Você está na página 1de 611

Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A.

Versão : 4

Índice

1. Responsáveis pelo formulário


1.1 - Declaração e Identificação dos responsáveis 1

1.1 – Declaração do Diretor Presidente 2

1.2 - Declaração do Diretor de Relações com Investidores 3

2. Auditores independentes
2.1/2.2 - Identificação e remuneração dos Auditores 4

2.3 - Outras informações relevantes 6

3. Informações financ. selecionadas


3.1 - Informações Financeiras 7

3.2 - Medições não contábeis 8

3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 10

3.4 - Política de destinação dos resultados 12

3.5 - Distribuição de dividendos e retenção de lucro líquido 14

3.6 - Declaração de dividendos à conta de lucros retidos ou reservas 15

3.7 - Nível de endividamento 16

3.8 - Obrigações 17

3.9 - Outras informações relevantes 18

4. Fatores de risco
4.1 - Descrição dos fatores de risco 19

4.2 - Descrição dos principais riscos de mercado 45

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes 49

4.4 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos cujas partes contrárias sejam administradores, 63
ex-administradores, controladores, ex-controladores ou investidores

4.5 - Processos sigilosos relevantes 68

4.6 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais repetitivos ou conexos, não sigilosos e relevantes em 69
conjunto

4.7 - Outras contingências relevantes 71

4.8 - Regras do país de origem e do país em que os valores mobiliários estão custodiados 74
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

Índice

5. Gerenciamento de riscos e controles internos


5.1 - Política de gerenciamento de riscos 75

5.2 - Política de gerenciamento de riscos de mercado 84

5.3 - Descrição dos controles internos 89

5.4 - Alterações significativas 96

5.5 - Outras inf. relev. - Gerenciamento de riscos e controles internos 98

6. Histórico do emissor
6.1 / 6.2 / 6.4 - Constituição do emissor, prazo de duração e data de registro na CVM 101

6.3 - Breve histórico 102

6.5 - Informações de pedido de falência fundado em valor relevante ou de recuperação judicial ou extrajudicial 106

6.6 - Outras informações relevantes 107

7. Atividades do emissor
7.1 - Descrição das principais atividades do emissor e suas controladas 108

7.2 - Informações sobre segmentos operacionais 109

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais 111

7.4 - Clientes responsáveis por mais de 10% da receita líquida total 132

7.5 - Efeitos relevantes da regulação estatal nas atividades 133

7.6 - Receitas relevantes provenientes do exterior 139

7.7 - Efeitos da regulação estrangeira nas atividades 141

7.8 - Políticas socioambientais 142

7.9 - Outras informações relevantes 143

8. Negócios extraordinários
8.1 - Negócios extraordinários 144

8.2 - Alterações significativas na forma de condução dos negócios do emissor 145

8.3 - Contratos relevantes celebrados pelo emissor e suas controladas não diretamente relacionados com suas 146
atividades operacionais

8.4 - Outras inf. Relev. - Negócios extraord. 147


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

Índice

9. Ativos relevantes
9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros 148

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes / 9.1.a - Ativos imobilizados 349

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes / 9.1.b - Ativos intangíveis 350

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes / 9.1.c - Participações em sociedades 351

9.2 - Outras informações relevantes 357

10. Comentários dos diretores


10.1 - Condições financeiras e patrimoniais gerais 358

10.2 - Resultado operacional e financeiro 380

10.3 - Eventos com efeitos relevantes, ocorridos e esperados, nas demonstrações financeiras 401

10.4 - Mudanças significativas nas práticas contábeis - Ressalvas e ênfases no parecer do auditor 403

10.5 - Políticas contábeis críticas 405

10.6 - Itens relevantes não evidenciados nas demonstrações financeiras 409

10.7 - Comentários sobre itens não evidenciados nas demonstrações financeiras 410

10.8 - Plano de Negócios 411

10.9 - Outros fatores com influência relevante 416

11. Projeções
11.1 - Projeções divulgadas e premissas 417

11.2 - Acompanhamento e alterações das projeções divulgadas 418

12. Assembleia e administração


12.1 - Descrição da estrutura administrativa 419

12.2 - Regras, políticas e práticas relativas às assembleias gerais 426

12.3 - Regras, políticas e práticas relativas ao Conselho de Administração 431

12.4 - Descrição da cláusula compromissória para resolução de conflitos por meio de arbitragem 434

12.5/6 - Composição e experiência profissional da administração e do conselho fiscal 435

12.7/8 - Composição dos comitês 448

12.9 - Existência de relação conjugal, união estável ou parentesco até o 2º grau relacionadas a administradores 455
do emissor, controladas e controladores
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

Índice

12.10 - Relações de subordinação, prestação de serviço ou controle entre administradores e controladas, 456
controladores e outros

12.11 - Acordos, inclusive apólices de seguros, para pagamento ou reembolso de despesas suportadas pelos 474
administradores

12.12 - Práticas de Governança Corporativa 475

12.13 - Outras informações relevantes 477

13. Remuneração dos administradores


13.1 - Descrição da política ou prática de remuneração, inclusive da diretoria não estatutária 478

13.2 - Remuneração total do conselho de administração, diretoria estatutária e conselho fiscal 483

13.3 - Remuneração variável do conselho de administração, diretoria estatutária e conselho fiscal 487

13.4 - Plano de remuneração baseado em ações do conselho de administração e diretoria estatutária 492

13.5 - Remuneração baseada em ações do conselho de administração e da diretoria estatuária 494

13.6 - Informações sobre as opções em aberto detidas pelo conselho de administração e pela diretoria estatuária 495

13.7 - Opções exercidas e ações entregues relativas à remuneração baseada em ações do conselho de 496
administração e da diretoria estatuária

13.8 - Informações necessárias para a compreensão dos dados divulgados nos itens 13.5 a 13.7 - Método de 497
precificação do valor das ações e das opções

13.9 - Participações em ações, cotas e outros valores mobiliários conversíveis, detidas por administradores e 498
conselheiros fiscais - por órgão

13.10 - Informações sobre planos de previdência conferidos aos membros do conselho de administração e aos 499
diretores estatutários

13.11 - Remuneração individual máxima, mínima e média do conselho de administração, da diretoria estatutária e 500
do conselho fiscal

13.12 - Mecanismos de remuneração ou indenização para os administradores em caso de destituição do cargo ou 501
de aposentadoria

13.13 - Percentual na remuneração total detido por administradores e membros do conselho fiscal que sejam 502
partes relacionadas aos controladores

13.14 - Remuneração de administradores e membros do conselho fiscal, agrupados por órgão, recebida por 503
qualquer razão que não a função que ocupam

13.15 - Remuneração de administradores e membros do conselho fiscal reconhecida no resultado de 504


controladores, diretos ou indiretos, de sociedades sob controle comum e de controladas do emissor

13.16 - Outras informações relevantes 505

14. Recursos humanos


14.1 - Descrição dos recursos humanos 506

14.2 - Alterações relevantes - Recursos humanos 508


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

Índice

14.3 - Descrição da política de remuneração dos empregados 509

14.4 - Descrição das relações entre o emissor e sindicatos 511

14.5 - Outras informações relevantes 512

15. Controle e grupo econômico


15.1 / 15.2 - Posição acionária 513

15.3 - Distribuição de capital 527

15.4 - Organograma dos acionistas e do grupo econômico 528

15.5 - Acordo de acionistas arquivado na sede do emissor ou do qual o controlador seja parte 530

15.6 - Alterações relevantes nas participações dos membros do grupo de controle e administradores do emissor 532

15.7 - Principais operações societárias 533

15.8 - Outras informações relevantes 535

16. Transações partes relacionadas


16.1 - Descrição das regras, políticas e práticas do emissor quanto à realização de transações com partes 536
relacionadas

16.2 - Informações sobre as transações com partes relacionadas 538

16.3 - Identificação das medidas tomadas para tratar de conflitos de interesses e demonstração do caráter 552
estritamente comutativo das condições pactuadas ou do pagamento compensatório adequado

16.4 - Outras informações relevantes 553

17. Capital social


17.1 - Informações sobre o capital social 558

17.2 - Aumentos do capital social 560

17.3 - Informações sobre desdobramentos, grupamentos e bonificações de ações 561

17.4 - Informações sobre reduções do capital social 562

17.5 - Outras informações relevantes 563

18. Valores mobiliários


18.1 - Direitos das ações 564

18.2 - Descrição de eventuais regras estatutárias que limitem o direito de voto de acionistas significativos ou que 567
os obriguem a realizar oferta pública
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

Índice

18.3 - Descrição de exceções e cláusulas suspensivas relativas a direitos patrimoniais ou políticos previstos no 568
estatuto

18.4 - Volume de negociações e maiores e menores cotações dos valores mobiliários negociados 569

18.5 - Outros valores mobiliários emitidos no Brasil 571

18.6 - Mercados brasileiros em que valores mobiliários são admitidos à negociação 572

18.7 - Informação sobre classe e espécie de valor mobiliário admitida à negociação em mercados estrangeiros 573

18.8 - Títulos emitidos no exterior 577

18.9 - Ofertas públicas de distribuição efetuadas pelo emissor ou por terceiros, incluindo controladores e 578
sociedades coligadas e controladas, relativas a valores mobiliários do emissor

18.10 - Destinação de recursos de ofertas públicas de distribuição e eventuais desvios 579

18.11 - Descrição das ofertas públicas de aquisição feitas pelo emissor relativas a ações de emissão de terceiros 580

18.12 - Outras infomações relevantes 581

19. Planos de recompra/tesouraria


19.1 - Informações sobre planos de recompra de ações do emissor 596

19.2 - Movimentação dos valores mobiliários mantidos em tesouraria 597

19.3 - Outras inf. relev. - recompra/tesouraria 599

20. Política de negociação


20.1 - Informações sobre a política de negociação de valores mobiliários 600

20.2 - Outras informações relevantes 601

21. Política de divulgação


21.1 - Descrição das normas, regimentos ou procedimentos internos relativos à divulgação de informações 602

21.2 - Descrição da política de divulgação de ato ou fato relevante e dos procedimentos relativos à manutenção 603
de sigilo sobre informações relevantes não divulgadas

21.3 - Administradores responsáveis pela implementação, manutenção, avaliação e fiscalização da política de 604
divulgação de informações

21.4 - Outras informações relevantes 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

1.1 - Declaração e Identificação dos responsáveis

Nome do responsável pelo conteúdo do Pedro van Langendonck Teixeira de Freitas


formulário
Cargo do responsável Diretor de Relações com Investidores

Nome do responsável pelo conteúdo do Fernando Musa


formulário
Cargo do responsável Diretor Presidente

Os diretores acima qualificados, declaram que:

a. reviram o formulário de referência

b. todas as informações contidas no formulário atendem ao disposto na Instrução CVM nº 480, em especial aos arts. 14 a
19

c. o conjunto de informações nele contido é um retrato verdadeiro, preciso e completo da situação econômico-financeira do
emissor e dos riscos inerentes às suas atividades e dos valores mobiliários por ele emitidos

PÁGINA: 1 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

1.1 – Declaração do Diretor Presidente

PÁGINA: 2 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

1.2 - Declaração do Diretor de Relações com Investidores

PÁGINA: 3 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

2.1/2.2 - Identificação e remuneração dos Auditores

Possui auditor? SIM

Código CVM 287-9

Tipo auditor Nacional


Nome/Razão social PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes
CPF/CNPJ 61.562.112/0001-20
Período de prestação de serviço 14/04/2011 a 28/02/2015
Descrição do serviço contratado Auditoria completa das Demonstrações financeiras e Revisão Especial das Informações Trimestrais
Montante total da remuneração dos auditores
independentes segregado por serviço
Justificativa da substituição
Razão apresentada pelo auditor em caso da discordância Não aplicável
da justificativa do emissor
Nome responsável técnico Período de prestação de
serviço CPF Endereço
Fábio Cajazeira Mendes 14/04/2011 a 28/02/2015 486.137.205-44 Av Tancredo Neves, 620, 34o andar, Caminho das Árvores, Salvador, BA, Brasil, CEP 41820-020,
Telefone (71) 33191900, Fax (71) 36742030, e-mail: fabio.cajazeira@br.pwc.com

Felipe Edmond Ayoub 15/04/2010 a 13/04/2011 125.046.418-85 Av. Francisco Matarazzo 1400, 9º-10º;13º-17º andar, Centro, São Paulo, SP, Brasil, CEP 05001-
100, Telefone (11) 36742030, Fax (11) 36742030, e-mail: felipe.ayoub@br.pwc.com

PÁGINA: 4 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

Possui auditor? SIM

Código CVM 418-9

Tipo auditor Nacional


Nome/Razão social KPMG AUDITORES INDEPENDENTES
CPF/CNPJ 57.755.217/0001-29
Período de prestação de serviço 01/03/2015
Descrição do serviço contratado Os serviços prestados pelos auditores independentes envolvem: (i) revisão das informações trimestrais (ITR) e emissão de
relatório de revisão especial referentes aos períodos encerrados em 31 de março, 30 de junho e 30 de setembro de 2015 e
2016; (ii) auditoria completa das demonstrações financeiras individuais e consolidadas encerradas em 31 de dezembro de
2015 e 2016, de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria, e emissão de relatórios sobre as respectivas
demonstrações financeiras; e (iii) outros serviços foram prestados em 2015 e 2016 relacionados à revisão das informações de
sustentabilidade apresentadas no relatório anual e inventário de Gás Efeito Estufa e revisão de conformidade no levantamento
e apuração de créditos fiscais, imposto de renda e perco de transferência de controlada no exterior.
Montante total da remuneração dos auditores No exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2016, o montante total da remuneração dos auditores independentes foi
independentes segregado por serviço de: (i) R$ 1.779 mil com auditoria; (ii) R$98 mil com consultoria; e (iii) R$1.587 com revisão de impostos.
Justificativa da substituição A KPMG substituiu a PriceWaterhouseCoopers Auditores Independentes em 28/02/2015, tendo em vita o disposto no Art. 31
da Instrução CVM nº 308/99, que determina a rotatividade dos auditores externos.
Razão apresentada pelo auditor em caso da discordância Não aplicável
da justificativa do emissor
Nome responsável técnico Período de prestação de
serviço CPF Endereço
ANSELMO NEVES MACEDO 01/03/2015 a 28/02/2018 033.169.788-28 Rua Arq. Olavo Redig de Campos, nº 105, Torre A, 8º andar, Morumbi, São Paulo, SP, Brasil, CEP
09711-904, Telefone (11) 39401500, Fax (11) 39401501, e-mail: amacedo@kpmg.com.br

PÁGINA: 5 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

2.3 - Outras informações relevantes

Na data deste Formulário de Referência, todas as informações relevantes relativas aos auditores
estão dispostas nos itens 2.1 e 2.2.

PÁGINA: 6 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.1 - Informações Financeiras - Consolidado

(Reais) Exercício social (31/12/2016) Exercício social (31/12/2015) Exercício social (31/12/2014)
Patrimônio Líquido 2.738.590.000,00 1.630.374.000,00 5.741.591.000,00
Ativo Total 51.821.851.000,00 6.062.690.000,00 49.501.862.000,00
Rec. Liq./Rec. Intermed. 47.663.988.000,00 46.879.989.000,00 45.135.897.000,00
Fin./Prem. Seg. Ganhos
Resultado Bruto 12.723.369.000,00 10.151.966.000,00 5.784.188.000,00
Resultado Líquido -756.056.000,00 2.753.807.000,00 578.128.000,00
Número de Ações, Ex-Tesouraria 796.022.846 796.030.490 796.110.590
(Unidades)
Valor Patrimonial da Ação (Reais 3,440341 2,048130 7,212052
Unidade)
Resultado Básico por Ação -0,949792 3,459424 0,726258

PÁGINA: 7 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.2 - Medições não contábeis

(a) valor das medições não contábeis

A Companhia define EBITDA como resultado líquido do período acrescido dos tributos sobre o lucro (imposto de
renda/contribuição social sobre o lucro), do resultado financeiro e das depreciações, amortizações e exaustões.
Adicionalmente a Companhia opta por apresentar o EBITDA ajustado, excluindo ou adicionando outros itens da
demonstração de resultado que contribuam para uma melhor informação sobre o seu potencial de geração bruta de
caixa.

O EBITDA é utilizado como uma medida de desempenho pela administração da Companhia, mas não representa o fluxo
de caixa para os períodos apresentados e não deve ser considerado como um substituto para o lucro líquido, nem
tampouco como indicador de liquidez. A Companhia acredita que o EBITDA, além de medida de desempenho
operacional, permite uma comparação com outras empresas. Entretanto, ressalta-se que o EBITDA não é uma medida
estabelecida de acordo com as normas contábeis internacionais (IFRS) e está apresentado de acordo com a Instrução
CVM n° 527 de 4 de outubro de 2012.

(b) conciliações entre os valores divulgados e os valores das demonstrações financeiras auditadas

No exercício social encerrado em 31 de dezembro de

Valores em R$ mil 2016 2015 2014


Lucro líquido (prejuízo) do exercício -729.197 2.759.990 582.362
Imposto de renda e contribuição social - correntes e
616.046 1.660.553 491.206
diferidos
Resultado financeiro 6.091.257 2.475.359 2.400.106
Depreciação, amortização e exaustão 2.677.618 2.120.104 2.055.665
EBITDA básico do exercício 8.655.724 9.016.205 5.529.339
Provisão (reversão) para perdas de ativos de longa duração
(1 -22.510 272.506 (1.381)
)
Resultado de participações societárias (2) -30.078 (2.219) (3.929)
Resultado com operações descontinuadas (3) 10.954 48.105 7.723
Acordo de Leniência (4) 2.860.401
Perda de dividendos 32.180
EBITDA ajustado do exercício 11.506.671 9.334.597 5.531.752
(1) Representa as constituições ou estornos de provisões para perdas na recuperação dos ativos de longa duração (investimentos, imobilizado e
intangível) que foram ajustados para formação do EBITDA pelo fato de não haver expectativa de realização financeira e, se houver, será capturada
nas devidas contas da demonstração do resultado;
(2) Corresponde a equivalência patrimonial dos investimentos em empresas coligadas e controladas em conjunto;
(3) Corresponde aos resultados da quantiQ e IQAG, conforme apresentado no item 3.3 abaixo;
(4) Representa a provisão do Acordo e Leniência, conforme explicado no item 10.3 (c) abaixo.

As tabelas abaixo apresentam o EBITDA apresentado pela Companhia nos três últimos exercícios sociais:

PÁGINA: 8 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.2 - Medições não contábeis

No exercício social encerrado em 31 de dezembro


de

Valores em R$ milhões 2016 2015 2014


EBITDA ajustado do exercício (1) 11.506.671 9.334.597 5.531.752
Depreciação, amortização e exaustão (2.677.618) (2.120.104) (2.055.665)
Resultado de participações societárias 30.078 2.219 3.929
Provisão (reversão) para perdas de ativos de longa duração (2) 22.510 (272.506) 1.381
Resultado com operações descontinuadas (37.813) (54.487) (7.773)
Acordo de leniência (2.860.401) - -
Perda de dividendos (32.180) - -
Lucro operacional antes do resultado financeiro (3) 5.951.247 6.889.719 3.473.624
(1) Medição não contábil apresentado pela Companhia;
(2) Alocado na rubrica de "outras receitas (despesas), líquidas";
(3) Medição contábil divulgada nas Demonstrações dos Resultados consolidados.

(c) motivo pelo qual tal medição é mais apropriada para a correta compreensão da sua condição financeira e do
resultado de suas operações

A Companhia utiliza o EBITDA como indicador financeiro pois acredita que este indicador é uma medida prática do
cálculo do desempenho operacional da Companhia sem a influência de sua estrutura de capital, de efeitos tributários e
financeiros, além de itens não recorrentes e demais impactos que não alteram o seu fluxo de caixa. Adicionalmente, o
EBITDA permite uma comparação com outras companhias do mesmo segmento de atuação ainda que estas possam
calcular tal indicador de forma distinta.

Vale ressaltar que o EBITDA é uma informação adicional às demonstrações financeiras e não deve ser utilizado em
substituição aos resultados auditados pois não é uma medida reconhecida pelas Práticas Contábeis Adotadas no Brasil
nem pelas normas contábeis internacionais (IFRS), e está apresentado de acordo com a Instrução CVM n° 527 de 4 de
outubro de 2012.

PÁGINA: 9 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras

As informações prestadas neste item se referem a eventos posteriores às últimas demonstrações financeiras
consolidadas divulgadas pela Companhia.

Projeto UTEC®

Em janeiro de 2017, entrou em operação a nova linha de produção de polietileno de ultra-alto peso molecular (PEUAPM)
da Braskem, conhecido comercialmente como UTEC®. Localizada na cidade de La Porte, estado do Texas, nos Estados
Unidos, a produção desta planta complementará a capacidade da linha já existente no Brasil, no polo petroquímico de
Camaçari.

Cetrel – Celebração de contrato de compra e venda

Em 27 de janeiro de 2017, o Conselho de Administração da Companhia autorizou a celebração de contrato de compra e


venda com a Odebrecht Utilities S.A., Odebrecht S.A. na qualidade de comissária da Odebrecht Utilities S.A., por meio do
qual a Braskem se compromete a comprar a totalidade das ações detidas pela vendedora na Cetrel S.A., representativas
de 63,7% do seu capital votante e total no valor de R$ 610 milhões, os quais serão pagos na conclusão da transação. A
conclusão da aquisição está sujeita à deliberação pela Assembleia Geral de Acionistas da Braskem nos termos do artigo
256 da Lei nº 6.404/76, e a condições precedentes usuais neste tipo de operação.

AAssembleia para deliberar sobre este tema foi convocada para 29 de setembro de 2017.

A Cetrel é uma empresa de serviços ambientais que iniciou suas operações em 1978, juntamente com as indústrias do
Polo Petroquímico de Camaçari. Com mais de 100 clientes, sendo cerca de 70% no Polo de Camaçari, a Cetrel é
responsável pelo tratamento e disposição final dos efluentes e resíduos industriais, monitoramento ambiental e
fornecimento de água para uso industrial das plantas da Braskem em Camaçari.

A Cetrel tem um papel relevante na gestão dos processos ambientais das atividades do Polo Petroquímico de Camaçari, e
sua aquisição busca garantir a segurança e confiabilidade das operações industriais no referido Polo, em linha com a
estratégia da Companhia de reforçar sua operação petroquímica.

quantiQ Distribuidora Ltda. - Celebração de contrato de compra e venda

Em 27 de janeiro de 2017, a Companhia celebrou contrato de compra e venda com a GTM do Brasil Comércio de
Produtos Químicos Ltda., subsidiária da GTM Holdings S.A., por meio do qual se comprometeu a vender 100% das quotas
representativas do capital social da quantiQ Distribuidora Ltda. (quantiQ), pelo valor total de R$ 550 milhões.

Em 03 de abril de 2017 foi concluída a venda da controlada Quantiq para a GTM, coforme acima, sendo que, nesta
mesma data, a Braskem recebeu o montante de R$ 450 milhões. O saldo de R$100 milhões será pago pela GTM em até
12 meses, podendo sofrer ajustes usuais desse tipo de operação.

A alienação da quantiQ está em linha com a estratégia da Companhia de reforçar sua operação petroquímica.

Política Financeira Braskem

Em 28 de março de 2017, o Conselho de Administração da Companhia aprovou uma nova versão da Política Financeira da
Braskem. Esta Política estabelece e ratifica conceitos, critérios e limites de delegação para decisões que envolvam: (i)
gestão de fluxo de caixa e liquidez; (ii) investimento das disponibilidades financeiras; (iii) captação de recursos
financeiros; e (iv) gestão do risco cambial e de commodities. Em comparação com a versão mais antiga, a nova Política
mantém uma postura conservadora em relação à gestão do risco financeiro, com foco na gestão pró-ativa e contínua dos
riscos através da antecipação e, quando necessária, da proteção a cenários desfavoráveis.

Projeto de Construção da Nova Planta de PP

PÁGINA: 10 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras

Em 21 de junho de 2017 o Conselho de Administração aprovou a construção de uma nova unidade de produção de
polipropileno na cidade de La Porte, estado do Texas nos Estados Unidos. O investimento total aproximado é de US$675
milhões para 450 mil toneladas por ano. A conclusão desse projeto está prevista para o primeiro trimestre de 2020.

Descumprimento não curado de obrigações contratuais (covenants)

Em 30 de junho de 2017 a Controladora estava em descumprimento não curado de obrigações contratuais (covenants)
junto a instituições financeiras e mercado de capitais relacionado a apresentação de demonstrações financeiras
auditadas. Essas obrigações requerem a apresentação das demonstrações financeiras auditadas dentro do prazo legal (ou
em até 120 dias da data do encerramento do exercício).

Neste sentido, nas informações trimestrais de 30 de junho de 2017, o montante R$40.481 foi reclassificado para o
passivo circulante, em atendimento ao CPC 26 e seu correspondente IAS 1 (Apresentação das Demonstrações Contábeis).

De acordo com as normas mencionadas acima, a reclassificação deve ocorrer nas situações em que o descumprimento de
obrigações contratuais dê ao credor o direito de solicitar o pagamento dos vencimentos no curto prazo. Neste contexto,
ressalta-se que nenhum dos credores da Companhia solicitou o referido pagamento antecipado dos vencimentos e que a
Braskem tem feito a liquidação destas obrigações cumprindo o cronograma original desses financiamentos.

Adicionalmente, o descumprimento às referidas obrigações estará automaticamente curado com a apresentação de tais
demonstrações auditadas, não cabendo mais aos referidos credores o direito de solicitar o pagamento antecipado,
retornando o montante de R$40.481 do passivo circulante para o passivo não circulante.

PÁGINA: 11 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.4 - Política de destinação dos resultados

Exercício social encerrado em 31 de dezembro de


2016 2015 2014
a. Regras sobre O Estatuto Social da Companhia O Estatuto Social da Companhia O Estatuto Social da Companhia
retenção de lucros não prevê nenhuma reserva não prevê nenhuma reserva não prevê nenhuma reserva
estatutária, conforme faculta o estatutária, conforme faculta o estatutária, conforme faculta o
artigo 194 da Lei 6.404/76. artigo 194 da Lei 6.404/76. artigo 194 da Lei 6.404/76.
Contudo, a Assembleia Geral da Contudo, a Assembleia Geral da Contudo, a Assembleia Geral da
Companhia poderá deliberar Companhia poderá deliberar Companhia poderá deliberar
sobre a constituição de outras sobre a constituição de outras sobre a constituição de outras
reservas, bem como retenção de reservas, bem como retenção de reservas, bem como retenção de
lucros, conforme estabelecido na lucros, conforme estabelecido na lucros, conforme estabelecido na
referida lei. referida lei. referida lei.

a.i. Valores das No exercício social encerrado em No exercício social encerrado em No exercício social encerrado em
retenções de lucros (em 31 de dezembro de 2016, a 31 de dezembro de 2015, o lucro 31 de dezembro de 2014, o lucro
R$ mil) Braskem apurou um prejuízo de atribuível aos acionistas da atribuível aos acionistas da
R$ 436 milhões Braskem S.A. foi de R$ 3.018 Braskem S.A. foi de R$ 720
milhões. Sendo que R$ 158,5 milhões, sendo que R$ 45 milhões
milhões foram destinados à foram destinados à reserva legal e
reserva legal e R$ 2.011 milhões R$ 366 milhões foram retidos com
foram retidos com base em base em orçamento de capital.
orçamento de capital.
b. Regras sobre a Dividendo mínimo Dividendo mínimo Dividendo mínimo
distribuição de
dividendos De acordo com Estatuto Social da De acordo com Estatuto Social da De acordo com Estatuto Social da
Companhia, 25% do lucro líquido Companhia, 25% do lucro líquido Companhia, 25% do lucro líquido
do exercício será destinado para do exercício será destinado para do exercício será destinado para
o pagamento de dividendos o pagamento de dividendos o pagamento de dividendos
obrigatórios, observadas as obrigatórios, observadas as obrigatórios, observadas as
vantagens legais e estatutárias vantagens legais e estatutárias vantagens legais e estatutárias
das ações preferenciais Classe das ações preferenciais Classe das ações preferenciais Classe
“A” e “B”. “A” e “B”. “A” e “B”.

Dividendo prioritário Dividendo prioritário Dividendo prioritário

As ações preferenciais classes “A” As ações preferenciais classes “A” As ações preferenciais classes “A”
e “B” terão igual prioridade na e “B” terão igual prioridade na e “B” terão igual prioridade na
distribuição em cada exercício, de distribuição em cada exercício, de distribuição em cada exercício, de
um dividendo mínimo, não um dividendo mínimo, não um dividendo mínimo, não
cumulativo, de 6% sobre seu valor cumulativo, de 6% sobre seu valor cumulativo, de 6% sobre seu valor
unitário (obtido através da divisão unitário (obtido através da divisão unitário (obtido através da divisão
do capital social pelo total de do capital social pelo total de do capital social pelo total de
ações em circulação), de acordo ações em circulação), de acordo ações em circulação), de acordo
com os lucros disponíveis para com os lucros disponíveis para com os lucros disponíveis para
distribuição aos acionistas. As distribuição aos acionistas. As distribuição aos acionistas. As
ações ordinárias somente terão ações ordinárias somente terão ações ordinárias somente terão
direito a dividendo depois do direito a dividendo depois do direito a dividendo depois do
pagamento dos dividendos das pagamento dos dividendos das pagamento dos dividendos das
ações preferenciais. ações preferenciais. ações preferenciais.

Depois de cumprido o disposto no Depois de cumprido o disposto no Depois de cumprido o disposto no


parágrafo anterior e assegurado parágrafo anterior e assegurado parágrafo anterior e assegurado
às ações ordinárias o dividendo às ações ordinárias o dividendo às ações ordinárias o dividendo
de 6% (seis por cento) incidente de 6% (seis por cento) incidente de 6% (seis por cento) incidente
sobre seu valor unitário, as ações sobre seu valor unitário, as ações sobre seu valor unitário, as ações
preferenciais classe “A” preferenciais classe “A” preferenciais classe “A”
concorrerão em igualdade de concorrerão em igualdade de concorrerão em igualdade de
condições com as ações condições com as ações condições com as ações
ordinárias na distribuição de lucro ordinárias na distribuição de lucro ordinárias na distribuição de lucro
remanescente. As ações remanescente. As ações remanescente. As ações
preferenciais classe “B” não preferenciais classe “B” não preferenciais classe “B” não
participarão de lucros participarão de lucros participarão de lucros
remanescentes após o remanescentes após o remanescentes após o
recebimento, pelas mesmas, do recebimento, pelas mesmas, do recebimento, pelas mesmas, do
dividendo mínimo referido dividendo mínimo referido dividendo mínimo referido
anteriormente. anteriormente. anteriormente.
Quando o valor do dividendo Quando o valor do dividendo Quando o valor do dividendo
prioritário pago às ações prioritário pago às ações prioritário pago às ações
preferenciais Classe “A” e “B” for preferenciais Classe “A” e “B” for preferenciais Classe “A” e “B” for
igual ou superior a 25% do lucro igual ou superior a 25% do lucro igual ou superior a 25% do lucro
líquido do exercício calculado na líquido do exercício calculado na líquido do exercício calculado na
forma do artigo 202 da Lei das forma do artigo 202 da Lei das forma do artigo 202 da Lei das

PÁGINA: 12 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.4 - Política de destinação dos resultados

Sociedades por Ações, Sociedades por Ações, Sociedades por Ações,


caracteriza-se o pagamento caracteriza-se o pagamento caracteriza-se o pagamento
integral do dividendo obrigatório. integral do dividendo obrigatório. integral do dividendo obrigatório.
Havendo sobra do dividendo Havendo sobra do dividendo Havendo sobra do dividendo
obrigatório após o pagamento do obrigatório após o pagamento do obrigatório após o pagamento do
dividendo prioritário, será ela dividendo prioritário, será ela dividendo prioritário, será ela
aplicada: aplicada: aplicada:

• no pagamento às ações • no pagamento às ações • no pagamento às ações


ordinárias de um dividendo ordinárias de um dividendo ordinárias de um dividendo
até o limite do dividendo até o limite do dividendo até o limite do dividendo
prioritário das ações prioritário das ações prioritário das ações
preferenciais; e preferenciais; e preferenciais; e

• se ainda houver saldo • se ainda houver saldo • se ainda houver saldo


remanescente, na remanescente, na remanescente, na
distribuição de um dividendo distribuição de um dividendo distribuição de um dividendo
adicional às ações ordinárias adicional às ações ordinárias adicional às ações ordinárias
e às preferenciais classe “A”, e às preferenciais classe “A”, e às preferenciais classe “A”,
em igualdade de condições, em igualdade de condições, em igualdade de condições,
de modo que cada ação de modo que cada ação de modo que cada ação
ordinária ou preferencial de ordinária ou preferencial de ordinária ou preferencial de
tal classe receba o mesmo tal classe receba o mesmo tal classe receba o mesmo
dividendo. dividendo. dividendo.

c. Periodicidade das Em 31 de dezembro de 2016, a Em 31 de dezembro de 2015, a Em 31 de dezembro de 2014, a


distribuições de política de distribuição de política de distribuição de política de distribuição de
dividendos dividendos da Companhia garantia dividendos da Companhia garantia dividendos da Companhia garantia
aos acionistas a distribuição anual aos acionistas a distribuição anual aos acionistas a distribuição anual
de dividendos. de dividendos. de dividendos.

Sem prejuízo, o conselho de Sem prejuízo, o conselho de Sem prejuízo, o conselho de


administração poderia determinar o administração poderia determinar o administração poderia determinar o
levantamento de balanços levantamento de balanços levantamento de balanços
trimestrais e/ou semestrais para trimestrais e/ou semestrais para trimestrais e/ou semestrais para
distribuição de dividendos, distribuição de dividendos, distribuição de dividendos,
observada as disposições de lei. observada as disposições de lei. observada as disposições de lei.

A distribuição “ad-referendum” pela A distribuição “ad-referendum” pela A distribuição “ad-referendum” pela


Diretoria é vedada. Diretoria é vedada. Diretoria é vedada.

d. Eventuais restrições Salvo pelo disposto na Lei das Salvo pelo disposto na Lei das Salvo pelo disposto na Lei das
à distribuição de Sociedades por Ações e pelo Sociedades por Ações e pelo Sociedades por Ações e pelo
dividendos impostas estatuto social da Companhia, a estatuto social da Companhia, a estatuto social da Companhia, a
por legislação ou Companhia não possuía restrições à Companhia não possuía restrições à Companhia não possuía restrições à
regulamentação distribuição de dividendos impostas distribuição de dividendos impostas distribuição de dividendos impostas
especial aplicável ao por legislação ou regulamentação, por legislação ou regulamentação, por legislação ou regulamentação,
emissor, assim como por contratos ou decisões judiciais, por contratos ou decisões judiciais, por contratos ou decisões judiciais,
contratos, decisões administrativas ou arbitrais. administrativas ou arbitrais. administrativas ou arbitrais.
judiciais,
administrativas ou
arbitrais

PÁGINA: 13 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.5 - Distribuição de dividendos e retenção de lucro líquido


(Reais) Exercício social 31/12/2016 Exercício social 31/12/2015 Exercício social 31/12/2014
Lucro líquido ajustado 0,00 3.168.992.000,00 892.949.000,00
Dividendo distribuído em relação ao lucro líquido ajustado 0,000000 32,000000 54,000000
Taxa de retorno em relação ao patrimônio líquido do emissor 0,000000 152,000000 14,000000
Dividendo distribuído total 0,00 1.000.000.000,00 482.593.000,00
Lucro líquido retido 0,00 2.010.543.000,00 365.708.000,00
Data da aprovação da retenção 06/04/2016 09/04/2015

Lucro líquido retido Montante Pagamento dividendo Montante Pagamento dividendo Montante Pagamento dividendo

Ordinária 0,00
Dividendo Obrigatório
Ordinária 567.620.000,00 15/04/2016 273.796.000,00 23/04/2015
Preferencial Preferencial Classe A 432.020.000,00 15/04/2016 208.436.000,00 23/04/2015
Preferencial Preferencial Classe B 360.000,00 15/04/2016
Ordinária 567.819.000,00 11/10/2016
Preferencial Preferencial Classe A 432.181.000,00 11/10/2016
Preferencial Preferencial Classe B 0,00 11/10/2016
Preferencial Preferencial Classe B 359.000,00 23/04/2015

PÁGINA: 14 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.6 - Declaração de dividendos à conta de lucros retidos ou reservas

Exercício social encerrado em 31 de dezembro de


Valores em R$ mil 2016 2015 2014
Dividendo Declarado a Conta de Lucros Retidos n.a. 1.000.000 270.518

PÁGINA: 15 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.7 - Nível de endividamento

Exercício Social Soma do Passivo Tipo de índice Índice de Descrição e motivo da utilização de outro índice
Circulante e Não endividamento
Circulante
31/12/2016 50.096.000.000,00 Índice de Endividamento 18,30000000

PÁGINA: 16 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.8 - Obrigações
Exercício social (31/12/2016)
Tipo de Obrigação Tipo de Garantia Outras garantias ou Inferior a um ano Um a três anos Três a cinco anos Superior a cinco anos Total
privilégios
Financiamento Garantia Real 925.676,27 1.377.344,82 535.793,82 28.280,32 2.867.095,23
Financiamento Quirografárias 71.392,26 140.155,01 140.155,01 87.211,77 438.914,05
Títulos de dívida Quirografárias 438.354,67 431.592,84 4.547.021,36 8.799.570,00 14.216.538,87
Empréstimo Quirografárias 1.134.035,48 3.699.054,16 851.396,09 0,00 5.684.485,73
Financiamento Outras garantias ou privilégio Fiança bancária 58.305,32 103.279,80 88.134,82 85.727,96 335.447,90
Total 2.627.764,00 5.751.426,63 6.162.501,10 9.000.790,05 23.542.481,78
Observação
Valores em R$ mil
As informações acima se referem às demonstrações financeiras consolidadas da Companhia e, não incluem a dívida da controlada Braskem Idesa pelo fato de a mesma ser na modalidade project finance e, portanto,
deve ser pago exclusivamente com a geração de caixa da prórpia empesa.

PÁGINA: 17 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

3.9 - Outras informações relevantes

A Companhia não é parte de contratos de financiamento que estabelecem restrições em relação a limites para
determinados indicadores ligados a capacidade de endividamento e de pagamento de juros. Entretanto, alguns dos
contratos de financiamento celebrados pela Companhia contêm outras obrigações que restringem, dentre outras coisas,
a capacidade da Companhia e de suas subsidiárias de assumir garantias ou passar por processo de incorporação ou fusão
com outras entidades, alterar seu controle acionário e alienar de outra forma seus ativos. As restrições pactuadas,
quando não dispensadas formalmente pelos credores, não ensejaram a aceleração de nenhum dos contratos de
financiamento celebrados pela Companhia.

PÁGINA: 18 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

O investimento nos valores mobiliários de emissão da Companhia envolve a exposição a determinados riscos. Antes de
tomar qualquer decisão de investimento em qualquer valor mobiliário de emissão da Companhia, os potenciais
investidores devem analisar cuidadosamente todas as informações contidas neste Formulário de Referência, os riscos
mencionados abaixo, os relatórios de administração e as demonstrações financeiras da Companhia e respectivas notas
explicativas. Os negócios, situação financeira, resultados operacionais, fluxo de caixa, liquidez e/ou negócios futuros da
Companhia poderão ser afetados de maneira adversa por qualquer dos fatores de risco descritos a seguir. O preço de
mercado dos valores mobiliários de emissão da Companhia poderá diminuir em razão de qualquer desses e/ou de outros
fatores de risco, hipóteses em que os potenciais investidores poderão perder substancial ou totalmente o seu
investimento nos valores mobiliários de emissão da Companhia. Os riscos descritos abaixo são aqueles que a Companhia
conhece e acredita que, na data deste Formulário de Referência, podem afetar a Companhia adversamente. Além disso,
riscos adicionais não conhecidos atualmente ou considerados irrelevantes pela Companhia também poderão afetar a
Companhia adversamente.

Para os fins desta seção “4. Fatores de Risco”, exceto se expressamente indicado de maneira diversa ou se o contexto
assim o exigir, a menção ao fato de que um risco, incerteza ou problema poderá causar ou ter ou causará ou terá “efeito
adverso” ou “efeito negativo” para a Companhia, ou expressões similares, significa que tal risco, incerteza ou problema
poderá ou poderia causar efeito adverso relevante nos negócios, situação financeira, resultados operacionais, fluxo de
caixa, liquidez e/ou negócios futuros da Companhia e das suas subsidiárias, bem como no preço dos valores mobiliários
de emissão da Companhia. Expressões similares incluídas nesta seção “4. Fatores de Risco” devem ser compreendidas
nesse contexto.

Não obstante a subdivisão desta seção “4. Fatores de Risco”, determinados fatores de risco que estejam em um item
podem também se aplicar a outros itens.

a) à Companhia

Enfrentamos concorrência de produtores de polietileno, polipropileno, PVC e outros produtos petroquímicos.

Enfrentamos forte concorrência em todos os produtos petroquímicos oferecidos. Nossas operações nos Estados Unidos
enfrentam concorrência naquele país de outros produtores norte-americanos de polipropileno e de demais produtores
internacionais de polipropileno que atendem o mercado dos Estados Unidos. Nossas operações na Alemanha enfrentam
concorrência na Europa e nos outros mercados de exportação que atende por parte de produtores europeus e de outros
países de polipropileno. As operações da Companhia no México enfrentam a concorrência de produtores de polietileno
do México e dos Estados Unidos. No Brasil, embora apenas o negócio de Vinílicos enfrente concorrência no país,
empresas da América do Sul podem exportar para o Brasil com baixas taxas ou até sem taxa de importação. Além disso,
os produtores de quase todos os continentes realizam vendas regulares ou pontuais para empresas de trading e clientes
diretos no Brasil para produtos petroquímicos e resinas.

Em geral, os preços de nossos produtos de segunda geração vendidos no Brasil são fixados tomando por referência os
preços cobrados por produtores estrangeiros nos mercados internacionais. Geralmente determinamos os preços de
nossos produtos de segunda geração exportados do Brasil com base nos preços praticados no mercado à vista
internacional. Os preços do polipropileno comercializado nos Estados Unidos e na Europa são determinados com base na
precificação do mercado regional. O preço do polietileno no México é definido com base nos preços do polímero na
região da Costa do Golfo dos Estados Unidos.

Como resultado da ativação anunciada da nova capacidade de eteno, em particular nos Estados Unidos, no Oriente
Médio e na China, somado ao aumento da concorrência de produtores de eteno que utilizam gás como matéria-prima
nos Estados Unidos, devido a seus custos de matéria-prima relativamente mais baixos, a administração prevê que
poderemos enfrentar concorrência cada vez mais intensa de outros produtores de segunda geração nos mercados nos

PÁGINA: 19 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

quais ela vende esses produtos. Adicionalmente, a valorização do real em relação ao dólar norte-americano pode
aumentar a competitividade do preço de produtos importados em reais, o que pode causar um aumento na concorrência
no Brasil por parte de outros produtores de produtos de segunda geração. Alguns dos concorrentes estrangeiros são
empresas substancialmente maiores, que contam com recursos financeiros, produtivos, tecnológicos e/ou de marketing
superiores aos da Companhia.

Custos mais altos da matéria-prima podem aumentar o custo de produtos vendidos e prestação de serviços e diminuir a
margem bruta, afetando negativamente nosso resultado financeiro total.

A nafta, um derivado do petróleo bruto, é a principal matéria-prima utilizada por nossa Unidade de Petroquímicos
Básicos e, indiretamente, por nossas outras unidades de negócios no Brasil. Em 2016, a nafta respondeu, direta e
indiretamente, por cerca de 42,7% dos custos consolidados de vendas e serviços prestados.

Etano e propano são as principais matérias-primas utilizadas pela Companhia na produção de petroquímicos básicos no
Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro e representam o principal custo de produção e operacional da unidade de
Petroquímicos Básicos. Etano e propano corresponderam juntos, direta e indiretamente, a aproximadamente 0,5% e
1,2%, respectivamente, do custo consolidado de vendas e serviços em 2016.

Etano é a principal matéria-prima utilizada na produção de eteno no Complexo Petroquímico do México e representa o
principal custo de produção e operacional do Complexo do México. Etano correspondeu, direta e indiretamente, a
aproximadamente 0,6% do custo consolidado de vendas e serviços em 2016.

Já o propeno, principal matéria-prima consumida na produção de polipropileno nos Estados Unidos e na Europa,
representa o principal custo de produção e operacional da Unidade EUA e Europa. Também compramos propeno no
mercado brasileiro brasileiro para nossas plantas de polipropileno no Brasil. O propeno correspondeu, direta e
indiretamente, a aproximadamente 16,8% do custo consolidado de vendas e serviços em 2016.

No Brasil, compramos a nafta usada pela nossa Unidade de Petroquímicos Básicos a preços baseados no preço da nafta
do mercado Amsterdam-Rotterdam-Antuérpia e o etano e o propano baseados nos preços de mercado da região de
Mont Belvieu. Nós compramos o etano usado pelo nosso Complexo Petroquímico do México a preços baseados no preço
do etano Mont Belvieu. Nós compramos o propeno usado por nossa unidade Brasil, EUA e Europa a preços baseados no
preço de referência do Golfo dos EUA, ou o preço USG. Nós compramos o Hidrocarboneto Leve de Refinaria a um preço
relacionado ao preço do gás natural importado.

O preço de referência Amsterdam-Rotterdam-Antuérpia oscila principalmente de acordo com variações no preço em


dólares do petróleo bruto Brent na Bolsa Intercontinental de Londres. O preço médio da nafta, referência Amsterdã-
Rotterdã-Antuérpia, foi de US$385/ton, uma queda de 17% em relação a 2015, explicado pela queda no preço do
petróleo. A diminuição reflete principalmente (i) o aumento da produção e incertezas com relação à oferta global; (ii) o
aumento de estoques, principalmente na região do Golfo norte-americano; e (iii) a menor demanda por produção de
combustível.

O preço médio do etano, referência Mont Belvieu, foi de 20 ¢/gal ou US$146/ton, um aumento de 7% em relação a 2015,
explicado pelo aumento da demanda, refletindo projetos de desgargalamento logístico, que levaram a um aumento dos
volumes de exportação.

O preço médio do propeno, referência USG, foi de US$ 759/ton em 2016, uma diminuição de 12% em relação a 2015,
devido à maior oferta de matéria-prima no ano por desidrogenadoras de propano, ou PDHs, que, apesar de certas
dificuldades operacionais no segundo semestre, registraram taxas de operação mais altas se comparadas ao ano anterior.

PÁGINA: 20 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

O preço médio do propeno, referência Europa, foi de US$ 727/ton em 2016, uma diminuição de 23% em relação a 2015,
devido à limitação de matéria-prima durante boa parte de 2015, quando baixos estoques e um número acima do normal
de paradas não programadas levaram a aumento de preços nesse período.

O preço da nafta, etano, propano e propeno em dólares tem sido e pode se manter volátil. Além disso, futuras variações
no preço do dólar norte-americano podem efetivamente causar um aumento dos custos da nafta e do gás natural em
reais. Um aumento da nafta, etano, propano ou propeno reduziria a margem bruta da Companhia e afetaria
negativamente seu resultado financeiro total, na impossibilidade de repasse desse aumento de custos aos clientes, e
poderia reduzir o volume de vendas de nossos produtos.

Não fazemos hedge contra variações no preço de nossas principais matérias-primas, ficando expostos a flutuações no
preço destas.

Atualmente, a Companhia não faz hedge contra a exposição aos preços de suas matérias-primas. Nós observamos uma
alta correlação histórica entre o preço da matéria-prima do setor petroquímico (principalmente a nafta) com seus
produtos finais (polietileno, polipropileno, PVC etc.). Historicamente, as flutuações no preço da nafta precederam
variações na mesma direção dos produtos petroquímicos de primeira e segunda geração. Qualquer hedge eventual
apenas sobre o preço da nafta poderia interromper essa proteção natural, o que provavelmente tornaria os resultados da
Companhia mais voláteis. No entanto, considerando o processo em curso na Braskem de diversificação das matérias-
primas, com o etano e o propano passando a representar uma parcela mais significativa dos custos variáveis, a proteção
natural descrita acima tende a ser prejudicada. Isso se deve à correlação significativamente menor do etano e do
propano com o preço dos produtos finais da Companhia, em comparação à nafta e ao propeno. Em anos anteriores,
quando este cenário se concretizou, a Companhia não foi capaz de repassar todos os correspondentes custos com
insumos, o que causou a redução da sua margem bruta e do seu lucro líquido. Caso persista essa perda da nossa proteção
natural e haja uma volatilidade significante nos preços das nossas matérias-primas ou dos nossos produtos finais, os
resultados das operações da Companhia poderão ser negativamente impactados.

Os produtos fabricados pela Companhia estão sujeitos a risco de incêndio, explosões e outros perigos.

Nossas operações estão sujeitas a riscos, tais como incêndios, explosões e outros acidentes, associados à fabricação de
produtos petroquímicos e ao armazenamento e transporte de insumos e produtos petroquímicos. Esses riscos podem
acarretar danos pessoais e perda de vidas, graves danos ou destruição de imóveis e equipamentos e danos ambientais.
Um acidente de grandes proporções em uma de nossas plantas ou instalações de armazenamento pode nos obrigar a
suspender temporariamente nossas operações, resultando em altos custos de reparação e perda de receita líquida de
vendas.

Apesar da cobertura de seguros em relação a danos causados por incêndio e lucros cessantes em razão de paradas
ocasionadas por incêndio, explosão ou avarias elétricas, os proventos de tais seguros podem não estar disponíveis em
tempo hábil ou ser insuficientes para cobrir todos os prejuízos em caso de sinistro. Com relação a este tema, vide ainda o
fator de risco “As Unidades de Poliolefinas e de Vinílicos dependem de nossas plantas de petroquímicos básicos para o
fornecimento de suas necessidades de eteno e propeno”.

O desfecho desfavorável de processos em curso pode diminuir nossa liquidez e afetar negativamente nosso
desempenho e nossa situação financeira.

A Companhia é e pode voltar a ser no futuro parte em disputas tributárias, cíveis e trabalhistas envolvendo, dentre
outros aspectos, reivindicações monetárias. Se forem proferidas decisões desfavoráveis em um ou mais desses processos,
a Companhia poderá ter de pagar quantias substanciais. Para alguns desses processos, não foi constituída provisão no
balanço patrimonial, ou foram constituídas provisões para parte dos montantes em questão, com base na avaliação da

PÁGINA: 21 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

administração e no parecer dos advogados quanto à probabilidade de êxito nesses processos. Para mais informações
sobre processos judiciais, vide itens 4.3 a 4.7 do Formulário de Referência.

Em julho de 2015, duas ações coletivas foram movidas contra a Companhia e alguns dos seus, então, atuais e ex-diretores
e conselheiros (Réus) no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York. As ações foram
consolidadas posteriormente sob o nome de In re Braskem, S.A. Securities Litigation, No 15-cv-5132. Em novembro de
2015, a Boilermaker-Blacksmith National Pension Trust, ou Autor Líder, protocolou uma ação coletiva consolidada com
alegações nos termos da Seção 10(b) e Seção 20(a) do Exchange Act, em nome de um conjunto de adquirentes dos
American Depositary Receipts da Companhia (ADRs) no período de 1º de junho de 2010 a 11 de março de 2015. Na
demanda vigente, o Autor Líder alega que os Réus fizeram declarações falsas ou omitiram informações, causando o
aumento do preço das ações da Companhia, e violando a legislação aplicável a valores mobiliários dos Estados Unidos.
Nós protocolamos um pedido de rejeição da denúncia (motion to dismiss) em 06 de julho de 2016. No dia 31 de março de
2017, a justiça proferiu decisão sobre o pedido de motion to dismiss, acolhendo parcialmente os nossos argumentos.
Com relação aos demais argumentos, a ação coletiva seguiu para fase de produção antecipada de provas. As partes
encontram-se em negociação de um acordo e assinaram uma proposta de acordo e submeteram a aprovação preliminar
da referida corte em 14 de setembro de 2017. Nos termos da proposta de acordo, nós pagaríamos US$ 10 milhões para
encerrar todas as demandas dos adquirentes de American Depositary Receipts (ADRs) da Braskem negociadas no período
entre 15 de julho de 2010 e 11 de março de 2015, oriundas ou relacionadas ao objeto da Class Action, exceto pelos
pleitos eventualmente formulados pelos adquirentes que venham a solicitar a sua exclusão do acordo. A proposta de
acordo está sujeita a diversas condições, inclusive à homologação judicial. Nós não fizemos qualquer admissão de
práticas ilícitas ou assunção de responsabilidade como parte da proposta de acordo. Além disso, a Companhia poderá
tornar-se ré em outras ações na justiça e ter de, conforme os limites legais e regulatórios aplicáveis, indenizar
conselheiros, diretores e funcionários que se tornaram réus em ações coletivas de títulos e valores mobiliários e em
quaisquer outras ações que possam ser movidas no futuro. O litígio exigiu tempo e dedicação significativos, que podem
continuar a ser exigidos no futuro. Para mais informações sobre processos judiciais vide itens 4.3 a 4.7 do Formulário de
Referência.

Agitações trabalhistas podem afetar nossas operações significativa e negativamente.

Agitações trabalhistas em nossas plantas e instalações podem produzir um efeito negativo relevante em nossa condição
financeira ou resultados operacionais. Por exemplo, em agosto de 2010, os funcionários sindicalizados da planta em Neal,
West Virginia, entraram em greve e, durante esse período, a planta foi operada sob a supervisão da administração até
maio de 2011, quando a Braskem America assinou um novo acordo coletivo. Embora a Companhia acredite que
mantenha um bom relacionamento com seus funcionários, as ações trabalhistas futuras, inclusive greves, podem ter um
impacto negativo substancial em seu desempenho financeiro.

Desastres naturais, condições climáticas extremas e gerais podem afetar nossos negócios significativa e
negativamente.

Algumas das instalações da Companhia estão localizadas em regiões que podem ser afetadas por desastres naturais, tais
como inundações, terremotos, furacões, tornados e outros, o que poderia causar a interrupção de suas operações ou das
operações de seus clientes, além de prejudicar ou destruir a infraestrutura necessária para transportar os produtos da
Companhia como parte da cadeia de fornecimento. Tais eventos poderiam exigir a realização de paradas de manutenção,
causar atraso nas entregas do estoque existente ou resultar em reparos custosos, substituição de equipamento ou outros
custos, todos os quais poderiam produzir um impacto negativo e material no desempenho financeiro da Companhia.

