Você está na página 1de 36

1º SIMULADO MISSÃO POLICIAL

PRF

1. Não use qualquer forma de apoio no simulado.

2. O simulado contém questões de múltipla escolha A, B, C, D, E.

3. O período compreendido para simular são de três horas e meia use um cronômetro para apoio.

4. O simulado será postado em uma segunda feira e no domingo será postado o gabarito, qualquer
dúvida entrar em contato.

5. Este simulado contém 120 questões.

6. Faça o simulado como se fosse uma prova normal, mantenha a calma e lembre-se que você está
treinando e obterá o êxito.

Quando eu disse ao caroço de laranja que dentro dele dormia um laranjal


inteirinho, ele me olhou estupidamente incrédulo.

Professor Hermógenes.

https://atlasconcursos.org 1
1
Língua Portuguesa Compreende-se que a festa, representando tal
paroxismo de vida e rompendo de um modo tão
1
O riso é tão universal como a seriedade; ele violento com as pequenas preocupações da
abarca a totalidade do universo, toda a existência cotidiana, surja ao
4
sociedade, a história, a concepção de mundo. É indivíduo como outro mundo, em que ele se
uma verdade que se diz sobre o sente amparado e transformado por forças que o
4
mundo, que se estende a todas as coisas e à ultrapassam. A sua atividade diária, colheita,
qual nada escapa. É, de alguma maneira, o caça, pesca, ou criação de
7
aspecto festivo do mundo inteiro, em todos os gado, limita-se a preencher o seu tempo e a
seus níveis, uma espécie de segunda prover as suas necessidades imediatas. É certo
7
revelação do mundo. que ele lhe dedica atenção, paciência,
habilidade, mas, mais profundamente, vive na
Mikhail Bakhtin. A cultura popular na Idade 10
Média e o Renascimento: o contexto de François recordação de uma festa e na expectativa de
Rabelais. São Paulo: Hucitec, 1987, p. 73 (com
adaptações).
outra, pois a festa figura para ele, para a sua
memória e para o seu desejo o tempo das
No que se refere aos aspectos gramaticais e às emoções intensas e da metamorfose do seu ser.
ideias do texto acima, julgue os itens que se Roger Caillois. O homem e o sagrado. Lisboa:
seguem. Edições 70, 1988, p. 96-7 (com adaptações).

1. Infere-se das ideias do texto que seu autor Acerca das ideias, dos sentidos e de aspectos
considera o riso algo universal — por abranger gramaticais do texto, julgue os próximos itens.
todas as coisas e pessoas — e o aspecto festivo
de todo o mundo. 4. No texto, o vocábulo “metamorfose” (l.12)
tem o sentido de alteração de forma,
2. Embora o texto seja essencialmente referindo-se, portanto, às características
argumentativo, seu autor se vale de estruturas corporais.
narrativas para reforçar suas opiniões.
5. De acordo com o autor do texto, o ser
3. Apesar do mesmo grau de universalidade humano está tão absorto na execução de suas
atribuído pelo autor do texto ao “riso” e à atividades diárias que não lhe sobra tempo para
“seriedade”, se o trecho “O riso é tão universal o ócio, o lazer, a festa.
como a seriedade” fosse reescrito como A
seriedade é tão universal como o riso, as 6. O vocábulo “cotidiana” (l.3) pode ser
estruturas sintáticas e argumentativas do texto corretamente substituído por quotidiana.
seriam prejudicadas.
7. Na linha 2, a eliminação da preposição
“com”, que se segue à forma verbal
“rompendo”, cujo significado no contexto é o de
afastar; desfazer; eliminar, prejudicaria a
correção gramatical do período em que se
encontra.

Ainda com referência a aspectos gramaticais do


texto, julgue os iAtens subsequentes.

8. A correção gramatical do texto seria mantida


caso o elemento “se” nas linhas 1 e 4 fosse
anteposto e posposto às respectivas formas
verbais — Se compreende e sente-se.

https://atlasconcursos.org 2
Noam Chomsky. Estados fracassados: o abuso do poder e o
9. Os vocábulos “indivíduo”, “diária” e ataque à democracia. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009
“paciência” recebem acento gráfico com base (com adaptações).

na mesma regra de acentuação gráfica. Julgue os itens a seguir a respeito do texto


acima.
10. A expressão “em que” (l.4) poderia ser
corretamente substituída por onde ou por no 13. a palavra “arbítrio” (l.13) foi empregada no
qual, sem que houvesse prejuízo à correção sentido de vontade.
gramatical do texto.
14. o sinal de dois-pontos empregado logo após
11. As relações de coerência e a correção ‘incontornável’ (l.8) introduz um
gramatical do texto seriam preservadas se a esclarecimento acerca do que foi enunciado
preposição “a”, logo depois da forma verbal anteriormente no período.
“limita-se” (l.7), fosse substituída pela
preposição de. 15. os EUA mostram coerência, pois praticam
aquilo que propõem para outras nações.
12. No primeiro período do texto, preservam-se
as relações de coerência e a correção gramatical 16. a guerra justifica-se pelo arbítrio das nações
ao se retirar as vírgulas, dado que as orações e suas doutrinas de “autodefesa antecipada”.
que o constituem se apresentam na ordem
direta, de acordo com as regras gramaticais. 17. o descumprimento de regras mundiais
passou a ser uma prática adotada pelos EUA a
partir dos governos de Reagan e Bush II.
1
Em julho de 1955, Bertrand Russell e Albert
Einstein lançaram um inusitado apelo aos povos 18. a preocupação manifestada no apelo de
do mundo, pedindo-lhes que “pusessem de Bertrand Russell e de Albert Einstein, em
lado” seus fortes sentimentos meados do século passado, era de cunho
4
a respeito de uma série de questões e se supranacional.
vissem “exclusivamente como membros de uma
espécie biológica que traz consigo uma história
extraordinária e cujo Matemática
7
desaparecimento ninguém pode desejar”. O
dilema com que se defronta o mundo é “claro, Considere que a tabela abaixo mostra o número
aterrador e incontornável: poremos fim à de vítimas fatais em acidentes de trânsito
espécie humana ou a humanidade renunciará à ocorridos em quatro estados brasileiros, de
10
guerra?” O mundo não renunciou à guerra. janeiro a junho de 2016.
Muito pelo contrário. Hoje, a potência mundial
hegemônica se dá o
13
direito de fazer a guerra ao seu arbítrio,
segundo uma doutrina de “autodefesa
antecipada” sem limites conhecidos. Com uma
postura essencialmente farisaica, os Estados
16
Unidos da América (EUA) são implacáveis na
imposição do direito internacional e de tratados
e regras da ordem mundial aos outros países,
mas rejeitam-nos como
19
irrelevantes quando se trata de si mesmos —
uma prática antiga, levada a limites inauditos
pelos governos de Reagan e Bush II.

https://atlasconcursos.org 3
A fim de fazer um estudo de causas, a PRF 25. Caso toda a produção de uma fábrica seja
elaborou 1.405 relatórios, um para cada uma destinada aos públicos infantil, jovem e adulto,
das vítimas fatais mencionadas na tabela acima, de modo que as porcentagens da produção
contendo o perfil da vítima e as condições em destinadas a cada um desses públicos sejam
que ocorreu o acidente. Com base nessas inversamente proporcionais, respectivamente,
informações, julgue os itens que se seguem, aos números 2, 3 e 6, então mais de 30% da
acerca de um relatório escolhido aleatoriamente produção dessa fábrica destinar-se-á ao público
entre os citados acima. jovem.

19. A probabilidade de que esse relatório Considerando que um grupamento de 60


corresponda a uma vítima de um acidente policiais militares em que haja 15 mulheres e 45
ocorrido no estado do Maranhão é superior a homens seja dividido em 10 equipes de 6
0,2. militares para monitorar determinada área,
julgue os itens subsequentes.
20. A chance de que esse relatório corresponda
a uma vítima do sexo feminino é superior a 26. O número de maneiras distintas de escolher
23%. 6 militares para formarem a primeira equipe é
superior a 553.
21. Considerando que o relatório escolhido
corresponda a uma vítima do sexo masculino, a 27. Se as 2 primeiras equipes formadas forem
probabilidade de que o acidente nele constituídas apenas por mulheres, então o
mencionado tenha ocorrido no estado do Paraná número de maneiras distintas de escolher os
é superior a 0,5. membros dessas equipes será igual a

22. Considerando que o relatório escolhido


corresponda a uma vítima de um acidente que
não ocorreu no Paraná, a probabilidade de que
ela seja do sexo masculino e de que o acidente 28. O número de maneiras distintas de escolher
tenha ocorrido no estado do Maranhão é 6 militares para formarem a primeira equipe, de
superior a 0,27. tal forma que essa equipe tenha pelo menos
cinco mulheres, é inferior a
23. A chance de que o relatório escolhido
corresponda a uma vítima do sexo feminino ou
a um acidente ocorrido em um dos estados da
região Sul do Brasil listados na tabela é inferior
a 70%. Direito Constitucional

A respeito de proporções e regra de três, julgue Com base na Constituição Federal de 1988 e na
os próximos itens. legislação vigente, julgue os itens a seguir.

