Você está na página 1de 101

MANUAL DO EVANGELIZADOR

Projeto igreja em minha casa

ASSEMBLEIA DE DEUS
Plantando igrejas para colher vidas

Organização Pr. LUIZ REGO NETO


Assembleia de Deus – N.S. dos Remédios-PI
MANUAL DO EVANGELIZADOR
ANOTAÇÕES DAS AGENDAS DE VISITAS
Integrantes do grupo:
Nome:_______________________________________________ Observações:__________________________________________________________________________________________
Nome:_______________________________________________ _________________________________________________________________________________________________________
_______
Residência Bairro Data Horário

Página | 2
INTRODUÇÃO
SUMÁRIO Este ano foi marcado com a morte do maior pregador do evangelho dos nossos tempos,
estou me referindo a William Franklin “Billy” Graham Jr. Billy Graham pregou
Introdução.
pessoalmente para mais pessoas do que qualquer pregador dos seus dias ao redor do
1. Conhecendo a lei do estado laico.
mundo. De acordo com a sua equipe, a partir de 1993, mais de 2,5 milhões de pessoas
2. O projeto igreja em minha casa.
tinham dado “Um passo à frente em suas cruzadas para aceitar Jesus Cristo como seu
3. Elementos da comunicação.
Salvador pessoal”.
4. O significado de o termo evangelizar.
5. O preparo do evangelizador.
Em uma das suas célebres frases, ele disse: “A Salvação é de graça, mas o discipulado
6. O cuidado com a forma de falar do evangelizador.
custa tudo o que temos”. Ele estava certo. Precisamos fazer alguma coisa pela salvação
7. Definição de pecado e salvação.
de uma vida; de tudo que temos, é necessário pelo menos doarmos um pouco por causa
8. O plano da salvação.
das almas que se perdem. De todo tempo que Deus nos deu, precisamos tirar um pouco de
9. Os cuidados que o evangelizador deve ter ao entrar em uma casa.
tempo para falar do amor de Cristo aos perdidos; de toda inteligência que Deus nos deu,
10. As seitas heréticas
precisamos usar um pouco para realizamos melhor a obra de Deus.
11. O catolicismo romano.
 A pureza da igreja primitiva e a cruel perseguição de romana. O apostolo Paulo já recomendava: “remindo o tempo, porquanto os dias são maus” (Ef
 A origem do termo católica. 5:16). Tomas Coker diz que o termo “remindo” vem do grego exagorazō “A palavra tem
 O nascimento da igreja católica romana. uma força peculiar e implica, “recuperar e comprar novamente o que foi
 O momento que as heresias entraram na igreja e mancharam sua perdido”. Esforçar-se para recuperar e trazer de volta na medida do possível, o tempo que
pureza. foi infelizmente perdido e jogado fora nas enormidades de sua vida pagã, usando
 Lista de heresia e tradições adotadas pelo catolicismo romano diligentemente o que resta para os melhores e mais valiosos propósitos”.
 A ruptura da Igreja católica romana.
 A reforma protestante. O Dr. Heylin por sua vez diz: “cada hora tem o seu próprio dever; Quando cumprimos esse
 A expansão das denominações. dever, melhoramos, isto é, aproveitamos o melhor do nosso tempo.” Será que há dever e
 O movimento contrarreforma. propósito mais elevado do que aquele que nos foi delegado pelo Senhor Jesus Cristo
 As divisões das denominações. Quando disse: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” (Mc 16:15) (?)
 O movimento carismático.
12. A nossa denominação Assembleia de Deus na história da igreja. Esse tempo que devemos aproveitar é a oportunidade que Deus está nos dando para
13. A congregação cristã no Brasil. fazermos de tudo para não negligenciarmos o trabalho de evangelização pessoal, para que
14. A igreja adventista do sétimo dia. assim, alguns sejam salvos. Paulo dizia: “Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por
15. As testemunhas de Jeová. todos os modos, salvar alguns.” (1Co 9:22). Não há causa mais sublime para um crente
16. As igrejas Neopentecostais. investir um pouco do seu tempo, talentos e finanças do que a causa de cooperar e
17. Religiões afro-brasileiras. compartilhar o evangelho com alguém. Paulo estava aproveitando seu tempo, por isso
18. A libertação da possessão demoníaca. dizia: “Tudo faço por causa do evangelho, com o fim de me tornar cooperador com ele” (1Co
19. Evangelização nos presídios. 9:23).
20. Evangelização nos hospitais.
21. Como evangelizar Gays e Lésbicas. Minha oração é que Deus use esse material que está em suas mãos para fazer de você um
As 95 teses de Lutero instrumento para a salvação de muitos em nossa cidade.
Biografias Pr. Luiz Neto

Página | 3
1. CONHECENDO A LEI DO ESTADO LAICO Nossa conscientização diante do exposto.
Você já leu esta frase: "Sua religião não é a nossa lei, o estado é laico"
O evangelizador deve estar conscientizado que, os nossos princípios religiosos
Laico. Etimologicamente, vem da palavra grega λᾱϊκός (Laikos, "do povo", (religião que professamos) não é a lei. Cada pessoa é livre perante Deus em todas as
"leigo") e do adjetivo λᾱός (laos, "povo"). Um Estado laico ou secular é um questões de consciência, tendo o direito de abraçar ou rejeitar a religião. Mas isso não
conceito do secularismo onde o poder do Estado é oficialmente imparcial em significa que o cristão deva se omitir no cumprimento do evangelismo pessoal, pois
relação às questões religiosas, não apoiando nem se opondo a nenhuma religião. esse trabalho é lei divina e não humana.

Conceito. Um Estado é considerado laico quando promove oficialmente a Como disse certo pensador: “Que eu nunca perca minha dignidade, meu caráter, meus
separação entre Estado e religião. princípios, meus valores, minha integridade, minha inocência, minha sobriedade e
O Estado também deve garantir e proteger a liberdade religiosa de cada cidadão. minha esperança de um mundo melhor” (Christyan Yury da Silva Matos).

O Brasil é um estado laico. O Brasil mesmo com maioria católica, o país é O Apostolo Paulo já dizia: “mas, como fomos aprovados de Deus para que o evangelho
oficialmente um Estado laico, ou seja, adota uma posição neutra no campo nos fosse confiado, assim falamos, não como para agradar aos homens, mas a Deus, que
religioso, busca a imparcialidade nesses assuntos e não apoiando, nem prova o nosso coração.” (1Ts 2:4)
discriminando nenhuma religião.
Quando ordenaram aos Apóstolos que não falassem, e tampouco ensinassem em o
As leis. Esse trecho de nossa Constituição determina, portanto, que o Estado Nome de Jesus, estes responderam: “Julgai vós mesmos se é justo diante de Deus
brasileiro não pode se manifestar religiosamente. Também vale notar que o obedecer a vós mais do que a Deus. Pois não podemos deixar de falar de tudo quanto
artigo 5º, inciso VI também diz: vimos e ouvimos!” (Atos 4:10,20)

“É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre 2. O PROJETO IGREJA EM MINHA CASA
exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de
culto e as suas liturgias;” Esse projeto é um trabalho evangelístico nascido sob a ordem dada por nosso Senhor
Jesus quando Ele disse: “Enquanto estiverdes indo pelo mundo inteiro proclamai o
A Intolerância religiosa. Intolerância religiosa é a discriminação contra as Evangelho a toda criatura.” (Marcos 15:16 KJA). Foi na preocupação de cumprir essa
pessoas e grupos que têm diferentes crenças ou religiões, e é marcada sublime ordem, que nós idealizamos o projeto “IGREJA EM MINHA CASA” como uma
principalmente pelas atitudes agressivas e ofensivas. forma de mobilizar a igreja a evangelizar casa por casa, tomando por base a estratégia
de Cristo quando este enviou setenta discípulos de dois em dois, como assim diz:
Por exemplo: humilhar, perseguir, discriminar ou agredir alguém por ter uma “Depois disto, o Senhor designou outros setenta; e os enviou de dois em dois...” (Lucas
religião ou crença diferente de outra pessoa é constituído ato de intolerância 10:1)
religiosa. Dinâmica do Projeto:
 35 casais de cônjuges ou não (70 evangelizadores)
No Brasil, a intolerância religiosa é um crime de ódio, classificado como  Treinamento antecipado
inafiançável e imprescritível.  Visitações agendadas
 Ação conjunta dia e horário
 Alcance do maior número de casas da cidade
 Incluir a zona rural no projeto

Página | 4
3. ELEMENTOS DA COMUNICAÇÃO Acima de tudo o evangelizador deve Confiar na ajuda de Deus
No processo de comunicação do evangelho, temos esquematicamente:
O grande líder de Israel tinha medo de falar em público.
1. Emissor. É aquele que transmite a mensagem; este é o pregador do
Evangelho.
“Então, disse Moisés ao SENHOR: Ah! Senhor! Eu nunca fui eloquente, nem outrora, nem depois
2. Receptor. É aquele que recebe a mensagem; este é o ouvinte da Palavra
de Deus. que falaste a teu servo; pois sou pesado de boca e pesado de língua. Respondeu-lhe o SENHOR:
3. Mensagem. É tudo aquilo que o emissor transmite ao receptor; é o Quem fez a boca do homem? Ou quem faz o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego? Não sou
objetivo da comunicação. eu, o SENHOR? Vai, pois, agora, e eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de
4. Canal. É o meio físico do contato, o veículo por meio do qual a mensagem é falar.” (Êxodo 4:10-12)
levada do emissor para receptor.
Adam Clark diz: “Mas como se poderia dizer que Moisés não era eloquente quando
Estevão afirma, Atos 7:22, que era poderoso tanto em palavras quanto em
Os cuidados que o emissor deve ter com a voz:
ações? Existem duas maneiras de resolver essa dificuldade:”
1. Não fale gritando.
2. Não grite.
3. Não cante forçando o timbre da sua voz. 1. Moisés poderia ter tido alguma enfermidade natural, que naquele momento tornava
4. Não beba água demasiadamente gelada. impossível para ele falar prontamente.
5. Evite o uso do giz escolar. 2. É possível que ele não estivesse familiarizado com a língua hebraica, pois os primeiros
quarenta anos de sua vida ele passou no Egito.
O medo de falar em público Tradição
Medo de falar em público é denominado como Glossofobia. Muitas pessoas Apesar da falta de uma afirmação explícita da Bíblia, há muito tempo os judeus julgam Moisés
experimentam algum grau de ansiedade antes de falar em público; a causa como um gago. O Talmud (texto importante do judaísmo) Conta-se que alguns do palácio do
disso pode ser: Faraó julgavam Moisés uma ameaça e o acusavam diante do soberano. O faraó, então, disse:
 Um trauma do passado quando criança ou mesmo já adulto (a); façamos uma prova. Vamos dar a ele uma pepita de ouro e uma brasa, para que ele a coloque
 Timidez; na boca. Se ele pegar a o ouro significa que é uma ameaça e se pegar a brasa quer dizer que é
inofensivo. Iluminado por Deus pegou a brasa, queimando a língua e enganando o Faraó.
 Despreparo.
Para superar o medo de falar em público. Não importa quais sejam as razões do medo de falar em público; leia estas
promessas de Deus:
1. Tenha domínio e conhecimento do que vai falar;
2. Treine! É importante que você faça ensaios muitas vezes antes de se expor; Isaías 50:4 “O SENHOR Deus me deu língua de eruditos, para que eu saiba dizer boa
3. Controle suas emoções; Respire, inspire e expire; palavra ao cansado. Ele me desperta todas as manhãs, me desperta o ouvido para que
4. Treine na frente de um espelho; eu ouça como os eruditos.”
5. Mantenha o semblante alegre; (Erudito: indivíduo que revela vasto saber acadêmico ou adquirido através do estudo.)
6. Seja natural ao falar em público;
7. Leve um roteiro do que vai falar; Jeremias 1:9 “Depois, estendeu o SENHOR a mão, tocou-me na boca e o SENHOR me
disse: Eis que ponho na tua boca as minhas palavras.”

Lucas 21:15 “porque eu vos darei boca e sabedoria a que não poderão resistir, nem
contradizer todos quantos se vos opuserem.”
Página | 5
RELACIONAMENTO é o segredo para levar uma pessoa a Jesus. 4. O SIGNIFICADO DE O TERMO EVANGELIZAR.
Christian A. Schwarz no livro evangelização básica, diz que fez 1987
Buscando um significado para o termo EVANGELIZAR, encontramos no Dicionário
uma pesquisa com mais de 1.600 crentes, e cada um podia citar quantos
Evangélico Baker de Teologia Bíblica, fazendo uma Definição básica. "Evangelizar" é
e quais fatores haviam influenciado a sua decisão por Jesus e pela igreja.
proclamar as boas novas da vitória da salvação de Deus. "Evangelismo" é o
Uma ou mais das oito respostas abaixo, foram dadas:
substantivo que denota essa atividade. (2Co 2:12, Filipenses 1: 5 ).Wycliffe diz que o
1. Uma situação de emergência ou de necessidade. termo grego euaggelion, que significa “boas novas”, tornou-se um termo técnico para a
2. Simplesmente uma parada para ver o que estava acontecendo na igreja. mensagem essencial da salvação.
3. O Pastor foi o motivo.
4. Uma visita em minha casa. Todos nós somos responsáveis por levar a tão preciosa mensagem ao mundo, Paulo
5. A educação cristã oferecida. ensina que os mensageiros adequados das boas novas não são apenas pastores e
6. As campanhas evangelísticas. evangelistas (Romanos 1:9; Efésios 3:5,10; Colossenses 1:7;) nem tão pouco
7. A programação do rádio ou TV.
unicamente os missionários em tempo integral (1Co 9: 14,18; 2Col 11: 7), mas toda a
8. E, por fim, alguns responderam que encontraram caminho para Jesus e para
a igreja por meio de um amigo ou parente. igreja de Cristo (Efésios 3:1;Colossenses 1: 7). Todo membro da igreja deve ter os pés
calçados na preparação do evangelho da paz (Efésios 6:15).
Situação de emergência e necessidade 8%
Parar para ver o que estava acontecendo na igreja 12% No 12%
plano humano, o evangelismo não é apenas a proclamação de um testemunho
Pastor 22% comissionado (Romanos 10:15). É também uma "tradição" (1 Coríntios 15: 1-3) e uma
Visita na casa 4% atividade polêmica 4% pela qual alguém sofrerá perseguição e, ao mesmo tempo,
Educação cristã oferecida 4% oferecerá
4% defesa ( Filipenses 1: 7,16 ; 2 Timóteo 1: 8,12 ; 2: 9 ).
Campanha evangelística 5% 5%
Nós precisamos ter a consciência tranquila, pois neste trabalho não estamos sozinhos;
Programa de rádio ou TV 0,5% 0,5%
quando os discípulos saíram pregando por todas as partes, o SENHOR cooperava com
Amigos/parentes 76% 76%
eles e confirmava a palavra com os sinais que se seguiram (Marcos 16:20), assim as
Escrituras destacam que o poder do Espírito Santo dá para o crente uma profunda
O resultado dessa pesquisa é inequívoco: uma maioria esmagadora de
convicção na pregação do evangelho (1Tessalonicenses 1: 5)
crentes atualmente ativos (76%) tem suas raízes espirituais no
relacionamento com amigos e parentes, por meio do qual veio a Jesus e a Pedro diz que há um poder no evangelismo para fazer a pessoa nascer de novo para a
igreja. Então, concluímos que o meio mais eficaz para ganharmos vidas vida eterna (1: 23-25). Pedro deixa claro que não é o ato de evangelizar, mas as boas
par Cristo está nos nossos relacionamentos. novas comunicadas nesse ato, a Palavra de Deus que permanece para sempre, que é a
semente imperecível que, pelo Espírito (1:12), dá o novo nascimento.
Filipe através do relacionamento levou Natanael à Jesus.
“No dia imediato, resolveu Jesus partir para a Galiléia e encontrou a Filipe,
a quem disse: Segue-me.” (João 1:43) “Filipe encontrou a Natanael e disse- "Sinto o maior gozo em ganhar uma alma para Cristo, do que em ganhar
lhe: Achamos aquele de quem Moisés escreveu na lei, e a quem se
referiram os profetas: Jesus, o Nazareno, filho de José.” (João 1:45)
montanhas de ouro e de prata, para mim mesmo". Matheus Henry

Página | 6
1. Preparo espiritual. A Bíblia conta a história dos sete filhos do sumo sacerdote Ceva,
Por que evangeliza? que tentaram expulsar espíritos demoníacos, mas um dos endemoninhados disse:
1. Porque o nosso Senhor ordenou (Mc 16.15). “Jesus, eu conheço, Paulo, sei quem é; no entanto, vós, quem sois? Como que quisesse
2. Porque temos recebido de Deus talentos, e assim temos uma dizer: Qual o poder que você tem para nos expulsar? ”“E um endemoninhado avançou
mordomia para dar conta (Mt 25.14-30; Lc 16.2; 19.13). sobre eles, e os agrediu com tamanha violência, que, desnudos e feridos, fugiram
daquela casa”
3. Porque somos cooperadores de Deus em seu trabalho (2Co 6:1,2).
4. Porque o pecador sem Jesus está perdido (Rm 5.12). O evangelizador deve preparar sua vida para as batalhas espirituais; orando e
Jejuando. (Mateus 17:21) Fazendo assim, você estará revestido de toda a armadura
Vejamos as desculpas mais comuns dos crentes quanto a esta ordem de Deus para resistir o dia mau. (Efésios 6:11-18)
do Senhor:
2. Preparo bíblico. É imprescindível que o evangelizador, tenha pelo menos um
a. "Estou muito ocupado"; "Não tenho tempo". Entretanto o Senhor Jesus conhecimento básico da Bíblia, pois sem isso, ele pode se embaraçar ou passar
não estava tão ocupado a ponto de não morrer em nosso lugar. (Mt 26:45). vergonha frente aos questionadores religiosos. (1Pedro 3:15) o evangelizador dever
b. "Estou muito cansado". Jesus, no sol de meio-dia, não estava tão cansado a ser como evangelista Filipe, pronto para explicar a escrituras sagradas (Atos 8:30,31)
ponto de não poder atender a samaritana perdida (Jo 4.6,7).
c. "Não sei falar ou "Não tenho capacidade". Outros também já deram as Certo Pastor disse que muitos crentes estão com a Bíblia na seguinte condição:
mesmas desculpas, mas ao obedecerem à ordem do Senhor, foram "Tô contigo e não abro"; "Tô contigo, abro, mas não leio! ''; “Tô contigo, abro, leio, mas não
maravilhosamente usados por Ele. Estude os exemplos de Moisés (Ex 3.11) - pratico”!”.
Gideão (Jz 6.15) - Isaías (Is 6.5) - Jeremias (Jr 1.6) - Amos (Am 7.14) portanto,
entregue ao Senhor o que você tem. Ele transformará o pouco no muito (Jo 3. Qualificações para a chamada do Evangelizador
6.9-13). Ele dará a capacidade necessária (Mt 4.19; 2 Co 3.5).

 Novo Nascimento – Jo 3.3; ICo 2.14-16 2.3.2


5. O PREPARO DO EVANGELIZADOR.  Revestimento de poder – Lc 24.47-49 3.2.3
Todos os salvos em Jesus Cristo podem evangelizar. Mas, para que a  Andar com Deus – At 3.12 2.3.5
evangelização seja bem-sucedida, precisamos estar preparados em três  Educação – At 7.22 2.3.4
principais áreas de nossa vida.  A Escola da experiência – IICo 1.4,5 2.3.6
 Humildade – ICo 1.27-29 2.3.7
1. Preparo moral. Esse requisito está em primeiro lugar, pois sem ele,  Conhecimento bíblico – Mt 2.7
os demais ficam inoperantes. Uma pessoa moralmente equilibrada tem
um comportamento dentro da sociedade que refletehonestidade, 4. Exigências para a chamada do Evangelizador
bondade, o respeito para com todos. O evangelizador deve estar com  Coragem – At 19.30
seus negócios em dia, praticar a generosidade, ter cuidado com as más  Diligência – Rm 12.8,11; ITm 1.15
conversações e comportamentos junto aos incrédulos, para que assim,
 Discrição – ITm 6.11
tenha um bom testemunho e não caia no laço do diabo. (1Timóteo
3:7). Paulo evangelizando o governador da Judéia, disse: "Procuro  Cortesia – IPe 3.8 f)
sempre ter uma consciência sem ofensa, tanto para com Deus como  Asseio – Mt 5.37; Tg 5.12
para com os homens" (At 24.16). A consciência nos seus dois lados -  Pontualidade – Mt 5.37
para com Deus e para com os homens - deve estar limpa. Muitos  Responsabilidade – Jr 48.10
crentes têm sido desaprovados por Deus por falharem nesta parte.

Página | 7
1. O CUIDADO COM A FORMA DE FALAR DO 2. DEFINIÇÃO DE PECADO E SALVAÇÃO.
EVANGELIZADOR. O que é o pecado? No AT a definição da palavra, vem do hebraico “chata” que significa
“perder a marca” Isso descreve uma pessoa que, disparando um arco e flecha, erra o alvo
Deixou bem claro que, devemos respeitar a incapacidade daqueles irmãos marcado. Isso significa que a pessoa perdeu a marca que Deus estabeleceu para a vida
que não tiveram a oportunidade de aprofundar-se nos estudos seculares e
dela. (Atos 17:26-28)
inocentemente pronunciam palavras erradas, em caso contrário é
inaceitável que pessoas que estudaram e tem até certas formações, se No NT a palavra é traduzida do grego “harmatia”, que significa “erra o alvo”, podendo
embaraçarem na hora de falar. ser entendida por “transgressão" literalmente, significa “avançar na linha”. Quem
atravessa uma linha de propriedade, entrou na terra de outra pessoa;
O escritor Alvin Toffler disse: "Os analfabetos do próximo século não são Esse termo é ilustrado em Pv. 22:28; 23:10; Dt 19:14; Jó 24:12. A pessoa que atravessa o
aqueles que não sabem ler ou escrever, mas aqueles que se recusem a padrão estabelecido por Deus cometeu um pecado. Segundo o dicionário teológico CARM,
aprender, reaprender e voltar a aprender". (Christian Apologetics & Research Ministry). O pecado é qualquer coisa que seja contrária
à lei ou à vontade de Deus. Pensamento, palavra, desejo, ação ou omissão de ação. Por
Então vejamos os cuidados que o evangelizador de ter: exemplo: se você mente, você tem pecado. Por quê? Porque Deus disse para não mentir
(Êxodo 20:16). Se você fizer o que Deus proibiu, então você tem pecado. Além disso, se
1. Cuidado com o pleonasmo vicioso. você não fizer o que Deus ordenou você peca da mesma forma (Tiago 4:17). O resultado é
Pleonasmo é uma figura de linguagem que se caracteriza pela redundância. separação eterna de Deus (Isaías 59: 2). O pecado é a iniquidade (1 João 1: 3) e a injustiça
Trata-se da repetição de palavras que tem o mesmo significado. (1 João 5:17 ). O pecado leva à escravidão (Romanos 6: 14-20) e à morte (Romanos 6:23).

Pleonasmos mais comuns: Entrar para dentro; Sair para fora; Descer O que é a salvação? A palavra hebraica traduzida em português para salvação indica
para baixo; Subir para cima;Dupla de dois;Seguir em frente;Gritar “Segurança” (Salmos 40:2). O termo grego solteria, tem a ideia de “remédio e cura” isso
alto;Retornar de novo;Cego dos olhos;Pessoa humana;Estrelas do céu;Sonhar porque o pecado é uma doença moral e espiritual (Isaías 1:5,6). Salvação é o "livramento"
de um pecador do justo julgamento de Deus. Quando alguém apela a Deus e procura
um sonho;Pisar com os pés;Ver com os próprios olhos. ETC.
perdão em Jesus, seus pecados são perdoados. Ele é livre (Romanos 8:2). Seu
relacionamento com Deus é restaurado, e ele é feito uma nova criatura (2 Coríntios 5:17).
2. Cuidado com o modo caipira de falar.
Tudo isso é obra de Deus, não do homem. A salvação é um dom gratuito de Deus.
O falar caipira ou rural apresenta algumas marcas que evidenciam sua
(Romanos 6:23). A origem da salvação é a vontade de Deus, que decretou desde a
relação com o passado, pois traz, em suas formas diversas, alguns traços eternidade que providenciaria a salvação àqueles que cressem: “do SENHOR vem a
da língua portuguesa em sua formação, os quais revelam resquícios de salvação” (Jonas 2:9) Deus é o autor da salvação. O pecado é uma pré-condição para a
outras línguas, como o latim, línguas africanas e línguas indígenas. salvação; a salvação não seria necessária se não houvesse pecadores que necessitem dela.
A salvação só vem por meio de Jesus (Lucas 19:9), porque Ele veio para salvar (Marcos
Não pronuncie: pru mode que; di primeru; lá pra baxu;bêjo; pêxe; 3:4) A salvação requer coração arrependido (2Coríntios 7:10) renúncia do pecado (Tito
ôro;muié;homi; briba;nutíça;vortei; candeu vortar;braba; é mermu; 2:12) e a fé salvífica, a única fé que nos dá condição para recebermos o dom da salvação
drobanu; alembrá; pra mó di dexá limpo;pra donde; nóis veiu juntu. Etc. de Deus (Efésios 2:8,9).

O que caracteriza essa fé salvífica?


Dependência somente de Jesus para a salvação (Jo15:5); reconhecimento que Ele, e
somente Ele é a Fonte e a Suficiência da vida eterna (Jo 6:68); Confiança e compromisso
com Jesus (Mt10:38); mudança de atitude (Comportamento e ação. c.f. Lucas 8:35) essa fé,
é oposta a fé natural. i.e. Fé que não salva.

Página | 8

O PLANO DA SALVAÇÃO
3. O PLANO DA SALVAÇÃO. Quatro coisas que não podem ser confundidas com a
evangelização:
O plano de salvação é um resumo da mensagem principal da Bíblia, que é:
I. Evangelização não é imposição.
1 - Deus nos ama. II. Evangelização não é testemunho pessoal.
(João 3:16)"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho III. Evangelização não é ação social e envolvimento público.
unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" IV. Evangelização não é apologética.

2 – Todos somos pecadores.


(Romanos 3:23) “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” O EVANGELIZADOR EM AÇÃO
a. Evite argumentação quando tratar com pecadores revoltados. Muitos
3 – Cristo morreu por nós.
pecadores quererão argumentar com você, inclusive com perguntas inusitadas
(Romanos 5:8) “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter
e alheias ao assunto da salvação. Diga-lhes que mais tarde cuidará disso. O que
Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores”
o pecador precisa agora é ser salvo.
b. Dependa a todo custo do Espírito Santo. Ele é quem faz a obra. Somente Ele
4 - Precisamos aceitar Jesus como nosso salvador.
pode convencer e converter. Você não pode converter ninguém. Se o Espírito
(Romanos 10: 9 e 10)"Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu Santo não operar, não pode haver conversão.
coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. Visto que com o c. Dependa também da Palavra de Deus. Ela é garantida por Deus (Is 55.11).
coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação". Precisamos conhecer e confiar na Palavra de Deus. O que dizemos de nós
mesmos não vai muito longe, mas aquilo que Deus diz na sua Palavra, sim.
5 - Teremos uma nova vida em Cristo. d. Ore sempre. Ore antes de começar o trabalho. Ore em espírito durante o
trabalho. Depois do trabalho realizado, regue-o com oração. Deus responde à
(2 Coríntios 5:17)"Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas oração.
velhas já passaram; eis que tudo se fez novo". e. Use poucos versículos para cada caso. Um ou dois versículos bastam. Muitas
receitas podem confundir o "doente", além disso, poucos versículos firmam
melhor a verdade na memória do pecador.
O que significa a expressão “aceitar a Jesus”
f. Não espere que o pecador seja salvo como você o foi. Não duvide da
A expressão “aceitar a Jesus” “é utilizada, para descrever o momento em que uma genuinidade do fato só porque não foi igual ao seu. Deus tem modos diferentes
pessoa após ter ouvido o plano da salvação, decide entregar sua vida a Cristo, de agir.
pedindo perdão por seus pecados e crendo que o sacrifício de Jesus na cruz é o
suficiente para aproximá-lo de Deus”. O GANHADOR DE ALMAS É AQUELE QUE:
1. Planta a boa semente da Palavra de Deus no coração dos pecadores (Ec 11.6;
Confessar que Cristo é o seu Salvador Lc 8.11; 1 Co 3. 7)
2. Rega a boa semente da Palavra nos corações que a recebem (1 Co 3-7), até
(Rm 10.10b) Isto é a decisão em si (At 3.19b). Confessar é a pessoa declarar que ela cresça (Ec 11.6)
publicamente que aceitou o Salvador. Não pode haver crente secreto, isto é, só de 3. Busca a Deus, suplicando pelas almas perdidas (At 7.60)
coração. Quem aceita a Jesus como seu Salvador tem logo um desejo intenso e 4. Sofre por Jesus, mas não deixa de realizar a obra do Senhor (At 5.41,42;
espontâneo de manifestar isso. Cada salvo sabe muito bem disso por experiência. 21.12,13)
5. Ceifa, pois as terras já estão brancas para a ceifa (Jo 4.36)

Página | 9
Como explicar o plano de salvação? 4. OS CUIDADOS QUE O EVANGELIZADOR DEVE TER AO
Existem muitas formas de explicar o plano de salvação. Cada pessoa é diferente,
então não existe nenhuma “fórmula mágica”. Por isso, é importante adaptar a
ENTRAR EM UMA CASA.
explicação de acordo com a situação e orar pedindo sabedoria a Deus (Efésios 6:19-
20).
a. Cuidado com a sua apresentação pessoal. Sua aparência é importante, como é

importante a mensagem que você leva. Roupa passada, gravata no lugar, limpeza
 1. Explique com amor – tente contar sobre o plano de salvação, mas tenha sempre
respeito e consideração pela pessoa que está ouvindo – (1 Pedro 3:15-16) geral, inclusive das unhas; barba bem feita, cuidado com o hálito. O traje deve ser
 modesto, decente e de bom gosto. Um traje mundano, imoral e indecente não é
 2. Abra espaço para perguntas – não domine a conversa; ouça o que a outra próprio do cristão; pode atrair o povo, mas não para Cristo. Não permita que seu
pessoa tem a dizer e procure entender o que ela precisa. (Atos 8:30) traje seja motivo de atração para os ímpios, desviando, assim, a atenção a Cristo.
 Diz a Palavra de Deus no Sl 103.1: "Tudo o que há em mim bendiga o seu santo
 3. Seja pessoal – o plano de salvação não é uma filosofia abstrata; conte sua nome"
experiência pessoal, mostre como o plano de salvação afeta sua vida. b. Cuidado com o uso da fala. (1Co 14.9). Ao ler a Bíblia ou falar ao pecador,

procure pronúncia corretamente as palavras, o que inclui todas as suas letras.
 4. Convide a aceitar Jesus – se a pessoa mostra interesse pelo plano de salvação,
Evite o pedantismo a todo o custo, porque logo será descoberto. Pedantismo é
explique que ela também pode aceitar Jesus e, se a pessoa quiser, ajude a orar.
falsa cultura. Uma dicção exata impõe-se e dá destaque. Jesus certamente
Algumas pessoas poderão entender o plano de salvação logo, mas outras vão observava bem estas regras. O correto emprego das palavras é também muito
precisar de mais tempo. Se uma pessoa está interessada, é bom sugerir fazer alguns importante. Por exemplo, nunca dizer "verso" em lugar de "versículo", quando
estudos bíblicos para saber mais. Não tente forçar ninguém. O trabalho de referir-se às divisões dos capítulos da Bíblia o certo é "versículo". Jesus ensinou
convencer e converter pertence a Deus (João 16:7-8) seus discípulos a orar, mas não a pregar, porque aprender a falar e pregar são
tarefas nossas. Jesus unge a mensagem e opera por meio dela.
Atenção: Jesus nos chamou para fazer discípulos, não apenas para explicar o plano c. Cuidado para não atacar ou condenar as pessoas. A mensagem do evangelho
de salvação (Mateus 28:19-20). Quando uma pessoa se converte, ela precisa de traz boas novas, não condenação. Jesus disse: Porque o Filho do Homem não veio
acompanhamento e ajuda para crescer. Você e a igreja têm a responsabilidade de para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las. (Lc 9:56). Evite ao
ajudar cada novo convertido. evangelizar, mencionar de forma direta e grosseira, os vícios, a idolatria, as
crendices que por ventura você saiba que haja naquela casa. Fale do plano da
salvação.
As coisas que acontecem quando alguém aceita Jesus como salvador:
d. Cuidado para não entrar em discussão com as pessoas. Não permitir que a
1. Cristo entra em sua vida (Apocalipse 3:20 ; Colossenses 1:27). conversa degenere em discussão. Diz uma autoridade em Relações Humanas:
2. Todos os pecados são perdoados (Colossenses 1:14). "Você nunca vencerá uma discussão. Se perder perdeu mesmo, e se ganhar perdeu
3. Ele torna-se filho de Deus (João 1:12). também, porque um homem convencido contra a vontade conserva sempre a
4. Ele recebe a vida eterna (João 5:24). opinião anterior. Quem perde numa discussão fica ferido no seu amor
5. Ele começa a viver a nova vida (João 10:10; 2 Coríntios 5:17 ; 1 Ts 5:18). próprio".Paulo ensinou: “Evita discussões insensatas, genealogias, contendas e
debates sobre a lei; porque não têm utilidade e são fúteis. ” (Tito 3:9)

Página | 10
Os tipos de pessoas que o evangelizador encontrará Causas que levaram alguém a desviasse dos caminhos do SENHOR:

São três os tipos ou classes de pessoas com que temos de tratar:  Não terem recebido a devida orientação espiritual (Ez 34.5,6).
 Manterem amizade e comunhão com incrédulos (2 Cr 19.2; 1 Co 15.33; 2 Co
 Não crentes 6.12-17; Tg 4.5).
 Crentes equivocados  Vida espiritual superficial (Lc 8.13). Crentes assim ofendem-se por qualquer
 Desviados coisa; aprendem a se queixar de tudo, e escandalizam-se ao verem maus
exemplos ou quando fatos e acontecimentos transcendem sua compreensão.
Estes tipos ou classes de pessoas são um dos fatores que determinam a maneira Exemplo: At 7.52, 60; 12.2.
de entrarmos no plano da salvação. Vejamos cada um.
 Desobediência consciente à Palavra de Deus (Pv 4.6). Se isso continuar, a queda
a. Não crentes; aqueles que não conhecem o evangelho. Se estes forem não demorará muito.
pessoas sinceras, brandas, gentis e que sinceramente desejam ser salvas, use  Exaltação ao ser abençoado, e esquecimento de Deus. Exemplo: o rei Uzias (2 Cr
o "Plano da Salvação". Se encontrarmos pessoas indiferentes, zombeteiras, 26.14-16).
religiosas ou opostas à religião, podemos começar mostrando-lhes que: - A  Viver vazio e seco espiritualmente. Uma casa, sem habitantes, logo se torna
vida pecaminosa conduz à condenação eterna. Leia: (Mt 7.22,23; Rm 6.23; 1 Co abrigo de insetos, animais e sujeira. O mesmo acontece com a vida espiritual. O
6.9,10; Ap 21.8)
Diabo sempre tem material para encher quem anda vazio. Há um provérbio que
b. Crentes; aqueles que conhecem o evangelho. Estes são os frequentadores diz: "Uma vida vazia é oficina do Diabo". (Lede Lc 11.24 e Ef 5.18.)
de igrejas; os que têm o evangelho apenas como uma religião e nada mais. São  Encanto, admiração e apego pelo mundo e suas coisas pecaminosas (Tg 4.4-6; 1
crentes nominais conhecem, mas não são salvos. Neste grupo estão os filhos Jo 2.15; 5.19).
ou cônjuges de crentes, bem como pessoas nascidas e criadas em ambiente ou
lar cristão, mas não nascidas de novo. Para tratar com uma pessoa assim, que As justificativas erradas dos desviados:
conhece o evangelho, mas não é convertida, é mais interessante fazer amizade
com ela e ganhar sua simpatia, e, então, com intimidade, falar da salvação de  Deixei porque na igreja há pessoas falsas.
sua alma. (Jo1:47)  Deixei por é difícil ser crente.
 Deixei porque não me dou bem com certa pessoa da igreja.
c. Crentes equivocados; aqueles que estão envolvidos com heresias. Esse  Deixei porque há muitas exigências na igreja.
assunto será abordado com mais profundidade e clareza em ponto chamado:  Deixei porque não vou com a cara do pastor.
“como o evangelizador deve responder as heresias.”  Deixei porque (esposa ou marido) não se converte.

d. Os desviados, Estes são os que, uma vez salvos, deixaram o caminho do Diga ao desviado: “Tudo isso pode ser verdade, mas lei:” Is.45:22 “Olhai para mim e
Senhor. Se estes foram membros da igreja, estão disciplinados. Se não eram sereis salvos”
membros, estão sem comunhão com o Senhor da mesma maneira. Para tratar
com tal classe de pessoas, é de muita importância procurar saber primeiro a Para desviados como os acima descritos podemos mostrar:
causa de se desviarem.
1) O caminho de volta para Deus (2 Cr 7.14; Is 55.7).
Seguem-se as causas: 2) O grande amor de Deus para com os desviados (Is 43.23-25; Jr 3.22; Ez 18.23.30-
32; Os 14.1-4; Lc 15.32).
Página | 11
5. AS SEITAS HERÉTICAS Respostas para as heresias das seitas

Entendendo os termos heresias e seita. Heresia deriva da palavra grega 1Pe 3:15 “antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração; e estai sempre
háiresis e significa: "escolha", "seleção”, "preferência". Daí surgiu o termo seita, preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão
por efeito de semântica. Em suma, heresia é um ensinamento falso. É uma crença da esperança que há em vós,”
ou ideia que está em contradição com a verdade.
As pessoas têm o direito de professar a religião de sua escolha. A tolerância
Irineu Lyon disse: “O erro, de fato, nunca é apresentado em sua deformidade nua, religiosa é extensiva a todos. Isso não significa, porém, que todas as religiões
para que, sendo assim exposto, deve ser detectado de uma só vez. Mas é sejam boas. Nos dias de Jesus havia vários grupos religiosos: os saduceus (At
elegantemente vestido com vestido atraente, de modo que, por sua forma externa, 5.17) e os fariseus (At 15.5). Os dois grupos tinham posições religiosas distintas
faça aparecer para os inexperientes mais verdade do que a própria verdade “ (At 23.8). Mesmo assim, Jesus não os poupou, chamando-os de hipócritas, filhos do
inferno, serpentes, raça de víboras (Mt 23.13-15,33). O Mestre deixou claro que não
As características mais conhecidas que indicam que um grupo religioso é uma aceitava a ideia de que todos os caminhos levam a Deus.
seita são:
Para efeitos didáticos, o Instituto Cristão de Pesquisas classificou assim as seitas:
1. Autoritarismo. Aceitam uma figura de autoridade sobre seus membros.
 Secretas: Maçonaria, Teosofia, Rosacrucianismo, Esoterismo etc.
2. Exclusivismo. Eles declaram: “somente nós temos a verdade”.  Pseudocristãs: Mormonismo, Testemunhas de Jeová, Adventismo do
Sétimo Dia, Ciência Cristã, A Família (Meninos de Deus), Igreja Apostólica
3. Nova-revelação. Os líderes das seitas afirmam ter um canal direto de
da Santa Vó Rosa etc.
comunhão com Deus.
 Espíritas: Kardecismo, Legião da Boa Vontade, Racionalismo Cristão etc.
4. Negam a autoridade da Bíblia. Muitas seitas negam a autoridade única da  Afro-brasileiras: Umbanda, Quimbanda, Candomblé, Voduísmo, Cultura
Bíblia. Racional, Santo Daime etc.
 Orientais: Seicho-No-Iê, Igreja Messiânica Mundial, Arte Mahikari, Hare
5. Visão distorcida de Jesus. Uma das características marcantes nas seitas é a Krishna, Meditação Transcendental, Igreja da Unificação (Moonismo),
visão errada que elas têm de Jesus. Perfeita Liberdade etc.
 Unicistas: Voz da Verdade, Igreja Local, Adeptos do Nome Yehoshua e
6. Isolamento. As seitas mais extremistas criam barreiras de isolamento de suas Variantes (ASNYS), Só Jesus, Tabernáculo da Fé, Cristadelfíanismo
outros religiosos. Desertores são considerados traidores ficando em risco de etc.
vida e sob o atacado de satanás.

7. Antagonismo. “Forte oposição de ideias” as seitas geram medo e sentimento Pseudo é um prefixo utilizado na língua portuguesa para indicar um teor falso cujo
de hostilidade aos outros grupos religiosos, chegando a considerá-los, conteúdo não é real ou verdadeiro.
Unicismo é uma doutrina baseada em duas verdades da Escritura: Que há um só
apóstata, “inimigo”, “ferramenta de satanás.”
Deus e que Jesus é Deus. Porém, dessas duas verdades, os unicistas deduzem que
8. Legalismo. É comum nas seitas o estabelecimento de um rigoroso conjunto Jesus é Deus em sua totalidade, isto é, que Jesus é o Pai, o Filho e o Espírito Santo.
de regras extra-bíblicos que deve ser obrigatoriamente vivido por seus
membros.
Página | 12

Por que as seitas estão crescendo?Observou-se por uma importante pesquisa


que esse crescimento das seitas é devido as “contas não pagas da igreja. ”A
Razões para estudarmos as falsas doutrinas 6. CATOLICISMO ROMANO.
Muitos perguntam por que devemos estudar as falsas doutrinas. Para esses, A teologia católica diz que “fora da igreja não há salvação”. Essa é uma das
seria melhor a dedicação à leitura da Bíblia. Certamente devemos usar a maior razões pelas quais o sacerdote no ato da missa, convida os fiéis para rezar
parte de nosso tempo lendo e estudando a Palavra de Deus, porém essa mesma dizendo: “rezemos pelos nossos irmãos separados” (isso em referência os crentes).
Palavra nos apresenta diretrizes comportamentais relacionadas aos que O Padre espanhol Jose Antonio Fortea Cucurull, Teólogo católico disse: “Que um
questionam nossa fé. Assim sendo, apresentamos as razões para o estudo das católico se separe da Igreja Católica, é um pecado muito grave”. As maiores partes dos
falsas doutrinas: irmãos separados estão de boa fé em suas seitas, ou por haverem nascidos já nelas, ou então
por sua pouca formação foram de alguma forma seduzidos.
1ª - Defesa própria: Várias entidades religiosas treinam seus adeptos para ir, de
porta em porta, à procura de novos adeptos. Algumas são especializadas em Por isso o nosso amor a Santa Igreja Católica, não nos leva a não amar os irmãos separados.
trabalhar com os evangélicos, principalmente os novos convertidos. Os cristãos Pelo contrário, não há nenhum inconveniente em reconhecer as coisas boas que eles fazem.
devem se informar acerca do que os vários grupos ensinam. Só assim poderão Mas porque amamos nossos irmãos separados, isso não nos impede que reconheçamos que
refutá-los biblicamente (Tt 1.9); Jesus fundou uma só Igreja, a única e verdadeira Igreja que veio desde o tempo dos Apóstolos,
e que é a Santa Igreja Católica.
2a. - Proteção do rebanho: Um rebanho bem alimentado não dará problemas.
Portanto um católico não deve ir a grupos de oração ou a cultos protestantes, e muito menos
Devemos investir tempo e recursos na preparação dos membros da Igreja.
a outros tipos de cultos, ou reuniões de oração que não sejam cristãos. Estes grupos fazem um
Escolas bíblicas bem administradas ajudam o nosso povo a conhecer melhor a grande bem aos nossos irmãos que não estão em comunhão com a Igreja Católica, mas podem
Palavra de Deus. Um curso de batismo mais extensivo, abrangendo colocar em risco de se perder a fé verdadeira para aqueles católicos que queiram participar. ”
detalhadamente as principais doutrinas, refutando as argumentações dos
sectários e expondo-lhes a verdade, será útil para proteger os recém-convertidos Por incrível que pareça, enquanto a Igreja Católica Romana chama de “seita” todo
dos ataques das seitas;
o movimento cristão fora do seu arraial, ela por sua vez torna-se de fato uma seita.
3a. - Evangelização: O fato de conhecermos o erro em que se encontram os
sectários nos ajuda a apresentar-lhes a verdade de que necessitam. Entre eles se
encontram muitas pessoas sinceras Característica de uma seita através das quatro operações da
que precisam se libertar e conhecer a Palavra de Deus. Os adeptos das seitas matemática.
também precisam do Evangelho. Se estivermos preparados para abordá-los, e
Adição à Bíblia: “A tradição a mesma consideração em que se tem a palavra
demonstrar a verdade em sua própria Bíblia, poderemos ganhá-los para Cristo;
de Deus contida na Sagrada Escritura”. (Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã, p.162,
editora Vera Cruz Ltda., 1a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 887 ).
4a. - Missões: Desempenhar o trabalho de missões requer muito mais do que se
Subtração do poder de Jesus: “Pelo fato dos habitantes do Céu estarem
deslocar de uma região para outra ou de um país para outro. Precisamos
unidos mais intimamente com Cristo, consolidam com mais firmeza na
conhecer a cultura onde vamos semear o Evangelho. Junto à cultura teremos a
santidade toda a Igreja. Eles não deixam de interceder por nós ao
religiosidade nativa. Conhecer antecipadamente esses elementos nos dará
Pai...”.(Catecismo da Igreja Católica de 1993, edições Loyola, p.270 #956).
condições para alcançá-los adequadamente.
Multiplicação da obra da salvação: A igreja Católica Romana não crê que
Uma objeção levantada por alguns é esta: Não gosto de falar contra outras alguém possa afirmar que seja salvo. “É pecado de presunção afirmar que
religiões. Fomos chamados para pregar o Evangelho. Concordamos plenamente, alguém está ou é salvo sem mérito” (Idem, p.551 # 2092).
todavia lembramos que o apóstolo Paulo foi chamado para pregar o Evangelho e Divisão entre Deus e a organização: A igreja Católica Romana se apresenta
disse não se envergonhar dele (Rm 1.16). Disse também que Cristo o chamou como o único caminho para a salvação e como a porta para a vida eterna ao
para defender esse mesmo Evangelho (Fp 1.16). afirmar: “FORA DA IGREJA NÃO HÁ SALVAÇÃO” (Idem, p.243 # 846).

Página | 13
DADOS HISTÓRICOS A Enciclopédia de literatura bíblica, teológica e eclesiástica define o termo católico
καθολικός [κατά and ὅλος] por geral ou universal.
Antes de tratarmos das respostas que o evangelizador deve apresentar às heresias
do catolicismo romano, faz-se necessário conhecermos um pouco de alguns dados Um título dado à Igreja Cristã por não ser confinado (como o judeu) a um só povo,
históricos a partir da igreja primitiva até o surgimento da igreja católica romana. mas abraçando membros de todas as nações. Como a Igreja é (em um dos seus
sentidos) empregada para significar todos os cristãos, que são membros uns dos
A pureza da igreja primitiva e a cruel perseguição romana. outros, e que compõem o corpo do qual Cristo é a cabeça, então o título católico ou
universal é uma indicação necessária do uso da palavra igreja nesse sentido. A
O cristianismo era como um tesouro precioso que os apóstolos encomendaram a Igreja Católica compreende todo o corpo de cristãos verdadeiros, mas não é uma
outros homens de alta confiança, cheios do Espírito Santo. Até 304 DC no governo comunidade na terra - não tem nenhum governante ou governador visível.
do imperador Diocleciano ('A Grande Perseguição'), o Cristianismo (os discípulos
de Cristo foram chamados de cristãos pela primeira vez em Antioquia – At 11: 26) Na Igreja primitiva, o título "católico" entrou em uso em um período inicial para
Pelos primeiros 280 anos da história cristã, o Cristianismo foi banido pelo Império distinguir a Igreja cristã dos judeus, que era nacional, enquanto o corpo cristão
Romano, e os cristãos foram terrivelmente perseguidos. Isto mudou depois da deveria incluir toda a humanidade. “Em um período posterior, costumava
“conversão” do Imperador Romano Constantino. Sobe essa suportas “conversão de distinguir aqueles que adotaram as chamadas “heresias”, dentro da Igreja cristã,
Constantino, trataremos mais tarde”. do corpo de crentes que possuíam a verdadeira fé e a quem crê, o termo “católico”
foi aplicado”.
A origem do termo “católica”.
A Igreja romana reivindica arrogantemente o nome católico como exclusivamente
O American Church Dictionary encyclopedia. (Dicionário e Enciclopédia Americano o seu e designa todos os que não pertencem à sua comunhão como hereges. É ruim
da Igreja) diz que a palavra “católica” foi adotada muito cedo como descritiva da o suficiente na Igreja de Roma fazer essa afirmação do título "Católica"; ainda é pior
Igreja fundada por nosso Senhor e Seus Apóstolos. para os protestantes concederem isso. O resultado dessa concessão, na maioria dos
países protestantes, é que as pessoas comuns realmente não têm ideia do
Segundo a Enciclopédia Britânica o termo católico vem do gr. KaBoXtKOS, “geral,
verdadeiro uso da palavra católica.
universal” uma designação adotada no século 2 pela Igreja cristã para indicar a
cristandade como um todo. Neste sentido, a Igreja é católica em três coisas: De fato, para os protestantes concederem aos romanistas, o título de "católicos"
equivale está reconhecendo-se como hereges. “Esta concessão pode ser inofensiva e
(1). É para todas as pessoas
(2). Ensina todo o Evangelho suficientemente inocente no que diz respeito aos protestantes, mas é mais pernicioso
(3). Resiste por todos os tempos. para aqueles a quem o título é concedido”.

Charles Buck mostra que o aparecimento das heresias, foi outra e forte razão para
a igreja primitiva usar o termo católico; como diz: “O surgimento das heresias
Segundo o American Bible Dictionary (Dicionário bíblico Americano). Nos
induziu a igreja cristã primitiva a assumir a si própria a denominação de católico,
tempos modernos, a igreja de Roma usurpou esse título, aplicando-o
sendo uma característica para distinguir-se de todas as seitas” Nos primórdios da
indevidamente e exclusivamente.
igreja já se dizia do surgimento dos falsos mestres, os quais introduziriam,
dissimuladamente, heresias destruidoras (2Pe 2:1) e muitos enganadores já estava
saído pelo mundo fora (2Jo 1:6,7).

Página | 14
Por essa razão, as epistolas de, Tiago I e II Pedro; I, II e III João e Judas, são
chamadas de epistolas universais porque foram dirigidas à igreja ou aos cristãos em
geral, e não a nenhuma igreja ou cristão em particular.
O NASCIMENTO DA IGREJA CATÓLICA ROMANA O momento que as heresias entraram na igreja e mancharam sua pureza.
Ainda nos dias do imperador Nero do primeiro século, a igreja de Jesus, mesmo
sob fortes pressões, continuava perseverando na doutrina dos apóstolos e na Constantino achou que, nem todos os romanos concordariam em abandonar seus
credos religiosos e abraçar o Cristianismo. Então, promoveu a “cristianização” de
comunhão, no partir do pão e nas orações e cada alma havia temor (Atos
crenças pagãs. Ao passo que Constantino fez também da Igreja uma instituição
2:42,43). Por esse período, o historiador eclesiástico Eusébio, nos descreve uma estadual sob o controle imperial. O imperador ou seu representante não só
experiência que o Imperador Constantino I, teve em um sonho certo dia. “disse mantém a ordem, mas conduz as deliberações e intervém nos debates teológicos.
que quando o dia começava a declinar, viram seus próprios olhos o sinal de uma Agora a igreja é católica romana.
cruz de luz no céu, acima do sol, na que estava esta inscrição: “Por este sinal,
vencerás” No início, Atanásio de Alexandria lutou pela independência da Igreja contra o
imperador Constantino. Mas o princípio político que Constantino tinha dado por
Guiado por esta experiência, Constantino ordenou que lhe fizessem um certo e que era uma condição indispensável para a sua adoção do cristianismo.
estandarte especial. O símbolo é formado pela sobreposição das duas primeiras Agora com a Igreja contaminada pelas tradições politeístas pagãs de Roma e
colocada sob a influência direta do seu imperador, afastou-se de Deus e da Sua
letras (iniciais) chi e rho (ΧΡ) da palavra grega "ΧΡΙΣΤΟΣ" = Cristo de tal modo a
doutrina. Ela mergulhou em trevas cada vez mais densas: a profundeza de
produzir o “cristograma”. Satanás. Foi avaliando essa triste situação que o teólogo protestante Dr. David
Martyn Lloyd-Jones declarou: “Ora, para o que estamos olhando? Estamos olhando
Levando este estandarte à batalha, os para um sistema, conhecido como católico romano, e eu não hesitaria em afirmar
exércitos de Constantino venceram que o mesmo é a maior obra prima do diabo”
completamente uma batalha e
Constantino atribuir uma vitória ao A origem da Igreja Católica romana é a trágica mistura de Cristianismo com
Deus dos cristãos. religiões pagãs que o cercavam.

No séc. IV o imperador Constantino


“converteu-se” formalmente ao Cristianismo, não como um ato de fé religiosa, Seguem-se alguns claros exemplos disso:
mas como um golpe de habilidade política, vendo no crescimento do
 O Culto a Ísis, deusa-mãe do Egito, foi absorvida no Cristianismo,
Cristianismo um meio de facilitar a expansão do império romano. Ele “legalizou”
substituindo-se Ísis por Maria. Um dos títulos usados para Ísis, era “Rainha
o Cristianismo pelo Edito de Milão, em 313 DC e, mais tarde, em 325 DC,
dos céus”, “Mãe de Deus” e “theotokos” (a que carregou a Deus) foram ligados
conclamou o Concílio de Nicéia, como uma tentativa de unificar o Cristianismo. O
a Maria.
Concílio de Nicéia, na Ásia Menor, presidido por ele, era composto pelos bispos
 A maioria dos imperadores romanos (e cidadãos) era henoteísta.
que eram nomeados pelo Imperador e por outros que eram nomeados por
Henoteísmo (do grego hen theos, "um deus") é o culto de um único deus sem
líderes religiosos das diversas comunidades. O que restou da Igreja Cristã
se negar a existência de outras divindades. Assim como no panteão romano de
Primitiva (fundada por Jesus), Constantino juntou aos seus seguidores e passou
deuses havia um deus do amor, um deus da paz, um deus da guerra, um deus
a chamá-la de Igreja Católica Apostólica Romana. 'Católica', do grego, significa:
da força, um deus da sabedoria, etc, da mesma forma, na Igreja romana
'universal', porque a pretensão do império romano era dominar toda a Terra;
classificou um santo “responsável” por cada uma destas coisas, e muitas
'Apostólica', porque foi organizada pelos apóstolos de Constantino, não pelos
outras categorias. Assim como muitas cidades romanas tinham um deus
discípulos de Cristo; 'Romana', porque incorporou os costumes e ritos dos
específico para ela, também a Igreja Católica providenciou “santos
romanos pagãos e passou a servir aos interesses do Estado Romano.
padroeiros” para cada cidade.

