Você está na página 1de 141

Secretaria da Fazenda

Departamento de Controle de Contratações Eletrônicas - DCC

MANUAL OPERACIONAL

SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÕES FÍSICO–


FINANCEIRAS

São Paulo

Assistência Técnica do Departamento de Controle de Contratações


Eletrônicas - DCC

2013
GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
SECRETARIA DA FAZENDA
Coordenadoria de Entidades Descentralizadas e de Contratações Eletrônicas – CEDC
Departamento de Controle de Contratações Eletrônicas – DCC
Coordenadoria de Planejamento Estratégico e Modernização Fazendária – CPM
Escola Fazendária do Estado de São Paulo - FAZESP

Governador do Estado:
Geraldo Alckmin

Secretário da Fazenda:
Andrea Sandro Calabi

Coordenadora da CEDC - Coordenadoria de Entidades Descentralizadas e de


Contratações Eletrônicas
Maria de Fátima Alves Ferreira

Diretor do DCC - Departamento de Controle de Contratações Eletrônicas


Carlos Eduardo Esposel

Coordenadoria de Planejamento Estratégico e Modernização Fazendária - CPM


Evandro Luis Alpoim Freire

Diretora da Escola Fazendária do Estado de São Paulo


Fabio Augusto dos Santos

Elaboração:
Adair Barroso Santos Moreira
Janalda Denise dos Santos
Luiz Pereira Mota
Marcio Henrique Batista
Maris de Moraes
Regina Wong
Rosina da Silva
Vera Lúcia de Moraes

Coordenadora do Projeto Fazesp:


Adriana Azevedo Pannunzio

Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida por qualquer meio, sem a prévia
autorização da Secretaria da Fazenda.

Coordenadoria de Entidades Descentralizadas e de


Contratações Eletrônicas
CEDC

Escola Fazendária do Estado de São Paulo - Fazesp


SUMÁRIO

1. CADASTRO DE MATERIAIS - INTRODUÇÃO ........................................................ 5

2. CONCEITUAÇÃO..................................................................................................... 7

3. LEI DE FORMAÇÃO ................................................................................................ 8

4. ACESSO AO SISTEMA SIAFISICO ......................................................................... 9

5. MATRIZ CLASSIFICAÇÃO MATERIAL ................................................................. 11

6. TABELA DE APOIO ............................................................................................... 15

7. CADASTRO DE MATERIAL .................................................................................. 19

8. CONSULTA MATERIAL ......................................................................................... 20

9. ITEM DE MATERIAL .............................................................................................. 22

10. CONSULTA ITEM DE MATERIAL ....................................................................... 22

11. PROPOSTA DE MATERIAL................................................................................. 34

12. CONSULTA PROPOSTA DE MATERIAL ............................................................ 38

13. ALTERA PROPOSTA DE MATERIAL ................................................................. 38

14. PROPOSTA DE ITEM DE MATERIAL ................................................................. 38

15. INCLUSÃO DE PROPOSTA DE ITEM DE MATERIAL ........................................ 38

16. ALTERA PROPOSTA DE ITEM DE MATERIAL .................................................. 46

17. CONSULTA PROPOSTA ITEM MATERIAL ........................................................ 46

18. EXCLUI/REATIVA PROPOSTA ........................................................................... 47

19. CADASTRO DE SERVIÇOS ................................................................................ 52

20. MATRIZ CLASSIFICAÇÃO DE SERVIÇO ........................................................... 55

21. CONSULTA SERVIÇOS....................................................................................... 59

22. CONSULTA ITEM DE SERVIÇO .......................................................................... 61

23. CONSULTA DE ITENS PELO NOME DO SERVIÇO ........................................... 63

24. CONSULTA DE ITEM DE SERVIÇO PELO CÓDIGO .......................................... 66

25. INCLUSÃO DE PROPOSTA DE SERVIÇO.......................................................... 68

26. INCLUSÃO DE PROPOSTA DE ITEM DE SERVIÇO .......................................... 69

27. CONSULTA PROPOSTA DE ITEM DE SERVIÇO ............................................... 72


28. AGRUPAMENTO DE ITENS DE MATERIAIS E SERVIÇOS ............................... 73

29. CATÁLOGO DE MATERIAIS E SERVIÇOS ........................................................ 75

30. NORMAS E PADRÕES ....................................................................................... 75

31. FALE CONOSCO ................................................................................................. 76

32. CADASTRO DE FORNECEDORES ..................................................................... 89

33. TRANSAÇÕES DO CADASTRO DE FORNECEDORES ..................................... 89

34. BOLSA ELETRÔNICA DE COMPRAS ................................................................ 96

35. TRANSAÇÕES DA BOLSA ELETRÔNICA DE COMPRAS................................. 96

36. CONTABILIZA ................................................................................................... 128

37. PLANEJAMENTO .............................................................................................. 136

38. REGISTRO DE PRECOS ................................................................................... 140

39. TRANSAÇÕES DE PREÇOS PRATICADOS ..................................................... 140

40. OFERTA DE COMPRA REGISTRO DE PREÇO.............................................. 1405


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

1. CADASTRO DE MATERIAIS – INTRODUÇÃO

O Sistema Integrado de Informações Físico-Financeiras – Siafisico é um


sistema informatizado constituído basicamente de: um Cadastro Único
de Fornecedores; de um Cadastro Único de Materiais e Serviços; de um
Cadastro de Órgãos; de um Módulo de Preços praticados e, ainda, de
Tabelas de Apoio. Por meio destes cadastros que todos os órgãos da
Administração Direta ou Indireta do Estado de São Paulo efetuarão as
aquisições de bens e serviços.

O Cadastro Único de Materiais e Serviços permite estabelecer um


sistema único de identificação, codificação e catalogação de
suprimentos de todos os materiais e serviços adquiridos pelo Governo
do Estado de São Paulo.

O Governo do Estado de São Paulo obedece ao estabelecido na Lei n.°


8.666/1993, alterada pela Lei n.° 9.032, de 28 de abril de 1998 e a Lei
n.° 9.648, de 27 de maio de 1998, para adquirir os milhares de itens de
materiais, dentre eles alguns com características peculiares e que, por
isso, deverão seguir especificidades diferenciadas de aquisição e
controle.

A Administração Pública passou a necessitar que as compras devessem


atender, na medida do possível, à especificação completa do bem a ser
adquirido, tendo em vista a não indicação da marca, definição de
unidades e quantidades a serem adquiridas, em função do consumo e
utilização prováveis.

O Governo do Estado de São Paulo, assim como as Organizações


Públicas, passaram por inovações em Gestão no âmbito dos Serviços
Públicos, com foco nas estratégias para incentivar e disseminar boas
práticas.