Embora a política de riscos relativos à energia da Braskem prevê a compra antecipada de energia a preços fixos por meio
de contratos de longo prazo, a maior parte da capacidade instalada de geração de energia do Brasil é fornecida por usinas
hidrelétricas de geração. Se a quantidade de água disponível para produtores de energia passar a ser escassa, devido à

PÁGINA: 22 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

estiagem ou a desvios para outras aplicações, o custo da energia poderia sofrer um aumento. Essas condições teriam um
efeito adverso significativo sobre nossas vendas e margens.

A Companhia poderá ser negativamente impactada pelos efeitos do Acordo Global.

No contexto das alegações de pagamentos indevidos no âmbito da Operação Lava Jato no Brasil, contratamos Escritórios
Especializados para conduzir a Investigação e relatar os seus resultados. Nós temos cooperado com autoridades públicas
de diversas jurisdições, inclusive com o Departamento de Justiça dos EUA, ou DoJ, a Comissão de Valores Mobiliários dos
EUA, ou SEC, o Ministério Público Federal do Brasil, ou MPF, e a Procuradoria Geral da Suíça, ou OAG. Em 14 de
dezembro de 2016, a Companhia celebrou um Acordo de Leniência com o MPF, ou Acordo de Leniência, que foi
homologado pela justiça brasileira em 06 de junho de 2017. Em 21 de dezembro de 2016, a Companhia celebrou um
acordo de leniência com o Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito Leste de Nova York, assumindo a culpa por uma
denúncia única que acusava a Companhia de descumprir com as disposições de combate ao suborno da Lei Norte-
Americana Anticorrupção (FCPA). Na mesma data, a Companhia concordou com a decisão final proferida em uma ação
civil iniciada pela SEC com base em violações às disposições de combate ao suborno, livros e registros e controles
contábeis internos da FCPA. Os tribunais federais competentes dos Estados Unidos homologaram as decisões do DoJ e da
SEC em 26 de janeiro de 2017 e em 28 de fevereiro de 2017, respectivamente. Adicionalmente, em 21 de dezembro de
2016, a OAG concluiu suas investigações sobre os temas. Nos referimos a estas ações como Acordo Global.

Nos termos do Acordo Global, a Companhia concordou em pagar às autoridades de tais jurisdições o valor total
aproximado de US$ 957 milhões (equivalente a aproximadamente R$ 3,1 bilhões).

Do valor total a pagar nos termos do Acordo Global, a Companhia já desembolsou aproximadamente R$ 1,3 bilhão,
conforme abaixo:

 US$ 94,9 milhões (R$ 296,6 milhões) para o DoJ em 08 de fevereiro de 2017;
 US$ 65,0 milhões (R$ 206,5 milhões) para a SEC em 27 de abril de 2017;
 CHF 30,2 milhões (R$ 104,3 milhões) para a OAG em 27 de junho de 2017; e
 R$ 736,4 milhões para o MPF em 06 de julho de 2017.

O montante total de aproximadamente R$ 1,8 bilhão em aberto nos termos do Acordo Global será pago conforme
abaixo:

 CHF 64,3 milhões à OAG em quatro parcelas anuais, iguais e sucessivas de CHF 16,1 milhões em 30 de junho de
cada ano a partir de 2018; e
 aproximadamente R$ 1,6 bilhão ao MPF em seis parcelas anuais, iguais e sucessivas atualizadas pela inflação,
conforme medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA), devidas em 30 de janeiro de
cada ano a partir de 2018. Como garantia pelo pagamento das parcelas em aberto, a Braskem ofereceu ativos
imobilizados no valor correspondente a uma parcela anual.

O Acordo Global pode ter um efeito material adverso sobre os negócios, a reputação, a situação financeira, os
instrumentos financeiros e os resultados operacionais da Companhia, bem como sobre a liquidez e o preço dos valores
mobiliários de sua emissão, inclusive suas ações preferenciais Classe A e ADSs. Além disso, a publicidade negativa
resultante do Acordo Global, os fatos trazidos a público pelo acordo celebrado nos Estados Unidos e os fatos que serão
trazidos a público quando da divulgação final do Acordo de Leniência com o MPF poderiam causar um impacto material
adverso nos negócios da Companhia, incluindo a diminuição da demanda por seus produtos e instrumentos financeiros,
dentre outros efeitos que atualmente não se pode prever ou mensurar. Além disso, outras autoridades com jurisdição
sobre a Companhia podem vir a buscar a aplicação de novas sanções pecuniárias ou multas ou a instauração de
investigações sobre a Companhia. Finalmente, como resultado do Acordo Global, a Companhia pode ser impedida de

PÁGINA: 23 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

firmar determinados acordos com autoridades governamentais e estar sujeita ao aumento dos seus custos operacionais
em decorrência de obrigações de aperfeiçoar suas práticas de governança e de combate à corrupção, incluindo o custo
do monitoramento externo exigido.

Nos termos do Acordo Global, a Companhia seguirá cooperando com tais autoridades públicas e implementando
melhorias em suas práticas de conformidade e combate à corrupção. A Companhia estará sujeita ainda a monitoramento
externo por um período de três anos, período durando o qual o monitor verificará o cumprimento do Acordo Global,
inclusive a eficácia de controles, políticas e procedimentos internos para redução do risco de descumprimento de leis
anticorrupção. O período de monitoria poderá se encerrar antecipadamente ou se estender por mais um ano, à critério
das autoridades, dependendo da evolução do cumprimento do Acordo Global pela Companhia. A Companhia contratou
monitores, nos termos do Acordo Global, os quais foram aprovados pelas autoridades competentes. Tais monitores
poderão recomendar alterações nas políticas e procedimentos que a Companhia deverá adotar, salvo se estas forem
excessivamente onerosas ou desaconselháveis. Nestes casos, ela poderá propor alternativas, as quais poderão não ser
aceitas pelas autoridades. A operação sob a observação do monitor provavelmente exigirá que os membros da
administração assumam responsabilidades adicionais. Não é possível estimar atualmente os custos que poderão ser
incorridos com o cumprimento do Acordo Global, inclusive com a implementação das alterações recomendadas, se
houver, às políticas e procedimentos da Companhia, que venham a ser exigidas por tais monitores. Contudo, os custos
com a implementação das recomendações dos monitores poderão impactar material e negativamente a Companhia a
depender dos investimentos e esforços que venham a ser exigidos da administração no cumprimento de
responsabilidades adicionais para o desenvolvimento dos negócios. Vide item 4.7 deste Formulário de Referência.

As condições econômicas e políticas do Brasil, bem como as políticas econômicas e outras políticas do governo
brasileiro, podem afetar negativamente a demanda por nossos produtos, nossa receita líquida de vendas e nosso
desempenho financeiro em geral.

A economia brasileira tem sido caracterizada por intervenção frequente e por vezes ampla do governo brasileiro, bem
como por ciclos econômicos instáveis. O governo brasileiro, com frequência, altera as políticas monetária, tributária,
creditícia, tarifária e outras com o fim de influenciar o curso da economia do Brasil. As medidas tomadas pelo governo
brasileiro visando controlar a inflação e implementar outras políticas já incluíram controles de salários e preços, bloqueio
do acesso a contas bancárias, imposição de controles de capital e limitações às importações.

Nossos resultados operacionais e nossa situação financeira e patrimonial podem ser negativamente afetados por fatores
tais como:

 flutuações nas taxas de câmbio;


 políticas de controle cambial;
 taxas de juros;
 inflação;
 políticas tributárias;
 expansão ou contração da economia brasileira, medida pelas taxas de crescimento do PIB;
 liquidez nos mercados financeiros e creditícios internos e
 outros acontecimentos políticos, diplomáticos, sociais e econômicos no Brasil ou que afetem o país.

Os mercados brasileiros vêm enfrentando elevada volatilidade em decorrência das incertezas da Operação Lava Jato,
ainda em curso, conduzida pelo Ministério Público Federal, e seu impacto sobre a economia e o ambiente político
brasileiro. Alguns membros do governo brasileiro e do poder legislativo, bem como altos ex-executivos da empresa
estatal, e nossa acionista, Petrobras, têm enfrentado alegações de corrupção política. Alega-se que tais autoridades
públicas e altos ex-executivos tenham aceitado propina por meio de comissões sobre contratos entre a Petrobras e

PÁGINA: 24 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

diversas companhias dos setores de infraestrutura, petróleo e gás e construção civil, incluindo o acionista controlador da
Companhia, Odebrecht S.A. Atualmente, não é possível prever o impacto da Operação Lava Jato e de quaisquer decisões
e ações futuras das autoridades em relação aos acionistas sobre a Companhia. Os lucros dessas comissões podem ter
financiado campanhas de partidos políticos dos atuais governos federal estadual e municipal através de doações não
contabilizadas ou não divulgadas publicamente, além de ter causado o enriquecimento pessoal dos receptores do
esquema de propina. Como resultado da Operação Lava Jato em curso, vários políticos que ocupam altos cargos,
incluindo deputados e senadores, e executivos das maiores empresas estatais no Brasil renunciaram ou foram presos.
Autoridades eleitas do alto escalão e outras autoridades públicas no Brasil estão sendo investigados por alegações de
conduta antiética e ilegal identificada durante a Operação Lava Jato.

O desfecho possível de tais investigações é incerto, mas eles têm afetado de forma negativa e devem continuar afetando
o mercado brasileiro e os preços dos valores mobiliários de emissores brasileiros. A Companhia não pode prever se as
alegações levarão a mais instabilidade política e econômica ou se surgirão no futuro novas alegações contra autoridades
públicas ou outras empresas no Brasil. Além disso, a Companhia não pode prever o resultado de tais alegações nem seus
efeitos na economia brasileira. O desenvolvimento destes casos de conduta antiética pode ter um efeito adverso material
sobre a Companhia.

Além disso, a economia brasileira continua sujeita aos efeitos do resultado da operação Lava Jato. Em 12 de maio de
2016, o Senado votou pelo início da revisão dos processos de impeachment contra a Presidente Dilma Rousseff, que foi
afastada do cargo. Após o processo judicial e administrativo do impeachment, o Senado destituiu a Presidente Dilma
Rousseff do cargo em 31 de agosto de 2016 por violação de leis orçamentárias. Michel Temer, o ex-vice presidente à
época, que assumiu o governo do Brasil após o afastamento de Dilma Rousseff em maio de 2016, tomou posse pelo
Senado para ocupar o restante do mandato presidencial até 2018. No entanto, em maio de 2017, o presidente Michel
Temer foi acusado de suposta corrupção política em conexão com a operação Lava Jato. A solução da crise econômica e
política no Brasil ainda depende do desfecho da Operação Lava Jato, incluindo as atuais investigações sobre o suposto
envolvimento do presidente Michel Temer, e da aprovação de reformas a serem promovidas no devido tempo. O
presidente do Brasil tem poderes para determinar políticas e ações governamentais relacionadas à economia do País e,
consequentemente, afetar as operações e o desempenho financeiro das empresas, inclusive da Companhia. O processo
de impeachment contra a Presidente Dilma Rousseff afetou de forma negativa e, esperamos que este fato, juntamente
com a possibilidade futura de impeachment do Presidente Michel Temer devem continuar afetando o mercado brasileiro
e os preços dos valores mobiliários de emissores brasileiros, incluindo os da Companhia. A Companhia não pode prever
os efeitos do recente processo de impeachment e do potencial futuro processo de impeachment e nem das atuais
incertezas políticas sobre a economia brasileira.

Decisões de tribunais brasileiros que exijam que os pagamentos das garantias pela Braskem sejam feitos
exclusivamente em Reais.

Caso sejam instaurados processos em tribunais brasileiros buscando exigir que a Companhia cumpra as obrigações
assumidas com relação às suas ações, ADSs ou garantias relativas às notas sênior ou outro tipo de endividamento da
Companhia, poderia ser exigido que a Braskem pague suas obrigações em outras moedas que não o Real. Qualquer
decisão obtida contra a Companhia em tribunais brasileiros com relação ao pagamento de obrigações relativas às ações,
ADSs, garantias ou outras dívidas seria expressa em Reais. Não é possível garantir que o respectivo valor em Reais seja
suficiente para cobrir plenamente os valores devidos aos detentores de ações, ADSs, notas sênior ou outras dívidas
exigidos em tal litígio.

Uma vez que a Braskem Finance Limited não possui operações próprias, os detentores das notas sênior em aberto
emitidas pela Braskem Finance Limited dependem que a Braskem forneça à Braskem Finance Limited recursos
suficientes para os pagamentos devidos no âmbito de tais notas.

PÁGINA: 25 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

As operações da Braskem Finance Limited, subsidiária integral da Braskem constituída nas Ilhas Cayman, consistem
exclusivamente na emissão e realização de pagamentos das notas sênior e outras dívidas do mesmo nível das notas
sênior , e na utilização dos recursos obtidos com tais emissões, conforme permitido pelos documentos que regem tais
emissões, inclusive a realização de empréstimo dos recursos obtidos com as notas sênior e outras dívidas incorridas pela
Braskem Finance Limited à Braskem e suas controladas. Com isso, a capacidade da Braskem Finance Limited de
pagamento do principal, juros e outros valores devidos pelas notas sênior em aberto de sua emissão e outras dívidas
dependerá das condições financeiras e resultados operacionais da Braskem e suas controladas, que são credoras da
Braskem Finance Limited. Na hipótese de uma eventual piora da condição financeira ou resultados operacionais da
Braskem e suas controladas que são credoras da Braskem Finance Limited, tais entidades podem não ser capazes de
cumprir suas obrigações com relação à dívida perante a Braskem Finance Limited, o que levaria a Braskem Finance
Limited a não dispor de recursos suficientes para repagar todos os valores devidos pelas ou com relação às notas sênior
em aberto.

Os pagamentos das garantias da Braskem são subordinados às obrigações de dívida com garantia da Braskem e
subordinadas efetivamente às obrigações de dívidas das controladas e coligadas da Braskem.

As notas sênior em aberto serão plenamente garantidas pela Braskem sem garantia física (unsecured). As garantias da
Braskem compreenderão obrigações sênior sem garantia física (senior unsecured obligations) da Braskem. As garantias
farão jus aos mesmos direitos de pagamento que qualquer outra dívida sênior sem garantia física atual ou futura da
Braskem. Embora as garantias garantam aos detentores das notas sênior o direito direto, porém sem garantia física,
sobre os ativos e patrimônio da Braskem, o pagamento das garantias será subordinado às dívidas com garantia (secured)
da Braskem com relação aos ativos e patrimônio oferecidos em garantia para esta dívida.

Na hipótese de liquidação ou restruturação societária da Braskem, quaisquer direitos dos detentores das notas sênior,
através da execução das garantias, (i) com relação aos ativos da Braskem, inclusive o capital social das controladas e
coligadas, estarão sujeitos ao direito prioritário dos credores com garantia (secured) da Braskem e, (ii) com relação aos
ativos das controladas e coligadas, estarão sujeitos aos direitos prioritários dos credores de tais controladas e coligadas. A
escritura das notas sênior em aberto inclui uma cláusula que limita a capacidade da Braskem e das suas controladas de
criar ou constituir gravames, embora tal limitação esteja sujeita a substanciais exceções.

Em 31 de dezembro de 2016, a Braskem possuía (1) dívida corporativa consolidada, líquido de custos de transação, de R$
23.331,1 milhões (US$ 7.158,7 milhões) e (2) dívida consolidada associada ao Complexo Petroquímico do México de R$
10.437,8 milhões (US$ 3.202,7 milhões). Da dívida corporativa consolidada, R$ 4.403,5 (US$ 1.351,1 milhões)
correspondem à dívida não garantida pela Braskem S/A, R$ 2.867,1 milhões (US$ 879,7 milhões) à dívida garantida pela
Braskem, R$ 16.060,5 milhões (US$ 4.927,9 milhões) à dívida das controladas e sociedades de propósito específico da
Braskem (que não a Braskem Idesa S.A.P.I.). A Linha de Capital de Giro da Braskem Idesa no montante total de R$ 302,6
milhões (US$ 92,8 milhões) em aberto em 31 de dezembro de 2016 é garantida pela Braskem S.A.

A Braskem realiza parte das suas operações de negócio através de controladas e coligadas. Ao realizar os pagamentos das
garantias das notas sênior em aberto, a Braskem dependerá, parcialmente, do fluxo de caixa de tais controladas e
coligadas, principalmente na forma de pagamentos de dividendos e juros sobre capital próprio. A capacidade de tais
controladas e coligadas de realizar o pagamento de dividendos à Braskem será afetada, entre outros fatores, por suas
obrigações perante credores, exigências da legislação societária brasileira e de outras leis, e restrições impostas por
acordos celebrados por ou relacionados a tais empresas. Caso tais controladas e coligadas deixem de realizar pagamentos
de dividendos à Braskem devido à insuficiência de fluxo de caixa, a Braskem poderá ter de utilizar o seu próprio fluxo de
caixa para realizar os pagamentos relativos às notas sênior em aberto.

As obrigações da Braskem com relação às garantias são subordinadas a determinadas preferências legais.

PÁGINA: 26 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

Segundo a legislação brasileira, as obrigações da Braskem com relação às garantias das notas sênior em aberto são
subordinadas a determinadas preferências previstas em lei. No caso de liquidação, declaração de falência ou pedido de
recuperação judicial da Braskem, tais preferências legais, inclusive ações pós-pedido de falência, ações de exigência de
salários, remuneração, seguridade social, tributos e custas legais e direitos garantidos por bens, entre outros, terão
preferência sobre demais ações, inclusive ações instauradas por quaisquer investidores com relação às garantias. Neste
caso, a execução das garantias poderá não ocorrer, e os detentores das notas sênior em aberto poderão não conseguir
receber os valores devidos com relação às notas sênior.

Flutuações das taxas de juros poderiam elevar o custo do serviço de nossa dívida e prejudicar nosso desempenho
financeiro como um todo.

Nossas despesas financeiras são afetadas por mudanças das taxas de juros que incidem sobre a dívida com taxas
variáveis. Em 31 de dezembro de 2016, a Companhia registrava, entre outras obrigações, R$ 1.525 milhões de
empréstimos e financiamentos remunerados pela TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo), R$ 1.750 milhões de empréstimos
e financiamentos remunerados pela taxa do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), R$ 603 milhões de empréstimos
e financiamentos remunerados pela taxa do SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) e R$ 2.572 milhões de
empréstimos e financiamentos remunerados pela taxa LIBOR (London Interbank Offered Rate).

A TJLP incorpora um fator de inflação, sendo fixada trimestralmente pelo Banco Central. A TJLP, a SELIC e a taxa CDI
apresentaram expressivas oscilações no passado, em função da expansão ou contração da economia brasileira, inflação,
políticas do governo brasileiro e outros fatores. Um aumento significativo de qualquer uma dessas taxas de juros poderia
afetar negativamente nossas despesas financeiras e nossos resultados financeiros como um todo.

Flutuações da taxa de câmbio real/dólar podem aumentar a inflação no Brasil e aumentar o custo de serviço da dívida
da Companhia expressa em moeda estrangeira, podendo, ainda, afetar negativamente seu desempenho financeiro
como um todo.

A taxa de câmbio entre o real e o dólar e as taxas relativas de depreciação e valorização do real afetaram os resultados
das operações da Companhia e podem continuar a fazê-lo.

A moeda brasileira sofreu desvalorizações em diversas ocasiões. Nas últimas décadas, o governo brasileiro introduziu
vários planos econômicos e várias políticas cambiais, entre as quais desvalorizações súbitas, minidesvalorizações
periódicas (durante as quais a periodicidade de ajustes variou de diária a mensal), controles cambiais, mercado de
câmbio duplo e regime de câmbio flutuante. Ocorreram oscilações expressivas da taxa de câmbio entre a moeda
brasileira e o dólar e outras moedas. Em relação ao dólar norte-americano, o real registrou desvalorização de 8,9% em
2012, 14,6% em 2013, 13,4% em 2014, 47,0% em 2015 e valorização de 16,5% em 2016.

A desvalorização do real em relação ao dólar também poderia resultar em pressões inflacionárias adicionais no Brasil em
razão do aumento geral do preço de produtos e serviços importados. Por outro lado, a valorização do real frente ao dólar
poderá levar à deterioração da conta corrente e do balanço de pagamentos do país, podendo, também, reprimir o
crescimento proveniente das exportações.

Em 31 de dezembro de 2016, o valor total da dívida da Companhia em moeda estrangeira, exclusivamente em dólares
norte-americanos, montava a R$ 18.176 milhões (US$ 5.577 milhões), representando 77,9% do endividamento total,
líquido de custos de transação.Este endividamento (i) não inclui o montante de R$ 853 milhões (US$ 262 milhões)
referente aos derivativos (entre eles swaps de taxas de juros, swaps de taxas de câmbio e opções de moeda) e (ii) a dívida
consolidada de R$ 10.438 milhões (US$ 3.203 milhões) relacionada a dívida da Braskem Idesa, a qual inclui a dívida no
montante de R$ 303 milhões (US$ 93 milhões) em 31 de dezembro de 2016 que possui garantia da Braskem S/A. Vide
“item 10.1 (f) (i) contratos de empréstimos e financiamentos relevantes” deste Formulário de Referência..

PÁGINA: 27 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

Em 31 de dezembro de 2016, o total de caixa e equivalentes de caixa denominados em moeda estrangeira somava R$
3.408 milhões (US$ 1.046 milhões) não incluindo o montante de R$ 202 milhões (US$ 62 milhões) referente caixa e
equivalentes da Braskem Idesa.

Uma desvalorização expressiva do real em relação ao dólar ou a outras moedas poderia aumentar as despesas financeiras
em função de prejuízos cambiais que seriam incorridas pela Companhia e poderia reduzir sua capacidade de honrar o
serviço da dívida em moeda estrangeira. A fim de conseguir gerenciar de forma mais eficiente os efeitos das variações na
taxa de câmbio sobre seus resultados, em 2013 a Companhia decidiu designar parte de seu passivo denominado em dólar
norte-americano como hedge para suas exportações futuras.

Os preços da nafta, a mais importante matéria-prima da Companhia, e de algumas outras matérias-primas, são expressos
em dólares ou atrelados ao dólar. Em 2016, a nafta representou, direta e indiretamente, 42,7% do custo consolidado de
produtos vendidos e serviços prestados. Quando o real se deprecia em relação ao dólar, o custo em reais das matérias-
primas indexadas e denominadas em dólares aumenta, e a receita operacional em reais pode diminuir, na medida em
que a Companhia não consegue repassar o custo de tais aumentos a seus clientes.

O eventual rebaixamento na classificação de risco do Brasil, da Companhia ou de seus títulos de dívida provavelmente
resultaria em aumentos das taxas de juros e de outras despesas financeiras relacionadas aos empréstimos e títulos de
dívida, podendo reduzir sua liquidez.

Atualmente, a Standard & Poor’s Ratings Group, uma divisão da McGraw Hill, Inc., ou Standard & Poor’s e a Fitch Ratings
Ltd., or Fitch atribuem classificações à Companhia em escala nacional e global. A Moody’s apenas atribui classificação à
Companhia em escala global. Em escala global, a Companhia mantém seu grau de investimento na: (i) Standard & Poor's
de BBB- com perspectiva negativa; (ii) Fitch Ratings de BBB- com perspectiva estável; e (iii) acima do rating soberano pela
Moody’s, de Ba1 com perspectiva estável. Em escala nacional, a Companhia mantém seu grau de investimento conforme
segue: (i) Standard & Poor's de brAAA com perspectiva negativa; e (ii) Fitch Ratings de AAA+ com perspectiva estável. A
classificação de crédito da Companhia é sensível a qualquer variação da nota de crédito soberana do Brasil. A
classificação de crédito do governo federal brasileiro foi rebaixada em 2015 e 2016, e não conta mais com o grau de
investimento. Qualquer decisão dessas agências de classificação de rebaixar as classificações da Companhia e seus títulos
de dívida no futuro teria como provável resultado o aumento das taxas de juros e outras despesas financeiras
relacionadas aos empréstimos e títulos de dívida, e a inclusão de covenants financeiros nos instrumentos que regulem
novas dívidas, podendo reduzir expressivamente a capacidade de captação de recursos da Companhia em condições
satisfatórias ou nos valores necessários para assegurar sua liquidez, bem como obrigar a Companhia a emitir garantia em
dinheiro em decorrência de suas obrigações ou contratar cartas de crédito em garantia às obrigações do project finance
da Braskem Idesa

As medidas de combate à inflação tomadas pelo governo brasileiro poderão contribuir de forma significativa para a
incerteza econômica no Brasil e poderão reduzir a demanda dos produtos da Companhia.

Historicamente, o Brasil apresentou altas taxas de inflação. A inflação, bem como os esforços do governo para combatê-
la, acarretou efeitos negativos significativos sobre a economia brasileira, especialmente antes de 1995. A taxa de inflação
medida pelo Índice Geral de Preços—Disponibilidade Interna (IGP-DI) alcançou 2.708% em 1993. Embora as taxas de
inflação tenham sido substancialmente menores a partir de 1995 do que em períodos anteriores, as pressões
inflacionárias persistem. As taxas de inflação foram de 8,1% em 2012, 5,5% em 2013, 3,8% em 2014, 10,7% em 2015 e
7,2% em 2016, conforme a variação do índice IGP-DI. As medidas de combate à inflação, adotadas pelo governo
brasileiro, muitas vezes incluíram a manutenção de uma política monetária rigorosa com altas taxas de juros, causando
restrição à disponibilidade de crédito e redução na taxa de crescimento econômico. A inflação, as medidas para combatê-
la e a especulação pública acerca de possíveis medidas futuras também podem contribuir de forma relevante para a
incerteza econômica no Brasil e para o aumento da volatilidade no mercado brasileiro de valores mobiliários.

PÁGINA: 28 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

O Brasil poderá voltar a apresentar níveis elevados de inflação. Fatores como a elevação dos preços do petróleo, a
depreciação do real e medidas governamentais futuras, buscando a manutenção do valor do real em relação ao dólar,
poderão acarretar aumento da inflação brasileira. Períodos de inflação mais alta poderão fazer diminuir a taxa de
crescimento da economia brasileira, o que levaria a uma redução da demanda dos produtos da Companhia no Brasil e de
suas receitas líquidas de vendas. Também é provável que a inflação aumente alguns dos custos e despesas da
Companhia, que talvez não possam ser repassados aos consumidores, o que resultaria em diminuição da margem de
lucro e do lucro líquido. Ademais, inflação alta, em geral, acarreta taxas de juros internas mais elevadas, e em
consequência, os custos do serviço da dívida da Companhia em reais poderão aumentar, causando a redução do lucro
líquido. A inflação e seu efeito sobre as taxas de juros internas podem, além disso, levar à redução da liquidez nos
mercados internos de capitais e crédito, o que poderia prejudicar a capacidade da Companhia de refinanciar sua dívida
nesses mercados. A eventual diminuição da receita líquida de vendas ou do lucro líquido da Companhia ou a eventual
deterioração de sua situação financeira provavelmente acarretariam a diminuição do preço de mercado de seus valores
mobiliários, incluindo as ações preferenciais classe A e ADSs.

A Companhia poderia ser impactada materialmente por violações ao Foreign Corrupt Practices Act nos EUA, à Lei
Anticorrupção no Brasil e leis anticorrupção similares.

A Companhia, suas controladas e coligadas estão sujeitas a diversas leis anticorrupção, entre elas a Lei no. 12.846/2013,
conhecida como Lei Anticorrupção no Brasil, que entrou em vigor em 28 de janeiro de 2014, e o Foreign Corrupt Practices
Act (FCPA ou Lei de Combate a Práticas de Corrupção) dos EUA, além de diversas outras leis anticorrupção e de combate
a práticas de suborno em outras jurisdições.

A FCPA, a Lei Brasileira Anticorrupção e outras legislações similares de combate à prática de suborno em outras
jurisdições proíbem companhias e seus agentes de realizar pagamentos indevidos a agentes públicos ou outras pessoas
para fins de obtenção ou manutenção de negócios. Qualquer violação a tais leis poderá resultar em sanções criminais ou
cíveis, comprometimento de negócios atuais ou futuros com parceiros de negócios, medidas cautelares contra condutas
futuras, comprometimento de lucros, proibição de participação direta ou indireta em determinados tipos de negócios,
perda de licenças ou outras restrições que poderiam causar um impacto material adverso nos negócios, situação
financeira, resultado das operações ou liquidez da Companhia.

A Companhia está exposta a comportamentos de funcionários e não funcionários que podem ser incompatíveis com os
seus padrões éticos e de conformidade. Caso não sejam prevenidos, detectados ou remediados a tempo, tais
comportamentos e/ou vulnerabilidades de processos poderiam impactar material e negativamente os resultados das
operações e a situação financeira da Companhia.

Os negócios da Companhia, inclusive o seu relacionamento com terceiros, são orientados por princípios éticos. A Braskem
adotou uma Política sobre Conformidade com Atuação Ética, Íntegra e Transparente e diversas políticas internas criadas
para orientar seus administradores, funcionários e terceiros e reforçar seus princípios e normas de comportamento ético
e conduta profissional. A Companhia mantém ainda um canal de denúncia (chamado “Canal de Ética”), disponível para
funcionários e não funcionários (inclusive terceiros). Todas as denúncias são investigadas e encaminhadas para avaliação
do Comitê de Ética.

A Companhia está sujeita ao risco de os seus funcionários, terceiros ou contrapartes em negócios se envolverem em
atividades fraudulentas, atos de corrupção ou suborno, contornarem ou anularem os seus controles e procedimentos
internos, ou se apropriarem indevidamente ou manipularem ativos da companhia para fins de obtenção de vantagem
pessoal ou empresarial. Caso a Companhia acredita ou tenha motivos para acreditar que os sues funcionários ou agentes
tenham ou possam ter violado qualquer legislação anticorrupção aplicável, inclusive a FCPA, a Companhia poderá ter de
investigar ou contratar uma investigação independente dos fatos e circunstâncias relevantes, o que pode ter um alto
custo e exigir tempo e atenção substanciais dos seus altos executivos. A Companhia possui um robusto Programa de

PÁGINA: 29 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

Conformidade e Combate à Corrupção em processo de implementação nas suas diversas áreas, que inclui diversos
processos para identificar, monitorar e mitigar tais riscos, porém tal programa pode não ser totalmente eficaz.

Como resultado da Investigação, a Companhia apurou a existência de deficiências em seus controles internos de
divulgação financeira em 31 de dezembro de 2016. A Companhia identificou deficiências relevantes com relação (i) ao
seu ambiente de controle e aos controles e programas de combate à corrupção criados para prevenir e detectar violações
ao FCPA e a outras leis anticorrupção aplicáveis, (ii) à revisão e aprovação da reconciliação e registros manuais em livros
diários, e (iii) à revisão das contas contábeis utilizadas para registrar comissões devidas e pagas. Tais deficiências
relevantes foram identificadas principalmente devido à detecção de diversas deficiências nos controles e erros durante a
Investigação.

A Companhia identificou ainda deficiências adicionais relevantes relacionadas à (iv) revisão e acompanhamento de
estoques em trânsito para importação de nafta processada pela controlada Braskem Netherlands. Tal deficiência
adicional relevante foi identificada durante a auditoria das demonstrações financeiras realizada pela Braskem
Netherlands. A Companhia identificou ainda deficiências adicionais relevantes relacionadas a (v) covenants não
financeiros para classificação de obrigações de dívida entre longo prazo e curto prazo em sua controlada Braskem Idesa.

Uma deficiência relevante é definida como uma deficiência, ou uma combinação de deficiências, nos controles internos
de divulgação financeira que resulte na possibilidade razoável de não ser possível prevenir ou detectar a tempo um erro
material nas demonstrações financeiras consolidadas anuais ou intermediárias da Companhia.

A Companhia vem implementando diversos esforços de remediação visando melhorar seus sistemas de governança e
conformidade. Vide “Item 4. Informações sobre a Companhia—Conformidade”. Contudo, tais melhorias podem não ser
totalmente eficazes e alguns dos funcionários e não funcionários da Companhia podem adotar comportamentos
incompatíveis com os seus padrões éticos e de conformidade, a Companhia poderá incorrer em erros contábeis durante
divulgações financeiras futuras, e portanto não é possível garantir a inexistência futura de novas deficiências materiais
em seus controles internos de divulgação financeira. Qualquer descumprimento pela Companhia – real ou percebido –
dos princípios de conformidade ou das obrigações de governança ou regulatórias aplicáveis poderia prejudicar a sua
reputação e imagem, limitar a sua capacidade de obter financiamento e ainda ter um impacto material adverso nos
resultados das suas operações e na sua situação financeira.

Podemos fazer aquisições significativas que, se não totalmente integradas, poderão afetar negativamente o resultado
operacional.

Podemos fazer aquisições significativas no futuro. Aquisições envolvem riscos, entre os quais:

 impossibilidade de obtenção das aprovações necessárias das autoridades de defesa da concorrência


competentes;
 possibilidade de a empresa adquirida não alcançar os resultados esperados;
 impossibilidade de reter ou contratar talentos essenciais das empresas adquiridas;
 Impossibilidade de capturar as sinergias e/ou ganhos de escala esperados; e
 possibilidade de existência de passivos não previstos;

Se não houver possibilidade de integrar ou administrar com êxito as empresas adquiridas, é possível que não se
concretizem as previsões de economias de custos, crescimento da receita e níveis de integração, o que poderia resultar
em diminuição da rentabilidade ou prejuízos operacionais.

PÁGINA: 30 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

Caso a Companhia não seja capaz de cumprir com as restrições e cláusulas dos seus contratos de dívida, ela poderia vir
a descumprir tais contratos, levando à antecipação do pagamento dos valores emprestados, com impacto na
capacidade da Companhia de realizar o pagamento do principal e juros das suas obrigações de dívida.

Qualquer descumprimento dos contratos que regem as dívidas da Companhia que não seja remediado ou dispensado
pelo credor do empréstimo poderia resultar na antecipação da obrigação de pagamento de valores em aberto devidos
aos detentores de tais dívidas, o que poderia tornar a Companhia incapaz de realizar o pagamento do principal e juros
sobre estas e outras obrigações de dívida. Caso a Companhia seja incapaz de gerar fluxo de caixa suficiente e, portanto,
incapaz de obter os recursos necessários para realizar os pagamentos de principal e juros sobre suas dívidas, ou deixe de
cumprir com qualquer cláusula restritiva prevista nos contratos que regem suas dívidas (inclusive cláusulas do project
finance relativo ao Complexo Petroquímico do México), a Companhia correria o risco de descumprir tais contratos. Em
caso de tal descumprimento:

 os detentores de tais dívidas poderiam optar por declarar imediatamente devidos os valores de tais
empréstimos, além de quaisquer juros acumulados e não pagos;
 os credores dos empréstimos nos termos de tais acordos poderiam rescindir tais contratos e deixar de
realizar empréstimos no futuro; e
 a Companhia poderia ser forçada a declarar falência ou ser liquidada.

Embora o Complexo Petroquímico do México esteja totalmente operacional e a Braskem Idesa tenha cumprido e
continue cumprindo com os seus requisitos de serviço da dívida e demais pagamentos de obrigações nos termos da sua
emissão de US$ 3.194 milhões de Linha Sindicalizada sênior garantida, ocorreram eventos de descumprimento, que ainda
não foram sanados. Tais eventos de descumprimento garantem ao credor o direito de antecipar o vencimento desta
dívida e requerer remediação através das garantias oferecidas por tal linha, que incluem o Complexo Petroquímico do
México e as ações em circulação da Braskem Idesa. A Braskem Idesa solicitou a dispensa de tais obrigações descumpridas
e está atualmente negociando tal dispensa com o agente intermediário de tal linha. Contudo, não é possível garantir que
o agente de crédito intermediário e os credores do empréstimo concordarão em conceder tal dispensa ou, ainda que
concordem em conceder tal dispensa, se tal dispensa implicará em obrigações adicionais a serem cumpridas pela
Braskem Idesa.

No futuro, a Companhia poderá ter de obter dispensa de outras obrigações de dívida para evitar estar em
descumprimento. Caso a Companhia descumpra quaisquer cláusulas restritivas dos seus instrumentos de dívida e busque
dispensa de tais obrigações, ela pode não ser capaz de obter tal dispensa dos respectivos credores. Caso isso ocorra, a
Companhia estaria em descumprimento de outros contratos, os credores poderiam exercer seus direitos e exigir
remediação, conforme descrito acima, e a Companhia poderia ser forçada a declarar falência ou ser liquidada.

b) aos controladores, diretos e indiretos, da Companhia

Alguns dos acionistas podem determinar o resultado de atos ou decisões societárias, o que pode afetar os detentores
de ações preferenciais classe A e ADSs da Companhia.

A companhia Odebrecht S.A. (Odebrecht), direta ou indiretamente, através de sua subsidiária integral Odebrecht Serviços
e Participações S.A. (OSP) detém 38,3% do capital social em circulação da Companhia, incluindo 50,1% do capital votante,
e a Petrobras detém 36,1% do capital em circulação da Companhia, incluindo 47,0% de seu capital votante. Pessoas
indicadas pela Odebrecht constituem a maioria dos membros do conselho de administração da Companhia. De acordo
com o acordo de acionistas, do qual a OSP e a Petrobras são partes, aqui designado como Acordo de Acionistas da
Braskem S.A., a Companhia pode somente se comprometer a praticar determinados atos após a Odebrecht e a Petrobras

PÁGINA: 31 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

chegarem a um consenso com relação a eles. No entanto, a Odebrecht terá o poder exclusivo de aprovar o plano de
negócios da Companhia, por meio de conselho de administração, conforme descrito no Item 5 deste Formulário de
Referência. Desta forma, a Odebrecht tem a possibilidade de determinar o resultado da maioria dos atos e decisões
societários que requerem a aprovação dos acionistas ou do conselho de administração – em alguns casos, com a
anuência da Petrobras — o que poderia afetar os detentores de ações preferenciais classe A e American Depositary
Shares, ou ADSs.

c) aos acionistas da Companhia

Os detentores de nossas ações preferenciais classe A podem não receber dividendos ou juros sobre o capital próprio.

Nos termos do nosso Estatuto Social e da Lei das Sociedades Anônimas, devemos, sob circunstâncias normais, pagar a
nossos acionistas ao menos 25% de nosso lucro líquido anual na forma de dividendos ou juros sobre o capital próprio,
conforme calculado e ajustado segundo o BRGAAP (que, para esta finalidade, é idêntico às IFRS). Esse lucro líquido
ajustado pode ser capitalizado, utilizado para absorver perdas ou retido de outra maneira, conforme facultado pelo
BRGAAP, e pode não estar disponível para ser pago sob a forma de dividendos ou juros sobre o capital próprio. A Lei das
Sociedades por Ações permite que uma empresa de capital aberta como a nossa suspenda a distribuição obrigatória de
dividendos em qualquer exercício particular caso nosso Conselho de Administração informe a nossos acionistas que tais
distribuições seriam desaconselháveis em vista de nossa condição financeira ou disponibilidade de caixa. Detentores de
ações preferenciais classe A ou ADSs podem não receber nenhum dividendo ou juros sobre o capital próprio em qualquer
exercício, caso nosso Conselho de Administração assim o determine ou caso nossas operações não gerem lucro.

Nossas ações preferenciais classe A e os ADSs têm direitos de voto limitados e não têm direito a votar na aprovação de
operações societárias, incluindo incorporações ou fusões da Companhia com outras empresas, ou na declaração de
dividendos.

Nos termos da Lei das Sociedades por Ações e do estatuto social, os detentores de ações preferenciais classe A e, por
conseguinte, das ADSs, não têm direito a votar em assembleias de acionistas, salvo em circunstâncias muito limitadas.
Essas circunstâncias limitadas relacionam-se diretamente a direitos essenciais dos detentores de ações preferenciais
classe A, tais como a modificação de termos básicos das ações preferenciais classe A ou a criação de nova classe de ações
preferenciais com direitos superiores. Os detentores de ações preferenciais sem direito a voto podem eleger um membro
e o respectivo suplente para nosso conselho de administração e nosso conselho fiscal, dependendo de circunstâncias
específicas previstas na Lei das Sociedades por Ações. Os detentores de ações preferenciais classe A e ADSs não têm
direito a votar na aprovação de operações societárias, inclusive incorporações ou fusões da Companhia com outras
empresas, ou na declaração de dividendos. No entanto, caso a Companhia deixe de pagar dividendos por três anos
consecutivos, será concedido direito a voto aos detentores de ações preferenciais classe A e ADSs. Para mais informações
sobre os valores mobiliários de emissão da Companhia, vide item 18 do Formulário de Referência.

Vendas reais ou potenciais de um número significativo de ações preferenciais classe A podem reduzir o preço de
mercado de nossas ações preferenciais classe A e ADSs.

A venda de uma quantidade substancial de nossas ações preferenciais classe A poderia exercer um efeito negativo sobre
o preço de mercado das referidas ações e das ADSs. Caso sejam realizadas vendas significativas de ações preferenciais
classe A pelos nossos acionistas controladores ou outro acionista através dos mercados de valores mobiliários, o preço de
mercado das ações preferenciais classe A da Companhia e, por extensão, das ADSs poderá cair significativamente.
Consequentemente, os detentores de ADSs podem não conseguir vender tais ADSs por preço igual ou superior ao de sua
compra.

PÁGINA: 32 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

Detentores de ADSs ou de ações preferenciais classe A nos Estados Unidos podem não ter os mesmos direitos de
preferência que os acionistas brasileiros possuem, de acordo com a legislação brasileira, na subscrição de ações
resultantes de aumentos de capital realizados por nós.

Segundo a lei brasileira, se emitirmos novas ações em troca de caixa ou ativos como parte de um aumento de capital,
com algumas exceções, devemos conceder a nossos acionistas direitos de preferência na ocasião da subscrição das ações
correspondentes a suas respectivas participações em nosso capital social, de modo a permitir-lhes manter suas
porcentagens existentes. Podemos não ter a permissão legal para garantir que os detentores de ADSs ou ações
preferenciais classe A nos Estados Unidos possam exercer seus direitos de preferência em futuros aumentos de capital, a
não ser que (1) protocolemos um termo de registro para uma oferta de ações resultantes do aumento de capital junto à
U.S. Securities and Exchange Commission (SEC), ou (2) a oferta de ações resultantes do aumento de capital se qualifique
para obter a isenção das exigências de registro do Securities Act. Na ocasião de eventuais futuros aumentos de capital,
iremos avaliar os custos e as potenciais obrigações associadas ao protocolo de um termo de registro para uma oferta de
ações junto à SEC e quaisquer outros fatores que consideremos importantes para determinar se iremos ou não
protocolar tal termo de registro. Não podemos garantir aos detentores de ADSs ou ações preferenciais classe A nos
Estados Unidos que iremos protocolar um termo de registro junto à SEC de modo a lhes permitir participar de nossos
eventuais aumentos de capital. Consequentemente, a participação desses detentores na Companhia pode ser diluída.

A volatilidade e liquidez relativas dos mercados de valores brasileiros podem afetar negativamente os detentores de
nossas ações preferenciais classe A e ADSs.

O mercado de valores mobiliários brasileiro é substancialmente menor, menos líquido e mais volátil do que os principais
mercados de valores mobiliários dos Estados Unidos e outras jurisdições, e pode ser regulamentado de forma diferente
do que os investidores dos EUA estão acostumados. Fatores que podem afetar especificamente os mercados de ações
brasileiros podem limitar a capacidade dos detentores de ADSs de vender ações preferenciais classe A objeto de ADSs
pelo preço e no momento que desejarem, podendo gerar um impacto negativo sobre o preço de mercado das próprias
ADSs.

Os acontecimentos econômicos e as percepções dos investidores sobre o risco em outros países, tanto de desenvolvidos
ou emergentes, podem afetar de forma significativa o preço comercial dos títulos de valores brasileiros, incluindo
ações ordinárias e ADSs, bem como os títulos de dívida em aberto.

O valor de mercado dos títulos e valores mobiliários de emissores brasileiros é afetado em vários níveis pelas condições
econômicas e mercadológicas de outros países, tanto de desenvolvidos, como os Estados Unidos e algumas nações
européias, quanto de emergentes. Embora as condições econômicas em tais países possam diferir significativamente das
condições econômicas no Brasil, a reação dos investidores a esses acontecimentos nesses países pode causar um efeito
adverso no valor de mercado dos títulos e valores mobiliários dos emissores brasileiros. O preço das ações negociadas no
mercado de capitais brasileiro, por exemplo, tem estado sujeita historicamente à flutuação das taxas de juros nos Estados
Unidos e na variação das principais bolsas de valores dos Estados Unidos. Além disso, crises em outros países emergentes
podem diminuir o interesse dos investidores por títulos e valores mobiliários de emissores brasileiros, incluindo as ações
ordinárias, ADSs e títulos de dívida da Companhia. Isso poderia afetar de forma adversa o preço de mercado das ações
ordinárias, ADSs e títulos de dívida em aberto da Companhia e poderia também dificultar para a Companhia o acesso ao
mercado de capitais, afetando sua capacidade de financias suas operações em condições aceitáveis.

Recentemente, a acentuada volatilidade no mercado brasileiro deveu-se, entre outros fatores, às incertezas relacionadas
ao impacto das eleições norte-americanas, da política monetária dos EUA, do chamado BREXIT e suas consequências nos
mercados financeiros internacionais, à maior aversão ao risco em países emergentes, e às incertezas sobre as condições
macroeconômicas e políticas. Em 20 de janeiro de 2017, Donald Trump foi eleito o Presidente dos Estados Unidos. A
Companhia não possui controle ou pode prever os efeitos da administração ou políticas do governo de Donald Trump.

PÁGINA: 33 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

Além disso, a Companhia está exposta à interrupção e volatilidade dos mercados financeiros globais devido a seus efeitos
no ambiente econômico e financeiro, especialmente no Brasil, tais como a desaceleração econômica, aumento da taxa de
desemprego, deterioração do poder de compra dos consumidores e indisponibilidade de crédito.

Essas interrupções e volatilidade nos mercados financeiros globais podem aumentar ainda mais os efeitos negativos
sobre o ambiente econômico e financeiro brasileiro, o que afeta a Companhia de forma adversa.

d) às controladas e coligadas da Companhia

Pode haver conflitos de interesses nas operações com partes relacionadas.

A Companhia tem contas a receber de clientes e contas a pagar correntes e de longo prazo com algumas de suas afiliadas
e outras partes relacionadas, entre elas a Petrobras, sua fornecedora interna de nafta e de outros insumos básicos como
propeno, etano, propano e hidrocarboneto leve de refinaria e, Odebrecht Agroindustrial, a qual é um dos nossos
fornecedores de etanol. Os referidos saldos de contas a receber e a pagar são provenientes, sobretudo, da compra e
venda de bens, a preços e em condições equivalentes às condições e preços médios pagos das operações que realizamos
com terceiros. Essas e outras operações entre a Companhia e suas afiliadas poderiam dar margem a conflitos de
interesses.

Podemos enfrentar dificuldades não previstas na operação do Complexo Petroquímico do México, de forma que tal
unidade de negócio poderia deixar de proporcionar os benefícios esperados para a Companhia.

Durante o primeiro semestre de 2016, a Companhia concluiu a construção de um complexo de olefinas, o Complexo
México, localizado no estado mexicano de Veracruz. Para mais informações sobre o Complexo Petroquímico do México,
vide Item 6 do Formulário de Referência.

A Braskem Idesa S.A.P.I. ou Braskem Idesa, joint venture da Companhia com o Grupo Idesa, S.A. de C.V. (Idesa), precisou
realizar significativos investimentos de capital para o desenvolvimento do Complexo Petroquímico do México. A
possibilidade de a Companhia atingir seus objetivos estratégicos em relação a essa unidade de negócio dependerá
principalmente do sucesso de sua operação. Estes são fatores que poderiam afetar tal unidade de negócio:

 condições macroeconômicas no México e demanda por polietileno;


 ocorrência de dificuldades técnicas e mecânicas imprevistas, que possam interromper a produção ou resultar em
tempo de parada inesperado das plantas do Complexo Petroquímico do México, já que o complexo ainda passa
por fase de ramp up;
 fornecimento estável e contínuo de etano no longo prazo; e
 aumento da concorrência por parte de empresas locais ou estrangeiras e/ou surgimento de novos concorrentes
locais ou estrangeiros.

Não se pode assegurar que o Complexo Petroquímico do México trará os benefícios esperados para a Companhia.
Eventuais interrupções significativas poderiam prejudicar ou impedir a implantação do plano de negócios da Companhia
em sua versão original e resultar em receitas e lucro líquido abaixo do esperado.

e) aos fornecedores da Companhia

A Companhia depende da Petrobras para o fornecimento de uma parcela significativa de suas necessidades de nafta,
etano, propano e propeno.

PÁGINA: 34 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

A Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras, ou Petrobras, é a única fornecedora de nafta no Brasil, e tem historicamente
fornecido cerca de 70% da nafta consumida por nossa Unidade de Petroquímicos Básicos. Além disso, atualmente a
empresa também é a principal fornecedora de etano, propano e hidrocarboneto leve de refinaria e tem historicamente
fornecido o etano, propano e hidrocarboneto leve de refinaria consumido pelo polo petroquímico localizado em Duque
de Caxias, no estado do Rio de Janeiro, ou o Polo do Rio de Janeiro e nosso polo petroquímico de São Paulo

A Companhia mantém diversos contratos de propeno com refinarias da Petrobras, que em 2016 responderam por 36,5%
do fornecimento da demanda de propeno para produção de polipropileno no Brasil. Devido à infraestrutura limitada do
Brasil para permitir a importação de grandes quantidades de propeno e os custos substanciais associados a armazenagem
e transporte do produto, a Companhia depende de maneira substancialmente do propeno fornecido pela Petrobras.

Assim, nosso volume de produção e nossas receitas de vendas provavelmente cairiam e impactariam negativamente o
nosso desempenho financeiro, nas seguintes hipóteses:

 danos significativos às refinarias da Petrobras ou às instalações portuárias por meio das quais a Petrobras
importa nafta, ou a quaisquer dos dutos que ligam a Companhia às instalações da Petrobras, seja em
consequência de acidente, desastre natural, incêndio ou por outro motivo qualquer;
 a eventual rescisão, pela Petrobras, dos contratos de fornecimento de nafta, etano, propano ou propeno à
Companhia, que dispõem que a Petrobras pode rescindir por determinadas razões descritas no Item 7 deste
Formulário de Referência.

Além disso, apesar de alterações regulatórias terem extinguido o monopólio da Petrobras no mercado brasileiro de nafta,
o que permitiu à Companhia importar nafta, eventuais restrições impostas à importação de nafta pelo Brasil podem
aumentar os custos de produção. Vide ainda o fator de risco “A Companhia depende de um número limitado ou de um
único fornecedor para obtenção das suas matérias-primas.”

A Companhia depende do propeno fornecido por terceiros nos Estados Unidos e na Europa

A confiança depositada pela Companhia em fornecedores representa riscos significativos aos seus resultados
operacionais, negócios e perspectivas. A Companhia adquire de terceiros propeno para abastecimento das suas plantas.
Em 31 de dezembro de 2016, a Companhia mantinha contratos de longo prazo com diversos fornecedores. A fórmula
para cálculo do preço do propeno nos termos destes contratos de fornecimento baseia-se geralmente em preços de
mercado. Uma parte do propeno é fornecido para as plantas localizadas na costa do Golfo através de um acordo limitado
celebrado com um grande produtor de petroquímicos básicos, através da qual a Companhia adquire o propeno produzido
por uma planta de eteno de tal produtor em La Porte, Texas. Nos termos de tal acordo de parceria, a empresa parceira se
compromete a fornecer à Companhia propeno suficiente para produção de até cerca de 25% da capacidade anual das
plantas localizadas na região do Golfo dos EUA até o início de 2018, a preços baseados em uma fórmula de custo que
inclui um desconto fixo decrescente até 2018.

Na Alemanha, a Companhia adquire propeno para suas plantas de polipropileno através de contratos de fornecimento de
longo prazo que preveem o atendimento de 91% das necessidades de propeno destas plantas. Nós temos dois principais
contratos de fornecimento na Alemanha, um destes contratos tem vencimento em setembro de 2021 e é renovável
automaticamente por períodos adicionais de um ano, salvo se rescindido por uma das partes e o outro contrato tem
vencimento em dezembro de 2021. A fórmula para cálculo do preço do propeno nos termos destes contratos de
fornecimento baseia-se em preços de mercado.

Atrasos na disponibilidade de propeno de qualidade aceitável, ou a incapacidade da Companhia de obter tal propeno
aceitável nas quantidades necessárias ou em qualquer quantidade, poderão impactar negativamente suas receitas e
resultados operacionais.

PÁGINA: 35 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

Dependência do etano fornecido pela Pemex TRI no México.

No México, a Braskem Idesa firmou um contrato de fornecimento de longo prazo para adquirir etano da Pemex
Transformación Industrial (sucessora da Pemex Gas y Petroquímica Básica), ou Pemex TRI, uma estatal mexicana, em
condições comerciais competitivas. A rescisão do contrato de fornecimento por parte da Pemex TRI poderia causar um
efeito negativo sobre o desempenho financeiro geral da Companhia. Os dispositivos acerca da rescisão antecipada por
parte da Pemex TRI incluem, mas não se limitam, a (i) violação significativa das obrigações da Companhia ou incapacidade
de sanar qualquer violação ao contrato ou cessão e (ii) ocorrência ininterrupta de evento de força maior ou parada de
emergência.

Assim, os volumes de produção e a receita líquida de vendas provavelmente cairiam e afetariam negativamente o nosso
desempenho financeiro, nas seguintes hipóteses:

 danos significativos às refinarias da Pemex TRI ou às instalações portuárias através das quais a Pemex TRI
poderia importar etano, ou a quaisquer das tubulações que conectam nossas plantas às instalações da Pemex
TRI, seja em consequência de acidentes, desastres naturais, incêndio ou outro motivo; ou
 a rescisão do contrato de fornecimento de etano pela Pemex TRI com a Companhia, que prevê que a Pemex TRI
poderá rescindir os contratos por determinados motivos descritos no “Item 7 Atividades do Emissor”.

A Companhia depende de um número limitado ou de um único fornecedor para obtenção das suas matérias-primas.

