Você está na página 1de 3

Lista de exercícios n.

1 – Hidrossedimentologia e
dimensionamento de canais na condição de máxima
eficiência hidráulica.
Problemas propostos
1. Considere o rio Paraíbuna cujos dados coletados em campo estão listados nas
tabelas 1 e 2. Com base nesses dados determine:
a) A tensão média de cisalhamento (tensão de arraste) que age sobre o perímetro
molhado da seção;
b) A tensão máxima no fundo; Dica: calcule a tensão utilizando a profundidade média.
c) A rugosidade devido ao sedimento;
d) Analise a ocorrência de movimento ou repouso com base no diagrama de Shields;
e) A carga anual de sedimentos transportados por arraste utilizando a expressão de
Peter-Meyer-Muller estudada na aula 2;
f) A carga anual de sedimentos transportados em suspensão utilizando a expressão
e as hipóteses de Bagnold estudadas na aula 2;
g) Sabendo que Loures e Paiva (2014) mediram uma descarga sólida de
aproximadamente 10,21 ton/dia, argumente cientificamente confrontando os
dados calculados com aqueles medidos em campo.
Tabela 1 - Dados amostrais do rio Paraibuna

Raio
Vazão Declividade Área Perímetro Largura Profundidade
Hidráulico
[m3/s] [m/m] [m2] [m] [m] Média [m]
[m]
12,989 0,000490 13,61 11,214 1,214 8,83 1,54

Fonte: Loures, R. S. (2014) Cálculo analítico do diâmetro representativo da partícula do leito [...] Rio
Paraíbuna, UFJF

Tabela 2 – Ensaio de granulometria para os sedimentos amostrados

Peneira d10 d16 d35 d50 d65 d84 d90


ds [mm] 0,0010 0,0050 0,0790 0,0750 0,1200 0,1900 0,2300

Fonte: Loures, R. S. (2014) Cálculo analítico do diâmetro representativo da partícula do leito [...] Rio
Paraíbuna, UFJF

Respostas ((a) 0,595 kgf.m-2; (b) 0,755 kgf.m-2; (c) ns = 0,0095; (e) Csa ~11,4 ton/dia; (f) Css ~ 505,5
ton/dia))

2. Os dados de monitoramento de um trecho do rio Pescado estão descritos na


Tabela 3. O trecho possui vazão de 40 m3/s, profundidade de aproximadamente
de 2,0 m, largura de 10,0 m e declividade longitudinal de 0,044 m/m
(BAPTISTA e LARA, 2014). Com base nos dados calcule:
a) A carga anual de sedimentos transportados por arraste conforme aula 2; (Resp.:
Csa ~70 ton/dia)
b) A carga anual de sedimentos transportados em suspensão conforme aula 2. (Resp.
Css ~3x106 ton/dia)

Tabela 3 - Dados granulométricos do rio Pescado

ds [mm] < 0,005 0,01 0,025 0,05 0,1 0,25


% acumulativa 5,1 24,0 50,0 70,0 90,0 100

Fonte: BAPTISTA e LARA (2014) Fundamentos de engenharia hidráulica – UFMG

Dica: utilizando os dados das peneiras elabore a curva de granulometria no excel e obtenha o
D50 para o sedimento amostrado. Faça o gráfico colocando os dados do diâmetro no eixo X e a
percentagem acumulativa no eixo Y.

3. Deseja-se transportar 10 m3/s de água em uma seção trapezoidal de tal forma


que a seção trabalhe na condição de mínimo perímetro molhado com ângulo de
inclinação dos taludes de 60º. Considerando tais configurações e declividade
longitudinal de 0,15%, analise as configurações de canais dimensionados com:
• Alvenaria de pedra argamassada em condições regulares (n = 0,025);
• Seção escavada em terra com vegetação rasteira nos fundos e nos taludes (n
= 0,025);
• Seção de taludes de concreto envelhecido
4. Um canal de drenagem com vegetação rasteira nos taludes e no fundo, taludes
inclinados em 2,5H:1V, declividade longitudinal Io = 30 cm/km, foi
dimensionado para uma determinada vazão de projeto Qo, tendo-se chegado a
uma seção com largura de fundo igual a b = 1,75 m e altura d’água de yo = 1,40
m (PORTO, 2006). Com base nesses dados pergunta-se:
a) Qual a vazão de projeto? (Resp.: 4,38 m3/s)
b) A seção dimensionada é de mínimo perímetro molhado? (Resp.: não)
c) Se o projeto for refeito para uma vazão Q1 = 6,0 m3/s e a seção for retangular,
em concreto, qual será a altura de água para uma largura de fundo igual ao
dobro da anterior? Utilize o guia do DAEE/SP para o coef. de Manning.
(Resp.: yo = 1,90 m)
d) Quais serão as dimensões de uma seção retangular de concreto na condição
de máxima eficiência e vazão Q1 = 6,0 m3/s? (Resp.: yo = 1,82 m; b ~ 3,65 m;
h = 2,25 m)
5. Um canal trapezoidal deve transportar, em regime permanente e uniforme, uma
vazão de 3,25 m3/s, com declividade de fundo de Io = 0,0005 m/m trabalhando
na seção de mínimo perímetro molhado. A inclinação dos taludes é de 0,5H:1V e
o revestimento será em alvenaria de pedra argamassada em condições regulares
(PORTO, 2006). Determine a altura d’água, a largura de fundo e a tensão média
de cisalhamento no canal (Resp.: y ~1,57 m; b ~1,95 m; τo = 3,85 N.m-2)
6. Faça um resumo dos assuntos discutidos das aulas 1 a 4, recomenda-se obter
leitura dos capítulos 5, 6, 7, 8 e 9 da bibliografia ALFREDINI, P.; ARASAKI, E..
ENGENHARIA PORTUÁRIA, ed. Blucher, São Paulo, 2014.

Você também pode gostar