O Siafisico utiliza a metodologia de codificação preconizada pelo Federal


Supply Classification – FSC – que instituiu uma linguagem única de
procedimentos para as aquisições de bens de consumo, material
permanente e prestação de serviço, entre os órgãos da administração do
Estado de São Paulo.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 5


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Essa metodologia foi desenvolvida pelo Departamento de Defesa dos


Estados Unidos que estabelece um sistema único de identificação,
codificação e catalogação de suprimentos de todos os materiais
utilizados pelo Governo Federal norte-americano, tendo por base a
classificação de todos os itens, matéria prima e materiais da indústria.
A partir daí, sob a coordenação desse governo, foi criado um sistema
unificado a fim de prover uma forma econômica e eficiente na
administração dos suprimentos em todos os níveis da Administração
Federal dos Estados Unidos.

Desde então, um único sistema de suprimento passou a existir em todo


o Governo norte-americano, com uma linguagem única de identificação,
para todos os níveis de operação e em cada função logística.

6 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

2 . C O N C E IT U A Ç Ã O

É de suma importância, inicialmente, introduzir algumas


considerações, acerca de elementos que alicerçam a teoria a ser
desenvolvida.

A especificação, normalização e padronização dos materiais adquiridos


pela Unidade Gerenciadora de Materiais têm por finalidade facilitar a
Administração de Materiais.

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS: deve vir detalhadas, indicando


formato, tamanho, volume, altura, largura, comprimento, profundidade,
espessura, utilidade, finalidade do material utilizado, cor, acabamento.
Devem ser precisamente discriminadas, de modo que os fornecedores
não apresentem propostas de produtos com características diferentes e
com preço diferenciado para o mesmo item do material que está sendo
cotado.

NORMALIZAÇÃO: consiste no conjunto de normas que estabelecem


padrões de redução de variedades, procedimentos e qualidade na
fabricação dos produtos. Tem por objetivo a economia, comunicação,
segurança, proteção do consumidor e a eliminação de barreiras técnicas
e comerciais.

PADRONIZAÇÃO: compreende o ato que visa tornar comum um


determinado modelo, parâmetro ou norma.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 7


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

3. LEI DE FORMAÇÃO

Módulo de Cadastro de Materiais e Serviços:

Esse módulo permite consultar a matriz de classificação de material, ou


seja nos dá condições de consultar os grupos e classes onde serão
classificados e incluídos todos os materiais.

A matriz é a estrutura dos grupos existentes no sistema e estão


numerados, tendo início pelo grupo 10 e término pelo grupo 99.

As classes recebem a subdivisão dos grupos onde são classificados os


materiais de acordo com afinidade específica e são determinadas de
1001 a 9999

Exemplo de grupo, classe material e item

GRUPO: 41 EQUIPAMENTOS PARA REFRIGERAÇÃO,


CONDICIONAMENTO E PURIFICACAO DE AR

CLASSE: 4120 EQUIPAMENTOS DE CONDICIONAMENTO DE


AR

MATERIAL 17209-9 CONDICIONADOR DE AR (especificação


genérica do produto)

ITEM 173622-1 – CONDICIONADOR DE AR

OBS : MATRIZ – quando falamos em matriz referimo-nos ao grupo mais a


classe.

8 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

4. ACESSO AO SISTEMA SIAFISICO

• Inicie o Navegador Internet Explorer ou outro navegador


disponível digitando o seguinte endereço:

https://www6.fazenda.sp.gov.br

• Clique na opção Siafem/Siafisico, localizado no menu do lado


esquerdo da tela

• Na tela seguinte, no campo Código, digite o nº do seu CPF e no


campo Senha, digite a sua senha de acesso.

• Caso o usuário não tenha perfil para acessar, é necessário entrar


em contato com o CAU - Centro de Apoio ao Usuário, para
solicitação de acesso.

• Indique o ano do banco ao qual pretende acessar, e selecione a


opção Siafisico. Após, clique no botão “Entrar”

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 9


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Na primeira tela são exibidos todos os comunicados incluídos


pelos órgãos que acessam ao sistema. Estes comunicados
representam avisos e formalizações que devem ser divulgadas
para todos os órgãos.

• Clique sobre o assunto. Será exibida a mensagem na íntegra.

10 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

5. MATRIZ CLASSIFICAÇÃO MATERIAL

Após a leitura dos comunicados é apresentada a 1ª tela das transações


constantes no Siafisico.

Selecione a opção Cadastro de Materiais e Serviços

Para visualizar a Matriz Classificação Material, clique sobre a respectiva


opção conforme segue abaixo:

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 11


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Após serão exibidas todas as transações disponíveis relacionadas à


opção “Matriz Classificação Material”, conforme demonstrado abaixo:

Para consultar as notas referentes aos grupos de materiais, basta


digitar o código que representa o grupo e em seguida pressione a tecla
<enter>, conforme demonstrado a seguir:

12 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Na tela seguinte, será apresentado todos os grupos cadastrados a partir


do que foi informado.

Selecione o grupo desejado e pressione <enter> para visualizar a sua


respectiva nota;

Pressione < enter > para visualizar as classes vinculadas ao grupo.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 13


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Para visualizar a nota da classe, selecione a classe que deseja


consultar, em seguida tecle < enter >

14 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

6 . T A B E L A D E A P O IO

É um subsistema que disponibiliza unidade de fornecimento de bens e


serviços

Unidade de Fornecimento

Essa transação permite a consulta das Unidades de Fornecimento as


quais fazem parte da composição dos materiais e serviços, podendo ser
visualizadas no sistema pelo código específico ou utilizando por meio de
um filtro.

Para consultar a unidade de fornecimento, clique na transação “Tabela


de Apoio”, conforme demonstrado a seguir:

Em seguida, clique na opção “Unidade de Fornecimento” e na próxima


tela, clique na opção “Consulta Unidade de Fornecimento”

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 15


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Há duas formas para efetuar a consulta da Unidade de fornecimento:

 Pelo Código: Para consultar uma Unidade de Fornecimento


específica, basta digitar o código correspondente, em seguida
pressione < enter >

16 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

 Pela descrição: A consulta também poderá ser feita por meio de


uma palavra chave ou descrição.

Exemplo: caso queira consultar todas as unidades de fornecimento que


contém a palavra “caixa”;

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 17


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

18 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

7. CADASTRO DE MATERIAL

Este módulo permite incluir, consultar, alterar, excluir, reativar, os


materiais cadastrados no sistema.

O acesso as opções mencionadas dependem do perfil do usuário.

Definição de Material: É o padrão de descrição, composto pela


denominação básica, de forma genérica, seus sinônimos, classe a qual
pertence, as unidades de fornecimento possíveis e as características do
material.