A Companhia depende da Petrobras para o fornecimento da maior parte do seu consumo de nafta, etano, propano,
hidrocarboneto leve de refinaria e propeno no Brasil, de algumas empresas para o fornecimento de propeno à Unidade
EUA e Europa, e da Pemex TRI para o fornecimento de etano no México. Como resultado disso, a Companhia está sujeita
a riscos substanciais por contar com esses e outros fornecedores que podem ter limitações ou serem os únicos a fornecer
determinada matéria-prima. Alguns exemplos desses riscos são:

 caso um fornecedor deixe de fornecer nafta, etano, propano, hidrocarboneto leve de refinaria ou propeno,
conforme o caso, que atenda as especificações determinadas por ele ou pela Companhia em quantidades
suficientes e com desempenho ou qualidade aceitáveis entregue pontualmente ou quando solicitado, as vendas,
a produção, a aceitação e o resultados das plantas podem sofrer um impacto negativo;
 caso a relação da Companhia com um fornecedor-chave seja afetada de forma adversa, em decorrência de
pressões competitivas (ou conflitos de interesses), por exemplo, a sua capacidade de obter nafta, etano, propano
ou propeno, conforme o caso, sem recorrer a termos financeiros desvantajosos pode ser afetada negativamente;
 caso ocorra a interrupção do fornecimento de nafta, etano, propano, hidrocarboneto leve de refinaria ou
propeno, conforme o caso, porque o fornecedor alterou seu roadmap tecnológico, sofreu dano em suas
instalações de produção, decidiu deixar de fornecer tais produtos ou serviços, aumentou o preço de tais produtos
ou serviços de forma significativa ou impôs restrições às quantidades entregues aos seus clientes, a Companhia
poderá levar um tempo considerável para identificar e qualificar fornecedores alternativos;
 alguns dos principais fornecedores da Companhia são pequenas empresas com limitados recursos, financeiros e
de outra natureza, que estão mais sujeitas a passar por dificuldades financeiras e operacionais do que empresas
maiores e mais bem estabelecidas, o que aumenta o risco de não conseguirem entregar os produtos conforme as
necessidades da Companhia; e
 caso um fornecedor-chave seja adquirido ou passe por uma mudança significativa em seu negócio, a produção e
a venda dos sistemas e serviços da Companhia poderão sofrer atrasos ou ser afetados de negativamente, ou os
programas de desenvolvimento da Companhia poderão sofrer atrasos ou não ser concluídos.

PÁGINA: 36 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

Atrasos na disponibilidade de nafta, etano, propano, hidrocarboneto leve de refinaria ou propeno de qualidade aceitável,
ou a incapacidade da Companhia de obter tal nafta, etano, propano ou propeno aceitável nas quantidades necessárias ou
em qualquer quantidade, poderão afetar suas receitas e resultados operacionais de forma adversa.

As Unidades de Poliolefinas e de Vinílicos dependem de nossas plantas de petroquímicos básicos para o fornecimento
de suas necessidades de eteno e propeno.

A Unidade de Petroquímicos Básicos é a única fornecedora de eteno à Unidade de Vinílicos, a única fornecedora de eteno
às plantas, e a principal fornecedora de propeno às plantas de polipropileno de nossa Unidade de Poliolefinas. Como o
custo de armazenamento e transporte de eteno é significativo e não existe no Brasil infraestrutura adequada que
possibilite a importação de grandes volumes de eteno e propeno, nossa Unidade de Poliolefinas no Brasil e nossa
Unidade de Vinílicos dependem grandemente do fornecimento desses produtos por nossas plantas de petroquímicos
básicos. Consequentemente, nossos volumes de produção e receita líquida de vendas proveniente das vendas de
produtos vinílicos e de poliolefinas diminuiriam e seu desempenho financeiro como um todo seria negativamente
afetado nas seguintes hipóteses:

 eventuais danos significativos às instalações de nossa Unidade de Petroquímicos Básicos por meio das quais é
produzido eteno ou propeno, ou ao duto ou outras instalações que conectam nossas plantas de vinílicos e
poliolefinas às nossas plantas de petroquímicos básicos, seja em consequência de acidente, desastre natural,
incêndio ou outro motivo;
 eventuais reduções significativas do fornecimento de nafta à Unidade de Petroquímicos Básicos, tendo em vista
que a nafta é a principal matéria-prima utilizada por nossa Unidade de Petroquímicos Básicos na produção de
eteno e propeno; ou
 eventuais reduções significativas no fornecimento de etano ou propano à nossa planta de petroquímicos básicos
no Rio de Janeiro, tendo em vista que o etano e o propano são as principais matérias-primas usadas na produção
de eteno e propeno.

Vide ainda o fator de risco “Os produtos fabricados pela Companhia estão sujeitos a risco de incêndio, explosões e outros
perigos”.

f) aos clientes da Companhia

A Companhia recebe um montante significativo de receitas de clientes, e os riscos de crédito associados a alguns desses
clientes podem afetar de forma adversa os resultados de suas operações.

A Companhia mantém diversas operações nas quais o risco de crédito da contraparte é um fator relevante, incluindo
operações com clientes e empresas com as quais trabalha para a prestação de serviços, entre outros. Esses riscos
dependem de condições de mercado e da viabilidade real e estimada da contraparte. O não-cumprimento de obrigações
por quaisquer das contrapartes ou sua vulnerabilidade avaliada podem expor a Companhia a riscos de perda em
determinadas situações. A Companhia recebe um montante significativo de receitas de clientes, e os riscos de crédito
associados a alguns desses clientes podem afetar de forma adversa os resultados de suas operações. Alguns contratos e
acordos firmados entre a Companhia e contrapartes podem conter cláusulas de indenização que a protegem de perdas
financeiras. Havendo deterioração da qualidade de crédito desses clientes ou caso eles busquem proteção contra
falência, a capacidade da Companhia de cobrar os seus recebíveis e, portanto, os resultados de suas operações, podem
ser afetados de maneira adversa.

Os resultados divulgados da Companhia podem ser afetados negativamente pelos aumentos das provisões para contas
a receber incobráveis.

PÁGINA: 37 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

A Companhia possui um saldo significativo de contas a receber e, por isso, constitui uma provisão para cobrir a parcela
desse montante que não seja recebida devido à inadimplência de clientes.

Caso a viabilidade do negócio de certos clientes se deteriore ou as políticas de crédito da Companhia se mostrem
ineficazes na redução da sua exposição ao risco de crédito, podem ser necessários aumentos adicionais nas provisões
para contas incobráveis, o que poderia resultar em um efeito adverso sobre o fluxo de caixa ou os resultados das
operações da Companhia. É registrada uma provisão para contas de liquidação duvidosa em valor considerado suficiente
para cobrir perdas estimadas na realização dos recebíveis, levando em conta o histórico de perdas da Companhia e a
idade das contas a receber, embora a Companhia não possa garantir que estes valores sejam suficientes para cobrir
eventuais perdas.

Em 31 de dezembro de 2016, o total de contas a receber de clientes era de R$ 2.084,9 milhões e a provisão para créditos
de liquidação duvidosa era de R$ 380,6 milhões. Variações significativas no histórico de perdas com contas a receber, não
discerníveis na análise de contas a receber por idade, podem exigir mudanças significativas nas correspondentes
provisões e, portanto, afetar negativamente os resultados das operações e situação financeira da Companhia.

g) ao setor

A natureza cíclica do setor petroquímico pode reduzir nossa receita líquida e nossa margem bruta.

A indústria petroquímica, incluindo os mercados globais em que atuamos, é cíclica e sensível a mudanças globais em
oferta e demanda. Essa natureza cíclica pode reduzir nossa receita líquida de vendas, aumentar nossos custos e diminuir
nossa margem bruta, inclusive pelas seguintes razões:

 desaquecimentos nos negócios e na atividade econômica em geral podem causar diminuição da demanda por
nossos produtos;
 a queda global da demanda pode gerar pressões competitivas para menores preços;
 aumento dos preços das principais matérias-primas utilizadas, principalmente a nafta, o etano e o propeno; e
 se decidirmos ampliar nossas fábricas ou construir novas instalações, podemos fazê-lo com base na estimativa de
uma demanda futura que talvez não se concretize ou se concretize em níveis abaixo do previsto.

Historicamente, os mercados internacionais de produtos petroquímicos passaram por períodos alternados de oferta
limitada, o que acarretou aumento dos preços e margens de lucro, seguidos por expansão na capacidade de produção,
resultando em excesso de oferta e diminuição dos preços e margens de lucro. Os preços no setor petroquímico seguem o
setor petroquímico mundial e os preços de nossos produtos vendidos no Brasil, na América Latina, nos Estados Unidos e
ao redor do mundo são fixados tomando por referência os preços dos mercados internacionais. Portanto, nossa receita
líquida de vendas e nossa margem bruta estão cada vez mais vinculadas a condições da indústria global, sobre as quais
não temos controle, e que podem afetar negativamente os resultados operacionais e situação financeira da Companhia.

h) à regulamentação dos setores em que a Companhia atua

Reajustes de tarifas sobre importações que concorrem com nossos produtos poderiam forçar uma baixa em nossos
preços.

Atualmente, a Companhia se beneficia de tarifas impostas pelo Governo Brasileiro que lhe permitem cobrar preços
internos de poliolefinas e vinílicos que incluem um fator baseado nas tarifas incidentes sobre importação de produtos
comparáveis. No entanto, em outras ocasiões, o governo brasileiro já usou tarifas de importação e exportação como
instrumento de políticas econômicas, razão pela qual as tarifas podem variar. Em setembro de 2012, por exemplo, o
governo brasileiro aumentou as taxas de importação de produtos relacionados a diversos setores, inclusive a taxa de

PÁGINA: 38 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

importação do polietileno. Em outubro de 2012, houve aumento da tarifa de importação do polietileno de 14% para 20%,
e em outubro de 2013 reestabeleceu a tarifa de importação de polietileno para o nível anterior de 14%. Reajustes de
tarifas poderiam causar um aumento na concorrência por parte de importados e levar a Companhia a baixar seus preços
no mercado interno, o que provavelmente resultaria em diminuição da receita líquida de vendas e poderia afetar
negativamente o desempenho financeiro como um todo. Adicionalmente, os produtos exportados aos Estados Unidos e
na Europa estão sujeitos a tarifas de 6,5% em cada jurisdição, sujeito a determinadas preferências. Essas tarifas
costumam favorecer os produtos da Companhia produzidos localmente, e qualquer ajuste futuro a essas estruturas
tarifárias poderá afetar negativamente as vendas da Companhia nessas jurisdições. Futuros acordos comerciais firmados
entre o Brasil, os Estados Unidos ou a União Europeia poderão também levar a um aumento da concorrência por parte de
importados e à queda dos preços no mercado interno.

Mudanças futuras na política industrial e ações relacionadas por parte do governo brasileiro podem produzir um
impacto negativo e material na demanda por nossos produtos, bem como em nossa receita líquida de vendas e
desempenho financeiro em geral.

Atualmente nos beneficiamos de algumas políticas industriais e ações relacionadas por parte do governo brasileiro, que
visam fortalecer a economia interna e determinadas indústrias locais. Algumas dessas políticas e ações incluíram
recentemente reduções em encargos trabalhistas para a indústria transformadora de plástico, um programa de incentivo
à competitividade de produtores brasileiros em mercados de exportação através do refinanciamento de impostos
federais sobre exportações, intervenção do governo federal visando reduzir incentivos a importações em portos locais,
aumento dos encargos de importação sobre certos produtos, entre eles o polietileno, e redução nas taxas do Programa
de Integração Social (PIS), imposto federal de valor agregado, e da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social
(COFINS), impostos sobre aquisições de matéria-prima por produtores petroquímicos de primeira e segunda geração.

Tais impostos sobre a aquisição de matéria-prima possuíam alíquota de 5,6% para nafta e 9,25% para outras matérias-
primas antes de junho de 2013, quando sua alíquota foi reduzida para 1% até 2015, aumentando para 3% em 2016 e 5%
em 2017, com retorno para 5,6% a partir de 2018. Não é possível para a Companhia prever ou controlar quais políticas
serão renovadas ou descontinuadas e se haverá propostas ou implantação de alterações futuras à política industrial
brasileira. Caso se encerrem as políticas industriais que beneficiam a Companhia, ou sejam implementadas políticas que a
prejudique, seus negócios, resultados operacionais e condições financeiras podem ser afetados negativamente.

Mudanças na legislação fiscal podem resultar em aumentos em determinados tributos diretos e indiretos, o que pode
reduzir a margem bruta da Companhia, afetando negativamente seu desempenho financeiro em geral.

O governo brasileiro introduz ocasionalmente mudanças do regime fiscal que podem aumentar a carga tributária da
Companhia e de seus clientes. Tais mudanças incluem alterações de alíquotas e, às vezes, a criação de tributos
temporários, cuja receita é vinculada a finalidades governamentais específicas. Não se pode prever as mudanças da
legislação tributária brasileira que poderão ser propostas e aprovadas no futuro. No entanto, futuras mudanças dessa
legislação poderão resultar em elevação da carga tributária total da Companhia, o que poderia reduzir sua margem bruta
e afetar negativamente seu desempenho financeiro como um todo.

Restrições à movimentação de capital para fora do Brasil podem prejudicar a capacidade dos detentores das ações,
ADSs ou títulos de dívida da Companhia de receberem pagamentos pelas suas respectivas obrigações ou garantias e
podem restringir a capacidade da Companhia de realizar pagamentos em dólares norte-americanos.

No passado, a economia brasileira passou por períodos de déficit do balanço de pagamentos e escassez de reservas
cambiais, e o governo reagiu restringindo a conversão de reais em moedas estrangeiras por pessoas brasileiras ou
estrangeiras. O governo pode instituir uma política de controle cambial restritiva no futuro. Qualquer política de controle
cambial poderia impedir ou restringir o acesso da Companhia a dólares norte-americanos e, consequentemente, a sua

PÁGINA: 39 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

capacidade de cumprir com suas obrigações em dólares norte-americanos relativas às suas ações, ADSs e notas sênior em
aberto, bem como causar um efeito adverso significativo em seus negócios, situação financeira e resultados das suas
operações. Não é possível prever o impacto de tais medidas na economia brasileira.

A política cambial brasileira pode afetar a capacidade da Braskem de realizar remessas de valores para fora do Brasil
para o cumprimento das garantias.

Segundo a regulamentação vigente no Brasil, não é necessário que empresas brasileiras obtenham autorização do Banco
Central para a realização de pagamentos de garantias em favor de estrangeiros, tais como os detentores de ações, ADSs
ou notas sênior da Companhia. Não é possível garantir que tais regras continuarão vigentes à época em que a Braskem
tiver de realizar pagamentos das obrigações referentes às suas ações, ADSs ou garantias. Caso tais regras ou sua
interpretação sejam alteradas e a autorização do Banco Central passe a ser exigida, a Braskem poderá ter de solicitar
autorização ao Banco Central para transferir os valores as obrigações para fora do Brasil, ou ainda realizar tais
pagamentos com valores mantidos pela Braskem no exterior. Não é possível garantir que tal autorização seria obtida ou
que tais recursos estariam disponíveis. Caso tal autorização não seja obtida, a Companhia pode não ser capaz de realizar
os pagamentos aos detentores das ações, ADSs e/ou notas sênior em dólares. Caso não seja possível obter as
autorizações necessárias, conforme exigidas para o pagamento de valores devidos pela Braskem através da remessa de
valores do Brasil, a empresa poderá buscar outras formas legais de realizar os pagamentos dos valores devidos no âmbito
das de ações, ADSs ou notas sênior. No entanto, não é possível garantir a disponibilidade futura de mecanismos de
remessa de valores e, mesmo que tais mecanismos estejam disponíveis no futuro, não é possível garantir a possibilidade
de realização dos pagamentos devidos em relação às notas sênior em aberto através de tais mecanismos.

As políticas de controle cambial podem aumentar o custo do serviço de nossa dívida em moeda estrangeira, afetar
nossa capacidade de efetuar pagamentos referentes a essa dívida e afetar nossa liquidez.

No Brasil, a compra e a venda de moeda estrangeira estão sujeitas a controle governamental. Muitos fatores poderiam
levar o governo brasileiro a instituir políticas mais restritivas de controle cambial, incluindo o volume das reservas
cambiais do Brasil, a disponibilidade de câmbio suficiente na data de vencimento de pagamentos no exterior, o volume
de encargos de serviço da dívida do Brasil em relação à economia como um todo, a política do Brasil no tocante ao Fundo
Monetário Internacional e restrições políticas às quais o Brasil porventura esteja sujeito. Uma política mais restritiva
poderia aumentar o custo de serviço, as dívidas da Companhia e outros passivos expressos em moeda estrangeira.

A dívida em dólares norte-americanos da Companhia representava em conjunto 77,9% de sua dívida consolidada em 31
de dezembro de 2016, líquido de custos de transação. Este endividamento (i) não inclui o montante de R$ 853 milhões
(US$ 262 milhões) referente aos derivativos e (ii) a dívida consolidada de R$ 10.438 milhões (US$ 3.203 milhões)
relacionada a dívida da Braskem Idesa, a qual inclui a dívida no montante de R$ 303 milhões (US$ 93 milhões) em 31 de
dezembro de 2016 que possui garantia da Braskem S/A. Vide “item 10.1 (f) (i) contratos de empréstimos e
financiamentos relevantes” deste Formulário de Referência. Se a Companhia deixar de efetuar pagamentos no âmbito de
qualquer uma dessas obrigações, ficará caracterizada a inadimplência, o que poderia reduzir sua liquidez, bem como o
preço de mercado de seus valores mobiliários, incluindo as ações preferenciais classe A e ADSs.

As leis fiscais brasileiras podem produzir um efeito adverso nos tributos aplicáveis à alienação de nossas ADSs e ações
preferenciais.

Segundo a Lei no. 10.833, promulgada em 29 de dezembro de 2003, se um investidor não residente no Brasil vender seus
ativos localizados no Brasil, a operação estará sujeita a tributação no Brasil, mesmo se tal alienação ocorrer fora do Brasil
ou for realizada a outro investidor não residente. Alienações de nossas ADSs entre não residentes, entretanto, não estão
atualmente sujeitas a tributação no Brasil. Ainda assim, caso o conceito de “alienação de ativos” seja interpretado como
incluindo a alienação entre investidores não residentes de ativos localizados fora do Brasil, essa lei poderia resultar na

PÁGINA: 40 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

incidência de impostos retidos na fonte em casos de alienação de ADSs efetuada entre investidores não residentes no
Brasil. Em função do fato de que, na data deste Formulário de Referência, a Lei no. 10.833/2003 não possui orientação
judicial quanto a sua aplicação, não somos capazes de prever se uma interpretação que aplique tais leis fiscais a
alienações de nossas ADSs entre não residentes poderia prevalecer nos tribunais brasileiros.

A lei de falências brasileira pode ser menos favorável aos investidores que as leis de falência ou insolvência de outras
jurisdições.

Caso não seja capaz de pagar sua dívida, inclusive suas obrigações com relação às ações, ADSs e garantias das notas
sênior em aberto, a Companhia poderia ficar sujeita aos procedimentos de falência no Brasil. A lei de falência brasileira
em vigor é substancialmente diferente, e pode ser menos favorável aos credores, se comparada às leis de outras
jurisdições. Por exemplo, os detentores dos títulos de dívida em aberto poderão ter direito a voto limitado nas
assembleias de credores em um contexto de recuperação judicial. Além disso, qualquer decisão judicial obtida contra a
Companhia em tribunais brasileiros com relação ao pagamento de obrigações das garantias seria geralmente expressa
em Reais equivalentes ao valor em dólar convertido pela taxa de câmbio em vigor (1) na data do pagamento efetivo, (2)
na data em que a decisão judicial for proferida, ou (3) na data em que tiveram início os procedimentos de cobrança ou
execução contra a Companhia. Consequentemente, no caso da falência da Companhia, todas as suas obrigações
relacionados a dívidas denominadas em moedas estrangeiras, inclusive as garantias, seriam convertidas em Reais pela
taxa de câmbio em vigor na data da declaração da falência pelo tribunal. Não é possível garantir que tal taxa de câmbio
corresponderá à remuneração total devida pelo montante investido nos títulos de dívida em aberto acrescida de juros
acumulados.

i) aos países estrangeiros em que a Companhia atua

Fatores macroeconômicos globais têm produzido, e podem continuar a produzir, efeitos negativos sobre as margens
que colocamos em nossos produtos.

Nosso resultado operacional pode ser materialmente afetado por condições adversas nos mercados financeiros e
condições econômicas negativas em geral. Pioras no ambiente econômico de determinadas regiões geográficas onde
comercializamos nossos produtos podem reduzir substancialmente a demanda por nossos produtos e resultar na queda
do volume de vendas. Ambientes de recessão econômica podem afetar negativamente nosso negócio, em função da
redução da demanda por nossos produtos.

O menor crescimento ou retração das economias de países emergentes levou a um menor crescimento econômico
global, que está estimado em 3,1% em 2016, de acordo com o Fundo Monetário Internacional. Em 2016, o PIB do Brasil
contraiu 3,6%, comparado a uma contração de 3,8% em 2015 e crescimento de 0,5% em 2014, conforme dados do
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2016, o consumo aparente de resinas termoplásticas no Brasil
diminuiu 1%.

Nos Estados Unidos, o PIB cresceu 1,6% em 2016, após crescimento de 2,6% em 2015 e de 2,4% em 2014, conforme
dados do Departamento de Comércio dos EUA. Na Europa, o PIB cresceu 1,7% em 2016, após crescimento de 2,0% em
2015 e de 1,4% em 2014, conforme dados da Eurostat, órgão de estatística da União Europeia, superando o crescimento
norte-americano pela primeira vez desde a crise financeira de 2008. Já o PIB do México registrou crescimentos de 2,4%
em 2016, de 2,6% em 2015 e de 2,3% em 2014, conforme dados do Instituto Nacional de Estadística y Geografía do país.

Nossa capacidade de exportar para outros países é uma função do nível de crescimento econômico nesses países e outras
condições econômicas, incluindo taxas de inflação e juros vigentes. Adicionalmente, quebras no equilíbrio global entre
demanda e oferta podem prejudicar nossa habilidade de exportar nossos produtos em razão de uma queda na demanda
interna por esses produtos. Períodos de prolongada volatilidade da atividade econômica em nossos principais mercados

PÁGINA: 41 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

de exportação, tais como América do Sul, Europa e Ásia, podem continuar a reduzir a demanda por alguns de nossos
produtos e levar a maiores pressões de preços por importadores brasileiros, o que pode afetar negativamente nossos
resultados operacionais.

A situação política no México pode afetar de forma material e negativamente a política econômica mexicana e,
consequentemente, as operações da Companhia.

Os acontecimentos políticos no México podem afetar de forma significativa a política econômica mexicana e,
consequente, as operações da Companhia. Em 1º de dezembro de 2012, o Sr. Enrique Peña Nieto, membro do Partido
Revolucionario Institucional (PRI), assumiu o cargo de Presidente do México para um mandato de seis anos. Até a data
deste Formulário de Referência, nenhum partido político obteve a maioria das cadeiras em nenhuma das casas do
Congresso Mexicano. A ausência de uma maioria clara e a falta de um alinhamento entre o legislativo e o governo pode
resultar em um impasse e impedir a implementação oportuna de reformas políticas e econômicas, o que poderia causar
um efeito adverso na política econômica mexicana. A Companhia não pode garantir que a situação política atual ou os
acontecimentos futuros no México, sobre os quais ela não tem controle, não afetarão de forma adversa seus negócios,
situação financeira ou resultados das operações. Além disso, a Braskem não pode garantir que uma eventual nova
política de governo não afete negativamente seus negócios, situação financeira e resultados das suas operações.

Os acontecimentos em outros países podem afetar de maneira adversa a economia mexicana, bem como o
desempenho financeiro da Companhia e o preço das suas ações.

A economia mexicana e o valor de mercado das empresas mexicanas podem, em diversos níveis, ser afetados pelas
condições econômicas e mercadológicas de forma global, em outros países emergentes e nos maiores parceiros
comerciais, especialmente nos Estados Unidos. Nos últimos anos, as condições econômicas no México se tornaram cada
vez mais correlacionadas às condições econômicas dos Estados Unidos, como resultado do Tratado Norte-Americano de
Livre Comércio (NAFTA), que aumentou a atividade econômica entre os dois países, e a remessa de fundos dos imigrantes
mexicanos que trabalham nos Estados Unidos para residentes mexicanos. Por isso, condições econômicas adversas nos
Estados Unidos, a extinção do NAFTA ou modificações ao tratado, bem como outros temas relacionados, podem afetar
de forma adversa e significativa a economia mexicana. A Companhia não pode garantir que acontecimentos em outros
mercados de países emergentes, nos Estados Unidos, ou em qualquer outro lugar não afetarão de forma adversa o seu
desempenho financeiro.

O México já passou por um período de crescente atividade criminal, o que poderia afetar as operações da Companhia.

Nos últimos anos, o México passou por um período de crescente atividade criminal, principalmente em decorrência da
atuação de cartéis de drogas e organizações criminosas relacionadas. Além disso, o desenvolvimento do mercado ilícito
de combustíveis no México levou ao aumento nos roubos e comércio ilegal de combustíveis produzidos pela Pemex TRI,
principal fornecedora da Companhia no México. Em resposta a esta situação, o governo mexicano implementou diversas
medidas de segurança e intensificou suas forças militares e policiais com o intuito de diminuir os incidentes de roubos e
outras atividades criminais direcionadas a instalações e produtos petroquímicos da Companhia. Apesar dos esforços
citados, as atividades criminais continuam a existir no México, sendo que algumas delas podem ter como alvo as
instalações e os produtos, inclusive roubos de produtos durante o transporte rodoviário ou ferroviário, da Companhia, da
Pemex e de outros fornecedores. Tais atividades, sua possível intensificação e a violência associada a elas poderiam
impactar negativamente as condições financeiras e os resultados operacionais da Companhia.

As condições políticas e econômicas e as políticas governamentais do México e de outros países podem ter um impacto
significativo nas operações da Companhia.

Uma possível deterioração da situação econômica mexicana, instabilidade social, agitação política ou outros
acontecimentos sociais adversos no México poderiam afetar os negócios e as condições financeiras da Companhia. Tais

PÁGINA: 42 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

eventos poderiam também levar ao aumento da volatilidade dos mercados financeiros, afetando assim a capacidade da
Companhia de manter sua liquidez financeira e cumprir com obrigações de dívida. Além disso, o governo mexicano
recentemente cortou gastos em resposta à tendência de baixa nos do petróleo bruto e, havendo a possibilidade de novos
cortes no futuro. Tais cortes poderiam afetar negativamente a economia mexicana e, consequentemente, os resultados e
perspectivas relativos a negócios, condições financeiras e as nossas operações.

No passado, o México passou por diversos períodos de crescimento econômico baixo ou negativo, alta inflação, altas
taxas de juros, desvalorização cambial e outros problemas econômicos. Tais problemas poderiam se agravar ou retornar,
conforme o caso, no futuro e afetar de forma adversa os negócios da Companhia e sua capacidade de cumprir com
obrigações de dívida. Uma piora das condições financeiras ou econômicas internacionais, tais como uma desaceleração
no crescimento ou recessão nos parceiros comerciais do México, entre eles os Estados Unidos, ou o surgimento de uma
nova crise financeira, poderiam produzir efeitos adversos na economia mexicana, bem como nas condições financeiras da
Companhia e em sua capacidade de cumprir com obrigações de dívida.

Além disso, o contrato de longo prazo que prevê a compra de etano pela Companhia da Pemex TRI, estatal mexicana,
pode ser rescindido ou prejudicados pela estatal como resultado de possíveis medidas de expropriação adotadas pelo
governo mexicano ou mudanças na legislação. Qualquer rescisão ou interrupção desse contrato de fornecimento poderia
afetar de forma material e adversa os resultados das operações ou a situação financeira da Companhia.

j) às questões socioambientais

Os negócios da Companhia estão sujeitos a rígida regulamentação ambiental, e a promulgação de novos regulamentos
poderia exigir expressivos investimentos de capital e aumento dos custos operacionais.

Assim como outros produtores petroquímicos, a Companhia está sujeita a rigorosa legislação e regulamentação
ambiental, federal, estadual e municipal, relativas à saúde humana, ao manejo e descarte de resíduos sólidos e perigosos
e às descargas de poluentes na atmosfera e na água. Os produtores petroquímicos ficam por vezes sujeitos a percepções
desfavoráveis do mercado em consequência do impacto ambiental de seu negócio, o que pode ter um efeito adverso
sobre seus resultados operacionais.

Nossas operações no Brasil estão sujeitas a um grande número de leis, regulamentos, normas e regulamentos federais,
estaduais e locais relacionados à poluição, proteção do meio ambiente e geração, armazenamento, manuseio,
transporte, tratamento, descarte e reparação de substâncias e resíduos perigosos. O governo brasileiro promulgou uma
Lei de Crimes Ambientais em 1998 que impõe sanções penais a empresas e indivíduos que causam danos ambientais. As
empresas consideradas poluidoras podem ser multadas em até R$ 50,0 milhões, ter suas operações suspesas, ser
proibidas de contratar com o Poder Público, ser obrigadas a reparar os danos causados e a perder incentivos fiscais ou
quaisquer outros benfícios. Administradores, diretores e outros indivíduos podem ser presos por até cinco anos por
violações ambientais.

As operações da Companhia nos Estados Unidos, na Alemanha e no México estão sujeitas a um grande número de leis,
regulamentos, normas e portarias federais, estaduais e locais daqueles países relativas a poluição, proteção do meio
ambiente e geração, armazenamento, manuseio, transporte, tratamento, descarte e reparação de substâncias e resíduos
perigosos. As leis e regulamentos ambientais dos Estados Unidos podem responsabilizar a Companhia pela conduta de
terceiros ou por atos que, quando praticados, cumpriam os requisitos então aplicáveis, a despeito de negligência ou
falha. São de particular importância nesse sentido (1) os programas reguladores a serem estabelecidos para implementar
normas de qualidade do ar de acordo com as Normas Nacionais para a Qualidade do Ar Ambiente no tocante a ozônio e
partículas finas, promulgadas pela Agência de Proteção Ambiental (EPA) dos Estados Unidos e (2) várias medidas
legislativas e reguladoras atualmente em fase de análise, discussão ou implementação nos Estados Unidos que versam
sobre as emissões de gases do efeito estufa. No México, a Companhia aderiu ao programa de responsabilidade integral

PÁGINA: 43 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.1 - Descrição dos fatores de risco

promovido pela Associação Nacional de Indústria Química (ANIQ) do país, que se baseia na norma de Atuação
Responsável utilizada nos Estados Unidos e no Canadá.

Os custos e investimentos de capital relativos a questões ambientais, de saúde ou segurança estão sujeitas a exigências
reguladoras em evolução e dependem da época da promulgação e entrada em vigor das correspondentes normas
específicas. Ademais, mudanças nos regulamentos ambientais poderiam inibir ou interromper as operações da
Companhia ou exigir modificações em suas instalações. Desta forma, questões ambientais, de saúde ou segurança podem
resultar em custos ou passivos significativos e não previstos.

PÁGINA: 44 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.2 - Descrição dos principais riscos de mercado

O risco de mercado é definido como a possibilidade de ocorrência de perdas resultantes da variação e/ou flutuação nos
valores de mercado de taxas e preços de mercado. A Companhia está exposta a uma série de riscos de mercado em
decorrência de suas atividades comerciais usuais. Tais riscos, que não estão sob controle da Companhia, envolvem
principalmente a possibilidade de que as variações das taxas de juros, taxas de câmbio ou dos preços de commodities
prejudiquem o valor dos ativos e passivos financeiros ou dos fluxos de caixa e lucros futuros da Companhia.

Para mitigar os riscos de mercado aos quais estamos expostos, usamos e podemos usar instrumentos derivativos de
moeda estrangeira, taxa de juros e commodities, além de caixa e recebíveis. Em 31 de dezembro de 2016, tínhamos
swaps de moeda (non-deliverable forward, ou NDF) e de taxa de juros no valor referencial total de R$ 1.452 milhões,
além de R$ 4.278 milhões relacionados ao Projeto Etileno XXI. Esses swaps de taxas de juros em moedas cruzadas estão
casados com nossas obrigações por dívida em moeda estrangeira.

É nossa política apurar o impacto potencial e consolidado de riscos de mercado e mitigar os riscos apurados de acordo
com a nossa política de gerenciamento de risco.

Em 9 de agosto de 2010, nosso Conselho de Administração adotou uma nova política de gestão de riscos que cobre o
gerenciamento de fluxo e liquidez de caixa, investimento em disponibilidades, atividades de financiamento e garantias e
gerenciamento de riscos de câmbio e commodities. Essa política reflete nossos procedimentos conservadores relativos a
práticas financeiras e gestão de riscos. Seu objetivo é gerenciar e prever os riscos com base na avaliação contínua de
vários elementos-chave, incluindo o retorno de nossas estratégias de negócios ajustados para riscos, a saúde financeira
da Companhia em geral, quaisquer operações que tenhamos com partes associadas, nossos ratings, riscos de contraparte
e estratégias de hedging. Além disso, a política visa assegurar o alinhamento dos objetivos das equipes envolvidas na
gestão de riscos com os objetivos gerais da Braskem.

Não realizamos operações com derivativos para fins especulativos.

Em 31 de dezembro de 2016, tínhamos R$ 3.609 milhões em disponibilidades e investimentos financeiros em moedas


estrangeiras, que podem compensar parcialmente os efeitos de uma desvalorização do real frente a moedas estrangeiras
sobre nossa capacidade de pagar o serviço da dívida em moedas estrangeiras, até o limite dessas disponibilidades e
outros investimentos.

Risco Taxa de Juros

Nossa exposição a taxas de juros variáveis está sujeita principalmente às variações da LIBOR para empréstimos e
aplicações de curto prazo em reais e variações da TJLP, SELIC e CDI.

Com relação às taxas de juros brasileiras:

 a taxa CDI de curto prazo reduziu para 13,63% ao ano em 31 de dezembro de 2016, passando de 14,14% em 31
de dezembro de 2015 e de 11,1% ao ano em 31 de dezembro de 2014;
 a TJLP aumentou para 7,5% ao ano em 31 de dezembro de 2016, passando de 7% ao ano em 31 de dezembro de
2015 e 5% ao ano em 31 de dezembro de 2014;e
 a taxa SELIC reduziu para 13,65% ao ano em 31 de dezembro de 2016, passando de 14,15% em 31 de dezembro
de 2015 e de 11,65% ao ano em 31 de dezembro de 2014
A tabela a seguir fornece informações sobre nossos instrumentos mais significativos sensíveis a taxa de juros:

PÁGINA: 45 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.2 - Descrição dos principais riscos de mercado

Cronograma de pagamentos – Composição por tipo de taxa de juros


Em 31 de dezembro de 2016
Data prevista de vencimento
Após Valor
2017 2018 2019 2020 2021 Total
2021 Justo (1)
(em milhões de reais, exceto quando indicado)
Passivo
Empréstimos e financiamentos (exclui debêntures):
Taxa fixa, em dólares 828 3.134 250 1.792 3.283 6.518 15.804 14.098
Taxa de juros média 5,5% 7,4% 7,8% 7,1% 5,7% 6,4% 0,0% 0,0%
Taxa variável, em dólares 633 610 1.425 75 66 79 2.888 2.888
Taxa de juros média (acima da LIBOR) 3,7% 1,6% 1,9% 1,3% 1,1% 1,3% 0,0% 0,0%
Taxa fixa do Project Finance do Projeto Etileno XXI, denominada em dólares 181 189 194 219 236 1.556 2.576 2.576
Taxa de juros média 4,9% 4,9% 4,9% 4,8% 4,8% 4,8% 0,0% 0,0%
Taxa variável do Project Finance do Projeto Etileno XXI, denominada em
dólares 479 536 557 658 762 4.657 7.650 7.650
Taxa de juros média 4,0% 3,9% 3,9% 3,9% 3,9% 4,0% 0,0% 0,0%
Taxa fixa, em reais 592 203 171 119 82 130 1.298 1.298
Taxa de juros média 7,0% 5,4% 5,5% 6,0% 6,4% 6,4% 0,0% 0,0%
Taxa variável, em reais 541 416 323 185 61 3 1.530 1.530
Taxa de juros média (acima da TJLP) 2,8% 2,8% 2,8% 2,7% 2,6% 2,6% 0,0% 0,0%
Taxa variável, em reais 195 186 1.032 178 145 - 1.737 1.737
Taxa de juros média (% sob re o CDI) 14,4% 14,4% 15,3% 14,4% 14,4% 0,0% 0,0% 0,0%
Taxa variável, em reais 142 143 139 121 55 3 603 603
Taxa de juros média (acima da SELIC) 2,6% 2,6% 2,6% 2,6% 2,4% 2,3% 0,0% 0,0%
Total de empréstimos e financiamentos 3.591 5.418 4.091 3.348 4.690 12.946 34.084 32.378
Ativo:
Caixa e equivalentes de caixa (2)
Taxa fixa, em moedas estrangeiras 3.609 - - - - - 3.609 3.609
Taxa variável, em reais 3.925 - - - - - 3.925 3.925
Total de caixa e equivalentes de caixa e outros investimentos 7.535 - - - - - 7.535 7.535

(1) Representa o valor presente líquido dos fluxos de caixa futuros das obrigações convertidos em reais pelo valor de justo em 31 de
dezembro de 2016.
(2) Inclui: (i) caixa e equivalentes de caixa da Braskem Idesa S.A.P.I no montante de R$ 202 milhões e (ii) caixa e equivalentes de caixa da
quantiQ e da sua controlada IQAG no montante de R$ 76 milhões.
Na hipótese da taxa de juros média aplicável a nossos ativos financeiros e endividamento em 2017 ser maior do que a
taxa de juros média em 2016, nossas receitas financeiras aumentariam em aproximadamente R$ 75,3 milhões e as
despesas financeiras, em aproximadamente R$ 340,8 milhões. Vide “Item 4.1. Descrição dos fatores de risco”.

Risco Cambial

Nossos passivos expostos a risco cambial são primordialmente denominados em dólares norte-americanos. Para
compensar parcialmente o risco de desvalorização do real em relação ao dólar dos Estados Unidos, mantemos
atualmente disponíveis fontes líquidas denominadas em dólares norte-americanos e poderemos celebrar instrumentos
derivativos. Além disso, visando representar melhor o real risco cambial relacionado as exportações futuras, a Companhia
designou parte dos seus passivos denominados em dólares norte-americanos como instrumentos de hedge através de
hedge accounting em 1º de maio de 2013. Uma vez que tomamos empréstimos nos mercados internacionais para dar
suporte às nossas operações e investimentos, ficamos expostos aos riscos de mercado decorrentes das variações das
taxas de câmbio e de juros.

PÁGINA: 46 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.2 - Descrição dos principais riscos de mercado

Cronograma de pagamentos – Composição por moeda


Em 31 de dezembro de 2016
Data prevista de vencimento
Após Valor
2017 2018 2019 2020 2021 Total
2021 Justo (1)
(em milhões de reais)
Passivo:
Empréstimos, financiamentos e fornecedores: 2.121 4.469 2.426 2.744 4.348 12.810 28.918 27.211
Empréstimos e financiamentos denominados em dólares 4.379 - - - - - 4.379 4.379
Contas a pagar denominadas em dólares 6.500 4.469 2.426 2.744 4.348 12.810 33.297 31.590
Total de empréstimos, financiamentoss e fornecedores - - - - - - - -
Ativo:
Caixa e equivalentes de caixa e outros investimentos
3.609 - - - - - 3.609 3.609
denominados em moeda estrangeira (2)
Total de caixa e equivalentes de caixa e outros investimentos 3.609 - - - - - 3.609 3.609
Hedge accounting - - - - - - - -
Exportações designadas para hedge accounting 1.302 3.293 3.143 3.237 3.332 13.143 27.450 27.450

(1) Representa o valor presente líquido dos fluxos de caixa futuros das obrigações convertidos em reais pelo valor justo de mercado em
31 de dezembro de 2016.
(2) Inclui caixa e equivalentes de caixa da Braskem Idesa S.A.P.I no montante de R$ 202 milhões.
A nossa exposição cambial enseja riscos de mercado associados a variações cambiais do real frente ao dólar dos Estados
Unidos. Os passivos denominados em moeda estrangeira em 31 de dezembro de 2016 eram compostos principalmente
de dívida expressa em dólares. Nossa dívida em moeda estrangeira, inclusive dívida de curto prazo e a parcela corrente
da dívida de longo prazo, era de R$ 28.614 milhões (US$ 8.780 milhões) em 31 de dezembro de 2016 e R$ 33.571 milhões
(US$ 8.597 milhões) em 31 de dezembro de 2015. Essa exposição cambial é representada por dívida sob a forma de
notas, linhas de crédito para pagamento antecipado de exportação e empréstimos de capital de giro. Além disto, este
endividamento considera a dívida da Braskem Idesa no montante de R$ 10.438 milhões (US$ 3.203 milhões).

O nosso caixa e fundos disponíveis em dólares norte-americanos nos protegem parcialmente contra a exposição
decorrente da dívida denominada em dólares norte-americanos. Da mesma forma, receitas de vendas e exportações
futuras parcialmente compensaram tal exposição cambial da dívida denominada em Dólar, sendo que a Companhia
adotou o tratamento de hedge accounting para melhor representar sua real exposição.

Em 2016, a Braskem passou a reconhecer a variação cambial, mantida em “Outros resultados abrangentes”, na
demonstração dos resultados, conforme o cronograma de designação de vendas e exportações futuras.

Na hipótese de depreciação de 10% do real em relação ao dólar durante 2017, em comparação com a taxa de câmbio
real/dólar dos Estados Unidos em 31 de dezembro de 2016, nossas despesas financeiras indexadas em dólar em 2016
aumentariam em aproximadamente R$ 2.892 milhões e as receitas financeiras aumentariam em aproximadamente R$
361 milhões. Vide “Item 4.1. Descrição dos fatores de risco”.

Risco de Preços de commodities

Embora realizemos swaps de commodities relativos a transações específicas, atualmente não fazemos hedge de nossa
principal exposição a variações dos preços da nafta, nossa principal matéria-prima, que estão atrelados a preços do
Mercado internacional expressos em dólares no caso da nafta e outros derivados de petróleo. Não fazemos hedge dessa
principal exposição em parte porque uma parcela de nossas vendas são exportações a pagar em moedas estrangeiras e
atreladas aos preços internacionais de Mercado dessas commodities expressos em dólares e em parte porque os preços
dos produtos de polietileno, polipropileno e PVC vendidos no mercado interno em geral refletem os preços do mercado
internacional desses produtos expressos em dólares e convertidos em reais. Em períodos de alta volatilidade da taxa de
câmbio real/dólar dos Estados Unidos, há frequentemente uma defasagem entre o momento em que o dólar dos Estados
Unidos se valoriza e o momento em que nós podemos efetivamente repassar os aumentos de preços resultantes em

PÁGINA: 47 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.2 - Descrição dos principais riscos de mercado

reais a nossos clientes no Brasil. Desta forma, se o preço em dólares da nafta aumentar abruptamente ou se o real se
desvalorizar abruptamente em relação ao dólar no futuro, podemos não ser capazes de repassar imediatamente os
correspondentes aumentos dos custos da nafta a nossos clientes no Brasil, o que poderia exercer um efeito negativo
relevante sobre o resultado de nossas operações e nossa situação financeira. Vide “Item 4.1. Descrição dos fatores de
risco”.

Risco de inflação

No passado, o Brasil registrou índices de inflação extremamente altos. A inflação e algumas medidas tomadas pelo
Governo Federal no intuito de controlá-la, combinada com a especulação sobre eventuais medidas governamentais a
serem adotadas, tiveram efeito negativo significativo sobre a economia brasileira, contribuindo para a incerteza
econômica existente no Brasil e para o aumento da volatilidade do mercado de valores mobiliários brasileiro.

Nos anos mais recentes, mudanças substanciais na política e regulamentação econômica têm ocorrido com alta
frequência. Apesar da flexibilização recente da política monetária e da perspectiva de queda da taxa de juros, ainda existe
grande incerteza em relação à capacidade da economia brasileira em conviver com uma política monetária menos
austera. Futuras medidas do Governo Federal, inclusive redução das taxas de juros por período maior que o indicado,
intervenção no mercad o de câmbio e ações para ajustar ou fixar o valor do Real poderão desencadear aumento de
inflação.

Se o Brasil experimentar inflação elevada no futuro, talvez a Companhia não seja capaz de reajustar os preços que cobra
de seus clientes para compensar os efeitos da inflação sobre a estrutura de custos, o que poderá resultar redução da
margem bruta. Ademais, inflação alta, em geral, acarreta taxas de juros internas mais elevadas, e em consequência, os
custos do serviço da dívida da Companhia em reais poderão aumentar, causando a redução da margem líquida. A inflação
e seu efeito sobre as taxas de juros internas podem, além disso, levar à redução da liquidez nos mercados internos de
capitais e crédito, o que poderia prejudicar a capacidade da Companhia de refinanciar sua dívida nesses mercados. A
eventual diminuição da receita líquida de vendas ou do lucro líquido da Companhia ou a eventual deterioração de sua
situação financeira provavelmente acarretariam na diminuição do preço de mercado de suas ações. Vide “Item 4.1.
Descrição dos fatores de risco”.

PÁGINA: 48 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

Para os fins deste item 4.3, foram considerados como processos individualmente relevantes: (i) processos com valor
individual igual ou superior a R$ 30 milhões; e (ii) processos que individualmente possam vir a impactar negativamente a
imagem da Companhia.

A Companhia e suas controladas, em 31 de dezembro de 2016, figuravam como parte passiva em 818 processos judiciais
e administrativos de natureza cível, societária, fiscal-tributária, trabalhista e regulatória. O total das nossas contingências
somavam R$ 8.534 milhões, dos quais: (i) R$ 788 milhões correspondentes a processos trabalhistas da Companhia e de
suas controladas, cujo valor total provisionado é de R$ 208 milhões; (ii) R$ 827 milhões correspondentes a processos
cíveis, societários e outros, cujo valor total provisionado é de aproximadamente R$ 166 milhões; e (iii) R$ 6.919 milhões
correspondentes a processos tributários, cujo valor total provisionado é de aproximadamente R$ 611 milhões.

A Administração da Braskem, baseada na opinião dos seus assessores jurídicos externos, classifica esses processos em
termos da probabilidade de perda da seguinte forma:

Perda provável – são processos onde existe maior probabilidade de perda do que de êxito ou, de outra forma, a
probabilidade de perda é superior a 50%. Para esses processos, a Companhia mantém provisão contábil que é apurada da
seguinte forma:

 processos trabalhistas – o valor provisionado corresponde ao valor de desembolso estimado pelos assessores
jurídicos da Companhia;
 processos tributários – o valor provisionado corresponde ao valor da causa, acrescido de encargos
correspondentes à variação da taxa Selic; e
 demais processos – o valor provisionado corresponde ao valor da expectativa de perda, conforme análise da
Administração da Companhia, baseado em relatórios de assessores jurídicos externos.
Perda possível – são processos onde a possibilidade de perda é maior que remota. A perda pode ocorrer, todavia os
elementos disponíveis não são suficientes ou claros de tal forma que permitam concluir que a tendência será de perda ou
ganho. Em termos percentuais, a probabilidade de perda se situa entre 25% e 50%. Para esses processos, ressalvados os
casos derivados de combinação de negócios, a Companhia não faz provisão e destaca em nota explicativa os de maior
relevância (Nota 23.2). Nas operações de combinação de negócios, atendendo ao disposto no CPC 15 e IFRS 3, a
Companhia registra o valor justo dos processos com essa avaliação de perda. O valor provisionado corresponde ao valor
da causa, acrescido de encargos correspondentes à variação da taxa Selic, multiplicado pelo percentual de probabilidade
de perda, definida por assessores jurídicos externos. Abaixo, segue a descrição das ações judiciais e administrativas
relevantes da Companhia e suas controladas atualmente em curso, tendo em vista os critérios acima descritos.

Processos de natureza Tributária

AÇÃO ANULATÓRIA n.º 1043333-98.2015.8.26.0053/ EXECUÇÃO FISCAL n.º 1500021-


30.2016.8.26.0554/ EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL n.º 1019908-57.2016.8.26.0554/ AÇÃO
ANULATÓRIA N.º 1037868-11.2015.8.26.0053

a. Juízo 7ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de São Paulo/SP e 1ª Vara da Fazenda


Pública da Comarca de Santo André/SP
b. Instância 1ª instância judicial
c. Data de instauração 23/10/2015, 29/06/2016, 24/08/2016 e 21/09/2015
Autor: Braskem S.A. (sucessora por incorporação da Braskem QPar S.A.)
d. Partes no processo

PÁGINA: 49 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

Ré: Estado de São Paulo (Fazenda Estadual)

Valor envolvido: R$ 265 milhões

Objeto da causa (direito discutido): Trata-se de Ações Anulatórias, Execução


Fiscal e Embargos à Execução Fiscal que discutem a cobrança oriunda do Auto de
Infração n.º 3.110.477-0 lavrado para cobrança de débitos de ICMS, referentes ao
e. Valores, bens ou direitos
envolvidos período de fevereiro de 2004 a agosto de 2005, novembro de 2005 a fevereiro de
2006 e setembro de 2006 a janeiro de 2008, e, do Auto de Infração n.º 3.125.876-
1 lavrado para cobrança de débitos de ICMS, referentes ao período de dezembro
de 2004 a agosto de 2005 e agosto de 2004 a novembro de 2005.

Síntese dos fatos: Os Autos de Infração nº 3.110.477-0 e n.º 3.125.876-1 foram


lavrados contra a incorporada Quattor Químicos Básicos para cobrança de
débitos de ICMS, respectivamente, referentes ao período de fevereiro de 2004 a
agosto de 2005, novembro de 2005 a fevereiro de 2006 e setembro de 2006 a
janeiro de 2008, e, de dezembro de 2004 a agosto de 2005 e agosto de 2004 a
novembro de 2005, pelo aproveitamento supostamente indevido de créditos do
imposto decorrentes de operações de aquisição de mercadorias de contribuinte
localizado no Estado da Bahia e que foram exportadas pela Companhia. A
Companhia alega ter havido decadência do direito do Fisco constituir parte do
crédito tributário, relativa a fevereiro e março de 2004 e a dezembro de 2004,
bem como violação ao princípio da não-cumulatividade e à legislação estadual
que lhe assegura o direito de se creditar do imposto pago na operação anterior, e,
ainda, a improcedência das multas punitivas por falta de legitimidade passiva na
qualidade de sucessora por incorporação e a inconstitucionalidade dos juros de
f. Principais fatos
mora aplicados pelo Estado de São Paulo.

Relevância para a Quattor Química: Este processo é considerado relevante para a


Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual do processo: Foi encerrada a esfera administrativa, tendo sido


reduzido o valor do débito em aproximadamente 55% do montante envolvido. O
débito remanescente está sendo discutido na esfera judicial e, em um processo a
Fazenda Paulista retificou o valor da dívida para aplicar juros moratórios e
correção monetária limitados à taxa SELIC, reduzindo o débito em 20%, e, no
outro caso, foi suspensa a exigibilidade do crédito tributário. Em ambos foram
aceitos seguros garantias.

PÁGINA: 50 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

Remota, em relação à R$ 78 milhões.

g. Chance de perda Possível em relação à R$ 186 milhões.

h. Análise do impacto em R$ 265 milhões


caso de perda

MANDADO DE SEGURANÇA N.º 2003.61.00.002953-3

a. Juízo 21ª Vara da Seção Judiciária de São Paulo


b. Instância Instância superior
c. Data de instauração 22/01/2003
d. Partes no processo Impetrante: Braskem Petroquímica Ltda. (sucessora por incorporação da
Suzano Química Ltda.)

Impetrado: Delegado Especial de Assuntos Internacionais – DEAIN/SP

Valor envolvido: R$ 158 milhões

Objeto da causa (direito discutido): Mandado de Segurança com o objetivo de


e. Valores, bens ou direitos
envolvidos afastar a tributação pelo IRPJ e pela CSLL do resultado positivo de equivalência
patrimonial, inclusive a parcela correspondente à variação cambial.

f. Principais fatos Síntese dos fatos: A Companhia impetrou o Mandado de Segurança nº


2003.61.00.002953-3 para não submeter à tributação a totalidade do seu
resultado positivo de equivalência patrimonial, inclusive a parcela
correspondente à variação cambial. Após obter a medida liminar e sentença
favorável ao afastamento da tributação, foi lavrado o Auto de Infração nº
16561.000151/2007-27 apenas para evitar a decadência de IRPJ e CSLL,
referentes ao período de 01/01/2002 a 31/12/2002. Foi negado provimento ao
apelo fazendário e não foram admitidos os Recursos Especial e Extraordinários
fazendários, tendo sido interposto Agravo para destrancar somente o Recurso
Especial, o qual não foi conhecido e motivou a interposição de agravo interno
fazendário

Relevância para a Braskem Petroquímica: Este processo é considerado relevante


para a Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual do processo: Aguardando o julgamento pelo Superior Tribunal de


Justiça do agravo interno interposto contra decisão que não conheceu do Agravo

PÁGINA: 51 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

fazendário para destrancar o Recurso Especial.


g. Chance de perda Remota
h. Análise do impacto em caso R$ 158 milhões
de perda

AUTOS DE INFRAÇÃO Nº 13502.721146/2013-14; 13502.721354/2013-13 e 13502.721043/2014-27


a. Juízo Delegacia da Receita Federal em Lauro de Freitas – BA
b. Instância 2ª instância administrativa
c. Data de instauração 06/11/2013; 26/12/2013 e 18/09/2014
Autora: Receita Federal do Brasil

d. Partes no processo
Ré: Braskem S/A

Valor envolvido: R$ 1.210 milhões

Objeto da causa (direito discutido): Processos Administrativos decorrentes de


e. Valores, bens ou direitos
envolvidos Autos de Infração lavrados para a cobrança de débitos de IRPJ e CSLL referente
aos anos de 2007 a 2012.

f. Principais fatos Síntese dos fatos: Autos de Infração lavrados em 06/11/2013; 26/12/2013 e
18/09/2014, através dos quais o Fisco Federal exige o pagamento do IRPJ e da
CSLL em virtude da inclusão, na base de cálculo do IR e da CSLL, de despesas
decorrentes do aproveitamento fiscal, nos anos de 2007 a 2012, de encargos de
amortização de ágios originados das aquisições de participações societárias, em
2002, quando da formação da Braskem S/A e de juros oriundos da emissão de
debêntures efetuada no ano de 2002 e convertida em ações em 2007. A
Companhia alega, preliminarmente, o decurso do prazo decadencial que o Fisco
dispunha para efetuar os lançamentos, tendo em vista que a compra de ações
que originou o ágio ocorreu em 2002 e o seu aproveitamento fiscal ocorreu
desde 2003 ou 2004 e, no mérito, que houve efetivo propósito negocial na
aquisição dos ativos petroquímicos e teve a participação de partes
independentes.

