Você está na página 1de 1

Questionário – Teoria do Ordenamento Jurídico – Norberto Bobbio – Capítulos 1 e 2

1. No que consiste a novidade do problema do ordenamento jurídico e qual a solução que ele
propõe?

2. Qual a correlação entre a idéia e conceito de ordenamento jurídico e as definições possíveis


do Direito? Analisar os quatro critérios possível (formal, material, sujeito que compõe a norma,
sujeito a que a norma é destinada).

3. Analisar a definição de direito oferecida por Bobbio qual o critério que a distingue das
demais definições objetivamente?

4. O que se entende de pluralidade de normas? Qual a latitude das perspectivas, segundo as


quais “tudo é permitido”, “tudo é proibido” e “tudo é comandado”?

5. No que consiste a diferença entre normas de conduta e normas de estrutura? O que vem a
ser fontes reconhecidas? E fontes delegadas?

6. Analisar o problema das fontes em função da vigência das ordenações Filipinas no âmbito
das relações de direito privado. Fazer o mesmo em relação a Lei da Boa Razão e do Código
Civil/16. Analisar também, sobre a perspectiva da Constituição Federal e o Código Civil/16 e o
Código Civil/02. (Livro “As raízes histórico-sociológicas do direito civil brasileiro”. Orlando
Gomes – Editora Martins Fontes.)

7. Quais são os tipos de fontes e a formação histórica do ordenamento jurídico? O que se


entende por limites externos, por limites internos e de que forma se exerce a auto limitação
do poder soberano? Apontar esta análise em função do pensamento jusnaturalista e em
função do pensamento positivista.

8. O que se entende por fontes do direito e quais são as suas espécies?

9. Ilustrar a forma pela qual a construção escalonada do ordenamento jurídico se opera


indicando expressamente de que forma a estrutura hierárquica reflete a relação entre poder e
dever. Quem exerce um poder possui autoridade legítima e quem suporta um dever executa
uma obrigação. Destacar a relação inversa que se estabelece entre ato e poder e ato
executório.

10. Quais são os limites materiais e quais são os limites formais? Quais são os limites por meio
dos quais o poder superior limita e regula o poder inferior.

11. O que é a norma fundamental e qual o seu logos no ordenamento jurídico? A norma
fundamental pode ser compreendida como uma norma moral? Justifique. Se a norma
fundamental for compreendida como “positiva” qual a consequência ideológica desta posição.

12. Quais as relações que se estabelecem entre o direito e a força? Qual é o alcance do direito
positivo enquanto ciência e quando é que ele passa a ser política? Correlacionar este item com
as normas encadeadas e o processo ao infinito.

13. Por qual razão estes últimos itens estruturam o problema da unidade do ordenamento
jurídico?