Você está na página 1de 1

A lenda de Pedro Cem

Era uma vez Pedro Cem, ele tinha um palácio, navios no mar e tinha ainda tesouros e mais
tesouros, de nunca mais acabar!
O seu palácio tinha uma torre de onde se avistava o mar. Todas as tardes ele ia ver os seus
navios a chegar.
Pedro Cem era soberbo como ninguém… Vinha gente a sua casa pedir-lhe para emprestar
dinheiro mas ele fazia-se pagar de mil juros.
Vinham pobres para lhe pedir uma moeda:
- Por favor, pode nos dar uma moeda senhor?
- Podem sair, não tenho nada para vos dar!
Ele não tinha sentimentos e não havia lugar para eles ficarem no seu peito. Só havia
ambição e avareza no seu olhar.
Por isso o povo espantou-se quando ele se quis casar.
- Por amor nunca será – dizia uma senhora - que amor ele não tem para dar.

Miguel Silva