Página | 15
Lista de heresia e tradições adotadas pelo catolicismo romano ao longo da 709 d.C. O ato de beijar os pés do Papa.
história. 787 d.C. Instituição ao culto às imagens e às relíquias no II Concílio de Nicéia.
Estas heresias e tradições foram perpetuadas pela igreja católica romana, ao longo 795 d.C. O incenso foi posto por lei nas cerimônias da igreja por Leão III.
de 1.600 anos. 850 d.C. Concílio de Paiva. Instituição do rosário e da coroa da virgem Maria e da
doutrina da transubstanciação.
Elas são também chamadas de "tradições humanas" ou "doutrinas dos homens". 850 d.C. A Água Benta, misturada com uma pitada de sal e abençoada pelo padre.
Tanto Pedro e Paulo previram e alertaram que nos últimos dias "falsos mestres" 880 d.C. Início da canonização dos santos.
iriam surgir na Igreja e trazer consigo, "heresias de perdição" e "doutrinas de 890 d.C. A Veneração a São José.
demônios". (Leia II Pedro 2:1-3, e I Timóteo 4:1-5). Jesus reprovou os Fariseus, 965 d.C. O Batismo dos sinos foi instituído pelo papa João XIV.
porque eles transgrediram os mandamentos de Deus ao manterem suas tradições. 995 d.C. A Canonização dos santos mortos, foi feita pelo Papa João XV.
"Mas, em vão" Ele disse "me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos 998 d.C. Jejuar as sextas-feiras e durante as Quaresmas.
homens” (Mateus 15: 3,9) 998 d.C. É estabelecida a festa aos mortos, “dia de finados’’ por Odilon.
1000 d.C. A confissão auricular generaliza-se e os ministérios e os ministros da
156 d.C. Surge o termo “Igreja católica romana”. igreja arrogam para si o célebre. “Ego te Absolvo’’. A missa começa a chamar-se
300 d.C. As velas de parafina foram introduzidas na igreja cerca de sacrifício. E organizam-se as peregrinações (romarias).
310 d.C. As preces para os mortos e o sinal da Cruz. Ambas surgiram 300 anos após 1073 d.C. Hildebrando chega a cadeia Papal, tomando o nome de Gregório VIII.
Cristo. Foi responsável por implantar a doutrina do celibato (estado de pessoa que se
312 d.C. Início da adoração aos santos. mantém solteira) na igreja.
370 d.C. Principia-se o uso dos altares e velas. Pelo fim do século IV, o culto dos 1075 d.C. Gregório VII exigiu que os padres casados se divorciassem de seus
santos foi introduzido por Basílio de Cesaréia e Gregório de Nazianzo. Também cônjuges e abandonassem seus filhos.
apareceu pela primeira vez o uso do incenso e turíbulo na igreja, pela influência 1076 d.C. É declarada a infalibilidade da igreja.
dos prosélitos vindos do paganismo. 1094 d.C. No concílio de Clermont a Igreja católica cria as Indulgências (venda
375 d.C. A Veneração aos anjos e santos mortos. de salvação).
394 d.C. A Missa, como uma celebração diária. 1100 d.C. Institui-se na Igreja Católica o pagamento pelas missas e pelo culto aos
400 d.C. Maria passa a ser considerada “mãe de Deus” e os católicos começam a santos.
interceder pelos mortos. 1160 d.C. A Igreja Católica estabelece os Sete Sacramentos.
400 d.C. Paulino de Nola ordena que se reze pelos defuntos, e ensina o sinal da cruz 1184 d.C. A “Santa Inquisição” é estabelecida no Concílio de Verona.
feito no ar. 1190 d.C. A venda de Indulgências, usualmente considerada como a compra do
431 d.C. Instituição do culto à Maria no concílio de Éfeso. perdão que permite indultar o pecado.
451 d.C. Surge a doutrina da virgindade perpétua de Maria. 1215 d.C. O Dogma da Transubstanciação foi decretado pelo Papa Inocêncio III
500 d.C Os Padres passaram a se vestir diferentemente dos leigos. 1215 d.C. A Confissão dos pecados ao padre, uma vez ao ano, foi instituída pelo
593 d.C. A doutrina do Purgatório foi estabelecida primeiro, por Gregório o Papa Inocêncio III.
Grande. 1220 d.C. A adoração à Hóstia, foi decretada pelo Papa Honório.
600 d.C. Gregório o Grande, torna-se o primeiro Papa oficialmente aceito. Podemos 1227 d.C. Entra a campainha na missa por ordem de Gregório IX.
considerar a Instituição da Igreja Católica Apostólica Romana daqui para frente. 1229 d.C. A Igreja Católica proíbe aos leigos a leitura da Bíblia.
600 d.C. O Latim, como língua das orações e dos cultos nas igrejas, foi também 1264 d.C. Urbano IV determina pela primeira vez a festa do corpo de Deus
imposto pelo Papa Gregório I. (Corpus Christi).
607 d.C. O assassinato do Imperador Flávio Focas Augusto dá ao Bispo de Roma o 1275 d.C. A transubstanciação da hóstia é transformada em artigo de fé.
direito de primazia universal sobre a cristandade, depois do II Concílio de 1287 d.C. A proibição da Bíblia aos leigos, e a sua inclusão na lista de livros
Constantinopla. proibidos pelo conselho de Valência.
609 d.C A invocação dos santos e anjos é posta como lei da igreja.

Página | 16
1287 d.C. O Escapulário foi inventado por Simon Stock, um monge inglês, no ano A ruptura da Igreja católica romana.
de .... Trata-se de uma tira de tecido marrom, com o desenho da Virgem, que
supõe conter virtudes sobrenaturais para proteger de todos os perigos, aqueles O Grande Cisma foi o evento que causou a ruptura da Igreja, separando-a em
que as vestirem sobre a pele nua. duas: Igreja Católica Apostólica Romana e Igreja Católica Apostólica Ortodoxa, a
1311 d.C. Inicia-se a primeira procissão do S. Sacramento partir do ano 1054, quando os líderes da Igreja de Constantinopla e da Igreja de
1317 d.C. João XXII ordena a reza “Ave Maria’’. Roma excomungaram-se mutuamente. As relações entre Oriente e Ocidente por
1355 d.C. Na França, o “Santo Sudário” aparece pela 1ª vez. muito tempo se amarguravam pelas disputas eclesiásticas e teológicas.
1360 d.C. Começa a hóstia a ser levada em procissão. Em 869 a Igreja Oriental separou-se de Roma recusando submissão ao papa,
1414 d.C. A Igreja Romana proibiu o cálice aos fiéis, pela instituição de um tipo originando a Igreja Católica Ortodoxa. A Igreja Ortodoxa (em grego: órthos
só no Conselho de Constância. literalmente, "igreja da opinião correta") Não reconhecem a primazia papal.
1439 d.C. A Doutrina do Purgatório foi proclamada como dogma de fé, pelo A Igreja Ortodoxa é, em muitos aspectos, semelhante à Igreja Católica: preserva
Conselho de Florença. os sete sacramentos (ainda que reconheça outros sacramentos e o número exato
1439 d.C. A doutrina dos 7 Sacramentos. de sete tenha sido emprestado dos catecismos católicos romanos) o respeito a
1545 d.C. O Conselho de Trento, ocorrido no ano de 1545, declarou que a ícones e o uso de vestes litúrgicas nos seus cultos (denominados de Divina
Tradição tivesse autoridade igual à Bíblia. Liturgia). A Igreja Ortodoxa é presente no Brasil tanto por imigrantes e seus
1546 d.C. Os livros apócrifos também foram incluídos à Bíblia pelo Conselho de descendentes quanto por comunidades inteiras de brasileiros convertidos.
Trento.
1560 d.C. O Credo do Papa Pio IV, foi imposto como credo oficial 1560 anos após A reforma protestante.
Cristo e os Apóstolos. Em 1517 o Monge Martin Lutero encontrou a Bíblia, inspirou-se nas palavras do
1573 d.C. A Igreja Católica altera a Bíblia original com canonicidade de sete apóstolo Paulo em Romanos 1:17, onde diz: "O justo viverá da fé." Raciocinou que a
livros apócrifos*. Salvação nos é dada pela fé em Cristo e não pelos ritos, sacramentos e penitências
1854 d.C. O papa Pio XII cria o dogma da Imaculada Conceição de Maria. receitadas pelo catolicismo. O evento precipitante da Reforma Protestante é
1854 d.C. A Concepção Imaculada da Virgem Maria foi proclamada pelo Papa Pio geralmente considerado como publicação de Lutero de suas 95 Teses na porta da
IX. Igreja de Wittenberg em 31 de outubro de 1517.
1870 d.C. 1870, o Concílio do Vaticano I, declara a infalibilidade do Papa. (leia as 95 teses de Lutero na última página.)
1931 d.C. No ano de 1931, o mesmo Papa, Pio XI, reafirmou a doutrina a qual
Maria era "a Mãe de Deus" O protestantismo é uma das principais divisões da fé cristã. Tradicionalmente, o
1950 d.C. É proclamado o dogma da Assunção da Virgem Maria. protestantismo inclui todas as igrejas fora das tradições da Igreja Católica
1965 d.C. Reaproximação entre a Igreja Católica Ortodoxa. O Papa Paulo VI Romana e Ortodoxa.
extingue oficialmente a Inquisição.
1967 d.C. O papa Paulo VI proíbe os católicos romanos de frequentarem cultos A tradição protestante tem sido historicamente representada pelas cinco
evangélicos. solas:
1. Soli Deo Gloria (Glória Somente a Deus) – Este é um dos pilares da Reforma
2001 d.C. O papa João Paulo II pediu à igreja latino-americana para fomentar Protestante, afirmando que o homem foi criado para a glória de Deus. (Ef 1.4-6).
uma “ação pastoral decidida” contra as seitas evangélicas, as quais definiu como 2. Sola Fide (Somente a Fé) – A salvação é um presente que Deus nos dá e isso se efetiva
um “grave obstáculo para a evangelização do continente”. somente por meio da fé, jamais pelas obras humanas (Rm 1.17)
3. Sola Gratia (Somente a Graça) - Ninguém pode ser salvo por mérito próprio, por obras,
penitências, sacrifícios ou compra de indulgências. Somente pela fé. (Ef 2.8).
Um estudioso descobriu que 75% dos ritos e cerimônias da Igreja 4. Solus Christus (Somente Cristo) - Reafirmamos que nossa salvação é realizada
Romana, são de origem pagã. unicamente pela obra mediadora do Cristo histórico. (At 4.12)
5. Sola Scriptura (Somente as Escrituras) – Nós cremos que as Escrituras Sagradas são a
única regra de fé e de prática. 2 Tm 3.16-17
Página | 17
A expansão das denominações. O movimento contrarreforma.

Contrarreforma que ficou também conhecida por Reforma Católica, é o nome


Entre os romanistas. Com as grandes crises teológicas e políticas no seio da dado ao movimento que foi criado pela Igreja Católica a partir de 1545, e que,
igreja que agora estava “cristianizada” de crenças completamente pagãs e segundo alguns autores, teria sido uma resposta à Reforma Protestante (de
totalmente não bíblicas, as igrejas do Oriente e o Ocidente, em 1054 d.C, dividira- 1517) iniciada por Lutero.
se. As igrejas do Oriente constituíram o que se chama “Igreja Ortodoxa” e no
Ocidente, a “Igreja católica apostólica romana”. São elas: Igreja Copta, Igreja
Ortodoxa Etíope, Eritréia (a leste da África), Síria (Jacobita), Igreja Apostólica
Armênia e Igreja Síria Malankara (Igreja Ortodoxa Indiana). Dois efeitos duradouros surgiram da Contrarreforma:

Entre os protestantes. Com a revolta teológica generalizada na Europa contra os 1. A Ordem dos Jesuítas. (A Sociedade de Jesus) Os jesuítas é uma
abusos e o controle totalitário da Igreja Católica Romana. Reformadores como ordem formada especificamente para combater o protestantismo. Suas
Martinho Lutero na Alemanha, Ulrich Zwingli na Suíça e John Calvin na França táticas durante a Contrarreforma envolveram argumentos intelectuais e
protestaram várias práticas anti-bíblicas da Igreja Católica e promoveram o teológicos, embora também usassem menos métodos espirituais para atingir
retorno à doutrina bíblica. Aparte da Europa a adota: Igreja Luterana (Alemanha), seus objetivos. A Inquisição era um produto da influência jesuíta. Os jesuítas
Anglicana (na Inglaterra), Igrejas Reformadas na Suíça, França, Holanda e as também produziram um Índice de Livros Proibidos: textos que os católicos
Presbiterianas (Escócia, Irlanda e depois Estados Unidos, Brasil, etc.). eram oficialmente proibidos de ler. A influência dos jesuítas sobre a filosofia
e teologia católica foi significativa.
Antes que Lutero jamais pegasse um martelo e se dirigisse para a Igreja da
Capela, havia homens que haviam defendido a reforma e o verdadeiro 2. O Concílio de Trento . Foi, em teoria, uma tentativa de mudar os aspectos
evangelho. Entre eles estavam John Wycliffe , um teólogo inglês e do catolicismo de que os protestantes se justificavam em
professor de Oxford que foi condenado como herege em 1415; John Hus , reclamar. Infelizmente, o próprio conselho chegou muito tarde. No momento
um padre da Bohemia que foi queimado na estaca em 1415 por sua em que o conselho se reuniu, a Reforma estava em pleno andamento há
oposição à Igreja de Roma; e Savonarola, um frade italiano que foi quase um quarto de século. Naquela época, a igreja estava bem e
enforcado e queimado em 1498. verdadeiramente dividida.

A oposição ao falso ensinamento da Igreja Católica Romana surgiu no século O Concílio de Trento abordou positivamente algumas queixas dos
XVI, quando Lutero, um monge católico romano, desafiou a autoridade do papa Reformadores. A venda de indulgências foi interrompida, os papéis dos
e, em particular, a venda de indulgências. Ao invés de atender o chamado à sacerdotes foram mais cuidadosamente definidos e o uso de artefatos
reforma, a Igreja Católica Romana cavou em seus calcanhares e procurou sagrados - relíquias - foi grandemente reduzido.
silenciar os Reformadores. Ainda hoje, em pleno século 21, as indulgências
continuam a ser uma crença abraçada oficialmente pela Igreja Católica
Romana. Esse dogma e suas implicações práticas desencadearam a Reforma
Protestante do século 16. A maneira como isso se deu é uma história Na verdade, a Contrarreforma ocupava-se principalmente com a refutação
fantástica, quase inacreditável, mas que realmente aconteceu. e o silêncio dos protestantes.

Página | 18
As divisões das denominações O movimento carismático na igreja católica romana.
1. Protestantes O Movimento Católico Pentecostal começou em Pittsburgh, Pensilvânia, Estados
Unidos, na Universidade de Duquesne, dirigida pela fundação “Padres do Espírito
1521, Igreja Luterana, Alemanha, Martinho Lutero Santo”. Em 1966, dois professores leigos de teologia, de Duquesne, Ralph Kefer e
1523, Anabatistas, Alemanha, Zwickau Bill Storey, começaram uma busca espiritual que os levou a ler os livros “A Cruz e
1523, Batistas, Holanda, Menno Simons o Punhal”, de David Wílkerson, e “Eles Falam em Outras Línguas”, de John
1531, Igreja Anglicana, Inglaterra, Henrique VIII Sherrill. Depois de ler esses livros, os dois homens começaram a procurar
1536, Igreja Presbiteriana, Suiça, João Calvino alguém na região de Pittsburgh, que tivessem recebido o batismo no Espírito
Santo, com acompanhamento de línguas. Com o tempo e com a ajuda de um
1592, Igreja Congregacionalista, Inglaterra, John Greenwood
sacerdote da Igreja Episcopal entraram em contato com um grupo de oração
1739, Igreja Metodista, Inglaterra, John Wesley liderado por presbiterianos. Neste grupo de oração pentecostal Kiefer e Storey
1910, Igreja Assembleia de Deus, EUA/Brasil, D.Berg/G.Vingren foram batizados no Espírito Santo e falaram em línguas que nunca tinham
aprendido.
O surgimento das diversas denominações evangélicas (biblicamente
Esses dois professores planejaram então um retiro de fim de semana para vários
corretas) erguidas no decorrer da história, nós consideramos uma amigos, a fim de buscarem o derramamento do Espírito Santo na Igreja Católica.
ação divina para proporcionar oportunidade de salvação a todos os Cerca de vinte professores, estudantes formados e suas esposas reuniram-se
homens. (LRN) durante o fim de semana, de 17 a 19 de fevereiro de 1967, em Pittsburgh, para a
primeira reunião católica de oração em busca do Espírito Santo. Os participantes
2. Católicos foram solicitados a ler os primeiros quatro capítulos de Atos e o livro “A Cruz e o
Os defensores da igreja católica apoiam-se muito no fato de que os evangélicos Punhal”. Coisas estranhas começaram a acontecer àqueles jovens, à medida que eles
começaram a buscar do Senhor a plenitude pentecostal. Um estudante chamado
são divididos em muitas denominações, mas omitem o realismo das muitas
David Mangan entrou na sala e foi de repente lançado por terra pelo Espírito Santo.
separações que ocorreram no catolicismo romano. Ele relatou a seguinte experiência:

Vejamos as mais conhecidas separações da igreja católica romana: “Gritei o mais forte que já gritara em minha vida, mas não derramei uma lágrima.
Igreja católica ortodoxa; De repente, Jesus Cristo era tão real e tão presente que eu podia senti-lo ao redor.
Igreja Católica Apostólica Brasileira; Fui dominado por tal sentimento de amor que não posso descrevê-lo.”
Igreja Católica Apostólica Nacional;
Igreja Católica Apostólica Trinitária; À medida que esses buscadores católicos oravam até alcançar o Pentecostes, muitas
Igreja Católica Livre do Brasil; coisas semelhantes às dos pentecostais clássicos começaram a ocorrer. Alguns riam
Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Americana; incontrolavelmente “no Espírito”, enquanto um jovem rolava pelo chão em êxtase.
Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Ocidental; Gritar louvores ao Senhor, chorar e falar em línguas caracterizou este início do
Igreja Católica Apostólica Ortodoxa – Patriarcado do Brasil; movimento na Igreja Católica.
Ordem dos Santos Padres Católicos Apostólicos Ortodoxos;
Igreja dos Velhos Católicos do Brasil; Estes católicos pediram ajuda para Ray Bullard, um membro das Assembleias de
Santa Igreja Velha Católica; Deus, que atestou o ocorrido. Mas quando os jovens foram indagados quando
Igreja Episcopal Latina do Brasil; deixariam o catolicismo e fariam sua união a uma igreja pentecostal, a resposta foi
Igreja Anglicana Tradicional do Brasil;etc. no momento claro não. Disseram: “pois o fato de sermos batizados no Espírito
estava totalmente compatível com nossa crença na Igreja Católica”.

Página | 19
Para os pesquisadores seculares da religião, a RCC é a nova igreja As características da verdadeira renovação espiritual.
católica.
Cecília L. Mariz diz que a renovação carismática não quer ser um movimento 1. Gera Uma Nova aliança com o Senhor – (2 Rs 11.17)
a mais dentro da Igreja, mas sim transformar a própria Igreja: ser uma nova
2. Há abandono do paganismo e idolatria – (2 Rs 11.18).
Igreja. Dessa forma estariam compartindo ou competindo com as
Comunidades Eclesiais de Base, que também se declaram “um novo jeito de ser 3. Existem arrependimento e mudança de atitude –(2Rs 22:1,2)
Igreja”, ou “novos jeitos de ser Igreja”.
Para a liderança católica mundial, a RCC é o desejo do Espírito Santo. Na RCC não existe arrependimento de pecados, mas, sim, a tentativa de um
O Papa Francisco declarou: “Vocês, Renovação Carismática, receberam um “orgulho católico”, “sou feliz por ser católico” etc. Em declaração de Kevin e
grande presente do Senhor”. Vocês nasceram de um desejo do Espírito Santo Dorothy Ranaghan, no livro “Católicos Pentecostais”, de 1972 diz: “as orações
como “uma corrente de graça” na Igreja e para a Igreja. É isto que os define: continuavam, porém, em meio de um alegre bate-papo. Um jovem casal permanecia
“uma corrente de graça”. de mãos dadas. Uma moça bebia Coca-Cola. Um homem oferecia um cigarro a
Para os teólogos católicos, a RCC é a comunhão do Espírito Santo em alguém. Quando eles, em seguida iniciaram um cântico…” Desse breve relato, pode-
Maria. se perceber que as reuniões daqueles católicos não possuíam nenhum elemento
O cardeal Suenens, respeitada autoridade dentro da renovação carismática, visível de uma busca por um avivamento real, mas permanecem na indiferença e
fala de uma “comunhão do Espírito Santo em Maria”. E diz mais: “A união vivida com seus antigos vícios e práticas.
com Maria é da mesma ordem: respirar Maria é respirar o Espírito Santo”.
RESPONDA:
Segundo o Pr. José Gonçalves, o movimento carismático católico na igreja
1. Nossa verdadeira relação com Deus deve ser Cristocêntrica.
católica, é “Mariocêntrico” e não “Cristocêntrico”.
É ter Jesus Cristo como centro da fé, como a Bíblia Sagrada nos ensina; é ter a
Jesus como único e suficiente Salvador, Mediador, Consolador (Jo 14.6; 1 Tm 2.5;
Os objetivos do movimento Renovação Carismático Católico.
Hb 7.25; 9.14-15).
O atual objetivo desse movimento é o ECUMENISMO, e para que esse objetivo
fosse alcançado teve-se em mente atingir de modo específico os evangélicos 2. A relação dos participantes da RCC é Mariocêntrica.
pentecostais, e isto por duas razões: É ter Maria como centro da fé, como mediadora, consoladora, intercessora.

1) Dentre os evangélicos, os pentecostais se demonstravam os mais arredios 3. Não existe cristão Cristocêntrico e Cariocêntrico.
contra a pretensão de promover o ecumenismo, proposto pelo Concílio Vaticano Por que ninguém pode servir a dois senhores (Mt 6.24); há um só Senhor (1 Co
II; 8.5-6); há um só Salvador (At 4.12); há um só mediador (1 Tm 2.5).
2) O interesse evangelístico do povo pentecostal afastando muitos católicos da
sua grei. O crescimento fenomenal do povo pentecostal no Brasil causava terrível 4. O Espírito Santo não pode glorificar Maria e os santos.
preocupação à liderança católica. Jesus disse. Sobre o Espírito Santo: “Ele me glorificará, porque receberá do que é
meu…” (Jo 16.14). A Bíblia diz que a glória é devida só a Deus: “… a minha glória, pois,
A RCC tem, pois como objetivo segurar o católico dentro da sua própria Igreja e
a outrem não darei…” (Is 42.8). Assim o Espírito Santo glorifica somente a Jesus
restaurar suas práticas e crendices. Assim, a RCC não está interessada em trazer o
Cristo, mas o “espírito” da RCC glorifica Maria, e os santos.
povo a uma vida nova em Cristo, mas em torná-lo católico praticante, ter orgulho
de ser católico.
Página | 20
Maria no Centro COMO O EVANGELIZADOR DEVE RESPONDER AS HERESIAS CATÓLICAS

Os historiadores modernos asseveram a possibilidade da experiência do Batismo 1. A igreja católica é única igreja verdadeira porque é mais antiga?
com o Espírito Santo na vida daqueles jovens que desejaram uma comunhão com Resposta: A história mostra que a igreja católica nasceu em 325 d. C. como o
Deus unicamente; mas Infelizmente, com o tempo, a hierarquia católica concilio de Nicéia, promovido pelo imperador romano Constantino Magno. Ela
conservadora e extremamente devotada a Maria, começou a dar novas diretrizes
recebeu este nome em 381 como o imperador Teodósio. A igreja católica não é a
ao movimento, para que se tornasse mais católico. Entre essas diretrizes estava
uma ênfase maior na participação da missa e eucaristia e na veneração de Maria. mais antiga, pois a Bíblia que a igreja de Cristo nasceu 300 anos antes em
Jerusalém e não em Roma. (Atos 2:37-47)
Apesar de não repudiarem explicitamente essas coisas, os primeiros católicos 2. A igreja católica usa a Bíblia completa e os crentes não?
carismáticos tendiam a centralizar tudo a pessoa de Jesus uma vez que o Espírito Resposta: A palavra apócrifa vem do grego apochriphos e significava escondido,
Santo os levava a isso, em detrimento do culto a Maria, aos santos e a outras impuro, espúrio (não legítimo). Em 1546, o Concílio de Trento, convocado pela
práticas específicas do catolicismo. Quando começaram a ser pressionados sobre
Igreja Católica, oficializou definitivamente a inclusão, na Bíblia, de sete livros e
isto, muitos que realmente tinham experimentado o batismo com o Espírito Santo
e conhecendo a sua função, deixaram a Igreja Católica e se vincularam a igrejas quatro acréscimos aos livros canônicos, como seguem: Tobias, Judite, Sabedoria
pentecostais. A maioria, porém, aceitou docilmente, tentando adaptar, suas de Salomão, Eclesiástico, Barucque, A epístola de Jeremias, 1 e 2 Macabeus, e
crenças, as posições defendidas pelo papa e pela velha hierarquia, e assim o acréscimos feitos aso livros de Ester e Daniel.
movimento esfriou-se espiritualmente e se tomou mero departamento da Igreja Os livros apócrifos nunca fizeram parte do Cânon Sagrado dos judeus, isto é, na Bíblia
Católica. Muitos carismáticos hoje não adoram Maria, nem aos santos, não hebraica, até hoje.
aceitam muitas práticas e crendices da Igreja Romana; outros acreditam que as Existem quatro fatos que provam que estes não são Palavra de Deus.
práticas estranhas às Escrituras, que existem na Igreja Católica, paulatinamente 1. Eles não têm inspiração divina.
poderão desaparecer, e outros ainda admitem os erros do catolicismo, mas por
2. Os judeus não os consideram Palavra de Deus.
temerem uma cisma procuram conviver com a idolatria e esses erros.
3. Não foram considerados por Jesus com Escrituras sagradas.
4. Contem ensinos contrários com o restante da Bíblia.
O Espírito Santo veio para nos santificar
Portanto, a Bíblia católica tem 46 livros no Antigo Testamento (7 apócrifos) a
O Espírito Santo é santo. Ele é o responsável pelo afastamento do pecado e do 27 no Novo Testamento, perfazendo um total de 73 livros, diferentemente da Bíblia
mundanismo pelos cristãos (1 Pd 1.2). Ele nos transforma à imagem de Cristo (II protestante, que tem 39 livros no Antigo Testamento a 27 no Novo Testamento,
Co 3.18). Liberta do jugo do pecado (Rm 6.14-18) e de toda a obra da carne (Gl somando-se 66 livros.
5.19-23). Ele nos convence do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16.8). Infelizmente Em algumas edições católicas há diferenças de nomes dos livros
não é isso que acontece com a RCC.
Em outras palavras, na RCC as pessoas não precisam viver vidas “limpas”, santas, 3. A igreja protestante foi criada por um padre excomungado?
porém.a Bíblia diz “Sede santos, porque eu sou santo” (1 Pe 1.16), “e o mesmo Resposta: O nome “protestante”, usado para designar pejorativamente os crentes, foi
Deus de paz vos santifique em tudo, em toda a vossa maneira de viver, e todo o dado aos integrantes do movimento denominado de “A Reforma Protestante”,
vosso espírito, e alma e corpo, sejam conservados irrepreensíveis…” (1 Ts 5.21), o ocorrido no século XVI contra os falsos ensinos do catolicismo. Poucos sabem, porém,
nosso corpo é o templo do Espírito Santo (1 Co 6.17-20) que a Reforma foi liderada por um padre chamado Martinho Lutero, que descobriu a
verdade sobre a doutrina da Igreja Católica ao traduzir a Bíblia para o alemão. Lutero
defendeu três pontos:

Página | 21
1) SOLA SCRIPTURA “somente a Escritura” (Mt 4:4; Mc 14:27)

2) SOLA FIDE “somente a fé” (Rm 1:17; Hb2:4)


4. Maria é bendita entre as mulheres? 9. Veneração dada a Maria e os santos é diferente da adoração dada a
Deus?
Resposta: A Bíblia responde que o anjo Gabriel saudou Maria apenas como a serva
do Senhor (Lc 1:28) e após a anunciação ele apresentou-se apenas a José, o Resposta: Usar uma palavra diferente não altera a essência do que está sendo feito.
cabeça do lar (Mt 2:13, mt 2:19-22). Maria só foi chamada de “bendita entre as Uma definição de "venerar" é "considerar com respeito ou reverência". A Bíblia
mulheres” por causa de Jesus, Contudo, usam a saudação para torná-la responde em Êxodo 20.3-17 que o segundo mandamento é omitido no catecismo
santíssima. Na Bíblia, porém, o termo bendito é usado 170 vezes para designar as romano e o último foi desdobrado em dois, para que os católicos não conheçam a
pessoas quetemem a Deus. Somente em Dt 28:1-6 é usado 6 vezes para referir-se verdade sobre a idolatria. A Bíblia é absolutamente clara que devemos adorar
àqueles que guardam a Palavra de Deus. somente a Deus. Todos os seguidores do Senhor Deus recusam a adoração. (Atos 10:
5. Maria gerou outros filhos além de Jesus? 25-26; 14: 13-14). Os santos anjos se recusam a ser adorados (Apocalipse 19:10; 22:
Resposta: A Bíblia responde que Maria teve mais filhos (Mt 1:24-25; Mc 3:33). 9). A resposta é sempre a mesma coisa: "Adore a Deus!"
Confira seus nomes em Mt 13:54-56. Jesus foi o primogênito (primeiro filho - Lc
2:7, Lc 1:21-24). Se Jesus tivesse sido o filho único, Ele seria chamado de Duas indagações que o evangelizador encontrará e deverá responder.
unigênito (Jo 3:6). a. “Fiz uma promessa a um santo, depois que eu pagar vou me converter.”
6. Sobre Maria e os primos de Jesus
Esse tipo pessoa geralmente é cheia de fé e teme ser castigada por não cumprir com
Resposta: Afirma-se que quando a Bíblia fala dos irmãos e irmãs de Jesus, estão se
referindo a graus de parentesco próximos (primos, tios), porque o hebraico e o “uma promessa” feita a determinado santo católico. Outros chegam a dizer que já
aramaico não diferenciam um do outro. “receberam o pedido” feio ao santo e precisam pagar-lhe a promessa.
Isso serviria se fosse ao AT, escrito em Hebraico. Mas, aqui se trata do NT, escrito Resposta: Diga que o exercício da fé é agradável a Deus, porém a fé não trás
em grego, o qual possui um termo definido para cada grau de parentesco. O grego resultados se não for dirigida à pessoa de Jesus Cristo. (Mt 11:22;At 3:16) os
usa adelfós para irmão, adelfê para irmã, anepsiós para primo e suggenis ou chamados “santos” são inanimados, e sendo assim, não podem ouvir preces nem
suggeneês para prima. A Bíblia responde que Jesus tinha adelfós e adelfês atender às promessas. (Sl 115:1-17). Quanto ao temer castigos, leia Jeremias
(Mateus 13:55-56, João 7:1-10).
10:5 (os santos ou ídolos)“São como a palmeira, obra torneada, mas não podem
7. Maria como a rainha do céu tem apoio bíblico? falar; necessitam de quem os leve, porquanto não podem andar; não tenhais receio
Resposta: O papa Pio XII coroou Maria como a rainha do céu em 1954. Analise deles, pois não podem fazer mal, nem tampouco têm poder de fazer bem.” Diga que
com atenção o que Deus disse da devoção à rainha do céu em tempos passados. devemos temer é ao Deus vivo (Hb 10:31; Ap 14:7). Sobre a questão dá pessoa ter
(Jeremias 44:16-22). Pense: Se Deus condenou o culto à rainha do céu, no recebido o pedido feito ao santo, explique que nada recebemos se de Deus não nos
passado, Ele mudaria? Não! As traduções católicas estariam erradas? A Bíblia é for dado. (Tg 1:17; Jo 3:27). A Bíblia recomenda que façamos votos a Deus. (Gn
a Palavra de Deus! Ao recusá-la, você estará, na verdade, rejeitando o próprio 28:20; Nm 30:2; 1Sm 1:11; Ec 5:4). Se a pessoa insistir que deseja pagar sua
Deus. Você ficará com a Bíblia ou com a coroação de Maria como rainha do
promessa, leia o Salmos 65:1.
céu? Examine Juízes 6:30-31; Isaías 44:11-20; Jeremias 10:3-5; Deuteronômio
4:16-17. b. “Ainda não batizei meu filho, depois do batismo vou me converter.”
8. Maria é a nossa mãe santíssima? Resposta: Não, não é correto batizar crianças. Não há sequer um versículo ou
Resposta: Apesar de ter sido uma serva fiel do Senhor, Maria foi mãe de Jesus passagem bíblica que ensine sobre o batismo de crianças. Quando trouxeram
porque José a desposou, por ser este da descendência de Davi, e não ela (Mt algumas crianças a Jesus (Mateus 19.13-16) Jesus somente as abençoou, e não
1:16). Pense: Como ela tem sido escolhida apenas por temer a Deus, se Raabe determinou que fossem batizadas. O batismo só deve ser ministrado àqueles que
(pecadora, Mt 1:5) e Bate-Seba (adúltera, Mt 1:6) também eram da linhagem creem (Mateus 3.7-9; Marcos 16.16; Atos 8.36-38 e 10.47.) A pessoa deve ser
de Jesus? A Bíblia responde que Maria deu à luz Jesus pela graça, favor batizada nas águas quando adulta, após a regeneração, e é um privilégio ser batizado
imerecido! da mesma forma que Jesus. Quando Jesus era criança, foi apresentado e consagrado
ao SENHOR no templo (Lc 2:22,23).
Página | 22
10. Maria é imaculada?
Resposta: A doutrina de que ela foi concebida sem “qualquer mancha de 16. A veneração à Maria é diferente da adoração a Deus?
pecado original” foi criada pelo papa Pio IX em 1854. Resposta: Apesar de a teologia católica tentar traçar uma linha entre a adoração que
O Vaticano II declarou-a “imune de qualquer mancha de pecado”. Absurdo! se dá a Deus e a que se oferece a Maria, John Ankerberg e John Weldon, explicam que
"Não há homem que não cometa pecado" (1Rs 8:46) na prática elas não se podem distinguir. Os termos específicos usados são: Latria -
"Todos pecaram e estão privados da glória de Deus" (Rm 3:23). adoração que se dá somente a Deus; dulia-veneração que se oferece aos santos; e
hyperdulia - veneração especial que se dá a Maria.
11. Maria viveu sem pecado?
Resposta: Semente Jesus não cometeu pecado algum (Hb 9:28). Em Lc 1:46-47 17. O que está por trás das várias identidades de Maria?
Maria declarou-se pecadora como qualquer outra pessoa. Ao apresentar Jesus Resposta: Maria possuiu mais de 1.025 títulos. É chamada de Senhora de Fátima, Sra.
no templo, ela mesma se incluiu no sacrifício de um par de rolas pelo seu Aparecida, etc., assumindo assim diversas identidades. A alegação de que isto se dá
pecado. Veja Lc 2:22-24 com Lv 12:1-8. Na verdade, Maria era crente. em decorrência da cultura, não tem base na Escritura. Contrariando esta ideia, a
Bíblia responde que Deus jamais anulou a identidade de alguém. Inclusive os anjos,
12. Maria é co-redentora? ao se apresentarem em culturas diferentes, mantêm o mesmo nome. No caso de
Resposta: A Bíblia responde que não há remissão de pecados sem Maria, há mudança não só no nome, como também na forma. Quem age deste modo,
derramamento de sangue (Hb 9:22). Se Maria é a Redentora, em que cruz ela apresentando-se com vários nomes e de diversas formas é o próprio Satanás (2Co
derramou seu sangue? (Hb 9:22). Na cruz da direita ou na cruz da esquerda? 11:14).
Em nenhuma! Logo, ela não pode ser redentora. Só Jesus, sem pecado, verteu 18. Maria é mediadora?
seu sangue pelos pecadores (1Pe 1:19). Resposta: Conceder a Maria a função de mediadora implicaria conferir-lhe atributos
que pertencem somente a Deus. Analise bem: Como ela atenderia a todos ao mesmo
13. Maria é mãe de Deus? tempo, já que ela não é onipresente nem onisciente (atributos de Deus: onipresente
Resposta: O título de Mãe de Deus foi aceito em Calcedônia. 451 d.C. sendo capaz de estar em todos os lugares ao mesmo tempo; onisciente aquele que sabe
confirmado em 1964 no Concílio Vaticano II. A Bíblia responde que Deus não todas as coisas)? Nem os anjos, nem Satanás têm tais atributos, quanto mais uma
tem mãe. “Ele não tem origem. A palavra origem só se aplica a coisas criadas. ” mulher na condição de serva, mesmo sendo Maria! Colocá-la nesta posição é igualá-
Ele é o Pai da eternidade. Se fosse verdade, analise: “Os irmãos de Jesus la a Deus. (Êx15:11)
também não seriam irmãos de Deus? José era padrasto de Deus? É certo que 19. O que significa o título de Ave-Maria?
não! A lógica do Altíssimo não é igual a nossa. Jesus disse que um pai não deve Resposta: O título Ave-Maria surgiu no séc. XI e se tornou comum entre os católicos a
chamar o filho de Senhor (Mt 22:41-46)," Maria, porém o fez, mostrando ser partir de 1326. Este título era usado para dirigir-se aos imperadores para designar
uma serva e não a mãe de Deus (Lc 1:38,46). seu senhorio e a sua divindade. A Bíblia responde que Jesus é o único Senhor (Fp 2:9-
11). O homem não deve se ajoelhar diante de nenhum outro nome.
14. Maria é mãe de todos nós?
Resposta: Querem dar a Maria a posição de mãe de Deus e de todos nós. A Muitos crentes infelizmente ainda carregam o costume idólatra de pronunciar
uma “ave-maria” quando estão assustados ou zangados com alguma coisa.
Bíblia responde, porém, que chegaram para Jesus e lhe disseram: “bem-
Saiba que as rezas que se iniciam pelas palavras “ave-maria”, significam:
aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que tu mamaste”, Jesus
replicou: “Antes bem-aventurados os que ouvem a Palavra de Deus e a consagrada à senhora e divina Virgem Maria.
Veja o que a Marióloga Marlete Lacerda disse: “É uma oração composta de duas
guardam” (Lc 11:28).
partes: uma de louvor e a outra de súplica.” Ave-maria declara que Maria “é a
15. Maria foi elevada ao céu? primeira entre todos os santos venerados pela Igreja, pois somente Ela é “cheia de
Resposta: Ensina-se que, pelo fato de Maria não ter pecado, ela nunca graça.”
Sei que muitos crentes pronunciam “ave-maria” involuntariamente, por causa
experimentou a morte. Ao invés disso, ela ascendeu fisicamente à presença de
Cristo. Essa crença, que passou a ser doutrina oficial da Igreja somente em do costume passado; por tanto, precisa pedir ao SENHOR que o liberte disso.
1950, carece de base bíblica e histórica.
Página | 23
As tradições católicas A páscoa bíblica.
A semana Santa. A Semana Santa é uma tradição religiosa católica inserida no 1. Instituição: Foi instituída no Egito para comemorar o acontecimento
calendário Em 325 d.C, no Concílio de Niceia, presidido pelo Imperador culminante da libertação de Israel. Ex. 12: 14.
Constantino e organizado pelo Papa Silvestre I. 2. Elementos da páscoa: SÍMBOLOS NEOTESTAMENTÁRIO.
Quaresma. É um período de jejum, moderação e autonegação, tradicionalmente
observado pelos católicos.  CORDEIRO – Representavam o preço da redenção e libertação de Israel do Egito; o
sacrifício. Simboliza Cristo, a libertação do pecado – Jo.1.36.
Páscoa. A palavra vem do termo hebraico pesah, cujo sentido é "passar por  OS PÃES AMOS – Revelavam a pressa com que abandonariam a terra do Egito.
sobre", "saltar", uma referência à páscoa original relatada no livro de Êxodo Simbolizam pureza. O pão deveria ser sem fermento.
(12.1). A páscoa na tradição católica tornou-se uma data tão comercial, que  ERVAS AMARGA – Ou alfaces agrestes representavam a opressão do Egito.
poucos lembram ou conhecem seu verdadeiro significado, além do ovo de Simbolizavam a amargura que o cordeiro iria passar e a amargura das almas humanas
chocolate e do coelho da páscoa. por causa do pecado.
 SANGUE – Representa a expiação. A garantia do perdão – “sem derramamento de
A páscoa para os crentes. Para os crentes, a Páscoa tem apenas valor histórico
e figurativo. O que tem sentido e valor para nós é o Batismo e a Ceia do Senhor, sangue não há remissão de pecados”, Heb. 9.22.
pois Jesus quando comeu a última páscoa com seus apóstolos antes do
sofrimento, deu um caráter todo especial ao acontecimento. Lc. 22.15. Ele estava A páscoa tradicional.
instituindo a Ceia que, para nós, os cristãos, e assim substituiu a páscoa – Lc. a) Instituição – A festividade da páscoa foi fixada pelo Concílio de Nicéia em 325 d.C..É
22.15-20. A Páscoa Bíblica, portanto, consumou-se em Cristo, que a instituiu uma festa anual da Igreja Católico Romana, comemora a ressurreição de Cristo.
como um novo memorial – a sua Ceia, na qual o crente comemora a morte do b) Elementos desta páscoa. OS SÍMBOLOS ANTI-BÍBLICOS
Senhor até que Ele venha. Não há no Novo Testamento mais lugar para a páscoa
ou outras festividades as quais foram abolidas na cruz.
 O COELHO – Substituiu o cordeiro pelo coelho, como símbolo de fecundidade
(Representam, portanto, a capacidade que a Igreja tem de produzir novos discípulos). Apareceu
Conhecendo o calendário litúrgico da igreja católica.
O calendário ou ano litúrgico é o período de doze meses, divididos para por volta de 1915, na França. A sua cor e sua rapidez contribuíram para o seu lugar na
simbologia.
organizar as comemorações religiosas da igreja católica. O gráfico a baixo explica
 O OVO – O ovo significando começo, origem de tudo. Quando incubado, dele sai vida,
a ordem das liturgias católicas. Lembrando que este calendário não tem
porque nele está contida a vida. Em Cristo não está contido a vida, Ele é a própria vida.
autoridade religiosa no dia a dia do crente. Salvo o dia universal escolhido
João 11.25.
para lembrar o nascimento do Filho de Deus. O natal já era lembrado antes da  O PEIXE – É símbolo de Cristianismo. No passado quando um cristão se encontrava com
igreja católica instituir este calendário. outra pessoa, fazia o desenho de um peixe para descobrir se o outro era também cristão.
Na semana santa, não comem carne, por causa do corpo de Cristo e substituíram a carne
por peixe, mas na páscoa judaica comiam cordeiro.

Na cultura chinesa o ovo está ligado simbolicamente ao dragão, ao romper a


casca do ovo tipifica o despertar de um novo ser. O dragão era tido como
portador de boa sorte. A essência do simbolismo do ovo na tradição dos povos é
que, Cristo ao ressuscitar rompeu a casca da morte para uma nova vida.

Página | 24
Por que o crente não guarda a Semana Santa? As Superstições e Tradições da chamada “semana santa”.

1. Porque foi uma tradição instituída por homens e não por Deus. 1. Pular a Janela na sexta-feira vira cachorro
2. Na Sexta-feira Santa mulheres batizadas com o nome de “Maria”, não podem varrer a
Em 325 d.C, o Concílio de Niceia, presidido pelo Imperador Constantino e casa nem pentear os cabelos. (Para não varrer os cabelos de Jesus)
3. Na sexta-feira não se deve viajar, porque “faz mal” “é perigoso” “acontece desastre”
organizado pelo Papa Silvestre I, fabricou e consolidou a doutrina da Igreja
4. Também nesse dia não se deve fazer a barba nem se olhar no espelho porque é
Católica, como a escolha dos livros sagrados e as datas religiosas. Ficou
agouro
decidido também que a Semana Santa seria comemorada por sete dias - uma 5. Em sexta-feira não se deve cortar unhas porque “faz unheiro” ou “dá dor de dente”
semana (do domingo de ramos ao domingo de Páscoa). Há relatos de festas ou “inflamação nos dedos” E mais: às crianças, em tal dia, só a madrinha lhes pode
em homenagem aos últimos dias de Cristo, pouco tempo depois de sua morte. cortar as unhas.
Porém comemoravam dois dias apenas (sábado de aleluia e domingo da 6. Lavar Roupa na sexta-feira santa corre o risco de ficar grudado na pedra.
ressurreição). 7. Quem dançar neste dia fica com as canelas secas.
8. Quem comer carne vermelha está comendo a carne de Jesus.
2. Por Jesus desaprovou a observação das tradições que invalidam as 9. Matar qualquer animal, mesmo para alimentação, ficará fatalmente condenado a
Palavras de Deus. grandes prejuízos.
10. Tirar leite também era vedado. O leite ao sair do úbere da vaca, ou da cabra, virava
Mar 7:6-9 “ ...Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de sangue.
mim.” “Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos de 11. Vender carne que não fosse de peixe, nesse dia, acarretava a cólera divina.
homens. Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens, 12. Toda e qualquer atividade campeira era proibida.
como o lavar dos jarros e dos copos, e fazeis muitas outras coisas semelhantes a 13. Nada se pode plantar ou colher na roça, horta ou pomar ou jardim em Sexta-Feira
estas.” Santa.
14. Em Sexta-Feira Santa não deve ficava aberta casa comercial de espécie alguma.
3. Por que Jesus não a instituiu uma “semana santa” como ordenança Apenas as farmácias podiam fornecer medicamentos e isto em caso de muita
para a Igreja. urgência.
15. Só por necessidade muito grande alguém deve saí à Rua na Sexta-Feira Santa. O
Somente o Batismo e a Ceia do Senhor são as duas Ordenanças estabelecidas por silêncio deve ser absoluto.
Jesus Cristo quando esteve aqui na terra com seus discípulos.
Evangelizar pessoas que se apegam a essas fantasias e superstições, principalmente
O batismo idosos, é um grande desafio para o evangelizador, pois suas superstições e crendices
 Cristo pediu o Batismo - Ver João 1:33; Mateus 3:13-15. são passadas de geração a geração, tornando-se uma barreira para a conversão. Leia
 Cristo aprovou o Batismo - Ver João 4:1-2. a história seguinte:
 Cristo ordenou o Batismo - Ver Mateus 28:18-20. Veja o que a dona Maria de Lurdes, de 83 anos, que é natural de São João do Piauí,
 Fazia parte da pregação apostólica - Atos 2:38 diz sobre as tradições aprendidas de seus antepassados:

A ceia do Senhor “Minha avó tinha este costume de não limpar a casa, não tomar banho e fazer jejum.
 É uma ordenança de Cristo - Lucas 22:16 Ela passou estes gestos para minha mãe que ensinou seus filhos e eu mantenho até
 Está relacionada com o Batismo e a comunhão – Atos 2:41,42,46 hoje. Eu lavo as mãos e também por trás do pescoço, mas não pego em dinheiro neste
 Os elementos representam o corpo e o sangue de Cristo - Lucas 22:19,20 dia. O que tiver que comprar, compro até a quinta-feira. Também não fico com três
 Anuncia a vinda de Cristo e de seu reino – 1Coríntios 11:26 moedas de pratas em minhas mãos, pois foi por três moedas de pratas que Judas trocou
Jesus”, disse a idosa.”
Página | 25
A tradição católica de não comer carne vermelha na Semana Santa. A origem da tradição do comer peixe e não carne “semana santa”
Se todos os católicos soubessem como surgiu a prática do comer peixes na dita
Segundo o padre Resende, pároco da Paróquia Cristo Rei, “as ações servem para o “semana santa”, eles não seguiriam esta tradição.
Não há nas Sagradas Escrituras, nenhuma norma ou referência que regulamente o
cristão sentir na própria pele um pouco do sofrimento de Cristo.”.
consumo de peixes nesta época do ano.

Outra justificativa diz: Na Sexta-feira Santa, Cristo foi condenado, carregou a cruz Uma jogada comercial dos Padres. É fácil compreender a jogada comercial que
e foi crucificado. É dia de sacrifícios para os cristãos católicos, em sinal de motivou a prática. Vejam a história:
consternação pela morte de Jesus, e não se deve comer carne vermelha. Na virada do século XV para o XVI o Vaticano financiava boa parte das grandes
expedições marítimas. É nesta época que, de repente, a Igreja decretar que, em
O polêmico Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior diz: “Aparentemente, caiu reconhecimento ao sofrimento de Cristo, os fiéis não poderiam consumir carnes
“quentes” e “vermelhas” durante a Quaresma.
em completo desuso à proibição de se comer carne na sexta-feira. No entanto, pela
legislação atual da Igreja, essa determinação ainda é válida e está, portanto, em O que nem todos sabiam é que o Vaticano, na verdade, era proprietário da maior
pleno vigor.” frota bacalhoeira — caravelas para a pesca do bacalhau que levavam os barcos a
remo nos quais os pescadores se lançavam ao mar para a pesca. Seus armazéns
Será que é por isso que Paulo diz: “Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem ficavam abarrotados e era preciso escoar regularmente a mercadoria antes do
fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se vencimento dos prazos de validade (afinal, peixe salgado também estraga porque o
sal se desfaz a baixas temperaturas durante o inverno).
enfraqueça.” (Romanos 14:21). (?)
Assim, os padres visando a aumentar seus lucros, proibiram o consumo de outros
Resposta: tipos de carne durante a Quaresma. Não deu outra: as vendas de bacalhau
Não. Este texto não apoia a tradição católica sobre o não comer carne na “sexta- explodiram, já que o alimento era apreciado nas camadas populares europeias,
feira santa.” O caso em vista, o contexto de que essa passagem é parte, trata da sobretudo portuguesas, por ser nutritivo e barato. Que jogada!
diferença de opinião quanto à legalidade de comer certas carnes, se estes eram o Crentes escravos das tradições católicas invalidam o sacrifico de Cristo.
alimento que as ordenanças mosaicas tornavam impuras, ou, como em Corinto,
carnes oferecidas a ídolos. Infelizmente ainda há muitos crentes que ficam com medo ou cheios de dúvidas
quando chega esse período do ano. Parecem que não nasceram de novo, “pois se
O crente salvo está livre em Cristo das tradições religiosas. alguém está em Cristo, é nova criação; as coisas antigas já passaram, eis que tudo se
fez novo!” (2Co 5:17). Quando Paulo combatia os crentes que queriam viver sob o
1Co 10:25-28 “Comei de tudo o que se vende no mercado, sem questionamentos
julgo da circuncisão que era uma tradição judaica, disse: “Estai, pois, firmes na
por causa da consciência, porquanto “do Senhor é a terra e tudo o que nela existe”. liberdade com que Cristo nos libertou e não torneis a meter-vos debaixo do jugo da
Se, portanto, algum descrente vos convidar para uma refeição e quiserdes ir, comei servidão.” (Gl 5:1) Ainda não foi liberto por completo o (a) crente que de forma
de tudo que vos for servido, sem nada questionar por motivo de consciência. direta ou indiretamente segue as tradições do catolicismo. Paulo disse da igreja em
Mas, se alguém vos prevenir: “Isto foi oferecido em sacrifício”, nesse caso, não colossos: “me sinto feliz ao verificar que estais vivendo em plena ordem, e como está
comais, por causa daquele que vos avisou e por motivo de consciência.” firme a vossa fé em Cristo.” (Cl 2:5). Os crestes devem vive livres do legalismo
religioso.
Cl 2:16 Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos Legalismo: Legalismo significa pôr as regras acima de Deus e das necessidades humanas. Legalismo
dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, é o estilo de vida de pessoas que acreditam que o cumprimento das regras torna o
indivíduo merecedor do favor e da salvação divina.

