Você está na página 1de 17
1 INFRAESTRUTURA FUNDAÇÕES INDIRETAS Pre-moldadas Ricardo MELO Araujo M.Sc. http://lattes.cnpq.br/1851778133363868
1
INFRAESTRUTURA
FUNDAÇÕES INDIRETAS
Pre-moldadas
Ricardo MELO Araujo
M.Sc.
http://lattes.cnpq.br/1851778133363868
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
2 Processos I - Fundações Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
2
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
3 Processos I - Fundações Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
3
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
4 Parâmetros para a escolha Topografia da área + Características do solo + Dados da
4
Parâmetros para a escolha
Topografia da área
+
Características do solo
+
Dados da estrutura
+
Dados das construções vizinhas
+
Aspectos econômicos
=
Tipo de fundação
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
5 Tipos de Fundações Processos I - Fundações Pode ser copiado e alterado, desde que
5
Tipos de Fundações
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
6 Fundações Indiretas São aquelas que transferem as cargas por efeito de atrito lateral do
6
Fundações Indiretas
São aquelas que transferem as cargas por efeito de atrito
lateral do elemento com o solo e por efeito de ponta.
As fundações indiretas são sempre profundas, e função da
forma de transmissão de carga para o solo (atrito lateral) que
exige grandes dimensões dos elementos de fundação.
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
7 Indireta - Profunda Estacas de Madeira Estacas de madeira são troncos de arvores cravados
7
Indireta - Profunda
Estacas de Madeira
Estacas de madeira são troncos de arvores cravados com bate-estacas
de pequenas dimensões e martelos leves. É necessário que o todo
comprimento da estaca fiquem totalmente abaixo d’água; o nível d’água
não pode variar ao longo da sua vida útil.
Úteis para construções provisórias, principalmente em pontes e obras
marinhas.
Vídeos –
Estaca de madeira (http://www.youtube.com/watch?v=PCcycq9axMA)
Estaca de Madeira II (http://www.youtube.com/watch?v=RqEN8dMdCFw)
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
8 Indireta - Profunda Estacas de Madeira Controle de execução oLocação do centro das estacas;
8
Indireta - Profunda
Estacas de Madeira
Controle de execução
oLocação do centro das estacas;
oProfundidade de cravação;
oProteção da cabeça das estacas (colocação do capacete metálico)
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
9 Indireta - Profunda Estacas Metálicas As estacas metálicas podem ser perfis laminados, soldados, trilhos
9
Indireta - Profunda
Estacas Metálicas
As estacas metálicas podem
ser perfis laminados, soldados,
trilhos ou tubulares.
•Podem ser cravadas em quase
todos os tipos de terrenos;
•Possuem facilidade de corte e
emenda;
•Podem atingir grande capacidade
de carga;
•Trabalham bem a flexão;
•Podem ser reaproveitadas, se
utilizadas em serviços provisórios;
Atenção a agressividade do
solo - corrosão
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
10 Indireta - Profunda Estacas Metálicas Execução • Colocação do elemento de estaca na posição
10
Indireta - Profunda
Estacas Metálicas
Execução
• Colocação do elemento de estaca na posição de cravação;
• Cravação da estaca com martelo de queda livre ou diesel;
• Colocação de novo segmento de estaca com utilização de emenda
quando não atingida a profundidade de projeto;
• Prosseguimento da cravação;
• Cravação com prolongamento removível (noiva) quando a cota de
arrasamento for muito abaixo da cota de terreno;
• Corte com maçarico do excedente e preparo da cabeça;
• Estaca pronta.
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
11 Indireta - Profunda Estacas Metálicas Controle de execução oLocação do centro das estacas; oProfundidade
11
Indireta - Profunda
Estacas Metálicas
Controle de execução
oLocação do centro das estacas;
oProfundidade de cravação;
oEmendas (parafusada ou soldadas);
oNega
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
12 Indireta - Profunda Estacas Pré-Moldadas de Concreto Podem ser de concreto armado ou protendido.
12
Indireta - Profunda
Estacas Pré-Moldadas de Concreto
Podem ser de concreto armado
ou protendido.
