Você está na página 1de 1
AUTOFORMAGAO (DO “HOMEM COMPLETO” REVISTA ENTREIDEIAS: EDUCACAO, CULTURA E SOCIEDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA Luiz Carlos Marano da Rosa Ca ena Oe Ne az Cee UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA (SALVADOR- BA) ISSN 2317-1219 (V. 1, WN. 14, P. 87-103, JUL./DEZ. 2008) Yeumo: Ofartigo em questo, detendo-sp nos indicios dp ideal da autuformardo, pard cujas fronteigas o contexto gociocultural da} hualidade conugrge, recuperaiido a nocdo de Paideia, legadd.grego, discorrg sobre o procd$so pedagégicdique, imbrincado em uma So ed Se es tee CO eT en OR de Pry (ope See ee iO: eG eee ene cee ed a formaggo individual, dra absolutiza @aspecto social objetos da inbestigacao dostopicos da reflexio, “Quem él[pois, o individo?” (Topico I}, e “O que é, pis, a sociedade?” (Topico II) Longe, no entanto, de encerghr a pretensdaide constituir ifm saber definitivo ee Me eS aa OL tC seal eee Fyfmativo-educdfonal, a disco propse uMirelaco de Yonvergéncia dfs nuances e mtizes que emafgem do pensdrento Hhmano trazendp aparentemeste silhuetas aftagdnicas, mals pela énfase de uma letura finilateral (quelpnipotencializg um dos afathos de exprgsstio) do que ptopriamente pala impossibilidade de acolher ama “intersectionalidade cofeiliativa’” Neste sentido, se Ouro Otte at ei Ui years UM cu tore aire Morin (2921-), oo percyrso de dominiafda sociedade linpGe uma conteituacdo histofica do conheciento, inter-refacionando-o dialeticaente & produgio da existéncin humana, qua) afinal, reivingicando o goveqno da ciéncia“autonomizadg” desde a ReuplucGo Cientificd (séc. KUIN), eflgendra, em ngme da razGo ijstrumental, oglvalores arquelipices da sociedlade modernaue, constitutibos da CL a alr ee at ee a Or cc Sima, que a autfformacdo denfinda uma relaionalidade quefnéo pode escapar a uma corsespendéncia dale (homem) capsigo mesmo, ciijo contetdo, feferencializad) pela razdo camnunicativa, transpondo a polffridade da questa proposta, forna-se a anidh proposta a De ones Ce ea Ng Cm To Ti TTD