Você está na página 1de 1

A RESPOSTA DO HOMEM SOB A GRAÇA DE DEUS E RESPONSABILIDADE MEDIANTE A FÉ

Hoje em dia existem muitas brigas teológicas no Cristianismo sobre a soteriologia bíblica. A
mais conhecida é o da Teologia Calvinista contra a Teologia Arminiana. Através disto são
gerados muitos questionamentos sobre este assunto complicado, tais como: “Como podemos
obter a salvação?”, ou “O ser humano escolhe crer em Cristo pelo seu livre arbítrio?” “Ou isto
é determinado por Deus?”. Estas brigas já antigas, opondo se uma à outra, levam os
estudiosos aos mais diversos níveis de discussões.

É claro que os questionamentos tendem a ser muito mais do que estes mencionados. Mas o
que eu chamo atenção aqui é sobre este plano maravilhoso de Deus para com a humanidade.
Mesmo todos nós sendo desobedientes, pecadores e destituídos da glória de Deus, o
Soberano nos proporcionou a salvação em Cristo Jesus antes da fundação do mundo. Pela
graça somos salvos, mediante a fé. E uma coisa que os calvinistas não entendem, é que Deus
através da sua natureza amorosa e perfeita proporcionou salvação para toda à humanidade.
Mas essa graça de Deus exige do homem caído sua resposta de crer ou não crer, de rejeitar ou
não rejeitar a ela. Ou seja, a humanidade é dotada de livre arbítrio pela vontade soberana de
Deus e nisto está o verdadeiro amor para conosco. Deus não quer robôs que supostamente Ele
programou, mas sim, Ele quer verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em
verdade. E só quando respondemos a essa fé ou a esta graça crendo em Cristo, somos
justificados e temos paz com Deus. Não a nada que o homem pode fazer para obter salvação
fora desta justificação em Cristo. Não há nenhuma obra ou justiça própria do homem, o mérito
é todo de Cristo, até esta oportunidade de escolha foi Deus que nos proporcionou, e nisto, não
a nenhum mérito humano, apenas aceitamos o presente que o Senhor nos quis entregar.

Outro ponto que eu gostaria de destacar, é sobre a responsabilidade humana e a própria


justiça de Deus. Se vamos ser julgados pelas nossas obras e se tudo fosse determinado por
Deus, inclusive a salvação, que justiça seria essa? Que amor seria este? Deus sempre se
relacionou com o ser humano e quer continuar se relacionando. Nós somos responsáveis pelas
nossas escolhas e maneira de viver aqui na terra, vamos ser julgados por um Deus justo e pelas
retas Escrituras. A participação humana é crer neste plano de salvação para alcançá-la pela fé,
é crer neste evangelho que nos proporciona vida e a liberdade da escravidão do pecado que
nos encontrávamos. Essa graça ou favor imerecido nos capacita para isso e após essa
conversão temos que buscar andar retamente aos olhos do Senhor, pois nascemos de novo em
Jesus Cristo, sendo santificados para as boas obras. Fomos capacitados pelo Espírito Santo
para isto. A paz do Senhor Jesus!