24. Se 8 alfaiates que trabalham em um mesmo 29. Considere que determinado autor faleça um
ritmo confeccionarem 36 blusas em 9 horas de dia após o lançamento de sua obra e deixe
trabalho, então 10 alfaiates, com a mesma herdeiros. Nessa situação, o direito exclusivo de
produtividade dos outros 8, confeccionarão, em publicação será transmitido aos herdeiros por
8 horas de trabalho, mais de 45 blusas. tempo indeterminado.

https://atlasconcursos.org 4
36. Os estrangeiros em trânsito pelo território
30. Considere a situação em que um brasileiro nacional, mas que não possuam residência fixa
nato, após vinte anos de residência no Brasil, no Brasil, são excluídos dos direitos e das
tenha passado a residir em outro país por ter garantias fundamentais.
conseguido melhor oportunidade de emprego.
Considere, ainda, que, após anos de trabalho, 37. A liberdade de exercício profissional é
tenha requerido, voluntariamente, a norma constitucional de eficácia contida.
naturalização daquele país. Nessa situação, a
nacionalidade brasileira será mantida, pois o Em relação à organização do Estado, julgue os
nato não a perde. itens a seguir

Com relação à organização do Estado, à 38. O federalismo do Brasil é organizado de


administração pública e às finanças públicas, forma hierárquica, ou seja, os municípios estão
julgue o item seguinte. subordinados aos respectivos estados e os
estados estão subordinados à União.
31. O fato de a União publicar determinada lei
com normas gerais sobre educação e cultura não 39. Compete à União e aos estados membros
impede os estados da Federação exercerem suas legislarem sobre energia e recursos minerais,
competências suplementares. ficando a cargo de seus respectivos órgãos
públicos a regulação das atividades referidas e a
Considerando o direito fundamental de acesso à sua exploração pelos particulares.
informação por parte do cidadão, julgue os itens
a seguir. 40. A proteção à saúde é matéria de
competência legislativa privativa da União.
32. O habeas data é concedido para a retificação
de dados quando ela não é feita mediante
processo sigiloso, judicial ou administrativo. Ética no Serviço Público

33. É assegurado a todos o acesso à informação, Julgue os itens a seguir de acordo com o Código
independentemente do sigilo da fonte, quando de Ética Profissional do Servidor Público Civil
necessário ao exercício profissional. do Poder Executivo federal.

34. Todos têm direito a receber dos órgãos 41. O servidor deve comportar-se com base na
públicos informações de interesse particular, ou conduta ética, ainda que essa conduta venha a
de interesse coletivo ou geral, que serão violar dispositivo legal.
prestadas no prazo da lei, sob pena de
responsabilidade, até mesmo aquelas relativas à 42. Os fatos e atos verificados na conduta do
segurança da sociedade e do Estado. dia a dia do servidor em sua vida privada
poderão acrescer ou diminuir o seu bom
Com relação aos direitos e garantias conceito na vida funcional, podendo
fundamentais, julgue os seguintes itens. caracterizar, inclusive, violação ao Código de
Ética, o que será passível de censura.
35. Os direitos fundamentais não incidem
apenas sobre as relações verticais entre o
indivíduo e o Estado, mas também sobre as
relações entre o indivíduo e as entidades
privadas.

https://atlasconcursos.org 5
43. Salvo os casos de segurança nacional, 50. A opção Caixa de Texto, da guia Inserir,
investigações policiais ou interesse superior do permite que o usuário inclua dentro do texto em
Estado e da administração pública, a serem edição, partes de conteúdos pré-formatados e
preservados em processo previamente declarado suplementos independentes do texto original.
sigiloso, nos termos da lei, a publicidade de
qualquer ato administrativo constitui requisito 51. Ao se inserir a opção Número de Página, da
de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão guia Inserir, a numeração será localizada no
um comprometimento ético contra o bem rodapé da página, centralizada e com tamanho
comum, imputável a quem a negar. editável.

44. A comissão de ética tem competência para Com relação ao Microsoft PowerPoint, julgue
aplicar a pena de censura ou advertência. os itens a seguir.

45. Em cada órgão e entidade da administração 52. A inclusão de autoformas permite que o
pública federal direta e indireta deve ser criada usuário crie apenas novos desenhos para serem
uma comissão de ética, à qual competirá inseridos na apresentação de maneira
conhecer concretamente de imputação ou de customizada.
procedimento suscetível de advertência ou
suspensão de até trinta dias, penas que serão 53. Ao inserir um novo eslaide em uma
aplicáveis ao servidor público pela própria apresentação já existente, o usuário poderá
comissão. selecionar o tema.

Julgue os itens a seguir a respeito das


Informática ferramentas da internet.

Com relação aos acessórios disponíveis para 54. No Internet Explorer, o menu Favoritos
uso no ambiente Windows, julgue os itens a permite o armazenamento de endereços de
seguir. sítios preferidos, de modo a facilitar novos
acessos com um clique apenas, não havendo a
46. O Windows Movie Maker permite editar e necessidade de digitar novamente esses
gravar mídias e compartilhá-las por e-mail ou endereços.
pela Internet.
55. O Internet Explorer permite que o usuário
47. O Bloco de Notas, ferramenta semelhante altere a forma de visualização das páginas,
ao Microsoft Word, é destinado à edição como, por exemplo, a posição de textos e de
avançada de textos e não precisa ser instalado imagens.
junto com o pacote Microsoft Office.

48. O Paint, ferramenta básica utilizada para Direito Administrativo


colorir desenhos, não suporta a edição de fotos.
A respeito da administração direta, indireta e
A respeito do Microsoft Word, julgue os itens a fundacional, julgue os itens a seguir.
seguir.
56. As autarquias e as empresas públicas
49. Na edição de cabeçalhos e rodapés, o texto integram a administração indireta e
editado no cabeçalho se repetirá assemelham-se quanto ao modo de criação e ao
automaticamente no rodapé, não havendo a regime jurídico, pois a criação de ambas
necessidade de copiá-lo e colá-lo. depende de autorização legislativa e ambas
submetem-se tanto ao regime público como ao
regime privado.

https://atlasconcursos.org 6
57. Agências reguladoras federais, como a 62. À administração pública cabe o poder
Agência Nacional de Energia Elétrica, a disciplinar para apurar infrações e aplicar
Agência Nacional de Vigilância Sanitária e a penalidades a pessoas sujeitas à disciplina
Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e administrativa, mesmo que não sejam
Biocombustíveis, embora possuam servidores públicos.
características especiais conferidas pelas leis
que as criaram, são consideradas autarquias. 63. Existem formas jurídicas de controle, como
é o caso do controle judicial dos atos da
Considerando os atos administrativos, julgue as administração, e formas administrativas de
assertivas abaixo. controle, como é o caso do pedido de certa
comunidade à prefeitura de sua cidade para o
58. A requisição administrativa caracteriza-se asfaltamento das vias públicas de trânsito.
por ser ato administrativo autoexecutório,
independente de autorização judicial e de 64. A omissão do Estado em debelar um
natureza transitória, podendo abranger, além de incêndio poderá ser a condição da ocorrência do
bens móveis e imóveis, serviços prestados por dano, mas causa não será e, assim, a
particulares. Seu pressuposto é o perigo público responsabilidade do respectivo ente público
iminente. quanto à reparação do dano será subjetiva.

59. O ato administrativo é uma espécie de ato Em relação à Lei 8.112/1990 (Regime Jurídico
jurídico de direito público, ou seja, suas dos Servidores Civis da União) julgue as
características distinguem-no do ato jurídico de assertivas a seguir.
direito privado. Os atributos do ato
administrativo — ato jurídico de direito público 65. Conforme a jurisprudência do STJ, no setor
— incluem a legalidade, a publicidade e a público, a deflagração do movimento grevista
imperatividade. suspende o vínculo funcional e, por
conseguinte, desobriga o poder público ao
De acordo com os conhecimentos relativos ao pagamento referente aos dias não trabalhados,
Processo Administrativo e aos Serviços podendo haver compensação dos dias de greve.
Públicos, julgue os itens seguintes.
66. Servidor do Instituto Nacional do Seguro
60. As organizações e associações Social que agir como procurador de seu cônjuge
representativas poderão ser legitimadas como na obtenção de benefício previdenciário violará
interessadas no processo administrativo que proibição estabelecida no regime disciplinar dos
trate de direitos e interesses individuais de seus servidores públicos federais.
associados.
67. Considere que a administração pública
61. O regime jurídico a que se submetem os desencadeou procedimento disciplinar contra
serviços públicos é o de direito público, sejam servidor público estatutário após três anos da
eles serviços públicos administrativos, sociais, data em que havia tomado ciência de que este
comerciais ou industriais. cometera infração sujeita à penalidade de
suspensão. Considere ainda que o servidor, em
Julgue os itens subsequentes relacionados aos sua defesa, alegou a ocorrência de prescrição.
Poderes Administrativos, formas de Controle da Nessa situação hipotética, a alegação do
Administração Pública e Responsabilidade servidor tem amparo na legislação de regência,
Civil do Estado. segundo a qual o prazo para apuração de falta
cometida será de dois anos para as condutas
sujeitas à suspensão, contados a partir da data
em que o fato tenha se tornado conhecido.

https://atlasconcursos.org 7
Direito Penal 75. Para fins penais, considera-se funcionário
público quem exerce cargo, emprego ou função
Nos itens a seguir é apresentada uma situação pública, desde que seja remunerado.
hipotética, seguida de uma assertiva a ser
julgada com base na parte especial do direito Em relação à aplicação da lei penal e aos
penal. diversos aspectos do crime, julgue o item
seguinte.
68. Renato divulgou, sem justa causa,
informação sigilosa, assim definida em lei, 76. Nos crimes omissivos próprios e
contida em sistema de dados da administração impróprios, não há nexo causal, visto que
pública. Nessa situação, somente haverá crime inexiste resultado naturalístico atribuído ao
se da ação de Renato resultar prejuízo para a omissor, que responde apenas por sua omissão
administração pública. se houver crime previsto no caso concreto.

69. Paulo revelou, sem justa causa, segredo cuja Julgue o item a seguir.
revelação produziu dano a outrem. Nessa
situação, para que a conduta de Paulo configure 77. Dado o reconhecimento, na CF, do princípio
o crime de violação de segredo profissional, é da retroatividade da lei penal mais benéfica
necessário que ele tenha tido ciência do segredo como garantia fundamental, o advento de lei
em razão de função, ministério, ofício ou penal mais favorável ao acusado impõe sua
profissão. imediata aplicação, mesmo após o trânsito em
julgado da condenação. Todavia, a verificação
Com relação aos crimes praticados por da lex mitior, no confronto de leis, é feita in
funcionário público contra a administração em concreto, cabendo, conforme a situação,
geral, julgue os próximos itens. retroatividade da regra nova ou ultra-atividade
da norma antiga.
70. No caso de peculato, doloso ou culposo, a
reparação do dano, se anterior à sentença
irrecorrível, extingue a punibilidade. Direito Processual Penal

71. Se o crime de inserção de dados falsos em De acordo com o direito processual penal,
sistema de informações for praticado pelo julgue os itens a seguir.
funcionário público em virtude de negligência,
a pena será reduzida de um a dois terços. 78. No sistema acusatório, o juiz deve ser
provocado pelo Ministério Público ou pelo
72. Haverá crime de concussão caso o agente, ofendido, conforme a modalidade da ação
ainda que antes de assumir a função pública, penal.
tenha exigido, para si ou para outrem, direta ou
indiretamente, em razão da função pública, 79. Na hipótese de o delegado não encontrar
vantagem indevida. indícios de autoria do crime, o inquérito policial
deverá ser encaminhado diretamente ao juiz, o
73. Pratica prevaricação o agente que deixa, qual deverá arquivar, de ofício, o inquérito em
indevidamente, de realizar ato de ofício, para questão.
satisfazer interesse ou sentimento pessoal.