Relevância para a Companhia: Este processo é considerado relevante para a


Companhia em razão do valor envolvido.

PÁGINA: 52 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

Situação atual do processo: As Impugnações apresentadas pela empresa nos


Autos de Infração 13502.721354/2013-13 e 13502.721146/2013-14 foram
julgadas improcedentes e a impugnação referente ao Auto de Infração
13502.721043/2014-27 foi julgada parcialmente procedente para reduzir a multa
isolada em razão do reconhecimento de erros no seu cálculo. Os Recursos
Voluntários interpostos aguardam julgamento.

g. Chance de perda Possível


h. Análise do impacto em R$ 1.210 milhões
caso de perda em caso em
caso

AUTO DE INFRAÇÃO Nº 13502.721345/2013-14


a. Juízo Delegacia da Receita Federal em Lauro de Freitas– BA
b. Instância 2ª instância administrativa
c. Data de instauração 23/12/2013
d. Partes no processo Autora: Receita Federal do Brasil
Ré: Braskem S/A
Valor envolvido: aproximadamente R$ 57,5 milhões relativos ao impacto
econômico pela redução dos prejuízos fiscais acumulados e da base negativa de
CSLL. Não há tributo lançado.

e. Valores, bens ou direitos


envolvidos
Objeto da causa (direito discutido): Processo Administrativo decorrente de Auto
de Infração lavrado com o propósito de retificar o saldo de prejuízos fiscais e da
base de cálculo negativa de CSL do ano de 2008.

Síntese dos fatos: Auto de Infração lavrado em 23/12/2013 em virtude da


inclusão na base de cálculo do IR e da CSLL de juros e variações cambiais relativas
a obrigações assumidas da Ipiranga Petroquímica S/A e outras despesas de
variações cambiais no ano de 2008. A Companhia alega, em resumo, a
essencialidade das despesas glosadas pelo Fisco.
f. Principais fatos

Relevância para a Companhia: Este processo é considerado relevante para a


Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual do processo: A Impugnação apresentada pela empresa foi julgada

PÁGINA: 53 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

improcedente, tendo sido interposto Recurso Voluntário que aguarda


julgamento.

Possível, em relação à aproximadamente R$ 53,6 milhões.


g. Chance de perda Provável, em relação à aproximadamente R$ 3,9 milhões.

h. Análise do impacto em AproximadamenteR$ 57,5 milhões relativos à redução dos prejuízos fiscais
caso de perda em caso em
caso acumulados e da base negativa de CSLL. Não há tributo lançado.

AUTO DE INFRAÇÃO Nº 13502.721126/2013-35


a. Juízo Delegacia da Receita Federal em Lauro de Freitas– BA
b. Instância 2ª instância administrativa
c. Data de instauração 31/10/2013
Autora: Receita Federal do Brasil
d. Partes no processo
Ré: Braskem S/A

Valor envolvido: R$ 381 milhões

Objeto da causa (direito discutido): Processo Administrativo decorrente de Auto


e. Valores, bens ou direitos de Infração lavrado para a cobrança de débitos de IRPJ e CSLL compensados sem
envolvidos observância do limite de 30% do Lucro Real e da Base de Cálculo da CSLL na
declaração de encerramento das atividades da Ipiranga Petroquímica S/A, em
setembro de2008.

f. Principais fatos Síntese dos fatos: Auto de Infração lavrado em 31/10/2013, através do qual o
Fisco Federal exige o pagamento do IRPJ e da CSLL compensados sem
observância do limite de 30% do Lucro Real e da Base de Cálculo da CSLL, na
declaração de encerramento das atividades da Ipiranga Petroquímica S/A por
ocasião da sua incorporação em 30/09/2008. A Companhia alega,
preliminarmente, o decurso do prazo decadencial que o Fisco dispunha para
efetuar o lançamento com fundamento em precedentes favoráveis do CARF.
Alega ainda não existir limitação de compensação de prejuízo fiscal e base de
cálculo negativa de CSLL no caso de incorporação de pessoa jurídica;

Relevância para a Companhia: Este processo é considerado relevante para a

PÁGINA: 54 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual do processo: A Impugnação apresentada pela empresa foi julgada


improcedente, tendo sido interposto Recurso Voluntário que aguarda
julgamento.

g. Chance de perda Possível


h. Análise do impacto em R$ 381 milhões
caso de perda em caso em
caso

AUTO DE INFRAÇÃO Nº 13502.720796/2014-15 e 13502.721223/2014-17


a. Juízo Delegacia da Receita Federal em Lauro de Freitas – BA
b. Instância 2ª instância administrativa
c. Data de instauração 15/07/2014 e 30/10/2014
Autora: Receita Federal do Brasil
d. Partes no processo
Ré: Braskem S/A
Valor envolvido: R$ 1.546 milhões

Objeto da causa (direito discutido): Processos Administrativos decorrentes de


Autos de Infração lavrados em razão da não tributação pelo IRPJ, CSLL, PIS e
e. Valores, bens ou direitos COFINS dos saldos de prejuízos fiscais e base negativa de CSLL utilizados para
envolvidos
amortização dos débitos consolidados no âmbito da MP 470, O Fisco também
entendeu que as reduções de multa e juros decorrentes do referido
parcelamento geraram receitas tributáveis pelo PIS e pela COFINS.

PÁGINA: 55 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

Síntese dos fatos: Autos de Infração lavrados em 15/07/2014 e 30/10/2014,


através dos quais o Fisco Federal exige o pagamento do IRPJ, CSLL, PIS e COFINS
incidentes sobre os saldos de Prejuízo Fiscal e Base de Cálculo Negativa de CSLL
utilizados para amortização dos débitos consolidados no parcelamento da MP n.º
470/09 e, ainda, PIS e a COFINS incidentes sobre as receitas decorrentes da
exoneração de multa e juros no âmbito da moratória. A Companhia alega, em
resumo, que os saldos de Prejuízo Fiscal e Base de cálculo negativa de CSLL não
constituem acréscimo patrimonial tributáveis pelo IRPJ e pela CSLL, tampouco
receita bruta tributável pelo PIS e pela COFINS. Da mesma forma, defende que a
f. Principais fatos exoneração de multa e juros não constitui receita tributável.

Relevância para a Companhia: Estes processos são considerados relevantes para


a Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual dos processos: As Impugnações apresentadas pela Companhia


foram julgadas improcedentes, tendo sido interpostos Recursos Voluntários que
aguardam julgamento.

g. Chance de perda Possível


h. Análise do impacto em
caso de perda em caso em R$ 1.546 milhões
caso
AUTO DE INFRAÇÃO Nº 13502.720458/2015-64/ EXECUÇÃO FISCAL N.º 0039579-32.2010.4.01.3300/
EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL N.º 23176-75.2016.4.01.3300

a. Juízo Delegacia da Receita Federal em Lauro de Freitas– BA e 24ª Vara Federal da Seção
Judiciária do Estado da Bahia
b. Instância 1ª instância administrativa e 1ª instância judicial
c. Data de instauração 23/11/2015, 14/10/2010 e 25/07/2016
Autora: Receita Federal do Brasil
d. Partes no processo
Ré: Braskem S/A (sucessora por incorporação da Braskem QPar)
Valor envolvido: R$ 168 milhões
Objeto da causa (direito discutido): Processo Administrativo decorrente de Auto
de Infração lavrado para a cobrança de débito de IOF incidente sobre operações
e. Valores, bens ou direitos de Antecipação para Futuro Aumento e Execução Fiscal para a cobrança de débito
envolvidos
de IOF/crédito sobre remessa e recebimento de recursos realizados entre a
Companhia e CPN Incorporated por meio de contrato de conta corrente e de
gestão única de caixa referente aos meses de maio de 2002 a abril de 2004.

PÁGINA: 56 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

Síntese dos fatos: Auto de Infração lavrado em 23/11/2015, através do qual o


Fisco Federal exige o pagamento do IOF, apurado de abril a dezembro de 2010,
em face da caracterização como mútuo de operações de AFAC, notas de débito e
conta corrente. Execução Fiscal ajuizada pela Fazenda Nacional para exigência de
débitos de IOF referentes aos períodos de fevereiro de 2002 a março de 2004, em
decorrência de suposta operação de mútuo de recursos financeiros verificada a
partir da constatação de remessas para o exterior e recebimentos de recursos do
exterior, pelo mecanismo de transferência de reais em conta-corrente.

f. Principais fatos A Companhia alega que estas operações não caracterizam empréstimos ao abrigo
da legislação brasileira e, como tal, não estão sujeitas ao IOF.

Relevância para a Companhia: Estes processos são considerados relevantes para a


Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual dos processos: No processo administrativo, a Impugnação


apresentada pela Companhia no Autos de Infração foi julgada parcialmente
procedente para reduzir o débito em 99%. No processo judicial, a Companhia
opôs Embargos à Execução Fiscal que aguarda julgamento.

g. Chance de perda Possível

h. Análise do impacto em
R$ 168 milhões
caso de perda

NOTIFICAÇÕES DE LANÇAMENTO Nº 110807.30006/2016-54, 11080.730022/2016-47,


11080.730033/2016-27 e 11080.730090/2016-14
a. Juízo Delegacia da Receita Federal em Lauro de Freitas– BA
b. Instância 1ª instância administrativa
c. Data de instauração 03/11/2016
Autora: Receita Federal do Brasil
d. Partes no processo
Ré: Braskem S/A

Valor envolvido: R$ 87 milhões

e. Valores, bens ou direitos


envolvidos
Objeto da causa (direito discutido): Notificações de lançamentos de multas
isoladas no percentual de 50% dos créditos de COFINS não cumulativo -

PÁGINA: 57 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

Exportação compensados com tributos federais e não homologados pela Receita


Federal do Brasil.

f. Principais fatos Síntese dos fatos: Notificações de lançamentos lavradas em 03/11/2016, através
das quais o Fisco Federal exige o pagamento de multas isoladas no percentual de
50% dos créditos de COFINS não cumulativo - Exportação compensados com
tributos federais e não homologados pela Receita Federal do Brasil. A Companhia
alega a suspensão da exigibilidade das referidas multas em vista das
apresentações de manifestações de inconformidade contra a não homologação
das compensações nos termos da legislação em vigor.

Relevância para a Companhia: Estes processos são considerados relevantes para


a Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual do processo: Os débitos estão com a exigibilidade suspensa.

g. Chance de perda Possível


h. Análise do impacto em R$ 87 milhões
caso de perda em caso em
caso

NOTIFICAÇÃO FISCAL DE LANÇAMENTO DE DÉBITO Nº 18050.005185/2008-84


a. Juízo Delegacia da Receita Federal em Lauro de Freitas– BA
b. Instância 2ª instância administrativa
c. Data de instauração 04/06/2005
Autor: Instituto Nacional do Seguro Social - INSS

d. Partes no processo
Ré: Braskem S/A

Valor envolvido: R$ 49 milhões

Objeto da causa (direito discutido): Notificação de lançamento de débito de


e. Valores, bens ou direitos
envolvidos contribuições previdenciárias por ter supostamente deixado de promover as
retenções previdenciárias no percentual de 11% sobre o valor bruto da nota
fiscal, fatura ou recibo referentes a serviços executados mediante cessão de mão-
de-obra, no período de fevereiro de 1999 a junho de 2002.

PÁGINA: 58 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

f. Principais fatos Síntese dos fatos: Notificação de lançamentos de débito de contribuições


previdenciárias lavrada em 04/09/2005, através da qual o INSS exige o
pagamento das contribuições previdenciárias referentes à ausência de retenções
no percentual de 11% sobre o valor bruto da nota fiscal, fatura ou recibo
referentes a serviços executados mediante cessão de mão-de-obra, no período
de fevereiro de 1999 a junho de 2002. A Companhia alega a decadência de parte
dos débitos lançados, a incompatibilidade do serviço prestado com a substituição
tributária imposta pelo art. 31 da Lei n.º 8.212 /1991, e, a ausência dos requisitos
para configuração da cessão de mão-de-obra e outras questões de fato passíveis
de comprovação mediante a realização de diligência fiscal.

Relevância para a Companhia: Este processo é considerado relevante para a


Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual do processo: A Impugnação apresentada pela Companhia foi


julgada improcedente. O Recurso Voluntário da Companhia aguarda julgamento.

g. Chance de perda Possível


h. Análise do impacto em R$ 49 milhões
caso de perda em caso em
caso

Processos de natureza cível

AÇÕES INDENIZATÓRIAS CÍVEIS nº 01456309420088050001 e 01302261320028050001


a. Juízo 16ª Vara Cível de Salvador
b. Instância 1ª instância
c. Data de distribuição 14/05/1997
Autor: Cloro Soda Transportes Ltda; Tropical Transportes Ltda; Titan Transportes
Ltda.
d. Partes no processo

Ré: Braskem S/A


Valor envolvido: R$ 175 milhões
e. Valores, bens ou direitos
envolvidos Objeto da causa (direito discutido): Condenação da Braskem a indenizar as
autoras por danos emergentes e lucros cessantes decorrentes da aquisição de

PÁGINA: 59 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

frota de veículos utilizados no transporte da soda cáustica, frustrada pela rescisão


do contrato de distribuição com a empresa MB Pereira, do mesmo grupo
econômico das autoras.

Síntese dos fatos: A empresa MB Pereira era revendedora de produtos da


Salgema, empresa sucedida pela Braskem. A revendedora teve sua falência
f. Principais fatos
decretada e busca responsabilizar a Braskem. Ação foi proposta em 1997 e não
teve sequer decisão de 1ª instância.

g. Chance de perda Possível

h. Análise do impacto em
R$ 175 milhões
caso de perda

AÇÃO CIVIL PÚBLICA nº 321122220124013400


a. Juízo 13ª Vara Federal do Distrito Federal
b. Instância 1ª instância
c. Data de distribuição 16/09/2011
Autor: Ministério Público Federal do DF
d. Partes no processo
Ré: Braskem S/A
Valor envolvido: R$ 58 milhões

e. Valores, bens ou direitos Objeto da causa (direito discutido): Danos materiais e danos morais causados
envolvidos pelo tráfego de cargas com excesso de peso, além de multa judicial por cada nova
infração cometida pela empresa.

Síntese dos fatos: Foi concedido pedido de antecipação de tutela do MPF para
aplicar multa judicial por cada nova ocorrência de excesso que vier a ser
constatada em rodovias federais em nome da Braskem. Dessa decisão a Braskem
f. Principais fatos apresentou Agravo de Instrumento, sendo que hoje aguarda julgamento de
Recurso Especial.

Na primeira instância, depois de apresentadas todas as provas pelas partes,


aguarda-se julgamento da ação.

g. Chance de perda Possível

h. Análise do impacto em
R$ 58 milhões
caso de perda

Processos envolvendo a quantiQ Distribuidora Ltda.

PÁGINA: 60 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

AUTOS DE INFRAÇÃO Nº 4.016.293-0 e N.º 4.016.294-1

a. Juízo Tribunal de Impostos e Taxas da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

b. Instância 1ª e 2ª instâncias administrativas

c. Data de instauração 19/12/2012

Autor: Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

d. Partes no processo
Ré: Quantiq Distribuidora Ltda (atual denominação de IQ Soluções Químicas S/A)

Valor envolvido: R$ 197 milhões


e. Valores, bens ou direitos
envolvidos Objeto da causa (direito discutido): Processos Administrativos que visam à
cobrança de débitos de ICMS referentes aos anos de 2009, 2010 e 2011.

Síntese dos fatos: Autos de Infração, lavrados em 19/12/2012, através dos quais
o Fisco do Estado de São Paulo exige o pagamento dos valores históricos de R$
44.573.811,78 e R$ 2.107.253,86, acrescidos de multa de ofício e juros de mora,
em virtude do cometimento de supostas infrações à legislação de regência do
ICMS, dentre as quais se destacam: (a) a falta de pagamento do ICMS incidente
sobre a venda de produtos considerados como solventes em face de erro na
aplicação da alíquota do imposto (18% e não 25%); (b) a utilização indevida de
crédito fiscal em face da aquisição de mercadorias sujeitas ao regime de
substituição tributária; e (c) falta de pagamento do ICMS-ST em virtude da
importação de mercadorias sujeitas a tal regime e, ainda, da venda de
mercadorias recebidas pela filial situada no Estado de São Paulo e destinada a
estabelecimentos comerciais. A Companhia alega, em resumo, que: (a) não houve
erro na determinação da alíquota do imposto, (b) não houve utilização indevida
f. Principais fatos
de crédito fiscal em relação às mercadorias sujeitas ao regime de substituição
tributária na medida em que, nas operações em que figura como substituto, a
retenção do imposto não foi procedida pelos seus fornecedores situados em
outros Estados, o que lhe garante o direito ao creditamento em face do princípio
da não- cumulatividade e, ao realizar as saídas destas mercadorias, destacou e
recolheu o imposto devido ao Fisco paulistano, que não sofreu qualquer prejuízo.
Nas operações em que figura como substituído, alegou que o imposto foi
recolhido pelos seus fornecedores situados no Estado de São Paulo; (c) falta de
previsão legal para cobrança de ICMS – ST nas operações de importação de
mercadorias sujeitas a tal sistemática sem que tenha havido as subsequentes
operações de saídas, erro na determinação da base de cálculo do ICMS-ST
cobrado, e falta de subtração dos valores pagos anteriormente à autuação.

Relevância para a Companhia: Estes processos são considerados relevantes para

PÁGINA: 61 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.3 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos e relevantes

a Companhia em razão do valor envolvido.

Situação atual do processo: Os Autos de Infração foram julgados procedentes em


primeira instância. O julgamento do Recurso Ordinário apresentado pela
Companhia em um dos processos, foi convertido em diligência em razão da
apresentação de laudo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas –IPT. O outro
processo aguarda novo julgamento após anulação da decisão de primeira
instância.

g. Chance de perda Possível

h. Análise do impacto em caso R$ 197 milhões


de perda em caso

4.3.1 Valor total provisionado dos processos descritos no item 4.3

A Companhia e suas controladas são parte em diversos processos no desenvolvimento normal de suas atividades. Em 31
de dezembro de 2016, o valor total envolvido nos processos descritos no item 4.3 deste Formulário de Referência era de
aproximadamente R$ 4,2 bilhões dos quais aproximadamente R$ 289 milhões foram provisionados.

As provisões da Companhia são registradas conforme os regramentos contábeis, sendo constituídas provisões para
processos avaliados por seus consultores jurídicos como processo com chance de perda provável, bem como para os
processos com chance de perda possível, nos casos decorrentes da combinação de negócios.

PÁGINA: 62 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.4 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos cujas partes contrárias sejam
administradores, ex-administradores, controladores, ex-controladores ou investidores

Braskem Securities Litigation No 15 Civ. 5132 (PAE) (S.D.N.Y)

a. Juízo United States District Court for the Southern District of New York
b. Instância N/A
c. Data de instauração 06/11/2015 – consolidated complaint

d. Partes no processo Autora: investidores detentores de ADRs entre 15/07/2010 e 11/03/2015

Ré: Companhia, dois ex-administradores e a Odebrecht S.A.

e. Valores, bens ou N/A


direitos envolvidos
f. Principais fatos Objeto: Pedido de perdas e danos em face da queda do valor do ADR da
Companhia quando alegações no âmbito da operação Lava-Jato foram
tornadas públicas em 11/03/2015
Andamento processual: Os autores apresentaram um amended complaint em
19/05/2016. A Companhia apresentou motion to dismiss e no dia 31 de
março de 2017, o juiz responsável proferiu decisão e acolheu parcialmente os
argumentos da Companhia. Com a rejeição de parte das alegações do Autor
Líder, a ação coletiva segue na fase de provas (discovery) quanto aos demais
pleitos. As partes encontram-se em negociação de um acordo e assinaram
uma proposta de acordo e submeteram a aprovação preliminar da referida
corte em 14 de setembro de 2017. Nos termos da proposta de acordo, nós
pagaríamos US$ 10 milhões para encerrar todas as demandas dos adquirentes
de American Depositary Receipts (ADRs) da Braskem negociadas no período
entre 15 de julho de 2010 e 11 de março de 2015, oriundas ou relacionadas ao
objeto da Class Action, exceto pelos pleitos eventualmente formulados pelos
adquirentes que venham a solicitar a sua exclusão do acordo

g. Chance de perda Não é possível estimar.

h. Análise do impacto em caso de Não é possível estimar.


perda

PÁGINA: 63 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.4 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos cujas partes contrárias sejam
administradores, ex-administradores, controladores, ex-controladores ou investidores

PROCESSO Nº 375191-7/2004 (número unificado: 0003749-25.2002.8.05.0039)

a. Juízo 1ª Vara Cível da Comarca de Camaçari, Bahia (origem)

b. Instância 1ª instância

c. Data de instauração 23/08/2002

d. Partes no processo Autores: Carlos Alberto Palmieri, Ivan de Macedo Reis, Clube de
Investimento Alpha, Clube de Investimento Smart, Hedging-Griffo Brazil
Fund LLC – Research Class, Hedging-Griffo Lótus Fundo de Investimento em
Ações, Principal Business S.A., Sprind Distribuidora de Títulos e Valores
Mobiliários Ltda, Marcelo Dias Abras, Alberto Guimarães Andrade,
Fernando Guimarães Andrade, Leivi Abuleac.

Ré: Companhia (sucessora da Polialden Petroquímica S/A)

e. Valores, bens ou R$ 3,8 milhões (valor histórico em 08/2002)


direitos envolvidos

f. Principais fatos Objeto: Pedido de (i) declaração do direito das ações preferenciais à
participação na distribuição dos lucros remanescentes, em igualdade de
condições com as ações ordinárias; (ii) recebimento das diferenças de
dividendos, relativas aos exercícios de 1999 a 2001, devidamente corrigidos
e com juros de mora; (iii) recebimento da diferença apurada, devidamente
atualizada desde a data do efetivo pagamento; e (iv) direito de voto até o
efetivo pagamento do dividendo mínimo em atraso.

Andamento processual: Ajuizada medida cautelar incidental em 18/05/2004


(processo nº 420.509-8/2004) a fim de garantir tutela jurisdicional
antecipada para que:
(i) os titulares de ações ordinárias passassem a receber R$27,81 por lote de
mil ações, (ii) os preferencialistas passassem a receber R$20,04 por lote de
mil ações, e
(iii) a parcela controversa de R$7,07 objeto de discussão judicial, fosse
depositada à disposição do juízo. Foi deferido o pedido de liminar em
02/07/2004. A Companhia interpôs agravo de instrumento em 28/06/2004,
o qual foi acolhido, suspendendo-se os efeitos da liminar concedida pelo
juízo a quo. Realizada e homologada, em 15/12/2014, transação na qual
Antônio Carlos de Abreu, Antônio Martins Filho, João Alberto Fernandes,
João Simões, Joaquim Francisco dos Santos Junior, Luiz Carlos dos Santos,
Luiz Felipe Medina Coeli Neto, Maria de Lourdes Torres Assunção, Mauro
César Medeiros de Mello, Sérgio Roberto P. dos Santos e Sérgio Skrsypcsak
renunciaram ao direito que se funda a ação. Aguardando julgamento da
ação declaratória principal

PÁGINA: 64 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.4 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos cujas partes contrárias sejam
administradores, ex-administradores, controladores, ex-controladores ou investidores

g. Chance de perda Possível

h. Análise do impacto em caso de R$ 9,8 milhões (valor atualizado em novembro de 2016)


perda

PROCESSO Nº ATUAL 00066724820078050039 (156510-3/2007 )

a. Juízo 4ª Vara Cível Foro CAMAÇARI


b. Instância 3ª instância
c. Data de instauração 20/07/2006
d. Partes no processo Autores: Pólo HG Fundo de Investimentos em Ações e Pólo Norte Fundo
de Investimentos Multimercado

e. Valores, bens ou direitos Ré: Companhia


R$ 32 (sucessora
milhões, em 05/2017da Polialden
(INPC Petroquímica
+ Juros 1%) S/A – “Polialden”)
envolvidos
f. Principais fatos Objeto: Pedido de (i) anulação das deliberações da assembleia geral e do
Conselho de Administração da Polialden, de 29 de abril de 2005, 5 de
dezembro de 2005 e 18 de abril de 2006, para que as ações preferenciais
integrem a distribuição dos lucros remanescentes em igualdade de
condições com as ações ordinárias; (ii) pagamento aos Autores dos
valores pagos a menor, acrescidos de juros e mora.

Andamento processual: Realização de perícia a pedido dos Autores, para


identificação dos pontos que entendem necessários, como a estrutura do
capital e composição acionária; projetos aprovados para fins de
subscrição das ações preferenciais; aumentos de capital sem vinculação
com incentivos fiscais; quantidades e datas em que foram emitidas as
ações preferenciais e distribuição de dividendos. Em 22/11/2010, o laudo
foi entregue em juízo pelo perito. Intimada a se manifestar sobre o laudo,
a Braskem apresentou em 25/02/2011 a sua manifestação e juntou o
parecer de seu assistente técnico foi proferida sentença de total
improcedência dos pedidos formulados pela POLO HG. Opusemos
embargos declaratórios que aguardam julgamento. Negado provimento
aos embargos de ambas as partes. Em 14.04.2014, a Polo HG interpôs
apelação da sentença que julgou improcedente a ação, parcialmente
provida, na forma do Acórdão publicado em 16/02/2016, para reformar a
sentença, determinando que seja procedida a distribuição proporcional
dos lucros remanescentes aos acionistas preferenciais e ordinários.
Embargos de Declaração opostos por ambas as partes, sem modificação
do acórdão. Interposto Recurso Especial, em 04/07/2016, aguardando
juízo de admissibilidade.

g. Chance de perda Provável


h. Análise do impacto em caso de R$ 32 milhões
perda

PÁGINA: 65 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.4 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos cujas partes contrárias sejam
administradores, ex-administradores, controladores, ex-controladores ou investidores

PROCESSO Nº 0700615-89.2015.8.05.0039

a. Juízo 2ª Vara Cível de Camaçari, Bahia

b. Instância 1ª instância

c. Data de instauração 25/03/2015

d. Partes no processo Autores: Comércio e Indústria Refiate Ltda. e outros


Ré: Companhia (sucessora da Polialden Petroquímica S/A)

e. Valores, bens ou direitos


envolvidos R$ 24 milhões

f. Principais fatos
Objeto: Incidente de liquidação de sentença referente à ação que tinha
como objeto a equiparação na distribuição de dividendos entre os
acionistas preferencialistas.

Andamento processual: Decisão proferida em 15/04/2016 que determina


perícia contábil para determinação do valor de liquidação. Juntada, em
02.06.2016 de petições da Braskem de manifestação sobre os documentos
e embargos de declaração.
g. Chance de perda Provável.

h. Análise do impacto em caso de R$ 24 milhões


perda

PROCESSO 001.91.002686-9

a. Juízo 5a Vara Cível Maceió

b. Instância 1ª instância
c. Data de instauração 20/3/1991
d. Partes no processo Autor: Banco do Brasil S/A
Ré: Companhia (sucessora da Salgema Indústrias Químicas SA.)

e. Valores, R$ 54 milhões
bens ou
direitos

PÁGINA: 66 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.4 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais não sigilosos cujas partes contrárias sejam
administradores, ex-administradores, controladores, ex-controladores ou investidores

f. Principais fatos Objeto: Trata-se de ação judicial por meio da qual o Autor requer (i) declaração do
direito do Banco do Brasil, como titular de ações preferenciais classe A, às bonificações
resultantes da capitalização de lucros e outras receitas e à participação nos lucros
remanescentes, (ii) condenação da Braskem a adaptar o seu Estatuto Social no tocante
às restrições impostas às ações preferenciais classe A, bem como a indenizar o Banco do
Brasil na diferença entre os valores pagos e os legalmente devidos a título de dividendos
e bonificações a partir da data de aquisição das suas ações.

Andamento processual: Foi proferida sentença julgando procedentes os pedidos


formulados pelo Banco do Brasil, confirmada em sede de apelação, transitada em
julgado. Iniciada a fase de liquidação foi reconhecida a prescrição dos pedidos com
relação aos dividendos e bonificações referentes ao período entre 1987 e 1989. O Banco
do Brasil interpôs Agravo de Instrumento contra a referida decisão, ao qual foi dado
provimento. Em razão desse julgamento, foi interposto Recurso Especial pela Braskem
em 14.04.2016, que se encontra pendente de juízo de admissibilidade perante o
Tribunal de Justiça de Alagoas.

g. Chance de perda Provável


h. Análise do impacto R$ 54 milhões
em caso de perda

4.4.1 Valor total provisionado dos processos descritos no item 4.4

Em 31 de dezembro de 2016, o valor total envolvido nos processos descritos no item 4.4 deste Formulário de Referência
era de aproximadamente R$ 119,5 milhões, dos quais aproximadamente R$ 86 milhões foram provisionados.

As provisões da Companhia são registradas conforme os regramentos contábeis, sendo constituídas provisões para
processos avaliados por seus consultores jurídicos como processo com chance de perda provável, bem como para os
processos com chance de perda possível, nos casos decorrentes da combinação de negócios.

PÁGINA: 67 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.5 - Processos sigilosos relevantes

Na data deste Formulário de Referência, a Companhia e suas Controladas não figuravam como
parte em processos sigilosos relevantes que não tenham sido divulgados nos itens anteriores.

PÁGINA: 68 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.6 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais repetitivos ou conexos, não sigilosos


e relevantes em conjunto

A Companhia apresenta a seguir uma breve descrição dos processos repetitivos ou conexos mais relevantes em que
figura como parte.

AUTOS DE INFRAÇÃO E DECLARAÇÕES DE COMPENSAÇÃO


a. Chance de perda / Valores envolvidos

Possível, em relação à aproximadamente R$ 889 milhões.

Provável, em relação à aproximadamente R$ 202,3 milhões.


b. Prática da Companhia ou de sua controlada que Utilização pela Companhia e suas incorporadas dos créditos de
causou tal contingência PIS e COFINS na sistemática não cumulativa relativos aos gastos
que configurem custos de produção nos períodos
compreendidos entre os exercícios de 2006 e 2011.

AUTOS DE INFRAÇÃO E EXECUÇÕES FISCAIS


a. Chance de perda / Valores envolvidos Possível, em relação à aproximadamente R$ 452 milhões.
b. Prática da Companhia ou de sua controlada Utilização pela Companhia e suas incorporadas de créditos de ICMS na
que causou tal contingência aquisição de bens (i) considerados pelo Fisco como sendo de uso e
consumo, e, (ii) destinados ao ativo imobilizado, considerados pelo
Fisco como não vinculados à atividade produtiva, tais como
equipamentos de laboratório, materiais para construção de galpões,
equipamentos de segurança; transferência interna de produtos
acabados por valor inferior ao do custo de produção; omissão de
entrada ou de saída de mercadorias em face de levantamento
quantitativo de estoque; falta de comprovação de que a Companhia
exportou mercadorias, de modo que a saída se presume tributada para
o mercado interno; não recolhimento de ICMS na venda de produtos
sujeitos à substituição tributária e creditamento decorrente de
aquisições de produtos sujeitos à substituição tributária; multas por
falta de registro de notas fiscais; e não recolhimento de ICMS sobre os
encargos relacionados com a utilização dos sistemas de transmissão de
energia elétrica em operações realizadas no Ambiente de Contratação
Livre (ACL) da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

AUTOS DE INFRAÇÃO E EXECUÇÕES FISCAIS

PÁGINA: 69 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.6 - Processos judiciais, administrativos ou arbitrais repetitivos ou conexos, não sigilosos


e relevantes em conjunto

a. Chance de perda / Valores envolvidos Possível, em relação à aproximadamente R$ 59,5 milhões.

Remota, em relação à aproximadamente R$ 28,3 milhões.

b. Prática da Companhia ou de sua controlada Insuficiência de recolhimento de COFINS relativo aos períodos de março
que causou tal contingência de 1999 a dezembro de 2000, fevereiro de 2001 a março de 2002, maio
a julho de 2002 e setembro de 2002, em razão de supostos erros de
cálculo e não atendimento do alargamento de base de cálculo e da
majoração da alíquota da contribuição, previstos na Lei nº 9.718/98;
utilização pela Companhia de créditos decorrentes do adicional de 1%
da COFINS para compensação de débitos desse mesmo tributo;
utilização pela Companhia de créditos de PIS Decretos-Leis nºs 2.445 e
2.449, apurados entre junho de 1990 e outubro de 1995, para
compensação de débitos de PIS e COFINS, relativos ao período de
fevereiro a abril de 2002, após o suposto transcurso do prazo
prescricional para aproveitamento dos referidos créditos; e ausência de
tributação de receitas com variações cambiais auferidas em razão de
sucessivas reduções do capital de sociedade ligada.

AUTOS DE INFRAÇÃO, EXECUÇÕES FISCAIS E DECLARAÇÃO DE COMPENSAÇÃO


a. Chance de perda / Valores envolvidos Possível, em relação à aproximadamente R$ 170 milhões.
b. Prática da Companhia ou de sua controlada que Utilização pela Companhia de créditos resultantes de processos
causou tal contingência administrativos e judiciais, dentre eles: (i) antecipações de IR;
(ii) FINSOCIAL; (iii) imposto sobre o lucro líquido; (iv) PIS-
Decretos; e (v) COFINS decorrente de pagamento indevido ou a
maior, bem como a incidência de COFINS sobre Juros sobre
Capital Próprio.

Valor total provisionado dos processos descritos no item 4.6

A Companhia e suas controladas são parte em diversos processos no desenvolvimento normal de suas atividades. Em 31
de dezembro de 2016, o valor total envolvido nos processos descritos no item 4.6 deste Formulário de Referência era de
aproximadamente R$1,8 bilhões, dos quais R$271 milhões foram provisionados.

As provisões da Companhia são registradas conforme os regramentos contábeis, sendo constituídas provisões para
processos avaliados por seus consultores jurídicos como processo com chance de perda provável, bem como para os
processos com chance de perda possível, nos casos decorrentes da combinação de negócios.

PÁGINA: 70 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.7 - Outras contingências relevantes

A Braskem e suas controladas estão sujeitas a uma série de leis anticorrupção de países onde têm atuação, incluindo a Lei
12.846/2013, ou Lei Anticorrupção Brasileira, que entrou em vigor em 28 de janeiro de 2014, e o US Foreign Corrupt
Practices Act (FCPA).

Em março de 2015, no âmbito da denominada “Operação Lava Jato”, foram tornadas públicas alegações de réus em
procedimentos de natureza penal segundo as quais a Braskem estava envolvida em pagamentos indevidos para obter
benefícios em contratos de matéria-prima celebrados com a Petrobras.

Em vista de tais fatos, a Companhia imediatamente aprovou a contratação de escritórios de advocacia com ampla e
comprovada experiência em casos similares nos Estados Unidos e no Brasil (“Escritórios Especializados”) para a realização
de uma investigação interna e independente sobre as alegações mencionadas no parágrafo anterior (“Investigação”), sob
a supervisão e em colaboração com o “DoJ” - Department of Justice e a “SEC” - Securities Exchange Commission dos
Estados Unidos. Até meados de julho de 2016, a Investigação não havia obtido elementos para comprovar a existência de
fatos ilícitos na Companhia.

Ao final de julho de 2016, a Companhia recebeu novas informações sobre desvios, reveladas nas colaborações de ex-
executivos da Braskem no âmbito do processo de cooperação da Odebrecht no contexto da operação Lava Jato.

A partir de informações contidas nessas colaborações, a Investigação confirmou a existência de pagamentos realizados
entre 2006 e 2014 a terceiros a título de serviços prestados que não se mostraram efetivamente prestados. Esses
pagamentos indevidos foram feitos a 3 empresas situadas no exterior e supostamente derivados da prestação de serviços
de intermediação comercial. Essas empresas apenas repassavam os recursos para uma série de outras empresas, as
quais, ao final, realizavam pagamentos ilícitos em benefício da Braskem em assuntos envolvendo o contrato de
fornecimento de nafta celebrado com a Petrobras em 2009 e encerrado em 2014 e emendas à legislação tributária
federal e estadual para a obtenção de incentivos fiscais setoriais e a monetização de créditos fiscais a que a Companhia
já tinha direito, conforme divulgado nos termos dos acordos com DoJ e SEC. O montante de pagamentos realizados pela
Braskem a essas 3 empresas no período de outubro de 2006 a dezembro de 2014 corresponde a, aproximadamente,
R$513 milhões.

Procedimentos adicionais realizados após a conclusão da Investigação identificaram pagamentos realizados a um quarto
agente entre novembro de 2005 e setembro de 2006 no valor aproximado de R$44 milhões referentes ao mesmo
esquema identificado pela Investigação. Uma vez que as novas descobertas estão relacionadas ao mesmo esquema
identificado pela Investigação elas não apresentam riscos ao Acordo Global.

A identificação destes pagamentos sem a efetiva contraprestação ensejou o reconhecimento, em outubro de 2016, de
tributos devidos ao Governo Federal, além de ajuste na conta de Imposto de Renda e Contribuição Social diferidos. A
apuração, em 2016, desses tributos devidos em exercícios anteriores foi tratada contabilmente como uma retificação de
erro material, nos termos do Pronunciamento CPC 23 e IAS 8, o que levou ao reconhecimento dessas obrigações de
forma retroativa nas demonstrações financeiras de 2015 e anteriores. Os tributos apurados que impactaram o resultado
de 2016 e exercícios anteriores, incluindo encargos moratórios, somaram R$254.373. Adicionalmente foi apurado o valor
de R$13.704 a título de antecipação do IR e CSL, que foi registrado no ativo da Companhia. Esses valores foram recolhidos
no 4º trimestre de 2016. O ajuste na conta de IR e CSL diferidos, que impactou o resultado, foi de R$30.268.

Com a confirmação dos atos ilícitos, em 03 de outubro de 2016, a Braskem iniciou discussões com o DoJ e a SEC para
formalizar um acordo de resolução de todos os atos ilícitos identificados e buscar um acordo simultâneo com as
autoridades brasileiras, conforme divulgado ao mercado em Fato Relevante e, mais tarde com as autoridades suíças. Tal
negociação foi delegada pelo Conselho de Administração à Diretoria Executiva da Companhia.

Como resultado dessas negociações, em 14 de dezembro de 2016, a Companhia celebrou um Acordo de Leniência
("Acordo") com o Ministério Público Federal ("MPF"). Além disso, em 21 de dezembro de 2016, a Companhia finalizou os

PÁGINA: 71 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.7 - Outras contingências relevantes

acordos formais com o DoJ e a SEC, bem como um acordo para encerrar as investigações da Procuradoria-Geral da Suíça
(em conjunto com o Acordo com MPF, "Acordo Global"). O Acordo Global compreende todos os fatos apurados até a
data de sua celebração envolvendo a Braskem. Nos termos do Acordo Global, a Braskem pagará às autoridades
mencionadas acima, no Brasil e no exterior, o valor total aproximado de US$957 milhões, equivalentes a
aproximadamente R$3,1 bilhões, ao câmbio de US$1: R$3,27, dividida da seguinte forma:

 R$2,2 bilhões ao MPF


 US$65,000 à SEC
 US$94,894 ao DoJ
 CHF94.500 à Procuradoria-Geral da Suíça
Deste montante, a Companhia já pagou aproximadamente R$1,3 bilhão, da seguinte forma:

 US$94,894 (R$296.591) ao DoJ, pagos em 8 de fevereiro de 2017;


 US$65,000 (R$206.460) à SEC, pagos em 27 de abril de 2017;
 CHF30.240 (R$104.307) à Procuradoria-Geral da Suíça, pagos em 27 de junho de 2017;
 R$736.445 ao MPF, pagos em 6 de julho de 2017.
O valor remanescente, no montante aproximado de R$1,8 bilhão, será pago da seguinte forma:

 CHF64.260 à Procuradoria-Geral da Suíça em quatro parcelas anuais de CHF16,065 devidas em 30 de junho de


cada ano a partir de 2018;
 R$1,5 bilhão ao MPF em seis parcelas anuais corrigidas pela variação do índice IPCA devidas em 30 de janeiro de
cada ano a partir de 2018. Como garantia da realização dos pagamentos dessas parcelas vincendas, a Braskem
ofereceu bens do ativo imobilizado em valor correspondente a uma parcela anual. No Brasil, o Acordo foi
homologado pela 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF em 15 de dezembro de 2016 e, em 6 de junho de
2017, pela 13ª Vara Federal de Curitiba.
Nos Estados Unidos o acordo com o DoJ foi confirmado por sentença pela justiça americana em 26 de janeiro de 2017 e a
confirmação do acordo com a SEC ocorreu em 28 de fevereiro de 2017. O acordo com as autoridades suíças não depende
de homologação para produção dos seus efeitos, tendo a investigação da Companhia sido encerrada por ordem escrita
da Procuradoria-Geral da Suíça de 21 de dezembro de 2016.

Parte relevante do total de R$2,2 bilhões a serem pagos ao MPF, estará disponível para ser utilizada a título de restituição
a terceiros de danos causados pelos desvios de conduta.

O MPF comprometeu-se no âmbito do Acordo a empreender gestões perante outras autoridades ou entidades públicas
com as quais a Braskem venha a iniciar tratativas para a celebração de acordos tendo como objeto os fatos revelados no
âmbito do Acordo e as advocacias públicas dos Estados e Municípios, e empresas públicas e sociedades de economia
mista para a realização de acordos semelhantes com esses órgãos, inclusive com o objetivo de evitar o ressarcimento em
duplicidade no tocante ao valor pago por meio do Acordo.

O Acordo não impede que qualquer terceiro inicie procedimento próprio para ressarcimento de danos causados pela
Braskem, o que poderia implicar em desembolso adicional ao previsto no Acordo. Neste sentido, não é possível assegurar
que o montante total disponível para ressarcimento será suficiente para o ressarcimento integral de terceiros afetados
pelos atos ilícitos, de modo que a Companhia pode ser alvo de indenizações ou sanções monetárias adicionais aos
montantes previstos no Acordo Global.

Com exceção do valor mencionado anteriormente, além das outras obrigações não-pecuniárias impostas à Companhia
nos termos do Acordo Global, a Companhia poderá ter um impacto negativo substancial nos negócios, reputação,
situação financeira, instrumentos financeiros e resultados operacionais, ou ainda na liquidez e preço dos títulos e valores

PÁGINA: 72 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.7 - Outras contingências relevantes

mobiliários de emissão da Braskem. Além disso, a publicidade negativa resultante do Acordo Global poderia causar um
impacto material adverso nos negócios da Companhia, incluindo a diminuição da demanda por seus produtos, seus
instrumentos financeiros e outros efeitos que atualmente não se pode prever ou mensurar. Adicionalmente, outras
autoridades com jurisdição sobre a Companhia podem vir a buscar a aplicação de novas sanções pecuniárias ou multas ou
a instauração de investigações sobre a Companhia. Finalmente, como resultado do Acordo Global, a Companhia pode ser
impedida de celebrar determinados contratos com agentes públicos e estar sujeita ao aumento dos seus custos
operacionais em decorrência de obrigações de aperfeiçoar suas práticas de governança e de combate à corrupção,
incluindo o custo do monitoramento externo. Não é possível prever os impactos sobre a Braskem decorrentes de outras
investigações ou de qualquer decisão ou ação das autoridades envolvendo seus maiores acionistas, Odebrecht S.A. e
Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras ou qualquer de suas controladas.

PÁGINA: 73 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

4.8 - Regras do país de origem e do país em que os valores mobiliários estão custodiados

(a) Restrições impostas ao exercício de direitos políticos e econômicos

Não aplicável, uma vez que a Companhia é uma emissora nacional.


(b) Restrições à circulação e transferência dos valores mobiliários

Não aplicável, uma vez que a Companhia é uma emissora nacional.


(c) Hipóteses de cancelamento de registro, bem como os direitos dos titulares de
valores mobiliários nessa situação

Não aplicável, uma vez que a Companhia é uma emissora nacional.


(d) Hipóteses em que os titulares de valores mobiliários terão direito de preferência na
subscrição de ações, valores mobiliários lastreados em ações ou valores mobiliários
conversíveis em ações, bem como das respectivas condições para o exercício desse
direito, ou das hipóteses em que esse direito não é garantido, caso aplicável

Não aplicável, uma vez que a Companhia é uma emissora nacional.


(e) Outras questões do interesse dos investidores

Não aplicável, uma vez que a Companhia é uma emissora nacional.

PÁGINA: 74 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

(a) Política formalizada de gerenciamento de riscos

A Companhia entende que a atuação ética com integridade e transparência na condução dos seus negócios é essencial
para a sua sobrevivência, crescimento e perpetuidade. Assim, em novembro de 2016, o Conselho de Administração da
Braskem aprovou a Política sobre Conformidade com Atuação Ética, Íntegra e Transparente (“Política de
Conformidade”). Vale notar que a Política de Conformidade é resultado da revisão e atualização completa do seu Código
de Conduta anteriormente em vigor.

No âmbito da Política de Conformidade, destacam-se os princípios da confiança no ser humano, no seu potencial e na
sua vontade de se desenvolver, da descentralização, da delegação planejada, da parceria e do papel do Líder (todo
integrante que lidera uma equipe) como educador dos seus Liderados.

Destaca-se também que a comunicação na Braskem se dá essencialmente na relação entre Líder e Liderado. Aqueles
devem, por suas atitudes e comportamentos, e pela aplicação desta Política de Conformidade, demonstrar, interna e
externamente, que estão convictos e comprometidos com atuação ética, íntegra e transparente, inclusive como forma
de inspirar e influenciar a conduta dos seus Liderados e dos demais Integrantes. Todos os Integrantes devem ter o
compromisso de atuar com ética, integridade e transparência, em conformidade com as boas práticas de governança e
com as leis aplicáveis. Adicionalmente, os Integrantes devem transmitir as orientações da Política de Conformidade, para
que sejam conhecidas pelos clientes, fornecedores e parceiros de negócios de sua cadeia de valor, demais partes
interessadas e nas comunidades onde atuam.

A Política de Conformidade pode ser acessada na íntegra no site da Companhia: www.braskem-ri.com.br/conformidade.

(b) Objetivos e estratégias da política de gerenciamento de riscos

(i) Riscos para os quais se busca proteção

Na Política de Conformidade, os riscos são definidos como “o efeito da incerteza na realização dos objetivos da Braskem,
caracterizado por um desvio em relação ao esperado, positivo e/ou negativo. O risco é muitas vezes expresso em termos
de uma combinação de consequências de um evento e a probabilidade de ocorrência associada”.

A Braskem está sujeita a riscos das mais diversas origens, tais como: (i) operacionais, (ii) financeiros, (iii) regulatórios, (iv)
estratégicos, (v) tecnológicos, (vi) sociais, e (vii) ambientais. Esses riscos devem ser devidamente avaliados e tratados
pelos Líderes. A efetividade desse processo é fundamental para o aprimoramento do desempenho empresarial e eficácia
do Sistema de Conformidade da Braskem. Para mais informações sobre os riscos para os quais a Companhia busca
proteção, vide item 4.1 deste Formulário.

(ii) Instrumentos utilizados para proteção

O instrumento utilizado é o Sistema de Conformidade da Braskem, composto por 10 medidas integradas de prevenção,
detecção e remediação de riscos de não conformidade, conforme abaixo exposto:

Medidas de Prevenção

1) Governança de Conformidade
O compromisso com uma atuação ética, íntegra e transparente começa no Conselho de Administração da Braskem S.A.,
e deve se estender aos Integrantes da Braskem. Vide item 5.1. (b) (iii) abaixo para mais informações.

PÁGINA: 75 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

2) Políticas e Demais Orientações


A Política de Conformidade, para sua plena prática, pode necessitar de orientações mais detalhadas e apropriadas, de
acordo com as necessidades de cada negócio. Assim, a Companhia tem elaborado e implementado novas orientações
formais, a fim de complementar a sua Política de Conformidade.

3) Avaliação de Riscos e Controles


Cabe aos Líderes avaliar o grau de risco envolvido nas suas responsabilidades, e garantir que seus Liderados também o
façam, adotando sempre atitudes preventivas, prospectivas e proativas na antecipação e mitigação de riscos.

Os Líderes devem, de forma consistente e metodologicamente suportada, avaliar o ambiente de riscos a que estão
expostos e a adoção de controles, considerando, por exemplo, os seguintes aspectos: (i) porte do negócio; (ii) setores e
locais de atuação do negócio, (iii) ambiente regulatório que o negócio está inserido, (iv) participações societárias que
envolvam a pessoa jurídica na condição de Controladora; (v) controlada, coligada ou consorciada, (vi) estrutura
organizacional, (vii) número de Integrantes e de terceiros atuando no negócio, (viii) interação com a administração
pública, e (ix) estrutura econômica e financeira.

Além da identificação e priorização dos riscos, os Líderes, contando com o apoio de suas equipes, devem garantir o
efetivo tratamento dos riscos, ou seja: (i) aferir a probabilidade e o impacto da ocorrência do risco, incluindo os aspectos
intangíveis, (ii) definir o grau de tolerância para os riscos identificados; (iii) garantir o gerenciamento destes riscos; (iv)
definir o tipo de tratamento a ser adotado para cada risco (exemplos: evitar, mitigar, compartilhar ou aceitar)
considerando seus efeitos e uma análise de custo-benefício em tratá-los; (v) garantir que os planos para tratamento dos
riscos sejam definidos, incorporados no Programa de Ação dos respectivos responsáveis e implementados; e (vi)
comunicar ao Responsável por Conformidade novos riscos que ainda não façam parte da relação de riscos mapeados do
negócio. Cabe ao Responsável por Conformidade no processo de avaliação de risco e controles: (i) apoiar os Líderes nas
suas responsabilidades de identificação e avaliação de risco com conhecimentos especializados técnicos e metodológicos
de gestão de riscos; (ii) apoiar os Líderes na definição dos planos de ação necessários para tratamento dos riscos
identificados; e (iii) reportar ao Comitê de Conformidade os resultados das avaliações dos riscos e a implantação dos
respectivos controles.

4) Comunicação e Capacitação
O compromisso da Braskem com uma atuação ética, íntegra e transparente expresso na Política de Conformidade, e seus
desdobramentos, devem ser divulgados, tornando-os acessíveis e compreensíveis pelos Integrantes e pelo público
externo. A capacitação para atuação ética, íntegra e transparente dos Integrantes deve ocorrer, principalmente, por
meio da educação pelo trabalho.

5) Conformidade de Terceiros
As ações de terceiros em nome da Braskem são de responsabilidade da Companhia, assim como são as ações de seus
Integrantes. Desta forma, os Líderes responsáveis pela contratação e pelo cadastro destes terceiros na Braskem devem
implantar e formalizar processo de avaliação e diligência de terceiros, com o apoio do Responsável por Conformidade.

Dentre os fatores de risco que, entre outros, podem ser considerados na avaliação dos terceiros, cita-se: (i) histórico de
desempenho nas relações com a Braskem; (ii) quadro societário; (iii) atividade; (iv) desempenho empresarial; (v) origem
e natureza dos seus recursos; (vi) valor do contrato e a forma de pagamento ou recebimento; (vii) representantes e
beneficiários finais; (viii) pesquisas relacionadas aos aspectos econômico-financeiros; (ix) regularidade fiscal; (x)

PÁGINA: 76 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

localidade onde as atividades são desenvolvidas; (xi) exposição a Pessoa Politicamente Exposta; (xii) estar sujeito a
sanções econômicas e comerciais; (xiii) exposição e posicionamento na mídia; e (xiv) pesquisas relacionadas às questões
reputacionais. Consulta a sites especializados, como por exemplo: Portal da Transparência, para consulta ao Cadastro
Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas (CEIS), Cadastro Nacional de Empresas Punidas (CNEP) e Cadastro de
Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos Impedidas (CEPIM); Portal do U.S. Department of Treasury para consulta da lista
de Sanções da OFAC – Office of Foreign Assets Control (i). Portal da HM Treasury and Office of Financial Sanctions
Implementation, para consulta da lista consolidada dos alvos de sanções financeiras do Reino Unido; Portal da União
Europeia ou de autoridades competentes de cada Estado membro da União Europeia, para consulta da lista consolidada
das pessoas, grupos, e entidades sujeitas a sanções financeiras da EU; Portal da United Nations Security Council e Portal
do Banco Mundial, para consultas de empresas e indivíduos inelegíveis.

6) Engajamento em Ações Coletivas


A participação em ações coletivas por meio de associações com outras empresas e/ou entidades do setor é uma maneira
de expressar o comprometimento dos Líderes com uma atuação ética, íntegra e transparente, de compartilhar
experiências, resultados e ações da Companhia, de demonstrar o amadurecimento das práticas de se fazer negócio e do
Sistema de Conformidade da Braskem, bem como de aprender e de influenciar positivamente Líderes de outras
empresas. Deve ser buscado o engajamento em associações atuantes no assunto e com outras empresas, na adoção de
valores fundamentais e internacionalmente aceitos sobre direitos humanos, relações de trabalho e meio ambiente,
combate à corrupção e concorrência desleal.

Medidas de Detecção

7) Gestão do Canal Linha de Ética


A Braskem deve disponibilizar para os Integrantes, Clientes, Terceiros e público externo, de forma ininterruptamente
operante, um canal de comunicação, o qual denominamos “Canal de Linha de Ética”, que possibilite a realização de
denúncias de conduta em desconformidade com uma atuação ética, íntegra e transparente por parte de Integrantes,
Terceiros e Clientes.

O Canal Linha de Ética deve estar disponível no portal externo da Braskem, no portal interno (intranet) e por telefone de
discagem gratuita nos países onde a Braskem atua.

A proteção ao denunciante é garantida por meio da possibilidade do recebimento de denúncias anônimas e da proibição
de retaliação aos denunciantes. O uso do Canal Linha de Ética deve ser assegurado por regras de confidencialidade para
proteger aqueles que, de maneira voluntária, queiram se identificar. O bom cumprimento das regras de anonimato,
confidencialidade e proibição de retaliação é um fator essencial para garantir a confiança no Canal Linha de Ética.