As características do material são os conceitos da denominação, para


auxiliar as especificações de um item e sua estrutura está configurada
da seguinte forma:

- característica básica e sua obrigatoriedade;

- descrição da característica

- complemento do texto da característica.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 19


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

8. CONSULTA MATERIAL

Nesta transação, podemos consultar a estrutura desenvolvida para um


determinado material.

Clique sobre a opção Cadastro de Material, como demonstrado abaixo:

Após, selecione a opção Consulta Material, conforme tela a seguir:

20 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Na próxima tela, para efetuar a pesquisa do material, você poderá:

 digitar até três palavras-chaves ou,

 digitar os três (03) primeiros caracteres

 quando a denominação do material for composta por várias


palavras, deverá ser digitada uma palavra por linha,

Tecle < enter > para prosseguir, será apresentado a estrutura do


material

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 21


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

9. ITEM DE MATERIAL

Este módulo permite consultar o item de material cadastrado.

Item de material é o nível de detalhamento do material, onde suas


características particulares possibilitam a individualização do mesmo, o
qual será utilizado para o procedimento licitatório e empenhamento.

10. CONSULTA ITEM DE MATERIAL

Esta opção permite consultar a descrição do item de material. A pesquisa


poderá ser feita pelo código do item ou tela de ajuda (posicione o cursor
na linha do material e tecle F1), após digite os três radicais da sua
pesquisa.

Selecione e clique na opção item de material para visualizar a consulta


dos itens

22 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Digite o código do item

Tecle <enter> para continuar e visualizar a descrição detalhada do item

Tecle < enter > para visualizar as unidades de fornecimento do item

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 23


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

 CONSULTA ITEM DE MATERIAL PELO NOME DO MATERIAL

Para efetuar uma pesquisa pelo nome do material, posicione o curso na


linha do “Material” e pressione F1, digite o radical a ser consultado, ou o
nome completo do material a ser consultado, em seguida tecle < enter >;

Tecle <enter> para visualizar

24 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Selecione o material a ser consultado em seguida tecle < enter >

A tela a seguir auxilia o usuário na pesquisa do item de material a ser


consultado

Digite a palavra que será pesquisada, em seguida tecle <enter>

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 25


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

A tela a seguir irá mostrar os itens de materiais que contém o número


75g/m2 na descrição do item de material.

Como exemplo selecione um (01) número de item de material e tecle


<enter>

26 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Após a visualização completa do item, tecle <enter>, serão exibidas as


unidades de fornecimento disponíveis para o material consultado,
incluindo a unidade disponível para aquisição por meio da Bolsa
Eletrônica – BEC.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 27


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

 N O V A S C O N S U L T A S U T IL IZ A N D O O B O T Ã O

• Clique no botão do lado esquerdo da tela.

• Selecione a opção Consultas.


• Clique em Item.

28 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

ATENÇÃO: Para medicamentos gerais de uso humano é obrigatório


digitar na primeira característica parte da composição. Uma vez que
devido à grande quantidade de itens, o sistema não tem capacidade para
lista-los sem um prévio filtro.

C O N S U L T A P O R C Ó D IG O D O IT E M

• Selecione a opção: Busca por código


• No campo código do item: informe o número do item a ser
consultado.
• Descrição do Item: insira o item a ser pesquisado, separando as
palavras por ponto-e-vírgula.
• Selecione o tipo de pesquisa. Neste exemplo, todas as palavras.
• Clique em Consultar.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 29


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

C O N S U L T A P O R B U S C A D E D E S C R IÇ Ã O

• No campo Descrição do Item, insira o item a ser pesquisado,


separando as palavras por ponto-e-vírgula.
• Selecione o tipo de pesquisa. Neste exemplo, todas as palavras.
• Clique em Consultar.

30 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

C O N S U L T A P O R B U S C A P O R R A D IC A IS

C O N S U L T A IT E M P O R T O D A S A S P A L A V R A S

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 31


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Serão exibidos todos os itens encontrados que possuam as


palavras indicadas, independentemente da ordem informada.

• Caso as palavras usadas na pesquisa não tenham sido separadas


por ponto-e-vírgula, uma caixa de diálogo será exibida informando
a necessidade da pontuação.

32 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

C O N S U L T A IT E M P O R F R A S E E X A T A

• No campo Descrição do Item, insira o item a ser pesquisado. Não é


necessário separar as palavras por ponto-e-vírgula.
• Selecione o tipo de pesquisa. Neste exemplo, Frase exata.
• Clique em Consultar.

• Serão exibidos todos os itens encontrados que possuam as


palavras indicadas, conforme a ordem descrita.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 33


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

11. PROPOSTA DE MATERIAL

Este módulo permite cadastrar propostas de materiais e seus


respectivos itens.

A solicitação da proposta de material e itens é elaborada pela Unidade


Gestora Executora/UGE. O Gestor responsável pelo grupo/classe do
Siafisico analisará, podendo liberar ou rejeitar a proposta de material
ou item.

As propostas só deverão ser realizadas quando o material ou itens não


estiverem cadastrados no Cadmat.

Para atribuir o nome do material se faz necessário o conhecimento do


nome técnico, bem como suas características básicas necessárias para
a identificação e especificação do item.

As inclusões, alterações, exclusões/reativações das propostas dos


materiais e itens é de responsabilidade da UGE.

Inclusão de Proposta de Material

 Esta opção permite à UGE – Unidade Gestora Executora incluir a


proposta de material pela denominação básica em sua forma
genérica, sinônimos, classe, unidades de fornecimento possíveis e
as características específicas do material, necessárias para
especificações do item de material, quando o mesmo não constar
no cadastro de materiais.

 A tela seguinte mostra a montagem da estrutura de um material,


lembramos que é imprescindível o preenchimento das lacunas e
que as mesmas deverão ser efetuadas com observância total e
aderência de mercado.

Segue as definições das opções de preenchimento da estrutura para a


proposta do material:

34 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Característica: indica a composição do material que irá resultar na


descrição final do bem a ser adquirido;

• Obrigatoriedade: define se a característica a ser informada é


relevante para estar contida na descrição do item;

• Descrição: auxilia o usuário a efetuar o preenchimento correto do


campo “característica”;

• Exemplo: indica o modelo de forma orientativa para o usuário.

• Complemento: auxilia na descrição correta do item.

Selecione a transação propostas de materiais e serviços e clique para


continuar

Selecione a opção inclui proposta de material e clique para continuar

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 35


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Na próxima tela aparecerá uma máscara de preenchimento dos dados


para proposta de inclusão do material.

