Você está na página 1de 8

1) Assumindo, no triângulo equilátero da Figura 1, que o vértice da inferior-

esquerdo representa 100% de Na2O+K2O, o vértice da inferior-direito representa


100% de MgO e o vértice superior-central representa 100% de FeO+Fe2O3,
marque os seguintes pontos no diagrama relatados a partir da análise química
de rochas vulcânicas:

2) No diagrama esquemático abaixo (Figura 2) identifique:


(a) Componentes do sistema
R: A, B e C (vértices do triângulo).
(b) Isotermas
R: Linhas pontilhadas. Aumentando o tamanho das linhas, diminui a temperatura.
(c) Linhas de contorno (indique as setas no sentido de diminuição da
temperatura)
R: No gráfico está representado pela cor verde as linhas de contorno e as setas de
diminuição da temperatura.
(d) Campos primários de cristalização
R: a, b e c [em laranja].
(e) Triângulos de compatibilidade,
R: Não existem compostos intermediários, portanto não existem triângulos de
compatibilidade.
(f) Compostos estequiométricos intermediários,
R: Não existem
(g) Número de fases para a composição P em uma temperatura abaixo daquela
da solidificação do último líquido,
R: 3 fases: A, B e C.
(h) Pontos invariantes binários e ternários e
R: R: Pontos invariantes binários: E1, E2, E3
Ponto invariantes ternário: E4
(i) Caminho de cristalização de um fundido com composição P.
R: Caminho em azul no gráfico determina o caminho de cristalização.
Estime geometricamente para a composição P, desde a formação do
primeiro líquido eutético até a interseção com a última isoterma representada no
diagrama (processo de cristalização em equilíbrio no resfriamento):
(j) A evolução da proporção entre fase líquida e sólida(fazer mais de um ponto).
R: No ponto P:
%Líquido = ×100= 44,44%
%Sólido = ×100= 55,56%
(k) A evolução da composição da fase líquida e sólida (fazer mais de um ponto).
Chamando de X o local onde a reta traçada de E4 que passa por P bate no segmento
AB e de Y, o local onde a reta traçada de A que passa por P bate no segmento E1E4,
temos:
3) Para o diagrama ternário do sistema CaO-SiO2-TiO2, identifique:
(a) Os componentes do sistema,
R: CaO,SiO2 e TiO2
(b) Os compostos intermediários,
R: CaSiO3,Ca2SiO4, Ca3Ti2O7, CaTiO3 e CaTiSiO5
(c) Todos os triângulos conjugados,
R: Estão representados no gráfico.

(d) A composição de fases dos sólidos completamente cristalizados, formados


nos pontos A, B e C.
R: Ponto A: %TiO2 = = 47,3 %

%SiO2 = = 52,7 %

Ponto B:
%CaTi2O7 = 5,7%

%CaTiO3 = 61,8%

%CaTiSiO5 = 32,5 %

Ponto C:

%CaSiO3 = 40,9%

%Ca2SiO4= 44,7%

%CaTiSiO5 = 14,4%

4) Para o diagrama abaixo, indique:


(a) O número de triângulos de compatibilidade no estado sólido (desenhe-os);
R: 9 Triângulos
(b) A composição química aproximada da formulação X;
%S = = 35,3 %

%M= = 32,7 %

%A = = 32,0 %

(c) A composição mineralógica aproximada da formulação X no estado sólido;


%S5A2M2 = = 35,0 %

%AM= = 27,8 %

%SM2= = 34,2 %

(d) A composição mineralógica aproximada da formulação Y no estado sólido.


%S7A5M4 = = 42,3 %

%S2A3= = 39,7 %

%S5A2M2 = = 18 %

5) Para as amostras completamente sólidas e cristalizadas (pontos J, K e


L na Figura no sistema MgOSiO2-Al2O3, responda:
(a) Qual é a composição química correspondente aos pontos J e K? (em MgO,
Al2O3, SiO2)
Ponto J: %MgO = = 60,1 %

%Al2O3= = 26,9 %

%SiO2 = = 13 %

Ponto K: %MgO = = 73,75 %

%Al2O3= = 6,25 %

%SiO2 = = 20 %

(b) Qual a composição inicial de fases antes do início da fusão nos pontos J e
K?
R: Dentro do triângulo de compatibilidade em relação a periclásio, espinélio e forsterita
(regra da alavanca)

(c) Qual a temperatura e composição do primeiro líquido formado durante o


aquecimento das composições J e K?
R: Temperatura eutética (1710 ºC).
%MgO= 17,00 %
%Al2O3= 30,7 %
%SiO2.= 52,3 %
Caminho de fusão = sai do eutético

(d) Como varia a proporção da fase líquida e sólida ao longo do caminho de


fusão das composições J e K?
Temperatura(ºC) Jliq (%) Kliq (%)
1711 44,6 28,8
1900 68,3 51,2
2100 84,3 75,4
... 100 100

(e) Qual a primeira e última fase sólida a desaparecer na fusão para J e K?


J: 1ª: Fosterita; Última: Periclásio.
K: 1ª: Espinélio; Última: Periclásio.

(f) Como varia a composição relativa entre as fases sólidas durante a fusão?
Para J:
Temperatura(ºC) Forsterita Periclásio Espinélio
1711 0 56,4 43,6
1900 0 77,3 22,7
2100 0 100 0

Para K:
Temperatura(ºC) Forsterita Periclásio Espinélio
1711 36,1 63,9 0
1900 0 100 0
2100 0 100 0

(g) Qual a composição do líquido após completa fusão?


R: Mesma composição calculada em (a)
(h) Se a composição J for resfriada instantaneamente a partir de 2100 oC, qual
será a microestrutura final obtida? (Calcular as proporções e composições das
fases /esquematizar por meio de um desenho).
R: J foi resfriado instantaneamente a partir de 2100 oC , o que formou-se nesse
instante foi uma matriz vítrea (cinza) com cristais de periclásio (preto)

Tem a mesma composição de periclásio que tem de sólido a 2100ºC, de 6,25%


(calculado pela linha azul).

(i) Se uma formulação, contendo componentes na proporção estequiométrica da


cordierita for resfriada a partir do fundido, o que acontecerá, visto que a
composição encontra-se dentro do campo da mulita?
R: Durante o resfriamento, a 1ª fase a se cristalizar a partir do líquido será a mulita.
Entretanto essa fase desaparecerá na sequencia do resfriamento. Restando no estado
sólido 100% de cordierita.

(j) Faça a associação entre os triângulos de compatibilidade e pontos invariantes


correspondentes, indicando se estes últimos são eutéticos ou peritéticos?