso.
O jacaré retirado do Lago Jacarey, no Bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza,
já foi transferido para o Centro de Triagem do Ibama, no Bairro Curió. De acordo com
o Ibama, o animal está pronto para ser transportado para uma área de preservação
ambiental, no Mato Grosso.
O réptil foi resgatado na tarde desta terça-feira (9), por equipes do Corpo de Bombeiros.
Segundo o Ibama, ele não é da espécie papo-amarelo, como antes divulgado, mas sim, tinga.
O animal estava dentro do lago e pode ter sido deixado no local por um morador.

Após a leitura pergunte às crianças:


- Qual o assunto principal do texto?
- Qual é o bairro citado no texto?
- Em que cidade está localizado o bairro Jacareí?
- Você conhece o Lago Jacareí?
- Quem resgatou o jacaré?
- Onde estava o animal antes de ser resgatado?
- Você já viu ou encontrou um jacaré?
- E você, o que faria se encontrasse um jacaré?

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 56

112
ATIVIDADE 57
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide as crianças para se divertir e aprenderem com o trava-línguas
abaixo. Escreva na lousa ou reproduza numa cartolina o texto A lagartixa da tia. Faça a leitura
exemplar e em seguida desafie a turma a ler seguindo os comandos:
LEITURA NORMAL
LEITURA LENTA
LEITURA RÁPIDA
Peça que identifiquem no cartaz a palavra LAGARTIXA e em duplas pensem e escrevam a
maior quantidade de palavras escritas com a sílaba LA. Após a escrita, as duplas socializarão as
palavras listadas. Desafie as duplas a criarem uma frase bem criativa e apresentar para a turma.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 57

113
ATIVIDADE 58
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), pergunte aos alunos quem já viu uma lagartixa e onde costumamos
encontrá-la. Reproduza o texto abaixo numa cartolina ou papel madeira. Realize a leitura do
texto abaixo e em seguida convide a turma para ler junto com você.

Entenda como e por que a lagartixa


perde a cauda às vezes
Texto: Maria Carolina Cristianini
Ilustração: Claudia Marianno
Foto: Divulgação
Não se assuste: é por vontade própria que as lagartixas (e alguns lagartos) às
vezes se desfazem de parte da cauda. Isso nada mais é do que uma estratégia
de defesa. Quando está ameaçada, como ao ser perseguida por um predador,
a lagartixa solta um pedaço do rabo, que continua se movendo por um tempo.
Assim, o predador se distrai e ela foge. Depois, a cauda se regenera, apesar de
ficar menor e até um pouco torta.

Você sabia que:


http://www.recreio.com.br/licao-de-casa/entenda-como-e-por-que-a-lagartixa-perde-a-cauda-as-vezes
Apesar da aparência esquisita, a lagartixa é amiga do homem? Ela se alimenta de
insetos transmissores de doenças, como filhotes de baratas.

Após a leitura faça as seguintes intervenções:


- Convide um aluno para circular no texto a palavra LAGARTIXA
- Pergunte para a turma:
Por que o autor afirma que as lagartixas perdem a cauda como uma estratégia de defesa?
- A lagartixa pode ser considerada amiga do homem? Por quê?
- Peça para uma criança sublinhar a palavra PREDADOR, REGENERA E TRANSMISSOR.
Pergunte aos alunos o que eles compreendem destas palavras.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 58

114
ATIVIDADE 59
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), retome o texto informativo sobre a lagartixa, trabalhado na aula anterior.
Organize a turma em duplas, explique que brincarão de detetive de texto. Para cada aluno você
distribuirá um material específico, conforme as etapas das atividades abaixo:
ETAPA 01: Todos os alunos estarão com CÓPIAS DO TEXTO. O (a) Professor (a) pedirá que
leiam ao mesmo tempo o texto. Indique duas duplas que possam falar sobre uma informação
que eles não sabiam e ficaram sabendo a partir da leitura do texto.
ETAPA 02: FRASES DO TEXTO. Distribua uma frase para cada dupla e peça que contem
a quantidade de palavras na frase e circulem a maior palavra.
ETAPA 03: PERGUNTAS DO TEXTO. Realize as seguintes perguntas: que animal é citado
no texto e se desfaz de parte da cauda? Quem persegue as lagartixas?
Qual a parte do corpo das lagartixas que se desfaz? De que se alimentam as lagartixas?
ETAPA 03: TARJETAS COM PALAVRAS DO TEXTO. Distribua uma palavra para cada dupla
e solicite que cada dupla leia a palavra que receberam. Questione sobre o significado da palavra
e a quantidade de sílabas e letras.
ETAPA 04: ALFABETO MÓVEL. Peça que se juntem a outra dupla, formando agora um
grupo. Distribua um alfabeto móvel para cada grupo e solicite que formem as seguintes palavras
do texto: LAGARTIXA, LAGARTOS, PREDADOR, ESQUISITA, INSETOS. Oriente que após formar
cada palavra eles confiram a escrita da palavra no texto.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 59