Página | 26
7. A NOSSA DENOMINAÇÃO NA HISTÓRIA DA IGREJA Em 13 de junho, numa terça-feira, foram excluídos 13 membros da igreja: José
Plácido da Costa, que ocupara o cargo de moderador da igreja até aquela sessão;
Manuel Maria Rodrigues, ex-secretário; José Batista de Carvalho, ex-tesoureiro;
Como se originou a igreja Assembleia de Deus.
A origem das Assembleias de Deus no Brasil está no fogo do reavivamento que Antônio Mendes Garcia, todos estes diáconos; Lourenço Domingos; João
varreu o mundo por volta de 1900, início do Século XX, especialmente na América Domingos; Maria dos Prazeres Costa; Maria Pinto de Carvalho; Alberta Ribeiro
do Norte. Os participantes desse reavivamento foram cheios do Espírito Santo da Garcia; Manuel Rodrigues Dias; Jerusa Rodrigues. O secretário da igreja depois
mesma forma que os discípulos e os seguidores de Jesus durante a Festa Judaica de anotar esses nomes, deixou para o fim os nomes de Celina Cardoso de
do Pentecostes, no início da Igreja Primitiva, conforme está escrito em Atos 2. Albuquerque e Maria de Jesus Nazaré, que, ao mencioná-los, fez chamando-as de
Assim, eles foram chamados de “pentecostais”.
“as profetisas”, e os de Gunnar Vingren e Daniel Berg.
Exatamente como os crentes que estavam no Cenáculo, os precursores do
reavivamento do Século XX falaram em outras línguas que não as suas originais
Sob a liderança dos missionários Gunnar Vingren e Daniel Berg, os crentes batistas
quando receberam o batismo no Espírito Santo. Outras manifestações
sobrenaturais tais como profecia, interpretação de línguas, conversões e curas que aceitavam a doutrina pentecostal foram convocados a comparecer à casa
também aconteceram. onde se instalava a congregação batista na Cidade Velha, à Rua Siqueira Mendes
Quando Daniel Berg e Gunnar Vingren chegaram a Belém do Pará, em 19 de nº1-A, residência da irmã Celina Albuquerque, para se reunir no dia 18 de junho
novembro de 1910, ninguém poderia imaginar que aqueles dois jovens suecos de 1911, num domingo. Presentes estiveram onze irmãos excluídos no dia 13
estavam para iniciar um movimento que alteraria profundamente o perfil daquele mês, da Igreja Batista, tendo faltado os irmãos Lourenço Domingos e
religioso e até social do Brasil por meio da pregação de Jesus Cristo como o único Alberta Ribeiro Garcia. Compareceram, porém, três membros da igreja que não
e suficiente Salvador da Humanidade e a atualidade do Batismo no Espírito Santo
estavam excluídos, que foram Henrique Albuquerque, esposo de Celina; Maria
e dos dons espirituais. As igrejas existentes na época – Batista de Belém do Pará,
Presbiteriana, Anglicana e Metodista - ficaram bastante incomodadas com a nova Piedade da Costa, esposa de Plácido e Emília Dias. Além destes, foram arrolados
doutrina dos missionários, principalmente por causa de alguns irmãos que se mais quatro irmãos da referida congregação, cujos nomes são os seguintes:
mostravam abertos ao ensino pentecostal. A irmã Celina de Albuquerque, na Joaquim Silva, Tereza Silva de Jesus, Izabel Silva e Benvinda Silva, todos de uma
madrugada do dia 18 de junho de 1911, foi a primeira crente a receber o batismo mesma família. Os três que ainda eram membros da Igreja Batista só foram
no Espírito Santo, o que não demorou a ocorrer também com outros irmãos. excluídos no dia 12 de julho depois de que a mesma tomou conhecimento da
posição assumida por eles. Quanto aos quatro congregados, não cabia a igreja
O clima ficou tenso naquela comunidade, pois um número cada vez maior de
discipliná-los porque não eram membros da igreja. Ao todo eram 18 pessoas
membros curiosos visitava a residência de Berg e Vingren, onde realizavam
reuniões de oração. Resultado: eles e mais dezenove irmãos acabaram sendo para o início da Missão da Fé Apostólica, que mais tarde passou a se chamar
desligados da Igreja Batista. Convictos e resolvidos a se organizar, fundaram a Assembleia de Deus.
Missão de Fé Apostólica em 18 de junho de 1911, que mais tarde, em 1918, ficou
conhecida como Assembleia de Deus. Em 11 de janeiro de 1918, Gunnar Vingren registrou o Estatuto da Igreja no Cartório
Em poucas décadas, a Assembleia de Deus, a partir de Belém do Pará, onde de Registro de Títulos e Documentos do 1º ofício, em Belém, no Livro A, Nº 2, de
nasceu, começou a penetrar em todas as vilas e cidades até alcançar os grandes Registro Civil de Pessoas Jurídicas e outros papéis, número de ordem 131.448,
centros urbanos como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. sob o nome “Estatuto da Sociedade Evangélica Assembleia de Deus”, número de
ordem 21.320, do Protocolo Nº 2. Os extratos do Estatuto foram publicados no
Em virtude de seu fenomenal crescimento, os pentecostais começaram a fazer
diferença no cenário religioso brasileiro. De repente, o clero católico despertou Diário Oficial do Estado do Pará, sob nº 766524. Com esse registro, a igreja
para uma possibilidade jamais imaginada: o Brasil poderia vir a tornar-se, no começou a existir legalmente como pessoa jurídica adequando-se aos Artigos 16
futuro, uma nação protestante. e 18 do primeiro Código Civil Brasileiro que acabara de entrar em vigor em 1º de
janeiro de 1917.
Página | 27

A partir de então a igreja começou a se ramificar por todo território brasileiro, e


posteriormente, pelo mundo.
NOSSO CREDO (as doutrinas dos assembleianos) 9) No batismo bíblico efetuado por imersão em águas, uma só vez, em nome do Pai, e
do Filho, e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo (Mt 28.19;
1) Na inspiração divina verbal e plenária da Bíblia Sagrada, única regra infalível Rm 6.1-6; Cl 2.12);
de fé e prática para a vida e o caráter cristão (2Tm 3.14-17);
10) Na necessidade e na possibilidade de termos vida santa e irrepreensível por obra
2) Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas distintas que, do Espírito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas de Jesus
embora distintas, são iguais em poder, glória e majestade: o Pai, o Filho e o Cristo (Hb 9.14; 1Pe 1.15);
Espírito Santo; Criador do Universo, de todas as coisas que há nos céus e na terra,
visíveis e invisíveis, e, de maneira especial, os seres humanos, por um ato 11) No batismo no Espírito Santo, conforme as Escrituras, que nos é dado por Jesus
sobrenatural e imediato, e não por um processo evolutivo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc Cristo, demonstrado pela evidência física do falar em outras línguas, conforme a
12.29; Gn 1.1;2.7; Hb 11.3 e Ap 4.11); sua vontade (At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7)

3) No Senhor Jesus Cristo, o Filho Unigênito de Deus, plenamente Deus, 12) Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para
plenamente Homem, na concepção e no seu nascimento virginal, em sua morte sua edificação, conforme Sua soberana vontade para o que for útil (1Co 12.1-12);
vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e em sua
ascensão vitoriosa aos céus como Salvador do mundo (Jo 3.16-18; Rm 1.3,4; Is 13) Na segunda vinda de Cristo, em duas fases distintas: a primeira — invisível ao
7.14; Mt 1.23; Hb 10.12; Rm 8.34 e At 1.9); mundo, para arrebatar a Sua Igreja, antes da Grande Tribulação; a segunda —
visível e corporal, com a Sua Igreja glorificada, para reinar sobre o mundo
4) No Espírito Santo, a terceira pessoa da Santíssima Trindade, consubstancial durante mil anos (1Ts 4.16, 17; 1Co 15.51-54; Ap 20.4; Zc 14.5; Jd 14);
como o Pai e o Filho, Senhor e Vivificador; que convence o mundo do pecado, da
justiça e do juízo; que regenera o pecador; que falou por meio dos profetas e 14) No comparecimento ante o Tribunal de Cristo de todos os cristãos arrebatados,
continua guiando o seu povo (2Co 13.13; 2Co 3.6,17; Rm 8.2; Jo 16.11; Tt 3.5; 2Pe para receberem a recompensa pelos seus feitos em favor da causa de Cristo na
1.21 e Jo 16.13) Terra (2Co 5.10);
5) Na pecaminosidade do homem, que o destituiu da glória de Deus e que 15) No Juízo Final, onde comparecerão todos os ímpios: desde a Criação até o fim do
somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo Milênio; os que morreram durante o período milenial e os que, ao final desta
podem restaurá-lo a Deus (Rm 3.23; At 3.19); época, estiverem vivos. E na eternidade de tristeza e tormento para os infiéis e
vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis de todos os tempos (Mt 25.46; Is
6) Na necessidade absoluta do novo nascimento pela graça de Deus mediante a fé
65.20; Ap 20.11-15; 21.1-4);
em Jesus Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus para
tornar o homem aceito no Reino dos Céus (Jo 3.3-8, Ef 2.8,9);
16) Cremos, também, que o casamento foi instituído por Deus e ratificado por nosso
7) No perdão dos pecados, na salvação plena e na justificação pela fé no sacrifício Senhor Jesus Cristo como união entre um homem e uma mulher, nascidos macho
efetuado por Jesus Cristo em nossofavor (At 10.43; Rm 10.13; 3.24-26; Hb 7.25; e fêmea, respectivamente, em conformidade com o definido pelo sexo da criação
5.9); geneticamente determinado (Gn 2.18; Jo 2.1,2; Gn 2.24; 1.27).

8) Na Igreja, que é o corpo de Cristo, coluna e firmeza da verdade, una, santa e


universal assembleia dos fieis remidos de todas as eras e todos os lugares,
chamados do mundo pelo Espírito Santo para seguir a Cristo e adorar a Deus
(1Co 12.27; Jo 4.23; 1Tm 3.15; Hb 12.23; Ap 22.17)

Página | 28
8. A CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL. 02 – O Espírito Santo dirige tudo e não é necessário se preparar, examinar ou
meditar nas Escrituras Sagradas. - Não pode estudar a Bíblia, pois não foi feita
Dados históricos para ser estudada, mas para ser obedecida, quem estuda as escrituras são recebidos
como canais;
A Congregação Cristã no Brasil foi fundada em 20 abril de 1910, pelo italiano
Louis Francescon, na cidade de Santo Antônio da Platina, no Estado do Paraná, Resposta:Devemos estudar tudo, o que inclui a Bíblia (I Tessalonicenses 5:21;I
Brasil.Tendo imigrado para os E.U. A em 03-03-1890, Francescon filiou-se à Timóteo 4:13,15; II Timóteo 2:15, 4:13;Mateus 13:52; Atos 6:2,4;Provérbios 9:9,
Igreja Presbiteriana Italiana de Chicago, onde foi eleito diácono e posteriormente 4:20-22;Salmo 1:2, 119:97-99).
ancião. Separou-se da igreja por ter tido uma “revelação divina” de que o batismo Deve se desconfiar de qualquer grupo ou instituição religiosa que proíba o estudo da
desta estava errado. Vem para o Brasil e funda a seita no Paraná, e em fins de Bíblia pelos seus membros. Pois, isso mostra que se o estudo é proibido, existe
junho do mesmo ano vem a São Paulo, e batiza 20 pessoas oriundas de fragilidade doutrinária no seu corpo doutrinário, e que suas doutrinas de inspiração
denominações evangélicas e alguns católicos. humana e muitas vezes diabólicas não podem ser avaliadas, julgadas ou criticadas
por um juízo maior – a Palavra de Deus.
Aversão à Assembleia de Deus. Aquele que lê a Bíblia é bem-aventurado (Apocalipse 1:3; Isaías 34:16; Efésios 3:4).
Devemos meditar e decorar (guardar no coração) a Bíblia (Salmo 1:2,119:11).
A CCB tem aversão a todas as denominações evangélicas que não “rezam pela sua A característica de todo aquele que pertence a Deus é dar valor à Sua Palavra (I
cartilha”, mas em particular com sua parceira no pioneirismo pentecostal a Igreja Pedro 1:25-2:2; Salmo 119:47,48,97, 105,167; Provérbios 10:14).
Evangélica Assembleia de Deus. Diz o pastor Raimundo F. de Oliveira em seu O estudo da Bíblia produz vida, porque a Bíblia é a própria Palavra do Espírito Santo
livro: "Seitas e Heresias - um sinal dos tempos" que a Congregação "evita de Deus (João 6:63; Hebreus 4:12; I Pedro 1:23; Efésios 6:17;Tiago 1:18,21; Josué
qualquer tipo de relacionamento com a Assembleia de Deus". 1:8; Salmo 1:2-3, 19:7-10, 119:6,25,50,93,97-100,107,148,154; Provérbios 5:20-22,
15:14; João 15:7; Atos 6:2,4; I Timóteo 4:13-15; II Timóteo 2:15, 3:15-17;etc).
RESPONDENDO AS HERESIAS DA CONGREGAÇÃO CRISTÃ DO BRASIL. Por que fazem isso? Porque o anti-intelectualíssimo (irracionalismo) ensinado pela
CCB é uma forma de conformação com o mundo, um mundanismo, semelhante ao
01 – Só existe salvação na gloriosa Congregação. - Ela é a verdadeira graça, o paganismo, e uma válvula de escape para fugir à responsabilidade, dado por Deus, do
tronco principal, as outras são apenas ramos. uso cristão de nossas mentes (II Coríntios 4:4; Efésios 4:17-21; Atos 17:23;Salmo
32:8-9,73:22; Provérbios 6:6-11; Isaías 1:3,18, 26:3; Jeremias 8:7; Jó 38:3, 40:7; etc).
Resposta:Jesus não aceita tal tipo de exclusivismo (Marcos 9:38-41; Mateus
23:13). A salvação não está em uma organização religiosa, mas somente no
03 – Só o batismo efetuado na CCB é verdadeiro e regenerador para obter
Senhor Jesus (João 14:6; Atos 4:12; Colossenses 1: 14,18; I Timóteo 2:5). Jamais
salvação e criaram uma fórmula batismal estranha ao cristianismo. - Os
uma organização religiosa poderá gloriar-se de ser o “caminho”, pois esta posição
adeptos da CCB são batizados “em nome de Jesus” + “em nome do Pai, do Filho e do
há muito já está ocupada! Somente Jesus Cristo pode salvar o homem. Ele não é
Espírito Santo”. Os que não são batizados dessa maneira devem rejeitar a sua
apenas um caminho, mas o caminho, a verdade e a vida (João 14:6) todo aquele
experiência anterior, e serem rebatizados “em nome de Jesus”.
que crê no Senhor é salvo, e faz parte de Sua Igreja (Romanos 10:9-10,13; I
Coríntios 1:2; João 1:12; Efésios 1:13,22-23). A Igreja do Senhor é um organismo
Resposta: A Bíblia cita batismos “em nome de Jesus Cristo” (At 2:38, At 10:48), “em o
espiritual, invisível, universal, composta por todos os crentes em Cristo, do
nome do Senhor Jesus” (At 8:16, At 19:5)A forma adotada pela igreja cristã, e a que
mundo todo, de todos os tempos, desde seu início no Pentecostes até consumação
Cristo ensinou:“em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”, em nome da
dos séculos. (Mateus 16:18; Romanos 10:11-13; I Coríntios 1:2; Efésios 3:21,5:25;
trindade, e não de uma quaternidade (Mateus 28:18-20).
Hebreus 12:23; etc). O exclusivismo religioso da CCB prova que seus adeptos
estão contra o Espírito Santo de Deus, cuja principal obra é a da unidade
Por que a igreja batizava só em nome de Jesus? Porque muitos dos judeus não
espiritual (I Coríntios 12:13; Efésios 2:16-22, 4:3-6).
acreditavam que Ele fosse o Messias filho de Deus; então ao batizar os novos crentes
somente no nome de Jesus, os apóstolos estavam testemunhando a divindade de
Cristo.
Página | 29
04 – Porque é a única igreja em que as mulheres observam a prática do uso 06 – Por ser a única denominação que observa prática do “ósculo santo” -
do véu (I Cor. 11.1-16) - por essa razão está espiritualmente acima de qualquer
outra denominação. Resposta: O ósculo santo que a Bíblia mostra é dado em todo lugar e
indistintamente (Gênesis 27:27, 29:11; I Samuel 20:41; Lucas 7:38-45, 15:20; Atos
Resposta: O véu faz parte dos usos e costumes orientais. Paulo manteve para não
dificultar a pregação do evangelho. Não dá para dogmatizar isto. Além das 20:37; Romanos 16:1,5-7,12-16; Gálatas 3:28-29).Seguindo o raciocínio da CCB
instruções do Apóstolo ensinando que “o cabelo foi dado no lugar do véu.” deveríamos também praticar o lava-pés (João 13:14), mas tanto o ósculo santo
(1Co_11:15). Esse véu usado na CCB é artificial, um pedaço de pano posto na como o lava-pés são costumes com raízes orientais, o cristão deve ater-se aos
cabeça. O véu bíblico, porém, não cobria só a cabeça, mas quase todo o rosto princípios que eles nos ensinam: o ósculo santo – o amor fraternal; e o lava-pés –
feminino. Basta ler (Gn 38:14-15) a humildade(João 13:12-15; Romanos 16:16; I Pedro 5:5; Hebreus 13:1).Se os
apóstolos quisessem que o ósculo santo fosse incorporado como doutrina, eles
Sociedades há no mundo onde a mulher rapa a cabeça. Como pregar isso para
teriam dito o ósculo santo, assim como falamos do batismo e da ceia.Quando
eles? Em resumo vemos que:
mencionado em algumas epístolas trata-se de apenas uma referência afetuosa,
a. O pedaço de pano usado pelas mulheres da CCB é o mesmo adotado pelas tendo o mesmo sentido de uma saudação nossa, quando por exemplo escrevemos
Igrejas Católica Apostólica Romana e Católica Ortodoxa, e não o véu tal como as à pessoas íntimas e pedimos para dar beijos nas crianças e um abraço neste ou
mulheres judias usavam. naquele, e por isso é sempre mencionado no final das epístolas nas seções de
b. O texto de I Coríntios 11 trata do comprimento do cabelo para homens e despedidas, e não no começo ou no meio (I Coríntios 16:20-21; Filipenses 4:21;
mulheres tendo em vista o costume da sociedade gentia de Corinto. Colossenses 4:18; II Tessalonicenses 3:17; II Timóteo 4:19; Tito 3:15; Filemom 23)
c. Paulo não impôs nenhuma prática judaica para os cristãos a não ser as
mencionadas em Atos 15:19-20.
07 – É pecado dar o dízimo, porque o dízimo está na lei.
05 – A irmandade deve saudar com a “paz de Deus” e nunca com a “paz do Resposta:o dízimo foi praticado antes da Lei ( Gn 14.18-29; 28.20-11); durante a
Senhor” - Porque existem muitos senhores, mas Deus existe um só e atacam Lei ( Lv 27-30-34: Ml 3.8-10) e na atual dispensação ( Hb 7.8-9) e foi aprovado por
todas as outras denominações que cumprimentar de forma diferente; Jesus Mt 23.23. A CCB combate o dízimo, mas institui as seguintes ofertas: Ofertas
da piedade, oferta para compra de terrenos; ofertas para fins de viagens; ofertas
Resposta: Não existe na Bíblia mandamento para usarmos determinada para conservação de prédios e ofertas de votos. Ensinam os Anciãos da CCB que o
saudação. Se o argumento que utilizam é de que há muitos “senhores”, também dízimo é da lei e que é maldito e hipócrita aquele que dá e aquele que o recebe. A
poderíamos dizer que há muitos “deuses”, inclusive Satanás é chamado de Bíblia ensina que o dízimo é santo; a CCB ensina que é profano. A Bíblia ensina que
“deus” (II Coríntios 4:4; Miquéias 4:5; Filipenses 3:19; II Reis 1:3).Algumas o dizimo é do Senhor (Lv 27.30); a CCB ensina que o dízimo é para ladrões.
vezes os adeptos da CCB querendo mostrar “superioridade” espiritual dizem Hipocrisia, é combatem o dízimo bíblico e ao mesmo tempo instituí várias ofertas
equivocadamente que devemos completar a frase da nossa saudação da para suprir a ausência do dízimo.
seguinte forma – “a paz do Senhor Jesus”, seguindo essa linha de raciocínio, A pessoa que entra pela primeira na vez na CCB tem a impressão de que lá não se
então eles deveriam também completar a saudação deles dizendo – “a paz de fala em dinheiro, porque tudo é oculto.
Deus o Pai”, visto que o nome cristão para Deus é Pai!(Mateus 6:9; Gálatas 4:6;I Como se recolhem todas essas ofertas se não são feitas publicamente? Tudo é
Tessalonicenses 1:1; II Tessalonicenses 1:2) colocado na mão do porteiro, logo na entrada do templo, onde os envelopes
indicam o destino que se deve dar ao dinheiro. É assim que, hipocritamente,
fazem-se contribuições mais numerosas e mais pesadas do que o dízimo, mas de
modo oculto para os de fora.

Página | 30
08 – Só existe um pastor da igreja: Jesus Cristo. - Os demais pastores são 09 – Não devemos pregar o evangelho nas ruas. - Porque o evangelho não pode
mercenários. ser escandalizado. Mt 7:6 “Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos
as vossas pérolas...”
Resposta: Em primeiro lugar, não podemos deixar de reconhecer o Senhor
Jesus como o SUMO PASTOR (1Pe.5:4). Ora, se há o Sumo Pastor, há também os Resposta: O ensino de Jesus relativo à pregação é bem claro:
sub-pastores, ou apenas pastores. E estes foram indicados pelo próprio Jesus, a). Mandou sair pelas ruas e vielas, a fim de buscar os sedentos e famintos
ao dirigir-se a Pedro ordenando-lhe “apascenta os meus cordeiros” e “apascenta (Lc.14:21-23)
as minhas ovelhas”. Usou Jesus uma vez a primeira sentença e duas vezes a b). Enfatizou Jesus o método de pregar pelas ruas (Mt.8:1, Mc. 1:15-20, Lc.13:26)
segunda (Jo.21:15-17). Não deixamos de reconhecer que há duas classes de c). Paulo pregava nas praças e lugares públicos (At.16:13 e 17:17)
pastores. Os pastores honestos (Jr.3:15) e os pastores mercenários (Ez.34:4-6). d). Várias pessoas se converteram por pregações fora dos templos (Mt.4:18-22 e
Mas, porque existe o mercenário, vamos desprezar o pastor honesto? 9:9, At.16:13-15 e 17:34). Agora, o que é condenável por parte dos membros da
Certamente que não. CCB, é que enquanto declaram não ser correto dar pérolas aos cães, assim
considerados os descrentes, depois que os descrentes se convertem pela pregação
Se o fato de Deus ter sido chamado Pastor anula o ministério pastoral, então ao ar livre, os membros da CCB correm para suas casas, quando os conhecem, no
também não poderiam haver os anciãos na CCB, já que Deus é também propósito de levá-los para a Congregação. É fácil pescar em “aquário alheio”. Jesus
chamado de Ancião. (Daniel 7:9,13, 22)A CCB ao combater os pastores que condenou tal proselitismo (Mt.23:15)
Deus deu à Igreja, combate e luta contra o próprio Deus. (Atos 5:37-38; Lucas
10:16) Foi Jesus quem instituiu os pastores na igreja (Jeremias 3:15, 23:4;João 10 – Só podemos orar de joelhos. - Orar em outra posição é para os
21:15-17; Efésios 4:11). Testemunhados (outras igrejas).

A CCB ataca veementemente o sustento dos pastores e obreiros. Resposta: É verdade que o texto de Lucas 18:11 declara que o fariseu, estando em
Resposta: O sustento pastoral é bíblico (2 Coríntios 11:8; I Coríntios 9:4-14; pé, orava e sua oração não foi ouvida. Mas o v.13 declara que o publicano se
Filipenses 4:15-19; II Timóteo 2:4). achava em pé também, e sua oração foi ouvida, v.14. Logo, não foi a posição do
Jesus e os apóstolos viviam das ofertas que recebiam. Em João 12:6 lemos que corpo que influiu na resposta à oração, mas a situação do coração (Is.1:15-16,
existia uma bolsa onde eram depositadas as contribuições para o sustento 59:1-2).
deles (João 13:29; Lucas 8:3;Mateus 10:10; Lucas 10:7). A Bíblia aponta várias posições para oração:
Ao se opor ao sustento dos pastores consagrados ao ministério, a CCB se opõe a a) Oração com olhos abertos e em pé (Gn.18:22, Jo.11:41-42);
própria determinação da Palavra de Deus. (II Coríntios 4:2; Jó 24:13) b) Oração estando sentados (At.2:1-4);
c) Oração de cócoras (1Rs.18:42);
d) Oração no ventre do peixe (Jn.2:1-3);
e) Oração deitado na cama (Is.38:2-3).

Assim, não há posição exata para a oração. Podemos orar sempre e em todo lugar
A Escritura declara: “Não amordaces o boi, quando pisa o trigo. E (Ef.6:18, 1Ts.5:17, 1Tm.2:8).
ainda: O trabalhador é digno do seu salário.” (1Tm 5. 18)

Página | 31
11- Uso e abuso de bebidas alcoólicas é liberado. – Os adeptos da 12 – Se opor a CCB é um pecado de morte. - Os adeptos da CCB acreditam que
Congregação Cristã no Brasil usam bebidas alcoólicas, e afirmam que a Bíblia aqueles que deixam a CCB, pecam para a morte.
não orienta sobre essa questão, chegam até mesmo a se embriagarem em suas
festas de casamento e outros eventos sociais sem nenhum constrangimento. Resposta: A Bíblia ensina que Saulo se levantou contra a verdadeira obra do
Espírito Santo, e nem por isso pecou para morte (Atos 7:58-59, 8: 1-3, 9:1-6, 22:4-
Resposta: O uso de bebidas alcoólicas é condenado na Bíblia (Provérbios 20:1, 5). O mesmo se deu com Alexandre (II Timóteo 4:14), e, Diótrefes (III João 9-10),
23:29-35; Isaías 28:7-9; Habacuque 2:15-16; Gálatas 5:21; I Pedro 4:3; I que anteriormente pertenciam a igreja. Pecado para morte, é o pecado cometido
Coríntios 5:11). Não somente ela condena o fim do processo destrutivo a que o pelo crente que ofende a administração divina, levando Deus a discipliná-lo com a
álcool leva, ou seja, a embriagueis, mas também o início. Afinal, o bêbado não se morte física. Nenhum caso apresentado na Bíblia apoia a doutrina da CCB (Veja o
embriaga no primeiro copo, assim é com todo tipo de pecado, todo o pecado caso de Ananias e Safira em Atos 5:1-10, e dos crentes coríntios em I Coríntios
antes de se consumar tem um processo que começa no interior do homem 11:30).
(Mateus 5:28; Marcos 7:20-23).O crente é chamado para tirar o “mal pela raiz”,
se abstendo de toda aparência do mal (I Tessalonicenses 5:22). Assim como ser
cheio do Espírito Santo é um processo, e Deus leva em conta o processo todo e 13- Rejeição do ministério feminino. – A CCB ensina que as mulheres não
não apenas o resultado, assim o mesmo acontece com a embriagues (Efésios podem exercer ministério na igreja. 1Co 14:34
5:18). Resposta: A Bíblia dá o direito de a mulher exercer o seu ministério na igreja com
muito proveito. Enquanto que no relacionamento “marido e mulher” existe
A palavra “vinho” na Bíblia é “oinos” (no grego) e pode referir-se a dois tipos sujeição e submissão (I Coríntios 11:3,8-9; Efésios 5:22-33; I Timóteo 2:11-15), no
bem diferentes de suco de uva: (1) suco de uva natural não fermentado, e (2) ministério do Corpo de Cristo essa submissão é recíproca, trazendo assim
vinho fermentado e embriagante, da mesma maneira que a palavra “bebida” no igualdade (I Coríntios 11:11-12; Efésios 5:21; Filipenses 2:3; Gálatas 3:28).
português pode referir-se também a bebidas alcoólicas, ou a sucos e
refrigerantes, dependendo do contexto. Sobre a evasiva das “mulheres permanecerem caladas nas igrejas” de 1Co 14:34, a
O suco de uva natural não fermentado não é condenado por Deus, mas o vinho CCB acredita ser essa passagem uma proibição da mulher exercer o ministério que
fermentado e embriagante sim! Deus lhe deu, essa é mais uma das falsas interpretações da CCB de um versículo
isolado da Bíblia. Paulo em I Coríntios 11:15, já se referiu à mulher que ora (fala) e
Jesus e os discípulos usaram o suco de uva natural, o “fruto da vide”, não profetiza (fala) na Igreja. Quando se diz: “em casa, a seus próprios maridos (v.35)”,
fermentado e não embriagante na ceia (Mt 26:29; Mc14:25;Lc 22:18),que é isso indica imediatamente que o apóstolo está pensando no comportamento de
verdadeiramente natural contendo 20% de açúcar e 0,0% de álcool. Acreditar algumas mulheres casadas de Corinto. Ao que parece Paulo estava confrontando
que Jesus usou e estimulou o consumo de vinho fermentado e embriagante é uma problemas de tagarelice e desordem da parte dessas mulheres. Se formos com
verdadeira blasfêmia contra a santidade de Deus! O uso de bebidas fortes pelos base nesse texto pensar que a mulher tem de parar de falar em todos os sentidos,
sacerdotes ativos no tabernáculo foi proibido. (Levítico 10:8-11) então as mulheres da CCB não poderiam participar do momento dos testemunhos
e nem ao menos “chamar” ou pedir os hinos nos cultos que realizam. Veja os
Devemos nos embriagar com o Espírito e não com o vinho fermentado. (Efésios exemplos de mulheres servindo no ministério: (Lucas 2:36-38, 8:23; Romanos
5:18). 16:1,2; Filipenses 4:3 Mateus 28:1-10; João 4:6; Atos 21:9, 18:26, 18:2-18; Tito
2:3-5). Os dons espirituais seriam derramados sem distinção de sexo (Joel 2:28-
29). Quando os apóstolos falam em dons espirituais de liderança, administração,
de sinais e outros em suas epístolas, eles não fazem distinção de sexo (Romanos
12:5-8; I Coríntios 12:1-11, 28-31, 14:1,39; Efésios 4:7-12; I Pedro 4:10-11).
Os adeptos da Congregação Cristã no Brasil já são conhecidos no
Paraná como membros da “Congregação Cristã do Barril”

Página | 32
14 – O banco dos pecadores. – Nos cultos os adeptos da Congregação que 16 - Visão distorcida sobre a lei de Deus. Acreditam que a lei é dividida em três
estão em observação ou em pecado, ficam sentados separados dos demais, e leis: lei cívica, cerimonial e moral.
com o objetivo de serem conhecidos pela irmandade, ficam nessas condições até
vencer os dias de suas culpas. Resposta: Na Bíblia ao se referir a Lei de Moisés, não se acha a distinção de “lei
moral”, “cerimonial” e “civil”, mas somente lei. A lei é uma só, e toda a lei foi
Resposta: Não abordaríamos esse ponto, se esse fato não representasse uma cumprida, inclusive a “lei moral”, pois Cristo viveu uma vida moralmente impecável
clara postura de falta de amor, humildade e perdão por parte dessa organização (Gálatas 3:10,11, 4:4-5; Mateus 5:18; João 19:30).
religiosa entre seus próprios adeptos. Falta de amor porque o amor cobre uma
multidão de pecados (Provérbios 10:12, 17:2; I Coríntios 13:4; I Pedro 4:8); de A Nova Aliança tem uma Lei própria – A LEI DE CRISTO OU A LEI DO ESPÍRITO
perdão porque devemos estar dispostos a perdoar e esquecer (Mateus 18:21- (Romanos 8:2; I Coríntios.9:21; Gálatas.6:2; Romanos.3:27). É por essa Lei e no
22, 23-35; Efésios 4:32); e de humildade porque quem age dessa maneira não cumprimento desses mandamentos que nós andamos. Quando veio a nova lei, a velha
possui tal virtude (Colossenses 3:12-13; I Coríntios 10:12; João 8:1-11; Gálatas tinha cumprido seu propósito e não era mais necessária, por isso foi removida
6:1; I Timóteo 1:14-16). A maneira que devemos agir com uma pessoa que está (Hebreus 10:1-18, 8:6-13; Gálatas 4:28-31; II Coríntios 3:11) Cristo não colocou
insistindo na prática do pecado é conforme descreveu Jesus para seus discípulos “remendo de pano novo” (seus ensinos) em “vestido velho” (a lei). Jesus estabeleceu
em Mateus 18:15-17: sempre visando ganhá-lo e recuperá-lo, e em última tudo novo e jogou fora o velho (João 1:17; Mateus 9:16-17; Marcos 2:21-22). Em
instância considera-lo como um “gentio e publicano” indicando que devemos vê- nenhum lugar na Bíblia diz que o Velho Concerto foi substituído parcialmente. Quem
lo como alguém que ainda não experimentou uma genuína conversão.CCB só arranca as portas e janelas de uma casa, não pode dizer que a demoliu. Assim, se o
gostam de atacar as denominações evangélicas afirmando que nelas não há Velho Concerto foi substituído, o foi no seu todo!
amor, quando na verdade eles é que não possuem o amor de Deus no coração, o
17 - O ensino distorcido sobre a salvação. - Na prática para alguém ser salvo de
que possuem é apenas religiosidade. O que é pior, é que tomam tal postura e
acordo com a CCB tem de preencher os seguintes requisitos: (1) fé, (2) pertencer a
ainda afirmam que tudo o que fazem é “pela a direção do Espírito”! O Espírito de
CCB, (3) batismo em nome de uma quaternidade para purificação de pecados
Deus não contraria Sua própria Palavra registrada na Bíblia.
(obedecer), e, (4) permanecer fiel aos ensinos da CCB (ter bom testemunho).
15- Revelações além da Bíblia. - Na prática a Bíblia tem pouca relevância para
Pergunta-se a um adepto da CCB: Pode alguém chegar ao céu sem obedecer as
a CCB (o seu estudo é estritamente proibido) e aceitam apenas as
doutrinas que a CCB ensina (tais como o “ósculo santo”, o “uso do véu”, o batismo em
“interpretações” dadas pelos anciãos. Maior autoridade possui as “profecias”
nome de uma quaternidade, a rejeição do ministério pastoral,etc)?No pensamento da
dadas no culto (“buscar a palavra”)
CCB, não!
Resposta: A Palavra de Deus (a Bíblia) é a revelação final e completa que não
pode ser substituída por qualquer outra revelação (Provérbios 30:6; Apocalipse Resposta: Do começo ao fim a salvação é unicamente pela fé em Jesus Cristo (Atos
22:18-19; Jeremias 14:14; II Timóteo 3:16-17; II Pedro 1:20-21). As seitas, 15:9,11; Romanos 1:17,4:2-5, 5:1; Gálatas 3:26). A salvação não é pelas obras
porém, não tem esse compromisso com a Bíblia. O Deus da Bíblia sabendo que (Efésios 2:8.9; Tito 3:5,6; Isaías 64:6; Gálatas 3:11, 5:4) Todos os que querem ser
isso sucederia no futuro da Igreja declarou mui claramente que a Sua Palavra, as justificados ou salvos pelas obras de obediência, estão debaixo de maldição (Gálatas
Escrituras, é a revelação final e insuperável (Apocalipse 22:18-19; Gálatas 3:9-12;II Coríntios 3:6-9). A nossa salvação não é baseada no nosso esforço, mas
1:8,9). inteiramente naquilo que Cristo fez, na obediência Dele. Sua morte constitui um
sacrifício completo pelos nossos pecados perante Deus. (Romanos 5:19, 4:5-8)

Página | 33
18 - A prática de “buscar a palavra” - O adepto da CCB vai ao culto para “buscar a 19 - Rejeição da certeza de salvação. - A CCB ensina que não podemos ter a certeza da
palavra”. Ao entrarem no templo os adeptos comunicam seus pedidos de oração ao salvação.
CONGREGAÇÃO CRISTA NO porteiro, que anota o número de pedidos de diversos tipos
BRAZIL
PEDIDOS DE ORAÇÃO POR: num CARTÃO próprio, posteriormente entregue ao ancião. Resposta: A Bíblia afirma que podemos ter certeza de salvação (João 3:16,18,36;
INFERMIDADES
Os pedidos são classificados em poucas categorias que Romanos 8:16; I Coríntios 1:18, 5:1; Filipenses 1:21 e 23; I João 5:12-13). Os que
TRIBULAÇÃO
correspondem a temas básicos dos congregados e ensinam que não podemos ter a certeza de salvação chamam Deus de mentiroso,
CAUSAS
negando o Seu testemunho (I João 5:9-13).
VIAGENS refletem os dilemas do povo brasileiro, que
A certeza de salvação do cristão está no fato de que ela não depende de seus méritos,
ACIDENTADOS
são:enfermidades; tribulações; causas; viagens; acidentes; mas dos méritos de Jesus Cristo alcançados na cruz do Calvário (João 10:28-29, 11:25-
FAMÍLA
TESTEMUNHOS família e testemunhados. No cartão que o porteiro entrega 26; Romanos 4:24-25, 5:1,11,17,8:1,4, 29-39;Filipenses 1:6 Apocalipse 1:5-6, 5:9-
ao ancião consta o número de pedidos de cada tipo, mas 10).Uma das características principais daqueles que pertencem a uma seita herética é a
tal dado não é relatado à congregação, somente é relatado falta de certeza de salvação, isso porque, somente aqueles que creem realmente em
as várias categorias dos pedidos a fim de serem lembrados Cristo e possuem o Espírito Santo tem a convicção de que são salvos (Veja: Romanos
na oração. No momento da mensagem o ancião abre sua Bíblia aleatoriamente e 8:1,9-10,16; II Coríntios 5:1-2; Efésios 1:13-14; Filipenses 1:23; Colossenses 3:4; I
Tessalonicenses 4:17; II Timóteo 1:12).
cai, por exemplo, na história de uma cura milagrosa, onde com base nos pedidos de
oração feitos pelos adeptos inicia-se uma serie de “profecias” que se aplicam as 20 - Sono da alma após a morte. - A CCB ensina que após a morte o homem cai em um
necessidades dos mesmos. Como por exemplo: “Tem irmão que entrou aqui nesta estado de inconsciência, semelhante ao sono, e que só após a ressurreição conhecerá o
noite calado, triste, achando que não tem mais esperança. Mas o Senhor te diz esta seu destino.
noite: Fica em comunhão e você terá uma grande vitória. ” Ou “Tem irmã que nesta
noite está pensando em empreender uma viagem. O Senhor te diz:Vai porque eu serei Resposta: Após a morte, a existência é consciente, o cristão vai para junto de Jesus no
contigo! ” O fundamental para a reunião é o papel do ancião que funciona como céu, e o ímpio para o inferno (II Coríntios 5:1-8; Filipenses 1:21-25; Atos 7:56-59; Salmo
9:17; Provérbios 5:5; Mateus 18:9, 23:23; Lucas 12:5; 16:19-31; II Pedro 1:13-15) A
adivinho ou oráculo. Assim o adepto sai com a convicção de que “veio a Palavra” e
expressão bíblica “dormir” ou “adormecer” é usada quando se refere a morte como uma
“Deus falou comigo no culto”. figura de linguagem, e apenas em relação ao corpo (Mateus 27:52; Eclesiastes 12:7;
Gênesis 35:18; I Tessalonicenses 4:13-17; João 11:11-14). “Dormir” ou “adormecer” são
Resposta: A falta de conhecimento bíblico leva os adeptos da CCB a buscar outras figuras de linguagens apropriadas para o corpo, uma vez que a morte é apenas
fontes de inspiração como adivinhação, condenada pela própria Bíblia (Dt 18:9-12; temporária, aguardando apenas a ressurreição, ocasião em que o corpo será
Jr 14:14; I Tm 4:1-2;II Tm 4:3-4). “despertado”. Além disso, tanto o ato de dormir quanto a morte possui a mesma postura
– o corpo permanece deitado.
Promove então o "ministério espiritual” da CCB uma prática pagã e ocultista
oriunda das religiões de mistérios greco-romanas, semelhante ao oráculo de Delfos A palavra de Cristo na cruz ao ladrão arrependido: “Em verdade te digo que hoje estarás
na Grécia Antiga. Tal prática promove também a escravidão espiritual de toda a comigo no Paraíso” (Lucas 23:43) é uma das muitas provas da consciência da alma
"irmandade", que iludida acreditando ser essa a direção do Espírito, chegando até imediatamente após a morte. A morte física é a separação da natureza imaterial do
mesmo a desafiarem os evangélicos afirmando que somente eles possuem "o homem de sua natureza material (Gênesis 35:18; I Reis 17:22; Eclesiastes 12:7; Lucas
ministério que prega a Palavra de Deus pelo Espírito Santo", não tomam nenhuma 8:55). Paulo dá outros títulos à natureza material do homem (corpo) chamando de
decisão sem "buscar a Palavra". “homem exterior” e a natureza imaterial do homem (alma e espírito) chama-a de
“homem interior” (2 Coríntios 4:16-18, 5:1-9). Destarte que a doutrina do sono da alma é
antibíblica.
O correto é buscar orientações na própria Bíblia (João 17:17; Salmo 119:105,130)
e não em uma série de adivinhações.

Página | 34
Vocabulário da congregação cristã no brasil POR QUE CRENTES DE IGREJAS BÍBLICAS SÃO ATRAÍDOS PARA A CCB?
Crentes de várias denominações tradicionais, às vezes com dezenas de anos ligados
às suas Igrejas, ao assistir apenas um culto na CCB, abandonam de vez sua
1. Irmandade: Os adeptos da CCB em geral, ou em determinado local.
denominação e se unem à CCB, aceitando o rebatismo nas águas, alegando ainda tais
2. Buscar a Palavra: Recebimento de orientações “divinas” específicas em determinados crentes “agora possuir toda a verdade”.
pontos da mensagem. O que se deu de tão excepcional, que os levou a agir assim tão drasticamente, depois
3. “A comum”: Expressão usada pelo adepto para designar a igreja da localidade em de vários anos em suas igrejas?
que freqüenta.
Qual o segredo que existe na CCB que leva pessoas que pareciam tão firmes
mudarem assim repentinamente de igreja?
4. Reunião de Jovens e Menores: Culto específico para os mesmos.
5. Assembléias:Reuniões anuais para os adeptos conhecerem o desenvolvimento e a Resposta: O tipo de culto que se realiza nos templos da CCB é caracteristicamente
expansão da seita para outras regiões. diferente de todos os tipos de cultos realizados em outras denominações evangélicas.
6. Obra de Deus: A Congregação Cristã no Brasil. O culto que lá se realiza desenvolve-se da seguinte maneira:
7. “Vir para a graça”: Expressão usada pelos adeptos quando convidam alguém para
O ancião de posse dos cartões que relatam os pedidos de oração dos visitantes ou
fazer parte da seita.
membros da CCB abre a Bíblia em uma história das curas milagrosas relatadas nas
8. “Nascido na graça”: Expressão usada em referência aos filhos dos adeptos.
escrituras e procura aplicá-la às necessidades da congregação, dizendo: “Tem irmão
9. Ancião: Equivalente a pastor nas igrejas evangélicas. aqui hoje que acha que não tem mais esperança, não tem mais jeito. Chegou aqui
10. Cooperador de Ofício Ministerial: Auxilia o ancião nos trabalhos da seita, e pode até abatido e triste, ‘tem ânimo porque vou fazer uma obra na tua casa’. Os vizinhos podem
mesmo ungir os enfermos na ausência deste. achar isso impossível, os parentes podem estar rindo de você, o médico pode já ter
11. Seitários: Todos os evangélicos. desenganado, mas quando Deus promete, ele cumpre. Fique em comunhão que o irmão
vai ver a poderosa mão de Deus”.
12. Testemunhados: Uma das categorias do cartão de pedidos de oração da CCB, é outra
designação para os que não pertencem a seita.
13. Obra da piedade: Composta por uma comissão para ajuda dos pobres da CCB. Outro exemplo: “Aqui tem uma irmã que discutiu com seu esposo por causa da
14. “Conhecer toda a verdade”: O mesmo que fazer parte da CCB. arrumação da sua casa, preocupada com cortinas, vasos de flores da sua nova moradia.
15. Igreja: Notadamente o termo é usado em relação ao templo material. ‘O Senhor diz que não faça isso’. Não deve permitir que as coisas materiais venham
16. Obedecer: Unir-se a CCB pelo batismo. perturbar a harmonia do lar”.
Outro exemplo: “Você irmão, que tem trabalhado nesse ramo de negócio e que não está
17. “Hinos de Louvores e Súplicas a Deus” –Nome do hinário de uso exclusivo da CCB.
indo bem, não se desespere. O Senhor vai dar um jeito. Vai arranjar outro tipo de
18. “Chamar um hino” – Pedir um hino no momento do culto.
negócio mais rendoso”.
19. Criatura: Todo aquele que não é adepto da CCB. E assim, sucessivamente, quem entra na CCB sai pensando: “O Senhor falou comigo
20. “Repouso dos santos”: Expressão usada para designar a morte de algum adepto. esta noite”. Este é o segredo!!
“Porque os guias deste povo são enganadores, e os que por eles são guiados são
devorados. ”(Isaías 9:16 )

Página | 35
9. OS ADVENTISTAS DO 7º DIA Miller descobriu que estava errado. Voltou à sua congregação e pediu desculpas por
tão grave erro. Até voltou a ser um pastor batista. Infelizmente o mesmo não se deu
com alguns de seus seguidores, que a partir de 1844, formaram o movimento do
Dados históricos
ADVENTISMO.
A Igreja adventista tem duas origens distintas. A primeira está ligada ao nome
ADVENTISTA. Não era para ser uma nova igreja, mas era uma crença na segunda
De 1844 a 1860, os seguidores de Miller, sendo uma boa porcentagem deles batistas
vinda de Cristo, pregada pelo pastor Guilherme Miller. A segunda está ligada ao excluídos, foram conhecidos apenas como adventistas. Continuaram na insistência
nome SÉTIMO DIA, totalmente contrária a fé de Miller e implantado por uma por datas. Quase uma por ano até o ano de 1877.
mulher chamada Ellen Gould White. Entre os fiéis seguidores de Miller estava a senhora Ellen G. White, que, depois de
ver fracassadas outras tentativas de marcação de datas, afirmou ter tido visões dos
A crença do adveníssimo foi iniciada em 1818, por Guilherme Miller, um céus que lhe revelaram toda a verdade.
Afirmava ela que o santuário de Daniel 8,13-14 está no céu e não na terra. Cristo
fazendeiro americano. Sua família foi toda batista. Havia entre seus primos alguns
teria vindo em 22 de Outubro de 1844 a esse santuário celestial. A próxima visão de
que eram pastores batistas. Mesmo assim desviou-se em 1810, e só regressou Ellen foi sobre a guarda do sábado, de onde surgiu o complemento do nome
depois de ter servido o exército em 1814. Ao aceitar Jesus mergulhou ele em um Adventista do Sétimo Dia. Diz a Sra. White que teve uma visão onde havia uma arca
profundo exame da Bíblia. Seu estudo intensificou-se na profecia de Daniel 8:14. no céu e nela estavam escritos os dez mandamentos. Dos mandamentos se destacava
Empregando Ezequiel 4:6 e 7 e outros textos, ele cometeu um grave erro ao o quarto, porque se apresentava dentro de um círculo de luz. Entendeu ela que esse
concluir que as 2300 tardes e manhãs escritas pelo profeta Daniel eram 2300 mandamento precisava receber maior atenção que os outros. Sua mensagem foi
anos, os quais, segundo ele abrangiam o período de 457 AC a 1844 AD. Milhares aceita pelos membros do adveníssimo e foi assim que surgiu a Igreja Adventista do
Sétimo Dia.
de pessoas sofreram uma grande decepção, quando os relógios assinalaram meia
noite do dia 22 de outubro de 1844. Jesus não viera como havia sido largamente Os nomes da Seita:
pregado por aquele líder e seus seguidores. Como resultado, muitos se afastaram
de Deus, perderam seus bens materiais, enfrentaram graves crises familiares e Os adventistas do sétimo dia já usaram através dos tempos os seguintes títulos:
financeiras. Igreja Cristã Adventista (1855); Adventistas do Sétimo dia (1860); União da Vida e
Advento (1864); Igreja de Deus Adventista (1866); Igrejas de Deus Jesus Cristo
Adventistas (1921); Igreja Adventista Reformada; Igreja Adventista da Promessa;
Já em 1818, fixara Miller a data do fim do mundo (ou advento, de onde vem o
Igreja Adventista do sétimo dia ( Atual). Existem outros grupos como Igreja
nome adventistas), para o ano de 1843. Diz ter ouvido uma voz interior que lhe
Adventista da Promessa, Igreja Adventista do pacto, etc, porém o mais importante é
insistiu: "Vá e di-lo ao mundo". Desde então, ajudado por muitas igrejas batistas, a Igreja Adventista do Sétimo dia, conhecida como Sabatista ou Sabatismo.
metodistas e congregacionais, proclamava o ADVENTO. Pregou o advento
durante dez anos por toda a costa oriental dos EUA. Muitos de seus ouvintes As doutrinas dos adventistas
começaram a pregar também. Assim o advento se espalhou como uma febre Os sabatistas misturam algumas verdades com seus abundantes erros, para enganar
epidêmica. aos que com sinceridade se lançam em busca da verdade. Normalmente, citam a
Bíblia, porém sem o cuidado de examinar o contexto. Embora muitas de suas
doutrinas sejam ortodoxas, existem outras que desviam o crente do caminho real.
Muitos adeptos começaram a preparar o vestuário para o dia da ascensão. Convém que os membros das Igrejas evangélicas conheçam essas doutrinas e saibam
Passando o ano de 1843 sem o fim do mundo, o profeta Miller marcou-o para o como refutá-las, tendo em vista que eles também se dedicam ao proselitismo entre
dia 21 de Março de 1844. Neste dia, milhares de pessoas, vestidas de branco, as Igrejas Evangélicas. Veja Mt 23.15
passaram a noite toda esperando Jesus. Foram decepcionados.

Página | 36
RESPONDENDO AS HERESIAS DOS ADVENTISTAS 3. A natureza pecaminosa de Jesus.
Diz EGW: “Por quatro mil anos estivera a raça a decrescer em forças físicas, vigor
1. O juízo investigativo (ou redenção incompleta) mental e moral; e Cristo tomou sobre Si as fraquezas da humanidade degenerada.
No livro “O Grande Conflito” se lê: “…antes que se complete a obra de Cristo para a Unicamente assim podia salvar o homem das profundezas de sua degradação” (O
redenção do homem, há também uma expiação para tirar também o pecado do Desejado de Todas as Nações, Ellen Gould White. Editora CPB. 37ª edição, p. 82).
santuário. Este é o serviço iniciado quando terminaram os 2300 dias. Naquela Outro livro adventista, Estudos Bíblicos, CPB, edição 1979, pp. 140/141 confirma
ocasião, conforme fora predito pelo profeta Daniel, nosso Sumo Sacerdote entrou no esse ensino da natureza pecaminosa de Jesus, dizendo:
lugar santíssimo para efetuar a última parte de sua solene obra – purificar o “Em sua humanidade, Cristo participou de nossa natureza pecaminosa, caída. De sua
santuário” (O Grande Conflito, Ellen Gould White, CPB, 1971, p. 420 – grifo nosso). parte humana, Cristo herdou exatamente o que herda todo o filho de Adão – uma
A doutrina do Juízo investigativo (Juízo Pré-Advento) é o pilar da doutrina natureza pecaminosa”.
adventista. Assim dizem:“Em 1844 …Ele [Cristo] iniciou a segunda e última etapa
de Seu ministério expiatório. É uma obra de juízo investigativo, a qual faz pasrte da Resposta:
eliminação final do pecado, (…) Também torna menifesto quem, dentre os vivos,
permanecem em Cristo, guardando os mandamentos de Deus e a fé em Jesus, Pode Jesus realmente salvar-nos com uma natureza humana pecaminosa? Incrível!
estando, portanto, nEle preparado para a trasladação ao Seu reino eterno. Os Adventistas admitem um salvador com uma natureza pecaminosa! Um salvador
com uma natureza humana degenerada!
Resposta: Jesus foi concebido sem pecado, como lemos em Mateus 1.18-23. Jesus foi gerado do
Espírito Santo. O mesmo se lê em Lucas 1.30-35, quando o anjo Gabriel informou que
O conceito do juízo investigativo é antiético ao evangelho. Jesus não esperou até ela conceberia virginalmente. O Jesus da Bíblia era santo, inocente, imaculado (Hb.
1844 para entrar no Santo dos Santos no céu (Hb 1:3; 6:19–20; 8:1; 9:6–12, 24; 7.26). Não se pode negar a real natureza humana de Jesus: sentia fome, sede,
12:2). Nem está ele ainda fazendo expiação no céu (Hb 9:25–26; 10:11–14). O cansaço, sono, derramou sangue e suor. Era um homem completo no sentido físico, e
juízo investigativo supostamente “vindica a justiça de Deus ao salvar aqueles que negar a natureza humana de Jesus é estar mancomunado com o anticristo (1Jo. 4.1-3;
crêem em Jesus”, ao mostrar que eles foram “leais”, “penitentes” e “fiéis” 2Jo. 7). Não podemos ir ao extremo e ensinar que ele tinha natureza humana caída,
guardadores dos mandamentos. Isso é um erro grave. A justiça de Deus ao salvar pecaminosa como a nossa, esse seria outro Jesus (2Co. 11.4).
pecadores é completamente satisfeita e vindicada pela morte de Cristo na cruz
(Rm 3:24–26). 4. O batismo é um requisito necessário para a salvação.

2. Pecados colocados sobre satanás. Resposta:


No livro “O Ritual do Santuário” lemos:“Quando, portanto, os dois bodes eram
postos perante o Senhor no dia da expiação, representavam Cristo e Satanás…. Rm 3:21–26, 28; 4:4–6; 23–24; 5:1; Gl 2:16; 3:26; 5:1–6; Ef 2:4–10; Cl 1:13–14; 2:13–
Satanás não somente arrostou o peso e castigo de seus próprios pecados, mas 14. Essas passagens deixam claro que a salvação é inteiramente pela graça de Deus,
também dos pecados da hoste dos remidos, os quais foram colocados sobre ele, e apreendida somente pela fé, e não por obras. O batismo é mencionado em associação
também deve sofrer pela ruína de almas por ele causadas” (O Ritual do Santuário, com essas passagens, mas o Novo Testamento usa a palavra batismo de diversas
M. L. Andreasen, CPB, 1983, p. 168 e 314) maneiras. “Um só batismo” mencionado em Ef 4:4–5 como sendo essencial
Resposta: claramente se refere ao batismo do Espírito, recebido quando uma pessoa é
Em Lv. 16.1-5 eram apresentados dois bodes para expiação dos pecados. Satanás convertida e incorporada como membro do corpo de Cristo. Quando uma passagem
não é nossa oferta para o pecado. Foi Cristo e não Satanás quem carregou nossos menciona o batismo como sendo essencial à salvação, ela se refere ao batismo do
pecados – Is 53.4-6,11-12 comparado com Mt. 8.16-17; Jo. 1.29; 1Pe 2.24; 3.18. Espírito que recebemos quando somos regenerados e convertidos – ou seja, quando
Não era só o bode expiatório que fazia expiação pelo pecado, eram os dois bodes o Espírito passa a habitar em nós. Do contrário, isso contraria o claro ensinamento
(Lv. 16.10). bíblico de que não somos salvos por nenhuma obra, e somente pela graça através da
fé.