Tecle < enter > para continuar

Tecle < enter > para continuar

36 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Tecle enter para continuar

Tecle <enter> para continuar

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 37


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

12. CONSULTA PROPOSTA DE MATERIAL

Esta transação recupera a proposta de material incluída pela UGE,


verificando se a mesma foi liberada ou não pelo Gestor do Cadmat.

13. ALTERA PROPOSTA DE MATERIAL

Esta transação permite alterar dados da proposta de material incluídos


pela UGE, enquanto a mesma não for analisada pelo Gestor do Cadmat.

14. PROPOSTA DE ITEM DE MATERIAL

Esta transação permite à UGE efetuar inclusões, consultas, alterações,


exclusões de especificações de propostas de itens que não constam
cadastrados no sistema e, para o efetivo atendimento é necessário a
análise do Gestor do Cadmat.

15. INCLUSÃO DE PROPOSTA DE ITEM DE MATERIAL

Para efetuar proposta de item de material, o sistema mostra uma tela


com a estrutura das características a serem preenchidas.

Será exibida uma folha de rosto, a qual deverá ser alterada com as
informações necessárias e com aderência ao mercado.

Importante:

Instruções para preenchimento: características devem ser preenchidas


com valores correspondentes;

tecle F1 no início da linha de cada característica para obter ajuda no


preenchimento das características.

38 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Para incluir um item de material no sistema Siafisico temos um novo


acesso através do botão “MENU”, localizado no canto superior esquerdo
da tela. Segue os procedimentos:

• Clique no botão do lado esquerdo da tela.

• Selecione as opções Cadastro/Materiais/Propostas/Item

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 39


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Na tela “Inclui proposta item material”, consulte o material pelo


nome ou por palavra-chave. Neste exemplo, será consultado o
material bomba.
• Clique em Pesquisar.

Atenção! Quando o nome do material for composto por mais de uma


palavra, é necessário digitar uma palavra em cada linha.

• Para consultar um material por palavra-chave, insira nos campos


em aberto até três radicais para a pesquisa. Exemplo: bom

• Serão apresentados todos os materiais que contêm os três


radicais ou a palavra pesquisada, com classe e situação.

40 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Informe o telefone (preenchimento obrigatório) e o ramal de


contato.

• Para incluir a Unidade de Fornecimento, digite o código ou


pesquise com pelo nome.
• Neste exemplo, a unidade a ser pesquisada será caixa.
• Clique em Buscar.

• Caso a pesquisa seja por nome, a relação com as Unidades de


Fornecimento que atendam à pesquisa será apresentada.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 41


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Clique sobre os códigos desejados para que o sistema inclua as


Unidades de fornecimento em seu item. Neste exemplo, 52 CAIXA
15,00 GRAMAS.

• A relação com as Unidades de fornecimentos selecionadas serão


apresentadas.
• O sistema permite o limite máximo de 28 unidades de
fornecimento para cada item proposto.

42 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Após a inclusão das Unidades de fornecimento, preencha a


descrição das características.
• Os campos assinalados com (*) são de preenchimento obrigatório.
Ao posicionar o cursor sobre o nome da característica, serão
exibidas informações sobre sua obrigatoriedade e descrição.

• Para preencher o campo Descrição, clique no ícone e serão


apresentadas as descrições já existentes na característica desse
material.
• Clique sobre a descrição escolhida. Ela será transportada para o
campo correspondente.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 43


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Observe que o campo Descrição agora está preenchido.


• Continue clicando no ícone para preenchimento dos demais
campos.

• Para inserir uma descrição que não conste na lista apresentada,


clique sobre o ícone e preencha o campo correspondente.

• Para excluir uma descrição, clique sobre o ícone

44 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

• Ao finalizar o preenchimento, clique sobre o botão Enviar


proposta de item.

• O sistema irá informar o código do item proposto, e também que a


proposta foi incluída com sucesso.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 45


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

16. ALTERA PROPOSTA DE ITEM DE MATERIAL

Esta transação permite à UGE alterar dados da proposta de item de


material, enquanto a mesma não for analisada pelo Gestor do Cadmat.

17. CONSULTA PROPOSTA ITEM MATERIAL

Esta opção permite consultar a proposta do item de material incluída


pelo usuário, verificando se ela foi liberada ou não pelo Gestor do
Cadmat, conforme exemplo a seguir;

Selecione a opção consulta proposta de item de material;

46 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Digite o número provisório e tecle < enter > para visualizar a proposta

1 8 . E X C L U I/ R E A T IV A P R O P O S T A

No Siafisico é possível alterar ou excluir propostas de materiais, itens de


materiais, desde que as propostas não tenham sido liberadas ou
rejeitadas pelos gestores responsáveis.

Para excluir/reativar propostas de item de material, clique sobre a


opção.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 47


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Tecle <enter> para continuar

48 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 49


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

OBSERVAÇÃO

É importante atentar para os principais grupos de opções, sendo que


para cada grupo existe função distinta, segue abaixo sugestão de
roteiro:

Exemplo: se estamos consultando um material e por ventura


precisamos consultar um item, devemos reiniciar o processo de busca
retornando ao Cadastro de Materiais e Serviços na primeira tela.

A Unidade deverá seguir os seguintes passos:

Como consultar opção MATERIAL;

CADASTRO DE MATERIAL E SERVICO

CADASTRO DE MATERIAL

CONSULTA MATERIAL

Como consultar opção ITEM MATERIAL;

CADASTRO DE MATERIAL E SERVICO

ITEM DE MATERIAL

CONSULTA ITEM DE MATERIAL

CONSULTA ITEM NOME REDUZIDO

NOME REDUZIDO ITEM MATERIAL

50 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Como consultar opção PROPOSTA DE ITEM DE MATERIAL;

CADASTRO DE MATERIAL E SERVICO

PROPOSTA DE MATERIAL E SERVICO

CONSULTA PROP. ITEM MATERIAL

ALTERA PROPOSTA DE ITEM DE MATERIAL

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 51


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

19. CADASTRO DE SERVIÇOS

DEFINIÇÃO DE SERVIÇOS – de acordo com a Lei 8.666/93, seção II,


artigo 6°, inciso II,

“Serviço é toda atividade destinada a obter determinada utilidade


de interesse para a administração tais como: demolição, conserto,
instalação, montagem, operação, conservação, reparação,
adaptação, manutenção, transporte, locação de bens,
publicidade, seguro ou trabalhos técnicos profissionais.”

DECRETO 51.469, de 2 de janeiro de 2007

Dispõe sobre a obrigatoriedade da modalidade de pregão para aquisição


de bens e serviços comuns

Artigo 2º - A utilização da modalidade de “Pregão Eletrônico” para


aquisição de bens e serviços comuns será obrigatória para toda
administração pública estadual, na forma e prazos a serem
estabelecidos pela Secretaria da Fazenda.