115
ATIVIDADE 60
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide os alunos a formarem um círculo para participar da brincadeira
do pirulito. Em seguida distribua um pirulito para cada participante. O pirulito a ser utilizado
deve estar na embalagem original. Oriente que cada um segure o pirulito com a mão direita
e aguarde até que todos tenham recebido. Assim que todos tiverem recebido, o (a) professor
(a) dará o seguinte comando: “A partir de agora ninguém mais pode sair do lugar e devem
seguir minhas instruções. Escolha um colega para formar dupla. Cada um receberá um pirulito e
deve segurá-lo com a mão direita. A mão esquerda deve ser colocada para trás e não pode ser
utilizada em nenhum momento, o braço direito esticado para a frente, ninguém poderá dobrá-
lo. O único movimento que poderão fazer é para a direita ou para a esquerda, quem dobrar o
braço será retirado da brincadeira”. O (a) professor (a) verifica se alguém tem alguma dúvida,
todos devem estar no mesmo lugar, segurando o pirulito com a mão direita e com o braço direito
estendido para frente e a mão esquerda dobrada para trás sem poder ser usada. (O (a) professor
(a) continua...) “Agora quero que as duplas encontrem uma maneira de desembrulhar o pirulito.
Depois do desafio vencido todos podem chupá-lo o pirulito.” Aproveite a oportunidade para
falar sobre amizade, cooperação fazendo-os perceber que sem ajuda mútua não conseguimos
conviver e vencer dificuldades na vida.
Após a brincadeira do pirulito realize a leitura do texto I. Pergunte qual a relação entre a
brincadeira e o texto lido. O que eles têm em comum?
Escreva na lousa a palavra PIRULITO. Questione quantidade de sílabas e letras.
Pergunte se conhecem o significado da palavra PARVO. Se desconhecerem apresente o
significado no dicionário.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 60

116
ATIVIDADE 61
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), reproduza o texto I e o texto II em cartolina ou papel madeira e fixe-os
na lousa. Entregue para cada aluno uma tarjeta em que estará escrita uma palavra do poema
trabalhado. Peça que cada aluno, na sua vez, fique de pé, leia a palavra em voz alta, diga uma
palavra que rima e aponte em qual dos dois textos está a sua palavra. Depois deste momento
convide as crianças a procurarem um colega para o desafio das frases. Oriente que não se
agrupem com colegas que têm a mesma palavra. O desafio é que os dois criem uma frase bem
interessante usando as palavras das suas tarjetas.
As palavras sugeridas para as tarjetas são:
PIRULITO, COLORIDO, BONITO, REDONDO, TERRA, DOCE, MEL, FINA, ARTE, FLOR,
PIRULITEIRA, QUERIDO, POTE, GELADEIRA, VOCÊ, BOCA, GOSTOSO.
OBS: As palavras podem se repetir nas tarjetas, a depender da quantidade de alunos.

TEXTO I Texto I
Paulo pediu um palito Poema para o pirulito
podia ser picolé ou pirulito Marlene Santos
puxa...que parvo!
Paulo podia pedir o pirulito. Oh! pirulito colorido
você é tão bonito!
redondo como a terra
doce como o mel

Preso em uma fina haste


você parece uma obra de arte.
parece também uma flor multicor!

Oh! pirulito colorido.


você é tão bonito!
na piruliteira você é querido
no pote em cima da geladeira
você é majestoso
mas na boca você é gostoso!