Na Braskem, a gestão do Canal Linha de Ética deve ser de responsabilidade do Responsável por Conformidade (para mais
informações, vide item 5.3 abaixo), que deve recepcionar as denúncias, juntamente com uma segunda pessoa que ele
designe.

O Responsável por Conformidade deve assegurar que todas as denúncias recebidas através do Canal Linha de Ética, ou
através de qualquer outro meio, sejam registradas e investigadas com independência, imparcialidade, metodologia e
amparo legal, garantindo confidencialidade, anonimato e proibição de retaliação ao denunciante. O Responsável por
Conformidade conduz as investigações, seja internamente, com equipe de Integrantes própria, ou de maneira externa
com o auxílio de empresas especializadas.

PÁGINA: 77 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

Todas as denúncias recebidas e os desdobramentos das investigações devem ser comunicados periodicamente ao
Comitê de Ética, com exceção das seguintes situações: (i) quando a denúncia envolver algum dos membros do Conselho
de Administração, o Responsável por Conformidade deve comunicar o resultado da investigação diretamente ao Comitê
de Conformidade do Conselho; (ii) quando a denúncia envolver o Líder Empresarial (Diretor-Presidente), ou um dos seus
Liderados diretos, o Responsável por Conformidade deve comunicar o resultado da investigação diretamente ao Comitê
de Conformidade do Conselho; (iii) quando a denúncia envolver o Responsável por Conformidade, ou alguém de sua
equipe, o Responsável por Conformidade, ou a segunda pessoa que também recebe a denúncia deve encaminhá-la
imediatamente ao Comitê de Conformidade para que decida sobre as ações cabíveis.

Quando um Responsável por Conformidade receber uma denúncia relacionada totalmente a um outro Negócio da
Organização Odebrecht, deve acessar o Canal Linha de Ética da respectiva Empresa em questão e encaminhar a denúncia
recebida na íntegra. Na mensagem de encaminhamento, o Responsável por Conformidade deve solicitar retorno sobre a
conclusão do processo investigativo da denúncia encaminhada e manter o Comitê de Ética e Comitê de Conformidade
informados sobre o desdobramento do encaminhamento.

Durante o processo investigativo, tão logo o Responsável por Conformidade identifique fortes suspeitas ou comprovação
de atuação indevida, deve compartilhar o relatório da investigação com o Líder do Integrante investigado. Este Líder
deve ter autonomia e competência para tratar do assunto e tomar as providências recomendadas. Sempre que
necessário, o Líder e o Responsável por Conformidade devem consultar o Responsável por Pessoas e Organização e o
Responsável Jurídico sobre as providências a serem adotadas.

Existindo convergência entre a decisão do Líder e o Responsável por Conformidade o processo investigativo pode ser
encerrado e apresentado ao Comitê de Ética. Caso exista divergência entre a decisão do Líder e a opinião do Responsável
por Conformidade, os fatos devem ser apresentados ao Comitê de Ética.

Caso exista divergência entre a decisão do Líder e a opinião dos membros do Comitê de Ética, os fatos devem ser
apresentados ao Líder de Negócios da Braskem, a quem caberá a decisão final.

Como etapa final do procedimento de investigação interna, o Responsável por Conformidade deve avaliar a
obrigatoriedade ou a conveniência de comunicar internamente e/ou informar a quaisquer autoridades ou terceiros a
respeito das irregularidades identificadas. Antes, porém, deve levar sua recomendação para ser confirmada pelo Comitê
de Conformidade do Conselho de Administração.

Durante a investigação, ou após sua conclusão, quando o Responsável por Conformidade identificar oportunidades de
melhoria no processo que permitiu a atuação indevida, deve sugeri-las ao responsável pelo assunto, que deve ter
autonomia e competência para avaliar e, se for o caso, implantar as sugestões dadas.

8) Monitoramento de Riscos e Controles


O monitoramento de riscos e controles é a avaliação contínua dos controles internos com o objetivo de verificar se estes
são adequados e efetivos para mitigar os riscos. Este monitoramento pode ser realizado por meio de auditorias internas,
externas ou por meio da avaliação contínua de indicadores de riscos chave para os negócios.

Auditoria Interna

A auditoria interna é uma atividade independente e objetiva, concebida para acompanhar, avaliar e realizar
recomendações visando aperfeiçoar os controles internos, políticas e demais orientações da Companhia. Visa apoiar os

PÁGINA: 78 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

Líderes a atingirem seus objetivos, por meio de uma abordagem sistêmica e disciplinada, para avaliar e melhorar a
efetividade dos processos de gerenciamento de riscos e controles.

O Responsável por Conformidade deve planejar e submeter para contribuições e aprovação do Comitê de Conformidade,
proposta de plano anual de auditoria interna, incluindo requisitos para o planejamento, métodos para a definição do
escopo, realização das auditorias e comunicação dos resultados.

O plano anual de auditoria interna deve ser compatível com a estratégia e alinhado com o Líder Empresarial da Braskem.
O plano deve ser baseado na matriz de risco da Braskem, levando em consideração: os riscos prioritários, a materialidade
financeira e contábil dos processos, os relatos ao Canal Linha de Ética, bem como os resultados de auditorias anteriores.

O plano deve ter o objetivo de prevenir e identificar desvios e ameaças potenciais e identificar oportunidade de
melhorias. Os relatórios da auditoria interna devem ser emitidos em linguagem clara e objetiva, com o detalhamento
adequado para compreensão dos assuntos tratados. Entre outros assuntos, devem incluir a avaliação dos controles, a
maturidade dos processos, os principais riscos e vulnerabilidades identificados, bem como as recomendações de
aprimoramento por nível de criticidade.

Todas as auditorias devem ser conduzidas com objetividade e total imparcialidade. Os resultados das auditorias internas
devem ser apresentados ao Líder Empresarial da Braskem, para que junto com o Responsável por Conformidade, avaliem
a implantação das recomendações decorrentes, e ao Comitê de Conformidade, para conhecimento, inclusive das
decisões dos Líderes.

O Responsável por Conformidade deve acompanhar a implementação das recomendações acordadas, relatando o
assunto periodicamente ao Comitê de Conformidade.

Para executar as auditorias internas, o Responsável por Conformidade pode:

 Solicitar aos demais Integrantes que preparem ou disponibilizem as informações, dados dos sistemas,
documentações e esclarecimentos necessários.
 Ter acesso a todos os Integrantes, informações, registros, dados, sistemas e às instalações que se façam
necessárias.
 Solicitar informações e confirmações junto a Terceiros, por meio dos responsáveis pelos contatos com estes
Terceiros.
Caso o Responsável por Conformidade decida pela terceirização parcial dos trabalhos de auditoria interna, estes não
devem ser exercidos pela mesma empresa que presta serviço de auditoria externa independente.

Auditoria Externa

Observadas as disposições aplicáveis, a atribuição principal do auditor externo independente é analisar, auditar e emitir
opinião sobre se as demonstrações financeiras preparadas pelos Administradores da Braskem representam
adequadamente, em todos os seus aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da Companhia.

Cabe ao Conselho Fiscal da Braskem acompanhar e analisar o processo de contratação do auditor externo independente
e recomendar ao Conselho de Administração sua escolha e remuneração, bem como sua eventual substituição. Cabe,
ainda, aprovar os serviços adicionais contratados do auditor externo, bem como garantir que nenhum destes serviços
possam colocar em risco a objetividade e a independência requerida do mesmo. Auditores externos independentes não

PÁGINA: 79 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

devem auditar o produto de seu próprio trabalho, não devem promover ou defender os interesses da empresa auditada
e não devem desempenhar funções gerenciais para a empresa auditada.

Cabe aos auditores externos independentes da Braskem:

 Reportar-se ao Conselho Fiscal da Braskem.


 Expressar sua conclusão sobre as demonstrações financeiras por meio de relatório emitido de acordo com as
normas de auditoria aplicáveis.
 Avaliar se os controles internos utilizados são adequados e suficientes para permitir a elaboração de
demonstrações financeiras que não apresentem distorções, independentemente se causadas por erro ou fraude.
 Emitir relatório com recomendações decorrentes de sua avaliação dos controles internos realizada durante o
processo de auditoria.
 Reportar ao Conselho Fiscal da Companhia eventuais discordâncias surgidas nos diálogos com os
Administradores da Braskem, ou se houve dificuldades na obtenção das informações necessárias.
Indicadores de Risco

O Responsável por Conformidade deve implementar monitoramento de indicadores de riscos objetivando:

 Detecção e controle oportuno de potenciais situações de fraude, desvio ou perdas financeiras.


 Acompanhamento de falhas recorrentes e estabelecimento de ações corretivas.
 Demonstração da evolução dos riscos de maneira contínua para os Líderes e para o Comitê de Conformidade.
 Estabelecimento de índices de desempenho comuns utilizados como referência entre localidades e diferentes
negócios, quando aplicável.
 Identificação de tendências relacionadas a erros ou irregularidades, considerando tempo, negócio, localidade,
processo e sub processo.
Medidas de Remediação

9) Remediar Riscos e Fortalecer Controles


Após a identificação, avaliação e mensuração dos riscos deve ser definida a resposta dada às situações de exposição a
riscos remanescentes.

A resposta aos riscos envolve a identificação de uma ou mais opções para mitigá-los. As opções de respostas aos riscos
não são necessariamente mutuamente excludentes ou adequadas em todas as circunstâncias e podem incluir evitá-lo,
reduzi-lo, compartilhá-lo ou aceitá-lo a depender da tolerância e do apetite a risco da Braskem.

Selecionar a opção mais adequada de resposta aos riscos envolve equilibrar, de um lado, os custos e os esforços de
implementação e, de outro, os benefícios decorrentes, relativos aos requisitos legais, regulatórios ou quaisquer outros,
tais como o da responsabilidade social e o da proteção ao meio ambiente. Convém que as decisões também levem em
consideração os riscos que demandam um tratamento economicamente não justificável, como, por exemplo, riscos
severos (com grande consequência negativa), porém raros (com probabilidade muito baixa). Várias opções de
tratamento podem ser consideradas e aplicadas individualmente ou combinadas.

A empresa, normalmente, se beneficia com a adoção de uma combinação de opções de respostas aos riscos. Ao
selecionar as opções de tratamento de riscos, convém que sejam considerados os valores e as percepções das partes
interessadas, e as formas mais adequadas para se comunicar com elas. Quando as opções de resposta aos riscos

PÁGINA: 80 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

puderem afetar risco em outros ambientes da empresa, ou com as partes interessadas, convém que os envolvidos
participem da decisão.

No plano de resposta aos riscos devem estar claramente identificados a prioridade de implementação da resposta ao
risco, seus prazos e a definição dos responsáveis.

Os riscos devem ser tratados por meio do fortalecimento do ambiente de controles. Neste sentido, é importante que
sejam desenvolvidos e implementados na Braskem as estratégias para amadurecer e fortalecer seu ambiente de
controles de maneira contínua e em alinhamento com os seus objetivos, especialmente quando novas atividades ou
conquistas incrementem o nível de exposição ao risco.

O Responsável por Conformidade deve acompanhar a implementação de resposta aos riscos e melhorias de processos
apontadas como necessárias pela equipe de Conformidade e que foram alinhadas e pactuadas com os Líderes dos
processos analisados.

10) Medidas Disciplinares.


Medidas disciplinares devem ser adotadas em decorrência da violação das orientações expressas no compromisso com
atuação ética, íntegra e transparente de maneira a garantir a seriedade do Sistema de Conformidade.

O Presidente do Conselho de Administração e o Líder Empresarial da Braskem devem assegurar que, na implantação do
Sistema de Conformidade, no seu âmbito de responsabilidade, existam medidas disciplinares para o caso de ocorrência
de desvios de atuação ética, íntegra e transparente. Estas medidas disciplinares devem ser proporcionais ao tipo de
violação e o grau de responsabilidade dos envolvidos. A pronta interrupção de irregularidades e a tempestiva
remediação de situações de risco, podem incluir, mas não se limitam às seguintes ações: o desligamento de Integrante,
inclusive por justa causa, advertências verbais e formais, cancelamentos de contratos, suspensão de pagamentos, entre
outros.

Nestas medidas disciplinares, deve estar também prevista a possibilidade de adoção de medidas cautelares, como o
afastamento preventivo de Integrantes que possam atrapalhar ou influenciar o adequado transcurso da apuração da
denúncia, suspensão de contrato de Terceiros, entre outros.

(iii) Estrutura organizacional de gerenciamento de riscos

Modelo das 3 linhas de defesa aplicado na Braskem:

PÁGINA: 81 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

A gestão de risco é de responsabilidade primordial das Áreas de Negócios e Administração da Companhia, de modo que,
na construção e execução dos processos incluam aspectos de identificação e mitigação de riscos, capazes de prevenir,
identificar e remediar vulnerabilidades em suas ações estratégicas, gerenciais e operacionais. Esta gestão é denominada
1ª linha de defesa.

Já os trabalhos realizados pelas frentes de Compliance, Gestão de Riscos e Controles Internos da área de Conformidade,
como parte da 2ª linha de defesa, fornecem processos e metodologias estruturadas para apoiar a primeira linha de
defesa na identificação, avaliação, monitoramento e comunicação dos riscos e controles.

Em adição, a frente de Auditoria Interna, também da área de Conformidade, avalia processos e certifica a sua eficácia,
finalizando a 3ª linha de defesa.

A estrutura de Conformidade da Braskem é a seguinte:

Comitê de Conformidade

O Conselho de Administração da Braskem aprovou em maio de 2016 o estabelecimento do Comitê de Conformidade,


formado por membros independentes do Conselho de Administração. Os seus principais objetivos são:

 Avaliar controles internos, exposição a riscos e cumprimento de leis e regulamentos aplicáveis;


 Monitorar investigações relacionadas a questões de ética;
 Aprovar e atualizar periodicamente a Política de Conformidade, que aborda medidas anticorrupção e transações
com partes relacionadas; e
 Desenvolver programas de treinamento para membros de Conselhos de Administração, líderes e alguns
integrantes.
Responsável por Conformidade (CCO)

Em 15 de agosto de 2016, a Braskem anunciou Everson Bassinello como Responsável por Conformidade (CCO). Everson
tem 16 anos de experiência profissional e 10 anos liderando atividades de conformidade e gestão de risco. O
Responsável por Conformidade tem como principais atribuições perante o Comitê de Conformidade:

 Monitorar a exposição a riscos e sistemas de controle interno;


 Gerir a auditoria interna;

PÁGINA: 82 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.1 - Política de gerenciamento de riscos

 Supervisionar o canal Linha de Ética;


 Coordenar o Comitê de Ética;
 Divulgar o Código de Conduta;
 Realizar treinamentos de conformidade; e
 Supervisionar as políticas corporativas relacionadas a questões de conformidade.
Compliance

Responsável por apoiar os líderes na disseminação a cultura de integridade e aderência à leis e regulamentações.
Também recomenda ferramentas para apoiar em decisões relacionadas a riscos de Compliance.

Controles Internos

Responsável por apoiar os líderes em desenho, avaliação, fortalecimento e monitoramento do ambiente de controle.

Gestão de Riscos

Responsável por apoiar os líderes na identificação, avaliação, tratamento e monitoramento dos riscos que podem
impactar os objetivos corporativos.

Auditoria Interna

Responsável por avaliar processos de forma independente e objetiva, verificando a eficácia e conformidade, gerando
valor e melhorando as operações corporativas.

Comitê de Ética

O Comitê de Ética apoia o Comitê de Conformidade em assuntos que envolvam a violação do compromisso de atuação
Ética, Íntegra e Transparente.

Este Comitê é formado por três membros titulares (Responsável Jurídico, o Responsável por Pessoas e Organização e o
Responsável Financeiro) e liderado pelo Responsável por Conformidade, e seus principais objetivos são (i) avaliar os
resultados de investigações de denúncias, (ii) apoiar na resolução de dilemas éticos não previstos, dirimir dúvidas sobre
situações controversas, e (iii) garantir a manutenção de uniformidade de critérios utilizados em casos semelhantes.

(c) Adequação da estrutura operacional e controles internos para verificação da efetividade da política
adotada.

A Companhia entende que a estrutura operacional e as responsabilidades descritas no item anterior são suficientes para
garantir a efetividade da Política sobre Conformidade com Atuação Ética, Íntegra e Transparente.

PÁGINA: 83 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.2 - Política de gerenciamento de riscos de mercado

(a) Política formalizada de gerenciamento de riscos de mercado

A Braskem adota uma Política de Gestão Financeira e de Riscos, aprovada e atualizada pelo Conselho de Administração
em 28 de março de 2017. Na Política Financeira e de Riscos são estabelecidos e ratificados conceitos, critérios e limites de
delegação para decisões que envolvam: (i) gestão do fluxo de caixa e liquidez da Companhia; (ii) investimento das
disponibilidades financeiras; (iii) captação de recursos financeiros; e (iv) concessões de garantias e gestão do risco
cambial e de commodities.

(b) Objetivos e estratégias da política de gerenciamento de riscos de mercado

(i) Riscos de mercado para os quais se busca proteção

Os riscos de mercado para os quais a Companhia busca proteção encontram-se descritos no item 4.2 deste Formulário de
Referência.

(ii) Estratégia de proteção patrimonial (hedge)

A Companhia utiliza como estratégia de proteção (i) a possibilidade de realocar a posição de caixa de forma a equalizar a
exposição de balanço em linha com a política financeira estabelecida; e (ii) instrumentos financeiros derivativos com o
objetivo de mitigar alguns riscos de mercado. As atividades de hedge são executadas em conformidade com a Política de
Gestão Financeira e de Riscos da Companhia. Referida política prevê um programa contínuo de hedge para o risco
cambial proveniente de suas operações e de itens financeiros. Os demais riscos de mercado são abordados na medida em
que são introduzidos por cada operação. De um modo geral, a Companhia inclui o julgamento da necessidade de hedge
durante a análise de operações prospectivas e procura realizar o hedge sob medida para as operações consideradas,
além de preservar o hedge pelo prazo integral da operação que estiver sendo coberta.

A Companhia pode eleger derivativos como hedge para aplicação de contabilidade de hedge, conforme os
Pronunciamentos Técnicos CPC´s 38, 39 e 40. A designação de hedge não é obrigatória. Em geral, a Companhia elegerá
para designação derivativos como hedge quando for esperado que a aplicação proporcione uma melhoria relevante na
demonstração do efeito compensatório dos derivativos sobre as variações dos itens objeto de hedge.

A estratégia adotada pela Companhia para proteção patrimonial passa a ser descrita a seguir, conforme o tipo de risco
que se busca proteger:

(1) Risco de exposição a variações cambiais

A Companhia tem operações comerciais denominadas ou indexadas a moedas estrangeiras. Os insumos e produtos da
Companhia têm preços denominados ou fortemente influenciados pelas cotações internacionais de commodities, as
quais são usualmente denominadas em dólares. Adicionalmente, a Companhia tem utilizado captações de longo prazo
em moedas estrangeiras, as quais causam exposição à variação das taxas de câmbio entre o real e a moeda estrangeira. A
Companhia administra sua exposição às taxas de câmbio por meio da composição entre dívida em moedas estrangeiras,
aplicações em moedas estrangeiras e derivativos. A política da Companhia para gestão de riscos cambiais prevê os limites
máximos e mínimos de cobertura que devem ser obedecidos, os quais são observados continuamente.

(2) Risco de exposição a variações de taxas de juros

A Companhia está exposta ao risco de que uma variação de taxas de juros flutuantes cause um aumento na sua despesa
financeira com pagamentos de juros futuros. A dívida em moeda estrangeira em taxas flutuantes está sujeita,
principalmente, à flutuação da taxa LIBOR. A dívida em moeda nacional está sujeita, principalmente, à variação da TJLP e
da variação do CDI. O risco da variação dessas taxas de juros flutuantes pode causar um aumento em sua despesa
financeira com pagamentos de juros futuros. Este risco é monitorado constantemente e mitigado parcialmente através

PÁGINA: 84 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.2 - Política de gerenciamento de riscos de mercado

de instrumentos derivativos e de alocações de Caixa com rendimento indexado a taxas de juros altamente
correlacionadas à exposição passiva da Companhia.

(3) Risco de crédito

As operações que sujeitam a Braskem à concentração de risco de crédito residem, principalmente, nas contas correntes
bancárias, aplicações financeiras e contas a receber de clientes, para as quais a Braskem fica exposta ao risco da
instituição financeira ou do cliente envolvido. Visando gerenciar este risco, a Braskem mantém contas correntes
bancárias e aplicações financeiras com instituições financeiras de grande porte, ponderando as concentrações de acordo
com o rating e os preços observados diariamente no mercado de Credit Default Swaps referenciados às instituições, bem
como celebrando contratos de compensação (netting) que minimizam o risco de crédito total decorrente das diversas
operações financeiras celebradas entre as partes.

Em 31 de dezembro de 2016, aproximadamente 23% dos valores mantidos em caixa e equivalentes de caixa estavam
alocados em contrapartes que detinham acordos de compensação com a Companhia. Nesses casos, a compensação
efetiva desses valores somente é possível em caso de default de uma das partes.

Com relação ao risco de crédito de clientes, a Companhia tem como mecanismos de proteção a análise rigorosa para a
concessão do crédito, obtenção de garantias reais e não reais quando julgadas necessárias e seguro de crédito.

(4) Risco de liquidez

A Braskem possui uma metodologia de cálculo para determinação de um caixa operacional e de um caixa mínimo que
têm o objetivo de, respectivamente: (i) garantir liquidez para o cumprimento das obrigações do próximo mês; e (ii)
garantir que a Companhia mantenha a liquidez em eventuais momentos de crise. Esses montantes são calculados
principalmente com base na previsão da geração de caixa operacional, subtraída dos vencimentos de dívidas de curto
prazo, necessidades de capital de giro e investimentos já comprometidos.

A Braskem conta com duas linhas de crédito rotativo para fins de gestão de risco de liquidez, que podem ser utilizadas
sem restrição em função da qualidade de crédito da Companhia ou em caso de deterioração no cenário
macroeconômico, nos montantes de: (i) US$ 750 milhões, até dezembro de 2019; e (ii) R$ 500 milhões, até setembro de
2019. Essas linhas de crédito permitem a redução do valor do caixa mantido pela Braskem. Em 31 de dezembro de 2016,
nenhuma dessas linhas havia sido utilizada.

(iii) Instrumentos utilizados para proteção patrimonial (hedge)

De modo geral, para a proteção patrimonial contra riscos de mercado, a Companhia utiliza swaps, non-deliverable
forwards (NDF) e contratos de opção e outros instrumentos de derivativos para mitigar riscos de variação cambial e taxa
de juros.

Em 31 de dezembro de 2016, a Braskem detinha contratos derivativos financeiros com valor nominal de R$ 5,736 bilhões,
sendo R$ 850 milhões ligados a notas de crédito à exportação, R$ 4,28 bilhão ligados à Libor, e R$ 602 milhões referentes
a câmbio.

(1) Swaps ligados a NCE

A Companhia contratou swaps para compensar a flutuação de taxas de contratos de NCE. Nessas operações, a
Companhia recebe 112,5% do CDI e paga taxa fixa do cupom cambial, periodicamente, de forma coincidente com o fluxo
de caixa da dívida.

As características de cada operação de swap estão listadas abaixo:

PÁGINA: 85 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.2 - Política de gerenciamento de riscos de mercado

Braskem (Swap de dívida)

Braskem:
Proteção Valor justo, líquido
Identificação Valor Encargos (% a.a) Vencimento 2016 2015
Swap NCE I a III 400.000 Var cambial US$ + 6,15 ago-2019 438.201 556.806
Swap NCE IV a VII 450.000 Var cambial US$ + 4,93 a 7,90 abr-2019 418.898 550.319
Total 850.000 857.099 1.107.125
-
Operações com derivativos
Ativo circulante (4.203) (12.616)
Passivo não circulante 861.302 1.119.741
Total 857.099 1.107.125

(2) Swap de taxas de juros - Libor

A Braskem Idesa detinha, em 31 de dezembro de 2016, 6 contratos de swap de taxa de juros com valor nominal de
US$1,312,892 mil, contratados sobre futuros desembolsos do Project Finance contraídos em dólares à taxa de juros
flutuantes (base Libor). Nesses swaps, a Braskem Idesa recebe taxas flutuantes (Libor) e paga taxas fixas, periodicamente,
de forma coincidente com o fluxo de caixa do financiamento. O objetivo destes swaps é compensar a variação de
despesas financeiras futuras da dívida causadas pela flutuação da Libor.

O prazo, o montante, as datas de liquidação e a taxa de juros flutuantes coincidem com os termos do Project Finance.
Swap de taxa de juros - não designado para Hedge Accounting

Braskem Idesa:
Valor Proteção Valor justo, líquido
Identificação US$ (taxa de juros a.a.) Vencimento 2016 2015
Swap Libor I a VI 1,312,892 1,9825% mai-2025 (266) 35.073
Total 1,312,892 (266) 35.073

Operações com derivativos


Ativo não circulante (29.308) (12.280)
Passivo circulante 29.042 47.353
Total (266) 35.073

(3) Opções de Venda de Dólar

Em setembro e outubro de 2016, a Braskem contratou instrumentos financeiros derivativos para mitigar parte da
exposição de seu fluxo de caixa denominado em Reais. Esta operação possui unicamente fins não-especulativos e está em
linha com a estratégia de gestão de riscos da Companhia.
Valor justo,
Proteção líquido
Identificação Valor nominal (câmbio R$ / US$) Vencimento 2016
Opção de venda de dólar 602,000 3,0000 a 3,1000 jan a dez-2017 (4.184)
Total 602,000 (4.184)

Operações com derivativos


Ativo circulante (4.184)
Total (4.184)
-

PÁGINA: 86 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.2 - Política de gerenciamento de riscos de mercado

Com o intuito de gerenciar o risco de crédito, a Companhia leva em consideração o rating das suas contrapartes em
derivativos, bem como celebrando contratos de compensação (netting) que minimizam o risco de crédito total
decorrente das diversas operações financeiras celebradas entre as partes.

(iv) Parâmetros utilizados para o gerenciamento desses riscos

Seleção dos riscos

A Companhia busca adequar sua exposição de balanço de forma a equilibrar com seu fluxo de caixa futuro. Dessa forma,
ela preferencialmente carrega dívidas de longo prazo em Dólar, já que grande parte de seu fluxo de caixa é nesta moeda.

Para efeito da análise de sensibilidade a riscos, a Companhia apresenta as exposições a moedas como se fossem
independentes, ou seja, sem refletir na exposição a uma taxa de câmbio os riscos de variação de outras taxas de câmbio
que poderiam ser indiretamente influenciadas por ela.

Seleção dos Cenários

Em consonância com a Instrução CVM nº 475/08, a Companhia inclui na análise de sensibilidade três cenários, sendo um
provável e dois que possam representar efeitos adversos para a Companhia. Na elaboração dos cenários adversos, a
Companhia considerou apenas o impacto das variáveis sobre os instrumentos financeiros, incluindo derivativos, e nos
itens cobertos por operações de hedge. Não foi considerado o impacto global nas operações da Companhia, tal como o
devido à revalorização de estoques e receitas e custos futuros. Dado que a Companhia administra sua exposição cambial
em base líquida, efeitos adversos verificados com uma alta do dólar contra o real podem ser compensados por efeitos
opostos nos resultados operacionais da Companhia.

Os resultados encontrados com a seleção dos três cenários estão detalhados nas Notas Explicativas da Administração às
Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2016.

(v) Se a Companhia opera instrumentos financeiros com objetivos diversos de proteção patrimonial (hedge) e quais
são esses objetivos.

Até 31 de dezembro de 2016, a Companhia não mantinha operações com outras finalidades além da proteção
patrimonial. Todos os instrumentos de derivativos são utilizados para proteção patrimonial e foram realizados no
mercado de balcão com grandes contrapartes financeiras e respaldados por contratos globais de derivativos no Brasil ou
no exterior. A própria Política de Gestão Financeira e de Riscos determina que as operações de hedge da Companhia
devem ser encaradas como um mecanismo de proteção do valor da Companhia, e não como um instrumento
especulativo de obtenção de ganhos futuros com arbitragem em moedas.

Isso não impede, contudo, que, no futuro, a Política acima mencionada venha a ser alterada e a Companhia venha a se
utilizar de instrumentos financeiros com outros objetivos, tais como:

(i) modificação do retorno de outros instrumentos, por meio de derivativos que modifiquem o retorno de aplicações
ou a taxa de juros ou o índice de correção de passivos financeiros, conforme seu julgamento sobre as condições mais
adequadas à Companhia (vale apontar que essas operações de modificação do retorno de aplicações ou da taxa de juros
ou do índice de correção de compromissos financeiros são realizadas para um montante não superior ao da aplicação ou
compromisso subjacente, ou seja, a Companhia não efetua posições alavancadas com derivativos); e

(ii) monetização de certos riscos, por meio de derivativos que a Companhia julgar aceitáveis em decorrência do seu
perfil exportador. Ao monetizar um risco, a Companhia poderia auferir uma receita financeira em troca de compensar a
contraparte na ocorrência de um evento específico.

PÁGINA: 87 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.2 - Política de gerenciamento de riscos de mercado

A partir do quarto trimestre de 2016, a Braskem iniciou a execução de um programa recorrente de hedge cambial, com o
objetivo de mitigar a exposição do fluxo de caixa associada aos seus fluxos passivos denominados em Reais e não
indexados ao Dólar (energia, água, folha salarial e CAPEX de manutenção, dentre outros).

A estratégia é implementada unicamente com fins não-especulativos. O programa prevê que a contratação dos
derivativos será sempre limitada ao tamanho da exposição, em consonância com a Política Financeira da Braskem.

Tendo como finalidade exclusiva a proteção do fluxo de caixa, o programa utiliza duas estratégias com instrumentos
derivativos: (i) compra de opções de venda (“Puts”) e (ii) compra de opções de venda associada à venda de opções de
compra (“Zero-Cost Collar” ou “ZCC”), contratadas com prazo máximo de até 24 meses.

Ambas as alternativas oferecem proteção no caso de valorização do Real e, simultaneamente, permitem ganhos de
competitividade em eventuais desvalorizações da moeda local.

No caso de ZCCs, todavia, este eventual benefício está limitado ao preço de exercício das opções de compra. Num cenário
onde a taxa de câmbio supere tais preços de exercício, seus efeitos serão representados nas demonstrações financeiras
como um ganho em EBITDA e uma despesa financeira que se equivalem.

A administração poderá interromper o programa a qualquer momento se entender que, por alguma razão, é a decisão
mais adequada para a Companhia.

(vi) Estrutura organizacional de controle de gerenciamento de riscos de mercado

Em termos hierárquicos, o Diretor Presidente é responsável pela aprovação de alterações na Política a serem submetidas
para deliberação do Conselho de Administração, a disseminação da cultura de Gestão de Riscos da Companhia e o
acompanhamento dos níveis de exposição aos riscos financeiros. Já o Diretor de Relações com Investidores e Responsável
por Finanças, respondendo diretamente ao Diretor Presidente, é o responsável por zelar pelo cumprimento da referida
política, por meio da formulação e implantação de diretrizes e estratégias financeiras próprias, coerentes com as
orientações estabelecidas na mencionada política. Também cabe ao Diretor de Relações com Investidores e Responsável
por Finanças a gestão do risco de mercado da Companhia, avaliando o posicionamento da Companhia para cada risco,
identificado e monitorando as variáveis quantitativas e qualitativas de forma a garantir o cumprimento das diretrizes
estabelecidas. Para apoiar nas atividades acima mencionadas, há uma gerência específica de Gestão de Riscos
Financeiros, subordinada ao Diretor de Relações com Investidores e Responsável por Finanças. As métricas de risco
previstas na Política Financeira são calculadas e apresentadas, com frequência mínima trimestral, ao Comitê de Finanças
e Investimentos, o qual é um comitê não estatutário e composto por membros de referido Conselho, que, em termos
hierárquicos, atua como apoio ao Conselho de Administração da Companhia. É importante ressaltar que a postura no
relacionamento com instituições financeiras deve estar em plena consonância com as disposições do Conselho de
Administração da Companhia, contidas a Política de Conformidade e na política de negociação de valores mobiliários,
além de alinhadas com o compromisso público assumido pela Companhia. Dependendo da operação que se pretenda
contratar, além das aprovações estatutárias necessárias, será preciso solicitar a análise do Comitê de Finanças e
Investimentos e aprovação do Conselho de Administração. Por fim, vale mencionar que a contratação de operações de
hedge que envolvam derivativos sempre devem observar uma série de pressupostos e orientações, descritas na referida
Política, em linha com o disposto no item (v), acima, deste item.

(c) adequação da estrutura operacional e controles internos para verificação da efetividade da política adotada.

A Companhia entende que a estrutura operacional e as responsabilidades descritas no item anterior são suficientes para
garantir a efetividade da Política de Gestão Financeira e de Riscos.

PÁGINA: 88 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.3 - Descrição dos controles internos

(a) Principais práticas de controles internos e o grau de eficiência de tais controles, indicando eventuais
imperfeições e as providências adotadas para corrigi-las

A administração da Braskem S.A. ("Braskem” ou “Companhia”), incluindo o Diretor Presidente (“CEO”) e o Diretor
Financeiro (“CFO”), é responsável por estabelecer e manter controles internos adequados sobre os relatórios financeiros,
conforme definido na Regra 13a-15 (f) da lei “Exchange Act de 1934” dos Estados Unidos, conforme alterada.

O controle interno da Companhia sobre o relatório financeiro é um processo desenvolvido por, e conta com a supervisão
do Diretor Presidente e do Diretor Financeiro da Companhia, e é realizado pelo conselho de administração, a
administração e outros funcionários, visando fornecer garantia razoável sobre a confiabilidade dos relatórios financeiros
e a elaboração de demonstrações financeiras para fins externos de acordo com as normas internacionais de
contabilidade (“IFRS”) emitidas pelo International Accounting Standards Board (“IASB”). Em razão das suas limitações
inerentes, o controle interno sobre relatórios financeiros pode não prevenir ou detectar erros. Além disso, as projeções
de qualquer avaliação acerca da eficácia para períodos futuros estão sujeitas ao risco de que os controles possam tornar-
se inadequados em razão de mudanças nas condições ou da deterioração do nível de aderência às políticas ou
procedimentos.

A Companhia avaliou a eficácia dos seus controles internos sobre os relatórios financeiros na data base de 31 de
dezembro de 2016 com base nos critérios estabelecidos no Controle Interno - "Estrutura Integrada" (2013) emitido pelo
Comitê de Organizações Patrocinadoras da Comissão Treadway (“COSO”). Com base em sua avaliação e em tais critérios,
a Administração concluiu pela ineficácia dos controles internos da Companhia sobre os relatórios financeiros em 31 de
dezembro de 2016, devido às ineficácias relevantes descritas abaixo:

Deficiências Relevantes nos Controles Internos de Divulgação Financeira

São deficiências, ou uma combinação de deficiências, nos controles internos de divulgação financeira que resultem em
uma possibilidade razoável de não se poder evitar ou detectar a tempo um erro material nas demonstrações financeiras
consolidadas anuais ou intermediárias da Companhia. Durante a avaliação dos controles internos de divulgação
financeira em 31 de dezembro de 2016, a Companhia identificou as seguintes deficiências relevantes.

Ambiente de Controle – Tone at the top: a não manutenção de um ambiente de controle eficaz nas altas instâncias (tone
at the top), já que alguns ex-executivos orientaram ou tinham ciência de procedimentos paralelos para anular os
controles internos e permitir que a Companhia pagasse comissão de serviço a agentes de exportação sem a respectiva
contrapartida de prestação de serviço.

Programas e controles de conformidade anticorrupção: a não manutenção de controles e programas eficazes de


conformidade anticorrupção que visem prevenir e detectar o descumprimento do Foreign Corrupt Practices Act de 1977
(FCPA) e outras leis anticorrupção aplicáveis. Tal deficiência não resultou em erros nas demonstrações financeiras de
2016, embora as demonstrações relativas a 2015 e 2014 tenham sido ajustadas retrospectivamente.

Controles relacionados a determinados pagamentos: a não manutenção de controles eficazes relacionados a


pagamentos manuais, tais como comissões por serviços de agentes de exportação, que permitiram a realização de
pagamentos sem a respectiva contrapartida de prestação de serviços. Tal deficiência não resultou em erros nas
demonstrações financeiras de 2016, embora as demonstrações relativas a 2015 e 2014 tenham sido ajustadas
retrospectivamente.

PÁGINA: 89 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.3 - Descrição dos controles internos

Controles relacionados a livros-razão: a não manutenção de controles eficazes de monitoramento, controles sobre a
reconciliação e livros diários de aprovação e revisão do livro-razão utilizado para registrar comissões incorridas e pagas a
agentes de exportação. Tal deficiência não resultou em erros nas demonstrações financeiras de 2016, embora as
demonstrações relativas a 2015 e 2014 tenham sido ajustadas retrospectivamente.

Controles relacionados a livros-razão: a não manutenção de controles relativos ao registro e monitoramento de estoques
em trânsito (nafta) no final do exercício para operações de importação de matéria-prima (nafta) processadas por uma
das controladas consolidadas da Companhia pela Braskem Netherlands. Tal deficiência resultou em ajustes nas
demonstrações financeiras reapresentadas de 2015.

Controles relativos à apresentação e divulgação de dívida de longo prazo: falha na criação dos controles relacionados a
acordos não financeiros para dívida de longo prazo, levando à classificação inadequada das obrigações de curto e longo
prazo na controlada consolidada da Braskem, Braskem Idesa.

As deficiências relevantes poderiam resultar em erros nos valores de contas ou divulgações de erros que resultariam em
erros relevantes nas demonstrações financeiras consolidadas anuais ou intermediárias da Braskem, que não seriam
prevenidos ou detectados.

Esforços de Remediação

A Administração da Companhia tem se esforçado para desenvolver e implementar esforços de remediação para
endereçar as deficiências relevantes identificadas, além de outras áreas de risco identificadas. Os seguintes esforços de
remediação, já implementados ou em processo de implementação, visam endereçar tanto as deficiências relevantes
identificadas quanto as áreas relacionadas. O desenvolvimento e a implementação destes e de outros esforços de
remediação são de responsabilidade da Administração da Companhia.

Ambiente de Controle, e programa e controles de conformidade anticorrupção: conforme descrito abaixo, foram e estão
sendo adotadas diversas medidas para fortalecer o Ambiente de Controle da Companhia e desenvolver e implementar
uma cultura, programa e controles de conformidade anticorrupção robustos. Na avaliação da Companhia, tais medidas
serão plenamente implementadas e produzirão os efeitos necessários e comprovados em 2017. Tais medidas incluem:

1. A criação, em maio de 2016, de um Comitê de Conformidade composto por membros independentes do


Conselho de Administração, com os principais objetivos de: (i) avaliar os controles internos, a exposição a riscos e
a conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis; (ii) monitorar investigações relacionadas a denúncias
relacionadas a ética, (iii) aprovar e atualizar periodicamente a Política de Ética, Conformidade e Transparência,
que trata de medidas anticorrupção e transações com partes relacionadas e (iv) desenvolver programas de
treinamento para conselheiros, diretores e determinados Integrantes. O Comitê de Conformidade é
independente da Diretoria Executiva da Companhia, e reporta-se diretamente ao Conselho de Administração.

2. Em agosto de 2016, a Braskem anunciou a contratação de um Responsável por Conformidade (CCO) experiente.
O CCO reporta-se ao Comitê de Conformidade e tem como principais responsabilidades: (i) monitorar a exposição
a riscos e sistemas de controle internos; (ii) gerenciar a auditoria interna; (iii) supervisionar o Canal Linha de Ética;
(iv) coordenar o Comitê de Ética; (v) disseminar o Código de Conduta, (vi) realizar treinamentos de conformidade;
e (vii) supervisionar políticas corporativas relacionadas a temas de conformidade.

3. Aumento da equipe de conformidade e recursos nas áreas de Controles Internos, Gestão de Risco, Conformidade
e Auditoria Interna de acordo com o departamento de Conformidade e benchmark do programa.

PÁGINA: 90 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.3 - Descrição dos controles internos

4. Criação da área de Auditoria Interna, responsável por uma avaliação independente e objetiva de processos,
verificação da conformidade com políticas e procedimentos, e verificação da eficácia e eficiência de controles.

5. Inclusão de cláusulas anticorrupção em contratos com terceiros.

6. Aprovação pelo Conselho de Administração de uma Política sobre Conformidade com Atuação Ética, Íntegra e
Transparente, que inclui a política de conformidade anticorrupção e a Política de Transações com Partes
Relacionadas da Companhia.

7. Realização de treinamentos em 2016, inclusive para o Conselho de Administração, membros da Diretoria e do


departamento Jurídico (principais tomadores de decisão) e da equipe de Conformidade, com o objetivo de
reforçar a conscientização sobre as melhores práticas de conformidade e a necessidade de robustez no ambiente
de controle interno da Companhia.

8. Implementação de um plano para programa de treinamentos para todos os Integrantes em 2017, com base em
apresentações presenciais e ferramentas de e-learning.

9. Disseminação de mensagens de conformidade em toda a Companhia (e também em áreas específicas) da alta


administração para os Integrantes.

10. Publicação e treinamento em 2017 do manual de Relações Institucionais, que rege a interação da Companhia
com políticos e outros agentes públicos.

11. Desenvolvimento, melhoria e aprimoramento contínuo do banco de dados de fornecedores, due diligence,
procedimentos de compras e pagamentos e controles associados.

12. Implementação de um novo conjunto de controles no último trimestre de 2016. Embora a Companhia tenha
concluído que tais ações sejam suficientes, ela acredita também na necessidade de alcançar maior maturidade na
execução para que tais deficiências sejam consideradas remediadas. O novo conjunto de controles inclui
melhorias nos processos que apresentaram vulnerabilidades no passado, tais como registros manuais em livros
diários, monitoramento de pagamentos de comissões e livro razão, visando garantir a existência de controles de
prevenção e detecção suficientes para mitigar os riscos.

13. Implantação de controles para garantir o registro de estoques e fornecedores para processos de importação de
matéria-prima (nafta) de uma das controladas consolidadas da Companhia, a Braskem Netherlands.

14. Adequação do processo de importação de matéria-prima para melhorar o monitoramento do estoque físico em
trânsito do fornecedor para a Braskem Netherlands e da Braskem Netherlands para a Braskem S.A.

15. Adequação do controle de monitoramento visando incluir informações e análises mais robustas para garantir a
classificação adequada das obrigações de dívida entre curto e longo prazo na Braskem Idesa.

(b) Estruturas organizacionaisenvolvidas

As estruturas organizacionais envolvidas estão devidamente apresentadas no item 5.1(b).(iii) deste Formulário de
Referência.

Todos os controles internos de companhias e processos relevantes são submetidos as análises de desenho e eficácia. O
critério de relevância é definido através de materialidade e pelo processo de gestão de risco que utiliza a metodologia
COSO 2013.

PÁGINA: 91 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.3 - Descrição dos controles internos

Os controles internos são gerenciados pelos Líderes das áreas de negócios e de apoio, intitulados “control owners” das
localidades nacionais e estrangeiras que fazem parte do escopo, os quais são responsáveis pela gestão eficaz dos
controles internos.

O Conselho Fiscal da Braskem, de caráter permanente e que exerce funções de Comitê de Auditoria (Conselho Fiscal
“Turbinado”), fiscaliza a eficácia dos controles internos e é informado pela área de Conformidade sobre o plano de
trabalho (escopo, cronograma, metodologia), status, resultados e planos de ação determinados pelas áreas responsáveis
no tocante a deficiências e melhorias de controles.

A área de Conformidade é composta pelas frentes de Controles internos, Gestão de riscos, Compliance e Auditoria
interna, com o objetivo de apoiar a Companhia na construção e melhorias de processos e boas práticas, com base em
critérios de relevância de materialidade e riscos aplicáveis. O líder de Conformidade é o CCO Responsável pela
Conformidade, que, por sua vez, responde ao Conselheiro Coordenador do Comitê de Conformidade.

Em maio de 2016, o Conselho de Administração da Braskem criou seu quarto Comitê de Apoio Permanente, o Comitê de
Conformidade, e estabeleceu que o Líder de Conformidade deve reportar diretamente ao Conselheiro Coordenador deste
Comitê. Nesta oportunidade, o Conselho de Administração também definiu os objetivos do Comitê de Conformidade bem
como os papéis e responsabilidades do respectivo Conselheiro Coordenador e do Líder de Conformidade.

(c) Forma de supervisão da eficiência dos controles internos pela administração da Companhia, indicando
o cargo das pessoas responsáveis pelo referido acompanhamento

Todos os resultados de testes de eficácia dos controles internos são supervisionados pelos líderes de processos das áreas
de negócios e de apoio da Companhia.

Para as deficiências de controles identificadas para o período auditado, os líderes são formalmente comunicados e
elaboram planos de ação para remediação de ocorrências passadas e prevenção contra recorrências. Estes planos são
avaliados pela equipe de Conformidade e testes são realizados por esta equipe para averiguar a eficácia dos planos. Em
virtude da identificação de deficiências materiais para alguns controles internos da Companhia, os planos de ação são
monitorados pelos líderes de forma mais rígida e frequente, em busca da mitigação de vulnerabilidades para os períodos
futuros.

(d) Deficiências e recomendações sobre os controles internos presentes no relatório circunstanciado,


preparado e encaminhado ao emissor pelo auditor independente, nos termos da regulamentação emitida pela CVM
que trata do registro e do exercício da atividade de auditoriaindependente

Na opinião PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes, ou PricewaterhouseCoopers, que é a empresa


responsável pela realização da auditoria para fins de controles internos da Companhia, os balanços patrimoniais e
demonstrações consolidadas do resultado, do resultado abrangente, das mutações do patrimônio líquido e do fluxo de
caixa representam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição financeira da Companhia. e das suas
controladas em 31 de dezembro de 2016 e 2015, e os resultados das suas operações e fluxos de caixa durante os três
anos findos em 31 de dezembro de 2016, em conformidade com as Normas Internacionais de Contabilidade
(International Financial Reporting Standards, ou IFRS) emitidas pelo International Accounting Standards Board (IASB).
Ainda, na opinião da PricewaterhouseCoopers, a Companhia não manteve, em todos os aspectos relevantes, controles
internos eficazes de divulgação financeira em 31 de dezembro de 2016, com base nos critérios estabelecidos no Controle
Interno – Marco Integrado (Internal Control – Integrated Framework) (2013), emitido pelo Comitê de Organizações

PÁGINA: 92 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.3 - Descrição dos controles internos

Patrocinadoras da Comissão Treadway (Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission - COSO)
(2013), em razão das seguintes deficiências relevantes dos controles internos de divulgação financeira naquela data:

(i) não manutenção de um ambiente de controle eficaz nas altas instâncias (tone at the top), já que alguns ex-executivos
orientaram ou tinham ciência de procedimentos paralelos para anular os controles internos e permitir que a Companhia
pagasse comissão de serviço a agentes de exportação sem a respectiva contrapartida de prestação de serviço;

(ii) não manutenção de controles e programas eficazes de conformidade e combate à corrupção que visem prevenir e
detectar o descumprimento do Foreign Corrupt Practices Act de 1977 (FCPA) e outras leis anticorrupção aplicáveis;

(iii) não manutenção de controles eficazes relacionados a pagamentos realizados manualmente, tais como comissões por
serviços de agentes de exportação, que permitiram a realização de pagamentos sem a respectiva contrapartida de
prestação de serviços pelo contratado;

(iv) não manutenção de controles eficazes de monitoramento, controles sobre a reconciliação e livros diários de
aprovação e revisão do livro-razão utilizado para registrar comissões incorridas e pagas a agentes de exportação;

(v) não manutenção de controles relativos ao registro e monitoramento de estoque em trânsito no final do ano para
operações de importação de matéria-prima processada por uma das controladas consolidadas da Companhia, a Braskem
Netherlands; e

(vi) deficiência na criação de controles relacionados a cláusulas não financeiras para dívidas de longo prazo, que levaram
à classificação equivocada entre obrigações com dívidas de curto e de longo prazo na controlada consolidada da
Braskem, a Braskem Idesa.

São deficiências materiais quaisquer deficiências, ou combinação de deficiências, nos controles internos de divulgação
financeira que resultem em uma possibilidade razoável de não se poder evitar ou detectar a tempo um erro material nas
demonstrações financeiras consolidadas anuais ou intermediárias. A PricewaterhouseCoopers considera tais deficiências
relevantes na determinação da natureza, tempestividade e extensão dos testes de auditoria aplicados durante a
auditoria das demonstrações financeiras consolidadas de 2016, e a na opinião deles com relação à eficácia dos controles
internos da companhia sobre divulgação financeira não afeta a opinião deles com relação a tais demonstrações
financeiras consolidadas. A administração da Companhia é responsável por tais demonstrações financeiras, pela
manutenção de controles internos eficazes de divulgação financeira e por avaliar a eficácia dos controles internos de
divulgação financeira. A responsabilidade da PricewaterhouseCoopers é a de emitir pareceres sobre tais demonstrações
financeiras e sobre os controles internos de divulgação financeira da companhia com base em nossas auditorias
integradas. A PricewaterhouseCoopers realiza as suas auditorias conforme as normas do Conselho Norte-Americano de
Supervisão de Companhias Abertas (Public Company Accounting Oversight Board) (Estados Unidos). Tais normas exigem
o planejamento da PricewaterhouseCoopers e a realização das auditorias visando obter certeza razoável de que as
demonstrações financeiras estejam livres de erros e de que houve manutenção de controles internos eficazes de
divulgação financeira em todos os aspectos materiais. A auditoria das demonstrações financeiras realizada pela
PricewaterhouseCoopers incluiu o exame, com base em testes, de evidências que apoiem os valores e a divulgação nas
demonstrações financeiras, avaliando os princípios contábeis utilizados e estimativas significativas realizadas pela
administração, além da avaliação da apresentação geral das demonstrações financeiras. Auditoria dos controles internos
sobre divulgação financeira realizada pela PricewaterhouseCoopers incluiu a compreensão dos controles internos de
divulgação financeira, avaliação do risco de existência de uma deficiência relevante, e teste e avaliação da criação e

PÁGINA: 93 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.3 - Descrição dos controles internos

eficácia operacional de controles internos com base nos riscos avaliados. A auditoria realizada pela
PricewaterhouseCoopers incluiu ainda a realização de outros procedimentos considerados necessários nas respectivas
circunstâncias. A realizada pela PricewaterhouseCoopers acredita que a auditoria deles tenha fornecido base razoável
para a opinião por eles emitida.

Conforme discutido na Nota 2.4 às demonstrações financeiras consolidadas, as demonstrações financeiras consolidadas
relativas a 2015 e 2014 foram reapresentadas retrospectivamente para refletir impostos devidos em anos anteriores que
foram reconhecidos fiscalmente e recolhidos em 2016, no valor de R$ 251.917 mil e R$ 229.311 mil, respectivamente, e
R$ 30.268 mil e R$ 20.015 mil a título de ajuste da conta Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos.

Os controles internos de uma companhia sobre a divulgação financeira é um processo que visa fornecer certeza razoável
com relação à confiabilidade da divulgação das informações financeiras para fins externos, em conformidade com os
princípios contábeis geralmente aceitos. Os controles internos de uma companhia sobre a divulgação financeira incluem
as políticas e procedimentos que: (i) estejam relacionados à manutenção de registros que, em um nível razoável de
detalhes, reflitam de maneira precisa e adequada as transações e vendas de ativos da companhia; (ii) ofereçam um nível
razoável de certeza de que as transações estejam registradas da forma adequada para permitir a elaboração das
demonstrações financeiras conforme os princípios contábeis geralmente aceitos, e que as receitas e despesas da
companhia sejam realizadas somente conforme autorizado pela administração e pelo conselho da companhia; e (iii)
ofereçam certeza razoável com relação à prevenção ou detecção oportuna de aquisições, utilização ou vendas não
autorizadas de ativos da companhia que possam causar um impacto relevante nas demonstrações financeiras.

Em razão das suas limitações inerentes, o controle interno de divulgação financeira pode não ser capaz de prevenir ou
detectar erros. Além disso, as projeções de qualquer avaliação acerca da eficácia para períodos futuros estão sujeitas ao
risco de que os controles possam tornar-se inadequados em razão de mudanças nas condições ou da deterioração do
nível de aderência às políticas ou procedimentos.

(e) comentários dos diretores sobre as deficiências apontadas no relatório circunstanciado preparado
pelo auditor independente e sobre as medidas corretivas adotadas

A administração da Braskem S.A. ("Braskem” ou “Companhia”), incluindo o Diretor Presidente (“CEO”) e o Diretor
Financeiro (“CFO”), é responsável por estabelecer e manter controles internos adequados sobre os relatórios financeiros,
conforme definido na Regra 13a-15 (f) da lei “Exchange Act de 1934” dos Estados Unidos, conforme alterada.

O controle interno da Companhia sobre o relatório financeiro é um processo desenvolvido por, e conta com a supervisão
do Diretor Presidente e do Diretor Financeiro da Companhia, e é realizado pelo conselho de administração, a
administração e outros funcionários, visando fornecer garantia razoável sobre a confiabilidade dos relatórios financeiros
e a elaboração de demonstrações financeiras para fins externos de acordo com as normas internacionais de
contabilidade (“IFRS”) emitidas pelo International Accounting Standards Board (“IASB”). Em razão das suas limitações
inerentes, o controle interno sobre relatórios financeiros pode não prevenir ou detectar erros. Além disso, as projeções
de qualquer avaliação acerca da eficácia para períodos futuros estão sujeitas ao risco de que os controles possam tornar-
se inadequados em razão de mudanças nas condições ou da deterioração do nível de aderência às políticas ou
procedimentos.

A Companhia avaliou a eficácia dos seus controles internos sobre os relatórios financeiros na data base de 31 de
dezembro de 2016 com base nos critérios estabelecidos no Controle Interno - "Estrutura Integrada" (2013) emitido pelo
Comitê de Organizações Patrocinadoras da Comissão Treadway (“COSO”). Com base em sua avaliação e em tais critérios,

PÁGINA: 94 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.3 - Descrição dos controles internos

a Administração concluiu pela ineficácia dos controles internos da Companhia sobre os relatórios financeiros em 31 de
dezembro de 2016, devido às ineficácias relevantes descritas abaixo:

Deficiências Relevantes nos Controles Internos de Divulgação Financeira

São deficiências, ou uma combinação de deficiências, nos controles internos de divulgação financeira que resultem em
uma possibilidade razoável de não se poder evitar ou detectar a tempo um erro material nas demonstrações financeiras
consolidadas anuais ou intermediárias da Companhia. Durante a avaliação dos controles internos de divulgação
financeira em 31 de dezembro de 2016, a Companhia identificou as seguintes deficiências relevantes.

