Você está na página 1de 16

Verbo Grego

Conjugação do Verbo Presente, Indicativo,


Ativo
Tempo: O “presente” mostra o tempo, quando a ação
acontece: no presente, passado ou futuro. “Eu
escrevo”.
Eu sou/estou

εἰμί
Tu és/estás/ Você

εἶ é/está

Ele/ela é/está

ἐστί(ν)
Nós somos/estamos

ἐσμέν
Vós sois/estais/

ἐστέ Vocês são/estão

Eles/Elas são/estão

εἰσί(ν)
Modo: O “indicativo” mostra o que é
chamado de modo da ação. O modo
“indicativo” é uma declaração direta do que
está acontecendo, ele “indica” que algo está
ocorrendo.
Voz: O que “ativo” implica? Esta é a chamada
voz do verbo: ela nos diz quem faz a ação, ou
quem é o objeto da ação.
1. A voz “ativa” indica que o sujeito da
sentença está fazendo a ação: “Eu escrevo
o livro”.
2. A voz “passiva” indica que alguma coisa é
feita para o sujeito: “O livro é escrito por
mim”.
Além dessas características do verbo grego, as
“terminações pessoais” do verbo indicam se
“eu” faço a ação (primeira pessoa), ou “tu”
(segunda pessoa), ou “ele/ela” (terceira pessoa,
mas o gênero não é diferenciado nas
terminações).
Isso já nos é familiar do nosso estudo dos
pronomes pessoais. Tudo isso também
pode aparecer no singular ou plural: “nós,
vós, eles/elas”. Juntas, essas formas fazem
a conjugação. Como nos substantivos, a
parte do verbo que é constante é chamada
de “radical”, e a parte que muda é
chamada de “terminação”. Aqui está a
nossa primeira conjugação, do verbo
γράφω.
singular plural
1a pessoa γράφω γράφομεν
Eu escrevo Nós escrevemos

2a pessoa γράφεις γράφετε


Tu escreves/Você Vós escreveis/Vocês
escreve escrevem
3a pessoa γράφει γράφουσι(ν)
Ele/Ela escreve Eles/elas escrevem
Número e pessoas Desinências Primarias Tradução
1P w (eu) desato
Singular 2 P eij (tu) desatas
3P ei (ele/) desata
1P omen (nos/) desatamos
Plural 2 P ,ete (vos) desatais
3P ousi (n) (Eles) desatam
Número e pessoas Desinências Primarias Tradução
1P lu, w (eu) desato
Singular 2 P lu, eij (tu) desatas
3P lu, ei (ele/) desata
1P lu, omen (nos/) desatamos
Plural 2 P lu, ete (vos) desatais
3P lu, ousi (n) (Eles) desatam
O “nu móvel” dado entre parênteses no final da 3ª
pessoa do plural aparece apenas antes de palavra
iniciada por vogal ou antes de um sinal de
pontuação, por razões fonéticas para não haver duas
vogais seguidas. De outro modo, a forma termina
com iota.
Assim, você pode escrever a sentença “O
homem escreve as leis” de duas maneiras, e
isso afeta a terminação do verbo:

οἱ ἄνθρωποι γράφουσι τοὺς νόμους.


οἱ ἄνθρωποι τοὺς νόμους γράφουσιν.
Imperativo
Aqui estão as formas para os modos
imperativo presente e infinitivo: Imperativo

γράφε Escreve (tu)!/Escreva (você)!

γράφετε Escrevei (vós)!/Escrevam (vocês)!


Infinitivo: γράφειν Escrever
O modo imperativo é a forma usada
para expressar ordens ou comandos.
Note que o imperativo plural é
idêntico em forma à 2a pessoa do
plural do indicativo, somente o
contexto revelará qual é a forma
pretendida.
O ponto de exclamação não é
usado na pontuação de textos
gregos. Se você quiser dar
uma ordem negativa, deve
usar a forma μή com o
imperativo.
O infinitivo presente ativo
termina em ‐ειν, que é
acrescentado ao radical de
presente do verbo, e não
muda, já que não indica pessoa
ou número.
O tempo presente do grego pode ser
traduzido de duas maneiras em português: o
presente simples, “você ensina”, ou o
presente contínuo, “você está ensinando”.
Apenas o contexto determina qual tradução
é a melhor. Note que você não precisa
expressar o sujeito, já que a terminação
determina pessoa e número. Se o sujeito é
expresso pela presença do pronome, é para
dar ênfase.