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 61

117
ATIVIDADE 62
MOMENTO COLETIVO
Na última atividade conhecemos dois textos que falavam sobre um assunto que a
garotada adora, o pirulito. Que tal fazer o levantamento de informações entre esses dois textos?
Professor (a), registre na lousa as observações das crianças em relação ao título (se existe ou
não), autor, gênero textual, palavras que se repetem, maior e menor palavra, palavras novas que
conheceram nos dois textos, etc.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 62

118
ATIVIDADE 63
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), receba as crianças com muita animação e pergunte a turma quem tem
animais em casa; Quem gosta de gato; cachorro; Se eles são afetivos; como se comportam;
Se alguém conhece alguma história de amizade entre cachorros e crianças. Neste momento,
permita que as crianças sintam-se à vontade para socializar suas experiências. Diga que trouxe
um texto que é uma história real e vai retratar a amizade entre um cachorro e uma criança.
Realize a leitura modelo e em seguida leia com os alunos. Após a leitura pergunte às crianças
se gostaram e qual a opinião delas sobre o texto. Realize perguntas de compreensão tais como:
Quem são os personagens? Onde acontece a história? Como aconteceu o encontro? Quem
conhece uma história parecida? Que gênero textual é esse? Qual a função comunicativa deste
texto? Qual o assunto principal? Peça que uma criança faça o reconto oral desta história.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 63

119
ATIVIDADE 64
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide a turma para fazer novamente a leitura do texto “Encontro entre
cão e paciente emociona hospital”. Desta vez utilize o modelo de leitura paragrafada e por
grupo. Para isso organize a turma em quatro grupos, sendo que cada grupo ficará responsável
pela leitura de um parágrafo. Sugira aos alunos que numerem cada parágrafo, assim ficará fácil
localizar a parte que cada grupo vai ler. Após a leitura peça que os grupos comentem sobre o que
leram e circulem a frase que mais gostaram ou que mais os emocionou. Agora convide os alunos
a lerem a frase selecionada usando uma estratégia bem legal: a cada palavra lida eles batem
palmas. Depois da leitura peça que as crianças pintem os espaços entre as palavras e escrevam a
quantidade de palavras. Aproveite a oportunidade e solicite que observem qual grupo escolheu
a maior frase, porquê? E dentro da frase qual a maior e a menor palavra? Justifiquem.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 64

120
ATIVIDADE 65
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), espalhe pela sala tarjetas contendo as seguintes palavras: AMIZADE,
CACHORRO, MENINO, CINCO, FUNCIONÁRIOS, HOSPITAL, PARANÁ, MÃE, CLARINDA, DOMINGO,
LATIDO, COIOTE. Convide as crianças a formarem duplas e escolherem uma palavra. Peça que
façam a leitura e digam qual a relação da palavra com o texto. A cada palavra que as crianças
forem lendo peça que todos a localizem e a circulem no texto, além disso, explore a separação
silábica e a quantidade de sílabas. Exponha na lousa duas frases lacunadas, peça que as crianças
observem e digam o que está faltando. Leia com a turma mais uma vez as frases e ao chegar à
lacuna pergunte se a palavra que eles têm completa o sentido. Se completar, cole a tarjeta com
a palavra no local indicado pela criança. Após completar as frases convide a turma para fazer a
leitura das mesmas.

FRASE 01 –
A história de _______________________ entre um _____________ vira-lata e um __________
de ____________________ anos com leucemia comoveu ________________ e visitantes do
____________________ de Clínicas, da Universidade Federal do _______________, em Curitiba.

FRASE 02 –
De acordo com a _________ do garoto, ___________ Jesus Paes Machado, durante a noite de
________________, o menino afirmou ter escutado o _________________ de seu cachorro,
chamado ____________________.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 65

121
ATIVIDADE 66
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), convide a turma para conhecer uma canção bem legal. Escreva o título
na lousa e leia em voz alta para o grupo. Faça a leitura da canção e em seguida convide-os a
ler com você e também cantá-la de forma bem animada. Explore as estrofes e os versos onde
estão localizadas as rimas. Convide as crianças para brincar de “DIGA DAÍ QUE EU RESPONDO
DAQUI”. O (a) professor (a) diz um verso e as crianças respondem com outro da mesma estrofe
que rima. Ex: O (a) professor (a) diz “Buscar o meu chapéu” as crianças respondem: “Da cor
daquele céu”, a brincadeira encerra quando chegar aos versos que rimam da última estrofe.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 66

122
ATIVIDADE 67
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), num envelope coloque todas as letras do alfabeto e convide a turma para
brincar de Pesquisador. Forme quatro grupos e entregue uma folha de ofício com um tema
definido (GRUPO 01: LUGARES, GRUPO 02: OBJETOS, GRUPO 03: ANIMAIS, GRUPO 04: CORES).
Explique que cada grupo vai procurar no texto palavras que representem sua categoria. Após
a pesquisa peça que leiam em voz alta todas as palavras encontradas. Pergunte aos grupos:
Quantas palavras foram escritas? Qual a maior palavra da lista? E a menor? Professor(a), registre
na lousa as palavras ditas pelos grupos e junto com a turma compare-as para saber qual a maior
e a menor. Solicite que os grupos escolham uma palavra e criem uma frase. Peça que escrevam
abaixo da lista de palavras.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 67

