Você está na página 1de 11

Escola Básica e Secundária Rodrigues de Freitas

2015/2016
Disciplina: Biologia
12ºAno
Teste de Avaliação Sumativa

Duração: 100 minutos


Data: ______/______/______

Nome:_________________________________________________Nº:______Turma:_____

Classificação:_________________________Professor:____________________________

Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.


Não é permitido o uso de corretor. Em caso de engano, deve riscar de forma inequívoca aquilo que
pretende que não seja classificado.
Escreva/assinale de forma legível a resposta a cada um dos itens. As respostas ilegíveis ou que não
possam ser identificadas são classificadas com zero pontos.
Para cada item, apresente apenas uma resposta. Se escrever mais do que uma resposta a um mesmo item,
apenas é classificada a resposta apresentada em primeiro lugar.
Para responder aos itens de escolha múltipla, escreva/assinale a letra que identifica a única opção
escolhida.
Para responder aos itens de associação/correspondência, escreva a letra que identifica cada elemento da
coluna A e o número que identifica o único elemento da coluna B que lhe corresponde.
Para responder aos itens de ordenação, escreva a sequência de letras que identificam os elementos a
ordenar. A cotação só é atribuída às respostas em que a sequência esteja integralmente correta e completa.
As cotações dos itens encontram-se no final do enunciado do teste.
Grupo I
Operão da arabinose
No operão da arabinose intervêm os genes:
 Ara A que codifica a isomerase;
 Ara B que codifica a ribulocinase;
 Ara D que codifica a ribulose-5-fosfato;
 Ara C que codifica a proteína C.

A arabinose não é utilizada diretamente como fonte de carbono, precisa de ser modificada para ser utilizada
no metabolismo. O operão da arabinose tem um controlo duplo: necessita da presença do complexo CAP-
AMPc e a ligação da arabinose à proteína C para que a transcrição seja efetuada.

Na resposta a cada item de 1.a 4., selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta.
1. A arabinose funciona como _________ como acontece com a (o )________...
(A) indutor... triptofano.
(B) indutor... lactose.
(C) repressor... lactose.
(D) repressor... triptofano.

2. Os genes Aras A, B e D são genes…


(A) estruturais pois são transcritos para que ocorra produção de arabinose.
(B) operadores onde se liga a RNA polimerase.
(C) estruturais pois são transcritos para que ocorra produção de enzimas que degradam a
arabinose.
(D) operadores onde se liga a proteína C.

3º Teste – Versão 1 - Página 2 de 11


3.Um operão deste tipo está, normalmente, associado a reações de…
(A) catabolismo, por exemplo, reações de degradação de glícidos.
(B) anabolismo de substâncias essenciais à célula.
(C) catabolismo, por exemplo, produção de proteínas.
(D) anabolismo de substâncias complexas.

4. A proteína C é produzida na forma______ e a sua ligação à arabinose torna-a______ o que


induz a ________ do operão
(A) inativa… ativa … inativação.
(B) ativa … inativa… inativação.
(C) inativa… ativa … ativação.
(D) ativa … inativa … ativação.

5. No operão do triptofano, o controlo da sua síntese é efetuado pelo próprio num mecanismo de
feed-back negativo. Reconstitua a sequência temporal das etapas efetuadas neste operão,
quando há triptofano em excesso na célula, colocando por ordem as letras que as identificam.
A- Represso inativo.
B- Repressor liga-se ao operador.
C- Repressor torna-se ativo.
D- Concentração de triptofano atinge um nível elevado.
E- Não há transcrição dos genes estruturais.

6. Faça corresponder a cada uma das afirmações expressas na coluna A, relativa a conceitos de
genética, um dos números, que consta na coluna B que identifica a sua designação. Utilize
cada letra e cada número apenas uma vez.
COLUNA A COLUNA B

A – Local onde ocorre a ligação da RNA polimerase _____


1 – Proto-oncogene
B – Local onde ocorre a ligação da proteína
2 – Gene operador
repressora_____
3 – Gene estrutural
C - Contem informação para síntese de proteínas que
4 – Gene promotor
aceleram a divisão celular e resulta de uma
5 – Oncogene
mutação_____
6 – Gene regulador
D – A sua transcrição depende da proteína
7 – Gene supressor de
repressora_____
tumor
E – O p53 é um exemplo _____
8 – Proteína repressora

