Você está na página 1de 2

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Instituto Politécnico
Engenharia Mecânica
!
P1 de Física III - R

Aluna(o): _____________________________________________________________ Matrícula:__________________________


1o Semestre de 2016 Data: 13 de outubro de 2016 Horário: das 16h10min às 17h50min

Questão 1 Questão 2 Questão 3 Questão 4 Questão 5 Total

1ª Questão) (1,5 pontos) A figura abaixo mostra três sistemas constituídos por uma partícula carregada e uma
casca esférica com uma distribuição de cargas uniforme. As cargas são dadas e os raios das cascas estão
indicados. Ordene os sistemas de acordo com o módulo da força exercida pela casaca sobre a partícula, em
ordem decrescente. Justifique sua resposta de acordo com conceitos físicos e cálculos.

+2q -q

+6q
d
+8Q
R -4Q
2R R/2
+5Q
(b) (c)
(a)

2ª Questão) Considere uma linha de carga positiva de comprimento L, carregada com densidade linear de carga
𝝀, uniforme, e disposta conforme a figura.
(a) (1,0 ponto) Calcule o campo elétrico, informando sua y
direção e sentido, no ponto A de coordenadas (x,0), para
x> 0. C

(b) (1,0 ponto) Determine o trabalho que deve ser realizado


para levar uma carga q (positiva) do ponto A do eixo x,
em x = a > 0 , ao ponto B do eixo x em x = 2a > 0,
segundo a trajetória mostrada na figura, indicada pela L/2
linha tracejada. Considere neste item apenas, o limite
em que L/2 >> a.
A B x
L/2
(c) (1,0 ponto) Calcule o potencial elétrico no ponto C de
coordenadas (0,y) para y > L/2.
(d) (1,0 ponto) A partir do potencial, calcule a componente y
do campo elétrico no ponto C de coordenadas (0, y), para
y > L/2.

Questão 4 ✠
Um capacitor esférico é formado por uma esfera interna de raio a e uma camada esférica
3ª Questão) Um cilindro circular isolante, muito longo, de raio r1, com densidade volumétrica uniforme de
concêntrica de raio interno 3a, conforme a figura.
cargas positivas 𝜌, está concêntrico com uma casca cilíndrica condutora de raio interno r2 e raio externo r3. A
carga total na casca cilíndrica é nula. Nos ítens abaixo, despreze o campo elétrico e as cargas nas extremidades
do cilindro e da camada cilíndrica.
☛ ✟

✡ ✠
Questão 3
(a) (2,0 pontos) Calcule o campo elétrico para r < r1, r1< r <r2, r2 < r <r3, e para r > r3.
a
Um cilindro circular muito longo de raio a, isolante, com densidade volumétrica uniforme
(b) (0,5 ponto) Qual é a densidade superficial
de cargas igual de carga
a ρ > 0, é concêntrico a umaacumulada 𝝈condutora
camada cilı́ndrica 2 e 𝝈3, nas
de raiosuperfícies
interno interna e externa da
casca condutora, respectivamente?
b e raio externo c Determine
com carga total se zero.as cargas
O campo acumuladas
elétrico em cada superfície da casca são
no ponto C imediatamente

positivas ou negativas. fora do condutor vale E1⃗ı. Nos ı́tens abaixo despreze o campo elétrico e as cargas nas
extremidades do cilindro e da camada cilı́ndrica. 3a
y

r2 C a partir da definição.

condutor
(a) (1,0 ponto) Calcule a capacitância C deste capacitor
a isolante
no vácuo
r1 x

c
(b) (0,5 ponto) Como se altera a capacitância seb o espaço entre os condutores for
r3
preenchido com um material de constante dielétrica κ?
(a) (1,0 ponto) Calcule o campo elétrico para r < a e b < r < c.
(c) (1,0 ponto) Quatro capacitores de capacitância C, inicialmente descarregados, foram
(b) (0,5 pontos) Calcule o campo elétrico para r > c.
4ª Questão) (2,0 pontos) Quatro capacitores de capacitância C, inicialmente descarregados, foram associados e
uma diferença deassociados
potencial eVuma
(c) foi
diferença
aplicada,
(1,0 ponto)
de potencial
conforme
Calcule as
V foi
a figura.
densidades superficiais
aplicada,
Qual
de carga
conforme
σc e σb énasasuperfı́cies
capacitância a figura.
externa
Determine
equivalente do sistema
formado pelos 4 acapacitores?
carga q na Determine
e interna da
placa indicada a carga
camada
na qfigura.
na placa
cilı́ndrica
Dêindicada
condutora em função de
sua respostaE na figura.
1 , ϵ0 , b e c. Dê sua de
em termos resposta
C e Vem. termos de C
eV.

q=?