123
ATIVIDADE 68
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), leve para a sala de aula o mapa do Brasil. Antes de apresentá-lo às crianças,
pergunte quem sabe o que é um mapa; para que serve; onde encontramos um mapa; o que
é apresentado num mapa. Em seguida mostre para a turma o mapa do Brasil, explicando o
que representa cada pedacinho colorido (fale dos estados e das capitais). Faça perguntas de
compreensão, tais como: qual o maior e o menor estado do Brasil. Peça que encontrem o estado
onde moramos e identifiquem a cor com a qual está pintado. Em uma caixinha coloque algumas
letras do alfabeto, entre elas inclua M, R, P, S, B, C, e sorteie uma por vez. À medida que for
anunciando as letras peça ajuda das crianças para encontrar no mapa nomes de estados que
iniciem com a letra chamada.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 68

124
ATIVIDADE 69
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), escreva na lousa as frases:
*O meu sonho é conhecer São Paulo.
*Viajei para Belo Horizonte com a minha família.
*Quem nasce em Pernambuco é pernambucano.

Faça uma leitura fluente e em seguida leia com os alunos de acordo como os comandos abaixo:
- Ler a primeira frase dando um pulo para cada palavra.
- Ler a segunda frase batendo palmas para cada palavra.
- Escolha um colega e leia a terceira frase dando um aperto de mão a cada palavra lida.
Indique alunos para:
- Localizar e circular a maior frase.
- Pintar ou colocar uma barra sinalizando o espaçamento entre as palavras.
- Circular no mapa do Brasil que tem na escola os lugares citados pelas frases.
- Localizar o estado do Ceará.
Pergunte à turma como são chamadas as pessoas que nascem no Ceará e em alguns
estados conhecidos, aproveite e amplie o conhecimento da turma.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 69

125
ATIVIDADE 70
MOMENTO COLETIVO
Professor (a), selecione um livro de Literatura infantil, de preferência uma narrativa. Antes
prepare o ambiente para a contação de história. Convide-os para sentar no chão formando um
grande círculo. Realize a leitura fluente com entonação e expressividade. Realize a predição
fazendo algumas perguntas a partir do assunto do texto. Gere expectativas nas crianças e após
a leitura pergunte o que acharam da história. Coloque numa caixinha algumas perguntas sobre
a história.

1. Qual o título da história?


2. Escreva o nome dos personagens que aparecem na história.
3. Em que local acontece a história?
4. Diga duas características do personagem principal.
5. Diga a parte que mais gostou da história.

Entregue uma folha de ofício para cada criança e explique que cada uma fará um desenho
dividido em três partes e que devem representar o começo, o meio e o fim da história. Peça a
algumas crianças que apresentem o desenho que fizeram e digam uma frase que o represente.
Em seguida todas fixam os desenhos no mural da sala.

APÓS ESTE MOMENTO, REALIZAR A ATIVIDADE 70

126
Dia ATIVIDADE 69

127
ANEXOS
ACOMPANHAMENTO BIMESTRAL DA AVALIAÇÃO DA LEITURA E ESCRITA
DISTRITO EDUCACIONAL: ESCOLA: DATA: ___/___/___
PROFESSOR(A): TURMA: TURNO: FORMADOR(A):
LEITURA ESCRITA ESCRITA DO NOME
Nº ALUNO Não Identifica Lê palavras Lê textos
Lê Pré- Silábico- em parte do nome
identifica Apenas Apenas Estabili- com silábico
Silábico
alfab.
Alfabético Ortográfico
branco nome completo
Novas frases silabando
letras letras sílabas zadas fluência
1                                  
2                                  
3                                  
4                                  
5                                  
6                                  
7                                  
8                                  
9                                  
10                                  
11                                  
12                                  
13                                  
14                                  
15                                  
16                                  
17                                  
18                                  
19                                  
20                                  
21                                  
22                                  
23                                  
24                                
25
TOTAL                                
MATRIZ REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 1º AO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
EIXO 1: APROPRIAÇÃO DO SISTEMA DE ESCRITA
Tópico Descritor / Habilidade Nível
1° 2° 3° 4° 5°
D1 - Identificar letras entre N1: Identificar letras quando misturadas a desenhos e/ou a outros símbolos gráficos. X X    
1 - Quanto ao desenhos, números e outros
N2: Identificar letras quando misturadas a números e/ou a outros símbolos gráficos,
reconhecimento de símbolos gráficos. X X    
utilizados na linguagem escrita.  
letras.
D2 - Reconhecer as N1: Reconhecer uma letra em uma determinada palavra. X        
letras do alfabeto. N2: Reconhecer as letras isoladamente ou em uma sequência de letras. X X      
N1: Identificar a letra inicial ou final de palavras. X        
D3 - Identificar as direções da
escrita. N2: Identificar o início e o final de um texto, considerando a capacidade da criança de identificar a
X X      
direção correta da escrita (da esquerda para a direita, de cima para baixo).
2 - Quanto ao
D4 - Identificar o espaçamento
domínio das Identificar o espaçamento entre palavras na segmentação da escrita, contando as palavras de uma
entre palavras na segmentação X X      
convenções frase ou reconhecendo o espaçamento entre elas.
da escrita.
gráficas.

