Você está na página 1de 2

Pontos grifados do texto - Uso das ferramentas da qualidade na melhoria

de processos produtivos

3.1 Qualidade em processos produtivos

A definição da qualidade é a adequação ao uso do produto considerando o ponto de vista do


cliente em cinco dimensões: qualidade intrínseca, custo, entrega, moral e segurança
(YUKI,1998)

A qualidade em processos produtivos é baseada no atendimento e na conformidade das


especificações requeridas, tendo como objetivo a não incidência de defeitos, buscando na
cultura organizacional a disciplina, a persistência, exemplos construtivos, o foco na liderança e
o investimento em treinamento dos indivíduos, pois o custo da qualidade é o preço da não
conformidade (CROSBY, 1992)

A qualidade nos processos produtivos pode ser entendida como a excelência na utilização dos
diversos recursos e meios disponíveis em uma organização, para a obtenção de um produto
adequado as expectativas do consumidor e das possibilidades de fabricação, levando em
consideração a transformação constante da cultura da organização focando a busca da
melhoria contínua e do domínio de seus processos e controles.

3.3 Ferramentas da qualidade nos processos produtivos

A análise dos dados colhidos em campo pelas ferramentas da qualidade permite encontrar as
inter-relações entre as variáveis que compõem os processos de fabricação, incluindo-se a
análise das causas, o tratamento e minimização de rejeitos em busca da solução adequada
(MURRAY, 1978).

Considerando-se a coleta de dados estruturada nos controles internos, que retratam os


diversos processos e procedimentos envolvidos na obtenção de um produto adequado as
expectativas do cliente e às possibilidades da organização, as ferramentas da qualidade
apoiadas em métricas estatísticas e análise de dados históricos geram analises de causa e
efeito, que apoiam a tomada de decisão para a melhoria continua da qualidade e
produtividade, tendo como vantagem competitiva o acompanhamento evolutivo das
ocorrências e decisões no tempo abrangido desde seu desenvolvimento, implantação e
maturação até o momento atual.

3.4 Melhoria contínua em empresas de bens de capital

A busca de problemas ou da possibilidade de sua ocorrência e suas causas permite a


elaboração de planos de ação de melhoria continua, e, quando estes diagnósticos ocorrem
através dos envolvidos nos processos, espontaneamente há a possibilidade de redução ou
eliminação de desperdícios e custos (CAMPOS, 1995).

A melhoria continua se reflete no clima e na cultura organizacional, exigindo constante


superação dos seus indivíduos em quebrar paradigmas, usos e costumes pessoais e
organizacionais em busca de aprimoramentos aplicáveis nos recursos disponíveis, contribuindo
para a eliminação dos riscos envolvidos com foco na eficiência do atendimento as
necessidades recíprocas do cliente e da organização
Ficha de Leitura - Uso das ferramentas da qualidade na melhoria de
processos produtivos

Qualidade em processos produtivos

A qualidade é atender aos requisitos do cliente através de cinco dimensões: qualidade


intrínseca, custo, entrega, moral e segurança. Envolve mudança de cultura, com foco em
persistência e disciplina. Os recursos direcionados para a qualidade resultarão na diminuição
da recorrência de defeitos.

Para garantir a qualidade é necessário que se tenha controle dos processos produtivos,
conforme as oportunidades de melhoria vão sendo identificadas, é necessário a utilização de
forma efetiva dos recursos disponíveis, focando sempre na melhoria contínua dos processos.

Ferramentas da qualidade nos processos produtivos

As ferramentas da qualidade nos possibilitam a analisar de forma clara os dados do processo


produtivo, podendo assim identificar as correlações entre parâmetros, encontrar a causa raiz
dos principais problemas e assim propor soluções adequadas.

Para fazer as análises de causa raiz, é necessário que haja um controle interno que retratam os
diversos processos e procedimentos da fabricação que são relevantes para o produto final. A
obtenção de dados históricos viabiliza a tomada de decisão para a melhoria continua da
qualidade.

Melhoria Contínua em empresas de bens de capital

A mudança cultural e quebra de paradigmas são essenciais para a melhoria contínua, pois a
mudança só acontece quando todos envolvidos na operação compreendem a necessidade da
competividade que visa a redução de perdas e oportunidades e melhoria.

Você também pode gostar