Página | 37
5. Depois da morte segue-se o “Sono da alma” 6. Os dois concertos.
Segundo a doutrina adventista, os mostos vão para a sepultura, onde dormirão Os Adventistas do Sétimo Dia insistem em dizer que a lei – o decálogo para eles – é
inconscientes, aguardando a ressurreição. Assim sendo, nenhum justo (tanto do obrigatória para todos os cristãos. E assim perguntam: Por que os cristãos guardam
Antigo quanto do Novo Testamento) jamais foi para o céu. Os justos ressuscitarão apenas nove mandamentos da lei, quando a lei são os dez mandamentos? Citam a
quando Jesus voltar. Os injustos que morreram não estão num lugar de seguir Tiago 2.10 para afirmar que os cristãos são transgressores da lei porque não
sofrimento eterno, sendo que “inferno” significa simplesmente a “sepultura”; eles guardam todos os mandamentos.
ressuscitarão no fim do Milênio, para então serem destruídos, i.e., aniquilados.
Resposta:
No livro “Sutilezas do Erro”, página 217, CPB lemos: “O que o homem possui é o
fôlego da vida ou vida (o que dá animação ao corpo), que lhe é retirado por Deus, Os Dez Mandamentos faziam parte do Antigo Concerto, que abrangia os cinco
quando expira. E o fôlego é reintegrado ao ar, por Deus. Mas não é entidade primeiros livros da Bíblia, conhecidos como o Pentateuco, com 613 mandamentos e
consciente ou o homem real como querem os imortalistas”. não apenas dez: Dt. 4.12-13; 9.8; Êx. 34.27-28. O Antigo Concerto foi abolido por
Cristo. Vejamos as provas:
Resposta: O Antigo Concerto foi dado a Israel na saída do Egito, junto ao Monte Sinai (Êx. 19.1-
6; Hb. 9.18-20). O povo israelita, por sua vez, aceitou as condições do Antigo
“Sono da alma”: As doutrinas do sono da aniquilação da alma são claramente Concerto que assim foi firmado entre Deus e Israel (Êx. 24.1-8). Logo, o concerto foi
aberrantes e contrárias ao ensinamento bíblico. As escrituras ensinam que o feito entre Deus e Israel: Deus propôs (Êx. 19.3,6), Israel aceitou (Êx. 24.3) e não
inferno é um lugar de escuridão e de tormento, no qual os ímpios sofrerão todos os homens (Sl. 147.19-20). Como o povo não guardou o concerto, apesar de ter
conscientemente por toda a eternidade (Mt 3:12; 18:8, 9; 22:13; 25:28–30, 41, 46; prometido que assim o faria, Deus prometeu um Novo Concerto (Jr. 31.31-34; Zc.
Mc 9:43–48; Lc 16:23–28; Ap 14:10–11, etc.). Os justos, na medida que 11.10; Mt. 27.3-10; Jo.3.16). Este Novo Concerto foi estabelecido por Jesus, como
fisicamente morrem, passam diretamente e conscientemente à vida eterna na declara o escritor de Hebreus. Lemos isso em Hb. 8.6,13; 10.7-9.
presença do Senhor (Fl 1:23; Ap 6:9-11).
Façamos as seguintes considerações:
Vejamos uma série de textos bíblicos que contestam a doutrina do sono da alma:
a) A promessa de Deus foi cumprida, um Novo Concerto foi estabelecido anulando o
a) O espírito não morre nem dorme na morte do homem. Dormir se refere ao Antigo;
corpo (Mt. 27.52) e não à alma (Dt. 34.5-6, comparado com Mt. 17.1-3); b) Israel rejeitou a Jesus, o mediador do Novo Concerto, e agora foi o Novo Concerto
b) O espírito se separa do corpo na hora da morte e continua a viver consciente tornado internacional (Gn. 12.3; Jo. 1.12);
de si mesmo, e com todas as suas faculdades depois da morte, seja ímpio ou c) O Novo Concerto é melhor que o Antigo Concerto, e está confirmado em melhores
justo. Quando é cristão vai estar com Cristo no céu: Lc. 23.43, At. 7.59; 2Co. promessas (Hb. 8.6);
5.6-8; 2Co. 12.2-4; Fp. 1.21-23; conforme At. 14.19; Hb. 12.23; Ap. 6.9-11. Se é d) O primeiro era repreensível (Hb. 8.7), isto é, não alcançou o fim desejado;
ímpio vai estar em tormento no Hades: Lc. 16.22-25; 2Pe. 2.17. e) Este Concerto Novo é melhor, pois está escrito no coração (Hb. 8.10-11);
c) Para provar que não procede afirmar que o espírito do homem é o seu fôlego f) Sendo estabelecido o Novo Concerto, o primeiro envelheceu (Hb. 8.13), foi posto
de vida, ou o ar que respiramos, e que é reintegrado à atmosfera por ocasião da de lado, e com ele certamente o sábado que lhe é parte integrante (Cl. 2.16-17);
morte física, basta substituir a palavra ‘espírito’ nas referências bíblicas pela g) 12.18-24, falando aos crentes, disse que eles não chegaram ao Monte Sinai (onde
palavra fôlego ou sopro e ver o resultado: os textos ficam sem sentido: Mt. 26.41; foi dado o primeiro concerto), mas ao Monte Sião através de Jesus, o mediador de
Mc. 2.8; 8.12; Jo. 13.21; At. 17.16; 2Co. 7.1; 1Pe. 3.4. uma Nova Aliança;
h) O mesmo é repetido em Gl. 4.21-26 na tipologia entre as duas mulheres de
Abraão, Sara e Agar. A figura empregada, de lançar fora a escrava Agar, significa
lançar fora o Antigo Concerto. Logo, o sábado e outros preceitos cerimoniais como
comer, guardar dias de festa, lua nova e outros, eram parte integrante desse concerto
e não são mais obrigatórios para o cristão.
Página | 38
7. A divisão da lei em dois sistemas: a lei moral e a lei cerimonial
Dizem os Adventistas do Sétimo Dia no folheto “Leis em Contraste”, pp. 2-3: “A Lei  a) Em Gl. 3.10 se declara que é maldito quem não permanecer em todas as coisas
Moral, os Dez Mandamentos, chamados Lei de Deus… O mesmo não se dá com escritas no Livro da Lei. Esse texto aparece em Dt. 27.26. Lendo esse capítulo, a
a Lei Cerimonial, frequentemente chamada de Lei de Moisés…”. Estabelecem as partir do versículo 15, vamos encontrar preceitos morais dentro da lei
seguintes diferenças entre uma e outra lei, afirmando que a Lei Cerimonial foi cerimonial assim colocada pelos adventistas.
abolida e que a Lei Moral permanece em vigor e obrigatória.
 b) Lendo Mc. 7.10, Jesus citando Moisés declara um mandamento que se acha
dentro dos Dez Mandamentos (Ex. 20.12). Um preceito cerimonial – porque foi
A LEI MORAL A LEI CERIMONIAL escrito por Moisés – encontrado dentro da lei moral dos adventistas.

 c) Lendo Jo 7.19, de novo Jesus citando Moisés declara um mandamento que se


1. Foi proferida por Deus 1. Foi ditada por Moisés acha dentro dos Dez Mandamentos (Ex. 20.13). Um preceito cerimonial – porque
2. Foi escrita pelo dedo de Deus 2. Foi escrita por Moisés num foi escrito por Moisés – encontrado dentro da lei moral dos adventistas.
numa pedra livro
3. Foi posta na arca 3. Foi posta ao lado da arca  d) Jesus ensinou em Mt. 22.37-39 que os dois maiores mandamentos são: amar a
Deus e amar ao próximo. Ambos fazem parte do livro da Lei, colocado ao lado da
4. Deverá permanecer firme para 4. Foi cravada na cruz Arca (Dt. 31.26). Esses dois mandamentos acham-se em Dt. 6.5 e Lv. 19.18. O
sempre Livro da Lei continha os cinco primeiros livros da Bíblia, o Pentateuco.
5. Não foi destruída por Cristo 5. Foi ab-rogada por Cristo
Admitimos que se os Adventistas do Sétimo Dia estivessem certos na sua
interpretação, estaríamos desobrigados de amar a Deus sobre todas as coisas e de
As expressões Lei de Deus e Lei de Moisés são sinônimas. Não se trata de leis amar ao próximo como a nós mesmos. A circuncisão é chamada Lei do Senhor (Lc.
distintas como afirmam os Adventistas do Sétimo Dia. Em Is. 33.2 se lê de um só 2.21-24). A Bíblia declara a abolição de todo o sistema da Lei em Rm. 6.14; 7.4; 2Co.
Legislador, e assim, tanto os Dez Mandamentos quanto os livros de Moisés foram 3.6-11; Gl. 2.19,24-25; 3.19; 4.21-30; Ef. 2.14-17. Se a lei foi abolida, podemos pecar à
dados por um só Legislador – Deus, por intermédio de Moisés. É ‘Lei de Deus’, vontade? Não! (Rm. 6.15-17; Gl. 5.18-21). A graça de Deus ensina a renunciar à
pois foi dada por Ele; e é ‘Lei de Moisés’, pois foi dada através de Moisés. Basta ler impiedade (Tt. 2.11-13).
Ne. 8.1,3,8,14,18 onde a mesma lei é chamada ‘Lei de Deus’ e ‘Lei de Moisés’,
Como prova de que essa divisão de Lei Moral e Lei Cerimonial não tem base bíblica,
indistintamente. Para que vejamos com maior clareza o erro adventista,
citamos os próprios Adventistas, reconhecendo a improcedência dessa divisão:
oferecemos os seguintes contras.

O Adventista do Sétimo Dia diz: A Lei moral são os Dez Mandamentos. “Seria útil classificarmos as leis do Velho Testamento em várias categorias: 1) lei
Entretanto, encontramos preceitos morais fora do decálogo, ou na chamada moral; 2) lei cerimonial; 3) lei civil; 4) estatutos e juízos; 5) leis de saúde. Esta
lei cerimonial dos Adventistas. Exemplos: classificação é em parte artificial” (Lições da Escola Sabatina, p. 18, 8 de janeiro de
1980, CPB).

Página | 39
O Novo Testamento Não Repete os Dez Mandamentos OUTROS ARGUMENTOS ADVENTISTAS
Não há dúvida de que o Novo Testamento cita mandamentos do Antigo Os Adventistas do Sétimo Dia costumam argumentar da seguinte maneira, para dar
Testamento. Cita mandamentos, indistintamente, de toda a Lei de Moisés, mas sustentação à guarda do sábado:
Podemos então matar? Cobiçar a mulher do próximo? E assim fazem com todos os
não repete o quarto mandamento em nenhum lugar. Façamos uma comparação
Dez Mandamentos. A resposta óbvia do cristão é: Não! Não, a cada mandamento
dos Dez Mandamentos dentro do Novo Testamento: citado. Depois continuam eles com ar triunfante: E podemos quebrar o sábado?
Esperam eles que, como dissemos a cada mandamento citado, um não, pensam que
também sobre o sábado a nossa resposta deveria ser não. Entretanto, podemos
responder afirmativamente. Sim! Podemos violar o sábado.

Aí eles se surpreendem e indagam: Mas como, se sua resposta foi negativa para nove
mandamentos que não devem ser violados? Por que afirma para o quarto
mandamento, sim, o sábado pode ser violado? Aí tomamos a palavra e repetimos a
mesma indagação deles, mas antes fazendo a leitura de Mt. 12.5: “Ou não tendes lido
na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?”
Depois do que perguntamos: Os sacerdotes podiam matar no templo e ficar sem
culpa? Podiam roubar? Podiam adorar ídolos? E eles sempre respondem não!

Então consideramos: Podiam violar o sábado e ficar sem culpa? Aí o adventista não
dá resposta. E por quê? Porque Jesus ensinou que aos sábados os sacerdotes
violavam o sábado para atender as exigências dos sacrifícios: a) rachavam lenha; b)
carregavam água; c) ascendia-se fogo, o que era vedado pela lei.

Ora, se o sábado fosse de natureza moral, poderia ficar subordinado aos sacrifícios e
holocaustos que eram preceitos rituais? Naturalmente se isto acontecia era porque
sua natureza era inferior, cerimonial ou ritual, pois não é possível uma lei moral ficar
subordinada a uma lei cerimonial. Agora, se os sacrifícios foram abolidos (Mt. 19.30;
Jo. 19.30; Hb. 7.12-18), obviamente o sábado também foi.

Tenha cuidado quando um adventista lhe convidar para o debate bíblico.


Discutir com os adventistas não traz nenhum bom resultado. Eles estão bastante
preparados para discorrer suas heresias. Recorde-se que as discussões somente
fazem que a pessoa resolva defender melhor a sua própria doutrina. É quase certo
que o adventista citará Ap 14.12 e 1 Jo 2.4, para provar que devemos guardar o
Sábado. Para isto devemos mostrar-lhes quais são os mandamentos de Deus no Novo
Testamento. Que ele mesmo leia 1 Jo 3.23; Jo 6.29; Rm 4.5; Gl 2.16; Jo 13.34,35; 5.10
e Rm 13.8-10; Ap 22.14.

Procure fortalecer sua fé na obra perfeita de Cristo e guiá-los a um repouso perfeito


nele, fazendo-os ver que agora a pessoa pode ter a certeza da salvação.
Página | 40
8. O SÁBADO
Antes de tudo é importante notificar que o mandamento alusivo à guarda do sábado A Palavra de Deus afirma: “ninguém vos julgue [...] por causa dos [...] sábados, que
é exclusivo para os israelitas. Eles passaram a observá-lo depois da saída do Egito, são sombras das coisas futuras” (Cl 2.16,17). Dos dez mandamentos mencionados
em alusão ao descanso de Deus, logo após o acabamento da obra da Criação. Ao em Êxodo 20, nove foram repetidos no Novo Testamento, sendo extensivos à
contrário do que muitos afirmam o Senhor trabalhou no dia sétimo e, em seguida, Igreja de Deus. Entretanto, não há nenhuma menção à necessidade de observar a
descansou. Ele formou todas as coisas em seis dias e concluiu, acabou a obra no dia guarda do sábado. A Igreja adotou, desde o primeiro século, um dia no qual se
sétimo (Gn 2.1-3). dedica a Deus e à sua obra: o domingo, dia da ressurreição do Senhor, mas não
precisamos guardar o domingo! À semelhança da igreja do primeiro século, nós
De acordo com a Bíblia, há três grupos de povos no mundo: temos a tradição de nos reunirmos no domingo (At 20.7; Mc 16.2,9; 1 Co 16.2; Ap
1. JUDEUS 1.10).
2. GENTIOS
3. IGREJA DE DEUS Alguém argumentará: “Somente o sábado é atemporal porque era observado
antes da existência de Israel”. Ora, Abraão também oferecia sacrifícios antes de
1Co 10:32 “Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos Israel existir (cf. Gn 15). Por que os cristãos não oferecem animais a Deus, nos
gregos, nem à igreja de Deus.” dias de hoje? Cristo Jesus, o nosso modelo (1 Jo 2.16; 1 Co 11.1), procurava não
violar o sábado (Lc 4.16). Mas Ele não estava preso à lei mosaica (Mc 3.1-4).
Nem todas as ordenanças que o Senhor estabeleceu para os israelitas são extensivas Afinal, “a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo” (Jo
à Igreja. Alguns mandamentos foram dados exclusivamente a Israel. É o caso da 1.17). E Ele, que é o Senhor do sábado, afirmou que este foi feito por causa do
guarda do sábado, contida no Decálogo (Êx 20.8). O povo liberto pelo Senhor da homem (Mc 2.26-28), estimulando-nos a termos domínio sobre o sábado. Nesse
escravidão egípcia deveria repousar nos sábados de seus trabalhos, adorar a Deus, período da graça, não precisamos guardar o sábado de descanso, como os
além de se lembrar de que foi tirado do Egito com mão forte (Dt 5.15). Os israelitas. A Igreja não está debaixo da lei mosaica (Rm 6.14; Lc 16.16; Gl 4.1ss).
adventistas do sétimo dia guardam até hoje o sábado, como se fossem israelitas, e
priorizam esse mandamento em relação aos outros — tanto que o nome da sua Para os israelitas, não guardar o sábado significava quebrar a aliança mosaica (Is
igreja é Adventista do Sétimo Dia, e não Adventista dos Dez Mandamentos. 56.4-6; Êx 31.15). Para nós, não cultuar a Deus no domingo — considerado “o dia
do Senhor” — ou em outro dia aprazível não denota quebra de pacto com o
Na verdade, todos os dez mandamentos, e não apenas um, vinham sendo observados Senhor. No máximo, revela negligência, no caso do crente que deixa de ir ao culto
pelos israelitas, antes de sua confirmação no monte Sinai, pois o Senhor já falava por qualquer motivo (Ef 5.14-16).É evidente que precisamos de pelo menos um
com o povo através de Moisés (Êx 3-19). Isso, entretanto, não torna os tais dia semanal para descanso, a fim de cuidar do “templo do Espírito Santo” (1 Co
mandamentos atemporais e aplicáveis a todos os grupos de povos. O Tabernáculo e a 3.16,17; 6.19,20). E esse dia, para a maioria dos cristãos, é o domingo, no qual
forma de culto também foram dados por Deus a Moisés, no mesmo monte Sinai (Êx também adoramos a Deus, estudamos a sua Palavra, evangelizamos etc. Mas o
21-31). E o Senhor asseverou: “Atenta, pois, que o faças conforme o modelo, que te domingo nunca teve para as igrejas cristãs o mesmo peso que o sábado tinha
foi mostrado no monte” (Êx 25.40). Por que os templos adventistas não possuem para os israelitas.
átrio, lugar santo e lugar santíssimo, conforme o modelo que o Senhor deu a Moisés,
no monte Sinai? E as leis dos sacrifícios, por que não são observadas? E as vestes Finalmente, o sábado para Israel implicava cessação completa de atividades.
sacerdotais? E as festas? Nenhum trabalho podia ser realizado (Êx 16.23; 35.2,3; Jr 17.22; Mc 16.1). Até o
comércio estava proibido (Am 8.5).

Página | 41
A DOUTRINA HERÉTICA DA GUARDA DO SÁBADO Ainda dizem os Adventistas do Sétimo Dia que a expressão ‘meus sábados’ indica
Escreve Ellen Gould White no livro “O Conflito dos Séculos”: “O sábado será a pedra a distinção entre sábados semanais e sábados cerimoniais, o que não é bíblico.
de toque da lealdade: pois é o ponto da verdade especialmente controvertido. Quando Ambas as expressões são utilizadas para indicar os mesmos sábados – sábados
sobrevier aos homens a prova final, traçar-se-á a linha divisória entre os que servem a semanais. São de Deus – meus sábados – porque foram dados por Ele, e são dos
Deus e os que não o servem” (p. 611, Ellen G. White. CPB. 1971). judeus – seus sábados – porque foram dados para eles.

Resposta: Vejamos meus e seus aplicados na Bíblia:

Oséias 2.11 traz uma profecia sobre a abolição do sábado semanal. Essa profecia foi  a) O Templo – Is. 56.7 comparado com Mt. 23.38 (minha casa, vossa casa);
cumprida em Cristo, como afirma Paulo em Cl. 2.14-17; Gl. 4.9-10. Diante da clareza
do texto de Cl. 2.16-17, costumam os Adventistas do Sétimo Dia refutar que a palavra  b) O mesmo Deus indicado por meu Deus e vosso Deus – Jo. 20.17;
sábados não se refere ao sábado semanal, mas aos sábados cerimoniais ou anuais
mencionados em Lv. 23.1-39. Não é correta essa interpretação e damos três razões  c) Os mesmos sacrifícios e holocaustos são chamados de meus e vossos, ver
para refutá-la: Nm. 28.2 comparado com Dt. 12.6.
a) Os chamados sábados anuais ou sábados cerimoniais eram chamados festas e já
estão incluídos na frase ‘dias de festa’ de Cl. 2.16. Estes dia de festa ou sábados Os Adventistas do Sétimo Dia são culpados de galatanismo, quer dizer, o conceito
anuais eram designados dias de festas como segue: de que em parte o homem se salva pelas obras de Cristo, e em parte por sua
 Festa da Páscoa – Lv. 23.5,7; própria fidelidade em guardar o sábado. Diz Ellen G. White no livro O Conflito dos
 Festa dos Asmos – Lv. 23.8; Séculos: “…verificando-se estar o seu caráter em harmonia com a Lei de Deus, seus
 Festa de Pentecostes – Lv. 23.15-16; pecados serão riscados, e eles próprios havidos por dignos de vida eterna” (p. 487,
 Festa das Trombetas – Lv. 23.23-25; CPB-1971). Ensinam assim, sistematicamente, sobre a guarda do sábado,
 Festa da Expiação – Lv. 23.26,32; enquanto que Paulo, em suas treze epístolas só menciona o sábado uma vez, em
 Festa dos Tabernáculos – 1º dia de festa; Cl. 2.16, e mesmo neste único caso para declará-lo como abolido.
 Festa dos Tabernáculos – último dia de festa – Lv. 23.34-36.
Guardam o sábado realmente os Adventistas do Sétimo Dia? Está escrito em Gl.
b) A fórmula ‘dias de festa, luas novas e sábados’ é a fórmula para indicar os dias 3.10 que é maldito aquele que não permanece em todas as coisas que estão
sagrados anuais, mensais e semanais: 1Cr. 23.31; 2Cr. 2.4; 8.13; Ez. 45.17; Os. 2.11. escritas no Livro da Lei para fazê-las. E, quanto ao sábado, a lei estabelece:

c) As palavras ‘sábado’, ‘sábados’ e ‘dia de sábado’ (singular ou plural) ocorrem 60 1. Que ninguém devia sair de sua casa em Ex. 16.29
vezes no Novo Testamento. Em 59 casos os Adventistas do Sétimo Dia reconhecem 2. Proibia acender o fogo nas casas em Ex. 35.3
tratar-se do sábado semanal, e em apenas um caso eles negam, justamente no texto
de Cl. 2.16. Dizem: “Os termos Sábado, sábados e dia de Sábado ocorrem sessenta Os Adventistas não saem das suas casas nos sábados? Não acendem fogo em suas
vezes no Novo Testamento, e em cada caso, exceto um, refere-se ao sétimo dia. Em casas nesse dia? O veredicto da Bíblia é maldito – Gl. 3.10; Rm. 2.23.
Cl. 2.16-17, faz-se referência aos sábados anuais relacionados com as três festas
anuais, observadas por Israel antes do primeiro advento de Cristo” Se dermos à
A lei de guardar o sábado era obrigatória apenas para as pessoas que
palavra ‘sábado’ o sentido de semanal em Cl. 2.16, teremos em apoio da nossa
interpretação 59 referências reconhecidas por eles. Ao darem a Cl. 2.16 o sentido de estavam sujeitas a todas as outras leis que Moisés transmitiu a elas.
sábados anuais ou cerimoniais, os Adventistas não encontram nenhuma referência (Deuteronômio 5:2, 3; Ezequiel 20:10-12) Deus nunca esperou que
que apoie sua interpretação. E por que assim argumentam? Porque teriam de outras pessoas guardassem o sábado.
reconhecer que o sábado foi abolido na cruz (Rm. 10.4).

Página | 42
O selo de Deus é o sábado? As Passagens bíblicas usadas pelos Adventistas.
Os Adventistas e sabatistas afirmam que o Selo de Deus é a guarda do “Santo Sábado”
e que a guarda do Domingo é a marca da Besta, o número 666 (E.G.White; O Grande Gn 26.5:Como esse texto, dizem que Abraão guardou os preceitos de Deus,
Conflito (Condensado); Ed. Casa Publicadora; Tatuí – SP; 1992 – Pág. 267). logo, guardou o sábado.
Tal afirmação é uma afronta a Palavra de Deus e as verdadeiras Igrejas do Senhor
Jesus, pois com isso querem os adventistas desqualificar as demais Igrejas Resposta:
Evangélicas que têm no Domingo o Dia do Senhor.
Não diz o texto que esses preceitos, estatutos e leis fossem os Dez Mandamentos
Entretanto, a Bíblia nos deixa claro que os que receberem a marca da Besta já estão (entre os quais se acham o sábado).
condenados. No caso, se o Domingo é a marca da Besta, então os Adventistas não Vejamos alguns dos mandados, preceitos e estatutos que Deus deu a Abraão:
deveriam perder tempo em pregar o evangelho a esses crentes, pois afirma a Palavra  Que saísse da sua terra – Gn 12.1;
de Deus:  Que andasse na sua presença e fosse perfeito Gn 17.1-2
“Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na fronte, ou na mão,
 Que guardasse o concerto da circuncisão Gn 17.9-11;
também o tal beberá do vinho da ira de Deus, que se acha preparado sem mistura, no
cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e  Que ouvisse Sara, sua mulher, para deitar fora sua serva Gn 21.12;
diante do Cordeiro” (Ap.14:9-10).  Que sacrificasse seu filho Isaque – Gn 22.2;
Pelo que lemos no texto acima fica claro que os que receberem a marca só lhes  Que permanecesse na terra que Deus lhe dissesse – Gn 26.2-3.
restarão “beber do vinho da ira de Deus”. Então perguntamos: por que então os
1. Êx. 16.22, 30: Com esta passagem dizem que o sábado foi dado antes do
Adventistas insistem em pregar o “evangelho” para esses cristãos? Isso é muito
estranho! Sinai.
Resposta:
Mas então o que é este selo? A Bíblia deixa evidente, sem precisar supor tanto (como  Deus, desde que tirou Israel do Egito, começou a educá-lo dando-lhe sua lei – Êx
fazem os Adventistas), o que é este Selo. Veja o que é dito por Paulo: 16.4;
 No versículo 5 revela como Deus dá instruções a Moisés para ordenar ao povo
“no qual também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa que colhesse o dobro do maná no 6º dia, para não colhê-lo no 7º;
salvação, e tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da  Êx 15.25 diz que Deus lhes deu estatutos e uma ordenação e não no princípio do
promessa” (Ef 1.13). mundo;
 Êx 20.10-12, Deus diz que tirou Israel do Egito e lhe deu (não restaurou) os
“o qual também nos selou e nos deu como penhor o Espírito em nossos corações” sábados como sinal entre Deus e Israel. Quando? Na ocasião os tirou do Egito (v.
(IICor 1.22). 10). Onde? No deserto (vv. 10-11). Aqui a data e o lugar da origem do sábado e
também o povo a quem foi dado;
O texto é claro, e nos deixa elucidados de que O Espírito Santo é o Selo de Deus.  Em Dt 5.15, se diz que Deus ordenou aguarda do sábado em memória da
Seria muito pueril de nossa parte afirmar que um dia qualquer é o Selo de Deus (seja libertação do povo do Egito. Isto mostra que a guarda do sábado é
Sábado ou Domingo). O Sábado e todos os dias foram feitos por causa do homem (Mc exclusivamente israelita – SI 147.19-20.
2.27). Para os Adventistas é o contrário, o homem foi feito para guardar o Sábado,
aqui a “ordem dos fatores altera os produtos” e faz do homem escravo de um dia. Mito: Deus instituiu o sábado quando descansou no sétimo dia.
Fato: A Bíblia diz: “Abençoou Deus o sétimo dia, e o santificou; porque nele descansou
de toda a sua obra que criara e fizera.” (Gênesis 2:3, Almeida, Edição Contemporânea)
Esse versículo apenas menciona o que Deus fez no sétimo dia criativo; não contém
nenhuma lei para os humanos. E, antes de Moisés, a Bíblia não fala de ninguém
guardando o sábado.

Página | 43
2. Êx 20.1-17: Como esse texto diz que o decálogo é perfeito e superior ao
resto da Lei de Moisés. 5. Mt 5.17-19: esse texto é usado pra afirmar que Jesus não veio destruir
as leis e os profetas…Logo o sábado deve ser guardado por fazer parte
Resposta:
do decálogo.
Os Dez Mandamentos não foram escritos em pedras por serem superiores aos
outros, mas para servirem de testemunha visível do concerto que Deus fez com Resposta:
Israel. Por isso as duas tábuas de pedras são chamadas de: Esta passagem não diz que cada j ou cada til da lei vão permanecer até que o céu
e a terra passem, mas diz que não passarão sem que tudo seja cumprido. E o que
 Tábuas do testemunho – Ex 31.18, 25; se lê em Lc 16.16-17: A lei e os profetas duraram até João… Ora, tanto esta
 A arca na qual foram postas – Arca do testemunho – Êx 40.5;
passagem quanto a de Mt 5.17-19 ensinam justamente que nalgum tempo a lei
 O tabernáculo onde a Arca era guardada é chamado de Tabernáculo do
testemunho – Êx 38.21; passará, isto é, logo que for cumprida. E Jesus disse que Ele veio cumpri-la; logo,
Era costume erigir-se naquele tempo uma testemunha visível para testemunhar já passou. O que Jesus asseverou não é o tempo que a lei há de durar, mas a
qualquer acontecimento solene – Gn 28.18; 31.48; 21.27,30. Assim Deus com Israel. certeza do seu cumprimento: Lc 24.44; At 13.29; Cl 2.14-16; Rm 10.4. A lei de que
Seria impossível escrever todo o Pentateuco em tábuas de pedras e transportá-lo fala Jesus não é só o decálogo, mas toda a lei como vê:
pelo deserto;
 Jesus fala em Mateus 5 de três mandamentos do decálogo: do sexto
O decálogo não é completo, pois não proíbe bebedice, a ingratidão, a ira, a mandamento (v. 21); do sétimo mandamento (v. 27), e do terceiro
depravação. mandamento (v. 33);
 Jesus fala de mandamentos fora do decálogo:
3. Êx 31.16-17: Esta passagem diz que o sábado é um concerto perpétuo e um  Olho por olho (Lv 24.20);
sinal entre Deus e os filhos de Israel. Sendo, pois, perpétuo, logo ainda está  Amor ao próximo (Lv 19.18);
em vigor – dizem eles.
 Jesus, quando fala da Lei, referia-se a todo o Pentateuco (Gênesis ao
Resposta: Deuteronômio – Mt 7.12; 11.13; 22.40; Lc 16.29-31).
Jesus, pois, veio cumprir toda a lei, inclusive o decálogo; logo, já passou a deixa de
Se formos obrigados a guardar o sábado por ser denominado um concerto perpétuo, ser obrigatória a sua observância.
então somos também obrigados e guardar:
 A Páscoa – estatuto perpétuo – Êx 12.14;
 Lavar as mãos e os pés – estatuto perpétuo – Êx 30.21; 6. Mc 2.28: Os adventistas empregam esse texto para provar que o sábado
 Celebrar as festas – estatuto perpétuo – Lv 23.21. é o dia do Senhor.

Resposta:
4. Is 66.22-23: Os adventistas esta passagem a si mesmos e aos seus esforços
para todos guardarem o sábado, pois esse será o dia de guarda no futuro. Cristo não disse que o sábado era o seu dia, senão que Ele era o Senhor do
Resposta: sábado. Com isto quer dizer que o Filho do homem, como ser humano, era
superior ao sábado. O sábado foi dado para satisfazer as necessidades dos
Se isto prova que é perpétuo e que deve ser guardado agora, esta mesma passagem homens, e não os homens para satisfazer os sábados. Sendo assim, é superior ao
também prova que a festa judaica da lua nova é igualmente perpétua e deve ser sábado. E sendo superior, pôde em outra ocasião inocentar os discípulos da
guardada por todos. Guardam os adventistas a lua nova? acusação de transgressores do sábado por colher espigas neste dia (Mt 12.1-8).

Página | 44
7. Mt 19.16-22: Guarda os meus mandamentos. 9. Tg 2.10: Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só
ponto, tornou-se culpado de todos.
Manda Jesus ao moço rico. Dizem então os adventistas que aqui Jesus ensina que
devemos guardar os Dez Mandamentos para termos a vida e como o sábado faz Dizem os adventistas que Tiago usa dois dos Dez Mandamentos, logo a lei de que
parte do decálogo, logo somos obrigados a guardá-lo. fala é o decálogo, e diz que devemos guardá-la toda, da qual o sábado é uma parte.

Resposta: Resposta:
É notável que Jesus omita o sábado;
Temos presente que a palavra lei quer dizer toda a lei, e não só o decálogo. Tiago
Jesus citou outros mandamentos fora do decálogo; está reprovando o pecado de fazer acepção de pessoas que é transgressão da lei
real (Lv 19.18). Este mandamento não é do decálogo. Logo, Tiago referia-se a
Se é que devemos guardar todo o decálogo porque Jesus Cristo citou apenas cinco toda lei de Moisés e nesse caso os mais afetados são os adventistas, pois não
mandamentos dele, então somos obrigados a guardar toda a lei de Moisés porque
sacrificam animais, não guardam as festas, não praticam a circuncisão (Gl 3.10-
Jesus também citou mandamentos fora do decálogo: Amarás ao teu próximo como a
ti mesmo, que não faz parte do decálogo (Lv 19.18) e Não defraudarás alguém (Mc 11).
10.19) que se acha em Lv 19.13. Se uma parte abrange o todo, certamente os
adventistas pecam contra a sua própria argumentação, porque não guardam a lei de 10. 1Jo 2.4: Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus
Moisés onde se encontram os dois mandamentos fora do decálogo. mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade
Dizem que quem não guarda o sábado, que está incluído entre os Dez
8. At 13.14: Relata a passagem que Paulo entrava nas sinagogas aos sábados Mandamentos, é um mentiroso.
e disputava com os fariseus (18.4). Os adventistas dizem então que Paulo
guardava o sábado. Resposta:

Neste texto se diz que os mandamentos são o decálogo? Não. Apenas presumem
Resposta:
os adventistas e por causa desta presunção eles chamam mentirosos a todos
 Paulo foi criado em todas as observâncias da lei (At 22.3); aqueles que não rezam pela sua cartilha. Nos vv.l-2 vemos que João fala de Jesus
Cristo, e o pronome possessivo seus refere-se a Jesus e aos seus mandamentos e
 O grande desejo de Paulo era ganhar os judeus (Rm 9.3-4, 1 Co 9.20-23);
não ao decálogo (Jo 13.34; 15.12; 1 Jo 3.23; 4.21; 2 Jo 5). Encontramos no Novo
 Circuncidou a Timóteo (At 16.3) e disse que a circuncisão nada é (1 Co 7.19), Testamento uma porção de coisas que são chamadas mandamentos: os dois
observou o Pentecostes (At 20.16), tosquiou a cabeça (At 18.18), fez ofertas da grandes mandamentos Mt 22.36-40, os preceitos de Cristo são chamados de
lei (At 21.20-26); mandamentos (Jo 14.15, 21; 15.10; 13.34; At 1.2). Os ensinos dos apóstolos são
chamados mandamentos do Senhor (1 Co 14.37;1 Ts 4.2; 2 Pe 3.2). Logo não se
 Ensinou que todas estas coisas foram abolidas e que ninguém mais estava
refere à lei antiga que foi abolida por Jesus. E o próprio Jesus nunca mandou
obrigado a guardá-las (Cl 2.16-17); guardar o sábado, ao contrário, foi a atitude de indiferença de Jesus com relação
 Paulo apenas aproveitava a reunião dos judeus para pregar-lhes a Jesus. ao sábado que o levou a ser perseguido pelos judeus Mt 12.1,13; Jo 5.16,19; 9.16).

Página | 45
11. Êxodo 20.8-11 – Este mandamento ordena que o sétimo dia da semana, o
sábado, seja o dia do Senhor, separado para repouso e adoração.
DEZ PERGUNTAS QUE OS ADVENTISTAS PRECISAM RESPONDER
1. Se o sábado é tão importante, porque então não há um mandamento
Por que os cristãos observam o domingo e não o sábado? sequer para guardá-lo desde Adão até Moisés?

No Novo Testamento, a igreja cristã começou a adorar e repousar no primeiro dia da 2. Se o sábado não era somente para o judeu, então porque Deus diz que
semana, que é o domingo. Os cristãos estão violando o mandamento do sábado, era um sinal entre Deus e Israel somente? (leia Ezequiel 20:12,20).
adorando no primeiro dia da semana, ao invés de fazê-lo no sétimo dia? 3. Se o sábado existia desde o Éden, então porque Deus diz que ele foi
dado no deserto?
Resposta:
4. Se o sábado tem força de lei para a igreja, então porque nunca vimos a
A resposta ao questionamento adventista está em Mt. 12.5, onde o Senhor Jesus igreja primitiva se reunir no sábado, mas sempre no 1º dia da semana?
afirma que os sacerdotes violavam o sábado e ficavam sem culpa, o que não (leia Atos 20:7 e I Coríntios 16:2).
acontecia com relação aos demais mandamentos. A base para o mandamento de
observar o sábado, conforme escrito em Êxodo 20.11, é que Deus repousou no 5. Se o sábado se revesti de tamanha importância, então porque Jesus não
sétimo dia após seis dias de trabalho, e que Deus abençoou e santificou o sétimo dia. realizou sua maior obra nele – a ressurreição.
O dia de sábado foi instituído como um dia de repouso e adoração. O povo de Deus 6. Se o sábado era assim de tamanha importância, então porque os
deveria seguir como exemplo o modelo de trabalho e repouso de Deus. Contudo, evangelistas registram sempre as aparições no 1º dia da semana e não no
Jesus — corrigindo a visão distorcida dos fariseus — disse: “O sábado foi feito por sétimo? (leia Mateus 28:1; Marcos 16:1; Lucas 24:1 e João 20:1).
causa do homem, e não o homem por causa do sábado” (Mc. 2.27). O ponto destacado
por Jesus foi que o sábado não foi instituído para escravizar pessoas, mas para 7. Porque após a morte dos apóstolos a igreja continuou se reunindo aos
beneficiá-las. O espírito de observância de um dia de descanso e culto a Deus teve domingos e não no sábado?
continuidade no Novo Testamento, mediante a observância do repouso e da 8. Porque nesta época a história registra que o sábado era guardado
adoração no primeiro dia da semana (At. 20.7; ICo. 16.2). somente por seitas do judeu-cristianismo?
Novo Testamento, o mandamento de separar o sábado como um dia de repouso e 9. Porque Homens de Deus como Lutero, Calvino, Wesley, Moody, Finey e
adoração é o único que não foi repetido. Existem razões muito boas para isso. tantos outros, citados por Ellen White, guardaram o domingo e não o
Aqueles que creem no Novo Testamento não estão sujeitos à lei do Antigo sábado?
Testamento (Rm. 6.14; Gl. 3.24-25; Hb. 7.12 e 8.6-13).
10. Se o sábado fosse parte de uma lei moral poderia uma lei cerimonial
 A partir da ressurreição de Jesus no primeiro dia da semana (Mt. 28.1),
quebranta-lo, como era o caso da circuncisão? (leia João 7:22,23)
 Suas contínuas aparições nos domingos que se seguiram (Mt. 28.1; Mc. 16.2,9;
Lc. 24.1; Jo. 20.1,19,26) Ai está amigo adventista, espero que medite nisto com um coração sincero
 A descida do Espírito Santo em um domingo (At. 2.1), a Igreja Primitiva passou a em oração. Portanto, se souber que esteve errado até agora estará
ter como modelo o domingo como dia dedicado à adoração e isso faziam disposto a mudar?
regularmente.
Pense nisso!
 A adoração aos domingos foi posteriormente consagrada por nosso Senhor, que
apareceu a João na última grande visão no “Dia do Senhor” (Ap. 1.10). É por
essas razões que os cristãos adoram aos domingos, ao invés de adorar no sábado
judaico.

Página | 46
10. AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ Nathan H. Knorr
Com a morte de Rutherford, Nathan H. Knorr assumiu a liderança da seita. No
início do seu mandato escreveu um ensaio com o título: "Testemunhas de Jeová
Resumo histórico
dos Tempos Modernos", com a afirmação: "Deus Jeová é o organizador de suas
Charles Taze Russell, fundador da seita "Testemunhas de Jeová", nasceu no Estado
testemunhas sobre a terra". Prosseguindo, diz que o nome da organização
da Pensilvânia, Estados Unidos, no ano de 1854. Perturbado pela doutrina das penas
deri-va-se da passagem de Isaías 43.10: "Vós sois minhas testemunhas, diz Jeová".
eternas, tornou-se simpatizante da doutrina adventista, a qual abraçou
posteriormen-te. Como Russell possuía pontos de vista muito pessoais,
Escravos de um Sistema
princi-palmente quanto à maneira e ao objetivo da vinda de Cristo, não demorou
As Testemunhas de Jeová demonstram um zelo incomum em tornarem
haver divergência entre seus pontos de vista e os dos líderes adventistas. Nessa
conhecidas as suas doutrinas, pelo que se dedicam ao máximo à venda de livros e
época, em parceria com um adventista de nome N.H. Barbour, escreveu um livro.
revistas, de porta em porta. Além de se dedicarem com afinco a esse trabalho,
Essa amizade, porém, durou pouco, pois logo se separaram, após uma acalorada
quase todos dão uma parce-la de cooperação na disseminação das doutrinas da
discus-são quanto à doutrina da expiação. Um ano após, em 1872, Russell lança os
seita. W.J. Schenell, ex-testemunha", diz que as "testemunhas" ficam sob
fundamentos do seu movimento, inicialmente com os nomes "Torre de Vigia de Sião"
constantes pressões e com medo mortal dos seus líderes. Por exem-plo: se não
e "Arauto da Presença de Cristo".
venderem suficiente literatura, serão rebaixados à "clas-se de maus servos", ou
"servos inúteis".
As Ideias de Russell
Russell vivia em frequentes choques com as autoridades e os tribunais, dos quais
Expansão da Seita
nem sempre se saía bem. Censurou as igrejas e seus líderes como porta-vozes do
Já em 1949, o Anuário das Igrejas Americanas trazia o seguinte: "As testemunhas
engano e como instrumentos do diabo. Para preparação dos seus discípulos,
de Jeová têm grupos em quase todas as ci-dades dos Estados Unidos, bem como
escreveu uma obra intitulada Estudos nas Escrituras, sobre a qual o próprio Russell
em outras partes do mun-do, com o propósito de estudar a Bíblia. Não fazem
declarou ousadamente que seria melhor que ela fosse lida do que lida a Bíblia
relatório de seus membros, nem anotam a assistência às reuniões. Reúnem-se em
sozinha. Contudo, mais tarde, ele mesmo chamou de "imaturos" alguns de seus
salões alugados e não constroem templos para o seu pró-prio uso".
escritos primitivos.
A maior parte dos seus esforços é gasta procurando alcançar pessoas já membros
Joseph Franklin Rutherford
de igrejas evangélicas, cujos preceitos eles põem em dúvida por meio de ensinos
Russell foi um homem de mau procedimento. Casou-se em 1879. Várias vezes foi
subversivos. Enviam os seus representantes para os campos missionários
levado ao tribunal por sua própria esposa, em face de maus tratos que sofria dele.
estrangeiros, onde, às vezes, entram em conflito com as autoridades.
Não podendo ela suportá-lo mais, abandonou-o em 1887, dele divorciando-se em
1913. Viu-se muitas vezes em apuros com a justiça devido a escândalos financeiros.
Hoje, a Sociedade é liderada por Mr. Henschel. O grupo tem mais de 4 milhões de
Charles Taze Russell morreu a 9 de novembro de 1916, sendo substituído pelo juiz
membros em todo o mundo. As estatísticas da Sociedade Torres de Vigia indicam
Joseph Franklin Rutherford. Rutherford excedeu em muito a atuação do próprio
que 740 casas são solicitadas para recrutar cada um dos quase 200.000 novos
Russell, fundador da seita. Logo no princípio da sua gestão, fundou a revista
membros que se juntam cada ano.
Despertai com uma tiragem mensal que vai a um milhão de exemplares. Esteve por
vários meses na cadeia por causa de alegadas "atividades antiamericanas", no início
As TJ afirmam veementemente que a doutrina da Trindade é de origem pagã e
da entrada dos Estados Unidos na Primeira Grande Guerra. Isto contribuía mais para
que a cristandade, com um todo, está envolvida na mentira do diabo.
que Rutherford e seus seguidores tivessem maior ódio da "organização do diabo"
Concomitantemente, com a anulação da Trindade é, da mesma maneira,
(como tratavam toda e qualquer espécie de organização política ou religiosa que se
ferrenhamente combatida a deidade de Cristo, a deidade do Espírito Santo, a
opunha aos seus ensinos e às doutrinas). Rutherford morreu a 8 de janeiro de 1942,
realidade do inferno e a punição eterna.
com 72 anos de idade.

Página | 47
Testemunhas de Jeová é uma religião cristã? Além disso, a organização das Testemunhas de Jeová exige de seus membros
frequência semanal e regular em suas reuniões de "Estudo da Bíblia", onde são
A resposta para a pergunta é: "Não, não é uma religião cristã". Como todas as repetidamente doutrinados com ensinos anticristãos. Isto é feito através da
seitas não cristãs, a organização das Testemunhas de Jeová distorce as doutrinas leitura da revista A Sentinela, da seguinte forma; Após lerem o texto da revista,
essenciais do cristianismo. Ela nega a divindade de Cristo, Sua ressurreição física e a são feitas perguntas as quais os TJs não podem responder com suas palavras, mas
salvação pela graça. Além disso, para apoiar suas errôneas doutrinas, a organização sim de acordo com as respostas já escritas em baixo da página, desta forma eles
Torre de Vigia, alterou a Bíblia para torná-la de acordo com as heresias e são doutrinados a não responderem segundo sua dedução lógica, mas sim, de
ensinamentos não cristãos que professam. acordo com as respostas que a Torre de Vigília lhes doutrinam à responderem,
abrindo assim, mão de seus próprios pensamentos.
Típico das seitas que usam a Bíblia para apoiar a sua posição eles cometem os
seguintes erros de interpretação; As testemunhas de Jeová são ensinadas que sempre que forem de porta em porta
ensinar suas doutrinas serão perseguidos. Ainda dizem que este é simplesmente
o inimigo a lutar contra a organização pelo fato de somente eles terem a verdade.
• Tomar versículos fora de seu contexto imediato. Então, quando alguém não concorda com eles, eles são condicionados a refletir
• Recusar-se a ler os versículos em todo o contexto bíblico. sobre o que a torre de vigia lhes disse. Sentem-se então felizes pelo fato de que o
• Inserção de seus pressupostos teológicos no texto. “inimigo” os odeia por serem a única organização visível de Deus na face da terra
• Alterar o texto bíblico para atender às suas necessidades. (como todas as seitas afirmam). Eles são fortemente encorajados a terem amigos
• Amarram- se em um verso para interpretar uma série de outros. e conhecidos somente dentro da organização das testemunhas de Jeová,
• Mudam os significados das palavras. mantendo desta forma os questionamentos contrários o mínimo possível.
• Proclamam ser apenas figuras de linguagem, passagens que negão sua doutrina.
• Adicionam palavras á palavra de Deus. Eles são condicionados a se afastar de qualquer pessoa com conhecimento real
das escrituras. Um exemplo disso é frequentemente encontrado na Internet. Uma
As testemunhas de Jeová se consideram cristãos, porque eles acreditam que estão vez eu fui banido de uma sala de bate-papo de testemunha de Jeová depois que
servindo o Deus vivo e verdadeiro. Como muitas seitas, eles pensam que são a única eu não só respondi a suas objeções da Trindade e a divindade de Cristo, mas
verdadeira Igreja na terra. No entanto, negam a Trindade, a divindade de Cristo, a também os desafiei em verificar a veracidade nas escrituras. Posteriormente,
personalidade do Espírito Santo, a ressurreição física de Jesus e a salvação pela graça meu nome foi passado ao redor para todas as outras salas de bate papo das
através da fé. testemunhas de Jeová onde fui banido destas também. Esta é uma ocorrência
frequente sempre que são confrontados. É óbvio que o exame crítico de suas
As testemunhas de Jeová são desencorajadas a investigar a sua própria história ou doutrinas não é incentivado pela organização torre de vigia.
antigas literaturas da torre de vigia que está repleta de contradições, falsas profecias
e doutrinas alteradas. Em vez disso, eles são doutrinados repetidamente contra as
doutrinas cristãs básicas (Trindade, divindade de Cristo, etc.), e para a ideia de que
apenas eles têm a verdade e os outros são incrédulos.
Recentemente a Rússia proibiu as atividades das Testemunhas
Basicamente, a organização testemunha de Jeová é uma organização de controle da De Jeová no país.
mente que usa seu povo para distribuir literatura, e enviar doações para a sede no Segundo as autoridades, as crenças das Testemunhas De Jeová colocam em
Brooklyn, Nova Iorque. risco a vida de seus cidadãos. Um exemplo disso são as proibições de
transfusões de sangue por parte de membros da seita. Diversas crianças
estão crescendo sem mães, devido suas mortes na sala de partos de hospitais
devido a recusa de transfusões de sangue.

Página | 48
RESPOSTAS ÁS TESTEMUNHAM DE JEOVÁ A bíblia responde que Deus tem vários nomes:
1. O nome JEOVÁ. O Deus Todo-poderoso tem diversos nomes, todos demonstrando alguns dos seus
O nome de Deus é escrito ( YHWH) nas cartas hebraicas e traduzido por “Jeová” na atributos. Exemplos:
Tradução do Novo Mundo da Bíblia das Testemunhas de Jeová.
EHYEH, Eu Sou (Ex 3:14);
“NO SEU exemplar da Bíblia, como é traduzido o Salmo 83:18? A Tradução do Novo
Mundo das Escrituras Sagradas traduz este texto da seguinte forma: ‘Para que as ELOHIM, Deus forte (no plural), aplicado ao próprio Deus quase 3.000 vezes na
pessoas saibam que tu, cujo nome é Jeová, somente tu és o Altíssimo sobre toda a Bíblia;
terra.’ … muitas traduções deixam de fora o nome Jeová, substituindo-o por títulos
como “Senhor” ou “Eterno”. O que deve ser usado nesse versículo? Um título ou o EL SHADDAI, Todo poderoso (Ex 6:3);
nome Jeová? …Ao substituírem o nome de Deus por títulos, os tradutores da ADONAI, Soberano; EL, EL ELYON e diversos outros. O nome Jeová nem sequer
Bíblia cometem um erro grave. Eles fazem com que Deus pareça distante e foi pronunciado no hebraico. Por respeito e temor, os israelitas não
impessoal. …se as pessoas não sabem o nome de Deus, Jeová, como podem pronunciavam o nome sagrado, Jeová, que era representado pelo tetragrama (se,
realmente achegar-se a ele?” —O Que A Bíblia Realmente Ensina? 2005, págs. 195- vogais) YHWH (que talvez signifique, ele causa o que existe ou Ele é o que é).
196 Alguns dos nomes equivalentes eram: JAH ou YAH e nunca, Jeová, como
PERGUNTE: “Se é tão importante que as pessoas leiam o nome de Deus na Bíblia, a encontramos no português.
fim de ter uma relação “próxima” com Deus, por que Deus escolheu NÃO revelar o Normalmente, os judeus usavam o título duplo, JHWH, mas nunca pronunciavam
Seu nome a Abraão, Isaque e Jacó? (Êxodo 6:2-3) Se estes homens piedosos podiam o tetragrama YHWH.
conhecer a Deus apenas por chamá-lo “Deus Todo-Poderoso”, por que nós não No grego, no Novo Testamento, apareceu outro nome para Deus: KUROS ou
podemos? Como se sentiria se seus filhos começassem a chamar você pelo seu Kurios, que significa SENHOR.
primeiro nome, em vez de chamá-lo ‘Pai’ (ou ‘Mãe’)? Será que você não perguntaria
por que eles o estavam tratando de forma tão impessoal, chamando-o pelo seu nome O nome mais sagrado para Deus é YHWH. A tradução mais provável é “o Eterno”
formal? Como os cristãos são chamados de filhos ‘adotados’ de Deus (Gálatas 4:5-7), ou “o Deus Eterno”. Javé é o Deus que existe por si mesmo, que não tem princípio
pode ver porque Jesus ensinou os seus seguidores a orar ‘Pai Nosso’ em vez de orar nem fim (Êxodo 3:14; 6.3). Seguindo o costume que começou com a Septuaginta,
‘Nosso Jeová’ (Mateus 6:9)? a grande maioria das traduções modernas usa “Senhor” como equivalente de
YHVH (Javé). A versão bíblica João Ferreira de Almeira Revista e Atualizada
Resposta: escreve “Senhor”. A forma Javé é a mais aceita entre os eruditos. A forma Jeová
(JEHOVAH), que só aparece a partir de 1518, não é recomendável por ser híbrida,
Vejamos o que dizem os eruditos sobre o nome de Jeová: isto é, consta da mistura das consoantes de YHVH (o Eterno) com as vogais de
A pronúncia Jehovah é um erro resultante entre os cristãos por combinar as ADONAI (Senhor). (Dicionário da Bíblia Almeida).
consoantes YHWH com as vogais de Adonay ou de Eloah (Deus), singular de Elohim
(Enciclopédia Britânica); É importante notar que Deus não especificou na Sua Palavra que exista apenas
um nome exclusivo pelo qual Ele deva ser adorado. Pelo contrário, os nomes de
Palavra mal pronunciada do hebraico YHWH donome de Deus. Esta pronúncia é Deus são apenas maneiras de nos lembrarmos de aspectos de Sua atividade e Sua
gramaticalmente impossível. A forma Jehovah é uma impossibilidade Filológica pessoa. O que Deus deseja realmente é a reverência e a obediência daqueles que
("The Universal Jewish Enciclopédia" – Enciclopédia Universal judaica) O amam: “Agora, pois, ó Israel, que é que o SENHOR requer de ti? Não é que temas o
Como posso ser testemunha de um nome impronunciável? Se não há como SENHOR, teu Deus, e andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao
pronunciá-lo como poderei me relacionar com Ele? SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração e de toda a tua alma, para guardares os
mandamentos do SENHOR e os seus estatutos que hoje te ordeno, para o teu bem?”
(Deuteronômio 10:12, 13).

Página | 49
Você sabia que cada nome de Deus possui um significado especial? 10- Yhwh-Shalom.
Conheça mais sobre Deus estudando o significado de Seu nome em hebraico. Significado em português: O Senhor da Paz.
Passagem bíblica: Juízes 6:24.
1- Yhwh-Shammah.
Significado em português: O Senhor que está presente. 11- Yhwh-El Gmolan.
Passagem bíblica: Ezequiel 48:35. Significado em português: O Deus que recompensa.
Passagem bíblica: Jeremias 51:56.
2- El Shadai.
Significado em português: Deus Todo-Poderoso. 12- Yhwh-Maccadeshcem.
Passagem bíblica: Gênesis 17:1-22. Significado em português: O Deus que nos santifica.
Passagem bíblica: Êxodo 31:13.
3- Yhwh-Raah.
Significado em português: O Senhor é o meu pastor 13- Yhwh-Nakeo
Passagem bíblica: Salmos 23:1. Significado em português: O Deus que destrói completamente o mal.
Passagem bíblica: Ezequiel 7:9.
4- Yhwh-Yireh.
Significado em português: Deus proverá. 14- Yhwh Saabbaoth.
Passagem bíblica: Gênesis 22:14. Significado em português: O Deus dos exércitos.
Passagem bíblica: I Samuel 1:3.
5- Yhwh-Tsidkenu.
Significado em português: Deus justiça nossa. 15- Adonai.
Passagem bíblica: Jeremias 23:6. Significado em português: Senhor.
Passagem bíblica: Salmo 97:5.
6- Yhwh-Nissi.
Significado em português: Senhor, minha bandeira. 2. Entendimento da verdade.
Passagem bíblica: Êxodo 17:15. As Testemunhas de Jeová afirmam que:
 O plano divino foi revelado através do pastor Russel, “como nunca antes” e,
7- El Elyon “o abrir dos livros da revelação divina logo será completado” (Studies in The
Significado em português: o mais elevado, Forte dos fortes. Scriptures, Vol. 2, pg. 189).
Passagem bíblica: Isaías 14:13.  Ele mesmo afirmou que “provavelmente, antes dele ninguém havia
entendido qualquer parte do livro de Apocalipse” (Studies in The Scriptures,
8- El Olam. Vol 1, pgs. 20, 27-28).
Significado em português: O Eterno Deus.
Passagem bíblica: Isaías 40:28. Resposta:
A Bíblia ensina que:
9- El Roi. a) A Palavra de Deus é a Luz divina, para nos guiar (Sl 119:105).
Significado em português: O Deus que vê. b) A Bíblia é suficiente em si, para nos aperfeiçoar (Ef 1:3; II Tm 3:16-17 e II Pe
Passagem bíblica: Gênesis 16:13. 1:3).
c) Os apóstolos de Jesus foram guiados a toda a verdade (Jo 16:13).
d) Esta verdade foi inteiramente completada com a revelação dos livros do
Novo
e) Testamento. A fé cristã foi uma vez por todas dadas aos santos (Jd 3).
Página | 50
3. A divindade Resposta:
As Testemunhas de Jeová afirmam que: A Bíblia ensina que:
Jesus Cristo já existiu antes dos primórdios dos tempos (Cl 1:15). Em termos
 Há apenas um Ser na divindade. humanos ele sempre existiu e existirá para sempre (Jo 1:1-3; 8:38; Hb 1:1-8; Ap
“O estudante criterioso destes capítulos já descobriu testemunho abundante nas 1:8-21; 21:6; 22:13).
Escrituras de que há apenas um Deus Todo-poderoso” (Studies in The Scriptures, Vol
5, pg. 166). a) Ele nunca foi anjo ou arcanjo, mas foi adorado pelos anjos. Foi por Deus
 Por isso, não existe uma pluralidade de seres, ou seja, uma trindade (Pai, Filho e chamado de Filho, título jamais dado a qualquer anjo (Hb, capítulo 1).
Espírito Santo).
b) Por Cristo a través dele o universo foi criado. Através dele a criação toda se
Resposta: mantém
A Bíblia ensina que: (Jo 1:1-3; Cl 1:16-17 e Hb 1:2).
a) Deus é chamado, várias vezes, de Deus único (Ex 20:2; Dt 6:4 e Is 44:6).
b) Só uma vez, nas línguas originais da Bíblia, ele é designado no singular (Jó 5:17). c) Jesus não era, nem é, um deus secundário. Veja a confissão que Tomé fez
c) Em quase todas as partes do Velho Testamento, Deus é designado no plural Em João 20:28: “Senhor meu e Deus meu!”. Ele é igual ao Pai em autoridade nos
(Adonai e Elohim). Exemplos: “Façamos o homem à nossa imagem” (Gn 1:26). “Eis céus e na terra (Mt 28:18). Veja Jo 17:5.
que o homem é como um de nós...” (Gn 3:22)
d) Cristo é Deus e, portanto, digno de adoração (Mt 2:11; 8:2; 9:18; 14:33;
 O Pai Eterno é Deus (Jo 4:23; I Co 8:6; Ef 4:6 e I Pe 1:2). 15:25; 28:9; Jo 20:28 e Ap 5:12-13)
 O Filho é Deus (Jo 1:1-10; 20:28; Rm 9:5 e Cl 1:16-17; 2:29).
 O Espírito Santo é Deus (Jo 14:26) 5. O Espírito Santo
As Testemunhas de Jeová afirmam que:
Estes três são inteiramente unidos, com um só propósito (Jo 10:30; Mt 28:19 e II Co  O Espírito Santo não é um ser ou personagem, nem o terceiro Deus, junto
13:13). com o Pai e o Filho.
 O Espírito Santo é apenas uma influência ou um poder exercido pelo Deus
4. Jesus cristo único.
As Testemunhas de Jeová afirmam que:
 Jesus era o arcanjo Miguel, a primeira criação de Deus. Resposta:
“Jesus, o Cristo, um indivíduo criado, é o segundo personagem do universo” ... “Ele A Bíblia ensina que:
foi formado, há milênios inumeráveis, como a primeira (e a única direta) criação de O Espírito Santo é um Ser, pois ele, possuindo atributos e características divinas,
seu Pai, Jeová...” (Make Sure of All Things, pgs. 150 e 207). pode:
a) Ensinar e consolar (Jo 14:26; 16:13 e At 18:8-10).
 Jesus foi criado por Jeová, para ser um deus secundário. b) Falar e guiar (Jo 16:13 e At 8:29; 10:19-20).
“No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus. Ele c) Testificar (Jo 15:26).
estava no princípio com Deus” (Jo 1:1-2, Tradução do Novo Mundo, Bíblia oficial das
d) Intervir nos planos humanos (At 16:6-10).
Testemunhas de Jeová)
e) Escolher campos para evangelização e enviar obreiros (At 13:2; 16:6-10).
 Cristo não deve ser adorado. f) Interceder, levar as nossas orações, com gemidos à Deus (Rm 8:26).
“Nenhuma adoração distinta deve ser prestada a Jesus...” (Watchtower, número). O Espírito Santo é parte integrante da Divindade (Rm 8:27).
de 01 de janeiro de 1954, pg. 30). O Espírito Santo é Deus, igualmente com o Pai e o Filho (At 5:3-4).

