Você está na página 1de 28

Para uma melhor experiência com este e-book, pressione [CTRL+L] no PC ou [^ + command + F] no MAC para visualizacão em tela cheia.

EMPRESA COM

ALMA
Características das Empresas com Espiritualidade

´ &

www.insightscorporativos.com.br

Copyright© - 2015. Todos os direitos deste e-book, são reservados a Insights Corporativos. Proibida a reprodução parcial ou total sem autorização.
”Não somos seres humanos tendo experiências espirituais;
antes, somos seres espirituais tendo experiências humanas.”

Teilhar de Chardin - 1881 / 1955

´ &
Qual é a razão de sua empresa existir?
E se deixar de existir, que falta fará
para a sociedade?

´
? &
?
Uma empresa ou organização espiritualizada deve ser

Qual é a razão de sua tratada, em minha opinião, como uma pessoa. Afinal, todas as

empresa existir? organizações, antes de tudo, são formadas inicialmente por


pessoas. Ou você conhece alguma empresa ou organização
E se deixar de existir, que que não tenha gente?
falta fará para a
sociedade? Uma empresa com alma tem características impares e tem
um foco na ética e na integridade como nenhuma outra terá.

&
Em uma pesquisa realizada
com mais de 36 altos executivos
(homens e mulheres) em nosso
país, revelou que atributos como:
• Integridade • Ética • Habilidade em
lidar com as pessoas;
Tratam da capacidade do indivíduo
viver baseado em princípios e
valores universais.

&
O
que
diferencia
uma
empresa
com
... de uma
ALMA ... empresa sem
alma
?
&
• A cultura é um diferencial importante;

• A busca somente pelo lucro, sem escrúpulos, é um diferencial


entre empresa sem alma e com alma. Em uma empresa com
alma, o lucro é consequência e não, a missão.

Algumas características • Em uma empresa com alma gente é tratada como gente
deve ser tratada.
de empresas com ALMA: • Em uma empresa sem alma paira a desvalorização do
(posteriormente você verá outras e entenderá melhor)
humano como ser humano.

• Uma empresa com alma tem humanidade.

• Uma empresa sem alma tem a capacidade de bloquear os


sonhos de seus colaboradores, fere a emoção e breca a
inteligência desenvolvedora de ideias e ideais.

&
Uma empresa com ALMA traz
a espiritualidade para o trabalho.
Sentimentos valorizados como os de alegria, significado e sentido, os quais
são capazes de impulsionar a experiência transcendental do trabalho estão
diretamente ligados à espiritualidade no trabalho.

&
Veja abaixo, o que alguns autores dizem sobre a espiritualidade no trabalho:

É o conjunto de valores É o reconhecimento dos empregados Refere-se ao reconhecimento de que as


organizacionais que faz com que os de que possuem uma vida interior Pessoas possuem vida interior que
trabalhadores experimentem a que mantém e é mantida por um Nutre e é nutrida por um trabalho
transcendência por meio do processo trabalho significante em um contexto significante realizado no contexto de
de comunidade. uma comunidade.
de trabalho, levando-o a sentir-se
Ashmos e Duchon, 2000.
ligado aos outros membros Bennis, 2009.
organizacionais e a sentir compaixão
e alegria.
Giacalone e Jurkiewicz, 2003. Toda empresa espiritualizada tem algumas É o desejo de encontrar o propósito
características importantes, como uma principal na vida e de viver de
cultura organizacional onde as portas estão acordo com ele.
abertas de fato, fazendo com que a Mitroff & Denton, 1999.
É o reconhecimento dos empregados comunicação flua naturalmente. E a
de que possuem uma vida interior tecnologia deve ser a garantidora da eficácia
que mantém e é mantida por um e não o único canal de comunicação.
É constituída pelas oportunidades para
trabalho significante em um realizar um trabalho significante no
Empresa espiritualizada fala com gente, de
contexto de comunidade. contexto de uma comunidade, o que lhe
gente para gente e trata gente como gente. permite experimentar alegria e respeito
pela vida interior.
Ashmos e Duchon, 2000. Cláudio Zanuttim, 2014. Rego et al., 2007.
As pessoas só farão as coisas com mais engajamento dentro

das organizações se elas sentirem que fazem parte do todo, se

elas tiverem um senso de pertencimento que foi trabalhado e

desenvolvido por seus líderes para que elas sintam de fato que

fazem parte. Isso só acontecerá em empresas que tem índices

de espiritualidade desenvolvidos e com uma liderança que

seja capaz de fazer isto e ser espiritual também.