Ambiente de Controle – Tone at the top: a não manutenção de um ambiente de controle eficaz nas altas instâncias (tone
at the top), já que alguns ex-executivos orientaram ou tinham ciência de procedimentos paralelos para anular os
controles internos e permitir que a Companhia pagasse comissão de serviço a agentes de exportação sem a respectiva
contrapartida de prestação de serviço.

Programas e controles de conformidade anticorrupção: a não manutenção de controles e programas eficazes de


conformidade anticorrupção que visem prevenir e detectar o descumprimento do Foreign Corrupt Practices Act de 1977
(FCPA) e outras leis anticorrupção aplicáveis. Tal deficiência não resultou em erros nas demonstrações financeiras de
2016, embora as demonstrações relativas a 2015 e 2014 tenham sido ajustadas retrospectivamente.

Controles relacionados a determinados pagamentos: a não manutenção de controles eficazes relacionados a pagamentos
manuais, tais como comissões por serviços de agentes de exportação, que permitiram a realização de pagamentos sem a
respectiva contrapartida de prestação de serviços. Tal deficiência não resultou em erros nas demonstrações financeiras
de 2016, embora as demonstrações relativas a 2015 e 2014 tenham sido ajustadas retrospectivamente.

Controles relacionados a livros-razão: a não manutenção de controles eficazes de monitoramento, controles sobre a
reconciliação e livros diários de aprovação e revisão do livro-razão utilizado para registrar comissões incorridas e pagas a
agentes de exportação. Tal deficiência não resultou em erros nas demonstrações financeiras de 2016, embora as
demonstrações relativas a 2015 e 2014 tenham sido ajustadas retrospectivamente.

Controles relacionados a livros-razão: a não manutenção de controles relativos ao registro e monitoramento de estoques
em trânsito (nafta) no final do exercício para operações de importação de matéria-prima (nafta) processadas por uma das
controladas consolidadas da Companhia pela Braskem Netherlands. Tal deficiência resultou em ajustes nas
demonstrações financeiras reapresentadas de 2015.

Controles relativos à apresentação e divulgação de dívida de longo prazo: falha na criação dos controles relacionados a
acordos não financeiros para dívida de longo prazo, levando à classificação inadequada das obrigações de curto e longo
prazo na controlada consolidada da Braskem, Braskem Idesa.

As deficiências relevantes poderiam resultar em erros nos valores de contas ou divulgações de erros que resultariam em
erros relevantes nas demonstrações financeiras consolidadas anuais ou intermediárias da Braskem, que não seriam
prevenidos ou detectados.

PÁGINA: 95 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.4 - Alterações significativas

(1) Em relação as políticas de gerenciamento de riscos:

Uma nova versão da Política Financeira da Companhia foi aprovada pelo Conselho de Administração em 28 de março de
2017. No entanto, não houve alterações materiais em relação à Política anteriormente vigente, de modo que o perfil de
risco financeiro da Companhia permanece o mesmo em relação aos anos recentes.

Em 28 de novembro de 2016, o Conselho de Administração da Braskem aprovou a Política de Conformidade, que é


resultado da revisão e atualização completa do seu Código de Conduta anteriormente em vigor.

(2) Em relação aos riscos aos quais a Companhia está exposta:

A Companhia adicionou os seguintes fatores de riscos, conforme descritos no “Item 4.1. Descrição dos fatores de risco”:

 A Companhia poderá ser negativamente impactada pelos efeitos do Acordo Global;


 Uma vez que a Braskem Finance Limited não possui operações próprias, os detentores das Notas 2024
dependem que a Braskem forneça à Braskem Finance Limited recursos suficientes para os pagamentos devidos
no âmbito das Notas 2024
 Os pagamentos das garantias da Braskem são subordinados às obrigações de dívida com garantia da Braskem e
subordinadas efetivamente às obrigações de dívidas das controladas e coligadas da Braskem
 As obrigações da Braskem com relação às garantias são subordinadas a determinadas preferências legais
 O eventual rebaixamento na classificação de risco do Brasil, da Companhia ou de seus títulos de dívida
provavelmente resultaria em aumentos das taxas de juros e de outras despesas financeiras relacionadas aos
empréstimos e títulos de dívida, podendo reduzir sua liquidez
 A Companhia está exposta a comportamentos de funcionários e não funcionários que podem ser incompatíveis
com os seus padrões éticos e de conformidade. Caso não sejam prevenidos, detectados ou remediados a tempo,
tais comportamentos e/ou vulnerabilidades de processos poderiam impactar material e negativamente os
resultados das operações e a situação financeira da Companhia.
 Detentores de ADSs ou de ações preferenciais classe A nos Estados Unidos podem não ter os mesmos direitos de
preferência que os acionistas brasileiros possuem, de acordo com a legislação brasileira, na subscrição de ações
resultantes de aumentos de capital realizados por nós.
 Restrições sobre a movimentação do capital para fora do Brasil podem prejudicar o recebimento de pagamentos
sobre garantias pelo investidor e podem restringir nossa capacidade de realizar pagamentos em dólares norte-
americanos.
 A política cambial brasileira pode afetar a capacidade da Braskem de realizar remessas de valores para fora do
Brasil para o cumprimento das garantias.
 As leis fiscais brasileiras podem produzir um efeito adverso nos tributos aplicáveis à alienação de nossas ADSs e
ações preferenciais.
 A lei de falências brasileira pode ser menos favorável aos investidores que as leis de falência ou insolvência de
outras jurisdições.
 As condições políticas no México podem afetar de forma material e negativamente a política econômica
mexicana e, consequentemente, as operações da Companhia.
 Os acontecimentos em outros países podem afetar de maneira adversa a economia mexicana, bem como o
desempenho financeiro da Companhia e o preço das suas ações.

PÁGINA: 96 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.4 - Alterações significativas

 Caso a Companhia não seja capaz de cumprir com as restrições e cláusulas dos seus contratos de dívida, ela
poderia vir a descumprir tais contratos, levando à antecipação do pagamento dos valores emprestados, com
impacto na capacidade da Companhia de realizar o pagamento do principal e juros das suas obrigações de dívida.

E, a Companhia excluiu o fator de risco “A produção de gás natural liquefeito, principalmente na América do Norte pode
levar a uma redução nos preços globais de polietileno, o que reduziria nossa margem bruta, causando um impacto
negativo em nosso desempenho financeiro geral”.

(3) Comentários sobre expectativas de redução ou aumento na exposição do emissor aos riscos

A Companhia acredita que a implementação da nova Política Financeira e da Política de Conformidade fortaleceu os
processos de identificação, análise, tratamento e monitoramento dos riscos aos quais a Companhia está exposta.

PÁGINA: 97 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.5 - Outras inf. relev. - Gerenciamento de riscos e controles internos

Instrumentos Derivativos

Em relação aos instrumentos de derivativos utilizados para proteção patrimonial contra riscos de mercado, vale
mencionar que tais instrumentos são apresentados no balanço patrimonial pelo valor justo, no ativo ou no passivo,
conforme o valor justo represente um saldo positivo ou negativo para a Companhia, respectivamente. Os instrumentos
financeiros derivativos são obrigatoriamente classificados como “mantidos para negociação”. As variações periódicas do
valor justo dos derivativos são reconhecidas na Demonstração de Resultado da Companhia como receitas ou despesas
financeiras no mesmo período em que ocorrem, exceto quando o derivativo é designado e se qualifica para a
contabilização de hedge de fluxo de caixa no período em questão.

O valor justo dos derivativos é apurado da seguinte forma:

 a partir de fontes públicas, no caso de derivativos negociados em bolsas;


 a partir de modelos de fluxos de caixa descontados, quando o derivativo é uma compra ou venda a termo ou um
contrato de swap; ou
 a partir de modelos de avaliação de contratos de opções, como o modelo BlackScholes, quando o derivativo
contém aspectos de opção.
As premissas de avaliação (dados do modelo) são obtidas junto a fontes que refletem preços atuais observáveis no
mercado, sobretudo curvas de taxas de juros e preços de moeda a termo, divulgadas pela Bolsa de Mercadorias e
Futuros, taxas de câmbio à vista, divulgadas pelo Banco Central do Brasil, e curvas de taxas de juros internacionais
divulgadas por serviços reconhecidos de cotações, como Bloomberg ou Reuters.

Hedge Accounting de Vendas e Exportações Futuras

A Controladora designou passivos em moeda estrangeira (financiamentos e contas pagar para fornecedores) para a
proteção de exportações futuras. Nessa operação se sobressaem duas estimativas e julgamentos críticos: a realização
das vendas e o refinanciamento, rolagem ou substituição dos passivos designados. Em relação às exportações, elas estão
previstas no plano de negócios da Companhia, porque são parte da sua estratégia e inerentes ao negócio onde atua. O
histórico de exportações confirma essa afirmação. Em relação aos passivos, a Controladora importa em torno de 30% da
nafta que consome e tem no mercado externo uma fonte permanente de financiamentos para os seus projetos de
expansão e de manutenção da sua capacidade produtiva. A manutenção de um nível mínimo de passivos líquidos em
dólares está previsto na Política Financeira da Companhia.

A Braskem Idesa designou a totalidade do financiamento obtido para a construção da sua planta industrial para a
proteção de parte das vendas que serão realizadas na mesma moeda do financiamento, dólar norte americano. A
estimativa das vendas está contemplada no projeto que foi apresentado aos bancos/financiadores que viram
consistência na projeção, de tal sorte que concederam à Braskem Idesa um financiamento que será pago exclusivamente
com o caixa a ser gerado por essas vendas. Todas as considerações comerciais do projeto foram amparadas por estudos
de mercado realizados por consultorias especializadas durante a análise da sua viabilidade.

No ano de 2016, a valorização do real em relação ao dólar foi de 19,8%. Caso a Companhia não tivesse optado pela
manutenção da contabilidade de hedge, o impacto no resultado financeiro consolidado teria aumentado em R$ 2.126
milhões (+R$ 4,12 bilhões referente à operação da Braskem S.A. e -R$ 1,99 bilhão à operação da Braskem Idesa), antes
dos impostos.

PÁGINA: 98 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.5 - Outras inf. relev. - Gerenciamento de riscos e controles internos

Este efeito da variação cambial permanecerá represado na conta de Ajuste de Avaliação Patrimonial do Patrimônio
Líquido, até que (i) as exportações e vendas futuras designados aconteçam ou (ii) deixem de ser prováveis e poderá
afetar negativamente o resultado da mesma em exercícios futuros.

Seguros

Além das apólices descritas abaixo para nossas operações domésticas e internacionais, mantemos outras apólices de
seguro para riscos específicos, como cobertura de responsabilidade civil de conselheiros e diretores, acidentes de
trabalho, responsabilidade do empregador, seguro de veículos, carga marítima e transportadoras, entre outros.

Não prevemos dificuldades para renovar quaisquer de nossas apólices de seguro e acreditamos que nossa cobertura de
seguro seja razoável em termos de valores e compatível com os padrões aplicáveis a companhias com operação no setor
químico global.

Operações no Brasil, Estados Unidos e Alemanha

A Companhia mantém seguros para todas as suas plantas contra danos materiais e consequente interrupção de
atividades por meio de apólices abrangentes contra “todos os riscos”.

O programa de seguro contra todos os ricos para as nossas plantas no Brasil possui valor de reposição total de US$ 27,8
bilhões para danos à propriedade. O programa de seguro foi contratado através de apólices diversas no Brasil e nos
Estados Unidos junto a grandes seguradoras. O atual programa/apólice do tipo “todos os riscos” é válida até outubro de
2018.

A tabela abaixo apresenta informações adicionais relacionadas às nossas apólices de seguro:

Apólice/Região (US$ Valor em Risco Limite de cobertura Comentários


bilhões) (Danos Materiais) combinada de danos
materiais e interrupção de
atividades
Brasil 21,7 3,375 Aumento de limite de US$ 2 bilhões
para US$ 3,375 bilhões.

México 4,4 3,153 Aumento de limite para desastres


naturais de US$ 1,5 bilhões para
US$ 2 bilhões.
Estados Unidos e 1,7 0,33 Aumento de limite de US$ 250
Alemanha milhões para US$ 330 milhões;
Limite de inundação, vento e
terremotos de US$ 300 milhões no
agregado e US$ 200 milhões por
evento.

O seguro contra danos materiais para as plantas prevê cobertura por prejuízos decorrentes de acidentes resultantes de
incêndio, explosão e quebra de maquinário, entre outros e consequente interrupção de atividades, com períodos
máximos de indenização que variam de 12 a 33 meses, dependendo da planta e / ou da cobertura.

Essa cobertura apresenta limite máximo de indenização de US$2 bilhões (cobertura combinada de danos materiais e
interrupção de atividades) por sinistro para as plantas brasileiras e US$250 milhões (cobertura combinada de danos

PÁGINA: 99 de 605
Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

5.5 - Outras inf. relev. - Gerenciamento de riscos e controles internos

materiais e interrupção de atividades, excluindo-se danos causados por inundação e terremotos, que possuem
indenização máxima de US$ 200 milhões) para as plantas nos Estados Unidos e Alemanha. Nossas apólices têm franquias
que variam de US$ 250.000 até US$ 20 milhões, dependendo da planta e/ou da cobertura.

A cobertura para interrupção de atividades destas apólices prevê cobertura contra por perdas decorrentes de
interrupções devidas a qualquer dano material coberto pela apólice de patrimônio. Os prejuízos permanecem cobertos
por um período máximo de indenização que varia entre 12 e 24 meses, com franquias variando entre 45 e 90 dias,
dependendo da planta e/ou da cobertura.

Como parte do nosso programa de seguro, mantemos também apólice de responsabilidade civil perante terceiros,
cobrindo prejuízos referentes a danos causados por nossas operações e produtos a terceiros, inclusive poluição
ambiental súbita. A apólice possui um valor agregado máximo indenizável de US$ 300 milhões para Brasil, Estados Unidos
e Alemanha.

Operações no México

A Companhia mantém um programa de seguros para a sua operação no México, que se compara a programas mantidos
por grandes empresas do setor no mundo todo. O programa inclui: (1) cobertura do patrimônio e por interrupção dos
negócios no valor total de até US$ 3.153 milhões;(2) cobertura contra terrorismo até o limite de US$1.212 milhões; (3)
cobertura de carga marítima até o limite de US$ 6 milhões; (4) cobertura por responsabilidade geral com indenização de
até US$ 210 milhões por evento; e (5) responsabilidade por poluição com indenização máxima de até US$ 50 milhões.

PÁGINA: 100 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

6.1 / 6.2 / 6.4 - Constituição do emissor, prazo de duração e data de registro na CVM

Data de Constituição do Emissor 12/01/1972

Forma de Constituição do Emissor Sociedade limitada

País de Constituição Brasil

Prazo de Duração Prazo de Duração Indeterminado

Data de Registro CVM 18/12/1978

PÁGINA: 101 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

6.3 - Breve histórico

Constituição e primeiro período

Com a finalidade de planejar, executar e coordenar as atividades do Polo Petroquímico do Nordeste, a Companhia foi
constituída em 1972 sob a denominação de Petroquímica do Nordeste Copene Ltda. A construção do Polo Petroquímico
do Nordeste fez parte de uma política de desenvolvimento do governo brasileiro implementada no início da década de
1970, visando diversificar a distribuição geográfica de ativos industriais e promover o crescimento econômico nas
diferentes regiões do Brasil. Em 18 de junho de 1974, a Companhia foi transformada em sociedade anônima, tendo sua
razão social alterada para Copene Petroquímica do Nordeste S.A. Em agosto de 1995, o capital social da Companhia era
distribuído da seguinte forma: (i) a Petrobras Química S.A. (“Petroquisa”), subsidiária do setor petroquímico da Petróleo
Brasileiro S.A. - Petrobras (“Petrobras”), detinha 36,2% do capital total da Companhia, representando 48,2% do capital
votante, (ii) a Nordeste Química S.A. (“Norquisa”), sociedade então controlada por diversos produtores de segunda
geração do Polo Petroquímico do Nordeste, detinha 17,3% do capital total da Companhia, representando 47,6% do
capital votante, e (iii) o restante do capital era detido por diversos grupos do setor privado brasileiro, fundos de pensão,
bancos e empregados da Companhia.

Privatização da Companhia

Em agosto de 1995, como parte do programa de privatização implantado pelo governo brasileiro, a Petroquisa vendeu
em leilão 14,8% do capital da Companhia, representando 32,8% do capital votante. A Norquisa adquiriu, nesse leilão,
5,5% do capital total, representando 10,8% do capital votante, sendo as demais ações adquiridas por diversos fundos de
pensão brasileiros. Após o leilão, a Norquisa passou a ser a acionista controladora da Companhia.

Consolidação dos ativos petroquímicos

Em 2001, a Organização Odebrecht e um grupo de empresas controladas pela família Mariani adquiriram o controle da
Norquisa mediante compras de ações de emissão desta companhia e conferência à Companhia de (i) 66,7% das ações
com direito a voto da Polialden Petroquímica S.A. (“Polialden”); e (ii) 35,0% das ações com direito a voto da Politeno
Indústria e Comércio S.A. (“Politeno”). Ainda nesse contexto, a Companhia incorporou a Proppet S.A., sociedade detida
pela Organização Odebrecht.

Em 2002, a Companhia adquiriu da Organização Odebrecht e do Grupo Mariani, em troca de ações representativas de
47,3% do capital votante e total da Companhia: (i) a OPP Química S.A. (“OPP”), que por sua vez detinha 41,6% do capital
total e 64,4% do capital votante da Trikem S.A. (“Trikem”); (ii) 29,5% do capital total e votante da Copesul – Companhia
Petroquímica do Sul (“Copesul”); e (iii) 92,3% do capital total e 95,5% do capital votante da Nitrocarbono S.A.
(“Nitrocarbono”).

Ainda em 2002, ao fim dessas operações, a razão social da Companhia foi alterada para Braskem S.A.

Consolidação das participações minoritárias

De 2003 a 2007, a Companhia adquiriu participações minoritárias da Nitrocarbono, da OPP, da Polialden, da Trikem e da
Politeno, tendo incorporado referidas sociedades ao final das operações.

Operação Ipiranga

Em março de 2007, a Companhia, em parceria com a Petrobras e com o grupo Ultra, iniciou o processo de aquisição dos
ativos petroquímicos e de refino de petróleo do Grupo Ipiranga (“Operação Ipiranga”). A Operação Ipiranga envolveu a
aquisição, pela Ultrapar Participações S.A. (“Ultrapar”), (i) dos ativos de distribuição de combustíveis e lubrificantes
localizados nas regiões Sul e Sudeste; (ii) na qualidade de comissária, por conta e ordem da Petrobras, dos ativos de
distribuição de combustíveis e lubrificantes localizados nas regiões Norte, Nordeste e Centro- Oeste; e (iii) na qualidade
de comissária, por conta e ordem da Companhia e da Petrobras, da totalidade dos ativos petroquímicos do Grupo

PÁGINA: 102 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

6.3 - Breve histórico

Ipiranga, conforme descrito abaixo. Adicionalmente, os Contratos da Operação Ipiranga foram celebrados a fim de
compartilhar igualmente entre a Companhia, a Petrobras e a Ultrapar, os negócios de refino de petróleo da Refinaria de
Petróleo Ipiranga S.A. (“RPI”), hoje denominada Refinaria de Petróleo Riograndense S.A.

Referidos ativos petroquímicos eram representados pela totalidade das ações de emissão da Ipiranga Química S.A. (“IQ”),
por 86,9% do capital votante e 92,4% do capital total da Ipiranga Petroquímica S.A. (“IPQ”), controlada da IQ, e pela
participação de 29,5% que a IPQ detinha na Copesul – Companhia Petroquímica do Sul (“Copesul”).

Em fevereiro de 2008, foi concluída a transferência dos ativos petroquímicos através da transferência da participação
societária então detida pela Ultrapar na IQ para a Companhia e para a Petrobras na proporção de 60% e 40%,
respectivamente. Por fim, em março de 2009, a Ultrapar efetuou a divisão por igual entre a Companhia, a Ultrapar e a
Petrobras das participações societárias na RPI, concluindo a Operação Ipiranga.

Operação Petrobras

Em novembro de 2007, com o objetivo de consolidar o setor petroquímico em empresas com capacidade competitiva
para participar ativamente do mercado global, possibilitando ganhos de escalas e sinergias, a Petrobras e a Petroquisa
celebraram acordo de investimentos com a Companhia, a Odebrecht S.A. e a Norquisa, segundo o qual os ativos
petroquímicos detidos pela Petroquisa, subsidiária da Petrobras, foram integrados na Companhia, quais sejam, as
participações societárias detidas, direta ou indiretamente, no capital social da Copesul, da IPQ, da IQ, da Petroquímica
Paulínia S.A. (“PPSA”) e da Petroquímica Triunfo S.A. (“Triunfo”).

A operação foi realizada em duas fases distintas e independentes entre si: (i) a primeira fase correspondeu à integração,
na Companhia, das participações que a Petrobras e a Petroquisa detinham, direta e indiretamente, no capital social da
Copesul, IPQ, IQ e PPSA; e (ii) a segunda fase correspondeu à opção outorgada à Petrobras de, através da Petroquisa,
integrar na Companhia até 100% do capital total e votante da Triunfo.

Como resultado da integração dos ativos da primeira fase, a Petrobras passou a deter, direta e indiretamente, 30% do
capital votante e 23,1% do capital total da Companhia, e a Companhia, por sua vez, passou a deter (i) 99,17% das ações
de emissão da Copesul; (ii) todas as ações de emissão da IQ, a qual detinha à época todas as ações de emissão da IPQ; e
(iii) todas as ações de emissão da PPSA.

Adicionalmente, concluindo a primeira fase da Operação Petrobras, em meio a uma reorganização societária do grupo
econômico da Companhia visando a simplificar a estrutura societária, a Companhia incorporou em setembro de 2008: (i)
uma parcela cindida da IQ, correspondente às participações na IPQ e na ISATEC – Pesquisa, Desenvolvimento e Análises
Químicas Ltda. (“ISATEC”), (ii) a IPQ, que por sua vez havia incorporado a Copesul, e (iii) a PPSA.

Em maio de 2009, na segunda fase da operação, a Companhia incorporou a Triunfo, companhia na qual a Petrobras,
através da Petroquisa, detinha 85% do capital total. Em virtude dessa incorporação, os acionistas da Triunfo receberam
ações preferenciais Classe A de emissão da Companhia, representativas de 4,1% do total de ações de tal classe, e a
Petrobras aumentou sua participação na Companhia, passando a deter 25,3% do capital social total e 31% do capital
votante da Companhia.

Em 22 de Janeiro de 2010, foi assinado o Acordo de Investimento (“Acordo de Investimento da Quattor”) firmado entre
Odebrecht S.A, Odebrecht Serviços e Participações S.A, Petróleo Brasileiro S.A, Petrobrás Química (subsidiária
petroquímica da Petrobrás), Unipar e BRASKEM. O Acordo de Investimento estabeleceu as seguintes etapas da Operação:
(i) a formação de uma holding, a BRK Investimentos Petroquímicos S.A., com a totalidade das ações ordinárias de emissão
da BRASKEM detidas por Odebrecht e Petrobras; (ii) aportes de recursos na BRK, em dinheiro por Odebrecht e Petrobras;
(iii) aumento de capital da BRASKEM sob a forma de uma subscrição privada por seus acionistas; (iv) aquisição pela
BRASKEM das ações da Quattor detidas pela Unipar; (v) aquisição pela BRASKEM de 100% das ações da Unipar Comercial

PÁGINA: 103 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

6.3 - Breve histórico

e Distribuidora S.A. e de 33,3% das ações da Polibutenos S.A. Indústrias Químicas; (vi) incorporação pela BRASKEM das
ações da Quattor detidas pela Petrobras; e (vii) oferta pública por alienação indireta de controle da Quattor Petroquímica
S.A., empresa controlada da Quattor.

A Quattor Petroquímica S.A. teve as suas ações incorporadas pela Braskem S.A., tornando-se sua subsidiária integral em
27 de dezembro de 2010. Em 29 de abril de 2011, a denominação da Quattor Petroquímica S.A. passou a ser Braskem
Petroquímica S.A.

Em 18 de junho de 2010 foi aprovada, em Assembléia Geral Extraordinária, a incorporação de ações da Quattor
Participações S.A. pela Braskem S.A. Em 01 de setembro de 2010 foi aprovada, em Assembléia Geral Extraordinária, a
incorporação da Quattor Química pela Quattor Participações S.A. Já em 05 de dezembro de 2011 a denominação social
da QUATTOR PARTICIPAÇÕES S.A. foi alterada para BRASKEM QPAR S.A que foi incorporada pela Braskem S.A em
dezembro de 2014.

Internacionalização da Braskem

Em busca da sua estratégia de internacionalização, a Braskem adquiriu 100% do capital votante e total da Sunoco
Chemicals (negócio de polipropileno). Com a operação, a Braskem iniciou operações fora do Brasil, reforçando sua
presença nos Estados Unidos, um dos mercados mais importantes do mundo. Além disso, tornou-se a maior produtora de
resinas das Américas, e consolidou-se como uma das principais empresas do mundo em produção de PP.

Em 27 de julho de 2011, foi anunciado mais um importante passo no processo de internacionalização da Braskem, com a
aquisição do negócio de polipropileno da The Dow Chemical Company, que consiste em quatro plantas de polipropileno,
sendo duas nos Estados Unidos e duas na Alemanha. Esta aquisição posicionou a Companhia como a maior produtora de
polipropileno nos Estados Unidos.

Início das Operações do Complexo Petroquímico do México

Em 22 de junho de 2016, a Braskem inaugurou o Complexo Petroquímico do México, em parceria com a mexicana Idesa.
Com capacidade de produção integrada de 1,05 milhão de toneladas de eteno e polietileno por ano, o Complexo
Petroquímico da Braskem Idesa representou um passo fundamental de crescimento nas Américas e de diversificação de
matéria-prima, reforçando a estratégia de internacionalização da Braskem. Fruto de um investimento de US$ 5,2 bilhões,
o Complexo Petroquímico do México é considerado o maior investimento industrial greenfield já realizado por uma
empresa brasileira no exterior. O Complexo reúne um cracker de produção de eteno base gás e três plantas de
polietileno - duas de polietileno de alta densidade linear e a terceira de polietileno de baixa densidade linear.

Acordo Global

Em dezembro de 2016, a Companhia celebrou um Acordo Global com Ministério Público Federal (“MPF”) no Brasil, com o
Department of Justice (“DoJ”) e a Securities and Exchange Commission (“SEC”), ambos nos Estados Unidos, e com
Procuradoria Geral da Suíça. O Acordo Global compreende todos os fatos apurados até a data de sua celebração
envolvendo a Braskem no âmbito da Operação Lava Jato. Vide item 4.7 deste Formulário de Referência.

Aquisição da Cetrel

Em 27 de janeiro de 2017, o Conselho de Administração da Companhia autorizou a celebração de contrato de compra e


venda com a Odebrecht Utilities S.A., por meio do qual a Braskem se compromete a comprar a totalidade das ações
detidas pela vendedora na Cetrel S.A., representativas de 63,7% do seu capital votante e total no valor de R$ 610
milhões, os quais serão pagos na conclusão da transação. A conclusão da aquisição está sujeita à deliberação pela
Assembleia Geral de Acionistas da Braskem nos termos do artigo 256 da Lei nº 6.404/76, e a condições precedentes
usuais neste tipo de operação.

PÁGINA: 104 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

6.3 - Breve histórico

A Assembleia para deliberar a aprovação desta transação foi convocada para 29 de setembro de 2017.

Venda da quantiQ

Em abril de 2017, a Braskem formalizou a sua saída do segmento de distribuição de produtos químicos ao concluir o
processo de alienação de 100% de sua participação na quantiQ Distribuidora Ltda. para a GTM do Brasil Comércio de
Produtos Químicos Ltda., subsidiária da GTM Holdings S.A.

A venda está em linha com a estratégia da Companhia em focar seus esforços nos negócios do setor petroquímico.

PÁGINA: 105 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

6.5 - Informações de pedido de falência fundado em valor relevante ou de recuperação


judicial ou extrajudicial

Até a data de apresentação deste Formulário de Referência, não houve pedido de falência, de
recuperação judicial ou extrajudicial da Companhia.

footer

PÁGINA: 106 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

6.6 - Outras informações relevantes

Na data deste Formulário de Referência não há outras informações que a Companhia julgue
relevantes em relação ao item 6 deste Formulário de Referência.

footer

PÁGINA: 107 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.1 - Descrição das principais atividades do emissor e suas controladas

A Companhia tem por objeto: (a) fabricação, comércio, importação e exportação de produtos
químicos e petroquímicos, e derivados de petroquímica; (b) produção, distribuição e
comercialização de utilidades tais como: vapor, águas, ar comprimido, gases industriais, assim
como a prestação de serviços industriais; (c) produção, distribuição e comercialização de energia
elétrica para seu consumo próprio e de outras empresas; (d) participação em outras sociedades,
nos termos da Lei das Sociedades por Ações, na qualidade de sócia ou acionista; e (e) fabricação,
distribuição, comercialização, importação e exportação de gasolina, óleo diesel, gás liquefeito de
petróleo (GLP) e outros derivados de petróleo.

De acordo com a consultoria IHS, a Companhia é líder no mercado de resinas termoplásticas


(polietileno, polipropileno e PVC) das Américas e maior produtora de polipropileno dos Estados
Unidos. Ocupa posição destacada entre as grandes produtoras globais e atua com a perspectiva de
estar entre as maiores organizações do setor no mundo.

Com uma equipe com mais de aproximadamente 8 mil integrantes, a Companhia possui ampla
diversificação geográfica, por meio de 41 unidades industriais: 29 unidades no Brasil, localizadas
em Alagoas, Bahia, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo, além de 6 unidades industriais
localizadas nos Estados Unidos, nos estados de West Virginia, Texas e Pensilvania, e 2 unidades
industriais na Alemanha, nas cidades de Wesseling e Schokpaue e 4 unidades industriais no
México, na cidade de Vera Cruz.

O modelo de negócio da Braskem integra a 1ª e 2ª geração petroquímica, o que permite assegurar


uma maior eficiência operacional nesta parte da cadeia. A primeira geração é responsável pelo ciclo
de negócios ligados à produção de matérias-primas básicas como eteno e propeno, fundamentais
para a segunda geração, que produz resinas termoplásticas como o polietileno, polipropileno e
PVC.

As operações da Braskem são organizadas nos seguintes segmentos operacionais:

 Brasil: (i) Petroquímicos Básicos; (ii) Poliolefinas; (iii) Vinílicos; e (iv) Distribuição Química;
 Estados Unidos e Europa; e
 México.

footer

PÁGINA: 108 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.2 - Informações sobre segmentos operacionais

(a) produtos e serviços comercializados

Petroquímicos Básicos

Com plantas industriais localizadas no: (i) Polo Petroquímico de Camaçari, na Bahia, (ii) Polo Petroquímico de Triunfo, no
estado do Rio Grande do Sul, (iii) Polo Petroquímico localizado em Capuava, no estado de São Paulo, e (iv) Polo do Rio de
Janeiro, esta unidade produz uma vasta gama de produtos de primeira geração petroquímica.

Os produtos dessa unidade são empregados na fabricação de resinas termoplásticas (polietileno, polipropileno e PVC) por
outras unidades de negócios da Braskem (2ª geração) e por seus clientes. A Companhia também vende butadieno e uma
série de aromáticos (benzeno, paraxileno, ortoxileno e xilenos mistos) a terceiros produtores petroquímicos, para uso
como matérias-primas na produção de diversos produtos de segunda geração, como: borracha sintética, elastômeros,
resinas de poliestireno, ácido tereftalático purificado, dimetil tereftalato (DMT), anidrido ftálico, plastificantes e tintas.

Poliolefinas

Com plantas industriais na Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, a Unidade é responsável pela produção
de uma variedade de produtos, tais como:

Polietileno (“PE”) (baixa densidade, baixa densidade linear, alta densidade, ultra alto peso molecular): resina utilizada
como matéria-prima para fabricação de diferentes produtos plásticos, como embalagens flexíveis, embalagens para
produtos de limpeza e higiene pessoal, sacolas, filmes encolhíveis para empacotamento, etc.

Polipropileno (“PP): resina com grande aplicação na indústria automobilística, em gabinetes de produtos
eletrodomésticos, sacaria para fertilizantes, sementes e cimento, copos e pratos descartáveis, etc.

Polietileno Verde (“PE Verde”) (alta densidade e baixa densidade linear): resina produzida a partir do etanol, matéria-
prima renovável. Com características similares de uma resina de polietileno base matéria-prima fóssil, o PE Verde é
utilizado para fabricação de embalagens para cosméticos, alimentos, produtos de limpeza, etc.

Vinílicos

Com plantas industriais na Bahia e em Alagoas, a Companhia é a única produtora verticalmente integrada na cadeia
vinílica brasileira, que produz:

PVC: resina de grande demanda na fabricação de tubos, esquadrias e outros materiais utilizados na construção civil.

Cloro: utilizado na produção do PVC, em defensivos agrícolas, fármacos, na limpeza hospitalar e no tratamento de água.

Soda: insumo para fabricação de sabão, papel e celulose, alumínio e outros produtos.

Distribuição Química

Unidade de Distribuição de Produtos Químicos que inclui as operações da quantiQ e da IQAG e distribui produtos
petroquímicos fabricados pela Companhia e outras empresas nacionais e estrangeiras. Com a conclusão da operação de
venda da controlada quantiQ e da IQAG para a GTM do Brasil Comércio de Produtos Químicos Ltda., subsidiária da GTM
Holdings S.A., em abril de 2017, a Companhia deixou de atuar no segmento de Distribuição de Produtos Químicos.

Estados Unidos e Europa

Com plantas localizadas no Texas, Pensilvânia e West Virginia, nos Estados Unidos e, Wesseling e Schkopa, na Alemanha,
esta unidade produz PP.

PÁGINA: 109 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.2 - Informações sobre segmentos operacionais

México

Esta unidade é responsável pela operação do Complexo Petroquímico da Braskem Idesa, localizado no estado de
Veracruz, no México, composto por um cracker base etano, duas plantas de polietileno de alta densidade (PEAD) e uma
planta polietileno de baixa densidade (PEBD), com capacidade anual integrada de produção de 1.050 mil toneladas de PE.

A partir de maio de 2016, o resultado da Braskem Idesa deixou de ser registrado como projeto e passou a ser um
segmento operacional reportável, exceto o resultado da planta de PEBD, cujo resultado só deixou de ser considerado
como projeto em agosto do mesmo ano.

(b) receita proveniente do segmento e sua participação na receita líquida da Companhia

A representatividade dos segmentos em que a Companhia atua em sua receita líquida histórica é apresentada abaixo:

Exercício social encerrado em 31 de dezembro de

% do
(em R$ milhões, exceto %) 2016 % do total 2015 2014 % do total
total
Petroquímicos Básicos 25.063 53% 24.270 52% 25.576 57%

Poliolefinas 20.307 43% 19.986 43% 18.502 41%


Vinílicos 3.016 6% 2.780 6% 2.709 6%
EUA e Europa 8.896 19% 8.240 18% 7.934 18%
México 1.587 3% 472 1% 92 0%

Receita líquida Consolidado dos 58.869 124% 55.748 119% 54.814 121%
Segmentos
Outros Segmentos 12 0% 160 0% 310 1%

Unidade Corporativa 0% - 0% - 0%
Receita líquida Consolidada antes das
58.882 124% 55.907 119% 55.125 122%
Eliminações e Reclassificações

Eliminações e Reclassificações (11.218) -24% (9.027) -19% (9.989) -22%

Receita líquida 47.664 100% 46.880 100% 45.136 100%

(1)
Após a conclusão da operação de venda da controlada quantiQ e da IQAG em abril de 2017, os resultados operacionais deste segmento
passaram a ser reportados na rubrica “resultado com operações descontinuadas” das demonstrações de resultado consolidado.
(2)
Com o início das operações industriais da Braskem Idesa, a Companhia passou a reportar, a partir de 1º de janeiro de 2016, o segmento
“México” que compreende as atividades relacionadas à produção e comercialização de PE daquela controlada. Os resultados de 2015,
apresentados anteriormente em “Outros segmentos”, estão apresentados neste novo segmento.
(c) lucro ou prejuízo resultante do segmento e sua participação no lucro líquido da Companhia

A Companhia não acompanha o lucro líquido ou prejuízo separadamente para cada uma das suas Unidades de Negócio.

PÁGINA: 110 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

(a) características do processo de produção

Petroquímicos Básicos

A Companhia possui e opera cinco unidades de petroquímicos básicos (Olefinas 1, Olefinas 2, Aromáticos 1, Aromáticos 2
e Energia e Serviços) no Polo Petroquímico de Camaçari, quatro unidades de petroquímicos básicos (duas unidades de
olefinas, uma unidade de aromáticos e uma unidade de utilidades) no Polo Petroquímico de Triunfo, três unidades de
petroquímicos básicos (uma unidade de olefinas, uma de aromáticos e uma de utilidades) no Polo de São Paulo e duas
unidades de petroquímicos básicos (uma unidade de olefinas e uma de utilidades) no Polo do Rio de Janeiro.

O termo "unidade" representa um conjunto de plantas interligadas com a finalidade de produzir olefinas, aromáticos ou
utilidades. Por exemplo, a capacidade de produção das Unidades de Aromáticos 1 e 2 é a soma das capacidades de
produção das várias plantas integrantes dessas unidades.

As plantas de petroquímicos básicos da Companhia apresentavam capacidade de produção total anual de 3.952 mil
toneladas de eteno e 1.585 mil toneladas de propeno em 31 de dezembro de 2016.

A primeira geração, denominados "crackers", fraciona ou "craqueia" a nafta, etano, propano, gás natural ou HLR, seus
principais insumos, transformando-os em petroquímicos básicos.

Nos processos das unidades de Camaçari e Triunfo, o uso de nafta é o mais relevante, com participação menor de
condensado e uma fração pequena de gás natural. Já na unidade de São Paulo, tanto o uso de nafta quanto de HLR são
relevantes, enquanto na unidade do Rio de Janeiro, os principais insumos utilizados são o etano e o propano. Os produtos
das unidades de Insumos Básicos são:

Olefinas, tais como eteno, propeno grau polímero e grau químico, butadieno, isopreno e buteno1;
Alifáticos, Aaromáticos, tais como benzeno, cumeno, tolueno, paraxileno, ortoxileno e xileno misto e solventes
hidrogenados;
 Combustíveis, tais como gasolina automotiva, e gás liquefeito de petróleo, ou (GLP), Éter etil-terc-butílico (ETBE)
e éter metil terciário butílico (MTBE);
 Intermediários, como cumeno;e
 Especialidades como isopreno, diciclopentadieno (DCPD), piperileno, noneno, tetrâmero, poliisobuteno (PIB) e
resina hidrocarbônica.
 Etil-tércbutil-éter, ou ETBE, solvente C9 e pirólise C9.
O processo consiste na quebra de hidrocarbonetos através de processo de pirólise em moléculas menores com aplicações
especializadas. Os fornos onde ocorre a quebra dos hidrocarbonetos potencializam a produção de eteno e por
consequência toda uma série de produtos é obtida como subprodutos desta reação. Após a quebra, as etapas de
fracionamento permitirão a separação das correntes por semelhança de moléculas e, consequentemente, por linha de
produtos.

Nas unidades de petroquímicos básicos existem também unidades de geração de utilidades, que consistem em produtos
para a viabilização da operação do Cracker e também para fornecimento ao polo industrial, como no caso do Polo de
Camaçari. As principais utilidades produzidas são:

 Água, tais como água clarificada, desmineralizada e potável;


 Vapor, tais como vapor de alta, média e baixa pressão;
 Eletricidade, em diferentes tensões; e
 Ar comprimido.

PÁGINA: 111 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

Poliolefinas

O segmento de Poliolefinas é composto por 18 plantas de polietileno (PE) e polipropileno (PP) no Brasil, incluindo a
produção de PE Verde fabricado a partir de matéria-prima renovável.

As operações industriais contemplam plantas de PE e PP localizadas nos polos petroquímicos de Triunfo, Camaçari, São
Paulo, Paulínia e Rio de Janeiro com capacidade de produção total de 3.055 mil toneladas de PE, sendo 200 mil toneladas
de PE Verde e 1.850 mil toneladas de PP.

O processo de produção de PE ou PP ocorre a partir da polimerização do eteno ou propeno com catalisadores específicos
e produtos auxiliares.

Em função de características específicas de tecnologias de polimerização, três grandes famílias de produtos podem ser
geradas em PE, o polietileno de baixa densidade (PEBD), o polietileno de baixa densidade linear (PEBDL) e o polietileno de
alta densidade (PEAD), todos presentes na Companhia.

Para estes produtos, as tecnologias se dividem em processo dedicado de produção de PEBD, processos swing de
produção de PEBDL ou PEAD e processos dedicados de produção de PEAD. Nestas três tecnologias de produção de PE da
Companhia, a principal diferença ocorre na etapa de polimerização e separação do polímero da matéria prima não
reagida.

As transições para troca de produtos na família de PEBDL são feitas, na maioria das vezes, conforme uma programação
de produção, que minimiza a geração de produtos fora de especificação durante estas transições. Nas transições para
famílias de PEBDL e PEAD são necessárias paradas para troca de catalisador. As transições para troca de família de
produtos (homopolímero, copolímero randômico, copolímero heterofásico ou terpolímero) também são feitas em
operação de forma a minimizar a geração de subprodutos.

Os processos utilizados para produção de PP utilizam a tecnologia Spheripol, desenvolvida pela Basell e permite obter
uma grande gama de polipropilenos a partir de propeno, hidrogênio, eteno e buteno-1. Estas plantas não são adequadas
para a produção de compostos de PP.

Durante o ano de 2014, a Companhia converteu e expandiu, em 25.000 toneladas, uma das linhas de PE para a fabricação
de PEBDL a partir de metaloceno no estado da Bahia. As operações do projeto tiveram início em janeiro de 2015.

Vinílicos

O segmento de Vinílicos é composto das operações industriais e comerciais das unidades de PVC, cloro e soda cáustica,
além de outros produtos como hidrogênio e hipoclorito de sódio. As operações industriais contemplam três plantas de
PVC localizadas no polo petroquímico de Camaçari e de Alagoas; e duas plantas de cloro e soda cáustica localizadas no
polo petroquímico de Camaçari e de Alagoas. A capacidade de produção anual de PVC, cloro e soda cáustica é de,
respectivamente, 710 mil toneladas, 464 mil toneladas e de 539 mil toneladas.

O processo produtivo de cloro e soda conta com duas plantas de tecnologias diferentes: uma com diafragma, que produz
cloro e soda DF, e outra com mercúrio, que produz cloro e soda RG. Apesar das diferenças tecnológicas, a forma de
produção é similar. A matéria-prima dessas plantas é a salmoura e a energia elétrica. A salmoura tratada é injetada numa
célula onde ocorre a reação de eletrólise responsável pela produção simultânea de cloro e soda. O cloro é retirado da
célula por meio de um compressor seguindo para a área de processamento de cloro, que fará toda a purificação
necessária para a posterior venda como produto final e/ou transformação em dicloroetano (DCE). Esse DCE será a
matéria-prima do monocloreto de vinila (MVC), que por sua vez, será a matéria-prima do produto final, policloreto de
vinila (PVC). De forma similar ao cloro, a soda DF também passa por um processamento (evaporação) até atingir sua
concentração final para venda (50%). Já a soda RG sai da célula pronta para ser comercializada.

PÁGINA: 112 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

O processo de produção da resina de PVC é a polimerização em suspensão. Esta polimerização, em bateladas, é efetuada
na presença de água desmineralizada, iniciadores, dispersantes e outros produtos químicos auxiliares dentro de um
reator. O produto final, a resina de PVC, é obtido em processo contínuo de desidratação e secagem. O processo é
constituído das seguintes etapas:

Reação de polimerização: MVC (matéria-prima), água desmineralizada, iniciador/catalisador e agentes dispersantes, em


quantidades adequadas, são alimentados ao reator e misturados. A reação de polimerização em suspensão do MVC é
efetuada a uma determinada temperatura e pressão, em função do tipo de resina desejada. Concluída a reação, o PVC
produzido no reator se apresenta em forma de lama.

Pós-tratamento: durante a recuperação do MVC não reagido, a lama de PVC é transferida para o pós-reator para reduzir
o teor de MVC residual na resina de PVC. A lama de PVC pós-tratada é descarregada para um tanque, onde ela é
continuamente alimentada à centrífuga. Após a centrifugação, o produto passa para um secador de leito fluidizado
contínuo e a umidade ainda existente no PVC é reduzida a teores menores que 0,3%, caracterizando o produto final.

Distribuição Química

A Unidade de Distribuição de Produtos Químicos distribuia produtos fabricados pelo segmento de Petroquímicos Básicos,
bem como produtos de mais de 100 empresas nacionais e estrangeiras. Este segmento distribuía mais de 1.500 produtos
a um amplo leque de segmentos de mercado, abrangendo produtos agroquímicos, borracha e produtos químicos para
finalidades gerais, alimentos e ração, aromatizantes e fragrâncias, cosméticos e farmacêuticos, produtos residenciais e
para outros segmentos industriais, plásticos de engenharia, bem como tintas, resinas, adesivos e construção civil. Com a
conclusão da operação de venda da controlada quantiQ e da IQAG para a GTM do Brasil Comércio de Produtos Químicos
Ltda., subsidiária da GTM Holdings S.A., em abril de 2017, a Companhia deixou de atuar no segmento de Distribuição de
Produtos Químicos

Estados Unidos e Europa

O resultado deste segmento é composto por seis plantas industriais nos EUA e duas na Europa, com capacidade anual de
produção de 2.115 mil toneladas, sendo 1.570 mil toneladas nos EUA e 545 mil toneladas na Europa. Esse segmento
também possui uma planta industrial de produção de UTEC®

O processo produtivo de PP neste segmento é idêntico ao descrito no segmento de Poliolefinas, com a diferença de que o
propeno, matéria-prima principal, é integralmente adquirido de terceiros.

México

Este segmento é composto por um cracker base etano, duas plantas de polietileno de alta densidade (PEAD) e uma
planta polietileno de baixa densidade (PEBD), com capacidade anual integrada de produção de 1.050 mil toneladas de PE.

O processo de produção de PE no México é idêntico ao descrito no segmento de Poliolefinas acima.

(b) características do processo de distribuição

Petroquímicos Básicos

Polo de Camaçari

O Polo de Camaçari fica situado:

 a 36 quilômetros do Terminal Marítimo Madre de Deus (situado na cidade de Madre de Deus, no Estado da
Bahia), terminal portuário detido e operado pela Petrobras;
 a 27 quilômetros da Refinaria Landulfo Alves (situada no Estado da Bahia), uma das maiores refinarias do Brasil,

PÁGINA: 113 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

detida e operada pela Petrobras; e


 a 22 quilômetros do terminal portuário de Aratu (situado no Estado da Bahia).
O Terminal Marítimo Madre de Deus é usado para descarregar a nafta embarcada das refinarias da Petrobras localizadas
fora do Estado da Bahia. No terminal portuário de Aratu, é utilizado (1) o Terminal Matérias-Primas (de propriedade da
Companhia) para importar nafta e condensado, (2) o Terminal químico de Aratu (de propriedade da Terminal Químico de
Aratu S.A. – TEQUIMAR, empresa brasileira de distribuição, subsidiária da Ultrapar Participações S.A.) para distribuir os
produtos líquidos da Companhia; e (3) o Terminal de Gases (de propriedade da Companhia) para distribuir produtos de
gás.

Um duto detido e operado pela Petrobras transporta nafta do Terminal Madre de Deus para a Refinaria Landulfo Alves,
onde o duto se interliga com o sistema de dutos de nafta da Refinaria. O sistema de dutos de nafta da Refinaria Landulfo
Alves se interliga com o sistema de dutos do terminal portuário de Aratu, por meio do qual a nafta é transportada às
plantas de petroquímicos básicos do Polo Petroquímico de Camaçari.

Polo de Triunfo

O Polo Petroquímico de Triunfo fica situado:

 a 24 quilômetros da Refinaria Alberto Pasqualini – REFAP (localizada em Canoas, no Rio Grande do Sul), refinaria
que a Petrobras possui e opera; e
 a 122 quilômetros do Terminal Almirante Soares Dutra (localizado em Osório, no Rio Grande do Sul), um terminal
portuário detido e operado pela Petrobras Transporte S.A., ou Transpetro, uma subsidiária da Petrobras.
A Companhia usa o Terminal Almirante Soares Dutra para descarregar nafta e condensado de petróleo importados ou
embarcados de refinarias da Petrobras localizadas fora do estado do Rio Grande do Sul. A Companhia possui um duto
operado pela Transpetro que transporta a nafta do Terminal Almirante Soares Dutra para a REFAP, onde o duto se
interconecta com o sistema de dutos de nafta da REFAP. A nafta e o condensado de petróleo são transportados para as
plantas de petroquímicos básicos da Companhia através do sistema de dutos de nafta da REFAP.

Polo de São Paulo

O Polo Petroquímico de São Paulo fica situado:

• a 100 quilômetros da Refinaria Henrique Lage – REVAP (localizada em São José dos Campos, no Estado de São
Paulo);
• a 215 quilômetros da Refinaria de Paulínia – REPLAN (localizada em Paulínia, no Estado de São Paulo);
• a 40 quilômetros da Refinaria Presidente Bernardes – RPBC (localizada em Cubatão, no Estado de São Paulo);
• a 5 quilômetros da Refinaria de Capuava – RECAP (localizada em Capuava, na cidade de Santo André, no Estado
de São Paulo);
• a 135 quilômetros do Terminal Marítimo Almirante Bassoro, ou TEBAR, um terminal de armazenagem e logística
da Petrobras, que está localizado em São Sebastião, no Estado de São Paulo, através do qual a Petrobras recebe
nafta de suas refinarias localizadas fora do Estado de São Paulo.
A nafta do Complexo de São Paulo é fornecida de cada uma dessas refinarias e do Tebar, através de dutos da Petrobras.

Polo do Rio de Janeiro

O Polo Petroquímico do Rio de Janeiro fica situado a 5 quilômetros da Refinaria de Duque de Caxias – REDUC (localizada
em Campos Elíseos, no Estado do Rio de Janeiro).

O etano e o propano são fornecidos por esta refinaria para o Complexo do Rio de Janeiro, através de dutos da Petrobras.

PÁGINA: 114 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

Uma parcela significativa dos petroquímicos básicos e outros produtos produzidos pelas operações de petroquímicos
básicos é entregue por dutos para os produtores de segunda geração, incluindo as plantas de nossa empresa. Os
produtos que são vendidos a terceiros para entrega em outras localidades são enviados por dutos, ferrovias, caminhões e
navios costeiros ou transoceânicos.

Poliolefinas e Vinílicos

Todas as plantas de Poliolefinas da Companhia no Brasil, com exceção de Paulínia, bem como algumas das plantas de
Vinílicos no Brasil, estão localizadas nos polos petroquímicos e recebem entregas de eteno e propeno, suas principais
matérias-primas, através de dutos ligados às “centrais” da Companhia, ou pelas refinarias da Petrobras, conforme
relacionado a seguir:

 o propeno fornecido à planta de PP de Paulínia pela REPLAN é entregue através de um duto operado pela
Petrobras;
 o propeno fornecido às plantas de PP nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro é entregue através de dutos
operados pela Petrobras;
 o propeno fornecido ao Polo de Petroquímico de Triunfo pela REFAP é entregue através de duto;
 parte do propeno fornecido às plantas nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo é entregue por caminhão pela
REPAR e REVAP; e
 o eteno fornecido à planta de Vinílicos em Alagoas é entregue por meio de um duto de 477 quilômetros de
propriedade da Companhia.
Os produtos de Poliolefinas e Vinílicos da Companhia são expedidos para os clientes das instalações brasileiras por
caminhão, trem, navios costeiros e oceânicos. A Companhia não possui, arrenda ou freta veículos para entrega das
operações brasileiras, a não ser uma pequena embarcação usada para suas operações no Polo de Triunfo.

Estados Unidos e Europa

Estados Unidos

O propeno é entregue à planta de PP em La Porte, no Texas, através de um duto vindo de plantas adjacentes de insumos
básicos.

O propeno é entregue à planta de PP em Marcus Hook, na Pensilvânia, principalmente através de dutos de refinarias
adjacentes, sendo o restante entregue por trem ou caminhão.

O propeno é entregue à planta de PP de Neal, em West Virginia, principalmente por trem, sendo o restante entregue
através de um duto vindo de uma refinaria nas proximidades.

As plantas de PP em Freeport e Seadrift, no Texas, estão localizadas em polos petroquímicos e recebem entregas de
propeno através de dutos conectados a instalações e refinarias produtoras de petroquímicos básicos localizadas próximas
a tais plantas.

O PP produzido nos Estados Unidos é enviado aos clientes por caminhão, trem e navios costeiros ou oceânicos. A
Companhia aluga cerca de 3.900 vagões utilizados na entrega dos produtos produzidos nos Estados Unidos.

Europa

As plantas de PP em Wesseling e Schkopau estão localizadas em polos petroquímicos e recebem entregas de propeno
através de dutos conectados a instalações e refinarias produtoras de petroquímicos básicos localizadas próximas a tais
plantas.

PÁGINA: 115 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

O PP produzido na Alemanha é enviado aos clientes por caminhão, trem e navios costeiros ou oceânicos.

Distribuição Química

Em geral, a Unidade de Distribuição de Produtos Químicos inicia as atividades de distribuição para um produtor com uma
carta de intenção com prazo de um ano. Após esse período, a relação comercial ou o acordo de distribuição é estendido
por um período indefinido. Os acordos de distribuição com a Unidade de Distribuição de Produtos Químicos podem ser
encerrados por qualquer uma das partes mediante notificação com 30 a 180 dias de antecedência.

