Você está na página 1de 98

1

2
3
4

OBSERVAÇÃO

A presente publicação, sobre ser revista e


escoimada dos senões e faltas da anterior, vem muito
mais aperfeiçoada e enriquecida de textos e comunicações
que se lhe acrescentaram tiradas propositalmente da
antiga edição rara e procurada do ".Evangelho segundo o
Espiritismo", de A. Kardec. É com.tanto maior vontade
isto se fez quanto maior foi a procura em nossas livrarias,
deste precioso livrinho para as reuniões espiritas e
necessidades particulares das famílias que preferem tirar
do manancial das preces o conforto para as suas almas.
5
PREAMBULO

Diz A. Kardec, segundo as instruções dos


espíritos:
"O Espiritismo reconhece como boas todas as
preces de todos os cultos, quando ditas de
coração, que não dos lábios; não impõe nem
censura nenhuma. Deus é muito grande para
repelir a voz que o implora ou lhe canta
louvores, seja qual for o modo pelo qual se
dirija a Ele.
"Quem lançasse anadema sobre as preces que
se não acham em seu formulário, provaria
desconhecer a grandeza de Deus. Crer que Deus
atende a fórmula determinada é emprestar-lhe a
pequenez e as paixões humanas.

*
* *

" O homem sofre sempre as consequências das


suas faltas.
"Não há uma só infracção à lei de Deus que
não sofra punição.
"A severidade do castigo é proporcionada à
gravidade da falta.
6
PRECES ESPÍRITAS

"A duração do castigo, por toda e qualquer


falta, é indeterminada e submetida ao
arrependimento do culpado e à sua volta ao
bem; a pena dura tanto quanto a obstinação no
mal; seria perpétua se a obstinação fosse
perpétua; de curta duração, quando o arre-
pendimento é completo.
"Desde que o culpado implore misericórdia,
Deus o ouve e lhe envia esperança. Mas o
simples pesar do mal, não lhe é bastante, urge
a reparação, e, por isso, o culpado é submetido
a novas provas, nas quais pode, sempre por sua
vontade, fazer o bem para reparar o mal que
fizera.
Assim, pois, o homem é o árbitro da sua
própria sorte. Pode abreviar o suplício ou
prolongá-lo indefinidamente. A felicidade ou a
desgraça depende da sua vontade para fazer o
bem ou o mal.
"Tal é a lei! Lei imutável e conforme à
bondade ou à justiça de Deus".
7

A PRECE
A fórmula nada vale, o pensamento é tudo.
Orai conforme as vossas convicções e pela
maneira que mais vos interessa; um bom
pensamento vale mais que numerosas palavras de
que o coração não participe.

Instruções dos Espíritos..,

A prece é o colóquio da alma com o Poder


Supremo, é o é1o que prende a alma criada à Alma
Criadora, é a esperança dos corações
alquebrados, é o alívio dos que choram e gemem,
e é igualmente o maior tributo dos que
reconhecem, mesmo nos mais aflitivos lances, a
Bondade Infinita, o Amor inexcedível do
Criador de todo o Universo.
Para que a prece seja útil e fecunda, é
condição essencial, segundo S. Paulo (l.ª aos
Coríntios cap. XIV, vers. 11,14, 16 e 17), que seja
intangível, para poder falar ao nosso espírito. Ela
deve ser sempre a expressão íntima e sincera de
nossa alma pelo pensamento elevado ao Todo
Poderoso, em meditação recolhida e solitária, quer
nas horas de pesar ou sofrimento, quer nas de
alegria e bem-estar.
8
PRECES ESPÍRITAS

A prece deve ser clara, simples e concisa,


para que cada palavra tenha um alcance,
desperte uma ideia, comova uma fibra. De outra
forma, ela não poderá atingir o alvo e será mais
uma distracção para o pensamento do que um
meio de o elevar para junto de Deus.
Assim, pois, a prece só é benéfica, quando, nos
momentos dos revezes, dos acabrunhamentos, dos
desânimos e decepções, como nas ocasiões em que
nos achamos sob consoladoras impressões, o nosso
pensamento se eleva de coração ao Pai de Infinita
Misericórdia, de eterno Amor e lhe solicita
conforto, alívio, apoio, indulgência, ou lhe tributa
louvores pelos benefícios perenemente por ele
prodigalisados. É por isso que os Espíritos
ensinam que a forma de orar nada vale, e que o
pensamento é tudo. E isso, é ainda precisamente o
que Cristo ensinou e se lê no cap. VI, v. 5 a 8 do
Evangelho de S. Mateus.
A prece que do santuário da Consciência se
eleva pelo pensamento desprendido das coisas
terrenas, é qual fluido eléctrico, que impressionando
o Eter do espaço sem limite, chega aos pés do
Criador, de onde irradia toda a Força necessária
para o equilíbrio da nossa existência terrestre,
todo o bálsamo para os males do nosso corpo e
feridas da nossa alma e toda a luz para as nossas
incertezas. E é essa luz, esse bálsamo, essa força,
9
PRECES ESPÍRITAS

que, baixando, penetra no âmago de nosso ser e


nos esclarece, vivifica, consola e encoraja,
fazendo-nos compreender que só a submissão à
vontade divina, sempre justa e amorosa, nos
pode conduzir, a um feliz destino final.
Deus ama por igual a todos os seus filhos e a
nenhum concede senão o necessário para o seu
bem. Os homens nem sempre assim o
compreendem e por isso, oh quantas vezes se
revoltam contra a Bondade Divina, porque ela
não se curva ou não satisfaz os seus caprichos!
Mas Deus é a Justiça absoluta e a Sabedoria sem
limites, e só deseja o bem de todos os seres
criados, e assim só concede a cada qual o
necessário para o seu progresso e bem-estar na
vida futura, que é verdadeira, pois que a presente
é transitória, concedida ao homem, simplesmente,
como meio dele conquistar a felicidade que lhe
está reservada.
É, portanto, um erro julgar-se que tudo
podemos obter pela prece, pois o que muitas
vezes nos parece um mal ou uma necessidade, não
é mais do que os meios facultados pelo Criador
exercitar nossa resignação, fortalecer nossa fé e
assim nos aproximar de sua glória moral,
expurgando-nos de nossas culpas, purificando
10
PRECES ESPÍRITAS

nossos sentimentos, esclarecendo nossa razão.O


mundo não o quer, em sua maioria, compreender
ainda. Limitando apenas as suas perfeições aos
interesses e bem-estar da vida presente, entende
que só nela deve acumular tudo o que a
vaidade e a ambição lhe sugere. Revolta-se e
nega o autor do seu ser, quando não alcança a
satisfação das suas ambições! Mas, oh cegueira
das cegueiras! O que vale a vida terrestre que
é apenas um momento de eternidade?...
Há males que se fossem suprimidos pelo
Deus de Amor, nosso Pai, ante a sua ímutável
Justiça, tornariam estéril nossa presente
existência; como também há bens que, quando
concedidos, causariam desgraças de difícil
reparação no futuro. Às sociedades cumpria
minorar aqueles e orientar o bom uso destes, mas
os povos não têm ainda o necessário
desenvolvimento intelectual nem a educação e
percepção precisas para compreender o
verdadeiro fim da existência terrestre e nela se
ocupar melhor do bem geral. A vaidade e o
egoísmo humano têm alimentado ideias
errôneas, afastando, assim, as individualidades
do cumprimento dos deveres e dos direitos que
as leis divinas traçam.
11
PRECES ESPÍRITAS

As preces espíritas servem também para


auxiliar a compreensão dessas leis, para
vulgarizar as verdades que elas consignam. Elas
incutem os princípios em que se baseia o
progresso humano, atraem sobre a
humanidade os Espíritos elevados e a luz
divina, que, iluminando todos os cérebros, fará
compreender melhor o porquê da vida e os destinos
dos seres.
Quando os homens souberem atrair pela
prece os Espíritos que, por sua pureza, não podem
ora permanecer no ambiente asfixiante formado
pelas más paixões e ruins sentimentos, então
compreenderão nitidamente que a vida é um meio
e não fim. Então saberão elevar o seu
pensamento a Deus e pedir-lhe o que for útil e
necessário. Então saberão suportar
resignadamente as provações que lhes forem
destinadas. E os bons espíritos, respondendo aos
apelos humanos, sem desviarem o curso da divina
Justiça, serão, mais e mais sensíveis aos nossos
sofrimentos, e, como são desejosos de praticar a
caridade, virão, sem dificuldades, trazer aos seus
irmãos da terra, pela inspiração, a coragem que
sustém, a esperança que anima, a fé que dá a
certeza de um futuro melhor.
Os Espíritos bons e elevados acolhem
nossas preces e, procurando os nossos nobres e
12
PRECES ESPÍRITAS

caridosos sentimentos, animam os belos, impulsos do


coração e afastam-nos das tentações do mal, das
armadilhas da carne e da influência dos maus e
rebeldes.
É assim que a absoluta Justiça se consorcia
com a infinita Bondade, com a Misericórdia
inextinguível e com o Amor inegualável do Pai
Celestial
*
* *
As preces Espíritas, procurando fixar nossas
atenções nos princípios da doutrina, auxiliam a
concentração do nosso pensamento, elevando-o ao
Criador de todos os mundos. Elas falam-nos ao
coração e à alma, de maneira a fazer vibrar o
fluído etéreo impressionado pelo pensamento e,
dessa forma, uma corrente fluídica de simpatia se
estabelece entre nós e os Espíritos de quem
solicitamos consolações e alívios, ou a quem
dirigimos palavras de conforto e esperança.
As preces pelos Espíritos sofredores e
atrazados chegam até eles como sons poderosos e
ternos, como cânticos de Amor, como bálsamos
de benéfica consolação, comóvem e animam esses
infelizes, penetram em seu íntimo, insuflando-lhes
a paz e a coragem, esclarecendo-lhes a razão e
fazendo-lhes compreender qual o caminho a
trilhar para a conquista da perfeição que, de
13
PRECES ESPÍRITAS

estádio em estádio, mais sólido e elevado grau


de felicidade proporciona.
Se toda a humanidade pudesse já compreender
e avaliar os efeitos que as preces sinceras e
generosas produzem em favor dos Espíritos que
jazem nas trevas, que sofrem acerbas dores morais,
ou que estacionam toIhidos pela ignorância,
vendados por ideias errôneas, obcecados por
preconceitos mantidos em vida, por egoísmo e
vaidade: todos procurariam um momento de
descanço e isolamento para elevar o pensamento a
Deus, suplicando o Seu Auxilio em favor dos
deserdados, dos abandonados que, no Espaço,
vagueiam, acabrunhados pelo remorso, alquebrados
pelo desânimo, sem que uma voz amiga e
caridosa da terra se eleve e em volta deles
ressôe, levando-lhes conforto e luz, alívios e
esperanças.
"Orar pelos Espíritos infelizes, orar com,
compaixão, com amor, é uma das formas mais
eficazes da caridade. Todos podem exercê-la, todos
podem facilitar o desprendimento das almas,
abreviar o tempo da perturbação por que elas
passam depois da morte, actuando por um impulso
caloroso do pensamento, por uma lembrança
benévola e afectuosa. A prece facilita a desagregação
corporal, ajuda o Espírito a libertar-se dos fluídos
grosseiros que o ligam à matéria.
14

PRECES ESPÍRITAS

Sob a influência das ondulações magnéticas


projectadas por uma vontade poderosa o torpor
cessa, o Espírito se reconhece e se assenhoreia
de si próprio".
“A prece por outrem, pelos nossos parentes,
pelos infortunados e enfermos, quando é feita
com sentimentos sinceros e uma fé ardente, pode
também produzir efeitos salutares. Mesmo
quando as leis do destino lhes são um obstáculo,
quando a provação deva ser cumprida até o fim,
a prece não é inútil. Os fluídos benéficos que
atrai, acumulam-se para, no momento da morte,
recairem sobre o perispírito (corpo etéreo) do
ser amado".
“Reuni-vos para orar", disse o apóstolo. (Actos,
cap. XII, v. 12).
"A prece feita em comum é um feixe de
vontades, de pensamentos, raios fluídicos,
harmonias e perfumes, que se dirigem
poderosamente ao seu alvo. Pode adquirir uma
força irresistível, uma força capaz de agitar, de
abalar as massas fluídicas. Qual alavanca
poderosa para a alma entusiástica, que dá ao seu
impulso tudo quanto há em si de grandioso, puro
e elevado!" (*)
A prece, pois considerada sob o aspecto da
caridade para connosco e para com o próximo,
é um meio para cada qual melhor
(*) Preces utilíssimas, editadas nesta capital.
15

compreender os atributos de .Deus e o destino que


Ele a todos reserva, e perde todo o carácter de
misticismo, pois torna-se uma fonte perene de
luz, de esperança,de resignação e, finalmente, de
progresso e aperfeiçoamento moral.
Eis o que escreveu Léon Denis a respeito
da prece:
"Unamos nossas vozes às do infinito. Tudo
ora, tudo celebra a alegria de viver, desde o
átomo que se agita na luz até o astro imenso que
flutua.no éter. A adoração dos seres forma um
concerto prodigioso que se expande no espaço e
sobe a Deus. É a saudação dos filhos ao Pai, é a
homenagem prestada pelas criaturas ao Criador.
“Interrogai a natureza no esplendor dos dias
de sol, na calma das noites estreladas; escutai as
grandes .vozes dos oceanos, os murmúrios que se
elevam do seio dos desertos e da profundeza dos
bosques, os acentos misteriosos que se
desprendem da folhagem, repercutem nos
desfiladeiros solitários, sobem das planícies, dos
vales, franqueiam as alturas e se espalham
pelo Universo, por toda a parte, em todos os
lugares, e, concentrando-vos, ouvireis o cântico
admirável que a Terra dirige à Grande Alma.
"Mais solene ainda é a prece dos mundos, o
cântico grave e profundo que faz vibrar a
16

PRECES ESPÍRITAS

imensidade, cuja significação sublime somente os


Espíritos elevados podem compreender.

