Você está na página 1de 13

AULA 1

Entre os principais movimentos nacionalistas que surgiram no continente europeu


no início do século XX, destacam-se o Pan-eslavismo e o Pàn-germanismo. O Pan-
eslavismo:
R:Queria unir todos os povos eslavos da Europa Oriental.

¿A Primeira Guerra Mundial envolveu todas as grandes potências, e na verdade


todos os Estados europeus, com exceção da Espanha, os Países Baixos, os três
países da Escandinávia e a Suíça.¿ HOBSBAWM, Eric. A era dos extremos. SP: Cia
das Letras; 2002 A Primeira Guerra ganhou proporções inesperadas, envolvendo
diversas nações, ao redor do planeta. Isso se deveu, sobretudo:
R:A política de alianças firmada entre os países europeus no período anterior ao conflito.

Como uma das principais consequências da Primeira Guerra Mundial, podemos


apontar:
R:O enfraquecimento da Alemanha e o Tratado de Versalhes

Os Estados Unidos não participaram da Liga das Nações, ao final da primeira


guerra. Apesar de terem sido um dos fomentadores da criação do órgão, sua
ausência se deveu:
R:A sua política isolacionista, que buscava afastar dos conflitos internacionais europeus
tanto quanto possível.

A exemplo do Tratado de Versalhes (1919), no final da Primeira Guerra Mundial,


outros tratados foram firmados, os quais modificaram substancialmente a estrutura
geopolítica da Europa e possibilitaram a formação de novas nações. Tais tratados
resultaram na desestruturação dos impérios ao reconhecerem o direito das
nacionalidades. Podemos afirmar que, entre outras medidas, esses tratados
visavam:
R:a separação política da Sérvia, Croácia e Eslovênia, que formavam a Iugoslávia,
tornando mais complexas as relações nos Bálcãs.

Sobre a Primeira Guerra Mundial, é correto afirmar que:


R:Foi oriunda dos processos imperialistas do século XIX, consolidando uma política bélica
e agressiva e marcando o início do envolvimento da Alemanha em conflitos mundiais.

A Primeira Guerra Mundial ocorre como resultado de um contexto de conflitos e


insatisfações decorrentes de processos e anexações ocorridos na região dos
Balcãs. O principal desses processos foi a relação entre a Áustria e a Sérvia, onde a
primeira buscava garantir e consolidar seu domínio sobre a segunda. Acerca disso,
é correto afirmar que:
R:A Áustria havia incorporado a região da Sérvia aos seus domínios e enfrentou forte
resistência por parte dos sérvios, que não se sentiam pertencentes ao império austríaco,
pois estiveram durante muito tempo sob domínio otomano e, naquele momento,
independentes, desejavam criar a Grande Sérvia.

(Adaptada de concurso público) Sobre a expansão do capitalismo e as tensões


ligadas à eclosão da Primeira Guerra mundial, é INCORRETO afirmar que:
R: A adoção de uma política de alianças, nos anos antecedentes à Primeira Guerra
Mundial, decorreu da necessidade de conter o avanço de interesses capitalistas norte-
americanos no mercado europeu, combatendo, assim, a Política do Big Stick
EXERCÍCIO 2

Como uma das principais características do governo czarista, podemos apontar:


r:Centralização e autoritarismo

(Adaptada de concurso público) Dentre os antecedentes da Revolução Russa de


1917, está o chamado "Ensaio Geral da Revolução", revoltas populares que
arrancaram concessões do Czar, como a ampliação do direito de voto e a
convocação de uma Assembleia Legislativa, a Duma. Dentre os fatores da política
externa czarista que levaram à insatisfação popular, podem-se destacar:
R: As derrotas sofridas pelos russos frente ao Japão

(Adaptada de concurso público) Embora a servidão tivesse sido juridicamente


extinta em 1861, a sociedade russa do início do século XX ainda guardava
características medievais. Sobre o contexto histórico social, político e econômico
da Rússia é FALSO afirmar que:
R:Os czares acreditavam-se reis pela vontade de Deus, e por esse motivo, centralizava
todo império sob seu comando de modo tradicional e, apoiados pela aristocracia nobre,
nenhuma dinastia criou meios para modernizar o país