D5 - Reconhecer as diferentes N1: Reconhecer uma mesma letra grafada de diversos tipos, em maiúscula ou minúscula.   X      
formas de grafar uma mesma
letra ou palavra. N2: Reconhecer uma mesma palavra grafada de diversos tipos, em maiúscula ou minúscula.   X      

N1: Associar o som final de uma palavra ditada com as figuras apresentadas. X X      
D6 - Identificar rimas. N2: Associar o som final de uma palavra ditada com as
X X X    
palavras apresentadas.

3 - Quanto ao N1: Identificar o número de sílabas de uma palavra formada exclusivamente por sílabas canônicas. X X      
desenvolvimento D7 - Identificar o número de
da consciência sílabas de uma palavra.
fonológica. N2: Identificar o número de sílabas de uma palavra formada por sílabas canônicas e não canônicas. X X X    

N1: Identificar a sílaba inicial ou final de uma palavra dissílaba ou trissílaba. X X      


D8 - Identificar sílabas
canônicas em uma palavra. N2: Identificar a sílaba medial de uma palavra trissílaba ou a sílaba medial ou final de uma palavra
  X      
polissílaba.
N1: Identificar a sílaba inicial ou final de uma palavra dissílaba ou trissílaba X X      
D9 - Identificar sílabas não
  N2: Identificar a sílaba medial de uma palavra trissílaba ou a sílaba medial ou final de uma palavra
canônicas em uma palavra.   X      
polissílaba.
EIXO 2: LEITURA
Tópico Descritor / Habilidade Nível 1°
2° 3° 4° 5°
D10 - Ler palavras com sílabas no N1: Ler palavras dissílabas. X X      
padrão canônico. N2: Ler palavras trissílabas e polissílabas.   X X    
1 - Quanto à
leitura de palavras. D11 - Ler palavras com sílabas no X X      
padrão não canônico. N1: Ler palavras dissílabas.
N2: Ler palavras trissílabas e polissílabas.   X X    
N1: Ler frases com estrutura sintática simples (sujeito, verbo e complemento), na ordem direta.
X X X    
N2: Ler frases com estrutura sintática complexa (sujeito, verbo, complementos etc.), na ordem
2 - Quanto à direta.     X X  
D12 - Ler frases.
leitura de frases.
N3: Ler frases com estrutura sintática complexa (sujeito, verbo, complementos, adjuntos, aposto
etc.), na ordem indireta.     X X  
3 - Quanto à
leitura de textos: N1: Localizar informação explícita em texto de extensão curta, com vocabulário e X X      
sintaxe simples (sujeito, verbo e complemento).
N2: Localizar informação explícita em texto de extensão mediana, com vocabulário e
D13 - Localizar informação   X X X X
sintaxe mais complexos (sujeito, verbo, complementos, adjuntos, aposto etc.).
explícita.
N3: Localizar informação explícita em texto de extensão mais longa, com vocabulário e sintaxe
mais complexos.       X X
3.1 - Quanto à N1: Reconhecer uma informação implícita em texto verbal, de extensão curta, com vocabulário
informação do e sintaxe simples (sujeito, verbo e complemento).   X X X X
texto verbal e/ou
não verbal. N2: Reconhecer uma informação implícita em texto verbal, de extensão mediana, com
vocabulário e sintaxe simples (sujeito, verbo e complemento).   X X X X
N3: Reconhecer uma informação implícita em texto verbal, de extensão curta, com vocabulário
D14 - Inferir informação em texto
e sintaxe mais complexos (sujeito, adjunto, verbo, complementos, adjuntos, aposto etc.).
verbal.       X X
N4: Reconhecer uma informação implícita em texto verbal, de extensão mediana, com
vocabulário e sintaxe mais complexos (sujeito, verbo, complementos, adjuntos, aposto etc.).
      X X
3 - Quanto à
leitura de textos:
X
N1: Inferir o sentido de uma palavra ou expressão, a partir do contexto, em texto de
D15 - Inferir o sentido de palavra extensão curta ou mediana, com vocabulário e sintaxe simples (sujeito, verbo e complemento).        
N2: Inferir o sentido de uma palavra ou expressão, a partir o contexto, em texto de
ou expressão. extensão curta ou mediana, com vocabulário e sintaxe mais complexos (sujeito, adjunto, verbo,
complementos, adjuntos, aposto etc.). X
3.1 - Quanto à
       
