Você está na página 1de 2

COLÉGIO PEDRO II – CAMPUS DUQUE DE CAXIAS

Disciplina: MATEMÁTICA 1 Série: Turma: ________


Coordenador Pedagógico: BRAULINO DE MATTOS REIS NETO
Professor(es): ALEXANDRE / ANDERSON / BRAULINO / GEOVANE / JOÃO
Nome: _______________________________________________ Nº. ______
Lista de Exercícios – Função Composta e Inversa

Função Composta OBS: (gof) (x) é lida como g composta com f de x e


g(f(x)) é lida como g de f de x
Considere a seguinte situação:

Um terreno foi dividido em 20 lotes, todos de Exemplo 1:


forma quadrada e de mesma área. Nessas condições, Sejam f e g funções reais definidas por f ( x )  3x  1 e
vamos mostrar que a área do terreno é função da
medida do lado de cada lote, representando uma g ( x )  x  5 . Determine:
composição de funções.
Solução.
Para tal, chamemos de x o lado de cada lote, de y a área i) f(g(x)) = f(x + 5) = 3(x + 5) + 1 = 3x + 15 + 1 = 3x + 16.
de cada lote e de z a área do terreno.

É claro que: ii) g(f(x)) = g(3x + 1) = (3x + 1) + 5 = 3x + 6.

1) a área de cada lote = (lado de cada lote)2, ou seja:


y = f(x) = x2 Exemplo 2:
Sejam f e g funções reais definidas por f ( x )  x 2  1 e
2) a área do terreno = 20  (área de cada lote), ou seja:
z = g(y) = 20 y g ( x )  x  7 . Determine:

De (1) e (2), podemos escrever: Solução.


a) f (g ( x )) = f(x – 7) = (x – 7)2 + 1 = x2 – 14x + 49 + 1 =
3) a área do terreno = 20  (lado de cada lote)2, ou seja:
z = 20 x2 x2 – 14x + 50.

Assim, a área do terreno é função da medida do lado de b) g (f ( x )) = g(x2 +1) = (x2 +1) – 7 = x2 – 6.
cada lote, ou seja: z = h(x) = 20 x2

Exemplo 3:

Dada a função f (3x  2)  x 2  1 , determine f (4) .

Solução.

t 2
A função h , assim obtida, denomina-se função composta Substituindo 3x – 2 = t vem: x . Logo,
de g com f e pode ser indicada por gof 3
t 2 2
f (t )  ( )  1.
3

Desenvolvendo o 2º membro temos:


t 2  4t  4 t 2  4t  4  9 t 2  4t  13
f (t )  1  .
9 9 9

Como essa lei vale para qualquer variável, temos que

Observe na notação da composta h = gof, que a x 2  4 x  13 (4)2  4(4)  13 45


última função que aparece à direita da igualdade é a f (x )   f (4)    5.
9 9 9
primeira função aplicada, enquanto que a primeira
função que aparece é a última aplicada .

É claro que h(x) = (gof) (x) = g(f(x)) para todo x Dom(f)

(gof) (x) = g(f(x))


Função Inversa Exercício 4
Dadas as funções reais definidas por f ( x )  3x  2 e
Considere a função f : A  B , bijetora. Chama- g ( x )  2x  a , determinar o valor de a de modo que se
se função inversa de f a função g : B  A quando se
tenha f g = g f .
somente quando f  m   n equivaler a g  n   m ,
quaisquer que sejam m  A e n  B . Indicamos a
1 Exercício 5
função inversa de f por f .
Sejam as funções reais f ( x )  2x  1 , g(x )  x 2  1 e
Exemplo 1: h( x )  3x  2 . Obter a lei que define  h g  f .
Seja f :  definida por f ( x )  2x  1 . Obtenha f 1 .

Solução. Exercício 6
x 1 f  x   3x  5
Substituindo y por x, temos: x = 2y + 1. Logo y  . Sejam as funções reais e
2
f g  ( x )  x  3 . Determinar a lei da função g.
2

Exemplo 2:
Determine a inversa de cada uma das funções:
Exercício 7
a) h( x )  x 3  1 . Sejam as funções reais f ( x )  2x  7 e
Solução. f g  ( x )  x  2x  3 . Determinar a lei da função g.
2

x  h 3  1  h 3  x  1  f 1 ( x )  y  3 x  1
x 3 Exercício 8
b) y  .
x 2 Seja f:  uma função tal que
f(x  1)  2f(x)  5 e f(0)  6 . O valor de f(2) é:
Solução.
y 3 a) 0 b) 3 c) 8 d) 9 e) 12
x  xy  2x  y  3  xy  y  2x  3 
y 2
2x  3 Exercício 9
 y ( x  1)  2x  3  f 1 ( x )  y 
x 1 Determine a função inversa de cada função dada a
seguir:
x 2
Exercícios: a) y  x  3 b) y 
4
3x  2  3
Exercício 1 c) y  com  x  
Sejam as funções f(x) = x2  2x  1 e g(x) = 2x  1. 4x  3  4
Calcule :
a) f(g(1)) Exercício 10
b) g(f(2)) 2x  1
c) f(f(1)) Na função inversível f ( x )  (com x  e x  3),
x 3
determine:
Exercício 2 a) f 1( x ) b) f 1( 3)
Sejam as funções reais f e g, definidas por f ( x )  5x  2
e g ( x )  1  2x , pede-se f g , g f , g g , f f .
Exercício 11
Exercício 3 Dadas as funções f e g definidas por f (x )  x  2 e
Sejam as funções reais f e g, definidas por f (x )  x  2 2
g ( x )  2x  1 , considere a função h, de modo que
e g ( x )  x  3 . Obter as leis que definem f g , g f , h   g f  ( x ) . Determine h 1( x ) .
g g ef f.
Exercício 12
Seja f :  definida por f ( x )  ax  2 e g a função
inversa de f. Sendo f ( 2)  10 , determine g.