Satisfação da prece
"Vinde vós que desejais crer. Os Espíritos
celestes se apressam e vêm anunciar grandes
coisas. Deus, meus filhos, abre os seus tesouros
para dar-vos todos os benefícios.
"Homens incrédulos! Se soubesseis quantos
benefícios a fé produz no coração e na alma,
levando-a ao arrependimento e à prece!... A
prece! Ah! como são tocantes as palavras que
saiem da boca na ocasião em que se ora!
"A prece é o orvalho divino que acalma o
demasiado calor das paixões. Filha primogénita
da fé, ela nos leva pela carreira que nos conduz
a Deus. No recolhimento e na solidão, estareis
com Deus. Para vós nada há de misterioso, pois,
ele se vos manifesta.
"Apóstolos do pensamento, a vida é para
vós; a vossa alma se desprende da matéria e voga
nesses mundos infinitos e etéreos que a pobre
humanidade desconhece. Caminhai; caminhai nos
trilhos da prece e ouvireis as vozes dos anjos. Que
harmonia! Aos ruídos confusos e aos. cânticos
agudos da terra, sucederão as liras dos
17
PRECES ESPÍRITAS

arcanjos, as vozes sonoras e suaves dos


serafins, mais céleres que as brisas matutinas,
balouçando as folhas dos grandes bosques. Em
que delícias não vivereis então?
"Não serão os vossos idiomas que poderão
definir tanta ventura, que tanto mais vos
penetrará intimamente quanto mais fresca e
límpida for a fonte em que beberdes quando
orardes. Suaves vozes, embriagantes perfumes que
a alma ouve e saboreia, quando se lança nas
esferas desconhecidas, habitadas pela prece! Sem
mescla de desejos carnais, todas as aspirações são
divinas. E vós também orai como Cristo,
carregando a vossa cruz do Golgota ao Calvário!
Conduzi-a e sentireis as doces emoções que se
passavam em sua alma, apesar de sobrecarregado
com o madeiro infamante. Ele ia morrer, mas para
sobreviver a vida na morada do Pai".
(Espírito de Santo Agostinho — Paris — 1861. —
Evangelho segundo o Espiritismo).

--------
18

A ORAÇÃO DOMlNlCAL
"E quando orardes, não haveis de ser como
os hipócritas, que gostam de orar em pé nas
sinagogas, e nos cantos das ruas, para serem
vistos pelos homens; em verdade vos digo que
eles já receberam a sua recompensa.
Mas quando orardes, entrai no vosso
aposento e fechai a .vossa porta, orai a vosso
Pai, em secreto; e vosso Pai, que vê o que se
passa em secreto, vos dará a paga. E quando
orardes, não faleis muito como os gentios; pois
cuidam que, pelo seu muito falar, serão ouvidos.
Não queirais portanto, parecer-vos com eles,
porque vosso Pai sabe o que vos é necessário,
primeiro que vós Iho peçais.
Assim, pois, é que vós haveis de orar:
PAI NOSSO..."
S. Âtatheus, cap. VI, v. 5 a 9.

Nas obras do Mestre do Espiritismo,


consigna-se a recomendação, feita pelos Espíritos,
de se colocar sempre a oração dominical em
primeiro lugar, não só como o mais conciso e
perfeito modelo de prece — verdadeira obra-prima
de expressão e singeleza — mas ainda por haver
sido ela ditada pelo mais elevado de todos os
Espíritos que à humanidade tem baixado — Jesus
Cristo.
Ela, numa forma simples e intuitiva, resume
todos os nossos deveres para com Deus, para com
nós mesmos e para com o próximo.
19
PRECES ESPÍRITAS

Encerra em si tudo o que pode elevar o homem:


— profissão de fé, acto de adoração e obediência
e os princípios das leis do Amor e da Caridade.
É ela ainda que nos ensina a pedir o que é
necessário à vida, em face das leis divinas, em
cumprimento das quais nos foi concedida a
presente existência.
Mas, como em sua brevidade, escapa, para
a maioria dos seres, o sentido profundo que
suas palavras contêm, a exemplo ainda do que
fez Kardec, diligenciaremos fazer a cada uma
das proposições dessa sublime prece, um rápido
comentário, bebido nas ideias por aquelle
expostas.
O P A I N O S S O

I.— Pai nosso que estais nos céus; santi-.


ficado seja o vosso nome.
Senhor, eu creio que sois o autor do meu
ser, bem como de tudo o que existe, pois que nada
há sem autor. Por isso, vos confesso — meu Pai!
glorioso vosso nome, como do único Ser
infinitamente soberano e sábio, de quem a
harmonia do Universo e a vida de toda a
natureza me dá testemunho de paternal
solicitude.
Infeliz do que não Vos reconhece pelas
maravilhas que nos rodeiam e que são obra
20

PRECES ESPÍRITAS

Vossa! Infeliz do orgulhoso _e ingrato que Vos


não glorifica, nem Vos rende acções de graças,
pois que nem a si próprio se reconhece.
II.— Venha a nós o vosso reino.
Permitti, meus Deus, que as vossas leis
sejam cumpridas entre os homens, para que a
paz, a caridade e o amor reinem entre os povos
e, assim, desapareça a maior parte dos males
que atormentam a humanidade.
Todas as misérias deste mundo têm origem
na violação das vossas sábias leis, pois .fatais
consequências resultam das suas infracções.
Permitti, pois, Senhor, que a luz da vossa
Sabedoria baixe sobre nós e que, esclarecendo o
entendimento de todos os homens, possa
transformar a Terra numa mansão acessível aos
Espíritos elevados que nos trarão o reflexo da
felicidade do vosso reino.
III.— Seja feita a vossa vontade, assim na
terra como no céu.
Só Vós, meu Deus, sois sábio! E justas e
imutáveis são vossas leis e vossos desígnios. Seja,
pois, feita a vossa vontade, quer entre os que na
Terra expiam suas culpas e buscam
aperfeiçoamento, como entre os que, nos céus, são
os executores das vossas ordens.
21
PRECES ESPÍRITAS

Se é um dever do filho ser submisso para com


o pai; se ao superior é devida essa homenagem, a
Vós, que sois o Criador universal, maior deve ser
a submissão de tudo o que é criação vossa. Faça-
se, pois, a vossa vontade. Observadas sejam
vossas leis, que nós, sem murmurar, nos
submetamos aos vossos divinos decretos.
Dai-nos a necessária resignação e eter-
namente seremos felizes.

IV.— O pão nosso de cada dia nos dai hoje.

Dai-nos o necessário alimento material e


espiritual. Aquele, para suster as forças do
nosso corpo, afim de cumprirmos vossos desígnios.
Este, para que possamos desenvolver nossa razão,
purificar nossos sentimentos e, assim,
aperfeiçoar nosso espírito.
Auxiliai os que têm confiança em Vós e,
esperando merecer de Vós o necessário, de boa
vontade trabalham. Compadecei-vos também dos
que se comprazem na ociosidade e dos que
procuram o supérfluo. Se muitos sucumbem por
sua incúria e imprevidência, muitos outros se
prejudicam por suas ambições. Contentar-se cada
qual com o que Deus lhe deu, tal devia ser o
proceder dos homens.
Dai-nos, pois, Senhor, os meios de, pelo
trabalho, que é condição do homem na Terra,
22
PRECES 'ESPÍRITAS'

adquirirmos o pão necessário a cada dia, visto


que o supérfluo ninguém tem direito de
reclamar. Dai-nos igualmente a necessária
prudência, perspicácia e moderação para que
saibamos tirar o fruto da nossa presente
existência e, dessa forma, alimentar também
quotidianamente o nosso espírito, aperfeiçoando-o
com novos conhecimentos e purificando-o com a
prática das nobres acções. Preservai-nos, Senhor,
de alimentarmos a inveja, mesmo que o necessário
nos escasseie e perdoai aos que esquecem as leis
da Caridade e do Amor, por Jesus exemplificadas.
Afastai também de nós o pensamento de
negar vossa justiça por ver prosperar o mau e
decair o homem bom e probo. As luzes que a
vossa bondade ora envia aos homens, nos fazem
conhecer que todo sois perfeição e justos são
sempre vossos desígnios.
V.— Perdoai as nossas dívidas assim como nós
também perdoamos aos nossos devedores.
(Perdoae as nossas ofensas, assim como nós
perdoamos também aos nossos ofensores).
Senhor, todas as vezes que cometemos uma
infracção às vossas leis, por pequena que ela
seja, contraímos uma dívida para convosco.
23
PRECES ESPIRITAS

Da vossa infinita misericórdia solicitamos perdão,


prometendo empreender todos os esforços para,
em cumprimento dessa promessa, nos esquecermos
e perdoarmos as ofensas dos nossos semelhantes,
pois que isso é condição expressa nas leis da
Caridade que, para o progresso do nosso
aperfeiçoamento, nos ensinastes pela palavra e
pelos exemplos do vosso enviado — Jesus Cristo.
Nenhum direito podemos ter de solicitar a
vossa indulgência, se indulgentes não formos
para com nossos irmãos. Dai-nos, pois, a
necessária força para nos expurgarmos dos
resentimentos, de ódios e rancores, pois que todas
as perseguições e ofensas que dos maus
recebemos, fazem parte das provações que visam
conduzir-nos à perfeição que se obtém pela
resignação, paciência, indulgência, caridade e
amor para com o próximo.
Pela boca de Jesus nos dissestes: —
"Bemaventurados os que sofrem por amor da
Justiça!" Bendita seja, pois, a mão que nos ferir,
exercitando-nos na humildade, para que
possamos ser exaltados. Bendito seja o vosso
nome por nos haverdes ensinado as verdades que
nos dão a razão dos nossos sofrimentos, nos
explicam as aparentes anomalias da vida e nos
asseguram as felicidades eternas que
conquistaremos, mais ou menos rapidamente,
24
PRECES ESPÍRITAS

segundo nossos esforços.


VI.— Não nos deixeis cair em tentação, mas
livrai-nos do mal.
Senhor, dai-nos a luz necessária para nos
desviarmos do erro e a força precisa para
resistirmos às sugestões dos Espíritos atrazados
e maus que tentam desviar-nos do caminho do
bem.
Nós também somos atrazados, porque se o
não fossemos, decerto não teríamos vindo a este
planeta de expiação. Assim, a causa dos nossos
males reside em nós mesmos, e os maus
Espíritos, aproveitando os nossos viciosos
pensamentos, procuram, invisivelmente a nossos
olhos, induzir-nos a praticar as más acções. Fazei,
pois, Senhor, que os. Espíritos que só do bem
cuidam, afastem de nós as más influências, para
que sejamos livres do mal e não caiamos em
tentação.
Sabemos que a vontade tudo vence, e, assim,
esperamos na vossa bondade, no vosso amor, que
as inspirações dos bons Espíritos, dos nossos
anjos da guarda, guiem os nossos passos pelo
bom caminho, visto que só por ele queremos
seguir.
O mal, Senhor, não é obra vossa. Nós,
infringindo as vossas leis e fazendo mau uso
25
PRECES ESPÍRITAS

da liberdade que nos concedestes, é que o


criamos. Permiti, Senhor, que a assistência dos
bons Espíritos nos não falte para que
possamos praticar sempre o bem e fugir ..do
mal, resistindo às tentações dos Espíritos que
vivem nas trevas da ignorância das vossas leis.
VII.— Assim seja.
Praza a Vós, Senhor, que realizados sejam
nossos desejos! No entanto, respeitosos nos
inclinamos ante a perfeição de vossos atributos,
pois sabemos que só quereis o bem de todas as
vossas criaturas, e que, como bom Pai, nenhum
dos vossos filhos deixareis perder. Assim, pois, se
faça a vossa vontade, pois só Vós sabeis o que
nos será útil ou inútil.
Ouvi, Senhor, a nossa prece! Seja ela de
efeito benéfico para nós, para todos os encarnados
ou desencarnados que sofrem, para os nossos
amigos, ou inimigos, para quantos carecem de
nossa assistência e, particularmente, para N. (*)
A vossa misericórdia e a vossa benção sobre
todos desçam.

(*) Nome da pessoa em favor da qual é feita a prece.


26

PRECES PARA REUNIÕES ESPÍRITAS


"Em qualquer lugar onde se achem duas ou
três pessoas reunidas em meu nome eu estarei
entre elas".
S. Mateus, cap. XVII, v. 20.

Para o começo da reunião


Senhor Deus Todo Poderoso! Enviai-nos
bons Espíritos para que, pela luz e assistência,
possamos distinguir a verdade da impostura e nos
conduzir pela estrada do bem. Áfastai de nós os
maus Espíritos, encarnados ou desencarnados,
que induzem os homens ao erro e podem lançar a
desunião .entre os que só querem a paz e o bem
geral.
Permitti que eles não possam desviar-nos
da caridade e do amor do próximo, e qus jamais
achem acesso em nossos corações.
E vós, ó bons Espíritos, a quem está
confiada a missão de guiar e instruir os homens,
fazei com que sejamos dóceis aos Vossos
conselhos; desviai de nós os pensamentos de ódio,
egoísmo, inveja, orgulho e ciúme; inspirai-nos
benevolência e caridade para com todos os nossos
irmãos, presentes ou ausentes, amigos e
inimigos; fazei que, pela fraternidade, igualdade,
humildade, caridade e amor, possamos depurar,
27
PRECES ESPÍRITAS

nossos sentimentos e reconhecer vossa salutar,


influência.
Incuti na consciência dos médiuns, que
forem encarregados de transmitir os vossos
ensinamentos, a compreensão da santidade do
mandato que lhes é confiado e da seriedade e
gravidade do acto que desempenham, para que
eles possam exercer sua missão com o
necessário recolhimento e fervor.
Se algum irmão tiver sido atraído aqui por
desejos e sentimentos opostos ao bem, fazei luz à
sua razão e perdoai-lhe, pois nós lhe perdoamos
também quaisquer malévolas intenções.
Em especial, pedimos ao Espírito de N...,
nosso guia espiritual e aos nossos Espíritos
familiares e protectores, que nos assistam e por
nós velem.
Para os médiuns
"Nos últimos tempos, disse o Senhor: Eu
derramarei do meu espírito sobre toda a carne;
vossos filhos e filhas profetizarão, vossos
mancebos terão visões e vossos velhos, sonhos.
Nesses dias, eu derramarei o meu espírito sobre
os meus servos e sobre as .minhas servas e eles
profetizarão".
Actos, cap. II, v. 17 e 18.
Deus Todo Poderoso, permiti que, nas
communicações que solicito, eu seja assistido
28
PRECES ESPÍRITAS

por bons Espíritos. Preservai-me da presumpção


de me julgar isento da influência dos maus
Espíritos; do orgulho ou vaidade que me
cegaria, iludindo-me quanto ao valor das
communicações que obtenha; de todo e
qualquer sentimento contrário ao espírito de
caridade para com todos os meus irmãos e
especialmente para com os outros médiuns.
Se eu for induzido a erro, inspirai a outrem o
pensamento de me avisar, e a mim a humildade
para aceitar com reconhecimento a advertência e
para tomar para mim mesmo os conselhos e
instrucções que me ditarem os vossos bons
Espíritos.
Permiti que eu nunca seja levado a abusar,
ou, de qualquer modo, a envaidecer-me com a
faculdade que, para meu benefício, fizestes a graça
de me conceder; antes, eu vo-lo peço, meu Pai,
ma retireis do que consintais que seja desviada do
seu fim providencial, que é o bem de todos e o meu
próprio adiantamento moral.