Formulário
!
qq ′(⃗r − ⃗r ′ ) q(⃗r − ⃗r ′) 1 dq
F⃗ = , F⃗ = q E,
⃗ ⃗ =
E + _ ′ 3, ⃗
E= r̂,
4πϵ0 |⃗r − ⃗r ′ |3 4πϵ0 |⃗r − ⃗r | 4πϵ0 r2
⃗ = qq (⃗r − ⃗r ) ,
′ ′
5 ! " F
⃗ Formulário
Formulário ⃗ ⃗ · dA, ⃗ ⃗ · dA ⃗ = int , q 4πϵ0 |⃗r − ⃗r ′ |3
p = qd, ⃗τ = ⃗p × E, U = −⃗ p · E, ΦE V= E E
! ϵ 0
⃗ qq
qq ′ ′ (⃗
(⃗ rr −− ⃗
r⃗
r′ ′)
) ⃗ ⃗ ⃗ q(⃗
q(⃗ rr −− ⃗
r⃗
r′′ )
) ⃗ 1 dq p = qd, ⃗τ = ⃗p × E, ⃗
F⃗F == ′ |′q|33
,, ⃗F =
F = qqE, ⃗E, E ⃗E = =!
Boa
B
Prova! ,,
Formulário E =! r̂,
4πϵ
4πϵ |⃗|⃗
r r
Formulário − −
00 Formulário ⃗r⃗
r 4πϵ
4πϵ |⃗
|⃗r
r −−
Formulário
⃗00 · d⃗ℓ, V =⃗⃗
rr ′′||33 1 dq
4πϵ 0 r 2
⃗ = −∇V, ⃗
V = , VB − VA = − E !! " , E
4πϵ0 |⃗r − ⃗r ′ | ′ ! ! ⃗⃗ ⃗⃗ ′ 0 ⃗ ′ ⃗ qint ! 4πϵ r !
⃗rq ′−
(⃗r ⃗r−′ )⃗r ′ ) pp == qd,
qd, ⃗
τ ⃗
τ == q(⃗ p
⃗ qq
p
⃗ r ××′ ⃗⃗qq

q(⃗(⃗E,
r ⃗
r
E,−
′ (⃗
) ⃗
r ′′ r − ⃗
U)U = = r ′
−⃗
−⃗ ) p p ·· ⃗⃗
E,
E, 1 AΦ Φ1 =
=dq dq E
E ·q(⃗
· ddrA,
A,− q(⃗

r )r −E ⃗
r· )
d A = 1, 1dq dq q
Formulário , , F⃗ = F⃗ q=⃗ q E,
E, ⃗ E⃗ F= ⃗E⃗ == F⃗# = , , , E⃗F ⃗=
, E⃗ = = qF ⃗ =Formulário
E, E E
qE ⃗ r̂,
⃗E, = E⃗ =
r̂, , E⃗ = ϵ0E
, ⃗ = Vr̂,= r̂, , VB
πϵ⃗r0− |⃗r ⃗r−′ |3⃗r ′ |3 14πϵ 4πϵ 0 |⃗
4πϵ 4πϵ
rq|⃗
r00|⃗
− i−
r ⃗r− r03⃗r|⃗
′ |⃗ ′ |r
′3|3− ⃗ r ′ |31 # 4πϵ4πϵ q0i qj0 r 2 r 24πϵ0 |⃗r4πϵ − ⃗r0′|⃗ |r3 − ⃗r ′ |3 4πϵ0 4πϵ r 20 r4πϵ
2 0 |⃗ r − ⃗r ′ |
V = ! !r ,!′ U = 4πϵ " !!"BB r , C = Q/V,!!′ Ceq! = C1"+ C2 " +!... ,
Formulário:
q(⃗ r − ⃗
r ′
) 4πϵ 1qq
0 ′ (⃗ r dq
− i⃗ r ) ij qint q(⃗ r − ⃗r ) 1 qint qint1 # q
E⃗⃗τ==⃗τ ⃗p=×⃗p E, ⃗ E,
⃗U V,
=
V =−⃗
= p ⃗F
E
· ⃗=
E, =
qq
⃗ p Φ= qd, =
,
i
p, = V
V⃗
τqd,
E⃗=
r̂, − −· ⃗p