&
Uma empresa espiritualizada ou uma empresa com alma
deve ter ou ser formada por indivíduos espiritualizados.

?
Gente capaz de mudar o derredor e com vontade de
mudar o mundo, com e sem utopias.

Como diria Francisco Gomes de Matos, a questão é: Ser


agente de desenvolvimento humano ou condicionar-se a
Mas, afinal, uma nada ser. Para uma empresa se tornar verdadeiramente
empresa com alma, humana e poder se viabilizar hoje e no futuro ela deverá
assumir sua realidade de humanidade.
tem o que de diferente?
Tenho a expectativa que a leitura deste e-book abra
Ou melhor, deveria ter o seus olhos para conhecer melhor a empresa onde
que de diferente? trabalha ou deseje trabalhar. Aproveite!

Idealizador da
Cláudio Zanutim
Insights Corporativos

&
ALGUMAS CURIOSIDADES
É um resgate de conexões nobres e superiores.
ESPIRITUALIDADE Tem mais a ver com ética, moral e valores.

É uma extensão na qual um indivíduo acredita, segue e


RELIGIOSIDADE pratica uma religião. Seriam diferentes formas de promover a fé.

É a “crença na existência de um poder sobrenatural, criador e


RELIGIÃO controlador do Universo, que deu ao homem uma natureza
espiritual que continua a existir depois da morte de seu
corpo”. O Dicionário Oxford (Simpson e Weiner, 1989).

&
A Espiritualidade: não é só um caminho, é o objetivo e é destinada ao indivíduo, como se fosse uma caminhada particular. Ela contém elementos comuns
como amor e crença, regras básicas que são pertencentes a todas as religiões.

A Religiosidade é uma busca a nossa essência e à nossa origem individual, podemos considerar como um estado além dos sentidos, ela é uma
busca constante ao Eu verdadeiro. É a transição da incerteza para a clareza.

Já a religião, vai se concentrar mais no caminho do que no objetivo e pode ser considerada como um produto de um determinado
tempo e local, destinado a um grupo de pessoas. Está na região dos códigos de conduta e de um sistema de pensamento.

Podemos assumir que ela seja um conjunto de crenças, rituais e cerimônias que tem como destino e função principal, auxiliar no progresso
ao longo do caminho.
A religião está instituída e organizada e forma uma comunidade que é capaz de compartilhar as tristezas e as alegrias da vida,
além de ser um estilo e maneira de viver.

A palavra religião vem do latim religari, que tem o sifnificado de religar-se, tornar-se a ligar com algo superior, como por exemplo, uma nova ligação
entre o homem e Deus, etc.

Alguns entendem que existe certa sobreposição entre espiritualidade e religiosidade, mas o fato é que a religiosidade tem uma clara
sugestão de um sistema de adoração/doutrina específica e que é partilhada com um grupo.

A espiritualidade está mais no campo das crenças pessoais que podemos assumir como quaisquer crenças/valores que são sustentados por um
indivíduo e que caracterizam seu estilo de vida e comportamento, além de ser capaz de navegar em “vibes” diferentes da religião e da
religiosidade.

Pode até haver uma sobreposição com espiritualidade sim, pois crenças pessoais não necessariamente são de natureza não material,
como o ateísmo.
Koenig et al. (2001) salientam que a relação dos termos Ross (1995) definiu a dimensão espiritual como
com a busca do sagrado, definindo religião como um sistema dependendo de três componentes, revelados nas
organizado de crenças, práticas, rituais e símbolos delineados necessidades de encontrar significado, razão e
para facilitar a proximidade com o sagrado e o transcendente preenchimento na vida; de ter esperança/vontade para
(Deus, Poder Maior ou Verdade / Realidade Final / viver; e de ter fé em si mesmo, nos outros ou em Deus.
Máxima) e espiritualidade como a busca pessoal por respostas
compreensíveis para questões existenciais sobre a vida, seu
significado e a relação com o sagrado ou transcendente que
podem (ou não) levar a ou resultar do desenvolvimento de
rituais religiosos e formação de uma comunidade.