Para o fim da reunião

Deus Todo Poderoso, nós vos agradecemos


todos os benefícios que o vosso Amor e
Misericórdia nos têm dispensado.
29
PRECES ESPÍRITAS

Igualmente agradecemos aos bons Espíritos


que, por caridade, se prestarem a vir comunicar
connosco, e permita Deus, possam eles auxiliar-
nos a por em prática as suas instruções, a tirar
proveito dos seus ensinos e, assim, possamos ser
mais e mais fortificados na prática do bem e no
amor de Deus e do próximo.
Oxalá sejam sempre proveitosas as instruções
dos bons Espíritos para os que, encarnados ou
desencarnados, são sofredores, ignorantes ou
viciosos e, sobretudo, para os que a esta reunião
assistiram.
A misericórdia de Deus baixe sobre todos!

---------
30

P R E C E S G E R A I S
"Pedi e dar-se-vos-á ; buscai e achareis; batei
e abrir-se-vos-á. Porque todo o que .pede,
recebe; e o que busca acha; e a quem bate,
abrir-se-á"-.
S. Mateus, cap. VII. V . 7 e 8.

Prece de Cáritas
"Deus, nosso Pai, que sois todo Poder e
Bondade, dai a força àquele que passa pela
provação, dai a luz àquele que procura a verdade;
ponde no coração do homem a compaixão e a
caridade.
"Deus! Dai ao viajor a estrela guia, ao aflito
a consolação, ao doente repouso.
"Pai! Dai ao culpado o arrependimento, ao
espírito a verdade, à criança o guia, ao órfão o
pai.
"Senhor! Que vossa bondade se extenda
sobre tudo o que criastes.
"Piedade, Senhor, para aqueles que vos não
conhecem; esperança para aqueles que sofrem.
Que vossa bondade permita aos Espíritos
consoladores derramarem por toda a parte a
paz, a esperança e a fé.
"Deus! Um raio, uma faísca do vosso amor
pode abrazar a Terra; deixai-nos beber nas fontes
31
PRECES ESPÍRITAS

dessa bondade fecunda e infinita, e todas as


lágrimas secarão, todas as dores acalmarão. Um
só coração, um só pensamento subirá até Vós,
como um grito de reconhecimento e de amor.
"Como Moisés sobre a montanha, nós vos
esperamos com os braços abertos, oh Bondade! oh
Beleza! oh Perfeição! e queremos, de alguma
sorte, forçar vossa misericórdia.
"Deus! Dai-nos a força de ajudar o progresso,
afim de subirmos até Vós; dai-nos a caridade
pura; dai-nos a fé e a razão; dai nos a
simplicidade que fará das nossas almas o
espelho onde se deve refletir a vossa Imagem".

Pelos que sofrem

Pai de misericórdia e amor, nós vos pedimos


para derramardes as vossas graças por sobre todos
os que sofrem, quer como encarnados entre nós,
quer como desencarnados e errantes no Espaço.
Tende piedade de nós, Senhor, pois é por nossa
fraqueza e ignorância que commetemos infrações
às vossas leis. Vós fizestes-nos falíveis, mas nos
destes a força necessária para resistirmos ao
mal e vencê-lo. Permiti que a vossa luz brilhe aos
olhos de todos os vossos filhos e a vossa
misericórdia por sobre todos se extenda, para
32
PRECES ESPÍRITAS

que cada qual possa resistir aos maus


pensamentos que nos arrastam ao mau caminho.
Os vossos bons Espíritos cerquem a todos os
vossos filhos e os animem e esclareçam, para que
eles se prosternem, vos rendam graças e tributem
louvores, humildes, arrependidos e submissos.
Também vos pedimos, Pai de infinito amor,
pelos nossos infelizes irmãos a quem faltaram as
forças para suportarem as provas terrestres. Vós,
Senhor, a todos dais um fardo a carregar, e nós
não o devemos depôr senão a vossos pés; mas é
grande a nossa fraqueza e débil a nossa coragem,
que às vezes, nos falta em caminho. Tende, pois,
piedade dos vossos servos que, por indolência e
desânimo, abandonaram a obra antes da hora;
seja para eles clemente a vossa justiça,
permitindo-lhes as consolações dos bons
Espíritos, para que, em breve, possam ter alívios
e esperanças, Senhor! Derramai o bálsamo do
vosso perdão por sobre os culpados arrependidos,
e, aos que desesperam, sustente-os a esperança e a
resignação, para que eles, por seus esforços,
busquem, na própria grandeza de suas faltas e
sofrimentos, as necessárias forças para
resgatarem o seu passado e se encorajarem para a
conquista do futuro.
33

PRECES PELO ESPIRITISMO

Pelos inimigos do Espiritismo


"Mas eu vos digo: Amai a vossos inimigos,
fazei bem aos que vos têm ódio : e orai pelos que
vos perseguem e caluniam".
S. Mateus, cap. V, v. 44.

Senhor, Vós nos dissestes, por intermédio de


Jesus, vosso Messias: "Bemaventurados os que
sofrem perseguições por amor da justiça;
perdoai aos vossos inimigos, rogai por aqueles que
vos perseguem". Ele próprio nos deu o exemplo,
pedindo-vos o perdão para os seus algozes.
Seguindo esse exemplo, Senhor, nós im-
ploramos da vossa misericórdia, o perdão para
aqueles que, por desconhecerem os divinos
preceitos — únicos que podem assegurar a paz e a
felicidade no presente ou no futuro — negam a
vossa existência e guerreiam as vossas eternas
verdades. Como o Cristo, nós dizemos: Perdoai-
lhes, Pai de eterno amor, que eles não sabem o
que fazem.
Consenti, Senhor, que vossos mensageiros
nos incutam no ânimo a precisa força para,
34
PRECES ESPÍRITAS

com paciência e resignação, suportarmos, como


prova da nossa fé e humildade, — o.ridículo, a
calúnia, a injúria e as demais perseguições.
Desviai de nós todo e qualquer pensamento de
represália, porque a hora da vossa justiça soará
para todos e a luz da vossa infinita sabedoria
iluminará todos os cérebros. E porque assim o
cremos, submetemo-nos à vossa omnisciente e
santa vontade.

Pelos nossos irmãos em crença

Poderoso Farol Divino, que dirigis o destino


de Todo o Universo, consenti, Senhor, que todos
os congregados para a grande obra que se acha
em elaboração para a transformação radical, que
trará o bem-estar da humanidade, sejam sempre
concordes com a razão estabelecida para a defesa
desses princípios, e não queiram, por esforço
de sua ambição, aniquilar os efeitos do seu
trabalho.
Permiti, Senhor, que a paz, a igualdade e a
fraternidade reinem sempre entre os que
confessam vossas verdades e se esforçam por
seguir vossos preceitos. Consenti que vossa
divina luz ilumine sempre o entendimento dos
vossos servos em peregrinação na terra e que
35
PRECES ESPÍRITAS

seus corações mais e mais se fortaleçam na fé e


na caridade.
Dai a todos os nossos irmãos, que, anciosos,
esperam a realização das promessas do vosso
Messias, a compreensão necessária para
suportarem com paciência o ridículo, a injúria e
a perseguição e para que saibam tributar-vos
louvores por lhes haver-des permitido o
conhecimento do caminho da verdadeira
felicidade.

-------
36

PRECES PARA NÓS MESMOS


"E todas as coisas que pedirdes, fazendo
oração com fé, haveis de conseguir".
S. Mateus, cap. XXI, v. 22.

Para o começo destas preces

Pai, em todas as coisas que vos pedimos,


faça-se a vossa vontade e não a nossa, por
saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para
nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Prece ao Criador

Meu Deus, permiti que .os bons Espíritos me


assistam, me auxiliem nas aflicções da vida e me
arranquem da dúvida. Fazei, Senhor, que por
vossa misericórdia, eles me inspirem a fé, o
amor e a caridade; que sejam para mim um
apoio, uma esperança e uma prova da vossa
paternal solicitude. Permiti, enfim, que eu
encontre sempre junto deles salutares confortos
e a necessária luz para que as forças não me
faltem nas provas da vida e, resistindo às
37

sugestões do mal, meus passos se firmem na


prática do bem e da caridade, e assim, eu possa e
saiba amar-vos e ao próximo como a mim mesmo.
.

Aos Anjos da Guarda e Espíritos


Protectores

Espíritos sábios e benevolentes, mensageiros


de Deus, que exerceis a sublime missão de
assistir aos encarnados e ensinar-lhes o caminho
do progresso que é o bem e a verdade, —
sustentai-me nas provações desta vida; auxiliai-
me a cumprir os desígnios da justiça de Deus e a
purificar os meus sentimentos; desviai de mim os
maus pensamentos para que eu não.dê acesso aos
Espíritos que, por seu atrazo, permanecem na
maldade e induzem os homens ao mal. Iluminai
minha consciência, afim de conhecer minhas
faltas e afastai dos meus olhos o véu do orgulho
e da vaidade que me impediria de percebê-las e
confessá-las a mim mesmo.
Espíritos que vos interessais por mim e,
sobretudo, vós, meu Anjo da Guarda, que mais
particularmente por mim velais, fazei com que eu
seja digno de vossa benevolência. Conhecedores,
como sois, das minhas necessidades, auxiliai-me,
38
PRECES ESPÍRITAS

eu vo-lo rogo, para que elas possam ser


satisfeitas segundo a vontade de Deus.

Outra
Espíritos amantíssimos, anjos guardiões, aos
quais Deus, em sua misericórdia infinita, permite
velar pela nobre humanidade, sede meus
protectores nas provas da vida eterna. Dai-me
força, coragem, resignação; inspirai-me fé,
caridade, amor e tudo o que é bom; detende-me
no declive do mal. Consenti que a doce
influência do vosso saber e virtudes penetre em
minha alma, alente e esclareça o meu ser; fazei
com que eu possa sentir em cada um de vós um
amigo desvelado e caridoso que, a meu lado,
compreenda os meus sofrimentos e participe das
minhas alegrias.
E vós, N..., que considero meu particular
protector, inspirai-me a fé que salva, o amor que
consola, a caridade que vivifica, para que eu
possa supportar, com paciência e
reconhecimento, as provas que aprouver a Deus
enviar-me, e, por elas, saber descortinar o meu
passado e esforçar-me por conquistar um melhor
futuro.
39
PRECES ESPÍRITAS

Para afastar os maus espíritos


Em nome de Deus Todo Poderoso, eu conjuro
os maus espíritos a afastarem-se de mim e os bons
a servirem-me de proteção e amparo contra
aqueles.
Bons Espíritos, dai-me a força da resistência
contra os atrazados e as necessárias luzes para
não ser vítima da sugestão dos espíritos
impostores, mentirosos e zombeteiros, que repilo
com todas as forças da minha alma, mas para os
quais chamo a misericórdia de Deus.
Preservai-me de ser vítima dos seus embustes
e afastai de mim o orgulho e a presunção, e, do
meu coração, o ciúme, o ódio e a malevolência,
enfim, todos os sentimentos contrários à caridade,
pois são essas as portas que em mim podem dar
entrada à influência dos Espíritos maus.
Para o levantar ou o principiar do
trabalho diário

"Meu Deus, Vós que sois grande, que sois


tudo, deixai cair sobre mim, que não existo senão
por vossa vontade, um raio da divina luz. Fazei
que, penetrado do vosso amor, me seja fácil
praticar o bem e que eu tenha aversão ao mal;
que, animado pelo desejo de vos agradar, meu
40
PRECES ESPÍRITAS

espírito vença os obstáculos que se opõem à


vitória da verdade sobre o erro, da fraternidade
sobre o egoísmo; fazei que em cada companheiro
de provações eu veja um irmão, assim como vedes
um filho em cada um dos seres que de Vós
emanam e para Vós devem voltar. Dai-me o amor
do trabalho, que é o dever de todos sobre a terra,
e, com o auxílio do archote que colocastes ao meu
alcance, esclarecei-me sobre as imperfeições que
retardam meu adiantamento nesta vida e na
vindoura". (*)
Outra
Meu Deus, Pai Amantíssimo! Dai-me forças e
luz para bem utilizar a presente existência que a
vossa bondade me concedeu para progresso do
meu Espírito. Permiti, Senhor, que eu obtenha,
pelo trabalho, o necessário à vida corporal, sem
que seja prejudicado o aperfeiçoamento do meu ser
espiritual. Consenti que os vossos inspirados e
invisíveis servos me inspirem desejos de ser útil
aos meus semelhantes.
Fazei, Senhor, que, com sua inspiração, eu
saiba conduzir-me sem prejudicar os meus

(*) Prece ditada pelo espírito de Jerónimo d e -Praga


a um grupo de operários.
41
PRECES ESPÍRITAS

irmãos por pensamentos, palavras ou obras.


Oxalá o Anjo da minha guarda e os meus
Espíritos protetores me livrem de todos os seres
encarnados ou desencarnados que possam
induzir-me ao mal e afastar-me dos princípios da
caridade, pregada e exemplificada por Jesus
Cristo.
Para o momento de repouso

Senhor! Minha alma va, por alguns


instantes, achar-se com os Espíritos que habitam
o Espaço, enquanto meu corpo, por concessão de
vossa infinita bondade, vai repousar. Permiti que
os vossos bons Espíritos me ajudem com seus
conselhos.
Meu Anjo guardião, iluminai-me para que
eu, ao despertar, conserve uma salutar
impressão dos conselhos dos bons Espíritos.
Outra

Meu Deus! Um dia mais passou da minha


presente e curta existência. E como foi ele
passado?...
Vossa infinita bondade vai conceder-me o
sono necessário para eu reparar as forças que
perdi. Consenti, pois, que, durante esses
momentos, minha alma seja fortalecida pelos
42
PRECES ESPÍRITAS

conselhos dos bons Espíritos e deles


obtenha as necessárias luzes para reconhecer os
meus defeitos e, buscando emendá-los, não mais
cometa infrações às vossas leis.
E vós, meu Anjo da Guarda, fazei que eu
possa compreender os conselhos dos bons Espíritos
e que, ao acordar, conserve deles nítida,
duradoura e salutar memória.

Para pedir a correção de uma falta

Senhor! Vós destes a todas as criaturas a


inteligência necessária para distinguir o que é
bom e o que é mau, e eu, reconhecendo maldade
em qualquer coisa, inculpo-me, se não me esforçar
na resistência. Por isso, peço-vos, bom Pai, que me
preserveis do orgulho que me impediria de perce-
ber meus defeitos e da influência dos maus
espíritos, que me excitariam a perseverar nesse
erro.
Senhor! Eu reconheço, entre minhas
imperfeições, a inclinação para... e se não
resisto ainda a esse arrastamento é porque o meu
atrazo me escravizou a esse hábito. Mas eu,
Senhor, desejo progredir, e Vós, justo como
sois, não me criastes culpado, antes me destes
igual aptidão para o bem como para o mal. Dai-
me, pois, meu Deus, a necessária força para
43
PRECE ESPÍRITAS

que eu, vencendo o mal, consiga mudar de


caminho.
Os meus defeitos são restos das imperfeições
que eu conservo das anteriores existências
corporais do meu Espírito. Eles representam o
'meu pecado original; deles me poderei libertar
pela vontade e com a assistência e conselhos dos
bons Espíritos. Permiti, pois, Senhor, que eles
me ajudem.
Espíritos bons e caridosos, que me protegeis,
sobretudo, vós, meu Anjo da Guarda, dai-me
energia, excitai minha vontade .para que eu possa
resistir às más sugestões e consiga sair vitorioso
da luta, pois que todos os defeitos são barreiras
que nos afastam de nosso Pai celestial, assim como
cada um daqueles que conseguimos vencer
representa um passo no caminho do progresso que
a Ele nos conduz.
E porque o reconheço e desejo emendar-me, o
Senhor, em sua infinita misericórdia, permita que
eu o consiga, para que, da presente existência, que
para meu adiantamento me foi concedida, eu
possa sair melhor do que quando nela entrei.

