Você está na página 1de 1

285 – PÃO EM TODAS AS MESAS

(A MESA TÃO GRANDE E VAZIA)


Tom: C

C G/B F G
1. A mesa tão grande e vazia Na grande corrente do amor,
Am Em C G/B Am
de amor e de paz - de paz! na feliz comunhão - irmãos.
F G F G
E onde há luxo de alguns, Unindo à peleja e a certeza
C G/B Am C G/B Am
alegria não há - jamais! vamos construir - aqui,
F G F G
A mesa da eucaristia na terra o projeto de Deus:
C G/B Am C C7
nos quer ensinar - á, á, todo povo a sorrir.
F G
que a ordem de Deus nosso Pai Refrão
C C7
é o pão partilhar. C G/B
4. Que em todas as mesas de pobre
F C Am Em
Pão em todas as mesas; haja festa de pão - de pão.
G C F G
da Páscoa a nova certe e za: E as mesas dos ricos vazias,
F C C G/B Am
a festa haverá sem concentração - de pão!
F C G C F G
e o povo a cantar, alelu u uia! Busquemos aqui, nesta mesa,
F C C G/B Am
a festa haverá do Pão redentor - do céu,
F C G C F G
e o povo a cantar, alelu u uia! a força e a esperança que anima
C C7
C G/B o povo de Deus!
2. As forças da morte: a injustiça
Am Em Refrão
e a ganância de ter - de ter.
F G C G/B
Agindo naqueles que impedem 5. Bendito o Ressuscitado,
C G/B Am Am Em
ao pobre viver - viver. Jesus vencedor - ô ô,
F G F G
Sem terra, trabalho e comida no pão partilhado, a presença
C G/B Am C G/B Am
a vida não há - não há. Ele nos deixou - deixou!
F G F G
Quem deixa assim e não age, Bendita é a vida nascida
C C7 C G/B Am
a festa não vai celebrar. de quem se arriscou - ô ô,
F G
Refrão na luta pra ver triunfar
C C7
C G/B neste mundo o amor!
3. Irmãos, companheiros na luta,
Am Em Refrão
vamos dar as mãos - as mãos.