Você está na página 1de 5

Derivadas de Funções Polinomiais

Derivadas de Funções Polinomiais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná


Campus Francisco Beltrão
Disciplina: Cálculo
Professor: Jonas Joacir Radtke

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo


Derivadas de Funções Polinomiais

Derivada de Uma Função Constante


d h i
c =0
dx

Regra da Potência
Se n for um número real qualquer, então
d h ni
x = n x n−1
dx

Exemplo: Calcule a derivada de f (x) = x 2 utilizando a regra da


potência e a definição.
Exercı́cio
Calcule a derivada de f (x) = x 3 pela regra da potência e pela
definição, em seguida compare os resultados.
Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo
Derivadas de Funções Polinomiais

Regra da Multiplicação por Constante


Se c for uma constante e f uma função diferenciável, então
d h i d h i
c f (x) = c f (x)
dx dx

Exemplo: Calcule a derivada das seguintes funções:


(a) f (x) = 3 x 4
(b) g (x) = −x

Exercı́cio
Calcule a derivada das seguintes funções:
(a) f (x) = −3 x 2
(b) g (x) = 2 x −3

3
(b) h(x) = 5 x 2

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo


Derivadas de Funções Polinomiais

Regra da Soma
Se f e g forem ambas diferenciáveis, então
d h i d h i d h i
f (x) + g (x) = f (x) + g (x)
dx dx dx

Regra da Diferença
Se f e g forem ambas diferenciáveis, então
d h i d h i d h i
f (x) − g (x) = f (x) − g (x)
dx dx dx
Exemplo: Encontre a derivada de f (t) = 3t 4 − 2t 2 + t − 7.
Exercı́cio
Calcule a derivada das seguintes funções:
(a) f (x) = 3x 2 + 6x − 1
3 5 2
(b) g (x) = x3
+ x − 3

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo


Derivadas de Funções Polinomiais

Exercı́cio
A equação de movimento de uma partı́cula é
s(t) = 2t 3 − 5t 2 + 3t + 4, onde s é medido em centı́metros e t em
segundos. Encontre a aceleração como uma função do tempo.
(a) Qual é a velocidade da partı́cula no instante t = 4 segundos?
(b) Qual é a aceleração da partı́cula no instante t = 4 segundos?

Exercı́cio
Use a definição de derivada para mostrar que se f (x) = x1 , então
f 0 (x) = −1
x2
(Isso demonstra a Regra da Potência para n = −1).

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo