Você está na página 1de 2

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DA FAZENDA

PÚBLICA MUNICIPAL DA COMARCA DE...

JOSE DA SILVA, brasileiro..., estado civil..., profissão..., endereço


eletrônico..., portador do RG... E do CPF..., título de eleitor..., residente e domiciliado...,
vem por meio de seu procurador (procuração anexa), propor

Ação Popular

em face de PREFEITURA MUNICIPAL DE..., Pessoa jurídica de


direito público interno, representada pelo Exmo. prefeito municipal do município...,
PREFEITO MUNICIPAL DO MUNICÍPIO DE... nacionalidade..., estado civil...
inscrito no CPF... e RG... residente e domiciliado em... endereço eletrônico... e
EMPRESA DE PUBLICIDADE..., Pessoa Jurídica de direito privado, CNPJ..., sede...,
endereço eletrônico..., por meio do representante legal..., pelos fatos e fundamentos a
seguir exposto:

1 – Dos fatos:

O autor, cidadão residente nessa cidade, tomou conhecimento de que o


Prefeito Municipal de... firmou contrato com empresa de publicidade para montar e
instalar “outdoors" junto à ponte reformada da cidade em questão.

Após protocolizar requerimento junto à repartição competente da


prefeitura, o autor obteve cópia do referido instrumento em anexo e percebeu que não foi
acompanhado da competente licitação.

Em conversas com funcionários da prefeitura, o requerente descobriu que


os "outdoors" contratados seriam utilizados na festa de inauguração da ponte reformada
da cidade e que os cartazes conteriam os dizeres: "Obrigado Prefeito por mais essa
obra!!!"

Em razão disso, diligenciou junto ao pátio de obras da empresa de


publicidade e tirou várias fotos desses "outdoors" (anexas), confirmando as alegações dos
funcionários municipais.

Diante disso, serve a presente ação popular.


2 – Condições da ação:

O Autor é legitimado ativo por ser um cidadão em gozo de seus direitos


políticos, de acordo com o título de eleitor anexado, nos termos do artigo 1º, parágrafo 3º
da lei 4747/65. Já os legitimados passivos são o Município, respectivo Prefeito, e a
empresa..., que formam um litisconsorte passivo necessário.

3 – Do mérito: ( três parágrafos)

Os atos ora impugnados praticados pelo prefeito e pela empresa de


publicidade violaram uma série de dispositivos legais, bem como princípios norteadores
da atividade administrativa.

Com efeito, conforme se verifica da prova documental anexada aos


presentes autos, o contrato da prestação de serviços de publicidade foi firmado sem a
realização da prévia licitação, violando, pois, o disposto nos artigos 37, XXI da CF de
1988 e 2° da lei 8.666/93.

4 – Dos pedidos e dos requerimentos:

a- A procedência do pedido consistente na anulação do ato ilegal (descrever o ato)

b- Citação dos réus

c- Intimação do Ministério Público

d- Anexação do titulo de eleitor

e- A condenação ao pagamento de custas e honorários

f- Protesta-se provar por todos os meios de provas admitidos em direito,


especificadamente a documental e pessoal.

Dá-se a causa o valor de R$...

Nestes termos,

Pede-se deferimento.

Local... Data...

Advogado...

Oab...