&
Jack Hawley consegue evidenciar a diferença entre religião e 3 - E tem as que vivem a era da espiritualidade. São as que têm
espiritualidade. Ele diz que a espiritualidade trata da um corpo de colaboradores com alta resiliência e possuem as melhores
possibilidade de se experimentar um senso de propósito e ferramentas para gerarem mudanças. Estas empresas tem o foco no futuro, pois
significado no trabalho muito grande, a espiritualidade é são capazes de valorizar tanto as habilidades pessoais quanto o conhecimento e
uma maneira de ser que predetermina como vamos reagir sabem, sobretudo, que todo o ser humano é um ser espiritual, e como tal, deve
às experiências da vida, ao passo que a religião implica ser tratado e valorizado.
incorporar e implementar sistemas de crenças
organizadas. Portanto, o trabalho não deve ser considerado um castigo sob a ótica da
espiritualidade, mas sim uma virtude, uma possibilidade de crescimento e de
Na prática, a religião é a forma que a espiritualidade satisfação pessoal em busca constante do propósito da razão de existir e da
assume na prática. É a fonte por trás da forma e também pode essência da missão.
ser expressa como meditação, ioga, Tai Chi, oração, empatia,
Trabalho deve ser considerado como uma dádiva e como a possibilidade de
compaixão e por meio da dignidade e do respeito com que
desenvolvimento pessoal, de uma comunidade e de toda a sociedade e também
se tratam os outros. sob a ótica do privilégio de servir e de colaborar com o ajuste do caos.
Existem três tipos de empresas, a saber: Acredito que ainda devemos fazer um grande resgate da Ética, da Moral e dos
1 - As que não despertaram para a realidade das habilidades Valores. Fazendo com que o caráter dos colaboradores seja reconstruído para a
pessoais e ainda vive a era do conhecimento. E, portanto têm os espiritualidade.
olhos voltados para o passado.
Afinal, o caráter é um conjunto de ideias e virtudes interligadas, dentro das
2 - As que estão além da era do conhecimento, valorizando e quais se encontram a ética, a moralidade e a honestidade. Quando tratamos do
aplicando o conhecimento, e ao mesmo tempo, descobre que as habilidades ambiente corporativo, o caráter é verificado pela integridade dos executivos e de
pessoais são capazes de fazer as coisas acontecerem. Então estão vivendo a seus colaboradores, ou seja, a percepção de que são confiáveis e agem baseados
chamada era das habilidades pessoais e, consequentemente, tem em seu corpo de em conceitos éticos e conhecidos pela organização, isto tem a ver com
colaboradores um expressivo conjunto de habilidades que os tornam, espiritualidade.
eficazmente, diferenciados. Estas empresas estão com o foco no presente.
Justamente por isto, algumas empresas têm buscado selecionar executivos e Os valores nos quais se pauta para a realização de sua missão devem ser éticos
colaboradores de entidades sem fins lucrativos de sucesso, pois entendem que são e centrados em princípios. Tais valores são comunicados aos colaboradores e
pessoas com habilidades e competências diferenciadas e capazes de mover interiorizados pelos mesmos, formando uma visão compartilhada da
grupos a causas maiores que as questões financeiras. necessidade de fazer uma contribuição à sociedade.

Além do mais, trata-se de pessoas, supostamente mais motivadas e íntegras do De maneira mais específica, a espiritualidade diz respeito aos fatos de que os
que a maioria das que não têm esta prática, afinal estas pessoas fazem mais colaboradores de uma organização devam ser seres com anseios espirituais
pela causa do que pelo dinheiro. (desejo de manifestação da individualidade, associação com um tema superior a
si próprio e de utilidade) que pretendem experimentar um sentido de propósito e
Os seguidores de Jesus Cristo de Nazaré são certamente pessoas diferentes ou significado em seu trabalho que transcenda o aspecto material e que por fim
pelo menos deveriam ser obrigatoriamente. E as empresas estão ávidas por desejam vivenciar um sentimento de conexão com sua sociedade e com a
pessoas com integridade e caráter moldados aos de Jesus Cristo. comunidade formada pelos membros das organizações onde trabalham.