Os acordos de distribuição da Companhia costumam ser acordos de estoque locais, acordos de venda intermediada ou
acordos que apresentem características de ambos. Com relação aos acordos de estoque locais, a Companhia adquire
produtos químicos para revender aos seus clientes. Esses acordos não contêm requisitos de volume mínimo ou margem
máxima. Nos termos dos acordos de estoque locais, o preço das vendas é negociado entre a Companhia e o produtor. O
acordo de distribuição entre a Braskem e a Petrobras determina para a Companhia uma dedução do preço das compras,
com base no volume de produtos adquiridos. Nos termos de seus acordos de vendas intermediadas, a Companhia atua
como agente de vendas e recebe uma porcentagem sobre a receita comercial total (preço FOB) gerada para o produtor.

Como já descrito acima, a Companhia deixou de atuar neste segmento após a conclusão da venda quantiQ e IQAG em
abril de 2017.

(c) características dos mercados de atuação

(i) participação em cada um dos mercados

Petroquímicos Básicos

A Companhia vende aproximadamente 84% dos produtos petroquímicos básicos no Brasil, sobretudo a produtores
petroquímicos de segunda geração, incluindo as outras unidades de negócios, bem como a clientes dos Estados Unidos,
da Europa, da América do Sul e da Ásia.

Como acontece comumente com outros produtores de petroquímicos de primeira geração, a Unidade de Petroquímicos
Básicos apresenta alta concentração de vendas a um número reduzido de clientes. As vendas líquidas para os dez maiores
clientes da Unidade de Petroquímicos Básicos responderam por 25% da receita líquida da Unidade (excluindo as vendas
às outras unidades de negócios), durante o exercício findo em 31 de dezembro de 2016.

Vendas no mercado interno de Petroquímicos Básicos

De acordo com nossa estratégia comercial, a Unidade de Petroquímicos Básicos está focada na formação de
relacionamentos de longo prazo com nossos clientes, os quais preveem quantidades mínimas e máximas a serem
compradas e entregas mensais. Os preços praticados no mercado interno para o eteno são determinados tomando por
referência os preços de contratos da Europa Ocidental. Os preços no mercado interno praticados para o propeno são
determinados de acordo com uma fórmula pela qual aproximadamente 25% do preço é determinado com referência aos
preços do Noroeste da Europa e os 75% restantes com base nos preços de contrato da América do Norte. Os preços do
butadieno para o mercado interno são determinados por referência ao preço de contratos do Golfo dos EUA e,
diferentemente dos preços praticados para outros petroquímicos básicos da Companhia, incluem custos de frete. Os
preços praticados no mercado interno para os produtos BTX, incluindo benzeno, paraxileno e tolueno são fixados por
referência aos preços no mercado à vista da América do Norte. Os preços para o mercado interno de solventes são
estipulados tomando por referência os preços do mercado internacional, e os preços das olefinas e produtos aromáticos
são fixados para o mercado interno tomando por base diversos indicadores de mercado.

Exportação de Petroquímicos Básicos

PÁGINA: 116 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

Exportamos petroquímicos básicos principalmente a clientes dos Estados Unidos e da Europa e determinamos os preços
baseados no preço de referência da região para qual estamos exportando. Os preços de exportação:

 do benzeno, do tolueno e do paraxileno são estipulados tomando por referência os preços do mercado do Golfo
dos EUA; e
 do propano, ETBE, ortoxileno, buteno-1 e isopreno, os preços vigentes no mercado europeu.
Estamos empenhados em manter a posição de liderança que ocupamos no mercado brasileiro, continuando, ao mesmo
tempo, a usar as exportações como proteção a nossas operações e para controlar o equilíbrio entre demanda e
produção. Em 2016, as vendas líquidas de exportação da Unidade de Petroquímicos Básicos representaram 15% da
receita líquida de vendas daquela unidade.

Adicionalmente, aplicamos nosso conhecimento de negociação de commodities para aumentar as operações de revenda
da nafta e derivados de petróleo nos mercados internacionais. A fim de atender às exigências dos craqueadores de nafta
(em termos de tempo, preço e qualidade), mantemos um fornecimento excedente de nafta e revendemos o excesso no
mercado spot. Em 2016, as operações de revenda atingiram uma média de R$ 180 milhões por mês.

Poliolefinas

Vendas no mercado interno

A Unidade de Poliolefinas vende produtos de polietileno e polipropileno a cerca de 2.000 clientes. A Companhia dispõe
de um mix diversificado de produtos, que possibilita o atendimento a uma ampla gama de usuários finais em vários
setores. Os clientes da Unidade de Poliolefinas são, em geral, produtores de terceira geração que fabricam ampla
variedade de bens de consumo e produtos industriais à base de plástico.

A receita líquida de vendas efetuadas aos 10 maiores clientes da Unidade de Poliolefinas respondeu por 19% da receita
líquida total de vendas da Unidade de Poliolefinas em 2016 (excluindo as vendas às outras unidades de negócios).
Nenhum cliente da Unidade de Poliolefinas, isoladamente, respondeu por mais de 10% da sua receita total de vendas em
2016, 2015 e 2014.

A Companhia se empenha em formar relacionamentos duradouros com seus clientes. Dada a natureza cíclica dos
mercados de seus produtos petroquímicos, a administração acredita que é possível reforçar a fidelidade dos clientes nos
períodos de menor demanda de polietileno e polipropileno, proporcionando uma fonte segura de suprimento a esses
clientes nas épocas de demanda elevada. Trabalhamos em estreita relação com nossos clientes para identificar suas
necessidades, prestar assistência técnica e coordenar a produção e entrega de nossos produtos. Os clientes submetem
propostas anuais apresentando uma estimativa de suas necessidades mensais para o ano vindouro com relação a cada
um de nossos produtos de poliolefinas, inclusive especificações técnicas, prazos de entrega e condições de pagamento
propostas. Avaliamos mensalmente as propostas com o fim de efetuar eventuais ajustes que sejam necessários,
monitorar e assegurar fornecimento adequado para cada cliente.

Além das vendas diretas a clientes, a Unidade de Poliolefinas vende produtos no Brasil por intermédio de distribuidores
independentes exclusivos. A Unidade de Poliolefinas conta com cinco distribuidores, pelos quais distribuímos nossos
produtos de acordo com contratos formais e operações no mercado à vista.

Escolhemos nossos distribuidores com base em sua capacidade de prestação de serviços completos a seus clientes,
inclusive a capacidade de elaborar nossos produtos em bases customizadas. Esses distribuidores vendem nossos
produtos de polietileno e polipropileno a fabricantes com necessidades de volume menores, podendo agrupar vários
pedidos de produção e entrega a clientes que, do contrário, seria antieconômico atender. Além disso, ao atender clientes
menores por meio de uma rede de distribuidores, os gerentes de conta focam seus esforços na prestação de serviço de
alta qualidade a um número menor de clientes diretos de maior porte.

PÁGINA: 117 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

Em 2016, conforme estimativa da Companhia, a sua participação no mercado brasileiro de Poliolefinas correspondia a
aproximadamente 71%, com base no volume de vendas do segmento.

Exportações

O volume de exportações de poliolefinas varia, geralmente, com base no nível da demanda interna dos produtos da
Companhia. A Unidade de Poliolefinas tem um escritório de vendas na Argentina, usado para consolidar os esforços de
marketing naquele país. A Unidade de Poliolefinas também conta com um escritório de vendas na Holanda, usado para
assessorar os clientes europeus, aumentar o conhecimento do mercado europeu, otimizar os processos de logística nesse
mercado e fazer parcerias regionais. A Companhia também mantém um escritório de vendas no Chile, Peru e Colômbia.

A Companhia estabeleceu uma posição estratégica no mercado de poliolefinas na América do Sul e na Europa por meio
de vendas diretas regulares, distribuidores locais e agentes que conhecem seus respectivos mercados. A estratégia de
ampliar a presença nesses mercados estrangeiros destina-se, entre outros aspectos, a reduzir a exposição da Companhia
à natureza cíclica do mercado internacional a vista de poliolefinas, por meio da formação de relações duradouras com
clientes nos países vizinhos. A presença local da Companhia na Europa permite seu melhor posicionamento nesse
mercado e a venda de produtos de poliolefinas por meio do segmento Estados Unidos e Europa.

O principal foco da Unidade de Poliolefinas é manter a posição de liderança no mercado brasileiro, continuando, ao
mesmo tempo, a exportar para administrar a relação entre nossa capacidade de produção e a demanda interna de
nossos produtos. A administração entende que a presença constante nos mercados de exportação é essencial para ajudar
a administrar um eventual excesso de capacidade no mercado brasileiro.

Preços e Condições de Vendas

O preço praticado no mercado brasileiro para o PE é referenciado no preço spot das resinas comercializadas na região do
Golfo dos Estados Unidos e, para o PP no preço spot das resinas comercializadas no Sudeste Asiático. Nossos clientes no
Brasil podem pagar integralmente na entrega ou eleger termos de crédito que exigem o pagamento integral dentro de
três a 60 dias após a entrega. Cobramos juros com base nas taxas de mercado vigentes para nossos clientes brasileiros
que optam por pagar com crédito.

Nossa Unidade de Poliolefinas geralmente conduz vendas de exportação para compradores em países fora do Cone Sul
através do mercado spot internacional. Nossa base de clientes nesses mercados é constituída principalmente por casas
comerciais e distribuidores, a maioria dos quais tem operações na Europa, Estados Unidos ou na Ásia, principalmente
Hong Kong. O preço é baseado em preços spot no mercado internacional. Fazemos todas as vendas nestes mercados com
cartas de crédito.

Vinílicos

A Companhia é líder na produção de PVC no Brasil com base no volume de vendas de 2016. Em 31 de dezembro de 2016,
suas fábricas de PVC apresentaram a segunda maior capacidade média anual de produção da América Latina. A Unidade
de Vinílicos gerou uma receita líquida de venda de R$ 3.016 milhões ou 5,1%, da receita líquida de vendas de todos os
segmentos divulgados em 2016.

A Unidade de Vinílicos é a única produtora verticalmente integrada de PVC do Brasil. Nossa produção de PVC é integrada
por meio da produção de cloro, eteno e outras matérias-primas. A Unidade de Vinílicos também fabrica soda cáustica,
que é utilizada por fabricantes de alumínio e papel e cloro

Em 2016, a participação da Companhia no mercado brasileiro de PVC correspondia a aproximadamente 51,6%, com base
no volume de vendas da Unidade de Vinílicos.

PÁGINA: 118 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

As vendas líquidas aos 10 maiores clientes da Unidade de Vinílicos responderam por 40,7% de sua receita total líquida de
vendas em 2016. Um único cliente respondeu por 8,6% da receita total de vendas da Unidade de Vinílicos em 2016, 9,7%
em 2015 e 9,4% em 2014.

Existe uma ligação estrutural entre os mercados de PVC e soda cáustica, porque a soda cáustica é um subproduto da
produção do cloro necessário para produzir PVC. Quanto maior a demanda por PVC, maior será a produção de soda
cáustica, levando a um aumento de oferta deste produto e, geralmente, a preços mais baixos. Por outro lado, quando a
demanda de PVC é baixa, os preços da soda cáustica tendem a subir.

Realizamos a maioria de nossas vendas de PVC e soda cáustica diretamente a clientes brasileiros sem intermediação de
distribuidores independentes. Contudo, a Unidade de Vinílicos mantém relações contratuais com três centros de
distribuição localizados em Paulínia e Barueri, ambas no estado de São Paulo, e em Joinville, no estado de Santa Catarina,
que fornecem suporte logístico. Ademais, operamos três unidades de armazenagem de PVC e seis unidades de tancagem
em terminais para soda cáustica, estrategicamente situadas ao longo da costa brasileira, o que os permite entregar
nossos produtos a clientes no formato "just-in- time". A Unidade de Vinílicos atua em estreita colaboração com seus
clientes, trabalhando em conjunto para melhorar produtos existentes, bem como desenvolver novas aplicações para PVC.
Nossos grupos de comercialização e assistência técnica também prestam consultoria a clientes e clientes em potencial
que estejam considerando a instalação de equipamentos industriais para fabricação de produtos finais de PVC.

Além disso, nossa unidade de Vinílicos fornece ao mercado brasileiro PVC de emulsão (PVC-E) e outros copolímeros com
maior valor agregado importados da Colômbia sob contrato de longo prazo com a Mexichem. Os principais clientes estão
relacionados aos setores de laminados, sapatos e automobilíticos. Esses produtos representaram 3% do volume de
vendas em 2016.

O preço de PVC praticado no mercado brasileiro é referenciado no preço das resinas comercializadas na Nordeste
Asiático. Os preços de soda cáustica, por sua vez, são baseado nos preços de mercado spot da América do Norte.
Aproximadamente 70,2% de nossas vendas de soda cáustica em 2016 foram efetuadas de acordo com contratos que
geralmente têm prazos de um a três anos e podem incluir preços mínimos e máximos.

Os clientes no Brasil da Companhia podem pagar à vista entrega ou eleger termos de crédito que exigem pagamento
integral dentro de 7 a 90 dias após a entrega. Cobramos juros com base nas taxas de mercado vigentes para nossos
clientes no Brasil que optam por opções de pagamento mais longas. No caso de exportação de produtos de PVC e soda
cáustica, os termos para as exportações geralmente exigem o pagamento entre 90 e 120 dias após a entrega. Exigimos
cartas de crédito irrevogáveis para as vendas de exportação realizadas no mercado à vista.

Distribuição Química

A Unidade de Distribuição de Produtos Químicos distribui produtos a varejistas de produtos químicos, produtores
petroquímicos de terceira geração e outros fabricantes. A Companhia determina os preços dos produtos distribuídos com
base em diversos fatores mercadológicos, incluindo os preços pagos por produtores de terceira geração relativos à
importação, além dos preços de mercado em vigor no Brasil.

Como já exposto acima, a Companhia não atua mais neste segmento após a inclusão da venda da quantiQ e IQAG em
abril de 2017.

Estados Unidos e Europa

A Unidade EUA e Europa vende produtos de polipropileno para cerca de 375 clientes. A Companhia possui um mix de
produtos diversificado que lhe permite atender uma ampla variedade de clientes finais em diversos setores. Em geral, os

PÁGINA: 119 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

clientes da Unidade EUA e Europa são produtores petroquímicos de terceira geração que fabricam uma ampla variedade
de bens de consumo e industriais que possuem o plástico como matéria-prima.

A receita líquida de vendas dos 10 principais clientes da Unidade EUA e Europa correspondeu a45%, 23,6% e 50,4% da
receita líquida total da Unidade EUA e Europa em 2016, 2015 e 2014, respectivamente.

Aproximadamente 40% das vendas de polipropileno na Unidade EUA e Europa são realizadas através de contratos de
fornecimento de longo prazo com nossos clientes. Esses contratos têm em geral um prazo inicial de dois anos, sendo
automaticamente renováveis por períodos de um ano, a menos que uma parte notifique a outra de sua intenção de não
renovar. Os contratos também preveem quantidades mínimas e máximas a serem compradas e entregas mensais.

A Companhia comercializa o restante de sua produção de polipropileno da Unidade EUA e Europa através de (1) sua força
de vendas direta que procura formar relacionamentos de fornecimento com clientes nacionais e estrangeiros, (2) um
número seleto de distribuidores autorizados a representar a marca Braskem nos mercados norte-americano e europeu,
(3) revendedores que comercializam esses produtos com marcas próprias nos mercados norte-americano e europeu, e
(4) revendedores destes produtos em mercados internacionais.

México

A Companhia vende produtos de PE para aproximadamente 300 clientes no México. Temos um mix de produtos
diversificado que nos permite atender a uma ampla gama de usuários finais em vários setores. Os clientes desta unidade
geralmente são produtores petroquímicos de terceira geração que fabricam uma grande variedade de bens industriais e
de consumo baseados em plástico. A receita líquida de vendas para os 10 maiores clientes de nossa Unidade México
representou aproximadamente 41% da receita líquida total de vendas da nossa Unidade México durante o ano de 2016.

Vendas no México

Estamos focados em desenvolver relacionamentos de longo prazo com nossos clientes. Dada a natureza cíclica dos
mercados dos nossos produtos de PE, acreditamos que podemos reforçar a fidelização dos clientes durante os períodos
de demanda reduzida de PE, fornecendo uma fonte fiável de abastecimento a estes clientes durante os períodos de
elevada procura. Trabalhamos em estreita colaboração com nossos clientes para determinar suas necessidades, fornecer
assistência técnica e coordenar a produção e entrega de nossos produtos. Os clientes apresentam propostas anuais com
os requisitos mensais estimados para o ano seguinte para cada um dos nossos produtos de PE, incluindo especificações
técnicas, condições de entrega e condições de pagamento propostas. Nós avaliamos essas propostas mensalmente para
fazer os ajustes necessários e para monitorar e tentar garantir o fornecimento adequado para cada cliente.

Além das vendas diretas de PE para nossos clientes, as vendas também ocorrem através de 5 distribuidores
independentes exclusivos, com acordos formais e transações no mercado à vista.

A seleção dos distribuidores é realizada com base na capacidade dos mesmos de prestar serviço completo aos seus
clientes, incluindo a capacidade de preparar os nossos produtos numa base personalizada. Esses distribuidores vendem
nossos produtos de PE para fabricantes com menores requisitos de volume e são capazes de agregar várias ordens de
produção e entrega a clientes, cuja venda direta da Braskem seria antieconômica. Além disso, atendendo a clientes
menores através de uma rede de distribuidores, nossos gerentes de contas concentram seus esforços na prestação de
serviços de alta qualidade a um número menor de grandes clientes diretos.

Vendas de exportação

O principal foco do segmento é manter a posição de liderança no mercado mexicano, continuando, ao mesmo tempo, a
exportar para administrar a relação entre a capacidade de produção e a demanda interna dos produtos. A administração

PÁGINA: 120 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

entende que a presença constante nos mercados de exportação é essencial para ajudar a administrar um eventual
excesso de capacidade no mercado mexicano.

Preços e Termos de Vendas

O preço de vendas do PE do segmento no mercado mexicano é referenciado no preço das resinas comercializadas na
região do Golfo dos Estados Unidos. Nossos clientes no México podem pagar integralmente na entrega ou eleger termos
de crédito que exigem o pagamento integral dentro de até 60 dias após a entrega.

Nossa Unidade México geralmente realiza vendas de exportação através do mercado spot internacional. A base de
clientes da nossa Unidade México fora do México é constituída principalmente por casas comerciais e distribuidores, a
maioria dos quais com operações na Europa, Estados Unidos e Ásia, principalmente Hong Kong. O preço é baseado em
preços no mercado spot internacional. Fazemos todas as vendas nestes mercados com cartas de crédito.

Outras informações

Este item 7 do Formulário de Referência contém informações sobre a participação de mercado no setor petroquímico
brasileiro da Companhia e de sua capacidade de produção em relação à de outras empresas atuantes no setor
petroquímico do Brasil e da América Latina, dos Estados Unidos e do mundo. Tais informações têm por base dados
obtidos de terceiros, considerados confiáveis e são referentes aos anos de 2016, 2015 e 2014 conforme indicado:

 A participação no mercado brasileiro foi calculada dividindo-se o volume de vendas líquidas de produtos
específicos da Companhia no mercado interno pelo consumo total desses produtos no mercado brasileiro,
segundo estimativas da Associação Brasileira de Indústrias Químicas e de Produtos Derivados (ABIQUIM).
 As informações relativas à capacidade de produção de outras empresas atuantes no setor petroquímico brasileiro
e a estimativa do consumo interno brasileiro total de produtos petroquímicos foram extraídas principalmente de
relatórios publicados pela ABIQUIM.
 As informações relativas à capacidade de produção de outras empresas atuantes no setor petroquímico global,
dos Estados Unidos e da América Latina, os preços internacionais de produtos petroquímicos e o consumo per
capita em algumas regiões geográficas foram extraídas principalmente de relatórios publicados pela IHS, Inc.
(IHS).
 As informações relativas ao tamanho do setor de distribuição de produtos químicos e da participação da
Companhia nesse setor foram extraídas principalmente de relatórios publicados pela Associação Brasileira dos
Distribuidores de Produtos Químicos e Petroquímicos.
 As informações relativas às importações e exportações brasileiras foram extraídas do Sistema de Análise das
Informações de Comércio Exterior (ALICE-Web), produzido pela Secretaria de Comércio Exterior e pelo Ministério
do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
Embora não exista nenhum motivo para se acreditar que essas informações sejam imprecisas em qualquer aspecto
relevante, não foi feita nenhuma verificação independente da capacidade de produção, da participação de mercado, do
tamanho do mercado ou de dados semelhantes fornecidos por terceiros ou extraídos de publicações especializadas ou de
caráter geral.

As informações relativas ao consumo interno aparente de alguns de nossos produtos são fornecidas com base nas
informações disponíveis do governo brasileiro, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e da ABIQUIM e em
nossas estimativas internas. O consumo interno aparente é equivalente à produção interna, acrescida das importações e
deduzidas as exportações. O consumo interno aparente de qualquer período pode diferir do consumo real, porque esta
medida não leva em consideração as variações nos níveis de estoque da cadeia de suprimento de petroquímicos.

PÁGINA: 121 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

(ii) condições de competição nos mercados

Petroquímicos Básicos

Nossos clientes de petroquímicos básicos, em sua maioria produtores petroquímicos de segunda geração cujas plantas se
localizam nos Polos Petroquímicos brasileiros, teriam dificuldade em obter seus insumos de outras fontes por preços
mais baixos em razão do alto custo de transporte desses produtos bem como de outras dificuldades logísticas. Ademais,
como o Brasil logrou a autossuficiência na produção de olefinas, atendendo a demanda interna, as importações desses
produtos são geralmente esporádicas e em regra associadas às paradas programadas para manutenção de plantas ou
para cobrir a demanda interna não atendida.

Ao longo dos últimos anos, conforme aumentou a diferença no custo das matérias-primas nafta e gás para craqueadores
de petroquímicos, muitos craqueadores que utilizam gás como matéria- prima têm se tornado produtores de baixo-custo
nos mercados mundiais e observado uma melhora em suas margens em comparação aos craqueadores de nafta, como a
Companhia. Contudo, uma vez que craqueadoras à base de gás podem produzir menos coprodutos e subprodutos
gerados pelas craqueadoras à base de nafta, tais como propeno, butadieno e produtos BTX, e em menores quantidades,
houve um aumento nos preços destes produtos no mercado internacional. Como consequência dos preços mais altos
para tais coprodutos e subprodutos, nossa receita líquida com a exportação destes produtos aumentou, e acreditamos
que este aumento na receita líquida de exportação destes produtos deva se manter no futuro, na medida em que
diminua a diferença da competitividade relativa das matérias-primas das craqueadoras.

Nos mercados internacionais de nossos petroquímicos básicos, a concorrência está representada por um grande número
de produtores, alguns deles substancialmente maiores e contando com recursos financeiros, de fabricação, tecnológicos
e de marketing expressivamente maiores que os nossos.

Poliolefinas

Somos o único produtor de polietileno e polipropileno no Brasil. Competimos com produtores mundiais de poliolefinas e
com outros importadores destes produtos. Em 2016, as importações brasileiras de polietileno e polipropileno
apresentaram queda de 0,4%, o que representou 27% do consumo brasileiro de poliolefinas.

Também competimos pelas exportações de nossos produtos de poliolefinas para outros países da América Latina,
Europa, Estados Unidos e outros mercados. Nosso segmento de exportação é um negócio de commodities, e
concorremos com uma série de produtores de resinas, alguns deles contando com recursos financeiros, de pesquisa e
desenvolvimento, de produção e outros maiores que os nossos. Nossa posição competitiva nos mercados de exportação
que atendemos se baseia, essencialmente, nos custos das matérias-primas, preços de venda, qualidade dos produtos e
atendimento e assistência ao cliente.

Vinílicos

PVC

A Companhia e a Unipar (antiga Solvay) são os dois únicos produtores de PVC do Brasil. A capacidade de produção anual
instalada da Unipar no Brasil é de 300 mil toneladas, em comparação com a capacidade anual de produção da Companhia
de 710 mil toneladas. As fábricas da Unipar estão localizadas em São Paulo e, portanto, mais próximas do principal
mercado de PVC do Brasil do que nossas instalações. A concorrência está representada por produtores mundiais de PVC.
As importações representaram cerca de 19,8% do consumo brasileiro de PVC em 2016.

No entanto, acreditamos que nossas capacidades verticais de produção, nossas modernas plantas de PVC em suspensão,
nosso forte atendimento ao consumidor e nossos programas de assistência técnica nos possibilitam concorrer de forma

PÁGINA: 122 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

eficiente no mercado brasileiro e global. O PVC produzido no país tem atualmente preços competitivos em relação ao
PVC importado, levando em conta os custos de transporte e de internação.

Também concorremos com outros produtores de termoplásticos que fabricam os mesmos produtos de PVC ou
substitutos de produtos da linha de PVC da Companhia. Os termoplásticos consistem principalmente em polietileno e
polipropileno, sendo empregados em certas aplicações como substitutos do PVC. Madeira, vidro e metais também são
em alguns casos utilizados como substitutos do PVC.

Soda cáustica

Os quatro maiores produtores de soda cáustica no Brasil responderam por 96,8% da produção do país em 2016. A
Companhia e outra companhia petroquímica internacional atuam nesse mercado em todo o Brasil. As importações
representaram 38,1% do total do consumo de soda cáustica no Brasil em 2016.

Estados Unidos e Europa

A Unidade EUA e Europa é basicamente um negócio de commodities e compete com companhias locais, regionais e
internacionais, algumas das quais têm mais recursos financeiros, de pesquisa e desenvolvimento, de produção e outros
do que a Companhia. Embora os fatores concorrenciais variem entre as linhas de produtos, a posição competitiva da
Companhia se baseia, essencialmente, nos custos das matérias-primas e de produção, preços de venda, qualidade e
tecnologia dos produtos, tecnologia de fabricação, acesso a novos mercados, proximidade de mercados e atendimento e
assistência ao cliente.

Nossos principais concorrentes em vendas de polipropileno na América do Norte são outras grandes companhias
petroquímicas internacionais. Em geral, a demanda ocorre em função do crescimento econômico na América do Norte e
no restante do mundo.

Nossos principais concorrentes em vendas de polipropileno na Europa são outras grandes companhias petroquímicas
internacionais. Em geral, a demanda ocorre em função do crescimento econômico na Europa e no restante do mundo.

Distribuição de Produtos Químicos

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira dos Distribuidores de Produtos Químicos e Petroquímicos
(Associquim), o setor de distribuição de produtos químicos no Brasil é extremamente fragmentado em diversas empresas
de pequeno porte.

Como já exposto acima, a Companhia não mais atua neste segmento após a conclusão da venda da quantiQ e IQAG em
abril de 2017.

(d) eventual sazonalidade

Os mercados brasileiros nos quais a Companhia atua são mercados cíclicos e sensíveis a alterações relativas na oferta e
procura. A procura por produtos petroquímicos é afetada de maneira significativa pela conjuntura econômica do Brasil e
de outros países do Mercosul, em particular a Argentina. Os mercados brasileiros são também afetados pela natureza
cíclica dos mercados internacionais, visto que os preços de produtos petroquímicos praticados no Brasil são
determinados tomando por referência preços cobrados no mercado internacional por esses produtos e pelos preços,
incluindo tarifas e custos de transporte, pagos pelos importadores de produtos petroquímicos para o Brasil.

Tradicionalmente, o segundo e o terceiro trimestres são os períodos do ano que apresentam os mais altos níveis de
vendas para o setor petroquímico no mercado brasileiro. O aumento durante esse período de seis meses está atrelado
em parte à produção de bens de consumo que serão vendidos na temporada de férias de fim de ano.

PÁGINA: 123 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

(e) principais insumos e matérias primas, informando:(i) descrição das relações mantidas com fornecedores,
inclusive se estão sujeitas a controle ou regulamentação governamental, com indicação dos órgãos e da respectiva
legislação aplicável; (ii) eventual dependência de poucos fornecedores; e (iii) eventual volatilidade em seus preços.

Petroquímicos Básicos

Nafta

A nafta, um produto derivado do petróleo bruto, é a principal matéria-prima empregada na fabricação dos produtos
petroquímicos básicos e representa o principal item do custo de produção e custo operacional da Unidade de
Petroquímicos Básicos. A Companhia também usa o condensado como matéria-prima nas unidades de insumos básicos
no Polo de Triunfo.

O preço da nafta e do condensado comprados pela Companhia flutua principalmente com base em variações do preço
internacional do petróleo bruto, que toma por base o dólar. Em 2016, a nafta e o condensado representaram 57% do
custo total dos produtos vendidos da Unidade de Petroquímicos Básicos, e a nafta representou 63,1% do custo
consolidado direto e indireto dos produtos vendidos e serviços prestados em 2016.

A tabela abaixo indica o preço de mercado médio da nafta no mercado de Amsterdão-Roterdão-Antuérpia nos períodos
indicados:

Exercício social encerrado em

31/12/2016 31/12/2015 31/12/2014

Média Ano (1) (2) 385,4 461,9 836,2

Mês encerrado em:

Janeiro 317,8 396,9 918,6

Fevereiro 293,0 502,1 913,7

Março 351,1 504,9 911,4

Abril 379,0 525,6 925,6

Maio 403,0 550,9 937,8

Junho 417,0 538,1 952,5

Julho 380,0 472,4 935,6

Agosto 369,0 403,4 865,8

Setembro 396,0 411,7 841,4

Outubro 441,0 430,3 711,5

Novembro 416,0 419,2 628,9

Dezembro 462,0 387,4 492,0


(1) A informação na linha "Média Ano" representa os preços médios da nafta durante cada ano respectivo.

(2) Fonte: IHS

PÁGINA: 124 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

A tabela a seguir mostra a distribuição das compras de nafta pela Unidade de Petroquímicos Básicos nos períodos
indicados e por localização geográfica de fornecedores:

Exercício social encerrado em

31/12/2016 31/12/2015 31/12/2014


Brasil 62,20% 55,50% 69,80%
Argélia 15,60% 19,70% 10,20%
Estados Unidos da América 1,70% 4,50% -
Venezuela 5,30% 9,90% 9,00%
Outros 15,20% 10,40% 11,00%
Total 100% 100% 100%

Contrato de Fornecimento com a Petrobras

Em 23 de dezembro de 2015, a Companhia e a Petrobras entraram em um novo Acordo de Compra de Nafta válido por
cinco anos. Este contrato substituiu o contrato de fornecimento de nafta entre a Companhia e a Petrobras para as
fábricas de petroquímicos básicos localizadas no Complexo do Nordeste e no Complexo do Sul. O novo contrato expirará
em dezembro de 2020.

Pelos termos deste novo acordo:

 a Petrobras se compromete a vender e entregar nafta por um período de cinco anos às plantas de petroquímicos
básicos do Polo Petroquímico de Camaçari, do Polo Petroquímico de Paulínia e do Polo Petroquímico de Triunfo,
para uso exclusivo como matéria-prima;
 a Companhia se compromete a comprar um volume mensal mínimo de nafta;
 a Companhia fornece à Petrobras uma ordem firme de compra de nafta a cada mês, juntamente com uma
estimativa do volume de nafta que comparará nos seis meses seguintes;
 a Companhia pode solicitar volumes de nafta acima da ordem firme mensal, que a Petrobras poderá fornecer, a
seu critério;
 o preço do nafta pago pela Companhia é equivalente a 102.1% da referência ARA;
 o contrato será alterado na hipótese de ocorrência de fatos extraordinários e imprevistos que provocarem uma
ruptura no equilíbrio econômico-financeiro do contrato;
 a partir de janeiro de 2018, qualquer parte poderá renegociar o contrato caso ocorram determinados eventos de
mercado;
 qualquer parte pode rescindir o contrato, sem aviso prévio, se (1) não for sanada uma violação do contrato após
um período de tolerância de 30 dias; (2) ocorrer e persistir por mais de 90 dias uma situação de força maior; (3)
qualquer parte transferir ou der como garantia a totalidade ou parte de seus direitos e obrigações pelo contrato
a um terceiro, sem a anuência da outra parte; (4) houver uma alteração no controle ou no objeto social de uma
das partes que entre em conflito com o objeto do contrato ou (5) houver dissolução de uma das partes; ou (6)
qualquer parte deixar de cumprir com suas obrigações previstas no contrato; e
 a Petrobras pode rescindir o contrato, sem aviso prévio, no caso de falência ou liquidação da Companhia.

PÁGINA: 125 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

Contrato de Fornecimento com a SONATRACH

A La Société Nationale pour la Recherche, la Production, le Transport, la Transformation et la Commercialisation des


Hydrocarbures, ou SONATRACH (companhia nacional de petróleo Algeriana) é um dos fornecedores de nafta e
condensado importados da Companhia.

A Braskem importa nafta fornecida pela SONATRACH desde 2002. Anualmente, volumes mínimo e máximo de nafta e
condensado que compraremos da SONATRACH são negociados. Caso não pudéssemos renovar nossos acordos de
fornecimento com a SONATRACH, acreditamos que poderíamos comprar quantidades suficientes de nafta de outros
fornecedores para atender às necessidades de suprimento de nossas fábricas de petroquímicos básicos.

Outros contratos de fornecimento

Como parte de nossa estratégia de diversificar nossas fontes de fornecimento de nafta, estamos adquirindo nafta sob
regime de suprimento anual com fornecedores venezuelanos e multinacionais.

Compras no mercado spot da nafta

Além dos nossos fornecimentos de nafta nos termos dos acordos acima descritos, compramos nafta no mercado spot de
tempos em tempos de fornecedores estrangeiros localizados na África, Europa, América do Norte e América Latina.

Etano e Propano

O etano e o propano são as principais matérias-primas utilizadas na produção de produtos petroquímicos básicos no
Complexo do Rio de Janeiro e representam o principal custo de produção e operação desta unidade. O preço do etano e
do propano que compramos varia principalmente com base nas variações no preço internacional baseado no dólar norte-
americano dessas matérias-primas.

Em dezembro de 2000, a nossa planta de petroquímicos básicos no Rio de JaneiroRioPol e a Petrobras celebraram um
acordo de fornecimento de etano e propano. A duração inicial deste contrato expira em 2020 e este contrato é renovado
automaticamente por um período de dois anos, a menos que uma das partes notifique por escrito a outra parte, pelo
menos um ano antes do termo do contrato, que não possui intenção de renovar este acordo. Nos termos deste acordo,
que representa 97,6% da nossa oferta de etano e propano:

 a Petrobras concorda em vender e entregar etano e propano à planta de petroquímicos básicos da Companhia no
Polo do Rio de Janeiro para uso exclusivo como matéria-prima;
 a Companhia fica obrigada a comprar e a Petrobras deve entregar um volume anual mínimo de etano e/ou
propano;
 a Companhia concorda em fornecer à Petrobras uma ordem de compromisso firme de etano e propano a cada
mês, juntamente com uma estimativa do volume de etano e propano que comprará nos quatro meses
imediatamente seguintes;
 o preço do etano e do propano tem por base o preço US Marketscan Mont Belvieu; e
 a Petrobras poderá rescindir o contrato sem necessidade de aviso prévio na eventualidade de: (1) a Companhia
deixar de sanar uma violação ao contrato após um período de tolerância de 60 dias; (2) ocorrer evento de força
maior que persista por mais de 365 dias; (3) a Companhia transferir ou der como garantia a um terceiro a
totalidade ou parte dos seus direitos e obrigações pelo contrato sem a anuência prévia da Petrobras; e (4)
dissolução, falência ou liquidação da RioPol.
Hidrocarboneto Leve de Refinaria (“HLR”)

PÁGINA: 126 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

Em janeiro de 2005, a Companhia e a Petrobras assinaram um acordo para a compra e venda de gás HLR, a partir do qual
crackeamos eteno e propeno. Este contrato prevê que nós e a Petrobras negociaremos a renovação do mesmo antes de
sua expiração em 2020 e que, no caso de a Petrobras não pretender renovar este contrato, deverá nos notificar pelo
menos dois anos antes do término e deve observar os termos e condições deste acordo até 2028.

Nos termos deste acordo, que representa 100% do nosso consumo de HLR:

 a Petrobras se compromete a vender e entregar HLR à planta de petroquímicos da Companhia no Polo de São
Paulo para uso exclusivo como matéria-prima;
 a Companhia se compromete a adquirir um volume mínimo diário de HLR;
 o preço dos HLR tem por base diversos índices de mercado;
 o contrato será alterado na hipótese de ocorrência de fatos imprevistos extraordinários que provoquem uma
ruptura no equilíbrio econômico-financeiro do contrato; e
 a Petrobras poderá rescindir o contrato sem necessidade de aviso prévio na eventualidade de: (1) a Companhia
deixar de sanar uma violação do contrato após um período de tolerância de 30 dias; (2) ocorrer evento de força
maior que impeça a execução do contrato; (3) a Companhia transferir ou der em garantia a um terceiro a
totalidade ou parte de seus direitos, obrigações e créditos pelo contrato sem a anuência prévia da Petrobras, a
menos que o terceiro seja um membro do grupo econômico da Companhia; (4) dissolução ou falência da
Braskem S.A.; e (5) mudança no tipo de entidade, incorporação, venda, cisão ou outra forma de reestruturação
societária da Braskem S.A. que entre em conflito com o objetivo do contrato ou impeça sua execução.
Eletricidade

A Companhia gera aproximadamente 20% do seu consumo de energia elétrica. Aproximadamente 32% da demanda é
fornecida pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco, ou CHESF, empresa estatal de geração de energia elétrica, de
acordo com um contrato de compra de energia. A energia restante é fornecida através de contratos de longo prazo com
diversos fornecedores no Mercado Livre de Energia.

A Companhia gera aproximadamente 36% do seu consumo de energia do Complexo Bahia, e cerca de 42% da demanda é
fornecida pela CHESF. A energia restante é fornecida por contratos de longo prazo no Mercado Livre de Energia de
diversas empresas.

Aproximadamente 76% do consumo de energia do Complexo Alagoas é fornecido pela CHESF. Cerca de 13% da demanda
é entregue pela Eletrobras Alagoas, outra empresa de distribuição de energia elétrica do governo brasileiro. A energia
restante é fornecida por contratos de longo prazo no Mercado Livre de Energia de várias empresas.

Nós autogeramos aproximadamente 31% do consumo de energia do Complexo do Sul e a energia restante é adquirida de
vários fornecedores principalmente sob contratos de longo prazo no mercado de energia livre.

A Companhia gera cerca de 11% do consumo de energia do Complexo em São Paulo e a energia restante é adquirida
principalmente em contratos de longo prazo no Mercado Livre de Energia de diversas empresas.

No Complexo do Rio de Janeiro, todo o consumo de energia é atendido, principalmente através de contratos de longo
prazo no Mercado Livre de Energiade várias empresas.

Para suprir nossas operações industriais no Brasil, o que representa 86% do consumo global de energia da Braskem,
autogeramos por volta de 20% do consumo de energia elétrica. Aproximadamente 32% da nossa demanda é fornecida
pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF), uma empresa de geração de energia elétrica do governo
brasileiro, de acordo com um contrato de compra de energia. Aproximadamente 93% dos 68% de energia restante são

PÁGINA: 127 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

fornecidos por contratos de longo prazo com vários fornecedores no mercado de energia livre (Mercado Livre de Energia)
e 7% são fornecidos por mercado regulamentado.

 No polo da Bahia, autogeramos aproximadamente 36% do consumo de energia, e cerca de 42% da demanda é
fornecida pela CHESF. A energia remanescente é fornecida por contratos de longo prazo no Mercado Livre de
Energia de várias empresas;
 No polo de Alagoas, cerca de 76% do consumo de energia é fornecido pela CHESF. Cerca de 13% da demanda é
entregue pela Eletrobras Alagoas, outra empresa de distribuição de energia elétrica do governo brasileiro. A
energia restante é fornecida sob contratos de longo prazo no Mercado Livre de Energia de várias empresas;
 No polo do Rio Grande do Sul, autogeramos aproximadamente 31% do consumo de energia e a energia restante
é adquirida de vários fornecedores principalmente em contratos de longo prazo no Mercado Livre de Energia;
 No polo de São Paulo, autogeramos aproximadamente 11% do consumo de energia e a energia restante é
adquirida principalmente em contratos de longo prazo no Mercado Livre de Energia de várias empresas;
 No polo do Rio de Janeiro, todo o consumo de energia é adquirido principalmente em contratos de longo prazo
no Mercado Livre de Energia de várias empresas.
Gás Natural

O gás natural necessário a nossas operações industriais no Brasil é fornecido sob contratos de longo prazo no mercado
regulamentado de empresas que possuem licença governamental e exclusividade para entrega em cada estado. O
consumo brasileiro representou em 2016 61% do consumo total da Braskem.

 No polo da Bahia, o gás natural é fornecido pela BAHIAGAS, representando aproximadamente 45% do consumo
brasileiro.
 No polo de Alagoas, o gás natural é fornecido pela ALGAS, representando aproximadamente 21% do consumo
brasileiro.
 No polo do Rio Grande do Sul, o gás natural é fornecido pela SULGAS, representando aproximadamente 14% do
consumo brasileiro.
 No polo de São Paulo, o gás natural é fornecido pela COMGAS, representando aproximadamente 16% do
consumo brasileiro.
 No polo do Rio de Janeiro, o gás natural é fornecido pela CEG, representando aproximadamente 4% do consumo
brasileiro.
Outros

No polo do Rio Grande do Sul, também compramos metanol para produzir MTBE e etanol para produzir o polietileno
verde. O metanol é importado e o preço é baseado em cotações do mercado internacional. O etanol é comprado no
mercado doméstico de vários fornecedores. No pólo da Bahia também compramos etanol para produzir ETBE.

Poliolefinas

Eteno e propeno

Os custos da compra de eteno e propeno, que são os custos diretos mais significativos associados à produção de
polietileno e polipropileno da Companhia, responderam, em conjunto, por 85% do total de custos variáveis de produção
da Unidade de Poliolefinas em 2016. Durante o ano de 2016, a Unidade de Poliolefinas adquiriu a totalidade de suas
necessidades de eteno e aproximadamente 63% de suas necessidades de propeno de nossa Unidade de Petroquímicos
Básicos.

Contratos de Propeno com a Petrobras e suas Subsidiárias

PÁGINA: 128 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

A Braskem mantém diversos contratos de propeno com refinarias da Petrobras, que em 2016 responderam por 36,5% do
fornecimento da demanda de propeno da Companhia para a produção de polipropileno. Tais contratos de fornecimento
possuem diferentes datas de vencimento entre maio de 2021 e abril de 2028, com preços determinados com base em
referências internacionais para garantir a competitividade da matéria-prima.

A Petrobras pode rescindir tais contratos, sem aviso prévio, se: (1) não for sanada uma violação do contrato após um
período de tolerância de 30 dias; (2) ocorrer evento de força maior, embora alguns desses contratos exijam que tal
evento persista por mais de 180 dias; (3) for transferida ou dada como garantia a totalidade ou parte dos direitos e
obrigações pelo contrato a um terceiro, sem a anuência da Petrobras; (4) houver uma alteração na administração ou no
objeto social da Braskem que entre em conflito com o objeto do contrato; (5) ocorrer a dissolução, falência ou liquidação
da Braskem; e (6) ocorrer alteração do tipo de entidade, incorporação, venda, cisão ou qualquer outra restruturação
corporativa da Braskem que entre em conflito ou impeça a execução do objeto do contrato.

Contratos para Fornecimento de Etanol

A Braskem mantém diversos contratos de etanol com grandes produtores desse combustível para abastecimento de sua
planta, que produz eteno utilizando etanol proveniente da cana de açúcar. Tais contratos de fornecimento possuem
diferentes datas de vencimento entre maio de 2017 e abril de 2018. Nos termos desses contratos, temos ou teremos o
dever de adquirir uma quantidade anual de etanol suficiente para suprir aproximadamente 70% da capacidade dessa
planta de eteno. O preço que pagaremos nos termos desses contratos é ou será determinado com referência no preço
mensal do álcool hidratado carburante, conforme publicado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da
Escola Superior de Agricultura (CEPEA/ESALQ).

Também compramos etanol no mercado à vista, a fim de complementar o fornecimento obtido por meio desses
contratos. O preço que pagamos pelo etanol nos termos da maior parte desses contratos é determinado com referência
em indicadores de mercado.

Outras matérias-primas e Utilidades

Além da venda direta de poliolefinas para clientes, a Unidade de Poliolefinas comercializa produtos no Brasil através de
distribuidoras exclusivas independentes. A Unidade de Poliolefinas é atendida por cinco distribuidoras, através das quais
a Companhia distribui seus produtos de acordo com contratos formais e operações no mercado à vista.

A Unidade de Poliolefinas também utiliza buteno e hexano como matérias-primas na produção de PEAD e PEBDL. O
buteno é fornecido pela Unidade de Petroquímicos Básicos e o hexano é importado de fornecedores da África do Sul.

As nossas Plantas Unipol®, nos Polos Petroquímicos de Camaçari e do Rio de Janeiro utilizam catalisadores fornecidos
pela Univation Technologies. Nossa planta de PEAD no Polo Petroquímico de São Paulo utiliza catalisadores fornecidos
pela W.R. Grace & Co. A planta de PEAD (slurry), no Polo Petroquímico de Camaçari, produz seus próprios catalisadores, e
os insumos para a produção desses catalisadores são adquiridos de diversos fornecedores a preços de mercado. A
Companhia compra a maior parte dos catalisadores utilizados nas plantas de polipropileno da Basell Polyolefins Company
N.V, ou Basell, além de importar alguns catalisadores de fornecedores dos Estados Unidos e da Europa. A Companhia
compra os catalisadores usados pela Unidade de Poliolefinas na linha swing da planta de PEBDL/PEAD da Basell. A
Companhia produz seus próprios catalisadores para as plantas de PEAD usando tecnologia Hoechst, e compra os insumos
necessários para produzir esses catalisadores de diversos fornecedores a preços de mercado.

Em geral, acreditamos que existem fontes alternativas suficientes disponíveis a preços razoáveis para cada um desses
outros insumos utilizados no processo de produção de poliolefinas, de maneira que a perda de qualquer fornecedor dado
não prejudicaria de forma relevante nossas operações.

PÁGINA: 129 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

Vinílicos

Eteno

O custo direto mais significativo associado à produção de PVC é o custo do eteno, que em 2016 respondeu por 49,9% do
custo total das vendas da Unidade de Vinílicos. A Unidade de Petroquímicos Básicos fornece a totalidade do eteno
requerido pela Unidade de Vinílicos.

Eletricidade

A energia elétrica constitui componente significativo do custo de nossa produção de cloro e soda cáustica. Em 2016,
representou 17,2% do custo total de vendas da Unidade de Vinílicos. A Unidade de Vinílicos recebe eletricidade de
diversas geradoras mediante contratos de compra de energia de longo prazo. As plantas de soda cáustica de Camaçari e
de Alagoas e a planta de PVC de Camaçari compram eletricidade da CHESF, mediante um contrato de longo prazo a findar
em junho de 2037. A Companhia Energética de Alagoas S.A., ou CEAL, distribui eletricidade à planta de PVC em Alagoas. O
contrato de compra de energia com a CEAL é renovável com prorrogações automáticas de um ano. Esse contrato
proporciona à Companhia a opção de comprar a totalidade de seus requisitos de energia com base em uma estimativa
anual. As condições de preço do contrato tomam por base tarifas regulamentadas pela Agência Nacional de Energia
Elétrica.

Sal

Em 2016, a produção da Companhia de cloro e soda cáustica consumiu cerca de 798 mil toneladas de sal. O sal
representou 0,5% do custo total de vendas da Unidade de Vinílicos em 2016. A Companhia tem direitos exclusivos de
exploração de mina de sal localizada próximo à planta de Alagoas. Segundo nossas estimativas, a mina tem reservas
suficientes de sal para permitir a produção de cloro às taxas previstas de produção durante aproximadamente 35 a 45
anos. Dispomos de significativas vantagens de custo em comparação com alguns concorrentes graças aos baixos custos
de extração de sal-gema (particularmente em comparação com o sal marinho), baixos custos de transporte, em razão da
proximidade da mina de sal de nossa unidade industrial.

Estados Unidos e Europa

Propeno

O maior custo direto associado à produção de polipropileno pelas Unidades EUA e Europa é o custo da compra do
propeno.

A Companhia adquire propeno para as plantas de polipropileno nos Estados Unidos através de uma série de contratos de
fornecimento de longo-prazo e no mercado spot. Em 31 de dezembro de 2016, a Companhia tinha contratos de
fornecimento de longo prazo com diversos fornecedores. A fórmula para cálculo do preço do propeno nos termos desses
contratos de fornecimento baseia-se geralmente em preços de mercado. Parte do propeno fornecido para as nossas
plantas na costa do golfo é fornecida através de uma parceria limitada que formamos com um produtor líder de
petroquímicos básicos, segundo a qual a Companhia adquire o propeno produzido por uma planta de eteno de tal
produtor em La Porte, Texas. Nos termos de tal acordo de parceria, é fornecido propeno suficiente para produzirmos até
25% da capacidade anual de produção atual de nossas plantas localizadas na costa do golfo dos EUA até o início de 2018,
com preço baseado em uma fórmula de custo que inclui um desconto fixo decrescente até 2018.

Por conta da produção crescente de gás natural e da produção relacionada de gás natural liquefeito, diversas companhias
anunciaram planos para construir plantas de desidrogenação de propano (PDH) para a produção de propeno. A Braskem
firmou um contrato de longo prazo de propeno de aproximadamente 15 anos com uma dessas empresas, a Enterprise
Products, que atualmente está construindo uma planta de PDH no Texas com capacidade anual de 750 mil toneladas. A

PÁGINA: 130 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.3 - Informações sobre produtos e serviços relativos aos segmentos operacionais

Companhia espera que esse contrato com um produtor renomado proporcione um fornecimento competitivo de
propeno a longo prazo, utilizando como matéria- prima shale gas e outras fontes não tradicionais. A planta deve iniciar
suas operações no terceiro trimestre de 2017. Segundo o acordo, os preços desses contratos serão determinados com
base no preço de mercado do propano e outros custos de mercado.

Em junho de 2012, adquirimos ativos de splitters de propeno na refinaria Marcus Hook, da Sunoco, que estão sendo
utilizados para converter propeno grau refinaria em propeno grau polímero, que será utilizado na planta de polipropileno
de Marcus Hook.

A Companhia adquire propeno para a planta de polipropileno na Alemanha através de um contrato de fornecimento de
longo prazo que prevê o fornecimento de 91% do propeno necessário nesta planta. Um desses contratos vence em
março de 2021 e é renovável automaticamente por períodos adicionais de um ano, salvo se cancelado por uma das
partes, enquanto o outro contrato de fornecimento tem vencimento em dezembro de 2021. A fórmula para cálculo do
preço do propeno nos termos desses contratos de fornecimento baseia-se em preços de mercado.

PÁGINA: 131 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.4 - Clientes responsáveis por mais de 10% da receita líquida total

(a) montante total de receitas provenientes do cliente

Nos exercícios findos em 31 de dezembro de 2016, 2015 e 2014, a Companhia não possui receitas
provenientes de transações com um único cliente que sejam iguais ou superiores a 10% de suas
receitas líquidas totais. Em 2016, as receitas mais representativas provenientes de um único cliente
equivalem a aproximadamente 2,9% das receitas líquidas totais da Companhia e ocorreram no
segmento de Petroquímicos Básicos.

(b) segmentos operacionais afetados pelas receitas provenientes do cliente

Em 2016, nenhum segmento da Companhia possui receitas provenientes de transações com um


único cliente que sejam iguais ou superiores a 10% de suas receitas líquidas totais. Um único
cliente respondeu por 17%, 9,7% e 9,7% da receita total de vendas da Unidade de Vinílicos nos
exercícios sociais encerrados em 31 de dezembro de 2016, 2015 e 2014, respectivamente.

footer

PÁGINA: 132 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.5 - Efeitos relevantes da regulação estatal nas atividades

(a) necessidade de autorizações governamentais para o exercício das atividades e histórico de relação com a
administração pública para obtenção de tais autorizações

Cumprimento às leis ambientais no Brasil

O governo brasileiro promulgou uma Lei de Crimes Ambientais em 1998 impondo sanções criminais a pessoas físicas e
jurídicas que causem danos ambientais. As pessoas jurídicas que estiverem poluindo poderão ser multadas em até
R$50,0 milhões, ter suas operações suspensas, ser impedidas de firmar contratos com o governo, ser obrigadas a reparar
os danos por elas causados e perder o direito a certos benefícios e incentivos fiscais. Os diretores, conselheiros e demais
pessoas físicas poderão cumprir penas de até cinco anos de detenção por crimes ambientais.

As nossas operações atendem, em todos os aspectos significativos, a legislação ambiental atualmente em vigor. Alguns
estudos ambientais por nós contratados indicaram casos de contaminação ambiental em algumas de nossas plantas.
Ademais, nós e algumas de nossas subsidiárias e diretores de nossa Companhia e de nossas subsidiárias recebemos
notificações eventuais de violações ambientais e estamos ou estivemos sujeitos a investigações ou procedimentos
judiciais em razão de certas alegadas violações ambientais. Essas questões ambientais e quaisquer questões ambientais
futuras que possam surgir podem nos sujeitar a multas ou outras sanções civis ou criminais impostas pelas autoridades
brasileiras. Estamos tratando de todas as questões ambientais das quais temos ciência e acreditamos que nenhuma
dessas questões terá efeito adverso relevante sobre nossos negócios, situação financeira ou operações.

Licenças de Operação

As leis e regulamentos ambientais federais e estaduais brasileiras requerem a obtenção de licenças de funcionamento
para nossas unidades industriais. Se qualquer de nossas licenças e alvarás ambientais expirar ou deixar de ser renovada,
ou se não obtivermos as licenças e alvarás ambientais necessários, estaremos sujeitos a multas que variam de R$500 a
R$50,0 milhões, podendo o governo brasileiro suspender, parcial ou totalmente, nossas atividades e nos impor sanções
civis e criminais, ou ambas as penalidades.

Cada estado no qual operamos possui suas próprias regras ambientais e as autoridades de cada estado emitiram licenças
de operação que devem ser renovadas periodicamente. Além disso, todos os projetos de instalação e operação de
instalações industriais no Polo de Camaçari, Polo de Triunfo, Polo de São Paulo e Polo do Rio de Janeiro estão sujeitas a
aprovação de diversas agências de proteção ambiental, que devem aprovar os projetos instalados anteriormente ao
início das operações, além de renovar tais aprovações periodicamente. As autoridades estaduais emitiram licenças de
operações para todas plantas, conforme segue: Polo de Camaçari (BA), Polo de Triunfo (RS), Polo de São Paulo e unidades
de Cubatão, Santo André, Mauá e Paulínia (SP), Polo do Rio de Janeiro (RJ) e plantas de Alagoas (AL). A Companhia detém
todas as licenças necessárias e não espera ter dificuldade em renovar qualquer uma delas.