74. O crime de abandono de função é mais


severamente punido se do fato resultar prejuízo
público.

https://atlasconcursos.org 8
80. Na hipótese de ação penal em que a 87. Nos casos de crimes afiançáveis de
acusação e a defesa concordam quanto à autoria responsabilidade do funcionário público, a
e à materialidade do crime, se houver dúvida legislação processual antecipa o contraditório
em relação ao fato de o réu ter agido em antes de inaugurada a ação penal, com a
legítima defesa, o ônus da prova será apresentação da defesa preliminar.
exclusivamente da defesa, já que os demais
fatos são incontroversos.
Legislação Especial
81. Em se tratando de crime de ação penal
pública, caso a vítima perdoe o acusado, o Julgue as questões a seguir com base na Lei
Ministério Público deverá desistir da ação 4.898/1965 (direito de representação e processo
proposta e manifestar-se pela absolvição do de responsabilidade administrativa, civil e
acusado. penal, nos casos de abuso de autoridade), na Lei
10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento) e no
A respeito do inquérito policial e da ação penal, Decreto-Lei nº 3.688/1941 (Lei das
julgue os itens seguintes. contravenções penais).

82. Se o titular da ação penal deixa, sem 88. Durante fiscalização em sociedade de
expressa manifestação ou justificação do economia mista, policiais federais que
motivo, de incluir na denúncia algum fato acompanhavam a operação perceberam que um
investigado ou algum dos indiciados e o juiz dos empregados daquela sociedade portava
recebe a denúncia, ocorre arquivamento ilegalmente arma de fogo de uso permitido. Na
indireto. delegacia de polícia, embora tenha verificado
que se tratava de hipótese de arbitramento de
83. A participação de membro do MP na fase fiança e que o flagrado se dispunha a recolhê-la,
investigatória criminal não acarreta seu a autoridade policial preferiu não arbitrar a
impedimento ou suspeição para o oferecimento fiança, e remeteu o auto de prisão em flagrante
da denúncia. delito para o juiz de direito competente. Nessa
situação, a autoridade policial cometeu abuso de
84. Uma vez apresentada, a representação de autoridade.
crime de ação penal pública somente pode ser
retirada antes do oferecimento da denúncia, não 89. Considere que um caçador, andando em
se admitindo retratação da retratação. uma mata, encontre um dispositivo ótico de
pontaria e passe a utilizá-lo em sua arma de
85. Não se admite a renúncia do direito de caça, devidamente registrada. Considere, ainda,
representação. que ele conte com o porte legal de arma para a
caça. Nesse caso, o fato de ele acoplar o
86. Se o teste em etilômetro (teste do dispositivo à sua arma de fogo e utilizá-la
bafômetro) for realizado voluntariamente, sem configurará crime previsto na legislação
qualquer irregularidade, não haverá violação do específica de porte ilegal de arma de fogo.
princípio do nemo tenetur se detegere (direito
de não produzir prova contra si mesmo), ainda
que o policial não tenha feito advertência ao
examinado sobre o direito de se recusar a
realizar ao exame.

A respeito dos processos em espécie, julgue o


próximo item.

https://atlasconcursos.org 9
90. Álvaro foi parado em uma blitz promovida 94. Na situação considerada, se houvesse
pela Polícia Rodoviária Federal, tendo sido suspeita de participação do agente em
apurado que vestia uniforme militar, contendo organização criminosa, o juiz poderia
as insígnias de tenente. Ao lhe ser solicitada a determinar seu afastamento cautelar das
apresentação de documento, apresentou funções, sem prejuízo da remuneração; e se
documento de identidade militar. Os policiais houvesse posterior condenação pelo crime de
rodoviários entraram em contato com a Polícia organização criminosa, haveria concurso
Militar e apuraram que Álvaro não pertencia à material entre esse crime e o crime de
corporação. Foi, então, realizado o corrupção passiva.
levantamento dos antecedentes criminais de
Álvaro, constatando-se a existência de diversos 95. Exportar para o exterior peles e couros de
inquéritos policiais em andamento pela prática mamíferos, em estado bruto, sem a autorização
do crime de estelionato. Nessa situação, Álvaro da autoridade competente caracteriza crime
praticou contravenção penal de uso indevido de ambiental, devendo o autor desse crime ser
uniforme ou distintivo, em concurso material processado e julgado pela justiça federal.
com o crime de uso de documento falso, sendo
este último de competência da justiça militar
Direitos Humanos e Cidadania
De acordo com a Lei nº 8.072/1990 (crimes
hediondos). e a Lei nº 8.069/1990 (ECA) avalie No que tange à origem histórica dos direitos
os itens abaixo. humanos, julgue os itens a seguir.

91. Segundo o disposto na legislação específica, 96. Declaração de Direitos do Estado da


são crimes hediondos, entre outros, o homicídio Virgínia, 1776, que disciplinou os direitos
qualificado, o latrocínio, a epidemia com trabalhistas e previdenciários como direitos
resultado morte e o genocídio. sociais.

92. Pratica o delito de sequestro ou cárcere 97. Declaração de Direitos (Bill of Rights),
privado previsto no CP aquele que apreende 1689, que previu a separação de poderes e o
criança ou adolescente, encarcerando-o, contra direito de petição.
o qual inexista ordem judicial escrita, salvo se a
apreensão for em flagrante de ato infracional. 98. Convenção de Genebra, 1864, que teve
relevante destaque no tratamento do direito
Em relação às disposições do Estatuto do Idoso humanitário.
(Lei 10.741/2003), Crime Organizado (Lei
12.850/2013) bem como da Lei de Crimes 99. Constituição de Weimar, 1919, que trouxe a
Ambientais (Lei nº 9.605/1998), julgue os itens igualdade jurídica entre marido e mulher,
a seguir. equiparou os filhos legítimos aos ilegítimos
com relação à política social do Estado.
93. Constitui crime de menor potencial ofensivo
abandonar injustificadamente pessoa idosa em 100. Constituição Mexicana, 1917, que
hospital ou casa de saúde. Um servidor público, expandiu o sistema de educação pública, deu
concursado e estável, praticou crime de base à reforma agrária e protegeu o trabalhador
corrupção passiva e foi condenado assalariado.
definitivamente ao cumprimento de pena
privativa de liberdade de seis anos de reclusão,
em regime semiaberto, bem como ao
pagamento de multa.

https://atlasconcursos.org 10
A respeito da incorporação dos tratados 106. Entre as competências dos órgãos e
internacionais de direitos humanos, julgue os entidades executivos de trânsito dos municípios,
itens. inclui-se a de aplicar, no âmbito de sua
circunscrição, as penalidades de advertência por
101. A aprovação pelo Congresso Nacional de escrito e multa, por infrações de circulação,
um tratado de direitos humanos de acordo com estacionamento e parada previstas no Código de
o rito estabelecido no § 3o do art. 5o da Trânsito, notificando os infratores e
Constituição Federal não dispensa a ratificação arrecadando as multas que aplicar.
do tratado.
107. O Registro Nacional de Carteira de
102. Os tratados internacionais de direitos Habilitação (RENACH) e o Registro Nacional
humanos dependem de ratificação pelo Brasil, de Veículos Automotores (RENAVAM) são
mediante processo de incorporação de organizados e mantidos pelo CONTRAN.
atribuição e participação exclusiva do
Congresso Nacional.
108. A responsabilidade dos órgãos e entidades
103. Os tratados aprovados pelo Congresso componentes do Sistema Nacional de Trânsito
Nacional na forma do art. 5o, § 3o, da por danos causados, no âmbito das respectivas
Constituição Federal possuem hierarquia e força competências, aos cidadãos em virtude de ação,
normativa equivalente às emendas omissão ou erro na execução e manutenção de
constitucionais. programas, projetos e serviços é objetiva.

Em relação aos crimes de trânsito, previstos no


Legislação DPRF Código de Trânsito Brasileiro (CTB), julgue o
item a seguir.
Desde 1997, o país dispõe de um novo Código
de Trânsito (Lei n.º 9.503, de 23/9/1997), que, 109. Considere que Pedro, após ingerir bebida
entre outros aspectos, reordenou a estrutura alcoólica, tenha conduzido seu veículo
administrativa da gestão de trânsito. Com base automotor em alta velocidade, vindo a colidir
nessa lei, julgue os itens subsequentes. na traseira de um veículo que trafegava com
duas pessoas. Em decorrência desse acidente
104. Compete ao Conselho Nacional de automobilístico, uma delas ficou ferida, e a
Trânsito (CONTRAN), entre outras atribuições, outra faleceu. Nessa situação, caso Pedro se
estabelecer o regimento interno dos Conselhos recuse a fazer exame de dosagem alcoólica,
Estaduais de Trânsito (CETRANs) e do pode ser presumida a sua embriaguez, se
Conselho de Trânsito do DF testemunhas afirmarem que ele ingeriu bebidas
(CONTRANDIFE), bem como das Juntas alcoólicas, podendo incidir, nesse caso, o
Administrativas de Recursos de Infrações conhecido ditado popular “quem não deve não
(JARIs). teme”.