(Adaptada de concurso público) Sobre as Teses de abril, escrito por Lênin e


divulgados pelos bolcheviques nos acontecimentos da Revolução Russa, é correto
afirmar que
R:Foi um documento que defendia a saída da Rússia da Primeira Guerra Mundial, a
reforma agrária e a normalização do abastecimento de gêneros de subsistência

SOBRE A REVOLUÇÃO RUSSA E A URSS, ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA.


R: O GOVERNO DE STALIN DESTACA-SE POR UM FORTE CRESCIMENTO
ECONÔMICO E PELO ENDURECIMENTO DO REGIME.

(Adaptada de concurso público) No contexto da Revolução Russa (1917) os


Mencheviques:
R:Defendiam a tese de que a luta contra o Czarismo deveria passar por uma etapa
democrático-burguesa, a burguesia deveria instaurar a república

(Adaptada de concurso público) A Primeira Guerra Mundial, apesar do nome,


envolveu vários países, mas representou, principalmente, o confronto entre quatro
grandes potências europeias: França, Inglaterra e Rússia, por um lado, e a
Alemanha, por outro. A situação econômica e política da Rússia quando se tornou
uma das potências europeias que protagonizaram a Primeira Grande Guerra pode
ser descrita da seguinte maneira:
R:Embora tivesse um setor industrial eficiente e avançado, este setor era uma ilha em um
país de camponeses; boa parte das indústrias russas era controlada por investimentos
externos, e a Rússia era, em suma, uma potência em número de habitantes

(Adaptada de concurso público) A Revolução Russa de 1917 estabeleceu um corpo


estranho dentro do sistema político e econômico internacional. Durante o período
da Guerra Civil (1918-1921), as potências capitalistas procuraram derrubá-la à força,
realizando intervenções militares no país. Tal estratégia fracassou e seguiu-se uma
nova fase da ação dos países ocidentais diante do surgimento do primeiro regime
socialista. Essa fase pode ser caracterizada como:
R: O momento em que as potências europeias implantaram um bloqueio econômico e
diplomático internacional, conhecido como Cordão Sanitário, buscando isolar a URSS

Exercício 3

Na primeira eleição após a crise de 1929, os estadunidenses elegeram o candidato


democrata à presidência Franklin Delano Roosevelt, com mais de 23 milhões de
votos, contra 16 milhões dados ao presidente republicano, Herbert Hoover,
candidato à reeleição. O presidente eleito formou uma equipe de assessores,
alguns deles influenciados pelas ideias teóricas de Jonh Maynard Keynes, que
elaborou um plano econômico com novas características: O New Deal. Dentre as
medidas tomadas para combater os efeitos da crise nos Estados Unidos, podemos
mencionar:
R:Os salários dos operários foram aumentados, o que elevou seu poder aquisitivo e
melhorou sua participação no mercado interno

A crise de 1929 teve um efeito intenso no mundo capitalista, fazendo com que o
governo dos Estados Unidos repensasse a viabilidade do modelo liberal para sua
economia. Todo o mundo capitalista foi afetado por essa crise e no caso específico
da América Latina isso ocorreu principalmente por que:
R:suspenderam suas importações, o que prejudicou os países da região, que dependiam
dessas vendas para equilibrarem suas economias.

O principal fator por trás da crise de 1929 nos Estados Unidos foi :
R: A especulação financeira que atraiu diversos investidores para o mercado de
ações.

O que significa crise de superprodução?


R:A produção de bens e numero maior do que a capacidade do mercado de absorvê-los

(Adaptada de concurso público) A crise de 1929 havia sido o drama mais doloroso
da história norte-americana desde a Guerra de Secessão. O conjunto de medidas
adotadas para enfrentar as consequências da crise sobre a sociedade americana,
cujo líder era Franklin Delano Roosevelt, ficou conhecido pelo nome de:
R:New Deal

Na década de 1920, a politica econômica norte-americana era baseada no


liberalismo, cujo fundamento econômico é baseado:
R:Na livre concorrência.