3º Teste – Versão 1 - Página 3 de 11


7. Explique de que forma a regulação génica é importante na manutenção da economia celular
das bactérias, tendo em conta que elas têm um curto tempo de vida, um baixo número de
compostos químicos e é responsável por todas as suas funções vitais.
____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________

GRUPO II

DOCUMENTO 1 -Nova técnica de edição genética pode permitir tratar forma de distrofia
muscular

Três estudos independentes sugerem que a nova técnica de edição


genética Crispr-Cas9 poderá permitir tratar a distrofia muscular de
Duchenne, uma forma rara de distrofia muscular humana. A técnica
Crispr-Cas9 recorre a um mecanismo do sistema imunitário das
bactérias e que, ao ser artificialmente introduzido nas células de
mamíferos, incluindo nas células humanas, permite cortar o ADN em
locais pré-escolhidos. A distrofia muscular de Duchenne (DMD) é
uma doença hereditária que atinge um rapaz em cerca de cada
3500. É provocada por mutações num gene situado no cromossoma
X, e as mulheres portadoras do defeito não desenvolvem a doença.
Portanto, apenas os homens, que são XY, adoecem. Os doentes,
cujas células não fabricam uma proteína chamada distrofina, sofrem
uma degenerescência muscular progressiva que acaba por os
confinar a uma cadeira de rodas por volta dos 10 anos e condena-os a uma morte prematura, em geral
antes dos 30 anos, devido muitas vezes a insuficiência cardíaca. O que os autores dos estudos agora
publicados fizeram foi demonstrar que, em ratinhos que sofrem de DMD, é possível restituir parcialmente a
produção de distrofina introduzindo nas células afetadas um “corrector ortográfico” Crispr-Cas9, cujo alvo é
o defeito genético em causa, a bordo de vírus tornados inócuos que funcionam como veículo de entrada nas
células. Essencialmente, o que a “tesoura molecular” Crispr-Cas9 – que os cientistas injetaram diretamente
em músculos afetados dos animais – conseguiu fazer foi identificar e remover a parte danificada do gene
que codifica a distrofina. Isso permitiu que as células musculares tratadas passassem a fabricar uma
quantidade de distrofina, que embora fosse bastante inferior a uma produção normal, era suficiente para
restaurar parcialmente a função muscular dos animais doentes, explica a Science em comunicado.
Texto baseado e adaptado dehttps://www.publico.pt/ciencia/noticia/nova-tecnica-de-edicao-genetica-pode-permitir-tratar-forma-de-
distrofia-muscular-1718801(consultado em janeiro 2016)

3º Teste – Versão 1 - Página 4 de 11


Na resposta a cada um dos itens de 1.a 5., selecione a única opção que permite obter uma
afirmação correta.

1.Na atrofia muscular de Duchenne encontra-se um mutação ____ que conduz____…


(A) genica…à produção anormal de distrofina.
(B) cromossómica… à produção anormal de distrofina .
(C) cromossómica…à não produção de distrofina .
(D) genica …à não produção de distrofina .

2- Na DMD ocorreu erro na________ e no síndrome de Klinefelter ocorreu erro ______


(A) disjunção de cromatídeos durante a meiose […] na replicação do DNA
(B) replicação do DNA […] também na replicação do DNA.
(C) replicação do DNA […] na disjunção de cromatídeos durante a meiose.
(D) disjunção de cromatídeos durante a meiose […] também na disjunção de cromatídeos
durante a meiose.

3. O cariótipo de uma mulher com síndrome de Turner é ______ e o de um homem com


atrofia muscular de Duchenne é ________
(A) 45, XO… 46, XY.
(B) 47, XXX … 47, XXY.
(C) 47, XXX … 46, XY.
(D) 45, XO … 47, XXY.

4.Os oncogenes resultam da mutação de ____ e os genes supressores de tumores ________


(A) antioncogenes ... estimulam a divisão celular.
(B) genes normais … produzem proteínas inibidoras da divisão celular.
(C) antioncogenes ... inibem a divisão celular.
(D) proto-oncogenes … produzem proteínas estimuladoras da divisão celular.