105. Os órgãos que compõem o Sistema Com base no que dispõe o CTB, a respeito da
Nacional de Trânsito são: o CONTRAN, os condução de escolares, motofrete e habilitação
CETRANs e o CONTRANDIFE, os órgãos e de motorista , julgue os próximos itens.
entidades executivos de trânsito da União, dos
estados, do DF e dos municípios e os órgãos e 110. Um dos requisitos para atuar na condução
entidades executivos rodoviários da União, dos de veículos de transporte coletivo de escolares é
estados, do DF e dos municípios. o condutor ter idade superior a 21 anos.

https://atlasconcursos.org 11
111. Apenas o cidadão penalmente imputável 119. O alcance horizontal que o projétil pode
deve ser habilitado a conduzir veículo atingir depende de sua massa.
automotor.
120. A componente horizontal da velocidade do
Acerca da educação para o trânsito, do projétil varia de ponto a ponto na trajetória,
licenciamento, das normas de circulação, do porém sua componente vertical é invariável
registro e da segurança dos veículos conforme
dispõem o CTB, julgue os itens subsequentes.

112. Sempre que o proprietário de um veículo


automotor mudar de domicílio no mesmo
município, será necessária a expedição de novo
Certificado de Registro de Veículo.

113. Todos os veículos automotores devem ser,


obrigatoriamente, equipados com encosto de
cabeça.

114. Quando um revendedor autorizado de


veículo divulgar, nos meios de comunicação,
produto oriundo da indústria automobilística,
ele deverá incluir, nessa divulgação, mensagem
educativa de trânsito.

115. Quando os veículos de transporte regular


de passageiros circularem em faixas próprias,
ou seja, exclusivamente a eles destinadas , é
obrigatório o uso de farol de luz baixa, tanto de
dia quanto à noite.

Física

Considere que um projétil tenha sido disparado


de uma pistola com velocidade inicial de
módulo igual a Vo e em ângulo θ (ascendente)
em relação à horizontal. Desprezando a
resistência do ar, julgue os itens a seguir acerca
do movimento realizado por esse projétil.

116. No ponto de altura máxima, a velocidade


resultante do projétil será nula.

117. A aceleração do projétil será nula no ponto


de altura máxima.

118. A única força atuante no projétil durante


todo o movimento é o seu peso.

https://atlasconcursos.org 12
1º GABARITO COMENTADO
PRF

Quando eu disse ao caroço de laranja que dentro dele dormia um laranjal


inteirinho, ele me olhou estupidamente incrédulo.

Professor Hermógenes.

https://atlasconcursos.org 1
Língua Portuguesa 2) GABARITO: ERRADO

1) GABARITO: CERTO Não encontramos no texto aspectos inerentes à


narração, senão vejamos:
Infere-se das ideias do texto que seu autor
considera: Narrar é relatar fatos e acontecimentos, reais ou
fictícios, vividos por indivíduos, envolvendo
1. o riso algo universal - “O riso é tão ação e movimento.
universal como a seriedade” (L1)
A narrativa impõe certas normas:
2. por abranger todas as coisas - "(O riso) É
uma verdade ... que se estende a todas as a) o fato: que deve ter sequência ordenada; a
coisas" (L3-4) sucessão de tais sequências recebe o nome de
enredo, trama ou ação;
3. por abranger todas as pessoas - “ele (o riso)
abarca ... toda a sociedade” (L1-2) b) a personagem;

4. o aspecto festivo de todo o mundo - "(O c) o ambiente: o lugar onde ocorreu o fato;
riso) É, de alguma maneira, o aspecto festivo do
mundo inteiro" (L5-6) d) o momento: o tempo da ação

O relato de um episódio implica interferência


dos seguintes elementos:

fato - o quê?

personagem - quem?

ambiente - onde?

momento - quando?

Em qualquer narrativa estarão sempre presentes


o fato e a personagem, sem os quais não há
narração.

Na composição narrativa, o enredo gira em


torno de um fato acontecido. Toda história
tem um cenário onde se desenvolve. Desta
forma, ao enfocarmos a trama, o enredo,
teremos, obrigatoriamente, de fazer
descrições para caracterizar tal cenário.
Assim, acrescentamos: narração também
envolve descrição.

https://atlasconcursos.org 2
3) GABARITO: CERTO 7) GABARITO: ERRADO

Tanto as estruturas sintáticas como a O sentido sim, mas a correção gramatical não
argumentativa ficariam sim prejudicadas. seria prejudicada. Como se trata de um aposto,
Basta verificar, que se fizesse a troca, todo o a expressão entre vírgulas só seria alterada pelo
texto teria que se adequar ao sujeito feminino (a sentido, que em vez de comparação seria de
seriedade). Exemplo disso, seria…“ele abarca a continuidade.
totalidade…” tendo que trocar para “…ela
abarca a totalidade…”. Então o núcleo teria que
mudar. 8) GABARITO: ERRADO

“Se compreende”: Jamais se inicia um período


4) GABARITO: ERRADO com pronome oblíquo átono, sendo obrigatória
a ênclise ou, se no caso coubesse, a mesóclise
A metamorfose aqui não se refere ao corpo (futuro de presente ou do pretérito).
humano estruturado fisicamente, mas sim ao ser
da pessoa, ao modo de pensar, sua experiência Certo. "Sente-se": Como não inicia um período
com o passar do tempo. As transformações e não há fator de atração, é facultado utilizar a
feitas pelo tempo na mente do ser. ênclise ou a próclise

5) GABARITO: ERRADO
9) GABARITO: CERTO
Não notamos esta afirmação em nenhuma parte
do texto. O que ele afirma é justamente o IN-DI-VÍ-DUO
contrário, sobretudo no trecho “vive na DI-Á-RIA
recordação de uma festa e na expectativa de PA-CI-ÊN-CIA
outra”. Logo, o que se afirma é que ele participa
de festas. Todas as palavras são paroxítonas terminadas
em ditongo crescente.
6) GABARITO: CERTO

Tal como no caso de catorze/quatorze, não 10) GABARITO: CERTO


existe nenhuma diferença de significado
entre quotidiano e cotidiano, apenas uma A expressão “em que”, no texto, tem como
diferença de adequação ortográfica à realização referencial “outro mundo” (lugar físico). Logo,
fonética dessas palavras (a sílaba quo- de poderá ser substituída por onde ou no qual.
quotidiano pronuncia-se como a primeira sílaba
de quórum e a sílaba co- de cotidiano
pronuncia-se como a primeira sílaba de cola). 11) GABARITO: ERRADO
Esta variação já existia no latim entre as formas
quotidianus, -a, -um e cottidianus, -a, -um, de PARALELISMO obrigatório, ou tudo com A
onde derivam quotidiano e cotidiano, ou tudo sem.
respectivamente. Acresce o facto de quotidiano
ser a forma mais usada em Portugal e cotidiano A preencher / A prover
a mais usada no Brasil, como atestam pesquisas
em motores de busca da Internet.

https://atlasconcursos.org 3
12) GABARITO: ERRADO Na frase 2, esse mesmo adjetivo possui valor
semântico diferente, pois se sabe que nem todos
O examinador tentou confundir o candidato os homens deixam de jogar o lixo no chão.
quanto à transitividade do verbo Então esse não é um princípio só do poder de
“compreender”, tentando induzi-lo a crer que “a raciocínio, mas da virtude, da educação. Assim,
festa” seria seu objeto. É recorrente nas provas inteligente, neste caso, é o homem educado.
do CESPE esse tipo de afirmação. O candidato Como sabemos que nem todos são educados, há
atento percebeu logo que se tratava de voz certamente um valor restritivo. Por isso esse
passiva onde “que a festa” é sujeito de vocábulo não está separado por vírgulas e
“compreende-se”, ordem indireta portanto. cumpre a função sintática de adjunto
adnominal.
As vírgulas não podem ser retiradas por
conterem orações subordinadas adjetivas
explicativas reduzidas de gerúndio; uma
explicita qualidade essencial, intrínseca de 13) GABARITO: CERTO
festa: "paroxismo de vida que rompe de um
modo tão violento com as pequenas “arbítrio” (l.13) Cada um tem o seu livre
preocupações da existência cotidiana". A outra, arbítrio.. cada um tem sua vontade.
refere-se a [um] mundo "em que ele se sente
amparado e transformado por forças que o
ultrapassam". 14) GABARITO: CERTO

Vemos assim que o item contém dois erros. O autor esclareceu/explicou o dilema citado
Para entender mais a questão das vírgulas, um anteriormente.
excerto de aula do prof. Décio Terror:
O dilema com que se defronta o mundo é
O adjetivo pode ter o valor restritivo “claro, aterrador e incontornável: poremos fim à
(especifica o sentido do termo antecedente, espécie humana ou a humanidade renunciará à
individualizando-o) e explicativo (realça um guerra?”
detalhe ou amplifica características básicas
sobre o antecedente, que já se encontra
suficientemente definido). Como 15) GABARITO: ERRADO
aprofundamento disso, vejamos o adjetivo
“inteligente”. Muito pelo contrário. O autor deixa claro no
mesmo trecho citado na assertiva anterior “…
1. O homem, inteligente, dobra sua implacáveis na imposição do direito
capacidade cognitiva através dos séculos. internacional e de tratados e regras da ordem
mundial aos outros países, mas rejeitam-nos
2. O homem inteligente não joga lixo no como irrelevantes quando se trata de si
chão. mesmos…”.