Diversas seções e capacidade de
cargas disponíveis.
Dificuldades em realizar emendas
(luva ou soldagem)
Provocam grande impacto na
vizinhança (vibração e barulho)
Vídeo - Estaca Indireta Pré-
Moldadas
(http://www.youtube.com/watch?v
Processos I - Fundações
=gZ8UikjXyIQ)
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
13 Indireta - Profunda Estacas Pré-Moldadas de Concreto Execução • Posicionamento da estaca; • Cravação
13
Indireta - Profunda
Estacas Pré-Moldadas de Concreto
Execução
• Posicionamento da estaca;
• Cravação da estaca com martelo de queda livre ou martelo diesel;
• Colocação de novo segmento de estaca com utilização de emenda
quando não atingida a profundidade de projeto;
• Prosseguimento da cravação;
• Cravação com prolongamento removível (noiva) quando a cota de
arrasamento for muito abaixo da cota de terreno;
• Estaca pronta.
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
14 Indireta - Profunda Estacas Pré-Moldadas de Concreto Controle de execução oLocação do centro das
14
Indireta - Profunda
Estacas Pré-Moldadas de Concreto
Controle de execução
oLocação do centro das estacas;
oProfundidade de cravação;
oOcorrência de fissuras;
oVerticalidade;
oNega;
oAltura de queda do pilão;
oExecução da emenda;
oCota de arrasamento da estaca;
oProteção da cabeça das estacas
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
15 Indireta - Profunda Estacas Mega Mega é o nome popular para estacas cravadas à
15
Indireta - Profunda
Estacas Mega
Mega é o nome popular para estacas cravadas à reação, também
conhecidas como estacas prensadas. São cravadas com o uso de macacos
hidráulicos aferidos reagindo contra a estrutura acima, ou excepcionalmente
contra reação implementada. São bastante tradicionais e chegaram ao
mercado brasileiro na década de 1940 pela Estacas Franki – Bélgica. Um
exemplo famoso foi sua aplicação para reforço de fundação da Casa Branca
(EUA, 1930).
Vídeo - Estaca Mega
(http://www.youtube.com/watch?v=nlESdMfyNdQ)
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
16 Indireta - Profunda Estacas Mega Vantagens • Possibilidade de substituição das fundações existentes
16
Indireta - Profunda
Estacas Mega
Vantagens
• Possibilidade de substituição das fundações existentes simultâneas ao uso
da edificação;
• Acréscimo da capacidade suporte das fundações existentes;
• Modificação parcial de fundações existentes em virtude de uma eventual
deficiência localizada (recalques diferenciais);
• Execução em locais pequenos e de difícil acesso a pessoas e
equipamentos;
• Isenção de vibrações durante a cravação, reduzindo os riscos de uma
eventual instabilidade que por ventura venha ocorrer, devido a precariedade
de fundações existentes;
• Aumento imediato da segurança da obra após a cravação sucessiva de
cada estaca MEGA;
• Limpeza da obra durante a execução, sem adição de água ou formação de
lama.
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária
17 Referencias BARROS, Mércia Maria S. Bottura de. Fundações. São Paulo: USP Revisão 2003. 32p
17
Referencias
BARROS, Mércia Maria S. Bottura de. Fundações. São Paulo: USP
Revisão 2003. 32p
SALGADO, Julio. Técnicas e Praticas Construtivas para Edificações.
São Paulo: Érica, 2º Edição 2010. 320p.
Brasfond – Fundações Especiais
www.brasfond.com.br/
Serki – Fundações Especiais
http://www.serki.com.br
Processos I - Fundações
Pode ser copiado e alterado, desde que citada a fonte
FACEAR - Faculdade Educacional Araucária