CADERNOS TERCEIRIZADOS – Cadterc, gerenciamento dos negócios


públicos.

Estudos detalhados sobre os serviços terceirizados mais significativos e


de características comuns aos diversos órgãos da administração
pública, visando o estabelecimento de diretrizes e parâmetros
referenciais para orientar as licitações e o gerenciamento destes
contratos.

www.cadterc.sp.gov.br

52 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Observações Importantes:

40. os itens de serviços constantes na BEC poderão ter até 28


unidades de fornecimento – UF;

b) as solicitações para inclusão de natureza de despesa deverão ser


encaminhadas para a Secretaria da Fazenda, através da página:
www.bec.sp.gov.br/faleconosco, na opção Natureza de Despesa, com as
seguintes informações:

• número da classe e,

• código do item

c) a unidade de fornecimento para itens do Cadterc deverão ser


respeitadas de acordo com os Cadernos Terceirizados, utilizando o que
foi determinado pela Corregedoria Geral da Administração – CGA;

d) inclusão de itens e UF’s pertencentes ao Cadterc , deverá ser


encaminhada solicitação para a Corregedoria, A/C do Sr. Ferraresi,
para autorização da inclusão do item, por notes ou e-mail:
terceirizados@corregedoria.sp.gov.br

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 53


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Para acessar o Cadastro de Serviços, selecione a opção CADASTRO DE


MATERIAIS E SERVIÇOS.

As opções disponíveis estão demonstradas a seguir:

54 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

20. MATRIZ CLASSIFICAÇÃO DE SERVIÇO

Por meio da opção “MATRIZ CLASSIFICAÇÃO SERVIÇO” é possível


consultar toda a estrutura dos Grupos e Classes dos serviços e suas
respectivas notas que servem como orientação para o correto
direcionamento e cadastramento.

Para consultar a classificação dos serviços, clique na opção “MATRIZ


CLASSIFICACAO SERVICO”

Clique na opção “CONSULTA MATRIZ DE SERVICO”

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 55


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Informe o grupo do serviço a ser consultado e, tecle <enter>:

Posicione o cursor em frente ao grupo de serviço a ser consultado e,


tecle <enter>

56 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Será exibida a nota do grupo de serviço.

Em seguida tecle <enter> para visualizar as classes de serviços


vinculadas ao grupo consultado.

Posicione o cursor em frente à classe a ser consultada e, tecle <enter>

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 57


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Será exibida a nota da classe de serviço consultada.

58 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

2 1 . C O N S U L T A S E R V IÇ O S

Para acessar os serviços cadastrados no Siafisico, clique na opção


“CADASTRO DE SERVIÇO”

Em seguida, selecione e clique sobre a opção “Consulta serviço”

Na próxima tela, digite os radicais a serem consultados, no mínimo 3


letras por palavra, em seguida tecle <enter>.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 59


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

O Sistema listará os serviços localizados conforme o critério informado


na tela de radicais.

A descrição completa do serviço será exibida, incluindo–se as


informações da classe, as unidades de fornecimento cadastradas e a
nota de explicação sobre o Serviço consultado.

60 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

2 2 . C O N S U L T A IT E M D E S E R V IÇ O

Selecione e clique na opção “ITEM DE SERVIÇO”

Em seguida, selecione e clique sobre a opção “CONSULTA ITEM DE


SERVIÇO”

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 61


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

A seguir, será exibida a tela de consulta.

Existem duas formas de consulta:

 Pelo código do item;

 Pelo nome do serviço;

Ambos serão detalhados e demonstrados nos próximos tópicos.

62 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

23. CONSULTA DE ITENS PELO NOME DO SERVIÇO

Para consultar os itens de serviços pelo nome do serviço, posicione o


cursor na linha Serviço e tecle F1.

Aparecerá uma tela de consulta por palavra chave, digite os radicais do


nome do serviço a ser consultado, em seguida pressione <enter>

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 63


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

O Sistema listará todas as classes e os serviços localizados. Posicione o


cursor na direção do serviço a ser visualizado e, em seguida tecle
<enter>.

O Sistema listará todos os itens de serviços vinculados ao serviço


consultado

64 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Posicione o cursor na direção do item de serviço a ser consultado, para


visualizar mais detalhes em seguida tecle <enter>.

Tecle <enter>para visualizar a tela seguinte

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 65


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

2 4 . C O N S U L T A D E IT E M D E S E R V IÇ O P E L O C Ó D IG O

A consulta poderá ser pelo número do item. Digite o código sem hífen (-)
e tecle <enter>, será exibida a descrição completa do item de serviço
como demonstrado abaixo.

66 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Tecle <enter> para visualizar as respectivas unidades de fornecimento.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 67


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

2 5 . IN C L U S Ã O D E P R O P O S T A D E S E R V IÇ O

Quando verificamos que o serviço não foi localizado e/ou incluído no


Siafisico é necessário efetuar uma proposta de serviço, por meio da
opção “PROPOSTA DE MATERIAL E SERVIÇO / INCLUI PROPOSTA DE
SERVIÇO”.

Tecle <enter> para visualizar a tela seguinte

68 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Observação:

É possível a inclusão de proposta de serviços, no entanto, antes da


inclusão consulte o gestor de serviço; tendo em vista que existem
cadastrados no sistema aproximadamente 665 serviços ativos.

2 6 . IN C L U S Ã O D E P R O P O S T A D E IT E M D E S E R V IÇ O

Para inclusão de propostas de item de serviço, selecione e clique na


opção “INCLUI PROPOSTA ITEM DE SERVIÇO”

Na tela seguinte, na linha do serviço utilize a tecla de Ajuda “F1” para a


consulta do serviço no qual será incluído a proposta de item

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 69


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Na tela seguinte deverá ser digitada a descrição da proposta a ser


analisada pelo gestor responsável.

70 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Para finalizar o processo de inclusão de proposta de item é necessário


preencher o campo com as seguintes opções:

S= para confirmar

N = não confirma a inclusão

A = Altera descrição

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 71


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

2 7 . C O N S U L T A P R O P O S T A D E IT E M D E S E R V IÇ O

Para iniciar a consulta, clique na opção “CONSULTA PROPOSTA DE


ITEM DE SERVIÇO”

A consulta poderá ser efetuada através do número proposto ou pelo


nome do Serviço.

72 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Se a opção for Consulta por Serviço, esta também poderá ser efetuada
por meio dos radicais.