Página | 51
6. A alma
As Testemunhas de Jeová afirmam que: Resposta:
 A palavra alma significa simplesmente uma criatura ou pessoa viva e consciente. A Bíblia ensina que:
“A alma, celestial ou terrestre, consiste do corpo, junto com o princípio vivo ou força a) Este mundo e suas obras de derreterão e passarão (Mt 24:35e II Pe 3:10).
viva atuante” (Make Sure of All Things, pg. 349). b) Os homens são peregrinos nesta terra. Reconhecendo este fato, os sábios
 Cada ser humano é uma alma. Ele não possui uma alma separada e distinta do procuram uma Cidade Celestial (Eterna), não feita por mãos humanas (Hb
seu corpo (Make Sure of All Things, pg. 349). 11:8-16).
c) A parte física da vida humana é passageira (Sl 90:10; Is 40:6-8 e Tg 1:10-11;
Resposta: 4:14).
A Bíblia ensina que: d) Apenas a dimensão eterna da vida, lá nos Céus, é permanente (I Ts 4:17).
a) Nós, seres humanos, somos constituídos de três aspectos ou dimensões: físico,
mental e espiritual (corpo, alma, espírito, I Ts 5:23).
b) A palavra alma não significa apenas uma criatura ou pessoa, mas também, a 8. O pecado
parte mental ou emocional do indivíduo. Significa a parte que sente que cria e As Testemunhas de Jeová afirmam que:
que se torna responsável. Em aproximadamente 140 passagens da Bíblia,  Há dois tipos de pecado: herdado e voluntário (Make Sure of All Things, pg.
encontramos a expressão “minha alma”, em contraste com o corpo físico. Em 344).
diversas outras passagens, são usadas as expressões “sua alma”, “nossa alma” ou  Os pecados herdados de nossos pais e outros ancestrais não acusam a
“alma própria”,para distingui-la do corpo físico (Sl 119:28; 33:20; Is 26:8; Mt morte, “pois há deles a esperança de libertação” (Make Sure of All Things, pg.
16:26 e Lc 2:35). 344).
c) A alma pode perder-se ou separar-se do corpo (Mt 16:26. Veja também Gn  Pecados voluntários (premeditados) trazem consigo a sentença de
35:19 e IRs 17:22, onde vemos que a alma separa-se do corpo na própria morte). destruição eterna (Make Sure of All Things, pg. 347). Todos os outros
d) A alma pode ser salva (Hb 10:39 e Tg 5:20). pecados (não voluntários) podem ser perdoados, através do sacrifício de
Cristo.
7. A vida futura  Porém, esta doutrina também afirma que os homens não morrem por causa
As Testemunhas de Jeová afirmam que: dos próprios pecados, mas sim, por causa dos pecados de Adão.
O paraíso será aqui na terra.
 Este mundo nunca será destruído (Make Sure of All Things, pg. 234). “O dia em que cada homem morrer apenas pelo seu próprio pecado será o
 Os homens devem viver para sempre aqui na terra, a qual foi criada para existir milenar ou, o dia da restituição” (Studies in The Scriptures, pg. 109).
eternamente. “O lugar correto para os homens é a terra, da qual eles fazem
parte... Jeová criou (a terra) para ser habitada pelos homens para sempre... Os Resposta:
homens precisam de vida, vida humana perfeita e eterna” (This Means A Bíblia ensina que:
Everlasting Life, pg. 23-24). a) Cada indivíduo responde a Deus por sua vida e morre pelos próprios
 Os homens foram criados para viver a vida terrestre para sempre (This Means pecados, não pelo pecado de Adão ou de qualquer outro antepassado (Ez
Everlasting Life, pg.28). 18:4, 20; Rm 5:12-14; 14:12).
 A vida eterna dos homens aqui na terra não se baseia na existência de uma alma b) Portanto, o pecado não é dividido entre pecados herdados e pecados
imortal. Por outro lado, depende da sua obediência perfeita a Deus, quem pode voluntários.
fazer todo o necessário para suster a vida humana aqui para sempre (This Means Antes de sermos salvos em Cristo, todo pecado nos condena individualmente.
Everlasting Life, pg. 32). c) A divisão do pecado, depois de sermos salvos, é entre delitos voluntários e
involuntários (I Jo 2:1 e Hb 10:26-27). Mas, Cristo é nosso Mediador (I Jo
2:1; I Tm 2:5 e I Jo 1:7) em todo tipo de pecado.

Página | 52
9. A morte Resposta:
As Testemunhas de Jeová afirmam que: A Bíblia ensina que:
 A morte é a destruição completa do corpo físico; o aniquilamento completo da a) Existe uma só vida terrestre, uma só morte física e um só julgamento (Hb
consciência. 9:27).
“A penalidade é a morte... e a morte é a ausência da vida; a destruição” (Studies in b) Não há qualquer segunda oportunidade para aqueles que rejeitam Cristo e a
The Scriptures, Vol. 5, pg. 465). salvação durante esta vida (Lc 9:59-62; 16:19-31; Jo 8:21-24; At 13:44-46;
 Não há consciência alguma após-morte (Criação, pg. 204). 18:5-6; II Ts 2:10-12; Hb 10:26 e Ap 22:16).
 A morte significa aniquilamento.
“Não há sofrimento envolvido na morte, mas a morte em si é a extinção da vida que 11. O juízo final
é a penalidade do pecado” (Studies in The Scriptures, Vol. 1, pg. 154). As Testemunhas de Jeová afirmam que:
 A morte é a falta completa de consciência.  Não existe um dia único de Juízo Final, mas diversos tempos de juízo divino.
“... a morte... é um período de falta absoluta de consciência; mais do que isso, é um Em todos eles, seja no passado, no presente ou no futuro, a sentença sempre
período de absoluta não existência” (Studies in The Scriptures, Vol. 1, pg. 329). significa aniquilamento completo e permanente para os condenados, sem
esperança de ressurreição (Make Sure of All Things, pgs. 219-226).
 Aqueles que pecam voluntariamente serão aniquilados para sempre (Make Sure  O Tribunal Divino é constituído por Jeová, Jesus Cristo e 144.000 associados.
of All Things, pg. 331).  O aniquilamento final acontecerá na Batalha de Armagedom, quando todos
os injustos serão destruídos para sempre (Make Sure Of All Things, pgs. 219-
Resposta: 226).

A Bíblia não que: Resposta:


a) A morte do corpo não significa a morte da alma (Mt 10:28). A Bíblia ensina que:
b) Abraão, Isaque, Jacó, Moisés e Elias ainda vivem, apesar do fato de estarem a) Haverá um só dia de Juízo Final, no qual Cristo ressuscitará toda a
mortos, fisicamente (Mt 17:3; 22:3). humanidade e julgá-la-á em seguida (Mt 25:32-46; Rm 14:11-12; II Pe 3:1-3;
c) A morte não significa a extinção da vida, porque o espírito do homem vive At 17:230-21 e Ap 20:11-15).
depois da morte do corpo (Hb 12:22-23). b) Depois do Juízo Final os justos irão para os Céus e os injustos para o inferno
d) A alma permanece consciente após a morte (Lc 16:22-31 e Ap 6:9-11). (Mt 25:32-46 e Ap 20:11-15)
e) Ninguém será aniquilado para sempre. Todos irão a um ou outro de dois
destinos eternos, onde estarão conscientes eternamente (Dn 12:2; Mt 25:46; Mc O que é e quando se dará o juízo final? Será o Juízo de Deus sobre os ímpios e
9:43-48 e Ap 7:15; 20:10; 22:1-5) suas impiedades, em todos os tempos e lugares. De acordo com a Bíblia, o Juízo
Final (do Trono Branco) ocorrerá logo após a segunda prisão de Satanás, nos
10. Uma segunda oportunidade de salvação depois da morte. eventos finais após o Milênio (Ap 20.7, 10), depois de este ter enganado mais uma
As Testemunhas de Jeová afirmam que: vez as nações (Ap 20.11).
 Todos os homens terão uma segunda oportunidade para se salvarem, depois
desta vida. Quem será o Juiz? O Pai é o Supremo Juiz, porém Ele confiou ao seu filho
“O resgate para todos, concedido por Cristo a todo homem, não garante a vida Unigênito, Jesus Cristo, toda a autoridade no céu e na Terra (Jo 5.22,27). Segundo
eterna para qualquer homem; mas garante para cada um mais uma oportunidade...” o pastor Claudionor de Andrade, “para assisti-lo no tribunal, Jesus terá ao seu
(Studies in The Scriptures, Vol. 1, pg. 150). lado a Igreja Glorificada” (1Co 6.2,3).
 Esta Segunda oportunidade será mais favorável do que a primeira, por causa da
experiência ganha através da primeira experiência com a vida (Studies in The Quem terá de prestar contas ao justo Juiz? 1) todos os que, desde Caim, amam
Scriptures, Vol. 1, pg. 143). e praticam a iniquidade. 2) todos os que estiverem vivos naquela ocasião; 3)
Todos os não salvos que tiveram morrido durante o Milênio (Dn 12.2); 4) Os
anjos caídos, que se rebelaram contra Deus, (Jd 6).
Página | 53
12. Os céus e o inferno Resposta:
As Testemunhas de Jeová afirmam que: A Bíblia ensina que:
Além de ser a morada eterna de Deus, “os céus” significam: a) Além de ser a morada de Deus, Cristo, o Espírito Santo e toda a hoste celestial (anjos
 A organização inviável de Jeová, constituída de poderes criaturas espirituais: etc), os Céus serão também a morada de todos os justos, de todas as épocas, e não
O Filho (a palavra significa o Arcanjo Miguel, o qual é Cristo Jesus, e o exército apenas de 144.000 especialmente escolhidos das doze tribos de Israel (Mt 25:31-46;
Ap 7:1-10; 20:11-15; 21:1-17; 22:1-5). Note em Apocalipse 7:9, a presença de uma
evangélico). Esta organização é chamada frequentemente de “a mulher de Deus”,
grande multidão, de todas as nações, em pé diante do trono de Deus e do Cordeiro,
“Sião”, “Jerusalém”. Os 144.000 de Apocalipse 14 se tornarão, na ressurreição, uma Cristo, lá nos Céus. Os 144.000 seriam apenas israelitas fiéis; um número simbólico,
parte integrante destes “céus”, ou seja, os “novos céus” (Make Sure of All Things, pg. que representa um número espiritualmente mais do que completo (12x12),
150) multiplicado por 1000 (um número redondo e infinito). A multidão inumerável nos
Céus significa todos os outros fiéis, de todas as partes da terra.
 A presente organização invisível de Satanás e seus demônios, os anjos caídos. b) Conforme Mc 9:43-48, Jesus nos explica que há um inferno, onde o fogo
Também, a posição elevada ocupada na organização visível de Satanás: governos jamais se apaga. (Veja também Ap 20:7-15).
civis, comércio, religião falsa etc. (Tudo isso, para as Testemunhas, é obra de c) Existe um castigo eterno para todos os pecadores, desobediente e rebelde
Satanás e condenada à destruição). (Dn
 A posição de ministério glorificado no Reino, para o qual os presentes ungidos 12:2; Mt 25:46; Mc 9:43-48; Jo 5:28-29 e Ap 20:10).
de Deus são exaltados.
 Apenas os 144.000 de Apocalipse 14 habitarão nos Céus, onde serão integrados As opções heréticas sobre o destino eterno dos homens.
na organização do reino teocrático de Deus. Este número já está completo, há Reencarnação - No túmulo de Alan Kardec tem o seguinte lema: “Nascer, morrer,
muito tempo. Todos os outros justos habitarão eternamente na terra (Harp of renascer e progredir sempre; está é a lei”. A Escritura não ensina reencarnação. Antes, ela
God, pg. 19; Make Sure of All Things, pg. 150). diz: “aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo” (Hb 9. 27).
 Não existe um lugar eterno chamado inferno. Esta expressão na Bíblia significa Materialista/Naturalista - Eles nos dizem que não temos alma, que somos apenas
apenas o sepulcro (a inexistência dos mortos). corpo e que, ao morrer, deixamos de existir. Tomando as Escrituras como autoritativa,
“A palavra inferno aplica-se apenas ao sepulcro, o fim comum de todos os homens, encontramos o Senhor Jesus dizendo: “E não temais os que matam o corpo e não podem
matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo” (Mt
bons e maus, em estado inconsciente, sem sofrimento e sem prazer” (Make
10.28).
Sure of All Things, pg. 155).
Universalistas - Eles ensinam que no final todos que estão no inferno serão salvos e o
 Não existe qualquer castigo eterno. inferno esvaziado. Por pensarem que todas as religiões conduzem a Deus, entendem então
“A teoria do castigo eterno é incoerente, como as afirmações que o Senhor fez cair que todas as pessoas serão salvas. Porém, não é isso que Jesus Cristo ensinou. Na verdade,
sobre ele a iniquidade de todos nós; e que Cristo morreu pelos nossos pecados” a própria morte de Jesus é sinal de que apenas alguns serão salvos (Cf. Mt 202.8; Mc
(Studies in The Scriptures, Vol. 1, pg. 159). 10.45).
 A ideia do castigo eterno surgiu da religião falsa e não da Bíblia. Purgatório – esta é a doutrina esposada pelo Catolicismo Romano. O que ela ensina?
 Adão não foi condenado ao tormento eterno, mas ao aniquilamento, no pó da Ouçamos o que diz o Catecismo Católico: “Os que morrem na graça e na amizade de Deus,
terra. (Studies in The Scriptures, Vol. 1, pg. 157). mas não estão completamente purificados, embora tenham garantida a sua salvação
 Ambos, os bons e os maus, irão para o inferno, no sentido de aniquilamento. eterna, passam, após a sua morte, por uma purificação, a fim de obterem a santidade
(Studies in The Scriptures, Vol. 1, pg. 158) necessária para entrarem na alegria do céu”(C.C, 1030 – 1032). Esse ensino não tem
respaldo bíblico.
Observação: Lembre-se que as Testemunhas de Jeová ensinam que o inferno é Aniquilacionismo – é a crença de que os incrédulos não irão sofrer eternamente
apenas o sepulcro (Veja páginas 154-155 do mesmo livro, Relaciliation, pg. 28; e Let no inferno, mas que, após algum tempo, serão extintos e deixarão de existir. Embora
homens de Deus como John Stott tenham crido nesta doutrina, à luz das Escrituras e da
God Be True, pg. 91). História da Igreja como registrada nas Confissões, a posição cristã tem sido de que os
ímpios sofrerão eternamente no inferno. Ouça o que diz a Escritura: “E o diabo, que os
enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e
de noite serão atormentados para todo o sempre.”(Ap 20.10; Cf. 14. 9 -11; 19.20).

Página | 54
13. O reino e a igreja- Apenas os 144.000 de Apocalipse 14 habitarão nos Céus. Resposta:
As Testemunhas de Jeová Afirmam que: A Bíblia ensina que:
 A igreja (congregação; nação santa) de Deus é constituída de Jesus Cristo, o a) A igreja de Jesus Cristo foi iniciada no dia de Pentecostes, cinquenta dias
Cabeça, e 144.000 membros do seu corpo. O número de membros já foi depois da morte de Cristo (Atos, capítulo 2). Ela é constituída de todos os
completado e não haverá outros, na igreja celestial (Harp of God, pg. 191; Make salvos, desde o seu início (At 2:47). Todos os salvos foram batizados em um
Sure of All Things, pg. 70). só corpo (I Co 12:13 14) O corpo de Cristo é a própria igreja (Ef 1:22-23 e Cl
1:18).
 O reino de Deus é um “governo teocrático, fortalecido por seu soberano, Deus,
sob a administração de reis divinamente escolhidos” ... Deus planejou o reino b) O Reino de Cristo é a própria igreja, sendo Cristo, Cabeça e Soberano.
para ser a parte legislativa da sua organização universal. Ele é constituído pelo (Ef1:12-13). Em Tiago 2:5, vemos que os herdeiros recebem o Reino. Sendo
rei, Jesus Cristo, e seus 144.000 co-regentes, escolhidos dentre os homens. herdeiro aquele que nasceu na família de Deus, podemos ver que as
Este reino é inteiramente celestial, não tendo qualquer anexo terrestre. “Todos expressões família, corpo, igreja, casa do Senhor, reino e outras se referem à
144.000 os que se tornam membros desse reino deverão ser ressuscitados e mesma entidade, pois se constituem das mesmas pessoas.
receberão corpos celestiais” (Make Sure of All Things, pg. 233).
c) O Reino de Cristo já existia nos tempos dos apóstolos, pois Cristo prometeu
 O reino de Cristo, em seu poder soberano, não foi estabelecido no dia de o
Pentecostes, em Atos, capítulo 2 (Make Sure of All Things, pg. 234). Foi pregado seguinte: “...dos que aqui se encontram, alguns há que, de maneira nenhuma
somente depois do ano 1914 (Make Sure of All Things, pg. 233). passarão pela morte até que vejam ter chegado com poder o reino de Deus”
(Mc
 O reino de Cristo não existe ainda, mas existirá somente quando começar a era 9:1). Interessante, não? Se o Reino começou em 1914, como afirma, alguns
milenar. “No fim desta época e no início da seguinte (a Época Milenar), Satanás que
será amarrado e seu poder derrotado, em preparação para o estabelecimento do ouviram as palavras de Cristo em Marcos 9:1 teriam tido aproximadamente
reino de Cristo” (Studies in The Scriptures, Vol. 1, pg. 73). 1880
 O cristianismo não é o reino de Deus em Cristo (Make Sure of All Things, pg. 236). anos de idade, quando o Reino foi iniciado! Está vendo aqui a absoluta
incoerência dessa doutrina? O próprio apóstolo Paulo usou o tempo
 A época milenar tinha seu início em 1914, quando não haveria mais exércitos, passado quando disse: “Ele nos libertou do império das trevas e nos
governos ou outras sociedades seculares e eclesiásticas (Studies in The transportou para o reino do Filho do seu amor” (Cl 1:13). Em Hebreus 12:28,
Scriptures, Vol. 6, pg. 633). Posteriormente, a data foi mudada várias vezes e o tempo usado é o presente e não o futuro.
ultimamente, para outubro de 1975, quando chegariam ao seu fim os “seis dias
(milênios) de trabalho e se iniciaria o milênio sabático” (Volta à Bíblia, Vol. 10, d) Quando Cristo voltar, todos saberão deste fato (Mt 25:31-32; At 1:11; Rm
No. 06 pgs. 10-12). Mas, como sempre os cálculos dos líderes desta seita estavam 14:11-12 e Ap 1:7). Além do mais, todos darão contas a Cristo, quanto à sua
errados. Posteriormente, eles corrigiram o “erro” sobre a data da volta de Cristo própria vida. Haverá um Juízo Final, conforme diz Jesus em Mateus 25:32-46.
em 1975, mudando para 1983 (outro engano). Atualmente, alguns estão Ninguém escapará desse dia. Por isso, todos nós devemos estar preparados
pregando o ano 2000 como sendo a data infalível do advento de Cristo. para nos prostrar aos pés de Cristo e prestar contas de nossos atos.

 As outras testemunhas de Jeová (além dos 144.000 já escolhidos) entrarão no e) Não existe na Bíblia a ideia de que todas as Testemunhas, além dos 144.000
“território do reino” aqui no mundo, o qual nunca será destruído (Make Sure of escolhidos para a eternidade, entrarão em um “território do reino” aqui na
All Things, pg. 231) terra. Por outro lado, a Bíblia diz que este mundo será destruído (II Pe 3:9-
13).

Página | 55
14. Governos civis e estruturas sociais, comerciais e religiosas. 15. Transfusão de sangue
As Testemunhas de Jeová afirmam que:
As Testemunhas de Jeová afirmam que:  Transfusão de sangue, de uma pessoa para outra, significa comer sangue.
 Os governos deste mundo são autorizados por Satanás e não por Deus Portanto, é proibida pela própria Bíblia (Make Sure of All Things, pg. 47-
(Make Sure of All Things, pg. 371). 48).
 O presente sistema de coisas é dirigido por Satanás e inclui os demônios e a  Tentar salvar a vida de alguém, através de transfusões de sangue, é
organização visível, constituída de toda a religião falsa (exceto a das inteiramente errado, conforme diz I Crônicas 11:17-19 (Make Sure of All
Testemunhas), e os setores político e comercial. Participar de qualquer Things, pg. 47-48).
esquema político, comercial ou religioso significa amar o mundo. (Make
Sure of All Things, pg. 126). E todas estas entidades seriam destruídas, após Resposta:
o ano 1914 (Studies in The Scriptures, Vol.2, pg. 139). A Bíblia ensina que:
 Por isso, o cristão não pode participar de exércitos ou guerras, nem jurar  Receber o sangue de outrem para salvar sua vida não é comer sangue. Na
lealdade a governos civis, nem à bandeira de qualquer nação. Ele apenas antiguidade comer sangue significava um ato religioso do paganismo
deve pagar os devidos impostos e cumprir a lei, a respeito do casamento e para receber os poderes da vítima. Essa prática foi proibida
de outros requisitos civis. definitivamente pela Bíblia, pois Deus considera o sangue um símbolo
sagrado da vida (Lv 17:14 e At 15:28-29).
Observação: Apesar desta posição radical, a qual tem criado para essa seita as mais
severas perseguições, ela permite que seus adeptos trabalhem como empregados de  Doar um pouco do próprio sangue para salvar outra vida é uma nobre
governos civis, embora este governo seja por eles considerado servo de Satanás. A demonstração de amor e sacrifício pelo bem de outros (I Jo 3:16). É o
conclusão inevitável é que tais funcionários estariam servindo ao próprio diabo. oposto do ponto de vista acima mencionado. É um paralelo modesto do
grande sacrifício de Cristo, o qual derramou seu próprio sangue para
Resposta: salvar os homens (Jo 15:13). Além do mais, receber sangue, plasma ou
A Bíblia ensina que: derivados de sangue nas veias, não tem absolutamente nada a ver com
 Os líderes governamentais são autorizados por Cristo para cuidarem do “comer”.
setor civil da vida humana.
Outras proibições:
 Devemos obedecer aos governos civis, respeitando as autoridades e 1. As testemunhas de Jeová proíbem a celebração de aniversários.
cumprindo as leis civis (Mt 22:15-21; At 23:5; Rm 13:7; I Tm 2:1-4 e I Pe Afirmam em sua literatura que os únicos aniversários que a Bíblia cita foram
2:17). marcados pela violência, como no caso da morte do padeiro de Faraó,
revelados pelo sonho de José no Egito (Gn 40.16-20) e da decapitação de João
 A Bíblia jamais condenou soldados ou oficiais militares. Por outro lado, Batista, no aniversário de Herodes (Mt 14.1-12).
quando estes aceitaram a Cristo, foram por ele aceitos, sem menção alguma
da necessidade de abandonar sua profissão (exemplo: Atos, capítulo 10). 2. As testemunhas de Jeová proíbem a prestação do serviço militar. As
Testemunhas de Jeová negam-se a executar qualquer tipo de trabalho,
 A lei civil requer juramentos de lealdade ao país. Precisamos respeitar obrigatório por lei ou não, que contribua para o esforço de guerra. Baseados
também este requisito legal. em: Isaías 2:4; Salmos 46:8-9 e Mateus 26:52.
3. As testemunhas de Jeová se recusam a saudar um símbolo nacional ou a
cantar um hino patriótico. Para as Testemunhas, a continência a um líder
governamental, tal como a famosa expressão nazi Heil Hitler, a saudação à
bandeira ou o cantar um hino nacional equivale a um ato de adoração. A sua
atitude não é de desrespeito mas sim de neutralidade. Baseados em: Mt 4:10
Página | 56
11. AS IGREJAS NEO-PENTECOSTAIS Um testemunho grandioso
Justino Mártir 110-165 d.C. em seu diálogo contra o judeu Trifo recorda que os
O que significa neo-pentecostal? dons do Espírito Santo, incluindo exorcismo, ainda estão em uso: "Recebendo
A palavra neo vem do grego, e quer dizer “novo”, “atualizado”. uma vez o espírito de discernimento, outro um conselho, outro uma cura, outro
Neo + pentecostal= neopentecostal. de poder, outro de presciência, outro de ensino e outro de temor a Deus. Os dons
proféticos permanecem conosco até o presente tempo. Para alguns (crerem)
Para uma compreensão mais clara do termo, precisamos conhecer o significado da certamente em expulsar demônios, (…). Outros tem conhecimento daquilo que
origem da palavra “Pentecostal”. vai acontecer; eles tem visões e pronunciam expressões proféticas".
A origem Pentecostal. O termo pentecostal é tirado do episódio que ocorreu no dia
de Pentecostes em Jerusalém, quando os discípulos do Senhor Jesus foram batizados Agostinho de Hipona 354-430 d.C. mencionou: “Fazemos, todavia, o que os
com o Espírito Santo. (At 2:1-4). Segundo a International Standard Bible Apóstolos fizeram quando impuseram as mãos sobre os samaritanos, invocando
Encyclopedia (Enciclopédia internacional padrão da Bíblia) “Como o nome indica sobre eles o Espirito Santo.
( πεντηκοστή , pentēkostḗ ). Pentecostes, do grego, pentekosté, é o qüinquagésimo dia John Wesley ministro anglicano e pai da igreja Metodista registram muitas
após a Páscoa. Pentecostes é o segundo dos grandes festivais nacionais judeus que histórias extraordinárias em seus diários, tais como a cura de pessoas, de
foi primeiramente observado no 50º dia, ou 7 semanas, da Festa Pascal, e, portanto, animais, e do poder do Espírito Santo através da oração.
no Antigo Testamento, foi chamado de "festa das semanas". O antigo festival judaico Dwight L. Moody 1875. Ministro que pregava na cidade de Chicago e de Nova
obteve um novo significado, para a igreja cristã, pelo derramamento prometido do Iorque, mencionou numa ocasião que tinha uma especial investidura de poder do
Espírito Santo ( João 16: 7, João 16:13). Os incidentes desse dia memorável, na alto, um batismo claro e inequívoco do Espírito Santo.
história do cristianismo, são contados de maneira maravilhosamente vívida e Estes são exemplos extraídos de perto de muitos outros nomes que vivenciaram
dramática nos Atos dos Apóstolos. ( Atos 2: 1). a manifestação continua do ocorreu no dia de Pentecostes.

O seguimento Pentecostal na igreja primitiva. Pentecostalismo moderno. Chama-se pentecostalismo moderno ou classico o
O Novo Testamento relata que a igreja primitiva acreditava no batismo no Espírito conjunto de igrejas cristãs que a partir do século XX começaram a enfatizar o
Santo (Atos 11:15-16). Os escritores cristãos do segundo século usaram a palavra sentir da presença do Espírito Santo. Em 1901 entre cristãos que se reuniam em
grega χάρισμα ou carisma, o que significa "presente" ou "dom divino" para se referir uma localidade na Rua Azusa, em Los Angeles, nos EUA, e simultaneamente em
a estes dons, isto é, a mesma palavra que o apóstolo Paulo usou em sua lista de dons vários outros lugares na América do Norte. Apesar da segregação racial em
do Espírito, que incluía o falar em línguas (1 Coríntios 12). Assim como os cristãos Houston, William J. Seymour, um pregador negro, foi autorizado a assistir a
do primeiro século praticavam a imposição das mãos para a ocorrência dessa aulas bíblicas. Seymour viajou para Los Angeles, onde sua pregação provocou o
experiência nos crentes (Atos 8:14-17). A seguir estão vários eventos realizados em Avivamento da Rua Azusa em 1906. Apesar do trabalho de vários grupos
igrejas cristãs do Novo Testamento, onde se registrou o "derramamento do wesleyanos avivalistas, como Parham e D. L. Moody, o início do movimento
Espírito": na casa de Cornélio (Atos 10:86); em Éfeso (Atos 19:5); pentecostal difundido nos Estados Unidos, é geralmente considerado como tendo
começado com Seymour no avivamento da rua Azusa.
Os antecessores do Pentecostalismo na história dos Pais da igreja.
São várias as instâncias de fenômenos que historiadores pentecostais interpretam Logo cedo os pentecostais foram incentivados por seu entendimento de que todo
como antecessores do pentecostalismo. o povo de Deus poderia profetizar nos últimos dias antes da segunda vinda de
Inácio de Antioquia 67-110 d.C. afirmou em sua carta aos filadelfienses (Inácio aos Cristo. Eles olharam para as passagens bíblicas sobre o Pentecostes no segundo
filadelfienses 7:01) que profetizou pelo Espírito. capítulo de Atos, em que Pedro citou a profecia contida em Joel 2: "Nos últimos
dias, Deus diz: Eu derramarei meu Espírito sobre todos os povos. Vossos filhos e
Policarpo de Esmirna 70-160 d.C. teve uma revelação de Deus de como morreria. filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, vossos velhos terão sonhos. "
Alguns líderes cristãos que não faziam parte do início do movimento pentecostal
mantinham um alto respeito pelos líderes pentecostais.

Página | 57
O movimento Pentecostal no Brasil O movimento pentecostal brasileiro classificado em ondas três ondas
O maior movimento pentecostal do mundo. Quando os missionários Gunnar Adolf
Segundo Ricardo Mariano, doutor em sociologia pela Universidade de São Paulo o
Vingren e Daniel Hõgberg fundaram a primeira igreja pentecostal no Brasil em 18
de junho de 1911, denominaram-na Missão da Fé Apostólica. A escolha do nome foi movimento pentecostal brasileiro se divide em três ondas:
inspirada no Avivamento da Rua Azusa, sob a liderança do pastor afro-americano
A primeira onda. É o chamado “Pentecostalismo Clássico”, da Rua Azuza no
William J. Seymour.
início do século XX em Los Angeles, nos EUA estendendo-se até ao Brasil com os
O nome do jornal de Azusa era Apostolic Faith (Fé Apostólica), que acabou dando
nome àquela abençoada igreja de Los Angeles, que passou a se chamar Missão da Fé pioneiros Daniel berg e Gunnar Vingren.
Apostólica. A igreja, bem como seu periódico, conhecido por Vingren e Berg, era A segunda onda. É conhecida por “deutero-pentecostalismo” ou “pentecostal
popular por pregar a restauração para os nossos dias da manifestação do Espírito
conforme os tempos apostólicos. neoclássico”, um movimento de cura divina do início da década de 50. Grandes
nomes surgiram com ministérios de cura divina, tais como William Branham,
Apesar de terem sido incendiados pela chama pentecostal em Chicago, foi em Azusa
que Berg e Vingren naturalmente se inspiraram ao escolherem o nome da igreja que que começou bem-sucedido ministério em 1946, mas terminou mal, pois
fundavam no Brasil. começou a ensinar heresias em meados dos anos 50. Faleceu em 1965. Hoje

Entretanto, sete anos depois, Gunnar Vingren e Daniel Berg, agora acompanhados existe uma seita em torno de seu nome – Tabernáculo da Fé. Outros nomes foram
dos missionários Otto Nelson e Samuel Nyström, acharam por bem mudar o nome T. L. Osborn e Oral Roberts.
da igreja de Missão da Fé Apostólica para Assembleia de Deus.

Muitos historiadores dizem que, desde a chegada do Movimento Pentecostal no A terceira onda: “Neopentecostalismo”, tendo suas origens na segunda metade
Brasil, duas igrejas eram as únicas de caráter pentecostal no país: Assembleia de Deus
e a Congregação Crista do Brasil (CCB). Porem há na história uma declaração de um da década de 70, e perdura até hoje, influenciando muitas igrejas. Seus grandes
dos líderes da CCB que diz assim: expoentes são as comunidades evangélicas e a igreja Universal do Reino de Deus

Em 1936, em resposta ao Censo Religioso dos EUA, Max Tosetto e Francescon (1977) e outros movimento congêneres. É sobre está onda que trataremos nas
escreveram ao Census Bureau que éramos uma comunhão de congregações “não próximas páginas com mais detalhes em suas heresias e como refutá-las.
sectária e não denominacional”, embora a igreja na Itália na época possuísse o nome
legal de “Congregazione Cristiana Pentecostale”. O QUE É SER PENTECOSTAL?
Mais tarde, aparece em outro documento da igreja americana a declaração: “não
toleramos ou praticamos os excessos cometidos sob o nome de Pentecostalismo”. - Ser pentecostal é crer no Batismo no Espírito Santo e no falar em novas línguas.
- Ser pentecostal é aceitar a contemporaneidade dos dons espirituais.
Em uma breve nota a David DuPlessis, Francescon pediu que não referisse a nossa - Ser pentecostal é aceitar a Bíblia como única regra de fé e prática.
igreja como Pentecostal mas “simplesmente cristãos”. - Ser pentecostal é conclamar, os ouvintes do evangelho, ao arrependimento.
- Ser pentecostal é pregar a iminência da volta de Cristo.
O conselho de anciães do Brasil também se pronunciou sobre este assunto dizendo: - Ser pentecostal é valorizar a grande Comissão de Jesus.
“As entidades que analisam o movimento evangélico em nosso País costumam nos - Ser pentecostal é valorizar uma liturgia participativa, mas ordenada.
classificar entre as igrejas pentecostais, devido ao fato de estes também crerem na - Ser pentecostal é enfatizar o sacerdócio universal dos cristãos.
manifestação do Espírito Santo com evidências de novas línguas. Não somos - Ser pentecostal é valorizar a Escola Dominical, como a maior agência de ensino.
pentecostais, nem temos afinidades com quaisquer outros ramos evangélicos.”. - Ser pentecostal é primar por uma teologia ortodoxa.
- Ser pentecostal é cultivar o Fruto do Espírito.
Página | 58

O QUE NÃO É SER PENTECOSTAL?


Dados históricos do Neopentecostalismo. No Brasil, as maiores e mais representativas igrejas dessas corrente são:

Expoentes e raízes neopentecostais fora do Brasil o Igreja Universal do Reino de Deus. Fundada por: Edir Macedo e Romildo
Dois nomes bastante influentes na teologia neopentecostal, com certeza são: Essek Ribeiro Soares (R.R.Soares) em 9 de julho de 1977 no Rio de Janeiro.
William Kenyon e Kenneth Hagin. o Igreja Internacional da Graça de Deus. Fundada por: Missionário R. R.
Soares 9 de junho de 1980 no Rio de Janeiro.
1. KENYON. Nasceu em 24 de abril de 1867, em Saratoga, Nova York, EUA, falecendo o Igreja Renascer em Cristo. Fundada por: Estevam e Sonia Hernandes São
aos 19 de março de 1948, ele tinha pouco conhecimento teológico formal. “Kenyon Paulo, 1986.
nutria uma simpatia por Mary Baker Eddy” (Gondim, p. 44), fundadora do o Igreja Mundial do Poder de Deus. Fundada por: Valdemiro Santiago de
movimento herético “Ciência Cristã”, que afirma que a matéria, e a doença não Oliveira em 9 de março de 1998 São Paulo.
existem. Tudo depende da mente. o Igreja Apostólica Fonte da Vida. Fundada por: César Augusto Machado de
Sousa e Rúbia Pinheiro Fernandes de Sousa. Goiânia, 1994
2. KENNETH HAGIN. Discípulo de Kenyon. Nasceu em 20 de agosto de 1917, em o Igreja Nacional do Senhor Jesus Cristo. Fundada por: Valnice Milhomens.
McKinney, Estado do Texas, EUA. Sofreu várias enfermidades e pobreza; diz que se o Sara Nossa Terra. Foi fundada em fevereiro de 1992, em Brasília por
converteu após ter ido três vezes ao inferno (Romeiro, p. 10). Aos 16 anos diz ter Robson Rodovalho e Maria Lúcia Rodovalho.
recebido uma revelação de Mc. 11: 23,24, entendendo que tudo se pode obter de o Igreja Plenitude do Trono de Deus. Fundada em São Paulo, em 2006, por
Deus, desde que confesse em voz alta, nunca duvidando da obtenção da resposta, Agenor Duque e Ingrid Duque.
mesmo que as evidências indiquem o contrário. Isso é a essência da “Confissão
Positiva”. Porque tais igrejas crescem?

Estes dois são os pulverizadores da teologia neopentecostal não apenas no Brasil, Os próprios líderes nos dão algumas respostas, como Edir Macedo: “Crescemos
mas em toda América, misturaram teologia com gnosticismo e criaram uma porque estamos trazendo benefícios para as pessoas” (VEJA, 6, dez/1995) ou
estrutura teológica que encontrou solo fértil num país como o nosso; que é de seja, as igrejas neopentecostais oferecem aquilo que as pessoas querem e não o
terceiro mundo e sofre com questões básicas como saúde, falta de moradia, que elas precisão.
segurança, entre outras. Segundo o Pr. Ciro Sanches Zibordi, os criadores e adeptos desse movimento,
dizem-se e pensam que são pentecostais, mas não querem abraçar o que dizem as
A Teologia infundada do Neopentecostalismo Escrituras. São experiencialistas e ingênuos; seguem a qualquer manifestação
sem nenhuma análise, ao contrário dos crentes de Bereia (At 17.11).
 Teologia da prosperidade.
O reverendo Ludgero Bonilha Morais, secretário executivo do Supremo Concílio
 Confissão positiva. da IPB. A respeito do movimento neopentecostal, justificou dizendo: “É muito
mais catolicismo do que protestantismo”.
 Práticas místicas
Fatores que contribuem para o surgimento do Neopentecostalísmo.
 Maldições hereditárias. Os fatores estão ligados às realidades subjacentes à vida integral das pessoas:
 Agravamento da pobreza.
 Possessão de crentes.  Injustiças sociais.
 Disseminação das enfermidades.
 Antropocentrismo.  Marketing midiático.
 etc.

Página | 59
O movimento neopentecostal não é reconhecido pelos pentecostais Resposta:
clássicos. A verdadeira propriedade é desfrutar da providência divina dia após dia. “E o
meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma
Ricardo Mariano, doutor em sociologia pela Universidade de São Paulo, explica que de vossas necessidades”. (Fp 4:19)
o neupentecostalísmo tem uma tendência em não ser reconhecido como um
seguimento pentecostal, nem tampouco como protestante. Mariano menciona um Deus e os pobres:
artigo na Revista Ultimato do Bispo Anglicano Robinson Cavalcanti quando assim
disse: “a IURD e congêneres não são sob-hipótese alguma pentecostais e desta forma  Deus revela ser o refúgio dos pobres (SI 14.6; = Is 25.4)
não podem se enquadrar na definição de protestantes”. Segue um trecho do referido  O socorro dos pobres (SI 40.17; = 70.5; = Is 41.14)
artigo: Um grande equívoco cometido pelos sociólogos da religião é o de pôr sob a  O libertador dos pobres (1 Sm 2.8; = SI 12.5; = 34.6; = 113.7; = 35.10; cf.
mesma rubrica de “pentecostalismo” dois fenômenos distintos. De um lado, o Lc 1.52,53)
pentecostalismo propriamente dito, tipificado, no Brasil, pelas Assembleias de Deus; e  E o provedor dos pobres (cf. SI 10.14; = 68.10; = 132.15).
do outro, o impropriamente denominado “neopentecostalismo”, melhor tipificado pela
Igreja Universal do Reino de Deus. Um estudioso propôs denominar essas últimas de
pós-pentecostais: um fenômeno que se seguiu a outro, mas que com ele não se conecta, Pobreza e sofrimento são prova de falta de fé?
pois “neo” se refere a uma manifestação nova de algo já existente Correntes de Se pobreza e sofrimento fossem por causa da falta de fé, Jesus não tinha fé aqui na
sociologia argentina já os denominaram de “isopentecostalismo”: (que significa) Terra! Lembre-se: Jesus não era rico e foi, também, a pessoa que mais sofreu
algo que parece, mas não é. Lucidez e coragem teve Washington Franco, em sua nesse mundo. O profeta Isaías verdadeiramente O descreveu como “homem de
dissertação de mestrado na Universidade Federal de Alagoas, quando classificou o tristeza e familiarizado com o sofrimento” (Isaías 53:3).
fenômeno representando pela IURD de “pseudo-pentecostalismo”: algo que não é. Os primeiros cristãos viveram todos de maneira simples, sem guardar muito
dinheiro para si, para ajudar os mais pobres (Atos 2:41-45; 4:34-37). Nenhum
Então podemos com segurança afirma: o movimento “NEO” OU “ISO” PENTECOSTAL, deles pregou a Teologia da Prosperidade. O apóstolo Paulo falou: “… aprendi a
não é credenciado pelas Escrituras Sagradas, ou seja, não bíblico. adaptar-me a toda e qualquer circunstância. Sei o que é passar necessidade e sei o
que é ter fartura.” (Filipenses 4:11-13). De fato, em outra carta ele afirmou: “Até
Refutando os ensinos heréticos neopentecostais agora estamos passando fome, sede e necessidade de roupas, estamos sendo
tratados brutalmente, não temos residência certa” (1 Coríntios 4:11). Será que
1. Teologia da prosperidade: Paulo não era fiel ao Senhor? (Veja 1 Coríntios 4:1-2)
A teologia da prosperidade, defendida pelos neopentecostais, afirma que um cristão
verdadeiro e fiel a Deus, tem o direito de obter a felicidade integral, pode exigi-la, Pobreza nunca foi e nem será sinônimo de maldição ou pecado.
ainda durante a vida presente sobre a terra. Também ensinam que quem tem fé em O salmista diz: “Eu sou pobre e necessitado, porém o Senhor cuida de mim; tu és o
Deus terá muitas riquezas e sucessos materiais. Pobreza, doença e sofrimento são meu amparo e o meu libertador; não te detenhas, ó Deus meu!” (Sl 40:17)
vistos como castigo de Deus por causa da falta de fé.
Em um artigo escrito pelo Pastor José Gonçalves, lemos: “Na teologia
A Teologia da Prosperidade é muito popular porque ensina que Deus vai fazer você neopentecostal ser “próspero” significa “ter posses”, e “bênção” significa
ficar rico. Ser crente é uma troca comercial: você “investe” em Deus e Deus lhe “sucesso”. Precisamos deixar bem claro que Deus quer que seus filhos sejam
devolve mais. prósperos, mas isto não pode ser confundido simplesmente com aquisição de
“posses” ou “bens”. “Nem tampouco a bênção do Senhor pode ser confundida
O Bispo Edir Macedo da igreja universal não pede oferta de maneira simplesmente com sucesso”. Alguém pode possuir muitos bens, ter muitas posses, e
ainda assim não ser uma pessoa próspera. Por outro lado, uma pessoa pode ser
equilibrada.
abençoada por Deus sem que, contudo, ter aquele “sucesso” que o mundo tanto
Sua ideologia é a do “dá ou desce”. aplaude.”

Página | 60
Resposta:
2. Confissão positiva.
O que é o Movimento do Pensamento Positivo? É a crença em que o pensamento IMPLICAÇÕES PRÁTICAS DE SE CRÊ NA DOUTRINA DA CONFISSÃO POSITIVA
de uma pessoa é o fator primordial em relação a suas circunstâncias. Só em ter Citaremos algumas implicações preocupantes que comprovam a periculosidade
pensamentos positivos todas as influências e circunstâncias negativas serão desta doutrina para os cristãos menos desavisados:
vencidas.
E o Movimento de Confissão Positiva? É a versão cristianizada do pensamento A Doutrina da confissão positiva aniquila a Soberania de Deus. Deus não
positivo que essencialmente substitui a fé em Deus pela habilidade de ter fé em si
depende das palavras dos homens para agir. Deus é e sempre será Soberano.
mesmo. O simples fato de confessar positivamente o que se crê faz com que o desejo
confessado aconteça. Soberania é o atributo pelo qual Deus possui completa autoridade sobre todas as
O verbo decretar está sendo conjugado dia-a-dia por variadas denominações. Não coisas criadas, determinando-lhe o fim que desejar (Gn 14:19; Ne 9:6; Ex 18:11;
são poucas as pessoas que usam o jargão evangélico: “Tá decretado!” Não faz muito Dt 10:14-17; I Cr 29:11; II Cr 20:6; Jr 27:5; At 17:24-26; Jd 4; Sl 22:28; 47:2,3,8;
tempo às famosas frases de efeito no meio evangélico eram outras bem menos 50:10-12; 95:3-5; 135:5; 145:11-13; Ap.19:6).
danosas para a fé cristã, como, por exemplo: “O sangue de Cristo tem poder” – nem
sempre usada no contexto correto –, “Tá amarrado!” etc. A Doutrina da confissão positiva dá mais valor a palavra falada do que às
Mas, qual o motivo da frase “tá decretado” – e suas variações – estar errada? Não Escrituras. Onde fica a luta de reformadores como Lutero? Muitos foram aqueles
temos que reivindicar os nossos direitos junto ao Pai? Não somos filhos do Rei? As que lutaram para que hoje tivéssemos a Palavra de Deus em nossas mãos. Muito
nossas palavras não possuem poder?
sangue foi derramado para que pudéssemos ler às Escrituras sem a interferência
Devemos também lembrar-nos de que o termo “decreto” pertence somente ao da vontade humana. Onde fica o princípio da “Sola Scriptura”? A Bíblia deixou
Senhor de Toda Glória, como bem falou Rubens Cartaxo Junior: Os Decretos eternos de ser relevante para as nossas vidas? Creio firmemente que não e os textos
de Deus são exclusivos de Sua pessoa o qual fez desde a Eternidade - Sl 33.11; Is bíblicos confirmam isso (Sl 19:7-11; Sl 119; Jo 5:39; Rm 15:4; II Tm 3:16-17).
14.26-27; 46.9-10; Dn 4.34-35; Mt 10.29-30; Lc 22.22; At 2.23; 4.27-28; 17.26; Rm
4.18; 8.18-30; I Co 2.7; Ef 1.11; 2.10; II Tm 1.8-9; I Pe 1.18-20. A Doutrina da confissão positiva dá um conceito simplista da fé cristã. O
evangelho de Cristo é o evangelho da cruz, da renúncia, do arrependimento, do
A “confissão positiva” é parte da “teologia da prosperidade”, tão divulgada e recebida nascer de novo. O cristianismo de hoje é um cristianismo sem cruz, sem
pela Igreja brasileira. Esta doutrina vem sendo divulgada há alguns anos no Brasil, sacrifícios. Gosto de dizer que é o “evangelho boa vida”, evangelho “não faça
especialmente por R. R. Soares que é o responsável pela divulgação dos livros de
nada e ganhe tudo”. Esse não é o evangelho de Cristo. Basta vermos alguns
Kenneth E. Hagin, principal expositor desta doutrina. Hagin diz que recebeu a
fórmula da fé diretamente de Jesus, e mandou escrever de 1 a 4 esta “fórmula”. Com textos para comprovar o que estou dizendo ( Jo 3; Mt 16:24; Mc 8:34; Lc 9:23; Gl
ela, diz, pode-se conseguir tudo. Consiste em: 6:12; Mt 3:8; Lc 5:32; II Pd 3:9, etc.)

1) "Diga a coisa" - positiva ou negativamente, tudo depende do indivíduo.  A Doutrina da confissão positiva não tem o respaldo na História da
2) "Faça a coisa" - o que nós fazemos irá determinar a nossa vitória. Igreja.
3) "Receba a coisa" - a fé irá dinamizar a ação e Deus tem que responder, pois está
preso a “leis espirituais”. Dentro da História da Igreja não se tem notícia de coisas absurdas como essas.
4) "Conte a coisa" - para que outras pessoas possam crer. Devem ser usadas Será que todos os grandes homens de Deus estavam enganados a respeito de sua
palavras como: decretar, exigir, reivindicar, declarar, determinar, e não se fé? Quando examinamos biografias diversas dos homens de Deus, seja de quem
pode pedir “se for da tua vontade”, pois isso destrói a fé.
for, notamos uma única nota coerente em todos: Verdadeira humildade. Todos
foram humildes em afirmar a soberania de Deus e a fraqueza do homem. Agora, o
homem quer mandar em Deus?
Página | 61
3. Práticas místicas. 4. Maldições hereditárias.
Os pregadores neopentecostais afirmam que um indivíduo que tenha problemas
Misticismo: Seu nome deriva do termo grego “mystikós”, relativo aos mistérios. O com adultério, álcool, pornografia, câncer e AIDS, os tem porque ele herdou de
adjetivo “mystikós” deriva do verbo “mio”, que significa fechar; mais especificamente, algum antepassado que teve problemas nestas áreas. Sendo assim, o antepassado
fechar os olhos, porta de entrada do mundo sensível, para que se torne possível o passou aquela maldição, como que por “genes espirituais” para seus
acesso a uma experiência de ordem espiritual. descendentes. Por isso, continuam eles, o descendente deve pedir ajuda ao
Espírito Santo para lhe revelar em quem a maldição teve início, para pedir perdão
É a atitude da pessoa que deposita sua confiança em algo que não existe, ou, mesmo pelo antepassado, e a maldição ser quebrada.
que exista, é ineficaz. Exemplos: orixás, iemanjá, ninfas, duendes, ídolos, amuletos, Resposta:
simpatias, água benta, óleo ungido, galho de arruda e sal grosso. Ao aceitarmos no senhorio de Jesus, recebemos o Espírito Santo (1Co 6.19 Ef
1.13); nossos pecados são perdoados (Atos 10.43; Rm 4.6-8); somos recebidos
O Misticismo neopentecostal é a mistura de figuras, objetos e símbolos para como filhos de Deus (Jo 1.12); se somos filhos, logo somos também herdeiros de
representarem coisas espirituais. Um amuleto é um objeto de superstição. Pode ser Deus e co-herdeiros de Cristo (Rm 8.17); passamos da morte espiritual para a
descrito como: “um objeto no qual está escrito uma fórmula de encantamento ou sobre vida espiritual (1 Jo 3.14); somos novas criaturas (2 Co 5.17); o diabo se afasta e
a qual se recitou um encantamento, com o fim de proteger a pessoa que usa contra não nos toca (Tg 4.7; 1 Jo 5.18); não estamos mais sujeitos às maldições (Jo
perigos, doenças, demônios, fantasmas, magia negra, e para trazer boa sorte e 8.32,36); podemos usar o nome de Jesus para curar enfermos e expulsar
fortuna”. (Frank Gaynor. Ed. Dictionary of Mysticism.). demônios (Mc 16.17-18); a salvação nos leva a um relacionamento pessoal com
nosso Pai e com Jesus como Senhor e Salvador (Mt 6.9; Jo 14.18-23); estamos
O uso dos elementos mágicos dos cultos e das superstições populares do Brasil, livres da ira vindoura (Rm 5.91 Ts 1.10). Em razão disso, somente o retorno
entre eles o sal grosso (para afastar maus espíritos), a rosa, o sabonete e a toalhinha voluntário ao pecado poderá alterar a nossa situação diante de Deus. O uso de
ungida (usada nos despachos e nas oferendas a Iemanjá), a água fluidificada (usada qualquer objeto, seja no corpo, seja em nossa casa, não melhora em nada a nossa
por credos espiritualistas a fim de trazer a influência espiritual para o corpo condição de filho, de herdeiro, de abençoado, de isento das investidas do diabo.
humano), fitas e pulseiras (semelhantes na sua designação às fitas do chamado Objetos não expulsam demônios, não quebram maldições, não substituem o
Senhor do Bonfim), o ramo de arruda (usado para afastar coisas más) e uma poderoso nome de Jesus.
quantidade enorme de apetrechos aos quais se emprestam supostos valores
espirituais que podem ser passados por seus usuários. Dentro do ensino das maldições hereditárias, seriam palavras negativas que
pronunciamos contra alguém. Seriam também “espíritos” que acompanham
Resposta: nossas famílias e objetos de nossos antepassados que temos em casa trazendo
O Evangelho e as cartas de João e Colossenses foram escritos para combater o todo o tipo de desgraça.
pensamento gnóstico que era cheio de misticismo (Cl 2.16-23). Jorge Linhares (Pastor Presidente da Igreja Batista Getsêmani) ensina que:
“Maldição é a autorização dada ao diabo por alguém que exerce autoridade sobre
Ao aceitarmos o senhorio de Jesus, recebemos o Espírito Santo (1Co 6.19 Ef 1.13); outrem, para causar dano à vida do amaldiçoado” …
nossos pecados são perdoados (At 10.43; Rm 4.6-8); somos recebidos como filhos de
Deus (Jo 1.12); somos filhos, logo somos também herdeiros de Deus e co-herdeiros Já para Robson Rodovalho, (Bispo e fundador da Comunidade Evangélica Sara
de Cristo (Rm 8.17); passamos da morte espiritual para a vida espiritual (1Jo 3.14); Nossa Terra) maldição são espíritos que visitam as famílias trazendo morte
somos novas criaturas (2Co 5.17); o Diabo se afasta e não nos toca (Tg 4.7; 1Jo 5.18); prematura, adultério, abuso sexual, violência, enfermidade, etc. Devemos até
não estamos mais sujeitos às maldições (Jo 8.32,36); a salvação nos leva a um fazer árvore genealógica. A Bíblia responde que a origem de toda a maldição
relacionamento pessoal com nosso Pai e com Jesus como Senhor e Salvador (Mt 6.9; reside no pecado. Maldição é uma sentença que vem da desobediência a Deus (Gn
Jo 14.18-23); estamos livres da ira vindoura (Rm 5.9; 1Tss 1.10; 4.16-17; Ap 3.10) 3:19: Rm 5:12). Maldição é estar longe de Deus, separado do Criador (Ex. 34:1-
10; Dt 27 e 28; Is 28:7-13; 29:1-10; Jr 7:1-15; Ml 1:8-14).