Na frase 1, esse adjetivo possui valor básico do


homem: ser pensante, que raciocina. Essa é a 16) GABARITO: ERRADO
condição básica para que ele possa ter a
capacidade cognitiva e então através dos O autor diz que os EUA fazem isso: Hoje, a
séculos ter a possibilidade de isso ser ampliado. potência mundial hegemônica se dá o direito de
Esse adjetivo está entre vírgulas para marcar o fazer a guerra ao seu arbítrio, segundo uma
valor explicativo e com isso há a função doutrina de 13 “autodefesa antecipada”
sintática de aposto explicativo.

https://atlasconcursos.org 4
17) GABARITO: ERRADO 20) GABARITO: ERRADO

Onde o autor procura desmoralizar os governos Primeiro passo: Soma-se a amostra do sexo
conservadores, citando apenas Reagan e Bush feminino nos 4 estados = 307
II, os governantes que mais praticaram a
política de intervenção americana em conflitos. Segundo Passo: amostra total = 1.405
Logo, a assertiva torna-se errada porque o autor
cita apenas esses dois governos e não "a partir Terceiro passo: divide-se a amostra do sexo
de" Reagan e Bush II, entre eles houve o feminino pela amostra total.
governo democrata (progressista) do Bill
Clinton e hoje há o governo de outro democrata, 307 / 1405 = 0.2185, ou seja, 21.85%
Obama.
Sendo assim é INFERIOR aos 23% da questão

18) GABARITO: CERTO


21) GABARITO: ERRADO
Supranacional quer dizer além das fronteiras de
uma nação, que no texto quis englobar todo o Primeiro passo: Soma-se a amostra do sexo
planeta. masculino em todos estados = 1098

Segundo Passo: amostra requerida = 532


Matemática
Terceiro passo : divide-se a amostra do estado
pela amostra total.
19) GABARITO: CERTO
532/ 1098 = 0.48
Primeiro passo: Soma-se a amostra do estado
requerido, no caso Maranhão --> 225 (homens) Sendo assim é INFERIOR aos 0.5 da questão
+ 81 (Mulheres) = 306
22) GABARITO: CERTO
Segundo Passo: amostra total = 1.405
Como a questão fala “do sexo masculino”,
Terceiro passo : divide-se a amostra do estado some apenas os números que correspondem ao
pela amostra total. sexo masculino com exceção do Paraná.

306 / 1405 = 0.2177 225 + 153 + 188 = 566

Sendo assim é SUPERIOR aos 0.2 da questão O que eu quero: Maranhão: 225

O que é possível: Total: 566

225/566 = 0,3 (superior a 0,27).

https://atlasconcursos.org 5
23) GABARITO: ERRADO 25) GABARITO: CERTO

Espaço Amostral: 1405 x + x + x = 100


2 3 6
Observação: Um OU outro é soma.

Sexo feminino: 81+42+142+42=307 Fazendo o MMC:

Ou 3x + 2x + x = 600
6 6 6 6
Estados da região Sul; Paraná e Santa
Catarina=>532+188: 720 6x = 600
x = 100
Observação 2: O 142 + 42 não entrará nessa
soma pois já entrou “na probabilidade do sexo
feminino”, ou seja, tiramos a interseção. - Infantil: X/2 = 100/2 = 50%
- Jovens: X/3 = 100/3 = 33,33%
A probabilidade será - Adulto: X/6 = 100/6 = 16,67% .
(307+720)/1405=1027/1405: 0,73. Portanto, é
superior a 70%. Assim, 33,33 > 30.

24) GABARITO: ERRADO 26) GABARITO: CERTO

Alfaiates Blusas Horas de Serviço A equipe (A, B, C, D, E, F) é igual à equipe (F,


8 36 9 E, D, C, B, A).
10 x 8
Logo ficaria: 60x59x58x57x56x55 /
6x5x4x3x2x1
Se aumenta o nº de blusas, deve aumentar o nº
de alfaiates. (e não precisa fazer a conta, pois ao simplificar
ficará: 59x58x19x14x55 "com certeza será
Se aumenta o nº de blusas, deve aumentar o nº maior que 55x55x55")
de horas de serviço.
27) GABARITO: CERTO
Então:
Grupo de 15 mulheres formarem o primeiro
36/x = (8 . 9) / (10 . 8) grupo de 6
72x = 2880 C15,6 = 15!
x = 40. 9!.6!

Assim, 40 < 45 Sobraram 9 mulheres das 15 iniciais e agora


combina-se para formar outro grupo de 6

C9,6 = 9!
6!.3!

C15,6 * C9,6 = 15! . 9! = 15!


9!.6! 6!.3! 6!.6!.3!

https://atlasconcursos.org 6
28) GABARITO: ERRADO Direito Constitucional

A questão pede pelo menos 5 mulheres, logo, a 29) GABARITO: ERRADO


equipe pode ser formada por 5 mulheres E 1
homem OU por 6 mulheres Art. 5 - XXVII - “aos autores pertence o direito
exclusivo de utilização, publicação ou
Assim, fazemos Combinação de 15 mulheres reprodução de suas obras, transmissível aos
escolhendo 5 VEZES Combinação de 15 herdeiros pelo tempo que a lei fixar;”
homens escolhendo 1, MAIS (segunda
possibilidade) Combinação de 15 mulheres
escolhendo 6, ficando: 30) GABARITO: ERRADO

C15,5 x C 45,1 + C15,6 O nato perderá a nacionalidade (pois sua


segunda nacionalidade não foi por
Primeira possibilidade C15,5 X C45,1 (5 reconhecimento e nem por imposição) e caso se
mulheres e 1 homem) arrependa poderá adquiri-la novamente, só
que passará a ser naturalizado e não nato.
C15,5 = 15! / 5! x 10!
31) GABARITO: CERTO
C45,1 = 45! / 1! x 44! = 45
Art. 24 - CF/88:
ficando: 45 x 15! / 5! x 10! = 45 x 15! / 5! x 10
x 9! (ai divide o 45 por 10 e da 4,5) § 2º A competência da União para legislar
sobre normas gerais não exclui a competência
4,5 x 15! / 9! x 5! suplementar dos Estados.

Aqui já conseguimos responder a questão, pois,


percebe-se que apenas com a primeira 32) GABARITO: CERTO
possibilidade o valor já é maior do que o valor
dado na questão, sendo que ainda nem Questão requer interpretação.
somamos a segunda possibilidade.
Se a retificação de dados for realizada mediante
processo sigiloso, judicial ou administrativo,
não cabe habeas data.

Agora vamos à questão: “O habeas data é


concedido para a retificação de dados quando
ela não é feita mediante processo sigiloso,
judicial ou administrativo.” CORRETO, afinal
de contas, se a retificação fosse realizada
através de processo sigiloso, judicial ou
administrativo, não caberia tal remédio
constitucional.

Art. 5°, CF, inc. LXXII - conceder-se-á


habeas-data:

b) para a retificação de dados, quando não se


prefira fazê-lo por processo sigiloso, judicial
ou administrativo;

https://atlasconcursos.org 7
33) GABARITO: CERTO 36) GABARITO: ERRADO

(art.5º XIV) - A garantia do sigilo da fonte não “Em conclusão, a Segunda Turma concedeu a
conflita com a vedação ao anonimato, vez que o ordem para afastar o óbice da substituição da
profissional ( normalmente jornalista) divulga a pena privativa de liberdade por restritiva de
notícia em seu nome, sujeitando-se a responder direito a estrangeiro não residente no país. (…)
pelos eventuais danos que venha a causar. Consignou, de início, que o fato de o
estrangeiro não possuir domicílio no território
brasileiro não afastaria, por si só, o benefício da
34) GABARITO: ERRADO substituição da pena. (…) Não se trataria, pois,
de critério que valorizasse a residência como
Artigo 5º - CF elemento normativo em si mesmo. Assentou
que a interpretação do art. 5º, caput, da CF
XXXIII - todos têm direito a receber dos órgãos não deveria ser literal, porque, de outra
públicos informações de seu interesse forma, os estrangeiros não residentes
particular, ou de interesse coletivo ou geral, que estariam alijados da titularidade de todos os
serão prestadas no prazo da lei, sob pena de direitos fundamentais. Ressaltou a existência
responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo de direitos assegurados a todos,
sigilo seja imprescindível à segurança da independentemente da nacionalidade do
sociedade e do Estado. indivíduo, porquanto considerados
emanações necessárias do princípio da
dignidade da pessoa humana. (…) Nesse
35) GABARITO: CERTO ponto, concluiu que o fato de o paciente não
possuir domicílio no Brasil não legitimaria a
Enquanto a eficácia vertical é a aplicação dos adoção de tratamento distintivo e superou essa
direitos fundamentais nas relações particular- objeção.” (HC 94.477, Rel. Min. Gilmar
Estado, a eficácia horizontal é a aplicação dos Mendes, julgamento em 6-9-2011, Segunda
direitos fundamentais às relações entre Turma, Informativo 639.) Vide: HC 94.016,
particulares. Como a relação entre particulares Rel. Min. Celso de Mello, julgamento em 16-9-
é, ao menos teoricamente, de coordenação, de 2008, Segunda Turma, DJE de 27-2-2009.
igualdade jurídica, quando os direitos
fundamentais são aplicados a essas relações, se
fala que os direitos fundamentais têm uma
eficácia horizontal ou privada.

Eficácia vertical: relações particular - Estado

Eficácia horizontal: relações entre particulares

https://atlasconcursos.org 8
37) GABARITO: CERTO 40) GABARITO: ERRADO

Eficácia Plena: Não depende de Art. 24. Compete à União, aos Estados e ao
regulamentação; Tem Aplicabilidade direta, Distrito Federal legislar concorrentemente
imediata e integral; sobre:

Eficácia Contida: Tem Aplicabilidade direta e XII - previdência social, proteção e defesa da
imediata, mas o legislador pode restringir sua saúde;
eficácia. (Art 5º, XIII, Atuação Profissional).
Comprime o direito, restringe.
Ética no Serviço Público
Eficácia Limitada: Depende de
Regulamentação (complemento); Possui 41) GABARITO: ERRADO
Aplicabilidade Indireta, mediata e diferida.
Expande o direito, com a lei alcança uma
eficácia maior. Ex: Greve do Servidor (Art 37, Não pode fazer nada que tenha finalidade
VII) estranha ao interesse público, mesmo que esteja
observando formalidades legais, mas contanto
Instituidoras: Criam um instituto jurídico (Ex: que isso não esteja violando dispositivo de lei.
direito de Greve).