Para acessar, posicione o cursor no campo “SERVIÇO” e pressione a


tecla F1 será aberta uma nova janela, digite o nome do serviço a ser
localizado no mínimo 03 (três) letras por palavra em seguida tecle
<enter>

28. AGRUPAMENTO DE ITENS DE MATERIAIS E SERVIÇOS

OBJETIVO: Único fornecedor vencedor para a entrega de diversos


produtos da mesma classe no mesmo processo de compra

Solicitações para inclusão de itens: Encaminhar mensagem pelo Fale


Conosco – página da BEC

Lembrete : Itens de agrupamentos/lotes não poderão ser empenhados,


após a licitação, a unidade compradora deverá utilizar o código correto
do Siafisico para a emissão da nota de empenho.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 73


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

OBSERVAÇÃO

É importante atentar para os principais grupos de opções, sendo que


para cada grupo existe função distinta. Exemplo: se estamos
consultando um serviço e por ventura precisamos consultar um item de
serviço, devemos reiniciar o processo de busca retornando ao CADMAT
– Cadastro de Materiais e Serviços na primeira tela.

Segue abaixo sugestão de roteiro que as Unidades poderão seguir:

Para consultar um SERVIÇO, utilizar as opções:

CADASTRO DE MATERIAL E SERVICO

CADASTRO DE SERVIÇO

CONSULTA SERVIÇO

Para consultar ITENS DE SERVIÇO utilizar as opções:

CADASTRO DE MATERIAL E SERVICO

ITEM DE SERVIÇO

CONSULTA ITEM DE SERVICO

Para consultar uma PROPOSTA DE ITEM DE SERVIÇOS, utilizar as


opções:

CADASTRO DE MATERIAL E SERVICO

PROPOSTA DE MATERIAL E SERVICO

CONSULTA PROPOSTA ITEM SERVICO

74 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

29. CATÁLOGO DE MATERIAIS E SERVIÇOS

Disponível na página da BEC, o Catálogo de materiais e serviços poderá


ser utilizado para efetuar consultas de uma forma prática e rápida.

30. NORMAS E PADRÕES

Na página da BEC está disponível alguns links que poderão auxiliar na


especificação técnica.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 75


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

31. FALE CONOSCO

É um canal de comunicação disponibilizada na página da BEC onde o


Cadastro de Materiais e Serviços é responsável por responder sobre:

 Solicitações de Inclusões de itens na BEC;

 Questionamentos relacionados ao cadastramento de materiais e


serviços;

 Esclarecimentos de dúvidas de unidades compradoras e


fornecedores com referência ao cadastramento de materiais e
serviços;

 Recebimento de Elogios, Sugestões e Reclamações relacionadas


aos descritivos dos materiais e serviços e, assuntos pertinentes à
equipe do Cadastro de Materiais.

76 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Preencha todos os campos do formulário.

No campo “Referente a” selecione a área para onde deve ser


encaminhada a mensagem.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 77


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

32. CADASTRO DE FORNECEDORES


Este subsistema permite cadastrar fornecedores – pessoa física, dados
cadastrais e suas linhas de fornecimento, e ainda, consulta dados dos
fornecedores – pessoa jurídica.

33. TRANSAÇÕES DO CADASTRO DE FORNECEDORES

FORNECEDOR PESSOA FÍSICA

Este módulo permite cadastrar fornecedores – pessoa física.

INCLUI FORNECEDOR PESSOA FISICA

Esta transação permite incluir dados cadastrais do fornecedor – pessoa


física e linha de fornecimento.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 89


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

90 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 91


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

ALTERA FORNECEDOR PESSOA FISICA

Esta transação permite alterar dados cadastrais do fornecedor – pessoa


física incluído pela UGE.

ALTERA UGE PESSOA FISICA

Esta transação permite alterar a vinculação do fornecedor de uma UGE


para outra, possibilitando alterações nos dados cadastrais e linhas de
fornecimento, opção que permite às unidades que foram extintas.

92 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA FORNECEDOR PESSOA FISICA

Esta transação permite consultar os dados cadastrais do fornecedor –


pessoa física

INATIVA/REATIVA CPF

Esta transação permite inativar/reativar CPF e as penalidades


administrativas do fornecedor – pessoa física.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 93


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

FORNECEDOR PESSOA JURÍDICA

Este módulo permite consultar dados cadastrais do fornecedor – pessoa


jurídica.

O cadastramento do fornecedor pessoa jurídica será efetuado no site da


BEC/Caufesp.

94 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA FORNECEDOR PESSOA JURIDICA

Esta transação permite consultar dados cadastrais de fornecedor –


pessoa jurídica.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 95


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

34. BOLSA ELETRÔNICA DE COMPRAS

Este subsistema trata de negociação de preços por meio de cotação, nos


moldes do comércio eletrônico, e de acordo com a estrutura
organizacional da Administração Pública Estadual.

35. TRANSAÇÕES DA BOLSA ELETRÔNICA DE COMPRAS

CONSULTAS GERENCIAIS BEC

Este módulo permite consultar as Ofertas de Compra emitidas no


Siafisico.

CONSULTA HISTORICO DA OC

Esta transação permite consultar todos os documentos emitidos no


Siafisico/BEC.

96 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 97


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

OFERTA DE COMPRA

Este módulo permite a emissão dos documentos para negociação


eletrônica.

INCLUI OFERTA DE COMPRA

Esta transação permite incluir na Oferta de Compra – OC, as


informações: fonte de recurso; PTRES; UGR; local de entrega; indicação
se é serviço/material; modalidade de empenho; tipo de compra;
referência legal; e número do processo.

O valor de cada item descrito deve ser somado ao valor da OC.

A OC para Dispensa de Licitação e Convite está disponível para


negociação de material e empenho “Ordinário”.

A OC para Pregão Eletrônico está disponível para aquisição de bens e


serviço e a modalidade de empenho “Estimativa/Global/Ordinário”.

98 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 99


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

100 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

INCLUI DESCRICAO DE OC

Esta transação permite a inclusão dos códigos de itens BEC, valor de


referência por unidade de fornecimento, de acordo com a pesquisa
realizada.

O Valor a Reservar da OC não pode ultrapassar o valor permitido para o


procedimento e modalidade de licitação, sendo que para Dispensa de
Licitação: R$ 8.000,00; para Convite: R$ 80.000,00; e para Pregão: sem
limite de valor.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 101


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

102 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 103


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

ALTERA OFERTA DE COMPRA

Esta transação permite alterar os dados da “1ª tela” da Oferta de


Compra, com algumas observações:

A OC não pode estar contabilizada;

Não poderão ser alterados: Natureza da Despesa – se tiver com os itens


descritos.