Após a Primeira Guerra Mundial, durante os anos 20, houve o aumento nas relações
comerciais entre os Estados Unidos e a América Latina. O fluxo de mercadorias era
intenso, mas ainda assim, a balança comercial latino-americana permanecia
desfavorável. Isso ocorreu por qual razão?
R:Embora exportassem muitos produtos, os países latinos exportavam matérias primas e,
em troca, importavam manufaturados, cujo valor era superior aos bens vendidos,
mantendo o déficit financeiro.

(Adaptada de concurso público) Marque a alternativa que NÃO corresponde aos


fatores que ocasionaram a crise de 1929 nos Estados Unidos
R: Adoção de programas para minorar o desemprego, e excessiva oferta de terras
Exercício 4

Foi extremamente utilizado por governantes totalitários, de forma a construírem


uma espécie de culto à personalidade, estendendo seus tentáculos para todas as
áreas. Estamos falando da:
R:Propaganda

(Adaptado de concurso público) "A Revolução Francesa, podemos afirmar,


escreveu a palavra liberdade em sua bandeira, mas, na verdade, igualou-a à
vontade arbitrária e licenciosa do indivíduo (...). Este ídolo de 1789, que se mostrou
(de fato) o inimigo da liberdade e da individualidade, foi por nós destruído e
substituído por um monumento à verdadeira liberdade (...). (A Revolução Alemã)
tem efetuado uma mudança radical do conceito de "Eu" para o conceito de "Nós",
do indivíduo para o todo". Assim, Otto Dietrich iniciou seu discurso de abertura do
Terceito Dia da Arte Alemã, celebrado em Munique, em 14 de julho de 1939. Nestas
palavras do Chefe de Imprensa do governo alemão estava expresso o grande ideal
do:
R:Nazismo

Na década de 1920, a situação da Itália não era das melhores. Além de passar por
desemprego e uma economia em declínio, os Estados italianos eram assolados por:
R:Greves Trabalhistas

Quando da ascensão do fascismo na Itália, o regime existente era:


R:monarquia parlamentar

O totalitarismo, regime político marcado por um Estado forte tem sua denominação
associada à frase de Benito Mussolini: "Tudo no Estado, nada contra o Estado,
nada fora do Estado." "(...) no afã de provar que tudo é possível, os regimes
totalitários descobriram, sem o saber, que existem crimes que os homens não
podem punir nem perdoar. Ao tornar-se possível, o impossível passou a ser o mal
absoluto, impunível e imperdoável, que já não podia ser compreendido nem
explicado pelos motivos malignos do egoísmo, da ganância e da cobiça (...)"
(ARENDT, Hannah).
De acordo com os textos, os regimes totalitários que emergiram entre as décadas
de 20 e 30 do século XX, tinham algumas características comuns. Assinale a
alternativa correta relacionada aos regimes totalitários.
R:Os regimes ditatoriais estavam presentes tanto em sociedades capitalistas quanto em
regimes socialistas, e se empenharam em destruir qualquer segmento social que pudesse
ameaçar a sua liderança

) Assinale a alternativa Correta. Os regimes totalitários da primeira metade do


século XX apoiaram-se fortemente na mobilização da juventude em torno da defesa
de ideias grandiosas para o futuro da nação. Nesses projetos, os jovens deveriam
entender que só havia uma pessoa digna de ser amada e obedecida, que era o líder.
Tais movimentos sociais juvenis contribuíram para a implantação e a sustentação
do nazismo na Alemanha, e do fascismo, na Itália. A atuação desses movimentos
juvenis caracterizava-se:
R:a) pelo sectarismo e pela forma violenta e radical com que enfrentavam os opositores
ao regime.