Os cristãos têm responsabilidades diferentes ou, poderíamos dizer maiores do São necessidades reais e demandam atenção dos membros das organizações,
que as responsabilidades daqueles que não conhecem a Cristo. especialmente dos gestores. É comum encontrar líderes que não ou conhecem o
poder que possuem de influenciar a vida de seus companheiros de trabalho ou
O envolvimento social-político-labutador deve ser mais engajado do que aqueles de outras instituições por meio de suas ações ou omissões.
que não conhecem a Cristo. Ser cristão não é ser diferente de todos. Ser Cristão
é ser igual a Jesus Cristo para fazer a diferença no todo. Alguns, até mesmo, desconsideram até mesmo a influência negativa que as
organizações que lideram podem estar causando à sobrevivência da raça
As organizações têm demandas cada vez maiores, as pressões por resultados humana por meio de atos que agridem o meio ambiente e meio social.
financeiros são cada vez maiores, mas entendo que a espiritualidade pode fazer
a diferença em um ambiente de trabalho mais espiritualizado. Oferecendo Baseado na obra de Francisco de Matos, eu separei algumas características de
melhores colaboradores e melhores indivíduos para uma sociedade corrompida. empresas que tem espiritualidade, ou como batizou o professor, empresas com alma.

Uma organização espiritualizada é aquela que busca, na realização de sua Separei oito características de uma empresa
missão, contribuir para um propósito maior que os aspectos materiais. espiritualizada que você confere a seguir...

Uma cultura capaz de ouvir e entender seus Stakeholders
Toda empresa é espiritual, a grande questão é, em que nível ela é.
Uma organização ou empresa que é capaz de fazer fluir naturalmente sua comunicação interna e externa e
&

é essencialmente humana, utilizará a tecnologia não para substituir as pessoas, ao contrário, a utilizará para
garantir sua eficácia.

Toda a participação dos colaboradores deve ser estimulada pela delegação de autoridade e da formação
de equipes e ou excelentes times de trabalho. Esta cultura deve ser capaz de fomentar a criatividade e
fazer perceber dela seu atributo essencial e que, a memsa constantemente seja desenvolvida, em cada um
deles, dentro do sistema. Afinal, ser criativo é condição de sobrevivência nas organizações da atualidade.
Importante! Criatividade pode ser aprendida e ensinada.

Outro item importante nesta cultura é promover a tomada de decisão, pois a decisão é o ponto focal da
eficácia quem não tem capacidade de decisão torna-se irresponsável.

Uma cultura fechada não é capaz de promover processos de decisão efetivos, sendo assim o sistema, ao
não permitir que as pessoas decidam, acabam po rdesmerecê-las e também as infantilizando.

Obter a maturidade das equipes está diretamente ligado à capacidade da empresa espiritualizada
possibilitar as tomadas de decisões.

Plena Consciência da Missão
Definir uma missão que não seja um jargão mercadológico ou um copie e cole de uma empresa reconhecida é
ou será um passo importante para empresas espiritualizadas se comportarem como tal.
&

Uma empresa espiritualizada deve ter em sua missão um diferencial, deve saber que ela será a razão de
existir, a forma como ela transformará o derredor e sua comunidade interna.

É como se ela, em sua Declaração de Missão soubesse claramente que se deixar de existir fará grande falta
para a sociedade na qual está inserida.

Assumir compromissos com a consciência de Missão significa agir por coerência, em função de valores
aceitos como verdades comuns que vão se constituir em inteligência coletiva.

Uma Missão séria e comprometida, fará com que os colaboradores se engajem cada vez mais. A
consciência plena da Missão Corporativa implicará em um senso de pertencimento aos colaboradores
e estes então, também entenderão a missão e serão capazes de aplica-la e vivenciá-la.

E não é só isto: serão capazes de entender e compreender que esta Missão também é deles.

Sendo, assim a missão deve ser construída de forma séria e única.

Se cada um de nós tem uma Missão no mundo, cada empresa deverá ter a sua.

Alta integração da Liderança
Costumo dizer que uma boa liderança é aquela que entende o processo como uma helicoidal ascendente.
Ou seja, tem a capacidade de, ao mesmo tempo, em que segue para o topo com o foco no objetivo, tem a
&

capacidade e a espiritualidade de compreender e auxiliar aqueles que não conseguiram acompanhá-la no


mesmo período e frequência.
Tem a capacidade de no processo de helicoidal ascendente, rumo ao topo, voltar alguns passos e
“resgatar” aqueles que ficaram para trás.
Uma liderança íntegra tem características espirituais, pois sabe que sua preocupação é com o todo e não somente
individual.
Uma empresa espiritualizada desenvolve equipes e líderes integrados com a Missão e com o projeto do
todo. São capazes de produzir indivíduos com um senso global e uma visão holística e não produzir
indivíduos umbíglolatras (que olham apenas para os seus umbigos).
Equipes integradas e coesas, com foco em objetivos comuns, constituem o segredo do sucesso
organizacional. Formação da comunidade vivencial de liderança, que significa todos ser líderes de líderes. E,
por consequência todos estão focados no crescimento do todo para que haja o crescimento individual.
Uma empresa não espiritual já age de forma contrária.
É capaz de promover as disputas discórdias em prol da individualidade e por consequência destrói o todo.