Programáticas: Criam uma meta, objetivos


(Ex: direito à saúde, direitos sociais). Dentro da 42) GABARITO: CERTO
reserva do possível. E atendendo o mínimo
existencial. DECRETO Nº 1.171, DE 22 DE JUNHO DE
1994

38) GABARITO: ERRADO CAPÍTULO II


DAS COMISSÕES DE ÉTICA
Não há hierarquia, uma vez que tanto os
municípios, como os estados, a União e o DF, XXII - A pena aplicável ao servidor público
todos, são autônomos. Vale lembrar que uma pela Comissão de Ética é a de censura e sua
das características da Federação é justamente a fundamentação constará do respectivo parecer,
descentralização política, logo, a própria CF assinado por todos os seus integrantes, com
prevê núcleos de poder político, concedendo ciência do faltoso.
autonomia para os referidos entes. Assim, não
há que se falar em hierarquia entre os entes
federados.

39) GABARITO: ERRADO

Art. 22, incisos IV e XII, CF/88 - Compete


privativamente à União legislar sobre energia e
recursos minerais.

https://atlasconcursos.org 9
43) GABARITO: CERTO 47) GABARITO: ERRADO

Capítulo I O bloco de notas é um editor simples de texto.

Seção I
48) GABARITO: ERRADO
Das Regras Deontológicas
Ao contrário do que afirma o item, o PAINT
VII. Salvo os casos de segurança nacional, suporta a edição de fotos.
investigações policiais ou interesse superior do
Estado e da Administração Pública, a serem
preservados em processo previamente declarado 49) GABARITO: ERRADO
sigiloso, nos termos da lei, a publicidade de
qualquer ato administrativo constitui requisito Porque o cabeçalho é independente do Rodapé.
de eficácia e moralidade, ensejando sua omissão A informação digitada no cabeçalho NÃO se
comprometimento ético contra o bem comum, repete automaticamente no rodapé da página.
imputável a quem a negar.

50) GABARITO: CERTO


44) GABARITO: ERRADO
51) GABARITO: ERRADO
A comissão de ética tem competência para
aplicar a pena de CENSURA. Não de Porque o número da página pode ser inserido no
Advertência. início da página, final da página, margens da
página e no local atual do cursor.

45) GABARITO: ERRADO


52) GABARITO: ERRADO
A comissão de ética tem competência para
aplicar a pena de CENSURA. Não de Por ser um grupo de ferramentas pré definidas,
Advertência. inclui também formas básicas como retângulos
e círculos, várias linhas e conectores, setas
largas, símbolos de fluxogramas, estrelas, faixas
Informática e legendas.

53) GABARITO: CERTO


46) GABARITO: CERTO

O Windows Movie Maker é um editor de filmes 54) GABARITO: CERTO


gratuito para Windows. Com ele, o usuário pode
criar, editar e compartilhar seus filmes “Acompanhe os sites que você visita com
diretamente do computador. Fazer filmes é frequência armazenando-os como favoritos no
muito simples, basta baixar o Movie Maker, Internet Explorer. Os favoritos são
arrastar e soltar os arquivos dentro do compartilhados entre o Internet Explorer e o
programa. Internet Explorer para área de trabalho para
você exibir, adicionar e organizá-los tanto pela
barra de endereços quanto pela lista de favoritos
tradicional no Internet Explorer para área de
trabalho.”

https://atlasconcursos.org 10
55) GABARITO: ERRADO 57) GABARITO: CERTO

Os exemplos seriam: Escolher um tema de Alto As Agências Reguladoras são autarquias em


Contraste. Ativar o Narrator. Ativar a Descrição regime especial. Atualmente existem dez
de Áudio. Alterar o tamanho do texto e dos agências reguladoras no Brasil, dentre as quais:
ícones. Ativar a Lupa. Ajustar a cor e a
transparência das bordas da janela. Ajuste fino Agência Nacional de Energia Elétrica
nos efeitos de exibição. Aumentar a espessura (Aneel): criada em 1996, regula e fiscaliza a
do retângulo de foco. Configurar a espessura do geração, a transmissão, a distribuição e a
cursor intermitente. Desativar todas as comercialização da energia elétrica. Vinculada
animações desnecessárias. Remover as imagens ao Ministério de Minas e Energia (MME),
de plano de fundo. também atende a reclamações de agentes e
consumidores e media os conflitos de interesses
entre os agentes do setor elétrico e entre estes e
os consumidores.
Direito Administrativo
Agência Nacional de Vigilância Sanitária
56) GABARITO: ERRADO (Anvisa): criada em 1999, tem independência
administrativa e autonomia financeira e é
As autarquias e as empresas públicas integram a vinculada ao Ministério da Saúde. A agência
administração indireta. protege a saúde da população ao realizar o
controle sanitário da produção e da
Entretanto, vale lembrar que a autarquia é comercialização de produtos e serviços que
criada diretamente por lei específica, devem passar por vigilância sanitária,
enquanto no caso das empresas públicas, a lei fiscalizando, inclusive, os ambientes, os
específica apenas autoriza o poder executivo a, processos, os insumos e as tecnologias
por ato próprio (um decreto), proceder à relacionados a esses produtos e serviços. A
instituição da entidade, cabendo ainda a esse Anvisa também controla portos, aeroportos e
poder providenciar o registro dos estatutos da fronteiras e trata de assuntos internacionais a
entidade no registro competente, uma vez que é respeito da vigilância sanitária.
esse registro que dará nascimento à pessoa
jurídica, e não a edição da lei autorizativa. Agência Nacional de Petróleo (ANP): criada
em 1998 para regular as atividades da indústria
Tais entidades diferem ainda quanto ao regime de petróleo e gás natural e dos biocombustíveis.
jurídico: de direito público, no caso das Autarquia federal, vinculada ao Ministério de
autarquias e de direito privado, no caso das Minas e Energia (MME), a ANP estabelece
empresas públicas. regras, contrata profissionais e fiscaliza as
atividades das indústrias reguladas.

https://atlasconcursos.org 11
58) GABARITO: CERTO 60) GABARITO: ERRADO

“Requisição é o instrumento de intervenção Visto que se tratam de interesses coletivos dos


estatal mediante o qual, em situação de perigo associados. Observe:
público iminente, o Estado utiliza bens móveis,
imóveis ou serviços particulares com Art. 9º São legitimados como interessados no
indenização ulterior, se houver dano. Conforme processo administrativo:
o Prof. Hely Lopes, requisição é a utilização
coativa de bens ou serviços particulares pelo III - as organizações e associações
Poder Público por ato de execução imediata e representativas, no tocante a direitos e
direta da autoridade requisitante e indenização interesses coletivos;
ulterior, para atendimento de necessidades
coletivas urgentes e transitórias.” 61) GABARITO: ERRADO

De acordo com o critério formal, o serviço


59) GABARITO: ERRADO público é aquele exercido sob regime jurídico
de direito público derrogatório e exorbitante do
ELEMENTOS E ATRIBUTOS direito comum

COMO FIOFO DA PATI Entretanto, a execução de serviços públicos


comerciais e industriais, sobretudo pelas
CO: Competência empresas públicas e sociedades de economia
mista, são regidas pelo regime jurídico
MO: Motivo próprio das empresas privadas, embora
derrogados pelo direito público.
FI: Finalidade

O: Objeto 62) GABARITO: CERTO

FO: Forma O poder disciplinar serve para apurar infrações,


e aplicar sanções daqueles que possui vínculo
especial com administração pública.
P: Presunção de Legitimidade

A: Autoexecutoriedade

T: Tipicidade

I: Imperativiade

https://atlasconcursos.org 12
63) GABARITO: CERTO 65) GABARITO: CERTO

Podemos denominar de controle da Informativo 845


Administração Pública o conjunto de
mecanismos jurídicos e administrativos por Informativo Supremo Tribunal Federal
meio dos quais se exerce o poder de
fiscalização e de revisão da atividade Administração pública deve proceder ao
administrativa em qualquer das esferas de desconto dos dias de paralisação decorrentes
Poder. No conceito acima são ressaltados alguns do exercício do direito de greve pelos
importantes elementos. servidores públicos, em virtude da suspensão do
vínculo funcional que dela decorre. É permitida
Quando fazemos referência a um conjunto de a compensação em caso de acordo. O desconto
mecanismos jurídicos e administrativos, será, contudo, incabível se ficar demonstrado
desejamos realçar o fato de que há formas que a greve foi provocada por conduta ilícita do
jurídicas de controle, como é o caso do Poder Público.
controle judicial dos atos da Administração,
e formas administrativas, como é, por
exemplo, o pedido de certa comunidade à
Prefeitura para o asfaltamento de vias
públicas de trânsito.

64) GABARITO: CERTO

“A jurisprudência deste Superior Tribunal tem


se posicionado no sentido de que, em se
tratando de conduta omissiva do Estado, a
responsabilidade é subjetiva, devendo ser
discutida a culpa estatal. Isso porque, na seara
de responsabilidade subjetiva do Estado por
omissão, é imprescindível comprovar a inércia
na prestação do serviço público, bem como
demonstrar o mau funcionamento do serviço,
para que seja configurada a responsabilidade.”

Vide REsp 1.040.895-MG, Rel. Min. Luiz Fux,


julgado em 1º/6/2010.

https://atlasconcursos.org 13
66) GABARITO: ERRADO Ano: 2005 | Banca: CESPE | Órgão: TRT - 16ª
REGIÃO (MA) | Cargo: Técnico Judiciário -
Via de regra Área Serviços Gerais

É proibido atuar como procurador ou É vedado ao servidor público, seja ocupante de


intermediário junto a repartições públicas cargo efetivo ou de cargo em comissão, atuar
como procurador ou intermediário em
Exceção repartições públicas, salvo quando se tratar de
benefícios previdenciários ou assistenciais de
Benefícios previdenciários ou assistenciais parentes até o segundo grau e de cônjuge ou
companheiro.
Parentes até o 2º grau
Gabarito: Certo
Cônjuge/companheiro

Lei 8.112/90

Art. 117. Ao servidor é proibido:

XI - atuar, como procurador ou intermediário,


junto a repartições públicas, SALVO quando se
tratar de benefícios previdenciários ou
assistenciais de parentes até o segundo grau, e
de cônjuge ou companheiro;

Outras questões do CESPE:

Ano: 2007 | Banca: CESPE | Órgão: DPU |


Cargo: Defensor Público

Julgue os itens a seguir.