104 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

ALTERA DESCRICAO DE OC

Esta transação permite alterar a descrição da OC em quantidade e valor


do item. A OC não poderá estar com “situação contabilizada”.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 105


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CANCELA OC CONTABILIZADA

Esta transação permite o cancelamento da OC Dispensa de Licitação e


Convite, com as seguintes situações:

 Contabilizada, não enviada à BEC;

 OC anulada/revogada na BEC;

 O sistema gera uma OC de estorno contábil.

CANCELA ITENS NÃO NEGOCIADOS

Esta transação permite cancelar itens da OC que não foram negociados


na BEC. A transação exibirá as Ocs e seus itens que não foram
negociados, gerando uma OC de estorno contábil.

CONSULTA OFERTA DE COMPRA

Esta transação permite a exibição da Oferta de Compra e seus itens.

CONTABILIZA OFERTA DE COMPRA

Esta transação permite a contabilização da Ocs DL e CV.

106 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 107


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

108 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

NOTA RESERVA PREGAO ELETRONICO Esta transação permite a


contabilização da OC de Pregão Eletrônico.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 109


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

110 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

EXCLUI OFERTA DE COMPRA

Esta transação permite a exclusão da OC. Ela não pode estar condição
de CONTABILIZADA. Serão excluídos a cabeça da OC e todos os seus
itens.

EXCLUI DESCRICAO DE OC

Esta transação permite excluir uma ou todas as descrições da OC. Ela


não pode estar condição de CONTABILIZADA.

LISTA OFERTA DE COMPRA

Esta transação relaciona todas as Ocs emitidas pela UGE e seu


detalhamento.

CONTRATO BEC

Este módulo permite a homologação para fins de empenho dos itens


negociados na BEC.

HOMOLOGA ITENS OFERTA COMPRA

Esta transação permite que todos os itens da Oferta de Compra,


negociados na BEC, efetuem a homologação de seus fornecedores e
valores negociados para empenhamento.

• Dispensa de licitação, o usuário confirma a homologação.

• Convite, o usuário tem a opção de homologar ou não o item; fica a


critério da Administração.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 111


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

112 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 113


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

INCLUI CT CANCELAMENTO

Esta transação permite à Unidade cancelar a NE original, incluindo o


CT original.

114 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 115


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

INCLUI DESCRICAO CANCELAMENTO

Esta transação permite a inclusão da descrição do CT BEC de


cancelamento.

116 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA CT BEC

Esta transação permite consultar os CT BEC emitidos.

ALTERA CRONOGRAMA. “CT” PREGAO ELETRONICO

Esta transação permite alterar o cronograma da CT Pregão Eletrônico,


antes o empenhamento.

CANCELA “NR” PREGAO ELETRONICO

Esta transação permite cancelar a contabilização da NR PREGAO, antes


do envio para a BEC.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 117


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

118 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA “NR” PREGAO ELETRONICO

Esta transação permite consultar a emissão da NR PREGAO.

EXCLUI CT CANCELAMENTO

Esta transação permite cancelar a CT de cancelamento emitida


incorretamente, desde que não tenha sido anulada a nota de empenho.

EXCLUI DESCRICAO CANCELAMENTO

Esta transação permite cancelar os itens da CT de cancelamento


emitida incorretamente, desde que não tenha sido anulada a nota de
empenho.

LISTA CT BEC

Esta transação permite à Unidade consultar a CT BEC emitida.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 119


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

NOTA DE EMPENHO BEC

Este módulo permite emissão dos documentos contábeis dos itens


negociados na BEC.

CONTABILIZA EMPENHO BEC

Contabilização da Nota de Empenho DL e CV, após a geração da CT na


homologação.

120 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 121


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CANCELA NE BEC FONTE TESOURO

Esta transação permite o cancelamento da NE original, fonte tesouro.

CANCELA NE BEC FONTE N/TESOURO

Esta transação permite o cancelamento da NE original, fonte não


tesouro.

LIQUIDACAO DOS EMPENHOS BEC

Este módulo permite a emissão dos documentos contábeis.

CONTABILIZA NOTA LANÇAMENTO BEC

Esta transação permite a liquidação (recebimento efetivo) de bens e


serviço.

122 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 123


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CANCELA NOTA LANCAMENTO BEC

Esta transação permite o cancelamento da emissão da NL.

EXECUCAO FINANCEIRA BEC

Este módulo permite a emissão dos documentos contábeis.

PROGRAMACAO DE DESEMBOLSO BEC

Esta transação permite a emissão da PDBEC, para pagamento do


fornecedor.

OBS: A Unidade pode alterar o campo da UG PAGADORA.

124 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 125


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

126 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA PROGRAMAÇÃO DESEMBOLSO

Esta transação permite consultar a PD emitida.

LISTA PROGRAMACAO DESEMBOLSO

Esta transação permite listar as PDs emitidas.

GUIA DE RECEBIMENTO BEC

Esta transação permite a emissão de documento para devolução dos


valores relativos a pagamento não efetuado pelo banco.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 127


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CANCELA GUIA RECEBIMENTO BEC

Esta transação permite a emissão do cancelamento da GRBEC.

CANCELA PD BEC

Esta transação permite a emissão do cancelamento da PDBEC.

ANULA LIQ/EMP PARTE N/PAGA BEC

Esta transação permite anulação da liquidação/empenho BEC não


paga. Esta opção só poderá ser efetuada depois de efetivada a NLBEC.

ESTORNA PARTE N/PAGA P/RECEITA

Esta transação que permite a emissão do documento utilizado para


devolução dos valores relativos a multa imposta por atraso da entrega
do material ou serviço, valor credita a conta da receita..

Essa opção só poderá ser efetuada depois do lançamento da


CONTNLBEC e PDBECDESCO.

PROG DESEMB “BEC” COM DESCONTO

Esta transação que permite a emissão para pagamento com desconto


(isenção de ICMS ou Multa).

3 6 . C O N T A B IL IZ A

Este subsistema trata da elaboração dos documentos a serem


contabilizados após as contratações efetivadas na Administração
Pública Estadual.

128 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

ATUALIZACAO DE CONTRATO

Este módulo permite a emissão dos documentos para a contabilidade


pública.

INCLUI CT DE EMPENHO ORIGINAL

Esta transação permite à Unidade incluir dados da contratação: CNP;


fonte de recurso; PTRES; modalidade de empenho; tipo de compra etc.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 129


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

130 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

INCLUI DESCRICAO DE CONTRATO

Esta transação permite à Unidade incluir a descrição de itens de


materiais/serviços, unidade de fornecimento, quantidade e valor
unitário.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 131


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

132 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA CONTRATO

Esta transação permite à Unidade consultar a CT emitida.

EXCLUI CT DE EMPENHO ORIGINAL

Esta transação permite à Unidade excluir a CT.