Os slogans nazifascistas eram publicamente invocados e sempre aplaudidos, às


vezes em uníssono, pela massa popular em praças públicas: "Acredita! Obedece!
Luta!" "Quem tem aço tem pão!" "Mais canhão, menos manteiga!" "Nada jamais foi
ganho na história sem derramamento de sangue!" "A liberdade é um cadáver em
putrefação!" Dentre as alternativas expostas abaixo, qual delas não é uma
característica do totalitarismo:
R:Democracia
Para estreitar suas relações com a Igreja Católica e obter o apoio da mesma para
seu regime, Mussolini assinou o Tratado de Latrão. Acerca dele, assinale a
alternatica incorreta.
R:Criava um Estado laico dentro do país, o Vaticano, antiga demanda da Igreja Católica.
Exercício 5
(Adaptada de concurso público) Analise as afirmações abaixo.
I. Os Estados Unidos da América e a União Soviética, apesar de adotarem sistemas
políticos e econômicos diferentes, se uniram durante a Segunda Guerra Mundial,
contra as nações do Eixo.
II. Os Estados Unidos da América, durante a Segunda Guerra Mundial, combateram
a União Soviética, uma das nações do Eixo.
III. Os Estados Unidos e União Soviética foram os grandes vencedores da Segunda
Guerra Mundial. Terminado o conflito, foram dividindo o mundo entre si.
IV. Entre as conseqüências da Segunda Guerra Mundial podemos apontar o
fortalecimento dos movimentos nacionalistas na Ásia e na África.
Assinale a alternativa que indica as afirmações corretas.
R:I, III, IV
(Adaptada de concurso público) No contexto da Segunda Guerra Mundial, os
alemães, utilizando nova estratégia militar, depois de dominar a Polônia,
conquistaram rapidamente os países abaixo listados, exceto
R:Argentina
(Adaptada de concurso público) Os conflitos mundiais trouxeram expectativas
negativas na ordem internacional. Depois da 1ª Guerra Mundial:
R:os Estados Unidos ampliaram sua influência política nas relações internacionais da
época
O contexto que se formou no pós Segunda Guerra Mundial foi de transformações e
permanências. Ao término da mesma, o mundo havia passado por diversas
modificações e a violência se tornou cada vez mais presente. Para mediar as
relações entre os países, buscando soluções diplomáticas para os conflitos, foi
criado um organismo internacional denominado:
R:Organização das Nações Unidas
A Itália se rendeu em 1943 e declarou guerra à Alemanha. Isso se explica por que :
R:Estava incapaz de manter seus esforços de guerra
Sobre a Conferência de Munique, podemos afirmar que a mesma foi:
R:A busca por uma solução diplomática para resolver o problema da ocupação da
Tchecoslováquia pelos alemães.
(Adaptada de concurso público) Poucos anos antes da madrugada de setembro de
1939, quando as forças armadas alemãs invadiram a Polônia e, menos de um mês
depois, a tomarem em definitivo, dando início à Segunda Guerra Mundial, os
franceses e ingleses haviam assistido passivamente à escalada de hostilidades
desenvolvidas pela política externa de Hitler em toda a Europa. Dentre os motivos
da inação dos dirigentes conservadores ingleses contra a escalada de agressões
nazistas que antecederam a Segunda Guerra, configuradas na Política de
Apaziguamento, pode-se mencionar:
R:A busca estratégica de zelar pela manutenção do equilíbrio europeu, uma vez que o
fortalecimento alemão contrabalançava a excessiva influência francesa no continente.
(Adaptada de concurso público) A participação dos Estados Unidos no segundo
conflito mundial foi ocasionado pelo(a):
R:Ataque japonês à base naval americana de Pearl Harbor
Exercício 6
(Adaptada de concurso público) Para a Europa, o legado da Segunda Guerra
Mundial foi devastador, com uma terrível destruição em termos de vidas e de bens
materiais e uma profunda crise ideológica e moral. A Grã-Bretanha sai esgotada da
Guerra, perdendo sua posição hegemônica mundial. Nesse cenário, a ascensão
soviética, contrabalançada pela dos Estado Unidos, aponta para novas esferas de
influência e conflitos, que sinalizam para o que se denomina:
R:Guerra Fria, polarizando o mundo entre o bloco socialista e o capitalista