Página | 62
5. Possessão de crentes. Por que Jesus chamou Pedro de Satanás por esse está possesso? Alguns
Um dos temas mais polêmicos que a batalha espiritual tem gerado é se um cristão interpretam esta passagem para sugerir que Pedro foi endemoninhado, e que
pode ter demônios. Muitos ministérios de libertação incluíram algum ritual para Jesus olhou para ele e viu Satanás. Mas, não há base para tal suposição.
expulsar demônios de crentes em seus programas e isso tem acontecido em
simpósios de batalha espiritual em muitas igrejas. Alguns teólogos também "Arreda Satanás! Tu és para mim pedra de tropeço, porque não cogitas das coisas
passaram, nos últimos anos, a aderir a tal posição e muitos deles reconhecem que o de Deus, e sim das dos homens"(Mateus 16:23).
assunto é controvertido. De qualquer forma, a Bíblia Sagrada tem a palavra final
sobre esta questão ou sobre qualquer outro assunto relacionado com a vida A explicação melhor vem da palavra "satanás", que quer dizer "adversário". Esta
espiritual e o cristão. palavra é usada muitas vezes para identificar o próprio Diabo. Ele é o principal
Não devemos acreditar possessão demoníaca em crentes, pelas seguintes razões adversário de Deus e do povo do Senhor. Mas, a palavra em si tem o sentido de
bíblicas: adversário. Pedro, de fato, estava se colocando contra Jesus, até intervindo nos
planos dele. Da mesma forma que o Diabo ofereceu um reino sem o sofrimento da
Resposta: cruz (Mateus 4:8-10), Pedro imaginou a exaltação sem a crucificação. Jesus,
 O crente convertido é santuário do Espírito Santo. (1 Co 6:19, 20.) entendendo perfeitamente a vontade do Pai e a sua própria missão, não aceitaria
 Paulo garante que não há possibilidade de convivência entre Cristo (Rm 8:9) nenhum atalho. Ele seria exaltado como rei, mas teria que sofrer primeiro na
e o maligno (Ef 2:2.) “Que harmonia entre Cristo e o maligno?” (2 Co 6:15.) cruz.
 O crente é propriedade de Deus, esta é a maravilhosa a declaração, de Paulo
em (Efésios 1:13, 14) A entrada de Satanás em Judas significa que ele foi possesso por demônios?
 A raiz de toda a maldição está no pecado (Romanos 5.12), isso é bíblico, ou
seja, ninguém quebra maldição se não extirpar o pecado. Lucas - 22.3 – “Ora, Satanás ENTROU em Judas, chamado Iscariotes, que era um
dos doze.”
Com heresia em foco, muitos crentes tornam-se espiritualistas, vêem espírito em João 13.27 – “E logo que comeu o pedaço de pão, Satanás entrou nele.”
tudo e em todos. Tornam-se paranoicos, pois tudo pra eles é conspiração espiritual,
engodo de satanás, etc… Deixam de ser espirituais, de viver no Espírito, e passam a No momento de uma possessão maligna, a pessoa vitimada perde completamente
espiritualizar tudo. Nós devemos ser crentes ESPIRITUAIS e não ESPIRITUALISTAS a sua consciência e a vontade própria. Ela é completamente sucumbida pelo
1Co 2:15 “Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.” demônio, uma vez que a possessão é plena e absoluta. Geralmente quando a
pessoa é liberta da possessão, ela não se lembra de nada do que aconteceu
Os demônios, como seres espirituais, têm a capacidade de tomar posse de um corpo outrora sob o domínio maligno. Sendo assim, Judas sabia perfeitamente o que fez
físico. A possessão demoníaca ocorre quando o corpo de uma pessoa é totalmente e estava cônscio do ato hediondo que cometeu traindo Jesus. Ele mesmo disse
controlado por um demônio. Isso não pode acontecer com um filho de Deus, uma vez tomado remorso em Mateus 27.4 – Pequei traindo sangue inocente! (ARA) Uma
que o Espírito Santo habita no coração do crente em Cristo. pessoa possessa não teria essa reação de Judas e, tampouco, se lembraria do que
havia feito. Se fosse Satanás quem tivesse traído Jesus usando apenas a pessoa de
 O verdadeiro crente tem dentro de si, aquele que é maior do que o diabo – 1 Jo. Judas, Jesus teria dito que foi ele quem o traiu. Contudo, Jesus é explícito em
4.4 afirmar que foi Judas quem o traiu, e não Satanás.
 O verdadeiro crente tem autoridade sobre o diabo e seus demônios – Lc. 10.17-
19 O verdadeiro crente não pode ser possesso por demônio enquanto anda na luz
 Quanto ao verdadeiro crente, o Maligno não o toca – 1 Jo. 5.18 (1Jo_1:7). Se não vigiar ou afastando-se das coisas de Deus, o Diabo vai conseguir
 O verdadeiro crente tem dentro de si, aquele que é maior do que o diabo – 1 Jo. produzir alguma ingerência sobre tal crente.
4.4
O conselho de Paulo ainda é o mesmo: “Não deis lugar ao diabo.” (Efésios 4:27)

Página | 63
6. Antropocentrismo. A Bíblia nos diz quais as características dos VERDADEIROS Apóstolos.

Vemos no culto neopentecostal, onde o homem passa a ser o centro Vejamos quais são:
(antropocentrismo)
A Bíblia nos apresenta um modelo de culto que é a adoração a Deus na pessoa de  Os apóstolos tinham de ser testemunhas daquilo que Jesus havia feito
Cristo. Portanto, Cristo é o centro do culto, tudo deve girar em torno dEle e para Ele durante todo o tempo em que esteve em seu meio. Eles tinham de
(Hebreus 10: 19-25). serem testemunhas pessoais de Sua morte e ressurreição. (Atos 1:21-
22)
A idolatria aos “superapóstolos”.  Todos os apóstolos foram chamados diretamente por Jesus - tanto os
“Mão ungida”-“Suor que cura”- “abraço que libera”. Quem não já assistiu aquelas doze como, posteriormente, Paulo. (Lucas 6:12-16)
querentes ovelhas, em uma enorme fila, para tocar no super apostolo?  Os apóstolos tinham dons especiais para a realização de sinais e milagres
destinados ao estabelecimento da Igreja de Jesus (Atos 5:12; 8:14-17).
Augustus Nicodemus (Ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil, teólogo calvinista) Por isso, Paulo disse na 2 Coríntios 12:12 que "os sinais do seu
explica que Paulo chama de “superapóstolos” e “falsos apóstolos”, na sua segunda apostolado" foram apresentados por meio dele. Essa afirmação mostra
carta aos coríntios falsos obreiros (2Co 11.5; 11.13 e 12.11). Trata-se de obreiros que os sinais apostólicos eram especiais e não podem ser atribuídos
que apareceram na igreja de Corinto, ostentando o título de apóstolos, apresentando a outras pessoas.
credenciais que supostamente provavam esta reivindicação, querendo diminuir  Os doze apóstolos, todos de origem judaica, além do seu papel ligado à
Paulo como apóstolo e assumir a liderança da igreja. Igreja, também têm relação especial com o povo judeu. Um dia eles se
assentarão com o Senhor em doze tronos e julgarão as doze tribos de
Paulo os chama de “super apóstolos,” (2Co 11.5; 12.11), Israel. (Lucas 22:30).
provavelmente como uma ironia. Todavia, uma análise mais atenta aos textos de  Apocalipse 21:14 indica que nunca houve nem haverá mais de doze
2Coríntios que se referem aos falsos apóstolos, parece sugerir que Paulo os apóstolos: "E o muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles os
considera “falsos” não somente por serem falsos mestres, mas também por serem nomes dos doze apóstolos do Cordeiro"
usurpadores do título.
 Eles queriam poder, autoridade, reconhecimento e, especialmente, ganhar Como podemos perceber através da Bíblia:
dinheiro. Suas credenciais envolviam sonhos, visões, revelações, milagres,
ascendência judaica e outras coisas destinadas a impressionar os crédulos  Não podemos aceitar "substitutos" para os Verdadeiros Apóstolos
coríntios. escolhidos pelo Senhor;
 Paulo diz que eles “mercadejavam a Palavra de Deus”, uma alusão às  Não podemos aceitar a exaltação de um homem como "representantes"
exigências financeiras que estavam fazendo (2Co 2.17). dos apóstolos;
 Paulo deixa transparecer que eles pregavam as glórias da antiga aliança  Não podemos aceitar essa novidade neo-pentecostal do "apostolado".
baseada na lei de Moisés como superior ao Evangelho de Paulo. Ao fazer Estas afirmações são mentirosas, pura balela e não merecem a mínima
isto, eles astutamente “adulteravam” a Palavra de Deus (2Co 4.2) credibilidade.
 E que pregavam a si mesmos e não a Cristo (2Co 4.5). Eles apresentavam-se
como verdadeiros israelitas (2Co 11.22) e “ministros de Cristo” (2Co 11.23),
talvez operadores de milagres (2Co 12.12), que tinham visões e revelações Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria
do Senhor (2Co 12.1). consciência; [I Timóteo 4:2 - Almeida Fiel e Corrigida]
 Paulo os denuncia como “falsos apóstolos,” “obreiros fraudulentos,” que na
verdade eram ministros de Satanás travestidos de ministros de Cristo, E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da
seguindo a estratégia do diabo de se passar por Deus (2Co 11.13-15). verdade. [II Pedro 2:2 - Almeida Fiel e Corrigida]

Página | 64
12. AS RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS Sincretismo afro e suas consequências
Sincretismo é a fusão ou mistura de religiões ou filosofias estranhas, ou seja, é o
Dados históricos. processo pelo qual aspectos de uma religião são assimilados ou misturados com
Os cultos-afros tiveram origem com a escravidão africana no Brasil. A produção de outra, levando a mudanças fundamentais em ambas.
açúcar fez com que, na primeira metade do século XVI, os portugueses importassem
da África mulheres e homens para utilizar como mão-de-obra escrava nos engenhos Analisados que, o que acontece nos cultos afros e seus terreiros são uma
de açúcar do Nordeste. Juntamente com eles vieram sua cultura e religião de cunho mistura de:
animista.  Ação demoníaca.
“Em quatro séculos de tráfico negreiro, cerca de 3,5 milhões de africanos aportaram  Cultura religiosa africana.
no Brasil na condição de escravos, o equivalente a 37% do total do continente  Mitologia indígena.
americano”.  Magia negra.
 Catolicismo romano.
Os cultos afro-brasileiros tiveram sua origem no Brasil com a chegada dos escravos  Espiritismo.
africanos. Cresceram tanto, que hoje calcula-se que há no Brasil mais de 70 milhões
de pessoas envolvidas em alguma forma de espiritismo. Quem ainda não ouviu A realidade dos fatos
expressões como “exu”, “preto-velho”,“macumba”, “axé”, “pomba-gira” “pai ou mãe Na realidade os exus, os pretos-velhos, os espíritos de crianças, os caboclos ou os
de santo”, ou “meu santo é forte”? "santos" são espíritos malignos sem corpo, ansiando por achar um meio para se
expressarem neste mundo, não podendo fazê-lo antes de possuírem um corpo.
O Brasil é um país obcecado com o sobrenatural — um país místico. Diante deste
fato, seria uma negligência muito grande, por parte dos cristãos, cruzar os braços e Existem casos em que por força das circunstâncias eles chegam a possuir animais
não fazer algo a fim de alcançar os espíritas para Cristo. Para fazê-lo é preciso ter para cumprir seus intentos perversos: Mt 8;31
pelo menos algumas informações básicas.
Há uma chantagem diabólica nesse meio, que obriga a pessoa que "faz o santo" a
O que é culto afro? renunciar, enquanto vive, a todas as coisas, inclusive à própria salvação. Há um
Os cultos afro-brasileiros são antes de tudo uma cultura religiosa oral, de caráter temor imenso entre os praticantes dessas seitas em deixá-las por causa das
mágico, que se manifestam por meio da crença em seres mitológicos, danças, ameaças feitas. Muitas vezes eles rejeitam convites para participarem de um culto
músicas, rituais e símbolos. na igreja evangélica motivados por esse medo que lhes é imposto.

Quase são suas Crenças? Os demônios se influenciam as pessoas de muitas maneiras, com a intenção de
As crenças das religiões afro-brasileiras podem ser resumidas, grosso modo, nos escravizá-las. Estas pessoas começam a sentir o corpo pesado, ouvem vozes,
seguintes aspectos: adoração aos espíritos ancestrais; manipulação e divinização das arrepios, etc. e assim, chegam ao ponto de procurarem um centro de culto-afro,
forças da natureza; fetichismo; reencarnação e mediunidade; imagens, talismãs e chegando lá recebem o diagnostico que são médiuns (o corpo aberto).
amuletos; mitologias; superstições; xamãs, feiticeiros ou pais-de-santo; adivinhação;
necromancia; etc. O que leva as pessoas a essa situação?
 O desejo do diabo em mata rouba e destruir as vidas.
Quais os tipos de religiões afro-brasileiras?  O envolvimento dos pais ou parentes com essas crenças.
São inúmeras as religiões aqui no Brasil que tem origem africana. Dentre elas  Pela participação direta ou indireta em centros espíritas.
podemos citar o Candomblé, dividido em várias tradições, a Quimbanda, a Umbanda  Por envolvimento com pessoas que praticam o espiritismo.
em suas diversas vertentes, o Tambor de Mina, a Jurema e outros menores e menos  Por comidas sacrificadas a ídolos.
conhecidos.  Por rejeição a Cristo. Etc.

Página | 65
Exus do Candomblé e seus nomes no Catolicismo Resposta:
No tempo da escravidão os negros eram proibidos pelos padres de fazerem seus
cultos religiosos. Chegando a nosso país eram imediatamente batizados e obrigados Não se engane, desde sempre veem dizendo que Deus é o mesmo e só muda o
a seguirem ao catolicismo. “Os negros viram que tinham semelhanças entre seus nome de acordo com a religião, não caia nessa. Os demônios citados a cima estão
deuses e os santos católicos, tanto nas cores das vestes, como na forma de ajudar” de sendo cultuado na igreja católica, só o nome que muda, são os anjos que foram
cada um. Sendo assim passaram a mascarrar sua adoração, quando a imagem de um lançados fora do céu juntamente com Lúcifer.
santo católico representava os espíritos africanos. “E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz.”(II
Coríntios 11 :.14)
Exu – DIZEM SER: senhor dos caminhos, orixá mensageiro e vencedor de demandas.
No sincretismo é Santo Antônio. O QUE É MACUMBA?
Ogum – DIZEM SER: orixá guerreiro, deus do ferro e da guerra. No sincretismo é São Primeiro era um antigo instrumento de percussão de origem africana, que era
Jorge. outrora usado em terreiros de cultos afro-brasileiros. Desse modo, o primeiro
Oxossi – DIZEM SER: o protetor das matas, dos animais das florestas e dos pensamento quando se escuta o termo é de despachos feitos em encruzilhadas.
caçadores. No sincretismo é São Sebastião.
Ossaim – DIZEM SER: o orixá das ervas medicinais e das plantas em geral. No Como funcionam os rituais.
sincretismo é a São Roque. Frequentemente, os rituais de macumba são associados a típicos rituais satânicos
Obaluaiê ou Omulu – DIZEM SER: orixá das pestes e das doenças de pele. No ou de mera magia negra. Esses rituais são realizados com algum propósito
sincretismo é São Lázaro Ewá – DIZEM SER: a orixá das chuvas, rainha dos mistérios pessoal, podendo ser benéfico ou não, nos quais são oferecidos presentes e
e da magia. No sincretismo é Nossa Senhora das Neves. sacrifícios, ou seja, oferendas, aos espíritos e às entidades, pedindo desde
Xangô – DIZEM SER: o Senhor da Justiça, do trovão e da pedreira. No sincretismo é proteção, até amor, dinheiro e morte.
São Jerônimo, Santo Antônio, São Pedro, São João Batista, São José e São Francisco de
Assis. Fatos importantes.
Oxumaré –DIZEM SER: o orixá da sorte, da fartura e da fertilidade. No sincretismo é
São Bartolomeu.  A gira, por exemplo, é uma cerimônia realizada em uma espécie de altar com
Oxum – DIZEM SER: a rainha dos rios e das cachoeiras, do ouro e do amor. No o objetivo de incorporar um determinado espírito.
sincretismo é Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora Aparecida e Nossa
Senhora das Candeias.  O despacho seria basicamente a oferenda feita ao espírito no se acredita
Iansã – DIZEM SER: a deusa guerreira, senhora dos ventos, das tempestades e dos para se obter um favor. Alguns espíritos preferem alimentos, como as
raios. No sincretismo é Santa Bárbara. tradicionais farofas e galinha preta; já outros optam por velas ou bebidas,
Logun-Edé – DIZEM SER: filho de Oxum com Oxossi. No sincretismo é São Miguel como cachaça e champanhe.
Arcanjo e Santo Expedito.
Obá –DIZEM QUE: seus domínios são as águas revoltas. No sincretismo é Santa  O roncó, ou quarto de santo, trata-se de um lugar onde o adepto fica
Catarina, Santa Joana D’Arc e Santa Marta. confinado por 21 dias após ficar em estado de semi-incorporação, ou seja, é o
Iemanjá – DIZEM SER: a rainha dos mares e a mãe dos orixás. No sincretismo é a que ele experimenta antes de se iniciar ao seu santo regente.
Virgem Maria, principalmente Nossa Senhora dos Navegantes. Sincretizada no Rio de
Janeiro com Nossa Senhora da Glória tem o seu dia comemorado em 15 de agosto.  A peia, cobrança ou castigo são os nomes usados para referir-se aos sermões
Nanã – DIZEM SER: a protetora dos doentes desenganados. No sincretismo é Santa de um espírito sobre seu filho, ou regido, em caso de não obediência aos seus
Ana, mãe de Maria. ensinamentos e orientações.
Ibeji – DIZEM SER: protetores das crianças e da família. No sincretismo é Cosme e
Damião.
Oxalá – DIZEM SER: responsável pela criação do mundo e dos seres humanos. No
sincretismo dizem ser Jesus.
Página | 66
Precisamos fazer algumas observações “O termo incorporação, engloba todas as capacidades de comunicação que precise
que o médium transmita a mensagem que o espírito que dar. O que podemos
 O que é o despacho em uma encruzilhada. observar é que a entidade pode – claro mediante a uma possibilidade particular do
Segundo os propagadores destas crendices os despachos nos cruzamentos são médium – inferir em determinado momento/dia uma inconsciência, se assim achar
oferendas para o orixá Exu, geralmente pedindo proteção. São colocados em necessário.”
encruzilhadas porque esses lugares representam a passagem entre dois mundos.
Eles afirmam que existem, sim, despachos feitos para fazer mal aos outros, mas eles Ainda diz: “O desenvolvimento da incorporação é: bota roupa entra na roda
não incentivam essa prática. e deixa o santo pegar”
Resposta: Proteção só vem de Deus Salmos 91:1-16; feitiçarias e encantos não Sentimos a presença do Espírito Santo em sã consciência
valem para o crente de verdade. Diz a Bíblia: “Pois contra Jacó não vale
encantamento, nem adivinhação contra Israel; agora, se poderá dizer de Jacó e de Quando Jesus batizou os primeiros crentes com o Espírito Santo, todos ficam
Israel: Que coisas tem feito Deus!” (Números 23:23) Não se deve planeja o mal para os cheios do poder de Deus e falavam línguas estranhas conscientemente; a prova
outros e sim o bem. “Acaso, não erram os que maquinam o mal? Mas amor e disto é que Pedro, que também fora no momento batizado, ao levantar-se faz uma
fidelidade haverá para os que planejam o bem.” (Provérbios 14:22) avaliação e explicação perante os judeus e todos os habitantes de Jerusalém sobre
tudo que ocorrera na ocasião do batismo. Se estivessem em um êxtase
 Os espíritos que incorporam os médiuns nos terreiros de umbanda. inconsciente, Pedro poderia explicar depois o que estava acontecendo? ( Atos
2:1-15)
A mediunidade é o pilar que suporta todos os trabalhos no terreiro de Umbanda.
Segundo os seguidores, Mediunidade, ou canalização, designa a comunicação entre Em caso oposto, as vítimas de possessão frequentemente afirmam que, ao
humanos (encarnados) e espíritos (desencarnados); ou a manifestação espiritual via acordar de seu transe, não são capazes de se lembrar de nada do que foi feito.
corpo físico que não lhe pertence.
A Bíblia fortemente condena a prática do espiritismo, da mediunidade, do
Em um texto em defesa da mediunidade a umbandista Julia Pereira diz: “O momento ocultismo, da percepção extra-sensorial, etc. (Levítico 20:27; Deuteronômio
de êxtase que o médium sente ao incorporar, se assemelha ao que acontece em outras 18:10-13). Horóscopos, cartas de tarô, astrologia, cartomantes, leituras de mãos,
denominações religiosas. Vamos a um exemplo: Quando um católico ou mesmo um comunicação com os mortos, etc.
evangélico diz ter sentido a presença do espírito santo em seu corpo, ele está
percebendo e vivenciando um dos seus sentidos que caracteriza a mediunidade dele.”. Médiuns desmascarados.
Diversos médiuns já foram “desmascarados”. Um médium pode obter imensas
Resposta: quantidades de informações sobre uma pessoa através dos meios mais comuns.
 Os mortos não podem comunicar-se com os vivos. Os mortos só poderiam ter Às vezes, usando apenas um número de telefone obtido através de um
contato com os vivos “SE” ressuscitassem. (Lucas 16:30,31). identificador de chamadas e depois através de uma busca na internet, um
 Como os humanos mortos não podem ter contato com os vivos, o que os médiuns médium pode obter nomes, endereços, datas de nascimento, datas de casamento,
incorporam? A resposta está em Atos 16:16-18 (demônios) membros da família, etc. No entanto, é inegável que os médiuns algumas vezes
 Sentir a presença do Espírito Santo não a mesma coisa não o mesmo que sabem de coisas que deveriam ser impossíveis que eles soubessem. De onde eles
incorporar espíritos desencarnados. tiram essas informações?

Primeiro, nós os crentes sentimos a presença do Espírito Santo em sã consciência. Resposta:


Segundo, o êxtase que o médium sente ao incorporar é no estado inconsciente. A resposta é – Satanás e seus demônios. 2 Coríntios 11:14-15. Em Atos 16:16-18
Vejamos o que o editor do site cantodoaprendiz.wordpress.com disse a respeito disso: descreve uma adivinhadora que previa o futuro até que o apóstolo Paulo expeliu
um demônio dela.

Página | 67
Dois exemplos das entidades para entendermos suas ações. Respostas:

A pomba-gira. É uma entidade do candomblé e da umbanda, representada por uma As Escrituras de Deus condenam o espiritismo, espiritualismo, bruxaria,
mulher sensual, independente e dominadora, incorporada por um ou uma médium. kardecismo, mesa branca, umbanda, candomblé, macumba, xangô, quimbanda,
Ela faz trabalhos espirituais que vão desde conselhos sobre problemas cotidianos vodu, bruxaria, magia, reencarnação, mediunidade, toda comunicação ou tipo de
até promessas de recuperar um amor. Os médiuns dizem que ela é especialista em contato e relacionamento com mortos e entidades espirituais.
amor e relacionamentos por ser o orixá do Trono do Desejo e estímulo sexual.
Quando é incorporada, assume personalidades e nomes como Maria Padilha, Sete O evangelizado de usar a sabedoria, prudência e respeito ao tratar destes
saias, Rosa Caveira etc. assuntos com alguém.

 A pomba-gira é risonha e dá gargalhadas. Devemos respeitar as pessoas envolvidas com o culto Afro. (Macumbas)
 Gosta de beber, fumar e de se vestir sensual por detalhes em vermelho e preto.
Por vezes segurando a barra da saia ou jogando-a por cima da perna. Todavia, gostaríamos de esclarecer alguns pontos que nos levam a reconhecer
 A pomba-gira pede bombons, velas, cigarros, rosas, cachaça e, em alguns casos, que tais seguidores estão equivocados quanto às suas crenças. Em 1 Coríntios
até sacrifício animal, dependendo da preferência da pomba-gira. 10.20-21, o apóstolo Paulo declara o seguinte: Mas que digo? Que o ídolo é alguma
coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que os
Com muitos anos já de experiência no campo missionário, já tenho visto muitas gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais
pessoas possessas de espíritos malignos; pude obsevar que, quando estamos participantes com os demônios. E no início dessa exortação, Paulo declara:
expulsando os demônios, estes começam a mencionar estas coisas que foram lista Portanto meus amados, fugi da idolatria (1 Co 10.14).
acima.
Devemos fala-lhes do amor do Deus e da necessidade de arrependimento.
Zé Pilintra . É uma das mais importantes entidades de cultos afro-brasileiros,
especialmente entre os umbandistas. É considerado o espírito patrono dos bares, Todos os seguidores destas entidades são amados por Deus e, portanto,
locais de jogo e sarjetas. Ele enche o coração de todos de orgias e muita necessitam de um relacionamento direto e pessoal com Jesus Cristo: Porque Deus
malandragem. amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele
 Patrono dos bares. que crê não pereça, mas tenha a vida eterna (Jo 3.16). Ainda nos orienta a Bíblia
 Rei da vida noturna. Sagrada: Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a
 Boêmio. todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam (At. 17.30).
 Apaixonado por jogos e disputas.
 Mulherengo, birrento, arruaceiro e dançador. Explique:
 O SENHOR proibiu as práticas espiritualistas. (Deuteronômio 18:10-14)
O comportamento destas entidades revela o pecado dos que vivem sem Cristo.  Os adivinhadores e encantadores não são aprovados por Deus. (Levítico
20:6,27)
a) Pecado da sensualidade. (Oséias 4:11) “A sensualidade, o vinho e o mosto tiram
o entendimento.”  A feitiçaria foi abominada pelo SENHOR. (Êxodo 22:18)
b) Pecado do sexo adúltero. (2Timóteo 3:6) “Pois entre estes se encontram os que  Um rei morreu porque se envolveu com essas crendices. (1Crônica
penetram sorrateiramente nas casas e conseguem cativar mulherinhas 10:13)
sobrecarregadas de pecados, conduzidas de várias paixões”  O SENHOR reprova quem deixa de consultar a Bíblia para consultar aos
c) Pecado da embriagues e dos vícios. (Provérbios 7:18) “Vem, embriaguemo-nos médiuns (Isaias 8:19,20)
com as delícias da sensualidade até o amanhecer; gozemos os prazeres do amor!”  A Palavra de Deus é poderosa para libertar os envolvidos com ocultismo
e macumbas (Atos 19:18,19)
 O fim é trágico para os que estão envolvidos com ciências ocultas
(Apocalipse 21:8) Página | 68
13. A LIBERTAÇÃO DA POSSESSÃO DEMONÍACA. Possessão demoníaca.
1. Definição: Um demônio residindo dentro de uma pessoa, exercendo controle
O que a bíblia diz sobre os demônios diretamente na mente/corpo dessa pessoa.
2. Resultado: Doença física ou deficiência (Mat 9:32,33), desarranjo/perturbação
Os demônios são anjos caídos, como Apocalipse 12:9 indica: "E foi expulso o grande
mental (Mat 17:15).
dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo,
sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos." A queda de Satanás do céu é
Marcas de possessão demoníaca
simbolicamente descrita em Isaías 14:12-15 e Ezequiel 28:12-15. Quando caiu,
Marcos 5:1-13 (o endemoninhado gadareno):
Satanás levou alguns dos anjos com ele - um terço deles, de acordo com Apocalipse
12:4. Judas 6 também menciona anjos que pecaram. Então, biblicamente, os
a. Habitado por um espírito imundo (verso 2).
demônios são anjos que, juntamente com Satanás, decidiram rebelar-se contra Deus.
b. Força física invulgar (verso 3).
c. Ataques de fúria (verso 4).
Alguns dos demônios já estão guardados "sob trevas em algemas eternas" (Judas
d. Desintegração ou divisão da personalidade (versos 6 e 7). O endemoninhado
1:6) pelo seu pecado. Outros estão livres para vaguear e são referidos como "os
correu para Jesus para obter ajuda, contudo gritava de medo.
dominadores deste mundo tenebroso... as forças espirituais do mal, nas regiões
e. Resistência às coisas espirituais (verso 7).
celestes" em Efésios 6:12 (cf. Colossenses 2:15). Os demônios ainda seguem a
f. Poderes de clarividência (verso 7) -- sabia imediatamente quem Jesus era.
Satanás como seu líder e batalham contra os santos anjos em uma tentativa de
g. Alteração da voz (verso 9).
frustrar o plano de Deus e atrapalhar o Seu povo (Daniel 10:13).
h. Transportação pelo ocultismo (verso 13) -- os demônios deixaram o homem e
entraram nos porcos.
Os demônios, como seres espirituais, têm a capacidade de tomar posse de um corpo
físico. A possessão demoníaca ocorre quando o corpo de uma pessoa é totalmente
controlado por um demônio. Isso não pode acontecer com um filho de Deus, uma vez OPRESSÃO E POSSESSÃO
que o Espírito Santo habita no coração do crente em Cristo (1 João 4:4).
OPRESSÃO: A ação dos demônios nesses casos é indireta, mas com
Características dos demônios: consequências visíveis: As forças malignas invadem um lugar e começam a
exercer pressão sobre as pessoas, enfraquecendo a resistência moral e espiritual.
O ambiente parece ‘pesado’. Se as pessoas não estiverem armadas nos caminhos
1. Seres espirituais (Mt17:18, compare com Mc 9:25).
do Senhor e atentas às investidas do inimigo, poderão ser levadas à preguiça, ao
2. Conhecem Jesus Cristo (Mc 1:24). desânimo, às incertezas, à desobediência, à exaustão física e até à depressão. Para
3. Conhecem o seu próprio fim (Mt 8:29). isso, os demônios procuram os pontos mais vulneráveis e investem o máximo até
4. Conhecem o plano da salvação (Tg 2:19). encontrarem uma brecha para destruir a pessoa ou seu lar – conceituou, antes de
5. Têm um sistema de doutrina (1Tm 4:1-3). complementar: “Qualquer um está suscetível à opressão maligna, inclusive os
6. Imorais, perversos, imundos (1Tim4:1-3) cristãos”.
7. Podem infligir doença (Mt 9:33).
POSSESSÃO: É a presença de um ou mais demônios no corpo de uma pessoa.
8. Podem possuir humanos (Mt 4:24).
Sabemos que os espíritos malignos podem prejudicar a pessoa e fazer com que
9. Podem possuir animais (Mc 5:13). ela se afaste de Deus. Então, quando os demônios não só oprimem a pessoa, mas
10. Espalham falsa doutrina (1Tm 4:1). passam a controlá-la, existe um caso de possessão [veja Mateus 9.32,33; 12.22;
11. Opõem-se ao crescimento espiritual dos filhos de Deus (Ef 6:12) Marcos 9.17-27]

Resumidamente, qualquer pessoa pode ser oprimida pelo diabo, mas só os que não
são templo do Espírito Santo podem ser possuídos. 1Co 6:19
Página | 69
Não confundir possessão com esquizofrenia os efeitos das drogas. AS DROGAS
Existem drogas lícitas e drogas ilícitas. As drogas lícitas são as que podem ser
Já nos primeiros anos da minha vida com Cristo, comecei a me deparar com muitas comercializadas como o cigarro e as bebidas alcoólicas. Já as drogas ilícitas são
situações tenebrosas. A possessão demoníaca foi a mais complicada, dada na aquelas que têm a sua venda proibida, como a maconha, crack, cocaína, ecstasy
etc. Além disso, as drogas ainda podem ser classificadas como sendo depressoras
inexperiência no assunto, cheguei a confundi, esquizofrenia ou drogados com
estimulantes ou perturbadoras do sistema nervoso.
possessão maligna. E quando o caso era realmente possessão maligna, faltava-me o 1. Efeitos imediatos das drogas depressoras
conhecimento de como agir na situação. As drogas depressoras, como heroína, causam efeitos no organismo como:
 Menor capacidade de raciocínio e de concentração
A ESQUIZOFRENIA. O termo esquizofrenia significa "cisão das funções mentais" (do  Sensação exagerada de calma e tranquilidade
grego schizo = divisão, cisão; phrenos = mente).  Relaxamento exagerado e bem-estar
 Aumento da sonolência
É um dos principais transtornos mentais e acomete 1% da população em idade  Diminuição dos reflexos
jovem, entre os 15 e os 35 anos de idade.
 Maior resistência à dor
 Maior dificuldade em fazer movimentos delicados
1. Pode ocorrer comportamento hiperativo (inclusive desde a infância):
 Diminuição da capacidade para dirigir
 Desatenção
 Dificuldades de memória  Diminuição da capacidade de aprendizagem na escola e da rentabilidade
 Sintomas de ansiedade (inquietação, somatizações, como taquicardia, no trabalho
palpitações e falta de ar)
 Desânimo, desinteresse generalizado e humor depressivo. 2. Efeitos imediatos das drogas estimulantes
 Transtornos ansiosos (Pânico, Transtorno Obsessivo-Compulsivo, Ansiedade As drogas estimulantes, como cocaína e crack, provocam:
Generalizada).  Intensa euforia e sensação de poder
2. Em alguns casos ocorre interesse demasiado por temas:  Estado de excitação
 Exóticos, místicos, religiosos, astronômicos ou filosóficos, que passam a dominar  Muita atividade e energia
o cotidiano da pessoa.  Diminuição do sono e perda do apetite
 Dúvidas acerca da sua existência, explicações filosóficas sobre coisas simples da  Fala muito rápida
vida e uma necessidade permanente de buscar significados podem deixar a  Aumento da pressão e da frequência cardíaca
pessoa mais introspectiva e isolada socialmente.  Descontrole emocional
3. Nota-se também dificuldade para viver relações sociais e familiares.  Perda da noção da realidade
 Comportamento mais arredio ou indisciplinado 3. Efeitos imediatos das drogas perturbadoras
 Momentos de explosão de raiva ou descontrole emocional As drogas perturbadoras, também conhecidas por alucinógenas ou
 Perda da noção do que é real e do que é fantasia psicodislépticas, como maconha, LSD 25, e ecstasy provocam:
 Manifesta uma realidade fantasiosa, os chamado delírios.  Alucinações, principalmente visuais como alteração das cores, formas e
 Menos frequentemente ocorrem delírios de culpa e de ciúme contornos dos objetos,
 Alucinação podendo ouvir ou ver coisas que não existem ou não estão presentes,  Sensação alterada do tempo e do espaço, sendo que minutos parecem
como escutar vozes. horas ou metros parecem Km
 Pode ver vultos ou imagens de pessoas  Sensação de enorme prazer ou de medo intenso
 Há casos também de alucinações olfativas (sentir cheiros estranhos), gustativas,  Facilidade em entrar em pânico e exaltação
táteis (sentir choques ou como se bichos andassem em seu corpo) e dos órgãos  Noção exagerada de grandiosidade
internos (como, p.ex., sentir o coração derretendo, órgãos apodrecendo).  Delírios relacionados com roubos e perseguições.

Página | 70
Iremos perceber que muitos dos sintomas apresentados em pessoas esquizofrênicas O corpo
ou drogas, são muito parecidos com os sintomas de possessão maligna. Devemos ter Algumas enfermidades físicas podem ser causadas por demônios. Exemplo
cuidado e conhecimento para não confundir. bíblico em Marcos 9:17-27.
Exemplo: “Uma criança manca em Uganda, no ano de 1992, tinha um de seus pés
Lembrando que: Os demônios se aproveitam dos esquizofrênicos e dos drogados. torcidos em
90 graus. Quando o demônio foi expulso, o pé da criança voltou à normalidade.”
LIBERTAÇÃO NO MINISTÉRIO DE JESUS
Ler Lucas 4:18-21 A mente
Jesus anunciou que sua vida era o cumprimento da profecia de Isaías 61:1-3. Esta Os espíritos podem intensificar os pensamentos impuros ou de blasfêmia, como a
profecia tem quatro elementos: Pregar, curar, libertar os cativos e os oprimidos. fantasia de luxuria. Podem também produzir falsas doutrinas (1 Timóteo 4:1).
Ler a sorte é muitas vezes um presente da parte de um demônio de adivinhação
A grande comissão (Atos 16:16-19).

Ler Mateus 10:1-8; Marcos 3:14-15; 6:12-13 e 16:15-18; Lucas 9. Lembre-se: Nem todos nossos problemas são causados por demônios!

Quando Jesus enviou seus doze discípulos, lhes deu autoridade e lhes mandou: Como os demônios podem entrar nas vidas
1) pregar o reino de Deus; Os demônios entram em nossa vida quando encontram um ponto de entrada.
2) curar aos enfermos; e Estes pontos são chamados de janelas. Existem quatro:
3) expulsar os demônios.
I. A prática do pecado.
O que são os demônios e como eles prejudicam as vidas. Quando pecamos, nos rebelamos contra Deus e nos tornamos amigos do reino de
Satanás. Quando praticamos o pecamos continuamente, estamos convidando os
A natureza dos demônios demônios para entrarem em nossa vida. Tais como os ratos e as moscas são
Eles podem sentir expressar emoções, pensar, crer, saber, falar, desejar e resistir. atraídos à carne que está apodrecendo, assim também atraímos demônios à
medida que continuamente cedemos ao pecado.
Ler Mateus 12:44, Marcos 1:23-24; 5:6-13 e Tiago 2:19. Vemos que os demônios:
Romanos 1:18-32, nos diz, que por causa do pecado contínuo, Deus entregou os
 Falam, gritam, chiam, suplicam, discutem, catam. homens e as mulheres às impurezas sexuais (v. 24), às paixões vergonhosas (v.
 Manifestam-se através de pessoas usando seus corpos e sua voz. 26) e à depravação mental (v. 28). Quais são os agentes que produzem este
 Têm força que variam de débil a violenta. comportamento? Os desejos naturais do coração abrem uma porta a demônios e
 Têm conhecimento e crenças. tiram as defesas da pessoa.
 Estão sujeitos a Jesus Cristo.
 Geralmente, organizam-se em grupos. O mesmo acontece com o ódio contínuo, que permite a entrada de um demônio
de ódio, que o estimula. Por exemplo, em 1 Samuel 19:9, Saul persistiu em odiar
Os demônios podem afetar o corpo e a alma com a finalidade de levar a cabo o Davi. “Mas um espírito maligno mandado pelo Senhor apoderou-se de Saul
propósito de seu mestre “Satanás”, que é de “roubar, matar e destruir” (João 10:10). quando ele estava sentado em sua casa, com sua lança na mão”.

Vamos agora descrever como os demônios afetam cada área. Outros pecados, como a idolatria, o envolvimento com seitas, imoralidades
sexuais e vícios permitem a entrada de demônios.
Exemplo: Na Suiça, um homem casado foi liberto de fortes demônios imundos, que
haviam entrado através de portas abertas devido à leitura de revistas
pornográficas.
Página | 71
II. Eventos dolorosos. 2. Outros contatos diretos com demônios
Eventos traumáticos podem quebrar a proteção natural e abrir portas para a entrada  Busca de saúde ou ajuda de curandeiros esotéricos, xamã, bruxos
de demônios. Temos visto que a violência, o aborto, os acidentes e o abuso sexual, curandeiros, ou qualquer um que use poderes demoníacos, tais como
psicológico e espiritual podem converter-se em pontos de entrada para os demônios, a telepatia, espiritismo, curadores e algumas práticas de medicina
sem importar de quem tenha sido a culpa. naturista.
 Objetos associados com demônios, por exemplo: alguns artesanatos
III. Laços ímpios de alma. consagrados por bruxos curandeiros, ídolos esculpidos ou budas;
Os laços ímpios de alma, por sua vez, são comumente formados pelo sexo fora do santuários e alimentos ofertados aos demônios, dos “santos” de templos
casamento. A união sexual conduz à unidade espiritual, sendo assim, o ato sexual índios e gurus.
ímpio permite também a transferência de demônios de uma pessoa à outra. Assim  Certo tipo de música ou canções.
também, demônios imundos de fornicação, adultério, abuso ou violação podem  Livros de Ocultismo.
entrar.  Contato com os mortos. Portanto, se vamos estar em contato
com um morto ou com alguém que está morrendo, por exemplo: em um
Os pontos de entrada espirituais para os demônios funeral, necessitamos pedir a proteção para nossas vidas e a de nossos
Pontos de entrada baseados em pecados espirituais, problemas ou circunstâncias. filhos por meio do Nome de Jesus. (Por essa razão os crentes não guardam
dia de finados, não ascendem velas para os mortos, não fazem visitas de sete
A única conexão segura com o mundo espiritual é através de Cristo Jesus. os mais dias aos mortos.)
Qualquer que intente conectar-se com o mundo invisível, se não for por meio de  Experiências religiosas enganosas. Demônios de engano, também podem
Deus, expõe seu espírito e dá direito de entrada aos demônios. gerar falsas imagens que parecem vir de Deus. Os demônios podem
falsificar os dons do Espírito Santo, tais como falar em línguas. Por esta 1
1. Envolvimento com o ocultismo. João 4:1, nos anima a provarmos os espíritos.
O desejo de entender ou possuir conhecimento e poder, vinculando-se ao mundo
espiritual, arrasta algumas pessoas para atividades chamadas coletivamente
Preparando-nos para o Ministério de libertação.
de “ocultistas” (que significam misteriosas). Ler Deuteronômio 18: 10-12
Como preparar-nos para expulsar os demônios. A boa preparação é a chave para
Em busca de conhecimento: uma libertação efetiva, eficiente e durável.
 Sobre o futuro. Por meio de astrologia e horóscopos, cartas, ciganos.
 Sobre o passado. Buscar contato com os mortos por meio das seções de  Assegure-se de que você salvo de verdade.
espiritismo, médiuns, o tabuleiro de Ouija (contato com espíritos), etc. Nestes  Análise se Jesus é o SENHOR de todas as áreas de sua vida.
casos, um demônio enganador entrega a impressão de que é o
espírito da pessoa morta.
 Perdoe a todos quantos lhe prejudicaram, especialmente pais e
pessoas queridas.
Ler 1 Samuel 28.7-25 Procedimentos durante a libertação
“Desesperado, Saul ordenou aos seus serviçais: Procurai uma mulher que seja
médium a fim de que eu lhe fale da minha aflição e a consulte!” “E ele rogou-lhe: 1. Desempenhar um papel ativo e não passivo
Faz-me subir Samuel! Assim que a mulher viu Samuel” Temos a autoridade de expulsar os demônios; estamos apenas recebendo ajuda
de outras pessoas.
Não foi Samuel quem apareceu e falou com Saul, mas sim um espírito demoníaco. 2. Não desanimar se o demônio resiste e demora a sair
Deus é Deus dos vivos e não dos mortos: Mt 22.32. Assim, aqueles que invocam os Ninguém quer abandonar uma casa agradável! Os demônios chamados Legião,
mortos estão indo de encontro a essa lei básica e bíblica.
resistiram a Jesus e não lhe obedeceram imediatamente.

Página | 72
3. Preste atenção às possíveis manifestações A força das reações parece ser afetada por diferentes fatores, como:
Observe que muitos dos sintomas encontrados em uma pessoa esquizofrênica ou  O tipo de força dos demônios;
sob os efeitos das drogas, são idênticos aos de uma pessoa endemoninhado.  O preparo do crente;
Devemos ter cuidado e conhecimento para não confundir.  A determinação pessoal de querer libertar-se.
Repreendendo as setas contra o evangelizador;
1. Reações muito suaves no corpo; mas também um sentir de liberdade, leveza, Sabemos que o crente santificado, o maligno não lhe toca. (1João 5:18) “Sabemos
dentro da pessoa e da que está ministrando, uma vez que o demônio saiu. que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que
2. Sensações médias, como pressão no peito, na cabeça ou na região do estômago; nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.”
tensão, dores de cabeça, fadiga; o demônio dando pensamentos como “não irei”,
Mas não devemos esquecer que expulsar demônios é batalha espiritual e um
bocejo, tosse, espirro, queimação nas orelhas, irritação nos olhos, adormecimento desafio ao diabo. E muitas vezes, independente de nossa comunhão com Deus, os
nas mãos, etc. demônios quererão atingir o ministrante, seja durante o trabalho de expulsão ou
3. Reações fortes, como gritos, risos debochadores, vômitos, enrijecimento das depois. (já passei várias noites acordado com fortes dores abdominais após uma
mãos, tornar-se violento, enrijecimento do rosto, silvo (Som emitido pelas cobras), batalha espiritual).
cuspir, uivo de cachorro, uivo de lobo, mugido de vaca ou manifestação de outros Lembre-se que o espírito mal de Saul quis atingir Davi.
sons; aparência de morto, o demônio falando por intermédio da voz da pessoa, etc. 1Sm 16:23 “Assim, todas as vezes que o espírito mandado por Deus tomava conta
de Saul, imediatamente Davi apanhava sua harpa e a dedilhava; então Saul
conseguia se acalmar, sentia grande alívio e bem-estar, porquanto aquele espírito
 Mudanças bruscas de personalidade e comportamento; maligno se afastava dele, deixando-o em paz.”
 Atitude mais agressiva sem qualquer razão e violência com animais;
 Falar mais palavrões do que é comum para a pessoa; 1Sm 19:10 “Num dado momento Saul procurou encravá-lo na parede com sua
 Aroma de flores ou enxofre; lança, mas Davi desviou-se e a lança ficou encravada na parede. E Davi conseguiu
 Corpo enrijecido, mãos, dedos, etc. sair correndo e fugiu de Saul. Naquela mesma noite, contudo,”
As setas malignas existem por isso o SENHOR prometeu no livrar delas.
 Força física incomum;
Salmos 91:5-7 “Não temerás espanto noturno, nem seta que voe de dia, nem peste
 Aversão a objetos religiosos; que ande na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. Mil cairão ao teu
 Automutilação e higiene pessoal inexistente; lado, e dez mil, à tua direita, mas tu não serás atingido. “
 Perdas de memória;
 A pessoa está falando uma língua (ou várias) que ela não teria como aprender Se o demônio lançar uma seta, coloque sua mão onde sentir o ataque; por
exemplo: sobre o estômago. Em seguida mova sua mão conforme a seta for se
tão rápido;
movimentando. Geralmente, se há pressão na área do estômago, a seta irá
 Mudanças nos olhos e íris (cores e formas); movendo-se lentamente até chegar à garganta. O demônio pode continuar lhe
 Mudanças no tom da voz (indo até o gutural), múltiplas vozes e a capacidade de fazer tossir. (este é um caso; os demônios podem tentar agir de outra forma)
entender o pensamento de outras pessoas; Repreenda tudo no poder do Nome de Jesus até que não haja mais reações.
 Ataques sexuais a pessoas próximas;
Por que as setas nos atingem, se o maligno não pode tocar o crente santo?
 Mudanças de temperatura;
Por causa do nosso medo. Jó 3:25 “Aquilo que temo me sobrevém, e o que receio
 Problemas elétricos causados pela presença da pessoa e vidros estourando; me acontece. ”Os demônios são observadores e quando eles percebem alguma
 Animais assustados com a presença da pessoa; atitude de medo em nós, isso se torna uma brecha para ele nos atingir. 1Rs
 Ataques emocionais: os demônios sabem qual é a sua fraqueza, e ele vai usar 22:34 “De repente, um soldado disparou seu arco a esmo e atingiu o rei de Israel
isso a seu favor. entre as juntas da sua armadura.”

Página | 73
O TRABALHO DE LIBERTAÇÃO DOS DEMÔNIOS EM AÇÃO. As SETE linhas dos demônios.
1. Linha de Ogum: Exu Tranca Ruas das Almas, Exu tranca Ruas de Embaré, Exu
É necessário que o evangelizador seja prudente e preparado, para evitar meninices Tranca Ruas das Sete Encruzilhadas, Exu Veludo, Exu Sete Encruzilhadas, Exu
ao ponto de chamar atenção dos curiosos; isso só dificultará a expulsão do demônio. sete Facas, Exu da Mangueira e outros.
2. Linha de Oxossi: Exu Marabô, Exu Tronqueira, Exu Mangueira e outros.
É claro que quando se fala de preparo para expulsar demônios, indubitavelmente se 3. Linha de Xangô : Exu Marabô Toquinho, Exu Labareda, Exu do Lodo, Exu
faz necessário de que a pessoa seja: Pedra Negra e outros.
 Servo (a) fiel de Jesus conforme Mc 16.17; 4. Linha de Yorimá : Exu Caveira, Exu Tata Caveira, Exu 7 covas, Exu Bananeira,
 Tenha uma vida de fé At 16.16­18; Exu Mulambo, Exu 7 porteira e outros.
 Saiba usar a palavra de Deus Ef 6.17; e 5. Linha de Oxalá : Exu Tiriri, Exu Veludinho, Exu Gira Mundo, Exu Sete
 Tenha uma vida de oração e jejuns Mt 17.21. Encruzilhadas e outros.
6. Linha de Yemanja : Todas as Pombagiras.
Há três níveis de batalha espiritual: Trata-se de Expulsar demônios 7. Linha de Yori : Todos os Exus mirins.

Nível 1= Batalha Nível Solo de indivíduos. È o que Jesus


É necessário saber quando um demônio desapossa-se de uma vida.
ordenou. Mateus 10:7-8
Quando um demônio deixa uma pessoa, esta pode experimentar uma sensação de
alívio, leveza, gozo ou liberdade. A dor ou o incômodo se abatem e a paz e o
entusiasmo podem fluir na pessoa. De qualquer forma, é comum a um demônio
Trata-se com poderes das trevas deixar de se manifestar e tratar de se esconder sem que realmente tiver saído.
que são mais coordenados e Necessitamos aprender a discernir esta situação. Instruímos às pessoas a
organizados que um ou outro focalizar um demônio por vez e checar para ter certeza de que este demônio
demônio que esteja afligindo uma tenha ido. Fazemos isto aplicando calor e fogo espiritual.
Nível 2= Batalha Nível Oculto pessoa em certa hora. Exemplos:
Bruxaria, Satanismo, Maçonaria Um demônio não sai porque dizemos: “Tenho fé que se foi”. Deve-se expulsá-lo
outras práticas de ocultismo.
Quando a pessoa estiver normal, peça-a para repetir as seguintes declarações:
1Cr 10:13
“JESUS É O SENHOR” e ainda: “O SANGUEN DE JESUS TEM PODER”

Se a pessoa não conseguir livremente repetir estas declarações de submissão e fé,


Trata-se de confronto dos espíritos ela não foi ainda liberta; o demônio ainda não a deixou. Saiba que os demônios
territoriais de alto nível a quem nunca fazem estas declarações.
Satanás nomeou para coordenar as
atividades do reino das Trevas O que fazer com a pessoa depois de haver recebido A libertação?
sobre certa área para manter as 1. Conscientize a pessoa sobre o que está acontecendo com ela.
Nível 3= Batalha Nível Estratégico mentes das pessoas cegas ao 2. Pergunte se ela deseja entregar a vida pra Jesus; (pois continuando sem
Jesus, o “bicho volta”)
evangelho da glória de Cristo. 2
3. Peça pra entrar em todos os comudos da casa (todos) e ore expulsando o
Coríntios 4:3-4 e Efésios 6:12 maligno.
4. Se a pessoa já frequentava a igreja, oriente-a a conversar com o Pastor.
Página | 74
Impedimentos ás ministrações de libertação.
Área de envolvimento Grau de envolvimento Como agir
 Falta de Perdão em relação á si próprio e a outros.
 Aborto provocado e não confessado. Feitiçaria Umbanda, Candomblé,  Renunciar a prática
 Mentira e pecado oculto (ás vezes conscientes ou inconscientes) Quimbanda, kardecismo.  Renunciar a entidade
 Almas ligadas através de relações sexuais de adultério e prostituição,  Queimar utensílios
amizades mundanas e pactos espirituais. Vícios e perversões Abuso sexual na  Perdoar
sexuais infância; incesto;  Receber perdão
As manifestações demoníacas Estupro;  Confessar o pecado
Quando os demônios são enfrentados e pressionados por meio de uma luta Masturbação;  Deixar o pecador
espiritual, às vezes eles demonstram sua própria natureza através da pessoa, de Pornografia;  Destruir fontes
várias maneiras. Satanás e seus demônios são identificados com as “serpentes e Voyeurismo;  Arrependimento
escorpiões.” “Eis que vos dei autoridade para pisardes serpentes e escorpiões.” Lucas Homossexualismo;  Expulsar a pomba-gira
10.19. Lesbianismo;
zoofilia;
Manifestações da natureza das serpentes e cobras: Exibicionismo;
 A língua para fora ou fazem a língua mover-se rapidamente como a da cobra. Prostituição;
 Os olhos podem tornar-se característicos como os da cobra. Adultério.
 Geralmente, durante a libertação, os olhos da pessoa ficam fechados, porque os Inveja;  Reconciliação
demônios sabem que os olhos revelam a presença deles. Relacionamento Ódio;  Confissão do pecado
 Retorcendo o corpo e rastejando com fazem as cobras. Amargura;  Amor
 Emitindo silvo (chiando igual às serpentes) Intrigas;  Expulsar demônios
Contendas;  Encher-se do Espírito
Manifestações Demoníacas através do Cheiro: “ Mentiras; Santo.
Geralmente quando o grau de possessão é muito forte, sentimos os maus odores: Desejo de vingança.
Enxofre; ovo podre; odor fecal; cachaça e cigarro. Quando escrevia sobre isto nesta
apostila, de repente sentir um odor muito forte de cigarro (pau-ronca).