Um senso ético apurado
Esta é a quarta características das empresas que desenvolvem uma espiritualidade.
Uma empresa espiritualizada tem conhecimento de sua responsabilidade social e sempre deve buscar
&

atender a uma sociedade que tem demandas variadas. Esta empresa sabe que sua responsabilidade não é
só de gerar lucro (esta deve ser a primeira e a essencial, mas não a única), mas sim de atender a uma
demanda que o próprio governo não conseguirá.
A ideia da ética deve pairar sobre o entendimento das diferenças entre o certo e o errado e não do justo
ou do injusto.
A compreensão de que o bem comum deve ser a razão de ser de qualquer sociedade, gerará a condição
para o equilíbrio das relações e de sua continuidade.
Relacionar-se eticamente com todos os stakeholders é fator essencial para uma empresa espiritualizada,
pois o foco não será mais o lucro pelo lucro e sim a manutenção sustentável dos negócios por intermédio
de um tripé essencial, as pessoas, os processos e as lideranças.
A ideia de que a empresa espiritualizada deve ter um senso ético superapurado não deveria ser uma
variável só delas, mas infelizmente é. O sentido de bem comum implica na compreensão e na constante
prática da justiça social.
Uma empresa espiritualizada sabe e tem plena consciência de sua responsabilidade social e, por intermédio
de um senso ético apurado, de seus líderes e liderados, baseados numa Missão clara e objetiva, são capazes
de desenvolverem competências essenciais que a levarão a uma vantagem competitiva em relação às
empresas sem alma.

Uma estratégia capaz de ser visionária e ativa
Nossa visão de empresa bem-sucedida está meio míope, basta à empresa ter uma boa marca e um
produto de “suposta” qualidade, e pronto: será nosso desejo de consumo.
&

A espiritualidade não deve se basear no consumo e sim na capacidade e transformar o mundo e colaborar
com a melhoria do caos.

Empresas espirituais são firmadas por seres humanos espiritualizados e com um senso de ética e de justiça
apurados.

Uma empresa bem-sucedida e espiritualizada é aquela que tem o foco no todo e busca uma justiça social.
Tem o senso de responsabilidade social e sabe que ações éticas trarão resultados perenes. Ela tem o foco
no presente com olhar futurista. Sabe de sua Missão e tem plena consciência de suas capacidades de alterar
e colaborar com a sociedade. Ela tem responsabilidade sociocultural e ambiental.

Esta característica da empresa espiritualizada deve ser capaz de compatibilizar o sonho que é sua imagem
do e no futuro e deve ter paridade com a realidade.

Conhecer as ameaças e oportunidades com uma visão da estratégia e ser capaz de promover ações
planejadas e manter uma estrutura por intermédio de meios renovados de realização e plenamente
fundamentados para ser uma empresa bem-sucedida e altamente espiritualizada.

Cordialidade em seus relacionamentos com os stakeholders
Diria que temos algumas palavras de ordem nesta característica, à primeira é solidariedade.

Seria dar sentido para todos os envolvidos com o negócio e a consciência de que participam de uma
&

mesma empreitada. Que o sonho é de todos e a Missão é única. Uma empresa espiritualizada é capaz de
comunicar isto com carinho e fazer com que todos entendam que ela honrará os envolvidos.

A segunda, a afetividade. A empresa espiritualizada proporciona ambiente e condições para que surja o
sentimento de gostar do outro, como um parceiro amigo. Ela é capaz de competir sem formatar a
competitividade predatória. Lembra? Ela tem o foco no presente com os olhos no futuro. Perenidade...

A terceira e última é a vontade comum. A empresa desenvolve uma capacidade de promover a


participação voluntária, livre e independente de seus colaboradores e demais envolvidos. Livres da coação,
o que será capaz de fazer com que as pessoas se envolvam porque comungam de um projeto perene com
mudanças viáveis, justas e sociais para o futuro.