Ao servidor público federal é proibido atuar,


como procurador ou intermediário, junto a
repartições públicas, salvo quando se tratar de
benefícios previdenciários ou assistenciais de
parentes até o segundo grau, e de cônjuge ou
companheiro.

Gabarito: Certo

https://atlasconcursos.org 14
67) GABARITO: CERTO 69) GABARITO: CERTO

Art. 142. A ação disciplinar prescreverá: A conduta de Paulo, em tese, configura o delito
do art. 153 do CP, vejamos:
I - em 5 (cinco) anos, quanto às infrações
puníveis com demissão, cassação de Divulgação de segredo
aposentadoria ou disponibilidade e destituição
de cargo em comissão; Art. 153 - Divulgar alguém, sem justa causa,
conteúdo de documento particular ou de
II - em 2 (dois) anos, quanto à suspensão; correspondência confidencial, de que é
destinatário ou detentor, e cuja divulgação possa
III - em 180 (cento e oitenta) dias, quanto à produzir dano a outrem:
advertência.
Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.

Direito Penal Caso Paulo tenha tido conhecimento do segredo


em razão da profissão, função, ofício ou
ministério, o crime praticado será o do art. 154
68) GABARITO: ERRADO do CP:

“Renato divulgou, sem justa causa, informação Violação do segredo profissional


sigilosa, assim definida em lei, contida em
sistema de dados da administração pública. Art. 154 - Revelar alguém, sem justa causa,
Nessa situação, somente haverá crime se da segredo, de que tem ciência em razão de
ação de Renato resultar prejuízo para a função, ministério, ofício ou profissão, e cuja
administração pública” revelação possa produzir dano a outrem:

CP - Art. 325. Revelar fato de que tem ciência Pena - detenção, de três meses a um ano, ou
em razão do cargo e que deva permanecer em multa.
segredo, ou facilitar-lhe a revelação:
Parágrafo único - Somente se procede mediante
Pena - detenção, de seis meses a dois anos, ou representação
multa, se o fato não constitui crime mais grave.

§ 2º Se da ação ou omissão resulta dano à


Administração Pública ou a outrem:

Pena - reclusão, de 2 (dois) a 6 (seis) anos, e


multa.

Basta apenas a revelação da informação


sigilosa para caracterizar a consumação.

https://atlasconcursos.org 15
70) GABARITO: ERRADO 73) GABARITO: CERTO

Regra aplicada APENAS ao peculato culposo - Art. 319, CP - Retardar ou deixar de praticar,
No peculato doloso a reparação do dano, se indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo
precede à sentença irrecorrível, extingue a contra disposição expressa de lei, para satisfazer
punibilidade interesse ou sentimento pessoal:

Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano,


71) GABARITO: ERRADO e multa.

Inserção de Dados Falsos em Sistema de


Informações - Art. 313 - A 74) GABARITO: CERTO

- Peculato eletrônico. Art. 323 - Abandonar cargo público, fora dos


casos permitidos em lei.
- Crime de MÃO PRÓPRIA, sendo possível
coautoria e participação de particular que tenha Se do fato resulta prejuízo público.
consciência da função pública do agente.
Se o fato ocorre em lugar compreendido na
- Funcionário público AUTORIZADO. faixa de fronteira.

- Conduta sempre DOLOSA (inserir, alterar ou


excluir). 75) GABARITO: ERRADO

- NÃO existe a forma culposa. Art. 327 - Considera-se funcionário público,


para os efeitos penais, quem, embora
- OBJETIVO receber vantagem indevida para TRANSITORIAMENTE ou SEM
si ou para outrem ou para causar dano. REMUNERAÇÃO, exerce cargo, emprego ou
função pública.
- ADMITE tentativa.

- Crime FORMAL.

72) GABARITO: CERTO

Art. 316 - Exigir, para si ou para outrem,


direta ou indiretamente, ainda que fora da
função ou antes de assumi-la, mas em razão
dela, vantagem indevida:

Pena - reclusão, de dois a oito anos, e multa.

https://atlasconcursos.org 16
76) GABARITO: ERRADO 77) GABARITO: CERTO

No crime omissivo próprio há somente a "Lei penal benéfica, também conhecida como
omissão de um dever de agir, imposto lex mitior ou novatio legis in mellius, é a que se
normativamente, dispensando a relação de verifica quando, ocorrendo sucessão de leis
causalidade naturalística (é um dever genérico penais no tempo, o fato previsto como crime ou
imposto a todos). Ex: omissão de socorro (não contravenção penal tenha sido praticado na
se perquiri o crime de omissão de socorro com vigência da lei anterior, e o novel instrumento
o que aconteceu no caso concreto) legislativo lhe seja mais vantajoso,
favorecendo-o de qualquer modo. A lei mais
No crime omissivo impróprio o dever de agir é favorável deve ser obtida no caso concreto,
para evitar o resultado concreto (aqui, o dever é aplicando-se a que produzir o resultado mais
jurídico). Estamos diante de um crime de vantajoso ao agente (teoria da ponderação
resultado material, exigindo, concreta).
consequentemente, um nexo causal entre a
ação omitida e um resultado. Ex: o agente é o Somente se pode falar em retroatividade quando
garantidor, como, por exemplo, o policial – a lei posterior for mais benéfica ao agente, em
Observa-se que esse nexo, no entanto, não é comparação àquela que estava em vigor quando
naturalístico (do nada, nada surge). Na verdade, o crime foi praticado.
o vínculo é jurídico, isto é, o sujeito não causou
o resultado, mas como não o impediu é Pode ocorrer, ainda, ultratividade da lei mais
equiparado ao verdadeiro causador (é o que se benéfica. Tal se verifica quando o crime foi
chama de nexo de evitação ou não praticado durante a vigência de uma lei,
impedimento). Nesse caso, o agente responde posteriormente revogada por outra prejudicial
pelo resultado do fato a que estava obrigado a ao agente. Subsistem, no caso, os efeitos da lei
evitar. anterior, mais favorável. Isso porque, a lei penal
mais grave jamais retroagirá".

(Cleber Masson - Direito Penal Esquematizado


- Parte Geral)

https://atlasconcursos.org 17
Direito Processual Penal 81) GABARITO: ERRADO

78) GABARITO: CERTO Após o oferecimento da denúncia, o Ministério


Público não poderá desistir da ação penal, em
79) GABARITO: ERRADO face dos princípios da obrigatoriedade e da
indisponibilidade da AP.
O detentor da opinio delicti é o Ministério
Público, devendo sempre este requerer ou 82) GABARITO: ERRADO
não o arquivamento do inquérito policial ao
juiz. Na verdade este é o conceito de arquivamento
implícito; Já o arquivamento indireto é quando
80) GABARITO: CERTO o promotor entende que a AP não é de
competência de um certo juiz, e este diz ser
Dentre aqueles que defendem a perfeita competente para a referida ação penal.
compatibilidade do artigo 156 supracitado com
a Constituição, está Pacelli, que assim aponta: Arquivamento implícito - ocorre quando o MP
“O nosso processo penal, por qualquer ângulo deixa de informar algum fato investigado ou
que se lhe examine, deve estar atento à algum dos indiciados (objetiva ou subjetiva);
exigência constitucional da inocência do réu,
como valor fundante do sistema de provas. Arquivamento indireto - ocorre quando o MP
Afirmar que ninguém poderá ser considerado entender que o juízo é incompetente,
culpado senão após o trânsito em julgado da requerendo a remessa dos autos ao órgão
sentença penal condenatória implica e deve competente;
implicar a transferência de todo o ônus
probatório ao órgão da acusação. A este caberá Arquivamento originário - é aquele
provar a existência de um crime, bem como a promovido diretamente pelo Procurador Geral;
sua autoria.(…) Cabe, assim, à acusação, diante
do princípio da inocência, a prova quanto à Arquivamento provisório - é aquele se origina
materialidade do fato (sua existência) e de sua da ausência de condição de procedibilidade,
autoria, não se impondo o ônus de demonstrar a como no caso da vítima de crime de ação
inexistência de qualquer situação excludente da pública condicionada a representação, que se
ilicitude ou mesmo da culpabilidade. Por isso, é retrata antes de oferecida a denúncia.
perfeitamente aceitável a disposição do art. 156
do CPP, segundo a qual ‘a prova da alegação
incumbirá a quem a fizer’.” (OLIVEIRA,
Eugênio Pacelli de. Curso de Processo Penal,
17ª edição, São Paulo: Editora Atlas S. A.,
2013, p.333/334).

https://atlasconcursos.org 18
83) GABARITO: CERTO 86) GABARITO: CERTO

STJ Súmula nº 234 - 13/12/1999 - DJ O acusado não está obrigado a produzir prova
07.02.2000 contra si mesmo, pelo princípio do nemo
tenetur se detegere. Contudo, nada impede que
Membro do Ministério Público - Participação ele, voluntariamente, decida produzir
na Fase Investigatória - Impedimento ou determinada prova, como realizar o teste do
Suspeição - Oferecimento da Denúncia bafômetro.
A jurisprudência possui decisões em ambos os
A participação de membro do Ministério sentidos, mas prevalece o entendimento de que,
Público na fase investigatória criminal não neste caso, ainda que o policial não tenha feito
acarreta o seu impedimento ou suspeição para o advertência ao examinado sobre o direito de se
oferecimento da denúncia. recusar a realizar ao exame, não haverá
violação ao princípio que veda a
Observação: O STF ainda não decidiu se o MP autoincriminação.
pode proceder a investigações criminais
diretamente, exceto em algumas situações
excepcionais (contra policiais, por exemplo). 87) GABARITO: CERTO