informação do
texto verbal e/ou N1: Interpretar textos não verbais. X X
     
não verbal. D16 - Interpretar textos não N2: Interpretar textos, com vocabulário e sintaxe simples, que articulam elementos verbais e
não verbais. X X
verbais e textos que articulam      
elementos verbais e não verbais N3: Interpretar textos, com vocabulário e sintaxe mais complexos, que articulam elementos
verbais e não verbais. X X
     
N1 - Identificar o tema ou assunto de textos de extensão curta, com vocabulário e sintaxe
simples. X X
D17 - Identificar o tema ou      
assunto de um texto (ouvido). N2: Identificar o tema ou assunto de textos de extensão curta, com vocabulário e sintaxe mais
complexos. X X
     
N1: Identificar o tema ou assunto de textos de extensão curta ou mediana, com vocabulário e
sintaxe simples. X X
D18 - Identificar o tema ou      
assunto de um texto (lido). N2: Identificar o tema ou assunto de textos de extensão curta ou mediana, com vocabulário e
sintaxe mais complexos. X X
     
Distinguir um fato de uma opinião relativa a este fato, em textos de extensão mediana, com
D19 - Distinguir fato de opinião
vocabulário e sintaxe mais complexos. X
relativa ao fato
       
Formular hipóteses sobre o conteúdo de um texto, a partir de elementos como: manchete,
D20 - Formular hipóteses sobre o título, formatação do texto etc., em texto verbal, de extensão curta ou mediana, com
vocabulário e sintaxe simples ou complexos. X
conteúdo do texto.
       
3.2 - Quanto aos
gêneros D21 - Reconhecer o gênero
associados às Reconhecer o gênero discursivo dos textos de circulação social. X X X
discursivo.
sequências    
discursivas D22 - Identificar o propósito
básicas comunicativo em diferentes
Identificar a finalidade, o “para quê” dos diferentes gêneros de circulação social. X X X X
gêneros.
 
CONTEÚDOS/HABILIDADES DE LEITURA E ESCRITA - MÓDULO COMEÇAR

Atividade 01 Atividade 02

* Leitura do texto: O nome da gente * Escrita do nome próprio

*Nome próprio *Gênero: lista

*Compreensão literal e não literal * D2

*D10 e D11 * D7

*Escrita de palavras * D10

*D13 *D11

Atividade 03 Atividade 04

* Leitura do texto: O nome da gente * Escrita e leitura de nomes próprios

*D6 *D6

*D10 *D10

*D11 *D11

*Produção textual

Atividade 05 Atividade 06

* D2 * Ordem alfabética, escrita de palavras

*D10 *D10

*D11 *D11

*Identificação nomes próprios *D2

132
Atividade 07 Atividade 08

*Gênero: Biografia *Gênero: Biografia

*Gênero: Entrevista * Compreensão literal e não literal (D13, D14)