"O fato básico e crucial, que nunca é demais repetir, é que o sistema da Guerra Fria
é altamente funcional para as superpotências, e é por isso que ele persiste, apesar
da probabilidade de mútua aniquilação no caso de uma falha ocidental".
(CHOMSKY, Noam. Armas Estratégicas, Guerra Fria e Terceiro Mundo. In:
THOMPSON, E, et. All. "Exterminismo e Guerra Fria". SP: Brasiliense,1985.p.190). A
Guerra Fria ficou marcada pelas alianças militares. Os europeus ocidentais
solicitaram ao governo norte-americano a organização de um tratado de defesa
militar mútua. Os soviéticos, em reação à organização também organizaram um
sistema de defesa entre os países socialistas. As organizações militares são:
R:A OTAN (1949) e o Pacto de Varsóvia (1955)

A respeito do fim da Guerra Fria, é correto afirmar que:


R:A mesma ocorreu por enfraquecimento da URSS e por sua falta de condições de
continuar fornecendo para sua população o necessário para que a mesma pudesse se
manter e pelo aumento da corrupção no país.
Em 1949, ocorreu uma revolução que marcou a expansão do socialismo no mundo
e aumentou ainda mais o temor do crescimento do mesmo. Essa afirmação se
refere a :
R:Revolução Chinesa
Usa-se o nome Guerra Fria para designar:
R: o conjunto de tensões entre Estados Unidos e União Soviética, resultante da
disputa, entre ambas, por uma posição hegemônica no contexto internacional do pós
Segunda Guerra;
(Adaptada de concurso público) Ao comparar a adoção do socialismo na China com
a adoção do socialismo em outros países, o historiador Eric Hobsbawn afirma
existir um traço da mentalidade nacional chinesa que se distingue de quase todos
os outros países onde triunfaram regimes comunistas. Esse traço é:
R:A China não se via como culturalmente atrasada e marginal, não tinham nenhum senso
de inferioridade intelectual, coletivo ou individual, em comparação com qualquer outro
povo
(Adaptada de concurso público) "A peculiaridade da Guerra Fria era que, em termos
objetivos, não existia perigo iminente de guerra mundial. Mais que isso, apesar da
retórica apocalíptica de ambos os lados, os governos das duas superpotências
aceitaram a distribuição global de forças no fim da Segunda Guerra Mundial, que
equivalia a um equilíbrio de poder desigual mas não contestado em sua essência".
A passagem acima faz alusão às seguintes potencias da época:
R:Estados Unidos da América e União Soviética
A URSS transformou-se, após 1945, numa das potências mundiais, tanto no campo
econômico como técnico. Um dos melhores exemplos dessa transformação é o:
R:Desenvolvimento da política espacial, representada pela 1º viagem em torno da Terra
por Gagarin.
Exercício 7
No sudeste asiático, os franceses dominavam a região conhecida como Indochina,
que foi invadida pelo Japão durante a Segunda Guerra Mundial. A invasão japonesa
motivou a reação das forças locais e o movimento nacionalista rapidamente ganhou
corpo. Após a derrota do Japão, a luta continuou, mas, desta vez, visando à
expulsão dos franceses. Assinale a alternativa que indica o nome do principal líder
da luta pela independência da Indochina.
R:Ho Chi Minh
(Adaptada de concurso público) Durante a Guerra Fria, o engajamento de alguns
Estados da Europa Oriental no bloco soviético caracterizou-se por dois traços
essenciais, garantindo a hegemonia de Moscou na manutenção do bloco socialista
no leste europeu. Estas duas características essenciais eram:
R:a adoção do regime político de partido único e o alinhamento político-militar ao Pacto de
Varsóvia

