Você está na página 1de 2
Termo de Adesão da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança ao PBQP-H

Termo de Adesão da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança ao PBQP-H

TERMO DE ADESÃO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA - ABECIP, AO PROGRAMA BRASILEIRO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE DO HABITAT - PBQP-H, DA SECRETARIA ESPECIAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA - SEDU/PR

A SECRETARIA ESPECIAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA - SEDU/PR -

instituída pela Lei nº 9.649, de 27 de maio de 1998, com a redação dada pela Medida Provisória nº 2.216-37, de 31 de agosto de 2001, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 03.599.209/0001-01, sediada na

Esplanada dos Ministérios, Bloco A, 2º e 3º andares, em Brasília - DF, neste ato representada por seu titular, o Secretário Especial de Desenvolvimento Urbano da Presidência da República, Ministro OVÍDIO DE ANGELIS, inscrito no CPF/MF sob o nº 052.931.541-68, a seguir denominada simplesmente SEDU/PR,

e a ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA - ABECIP,

sociedade civil sem fins lucrativo, representativa das entidades de crédito imobiliário, constituída em

agosto de 1968, inscrita no CNPJ/MF sob o no 33.781.436/0004-67, sediada à Avenida Paulista no 1439

- Sobreloja, São Paulo - SP, representada neste ato pelo seu Diretor, OSVALDO CORREIA FONSECA,

inscrito no CPF/MF sob o nº 028.739.828-53, resolvem celebrar o presente Termo de Adesão, mediante as seguintes cláusulas e condições:

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO

O presente Termo tem por objetivo a ADESÃO DA ABECIP AO PROGRAMA BRASILEIRO DA QUALIDADE E

PRODUTIVIDADE DO HABITAT - PBQP-H, nos termos da Portaria MPO nº 134, de 18 de dezembro de 1998, que instituiu o Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade na Construção Habitacional - PBQP-H, bem como sua ampliação para Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat, conforme disposto na Lei nº 9.989, de 21 de julho de 2000, que dispõe sobre o Plano Plurianual para o período 2000/2003.

CLÁUSULA SEGUNDA - DAS OBRIGAÇÕES DA ABECIP

1. Constituem obrigações da ABECIP, em consonância com o que estabelecem os objetivos e diretrizes

do PBQP-Habitat, definidos na Portaria MPO nº 134/98 e em conformidade com os prazos e níveis evolutivos previstos no Sistema de Qualidade - SIQ - das Construtoras estabelecidos nos Acordos Setoriais assinados entre os SINDUSCONs Estaduais e Municipais e a Caixa Econômica Federal:

1.1. Divulgar este Termo de Adesão entre suas associadas;

1.2. Promover as articulações necessárias entre suas entidades filiadas, visando a implementação do uso

do poder de compra em benefício das empresas da construção civil que estão sendo monitoradas pelo

Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat;

1.3. Adotar, como parâmetro para o uso do poder de compra, os prazos e níveis evolutivos de qualidade

estabelecidos pelos Acordos Setoriais firmados entre a Caixa Econômica Federal e os SINDUSCONs Estaduais e Municipais;

1.4. Divulgar para suas associadas o Regulamento do SIQ das Construtoras, na sua nova versão 2000,

disponível no site do PBQP-H e estimular a sua participação no Programa;

1.5. Exercer o poder de compra na área de materiais de construção em consonância com indicações da

Coordenação do PBQP-Habitat e com base nos Programas Setoriais de Qualidade -PSQs - inscritos no Programa e que já estejam com elevado índice de conformidade com a norma técnica da ANBT ou

equivalente;

1.6. Definir, em comum acordo com a SEDU/PR, os Termos da Adesão ao PBQP-Habitat a serem

assinados entre SEDU/PR, a ABECIP e suas associadas.

DA SEDU/PR

2. Constituem obrigações da SEDU/PR:

2.1. Promover reuniões técnicas com a ABECIP ou associados por ela indicados, sempre que solicitado,

com o objetivo de esclarecer dúvidas sobre os diversos aspectos do Programa;

2.2. Encaminhar periodicamente à ABECIP, a listagem completa e atualizada das empresas que estão

monitoradas pelo PBQP-Habitat;

2.3. Fornecer à ABECIP a relação dos Acordos Setoriais firmados entre a Caixa Econômica Federal e

SINDUSCONs, com indicativo de prazos e níveis evolutivos ajustados;

2.4. Disponibilizar, quando necessário, pareceres, sentenças judiciais e outras peças que constituem material jurídico de defesa do Programa.

CLÁUSULA TERCEIRA - DOS DIREITOS DA DIVULGAÇÃO DO PROGRAMA Na forma da Portaria MPO no 134, de 18/12/1999, item 10 do ANEXO, a SEDU/PR atribui à ABECIP o direito de utilização do símbolo do PBQP-H, identificando sua adesão ao Programa.

CLÁUSULA QUARTA - DA PUBLICIDADE A SEDU/PR providenciará, às suas expensas, publicação, por extrato, no Diário Oficial da União, do presente instrumento, nos termos do Parágrafo Único do art. 61 da Lei nº 8.666/93, e do art. 17 da IN/STN/MF no 1/97.

CLÁUSULA QUINTA - DAS ALTERAÇÕES E DA DENÚNCIA Este instrumento poderá ser modificado de comum acordo entre as partes, mediante Termo Aditivo, desde que não implique em mudança do objeto, assim como poderão as partes denunciá-lo a qualquer tempo, desde que o façam com a antecedência de 60 (sessenta) dias corridos, independentemente de interpelação judicial ou extrajudicial, mantendo-se, todavia, as obrigações assumidas até a sua efetiva e definitiva retirada da relação estabelecida.

CLÁUSULA SEXTA - DO FORO Fica eleito o Foro da Seção Judiciária do Distrito Federal para dirimir quaisquer dúvidas e/ou pendências decorrentes de presente Termo de Adesão.

E, por estarem assim justas e acordadas, as partes por seus representantes, firmam o presente instrumento, em duas vias de igual teor e forma, na presença das testemunhas abaixo, para que surta os seus jurídicos e legais efeitos.

São Paulo, 13 de setembro de 2002.

OVÍDIO DE ANGELIS Secretaria Especial de Desenvolvimento Urbano da Presidência da República - SEDU/PR

OSVALDO CORREIA FONSECA Diretor da ABECIP