Para pedir resistência a uma tentação

Deus Todo Poderoso, não nos deixeis cair em


tentação nem sucumbir às nossas provações.
44
PRECES ESPÍRITAS

Espíritos benevolentes, protegei-me,


desviando-me deste mau pensamento e dai-me
valor para resistir às. sugestões do mal. Se eu
Sucumbir, sei que merecerei expiar a minha
falta nesta ou na outra vida, pois que tenho
livre arbítrio para discernir e proceder.»

Para pedir.um conselho

Em nome de Deus Todo Poderoso, eu rogo


aos Espíritos protetores que me inspirem a
melhor resolução a tomar, na incerteza em que
me acho.
Permita Deus que eles dirijam meus
pensamentos para o bem e me. libertem da
influência dos que me podiam tentar e
desencaminhar.

Para pedir auxílio em um perigo iminente

Deus Todo Poderoso, socorrei-me! Anjo


da.minha guarda protegei-me! Se para meu
benefício futuro, eu devo sucumbir, seja feita a
vossa vontade, Senhor, e não a minha; se,
porém, me for dado salvar-me, permiti que, no
resto da minha vida, eu repare todo o mal que
tenha feito e do qual sinceramente me arrependo.
45
PRECES ESPÍRITAS

Nas aflições da vida

Meu Deus! Pai amantíssimo, que conheceis as


nossas misérias, dignai-vos, em vossa infinita
bondade, ouvir favoravelmente os votos que neste
momento vos dirijo! Se meu pedido for
inconsiderado, perdoai-me; se, porém, aos vossos
olhos ele for justo e útil, consenti que os
mensageiros de vossa divina vontade venham em
meu auxílio para que realizados sejam os meus
desejos.
Contudo, seja qual for o resultado, meu Deus,
cumpra-se a vossa vontade. Se, em vossos sábios
desígnios, eu não puder ser atendido, submeter-
me-ei sem murmurar. Permiti que não seja
abalada a minha fé e resignação, e eternos
louvores vos sejam tributados.
Senhor, eu vos peço. . .

De um doente

Senhor! Vós sois a infinita justiça e eu sei


que não há efeito sem causa: a doença que ora
suporto é, decerto, conseqüência de infração às
vossas leis ou expiação de minhas faltas passadas.
Eu me submeto, pois, Senhor, aos vossos divinos
decretos, pois tudo o que permitis não pode ter
outro fim que não seja o bem das vossas
criaturas.
46
PRECES ESPÍRITAS

Bendito seja o vosso nome por assim me


concederdes meios de reparar meus erros e de
melhor, conhecer os meus deveres, respeitando
vossas sábias leis. Permiti que eu saiba tirar
proveito dos meus sofrimentos e que os vossos
bons Espíritos me assistam e reanimem.
Em acção de graças por uma vitória
obtida contra uma tentação
Senhor Todo Poderoso! Eu vos agradeço o
haverdes permitido que eu houvesse vencido,
desviando-me desta tentação. Sustentai-me sempre
na luta contra o mal e permiti que esta vitória me
encoraje para que eu possa resistir sempre às
tentações do mal.
Louvores vos tributo, meu Deus! e a vós, meu
Anjo guardião, reconhecido, agradeço vossa
assistência. Possa eu, por meus esforços e
submissão aos vossos conselhos, merecer sempre
vossa salutar proteção.
Por um favor obtido
Deus da infinita bondade! vosso nome seja
bendito, pelos benefícios que me tendes concedido
nestas e nas anteriores encarnações do meu
espírito. Eu reconheço, Senhor, que todo o bem
47
PRECES ESPÍRITAS

de vós dimana e ingrato seria se atribuisse ao


acaso ou ao mérito próprio o que ora me
concedestes. Bons Espíritos, executores da
vontade de Deus, e vós, sobretudo, meu Anjo da
Guarda, aceitai meu reconhecimento. Desviai de
mim os pensamentos de vaidade e orgulho e
oxalá que, com vosso auxilio, eu possa empregar-
me sempre .em atos meritórios.
Senhor, meu Deus, eu vos agradeço...

Para quando se escapar de um perigo

Meu Deus! Agradeço-vos o haverdes


permitido que eu escapasse do perigo que me
ameaçava. Louvores vos tributo, Senhor! Saiba eu
eternamente amar-vos e servir-vos, para, de
alguma forma, poder ser grato à vossa
misericórdia.
E vós, Anjo da minha guarda e espíritos que
me protegeis, aceitai o meu reconhecimento e
fazei com que eu conheça minhas faltas, para que,
reparando-as, me possa tornar digno de vossa
proteção.
Inspirai-me bons pensamentos e assisti-me,
para que eu consiga empregar com utilidade o
tempo que Deus tenha por bem conceder-me ainda
na presente existência, e, assim, ao libertar-me
dos liames da carne, possa entrar no mundo
espiritual, expurgado de minhas imperfeições.
48
PRECES ESPÍRITAS

Actos de submissão e resignação


Pai amantíssimo! Eu sei, Senhor, que todo
o sofrimento tem uma causa útil e justa.
Submisso, pois, aceito a aflição que acabo de
suportar e todas as que, de futuro, me possam
sobrevir como expiação de minhas faltas
passadas e provas para o progresso do meu ser
espiritual.
Bons Espíritos, que vos dignais proteger-
me para suportá-las sem murmurar, ensinai-me a
aproveitá-las como avisos e conselhos salutares
que, augmentando minha experiência, me levem a
combater em mim o orgulho, a ambição, a inveja,
o ciúme, a tola vaidade e o egoísmo, e, dessa
forma, possa eu tirar proveito para meu
adiantamento moral.

Outra
Senhor! Deus de eterna Justiça e Bondade!
Ante as provações que vos aprouve enviar-me
para progresso moral do meu espírito, eu sinto
necessidade de orar e tributar louvores à vossa
infinita Sabedoria, ao vosso inextinguível Amor.
49
PRECES ESPÍRITAS

Permiti, Senhor, que a luz se faça


intensamente em meu espírito, para que eu
possa compreender e apreciar toda a extensão
desse amor que só me aflige para me elevar. Com
resignação, meu bom Deus, curvo-me ante a vossa
divina vontade, certo de que, apesar da criatura
ser fraca, ela jamais sucumbirá, se for
amparada pela Fé e pela Esperança. Não me
abandoneis, Senhor, para que, com o vosso auxilio,
eu possa vencer os meus defeitos.

Outra
.
Levantei meus olhos para Vós, oh Eterno, e
me senti fortificando. Sois a força de todo o
Universo; não me abandoneis, meu Deus! Vivo
subjugado ao peso das minhas iniquidades;
ajudai-me! Conheço as fraquezas da minha carne
e, ante as maravilhas da vossa criação, sei que
sou a mais ínfima .das vossas obras; mas vosso
amor e bondade não têm limites e, por isso,
espero que não afastareis de mim o vosso olhar!
Sou devorado por sede ardente; fazei, Senhor,
jorrar a fonte de água viva, e serei saciado. Não
se abra nunca minha boca para soltar queixume
nas aflições da vida, mas sim para vos tributar
louvores.
50
PRECES ESPÍRITAS

É grande a minha fraqueza, mas Vós sois


Pai de infinito amor e me sustentareis.
Oh Eterno! Só Vós sois grande! Só Vós
sois alvo da minha vida!
Bendito seja eternamente vosso nome, se,
por meus próprios erros, eu me vir ferido, pois que
sou um servo infiel. Ante vossa vontade, curvarei a
fronte, sem queixar-me, porque só Vós sois bom,
só Vós sois_grande, só Vós sois o alvo de minha
vida!
Prece de contrição
Senhor! Vós que sois infinitamente mi-
sericordioso e bom, que sois todo amor, pois outra
coisa não sois, ouvi-me! Perdoai-me, Senhor, que
contra Vós tenho pecado muito! (*)

Prevendo a aproximação da morte


Meu Deus! Eu creio em Vós! Creio no vosso
infinito poder! Creio na perfeição de toda a vossa
criação! Creio nas vossas irrefutáveis leis! Creio
na vinda, entre nós, do Espírito mais perfeito
que à terra baixou para exemplificar as vossas
leis! Creio em todos os monumentos que esse
Cristo entre nós ergueu e criou; que Ele
incessantemente.derrame sobre nós a sua
(*) Prece inédita, ditada por um Espírito protetor.
51
PRECES ESPÍRITAS

benéfica proteção! Creio que a minha vinda a este


planeta teve por único objecto o meu
aperfeiçoamento espiritual! Creio na existência da
minha alma antes e depois do meu ser em vida
corporal! Creio, finalmente, em .tudo o que é
visível e invisível e que é obra vossa, oh meu
Deus! oh meu Omnipotente Senhor!... E
porque assim o creio, sei que o meu corpo é o
envólucro perecível da minha alma, e que, quando
nele cessar a vida, eu despertarei no mundo
espiritual, pois que seria negar-vos julgar que,
depois de nos haverdes dado inteligência para vos
conhecer, coração para sentir e aspirar ao futuro,
a extinção da vida material me mergulharia no
nada.
Senhor! Sinto que se rompem os laços que
unem minha alma ao corpo e que bem cedo serei
chamado a dar conta dos actos da minha presente
existência. Vou sofrer as consequências do bem e
do mal que fiz. Todo o meu passado se
desenrolará diante de mim, e eu serei julgado
segundo minhas obras, pois na vida espiritual
não há ilusões nem subterfúgios.
Nada levarei dos bens da terra, onde ficam
honras, riquezas, prazeres, satisfação de vaidades
e orgulho.
Nada disso, pois, me servirá de socorro na
pátria espiritual, mas sim, só os atributos com
52
PRECES ESPÍRITAS

que eu tenha ornado minha alma; isto é, as


boas. e más qualidades, acções e pensamentos
que serão pesados na balança da divina justiça.
Serei julgado com tanto mais severidade, quanto
a posição que me foi permitida na terra me
tenha facultado o bem que não pratiquei.
Senhor, Deus de Misericórdia! Oxalá o
arrependimento penetre em todo o meu ser e
ante Vós chegue com sinceros desejos de reparar
meus erros, para que a vossa indulgência se
extenda sobre mim.
Se for do vosso agrado prolongar minha
existência, consenti que seja o tempo empregado
em reparar o mal que fiz, segundo minhas forças.
Se sem apelo, porém, é chegada a hora da minha
passagem para a verdadeira pátria, fazei que de
mim se não afaste o consolador pensamento de
que a vossa bondade permite o resgate das
faltas, com a submissão a novas provas, para
assim conseguir a felicidade dos escolhidos. Sim!
porque Vós, como bom Pai, a nenhum filho
deserdais e todos podem, por seu trabalho e
esforços, chegar, mais cedo ou mais tarde, a
gosar a felicidade perfeita dos justos.
Sei que o meu Anjo Guardião e os bons
Espíritos, meus protetores, junto, de mim velam;
possam eles auxiliar-me a obter o perdão dos
irmãos encarnados ou desencarnados, a quem
53
PRECES ESPIRITAS

eu possa ter molestado com o meu orgulho,


prejudicado com o meu egoismo, ofendido com a
minha severidade e injustiça,' assim como eu,
de coração, perdoo a quantos me hajam feito ou
desejado fazer mal.
Bons Espíritos, dai-me as necessárias forças
para eu não fraquejar no momento supremo e
ajudai-me a desembaraçar dos liames da carne,
reanimando-me na fé, para que Deus me permita
sair breve da perturbação que causa a transição
da vida corporal para a vida espiritual.

----------
54

P R E C E S P O R OUTREM

"Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu


coração, e de toda a tua alma e de todo o teu
entendimento. — Este é o máximo e o primeiro
mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é; Amarás o
teu próximo como a ti mesmo.
Destes dois mandamentos depende toda a
lei. e os .prof etas". .. . ;'.,..;
S. Mateus, cap. XXII, v. 37 a 40

Pelos nossos inimigos e por aqueles que


nos querem mal

"Quando vos puzerdes em oração, se tiverdes


alguma coisa contra alguém, perdoai-lha, para que
também vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe
vossos pecados. Porque se vos não perdoardes,
também vosso Pai que está nos céus, não vos
perdoará vossos pecados".
S. Marcos, cap. XI, v. 25 e 26.

Meu Deus, eu perdoo a F... o mal que me


fez (ou quiz fazer), como desejo que me perdoeis e
ele me perdoe o que, eu por acaso, lhe. pudesse
ter feito. Se o colocastes em meu caminho para
minha expiação ou provação, seja cumprida
vossa vontade.
55
PRECES ESPÍRITAS

Desviae, Senhor, de mim a ideia de o


amaldiçoar, como qualquer desejo malévolo contra
ele. Permiti que eu não sinta nunca prazer com
seus males, nem alimente inveja pelos benefícios
que vos aprouver conceder-lhe, para que minha
alma não seja manchada com sentimentos
indignos de um cristão. Que a vossa bondade se
extenda por sobre ele e lhe inspire melhores
sentimentos para comigo.
Bons Espíritos, inspirai-me o esquecimento
das ofensas e incuti em meu coração o desejo do
bem. Fazei que o ódio, o rancor, o espírito de
represália não perturbem a paz da consciência que
eu tanto desejo, mas que, ao contrário, eu esteja
sempre pronto a pagar o mal com o bem e a
extender mão fraterna aos meus próprios
inimigos.
Se a Deus aprouver conceder-me ocasião de
lhe ser útil, preservai-me de o fazer por orgulho
ou ostentação, molestando-o com a generosidade
humilhante que me faria perder o fruto de
qualquer boa acção, porque então merecia a
aplicação das palavras de Jesus: "Já recebestes a
vossa recompensa".
Por alguém que se acha em aflição

Deus de infinita bondade, dignai-vos, por vossa


clemência e amor, suavizar o amargor da
56
PRECES ESPÍRITAS

posição de F..., se este pedido estiver de


acordo com a vossa vontade.
Bons Espíritos, que tendes por missão
assistir aos encarnados, em nome de Deus Todo
Poderoso, eu vos suplico que o socorrais em suas
aflições.
Se elas, por interesse dele, não puderem ser-
lhe poupadas, fazei-lhe compreender que
necessárias são ao seu adiantamento.Inspirai-lhe
confiança em Deus e esperança no futuro, o que
lhas tornará menos amargas. Dai-lhe também a
precisa força e resignação para não sucumbir,
afim de não perder o fruto de sua provação e,
assim, se lhe tornar menos penoso o seu futuro.
Levai-lhe por caridade, o meu pensamento e
vivificai-o, para que ele possa auxiliá-lo a
sustentar-lhe a coragem.