"Os 45 anos que vão do lançamento das bombas atômicas até o fim da União
Soviética não formam um período homogêneo na história do mundo. A história
desse período foi reunida sob um padrão único pela situação internacional peculiar
que o dominou até a queda da URSS: o constante confronto das duas
superpotências que emergiram da Segunda Guerra Mundial na chamada Guerra
Fria". HOBSBAWM, E. Era dos Extremos: o breve século XX (1914-1991). São Paulo:
Cia das Letras, 1995. p. 223. (adaptado) Considerando o fragmento acima, que se
refere ao período da Guerra Fria, avalie as afirmações a seguir: I. A configuração
do cenário internacional apresentava o mundo dividido entre as duas
superpotências, com exceção da África, cuja situação de pobreza a tornava uma
região sem importância em termos geoestratégicos. II. O domínio soviético sobre o
leste europeu e a separação desta região do resto da Europa ficaram conhecidos
como "Cortina de Ferro", caracterizando um modelo socialista, de economia
planificada e representação política unipartidária. III. Diversos movimentos
políticos na América Latina sofreram influência de uma política ligada aos ideais
norte-americanos, que buscava impedir a ascensão do comunismo em países
latino-americanos como, por exemplo, o Brasil. É correto o que se afirma em:
R:II e III, apenas.

(Adaptada de concurso público) "Descolonização e revolução transformaram de


modo impressionante o mapa político do globo. O número de Estados
internacionalmente reconhecidos como independentes na Ásia quintuplicou. Na
África, onde havia um em 1939, agora eram cerca de cinqüenta. Mesmo nas
Américas, onde a descolonização no início do século XIX deixara atrás umas vinte
repúblicas latinas, a de então acrescentou mais uma dúzia."

HOBSBAWN, Eric J. Era dos Extremos - O breve século XX 1914-1991. São Paulo:
Companhia das Letras, 1995. p. 337.
Em relação aos sistemas políticos adotados pelos países acima citados, pode-se
afirmar que
R:A maioria adotou a república parlamentar, mas alguns optaram pelas repúblicas
democráticas populares
Como consequência da Segunda Guerra Mundial podemos apontar:
R:O início do processo de descolonização afro-asiático
Exercício 8
A Guerra do Vietnã foi um caso à parte na política de conflitos da Guerra Fria. Foi
uma guerra na qual os Estados Unidos participaram enviando tropas ao campo de
batalha e grande número de armamentos. No entanto, sofreram grandes baixas
principalmente por conta de uma estratégia de guerra utilizadas pelos vietcongs e
para a qual eles não tinham treinamento específico, denominada:
R:Guerra de guerrilha
Acerca da revolução ocorrida em Cuba, podemos apontá-la como uma revolução:
R:Marxista-leninista
Lea atentamente as notícias a seguir: I) "A OTAN, Organização do Tratado do
Atlântico Norte, vai começar sua expansão para o Leste Europeu até junho de 1997.
A afirmação foi feita à Folha (...) pelo secretário-geral da entidade (...) e se refere à
data na qual ele pretende que seja feito o convite oficial a novos membros para a
Aliança Militar (...) Os 'parceiros' (...) sairão da Parceria para a Paz, acordo militar
entre 27 países da OTAN, Leste Europeu e Ásia, lançado em 1994. A Polônia é
favorita." (Folha de São Paulo)? . . II) "Mais de 900 militares americanos (...) foram
mantidos como prisioneiros na Coréia do Norte, após o fim da Guerra da Coréia (...)
muitos dos prisioneiros foram submetidos a experiências com drogas e depois
executados. As experiências, para determinar a ação das drogas em
interrogatórios, foram conduzidas por agentes Tchecoslovácos e Soviéticos." (O
Estado de São Paulo) . . III) "O Vaticano não comentou ontem, alegações de que o
Papa João Paulo II e o governo dos E.U.A. (CIA), trabalhavam juntos em segredo na
década de 80, para apressar o fim do comunismo na Polônia. A aliança informal
entre os E.U.A. e o Vaticano inclui corte de verbas do Governo Norte-Americano
para programas de controle de natalidade no país e o silêncio do Papa quanto à
instalação de mísseis na Europa Ocidental." (Folha de São Paulo). Entre os textos
anteriores, relacionam-se diretamente com a Guerra Fria:
R:II, III

