Você está na página 1de 22

DIMENSIONAMENTO E CONSIDERAÇÕES

Dimensionamento hidráulico
Adutora por recalque
 Em geral são conhecidos:
 Vazão de adução, Q (m3/s)
 Comprimento da adutora, L (m)
 Desnível a ser vencido, Hg (m)
 Material da adutora
Dimensionamento hidráulico
Adutora por recalque
Determina-se o diâmetro D da adutora e a potência P da bomba que vai gerar
a pressão necessária para vencer o desnível indicado, à vazão desejada
A função da bomba em gerar pressão, permite admitir que a água tenha
alcançado uma cota equivalente ao ponto A’

A’
hf NA

∆Gr
Dr, J, V
∆G
s NA Q

L Lr
s
Dimensionamento hidráulico
Adutora por recalque A’
hf NA

∆Gr
Dr, J, V
∆G
s NA Q

L Lr
s

Quanto maior a altura manométrica (mais elevado A’ )  maior será a


declividade da linha piezométrica  menor poderá ser o diâmetro para aduzir
Q
A presão produzida pela bomba está relacionada com a potência do
equipamento
Indeterminação do problema  há uma infinidade de diâmetros e potências
que permitem solucionar a questão para uma mesma vazão de
dimensionamento
Dimensionamento hidráulico
Adutora por recalque

 Diâmetros escolhidos com base em critério econômico  considera-


se as despesas com a tubulação e com os conjuntos elevatórios

 Quanto maior a altura manométrica gerada pela bomba, maior será a


declividade da linha piezométrica e menor poderá ser o diâmetro
para conduzir a vazão  maior custo do conj. elevatório e os gastos
com energia elétrica

 Diâmetro mais conveniente é aquele que resulta em menor custo


total das instalações (estação elevatória, tubulação, energia
consumida e outros custos de operação)
Dimensionamento hidráulico
Adutora por recalque
 Aspectos econômico-financeiros:

 Aquisição e assentamento dos tubos, peças e aparelhos


 Aquisição do conjunto motor-bomba adequado para cada diâmetro
 Operação, manutenção e consumo de energia elétrica
 Amortização e juros
Recomendações para escolha do
diâmetro econômico da adutora
 Análise econômica através do critério do valor presente, com taxa de
desconto de 12% ao ano ou indicada pelo órgão financiador
 Consideração de custos não comuns como:
 Custo de aquisição e implantação da adutora
 Custo dos equipamentos
 Despesas com energia elétrica
 As obras comuns, como tubulações da elevatória, blocos de ancoragem,
descargas, ventosas, etc. não precisam ser consideradas
 Definição de etapas de implantação da adutora e dos conjuntos motor-
bomba
 Alternativas a serem estudadas com o mesmo tipo de bomba e com a
mesma modulação
 Pré-dimensionamento do diâmetro através da fórmula de Bresse
Solução de casos práticos:
adutora por recalque
 Pré-dimensionamento do diâmetro 
 Adução contínua  24 horas

 FÓRMULA DE BRESSE:
D  diâmetro da adutora de recalque (m)
Q  vazão aduzida (m3/s)
K  fator da fórmula de Bresse

D=K Q
D=K Q

 A constante K depende de custos de:


 Material
 Mão-de-obra
 Operação
 Manutenção do sistema, etc.

 Varia de local para local e no tempo, principalmente em regimes


inflacionários

 Normalmente: 0,75 < K < 1,4

 De um modo geral, pode ser tomado k = 1,2 quando se utilizam


tubos de ferro fundido
Algumas observações sobre
a fórmula de Bresse
 Trata-se de uma equação muito simples, para representar
um problema complexo e com muitas variáveis econômicas
 aplicada na fase de anteprojeto
 Em sistemas de menor porte, com adutoras de até 6’’, pode
conduzir a um diâmetro aceitável
 A fixação de um valor para K  velocidade de econômica
(comuns valores entre 1,0 e 1,5 m/s)
 Fórmula de Bresse deve ser aplicada para sistemas de
funcionamento contínuo (24 hs)
Para adutoras que funcionam apenas algumas
horas por dia:
0 , 25 3
Dr = 1,3. X Q(m / s)

X  fração de horas por dia


X = n/24
n = número de horas de funcionamento por dia
Recomendada pela NBR-5626
Solução de casos práticos:
adutora por recalque
•Na vida útil dos projetos de instalações de recalque, os gastos de
energia muitas vezes ultrapassam os custos de investimento das
instalações, é uma despesa operacional de relevância na
determinação do diâmetro econômico das adutoras

•Representam 50% das despesas das companhias de


saneamento
Solução de casos práticos:
adutora por recalque
 Instalações de maior porte, estudo econômico:

1. Adotam-se três a quatro diâmetros, em torno do valor obtido através das


fórmulas anteriores;
2. Determinam-se as características dos conjuntos elevatórios (altura
manométrica, potência, rendimento, etc.) necessárias à instalação, para
cada diâmetro;
3. Calculam-se os consumos anuais de energia para cada conjunto elevatório-
diâmetro;
4. Determinam-se os custos anuais de amortização e juros do capital investido
na aquisição de tubos e equipamentos de recalque (incluindo sistemas
elétricos) para cada alternativa;
5. Somam-se os custos resultantes da aquisição de equipamentos, tubos e
energia, para cada alternativa e escolhe-se o diâmetro que conduz ao menor
custo global.

 Determinado D, calcula-se a perda de carga contínua e a velocidade. Por


Hazen-Williams ou da fórmula universal (projeto)
Solução de casos práticos:
adutora por recalque
EXEMPLOS DE CÁLCULO
Exercício

K (Bresse) = 1,3; C= 110; q= 300 l/hab.dia

Você também pode gostar