-------
57
PRECES ESPÍRITAS

Por uma criança que acaba de nascer


(Deve ser recitada pelos pais)
"Jesus respondeu e lhe disse: Na verdade, na verdade te
digo que não pode ver o reino de Deus, senão aquele que
renascer de novo. Nicodemos lhe disse: Como pode u m
h o m e m n a s c e r , s e n d o v e l h o ? P o r v e n tura pode tornar a
entrar no ventre de sua mãe, e nascer outra vez ?
Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que
quem não renascer da água (*) e do Espírito Santo, não pode
entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne, é carne, e
o que é nascido do Espírito, é Espírito. Não te maravilhes de
eu te dizer: Importa-vos nascer outra vez".
S. João, cap. III, v. 3 a 7.

Espírito que encarnastes no corpo de meu


filho, sede bem vindo!
Deus Todo Poderoso, que o enviastes, sede
eternamente bendito!
Senhor—Eu sei que é sagrado o depósito que
acabais de me confiar, e que dele deverei
prestar-vos contas.

(*) Nos primitivos tempos, a palavra água era empregada


para exprimir o princípio gerador de todas as coisas, o
elemento primitivo, donde tudo se deriva nos reinos orgânicos e
que hoje é designado pelo Cosmos ou fluído etéreo. No Génesis,
de Moisés, lê-se: "No princípio, a Terra era vã e vazia e as
trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de,Deus era
levado sobre as águas. Disse também Deus: -Faça-se o
firmamento ao meio das águas e separem-se umas águas das outras
águas", etc. Por essa interpretação, então dada à palavra água,
é que Jesus disse: Renascer da água, isto é, do elemento
gerador da matéria, pois que a carne cresce da carne e o
espírito do Espí rito.
58
PRECES ESPÍRITAS

Dispensai-me vosso divino auxílio para que


eu saiba cumprir os meus deveres para com este
novo ente. Se sua alma pertence à geração dos
bons Espíritos que devem povoar a terra, eu vos
agradeço, Senhor, ser progenitor de um corpo
para instrumento de um desses bons Espíritos. Se
é, porém, uma alma atrazada, permiti que os
vossos bons servos me inspirem, para que eu
cumpra o meu dever, auxiliando-a a progredir na
estrada do bem com bons conselhos e exemplos.
Senhor, sustentae-me nessa tarefa e dae-me
coragem e vontade para cumpril-a bem.
Se for .também esta criança motivo de
provação para mim, cumpra-se vossa vontade e
vossa bondade nos, dê resignação e esperança.
Bons Espíritos, que assististes ao seu
nascimento e a quem foi dada a missão de
acompanhá-la durante a vida, não a abandoneis.
Afastai dela os Espíritos maus ou atrazados que
a poderiam tentar e induzi-la ao mal; dai-lhe
força para resistir às más sugestões, luz para
guiar sua razão, valor para suportar com
paciência as provas que na terra a esperam.

Outra
Meu Deus! Já que me confiastes a sorte de
um dos seres da vossa criação, fazei-me digno
de tal missão; concedei-me a vossa protecção
59
PRECES ESPÍRITAS

permitindo-me o auxílio dos bons Espíritos;


esclarecei minha inteligência para que eu,
discernindo as tendências do Espírito que ora
volta ao teatro da vida, possa preparar-lhe o
caminho para que em paz regresse à pátria
comum.

Outra
(Pode ser recitado por qualquer pessoa)
Deus de infinita bondade e amor. Uma vez
que vos aprouve permitir que o Espírito que
anima esta criança de novo viesse passar pelas
provas terrestres, necessárias ao seu progresso e
aperfeiçoamento, dai-lhe a precisa luz para
aprender a confessar-vos, amar-vos e adorar-
vos. Fazei que, pela vossa Omnipotência, esta
alma possa regenerar-se na fonte de vossas
divinas instruções.
Permiti que, sob a égide do seu Anjo da
guarda, a sua inteligência se augmente e
desenvolva, seus sentimentos ;se .aperfeiçoem,
fazendo-lhe aspirar ao bem, que cada vez mais a
aproximará de Vós. Seja a ciência espírita o farol
que a guie no caminho da vida terrestre, para
que ela possa apreciar a extensão do vosso amor,
que só nos experimenta e concede existências
corporais para purificar-nos.
60
PRECES ESPÍRITAS

Senhor! Lançai um olhar paterno sobre esta


família, afim de que ela possa compreender sua
missão, fazendo germinar boas sementes no
coração deste seu novo membro, e assim poder
ele, no futuro, elevar-se para Vós, por suas livres
aspirações e acções. Permiti igualmente,
Senhor, que a vossa paz reine neste lar.
Dignai-vos, meu Deus, escutar esta humilde
prece em nome daquele que, enviado por Vós,
disse: "Deixai vir a mim as criancinhas, porque
o reino dos céus é para os que se lhes
assemelham".
Pelos doentes
Senhor! Deus de clemência e amor! Lançai
um olhar de complacência sobre todos os que
sofrem enfermidades e doenças corporais,
especialmente sobre N... e dignai-vos conceder
alívios aos seus males e por termo a eles, se
assim for da vossa vontade.

Bons Espíritos, que só em derramar benefícios


vos ocupais, eu vos peço secundeis este desejo de
os aliviar e, dirigindo-lhes meus pensamentos,
fazei que eles derramem o bálsamo salutar por
sobre seus corpos, bem como a consolação em
suas almas. Inspirai-lhes a necessária paciência
cristã, submissão à vontade de Deus, para que
com calma, possam resistir às dores e, com
resignação, aproveitem o futuro das provas
por que ora passam.
61
PRECES ESPÍRITAS

Por um agonizante

Deus,cujos atributos são de infinita


perfeição e concordância, dignai-vos baixar os
vossos misericordiosos olhos para esta alma que
vai deixar o seu invólucro terrestre, para, de
novo, voltar à verdadeira pátria — o mundo
espiritual. Oxalá possa ela aí entrar em paz e que
lhe seja suave a memória dos seus actos e
aspirações na vida que termina.
Bons Espíritos, que a tendes amparado e
acompanhado, não a abandoneis neste supremo
momento. Dai-lhe alento e ajudai-a a
desembaraçar-se dos fluídos materiais; inspirai-
lhe para que se consagre ao arrependimento de
suas faltas e ao resgate, pela prática do bem e
submissão à vontade do Criador. Dirigi-lhe o meu
pensamento e possa ele tornar menos penoso o
trabalho do seu desprendimento, lavando-lhe as
consolações da esperança e os meus sinceros
votos pelas suas felicidades futuras.

Em acção de graças pelos benefícios


concedidos aos nossos inimigos

Meu Deus! Vossa justiça concedeu um


momento de júbilo ao coração de N... Permiti
62
PRECES.ESPÍRITAS

que eu por ele, vo-lo agradeça e assim, mais uma


vez, lhe perdoe o mal que me fez ou procurou
fazer. Se ele se aproveitar desse benefício para
me humilhar, eu aceitarei a humilhação como
prova para a minha caridade.
Bons Espíritos, que me protegeis, fazei com
que meu coração rejubile para que a inveja e o
ciúme, que rebaixam o homem, não prejudiquem
o progresso do meu espirito, antes inspirai-me
sempre a generosidade e o perdão que nos
elevam.

Por um favor concedido a outrem

Meu Deus! Louvado seja o vosso santíssimo


nome pela felicidade que permitistes a N….
Espíritos que assistis aos encarnados,
contribui para que ele veja nisso uma prova da
bondade de Deus, nosso Pai comum.
Se o bem que lhe sobreveio é uma prova,
inspirai-lhe o pensamento de fazer bom uso dele
e não sentir vaidade, que redundaria em seu
prejuízo futuro.
Vós, meu bom génio, que, do Além, me
protegeis e desejais a minha felicidade, desviai
de mim todo o pensamento de inveja e de ciúme.
63

PRECES PELOS QUE NÃO ESTÃO NA


TERRA

Por alguém que acaba de morrer

Senhor! Deus Todo Poderoso! Permiti que


vossa misericórdia baixe sobre o Espírito de
F..., que à vossa presença acabais de chamar.
Oxalá possam ser-lhe contadas as provações
que ele na terra sofreu, bem como as nossas
preces suavizarem ou abreviarem as penas que
tenha a sofrer, como espírito.
Bons Espíritos, que viestes recebe-lo, e vós,
meu Anjo ;da Guarda, auxiliai-o a despojar-se da
matéria; iluminai sua consciência, para que , ele
conheça o seu estado e saia da perturbação que
acompanha a passagem da vida corporal à vida
espiritual; inspirai-lhe o arrependimento de suas
faltas e ;o desejo de as reparar para abreviar o seu
adiantamento e poder ascender,à mansão dos
bemaventurados.
F... Acabais de entrar no mundo dos
Espíritos e,contudo, podeis estar aqui presente,
podeis ver-nos e ouvir-nos, porque a única
64
PRECES ESPÍRITAS

diferença que entre nós existe é apenas a do


corpo efémero que deixastes e que em breve,
se reduzirá a pó.
Abandonastes o grosseiro envoltório que está
sujeito às vicissitudes e às leis da transformação
e já conservais só o invólucro etéreo e imortal,
inacessível aos sofrimentos terrestres. Não
viveis a vida do corpo,mas viveis a do Espírito,
que é a verdadeira vida — isenta das misérias
que afligem a humanidade.
Aos vossos olhos dissipou-se o Véu que a
nós oculta ainda os esplendores da vida do
Além; podeis contemplar melhor as maravilhas da
criação, ao passo que nós ainda estamos
mergulhados em trevas; podereis percorrer o
espaço, visitar outros mundos, ao passo que nós,
com dificuldade, nos arrastamos na terra, presos
ao corpo material.
Permitta Deus que ante vós se desenrole o
horizonte do infinito, para que, em presença de
tanta grandeza, possais compreender a futilidade
das vaidades e desejos da terra, das ambições e
gosos mundanos, de que os homens fazem
constituir suas alegrias.
A morte, à luz das verdades reveladas, é
simplesmente uma separação material de curtos
momentos. Desde o exílio, onde nos retém ainda
a vontade de Deus, e por ela, os deveres a
cumprir, nós vos seguiremos com o pensamento,
65
PRECES ESPÍRITAS

até que nos seja permitido nos ajudar


mutuamente, assim como vós já vos reunistes
aos que vos precederam.
Vinde visitar os que vos amam e amastes;
sustentai-os nas suas provações, velai pelos que
vos são caros, protegei-os conforme vosso poder,
adoçai-lhes os pesares, firmai seus passos na
prática do bem e transmiti-Ihes pelo pensamento,
a certeza de que mais feliz sois agora e de que, um
dia, a eles vos reunireis em um melhor planeta.
No mundo para onde evoluistes, todos os
sentimentos terrestres devem extinguir-se.
Esforçai-vos, por interesse de vossa felicidade
futura, para que o mal vos não seja acessível e,
para que Deus vos possa perdoar, perdoai vós,
sinceramente, aos que vos ofenderam, assim como
eles vos perdoam.

Outra
"Senhor Todo Poderoso, consenti que a vossa
misericórdia se extenda por sobre todos os
nossos irmãos que acabam de deixar a terra e
que a vossa luz brilhe diante de seus olhos!
Tirai-os das trevas, abri-lhes os olhos e os
ouvidos! Consenti que os vossos bons Espíritos se
lhes aproximem, fazendo-lhes escutar palavras
de paz e esperança!
66
PRECES ESPÍRITAS

Senhor! Por mais indignos que sejamos, nos


atrevemos a implorar-vos misericórdia e
indulgência em favor dos nossos irmãos que
acabam de ser chamados do exílio; permiti que a
sua volta seja como a do filho pródigo. Esquecei,
meu Deus, as faltas que eles tenham cometido,
pela lembrança do bem que acaso houvessem
feito. A vossa justiça é invariável, bem o sabemos,
porém o vosso amor é imenso, e, por isso, vos
suplicamos para abrandar a justiça na fonte de
bondade que emana de Vós.
Irmãos que acàbaes de deixar a terra, faça-
se a luz sobre vos, e os bons Espirites do
Senhor, approximando-se de vós e rodeando-vos,
vos ajudem, a sacudir as cadeias terrestres!
Submettei:vos sem queixumes á divina justiça
para nunca vos desesperardes de merecer a
misericórdia de Deus.
Irmãos! Oxalá que um sério exame do vosso
passado vos abra as portas do futuro, fazendo-
vos compreender as faltas que deixastes atraz e o
trabalho que vos falta fazer para repará-las.
Oxalá que Deus vos perdoe e que os bons
Espíritos vos sustentem e animem! Os vossos
irmãos da terra orarão por vós assim como vos
pedem para orardes por eles".(*)

(*) Esta, prece foi dltada a um médium de Bordeaux no


momento em que passava sob sua janela, o enterro de um
desconhecido. — "As Sessões Espíritas".
67
PRECES ESPÍRITAS

Por um inimigo

Senhor! A' vossa justiça aprouve chamar a


alma.de F... a prestar contas ante Vós; eu lhe
perdoo o mal que, ele me fez, bem como suas más
intenções para comigo. Possa isso ser-lhe útil e
servir de incentivo ao arrependimento de suas
faltas para que vossa divina misericórdia baixe
sobre ele. Afastai também de mim, Senhor, o
pensamento de me regozijar com a sua
desencarnação.
Se procedi mal para com ele, a Vós, : meu
Deus e a ele peço perdão, assim como me
esqueço do seu modo de proceder para comigo.
Pelos nossos parentes e afeiçoados
Deus de infinito amor e bondade! Dignai-
vos, Senhor, ouvir a prece que vos dirijo pelo
Espírito de F... e permiti que ele possa entrever
as vossas divinas luzes, para que assim se lhe
torne fácil o caminho para a sua eterna
felicidade. Consenti, Senhor, que os vossos bons
Espíritos lhe levem as minhas palavras pela
transmissão de meu pensamento.
Espírito de F..., ouve a minha voz que,
como prova de minha afeição, te chama, no
desejo de te auxiliar a compreender que,
68
PRECES ESPÍRITAS

apesar de teres deixado o corpo mortal, vives


ainda a vida espiritual, que é a verdadeira.
Quiz Deus que fosses libertado antes de
mim. Não me lamento, pois, isso seria egoísmo e
manifestaria desejar-te ainda as penas e
sofrimentos da vida; antes, resignadamente,
aguardo o instante de nossa união no mundo
em que ora te achas e que, confio em Deus, será
de maior felicidade para ti.
Eu sei que nossa separação será apegas
momentânea, porque, por mais longa que me
possa parecer sua duração, se obliterará ante a
eternidade das venturas reservadas por Deus aos
que se arrependem e emendam. Permita Deus, em
sua bondade, que os bons Espíritos me preservem
de cometer qualquer acto contra as divinas leis,
e que me retardaria o almejado instante da nossa
união, e, assim, que poupem a dor de te não
encontrar ao sair deste captiveiro terrestre.
Oh! Como é doce e consoladora a certeza de
que, apesar do véu material que te oculta à
minha vista, podes estar aqui a meu lado, ver-me
e ouvir-me como outrora, pois creio que me não
esquecerás, como de ti me não esquecerei, e,
assim, nossos pensamentos não deixarão de se
confundir e o teu me seguirá e amparará
69
PRECES ESPÍRITAS

sempre, consoante teu poder e os desígnios de


Deus!
A paz do Senhor seja eternamente contigo.