EXCLUI DESCRICAO DE CONTRATO

Esta transação permite à Unidade Compradora excluir a descrição do


item de material/serviço, total ou parcial, da CT.

INCLUI REFORCO DE CT ORIGINAL

Esta transação permite à Unidade reforçar a QUANTIDADE do item de


empenho original.

CANCELA CT DE FONTE TESOURO

Esta transação permite a inclusão do cancelamento da nota de


empenho original, fonte tesouro.

OBS: transação utilizada para o cancelamento da CT de Pregão


Eletrônico.

CANCELA CT FONTE NÃO TESOURO

Esta transação permite a inclusão do cancelamento da nota de


empenho original, fonte não tesouro.

OBS: transação utilizada para o cancelamento da CT de Pregão


Eletrônico.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 133


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

LISTA CONTRATOS SIAGEM

Esta transação permite à Unidade listar todas CTs emitidas.

PROGRAMACAO DE DESEMBOLSO

Esta transação é utilizada no SIAFEM.

EMPENHO DA DESPESA

Este módulo permite a emissão dos documentos contábeis.

CANCELA EMPENHO FONTE TESOURO

Esta transação permite à Unidade Compradora cancelar, total ou


parcialmente, a nota de empenho original, fonte tesouro.

CANCELA NE FONTE NÃO TESOURO

Esta transação permite à Unidade Compradora cancelar, total ou


parcialmente, a nota de empenho original, fonte não tesouro.

CONSULTA EMPENHO SIAFEM/SIAGEM

Esta transação permite à Unidade Compradora consultar as notas de


empenho.

CONTABILIZA EMPENHO

Esta transação permite à Unidade Compradora a contabilização da CT.

134 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

IMPRESSAO COM DESCRICAO SIAGEM

Esta transação permite à Unidade Compradora imprimir as notas de


empenho.

LISTA EMPENHOS SIAFEM/SIAGEM

Esta transação permite à Unidade Compradora listar as notas de


empenho emitidas.

LIQUIDACAO DE EMPENHO

Este módulo permite a emissão dos documentos contábeis.

CONSULTA NOTA DE LANCAMENTO

Esta transação que permite à Unidade consultar as notas de


lançamentos emitidas.

LISTA NOTA DE LANCAMENTO

Esta transação permite à Unidade listar as notas de lançamentos


emitidas.

LIQUIDACAO DE EMPENHO

Esta transação permite a liquidação (recebimento efetivo) de bens e


serviço.

NOTA DE LANCAMENTO DE CONTRATO

Esta transação permite à Unidade Compradora lançar valores da


contratação.

OBS: Transação permitida para emissão da NL do Pregão Eletrônico.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 135


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

ESTORNO DA LIQUIDACAO

Esta transação permite à Unidade cancelar as notas de lançamentos


emitidas.

37. PLANEJAMENTO

Subsistema que trata da atribuição do código da natureza de despesa


no item de material/serviço, contratações efetivadas na Administração
Pública Estadual.

TRANSAÇÕES DO CADASTRO DE NATUREZA DE DESPESA

NATUREZA DE DESPESA

Módulo que permite consultar atribuição da natureza de despesa


efetuada pela Secretaria do Planejamento.

CONSULTA NATUREZA DE DESPESA POR


CLASSE/MATERIAL/ITEM

Esta transação permite ao usuário consultar a natureza de despesa da


classe/material e item, liberada pela Secretaria do Planejamento.

136 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 137


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

138 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA NATUREZA DE DESPESA POR CLASSE/SERVIÇO/ITEM

Esta transação permite ao usuário consultar a natureza de despesa da


classe/serviço e item, liberada pela Secretaria do Planejamento

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 139


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

3 8 . R E G IS T R O D E P R E C O S

Subsistema que disponibiliza relatório das aquisições de bens e serviços


adquiridos pela Administração Pública Estadual.

3 9 . T R A N S A Ç Õ E S D E P R E Ç O S P R A T IC A D O S

CONSULTAS GENÉRICAS DE PRECOS

Este módulo permite consultar os valores das aquisições de bens e


serviços comuns.

CONSULTA PRECOS NAS UGS

Esta transação permite à UGE consultar preços praticados de bens e


serviços comuns adquiridos na Administração Pública Estadual, através
dos períodos (exercício), código de item de material/serviço e
negociações eletrônicas.

A pesquisa irá relacionar:

 Unidade de fornecimento;

 UGE;

 CNPJ/CPF;

 Período;

 Tipo de licitação;

 Quantidade adquirida;

 Valor de aquisição.

140 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 141


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA PRECOS ITEM MATERIAL

Esta transação permite à UGE consultar preços praticados na


Administração Pública Estadual, através dos períodos (exercício), código
da gestão, código de item de material/serviço, fornecedores/telefone e
negociações eletrônicas.

142 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA PRECO POR UG/GESTAO

Esta transação permite à UGE consultar preços praticados na


Administração Pública Estadual, através dos períodos (exercício), código
de item de material/serviço e negociações eletrônicas.

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 143


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

CONSULTA PRECOS ITEMAT/UGE/CT

Esta transação permite à UGE consultar preços praticados na


Administração Pública Estadual, através dos períodos (exercício), código
de item de material/serviço e negociações eletrônicas.

144 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

40 .OFERTA DE COMPRA REGISTRO DE PREÇO

Selecione a opção Oferta de Compra ->Incluir.


Clique em Oferta de Compra de Registro de Preço.

Clique em Buscar

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 145


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Preencha os campos com as informações solicitadas.


Confira os dados preenchidos.
Clique em Confirmar.
Clique em OK para Enviar Oferta de Compra de Registro de Preço.

146 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

O sistema exibirá as seguintes informações:


Inclusão de OC efetivada com sucesso.
Caso a opção seja visualizar a OC e descrever os itens, como neste
exemplo, clique no “XIS”

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 147


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Tela de visualização da OC.


Clique em para descrever os itens da OC.
Clique em OK para incluir nova descrição de item.

148 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Como neste exemplo, no campo Item Material insira o código do item.


Selecione a Unidade de Fornecimento.
Informe o Código do Municipio, a Quantidade e o Valor Unitário. O
sistema informará, automaticamente, o valor total da contratação.
Clique em Confirmar.
Clique em OK para enviar a descrição.

O sistema informará que a inclusão foi realizada com sucesso.


Caso a opção seja visualizar a OC e descrever os itens, como neste
exemplo, clique no “XIS”

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 149


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Clique no “ “ para adicionar novos itens, se for o caso.


Clique no “ “ Liberar a OC de Registro de Preço para negociação.
Clique em OK para confirmar a operação.

150 Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp


Sistema Integrado de Informações Físico–Financeiras

Escola Fazendária do Estado de São Paulo – Fazesp 151