Faz com que as pessoas saibam que não estão em um projeto utópico, mas sim em um projeto
capaz de gerar resultados perenes para todos os envolvidos com o negócio.

Realizar-se na Realização
Para mim, esta característica é uma das mais belas para mim, pois tem a ver com felicidade que seria como
aspiração universal da pessoa humana. Afinal, ser feliz é condição de produtividade. Por isto que concordo
com alguns escritores que a definição de felicidade é ser capaz de realizar-se na realização.
&

É um estado. A empresa espiritualizada então deve promover aso seus colaborardes espaços e condições
para a prática de felicidade.

Deve promover espaço e condições para que as pessoas sintam que ao realizarem seus trabalhos e
exercerem suas funções, as farão com senso de realização.

Reconhecimento por parte da liderança é fundamental, pois um dos fatores de maior desmotivação das
equipes é a falta de reconhecimento por seus feitos e ações.

Então, podemos assumir que a falta de reconhecimento trará necessariamente a falta de felicidade, pois as
equipes não serão capazes de realizar-se na realização.

Uma empresa espiritualizada busca constantemente proporcionar


ambientes para a prática da felicidade.

ESPIRITUALIDADE
Como última característica, não tem menor ou maior importância, mas tem sim uma importância
finalizadora.
&

Trabalhar a espiritualidade corporativa é uma busca constante pela melhoria das pessoas e por
consequência das empresas. A espiritualidade pode e deve ser trabalhada, fomentada e praticada, afinal
como disse no início a espiritualidade representa valores.

Sendo assim, podemos dizer que todo individuo é espiritualizado, a grande questão é: em que nível?

Tem a ver com o resgate das conexões nobres e superiores e com ética, moral e integridade.

Espiritualidade significa superar limites na direção de um bem superior. É o sentido da


transcendência, dando expressão ao que de mais superior existe no ser humano. (Matos, 2008).

Esses indicadores da empresa com alma não são uma utopia, mas condições essenciais para que a empresa
realize sua ação transformadora e se perpetue pela qualidade.
Para finalizarmos e a título de oferta de uma ferramenta para você, leitor, segue um modelo de pesquisa, validado e
comprovadamente eficiente. Desenvolvido por Siqueira et al, (2013) e que pode ser aplicado em empresas e
colaboradores.

Com os resultados deste questionário em mãos você será capaz de perceber e ou identificar qual o índice de
espiritualidade de sua companhia.

O texto a seguir foi extraído em sua totalidade, sem tirar nem por nenhuma palavra ou frase, pois entendo que não
há necessidade e nenhuma interpretação ou alteração / inclusão de minha parte, visto que Siqueira et al. (2013),
efetuaram um trabalho primoroso e de alta qualidade. Não caberia a mim, um simples escritor alterar qualquer
que seja a palavra ou a frase.

Então se você quiser construir um Inventário de Espiritualidade no Trabalho (IET) para sua empresa é só
seguir as orientações dos autores.

Bom trabalho!

&
APLICAÇÃO, APURAÇÃO DOS RESULTADOS E INTERPRETAÇÃO DO INVENTÁRIO DE ESPIRITUALIDADE NO TRABALHO – IET.

A IET pode ser aplicada presencialmente ou por meio eletrônico. E’ importante assegurar ao respondente que suas respostas não lhe trarão prejuízo no trabalho ou fora dele e que ele
dispõe do tempo que julgar necessário para responder. O aplicador poderá optar pela forma completa com 29 itens ou pela reduzida, composta por 10 itens.

Caso opte pela forma completa, antes de iniciar a apuração dos resultados, devem-se inverter os valores das respostas dadas ao item 22, fazendo a seguinte equivalência: resposta 1
passa a ser 5, 2 passa a ser 4, 3 permanecem 3, 4 passa a ser 2 e 5 passa a ser 1.

Para apurar os resultados, somam-se os valores das respostas do respondente a cada item e divide-se pelo numero de itens que compõem cada fator. Para isto, reporte-se aos Quadros
11.2 ou 11.3, dependendo da escolha da forma completa ou reduzida.