5. Uma poliploidia pode levar ...


(A) à formação de novas espécies a partir de híbridos estéreis.
(B) sempre à formação de novas espécies.
(C) sempre a cariótipos viáveis.
(D) à formação de novas espécies a partir de híbridos que nascem férteis.

3º Teste – Versão 1 - Página 5 de 11


6. Faça corresponder cada uma das descrições relativas a descrições de mutações, expressas
na coluna A, à respectiva designação, que consta da coluna B. Utilize cada número apenas
uma vez.
COLUNA A COLUNA B
A – Adição de genes resultante do seu homólogo _____ 1 – Translocação recíproca
B – Perda de material cromossómico_____ 2 – Síndrome de Jacobs
C – Permuta de segmentos entre cromossomas não 3 – Inversão
homólogos _____ 4 – Deleção
D – Mudança de nucleótido _____ 5 – Duplicação
E – Cariótipo 46, XY+18 _____ 6 – Substituição
7 – Síndrome de Edwards
8 – Adição ou inserção

7. Explique em que medida, técnicas semelhantes à Crispr-Cas9, permitirá originar indivíduos


sem mutações do tipo da referida no texto._________________________________________
_____________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

GRUPO III
Produção de insulina por microorganismos
As pessoas que não produzem a quantidade suficiente de insulina, como os diabéticos, precisam
de tomá-la em forma de remédio, mas como é fabricada essa insulina vendida como remédio? A
maneira mais antiga para se obter insulina é fazer a sua extração a partir de pâncreas de bois e
porcos. A insulina que esses animais produzem é bastante parecida com a humana, e pode
mesmo exercer as suas funções no nosso organismo. Entretanto, algumas pessoas reagem com
manifestações alérgicas a essa insulina.
Hoje em dia já é possível fabricar insulina a partir de bactérias, que normalmente não produzem
essa substância. A produção de insulina pelas bactérias é possível graças às técnicas da
biotecnologia. Atualmente é possível introduzir segmentos do DNA humano no DNA das bactérias.
Usando umas enzimas especiais pode-se cortar segmentos de DNA que contenham informações
para a síntese de uma determinada proteína, quer dizer, pode-se cortar o DNA separando partes
que contêm genes. Com essa técnica é possível isolar pedaços de DNA com genes escolhidos,
como por exemplo o gene responsável pela síntese de insulina.
Também com o uso destas enzimas é possível romper o DNA de pequenos círculos de DN das
bactérias.
3º Teste – Versão 1 - Página 6 de 11
Utilizando a DNA ligase, capaz de refazer as ligações entre as moléculas de DNA, é possível
refazer o DNA bacteriano introduzindo o pedaço de DNA humano.

Com essa técnica consegue-se passar um segmento do DNA humano para o de uma bactéria e
assim as bactérias tornam-se produtoras de proteínas humanas.

Se elas forem mantidas vivas e em crescimento, tornam-se verdadeiras fábricas de produtos


exatamente iguais aos que nosso corpo produz.

http://microengenheiros.blogspot.pt/

Na resposta a cada um dos itens de 1.a 5., selecione a única opção que permite obter uma afirmação
correta.

1. As enzimas que cortam segmentos de DNA são as _______ e a que permite passar RNA a DNA
é a_______
(A) de restrição … transcriptase reversa.
(B) ligases… transcriptase reversa.
(C) ligases … DNA polimerase.
(D) de restrição … DNA polimerase.

2. Da interpretação do texto podemos concluir que nesta técnica foi usado, como vetor, um...

(A) plasmídio humano.


(B) bacteriófago.
(C) plasmídio bacteriano.
(D) segmento de DNA humano.

3º Teste – Versão 1 - Página 7 de 11


3. Na técnica do DNA fingerprint os fragmentos deslocam-se para o pólo ___ ficando os que têm
_____ nucleótidos mais próximos deste pólo.
(A) positivo…. mais.
(B) positivo… menos..
(C) negativo… menos.
(D) negativo… mais.

4. A técnica do cDNA permite a…


(A) replicação de uma sequência de DNA.
(B) obtenção, somente, de um organismo geneticamente modificado.
(C) transcrição de uma sequência de DNA.
(D) produção de DNA a partir de mRNA funcional.