Por um criminoso

Deus de misericórdia! Eu creio, Senhor, que,


por vosso infinito amor, não será repudiado o
criminoso que deixa a terra, se o remorso,
tocando seu coração, o levar ao arrependimento
sincero, pois vossa bondade, assim, lhe facultará
os meios de expiar suas culpas. A justiça
humana castigou-o, mas isso não o libertou do
cumprimento das leis de vossa imutável justiça.
Permiti, Senhor, que minha humilde prece possa
ajudá-lo a romper o véu que acaso lhe oculte a
gravidade de suas faltas.
Bons espíritos, uni vossas súplicas às
minhas, para que Deus vos conceda permissão de
acalmar seus soffrimentos, incutindo-lhe a
esperança, e dando-lhe a precisa coragem para
não sucumbir nas lutas que haja de empreender
na nova existência, que a misericórdia de nosso
amantíssimo Pai lhe concederá para seu
aperfeiçoamento, quando ele, por seu
arrependimento, se torne merecedor.
Senhor! Tende piedade deste meu infeliz
irmão!
70
PRECES ESPÍRITAS

Por um suicida

Meu Deus! Vossa infinita bondade permitiu


que os homens pudessem conhecer a horrível sorte
reservada aos que violam vossas leis, pondo,
voluntariamente, termo aos seus dias, mas
também, Senhor, por essa mesma bondade,
melhor compreendemos, hoje, vosso infinito
amor, vossa ilimitada misericórdia, e, por isso, eu
vos peço, bom Pai, para que vossa clemência
atinja a alma de F...
Possam minhas preces, unidas à vossa
comiseração, adoçar o amargor dos sofrimentos
que ela suporta por não ter tido coragem de
esperar, resignada, o fim de suas terrestres
provas!
Bons Espíritos, que tendes a missão de
assistir aos infelizes, tomai-a sob vossa protecção,
inspirai-lhe pesar e arrependimento de sua falta,
e, oxalá, vossa assistência lhe dê o necessário
ânimo para, com mais fé e maior resignação,
suportar as novas provas que as leis da divina
justiça lhe destinem para reparação de sua
fraqueza. Desviai de junto dela os maus
Espíritos, que poderiam induzi-la ao mal,
prolongando-lhe seus sofrimentos e fazendo-lhe
perder o fruto de suas futuras provas.
71
PRECES ESPÍRITAS

Irmão, cuja infelicidade é objecto desta


prece, permita Deus que minha comiseração
possa mitigar o amargor da vossa situação
actual e germinar em vós a esperança de um
melhor futuro que:de vossas resoluções depende.
Confiai na bondade de Deus nosso Pai, cujo
seio está sempre aberto para derramar os
efluvios do seu amor por sobre os arrependidos,
até mesmo pelos que são endurecidos no mal, logo
que o confessam, amam e a d o r a m.

-------
72

PR E C ES D I V E R S A S

Utilíssimas para as sessões em que se


manifestam espíritos sofredores e atrazados
"Curai os enfermos, .ressuscitai os mortos,
limpai os leprosos, expeli os demónios; dai de
graça o que de graça recebestes".
S. Mateus, cap. X, v. 8.

Pelos espíritos que pedem preces

Deus clemente e misericordioso, permiti que


a vossa bondade e misericórdia se extenda por
sobre todos os Espíritos que se recomendam às
nossas preces e particularmente por sobre a
alma de F. . .
Bons Espíritos, cuja única preocupação é a
prática do bem, intercedei connosco para que eles
sejam aliviados! Fazei brilhar, ante seus olhos,
a luz divina, para que a esperança os acalente e
anime! Esclarecei-os quanto às imperfeições
que os afastam do bom caminho e lhes retardam
o acesso à morada dos bemaventurados! Abri-
lhes seus corações ao arrependimento, para que
eles possam nutrir sinceros desejos de
73
PRECES ESPÍRITAS

purificar-se e apressar o seu adiantamento!


Fazei-lhes compreender que o seu progresso
depende; de seus próprios esforços, para abreviar
o tempo de suas provas!
Oxalá Deus, em sua bondade, lhes conceda
valor para perseverarem nas boas resoluções e
permita que estas palavras possam suavizar-lhes
.os soffrimentos, testemunhando-lhes nossa
compaixão e desejos de suas felicidades.
Pelos ignorantes e obstinados

Deus de infinita sabedoria e amor, dignai-


vos, Senhor, esclarecer, com um raio de vossa
divina luz, todos os que vos desconhecem! Fazei
que eles possam reconhecer que a Vós devem a
existência, pois que sois Vós que tudo criais e
dirigis; que seus olhos possam ver vossas
eternas verdades para que, humildes e
submissos, ante vossa magestade e infinito poder
se curvem. Permiti, Senhor, que os conselhos dos
bons Espíritos achem acesso em seus corações e que
eles, livremente, busquem desviar-se do mau
caminho, procurando, pelo arrependimento e
pela prática .do bem, resgatar o seu passado.
E vós, irmãos nossos, meditai por um
momento em tudo o que nos rodeia; pedi o
74
PRECES ESPÍRITAS

auxílio dos mensageiros de Deus, de quem, por


vossa
;
obstinação, vos tendes afastado, e
Deus, em sua bondade, permitirá que a luz se
faça a vossos olhos e possais compreender que, se
tudo o que é obra humana tem autor, o que não é
criação dos homens ;não pode igualmente deixar
de ter criador. E esse é Deus, — nosso Pai e
Senhor.

Pelos espíritos endurecidos

Senhor Deus! Dignai-vos lançar um olhar


de clemência e bondade sobre os espíritos
imperfeitos, que ainda estão nas trevas da
ignorância e vos desconhecem — especialmente
F...
Bons Espíritos, ajudai-nos a fazer-lhes
compreender o errado caminho que seguem,
induzindo os homens ao mal, obsecando-os e
atormentando-os, pois assim acarretam sobre si
próprios grandes sofrimentos. Fazei que o
exemplo da felicidade de que gozais lhes sirva de
estímulo, para fugirem do mal e procurarem o
bem.
Espíritos que sentis prazer com o pesar e
sofrimento de vossos irmãos, acabastes; de ouvir
a prece que por vós fizemos Àquele que a todos
nós criou e que a todos ama. Possa ela provar-vos
que desejamos vosso bem, posto que vós só no mal
vos comprazeis,o que vos afasta da felicidade.
75
PRECES ESPÍRITAS

Vede os bons Espíritos que vos rodeiam. Quão


felizes são eles! Ora, não vos seria mais
agradável gozar da mesma felicidade? Direis,
talvez, que isso é impossível ou que o não podeis
merecer pelo atrazo em que vos achais: mas nada
é impossível àquelle que quer, pois Deus a todos
concedeu por igual a liberdade da escolha entre o
bem e o mal, isto é, entre o conquistar a
felicidade ou preparar a desgraça, e ninguém
jamais pode ser condenado a fazer
exclusivamente o mal. Se sentis prazer em fazê-
lo, é porque não exercitais vossa vontade na
prática do bem e desconheceis as consolações e os
benefícios que essa prática vos proporciona.
Humilhai-vos perante Deus; volvei para Ele
vossos olhos; elevai-vos um só instante pelo
pensamento e, por sua misericórdia, um raio de sua
divina luz virá iluminar-vos. Dizei convosco estas
simples palavras: Meu Deus! Eu me arrependo.
Perdoai-me, Senhor.
Procurai arrepender-vos e dedicai-vos à
prática do bem, e vereis como a bondade e a
misericórdia de nosso Pai celestial baixarão sobre
vós e um bem-estar desconhecido virá substituir
vossas angústias. Dai o primeiro passo no bom
caminho e a esperança vos animará, a fé vos
fortalecerá, tornando-vos fácil o trajecto. Então
compreendereis quanto tendes perdido e um
76
PRECES ESPÍRITAS

futuro radioso se abrirá aos vossos olhos,


fazendo-vos compreender o passado cheio de
perturbações e torturas morais, que seriam para
vós o inferno, se durassem eternamente. Esforçai-
vos em promover o vosso progresso, pois que,
quanto mais permanecerdes no vosso actual
estado, mais difícil vos será, no futuro,
alcançar-des a felicidade.
Não julgueis que podereis permanecer
sempre no estado em que vos achais. Isso é
impossível, pois que só tendes dois caminhos—o
do mal, que vos trará grandes sofrimentos—e o
do bem, que vos proporcionará a felicidade de
que gozam os bons Espíritos. E' inevitável o
primeiro, se persistirdes na obstinação; porém,
um simples esforço bastará para dele vos afastar.
Apressai-vos, pois; cada dia de demora é um dia
perdido de felicidade.
Bons Espíritos, fazei que nossas palavras
achem acesso nos espíritos atrazados, afim-de os
ajudarem a caminhar para Deus.
Em nome de Jesus Cristo, que tão grande
poder teve sobre os espíritos maléficos, nós vo-lo
pedimos.

Pelos espíritos arrependidos

Deus de infinita bondade e amor, que


aceitais o arrependimento sincero do pecador!
77
PRECES ESPÍRITAS

Eis, Senhor, um espírito que se tem comprazido


no mal, mas que, reconhecendo seus erros, quer
entrar no bom caminho. Dignai-vos, bom Pai,
recebê-lo como ao filho pródigo e derramar sobre
ele o bálsamo do vosso perdão.
Bons Espíritos! Se até hoje este nosso irmão
foi surdo aos vossos conselhos, de hoje em diante
ele os deseja e quer escutar. Abri seus olhos à
luz, mostrando-lhe a felicidade dos bons
Espíritos, e auxilia-o a persistir no desejo de
purificar-se para obtê-la. Sustentai-o nas boas
resoluções e incuti-lhe a necessária força para
resistir às sugestões dos maus espíritos.
Espírito que acabais de manifestar o
arrependimento pelas vossas faltas passadas, nós
vos, felicitamos pela vossa resolução e
agradecemos aos bons Espíritos que vos
auxiliaram, Outrora sentíeis prazer em praticar o
mal, talvez por não compreenderdes quão
agradável é a satisfação que resulta da.prática
do bem. Talvez vos julgueis indigno de merecer a
felicidade, mas hoje, que puzestes o pé no bom
caminho, nova luz vos iluminou e vos permitirá
apreciar venturas desconhecidas de que só gozam
aqueles que sabem sofrer com resignação, sem
jamais deixarem de alimentar a esperança. É que
Deus ouve sempre os arrependidos e a nenhum
78
PRECES ESPÍRITAS

de seus filhos repele, desde que O busquem com


contrição de fé.
Para que Ele vos permita os necessários
meios. de entrardes em sua graça, aplicai-vos,
daqui para o futuro, não somente em repudiar o
mal, mas mui particularmente em.praticar o bem,
reparando os danos que causastes. Assim, tereis
satisfeito a divina justiça, pois que.cada acção boa
e nobre apagará, uma de vossas faltas passadas.
Destes o primeiro passo e agora, quanto mais
avançardes, tanto mais suave e fácil vos será o
caminho. Perseverai, pois, na prática do bem e um
dia tereis a glória de ser contado entre os bons
Espíritos, que são os felizes.

Pelos obsecados
"E respondendo um dentre a gente, disse:
Mestre, eu te trouxe meu filho p ossuído de um
espírito mudo. O qual, onde quer que o apanha, o
lança por terra, e o moço deita espuma pela boca e
range com os dentes e vai-se, mirrando…
E disse-lhe Jesus: " S e tu podes crer, tudo é
possível ao que crê. . .
E Jesus ameaçou o Espírito
imundo,dizendo-lhe: Sai desse moço e
não tornes a entrar nele”.
S. Marcos, cap. IX, V . 10, 17, 22, 24.

Deus Todo Poderoso ! Dignai-vos, Senhor, dar-nos


poder para libertar F do
79
PRECES ESPÍRITAS

espírito que o obseca. Se em vossos desígnios


estiver a terminação dessa prova, permiti que,
pela fé ensinada pelo vosso divino Messias,
possamos falar com autoridade a esse espírito.
E vós, bons Espíritos, assisti-nos e inspirai-
nos, para que, com o vosso concurso e auxílio, ele
seja desembaraçado do fluído impuro em que
está envolvido.
Em nome de Deus Todo Poderoso,
conjuramos o espírito malévolo que atormenta
F... a retirar-se.