Após a Revolução Cubana, foi decretado o embargo econômico ao país, pelos EUA,
que exigiam a devolução das propriedades pertencentes a seus cidadãos, que
ficavam naquele país. Este medida levou:
R:A Aproximação e Cuba com a URSS, que, por não manter relações diplomáticas com
os EUA, não sofreria sanções por parte deste país.
(Adaptada de concurso público) Em setenta e duas horas, sob o comando direto de
Fidel na própria zona de ataque, o desembarque foi frustrado, principalmente
porque a previsão do governo norte-americano, convencido pelos grupos exilados
em Miami, de que a massa da população se somaria ao ataque e derrubaria o
governo revolucionário, não encontrou nenhuma confirmação na realidade, que, ao
contrário, evidenciou a disposição dos cubanos de defender maciçamente o
governo. Emir Sader. A revolução cubana. São Paulo: Moderna, 1986, p. 53 (com
adaptações).
O texto acima narra um dos episódios que marcaram a tentativa de retaliação dos
norte-americanos contra o governo de Fidel Castro. Uma evidência desse episódio
foi :
R: A invasão de um grupo de soldados formado por mercenários norte-americanos e
exilados cubanos à Baía dos Porcos

No âmbito da Guerra Fria, podemos apontar como desdobramentos desse evento


as alternativas abaixo, exceto:
R:O apoio irrestrito à Revolução Cubana por parte dos estadunidenses durante todo o
processo, como forma de garantir que a mesma ficaria restrita apenas à ilha.

(Adaptada de concurso público) Os resultados da Guerra da Coreia (1950-1953)


ajudaram a promover mudanças nos rumos das tensões entre EUA e URSS em
pleno período da Guerra Fria. O período que se seguiu ao conflito mencionado
caracterizou-se pela distensão entre as grandes potências, conhecido pelo nome de
Coexistência Pacífica, dentre outros fatores, porque:
R:O resultado da Guerra demonstrou o equilíbrio de forças militares dos blocos liderados
pelas duas grandes superpotências.

(Adaptada de concurso público) As Grandes Revoluções do século XX (Russa,


Chinesa e Cubana) podem ser vistas como tendo características comuns, embora
com suas particularidades. Essas características comuns, entre outras, são
R:O ritmo acelerado no processo de mudanças estruturais, a filiação marxista leninista
Exercício 9
"O nascimento do Euro, a moeda única a ser adotada por onze países europeus a
partir de 1º de janeiro, é possivelmente a mais importante realização deste
continente nos últimos dez anos que assistiu à derrubada do Muro de Berlim, à
reunificação das Alemanhas, à libertação dos países da Cortina de Ferro e ao fim da
União Soviética. Enquanto todos esses eventos têm a ver com a desmontagem de
estruturas do passado, o Euro é uma ousada aposta no futuro e uma prova da
vitalidade da sociedade Europeia." (Gazeta Mercantil, 30/12/1998)
Os fatos acima descritos marcaram o fim da (o):
R:Guerra Fria

Para minimizar a Guerra Fria e o risco de um conflito nuclear de proporções


mundiais, o presidente norte americano Richard Nixon adotou uma política:
R:De aproximação progressiva com os países comunistas.

Uma das ações empreendidas pelo governo de Nixon nos Estados Unidos e que se
caracterizou como evidência da detente foi:
R:O apoio à entrada da China comunista no Conselho de Segurança da ONU.