As autoridades do Estado da Bahia emitiram licenças de funcionamento para as plantas no Polo Industrial de Camaçari
em 2000, licenças essas que têm validades que variam de 2017 e 2022.A licença de funcionamento ambiental obriga a
Companhia a adotar medidas sistemáticas para o tratamento de água residual e resíduos sólidos perigosos.

As autoridades do Estado do Rio Grande do Sul, onde se localizam as plantas do Polo Petroquímico de Triunfo,
disciplinam as operações da Companhia estabelecendo padrões ambientais específicos nas licenças de operação que
foram emitidas e devem ser renovadas a cada quatro anos. As Unidades do Rio Grande do Sul estão com todas as suas
licenças de operação em dia e com validades que variam de 2017 a 2020.

A autoridade do Estado de Alagoas emitiu licenças para as plantas localizadas no polo petroquímico, devendo ser
renovada por um período definido. As licenças de operação das plantas de Alagoas estão em dia e com validades que
variam de 2017 a 2026.

PÁGINA: 133 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.5 - Efeitos relevantes da regulação estatal nas atividades

As autoridades do Estado de São Paulo, onde as plantas de Cubatão, Santo André, Mauá e Paulínia estão localizadas,
requerem padrões ambientais específicos nas licenças de operação, devendo ser renovada a cada 2 anos. As licenças
estão em dia e com validades que variam de 2017 a 2018.

As autoridades do Estado do Rio de Janeiro, onde o complexo do Rio de Janeiro é localizado, regulam a operação da
empresa através de requisitos específicos e padrões ambientais dentro da licença de operação que deve ser renovado a
cada quatro anos. Todas as licenças de operação estão em dia e com validades que variam de 2017 a 2018.

Algumas licenças estão em processo de renovação. Nesses casos as licenças atuais continuam válidas até conclusão do
processo. Os processos de renovação foram abertos dentro dos prazos previstos em legislação. Todas as unidades da
Braskem estão com todos os processos de licenciamento em dia.

Todos os projetos referentes à instalação e operação de unidades industriais no Polo Industrial de Camaçari estão
sujeitos à aprovação do INEMA – Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Para que projetos instalados possam
iniciar suas atividades, o INEMA – Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos deve aprová-los e subsequentemente
renovar sua aprovação a cada cinco anos.

Todos os projetos referentes à instalação, modificação e operação de unidades industriais no Polo Petroquímico de
Triunfo estão sujeitos à aprovação da Fundação Estadual de Proteção ao Meio Ambiente do Estado do Rio Grande do Sul
(FEPAM), que deve aprovar os projetos instalados antes do início de suas operações e renovar tal aprovação a cada
quatro anos daí por diante.

Todos os projetos de instalação, modificação e operação das unidades em São Paulo estão sujeitos à aprovação da
Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, ou CETESB. A CETESB deve
aprovar os projetos de instalação das unidades e renovar sua licença de operação a cada dois anos.

Todos os projetos de instalação, modificação e operação das unidades do Rio de Janeiro estão sujeitas à aprovação pelo
Instituto Estadual do Ambiente, ou INEA. O INEA deve aprovar os projetos de instalação das unidades e renovar sua
licença de operação.

Resíduos industriais

A Companhia Riograndense de Saneamento, ou Corsan, companhia estatal do meio ambiente, opera um sistema
integrado para o tratamento de efluentes líquidos, ou Sitel, no Polo Petroquímico de Triunfo. O Sitel trata a água residual
gerada pela Companhia e por outros produtores petroquímicos em uma estação de tratamento de efluentes líquidos
localizada no Polo Petroquímico de Triunfo. Essa estação de tratamento também compreende um sistema para a coleta e
disposição de água residual contaminada.

A água residual gerada pela Companhia no Polo do Rio de Janeiro é tratada em uma estação de tratamento de efluentes
líquidos localizada naquele Polo. Essa estação de tratamento também compreende um sistema para a coleta e disposição
da água residual contaminada. Os resíduos sólidos perigosos são co-processados em fornos de cimento ou incinerados,
enquanto outros tipos de resíduos sólidos são dispostos em aterros sanitários aprovados pela Companhia.

A água residual gerada pela Companhia no Polo de São Paulo é tratada em uma estação de tratamento de efluentes
líquidos localizada naquele Polo. Essa estação de tratamento também conta com um sistema de coleta e descarte de
água residual contaminada, enquanto resíduos perigosos gerados no Polo de São Paulo são incinerados em fornos de
cimento e outros tipos de resíduos sólidos são descartados em aterros sanitários.

Nas instalações da Companhia na Bahia, toda a água residual é transportada para a Cetrel, uma instalação de tratamento
de água residual. Os resíduos sólidos são incinerados em fornos de cimento ou incineradoras, e o resíduo remanescente é
disposto em aterros sanitários.

PÁGINA: 134 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.5 - Efeitos relevantes da regulação estatal nas atividades

Além disso, a Companhia possui uma série de programas de reciclagem, que incluem a reciclagem de resíduos sólidos e
água residual. A Companhia recicla ou reutiliza 27,3% dos resíduos sólidos gerados em suas instalações e 23,4% da água
utilizada nos processos de produção.

Amianto

Nossa menor planta de cloro e soda localizada no nordeste usava tecnologia de células de mercúrio para produzir cloro e
soda cáustica. Essa tecnologia não pode mais ser utilizada em novas instalações de produção petroquímica de acordo
com a legislação brasileira, em parte devido a preocupações ambientais com relação às emissões de mercúrio resultantes
desse processo de fabricação. Como resultado, em novembro de 2016, concluímos nossa mudança para tecnologia de
diafragma mais recente e proibimos a tecnologia de amianto de nossas plantas.

Cumprimento às leis ambientais nos Estados Unidos

As operações da Companhia nos Estados unidos estão sujeitas às leis e regulamentos federais, estaduais e municipais dos
Estados Unidos que disciplinam o descarte de efluentes, armazenagem, manejo, gestão, transporte e descarte de
material perigoso, resíduos industriais e outros materiais no ambiente; o uso, armazenagem e manejo de vários tipos de
produtos e materiais; e proteção da saúde e segurança e do meio ambiente. Em muitos casos, licenças específicas devem
ser obtidas para tipos específicos de operações, emissões ou descartes. Por exemplo, as instalações nos estados do Texas,
Pensilvânia e West Virginia devem manter diversas permissões relativas à qualidade do ar e tratamento de água residual
industrial, e cumprir com as exigências regulatórias relativas ao gerenciamento de resíduos. A Companhia detém as
licenças necessárias para operar suas instalações (ou as mesmas encontram-se em processo normal de renovação).
Acreditamos que as operações da Companhia nos Estados Unidos atendem em todos os aspectos relevantes às leis e
regulamentos ambientais federais, estaduais e municipais em vigor naquele país.

Como ocorre com o setor petroquímico dos Estados Unidos em geral, o cumprimento das leis e regulamentos existentes
e previstos aumenta o custo total de operação das atividades das plantas nos EUA, incluindo custos operacionais e custos
de capital para construir, manter e modernizar equipamentos e instalações. Essas leis e regulamentos exigem e prevê-se
que continuarão a exigir que a Companhia incorra em desembolso de capital e despesas.

A Clean Air Act, lei promulgada em 1990 nos Estados Unidos, determina que a Agência de Proteção Ambiental dos EUA
(EPA) deve estabelecer as Normas Nacionais de Qualidade do Ar Ambiente (NAAQS) para poluentes considerados
prejudiciais à saúde pública e ao meio-ambiente. A Clean Air Act requer uma revisão periódica dos conceitos científicos
nos quais as normas são baseadas, e das normas em si. NAAQS para o ozônio e partículas finas (conhecidas como PM2.5),
promulgadas pela EPA, resultaram na identificação de áreas de não conformidade em todo o país, entre elas
determinadas áreas nos estados do Texas, Pensilvânia e West Virginia, locais onde a Braskem America opera instalações.
Como resultado dessas designações de não conformidade pela EPA, as agências locais ou estaduais de controle da
poluição do ar irão aplicar exigências de licenciamento e/ou controle com o objetivo de reduzir emissões de precursores
de ozônio (óxidos de nitrogênio e compostos orgânicos voláteis) e partículas finas (inclusive dos precursores de PM2,5),
de forma a demonstrar o cumprimento das NAAQS aplicáveis. Tais exigências podem incluir a imposição de exigências de
compensação e poderiam resultar em maiores exigências de controle de emissões. Além disso, a EPA reavaliou em 2015
se a NAAQS para PM2,5 é suficiente. Tal reavaliação poderia resultar em normas mais rígidas para o ar ambiente, o que
poderia levar a exigências adicionais específicas por estado, visando reduzir as taxas de emissão permitidas para PM2,5
ou para seus precursores de poluentes, e emitir uma proposta de norma. No entanto, nenhuma determinação final foi
feita. Além disso, em 26 de outubro de 2016, a EPA reduziu os padrões primários e secundários da NAAQS para ozônio,
de 0,075 ppm para 0,070 ppm. Os regulamentos que implementam essa mudança provavelmente não serão
promulgados por vários anos.

PÁGINA: 135 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.5 - Efeitos relevantes da regulação estatal nas atividades

Além das exigências de licenciamento e/ou controle que podem resultar da implementação das NAAQS em nível estadual
e municipal, a EPA pode promulgar novos ou revisados Padrões de Desempenho de Fontes Novas ou Padrões de Emissão
Nacional de Poluentes Perigosos federais que seriam aplicados a certas operações e podem exigir a instalação ou
modernização dos equipamentos de controle a fim de satisfazer os limites aplicáveis de emissões e/ou normas
operacionais segundo tais programas regulatórios. Os atuais regulamentos propostos pela EPA nessa área não se
aplicariam especificamente às operações da Braskem América.

Adicionalmente, existem diversas medidas legislativas e reguladoras a respeito de emissões de gases do efeito estufa
(GEE) em várias etapas de análise, discussão ou implantação pelo Congresso dos Estados Unidos e pela EPA. Em 23 de
outubro de 2016, a EPA finalizou novas regulamentações (conhecidas como Clean Power Plan) com o objetivo de reduzir
as emissões de GEE de unidades de geração de energia elétrica existentes, novas e reconstruídas. Em 9 de fevereiro de
2016, a Suprema Corte deu continuidade à implementação do Clean Act Plan, ficando pendente revisão judicial. Embora
neste momento não seja possível prever o impacto final dessas regulamentações sobre a Braskem America e a indústria
petroquímica dos Estados Unidos em geral, elas poderiam acarretar no aumento dos custos de utilidades incorridos na
operação e manutenção das instalações da Companhia nos Estados Unidos. Ademais, os regulamentos futuros que
venham a limitar as emissões de gases do efeito estufa ou o teor de carbono de produtos, que visem setores específicos
como o da fabricação de produtos petroquímicos, poderiam afetar negativamente a capacidade da Companhia de levar
adiante as atividades da Braskem América, podendo também fazer diminuir a demanda de seus produtos. As atuais
regulamentações propostas pela EPA nessa área não se aplicariam especificamente às operações da Braskem América.

Cumprimento às leis ambientais na Alemanha e na União Européia

As operações da Companhia na Alemanha estão sujeitas às leis federais, estaduais e municipais alemãs, bem como
regulamentos que regem o descarte de efluentes e emissões no meio ambiente, bem como o manuseio e descarte de
resíduos industriais ou relacionados à proteção do meio ambiente e gestão de resíduos. As operações da Companhia na
Alemanha atendem em todos os aspectos materiais às leis ambientais alemãs federais, estaduais e locais, bem como os
regulamentos em vigor.

Assim como no setor petroquímico da União Europeia em geral, o atendimento a leis e regulamentos alemães existentes
e futuros aumenta o custo global de operar os negócios na Europa, inclusive custos operacionais e custos de construção,
manutenção e atualização de equipamentos e instalações. Tais leis e regulamentos exigem, e devem continuar a exigir
que a Companhia realize gastos de capital e despesas.

Nas instalações alemãs de Schkopau e Wesseling, a Companhia deve manter licenças de gerenciamento do ar, radiação,
água residual e resíduos emitidas pela governo alemão e acordos locais relacionados ao tratamento de água residual
industrial. A Companhia detém todas as licenças necessárias.

Além disso, as instalações em Wesseling, Alemanha, estão sujeitas aos regulamentos europeus relativos a gases do efeito
estufa e um programa de limite e comercialização de tais emissões. A Companhia adquiriu créditos de CO2 suficientes
para compensar as emissões das operações até 2018, considerando condições normais de operação. A Companhia irá
adquirir qualquer licença adicional necessária no mercado de comercialização de emissões. A Companhia não possui
conhecimento de qualquer nova regulamentação ambiental que possa afetar suas operações na Europa. Da mesma
forma, a Companhia não pode estimar o potencial impacto financeiro de quaisquer regulamentos futuros da União
Européia ou da Alemanha.

Cumprimento às leis ambientais no México

Nossas operações no México estão sujeitas a várias leis e regulamentações ambientais relativas à saúde humana, ao
manuseio e disposição de resíduos sólidos e perigosos e descargas de poluentes no ar, no solo e na água. Segundo a
legislação mexicana, a Braskem Idesa é obrigada a obter licenças ambientais e operacionais para a operação de seu

PÁGINA: 136 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.5 - Efeitos relevantes da regulação estatal nas atividades

complexo petroquímico. Nossas operações no México estão em conformidade em todos os aspectos materiais com as leis
e regulamentos ambientais federais, estaduais e locais aplicáveis em vigor.

a) política ambiental do emissor e custos incorridos para o cumprimento da regulação ambiental e, se for o caso,
de outras práticas ambientais, inclusive a adesão a padrões internacionais de proteção ambiental
As despesas anuais consolidadas da Companhia com atendimento ao controle ambiental foram de R$ 336,9 milhões em
2016. Essas despesas dizem respeito a investimentos em meio ambiente, tratamento de efluentes e resíduos,
licenciamento ambiental, depreciação, provisão para danos ambientais e outros gastos. As despesas consolidadas
referentes ao meio ambiente estão relacionadas às políticas da Companhia de contínuo controle e monitoramento
ambiental e as operações da Companhia em curso não têm nenhuma obrigação futura relevante. Contudo, é provável
que nossos custos de atendimento à regulamentação ambiental aumentem em razão do aumento projetado de nossa
capacidade de produção e aumentos projetados dos custos unitários de tratamento e descarte de resíduos industriais,
bem como do custo de atendimento a futuras regulamentações ambientais.

Os gastos anuais consolidados em atendimento ao controle ambiental em todos os países nos quais a Companhia opera
estão relacionados abaixo:

Desembolso em Meio Ambiente

(R$ milhões/ano)

Exercício encerrado em

Tipo 31/12/2016 31/12/2015 31/12/2014

Total 425 312 300

Tratamento de efluentes e disposição de resíduos 104 93 105

Tratamento de emissões 8 8 10

Licenças ambientais 1 1 0,526

Depreciação e despesas com manutenção e operação, incluindo materiais, Não


46 46
serviços e despesas com pessoal para essa finalidade reportado

Passivos ambientais (custos de limpeza total, inclusive custos com


183 66 50
remediação de derramamentos)

Outros custos de gestão ambiental 60 67 49

Investimentos em meio ambiente 24 31 86

Observação

Outros custos de gestão ambiental incluem gerenciamento de águas subterrâneas, gerenciamento de risco ambiental,
monitoramentos ambientais e energia e água administrativa.

A Companhia possuía provisão para contingências ambientais potenciais no valor de R$ 254 milhões em 31 de dezembro
de 2016.

PÁGINA: 137 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.5 - Efeitos relevantes da regulação estatal nas atividades

b) dependência de patentes, marcas, licenças, concessões, franquias, contratos de royalties relevantes para o
desenvolvimento das atividades
Licenças de Tecnologia

A Unidade de Petroquímicos Básicos utiliza tecnologia de processo de engenharia mediante acordos não exclusivos de
várias fontes de processos específicos de produção. Foram firmados diversos contratos não exclusivos com várias
empresas petroquímicas líderes para uso de certas tecnologias e catalisadores nas Unidades de Poliolefinas, Vinílicos,
EUA e Europa. Alguns dos contratos de licenciamento usados por tais Unidades permitem o uso da tecnologia em plantas
já existentes e futuras. Caso algum dos contratos ou licenças seja rescindido, a administração acredita que teria
condições de substituir a tecnologia em questão por tecnologia comparável ou superior, de outra origem.

Não são pagos royalties contínuos nos termos de nenhum dos contratos ou licenças usadas pela Unidade de
Petroquímicos Básicos ou pela Unidade de Vinílicos. A maioria dos contratos de licenciamento usados pela Unidade de
Poliolefinas ou pela Unidade EUA e Europa não requer o pagamento de royalties contínuos. De acordo com os contratos
de licenciamento que exigem pagamentos contínuos de royalties, tais pagamentos são efetuados trimestralmente com
base no volume de produtos produzidos com a tecnologia licenciada.

Pesquisa e desenvolvimento

A capacidade da Companhia de competir nos mercados interno e de exportação onde atua depende de sua capacidade
de integrar novos processos de produção desenvolvidos por ela e por terceiros, a fim de baixar custos e oferecer novos
produtos termoplásticos. Além disso, a capacidade de desenvolver novos produtos e customizar produtos já existentes
reforça os relacionamentos com os clientes.

Desenvolvemos projetos através de nossos centros de pesquisa e/ou desenvolvimento: (i) Centro de Inovação e
Tecnologia em Triunfo, Rio Grande do Sul; (ii) Centro de Inovação e Tecnologia em Pittsburgh, Pensilvânia, Estados
Unidos; (iii) Centro de Pesquisas Químicas Renováveis em Campinas, São Paulo, Brasil; (iv) Centro de Desenvolvimento
Tecnológico de Processos em Mauá, São Paulo, Brasil; (v) Centro Técnico Europeu de Wessling, Baviera, Alemanha; e (vi)
Centro Técnico Mexicano em Nanchital, Vera Cruz, México, que desenvolvem processos, produtos e aplicações para
muitos setores industriais e que, em 31 de dezembro de 2016, possuíam coletivamente 302 funcionários. Através desses
centros, coordenamos e mantemos nossos programas de pesquisa e desenvolvimento, que incluem a operação de (i)
plantas piloto, (ii) laboratórios de catálise, polimerização e ciências poliméricas, e (iii) engenharia de processos e
pesquisa de fontes renováveis. Nossos investimentos em pesquisa e desenvolvimento, classificados como despesas,
totalizaram R$ 162,0 milhões em 2016, R$ 169,6 milhões em 2015 e R$ 128,1 milhões em 2014.

A Braskem continua seus esforços para desenvolver soluções para produtos de matérias-primas renováveis através de
projetos internos e parcerias com Amyris e Michelin para produção de isopreno e com Genomatica para produção de
butadieno.

Em setembro de 2016, fizemos parceria com a Made In Space, um importante desenvolvedor de impressoras 3D para
operação em gravidade zero e um fornecedor credenciado da NASA. Made In Space desenvolveu a Additive
Manufacturing Facility, a primeira impressora 3D comercial permanentemente localizada fora da Terra. Atualmente
instalado na Estação Espacial Internacional, este equipamento utiliza resina de polietileno de base biológica produzida
em nossa fábrica de Triunfo, Rio Grande do Sul, para fabricar várias peças.

PÁGINA: 138 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.6 - Receitas relevantes provenientes do exterior

a) receita proveniente dos clientes atribuídos ao país sede do emissor e sua participação na receita líquida total
do emissor
País Sede - Brasil Valor da receita líquida (R$ milhões) (%) participação na receita líquida total

Exercício social encerrado em 31 de


24.640 51,7
dezembro de 2016

b) receita proveniente dos clientes atribuídos a cada país estrangeiro e sua participação na receita líquida total
do emissor
Exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2016

Destino da Exportação Valor da receita líquida (R$ milhões) % participação na receita líquida total

Estados Unidos 7.965 16,7%

Argentina 1.244 2,6%

Reino Unido 590 1,2%

Alemanha 1.199 2,5%

México 2.076 4,4%

Itália 667 1,4%

Holanda 262 0,6%

Cingapura 1.101 2,3%

Suíça 228 0,5%

Colômbia 369 0,8%

Espanha 342 0,7%

Chile 523 1,1%

Peru 397 0,8%

Uruguai 123 0,3%

Japão 1.632 3,4%

Polônia 253 0,5%

Paraguai 185 0,4%

França 237 0,5%

Bolívia 211 0,4%

Canadá 242 0,5%

Coréia do Sul 255 0,5%

PÁGINA: 139 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.6 - Receitas relevantes provenientes do exterior

Outros 2.923 6,1%

Total 23.024 48,3%

c) receita total proveniente de países estrangeiros e sua participação na receita líquida total do emissor

Países estrangeiros Valor da receita líquida (R$ milhões) (%) participação na receita líquida total

Exercício social encerrado em 31 de 23.024 48,3


dezembro de 2016

PÁGINA: 140 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.7 - Efeitos da regulação estrangeira nas atividades

Todas as informações relacionadas ao cumprimento da Legislação Ambiental nas unidades


estrangeiras da Companhia foram fornecidas no item 7.5 (a) acima.

footer

PÁGINA: 141 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.8 - Políticas socioambientais

a) Se o emissor divulga informações sociais e ambientais


Para a Companhia, o conceito de desenvolvimento sustentável refere-se a questões econômicas, sociais e ambientais
relacionadas às atividades da Companhia e de sua cadeia e inclui o compromisso ético com as gerações atuais e futuras,
com o uso racional dos recursos naturais e com a saúde do planeta.

Esse compromisso permeia a estratégia e a atuação da Companhia. É extremamente importante para a Companhia
minimizar os eventuais impactos negativos e maximizar os positivos provocados por suas atividades e, dessa forma,
tornar-se parte da solução para uma vida melhor, por meio dos seus produtos, serviços e da sua atuação.

Nesse sentido, a Companhia divulga as informações sociais e ambientais em seu Relatório Anual que pode ser
encontrado no endereço eletrônico da Companhia (http://www.braskem- ri.com.br/).

b) A metodologia seguida na elaboração dessas informações


A Companhia utiliza, na elaboração das informações sociais e ambientais, a metodologia Global Reporting Initiative (GRI)
G4, nível Essencial, Pacto Global, além de alguns requisitos da norma Relato Integrado, do International Integrated
Reporting Council (IIRC).

c) Se essas informações são auditadas ou revisadas por entidade independente


As informações sociais e ambientais são auditadas e revisadas pela KPMG Auditores Independentes.

d) A página na rede mundial de computadores onde podem ser encontradas essas informações
As informações sociais e ambientais podem ser encontradas no seguinte endereço eletrônico da Companhia:
http://www.braskem-ri.com.br/relatorios-anuais (selecionar o ano desejado e clicar no link para o Relatório Anual -
documento separado do Relatório da Administração).

PÁGINA: 142 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

7.9 - Outras informações relevantes

Em 31 de dezembro de 2016, nossos investimentos totais em ativos imobilizados e intangíveis


foram de R$ 2.875 milhões, compreendendo principalmente (i) investimentos em projetos
operacionais, paradas de manutenção e aquisição de sobressalentes no montante de de R$ 1.747
milhões; e (ii) R$ 1.279 milhões de adição ao imobilizado da controlada Braskem Idesa. Os
investimentos de capital com bens do imobilizado e ativos intangíveis em 31 de dezembro de 2015
e 2014 totalizaram R$ 4.124 milhões e R$ 5.416 milhões, respectivamente.

footer

PÁGINA: 143 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

8.1 - Negócios extraordinários

Todos os eventos ocorridos ao longo dos últimos três exercícios sociais que importem aquisição ou alienação de qualquer
ativo relevante se enquadram dentro da operação normal dos negócios da Companhia e já foram devidamente descritos
nos respectivos itens pertinentes deste Formulário de Referência, em especial no item 15.7.

footer

PÁGINA: 144 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

8.2 - Alterações significativas na forma de condução dos negócios do emissor

Nos últimos três exercícios sociais, não houve alterações significativas na forma de condução dos
negócios da Companhia.

footer

PÁGINA: 145 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

8.3 - Contratos relevantes celebrados pelo emissor e suas controladas não diretamente
relacionados com suas atividades operacionais

Nos últimos três exercícios sociais, não foram celebrados contratos relevantes pela Companhia ou
por suas controladas que não sejam diretamente relacionados às atividades operacionais.

footer

PÁGINA: 146 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

8.4 - Outras inf. Relev. - Negócios extraord.

Não há outras informações que a Companhia julgue relevantes em relação a este item.

footer

PÁGINA: 147 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Abaixo, informamos todas as marcas, patentes e licenças registradas ou em processo de registro pela Companhia no
exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2016. No entanto, ressaltamos que, apesar das informações da tabela
abaixo serem com base nas demonstrações financeiras de 2016, as informações relacionadas à quantiQ foram excluídas
de tal tabela, visto que a sua venda foi concluída em 03 de abril de 2017.

Exceto pelas informações do item 9.1(b) abaixo apresentadas, todas as demais informações relevantes quanto a este
item foram divulgadas nos itens 9.1 (a) e (c) abaixo.

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2019 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


19990105017 - A SYSTEM patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR ON LINE INFERENCE OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PHYSICAL AND CHEMICAL taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PROPERTIES AND SYSTEM caso de patente concedida: patente ou processo ou
FOR ON LINE CONTROL (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2019 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI99143305 - A SYSTEM FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ON LINE INFERENCE OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PHYSICAL AND CHEMICAL taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PROPERTIES AND SYSTEM caso de patente concedida: patente ou processo ou
FOR ON LINE CONTROL (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2019 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09806933 - A SYSTEM FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ON LINE INFERENCE OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PHYSICAL AND CHEMICAL taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PROPERTIES AND SYSTEM caso de patente concedida: patente ou processo ou
FOR ON LINE CONTROL (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação

PÁGINA: 148 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

por ação judicial.

Documento número 2020 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


20017016408 - POLYOLEFIN patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITION WITH (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
IMPROVED IMPACT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PROPERTIES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2020 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PAa2001013390 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYOLEFIN COMPOSITION (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
WITH IMPROVED IMPACT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PROPERTIES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2020 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09602329 - POLYOLEFIN patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITION WITH (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
IMPROVED IMPACT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PROPERTIES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 149 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10281409 - POLYOLEFIN patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITION WITH (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
IMPROVED IMPACT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PROPERTIES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2019 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI99040450 - CATALISADOR, patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESSO PARA A (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUÇÃO DE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
CATALISADOR, caso de patente concedida: patente ou processo ou
COMPONENTE DE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
CATALISADOR E APLICAÇÃO administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
DE COMPONENTE DE pagamento de taxa de
CATALISADOR manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2019 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI99040662 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PREPARAÃO DE RESINAS DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLIPROPILENO COM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
REOLOGIA CONTROLADA, caso de patente concedida: patente ou processo ou
MISTURA GRANULADA, (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
APLICAÃO DA MISTURA administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
GRANULADA E RESINAS DE pagamento de taxa de
POLIPROPILENO manutenção, (iii) expiração
DEGRADADAS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2019 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09407488 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOUND FOR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
EXTRUDED BODY SIDE caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 150 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

MOLDING (i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2020 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


20000107013 - PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE CONTROLLED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYETHYLENE AND ITS caso de patente concedida: patente ou processo ou
COPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2019 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI99060221 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE CONTROLLED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYETHYLENE AND ITS caso de patente concedida: patente ou processo ou
COPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2020 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10148999 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE CONTROLLED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYETHYLENE AND ITS caso de patente concedida: patente ou processo ou
COPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 151 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2020 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09488465 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
MANUFACTURING CLEAR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
SHAPED ARTICLES FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYOLEFIN caso de patente concedida: patente ou processo ou
COMPOSITIONS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2020 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09502622 - ZWITTERIONIC patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYMERIZATION CATALYST (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2021 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10021774 - PROPYLENE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COPOLYMER FOAMS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 152 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2020 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI00063231 - PROCESSOS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PARA A PREPARAÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRÉ-CATALISADOR PARA taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLIMERIZAÃO DE caso de patente concedida: patente ou processo ou
OLEFINAS E PARA A (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
POLIMERIZAÃO DE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OLEFINAS, SUPORTE pagamento de taxa de
CATALÍTICO, PRÉ- manutenção, (iii) expiração
CATALISADOR, APLICAÕES do prazo de vigência, (iv)
DE UM PRÉ-CATALISADOR E caducidade e (v) anulação
DE POLIETILENOS, por ação judicial.
POLIETILENO DE ALTA
DENSIDADE,
POLIPROPILENO, E,
COPOLÍMEROS DE
PROPILENO E ALFA-
OLEFINAS

Documento número 2021 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09778442 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE IMPACT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COPOLYMER HAVING taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BIMODAL SIZED RUBBER caso de patente concedida: patente ou processo ou
PARTICLES (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10364797 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE IMPACT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COPOLYMER HAVING taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BIMODAL SIZED RUBBER caso de patente concedida: patente ou processo ou
PARTICLES (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação

PÁGINA: 153 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

por ação judicial.

Documento número 2021 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09825585 - FLEXIBLE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYOLEFIN COMPOUNDS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR VEHICLE APPLICATIONS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2021 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09867198 - POLYOLEFIN patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ADDITIVE PACKAGES FOR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCING ARTICLES WITH taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ENHANCED STAIN caso de patente concedida: patente ou processo ou
RESISTANCE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2021 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


09991801 - STABILIZATION patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
SYSTEM FOR IMPROVING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE MELT VISCOSITY OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYPROPYLENE DURING caso de patente concedida: patente ou processo ou
FIBER PROCESSING (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 154 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10046584 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE BIAXIALLY (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ORIENTED FILM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI02157799 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 155 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente


FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 156 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 157 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


027401546 - SOLID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CATALYST COMPONENT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2032 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13440384 - SOLID CATALYST patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPONENT FOR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMERIZATION AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COPOLYMERIZATION OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE, AND, PROCESS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FOR OBTAINING THE SAME administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


1120120287575 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE BLENDS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR NON-WOVEN taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PRODUCTION caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


117810333 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE BLENDS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR NON-WOVEN taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PRODUCTION caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 158 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2022 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10228487 - RESIN patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITIONS FOR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCING BIAXIALLY taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ORIENTED POLYPROPYLENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
FILMS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10786189 - RESIN patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITIONS FOR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCING BIAXIALLY taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ORIENTED POLYPROPYLENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
FILMS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2025 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11110006 - RESIN patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITIONS FOR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCING BIAXIALLY taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ORIENTED POLYPROPYLENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
FILMS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 159 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12776881 - Polypropylene patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
blends for non-woven (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
production taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


038081477 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


060117439 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 160 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


060167442 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


038081477 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


060117439 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


060167442 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 161 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


038081477 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


060117439 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


060167442 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 162 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


562CHENP2005 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


038081477 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


060117439 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 163 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10530462 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10680372 - HIGHLY patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE WITH LOW taxa de manutenção. No importar produto objeto da
XYLENE SOLUBLES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10953376 - PAINTABLE, IN- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
REACTOR BLENDED, (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THERMOPLASTIC taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYOLEFIN caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


047944632 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR AIR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
QUENCHED BLOWN FILMS caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 164 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2540887 - POLYPROPYLENE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITION FOR AIR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
QUENCHED BLOWN FILMS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2004800293488 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR AIR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
QUENCHED BLOWN FILMS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


047944632 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR AIR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
QUENCHED BLOWN FILMS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 165 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


047944632 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR AIR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
QUENCHED BLOWN FILMS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PAa2006003931 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR AIR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
QUENCHED BLOWN FILMS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10574729 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR AIR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
QUENCHED BLOWN FILMS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 166 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12474776 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR AIR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
QUENCHED BLOWN FILMS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2023 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10716828 - PROPYLENE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
HOMOPOLYMERS FOR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
BIAXIALLY ORIENTED FILMS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10827636 - HIGH MELT patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FLOW RATE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THERMOPLASTIC taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYOLEFINS PRODUCED caso de patente concedida: patente ou processo ou
IN-REACTOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2025 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


CA2563984 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE BLENDS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR NON-WOVEN FABRICS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 167 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2025 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PaA2006013107 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE BLENDS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR NON-WOVEN FABRICS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10844640 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE BLENDS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR NON-WOVEN FABRICS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


10855922 - IMPROVED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CLARITY, LOW HAZE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 168 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2024 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI04019067 - COMPOSIÃO patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLIMÉRICA DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLIPROPILENO taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2025 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11660729 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CHEMICAL RECYCLING OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POST CONSUMPTION taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLY(ETHYLENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
TEREPHTHALATE) AND (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
EQUIPMENT FOR CHEMICAL administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
RECYCLING OF POST pagamento de taxa de
CONSUMPTION manutenção, (iii) expiração
POLY(ETHYLENE do prazo de vigência, (iv)
TEREPHTHALATE) caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2025 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


C104057341 - ESTRUTURA patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PARA SUSTENTAÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FORRO taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 169 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


C204057341 - ESTRUTURA patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PARA SUSTENTAÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FORRO taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


CA2600364 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PROPYLENE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
HOMOPOLYMERS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2007011776 - PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PROPYLENE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
HOMOPOLYMERS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2025 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11089955 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PROPYLENE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
HOMOPOLYMERS caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 170 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2600362 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PROPYLENE COPOLYMERS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2007011777 - PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PROPYLENE COPOLYMERS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2025 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11090523 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PROPYLENE COPOLYMERS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 171 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


067496679 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PLASMA COATING A (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE OBJECT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


067496679 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PLASMA COATING A (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE OBJECT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


067496679 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PLASMA COATING A (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE OBJECT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 172 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


067496679 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PLASMA COATING A (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE OBJECT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


95116036 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PLASMA COATING A (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE OBJECT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2025 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI05050936 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PREPARAÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPÓSITO DE FIBRAS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
LIGNOCELULÓSICAS E caso de patente concedida: patente ou processo ou
POLICLORETO DE VINILA, E, (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COMPÓSITO RESULTANTE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI06022723 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
OBTENÃO DE RESINA (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
TERPENO-FENÓLICA COM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
UTILIZAÃO DE OLIGÔMEROS caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 173 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

TERPÊNICOS PARA (i) ação de nulidade produto obtido diretamente


INCORPORAÃO À CADEIA administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
POLIMÉRICA pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI06023606 - PROCESSO patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PARA A PRODUÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
HIDROCARBONETOS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
CLORADOS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI06024955 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
NANOCOMPÓSITO EM (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLIPROPILENO BASEADO taxa de manutenção. No importar produto objeto da
EM UM COMPATIBILIZANTE caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI06028942 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PREPARAÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
NANOCOMPÓSITOS DE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLIOLEFINAS VIA caso de patente concedida: patente ou processo ou
POLIMERIZAÃO IN SITU E, (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
NANOCOMPÓSITOS DE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
POLIOLEFINAS pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 174 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI06036643 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
OBTENÃO DE LAMINADO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
RESPIRÁVEL DE PVC E taxa de manutenção. No importar produto objeto da
LAMINADO RESPIRÁVEL DE caso de patente concedida: patente ou processo ou
PVC (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI06042848 - PROCESSO patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
INTEGRADO DE PRODUÃO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
DE PROPENO A PARTIR DE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
MATÉRIAS PRIMAS caso de patente concedida: patente ou processo ou
NATURAIS E RENOVÁVEIS, (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PROPENO, E, administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
POLIPROPILENO pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2007329122 - A METHOD patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ONE OR MORE OLEFINS, AN taxa de manutenção. No importar produto objeto da
OLEFIN, AND A POLYMER caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 175 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07195117 - A METHOD patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ONE OR MORE OLEFINS, AN taxa de manutenção. No importar produto objeto da
OLEFIN, AND A POLYMER caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


078157690 - A METHOD patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ONE OR MORE OLEFINS, AN taxa de manutenção. No importar produto objeto da
OLEFIN, AND A POLYMER caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


078157690 - A METHOD patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ONE OR MORE OLEFINS, AN taxa de manutenção. No importar produto objeto da
OLEFIN, AND A POLYMER caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2009539573 - A METHOD patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PRODUCTION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ONE OR MORE OLEFINS, AN taxa de manutenção. No importar produto objeto da
OLEFIN, AND A POLYMER caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 176 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12517707 - A METHOD FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PRODUCTION OF ONE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
OR MORE OLEFINS, AN taxa de manutenção. No importar produto objeto da
OLEFIN, AND A POLYMER caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI06060501 - SISTEMA E patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
MÉTODO AUTOMATIZADO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
DE EMISSÃO ACÚSTICA DE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
MONITORAMENTO caso de patente concedida: patente ou processo ou
CONTÍNUO PARA AVALIAÃO (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
DE REATORES TUBULARES administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2026 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI06056644 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
SÍNTESE DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
NANOCOMPÓSITOS DE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLIOLEFINAS DE ULTRA caso de patente concedida: patente ou processo ou
ALTO PESO MOLECULAR, E, (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
NANOCOMPÓSITO DE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
POLIOLEFINA DE ULTRA pagamento de taxa de
ALTO PESO MOLECULAR manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 177 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07005814 - TITULADOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
AUTOMÁTICO, PROCESSO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
DE TITULAÃO E MÉTODO DE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
DETERMINAÃO DO ÍNDICE caso de patente concedida: patente ou processo ou
DE BROMO E NÚMERO DE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
BROMO EM administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HIDROCARBONETOS pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07006314 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PRODUÃO DE UM OU MAIS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ÁLCOOIS, E, ÁLCOOL(IS) taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087335030 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 178 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI08112401 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


200800954 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087335030 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087335030 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 179 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente


OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXa2009012469 - PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087335030 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087335030 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 180 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087335030 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11979951 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI08110565 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 181 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXa2009012473 - PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11979941 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER YARNS FROM taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ULTRA HIGH MOLECULAR caso de patente concedida: patente ou processo ou
WEIGHT HOMOPOLYMERS (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
OR COPOLYMERS, POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
YARNS, MOLDED POLYMER pagamento de taxa de
PARTS, AND THE USE OF manutenção, (iii) expiração
POLYMER YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2653356 - HIGH patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINITY, HIGH MELT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FLOW RATE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYPROPYLENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2008015361 - HIGH patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINITY, HIGH MELT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FLOW RATE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYPROPYLENE caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 182 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11809114 - HIGH patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CRYSTALLINITY, HIGH MELT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FLOW RATE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLYPROPYLENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2008801204259 - PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR PLASMA COATING A (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE OBJECT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


97139339 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PLASMA COATING A (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYPROPYLENE OBJECT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 183 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07035861 - PROCESS OF patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED METALLOCENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2008101490498 - PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
OF PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED METALLOCENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

PÁGINA: 184 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


082908286 - PROCESS OF patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED METALLOCENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


082908286 - PROCESS OF patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED METALLOCENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


082908286 - PROCESS OF patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED METALLOCENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de

PÁGINA: 185 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração


WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12163711 - PROCESS OF patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED METALLOCENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


200880113065X - PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED BIMETALLIC caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND

PÁGINA: 186 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087727483 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED BIMETALLIC caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087727483 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED BIMETALLIC caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

PÁGINA: 187 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


087727483 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED BIMETALLIC caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12167611 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED BIMETALLIC caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de
COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração
WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13041028 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PREPARATION OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALYTIC SUPPORT AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
SUPPORTED BIMETALLIC caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALYSTS FOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PRODUCTION OF administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
HOMOPOLYMERS AND pagamento de taxa de

PÁGINA: 188 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

COPOLYMERS OF ETHYLENE manutenção, (iii) expiração


WITH ALPHA-OLEFINS, OF do prazo de vigência, (iv)
HIGH AND ULTRA HIGH caducidade e (v) anulação
MOLECULAR WEIGHT AND por ação judicial.
WITH BROAD MOLECULAR
WEIGHT DISTRIBUTION IN
SLURRY, BULK AND GAS
PHASE PROCESSES AND
PRODUCTS THEREOF

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


EP2209840 - A PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR POLYMERIZATION IN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou
MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de
POLYMER manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07058152 - A PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR POLYMERIZATION IN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou
MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de
POLYMER manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


EP2209840 - A PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR POLYMERIZATION IN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou
MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de

PÁGINA: 189 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

POLYMER manutenção, (iii) expiração


NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


EP2209840 - A PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR POLYMERIZATION IN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou
MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de
POLYMER manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


EP2209840 - A PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR POLYMERIZATION IN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou
MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de
POLYMER manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


EP2209840 - A PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR POLYMERIZATION IN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou
MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de
POLYMER manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 190 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXa2010004274 - A patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMERIZATION IN THE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
PRESENCE OF caso de patente concedida: patente ou processo ou
NANOPARTICLES OF A (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
MINERAL FILLER FOR THE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
ATTAINMENT OF POLYMER pagamento de taxa de
NANOCOMPOSITES, AND A manutenção, (iii) expiração
POLYMER do prazo de vigência, (iv)
NANOCOMPOSITE caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


EP2209840 - A PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR POLYMERIZATION IN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou
MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de
POLYMER manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12739645 - A PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYMERIZATION IN THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou
MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de
POLYMER manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2008002199 - A PROCESS patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FOR POLYMERIZATION IN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRESENCE OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NANOPARTICLES OF A caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 191 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

MINERAL FILLER FOR THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
ATTAINMENT OF POLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPOSITES, AND A pagamento de taxa de
POLYMER manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPOSITE do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07056990 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PRODUCTION OF HIGH (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
TENSILE STRENGTH AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
LOW CREEP POLYMER caso de patente concedida: patente ou processo ou
YARNS, HIGH TENSILE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
STRENGTH AND LOW CREEP administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
POLYMER OR COPOLYMER pagamento de taxa de
YARNS, AND, THE USE OF manutenção, (iii) expiração
SUCH YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2008002288 - PROCESS FOR patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
THE PRODUCTION OF HIGH (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
TENSILE STRENGTH AND taxa de manutenção. No importar produto objeto da
LOW CREEP POLYMER caso de patente concedida: patente ou processo ou
YARNS, HIGH TENSILE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
STRENGTH AND LOW CREEP administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
POLYMER OR COPOLYMER pagamento de taxa de
YARNS, AND, THE USE OF manutenção, (iii) expiração
SUCH YARNS do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 192 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação


NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2008331448 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI08154082 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

PÁGINA: 193 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 194 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente


COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 195 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação


NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2010536291 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


1020107004181 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
INTEGRATED PROCESS FOR (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
THE PRODUCTION OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ETHYLENE-BUTYLENE caso de patente concedida: patente ou processo ou
COPOLYMER, AN ETHYLENE- (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
BUTYLENE COPOLYMER administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
AND THE USE OF ETHYLENE pagamento de taxa de
AND 1-BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

PÁGINA: 196 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


088573472 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 197 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente


COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12673421 - INTEGRATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROCESS FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF ETHYLENE- taxa de manutenção. No importar produto objeto da
BUTYLENE COPOLYMER, AN caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETHYLENE-BUTYLENE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
COPOLYMER AND THE USE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
OF ETHYLENE AND 1- pagamento de taxa de
BUTYLENE, AS manutenção, (iii) expiração
COMONOMER, SOURCED do prazo de vigência, (iv)
FROM RENEWABLE caducidade e (v) anulação
NATURAL RAW MATERIALS por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07048572 - PROCESSO patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PARA PREPARAR UM (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CATALIZADOR taxa de manutenção. No importar produto objeto da
HETEROGÊNEO, caso de patente concedida: patente ou processo ou
CATALISADOR (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
HETEROGÊNEO, ÚTIL PARA administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
O PROCESSO DE OXIDAÃO pagamento de taxa de
DE FENOL, E, PROCESSO manutenção, (iii) expiração
PARA OXIDAÃO DE FENOL do prazo de vigência, (iv)
EM EFLUENTE INDUSTRIAL caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07056257 - EMBALAGEM patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
DE ACONDICIONAMENTO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
DE PRODUTOS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ALIMENTÍCIOS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 198 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2027 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI07061013 - EMBALAGEM patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
DE ACONDICIONAMENTO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
DE PRODUTOS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ALIMENTÍCIOS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI09151990 - EXTENSIBLE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
SPUNBONDED NON-WOVEN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FABRICS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2010013901 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
EXTENSIBLE SPUNBONDED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
NON-WOVEN FABRICS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 199 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12484642 - EXTENSIBLE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
SPUNBONDED NON-WOVEN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FABRICS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI09013180 - CHEMICAL patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
SENSORS MODIFIED BY THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
SOL-GEL METHOD AND ITS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
APPLICATION TO caso de patente concedida: patente ou processo ou
POLYMERIC MATRIXES (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13001851 - HYBRID patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
CHEMICAL SENSOR, AND, (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
SENSITIVE POLYMERIC taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COMPOSITION caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI09195548 - RANDOM patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COPOLYMER WITH (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED ETHYLENE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
CONTENT caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 200 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


098183767 - RANDOM patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COPOLYMER WITH (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED ETHYLENE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
CONTENT caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12286774 - RANDOM patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COPOLYMER WITH (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED ETHYLENE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
CONTENT caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2028 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI08056129 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PRODUÃO DE UMA (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
MISTURA DE N-BUTENOS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ADEQUADA PARA A caso de patente concedida: patente ou processo ou
PRODUÃO DE PROPENO (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
POR REAÃO DE METÁTESE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
COM ETENO, E, MISTURA DE pagamento de taxa de
N-BUTENOS manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 201 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


BR1120120009257 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR BURIED taxa de manutenção. No importar produto objeto da
STRUCTURES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2767388 - POLYPROPYLENE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITION FOR BURIED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
STRUCTURES taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


108004862 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR BURIED taxa de manutenção. No importar produto objeto da
STRUCTURES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 202 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


108004862 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR BURIED taxa de manutenção. No importar produto objeto da
STRUCTURES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


108004862 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR BURIED taxa de manutenção. No importar produto objeto da
STRUCTURES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2012000694 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR BURIED taxa de manutenção. No importar produto objeto da
STRUCTURES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12503413 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR BURIED taxa de manutenção. No importar produto objeto da
STRUCTURES caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 203 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2032 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13538190 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITION FOR BURIED taxa de manutenção. No importar produto objeto da
STRUCTURES caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


BR1120120028111 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
IMPROVED POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
FOR USE IN BOPP taxa de manutenção. No importar produto objeto da
APPLICATIONS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


107272494 - IMPROVED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE FOR USE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
IN BOPP APPLICATIONS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 204 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


107272494 - IMPROVED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE FOR USE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
IN BOPP APPLICATIONS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


107272494 - IMPROVED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE FOR USE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
IN BOPP APPLICATIONS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2029 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI09039341 - PROCESSO patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PARA PREPARAÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
BLENDA POLIMÉRICA DE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLI(CLORETO) DE caso de patente concedida: patente ou processo ou
VINILA/BORRACHA (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
NITRÍLICA (BLENDA administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
PVC/NBR) VULCANIZADA IN pagamento de taxa de
SITU, BLENDA POLIMÉRICA manutenção, (iii) expiração
DE POLI(CLORETO) DE do prazo de vigência, (iv)
VINILA (PVC)/BORRACHA caducidade e (v) anulação
NITRÍLICA (NBR) por ação judicial.
VULCANIZADA IN SITU E
ARTIGOS

PÁGINA: 205 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXa2012002995 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
MICROORGANISMS AND (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PROCESS FOR PRODUCING taxa de manutenção. No importar produto objeto da
N-PROPANOL caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


BR1120120130315 - A patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
METHOD FOR THE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
PRODUCTION OF OLEFINS, taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AN OLEFIN, A POLYOLEFIN, caso de patente concedida: patente ou processo ou
AND USE OF THE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
POLYOLEFIN administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI11002298 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE IMPACT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COPOLYMER taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COMPOSITIONS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2732126 - POLYPROPYLENE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
IMPACT COPOLYMER (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITIONS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 206 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2011002076 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE IMPACT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COPOLYMER taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COMPOSITIONS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12711616 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE IMPACT (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COPOLYMER taxa de manutenção. No importar produto objeto da
COMPOSITIONS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI10006370 - TELHA patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PLÁSTICA EM CAMADAS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 207 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12759983 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITIONS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI10010599 - PROCESSO DE patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
OBTENÃO DE UMA (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
NANOCARGA ORGÂNICA taxa de manutenção. No importar produto objeto da
EXPANDIDA, NANOCARGA caso de patente concedida: patente ou processo ou
ORGÂNICA EXPANDIDA, (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
PROCESSO DE SÍNTESE DE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
NANOCOMPÓSITOS DE pagamento de taxa de
POLIOLEFINAS, manutenção, (iii) expiração
NANOCOMPÓSITO DE do prazo de vigência, (iv)
POLIOLEFINA E ARTIGO caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI10032193 - PROCESSO patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PARA PRODUÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
RESINAS À BASE DE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
POLI(TEREFTALATO DE caso de patente concedida: patente ou processo ou
ETILENO), RESINAS À BASE (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
DE POLI(TEREFTALATO DE administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
ETILENO) E USO DAS pagamento de taxa de
REFERIDAS RESINAS manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 208 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


1120130038870 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FABRICATED ARTICLES (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPRISING POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


1120130038969 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSIÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COPOLÍMERO DE IMPACTO taxa de manutenção. No importar produto objeto da
DE POLIPROPILENO, E, caso de patente concedida: patente ou processo ou
COMPOSIÃO. (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número - 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


FABRICATED ARTICLES patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPRISING POLYOLEFINS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2807825 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 209 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2011800402057 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FABRICATED ARTICLES (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPRISING POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2011800401497 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FABRICATED ARTICLES (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPRISING POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número - 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


FABRICATED ARTICLES patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPRISING POLYOLEFINS (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 210 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13054383 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


6020110253034 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FABRICATED ARTICLES (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPRISING POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11738906 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 211 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11738906 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


20110750042 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11738906 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


11738906 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 212 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2013001954 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FABRICATED ARTICLES (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPRISING POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2013001953 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
FABRICATED ARTICLES (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPRISING POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


3062013 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 213 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


3042013 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12859499 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLYPROPYLENE RESIN (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
SUITABLE FOR SOFT taxa de manutenção. No importar produto objeto da
NONWOVEN APPLICATIONS caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


12859500 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 214 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13817262 - FABRICATED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
ARTICLES COMPRISING (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYOLEFINS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI10054600 - ADITIVO, patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLÍMERO E ARTIGO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ATIVOS E INTELIGENTES taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


06782013 - ADITIVO, patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLÍMERO E ARTIGO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ATIVOS E INTELIGENTES taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13094685 - ADITIVO, patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
POLÍMERO E ARTIGO (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ATIVOS E INTELIGENTES taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 215 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

(i) ação de nulidade produto obtido diretamente


administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


EP118243765 - ACTIVE AND patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
INTELLIGENT ADDITIVE, (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER AND ARTICLE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


131110206 - ACTIVE AND patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
INTELLIGENT ADDITIVE, (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER AND ARTICLE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13822553 - ACTIVE AND patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
INTELLIGENT ADDITIVE, (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
POLYMER AND ARTICLE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 216 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2030 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PI10033777 - PROCESSO patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PARA A PREPARAÃO DE (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
CARBONATOS CÍCLICOS taxa de manutenção. No importar produto objeto da
caso de patente concedida: patente ou processo ou
(i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


BR1120130155051 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROPYLENE-BASED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITIONS OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ENHANCED APPEARANCE caso de patente concedida: patente ou processo ou
AND EXCELLENT MOLD (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FLOWABILITY administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2034 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


BR1120160147731 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROPYLENE-BASED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITIONS OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ENHANCED APPEARANCE caso de patente concedida: patente ou processo ou
AND EXCELLENT MOLD (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FLOWABILITY administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 217 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2820359 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número - 2034 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PROPYLENE-BASED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


20131775 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2011800616126 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROPYLENE-BASED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITIONS OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ENHANCED APPEARANCE caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 218 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

AND EXCELLENT MOLD (i) ação de nulidade produto obtido diretamente


FLOWABILITY administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2034 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2014800762249 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROPYLENE-BASED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITIONS OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ENHANCED APPEARANCE caso de patente concedida: patente ou processo ou
AND EXCELLENT MOLD (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FLOWABILITY administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


13147289 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


SP1312782 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)

PÁGINA: 219 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

caducidade e (v) anulação


por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


118506732 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2034 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


148756091 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número - 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PROPYLENE-BASED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

PÁGINA: 220 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

Documento número - 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


PROPYLENE-BASED patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2034 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


2016542721 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2031 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2013007072 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROPYLENE-BASED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITIONS OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ENHANCED APPEARANCE caso de patente concedida: patente ou processo ou
AND EXCELLENT MOLD (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
FLOWABILITY administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2034 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


MXA2016008440 - patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
PROPYLENE-BASED (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
COMPOSITIONS OF taxa de manutenção. No importar produto objeto da
ENHANCED APPEARANCE caso de patente concedida: patente ou processo ou

PÁGINA: 221 de 605


Formulário de Referência - 2017 - BRASKEM S.A. Versão : 4

9.1 - Bens do ativo não-circulante relevantes - outros

Descrição do ativo Duração Eventos que podem causar Consequência da perda dos
a perda dos direitos direitos

AND EXCELLENT MOLD (i) ação de nulidade produto obtido diretamente


FLOWABILITY administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2033 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


14138352 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa, (ii) falta de por processo patenteado
pagamento de taxa de
manutenção, (iii) expiração
do prazo de vigência, (iv)
caducidade e (v) anulação
por ação judicial.

Documento número 2036 No caso de pedidos de Perda de direito de impedir


15049510 - PROPYLENE- patente: (i) indeferimento e terceiros de produzir,
BASED COMPOSITIONS OF (ii) falta de pagamento de colocar à venda, usar,
ENHANCED APPEARANCE taxa de manutenção. No importar produto objeto da
AND EXCELLENT MOLD caso de patente concedida: patente ou processo ou
FLOWABILITY (i) ação de nulidade produto obtido diretamente
administrativa,