Espírito de Orgulho: “Pode manifestar-se de várias maneiras”. Ele pode fazer a


pessoa sentar-se ou ficar em pé muito ereta e cruzar os braços sobre o tórax ou Saídas de Demônios:
arrebitar muito o nariz.

Espíritos de ritmos e de dança: Se manifesta pelo movimento do corpo, Podem sair pela boca (boca aberta), choro, gritos, suspiros, arrotos, bocejos,
especialmente no movimento dos quadris. Uma moça, cujo corpo vibrou com a tosses e uma pressão muito forte na garganta. Também podem sair pelo nariz,
manifestação do espírito de ritmo, revelou depois que ela tinha sido uma dançarina como catarros e até vômitos. Outras formas também de baba, cuspe, espumar
de boate. (Pomba-gira dançadeira) pela boca e etc. Estas manifestações podem variar em sua intensidade podem ser
muito calmas ou até dramáticas.
Outros Espíritos: Podem ocorrer também estas outras manifestações durante a
Mc 9:20 “E trouxeram-lho; quando ele viu a Jesus, o espírito imediatamente o
libertação: câimbras, nas pernas e braços, náuseas, choros e gargalhadas. A
agitou com violência, e, caindo ele por terra, revolvia-se espumando”
gargalhada é geralmente um espírito de escárnio.

Página | 75
Como identificar e ministrar as manifestações demoníacas na igreja.  Ter sempre toalhas ou lençóis para cobrir as pessoas caso elas caiam,
principalmente moças: com minissaias, mini blusas, vestidos e etc.
Atitudes Suspeitas a Manifestações:
 Tremor nas mãos  Obreiros não devem ministrar muito próximo ao rosto das mulheres, deve se
 Choro estranho tomar certa distância para que não se encostar aos seios, ou outros lugares
 Respiração Ofegante que provoque escândalo, pois o esposo, namorado, irmão etc., podem não
 Olhos Mexendo gostar.
 Desequilíbrio e Tontura
 Não consegue fechar os olhos “inquietação”  Cuidado excessivo quando manifestar uma pomba gira, pois a pessoa, sem
 Imitação dos dons espirituais controle poderá ser levada a beijar, abraçar ou passar a mão no obreiro ou na
 Falando e discordando da adoração e da mensagem irmã e causar escândalo.
 Pedindo pra ir embora
 Tampando os ouvidos Chamando o “inimigo” pelo nome de acordo com a palavra
 Olhos sempre fechados quase o tempo todo. Quando você está lidando com guerra espiritual, é importante que conheça
seu inimigo. Os seguintes espíritos malignos são mencionados nas escrituras:
Procedimentos na oração de libertação: Os espíritos malignos mencionados na Bíblia
 Não apertar a cabeça, nem girar ou mover o corpo da pessoa ao orar por ela. 1. O espírito de enfermidade ou doença (Lc O Agoureiro (2Rs 21:6; 2Cr 33:6; Is.
 Por uma mão em cima na testa, e a outra na região da nuca da pessoa. 13.11) 57:3; Jr 27:9)
 Esteja a certa distância da pessoa, no caso dela manifestar, se o obreiro estiver 2. O espírito mudo (Mc9. 25) Em Hebraico significa praticar
muito próximo, corpo a corpo, certamente ele levará socos, chutes, mordidas, 3. O espírito surdo (Mc 9.25) adivinhação. Indivíduo que vaticina
arranhões, cabeçadas etc. 4. O espírito atormentador (I Sm 1.14) males de desgraças. O Sacerdote
romano tirava presságios do canto e
 O obreiro deve estar firme com os pés, uma perna á frente da outra, isto evitará 5. O espírito sujo (Ap.18.2)
do vôo das aves. Há demônios que
que o obreiro ou a pessoa de andem pelo chão. (fui chamado para uma 6. O espírito imundo (Mt. 10.1)
usam a boca de muitas pessoas, até
ocorrência e chegando lá, encontrei dois colegas assanhados e sujinhos de barro). 7. O espírito de adivinhação (At 16.16)
mesmo crentes, para proferir agouros.
 Se ao orar sentiu que a pessoa bambeou (balançou), o obreiro deverá segurar 8. O espírito de escravidão ( Rm 8.15) Exemplo:
com as duas mãos à nuca da pessoa, pois a segurando pelo pescoço o obreiro e a 9. O espírito de erro (I João 4.6) O mau agouro faz parte da vida das
pessoa estarão firmes e não cairão. 10.O espírito do mundo (ICo 2.12) pessoas supersticiosas, pois são elas
11.O espírito de engano (ITm 4.1) que acreditam nessas ocorrências.
 No caso de uma manifestação muito violenta e a pessoa cair no chão, não se deve Exemplos:
ficar em cima dela, e sim do lado segurando a nuca dela, talvez o diabo queira 12. O espírito de ciúmes (Nm 5.14)
Sexta-feira 13: “tenha cuidado hoje é
matá-la, batendo a cabeça dela no chão, deve-se paralisar a ação do diabo. 13º .espírito mentiroso (II Cr 18.21) dia perigoso.”
(estava em uma festa de crente no interior, quando um jovem ficou possesso , pedi 14.O espírito agoureiro (Dt 18.10) Gato preto: “eu vi um gato preto,
15.O espírito do anticristo (I Jo 4.3) Deus me guarde do que vai
para alguns obreiros repreenderem, pois eu estava em cima de um caminhão acontecer.”
16.O espírito do medo (II Tm 1.7)
dirigindo o culto; quando desci, vi que um obreiro estava sentado na barriga do Cachorro: “não deixe o cachorro
17. O espírito perverso (Is 19.14)
endemoninhado e outro enforcava o pescoço. Se eu não chego o rapaz iria morrer.) urinar na porta pra ninguém aqui
18.O espírito atribulado (dor na alma) (I Sm morrer agora”
 No caso da Manifestação do Espírito da Morte, o obreiro não deve esquecer-se de 1.15) Passarinho: “Um pássaro entrou
ordenar que ele solte a respiração, pare de morder a língua, desacelere ou acelere os aqui!! Será o que é?”
19.O espírito de profundo sono ( Is 29.10)
batimentos cardíacos, ou a pressão da pessoa que poderá estar muito alta ou muito Boi: eita! Um boi berrou aqui na
20.O espírito de prostituição (Os 4.12) porta!!
baixa. A falta de agilidade do obreiro no caso desse espírito poderá levar a pessoa
21.O espírito diferente (outro Jesus) (II Co11. Os demônios usam as superstições
manifesta a óbito. 4). para materializar o mal. Repreenda se
ouvir algo parecido!
Repreenda em nome de Jesus!!

Página | 76
Os sintomas e as causas das opressões dos demônios

LOCAIS DO SINTOMAS E LOCAIS DO SINTOMAS E


DEMÔNIOS DEMÔNIOS
CORPO ENFERMIDADES CORPO ENFERMIDADES
Incredulidade, Medo, Xangô
Belzebu Ombro
Ansiedade. Namares Corpo Todo Câncer / Lepra
Depressão, Disritmia, Estafa Exu Caveira
Epilepsia, Convulsões, Jezabel Cabeça ( mente) Manipulação, Controle de Vidas.
Lilith Cerebelo
Insônia nervosismo, Dagon
Desmaios, Loucura. Ogum Edê Cabeça (mente) Manipulação, Ira, Soberba.
Dores no Estomago, Iemanjá
Baixo Lombar,
Pombas Giras Problemas no Útero, Asmodeus Corpo ( sexo) Aids, separação de Casais.
Estomago Útero.
Ovários. Centauro Coração e mente Perseguição, Ódio, Calúnia.
Cóccix Dores e inflamações no Pyton,Jugal,
Oferece Poderes e
Kundaline Cóccix Cóccix gera promiscuidade Ifã(imita o Cabeça (mente)
Adivinhações
e sensualidade. E.Santo)
Age no Corpo físico e Espiritual, Iansã Coração e mente Discórdia entre pais e filhos
provoca alergias, desequilíbrio Exu da Vala
Causa Miséria
Omulu “Espírito da orgânico, doenças fatais, Maria Vida da pessoa
Corpo todo Causa Miséria
Morte” provoca aprisionamento Mulambo
espiritual e físico como o Tranca Rua Tira prosperidade Traz
Vida da pessoa
“coma” Tranca Tudo bloqueios
Rins, Vias Desmaios e Convulsões,
Dor de Cabeça Obaluaê Cabeça
Urinárias, Epilepsia.
Iemanjá Dor na Coluna, Dores no
Estomago, Cabeça, Exu
estomago, Tremores. Cabeça Loucura
Coluna. Giramundo
Asilom/Preto Sonolência, Desânimo e
Pulmão Asma/Bronquite Lísipe/Eretab Cabeça “Mente”
Velho Desistência do Ministério.
Planta dos pés, Falta de Ar, Queimação nas Stª Luzia
Olhos Doenças nas Vistas
Preto Velho/Preta Pernas, Pernas, Alergias, Dores no Exu
Velha Pulmões, Estomago, problemas no útero, Sete Escamas
Estomago. ovários. Zé Pelintra Fígado Alcoolismo
Exus Mirins Joelhos Estomago Dores no Estomago
Ameba Bexiga Homossexualismo Muitos pensadores cristãos desacreditam nas manifestações dos
Pés, Mãos e Peito,
usa caneleiras e Espírito que gera contenda
espíritos malignos, muito mais ainda, na autenticidade destes nomes
Ogum
braceletes, “usa e guerra em todos os lugares demoníacos. Acreditam que são apenas crendices do povo e
armadura”. sensacionalismo religioso. Mas é a vida no campo das batalhas
espirituais através dos desbravamentos missionários, que nós nos
deparamos com a realidade dos fatos. Os demônios estão ativos e
Um dos maiores troque dos demônios é fazer com que não oprimindo muitas pessoas. Foi Jesus quem mesmo disse: “expulsai
acreditemos em suas ações. demônios” (Marcos 10:8)

Página | 77
ARMAS DE GUERRA Outros requisitos que devem ser observados no momento da libertação.

1-Arma de defesa: O SANGUE DE JESUS: Hebreus 9.18-22 e Ex.12.23 1. Antes tudo, análise a situação e informe-se com as famílias sobre a pessoa. Isso
O sangue de Jesus não é para expulsar demônios e sim uma arma de defesa. para não confundir esquizofrenia ou efeitos das drogas com possessão maligna.

O evangelizador no trabalho de expulsar demônios deve pedir a Deus que o cubra com 2. Peça aos expectadores sejam familiares ou vizinhos, que se ausentem do local onde
o sangue de Cristo está a pessoa possessa. Os demônios ficam mais atrevidos com a presença de
muitas pessoas.
2-Arma de ataque: O NOME DE JESUS: Marcos 16:17 “Estes sinais hão de acompanhar 3. Peça a ajuda de dois ou três irmãos ou irmãs; sendo que, sejam pessoas
aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios;...” consagradas diante do SENHOR. Oriente-os a ficarem intercedendo por você em
Sob a autoridade do Nome de Jesus todo demônio é expulso. Mas é preciso ter voz baixa.
intimidade com Deus. veja Atos 19.13-16 4. Não atenda nenhuma das exigências do espírito maligno; pois na intenção de
atrapalhar a ministração, eles costumam a pedir para cantar certo hino, ler um
Lembro-me de uma mãe que trouxe a filha em minha casa (casa pastoral), pois a menina está texto bíblico; chegam a dizer: “só saiu se “fulano” estiver aqui.” Não dê ouvidos,
possessa; junto com mãe veio um filho já adulto, este quando estava em batalha com o espírito expulse em Nome de Jesus!
maligno, tentava repetir o que falava usando o nome de Jesus, porem via que o demônio não lhe
dava ouvido; este foi um dia de muitas lutas. 5. Nunca desista. Os demônios tentam se mostrar resistente e aparentemente não
irão sair; mas não aguentaram por muito tempo.
O evangelizador no trabalho de expulsar demônios deve usar somente o poder que há
no Nome de Jesus. Diga: “Em nome de Jesus... SAÍ!” 6. Quando a batalha está forte, há mais de um demônio. É necessário identificar os
nomes dos espíritos e expulsar um por um.
2-Arma de apoio: OS ANJOS DE DEUS: Hebreus 1. 14 “Não são todos eles espíritos
7. Identifique o nome do chefe da falange; geralmente outro demônio tentará se
ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?”
passar pelo chefe, descubra a verdade, eles são mentirosos. O demônio chefe é o
Quando estamos expulsando um demônio de uma pessoa, outros espíritos chegam para mais forte e protege os mais fracos, sendo expulsos os demais enfraquecerão.
fortalecer a corrente do maligna.
8. Quando a pessoa que está sofrendo possessão, voltar em si, pergunte-a se
O evangelizador no trabalho de expulsar demônios deve pedir a Deus que envie auxílio verdadeiramente ela deseja ser liberta; pois se assim não for, o demônio sempre
celestial de anjos guerreiros. retornará.

3-Arma de autoridade: A ORAÇÃO NO ESPÍRITO: Efésios 6:18 “com toda oração e 9. Tenha conhecimento da maneira como o espírito atua em uma vida. Muitas vezes a
súplica, orando em todo tempo no Espírito...” possessão está relacionada a um nome de um exu ou pomba-gira dos terreiros de
macumba. (veja a lista de nomes).
Não devemos orar para expulsar demônios assim como oramos para Jesus curar os
enfermos (Tiago 5:14). É preciso pedir a Jesus que cure o enfermo, mas não precisamos 10. É maravilhoso ver Jesus libertar uma vida, e ainda mais, contemplá-lo no mesmo
pedir para Ele expulsar o demônio; pois o SENHOR já nos autorizou que fizéssemos momento batizar com Espírito Santo. (tivemos esta experiência)
isso em seu Nome. (Marcos 16:17)
Observações: Ordene em Nome de Jesus que o demônio coloque as mãos da
O evangelizador ora em espírito e ordena que o demônio saia em Nome de Jesus. pessoa para trás, que olhe bem nos seus olhos, (cuidado, alguns se atrevem a cuspir
no ministrante), que fique de joelhos e expulse-o; às vezes é necessário falar perto
do ouvido da pessoa, pois o espírito pode impedir a audição.

“Então, regressaram os setenta, possuídos de alegria, dizendo: Senhor, os


próprios demônios se nos submetem pelo teu nome!” (Lucas 10:17)

Página | 78
Atuam em Atuam em mulheres. Atuam em crianças e Exemplos dos Nomes dos demônios e em qual área da vida eles atuam.
Homens. adolescentes.
Exu Caveira Coloca enfermidades que a medicina não descobre a causa.
Exú Tranca-rua Pomba Gira Adúltera; Caverinha; Pomba-Gira Age na sensualidade e na vida sexual das mulheres.
Exu Caveira Pomba Gira Assanhada; Calunguinha
Exu Tranca rua Amarra a vida financeira.
Exú Trapaceiro; Pomba Gira Prostituta; Porteirinha
Exú Tagarela; Pomba Gira da Desgraça Corisco Exu morcego Causa doenças venéreas através do sangue.
Exu Lambada; Pomba Gira Mundana; Quebra-Toco Omulu Insere dores nas pernas e doenças de pele.
Exú capa preta; Pomba Gira Pervertida; Poeirinha Zé pelintra Escraviza na bebi alcoólica.
Exú Acadêmico; Pomba Gira Preguiçosa; Covinha Tiririca Faz as crianças mentirem e brincadeiras estranhas.
Exú Galhofeiro; Pomba Gira Sete Camas; Joãozinho Navalha; Exu caveira Coloca depressão, amargura e desejo de suicídio.
Exú Arruaça; Pomba Gira Catingosa; Brasinha; Mohara Todas as drogas, orgias e outras porcarias que dão prazer.
Exú Morcego; Pomba Gira Fofoqueira; Foguinho; Exu fofoca Criador das rodas de fofocas fazendo muita fuxicaria
Exú Cheira Cheira; Pomba Gira Sete Maridos; Zezinho da Encruzilhada; Exu tranqueira Causa insônia nas pessoas.
Exú Malandrinho; Pomba Gira Pega Homem; Pedrinho do Cemitério;
Rosa vermelha Atrações para pornografias e imoralidade sexuais.
Exú Encrenca; Pomba Gira Apaixonada; Mariazinha do Cemitério;
Exú Risada; Pomba Gira Gargalhada; Chuvisco; Molambo Responsável por sujeiras e bagunças em residências.
Exú Pé de Valsa; Pomba Gira Cantora; Rosinha do Cemitério; Sete escamas Desperta inveja e cobiça.
Exú Pisa Macio; Pomba Gira Elegante João Caveirinha; Exu mirim Confusão entre crianças em casa.
Exú Baderna; Pomba Gira Dengosa; Quebra Ossos Exu cobra Desobediência e traição.
Exú Trapalhada; Pomba Gira Vaidosa; Cosme e Damião, Capa preta Envolvimento com macumba e feitiçaria.
Exú Renegado; Pomba Gira Lulu-Lufa; Doum, 7 maridos Mulher não consegue ficar só com um homem.
Exú 7 escamas; Pomba Gira Sedutora; Ritinha Lambada Gosta de músicas mundanas.
Exú Vagaroso; Pomba Gira Encrenqueira; Pedrinho, Cheira -cheira Aproveita-se dos desejos carnais cheirando todos que abraça.
Exú Desengano; Pomba Gira Traiçoeira; Espadinha,
Andarilho Faz as pessoas não se aquietarem em casa.
Exú Malandro; Pomba Gira Trapaceira; Conchinha
Exú Esfarrapado; Pomba Gira Tatuada; Guilhermezinho, Catingosa Causa maus odores nas mulheres.
Exú Zé Pelintra; Pomba Gira Bate Boca; Tiririca Caveirinha Leva meninos para as ruas e as matas.
Exu Andarilho Pomba Gira Maltrapilha; Reizinho da Pedreira Pisa macio Desperta o comportamento gay nos homens.
Exú mirim Pomba Gira Provocante; Malandrinho Pervertida Desperta o comportamento lésbico nas mulheres.
Exú Cobra Pomba Gira Valentona; Pestinha Maria bonita Gravidez escondida e aborto.
Exú Cigano Pomba Gira molambo Danado Maria Padilha Induz as jovens virgens a prostituição.
Exú Zé Pretinho Pomba Gira Invejosa; Danadinho Tatá molambo Escraviza mulheres nas bebidas e roubo de joias.
Exú Zé Ruela Pomba Gira Curiosa;
Maria pimenta Faz as mulheres entrega-se aos homens por dinheiro.
Exú Namorador Pomba Gira Remelexo;
Exú Brigador Pomba Gira Gulosa; Importante. Estas listas de nomes de exus e pombas-giras, e suas supostas ações na vida
Exú Fofoca Pomba Gira Invejosa;
Exú Velhaco Pomba Gira Assoviadeira; de homens, mulheres, crianças e adolescente, não encontramos fundamentações na
Palavra de Deus para fazermos tais afirmações da existência. No entanto por experiência
particular no campo missionário, atestei muitos destes nomes quando me deparei com
pessoa possessa de demônios. A Bíblia confirma a existência dos demônios e suas
possessões malignas. Jesus expulsou demônios e nos deu autoridade para fazê-lo. O REINO
DO DIABO É MISTERIOSO, NÃO SUBSTIMEMOS. ORAI E VIGIAI!!

Página | 79
DUAS DE NOSSAS EXPERIÊNCIAS EM BATALHAS ESPIRITUAIS

Já expliquei que devemos ter muito cuidado para não confundirmos uma As experiências e os conhecimentos na área de libertação demoníaca são de
possessão demoníaca com reações esquizofrênicas ou efeitos de drogas. Foi suma importância para o evangelizador, mas nada supera uma vida de
exatamente isso que me aconteceu. Era 2004 éramos recém-chegados em sinceridade com Deus. Em 2005 estávamos dirigindo nossa segunda
Floriano-PI, e depois de um culto que dirigi na minha primeira congregação, congregação em Floriano-PI; morávamos vizinhos de outro casal de
uma irmã chegou assustada dizendo que seu filho estava com um “espírito missionários de São Luis - MA. Certo dia, eu e o meu vizinho missionário,
ruim”, e logo ela retornou pra casa. Naquela ocasião eu não sabia bem onde tivemos que fazer uma viagem juntos, e Ana Célia ficou com as crianças em
ficava a casa da irmã, mas um obreiro da congregação, que também era policial casa. Segundo ela, por volta das 18 horas, uma pessoa chegou chamando na
militar, disse que iria comigo, e assim fomos. Quando chegamos, a irmã estava porta de casa e dizendo: “tem alguém precisando da ajuda de vocês ali
na porta da casa, neste momento meu coração começou a pular no peito (só de naquela casa”. Ana Célia se assustou e ficou já pensando que não seria coisa
medo). A irmã me disse: “olha aí irmão, ele já quebrou tudo aqui dentro de casa.” boa. Então, ela foi convidar à vizinha, a esposa do missionário, e disse:
Eu tentei conter o medo e disse para o meu companheiro: “irmão, vamos entrar “irmã, vamos ali comigo achou que tem alguém endemoninhada na casa logo
juntos!”. Neste momento estava chovendo e o obreiro segurava um guarda- ali em frente” e a irmã respondeu: “Não irmã Ana Célia eu tenho medo dessas
chuva, quando nos aproximamos da porta da casa, um jovem alto, saiu em coisas! E os nossos maridos não estão aqui!” Ana Célia respondeu: “mas irmã,
direção à porta e saltou no guarda-chuva, mas o irmão com muita coragem Jesus está aqui!”. A irmã missionária resolveu ficar e Ana Célia determinou-
segurou forte no braço do rapaz, e eu aproveitei para repreender o demônio. se ir mesmo sozinha com Jesus. Diz ela, que enquanto caminhava em
Depois de muitas repreensões, o jovem continuava inquieto, foi então que o direção a casa, fez uma oração dizendo: “Senhor! eu nunca passei por uma
irmão policial me disse: “irmão eu acho que esse malandro estar drogado!”. situação dessas, seja comigo.” Ana Célia me contou que quando ela chegou à
Então eu pedi ao rapaz que ficasse quieto. E assim, conseguimos levá-lo a um casa, muitas pessoas estavam espantadas, assistindo uma mulher de
quarto, pedi que ele sentasse na cama, ele sentou; e fiz uma pergunta: “por que estatura baixa, corpo emagrecido e já de boa idade, esperneando contra
você está agindo desse jeito?” Ele respondeu: “Ah meu! é que a velha aí é gente três homens que não conseguiam segurá-la. Ana Célia diz que quando
boa, tá ligado? Mas não que me dá grana pra pega a “coisa” (maconha) pra eu colocou os pés no batente da porta da casa, a mulher soltou um grito
“dá um tapa na cara” (Fumar maconha / puxar um baseado). Então eu disse: arrepiante! Ana Célia fala que nesse momento sentiu uma coragem como
“vai dá tudo certo”! chamei a irmã, mãe do rapaz e perguntei se ela sabia que o nunca tinha sentindo e foi dirigida por um impulso divino a levantar a mão
filho era usuário de drogas”? Ela disse que achava que era, mas não tinha e dizer: “sai em Nome de Jesus!”. A mulher que três homens não conseguiam
certeza. Falei ao rapaz para ficar tranquilo com a sua mãe e a entregar a vida a segurar desmoronou sobre uma cadeira e disse: “oh! Irmã.” E chorou muito.
Jesus; no momento ele não quis, mas prometeu aquietar-se. Assim voltamos Esta mulher congregava na igreja Universal e estava enfrentando muitos
para casa, no caminho eu disse para o meu companheiro: “graças a Deus irmão problemas na vida.
que você é policial e reconheceu logo que o filho da irmã estar é drogado” Ele me
Evangelizador, quando você for convocado para socorrer alguém possesso
disse: “é irmão! o cheiro da bicha estava forte.” Eu agradeci a Deus por ter
de demônios, não tenha medo; saiba que a experiência e conhecimento
mandado um policial experiente comigo, se não fosse, eu ficaria a noite toda
nesta área são necessários, porém uma vida de sinceridade com Deus é
tentando expulsar o demônio.”.
fundamental para esse tipo de emergência.

Página | 80
14. A EVANGELIZAR NOS PRESÍDIOS. A MARCA DO CRIMINOSO
As tatuagens revelam a criminalidade dos detentos.
O ministério de Jesus consistia em proclamar libertação aos cativos (Lc 4:18). Ele
N. S. Aparecida - elemento praticante de crime de Latrocínio; homicida.
espera que a sua igreja visite os presos. O Senhor Jesus está identificado não apenas
com os enfermos, mas também com os presos. É por isso que Ele disse: “Estive na Teia de aranha - significa lembrança do comparsa que morreu.
prisão, e fostes ver-me” (Mt 25:36). Então os cristãos perguntarão: “Quando te vimos na Caveira Apunhalada – símbolo dos que já mataram policiais.
prisão, e fomos visitar-te?” E então responderá Jesus: “Sempre que o fizestes a um Caveira - Significa: “MORTE” – usada por presos que já praticaram homicídio.
destes meus irmãos, mesmo dos mais pequeninos, a mim o fizestes” (Mt 25:40). Cruz - Marca o bandido de alta periculosidade. Só as possuem quem já esteve preso ou foi
condenado pela justiça; Uma cruz tatuada no meio das costas identifica um elemento
Tivemos a oportunidade de fazer alguns trabalhos evangelísticos na Penitenciária perigoso que vai até as últimas consequências em seus atos.
Gonçalo de Castro Lima - VEREDA GRANDE, em Floriano-PI. Pude ver o quanto que as Águia - Simboliza a liberdade. Normalmente é desenhada quando está cumprindo pena.
pessoas que ali estão encarceradas precisão de Cristo. Graça a Deus, uma congregação Pomba - Utilizado por ladrões de residências.
foi forma por detentos dentro do presídio e muitos já foram batizados; tive o privilégio Folha de Maconha - Utilizadas por pessoas ligadas ao tráfico de drogas ou viciados.
de ministrar um batismo naquele lugar. Saci Perêrê - Utilizadas por pessoas ligadas ao tráfico de drogas.
Mulher nua - Com genitália a mostra, utilizados por viciados em drogas injetáveis.
COMO EVANGELIZAR OS PRESÍDIOS? Morte Com a Foice – faz parte de grupo de extermínio.
Beija-flor - homossexualidade passiva
Respeite as normas. Assim como há normas para visitação nos hospitais, assim Flor - homossexualidade passiva
também há normas para visitar nos presídios. Os cristãos devem respeitar essas Coração transpassado por flecha – amor de mãe e homossexualidade.
normas. Sereia - elementos condenados por crimes de estupro e sedução.
São Sebastião - tatuado na parte externa da perna, identifica o preso homossexual.
Selecione as literaturas. A evangelização nos presídios deve contar com literatura Serpente - Utilizada por assaltantes.
especial. A literatura usada na evangelização nos hospitais não é a mesma a ser usada Faca ou punhal - Preso que já cometeu homicídio utilizando arma branca.
nos presídios. Demônio - Aquele que mata por gosto. Cautela ao tratar com este tipo de pessoa, pois, são
homicidas e assassinos.
Cuidados com os textos bíblicos a serem usados. Não use a Bíblia ou Deus como Pistola e Revolver – assalto a mão armada.
uma arma ou um juiz implacável contra os pecadores. Lembre-se que nós todos somos Palhaço ou Coringa - Utilizada por pessoa que pratica furto e pequenos roubos.
pecadores. Não são pecadores apenas aqueles que estão nos presídios. Em sua fala nos
presídios, procure sempre incluir-se entre os pecadores, entre os que necessitam do
PONTOS NAS MÃOS:
amor de Deus.
UM: batedor de carteira em ônibus e locais movimentados.
Fale da misericórdia e do amor de Jesus. Ao evangelizar nos presídios, o cristão deve
ter como alvo levar a pessoa à conversão pelo poder do Espírito Santo, através da DOIS: estuprador.
comunicação do evangelho de amor. Pois ali, as pessoas estão condenadas pela justiça TRÊS: em forma de triângulo – traficante.
terrena, agora elas precisam da misericórdia e do amor de Deus.
QUATRO: roubo.
Abrace e abençoe. Um braço representa muito para um detento. CINCO: furto.
DEZ : formando uma cruz, homicidas e chefes de quadrilhas.
“X” COM BOLAS NAS EXTREMIDADES: símbolo de assaltante de bancos e carros-fortes

Página | 81
15. A EVANGELIZAR NOS HOSPITAIS. Não faça promessa de cura. Nem sempre Deus cura. Deus pode curar, mas há
exemplos na Bíblia de pessoas piedosas com enfermidades que não foram curadas.
Sabemos que Jesus quando visitou a casa de Pedro, encontrou sua sogra doente e a
curou (Mt 8:14-17). Jesus curou vários enfermos (Mt 4:23). Ore pelo enfermo. Peça a Deus que o cure se for essa a vontade d'Ele. Mas, peça
Em seu sermão escatológico, o Senhor Jesus declarou que dirá aos que estiverem à também a Deus para consolá-lo, confortá-lo e salvá-lo pela fé em Cristo Jesus. Leia a
sua direita: "Vinde, benditos de meu Pai, possui por herança o reino que vos está Bíblia com ele. Evite proceder como os amigos de Jó. Não procure relacionar a
preparado desde a fundação do mundo, porque adoeci e me visitaste" (Mt 25:34-36). enfermidade com algum pecado.
À luz disso chegamos à conclusão que Jesus tinha cuidado para com os enfermos.
Estava desejoso não apenas de curá-los espiritualmente, mas também curá-los Evite tocar nos equipamentos do quarto. Não se sente na cama do doente e nem se
fisicamente.
debruce sobre ele para falar; e não use o banheiro do quarto.
Conhecendo os Regulamentos dos Hospitais  Pergunte se o paciente deseja ser ungido com óleo. Oração e unção deve ser um
Nenhum evangelista deve procurar evangelizar nos hospitais quebrando os seus desejo da família ou da própria pessoa.
regulamentos. Há nos hospitais certas normas para visitas que devem ser
observadas diligentemente pelo evangelizador. Selecione alguns textos para serem usados no hospital. Não leia todos para um só
enfermo. Há textos maravilhosos na Bíblia: Salmos 20; 23; 27; 32; 42; 46; Isaias 53;
As normas dos hospitais visam o bem-estar do paciente, e o evangelizador Jeremias 33:3; Mateus 6:34; 11:28-30; João 14:1-6; Romanos 5:1-8; 8:18-28; 8:31-39;
certamente deve se preocupar também. Assim sendo, procure saber quais as normas etc. Você pode encontrar muitos outros textos.
dos hospitais de sua cidade e procure evangelizar os pacientes de acordo com as
normas estabelecidas. Prepare-se com antecedência. Escolha um texto bíblico previamente. Se puder, leve
para o enfermo alguma literatura da igreja, com o carimbo contendo endereço, horário
O Comportamento do Evangelizador nos Hospitais. de culto e telefone. Não fique ansioso por frutos imediatos e visíveis. Não se esqueça de
Ao ir a um hospital com o propósito de evangelizar, observe as seguintes sugestões:
que um é o que planta, outro o que sega, mas Deus é quem dá o crescimento (I Cor 3:6-
Fale baixo. Lembre-se que você está em um local onde há pacientes, e alguns estão 8).
repousando, não devemos perturbá-los.
OS MELHORES VERSÍCULOS PARA VOCÊ EVANGELIZAR NOS HOSPITAIS.
Seja breve. Não seja demorando pregando, lei um texto e faça uma oração; não é
necessário cantar hinos. Há doentes que são impacientes ou nossa demora na visita, Jeremias 17:14 – “Cura-me, Senhor, e serei curado; salva-me, e serei salvo, pois tu és
pode atrapalha o trabalho médico. aquele a quem eu louvo”.
Salmos 103:3 – “É ele que perdoa todos os seus pecados e cura todas as suas doenças”.
Saiba ouvir. Muitas vezes o paciente quer falar alguma coisa. Ele pode querer Êxodo 23:25 – “Prestem culto ao Senhor, o Deus de vocês, e ele os abençoará, dando a
compartilhar alguma necessidade não apenas física, mas psicológica, moral ou vocês alimento e água. Tirarei a doença do meio de vocês”.
espiritual. Ouça-o. Mateus 10:8 – “Curem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos,
expulsem os demônios. Vocês receberam de graça; deem também de graça”.
Salmos 28:7 – “O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, e dele
Não dê palpites médicos. Mesmo que você seja médico ou enfermeiro, não estará
recebo ajuda. Meu coração exulta de alegria, e com o meu cântico lhe darei graças”.
ali naquele instante como tal; quanto mais não sendo um profissional da área Salmos 29:11 – “O Senhor dá força ao seu povo; o Senhor dá a seu povo a bênção da paz”.
médica. Filipenses 4:13 – “Tudo posso naquele que me fortalece”.
Mateus 15:28 – “Jesus respondeu: “Mulher, grande é a sua fé! “Seja conforme você deseja”. “E,
naquele mesmo instante, a sua filha foi curada”.
Tiago 1:3 – “pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança”.

Página | 82
16. COMO EVANGELIZAR GAYS E LÉSBICAS O Movimento LGBT

A partir dos anos 70, houve um crescente despatologização da homossexualidade. O


A evangelização do mundo gay é complexa, mas é possível e necessária. Deus criou a movimento político-social da população LGBT [Sigla que significa: lésbicas, gays,
todos, e Cristo veio para todos. O amor divino é incondicional. bissexuais, travestis e transexuais. Também se usa o termo gay de modo genérico, para as
diversas formas de homossexualidade] trouxe uma sensibilidade maior à sua realidade. A
Um importante sinal dos tempos atuais é a visibilidade da população homossexual. Associação Psiquiátrica Americana retirou a homossexualidade da lista de doenças
No passado, gays, lésbicas e bissexuais viviam no anonimato ou à margem da mentais. Na década seguinte, no Brasil, o Conselho Federal de Medicina retirou a
sociedade. Escondiam-se em casamentos tradicionais e, quando muito, formavam homossexualidade da lista de desvios e transtornos sexuais. Em 1990, a Organização
Mundial de Saúde retirou a homossexualidade da lista de doenças. Em 1999, o Conselho
guetos, que são espaços de convivência bem isolados. Hoje, fazem imensas paradas,
Federal de Psicologia afirmou que a homossexualidade não é doença, nem distúrbio,
junto com travestis e transexuais, estão presentes nas telenovelas, exigem respeito e nem perversão; e proibiu os psicólogos de colaborarem em serviços que proponham
reconhecimento, e reivindicam direitos. Esta população está em toda parte. Quem tratamento e cura das homossexualidades.
não é gay, tem parentes próximos ou distantes que são bem como vizinhos ou
colegas de trabalho que também são veladas ou manifestamente. Eles compõem a Isto significa que, definitivamente, algumas pessoas são homossexuais e o serão por
toda a vida. De maneira alguma se trata opção, mas de condição ou orientação.
sociedade, visibilizam-se cada vez mais, e desejam serem cidadãos plenos, com os
mesmos direitos e deveres dos demais. Muitos gays adultos tiveram formação cristã, e tem fé. Vários participaram ativamente
da Igreja por muitos anos, ou ainda participam. É preciso que eles encontrem hoje
A expansão desta população também manifesta os problemas que a afligem. Há uma ministros religiosos e fiéis sensíveis às suas dificuldades e às suas feridas.
aversão a pessoas homossexuais, chamada homofobia, que produz diversas formas
de violência física, verbal e simbólica contra estas pessoas. No Brasil são frequentes Hermenêutica homossexual – interpretações erradas das Escrituras Sagradas.
os homicídios, sobretudo de travestis. Há também o suicídio de muitos adolescentes
No livro Desejo e Engano, R. Albert Mohler Jr diz o movimento homossexual tem
que se descobrem gays, e mesmo de adultos. Eles chegam a esta atitude extrema por empregado uma hermenêutica de suspeita dos textos bíblico que condenam a
pressentirem a rejeição hostil da própria família e da sociedade. Há pais que já homossexualidade. Segundo Mohler Jr, eles almejam provar que nas passagens de
disseram: ‘prefiro um filho morto que um filho gay’. Esta hostilidade gera inúmeras Gênesis 19; Levíticos 18:22; 20:13 Deus não está condenado a prática homossexual,
formas de discriminação, e, mesmo que não leve à morte, traz frequentemente mas sim o estupro homossexual e a prostituição. Jr ainda diz que quando são
tristeza profunda ou depressão. confrontados com a realidade, eles dizem que, embora essa passagem refira-se aos
homossexuais, revela uma tendência patriarcal e opressiva, que deve ser rejeitada pela
Tamanha repulsa tem raízes históricas. Por muitos séculos, as relações entre igreja contemporânea.
pessoas do mesmo sexo foram consideradas como o pecado de Sodoma, que resultou
Ainda argumentam que a passagem de Romanos 1:26-27 se refere a atos
no castigo divino destruidor (Gênesis 19). homossexuais por parte de pessoas heterossexuais, pois Paulo não conhecia a realidade
da orientação homossexual.
No Brasil do século 18, por exemplo, então colônia de Portugal, as leis eclesiásticas
consideravam a sodomia ‘tão péssimo e horrendo crime. Paulo e os outros Apóstolos concordavam com o ponto de vista judaico de que a
homossexualidade é um pecado morta e provoca a ira de Deus, deixando o praticante
Era um pecado indigno de ser nomeado, por isso chamava-se “pecado nefando”, fora do reino dos céus. (1Co 6:9; Ap 21:8)
(sacrílego, abominável, negro) do qual não se pode falar, muito menos se cometer.
.

Página | 83
Origem do termo O Dr. John S. H. Tay autor do livro Nascido gay? Examinada à luz da genética humana a
Homossexualidade (do grego antigo ὁμός (homos), igual + latim sexus = sexo) possível veracidade ou falácia da afirmação frequentemente feita por homossexuais e
refere-se à característica, condição ou qualidade de um ser (humano ou não) que seus defensores: “Eu nasci gay e, por isso, não posso mudar.”
sente atração física, estética e/ou emocional por outro ser do mesmo sexo.
Dr. Tay diz: Foram recrutados probandos homens homossexuais com cogêmeos idênticos,
Gay (do inglês gay, “alegre, jovial” proveniente do francês medieval gai, “que cogêmeos não idênticos ou irmãos adotivos, a partir de publicações voltadas para
inspira alegria”, e este, possivelmente, originário do gótico gaheis, “impetuoso”).
homossexuais. A orientação sexual de parentes foi avaliada por meio de perguntas diretas
Lésbica tem origem do nome da cidade de Lesbos, capital de uma ilha na Grécia, feitas a eles ou, quando isso era impossível, por meio de perguntas feitas aos probandos.
onde há mais de 2.600 anos nasceu e viveu a mais famosa poetisa grega, uma mulher Dentre os parentes cuja orientação sexual pôde ser avaliada, 52% de cogêmeos idênticos,
chamada Safo. Os versos de Safo falam do amor entre mulheres e da paixão por suas 22% de cogêmeos não idênticos e 11% de irmãos adotivos eram homossexuais.
companheiras.
A palavra "lésbica" vem do latim "lesbius." A palavra passou então a designar Explicação: os gêmeos idênticos têm todos os genes em comum, e, se a homossexualidade
mulheres que amam mulheres. fosse totalmente determinada por genes, a proporção de concordância deveria ser 100%.
A descoberta de que somente 52% dos cogêmeos idênticos eram homossexuais mostra que
O Que diz a ética Cristã? os fatores genéticos por si só não podem explicar a homossexualidade
A Ética Cristã está embasada na Palavra de Deus. A Bíblia, sem sombra de dúvida
alguma, condena a prática homossexual. Se o termo “homossexualidade” procura Probando é um indivíduo particular (pessoa ou animal) que estiver sendo estudado ou reportado na
indicar a prática homossexual como algo perfeitamente aceitável e normal, literatura científica.

especialmente no campo da moral, então rejeitamos essa palavra e o acúmulo de


Perguntas para reflexão:
coisas que ela traz consigo. Cada vez mais a sociedade brasileira (e mundial,
especialmente o Ocidente) vem recebendo o homossexualismo como algo aceitável, 1. As condenações da prática homossexual contidas na Bíblia são relativamente poucas,
normal e até digno de ser incentivado. Cada vez mais programas de TV e rádio vêm mas muito contundentes. O que se pode concluir disso?
dando espaço para a ideia homossexual e a apresentando sistematicamente.
Homossexuais recebem espaço na TV e falam de suas experiências sexuais com a 2. A homossexualidade é um comportamento natural, mera opção e questão de
preferência na área sexual ou um comportamento condenável, como a fé cristã tem
maior naturalidade e programas antes exibidos depois das dez horas da noite, dado
entendido historicamente? Por quê?
o seu conteúdo explicitamente pornográfico, agora chegam a ser exibidos no horário
nobre! Já existem até mesmo segmentos ditos “evangélicos” que apoiam e 3. Existe uma diferença entre ter impulsos homossexuais, isto é, sentir atração pelo
incentivam a prática homossexual. Existem, inclusive, as chamadas “Igrejas Gays” mesmo sexo, e praticar esse ato?
com seus pastores e pastoras gays! Recentemente houve grande repercussão do
4. Do ponto de vista da ética cristã, o que se deve esperar de alguém que tenha
lançamento de uma “Bíblia Gay”, por assim dizer. Trata-se de uma versão
inclinações homossexuais, mas quer seguir a Cristo?
adulterada da Bíblia, que mutila textos que mencionam a prática homossexual,
alterando grosseiramente o seu sentido. Isso, além de ser desonestidade, é 5. Existe a possibilidade de defender a dignidade da pessoa homossexual sem ao mesmo
deslealdade para com a Palavra de Deus. Um típico exemplo (nada novo) de grupos tempo apoiar ou aprovar a prática do sexo entre iguais? Por quê?
que para defender sua própria conduta imoral e seus próprios conceitos, adulteram
o texto bíblico procurando condicioná-lo a seu bel-prazer.

Página | 84
A Bíblia condena a prática homossexual? Qual Deve Ser a Postura da Igreja Face aos Homossexuais?
Sem dúvida que sim. Na Bíblia existem sete passagens que são conclusivas sobre a
questão da prática homossexual ser pecado; são eles: Embora estejamos nós, a Igreja de Cristo, convencidos pela Bíblia Sagrada, de que
Deus condena a prática homossexual, devemos ter as seguintes posturas:
1. Gênesis 19.5-7
2. Levítico 18.22 (a) Aceitar e acolher o pecador, mas jamais a sua prática pecaminosa. Não
3. Levítico 20.13 é tarefa fácil fazer essa separação, mas cremos e temos visto na vida de muitos
4. Juízes 19.22,23 homossexuais o poder transformador do evangelho de Cristo. A Igreja deve
5. Romanos 1.21-31 sempre repudiar o pecado e tudo o que ele traz consigo, mas jamais deve estar
6. 1 Coríntios 6.9,10 fechada ao perdido. Foi para isso que Jesus veio: salvar o perdido (cf. Lc 5.31,32;
7. Judas 6 e 7 19.10).

(b) Jamais apoiar ou incentivar qualquer prática de violência contra


No texto de Romanos 1.26 e 27, assim como em 1 Coríntios 6.9 e 10, o apóstolo Paulo homossexuais, seja violência física ou psicológica. Embora devamos sempre
chega a distinguir as formas de relação homossexual, indicando que ambos os casos são nos posicionar com segurança e firmeza nessa questão, deixando claro que a
contrários à vontade de Deus. No primeiro ele chega a citar o homossexualismo prática homossexual é pecaminosa e contrária a vontade de Deus (repito:
feminino e no segundo (um texto até curioso), o apóstolo chega a fazer a distinção entre pecaminosa e contrária a vontade Deus), não é conveniente que façamos uso de
o homossexual ativo e o passivo. Champlin pontua a palavra “efeminado” como um termos pejorativos, depreciativos, humilhantes e menos ainda que usemos de
substantivo, “significa ‘suave’, ‘efeminado’, tendo sido largamente aplicado à violência física. Precisamos separar as coisas!
homossexualidade por vários autores antigos, indicando homens que aceitam os afagos (c) Possibilitar a essas pessoas a oportunidade de serem recebidas e
de outros homens, como se fossem mulheres.” Já o termo “sodomitas” tem ligação com acolhidas em nossos templos. Nunca devem ser tratados como se fosse “seres
a homossexualidade em vista de esse pecado ser prevalente em Sodoma, quando Ló ali de outro planeta.” Ao tratar desse tema em sala de aula, costumo perguntar aos
habitava. Champlin é categórico: meus alunos se nós, em nossas igrejas evangélicas, estamos de fato preparados
para receber pessoas assim. É fato que muitos homossexuais, especialmente
No grego, essa palavra, literalmente traduzida, indica “ato sexual de homem com agora, em que o assunto ganha espaço na mídia, entram em nossos templos com
homem”. A sodomia, portanto, é empregada pelos tradutores, a fim de suavizar o o objetivo de tripudiar e escarnecer. Mas é verdade também que muitos
impacto da expressão. Paulo condenou severamente em Romanos 1.26,27, onde essa homossexuais respeitam o culto cristão e vão a ele com o objetivo de participar,
genuinamente.
prática, tanto de mulheres com mulheres como de homens com homens, é condenada.
No Antigo Testamento onde o homossexualismo é discutido mais
explicitamente. Lv. 18:22 – “Com homem não te deitarás, como se fosse
mulher; é abominação.”

Deus abomina a homossexualidade porque ela é uma distorção do Esta lei proíbe diretamente o ato homossexual. Ela não faz distinção se
o ato é, ou não, consensual.
propósito original designado por Ele na criação. Quem rejeita
persistentemente a graça de Cristo e decide viver de modo contrário à No Novo Testamento, muitos textos, de modo geral, proíbem a
revelação divina, poderá perder a grande chance de salvação (ver 1 “imoralidade sexual” (cf. Atos 15:20; 15:29; 1 Ts. 4:3; Hb. 13:4; Ap.
Coríntios 6:9, 10). 21:8; 22:15). Esses mandamentos incluem o homossexualismo.

Página | 85
ANALISANDO A HOMOSSEXUALIDADE EM TRÊS PERSPECTIVAS 3. Perspectiva Cientifica (A Questão Genética)
A ciência tem feito vários avanços na área da genética e, por isso, várias
1. Perspectiva Psicológica. perguntas têm sido respondidas acerca da saúde, do ser humano como um todo,
mas na área da homossexualidade as pesquisas científicas se mostraram nulas,
A comunidade psicanalítica, hoje em dia, divide-se. O homossexualismo na psicologia ou seja, é impossível chegar a conclusão de que a homossexualidade é um fator
freudiana é visto com base em um elemento que cada ser humano tem desde sua genético.
concepção. Já Adolf Adler, discípulo de Freud, diz que “o homossexualismo é resultado
de um complexo de inferioridade da criança a etiologia da preferência homossexual do Para o psicanalista inglês Anthony Storr, “homossexual não nasce feito”. O que
adulto.” determinará a preferência sexual de uma pessoa na idade adulta está
diretamente ligado às influências emocionais a que esteve exposta durante sua
2. A Perspectiva Antropológica e Sociológica. primeira infância.
A perspectiva sociológica vê a homossexualidade, não como uma enfermidade mental,
necessitada de cura, senão como uma variante da conduta sexual. A perspectiva Homossexualidade feminina
sociológica entende que pretender colocar a heterossexualidade como norma de
comportamento sexual tem muito a ver com a estatística. Ressalta que a sexualidade é As meninas têm a tendência de absorver as qualidades femininas que a mãe
uma aprendizagem social que pode desembocar tanto na homossexualidade quanto possui (ou não). Podemos dizer que uma menina de sorte é aquela que tem uma
na heterossexualidade. mãe que ama o marido e que tem prazer na sua função materna, que se sente bem
em ser mulher e feminina. Há meninas que podem se desenvolver sexualmente
A sociologia coloca o homossexualismo como um fruto do meio, ou seja, a sociedade
bem e, no entanto, virem a se sentir inferiores ou deficientes como mulher. Isto
interfere diretamente tanto na criação de homossexuais como de heterossexuais. As
tem duas consequências:
experiências que o dia-a-dia impõe ao indivíduo moldam sua personalidade,
chegando-se à conclusão de que se um indivíduo desenvolve sua sexualidade de forma
1) Elas tentarão fugir de contatos com rapazes porque não acreditam que os
satisfatória no homossexualismo, se torna muito difícil para este mudar.
homens a achem desejável. Ocorre uma depreciação de si mesmas.
A antropologia segue a seguinte premissa como regra geral para avaliar
comportamentos: a conduta humana não é algo independente e isolado, mas está 2) Permanecerão no estado pré-adolescente retendo interesse emocional em seu
enraizada em uma cultura, construída com os ingredientes que cada uma delas oferece próprio sexo. Permanecerão somente no grupinho das meninas (coisa normal em
ao indivíduo. Este segundo suas tendências pessoais, deles se apropriará em uma medida fases pré-adolescentes), tendo dificuldade emocional em se relacionar com
ou outra para construir sua personalidade. rapazes. A intensidade desse estado pode variar desde a simples admiração pelas
outras mulheres, até um impulso emocional intenso e compulsivo para encontrar
A partir desse ponto de vista conclui-se que a antropologia e a sociologia uma parceira feminina.
têm o mesmo pensamento quanto à formação de um homossexual, não sendo culpa
Para uma menina sentir-se segura consigo mesma, é necessário:
deste o que ele decidiu ser. Sendo assim essas duas disciplinas tiram totalmente dos
ombros dos homossexuais a culpa pelo que eles escolheram, e colocam a culpa na
 Um relacionamento carinhoso e amigável entre ela e seus familiares
sociedade que pressionou, influenciou, “fez a cabeça” do indivíduo. Evidenciamos (especialmente com a mãe).
uma fórmula que é segura para a formação de uma personalidade desequilibrada,
entre as quais podemos citar a personalidade homossexual, a saber:  Ter uma mãe forte. Se a mãe se revela fraca em seu modelo de
feminilidade, poderá atrapalhar a menina a descobrir sua identidade
PAI AUSENTE + MÃE POSSESSIVA = FILHO PROBLEMÁTICO como mulher.

Página | 86
Homossexualidade masculina. A ideologia de gêneros
Essa ideologia também é conhecida como “ausência de sexo”. Esse conceito ignora
O filho que se torna homossexual geralmente é o confidente e o favorito da mamãe. O a natureza e os fatos biológicos, alegando que o ser humano nasce sexualmente
pai, pouco afetivo e hostil, não dá atenção para ele. A mãe, com excessiva intimidade, neutro.
aproxima-se do menino. É super-emotiva, manipuladora e controladora.
IDEOLOGIA DE GÊNERO NA EDUCAÇÃO
Na maioria dos casos é evidente a participação dos pais no surgimento de tal desvio, Como esta doutrinação está sendo introduzida nas escolas devemos fazer de tudo
porém, as observações psicológicas sérias têm mostrado que as características do para proteger nossas crianças.
ambiente infantil e das condutas dos pais, não dão todas as explicações que
determinam o comportamento sexual desviado. Marisa lobo, psicóloga clínica cristã, autora do livro “A Ideologia de Gênero na
Quanto aos homens homossexuais, observou-se também que o medo que eles possuem Educação”, faz um alerta aos pais sobre a desconstrução de valores imposta por
das mulheres existe por causa da dificuldade em separarem-se nitidamente da mãe. movimentos feministas e LGBTTs às escolas. Diz Marisa: “os defensores da ideologia
Existem teorias como isto acontece: de gênero (IG) dizem que os seres humanos não se dividem em dois sexos, e ninguém
nasce homem ou mulher, mesmo diante das diferenças anatômicas. As pessoas
1. Relacionamentos entre pais e filhos – Um pai alheio ou passivo e uma mãe adquirem esses papéis com o passar do tempo, de acordo com o contexto histórico,
dominadora dentro do lar pode produzir uma situação que favoreça o surgimento do
social e cultural e, por essa razão, as crianças devem ser tratadas de forma “neutra”,
homossexualismo.
para que elas mesmas escolham seu gênero no futuro.”
2. Outros relacionamentos familiares – Influência dos tios, tias; desconfiança nos
homens ou mulheres transmitidas à criança; número excessivo de mulheres; a rejeição O que ensina a ideologia de gênero?
de um filho ou filha; o medo do sexo; mãe indulgente; são outros fatores que podem, no
seio familiar, produzir uma situação favorável para que a semente do Troca de papéis entre homens e mulheres. A ideologia de gênero
homossexualismo gere os seus frutos. propaga que os papéis dos homens e das mulheres foram socialmente construídos
e que tais padrões devem ser desconstruídos. Entretanto, as Escrituras Sagradas
3. Medo – A inibição, a possível rejeição ou experiências traumáticas com o sexo oposto ensinam com clareza a distinção natural dos sexos (Gn 2.15-25; cf. Pv 31.10-31).
torna o homossexualismo uma alternativa mais segura e menos temível.
Confusão de identidade para o ser humano. Os adeptos desta ideologia
4. Escolha deliberada de atos homossexuais – ninguém nasce homossexual, mas
pode escolher tal caminho. Pode-se dizer corretamente que os seres humanos têm afirmam que a sexualidade (desejo sexual) e o gênero (homem e mulher) não estão
capacidade para dar uma resposta homossexual ou heterossexual. Quando o impulso relacionados com o sexo (órgãos genitais). Desse modo, a identidade de
for condicionado por um ou outro modo, ou de ambos – em outras palavras, depois da gênero e a orientação sexual passam a ser moldadas ao longo da vida. Tal ideologia
capacidade para dar resposta ter sido explorada e o aprendizado começar – podemos induz ainda ao pior dos pecados: a insolência da criatura de se
então falar da tendência para a heterossexualidade ou para a homossexualidade. Esta rebelar contra o seu Criador (Rm 9.20).
tendência é adquirida e é um produto do aprendizado e não parte da herança biológica
do indivíduo. Desvalorização do casamento e da família. A ideia é de que o desaparecimento
dos papéis ligado ao sexo provoque um impacto deletério sobre a família. Nesse
contexto, a família é a primeira instituição amada pelo Criador (Gn 2.24)

Página | 87
A orientação divina quanto aos sexos. COMO EVANGELIZAR OS HOMOSEXUAIS

1. Criação de dois sexos. A Bíblia revela que Deus criou dois sexos Tim Wilkins, Pastor é fundador da Cross Ministry (Ministério Cruz) e membro da
anatomicamente distintos. (Gn 1.27). Associação Nacional para Pesquisa e Terapia da Homossexualidade. É um ex-
2. Casamento monogâmico e heterossexual. Ao instituir o casamento homossexual praticante que se dedica a equipar a Igreja para evangelizar e discipular o
homossexual na América do Norte, Diz:
Deus ordenou homem e mulher. (Gn 2:24)
3. Educação dos filhos com distinção dos sexos. Cabe também aos pais educar os
Em vez de ofender os homossexuais confrontando diretamente a questão de seu
flhos na admoestação do Senhor (Ef 6.4), promover o diálogo e o amor mútuo no
estilo de vida pecaminoso, o evangelismo moderno frequentemente tenta suavizar
lar (Ef 6.1,2). a abordagem dizendo que "Deus odeia o pecado, mas ama o pecador". Este não é um
conceito novo. Charles Finney declarou:
IGREJA CRISTÃ CONTEMPORÂNEA "Deus não está zangado meramente contra o pecado abstraído do pecador, mas
Igreja Cristã Contemporânea, a primeira igreja do Brasil voltada para LGBTs (Lésbicas, contra o próprio pecador.”
Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), fundada em 2006.
Algumas pessoas têm trabalhado arduamente para criar essa abstração ridícula e
Fundador Marcos Gladstone absurda, e farão parecer que Deus está zangado com o pecado, Ele aborrece o
A “igreja” foi fundada por Marcos Gladstone e Fabio Inacio (“casados”) adultério, mas está satisfeito com o adúltero. Agora isso é um absurdo supremo O
pecado não tem caráter moral à parte do pecador, O ato não é nada à parte do
Lema histórico: A Igreja Cristã Contemporânea não é mais uma igreja, mas a autor.
representação do amor incondicional de Deus por um por um povo que sofria a dor da
exclusão. Então a Bíblia mostra. Deus está zangado com os ímpios [Salmos 7:11], não com o
MISSÃO: Levar o amor de Deus a todos, sem preconceitos. pecado abstrato. Se o ímpio não voltar, Deus vai afiar a sua espada - Ele dobrou o seu
arco e o preparou - para não atirar no pecado, mas o pecador - o ímpio que fez a
VISÃO: Ser um ministério que reflete a imagem do Senhor Jesus, que adequou à coisa abominável. Esta é a única doutrina da Bíblia ou do senso comum sobre este
sociedade e à cultura do seu tempo. assunto “(A Culpa do Pecado)”. Veja: Salmos 5: 5 e 2 Pedro 2: 6-8

VALORES
Amor e fidelidade - a Deus, à Igreja Contemporânea e ao próximo;
Consagração – pela leitura bíblica, oração, jejum, busca ao Espírito Santo e seus dons;
Conversão e transformação – o Evangelho converte, transforma, muda;
Não acepção de pessoas – não incluímos apenas LGBTs, mas há uma atenção especial a
O modo bíblico de testemunhar a um homossexual não é discutir
estes;
Referencial – "sê o exemplo dos fiéis..." (1 Timóteo 4,12), fuja da aparência do mal, com ele sobre seu estilo de vida, mas usar a Palavra de Deus para
lembre-se de que a postura de um contemporâneo na rua representa a imagem que se trazer o conhecimento do pecado. Isso mostrará a ele que ele é
terá lá fora da Igreja Contemporânea; culpado de violar a santa Lei de Deus, e ele é condenado não por
Santidade – deve ser a busca diária de cada contemporâneo. causa, mas apesar de sua preferência sexual. A lei foi feita para
homossexuais, bem como outros infratores da lei.