Assim, se aplicada a forma completa, para apurar o Fator 1 (Senso de Comunidade) deve-se inverter primeiramente o valor da resposta ao item 22, como se explicou anteriormente.
Depois, somam-se os valores das respostas aos itens 1, 6, 8, 10, 11, 12, 14, 18, 19, 22, 24, 25, 27e 29 e divide-se o valor por 14. Se aplicada a forma reduzida, somam-se os
valores das respostas aos itens1, 6, 8, 10 e 12 e divide-se o total por 5. Assim, para ambas as formas, sempre serão obtidos dois resultados, denominados escores médios, um para
cada fator.

A interpretação desses escores médios será feita, tomando-se por base a escala de respostas. Assim, valores entre 4 e 5 indicam escore alto; entre 3 e 3,9, um escore médio; e um valor
entre 1 e 2,9, um escore baixo de espiritualidade no trabalho. Para interpretar o conteúdo psicológico que esses escores médios representam, recomenda-se atentar para os conteúdos
dos itens que compõem o fator em análise a ater-se a eles, não os excedendo.

Outra recomendação importante e’ que o IET seja utilizado rigorosamente de acordo com as orientações deste capítulo, seguindo-se as instruções de aplicação, reproduzindo-se
fielmente o conteúdo e o formato dos itens e utilizando-se a escala de respostas aqui apresentada. Alterações em quaisquer desses elementos tornam inválidos os resultados obtidos.

&
INVENTÁRIO DE ESPIRITUALIDADE NO TRABALHO – IET-29
Abaixo estão algumas frases referentes ao seu trabalho atual. INDIQUE O QUANTO VOCÊ CONCORDA OU DISCORDA DE CADA
UMA DELAS. Dê suas respostas anotando, nos parênteses que antecedem cada frase, aquele número (de 1 a 5) que melhor representa sua resposta.
1 2 3 4 5
Nem concordo
Discordo totalmente Discordo Concordo Concordo totalmente
nem discordo

1.
( ) No meu setor as pessoas são unidas.® 16.
( ) Meu trabalho ilumina os meus dias®.
2.
( ) Meu trabalho ajuda-me a realizar a maioria dos meus sonhos. 17.
( ) Meu trabalho me permite viver em paz.
3.
( ) Meu trabalho ajuda-me a ter uma vida melhor 18.
( ) No meu setor todos querem ajudar quando um tem problema.
4.
( ) Meu trabalho amplia os horizontes de minha vida 19.
( ) No meu setor as pessoas mantêm laços de amizade entre elas.
5.
( ) Meu trabalho aumenta minhas habilidades como pessoa. 20.
( ) Meu trabalho torna minha vida mais completa
6.
( ) No meu setor existe espírito de solidariedade entre as pessoas. ® 21.
( ) Meu trabalho traz tranqüilidade para minha vida.
7.
( ) Meu trabalho dá sentido à minha vida®. 22.
( ) No meu setor existem intrigas entre as pessoas.
8.
( ) No meu setor existe colaboração entre as pessoas®. 23.
( ) Meu trabalho traz harmonia para os meus dias.
9.
( ) Meu trabalho dá uma razão especial à minha vida®. 24.
( ) No meu setor há ambiente para acolher cada um que ali trabalha.
10.
( ) No meu setor existe um ambiente tranqüilo®. 25.
( ) No meu setor há respeito de um pelo outro.
11.
( ) No meu setor as pessoas se apóiam umas às outras para progredirem 26.
( ) Meu trabalho é parte importante da minha vida
12.
( ) No meu setor há companheirismo®. 27.
( ) No meu setor pode-se dizer que “são todos por um e um por todos”.
13.
( ) Meu trabalho é essencial para minha existência. 28.
( ) Meu trabalho faz minha vida ter mais significado®
14.
( ) No meu setor respira-se um ar de cordialidade. 29.
( ) No meu setor existe um ambiente social agradável.
15.
( ) Meu trabalho é responsável por muitas vitórias que consegui na vida®. &
® Os 10 ítens da versão reduzida
Obrigado!
CRÉDITOS:
Conteúdo - Cláudio Zanutim - claudio@insightscorporativos.com.br
Revisão - Edinho Tibiriçá - edinho@insightscorporativos.com.br
Editoração - Valter (wOOdy) Pedroza - valter@insightscorporativos.com.br
TI / Sistema - Luiz Henrique - luiz@insightscorporativos.com.br
www.insightscorporativos.com.br

Copyright© - 2015. Todos os direitos deste e-book, são reservados a Insights Corporativos. Proibida a reprodução parcial ou total sem autorização.