No rito ordinário e sumário do processo penal,


como regra, oferecida a denúncia ou queixa, o
84) GABARITO: ERRADO juiz caso não a rejeite liminarmente, deverá
recebê-la e ordenar a citação do acusado para
O item começa correto, pois a representação apresentar Resposta a Acusação (conforme art.
pode ser retirada (retratação) antes do 396 do CPP)
oferecimento da denúncia, conforme dispõe o
art. 25 do CPP. Contudo, é possível a já no caso em questão, trata-se de crime
retratação da retratação, que consistiria, praticado por funcionário público, que portanto,
basicamente, numa nova representação. Não há tem rito próprio, conforme art. 514 do CPP: "
vedação a que isso ocorra. Nos crimes afiançáveis, estando a denúncia ou
queixa em devida forma, o juiz mandará autuá-
la e ordenará a notificação do acusado, para
85) GABARITO: CERTO responder por escrito, dentro do prazo de 15
dias". Percebam que, nesse rito, o juiz não
A renúncia (manifestação expressa ou tácita no recebe a denúncia ou queixa logo no início, mas
sentido de que se abre mão de um direito) só manda autuá-la, igualmente não mandará citar o
está prevista expressamente para a ação penal acusado, mas irá notificá-lo. somente após a
privada. Vejamos o art. 49 do CP: Art. 49. A apresentação da defesa preliminar ou após
renúncia ao exercício do direito de queixa, em transcorrido o prazo de apresentação (15 dias) é
relação a um dos autores do crime, a todos se que o juiz irá receber ou rejeitar a
estenderá. Não há previsão de renúncia ao denúncia/queixa. Caso receba a denúncia ou
direito de representação, que é um direito que queixa, agora sim ordenará a citação do acusado
pode apenas não ser exercido, mas não para apresentar resposta a acusação. Notem que
renunciado, conforme entendimento nesse procedimento, antes mesmo de iniciada a
doutrinário. ação penal (leia-se antes do recebimento da
denúncia), é oportunizado ao acusado se
defender dos fatos que lhe são imputados, por
isso há antecipação do contraditório.

https://atlasconcursos.org 19
Legislação Especial 90) GABARITO: ERRADO

88) GABARITO: CERTO Apresentado documento supostamente falso,


perante policial rodoviário federal, a
LEI 4898/65 (Lei do Abuso de Autoridade) competência para julgamento é da Justiça
Federal, de acordo com o artigo109, inciso IV,
Art. 4º Constitui também abuso de autoridade: da CF, pois a ação tida como delituosa, foi
cometida em detrimento de serviço prestado
e) levar à prisão e nela deter quem quer que pela União.
se proponha a prestar fiança, permitida em
lei;

89) GABARITO: CERTO

Art. 12 – POSSE IRREGULAR DE ARMA DE


FOGO

Possuir ou manter sob sua guarda: (“verbos


permanentes” = não é possível a tentativa)

Arma de fogo, acessório ou munição de uso


permitido. Se uso restrito Art. 16

Pena – detenção, de 1 a 3 anos, e multa

Acessório, é o artefato que acoplado a arma,


possibilita:

1 – A melhoria do desempenho do atirador.


Ex.: Mira laser, dispositivo ótico de pontaria

2 – A modificação de um efeito secundário do


tiro. Ex.: Silenciador

3 – A modificação do aspecto visual da arma.


Ex.: Tripé

ATENÇÃO: Não são considerados acessórios


o colete balístico e o coldre

https://atlasconcursos.org 20
91) GABARITO: CERTO 92) GABARITO: CERTO

Lei 8.072/90 Lei dos Crimes Hediondos Segundo Cleber Masson em seu livro Direito
Penal Esquematizado:
Art. 1º São considerados hediondos os seguintes
crimes: “O Estatuto da Criança e do Adolescente
apresenta um crime menos rigoroso, no qual a
I - homicídio (art. 121), quando praticado em criança ou o adolescente é apreendido (detido)
atividade típica de grupo de extermínio, ainda de forma ilegal, sem, contudo, ser colocado no
que cometido por um só agente, e homicídio cárcere. No crime previsto no Código Penal,
qualificado (art. 121, § 2o, I, II, III, IV e V) com a redação dada pela lei 11.106/2005, a
situação é mais grave: a criança ou o
II - latrocínio adolescente é privado de sua liberdade por
tempo juridicamente relevante, e não
III - extorsão qualificada pela morte simplesmente retido e levado à Delegacia de
Polícia sem ordem judicial ou situação de
IV - extorsão mediante sequestro e na forma flagrante de ato infracional.”
qualificada
93) ANULADA
V - estupro

VI - estupro de vulnerável

VII - epidemia com resultado morte

VII-B - falsificação, corrupção, adulteração ou


alteração de produto destinado a fins
terapêuticos ou medicinais

VIII - favorecimento da prostituição ou de outra


forma de exploração sexual de criança ou
adolescente ou de vulnerável

Parágrafo único. Considera-se também


hediondo o crime de genocídio previsto nos
arts. 1º, 2º e 3oºda Lei nº 2.889, de 1º de
outubro de 1956, tentado ou consumado.

https://atlasconcursos.org 21
94) GABARITO: CERTO tais infrações penais tenham ingressado na
esfera de conhecimento de cada um deles, sob
Na situação considerada, se houvesse suspeita pena de verdadeira responsabilidade penal
de participação do agente em organização objetiva.
criminosa, o juiz poderia determinar seu
afastamento cautelar das funções, sem prejuízo
da remuneração;
95) GABARITO: ERRADO
DIREITO AO PONTO.
Perdurou por muito tempo a Súmula 91 do STJ
Art.2, § 5º. Se houver indícios suficientes de que dizia o seguinte: " Compete a Justiça
que o funcionário público integra Federal processar e julgar os crimes praticados
organização criminosa, poderá o juiz contra a fauna".
determinar seu afastamento cautelar do
cargo, emprego ou função, sem prejuízo da Ocorre que a Constituição Federal atribui à
remuneração, quando a medida se fizer Justiça Federal uma série de atribuições
necessária à investigação ou instrução arroladas no art.109 e não há menção aos
processual. crimes contra a fauna.

DIREITO AO PONTO. O STJ reviu seu posicionamento e cancelou a


referida Súmula. Com isso, ficou reconhecida
(…) e se houvesse posterior condenação pelo que a competência para processar e julgar os
crime de organização criminosa, haveria crimes contra a fauna é da Justiça Estadual,
concurso material entre esse crime e o crime de exceto nos casos em que o ato ilícito tenha
corrupção passiva. atingido diretamente bem federal.

Art. 2º Promover, constituir, financiar ou


integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa,
organização criminosa: Direitos Humanos e Cidadania

Pena - reclusão, de 3 (três) a 8 (oito) anos, e


multa, sem prejuízo das penas 96) GABARITO: ERRADO
correspondentes às demais infrações penais
praticadas. Trouxe o reconhecimento dos direitos
fundamentais, com caráter nitidamente
Se os membros da organização criminosa individual.
praticarem as infrações penais para as quais se
associaram, deverão responder pelo crime do
art. 2°, caput, da Lei n° 12.850/13 , em 97) GABARITO: CERTO
concurso material (CP, art. 69) com os
demais ilícitos por eles perpetrados. Nesse Estabeleceu o seu fortalecimento e consagrou
sentido, basta atentar para o preceito secundário sua independência, ato decisivo para o
do próprio art. 2°, que prevê a pena de reclusão, estabelecimento da Separação dos Poderes,
de 3 (três) a 8 (oito) anos, e multa, sem limitando ainda mais o Poder do Monarca.
prejuízo das penas correspondentes às Determinou, entre outras coisas, a liberdade, a
demais infrações penais praticadas. vida e a propriedade privada.

À evidência, para que os integrantes da societas


criminis respondam pelos delitos praticados
pela organização criminosa, é indispensável que

https://atlasconcursos.org 22
98) GABARITO: CERTO Legislação DPRF

Trouxe as regras para Guerra, especialmente


para os Civis e combatentes desarmados 104) GABARITO: ERRADO

105) GABARITO: ERRADO


99) GABARITO: CERTO
106) GABARITO: CERTO
Estabeleceu os Direitos Fundamentais de 2º
geração. 107) GABARITO: ERRADO

108) GABARITO: CERTO


100) GABARITO: CERTO
109) GABARITO: ERRADO
Estabeleceu os Direitos Fundamentais de 2º
geração. 110) GABARITO: CERTO

101) GABARITO: CERTO 111) GABARITO: CERTO

GABARITO: CERTO 112) GABARITO: ERRADO

A aprovação do tratado com o quórum do art. 113) GABARITO: CERTO


5º, § 3º, da CF, dota o tratado de nível
constitucional, contudo, ainda é necessária a 114) GABARITO: CERTO
prévia ratificação.
115) GABARITO: CERTO
102) GABARITO: ERRADO

A participação não é exclusiva do Congresso


Nacional na ratificação dos tratados
internacionais. Para que um tratado obrigue o
Estado brasileiro internamente ele deverá passar
por quatro fases. São elas: a) assinatura
internacional; b) aprovação pelo Congresso
Nacional; c) ratificação e depósito; e d)
promulgação interna.

103) GABARITO: CERTO

Os tratados aprovados com o quórum do art. 5º,


§ 3º, equivalem a emendas constitucionais.

https://atlasconcursos.org 23
Física

116) GABARITO: ERRADO

Durante a subida a velocidade vertical diminui,


chega a um ponto (altura máxima) onde Vy=0,
porém, o Vx continua atuando.

No ponto de altura máxima, a velocidade


resultante do projétil será nula.

117) GABARITO: ERRADO

A aceleração da gravidade atuará durante toda a


trajetória do projétil.

A aceleração do projétil será nula no ponto de


altura máxima.

118) GABARITO: CERTO

F=m x a, logo, força peso = m x g (aceleração


da gravidade)

A única força atuante no projétil durante todo o


movimento é o seu peso.

119) GABARITO: ERRADO

Equação da posição: S=So + Vot + at²/2 , logo


podemos ver que dependerá do t, a e distância
inicial.

O alcance horizontal que o projétil pode atingir


depende de sua massa

120) GABARITO: ERRADO

É justamente o contrário, a componente


horizontal será movimento uniforme, enquanto
que a vertical será uniformemente variado.

A componente horizontal da velocidade do


projétil varia de ponto a ponto na trajetória,
porém sua componente vertical é invariável.

https://atlasconcursos.org 24