*Oralidade, escrita * Escrita de palavras

*D18

Atividade 09 Atividade 10

* Produção escrita: Biografia * D2

* D7

* D8

* D9, D10, D11

Atividade 11 Atividade 12

* Gênero: Adivinha * Leitura do gênero: Acróstico

*Escrita e leitura de palavras * D10, D11

* Produção escrita

Atividade 13 Atividade 14

* Produção escrita: bilhete de identidade * D7

* D10

* D11

133
Atividade 15 Atividade 16

* Leitura fluente do texto: Gente tem


*Nome próprio
sobrenome

* Nome próprio * D2

* D10 * D10

* D11 *D11

*Escrita de palavras * D13

Atividade 17 Atividade 18

* Formação de palavras * Escrita de palavras

* D8 * D2

* D9 * D6

*D10 * D7

*D11 *D8, *D9, *D10, *D11

Atividade 19 Atividade 20

*Gênero textual: Carta * Oralidade

*Produção escrita: Carta * Reescrita da produção textual: Carta

* Produção escrita: Envelope *D22

*D22

Atividade 21 Atividade 22

* D8 *Leitura do gênero textual: E-mail

*D9 * D10

* D10 * D11

* D11, *Formação de palavras *D13

*Escrita de palavras

134
Atividade 23 Atividade 24

* D4, *D7 * D10

* D10 * D11

*D11 * Leitura e escrita: Agenda telefônica

*Escrita de palavras * Leitura de nomes próprios

Atividade 25 Atividade 26

* Leitura e escrita do gênero textual: Bilhete * D10

* Escrita nome próprio * D11

*D22 * D12

* Produção escrita de frases

Atividade 27 Atividade 28

* Leitura fluente * Leitura do gênero textual: Fábula

* Compreensão literal e não literal *Produção escrita: Fábula

* D13 * Compreensão literal e não literal

* D14 * D14, * D18

*D17 * Produção escrita: Fábula

Atividade 29 Atividade 30

* Produção de história narrativa * Gênero: Canção

* Produção escrita de frases * Leitura fluente: Sítio do pica pau amarelo

*Escrita de palavras * Escrita de palavras e de frases

*D17 *D10, *D11

*D12

135
MÓDULO LER

Atividade 01 Atividade 02

*Leitura do gênero textual: Canção * D6

* D10, *D11 * D7

* D4 * D10

* D13 * D11

* D17

Atividade 03 Atividade 04

* História narrativa * D2, D3

* D10 * D10

* D11 * D11

* Escrita de palavras

Atividade 05 Atividade 06

* Leitura fluente * D4

* Escrita de palavras * D13

* D10 * Compreensão textual

* D11 *Leitura do gênero: Poesia

* D8, *D9

Atividade 07 Atividade 08

* D2 * D2

*Escrita de palavras * D7 ,* D8, *D9

* D10 *Escrita de palavras

* D11, *D13 *D10

*Escrita de frases *D11

136
Atividade 09 Atividade 10

* D10, *D11 * Leitura do gênero: receita

*Escrita de palavras * D8, *D9

* Vocabulário de palavras *D10, *D11

*Produção: lista

*D22

Atividade 11 Atividade 12

* Gênero: Receita * D2, *D3

* Escrita e leitura de palavras * Escrita de palavras

* D10

* D11

Atividade 13 Atividade 14

* Produção textual: receita *D13

* Leitura do gênero: receita *D10, *D11

*D22, *D18

*D6, * Escrita de palavras

Atividade 15 Atividade 16

* Leitura do gênero: Biografia * Leitura fluente: Biografia

* D22 * Compreensão textual

* D13 * D13
* Enumerar ordem, sequência de fatos
*Vocabulário
do texto

137
Atividade 17 Atividade 18

* D8, * D9 * Gênero: entrevista

* D10, *D11 * Produção escrita: entrevista

* Escrita de palavras * D12

* Oralidade

Atividade 19 Atividade 20

* D2, *D7 * Leitura do texto instrucional: Amarelinha

* D8 * Compreensão literal e não literal

* D9 * D7

* D10 *D2

* D11 *D10, *D11

* Produção escrita de palavras e frases *Escrita de palavra

Atividade 21 Atividade 22

* Leitura e compreensão de gráficos *D3

* D13 * D4

* D22 * Escrita e identificação de palavras

* D10, *D11, *D12

Atividade 23 Atividade 24

* D4 * Leitura fluente da canção: “Dona árvore”