5. Na técnica do PCR …
(A) obtêm-se milhões de cópias do mesmo fragmento de DNA.
(B) utiliza-se um gel de agarose.
(C) utiliza-se a DNA polimerase humana.
(D) obtêm-se moléculas de cDNA ou rDNA .

6. Ordene a sequência de acontecimentos identificados pelas letras de A a E, de acordo com a


técnica descrita no texto para obtenção de insulina.
(A) - Cultura das bactérias com o gene que produz corretamente a insulina.
(B) – Introdução do gene humano na bactéria.
(C) – Utilização de enzimas para “cortar” o DNA.
(D) - Extração da insulina.
(E) – Utilização de enzimas para obtenção do DNA recombinante.

7. Explique porque é que a insulina retirada do pâncreas de porcos poderia provocar efeitos
secundários em humanos e a produzida por esta técnica não os provoca.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

3º Teste – Versão 1 - Página 8 de 11


GRUPO IV
A figura seguinte ilustra o processo de produção e atuação do interferão.

http://e-portefoliobio.blogspot.pt/

Na resposta a cada um dos itens de 1.a 7., selecione a única opção que permite obter
uma afirmação correta.
1. Os basófilos são _____ e ____.
(A) granulócitos ... produzem vasodilatadores.
(B) granulócitos ... fazem fagocitose.
(C) agranulócitos... fazem fagocitose.
(D) agranulócitos ... produzem vasodilatadores.

2. A quimiotaxia é desenvolvida por substâncias libertadas …


(A) pelos neutrófilos.
(B) pelos agentes invasores.
(C) pelas células lesionadas.
(D) pelos basófilos.

3. Na fagocitose intervêm …
(A) só neutrófilos e mastócitos.
(B) neutrófilos e macrógagos.
(C) só leucócitos granulares.
(D) monócitos e linfócitos .

3º Teste – Versão 1 - Página 9 de 11


4. O interferão é produzido pela célula ____ e as proteínas antivirais resultam da ativação de genes
_______

(A) contaminada ... da célula contaminada.


(B) Invasora ... da célula contaminada.
(C) invasora ... de células vizinhas.
(D) contaminada... de células vizinhas.

5. O sistema de complemento é constituído por _______ e podem produzir_______ …


(A) proteínas que circulam no plasma ... lise celular das bactérias invasoras.
(B) proteínas que circulam no plasma... lise celular das células infetadas.
(C) proteínas que estão no interior das células ... lise celular das células infetadas .
(D) proteínas que estão no interior das células...lise celular das bactérias invasoras.

6. Na resposta sistémica…
(A) as substâncias pirogénicas produzidas só por alguns leucócitos, atuam no hipotálamo.
(B) as substâncias pirogénicas, que podem ser toxinas dos agentes invasores, atuam no
hipotálamo.
(C) diminui a permeabilidade dos capilares sanguíneos para diminuir a febre.
(D) qualquer valor de temperatura elevada pode ser letal ao organismo invadido.

7. Ordene a sequência de acontecimentos, identificados pelas letras de A a E, que demonstra as


etapas da resposta inflamatória.
(A)- Libertação de histamina.
(B)- Destruição da barreira.
(C)- Digestão dos organismos invasores.
(D)- Aumento da quantidade de linfa intersticial.
(E)- Atração de fagócitos.

8. Explique a importância de uma pessoa com uma virose grave tomar medicamentos à base de
interferão.
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________

FIM
3º Teste – Versão 1 - Página 10 de 11
COTAÇÕES
GRUPO I

1. 5 pontos
2. 5 pontos
3. 5 pontos
4. 5 pontos
5. 10 pontos
6. 10 pontos
7. 10pontos

50pontos

GRUPO II

1. 5 pontos
2. 5 pontos
3. 5 pontos
4. 5 pontos
5. 5 pontos
6. 10pontos
7. 15pontos

50pontos

GRUPO III
1. 5 pontos
2. 5 pontos
3. 5 pontos
4. 5 pontos
5. 5 pontos
6. 10 pontos
7. 15 pontos
50pontos

GRUPO IV
1. 5 pontos
2. 5 pontos
3. 5 pontos
4. 5 pontos
5. 5 pontos
6. 5pontos
7. 10pontos
8. 10 pontos

50pontos

TOTAL 200pontos

3º Teste – Versão 1 - Página 11 de 11

Você também pode gostar