Página | 88
Alguns artigos de Tim Wilkins Se seu filho diz: "Eu sou gay"
"Jesus nunca disse nada sobre homossexualidade"
"Mamãe e papai, eu sou gay" são possivelmente as palavras mais dolorosas que os
A teologia “gay” defende um truque verbal e o argumento mais forte de seus pais podem ouvir. Uma inundação de emoções toma conta dos pais e transborda
proponentes é “Jesus nunca disse nada sobre a homossexualidade”. para seu filho ou filha. Suas respostas iniciais e subsequentes realizarão uma das
Anos atrás, vi uma brochura com a seguinte pergunta: "O que Jesus disse sobre a duas coisas: afastar a criança ou puxar a criança em direção aos pais.
homossexualidade?" Abrindo a brochura, encontrei uma página em branco e
inicialmente pensei que essa brochura específica não deveria ter passado pela Duas emoções imediatas que os pais experimentam com frequência são raiva e
copiadora, mas percebi que menos página foi à resposta deles... "Jesus não disse nada tristeza. Ambos são naturais e saudáveis.
sobre a homossexualidade."

Enquanto os secularistas usam esse argumento sabendo sua lógica defeituosa, apenas Evite explosões de raiva - Eu ouvi os pais dizerem a sua filha, "você está indo para
alguns cristãos enxergam através da mentira transparente. Enquanto falo em todo o o inferno!" Ou "você sabe que a homossexualidade é uma abominação!"
país, conduzindo nossa conferência de um dia, MAIS QUE PALAVRAS: tirando as Um pai deixou sua posição clara com estas palavras: “Se eu suspeitar que você esteja
pessoas da homossexualidade, acho que menos de dez por cento dos cristãos podem envolvido nessa atividade faça as malas. Você está fora desta casa.”
refutar o argumento. Quando pedi a mais de mil alunos e professores de uma grande Efésios 4:26 diz: "irai-vos e não pequeis". O pesar e a raiva são naturais; onde os
universidade cristã para responder a esse argumento, menos de seis por cento se pais precisam de ajuda é saber quando expressar cada emoção.
aproximaram.

Apologética Demonstre empatia genuína - Certamente um pai pode chorar sozinho, mas
Primeiro, a declaração em si não pode ser provada verdadeira ou falsa! Nós não chorar com o filho ou filha é mais benéfico do que uma expressão de raiva. Paulo
sabemos tudo o que Jesus disse por que nem tudo o que Ele disse está registrado na escreveu em Romanos 12:15 "chorar com aqueles que choram". Deixe seu filho
Bíblia. saber que você se machucou com o pecado, e com ele. Expresse sua raiva não em
Da mesma forma, assumimos que, se Jesus nunca disse nada sobre a homossexualidade, seu filho, mas no pecado e no engano envolvidos na homossexualidade. Lembre-se,
essa prática sexual não deve ter índices em seus dias. E, portanto, Ele não mencionou na maioria dos casos ele tem lutado sozinho por muito mais tempo do que você
naquele momento. sabe sobre isso.
Há numerosas questões sobre as quais Jesus não falou - abuso sexual infantil, abuso
doméstico ou estupro. Mas certamente Ele não teria tolerado tal comportamento se
tivesse se deparando com algum, assim como a homossexualidade. Faça perguntas abertas - “Há quanto tempo você tem lutado com esses
sentimentos?” Ou “o que podemos fazer para ajudar?” Tranquilize-o com as
Jesus endossou a heterossexualidade quando Ele citou Moisés "um homem deixará seu palavras: “Vamos trabalhar juntos nisso.”
pai e mãe e... os dois se tornarão uma só carne". Se a homossexualidade fosse igual à
heterossexualidade, Jesus perdeu a melhor oportunidade de declarar isso no registro A tentação de qualquer tipo gera sofrimento intenso e o sofrimento que
bíblico. acompanha sentimentos homossexuais pode ser debilitante. (Hebreus 2:18)
Em seguida, o argumento “Jesus nunca disse nada sobre homossexualidade” não implica
que Ele aprovou esse comportamento, pois se você tiver uma Bíblia onde as palavras de
Jesus então em vermelho, pegue uma tesoura e corte-as e ainda 99,9% das Escrituras Expresse sua raiva não em seu filho, mas no pecado e no engano envolvido na
condenam o pecado. homossexualidade. Lembre-se, na maioria dos casos ele tem lutado sozinho por
muito mais tempo do que você sabe sobre isso.
Algo que a Bíblia registra que Jesus disse foi: “se alguém não nascer de novo, não pode
ver o reino de Deus” (João 3:3) isso não é o bastante?
Página | 89
4. Mostre compreensão, não embaraço - Embaraço complica o processo de 6. Agora uma palavra para as mães sobre seus filhos gays. Muitas vezes,
cura. Uma preocupação com "o que as pessoas dizem" tira o foco do assunto em o filho gay se identifica inconscientemente com a mãe e não com o
questão. Se você, como pai ou mãe, achar difícil discutir essa questão com ele, pai. Uma proximidade desordenada pode caracterizar o relacionamento
ore pela capacidade de ser transparente. mãe-filho. Se assim for, a mãe pode precisar comunicar seu amor de uma
forma menos demonstrativa; afinal, o que o filho gay precisa aprender é
Considerando que o embaraço impede o processo de cura, o incentivo promove o como se relacionar apropriadamente com o mesmo sexo.
processo de cura. Em nenhum lugar isso é mais óbvio do que no trato de Jesus com
pessoas sexualmente quebradas. Jesus falou livremente com a mulher no poço, a mulher Compre alguns bons livros sobre o assunto e leia - Você pode ser tentado a
apanhada em adultério e a mulher pecadora que lhe ungia. (João 4 e 8, Lucas 7: 37) entregá-los ao seu filho, mas não o faça, a menos que obtenha a permissão dele. Um
filho ou filha que "sai" se ressente de ter livros jogados neles. Se o seu filho lhe
pedir para ler alguma literatura que apoie a homossexualidade, faça-o. Não vai te
5. Comunique amor fisicamente, não apenas verbalmente - Primeiro, uma machucar. Que melhor maneira de ajudar seu filho ou filha do que conhecer os
palavra para pais sobre seus filhos. Não recue de seu filho; antes, abrace-o argumentos que permitem a homossexualidade e ser capaz de responder a eles
fisicamente. A pior coisa que você pode fazer é mantê-lo longe dos seus braços. biblicamente, racionalmente e com compaixão. Sua leitura desta literatura irá
comunicar ao seu filho que você não tem medo de enfrentar os problemas de
Lucas 15:20 “E, levantando-se, foi para seu pai. Vinha ele ainda longe, quando frente. E ele ou ela será mais receptivo a ler literatura que você recomenda.
seu pai o avistou, e, compadecido dele, correndo, o abraçou, e beijou.”
Concentre-se na imagem quebrada do seu filho versus atividade sexual - Sua
Eu gosto do adesivo "Real Men Love Jesus". (Homens de verdade amam Jesus). É um pai atração pelo mesmo sexo, assim como qualquer atividade homossexual, é
cristão genuíno que pode abraçar seu filho adulto sem reservas. Em seu livro “Por que os secundária. O problema primário de um anorético é não gostar de
pais discordam”, Ron Taffel narra a pergunta de um pai: "Tudo bem se eu abraçar e comida? Não! Ela gosta de comida; seu principal problema é uma imagem
beijar meu filho de dois anos e meio de boa noite? Tenho medo que isso o transforme quebrada ou distorcida. Embora emaciada de auto-inanição, ela olha para o
homossexual ". O oposto pode ser verdadeiro; O afeto físico entre pai e filho é espelho e se vê acima do peso. Não seja importante em menores!
apropriado, quer o filho seja pequeno ou adulto.
Reconstrua a imagem quebrada do seu filho ou filha, lembrando que a
O pai precisa expressar verbalmente amor e admiração por seus filhos - Eu ouvi masculinidade e a feminilidade são mais frequentemente capturadas do que
dezenas de pais dizendo: “Eu não preciso dizer a ele que o amo. Ele sabe que eu sei”. Se o ensinadas - Recuse as respostas automáticas que muitas vezes acompanham essas
Pai celestial pode falar publicamente, corajosamente e pessoalmente sobre Seu filho “notícias”. Reúna os guerreiros de oração ao seu redor. Dê ao seu filho o que ele
Jesus durante o Seu batismo, “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”, você precisa desesperadamente - verdade dissolvida, amor incondicional e oração
pode fazê-lo. E lembre-se, o Pai celestial falou essas palavras quando seu filho tinha 30 incessante!
anos de idade. (Mateus 3:17; ver também Mateus 17: 5) Um filho nunca é velho
demais para ser dito “EU TE AMO!”. Se um pai diz: “Sinto-me desconfortável ao
expressar meu amor; Eu não posso mudar”, ele inconscientemente deu permissão a seu
filho gay para também dizer: “Eu não posso mudar”.
A melhor maneira de ajudar seu filho ou filha sair do homossexualismo
é conhecer os argumentos que permitem a homossexualismo e ser
capaz de responder a eles biblicamente, racionalmente com amor.

Página | 90
Se seu amigo diz: "Eu sou gay" 10. Comunicar amor fisicamente; não apenas verbalmente - Refazer de
seu amigo exacerba o problema. Por quê? Um componente da
homossexualidade é a incapacidade de desenvolver amizades apropriadas
Se um amigo confidencia: "Sou gay", isso pode precipitar uma avalanche de
entre pessoas do mesmo sexo. Coloque uma mão firme no ombro do seu
emoções. Suas respostas iniciais e subsequentes realizarão uma de duas coisas - amigo; dê-lhe um abraço de urso.
distancie o amigo de você ou atraia o amigo para você.
Como já disse repetidamente, quando vejo Cristo cara a cara, não vou estender a
Aqui estão cinco sugestões: mão à moda dos negócios e dizer: "Prazer em conhecê-lo".

11. Cultive uma "política de porta aberta" versus uma "mentalidade de


7. Expresse tristeza com, não raiva para com seu amigo - "Fique bravo e não fechamento de caso" - Se você se comunicar, "eu recuso qualquer
peque", diz Efésios 4:26. O pesar e a raiva são naturais; onde muitas vezes discussão a mais sobre o assunto", você está essencialmente dizendo: "Eu
precisamos de ajuda é saber quando expressar cada um. O luto geralmente é não quero ouvir sobre sua dor e confusão."
expresso sozinho, enquanto a raiva é frequentemente expressa diretamente no
12. Compre bons livros sobre o assunto e leia. Embora tentado a dar a seu
amigo gay. Eu sugiro que você mude isso.
amigo, não a menos que você obtenha a permissão dele.

8. Aflija-se com seu amigo. "Chorai com os que choram", aconselha Romanos Os homossexuais, compreensivelmente, ressentem-se de ter livros jogados
12:15. Deixe seu amigo saber que você se machucou com ele, não por causa neles. Se o amigo pedir para você ler algo que apoie a homossexualidade, faça; isso
dele. Expresse raiva em relação ao engano na homossexualidade. Lembre-se, na não vai te machucar. Que melhor maneira de aprender sobre os argumentos que
maioria dos casos, seu amigo tem lutado sozinho por mais tempo do que você apoiam a homossexualidade e para poder responder biblicamente e com
sabe sobre isso. compaixão? A leitura da literatura de seu amigo comunica a seriedade e o tornará
mais receptivo à leitura de literatura que você recomenda.

9. Mostre encorajamento, não embaraço – o embaraço frustra o processo de Sua amizade é uma rua de mão dupla; crie uma atmosfera onde seu amigo possa
cura. Uma preocupação com "o que as pessoas vão dizer" deve ser irrelevante. lhe dizer qualquer coisa e você nunca pisque os olhos - a menos que seja um
momento em que você e seu amigo estão chorando juntos.
Se for difícil discutir a questão, lembre-se do conselho de Richard Lovelace em
seu livro Homossexualidade e a Igreja: "Pessoas que são compulsivamente Enfatize tornar-se discípulo de Cristo versus "como não ser gay" - Recuse a
tentação de tentar converter seu amigo homossexual em
inquietas, amedrontadas ou cheias de ódio quando se relacionam com pessoas
heterossexualidade. "Tudo que você precisa fazer é casar, se estabelecer e tudo vai
envolvidas em pecado sexual... precisam de um trabalho de liberação do Espírito dar certo" é um conselho desastroso. A heterossexualidade NÃO é o objetivo -
Santo, libertando as suas próprias naturezas sexuais, construindo neles uma tornar-se mais semelhante a Jesus! À medida que o discipulado ocorre, as atrações
sensação de segurança que lhes permitirá expressar o amor cristão enquanto se do mesmo sexo diminuem e, em muitos casos, mas não todas, as atrações do sexo
mantém firme contra a impureza”. oposto emergem.

Página | 91
Lidando com a homossexualidade em sua pregação. Enquanto os sermões sobre a sexualidade humana bíblica forem um tabu, o tema
do sermão em muitas igrejas gira em torno de questões tão incoerentes como “O
O teólogo Albert Mohler escreve a respeito da homossexualidade: “Os cristãos inferno é húmido?”
evangélicos devem se fazer algumas perguntas muito difíceis, mas o mais difícil
pode ser este: por que é que temos sido tão ineficazes em alcançar pessoas John Piper escreve: “O coração humano é uma fábrica incessante de desejos
aprisionadas neste padrão particular de pecado?” sensuais.” Ele está correto, e também Mohler escreve: “O fato trágico é que toda
congregação é quase certa de incluir pessoas que lutam contra o desejo homossexual
Em uma tira de quadrinhos do Peanuts, Lucy fala para Linus: “Eu finalmente ou até mesmo envolvido em atos homossexuais”.
descobri como provar para todos que minha religião está certa.” Linus pergunta:
“Como você faz isso?” “É simples”, diz Lucy, “eu bati neles na cabeça com minha Não posso começar a contar sobre o número de pais que ouvem nossas
lancheira”! observações acaloradas sobre a homossexualidade e sofrem silenciosamente com
um filho ou filha que é apanhado na armadilha da homossexualidade. Uma dessas
Embora eu não tenha conhecimento de nenhum pregador que tenha recorrido a mães me disse que ouvir as observações imprudentes de seu pastor era como ser
essa forma de “evangelismo”, estou ciente de medidas contra-intuitivas e cutucada no estômago com uma faca de açougueiro. Seria muito raro um pai
contraproducentes que empregamos em nossa pregação sobre essa questão. Este revelar sua dor a tal pastor.
artigo destina-se a identificar, esclarecer e retificar essas medidas inadequadas e
Ao abordar a homossexualidade, examine suas motivações e objetivos.
recomendar medidas alternativas que levem os homossexuais a Cristo, em vez de,
inadvertidamente, afastá-los. Digamos que você esteja falando com um salão de convenções cheio de
homossexuais; eles não foram encurralados, mas se ofereceram para
Você pode perguntar: “onde devo ir para ganhar uma audiência com o participar. Eles desejam sinceramente saber que conselho bíblico você pode
homossexual?” A verdade é que você está pregando para homossexuais; eles oferecer. Precisamente o que você vai dizer a eles?
estão entre seus visitantes e sim, seus membros. Alguns constituem seu coro,
presbíteros e diáconos. Eles são homens e mulheres, casados e solteiros, Antes de responder, examine suas motivações e objetivos. O que motiva você a se
adolescentes e adultos idosos. Surpreendentemente, eles são discretos. Mas você dirigir a essas pessoas? (São pessoas antes de serem homossexuais!) O que você
deveria saber que eles estão lá. Embora alguns estejam “satisfeitos” com sua quer que aconteça na vida dessas pessoas?
homossexualidade, a grande maioria não é. Esta maioria não vive um estilo de
vida gay. Eles não marcham em desfiles gays ou lutam por “direitos” sociais. Eles  Você vai dizer a eles que precisam converter-se à heterossexualidade?
se machucam! Eles machucam profundamente! Eles querem liberdade das  Você vai recomendar que eles se envolvam com pessoas do sexo oposto?
atrações do mesmo sexo e querem ouvir uma palavra sua que vai além da
condenação. Muitos cristãos vendem a heterossexualidade como se fosse "outro
evangelho". (Veja Gálatas 1: 6)
Durante uma ministração eu preguei um sermão, “Tackling Sexual Temptation”,
(Enfrentando a Tentação Sexual) Um mês depois, durante uma reunião do comitê
pessoal, um membro disse: “Esse sermão foi impróprio para nossa congregação”.
Respondi que havia mais pedidos para esse sermão do que qualquer outro
sermão que eu pregasse naquela igreja. O que eu não pude recitar para a Joe Dallas escreve: “Muitas vezes as pessoas perguntam: 'Como você testemunha um
comissão foi uma lista de membros que lutavam com tais desejos carnais. Eu gay? A questão em si mostra certo mal-entendido. Por que testemunhar para os gays
havia aconselhado um homem gay e duas lésbicas, um homem solteiro e um é diferente de testemunhar para qualquer outra pessoa? Sua homossexualidade não é
homem casado viciado em pornografia. Outro homem solteiro frequentava uma nossa principal preocupação. O estado de suas almas é.”
prostituta semanalmente. Eu batizava uma senhora que costumava dançar de
topless e que acabou se tornando o objeto de flerte de um membro mais antigo e
estabelecido.
Página | 92
Ao abordar a homossexualidade, pregue todo o conselho de Deus. Depois de abordar a homossexualidade, espere resistência.

Com isso quero dizer ao seu povo: “a verdade, toda a verdade e nada mais que a Percebo que os pastores podem temer as repercussões da abordagem da
verdade”. homossexualidade, mas lembre-se de que você é um arauto do evangelho; você foi
chamado para “pregar a Palavra” e como alguém disse, “você foi comprado por um
Mohler escreve: “Fora dos muros da igreja, os homossexuais estão esperando para preço e o que você quer fazer com sua vida é irrelevante”. Phillips Brooks escreveu:
ver se a igreja cristã tem mais alguma coisa a dizer depois que declaramos que a “Se você é facilmente influenciado pelas opiniões dos homens faça tudo menos
homossexualidade é um pecado”. pregar”.

Se você ainda não sabe, saiba agora que, embora eu tenha vergonha de minha Alguns membros querem que você repita esse refrão cansado: “Deus fez Adão e
homossexualidade passada, eu não me envergonho do evangelho de Jesus Eva, não Adão e Ivo.” Recuse-se a fazê-lo! Tais comentários são incompatíveis ao
Cristo. Eu pessoalmente não tive liberdade do homossexualismo lendo e relendo evangelho.
o relato de Sodoma e Gomorra, Levítico 18 e 20, Romanos 1 ou 1 Coríntios 6 -
passagens clássicas que condenam a homossexualidade. Sim, elas me Tome coragem de Joe Dallas, que escreve: “Nossa resposta deve mostrar interesse e
impressionaram que essa forma de atividade sexual é pecado, mas eu já tinha preocupação, duas qualidades que a igreja raramente demonstrou ao lidar com a
certeza disso. Falar essas passagens repetidas vezes em sua pregação pode homossexualidade”.
fornecer um diagnóstico, mas elas não fornecem necessariamente um
prognóstico. Você pode sentir resistência dentro de si mesmo. “Eu realmente preciso abordar
a homossexualidade”? “Fazer isso pode perturbar a aplicação eclesiástica e
Como você expor a Palavra de Deus ao lidar com a homossexualidade? prejudicar a igreja.” evangelizador, leve-se a sério, mas não muito a sério. Ouça
estas palavras que meu irmão cristão Gary Chapman me disse anos atrás, “a
1. Pregue com amor, respeito - A primeira regra para evangelizar os melhor evidência de que a Igreja é uma instituição divina é que ela sobreviveu a seus
homossexuais é que você os ama. “Devemos amar os homossexuais mais pregadores”.
do que eles amam a homossexualidade”.
O Pregador presbiteriano, Peter Marshall disse: “Há aspectos do evangelho que são
O pregador episcopal Phillips Brooks escreveu: “O próximo elemento do intrigantes e difíceis de entender. Mas nossos problemas não estão centrados em
poder de um pregador é o respeito genuíno pelas pessoas a quem ele coisas que não entendemos, mas nas coisas que entendemos. Afinal de contas, isso é
prega”. Se você fala do homossexual com desprezo, nojo e ódio, você não apenas uma ilustração do fato de que nosso problema não é tanto que não sabemos o
o ganhará para Cristo. que devemos fazer. Nós sabemos perfeitamente bem, mas não queremos fazê-lo”.

Warren Wiersbe escreve: “Os pecadores perdidos vieram a Jesus, não


porque Ele lhes servisse ou comprometesse sua mensagem, mas porque Ele
cuidou deles”. Não repita essa frase: “Deus fez Adão e Eva, não Adão e Ivo.”! Tais
comentários são incompatíveis ao evangelho.
2. Pregue sobre as relações saudáveis entre pessoas do mesmo sexo
reveladas nas Escrituras - Davi e Jônatas, Paulo e Timóteo e Jesus e João,
o Apóstolo Amado, para citar alguns.

Página | 93
Como evangelizar homossexuais?! 5ª) Não se precipite: Geralmente quando estas pessoas aceitam a Cristo, logo
querem que fale grosso, deixe seus trejeitos, providenciam uma namorada para ele,
Para responder essa questão usaremos as respostas do missionário Júlio Cesar,
não é mesmo? Isso não funciona. Esta pessoa lutará para sempre com este pecado.
da AMME evangelizar.
Caso ela não queira casar-se, qual o problema? O grande problema é se ela não
Assim diz Júlio: Todas as vezes que me fazem esta pergunta “Como evangelizar quiser mudar de atitudes, não viver em santidade; e santidade é um processo, ou
homossexuais?”, respondo sempre da mesma maneira. Existem muitíssimas você deixou de mentir automaticamente, ou deixou de olhar para a mulher dos
dúvidas quanto à evangelização desse público. Queremos proporcionar meios outros num passe de mágica? Não será você que vai convencê-la do seu pecado,
para que você seja bem-sucedido na abordagem com os homossexuais; você verá mas o Espírito Santo.
que é mais simples do que imagina. Sempre quando pensamos em homossexuais,
logo vem em nossa mente dificuldades, ou seja, “deve existir um método As conquistas do movimento LGBT
para abordar estas pessoas”. Segue abaixo algumas dicas:
Homossexualidade ao invés de homossexualismo
1ª) Olhe para estas pessoas com os olhos de Cristo: elas são como ovelhas
sem pastores, são seres humanos como nós, não são ETs. Não olhe para elas com Em 1973, os Estados Unidos retiraram “homossexualismo” da
ar de reprovação, mas de amor e misericórdia. listados distúrbios mentais da American Psychology Association,
passando a ser usado o termo Homossexualidade.
2ª) Não seja preconceituoso: Jesus nunca se importou com o que a pessoa era
Em nove de fevereiro de 1985, o Conselho Federal de Medicina aprovou a
ou deixava de ser, assim como a mulher samaritana, a prostituta, e outros, mas a retirada, no Brasil, da homossexualidade do código 302.0, referente aos desvios e
sua preocupação sempre foi ajudar esta pessoa num todo. transtornos sexuais, da Classifcação Internacional de Doenças.

3ª) Não aponte o seu pecado de Homossexualismo de imediato: Em Em 17 de maio de 1990, a Assembleia Mundial da Saúde aprovou a retirada do
código 302.0 da Classifcação Internacional de Doenças da Organização
momento algum mencione o pecado que está em evidência. A pergunta é a
Mundial da Saúde. A nova classificação entrou em vigor entre os países membro
seguinte: Será que o pecado desta pessoa é somente o ser homossexual? Claro das Nações Unidas a partir de 1º de janeiro de 1993.
que não. Ela mente, trai, suborna, fala mal dos outros, ira-se com facilidade. Será
que você se identificou com alguns destes pecados? Resumindo: Você não é Em 1999, o Conselho Federal de Psicologia formulou a Resolução
melhor do que ela. Não coloque-se na posição de juiz, mas de conselheiro. 001/99, considerando que “a homossexualidade não constitui doença,
nem distúrbio e nem perversão”, que “há, na sociedade, uma inquietação
4ª) Trate esta pessoa como ser humano: Esta pessoa não somente precisa sair em torno das práticas sexuais desviantes da norma estabelecida sócio-
culturalmente” (qual seja, a heterossexualidade), e, especialmente, que “a
desta vida como também precisa de uma nova vida. Ela precisa ser novamente
Psicologia pode e deve contribuir com seu conhecimento para o
inserida no contexto social, precisa de cura da alma, traumas, de médicos, esclarecimento sobre as questões da sexualidade, permitindo a superação
remédios, comida, trabalho, escola, enfim, “o evangelho todo para o homem de preconceitos e discriminações”. Assim, tanto no Brasil como em outros
todo”. Explicar que nunca perdeu o seu valor para Deus. Jesus veio para os países, cientificamente, homossexualidade não é considerada doença.
doentes e não para os sãos, pois os sãos não precisam de remédio, mas os
doentes. Por isso, o sufixo “ismo” (terminologia referente à “doença”) foi
substituído por “dade” (que remete a “modo de ser”).

Página | 94
AS ORIENTAÇÕES SEXUAIS E AS IDENTIDADES TRANSGÊNEROS Homofobia
A homofobia pode ser definida como o medo, a aversão, ou o ódio irracional aos
A orientação sexual de uma pessoa indica por quais gêneros ela sente-se atraída. homossexuais, e, por extensão, a todos os que manifestem orientação sexual ou
Ela pode ser: identidade de gênero diferente dos padrões heteronormativos. Consiste em um
problema social e político dos mais graves, mas que varia de intensidade e
Heterossexual - (atração pelo gênero oposto). frequência, de sociedade para sociedade. Esse conceito ganhou o domínio
Homossexual - (atração pelo mesmo gênero). público, no ativismo, na academia e também na mídia, ainda que seja pouco
Bissexual - (atração por mais de um gênero ou por dois gêneros). preciso para descrever o largo espectro de fenômenos aos quais se refere.
Pansexual - (atração por todos os gêneros).
Assexual - (nenhuma - ou raros momentos de atração sexual). Na maior parte das vezes, os fenômenos da intolerância, do preconceito e da
Lésbica – (Mulher que é atraída sexualmente por pessoas do mesmo sexo.) discriminação em relação a gays, lésbicas (lesbofobia) e transgêneros
(transfobia) devem ser tratados não com terapia e antidepressivos, como no
Os transgênicos são pessoas que julgam ter uma identidade de gênero, ou caso das demais fobias, mas sim com a punição legal e a educação. A homofobia
expressão de gênero diferente de seu sexo atribuído por Deus. Essa identidade também é responsável pelo preconceito e pela discriminação, por exemplo, no
pode ser: local de trabalho, na escola, na igreja, na rua, no posto de saúde e na falta de
políticas públicas afirmativas que contemplem a comunidade. A homofobia
Bigênero: é uma identidade de gênero que inclui qualquer das duas identidades também pode ser manifestada de inúmeras formas pela própria mídia.
de gênero e comportamentos, possivelmente dependendo do contexto.
Drag Queen: são homens gays performáticos que se travestem, fantasiando-se COMO AS RELIGIÕES ENCARAM A HOMOSSEXUALIDADE
comicamente com o intuito profissional artístico. Cristianismo: Em geral, condenam a homossexualidade. Mas há alguns grupos que
Drag king: é uma mulher que se veste com roupas masculinas para fins de tendem ao respeito e pregam a tolerância, como a igreja anglicana e alguns grupos
trabalho. presbiterianos. Apesar da linha dura mantida pela maioria das igrejas, há um
T-Lover: Refere-se a pessoas que sentem atração por travestis. Em geral, essas expressivo número de homossexuais praticantes, até mesmo ocupando cargos
eclesiásticos.
pessoas assumem a identidade heterossexual ou bissexual.
Judaísmo: Considera como antinatural. Adota a norma de “aceitar o pecador, mas
não o seu pecado”. Judeus LGBT formam os grupos mais mobilizados de
Transexual: Pessoa que possui uma identidade de gênero diferente do sexo homossexuais religiosos.
designado no nascimento. Homens e mulheres transexuais podem manifestar o Kardecismo: Aceita a homossexualidade como resultado de conflitos cárdicos, mas
desejo de se submeterem a intervenções médico-cirúrgicas para realizarem a incentiva o Celibato.
adequação dos seus atributos físicos de nascença (inclusive genitais) a sua Budismo: A homossexualidade não é questão de interesse religioso, mas de cunho
identidade de gênero constituída. pessoal. A vida sexual de seus participantes não é considerada determinante para a
vida religiosa. O homossexual como qualquer outro membro, deve agir com
Travesti: Pessoa que nasce do sexo masculino ou feminino, mas que tem sua responsabilidade, respeito e a sabedoria.
identidade de gênero oposta ao seu sexo biológico, assumindo papéis de gênero Hinduísmo: Aceita a homossexualidade como questão de fundo moral. A mitologia
diferentes daquele imposto pela sociedade. Muitos travestis modificam seus hindu narra histórias de relacionamentos entre criaturas do mesmo sexo. No
corpos por meio de hormonioterapias, aplicações de silicone e/ou cirurgias Ocidente, parece integrar bem os homossexuais aos seus rituais. Contudo, o quadro
pode ser diferente em determinados países orientais com culturas mais
plásticas.
fundamentalistas.
Islamismo: Condena abertamente a homossexualidade e o homossexual.
Homossexuais ou mesmo atos homossexuais esporádicos são punidos severamente,
inclusive com a pena de morte em sete desses países.

Página | 95
AS 95 TESES DE MARTIN LUTÉRO
1ª Tese Dizendo nosso Senhor e Mestre Jesus 9ª Tese Eis porque o Espírito Santo nos faz bem 17ª Tese Parece que assim como no purgatório
Cristo: Arrependei-vos...., certamente mediante o papa, excluído este de todos diminuem a angústia e o espanto das
quer que toda a vida dos seus crentes os seus decretos ou direitos o artigo da almas, nelas também deve crescer e
na terra seja contínuo arrependimento. morte e da necessidade suprema aumentar o amor.
2ª Tese E esta expressão não pode e não deve 10ª Tese Procedem desajuizadamente e mal os 18ª Tese Bem assim parece não ter sido provado,
ser interpretada como referindo-se ao sacerdotes que reservam e impõem aos nem por boas ações e nem pela
sacramento da penitência, isto é, à moribundos poenitentias canonicas ou Escritura, que as almas no purgatório
confissão e satisfação, a cargo do ofício penitências para o purgatório a fim de se encontram fora da possibilidade do
dos sacerdotes. ali serem cumpridas. mérito ou do crescimento no amor.
3ª Tese Todavia não quer que apenas se 11ª Tese Este joio, que é o de se transformar a 19ª Tese Ainda parece não ter sido provado que
entenda o arrependimento interno; o penitência e satisfação, Previstas pelos todas as almas do purgatório tenham
arrependimento interno nem mesmo é cânones ou estatutos, em penitência ou certeza de sua salvação e não receiem
arrependimento quando não produz penas do purgatório, foi semeado por ela, não obstante nós termos
toda sorte de modificações da carne. quando os bispos se achavam absoluta certeza disto.
4ª Tese Assim sendo, o arrependimento e o dormindo. 20ª Tese Por isso o papa não quer dizer e nem
pesar, isto é, a verdadeira penitência, 12ª Tese Outrora canonicae poenae, ou sejam compreende com as palavras “perdão
perdura enquanto o homem se penitência e satisfação por pecadores plenário de todas as penas” que todo o
desagradar de si mesmo, a saber, até a cometidos eram impostos, não depois, tormento é perdoado, mas as penas por
entrada desta para a vida eterna. mas antes da absolvição, com a ele impostas.
5ª Tese O papa não quer e não pode dispensar finalidade de provar a sinceridade do 21ª Tese Eis porque erram os apregoadores de
outras penas, além das que impôs ao arrependimento e do pesar. indulgências ao afirmarem ser o
seu alvitre ou em acordo com os 13ª Tese Os moribundos tudo satisfazem com a homem perdoado de todas as penas e
cânones, que são estatutos papais. sua morte e estão mortos para o direito salvo mediante a indulgência do papa.
6ª Tese O papa não pode perdoar divida senão canônico, sendo, portanto, dispensados, 22ª Tese Pensa, com efeito, o papa nenhuma
declarar e confirmar aquilo que Já foi com justiça, de sua imposição. pena dispensa às almas no purgatório
perdoado por Deus; ou então faz nos 14ª Tese Piedade ou amor Imperfeito da parte das que segundo os cânones da Igreja
casos que lhe foram reservados. Nestes daquele que se acha às portas da morte deviam ter expiado e pago na presente
casos, se desprezados, a dívida deixaria necessariamente resultam em grande vida.
de ser em absoluto anulada ou temor; logo, quanto menor o amor, 23ª Tese Verdade é que se houver qualquer
perdoada. tanto maior o temor. perdão plenário das penas, este apenas
7ª Tese Deus a ninguém perdoa a dívida sem 15ª Tese Este temor e espanto em si tão só, sem será dado aos mais perfeitos, que são
que ao mesmo tempo o subordine, em falar de outras cousas, bastam para muito poucos.
sincera humildade, ao sacerdote, seu causar o tormento e o horror do 24ª Tese Assim sendo, a maioria do povo é
vigário. purgatório, pois que se avizinham da ludibriada com as pomposas promessas
8ª Tese Canones poenitendiales, que não as angústia do desespero. do indistinto perdão, impressionando-
ordenanças de prescrição da maneira 16ª Tese Inferno, purgatório e céu parecem ser se o homem singelo com as penas
em que se deve confessar e expiar, tão diferentes quanto o são um do pagas.
apenas aio Impostas aos vivos, e, de outro o desespero completo, 25ª Tese Exatamente o mesmo poder geral, que
acordo com as mesmas ordenanças, incompleto ou quase desespero e o papa tem sobre o purgatório,
não dizem respeito aos moribundos. certeza. qualquer bispo e cura d'almas o tem no

Página | 96
seu bispado e na sua paróquia, quer de 34ª Tese Tanto assim que a graça da indulgência pensamento e opinião do papa que a
modo especial e quer para com os seus apenas se refere à pena satisfatória aquisição de indulgência de alguma
em particular. estipulada por homens. maneira possa ser comparada com
26ª Tese O papa faz muito bem em não conceder 35ª Tese Ensinam de maneira ímpia quantos qualquer obra de caridade.
às almas o perdão em virtude do poder alegam que aqueles que querem livrar 43ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos proceder
das chaves (ao qual não possui), mas almas do purgatório ou adquirir breves melhor quem dá aos pobres ou
pela ajuda ou em forma de intercessão. de confissão não necessitam de empresta aos necessitados do que os
27ª Tese Pregam futilidades humanas quantos arrependimento e pesar. que compram indulgências.
alegam que no momento em que a 36ª Tese Todo e qualquer cristão que se 44ª Tese Ê que pela obra de caridade cresce o
moeda soa ao cair na caixa a alma se vai arrepende verdadeiramente dos seus amor ao próximo e o homem torna-se
do purgatório. pecados, sente pesar por ter pecado, mais piedoso; pelas indulgências,
28ª Tese Certo é que no momento em que a tem pleno perdão da pena e da dívida, porém, não se torna melhor senão mais
moeda soa na caixa vêm o lucro e o perdão esse que lhe pertence mesmo seguro e livre da pena.
amor ao dinheiro cresce e aumenta; a sem breve de indulgência. 45ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos que aquele
ajuda, porém, ou a intercessão da Igreja 37ª Tese Todo e qualquer cristão verdadeiro, que vê seu próximo padecer
tão só corresponde à vontade e ao vivo ou morto, é participante de todos necessidade e a despeito disto gasta
agrado de Deus. os bens de Cristo e da Igreja, dádiva de dinheiro com indulgências, não adquire
29ª Tese E quem sabe, se todas as almas do Deus, mesmo sem breve de indulgência. indulgências do papa. Mas provoca a ira
purgatório querem ser libertadas, 38ª Tese Entretanto se não deve desprezar o de Deus.
quando há quem diga o que sucedeu perdão e a distribuição por parte do 46ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos que, se
com Santo Severino e Pascoal. papa. Pois, conforme declarei, o seu não tiverem fartura, fiquem com o
30ª Tese Ninguém tem certeza da suficiência do perdão constitui uma declaração do necessário para a casa e de maneira
seu arrependimento e pesar perdão divino. nenhuma o esbanjem com indulgências.
verdadeiros; muito menos certeza pode 39ª Tese É extremamente difícil, mesmo para os 47ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos, ser a
ter de haver alcançado pleno perdão mais doutos teólogos, exaltar diante do compra de indulgências livre e não
dos seus pecados. povo ao mesmo tempo a grande ordenada
31ª Tese Tão raro como existe alguém que riqueza da indulgência e ao contrário o 48ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos que, se o
possui arrependimento e, pesar verdadeiro arrependimento e pesar. papa precisa conceder mais
verdadeiros, tão raro também é aquele 40ª Tese O verdadeiro arrependimento e pesar indulgências, mais necessita de uma
que verdadeiramente alcança buscam e amam o castigo: mas a oração fervorosa do que de dinheiro.
indulgência, sendo bem poucos os que profusão da indulgência livra das penas 49ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos, serem
se encontram. e faz com que se as aborreça, pelo muito boas as indulgências do papa
32ª Tese Irão para o diabo juntamente com os menos quando há oportunidade para enquanto o homem não confiar nelas;
seus mestres aqueles que julgam obter isso. mas muito prejudiciais quando, em
certeza de sua salvação mediante 41ª Tese É necessário pregar cautelosamente conseqüência delas, se perde o temor
breves de indulgência. sobre a indulgência papal para que o de Deus.
homem singelo não julgue 50ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos que,
33ª Tese Há que acautelasse muito e ter cuidado erroneamente ser a indulgência se o papa tivesse conhecimento da
daqueles que dizem: A indulgência do preferível às demais obras de caridade traficância dos apregoadores de
papa é a mais sublime e mais preciosa ou melhor do que elas. indulgências, preferiria ver a catedral
graça ou dádiva de Deus, pela qual o 42ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos, não ser de São Pedro ser reduzida a cinzas a ser
homem é reconciliado com Deus.
Página | 97
edificada com a pele, a carne e os ossos sempre são eficientes e, indulgências apostólicas com toda a
de suas ovelhas. independentemente do papa, operam reverência-
51ª Tese Deve-se ensinar aos cristãos que o salvação do homem interior e a cruz, a 70ª Tese Entretanto têm muito maior dever de
papa, por dever seu, preferiria morte e o inferno para o homem conservar abertos olhos e ouvidos, para
distribuir o seu dinheiro aos que em exterior. que estes comissários, em vez de
geral são despojados do dinheiro pelos 59ª Tese São Lourenço aos pobres chamava cumprirem as ordens recebidas do
apregoadores de indulgências, tesouros da Igreja, mas no sentido em papa, não preguem os seus próprios
vendendo, se necessário fosse, a que a palavra era usada na sua época. sonhos.
própria catedral de São Pedro. 60ª Tese Afirmamos com boa razão, sem 71ª Tese Aquele, porém, que se insurgir contra
52º Tese Comete-se injustiça contra a Palavra de temeridade ou leviandade, que estes as palavras insolentes e arrogantes dos
Deus quando, no mesmo sermão, se tesouros são as chaves da Igreja, a ela apregoadores de indulgências, seja
consagra tanto ou mais tempo à dado pelo merecimento de Cristo. abençoado.
indulgência do que à pregação da 61ª Tese Evidente é que para o perdão de penas 72ª Tese Quem levanta a sua voz contra a
Palavra do Senhor. e para a absolvição em determinados verdade das indulgências papais é
53ª Tese São inimigos de Cristo e do papa casos o poder do papa por si só basta. excomungado e maldito.
quantos por causa da prédica de 62ª Tese O verdadeiro tesouro da Igreja é o 73ª Tese Da mesma maneira em que o papa usa
indulgências proíbem a Palavra de santíssimo Evangelho da glória e da de justiça ao fulminar com a
Deus nas demais igrejas. graça de Deus. excomunhão aos que em prejuízo do
54ª Tese Esperar ser salvo mediante breves de 63ª Tese Este tesouro, porém, é muito comércio de indulgências procedem
indulgência é vaidade e mentira, desprezado e odiado, porquanto faz astuciosamente.
mesmo se o comissário de indulgências, com que os primeiros sejam os últimos. 74ª Tese Muito mais deseja atingir com o
mesmo se o próprio papa oferecesse 64ª Tese Enquanto isso o tesouro das desfavor e a excomunhão àqueles que,
sua alma como garantia. indulgências é sabiamente o mais sob o pretexto de indulgência,
55ª Tese A intenção do papa não pode ser outra apreciado, porquanto faz com que os prejudiquem a santa caridade e a
do que celebrar a indulgência, que é a últimos sejam os primeiros. verdade pela sua maneira de agir.
causa menor, com um sino, uma pompa 65ª Tese Por essa razão os tesouros evangélicos 75ª Tese Considerar as indulgências do papa tão
e uma cerimônia, enquanto o outrora foram as redes com que se poderosas, a ponto de poderem
Evangelho, que é o essencial, importa apanhavam os ricos e abastados. absolver alguém dos pecados, mesmo
ser anunciadas mediante cem sinos, 66ª Tese Os tesouros das indulgências, porém, que (cousa impossível) tivesse
centenas de pompas e solenidades. são as redes com que hoje se apanham desonrado a mãe de Deus, significa ser
56ª Tese Os tesouros da Igreja, dos quais o papa as riquezas dos homens. demente.
tira e distribui as indulgências, não são 67ª Tese As indulgências apregoadas pelos seus 78 ª TeseBem ao contrário, afirmamos que a
bastante mencionados e nem vendedores como a mais sublime graça indulgência do papa nem mesmo o
suficientemente conhecido na Igreja de decerto assim são consideradas porque menor pecado venial pode anular o que
Cristo. lhes trazem grandes proventos. diz respeito à culpa que constitui.
57ª Tese Que não são bens temporais, é 68ª Tese Nem por isso semelhante indigência 77ª Tese Dizer que mesmo São Pedro, se agora
evidente, porquanto muitos pregadores não deixa de ser a mais Intima graça fosse papa, não poderia dispensar
a estes não distribuem com facilidade, comparada com a graça de Deus e a maior indulgência, significa blasfemar
antes os ajuntam. piedade da cruz. S. Pedro e o papa.
58ª Tese Tão pouco são os merecimentos de 69ª Tese Os bispos e os sacerdotes são obrigados 78ª Tese Em contrario dizemos que o atual papa,
Cristo e dos santos, porquanto estes a receber os comissários das e todos os que o sucederam, é detentor

Página | 98
de muito maior indulgência, isto é, o continuar a rezar pelos já resgatados? 90ª Tese Refutar estes argumentos sagazes dos
Evangelho, as virtudes o dom de curar, 84ª Tese Ainda: Que nova piedade de Deus e dó leigos pelo uso da força e não mediante
etc., de acordo com o que diz 1Coríntios papa é esta, que permite a um ímpio e argumentos da lógica, significa
12. inimigo resgatar uma alma piedosa e entregar a Igreja e o papa a zombaria
79ª Tese Afirmar ter a cruz de indulgências agradável a Deus por amor ao dinheiro dos inimigos e desgraçar os cristãos.
adornada com as armas do papa e e não resgatar esta mesma alma 91ª Tese Se a Indulgência fosse apregoada
colocada na igreja tanto valor como a piedosa e querida de sua grande segundo o espírito e sentido do papa,
própria cruz de Cristo, é blasfêmia. necessidade por livre amor e sem paga? aqueles receios seriam facilmente
80ª Tese Os bispos, padres e teólogos que 85ª Tese Ainda: Por que os cânones de desfeitos, nem mesmo teriam surgido.
consentem em semelhante linguagem penitencia, que, de fato, faz muito 92ª Tese Fora, pois, com todos estes profetas
diante do povo, terão de prestar contas caducaram e morreram pelo desuso, que dizem ao povo de Cristo: Paz! Paz!
deste procedimento. tornam a ser resgatados mediante e não há Paz.
81ª Tese Semelhante pregação, a enaltecer dinheiro em forma de indulgência como 93ª Tese Abençoados sejam, porém, todos os
atrevida e insolentemente a se continuassem bem vivos e em vigor? profetas que dizem à grei de Cristo:
Indulgência, faz com que mesmo a 86ª Tese Ainda: Por que o papa, cuja fortuna Cruz! Cruz! e não há cruz.
homens doutos é difícil proteger a hoje é mais principesca do que a de 94ª Tese Admoestem-se os cristãos a que se
devida reverência ao papa contra a qualquer Credo, não prefere edificar a empenhem em seguir sua Cabeça Cristo
maledicência e as fortes objeções dos catedral de S. Pedro de seu próprio através do padecimento, morte e
leigos. bolso em vez de o fazer com o dinheiro inferno.
82 ª TeseEis um exemplo: Por que o papa não de fiéis pobres? 95ª Tese E assim esperem mais entrar no Reino
tira duma só vez todas as almas do 87ª Tese Ainda: Quê ou que parte concede o dos céus através de muitas tribulações
purgatório, movido por santíssima' papa do dinheiro proveniente de do que facilitados diante de
caridade e em face da mais premente indulgências aos que pela penitência consolações infundadas.
necessidade das almas, que seria completa assiste o direito à indulgência
justíssimo motivo para tanto, quando plenária?
em troca de vil dinheiro para a 88ª Tese Afinal: Que maior bem poderia receber
construção da catedral de S. Pedro, a Igreja, se o papa, como Já O faz, cem
livra um sem número de almas, logo vezes ao dia, concedesse a cada fiel
por motivo bastante Insignificante? semelhante dispensa e participação da
83ª Tese Outrossim: Por que continuam as indulgência a título gratuito.
exéquias e missas de ano em sufrágio 89ª Tese Visto o papa visar mais a salvação das
das almas dos defuntos e não se almas do que o dinheiro, por que ele
devolve o dinheiro recebido para o revoga os breves de indulgências
mesmo fim ou não se permite os outrora por ele concedidos, aos quais
doadores busquem de novo os atribuía às mesmas virtudes?
benefícios ou pretendas oferecidos em
favor dos mortos, visto' ser Injusto
Conclusão. Amado irmão e irmã, fico muito feliz em poder contribuir com este manual do evangelizador, pois o mesmo irá lhe auxiliar na realização da maior
tarefa que um ser humano pode se ocupar na terra, a tarefa de ganhar almas para Cristo. Provérbios 11:30 – “O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha
almas sábio é.” Louvo muito ao meu Deus por você ter aceitado fazer parte do grupo dos 70 do projeto igreja em minha casa, e ter disponibilizado-me sua atenção
nos treinamentos pós ebd.
Vamos ora – investir e agir, pois o Senhor está conosco. “Então, os discípulos saíram e pregaram por toda parte; e o Senhor cooperava com eles, confirmando-lhes
Página | 99
a Palavra com os sinais que a acompanhavam.” (Marcos 6:20).
A graça do Senhor Jesus Cristo esteja com o vosso espírito. Amém!

[Assunto]!
Evangelização básica/ Christian A. Schwarz https://christiananswers.net/evangelism/beliefs/hom
Evangélicos em crise/Paulo romeiro osexuals.html
Expansão pentecostal no Brasil. https://forcapolicial.wordpress.com/tatuagem-de-
Festas populares e suas origens (S. V. Milton) cadeia/
Homossexualidade-Uma analise Biblica - Brian https://gesetrabalhoempresidios.blogspot.com.br/20
Schwertley 12/07/gostaria-de-evangelizar-presidios.html
http://biblia.com.br/perguntas-biblicas/deus/os- https://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao
nomes-de-deus-e-seus-significados/ https://paodiario.org/2010/07/26/pode-o-crente-
http://biblia.com.br/perguntas- ficar-possesso-por-demonios/
biblicas/homossexualismo/como-entender-e-ajudar- https://pt.wikipedia.org/wiki/Pentecostalismo
o-homossexualcd/ https://semadeg.wordpress.com/2011/05/18/semad
http://escoladominical.assembleia.org.br/licao-11-o- eg-a-grande-missao-de-evangelizar-os-presidios/
juizo-final/ https://wit.irr.org/pt-br/os-quatro-perigos-das-
http://operamundi.uol.com.br/dialogosdosul/neopen testemunhas-de-jeova
tecostais-origem-ascensao-e-tendencia- https://www.facebook.com/PalavraDefesaFe/posts/8
BIOGRAFIAS totalizante/06092014/ 89382214499759:0
American Church Dictionary encyclopedia (Dicionário http://pastorjosegoncalves.blogspot.com.br/ https://www.pcamaral.com.br/2011/03/o-que-e-
e Enciclopédia Americano da Igreja) http://solascriptura- neopentecostalismo.html
Adam Clarke Comentário tt.org/Seitas/Pentecostalismo/PontosDiscutiveisNeop https://www.pcamaral.com.br/2011/03/o-que-e-
A congregação cristã no Brasil/Pelo CACP entecostais-Marinho.htm neopentecostalismo.html
A Estratégia - O Plano dos Homossexuais Para http://solascriptura- https://www.tuasaude.com/efeitos-das-drogas/
Transformar a Socieade - Louis P. Sheldon. docx tt.org/Seitas/Pentecostalismo/PontosDiscutiveisNeop International Standard Bible Encyclopedia
A prática do evangelismo pessoal/Pr. Antonio entecostais-Marinho.htm (Enciclopédia internacional padrão da Bíblia)
Gilberto http://www.cacp.org.br/a-etica-crista-e-o- Jorge Scala - Ideologia de gênero - o neototalitarismo
Bible Commentaries Adam Clarke Commentary homossexualismo/ e a morte da família
Charles Buck Dicionário Teológico. http://www.cacp.org.br/religioes-afro-um-desafio-a- Manual deEvangelismo-Valdir-Bicego-CPAD
Compêndio de Teologia fe-crista/ Manual-de-Comunicação-LGBT
Apologética/François Turretini http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/variedades- MARIANO, Ricardo. Neopentecostais
Como responder aos católicos romanos/Pr.Natanael sc/19,0,3699428,Conheca-a-origem-da-tradicao-de- Milton viera da silva/a verdade sobre o sábado.
Rinaldi comer-peixe-na-Sexta-feira-Santa.html Ministrando abaixo da Superfície Albert, Elisabeth e
Dicionário Evangélico Baker de Teologia Bíblica http://www.icp.com.br/df92materia2.asp David Taylor 2009
Dicionário teológico CARM, (Christian Apologetics & http://www.ministeriofiel.com.br/artigos/detalhes/7 Nascido Gay - Dr John S. H. Tay
Research Ministry) 32/Falsos_Apostolos_ja_Atacavam_Igrejas_no_Novo Neopentecostalism, money, gift and divine’s social
Dogmática reformada Herman Bavinck _Testamento representation within/Drance Elias da Silva
Desejo e Engano R. Albert Mohler Jr http://www.monergismo.com/textos/seitas_heresias O caso da Igreja Universal/ Ricardo mariano
Dicionário Bíblico Wycliffe /poder_palavras_antonio.htm O catolicismo romano um analise bíblica/Briam
Dr. David Martin Lloyde-Jones/igreja católica uma http://www.napec.org/heresias- Schwertley
radiografia igreja/neopentecostalismo/as-raizes-do- O espiritismo e algumas religiões mediúnicas:
American Bible Dictionary (Dicionário bíblico neopentecostalismo-brasileiro/ candomblé e umbanda/Adolfo de Mendonça Junior
Americano). http://www.napec.org/heresias-igreja/o- Porcos na Sala/Frank e Ida Mae Hammond
Enciclopédia Britânica neopentecostalismo-e-a-etica-crista/#more-1907 Russell Norman Champlin/comentário e enciclopédia
Erros doutrinários da Congregação Cristã no http://www.nucleodeapoiocristao.com.br/estudos/e Respostas Bíblicas as Testemunhas de Jeová-Esequias
Brasil/Por Pr. Natanael Rinaldi vangelismo/capelania.html Soares
Sermão /Apostila_Preparacao_OBREIROS.pdf

Página | 100
Teologia Sistemática de Norman Geisler
Testemunhas de Jeová Comentário
Exegético/Esequias Soares da Silva
Testemunhas de Jeová, Antenor Santos de Oliveira,
pg. 22
Thomas Coke Commentary on the Holy Bible
Vincent Cheung - A Homossexualidade e a Ira de
Deus.
i

iTodo o conteúdo exposto neste manual fez as


devidas citações biográficas de todos os
documentos que foram consultados para formular
e referenciar o então trabalho.
#Pr. Luiz Rêgo Neto
N. s. dos Remédios-PI 04.04.2018

Página | 101