* D12 * Separação silábica

* D10, *D11 * D2, *D3

* Compreensão literal e não literal * D10

*D8, *D9 * D11, *Escrita de palavras

138
Atividade 25 Atividade 26

* Leitura do gênero canção * Produção escrita de frases

*Escrita e formação de palavras *D12

*D10 * D10

*D11 * D11

*D8, *D9

Atividade 27 Atividade 28

* D4 *D10

* D12 *D11, *D12

*Compreensão literal *Compreensão literal

* D10 *D14

* D11 *D3,

*D7

Atividade 29 Atividade 30

* Leitura do texto instrucional * Leitura do gênero textual: Informativo

* Compreensão textual * D22

* D13 * D13

* D10 *D12

* D11 *Escrita de frase

*Formação de palavras

139
Atividade 31 Atividade 32

*Vocabulário * Leitura: Trava-línguas

* D2, D7 * Oralidade

* D10, * D11 * Estrutura do gênero textual: Trava-línguas

* Escrita de frase * D7, *D8

*Escrita de palavras

Atividade 33 Atividade 34

Leitura: Trava-línguas * Leitura do gênero: História em quadrinhos

* D1, *D2 * D13

* D5, *D6 *Vocabulário

* Escrita de frases, *D12

* D10, *D11

* Ordem alfabética

* D8, *D9

Atividade 35 Atividade 36

* D12 * D16

* D16 * Produção textual

*Escrita de frases * Leitura de texto

140
Atividade 37 Atividade 38

* Leitura do gênero: Canção * Leitura do gênero: Canção

* Vocabulário * D13

* Escrita de palavras * D10

* D6 *D17

* D2 *Escrita de palavras e frases

* D8, *D9, *D10, *D11 *Compreensão textual

Atividade 39 Atividade 40

* Leitura fluente: Biografia * D12

* D13 *D4

* Escrita de palavras *D13, *Vocabulário

*Produção de frase

Atividade 41 Atividade 42

* Leitura fluente: Canção * D17

* D13 *D10, *D11, *D7

* Estrutura do gênero: Canção *D13

*D6, *D2, D10, *D11 *D12, *Produção de frase

141
Atividade 43 Atividade 44

* Produção de frases * D16

* D3 *D17

* D10, *D11 *Oralidade

*D13, *D10, *D11

*D7, *D2

*Escrita de palavras

Atividade 45 Atividade 46

* Leitura fluente: Canção * Gênero: Adivinha

* D13 *D7

* Compreensão textual *Vocabulário

*D12

Atividade 47 Atividade 48

* Leitura fluente: Canção * Leitura fluente: lenda

* D13 *Estrutura do gênero: lenda

* Vocabulário *Escrita de palavras

*Reescrita de versos *D12, * Vocabulário

Atividade 49 Atividade 50

* D12 *Leitura fluente: Parlendas

* D13 *D13

* Reescrita de frases *D2

*Associação entre figura e palavra *D10, *D11

142
Atividade 51 Atividade 52

* Leitura fluente: Parlendas * Leitura fluente: Piada

* D6 *Leitura fluente: Tirinha

* D2 *D16, *Produção escrita

*D7 *Identificação dos gêneros: Piada, Tirinha

Atividade 53 Atividade 54

* Compreensão textual * Leitura fluente: Poesia

* D13, * D2 *Estrutura: poesia

* D8, *D9 *D13

*D10, *D11 *D14,

*Escrita de palavras *Vocabulário, *Produção de frases

Atividade 55 Atividade 56

* D6 *Leitura fluente: notícia

* D10, *D11 *Identificação do gênero: Notícia

* D4, *D12, *Reescrita de frase *D13

*D8, *D9, * Formar novas palavras *D12, * Ordenação e escrita de frases

Atividade 57 Atividade 58

* Leitura fluente: Trava-língua *Leitura fluente do texto informativo

* D8, *D9 *Oralidade

* D10, *D11 *D14

*D12, *Produção de frases *D13, * Vocabulário

143
Atividade 59 Atividade 60

* D13 * Leitura fluente: Trava-língua

* Leitura e escrita de frases *D2, * Escrita de palavras

* D4 *D10, *D11

*D6, * Vocabulário

Atividade 61 Atividade 62

* Leitura: poesia * D13


*Identificação dos gêneros: Trava-língua,
* D12, *Escrita de frases
poesia
* D6 * Vocabulário

*Escrita de palavras *D10, *D11

Atividade 63 Atividade 64

* Leitura fluente: notícia *Compreensão textual

* Compreensão textual *D12, *Escrita de frases

* D12, * Escrita de frases *D4

*D13, * D22 *D10, *D11

Atividade 65 Atividade 66

* Escrita de palavras *Leitura fluente: Canção

* D12 *Estrutura do gênero

* D10, *D11 *D6

*D7 *Escrita de palavras

*Separação silábica

144
Atividade 67 Atividade 68

* D13 *Leitura e compreensão: Mapa

* Escrita de palavras *D13

* D10, *D11 *D2, *D3

* D12 *Escrita de palavras

*Escrita de frases *D10, *D11

Atividade 69 Atividade 70

* D12 *Leitura fluente: História narrativa

* D3, *D4 *D13

* D13, *Escrita de palavras

*Escrita de palavras *Compreensão textual

145