Pelos espíritos obcessores


Senhor! Pai amantíssimo! Nós vos
imploramos misericórdia para o espírito que
obseca o: nosso irmão F… Fazei-lhe, Senhor,
antever as vossas divinas luzes para que ele
compreenda o falso caminho em que se
embrenhou.
Bons Espíritos, ajudai-nos a fazer-lhe
compreender que tudo tem a perder, fazendo o
mal, e tudo a ganhar praticando o bem.
Espírito que vos ocupais a atormentar F…,
escutai-nos! E' em nome de Deus Todo Poderoso,
que vos falamos. Se reflectirdes, compreendereis
que o mal jamais pode vencer o bem, e,
consequentemente, não podeis ser mais poderoso
que os bons Espíritos. Estes.podem livrar a
80
PRECES ESPÍRITAS

vítima da vossa influência, e, se não o fazem, é


porque F... tinha de sofrer esta provação, mas
quando chegar o seu termo, os bons Espíritos
vos tirarão a influência que sobre ele exerceis e
o mal que lhe tendes feito, longe de o
prejudicar, servirá para o seu adiantamento e
será, por isso, feliz, tornando-se a vossa
maldade em pura perda para vós e sobre vós
recairá.
Deus, que é omnipotente, e os bons Espíritos,
seus delegados, que mais poderosos são do que
vós, poderão por termo a essa obsessão e, perante
sua autoridade, a vossa obstinação se anulará.
Mas, porque Deus é bom deixa-vos o mérito de
vós próprio reconhecerdes o mal que fazeis e por
vossa vontade cessar semelhante perseguição. E'
uma dilação que vos é concedida; se não a.
aproveitardes, passareis por deploráveis
consequências, pois que grandes castigos e
cruéis sofrimentos vos advirão da vossa
persistência na prática do mal, e então vos vereis
forçado a implorar piedade à vossa vítima, que já
vos perdoou e que por vós ora, o que apressará
a sua libertação.
Refleti, portanto, enquanto é tempo, pois a
justiça divina cairá sobre vós, como sobre todos
os espíritos rebeldes. Lembrai-vos que o mal que
fazeis terá forçosamente um termo, e, enquanto
nele persistirdes, em vós próprio ireis
81
PRECES ESPÍRITAS
gravando os germens de angústias e sofrimentos
futuros, que mais.se irão acumulando.
Quando na terra, não sacrificáveis, de certo,
uma satisfação, efémera por um benefício
duradouro? Pois hoje, como espírito, com mais
razão o deveis fazer.
Qual o lucro que tirais do vosso
procedimento? O triste prazer de atormentar
alguém, sem que a vossa razão anteveja a
infelicidade que assim preparais para o futuro.
A par de tudo isso, se quizerdes, podereis
ver a sorte dos bons Espíritos, em tudo preferível
à vossa, e, então compreendereis o que perdeis.
Todavia, dela podeis participar quando vos
aprouver. Basta, para isso, elevar vosso
pensamento a Deus, pedir-lhe que permita que os
bons Espíritos vos auxiliem a praticar o bem e a
fugir do mal.
Sabemos que não vos podeis
transformar.subitamente. Deus, porém, não pede o
impossível, mas sim boa vontade e
arrependimento sincero.
Esforçai-vos, pois, em entrar no bom caminho
e sereis auxiliado. Fazei com que, em breve,
possamos recitar convosco a prece dos Espíritos
arrependidos. Não mais vos coloqueis entre os
maldosos, e Deus permitirá que possais ser
contado entre os bons, que o servem e amam.
82
PRECES ESPÍRITAS

Para o obsecado

Meu Deus! Permiti, Senhor, que os bons


Espíritos me libertem do maléfico ser espiritual
que a mim se ligou. Se é uma vingança de um
mal que meu espírito outrora lhe haja causado,
justo é que eu sofra as conseqüências dessa falta.
Dai-me a necessária resignação e possa meu
arrependimento merecer-vos o perdão e a
liberdade. Mas, seja qual for o motivo, eu vos
imploro, Senhor, vossa divina misericórdia para
esse espírito. Dignai-vos, meu Deus, facilitar-lhe
o caminho do progressso, que lhe desviará o
pensamento do mal e possa eu saber pagar-lhe
com o bem, o mal que me tem causado, para
assim o auxiliar e conduzir a melhores
sentimentos.
Senhor! Eu, sei que são as minhas
imperfeições que me tornam acessível às in-
fluências dos espíritos imperfeitos; por isso,
vos imploro a necessária luz para as reconhecer
e combater.
Qual não deve ser a minha imperfeição para
ser dominado por um espírito malévolo!
Permiti, meu Deus; que esse golpe vibrado
na minha vaidade, no meu orgulho, possa servir-
me de lição e incutir em mim a humildade,
fortificando-me na resolução que tomo de
promover o meu aperfeiçoamento pela prática
83
PRECES ESPÍRITAS

do bem e da caridade, e, assim, opôr uma


barreira às más influências.
Senhor! Dai-me a força para suportar
esta.prova com paciência e a luz que coadjuvará o
meu adiantamento, afim de não perder, com
minhas impaciências e lamentações, o fruto
que, creio, delas me advirá.

Para os médiuns curadores


"Dai de graça o que de graça recebestes". S.
Mateus, cap. X, v. 8.

Meu Deus! Se vos dignais servir-vos de mim,


apesar de indigno, eu desejava aliviar o
sofrimento deste meu irmão, se for da vossa
vontade, pois tenho fé no vosso amor.
Permiti, pois, que os bons Espíritos me
envolvam nos seus salutares fluídos e que eu
os possa transmitir a este enfermo.
Desviai-me qualquer pensamento de orgulho
ou vaidade que lhes possa alterar a pureza e
desvirtuar os meus desejos.

NOTA — Recommenda-se aos médiuns curadores e a todas


as pessoas amigas de fazer o BEM, o excelente livrinho "A
Medicina dos Espíritos", editado pela nossa casa, cujo preço é
de 500 réis, pelo correio 1$000.
84

AOS ESPÍRITAS
Chamamos a atenção de todos em geral para a leitura ao
que escreveram os grandes Mestres do Espiritismo, Allan
Kardec e Léon Denis, sobre o valor da Comunhão do
Pensamento.
PALAVRAS DE ALLAN KARDEC E LÉON DENIS
Allan Kardec, no seu livro "Obras Póstumas", tratando
das "Reuniões Espíritas", assim se refere ao valor da
Comunhão do Pensamento.
"Se pudéssemos suspeitar o mecanismo imenso que o
pensamento põe em jogo, e os
efeitos que produz de indivíduo a
indivíduo, de grupo a grupo e a
acção universal dos pensamentos
de uns homens para os outros,
ficaríamos deslumbrados! Sentir-
nos-íamos aniquilados ante essas
inumeráveis redes enlaçadas entre
si por uma poderosa vontade, e ope-
rando harmoniosamente para
alcançar um objecto único: o
progresso universal.'
Por meio da telegrafia do
pensamento, o homem apreciara,
em todo o seu valor, a lei de
solidariedade, ponderando se
não terá uma acção real sobre o
conjunto dos pensamentos
humanos e sobre cada um delles.
E se o egoísmo lhe fizesse
conhecer as consequências para
outro de um pensamento perverso que lhe seja pessoal,
será induzido, por esse mesmo egoísmo, a pensar bem,
para augmentar o nível moral geral, pensando nas
consequências que para ele resultariam do pensamento
mau de outro".

ALLAN KARDEC
85
PRECES ESPÍRITAS
No seu Discurso de Abertura da sessão anual comemorativa
dos mortos, realizada em Paris, em Novembro de 1850, Allan
Kardec assim se exprime:
"Em qualquer lugar que se encontrem duas
ou três pessoas reunidas em meu nome, eu aí
estarei no meio delas".
S. MATEU S , cap. XVIII, v. 20.
"Mas para que nos reunimos? Não podemos fazer cada
um, em particular, o que nos propomos fazer em comum? Que
utilidade pode haver em nos reunirmos assim em um dia
determinado?
Jesus no-lo indica pelas palavras que referimos acima.
Esta utilidade consiste no resultado produzido pela comunhão do
pensamento que se estabelece entre pessoas reunidas com um
mesmo objectivo".
Mas eompreendeis bem todo o alcance desta expressão: —
comunhão de pensamentos? Seguramente, até o presente, bem
poucas pessoas teriam feito, sobre este assunto, uma ideia
completa. O Espiritismo, porém, que nos explica tantas coisas
pelas leis que nos revela, ainda vem explicar-nos a causa,os
efeitos e o poder desta situação do espí rito.'
Comunhão de pensamento quer dizer pensamento comum,
unidade de intenção, de vontade, de desejo, de aspiração. Ninguém
pode ignorar que o pensamento seja uma força; mas será uma
força moral e abstrata? Não;aliás, não se poderia explicar certos
efeitos do pensamento. Para compreendermos, é necessário
conhecer-mos as propriedades e a acção dos elementos que
constituem a nossa essência espiritual, e é o Espiritismo
que no-lo ensina".
Mais adiante, continua:
"Dissemos que o verdadeiro objectivo das assembleias
religiosas deve ser a Comunhão de Pensamento; e o é de facto,
porque a palavra religião quer dizer Laço; religião, em sua
acepção lata e verdadeira—é um laço que encadeia os homens
em comunhão de sentimentos, de princípios e crença; por
conseguinte, tal nome foi dado a estes mesmos princípios
codificados e formulados em dogmas ou - artigos de fé"
Léon Denis j: no seu belo livro "Depois da Morte", no seu
capítulo intitulado "A vontade e os fluídos", assim se exprime:
"O pensamento, utilizado como força magnética, poderia
reparar bastantes desordens e destruir muitas chagas sociais.
Projectando resoluta e frequentemente a nossa vontade sobre
86
PRECES ESPIRITAS
os perversos e sobre os transviados, poderíamos consolar,
convencer, aliviar e curar. Por esse exercício, obteríamos
resultados extraordinários não só para os melhoramentos da
espécie, como também poderíamos dar ao pensamento uma
acuidade e força de penetração incalculáveis.
Graças a uma combinação íntima dos bons fluídos,
hauridos no reservatório ilimitado da natureza, consegue-se, com
a assistência dos espíritos invisíveis, restabelecer a saúde
comprometida, restituir a esperança e a energia aos
deseperados. Pode-se, até, por impulso regular e perseverante
da vontade, operar a distância sobre os Incrédulos, sobre os
cépticos e sobre os maus,
abalar a sua obstinação, aplacar
o seu ódio, fazer penetrar um raio
de verdade no entendimento dos
mais hostis. Eis aqui uma forma
ignorada da sugestão mental, dessa
potência invisível de que se
servem a torto e a direito,
porém que, utilizada no sentido
do bem, transformaria o estado
moral da sociedade.
A vontade, exercendo-se
fluidicamente, desafia toda a
vigilância e todas as opressões.
Opera na sombra e no silêncio,
remove todos os obstáculos,
penetra todos os meios. Para
que, porém, produza efeitos
LÉON DINIS
completos, é mister uma acção
enérgica, poderosos impulsos e
uma paciência tenaz.
Assim como uma gota de á gua fura lentamente a
pedra mais dura, assim também um pensamento incessante e
generoso acaba por insinuar-se no espírito mais refratário.
A vontade isolada pode muito para o bem dos homens, mas o
que não seria de esperar de uma associação de pensamentos
elevados, de agrupamentos de todas as vontades livres? (*). As
forças intelectuais, hoje divergentes, se esterilizam e anulam

(*) O Circulo Esotérico ao. Oommunhão do Pensamento foi


fundado com esse intuito, contando já coan mais de
OITENTA B SETE MIL associados.
87
PRECES ESPÍRITAS

reciprocamente. Daí vem a perturbação e a incoerência da ideias


modernas; mas, no dia em que o espírito humano, reconhecendo
a sua força, agrupe num feixe comum, as vontades esparsas, no
propósito de fazê-las convergir para o bem, para o belo e para
a verdade, nesse, dia a humanidade avançará ousadamente para
as culminâncias eternas e a face do mundo será renovada!".
88
CÍRCULO ESOTÉRICO DA
COMUNHÃO DO PENSAMENTO
Os fins da Comunhão do Pensamento
O Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento tem por
objecto levar a todos os que se filiarem nele a “mensagem
da alma".
Essa mensagem diz que o homem é alguma coisa mais
do que um simples animal que traja roupas e que a sua
natureza intima é divina, ainda que a sua divindade se
conserve oculta pelo véu da carne.
O homem, afirmamos, não é simplesmente um fenómeno da
vida, ou um joguete da casualidade, mas uma potência; é o
Criador e Destruidor da casualidade.
Por meio de sua força interior, vencerá sua indolência,
libertar-se-á da ignorância e entrará no Reino da Sabedoria. Então
sentirá amor por tudo o que vive e se constituirá em poder
inexaurírel para o bem da espécie. Audaciosas palavras são as
nossas" e para alguém poderão parecer fora de propósito neste
mundo de permutas, de confusões, de vicissitudes e de
incertezas.
Afirmamos, entretanto, que são palavras de verdade, e,
portanto, palavras de vida.
No futuro, a filosofia será alguma coisa. mais do que
uma ginástica mental; a ciência suprirá o materialismo; a
religião será anti-setária ; o homem agirá, então, com toda a
justiça e amará seu irmão como a si mesmo, não porque espere
uma recompensa ou tema uma punição "post mortem" ou pelas
leis humanas, mas somente porque reconhecerá que ele é
uma parte de um todo e que o todo é "uno"; ele não pode
ferir a seu irmão, sem ferlr-se a si mesmo.
Na luta pela existência diária, os homens atropelam-se
mutuamente no emprego de seus esforços para obterem exito;
e, mesmo que o alcancem, à custa de privações e
sofrimentos, não estão satisfeitos; buscam um ideal, sem
perceberem que perseguem uma sombra e, quando
conseguem alcançá-la, esta se desvanece.
O egoísmo e a ignorância fazem da vida um terrível
pesadelo e da terra um inferno ardente.
Aos gemidos arrancados pela dor, unem-se as
gargalhadas dos venturosos; paroxismos de mentirosa fe-
licidade são seguidos de acessos de desesperação; cada vez
mais o homem se vincula às causas de seus males, uma vez
que esteja escravizado por elas.
89
PRECES ESPÍRITAS

E’ por isso que a enfermidade sobrevem e o ataca em


suas fibras mais •íntimas; é então que ele escuta a "mensagem da
alma".
Esta mensagem é sempre de força, de amor e de paz ; é a
mensagem que nós também queremos entregar.
Oferecemos a "força'' que liberta a mente da ignorância, do
preconceito e do erro; queremos dar valor para que busquem a
verdade por todos os modos; o "amor" pelo soccorro mútuo; a
"paz" que sempre chega a uma mente ilumiada, a um coração
aberto, e à “consciência" de umavida imortal.

EXTRACTO DOS ESTATUTOS


__ DO —

Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento


O "Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento",
fundado em'1909. na cidade de São Paulo e com sede nela, é
um círculo de comunhão de pensamento de seus membros e
tem por fim:
a) Promover o estudo das forças ocultas da natureza e do
homem;
b) Promover o despertar das energias criativas latentes
no pensamento de cada filiado, no sentido de lhe assegurar o
bem-estar físico, moral e social, mantendo-lhe a saúde do corpo
e do espírito;
c) Concorrer, na medida de suas forças, para que a
Harmonia, o Amor, a Verdade e a Justiça se efectivem cada vez
mais entre os homens;
d) Desenvolver uma propaganda activa e eficiente entre
seus filiados, por meio de publicações, conferências, etc., nas
quais recomendará o máximo respeito e tolerância para com
todas as religiões e credos filosóficos;
e) Empregar todos os meios ao seu alcance em prol do bem
estar da humanidade, empenhando-se no combate aos vícios que a
flagelam,como o alcoolismo, os tóxicos inebriantes, maus
hábitos, etc.;
f) Auxiliar, na medida de seus recursos, todo o
empreendimento humanitário e altruísta;
g) Animar entre seus membros o culto cívico dos grandes
bemfeitores da humanidade, o respeito às leis e aos poderes
constituídos do país;
h) Fomentar relações com outras agremiações congéneres,
quer naclonais. quer extrangeiras.
90
PRECES ESPÍRITAS

O Círculo constará de número ilimitado de membros de


ambos os sexos, sem distinção de cor, nacionalidade, posição ou
crença, sendo, por essa forma uma associação verdadeiramente
cosmopolita e internacional.
Ao pedirem sua iniciação no Círculo, pagarão de uma só vez
trinta mil réis (30$000), isto no primeiro ano, e nos anos
subsequentes vinte mil réis (20$OOO) por an o, tanto no
Brasil como no “ estrangeiro, com direito a .receber todos os
meses a revista O Pensamento".
Para maiores esclarecimentos, escrevam ao Círculo
Esotérico da Comunhão do Pensamento, Redacção d' "O
Pensamento" — Rua Rodrigo Silva, 23 — São Paulo
(Brasil), que, pela volta do correio, serão atendidos.