Momento de intensa tensão nas relações internacionais e que colocou o mundo na


iminência de uma guerra nuclear no início dos anos 1960.
R:Crise dos Mísseis Cubanos

(Adaptada de concurso público) Gorbachev lançou sua campanha para transformar


o socialismo soviético com os slogans: perestroika e glasnost. O programa de
reformas relacionado com o termo glasnost é definido:
R: Significava a introdução, ou reintrodução, de um Estado constitucional e
democrático, baseado no império da lei e no gozo das liberdades civis como comumente
entendidos
"A venda de cultura sob a forma de atividades humanas pelas quais cada vez mais
é preciso pagar está nos conduzindo a um mundo no qual o relacionamento entre
as pessoas é mediado pelo dinheiro. Cada vez mais compramos o tempo dos
outros, sua atenção, afeto, solidariedade e respeito. Compramos o esclarecimento e
a diversão, o cuidado com a aparência pessoal, a elegância e tudo mais." (Rifkin,
Jeremy. São Paulo. Revista Exame. Abril)
No trecho sobre a globalização com relação ao mercado cultural. Pode-se afirmar
que o autor:
R: Destaca que as relações interpessoais são cada vez mais mediadas pelo dinheiro,
já que todos os bens culturais podem ser consumidos num grande comércio cultural de
proporções globais

Segundo Hobsbawm, "a história dos vinte anos após 1973 é a de um mundo que
perdeu suas referências e resvalou para a instabilidade e a crise". (HOBSBAWM,
Eric. A Era dos Extremos: o breve século XX 1914-1991. São Paulo: Companhia das
Letras, 1995, p. 393).
Um dos fatores que desencadearam a crise econômica de proporções mundiais foi:
R:A chamada Crise do Petróleo, deflagrada em 1973, em protesto pelo apoio prestado
pelos Estados Unidos a Israel durante a Guerra do Yom Kippur
A desagregação da URSS ocorreu em 1991 e deu origem à CEI (Comunidade de
Estados Independentes). Essa desagregação não significou a vitória do capitalismo
sobre o socialismo mas, ocorreu, devido à diversos motivos dentre os quais
podemos apontar:
R: A incapacidade do governo soviético em prover recursos básicos para a população,
aliado ao aumento da corrupção no país.
Exercício 10
Denominamos de Nova Ordem Mundial:
R: O período posterior ao fim da Guerra Fria, quando temos o fim da bipolaridade e o
surgimento de novos atores internacionais.
A Idade Contemporânea tem seu marco tradicional na Revolução francesa, ocorrida
em 1789. Entretanto, diversas mudanças foram operadas desde então, desde a
alteração nos modelos produtivos, até a geopolítica, além da cultura e dos
costumes das diversas sociedades ao redor do planeta. Para compreender estas
mudanças, algumas novas propostas de denominação para o momento que
vivemos foram criadas. Dentre estas podemos destacar a expressão:
R:Pós modernidade
Em junho de 1947, o governo dos EUA passou a implementar um projeto de
reconstrução da Europa denominado Plano Marshall. Qual dos tópicos a seguir
NÃO é uma causa desse plano:
R:O temor trazido pela criação do Mercado Comum Europeu (MCE);
A globalização, segundo Octavio Ianni: "expressa um novo ciclo de expansão do
capitalismo, como modo de produção e processo civilizatorio de alcance mundial"
(IANNI, Octavio. Globalização e nova ordem mundial. IN: REIS FILHO, Daniel A.;
FERREIRA, Jorge e ZENHA, Celeste (org.). O Século XX: o tempo das dúvidas. Rio
de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000, v. III, p. 207).

Dentre as consequências desse processo sobre o Estado-Nação e sobre sua


soberania nacional, pode-se afirmar que:
R:Constata-se o declínio do Estado-Nação e de sua soberania nacional, submetida a
decisões provenientes de centros de poder regionais e mundiais.
Na contemporaneidade, as manifestações culturais transformaram muitas formas
da convivência social, com o advento da televisão e do cinema. Hoje, vivemos na
sociedade do espetáculo e das grandes massas que:
R:Universalizou certos hábitos, devido à velocidade e à difusão da informação
Assinale a alternativa que identifica os fatos que assombraram o mundo em 11 de
setembro de 2001.
R:Os ataques terroristas às torres do World Trade Center em Nova Iorque e ao
Pentágono.
Assinale a alternativa correta. Após o fim do governo Ronald Reagan, qual dos
personagens abaixo, assumiu a presidência dos Estados Unidos e governou de
1989 a 1993?
R:George Herbert Walker Bush