d
,VV ⃗
A,τ
× = ⃗F
E,
=
= p
⃗ −
− ×
0 i<j
= EU⃗
⃗E,
q E⃗E
·⃗E
=⃗
d
E, ·A
·⃗−⃗
dU
d ⃗ℓ,
⃗ℓ,A
p
= E⃗=
· ⃗−⃗
E, VV
q
p
, =
= ·
int Φ ⃗
E,
1
1
= Φ E
dq
⃗=,· ,dA, ⃗EE⃗⃗E⃗·= d= ⃗
A,
− E⃗∇V,
⃗ · dA ⃗E ⃗=dq · d A⃗=
r̂, , , i
d, ×
4πϵ0 |⃗r − ⃗r ′ |3 1 4πϵU = −⃗ p · E, E Φ E = BB E ·
A A d A, · d = ,
E E V = ϵ , U
4πϵ010|⃗|⃗ rr4πϵ−−4πϵ⃗r1⃗r0′ |′0| |⃗r −r 2 ⃗r ′ |3 Q 2
CV 2 ϵ
QV 0 4πϵ
ϵ 0 4πϵ
0 |⃗
4πϵrϵ −
00 ⃗
r ′ |3r
ϵ 4πϵ 0 r 2ϵ
E 0 4πϵ
0
0 r i
! = "!B + + ... , U = ! A= A =!B , !B != κ, u =!" E 2 ,! E =
0 0
, i
⃗ ⃗ C ⃗ C !
⃗# B C
# ⃗ qint 2C
## ! 2 2 ϵ 2 q κ
int
· E, q q ΦE = E · dA, 11 pE eq 1
=· dqd, Aqqi = ⃗τq= ,⃗p ×
2 1q11E, ⃗ dq Uqqi= i qqjj−⃗ p · E, ⃗ ΦE ⃗=⃗ E 0 ⃗ · dA, ⃗1 ⃗ · dA
1dq
E ⃗dq= 1 , 1
, ,VB V−B V− VAVV=A=− = − V⃗ ·=
E ⃗d⃗ℓ,·Vid,,⃗ℓ,=VUϵU0=
E V===′σ, 1 V′B, −,dq V A
BE
,,⃗,=− = E C
⃗−
VCA
"
−7
===⃗−
=
∇V, ⃗Q/V,
Q/V,
E− ⃗· dℓ,E C
∇V, · d
V
eq⃗ℓ,=
eq = CV1 = + C2 +,... ,E ⃗ = , − ϵE⃗⃗== −∇V,
0∇V,
⃗+ 1 + ... , U
|⃗r
0πϵ0 |⃗ − ⃗
r ′
r − ⃗r || 4πϵ
4πϵ r r
4πϵ |⃗
r 4πϵ
i 0 E =0 4πϵ − ⃗
r
4πϵ4πϵ
4πϵ
|
|⃗r − ⃗
r | r r
rϵ 4πϵ 4πϵ r r Ceq C1 C2
i<j= rijE , ⃗ · dA ⃗ = qint−liv0 .
′ 0 0 i 0 ij 2
!B ! A A ii ,0 0 i<j0u
A ϵ0 κE
0
1 ! dq ϵ 2 ! B A !
⃗# ·qdi ⃗ℓ,qi V 1= ⃗ =1− q ∇V,⃗#1 q,Q # 1 ϵ0 dq σ
1# 1 1 11# # 22 !V22 1= − #
E
=
1 #
+ qVi 1q1,qj=idt
+ q j
E
... , U = t
Q
i VBqi−
=
CV
CV A = dt
QV
QV1 qE
, i⃗1q·jϵϵd⃗ℓ, q=i qκ,jV = u = E 22
, ,E E
=
⃗E = 0−∇V,
,
⃗ E =
, ,U C = =4πϵ= 0 +r V, + = ,...
CV0,= r= U
Q/V, ⃗r= , C= U
,rCi= ,=
eq22C U +==1C+2 + =,2r...+ , =
,ln(at , Cκ, +=, b),Q/V,
C4πϵ =ln(a/b) Ceq r= C
lneq1a+ −C 21+ +... C,2 + ... ,
U 4πϵ |⃗
C −=√ Q/V, |r2C = 1C 22 C ... 2Q/V, =C = κC

C11 rCC = eq ln b. ϵ
Ceqeq4πϵ 0C 022C ij ϵϵ00 rij
4πϵ 4πϵ 0
ϵ4πϵ
0A 0i ri ri 4πϵ (t 222+
ij r c) 3/2 0 4πϵ i at 0+i<j 4πϵ
bA 0 a !
i 0
i<j i<j ij c i t + i c " " i<j
# qi qj # σσ qi ϵϵ 221 2 # qi ⃗q2j2 ⃗ dt t
1 1 , C = Q/V, Q2 QC CV1=CV 2C 2 + 1
QV C1E = + dV ...
ϵ , ,= u
dxdydz,= E , Q
ϵ dV = ϵ CVκ2E
4πr ⃗ · d
dr, A
E ⃗ QV =
2=dVq = ϵ .
2πrhdr. ϵ E = √
2 eq
V= = QV1 E = 1 ϵ...1
, κ,u = E , 0 ϵ20 02 ϵ
Q κ E · d
CV A 0 E QV ϵ ϵ E
, Uκ,U 2= ,E r,Eij==,E = =C ,= Q/V, C = = C1 +EC22, +0 ...2,= (t +
int−liv
u = E , κE ,=c) , c t
1 2 0 0, int−liv 0 20 3/2
0 2
+rij+ ... + ,... ,U = U = = =C = =4πϵ =+,0 , ϵϵ+r= i =+
u2 ,=4πϵ
... u 2C U0E==
= = , ϵ ,= κ,eq=uκ,
C2 C2 !!2C 2eq 2 CC
2C eq 2
1 C
2C1 0 ϵC
i2ϵ 0 2 ! ! 2 2 2C
i<j 2 κ
2 κ 22 0 ϵ0 2 2 κ