EXPLICAÇÃO
Esta ciência não escraviza o espírito, mas o emancipa.
Ela leva o indivíduo a confiar em si mesmo. NÃO SE PÕE EM
CONFLITO COM QUALQUER RELIGIÃO SEITA OU CREDO.
Uma pessoa aceita-lhe os princípios, se conservar a sua
liberdade de pensamento; do contrario ser-lhe-á impossível
aceitar qualquer principio que sustente a bandeira do
progresso eterno.
*
* *
A Ordem Esotérica da Comunliao do Pensamento ensina a
todos os seus membros, homens ou mulheres, os mistérios desta
Ciência; os seus ensinos, bem aplícados, produzem uma
verdadeira transformação em todos os que os praticam com
vontade firme e fé nos resultados. Milhares de pessoas que se
têm filiado nesta poderosa associação afirmam e atestam
altamente e a todo instante que os ensinos da Ordem as têm
feito felizes, de infelizes que eram até o momento de sua
Iniciação.

TODOS PODEM CONSEGUIR A REALIZAÇÃO DE SEUS


DESEJOS, INICIANDO-SE NA ORDEM ESOTÉRICA DA
COMUNHÃO -DO PENSAMENTO.

AOS LEITORES
O Ocultismo levantou sempre, até onde permite o grau
de adiantamento de seus iniciados, o véu que encobre os
grandes mistérios do Universo, cujas leis e forças somente
são conhecidas pelos Grandes Iniciados.
91
PRECES ESPÍRITAS

O pensamento e a vontade são faculdades da alma que,


desenvolvidas pelo exercício, se tornam em forças .poderosas. A
Divindade formou os mundos com o poder do seu pensamento e
pondo em jogo a sua vontade. Os homens ou mulheres que não
exercitam com toda a actividade e amplitude o seu pensamento,
não o podem concentrar e este se enc ontra actualmente nas
condições das terras que nunca foram cultivadas: seus frutos
são escassos e pobres.
Raramente exercitam a sua vontade e são raros os homens
a quem ela serve para vencer os obstáculos que se apresentam
nos seus negócios e nos assun tos de sua vida.
Um pensamento .e uma vontade bein desenvolvidos são
forças quase omnipotentes no homem, com as quai s pôde chegar
a triunfar em todos os momentos da sua vida. Isto pertence ao
ENSINAMENTOS OCULTOS DO CÍRCULO.
Certas palavras têm grande valor em ocultismo, valor
esse que foi descoberto e consagrado pela vontade dos grandes
hierofantes; elas têm a propriedade de por em vibrações ondas
sonoras ou silenciosas, cuja acçao benéfica os Adeptos
reconhecem.
O telégrafo sem fios transmite a grandes distâncias o
pensamento do homem por meio de vibrações etéreas; e a frase e
a palavra pronunciadas com o cora ção puro, alcançam grandes
distâncias por meio das vibrações sonoras.
Os Ocultistas entre si, quando se conhecem e são bons
amigos, não mandam recados como o comum dos mortais, porém,
sim, bons pensamentos, porque eles reconhecem a sua influência
benfazeja.
A humanidade tem em seu poder e à sua disposição,
quantidade de forças que ela não utiliza, por causa de sua
ignorância. Faz-se, pois, necessário começar alguém a utilizá-
las, para que o homem seja na terra o verdadeiro REI DA
CRIAÇÃO.
Um ensinamento da Sabedoria Oriental diz: "A ignorância
produz a miséria".
DESEJAIS A SAÚDE, A FELICIDADE E O BEM-ESTAR?
PEDI SEM DEMORA A VOSSA INSCRIÇAO NO CIRCULO
ESOTÉRICO.

O CÍRCULO ESOTÉRICO
conta actualmente com mais de OITENTA E SETE MIL (87000)
ASSOCIADOS de ambos os sexos, em todas as partes do
mundo.
92
PRECES ESPÍRITAS
A nossa Sociedade não tem ligação alguma com outras
que dizem propagar os mesmos ideais; entretanto tem criado
numerosos, Centros de Irradiação Mental em inumeras
localidades do, Bráail e do estrangeiro, que são
OS NOSSOS "TATTWAS"
Centros da Irradiação Mental

Os Centros de Irradiação Mental, criados em todos os


Estados do Brasil e no Estrangeiro, sob os auspícios do Círculo
Esotérico da Comunhão do Pensamento, são os elos que
constituem a grandiosa Cadeia Magnética, poderosas bateriais
vivas para os Irmãos do Circulo que, no dizer dos Mestres
Iniciados, projectam no astral, de um extremo a outro do mundo,
a vontade colectiva, magnética, dinamizada, cuja força assim
projectada traz um grande beneficio aos Irmãos do Círculo,
protegendo-os contra as adversidades da vida e dando-lhes a
coragem para enfrentar os revezes do destino, assim como
auxiliando-os na ascenção espiritual a que todos estamos
fatalmente sujeitos.
PARA QUE POSSAM AVALIAR AS VANTAGENS
QUE AUFERIRÃO AS PESSOAS QUE SE FILIAREM
EM TÃO ALTRUÍSTICA ASSOCIAÇÃO, PUBLICAMOS
UMA DAS CARTAS QUE NOS FORAM ENVIADAS
ESPONTANEAMENTE:
Usina Porto Rico, 15 de Setembro de 1932.
Caríssimo Mestre A. O. Rodrigues.
Afetuosamente vos saúdo em comunhão ,de pensamento.
Nobre Mestre; não tenho expressões para dizer-vos a satisfação
que me assalta a mente, por pertencer a essa Nobre Associação.
Sinto não pertencer há mais tempo, pois então não teria perdido
o tempo passado.
Sigo as instruções e os bons conselhos dados por elas,
com uma fé inquebrantável, e me parece não haver obstáculos na
vida. que não sejam desfeitos.
Se a humanidade sofredora compreendesse ou soubesse
avaliar o bem que oferece o Circ. Esot. da Com. do Pensamento a
seus filiados, todos iriam cerrar fileiras ao lado do nobilíssimo
semeador do Bem, cooperando assim para terminar todos os
sofrimentos da humanidade. Sou de V. Excia. humilde irmão,
João C. da Silva Freire.
DESEJAIS CONSEGUIR A REALIZAÇÃO DAS VOSSAS
ASPIRAÇÕES ?
FILIAI-VOS NO "CÍRCULO ESOTÉRICO DA
COMUNHAO DO PENSAMENTO".
93
Como devem escrever para pedir sua iniciação
no Círculo Esotérico:

CIRCULO ESOTÉRICO DA COM. DO PENSAMENTO


Sede Central:
Rua Rodrigo Silva, 23 — S. Paulo (Brasil)
Obrigo-me, sob palavra de honra, a não fazer mau
uso dos conhecimentos que adquirir por intermédio do
"Circulo Esotérico da Comunhão do Pensamento", a evitar
meu embrutecimento pelo abuso do álcool e a cumprir com
os deveres sociais.
ASSINATURA

Nome………………………………………………………………
Lugar de residência…………………………………………..
Rua………………………………………………Nº…………….
Estado de………………………………País…………………
P. S. — Inclusa envio a contribuição de 30$000 (*),
de conformidade com o artigo 6º dos Estatutos, afim de que
me sejam remetidas as Instruções, etc., para a indicação
acima.
. (*) Enviar mais 2$OOO, se quizer que as instrucções -
sejam remettidas todas sob registro do correio.
---------------------
A filiação com direito às Instruções ricamente en-
cadernadas em um volume e bem acondicionadas numa
caixinha, 40$000, indo tudo registrado pelo correio, tanto
para o Brasil como para o estrangeiro;

Toda a correspondência deverá ser dirigida ao Circulo


Esotérico da Comunhão do Pensamento — Rua Rodrigo
Silva, 23 — S. Paulo (Brasil).
94

RITUAL DE MAGIA DIVINA


Esta obra é uma compilação de inestimável
valor para todas as pessoas que crêem no poder
das preces e desejam aplicá-las na vida. Prestará
relevantes serviços aos médiuns e curadores e
deve ser o breviário de todo espiritualista.
Um resumo de seu índice fará ressaltar
melhor o valor da mesma. Ei-lo:
Prefácio. — As leis da prece.
PRIMEIRA PARTE — O poder infalivel da O prece
— Capitulo I — Porque oramos. — Capitulo II — Como
se deve orar. — Capitulo III — A resposta à prece. —
Capítulo IV — A prece modelo. — Capitulo V — O perdão,
qualidade essencial à prece efectiva. — Capitulo VI — O
poder curador da prece. — Capitulo VII — A prece
manifesta sofrimento. — Capitulo VIII —A prece que
levantou Lázaro.
SEGUNDA PARTE — Fórmulas para preces. —
Capítulo I — bênçãos gerais — Utilidade das bênçãos. —
Capítulo II — Doenças psíquicas — O poder curador da
prece. — Capítulo III —Doenças morais — Ódio, raiva,
medo, temor, desassocego, sensualidade, desarmonia,
influências psíquicas, embriaguez. — Capitulo IV —
Realização de esperanças financeiras e amorosas — Para me-
lhorar na posição — Para encontrar a posição mais
conveniente — Para prosperar nos negócios — Para ganhar
em assuntos arriscados — Para resolver uma situação difícil
— Para realizar as aspirações do coração.
TERCEIRA PARTE — os Salmos de David e suas
virtudes.

Preço: Brochado, 5$000; encadernado, 7$000


- PELO CORREIO MAIS 500 REIS -----------
Pedidos à, Livraria. "O Pensamento"
RUA RODRIGO SILVA Nº 40 ------- S. PAULO (Brasil)
95
ÍNDICE
PÁG.
Duas palavras ao leitor……… ………………… ……… .. 3
Preâmbulo……………………… ………………… ……… 5
A Prece……………… … ……… ………………… ……… 7
Satisfação da prece …………………………………………… 16
A Oração Dominical…………… ………………… …… .. 18
Pai-Nosso…………… ………… ………………… …….… 19

PRECES PARA REUNIÕES ESPIRITAS


Para o começo da reunião…………………………………. 26
Para os médiuns………………………………………………. 27
Para o fim da reunião .............................................. …………. 28

PRECES GERAIS
Prece de Cáritas .............................................................. ……. 30
Pelos que sofrem………………………………………………. 31

PRECES PELO ESPIRITISMO


Pelos Inimigos do Espiritismo.................................... 33
Pelos nossos irmãos em crença .................................. 34
PRECES PARA NÓS MESMOS
Para o começo destas preces ………………………………….. 36
Prece ao Criador………………………………………………… 36
Aos Anjos da Guarda e Espíritos protectores……………………….. 37
Outra………………………………………………………………. 38
Para afastar os maus espíritos …………………………………… 39
Para o levantar ou o princípio do trabalho… … …… …... 39
Outra ……………………………………………………………… 40
Para o momento do repouso……………………………………… 41
Outra………………………………………………………………. 41
Para pedir a correcção de uma falta………………………..…….. 42
Para pedir resistência a uma tentação……………………… 43
Para pedir um conselho……………………………………… 44
Para pedir auxílio em um perigo iminente ………...……... 44
96
PRECES ESPÍRITAS

Nas aflições da vida………………………………………….. 45


De um doente ................................................................... …… 45
Em acção de graça por uma vitória obtida contra
uma tentação ............................................................................. 46
Por um favor obtido ........................... ; ............................. 46
Para quando se escapar de um perigo .............................. 47
Actos de submissão e resignação ....................................... 48
Outra…………………………………………………………. 48
Outra .................................................................................... 49
Prece de contriccão .............................................................. 50
Prevendo a aproximação da morte ........................................... 50
PRECES POR OUTREM
Pelos nossos inimigos e por aqueles que nos querem mal ...... 54
Por alguém que se ache em aflição .................................. 55
Por uma criança que acaba de nascer .............................. 57
Outra ...................................................................................... 58
Outra ...................................................................................... 59
Pelos doentes ………………………………………………… 60
Por um agonizante .............................................................. 61
Em acção de graças pelos benefícios concedidos aos
nossos inimigos ................................................................... 61
Por um favor concedido a outrem ..................................... 62
PRECES PELOS QUE NÃO ESTÃO NA TERRA
Por alguém que "acaba de morrer" …………………………… 63
Outra …………………………………………………….............. 65
Outra ...............................................................…………………. 65
Por um inimigo ......................................…………………. 67
Pelos nossos parentes e afeiçoados………............................. 67
Por um criminoso ................................... ……………………69
Por um suicida ...........................................……………………70
PRECES DIVERSAS
Pelos espíritos que pedem preces……………………………. 72
Pelos ignorantes e obstinados ……………………………… 73
Pelos espíritos endurecidos ........................................... ……. 74
Pelos espíritos arrependidos …………………………………. 76
Pelos obsecados .......................... ……………………………… 78
Pelos espíritos obsessores …………………………………… 79
Para o obsecado . . ................................................... ……….. 82
Para os médiuns curadores ................................................ ... 83
Aos espíritas…………………………………………………………. 84
97

LIVRO DE PRECES ESPÍRITAS Colecção de


preces utilíssimas, dedicadas aos que sofrem. —
Edição da Empresa Editora "O Pensamento". —
Aos Centros Espíritas que comprarem mais de 20
volumes, faremos uma redução de 40 %, Isto é, a 300
réis o volume, e para 10 volumes 20 % de redução.
Para o pedido de 20 volumes é necessário enviar mais
1$000 para o porte e registo do correio, acresentando
sempre mais 500 réis para cada 10 volumes.
Preço avulso: — Um volume brochado, $500;
encadernado, 2$000. Pelo correio mais $500.
Pedidos Livraria "O Pensamento"
RUA RODRIGO SILVA, 40 - S. PAULO (BRASIL)

COMO….SE…= Quarta edição correcta e melho-rada.


— Estuda cuidadosamente a orga-
ORGANIZAM nização das sessões e dos centros
espíritas, a escolna dos médiums, o
AS….SESSÕES número dos membros que devem
formar as sessões, guiando o
ESPIRITAS praticante no modo de obter
melhores comunicações e evitar os
perigos de contacto com os maus espíritos.
Preço: Um volume, brochado, 3.$000; encadernado,
5$000. Pelo correio mais 500 réis.'.
Pedidos à Livraria "O Pensamento"
RUA RODRIGO SILVA, 40 - S. PAULO (BRASIL)
98